Page 1

Década de 80

Contexto histórico da década de 80 Os anos 80, foi o período de tempo entre os anos 1980 e 1989. Foi um período bastante marcante para a história do século XX segundo o ponto de vista dos acontecimentos políticos e sociais: é eventualmente considerada como o fim da idade industrial e início da idade da informação, sendo chamada por muitos como a década perdida para a América Latina. Apesar de esta década ter ficado conhecida como " a década perdida " pelo fato da estagnação econômica vivida pela América Latina durante a década de 80, foi durante os anos de 1980 e 1989 que ocorreram vários eventos mundiais. Dentre estes fatos marcantes estão: •

A batalha de Cuito Cuanavale acontece durante a Guerra Civil Angolana e a Guerra da Fronteira Sul-africana;

Dez mil cubanos procuram asilo político na embaixada peruana em Havana em 1980;

Inicia-se um conflito interno no Peru pelo movimento comunista Revolucionário Túpac Amaru em 1980 e continua até 1990;

A Nigéria sofre vários golpes militares entre 1983 e 1985;

Início da fabricação dos computadores pessoais, ou PCs, Walkmans e videocassetes;

Os Estados Unidos bombardeia a Líbia em 1986 por acusar o país de apoiar grupos terroristas;


É realizado um referendo no Canadá pela separação parcial ou não da província de Quebec do resto do país, em que acaba sendo decidido por 59,56% pela não separação;

O Zimbabué torna-se independente e deixa de ser colônia do Reino Unido em 1980;

Acontece a Guerra das Malvinas;

A Guerra da Fronteira Sul-africana termina em 1989;

O presidente egípcio Anwar Sadat é assassinado em um desfile militar no Cairo, em 6 de outubro de 1981;

Acontece a Segunda Guerra Civil sudanesa;

Lançamento do estação espacial MIR, da União Soviética.

Quando se fala em política da década de 80, lembra-se imediatamente do atentado do Rio centro, que ocorreu no Brasil em 1981; a morte de Tancredo Neves, em 1985; a criação da nova Constituição Brasileira, em 1988, que ensejaram mudanças radicais nos rumos políticos do país. No mundo, o atentado contra o Papa João Paulo II e eleição de Ronald Reagan nos Estados Unidos da América e de Margaret Thatcher no Reino Unido marcaram esta década e traçaram a política neoliberal que hoje é apanágio da maioria dos países capitalistas. Esta década pode ser considerada a década mais forte de todas em relação a música mundial, pois cantores que se destacaram nessa época são lembrados e prestigiados até nos dias de hoje. John Bom Jovi e Michael Jackson são exemplos, mas eles felizmente não são os únicos que fizeram sucesso nessa época vivida pelos nossos pais. Além disso, muitas músicas ficaram famosas pelo fato de estarem presentes nos filmes de tanto sucesso da época, como " Greeze " e " Os embalos de sábado à noite " .


Principais movimentos artísticos Apesar de ser uma década sem movimentos artísticos relevantes, os anos 80 determinam o fim das abordagens conceitualistas dos anos 60 e 70, marcam o advento do pósmodernismo e são tempos de incubações de mudanças radicais que se materializam nos anos 90. O Neo-Expressionismo era a designação para as tendências artísticas dos anos 80 na Alemanha, que apresentam semelhanças com a pintura expressiva e gestual do Expressionismo. Depois da anistia, nos anos 80, cada artista brasileiro seguiu o seu próprio rumo criativo. Dentre os artistas brasileiros, destacam-se Nitsche, Claudio Tozzi, Rubens Gerchman, Wesley Duke Lee e Aguilar. Claudio Tozzi, por meio da construção das cores, expressou poesia em suas peças, se dedicou profundamente às pesquisas de cores. Muito comentado na mídia, Rubens Gerchman era pintor, desenhista, gravador e escultor e teve a oportunidade de expor seus trabalhos no México, Guatemala, EUA e Alemanha; em suas obras buscava o novo e o estático, além de expressar a imagem do beijo de diversas formas. Wesley Duke Lee era um artista paulistano, pintor, desenhista, gravador e artista gráfico. Realizou obras irreverentes e originais. Em 1963, criou ao lado de Pedro Manuel Gismondi, o movimento " Realismo Mágico " , o movimento buscava enxergar o mundo a partir de elementos mágicos e energizantes. Aguilar é reconhecido como o pintor das bandeiras. Aguilar é um paulistano nascido em 1941, e, em suas obraqs, indagou sobre uma sociedade globalizada, presa aos apelos televisivos e longe dos reais movimentos culturais. Analisa-se uma bandeira como a identificação de uma nação, partido ou grupo, uma forma de pano


