Issuu on Google+

Boletim Informativo Agrupamento de Escolas D. Pedro I

Escola Básica de Canidelo

11.ª edição maio 2013

" Os bons lideres fazem as pessoas sentir que estão no centro das coisas, e não na periferia. Cada um sente que ele ou ela faz a diferença para o sucesso da organização. " Warren Bennis

A escola como um espaço de afirmação de lideranças Compreender a escola como um espaço aberto à novidade, favorece a mudança e democratiza a participação. É uma urgência dos dias de hoje. Uma escola que acredita no seu potencial de liderança, que assume a sua responsabilidade quanto ao modelo de integração social, desenvolvimento cultural e de relações humanas, tem na sua estrutura uma sólida base de cultura institucional de serviço aos outros. Dentro da comunidade educativa todos devem partilhar a missão que considera as diferenças, filtra os excessos, aprende a conviver com a pluralidade de opiniões e rege um legado de compromisso com uma educação para a cidadania e ascensão da pessoa humana. Com esta complexidade de ações, não se pode conceber que essa tarefa se encerre apenas na pessoa do diretor. É algo que precisa emanar de toda a instituição escolar. Gomes (2010) afirma que todos os que fazem parte da escola devem estar comprometidos com os resultados das aprendizagens dos alunos e com os resultados institucionais. É necessário um compromisso pessoal com o trabalho coletivo/colaborativo. Deve-se trabalhar coletivamente para a explicitação e definição, de modo consensual, dos valores, dos objetivos, das prioridades e da realidade em questão para a agilidade e eficiência do trabalho escolar. Cada um deve sentir-se um líder neste processo. O Diretor, António Duarte

Árvore dos Desejos

A Árvore dos Desejos é um projeto desenvolvido pela Quercus, com o principal objetivo de desenvolver a consciencialização das futuras gerações para um ambiente sustentável, mais especificamente do papel das árvores no nosso mundo, suas necessidades e funções. Apela à criatividade, às artes plásticas e à consciencialização ambiental e engloba a comunidade escolar do ensino básico do distrito do grande Porto.

Comemoração do Nascimento de D. Pedro I

Para assinalar o aniversário de D. Pedro I - 8 de abril patrono deste agrupamento, as professoras de História e Geografia de Portugal projetaram às turmas de 5.º ano um PowerPoint alusivo à vida daquele monarca, com especial incidência ao amor vivido com D. Inês de Castro na Quinta do Paço, Canidelo. 1


8 de abril - Comemoração do aniversário de D. Pedro I Os meus olhos uma aia viram E meu amor despertou Eras tu, Inês de Castro A quem o meu coração se entrgou. Livre fiquei para te amar Mas nosso amor é um dilema O meu pai e este povo Fazem dele um problema. Foste expulsa de Portugal Sem dó e sem piedade Este ato desumano Foi uma verdadeira crueldade. Distantes estamos Mas assim não ficaremos Temos de ser lutadores E assim venceremos. Nuno Peixoto, 5ºC

Brigada Verde Neste projeto participou a Brigada Verde da turma C do 7.º ano, sob a orientação da animadora sociocultural Liliana Matias.

Desejo ser feliz. Desejo crescer sem poluição.

Desejo ter muita saúde.

Desejo ser muito grande e cheia de flores. Desejo que não me arranquem ramos. Desejo ser muito verdinha.

ção a nível nacional, como em anos anteriores (Lisboa, Coimbra), devido aos custos necessários para as deslocações e alojamento. Assim, no dia 14 de março, numa sala multiusos superdecorada com o número π , representado em formas e materiais imensamente originais, trinta e um alunos do 5º, trinta e nove do 6º, dez do 7º, seis do 8º e quatro do 9º ano competiram, no máximo, em dois dos jogos propostos, tendo recebido, no final, um certificado comprovativo da sua presença. Os jogos previamente selecionados - Ouri, Hex, Supertmatik, Jogo do 24 e Blokus puderam ser treinados, desde o início do ano letivo, na Biblioteca Escolar/Centro de Recursos, no Cantinho da Matemática. Os critérios que levaram à seleção destes jogos têm, por base, promover o sucesso dos alunos na matemática, pois desenvolvem o cálculo mental, a comunicação matemática e o desenvolvimento do raciocínio lógico/ matemático, além da capacidade de concentração. Os professores envolvidos constataram que os alunos participaram com muito entusiasmo, foram persistentes na sua participação e cumpriram regras de relacionamento com os outros. Esta atividade foi dinamizada pela professora Maria Julieta Freitas Leitão, com a colaboração dos professores de Matemática do 2º ciclo.

