Issuu on Google+

Ana Carolina


Ana Carolina Por Paulo Sá Ana Carolina Souza nasceu em 09 de Setembro de 1974, na cidade mineira de Juiz de Fora. Cantora, compositora, arranjadora, violonista e percussionista, Ana Carolina começou cantando nos bares de sua cidade e teve seus primeiros espetáculos produzidos pela atriz e cantora Zezé Motta. A sua influência músical vem de berço - sua avó cantava em rádio, seus tios-avós tocavam percussão, piano, cello e violino. Suas principais influencias são Chico Buarque, João Bosco e Maria Bethânia; na sua preferência internacional destaca-se Nina Simone, Bjork e Alanis Morissete Com a finalidade de fazer da música uma profissão, Ana deixa o curso de Letras e as Gerais rumo ao Rio e é em um show no Mistura Fina, que Luciana de Moraes (Filha de Vinícius de Moraes) encanta-se com a sua voz grave e cheia de melodia. Resultado, em apenas 15 dias, a jovem e promissora cantora assinou um contrato com a BMG. Assim, em 1999 chega ao público de todo o Brasil o CD "Ana Carolina". O CD é uma verdadeira obra de arte, resgasta os clássicos antigos da MPB (Beatriz, Alguém me disse e Retrato em Branco e Preto) passa pelo Pop de Lulu Santos (Tudo bem) e


revela Ana Carolina como compositora (A Canção tocou na hora errada, Trancado, Armazem e O avesso dos ponteiros) e também a Totonho de Villeroy (Garganta, Tô saindo), que passa a ser o seu grande parceiro em composições. Este CD, que rendeu a cantora um disco de ouro, passou a ser um marco na história da música no Brasil, pois Ana Carolina é cantora, arranjadora, violinista, percussionista e compositora. O público rende-se a sua voz grave, seu dedilhado no violão, seu som rasgado na guitarra e seu toque forte no pandeiro. De uma jovem cantora e fã da MPB, Ana Carolina começa a fazer parceiria com seus ídolos) Chico Buarque a convida para participar do seu Songbook com as músicas "mil Perdoões" e "Eu te amo") João Bosco a convida para participar do seu CD com a música "Mama Palavra". Em 2001, Ana Carolina faz composições e interpreta música para o filme Amores Impossíveis, " Velas e Vento" e "Margem da Pele", esta última é interpretada por Paula Lima. As músicas de cantora, como "Garganta" passam a fazer parte de trilha sonora de novelas. As rádios passam a tocar numa grande constância a música de Ana Carolina e o segundo CD não pode esperar mais, a música tem que continuar. É neste contexto de continuidade que nasce 2001 o CD "Ana Rita Joana Iracema e Carolina" e a música "Quem de nós dois" (versão em portugues de La mia sotria tra le dita) atinge o público de todas as idades e todas as classes sociais, concretizando assim


o que ela mesmo diz "música é para muita gente". Ana participa como compositora de 11 canções e as várias mulheres criadas por Chico Buarque fazem parte do título do CD, como uma homenagem que a cantora faz ao seu grande ídolo. Ao longo de 15 faixas, ela revela seu aspecto detalhista e executa facetas múltiplas, alternando timbres e climas na voz e nos instrumentos. Em abril de 2001, Ana Carolina sofre um acidente de carro, mas não a impede de percorrer o Brasil com o seu show, primeiro sentada numa cadeira de rodas e depois em pé. O Brasil aclama Ana Carolina. Comparações com Cássia Eller e Zélia Duncan ficam para traz e a previsão feita pela Ana - " Daqui há 10 anos, vai surgir uma cantora de voz grave e as pessoas vão dizer que se parece comigo" cae por terra no mesmo ano. Algumas cantoras que surgiram no cenário musical brasileiro foram comparadas a Ana Carolina. Ana já reconhecida pelo público brasileiro, lança em outubro de 2002, um cd em espanhol as músicas: "Quem de nós dois", "Garganta" e a "canção tocou na hora errada". Em meados de 2003, Ana Carolina lança o terceiro - CD "Estampado" e define "... ao compor este disco percebi que havia feito canções de estrutura, formato e ritmo bem diferentes e estampado significa cores, texturas e formas díspares constituindo um mesmo tecido, logo, a unidade deste disco está primeiramente na compositora/cantora, em segundo no violão que fiz questão de


executar em todas as faixas, enfim, Estampado assume a pluralidade das composições". Estampado é um disco autoral, 6 das 15 faixas do CD são composições da própria cantora e outras 7 são composições dela com os parceiros Totonho Villeroy, Celso Fonseca, Chico César e Seu Jorge. Em outubro de 2003, Ana Carolina lança o DVD Estampado, um making off do CD com participações especialissimas de seus idolos, família e fãs. O dvd conta também com um show feito pela cantora no Largo da Carioca no RJ. Seu quarto disco foi a coletânea “Ana Carolina (Perfil)”, que reuniu canções de sucesso dos três primeiros álbuns. O disco apresenta os maiores sucessos de Ana Carolina, com as músicas que até então marcaram sua carreira. Assim, ela lança mais um disco de destaque entre os já consagrados cantores da MPB. Durante o projeto Tom Acústico de 2004, o show entre Ana Carolina e o cantor Seu Jorge rendeu um CD e DVD, intitulado “Ana e Jorge”, que só foram lançados pela gravadora Sony Music no ano seguinte e obteve ótima receptividade pelo público e críticos musicais. A música "É isso aí" atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso. A partir de agosto de 2006, Ana Carolina passou a integrar o corpo de apresentadoras do programa Saia Justa, no canal GNT . A presença da


cantora e multi-instrumentista como única representante da área musical deixa o programa ainda mais interessante. Ao longo da carreira, Ana Carolina ganhou muitos prêmios; o mais recente foi o prêmio Multishow 2006, nas categorias Melhor Cantora e Melhor CD (pelo trabalho “Ana e Jorge”). No final de 2005, a cantora se revelou bissexual gerando polemica e atraindo uma série de novos fãs do publico GLBTS e lançou seu 6º álbum, 'Dois Quartos', com dois cds, o 1º chamado 'Quarto' e o 2º, 'Quartinho'. Neles, a cantora se supera, em maturidade, criatividade e, no melhor estilo 'Madonna', em ousadia, apresentando entre as faixas, uma em que cita o falo masculino, 'Cantinho', numa letra cheia de desejos proibidos. E, também, a música 'Eu Comi a Madona', em que fala de mulheres provocantes. Fontes em 04/05/2007: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ana_Carolina_(cantora) http://www.papelfuleiro.com.br/ http://cliquemusic.uol.com.br/artistas/ana-carolina.asp


Ana Carolina