Issuu on Google+


NAS ONDAS DO MAR...


TÍTULO: “ Nas Ondas do Mar...” Autores e ilustradores: Agrupamento de Escolas de Canedo - Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos (BE/CRE) Alunos e professores de Língua Portuguesa e Educação Visual e Tecnológica do 2º ciclo (5º e 6º anos) Editor: Agrupamento de Escolas de Canedo - BE/CRE Paginação e revisão: Equipa da BE/CRE (Professoras Maria José Sousa e Susana Ferreira) em colaboração com o professor Ângelo Ribeiro. 2013 Euedito | geral@euedito.com | www.euedito.com Agrupamento de Escolas de Canedo - BE/CRE Rua do Centro Social, n.º 319 4525-117 CANEDO biblioteca@aecanedo.pt | www.becredecanedo.wordpress.com ISBN: 978-989-98467-0-8 Depósito Legal:360286/13 Apoios:

Indústria de Faianças, Lda.

A cópia ilegal viola os direitos dos autores. Os prejudicados somos todos nós


NAS ONDAS DO MAR... “Histórias com voltas”, projeto do 2º ciclo

Agrupamento de Escolas de Canedo Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos

Santa Maria da Feira


Prefácio Dando continuidade a um projeto de grande qualidade que valoriza a nossa Língua Portuguesa, concretizamos, com esta obra, as terceiras Publicações do Agrupamento de Escolas de Canedo. Este projeto de escrita e ilustração criativas começou no ano de 2010/2011 e, desde aí, por cada ciclo de ensino, foram editadas as seguintes publicações: - ao nível do Pré-escolar: “A Janela Mágica do João” (2010/2011) e “O Meu Olhar” (2011/2012); - ao nível do Primeiro Ciclo: ”Uma Noite na Biblioteca da Rua das Flores” (2010/2011) e “Um Amigo Especial” (2011/2012); - ao nível do Segundo Ciclo: “A Casa das Histórias” (2010/2011) e “ “Herança Misteriosa” (2011/2012); - ao nível do Terceiro Ciclo: “A Maldição de Katara” (2010/2011) e “Conflitos Cruzados” (2011/2012). Este projeto prendeu-se, desde o início, com uma prioridade patente no Projeto Educativo do Agrupamento, a saber, melhorar as competências dos nossos alunos ao nível da língua materna, nomeadamente no que concerne às competências ligadas à escrita. A esta prioridade aliámos outra vertente fundamental, o desenvolvimento da expressão plástica através da ilustração . No presente ano, o mar foi o tema que todos aceitaram trabalhar (proposta temática para a Semana da Leitura feita pelo Plano Nacional de Leitura). Contudo com uma grande novidade: os alunos redigiram textos poéticos dando asas à sua criatividade lírica. Por fim, gostaria apenas de salientar que este projeto se baseia no trabalho de todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Canedo, supervisionado por educadoras, professores titulares de turma, professores de Língua Portuguesa e de Educação Visual. Em estreita colaboração com o professor de Educação Visual, Ângelo Ribeiro, toda a coordenação passou pela equipa da BE/CRE (Biblioteca Escolar/ Centro de Recursos Educativos) da EB 2, 3 da escola sede que mobilizou todos em torno de um projeto que se constitui como verdadeiro referencial aglutinador das forças vivas da nossa escola. Que esta iniciativa inspire outras que conduzam os nossos alunos rumo ao sucesso! Um bem-haja a todos os que colaboraram para que este sonho se tornasse possível.

A coordenadora das BE/CRE's do Agrupamento de Escolas de Canedo


8

5ยบA


Corais, medusas e caranguejos,

E

m

to i u

is a m

r. ra t on c n e ra a p

Texto: Érica Martins Ilustração: Ana Cardoso

O

s

o l a

br i l h a

r


5ºA 10

Meu mar… Meu mar, Vasto mar, És bonito e reluzente Como uma estrela cadente. O meu mar é colorido, Dentro dele, ouço um ruído… São as ostras e as vieiras Com as suas brincadeiras. Ó mar, querido mar, Para ti estou a olhar E, com amor no coração, Escrevo-te esta canção… Texto: Coletivo 5ºA Ilustração: Adriana Fernandes


5ºB

Olá Mar

12

A tua cor azul E as tuas ondas brilhantes São de encantar. Vê lá tu, ó Mar, Não consigo parar de te contemplar. Tanta coisa vive em ti, Coisas lindas e com vida. Desde o dia em que te vi, Sonho com a próxima ida.


Tantos peixes que em ti existem: O que mais gosto é a raia, Mas nunca a consigo ver Quando, no verão, vou à praia. Gostava de em ti mergulhar, Ver algas, peixes a saltar, Poder descobrir e nadar Até novos horizontes conquistar! Texto e ilustração: Américo Silva

11


5ºB

O Mar

14

O planeta é como um sonho encantado: De água está rodeado De falésias e arribas enfeitado Quem lá vai, fica maravilhado. O mar é lindo, mas tímido. De lá se tiram grandes alimentos. Os pescadores sempre lhe ouvindo o gemido Para pescar passam grandes tormentos. Em Portugal é o Oceano Atlântico Que banha todo o seu litoral. Com um búzio ouço o seu canto Que tem maré alta e baixa no seu ritual. Em Nazaré, terra de grande fama, Os surfistas mostram o seu talento: As ondas são tão grandes como a sua alma Entram no Guinness para não cair no esquecimento.


