Issuu on Google+

Boletim mensal Abril/Maio 2011

ENTRE 27 DE ABRIL E 28 DE MAIO

CENSURA EM EXPOSIÇÃO NA BIBLIOTECA DA ESPAA Para assinalar o aniversário do 25 de Abril, a Biblioteca organizou uma mini exposição sobre a Censura durante o Estado Novo, onde o visitante pode encontrar reproduções de documentos censurados em vários sectores da sociedade portuguesa e “descobrir” algumas das proibições que afectavam o quotidiano da população portuguesa, estas últimas sob os pés do visitante. Foi disponibilizada também uma cronologia do Estado Novo para facilitar aos nossos alunos e a outros elementos mais jovens da Comunidade Escolar o enquadramento histórico dos factos documentados.

7/8

ESCOLA SECUNDÁRIA POETA ANTÓNIO ALEIXO


Algumas obras

Natália Correia

ESCRITOR ESCRITOR DO DO MÊS MÊS

universitários foi, em 1979, deputada à Assembleia da República. Colaborou em diversos jornais e revistas. Não se prendendo fortemente a nenhuma corrente literária, esteve inicialmente ligada ao surrealismo e, segundo a própria, a sua mais importante filiação estabeleceu-se em relação ao romantismo. A obra de Natália Correia estende-se por géneros variados, desde

géneros variados, desde a poesia ao romance, ao teatro e ao ensaio. Figura proeminente da cultura portuguesa da segunda metade do século XX, notabilizouse como poetisa e como política, tendo sido eleita deputada pelo Partido Socialista. Foi fundadora da Frente Nacional para a Defesa da Cultura, interveio politicamente ao nível da cultura e do património, na defesa dos direitos humanos e dos direitos da mulher. Apelou sempre à literatura como forma de

intervenção na sociedade, tendo tido um papel activo na oposição ao Estado Novo. Foi uma figura importante das tertúlias que reuniam nomes centrais da cultura e da literatura portuguesas dos anos 50 e 60. Ficou conhecida pela sua personalidade vigorosa e polémica, que se reflecte na sua escrita.

Poesia: Rio de Nuvens (1947), Poemas (1955), Dimensão Encontrada (1957), Passaporte (1958), Comunicação (1959), Cântico do País Imerso (1961), O Vinho e a Lira (1966), Mátria (1968), As Maçãs de Orestes (1970), Mosca Iluminada (1972), O Anjo do Ocidente à Entrada do Ferro (1973), Poemas a Rebate (1975), Epístola aos Iamitas (1976), O Dilúvio e a Pomba (1979), Sonetos Românticos (1990), O Armistício (1985), O Sol das Noites e o Luar nos Dias (1993). Ficção: Anoiteceu no Bairro (1946), A Madona (1968), A Ilha de Circe (1983). Teatro: O Progresso de Édipo (1957), O Homúnculo (1965), O Encoberto (1969), Erros meus, má fortuna, amor ardente (1981), A Pécora (1983). Ensaio: Poesia de arte e realismo poético (1958), Uma estátua para Herodes (1974). Obras várias: Descobri que era Europeia (1951 – viagens), Não Percas a Rosa (1978 – diário), A questão académica de 1907 (1962), Antologia da Poesia Erótica e Satírica (1966), Cantares GalegoPortugueses (1970), Trovas de D. Dinis (1970), A Mulher (1973), O Surrealismo na Poesia Portuguesa (1973), Antologia da Poesia Portuguesa no Período Barroco (1982), A Ilha de São Nunca (1982).

Frase de Natália Correia

N

atália de Oliveira Correia nasceu na Fajã de Baixo, ilha de São Miguel, Açores, em 13/09/1923 e morreu em Lisboa em 16/03/1993. Fez os estudos secundários em Lisboa. Sem estudos

«Gosto de pessoas lavadas por dentro. Detesto pequenas perversidades. A bondade é uma irradiação da beleza. Gosto de pessoas belas.»

e que sôbolos rios pendurada foste a harpa lunar do peregrino tu que depois de ti não há mais nada,

Língua mater dolorosa (dedicada ao acordo ortográfico) Tu que foste do Lácio a flor do pinho dos trovadores a leda a bem-talhada de oito séculos a cal o pão e o vinho de Luís Vaz a chama joalhada tu o casulo o vaso o ventre o ninho

eis-te bobo da corja coribântica: a canalha apedreja-te a semântica e os teus verbos feridos vão de maca. Já na glote és cascalho és malho és míngua, de brisa barco e bronze foste a língua; língua serás ainda... mas de vaca.