Dia da Terra

Campeonato dos Jogos Matemáticos Mesmo no final do 2º período, a 14 de março, e em simultâneo com o dia do π, decorreu o “Campeonato dos Jogos Matemáticos”, este ano só a nível de escola, pois a distância até Évora não permitiu a participa-

No dia 22 de abril a EB1 de Chouselas comemorou o “Dia da Terra”, com a elaboração de folhetos sobre a preservação do meio ambiente nas suas várias vertentes - resíduos, água, energia, agricultura biológica e floresta, entre outros. No final do dia os alunos levaram os folhetos para casa procurando, assim, sensibilizar as famílias para esta problemática.

Ida ao teatro No dia 23 de abril os alunos de 6º ano e 3º ciclo da escola básica de Canidelo tiveram oportunidade de assistir a uma peça de teatro interativa, adequada às respetivas faixas etárias, nas instalações da Associação Recreativa de Canidelo, pela companhia de teatro inglesa “Clever Pants”. As peças de teatro “Camp Mosquitto” e “Teen Trial”, destinadas aos alunos de 6ºano e 3º ciclo, respetivamente, foram brilhantemente representadas, muito divertidas e interativas, levando a assistência ao rubro. Esta atividade foi dinamizada pelo grupo de professoras de Inglês que agradecem à direção da escola a remuneração integral à companhia de teatro, permitindo assim que todos os alunos pudessem usufruir deste momento de lazer.


Dia da Dança

Moche Cup

A EB1 de Afurada de Cima comemorou o "Dia da Dança" com uma demonstração de zumba, pela educadora Rosa, que ensinou os passos a alunos e professores.

Ocorreu, no dia 24 de abril, o torneio da Moche Cup. Foi exatamente nesse dia que a equipa da turma B do 7º ano da escola básica de Canidelo se sagrou vencedora de V.N.de Gaia, no escalão A. A próxima fase vai decorrer em Lisboa, nos dias 15 e 16 de junho, jogando os alunos contra as dezoito equipas que já estão apuradas para a final. A felicidade transparecia nas caras de todos os jogadores e também da professora. No fim dos jogos, tiraram-se fotos e a escola recebeu algum material. A participação neste torneio foi muito importante, pois desenvolveu um bom espírito de equipa e representou com dignidade a nossa escola. Filipa. 7º B

Pesquisa em ação Na EB1/JI de Lavadores continuase a dar sequência aos trabalhos de pesquisa. Os alunos do pré-escolar fizeram um trabalho alusivo aos planetas, os do 2º ano investigaram sobre os seres vivos e os do 3º aprofundaram os seus conhecimentos sobre o sistema solar.

A atividade contou com a orientação da animadora sociocultural Liliana Matias.

Canguru Matemático sem Fronteiras

Uma oferta com cheirinho a primavera A Encantoteca recebeu um presente especial cheio de luz e cores primaveris, pelas mãos da D. Raquel Barros, que gosta sempre de ajudar. Assim, quando alunos e docentes se deslocarem à biblioteca, os sonhos descritos pelas histórias ficarão certamente mais belos, com a mesa cheia de encanto!

No dia 26 de abril a escola básica de Canidelo recebeu o autocarro. Os alunos aderiram bem à iniciativa, tendo sido uma experiência muito positiva.

A REUTILÂNDIA É UM ESPAÇO ITINERANTE que serve para depositar objetos de grandes e pequenas dimensões que, ainda em bom estado, se destinam a ser utilizados por quem deles mais precisa. É UM PROJETO DE SOLIDARIEDADE, porque permite disponibilizar bens e utilidades a pessoas que não os podem adquirir. É UM PROJETO AMBIENTAL, uma vez que o princípio que lhe preside está associado ao encaminhamento correto daquilo que ainda tem valor, libertando os aterros sanitários de resíduos com potencial de reutilização.