És rico em tudo, e tudo fascinas, Até nas tuas algas, Pois dizem o estudo da medicina Que salvam muitos adultos e crianças. Ó Mar! Fazes parte das nossas vidas! É pena o ser humano destruir a tua riqueza: A poluição faz-te feridas É pena um dia perderes a tua beleza! Ó Mar! Povo, salva o nosso mar, Não o faças chorar! Aprendei o mar a amar Não o sujeis, deixai-o brotar! Texto: Fernando Moreira Ilustração: Marco Pais


5ºC 16

AS ONDAS DO MAR Elas vêm e vão, E eu pergunto-me então Para onde irão? Que segredos terão? Viajam de terra em terra Conhecem pessoas que eu Nunca terei oportunidade de conhecer. Nelas naufragaram navios Com tesouros escondidos. Porque assim será? Serão vaidosas? Estarão enfurecidas? Responde-me a esta questão: Que história elas terão?

Texto: Eva Alves Ilustração: Coletivo 5ºC


5ºD 18

O MAR… Quando olho para o mar, Penso - que lindo! Respiro fundo E sonho que estou a voar. O mar tem sonhos, mistérios... No mar existem ostras, lagostas... No mar há bichos bonitos, Bichos esquisitos. No mar, há amor, alegria, Família, carinho, E, quem sabe, uma sereia A meio do caminho?


Quando me sento a olhar Para aquele azul profundo, Tenho a certeza que se todos quisermos Que lindo pode ser o mundo!

Texto e ilustração: Ana Raquel Cruz


6ºA 20

No mar nasce o sol Que brilha nas ondas Que morrem na areia Nos pés de quem o visita. Bate, bate nos rochedos, Luta sem medos, Mas o mar não consegue parar… Não há força igual! Texto e ilustração: Juliana Sá


Texto: RĂşben Ferreira


22

6ยบB


VIAGEM NO MAR… De olhos fechados, Sinto a brisa que paira no ar. De pés descalços, Sinto as ondas do mar. Ao som das ondas, Adormeço devagar. Começo a minha viagem, Num mundo de encantar. O sabor salgado Da água do mar Permite-nos, a mim e a todos os homens, Nunca esquecer o nosso lugar. O sol já se esconde no mar, Por isso, este poema vou terminar. Depois de tantas horas no mar a navegar, Só me resta do barco saltar! Texto e ilustração: Ana Santos


24

6ยบB


Mar, azul intenso, Águas profundas, Salpicado de ilhas.

Quem me dera cortar as tuas ondas, Desvendar os teus segredos, Mergulhar nas tuas águas Para repousar nas tuas ilhas!

Gostava de ser gaivota Para te sobrevoar, Observar os barcos que Te andam a explorar.

Ilustração: Bruno Silva Texto: André Rocha


6ºC 26

MAR O mar é azul, A espuma é densa, Como uma manta, Quero que me aqueça. O mar é fundo Tal como o meu mundo, O mar é brilhante Tal como um diamante. O mar é perigoso, O mar é misterioso, O povo confia, Mas o povo é cauteloso. De guarda baixa, O povo descansa. O mar aproxima-se... E como um véu se lança. Texto: Leonor Lopes Ilustração: Luana Barbosa


27


6ºC 28

DOCE MAR Suave como o mar, É a brisa Que paira no ar. Agitação das ondas... O seu doce rebentar Nas rochas redondas, Faz-me sonhar… As belas paisagens Iluminam o mar, E é nelas Que poiso o meu olhar.

Texto: Ana Silva e Rui Lima Ilustração: Rui Lima


6ºD 30

UM SONHO Estava deitada na praia, Quando ouvi um sussurrar E levantei-me assustada Com o que vi passar… Um polvo gigante me agarrou E levou-me ao fundo do mar, E sem saber o que se passava Comecei a explorar... Avistei dois corais Que namoriscavam as conchinhas. Perguntaram-me: «Para onde vais?, Criatura sem escaminhas?» O polvo os interrompeu, Levando-me até à sua caverna E para fugir dali, Tive muito que dar à perna.


Quando finalmente estava sozinha, Chamei um cavalo-marinho, E como queria ir para casa, Perguntei-lhe o meu caminho. Então, sem dizer nada, Conduziu-me a uma raia E esta fez um gesto Que me levou de novo à praia… Texto: Maria Isabel Salgueiro Ilustração: Ema Silva

31


32

6ยบD


MEU MAR Foi na praia, Junto ao mar, Que veio uma onda Para me abraçar… Foi no alto mar Que vi passar Uma bela barca Que ia a dançar… Foi no fundo do mar, Junto a um navio pirata, Que uma sereia ouvi Cantar uma serenata… Texto: Joana Pinto e Maria Isabel Salgueiro Ilustração: Ana ReginaNobrega


Agrupamento de Escolas de Canedo Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos


Nas ondas do mar