Issuu on Google+

Diรกrio do Mar

Ano Letivo 2012/2013


O Mar…

O mar é grande… tão grande que nele conseguem viver muitas variedades de peixes: baleias, golfinhos, tubarões e muitos outros seres. Tudo isto se encontra escondido debaixo das suas ondas fortes ou calmas, dependendo da sua disposição. Mas, por cima das suas enormes ondas, navegam grandes e pequenos navios. Uns, carregados de mercadorias, outros, transportam pessoas que adoram viajar e sentir a sua pequenez no meio daquela imensidão. No fundo do mar, encontramos ainda os recifes, onde vivem uma enorme variedade de seres vivos, mais parecidos com os tesouros perdidos, pois também os há… O que esconderá mais, ainda, este grandioso mar, sob e sobre as suas águas cristalinas? Ano Letivo 2012/2013


O peixe com barbatana da sorte Era uma vez uma família de pequenos peixes palhaços. O mais novo da família chamava-se Nemo. Nemo era diferente dos outros peixes, tinha uma barbatana mais pequena do que a outra. Mas isso não o incomodava, dizia que era a sua barbatana da sorte. Um dia, o Nemo foi dar um passeio. Qual não é o seu espanto, quando, mesmo à sua frente, apareceu uma baleia que abriu a sua grande boca e, num abrir e fechar de olhos, engoliu o Nemo. Passado algum tempo, o seu pai, preocupado, foi procurá-lo. Procurou, procurou, mas não o encontrou… Dias depois, a baleia e Nemo tinham feito uma enorme viagem, tendo chegado ao Oceano Pacífico. O peixinho Nemo, que já estava farto daquela escuridão, lembrou-se de fazer cócegas no interior da baleia. Esta, apesar de fazer um enorme esforço, não consegui suster o espirro e… - Atchim! Nemo, ao ser atirado para a água, encontrou umas tartarugas, que logo se disponibilizaram para o ajudar. Com o apoio das tartarugas, Nemo conseguiu encontrar o caminho de casa, onde toda a sua família o esperava. A sua diferença nunca o impediu de se aventurar para as grandes e fantásticas aventuras que viveu. Ano Letivo 2012/2013

A sorte somos nós que as construímos!


Ano Letivo 2012/2013


Fui ver o mar… Fui com os meus avós ver o mar. Foi um dia que jamais esquecerei! Vi muitas pessoas a nadar, outras brincavam na areia. A areia era tão fina que me escorregava das mãos. Mas com essa areia, construíam lindos castelos, que decoravam com as conchas do mar. Eu apanhei muitas conchas, que iria levar para casa para me poder lembrar deste dia. Um dia tão especial… fiz muitos amigos, com os quais brinquei na areia; fomos para o mar nadar todos juntos, jogamos à bola, fizemos um piquenique e até dormimos uma sesta debaixo do guarda-sol. Mas que dia!… Agora, sempre que pego nas conchas que apanhei lembro-me Ano desse Letivodia, 2012/2013 que não queria que tivesse fim.


O meu amigo mar O mar é uma importante fonte de recursos, ele dá-nos água, sal, alimentos, produtos medicinais e outros materiais. Nele navegam os barcos de pesca, de lazer, de transporte de mercadorias e de pessoas. É uma grande fonte de riqueza e de beleza. As pessoas no verão gostam de ir à praia, pois a frescura da água, a suavidade da areia e o azul do mar acalmam a alma e transmitem-nos uma energia positiva. Vamos todos juntos proteger esta dádiva, que nos é permitida contemplar e usufruir sempre que quisermos.

Ano Letivo 2012/2013


A paixão da gotinha Tudo começou quando uma gota, que caiu do céu, se juntou- a tantas outras que corriam, todas juntas, por um ribeirinho. Esse transformou-se num rio e levou a gotinha até a mar. A gotinha apercebeu-se de que não estava no mesmo local, pois de doce, passou a salgada. Onde estaria ela!? Num mundo com muitas, não, imensas gotinhas, todas elas alegres e contentes, por poderem dançar ao ritmo do vento, formando ondas fortes e belas, que vão e voltam sobre areia fina, por poderem mergulhar até as profundezas, e encontrar uma diversidade imensa de seres marinhos que só existem no mar. Nunca mais quis abandonar aquela casa, aquela gotinha que se apaixonou pelo mar. Ano Letivo 2012/2013


À procura de um sonho - Um peixe disse ao outro:

À

- Achas que o fundo do mar é perigoso? - Não sei. Vamos lá ver? - Os dois peixes nadaram para as profundezas do mar e pelo caminho encontraram um polvo. - Como te chamas? Perguntaram-lhe os dois peixes. - Óscar respondeu o polvo. - Eu cá chamo-me Dexter o vermelho e este é o meu amigo Jack o azul. Andamos à procura do fundo do mar. Sabes onde fica? - Sei, devem continuar a descer nesta direção. - Obrigado, Óscar! - E lá foram eles seguindo aquela direção. - Mais abaixo, encontraram… - Um tubarão!! - Anda, vamos fugir e esconder-nos atrás desta pedra. - Felizmente tudo não passava de um sonho. Ano Letivo 2012/2013

Os sonhos nem sempre são bons!


Ano Letivo 2012/2013


O mar é lindo! No mar a água é azul como as pétalas de uma centáurea , límpida como o vidro mais puro. Mas de noite o mar é negro, grandioso e misterioso. No verão, adoro visitá-lo e poder cheirar a sua proximidade. Nessa época, é bondoso e deixa-nos nadar. No inverno, sinto a falta dele e de brincar na areia. Por isso, aproveitem o melhor que o verão nos dá, indo à praia visitar o mar.

Ano Letivo 2012/2013


Ano Letivo 2012/2013


Trabalho Realizado pelos Alunos da EB 1 Vale de Madeiros Ant贸nio Garcia

Leonor Silva

Ana Martins

Ricardo Rodrigues

Ricardo Teixeira

Maria Rodrigues

Eva Peixoto

Cl谩udio Coelho

Filipe Gomes

Filipa Fernandes

Guilherme Marques

Geremy de S谩

Leonor Cardoso

M贸nica Guerra

BIBLIOTECA ESCOLAR CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS

Ano Letivo 2012/2013


Diário do mar