Guia referenciasbibliograficascitacoes

Page 1

Guia de Referências

Bibliográficas e Citações BE/CRE Agrupamento de Escolas de Mogadouro


Ao realizares trabalhos de pesquisa deves registar as fontes utilizadas • • • • • •

Livros; Artigos de jornais e revistas; Teses e outras provas académicas; Documentos em vídeo (filmes, etc); Documentos electrónicos (CD, DVD, Internet); Citações.


Livros • Um autor: Autor (APELIDO, Nome) – Título do livro (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Nº de edição (excepto se for a 1ª, que não se menciona). Local da edição: Editor, ano de edição. ISBN Ex: MÉSSEDER, João Pedro – O Meu Primeiro Miguel Torga. Alfragide: Publicações Dom Quixote, 2009. ISBN 978-972-20-3477-7


Livros • Dois autores: Colocar o nome de ambos separados por e Autor 1 (APELIDO, Nome) e autor 2 (APELIDO, Nome)- Título do livro(a destacado: itálico, negrito ou sublinhado) .Nº da edição (excepto se for a 1ª, que não se menciona).Local da edição : Editor, ano de edição. ISBN EX: MARCELI, Daniel e BRACONNIR, Alain - Adolescência e Psicologia. Lisboa: Climepsi Editores, 2005. ISBN 972-8449-86-0


Livros • Mais do que dois autores: Colocar apenas o nome do primeiro autor, seguido de et al. ( que significa “e outros”). Autor 1 (APELIDO, Nome) et al.- Título do livro(a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Nº da edição (excepto se for a 1ª, que não se menciona) Local de edição: Editor, ano de edição. ISBN EX: AZEREDO,M. Olga et al. - Gramática Prática de Português. Lisboa: Lisboa Editora, 2006.ISBN 978-972-680-677-6


Livros • Autor colectividade: Quando o autor de uma obra é uma instituição o seu nome escreve-se como aparece na fonte. NOME DA INSTITUIÇÃO – Título do livro (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Nº da edição. Local da edição: Editor, ano de edição. ISBN EX: Ministério da Educação – Gestão Flexível do Currículo. Lisboa: Departamento da Educação Básica, 2001. ISBN 972-742-142-3


Livros

• Volumes ou partes de livros: Autor ( APELIDO, Nome) – Título do volume ou parte. In Apelido (do autor da obra), primeiros nomes (do autor do livro) – “Título da obra” (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Nº da edição. Local da publicação: Editor, Ano de publicação. ISBN. Localização na obra (volume, capítulo, página). Ex: SAMUELSON, Paul A. ; NORDHAUS, William D. – A fronteira oscilante entre mercados e governo. In Economia. 16ª ed. Lisboa: McGraw-Hill, cop. 1998. ISBN 972-8298-83-8. Cap. 2 (neste caso os autores do capítulo são os mesmos autores do livro, dai não ser necessário repetir os autores)


Artigos de jornais e revistas • Autor ( APELIDO, Nome) – Título do artigo. Nome da revista (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Local de edição. ISSN. Vol., nº (data da publicação). Págs. em que se encontra o artigo. Ex: MORAIS, José - Níveis de referência para melhorar a aprendizagem da leitura e da escrita. Noesis. Lisboa. ISSN 0871-6714. N.º 80 Janeiro/ Março 2010. Págs 18-22.


Teses e outras provas académicas • Autor ( APELIDO, Nome) – Título da tese (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Local de edição: Entidade onde foi apresentada, ano. Tese de …( mestrado, doutoramento, etc.) Ex: MAGALHÃES, José Miguel Fernandes de - Planeamento de rotas para a distribuição farmacêutica. Porto: Universidade do Porto, Escola de Gestão do Porto, 2004. Tese de mestrado.


Documentos em vídeo Autor (APELIDO, Nome) – Título (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). Edição [Registo de vídeo]. Local de publicação: Editor, Ano de publicação. Designação especifica do material Extensão Ex: VIDEO ARTS - Se os olhares matassem : o poder do comportamento. [Registo vídeo]. Lisboa: Videogest, cop. 1987. 1 cassete vídeo (VHS) (27 m.): color., son.


Documentos electrónicos (revistas, jornais…) Autor (APELIDO, Nome) – Título (a destacado: itálico, negrito ou sublinhado). [Tipo de suporte] (entre parêntesis rectos) . Edição. Local de publicação: Editor, Ano de publicação, Data de actualização ou revisão. [Data de consulta] (para páginas de internet ). Disponível em : escrever o endereço no sítio). ISBN. Ex: BORDONABA JUSTE, Mª Victoria; LUCÍA PALACIOS, Laura; POLO REDONDO, Yolanda - Proceso de entrada y salida del mercado: análisis del mercado de la franquicia. CUADERNOS DE ESTUDIOS EMPRESARIALES [em linha]. Vol. 15 (2005), p.9-26. actual. 25 Ago. 2006. [Consult. 25 Ag. 2006]. Disponível na internet: <URL: http://www.ucm.es/BUCM/revistasBUC/portal/modules.php?name=Revis tas2&id=CESE


Citações • A citação permite identificar o documento onde foram obtidos a ideia, o excerto, etc. • As citações devem ser colocadas no texto entre “aspas”. • Uma citação pode ser: -Uma referência numérica; -Uma referência abreviada com localização em nota; -Uma citação autor - data - localização


Citação • Referência numérica Imediatamente a seguir à citação, é inserido no texto um número entre parêntesis. neste caso a bibliografia deve ser apresentada por ordem numérica das citações. Ex: No texto: (…)” autónomos na aprendizagem para podermos, em qualquer altura, garantir a nossa formação e obter novos saberes e novas competências” (1) Na bibliografia: (1) SANTOS, Maria Manuela Novais. – Aprender a estudar. Lisboa Editora,2005.ISBN 972- 680- 632-1


Citação • Referência abreviada com localização em nota No texto é inserida a numeração entre parêntesis e na nota de rodapé, da página em que se encontra o texto, é feita a referência bibliográfica. Ex: No texto: (…)” autónomos na aprendizagem para podermos, em qualquer altura, garantir a nossa formação e obter novos saberes e novas competências” (1) No rodapé: (1) SANTOS, Maria Manuela Novais. – Aprender a estudar. Lisboa Editora,2005.ISBN 972- 680- 632-1


Citação • Citação autor - data A citação é feita referindo o apelido do autor, o ano de publicação e, se necessário o(s) número(s) das páginas, entre parêntesis no texto. Neste caso a bibliografia deve ser apresentada por ordem alfabética Ex: (…) “autónomos na aprendizagem para podermos, em qualquer altura, garantir a nossa formação e obter novos saberes e novas competências” (SANTOS, 2005, p.3) Ou (…) segundo Maria Manuela Santos devemos ser “ autónomos na aprendizagem para podermos, em qualquer altura, garantir a nossa formação e obter novos saberes e novas competências” (Maria Manuela Novais Santos, 2005,p.3). Na bibliografia: SANTOS, Maria Manuela Novais. Aprender a Estudar. Lisboa Editora, 2005.ISBN 972-682


Bibliografia NP 405-1. 1995, Informação e documentação Referências bibliográficas: documentos impressos. IPQ.


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.