BIBLIOTECA EM CONSTRUÇÃO Crítica literária / Literatura portuguesa

Novidades

Lírica de Camões 5 – Éclogas, Luís de Camões. Coordenação: Leodegário A. de Azevedo Filho; Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2001 ISBN 972-27-1064-8 Elemento de entrada: Literatura portuguesa / éclogas

LIVROS Novas aquisições

Ficção Uma questão de consciência: The Complaints, de Ian Rankin. Maia, Porto Editora, 2010. ISBN 978972-0-04543-0 Elemento de entrada: Literatura inglesa-romance policial Cota: 8 LI - 31 RAN

Não ficção

Elemento de entrada: contos russos / Contos Cota: 8LRUS-34 GOG

Lennox, de Graig Russell. Lisboa, Guerra e Paz, Novembro de 2010. ISBN 978-989-8174-97-0 Elemento de entrada: Literatura inglesaRomance policial Cota: 8 LI-31 RUS Kot, de Rafael Ábalos. Lisboa, Asa, 2007. ISBN 978-989-23-0342-0 Elemento de entrada: Literatura espanhola, aventura e mistério Cota: 8 LE - 31 ABA Grimpow - a última das bruxas, de Rafael Ábalos. 1.ª edição. Asa, Julho de 2010. ISBN 978-989-23-0959-0 Elemento de entrada:

Poesia

Literatura espanhola, romance de fantasia e do fantástico Cota: 8 L ESP - 3 ABA Histórias de São Petersburgo e Outros Contos, de Nikolai Gogol. Barcelona, Editorial Sol 90, 2006 ISBN 972-8993-26-9

Lírica de Camões – 4 Elegias em tercetos, Luís de Camões. Coordenação: Leodegário A. de Azevedo Filho. Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1998 ISBN 972-27-0885-6 Elemento de entrada: Crítica literária / Literatura portuguesa Lírica de Camões – 4 Oitavas, Luís de Camões. Coordenação: Leodegário A. de Azevedo Filho; Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1999 ISBN 972-27-0963-1 Elemento de entrada: a

Fernando Pessoa – ensaio interpretativo da sua vida e da sua obra, de João Gaspar Simões, Expresso. Elemento de entrada: Biografia Cota: 929 PES Nelson Mandela, de Albrecht Hagemann, Expresso, 2011 Elemento de entrada: Biografia Cota: 929 MAN Albert Einstein, de Johannes Wickert, Expresso, 2011 Elemento de entrada: Bibliografia Cota: 929 EIN John F. Kennedy, de Alan Posener, Expresso, 2011 Elemento de entrada: Biografia Cota: 929 KEN

Novo acordo ortográfico da língua portuguesa, de Paulo Feytor Pinto, Ana Clara Jorge de Sousa, Edviges Antunes Ferreira, Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Setembro de 2009. ISBN 978-972-27-1823-3 Termo de pesquisa: Língua—Ortografia Cota: 81`35 PIN Doenças do Comportamento Alimentar, Um Guia para os Pais, de Rachel Bryant- Waugh e Bryan Lask. Editorial Presença, Fevereiro 2002. ISBN 972-23-2849-2 Elemento de entrada: Distúrbios alimentaresDietética Cota: 613.2 BRY Matemática a ciência dos padrões, de Keith Devlin, Porto Editora, 2002. (Biblioteca científica) ISBN 972-0-45133-5 Elemento de entrada: s /

padrões / matemática Cota: 51 DEV DVD DVD O CASAMENTO DE RACHEL – Rachel getting married, um filme de Jonathan Demme com Anne Hathaway, Rosemarie DeWitt, Bill Irwin Sony Pictures, 2008 Elemento de entrada: Drama Cota: 733 DVD 2011 SHERLOCK HOLMES – Shrelock Holmes, um filme de Guy Ritchie com Robert Downey Jr e Jude Law Zon Lusomundo Audiovisuais, 2009 Elemento de entrada: Suspense Cota: DVD 734/2010 CÓPIAS DE TRABALHO em DVD a partir de originais em VHS Filadélfia A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça Cinema Paraíso Rain Man (Encontro de Irmãos) Superman I Tentação


BIBLIOTECA EM MOVIMENTO TOP LEITORES Livro mais requisitado de 1 de Março a 30 de Abril Posição

Quantidade

Título Olhos Verdes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

4 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2

Milagrário Pessoal Rio das Flores As pequenas memórias Como comemos - porque as nossas escolhas... Earth science and the environment A filha do capitão O monte dos vendavais (romance) A neta do senhor Linh Aventuras de João sem medo Mataram o Sidónio! Casos do Beco das Sardinheiras

Abril/Maio

LIVRO DO MÊS Rio Homem de André Gago,

Edições Asa Lisboa, 2010.

* Quantidade pode significar: 1) o número de vezes que um documento foi requisitado para empréstimo, independentemente do leitor;

TOP LIVROS Leitor que fez mais empréstimos de 1 de Março a 30 de Abril Posição

Quantidade*

Nome Maria Angelina da Conceição Penteado

1 2 3 4 5 6 7 8

8 5 4 4 3 3 3 3

Tatiana Catan Fabiola Stefanie Souza Silva Rita Sofia Júlio Ferreira Márcia Miguel João Maria Manuela de Freitas Nunes Guerreiro Maria margarida Nobre de Almeida Maria José Marreiro

Quando Lisboa tremeu de Domingos Amaral, 3.ª ed.

* Quantidade pode significar: 1) o número de documentos requisitados por um leitor

Casa das Letras Lisboa, 2010.

