Page 1

LUTA INVISÍVEL Inês Ascensão, Liliana Machadeiro & Rui Gaspar Prof.-orientadores: Alda Fidalgo e João Fidalgo

As cozinhas pelas suas condições ambientais (humidade e calor) são locais privilegiados para o desenvolvimento de focos de bactérias, que podem ser causadoras de intoxicações alimentares. A radiação microondas ( ondas eletromagnéticas com comprimentos de onda maiores que os dos raios infravermelhos, mas menores que o das ondas de rádio) cozinham os alimentos, fazendo com que as moléculas de água presentes nos alimentos vibrem. Esta vibração cria calor. Tendo em conta que as bactérias e outros organismos têm na sua constituição elevada percentagem de água, o calor gerado pela vibração destas moléculas poderá ser suficiente para destruir esses microorganismos. Com este projecto pretendeu-se testar a eficácia da utilização da radiação microondas na eliminação de microrganismos presentes nos objectos de limpeza das bancadas de cozinha, (panos e esponjas) e comparar a eficácia com outros métodos de esterilização. Numa primeira fase foram realizadas colheitas nos utensílios contaminados e preparadas culturas. Após incubação, estes meios foram submetidos à radiação microondas e posteriormente recolados na incubadora para avaliar o potencial de ressurgimento das colónias. Numa segunda fase optou-se pela colocação directa dos objectos de limpeza contaminados, no forno microondas, com posterior avaliação do potencial da radiação para a descontaminação desses objectos, pelo indíce de infecção causado no meio de cultura com que contactaram. Foram testados outros métodos mais tradicionais (lixívia e utilização em água quente) e a sua eficácia foi comparada com a esterilização pela radiação microondas. As conclusões indicam-nos que as radiações microondas são bastante eficazes na eliminação de bactérias, comparativamente com os métodos mais tradicionais.

19

LUTA INVISIVEL19  

LUTA INVISÍVEL 19 Inês Ascensão, Liliana Machadeiro & Rui Gaspar Prof.-orientadores: Alda Fidalgo e João Fidalgo