Page 1

Coleção Bernoulli ARTE ENSINO MÉDIO


Uma coleção para estimular a produção artística ARTE ENSINO MÉDIO Reconhecer a Arte como um campo do conhecimento empírico/ conceitual, bem como de construção e expressão do sujeito diante de si próprio e da sociedade como um todo, de maneira a distanciar de uma visão simplista, redutora e de senso comum é um desafio para o ensino de arte no momento. No século XXI cada vez mais a inclusão social pressupõe uma inclusão do conhecimento e da capacidade de o sujeito poder exercer seu papel na cultura como produtor, apreciador e conhecedor do patrimônio cultural, não só do núcleo social em que se encontra inserido como da humanidade. Sendo a Arte uma das manifestações da linguagem, tem também como objetivo a interação e a comunicação. Por ser uma herança social regular, por meio do seu simbolismo, as estruturas mentais, emocionais e perceptivas do indivíduo. É preciso ainda considerar a natureza transdisciplinar da linguagem na prática didática, trazendo para o ensino de arte tal concepção, de forma a criar a oportunidade para que o aluno vivencie os diferentes campos da linguagem artística, assim como, estabelecer um diálogo entre as demais manifestações da linguagem.


Tais considerações fizeram com que o conteúdo de Arte do Ensino Médio fosse concebido de forma a permitir que o mesmo leve o aluno a questionamentos mais aprofundados, a uma crítica consciente e amadurecida e, principalmente, a uma abordagem que fuja de uma visão positivista e abra a reflexão para o que pode ser Arte. Levando em consideração que o aluno é um sujeito que vive numa sociedade repleta de informações não só visuais, mas de toda ordem de estímulo para os sentidos, é importante levá-lo a um “alfabetismo” que lhe permita ler as imagens do mundo que o cerca, bem como ser capaz de identificar mensagens visuais, sonoras e de outras ordens relativas aos sentidos, com as quais se depara a todo tempo. Acreditamos que a leitura e o entendimento das manifestações artísticas convidam o ser humano a uma viagem dentro de si mesmo e de sua expressão simbólica. Um sujeito capaz de interpretar signos e símbolos e que aprende a fruir de forma a experimentar um conhecimento dinâmico do mundo, contribuindo como ser cultural na construção da qual é parte integrante, com uma postura ética e cidadã. Com esses volumes intenta-se favorecer a construção de uma visão ampla da noção de arte pelo aluno, permitindo que o mesmo reconheça valores estéticos em diversas manifestações artísticas, bem como atribua significado(s) aos elementos estéticos que permeiam suas experiências socioculturais cotidianas.


Conteúdo programático LIVRO

CAPÍTULO

CONTEÚDO Linguagens da Arte

1

Arte para quê?

Artes visuais, música, artes cênicas e artes audiovisuais Arte para quê? Arte rupestre:

2

Arte ritual e culturas ancestrais

Arte pré-colombiana Arte africana e arte afro-brasileira Arte pré-cabralina e arte indígena Arte no Egito Gregos e Romanos

3

O transcendental e o belo

Harmonia, equilíbrio, simetria: os cânones. Arte bizantina Arte Medieval Arte no oriente

4

O homem sob nova perspectiva

A sociedade renascentista A arte barroca Barroco

1

Rococó Luz e sombra na dramaticidade da pintura. 5

Trópicos, natureza e realidade

Neoclassicismo e Romantismo Arquitetura e escultura: Arte a serviço da religião e da política. Realismo O Brasil oitocentista Impressionismo Neoimpressionismo Outros movimentos pós revolução industrial

6

Impressões e expressões simbólicas

A música no início do século XX Dança Simbolismo, Les nabis, Fauvismo, Art nouveau e Art déco A música na virada do século, o impressionismo musical Dança

Conteúdo programático sujeito a alteração sem prévia comunicação.


Conteúdo programático LIVRO

CAPÍTULO

CONTEÚDO Paul Cézanne, um precursor Cubismo Futurismo Vicent Van Gogh e o impressionismo

1

Rupturas

Expressionismo alemão Expressionismo no teatro O Cinema expressionista O Expressionismo na dança Bauhaus A aventura dadaísta. A experiência surrealista

2

Novos sistemas

Maria Martins e o surrealismo no Brasil O surrealismo no México Caminhos da abstração Arte revolucionária O Modernismo no Brasil

3

Transgressões

Tropiacalismo Novas rupturas pelo mundo Op art

2

Pop art 4

Arte e cotidiano

Reflexos no Brasil Música pós segunda guerra A música brasileira nas décadas de 1950 e 1960 Representações do corpo pelo mundo Perspectivas estéticas na identidade nacional O corpo transgressor

5

Conceito e ação

Arte feminista A escultura ampliada A expressividade nos anos 1980: o Pós-Modernismo 1980: a década do rock brasileiro A alegria ressurge no teatro A arte contemporânea e os novos sistemas visuais Cultura popular

6

Cultura e arte popular

O samba As festas populares na cultura brasileira Ritmos regionais brasileiros Música latina

Conteúdo programático sujeito a alteração sem prévia comunicação.


Bernoulli Sistema de Ensino Rua Diorita, 43 Prado – CEP 30411-084 Belo Horizonte | MG

Centro de Distribuição

Rua José Maria de Lacerda, 1 900 Galpão 1 - Armazéns 4 e 5 Cidade Industrial – CEP 32210-120 Contagem | MG

Contato:

(31) 3029-4949

bernoulli.com.br/sistema Conteúdo programático sujeito a alteração sem prévia comunicação.

Profile for Bernoulli Sistema de Ensino

Folder Arte Ensino Médio 2019  

Folder Arte Ensino Médio 2019  

Advertisement