A "Associação Canguru sem Fronteiras" é uma associação de caráter internacional e reúne personalidades do mundo da matemática de quarenta e sete países. O seu objetivo é promover a divulgação da matemática elementar, por todos os meios ao seu alcance e, em particular, pela organização anual do Concurso "Canguru Matemático sem Fronteiras",que terá lugar no mesmo dia em todos os países participantes. Pretende-se, deste modo, estimular e motivar o maior número possível de alunos para a matemática e é um complemento a outras atividades, tais como as olimpíadas.


Em Portugal, a organização do concurso está a cargo do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Matemática. Um pouco de história... No início dos anos 80, Peter O'Holloran, professor de matemática em Sydney, inventou um novo tipo de Concurso Nacional em escolas australianas - um questionário de escolha múltipla. Este concurso teve um enorme sucesso e foi sendo alargado além fronteiras, contando atualmente com a participação de quarenta e sete países e mais de seis milhões de participantes em todo o mundo. Portugal participou pela primeira vez no "Canguru Matemático sem Fronteiras" em 2005.

O Concurso "Canguru Matemático" contribui para a popularização e promoção da matemática nos jovens e destina-se a todos os alunos, não existindo seleção prévia nem uma prova final. É constituído por oito categorias, de acordo com as idades dos alunos (do 2º ao 12º ano de escolaridade) e consiste num questionário de escolha múltipla de várias questões de dificuldade crescente. No agrupamento de escolas D. Pedro I esta atividade realizou-se no dia 18 de abril e a organização esteve a cargo da professora Teresa Espírito Santo. A lista dos alunos que atingiram a pontuação mínima está afixada nas respetivas escolas. 4

Visita ao Centro de Formação Profissional do Cerco (IEFP) No dia 2 de maio os alunos da turma CEF de Pastelaria e Panificação deslocaram-se ao Centro de Emprego e Formação Profissional do Cerco. Quando lá chegaram, foram recebidos pela psicóloga e técnica de serviço social que lhes fez uma apresentação da oferta formativa disponível, na modalidade de aprendizagem. Foram informados sobre os cursos que irão funcionar, a sua estrutura, benefícios e apoios sociais de que poderão usufruir. De seguida, as técnicas fizeram uma visita guiada às instalações do centro, que os alunos muito apreciaram. Pretendeu-se, com esta visita, dar a conhecer aos alunos ofertas formativas para prosseguimento de estudos, facilitar as escolhas/ opções profissionais e favorecer o desenvolvimento da autonomia. Esta atividade foi dinamizada no âmbito do domínio de Cidadania e do mundo atual.

Dia da Mãe no JI de Canidelo

No dia 3 de maio as crianças do JI de Canidelo receberam as suas mães, com quem partilharam alguns momentos diferentes. As três turmas fizeram a receção em conjunto, tendo cantado uma canção inédita, dedicada à Mãe.

De seguida, foram para as respetivas salas de atividades, onde entregaram o presente que prepararam para as suas mães e a quem ofereceram um bolo por elas confecionado. Os momentos de brincadeira e convívio foram muitos. No final, realizaram uma atividade que ficou exposta na sala.

O Dia da Mãe na EB1/JI de Lavadores Como é hábito, o trabalho para celebrar o "Dia da Mãe" é realizado sempre com muito carinho. O entusiasmo é muito, para honrar um dia tão especial. Desenham-se figuras e escrevem-se bonitas palavras, que ilustram o significado da mãe, para cada um.

Sim, no dia da mãe o coração é amarelo

A atividade, promovida pela TetraPak Portugal SA em parceria com a Associação Bandeira Azul, visa reforçar a mensagem acerca da importância da deposição seletiva das embalagens Tetrapak no ecoponto amarelo. O desafio, desta vez, foi o de construir um coração original (e predominantemente amarelo) com as embalagens, tendo como mote o "Dia da Mãe".