EMPRÉSTIMO DOMICILIÁRIO de 1 de Março a 30 de Abril Centro Formação

2011

Geral

Monografia

Literatura

Enciclopédia

Dicionário

Audiovisual

DVD

Março

5

29

50

0

0

4

0

0

85

Abril

1

20

16

0

0

1

13

0

51

Totais

6

49

66

0

0

5

13

0

136

Totais

Totais

IMPRESSÕES

O romance cruza duas histórias - a de um refugiado da Guerra Civil Espanhola que perdeu todas as suas referências e a da aldeia comunitária de Vilarinho da Furnas que o acolheu. Termos de pesquisa: Literatura portuguesa, romance. Cota: 8LP-3 GAG http://ler.blogs.sapo.pt/708325.html

Fevereiro Março Abril

Professores 600 851 32

Alunos 3259 3279 1295

Totais

3859 4130 1327

Romance sobre o terramoto de 1755. Termos de pesquisa: Literatura portuguesa, romance. Cota: 8 LP - 3 AMA http://nclivros.wordpress.com//09/22/ quando-lisboa-tremeu-domingos-amaral


Na ESPAA

Semana da Leitura 2010/2011

M

BIBLIOTECAS DO MUNDO

Biblioteca Central de Macau

C

RIADA em 1895, a Biblioteca Nacional deu lugar à actual Biblioteca Central de Macau (BCM) do Instituto Cultural. É uma rede de bibliotecas públicas composta por 6 bibliotecas dependentes. A colecção global é constituída por cerca de 550,000 géneros. A Biblioteca presta serviços de emissão do Cartão de Leitor; duplicação de documentação, circuito de leitura incluindo consulta do Boletim Oficial da RAEM, pesquisa em microfilme, serviço de referência de documentação sobre Macau, acesso à Internet, leitura electrónica de jornais, base de dados electrónicos da Internet, venda das publicações do Instituto Cultural, atribuição do ISBN, apoio no encaminhamento do requerimento do ISSN, apoio no

encaminhamento do requerimento do ISRC. Tem por missão preservar e divulgar o conhecimento, educar o público em geral, possibilitar a transmissão de conhecimentos e informações, promover boas leituras. Preocupou-se, nos últimos anos, em realizar várias actividades, exposições e palestras para promover a leitura entre as crianças, jovens, adultos e pessoas idosas. Para atrair os cidadãos a aproveitar os seus recursos e mostrar os serviços prestados pela Biblioteca, organiza várias actividades, tais como: “Semana da Biblioteca”, “Visita às Bibliotecas”, “Curso de Orientação sobre o uso da Biblioteca”, palestras, etc. http://www.library.gov.mo/Por/index.asp

ARATONA de Leitura (ESPAA Sempre a Ler), Animação de Leitura (Um Texto debaixo de Olho) e uma exposição (O Rosto das Leituras) foram as actividades propostas pela biblioteca escolar para assinalar, este ano lectivo, a Semana da Leitura, iniciativa nacional promovida pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e destinada à promoção da leitura. Nos últimos dois anos, as leituras efectuadas durante esta semana foram levadas até à sala de aula. Este ano, os leitores vieram até à biblioteca e, na versão de Maratona ou de Animação de Leitura, leram, ouviram ler, foram vistos e ouvidos por todos aqueles que utilizaram a biblioteca. A obra mais escolhida para estas actividades foi o “must” dos nossos clássicos, Os Maias, num esforço para apresentar este romance sob perspectivas um pouco diferentes das que são abordadas na aula. Com alguma imaginação e materiais simples, a exposição O Rosto das Leituras esteve bem visível e acessível a todos. O seu lema, sob o signo da cor, foi dar “voz” a muitos leitores da escola, apresentando um brevíssimo apontamento sobre os seus hábitos e gostos de leitura. Foram muitos os que pararam para se “lerem” ou lerem o que disseram os outros, reconhecendo nos depoimentos lidos alguns títulos e autores de que também gostaram ou não, e descobrindo algumas curiosidades interessantes.


FALAR ALGARVIO

Março/Abril 2011

De olhos postos nas “camonas”… Leia com atenção e diga lá se não conhece esta figurinha da nossa praça!!!

P

INO do verão. O bar da praia está atascado (1) de gente. Sentado na esplanada, observa os camones enquanto descasca, pachorrento, umas alcagoitas, que vai molhando com uma imperialzinha. Numa mesa ao fundo, três camonas riem alto. Avalia-as. Duas delas, uns catramolhos (2), mas a terceira, ah debo (3), uma bichaninha (4)! Começa a dar de vaia (5). Avança. “Wanna put some cream on?” Elas riem-se. Ele, satisfeito, também. Riem-se ainda três camones encorpados que surgem por trás dele. Vendo o caso mal amanhado (6), sai de fininho. Mais vale um chibo que uma coça!

Não houve concorrentes para decifrar o desafio “Falar Algarvio” de Março, pelo que não publicitamos a habitual foto do/a vencedor/a e respectivo prémio.


Boletim Mensal