Aconteceu na BECRE Depois de um interregno na escrita, motivado por falta de tempo, foi assim em março e abril: Dinamizámos a oficina “Onde está a beleza?”, orientada pela formadora Teresa Prima e destinada às três melhores turmas leitoras- 5ºJ, 5ºK e 5ºF, como prémio pelo seu esforço e empenho. Realizámos, em parceria com os professores do 3º ciclo de Educação Visual (Luísa Barbosa e Fernando Ribeiro), a professora de Português Teresa Coutinho e a professora de Inglês Elisa Rodrigues, um encontro com a escritora Julie Hodgson, para apresentação do seu livro “Jodie e o cartão da biblioteca”. Organizámos, em colaboração com os coordenadores das unidades educativas, o grupo de Português, e professores de vários grupos disciplinares, nomeadamente as professoras Luísa Barbosa e Manuela Bravo Silva, a “Semana da Leitura”, que contou com a presença de vários contadores de histórias, que andarilharam entre as escolas do agrupamento e a escola sede, com oficinas de escrita criativa para as turmas do 6º ano, terminando numa sessão de encerramento dirigida a toda a comunidade educativa, com a entrega de prémios aos melhores leitores. Incentivámos os alunos “Amigos da biblioteca” no seu trabalho de apoio a este espaço, realizando pesquisa e divulgação da obra e vida de Ilse Losa, com a caça ao livro, o que motivou os alunos a descobrirem os livros da referida autora, existentes na nossa biblioteca.

Ficha Técnica: Equipa Editorial: Isabel Milheiro

Colaboradores: António Duarte Carla Varandas (layout do Boletim)

Propriedade e distribuição: Agrupamento de Escolas D. Pedro I Rua Nova do Fojo — Canidelo 4400-232 Vila Nova de Gaia

Continuámos a divulgação do fundo documental através de uma exposição, dias 10, 11 e 12 de abril, focada no departamento de expressões, com a finalidade de os alunos e professores recorrerem à utilização do material existente na biblioteca Comemorámos o 25 de abril, no dia 19 - efeméride direcionada a toda a comunidade educativa – com a colaboração da professora de educação musical Fátima Filipe e a turma do 6ºH que entoou, de forma primorosa, canções relacionadas com essa data, com a atuação do grupo musical “Da Outra Margem”, vindo da Galiza, e ainda com intervenções de elementos da comunidade educativa (encarregados de educação e professores). No final, houve a entrega de prémios aos melhores “amigos da biblioteca”. É de salientar a enorme adesão de pais e encarregados de educação a esta atividade! Festejámos a 23 de abril o “Dia Mundial do Livro e Direitos de Autor”, presenteando os professores e assistentes operacionais com poemas e incentivando os alunos à requisição domiciliária. Participámos no Concurso Nacional de Leitura, 2ª fase, na biblioteca Almeida Garrett. Fomos representados pelas alunas Ana Filipa Nogueira, Leonor Santos e Mariana Nunes, do 8ºA. Continuámos a apostar na atividade Eu leio. E tu?, levando os alunos a calcorrear salas da escola básica e da EB1/JI do Meiral, lendo extratos de obras aos colegas, incentivando a leitura e divulgando obras de referência. Obrigada a todos esses alunos pelo seu entusiasmo, alegria, espírito de entrega e persistência! Participámos com professores e alunos do 3º ciclo na ação de fotografia “Eu prendo o momento”, orientada pela formadora Liliana Nicolau e, no âmbito dessa ação, promovemos uma visita de estudo ao cais de Gaia, no dia 21 de março, para que alunos e professores aplicassem as técnicas abordadas nas sessões. Esta ação culminará com uma exposição na escola básica no final do ano e com outra mostra do trabalho no Convento Corpus Christi, na segunda semana de julho. Estamos a dar continuidade à campanha “Um livro lido por cada aluno” em colaboração com o grupo de Português e, nesse sentido, os alunos que nunca requisitaram um livro na nossa biblioteca, são chamados e sensibilizados para o fazer. A Equipa da BECRE

Tel..: 227 718 160 Fax: 227 813 042 | 227 718 169 E-mail: jornal@dpedro.net Internet: http://dpedro.net A equipa deste Boletim Informativo agradece a todos os professores que com ela colaboraram, através do envio de informações e fotografias.

Página 5


BI maio 2013