repleta de cores. Mas, em suas obras, Aguilar explora um conceito de liberdade nas bandeiras.

Principais características - Inovações na Moda Características dessa época tão brilhosa são: nas roupas, cores cítricas, ombreiras largas, estampas de oncinha, mocassim, jeans, bijuterias, cuecas Calvin Klein, linho, stretch, cabelos sem simetria, patinação, saias floridas, ápice do tênis All Star, na praia usava-se biquine fio dental e o asa-delta. Houve o nascimento das revistas Moda Brasil e Elle, calça baggy e semi-baggy, manga morcego, faixas na testa, sandálias de plástico, scarpin, mochilas e carteiras emborrachadas, entre outras. Na década de 80, surgiram vários ícones que influênciaram a moda e o comportamento da sociedade. No cenário musical, cantoras como Cindy Lauper, Madonna, Tina Tuner e Michael Jackson, e bandas como Abba, A-ha, The Cure e Menudo eram os grandes ídolos. O estilo e comportamento de seriados e filmes, como Anos Incríveis, Alf-O Eteimoso, Armação Limitada, As Panteras. Nos tempos da brilhantina e Flashback eram os mais capiados. Com o advento da " geração saúde " , o culto ao corpo e à juventude se tornou uma das manias da época. Não só a cultura das academias de ginásticas, mas também o uso de peças de roupas esportivas entraram na moda. A sobreposição de peças no vestuário fiminino ganhou as ruas, popularizada principalmente pelo visual de Madonna. Mas não foi só o visual do jovem que mudou. Logo no início daquela década, novas tecnologias de comunicação e de entretenimento mudaram estilos de vida e formas de fazer negócios e aproximaram culturas. Essas inovações tecnológicas, junto principalmente com a música, a moda e o cinema, ajudaram a cultura pop a se consolidar como um fenômeno global e dominante a partir


dos anos 80.

Estilo de vida A subcultura gótica é uma cultura que teve início no Reino Unido durante o final da década de 1970 e início da década de 1980, derivado também do gênero pós-punk. A década de 80 é marcada por ser a pós-ditadura e pósrevolução em que os jovens têm um papel fundamental, assim, é ainda uma época em que os indivíduos se estão a habituar à sua liberdade e, têm alguma dificuldade em lidar com a mesma, o que gera alguma instabilidade social. A juventude organiza-se em torno de movimentos culturais e apresenta-se socialmente como difusora de estilos de vida centrados na música, no lazer e no consumo de produtos identificados com a cultura juvenil. Machado Pais, define a categoria da juventude abordando duas correntes: a corrente geracional e a classicista. A perspectiva geracional fundamenta-se no conceito de geração social, provindo assim da continuidade ou não do processo de transmissão de valores entre gerações. Para a perspectiva classicista a juventude é olhada como diversidade enquanto para a perspectiva geracional é vista como uma unidade. A vertente classicista considera a juventude como sendo um grupo constituído por jovens que provém de meios socias diversos. Na década de 80 vários domíniod marcaram os percursos da juventude , nomeadamente , a tecnologia , o mundo dos videosjogos e a música. Relativamente á tecnologia e á diversão eletrônica , dois acontecimentos importantes marcaram muito a juventude dos vindouros , o início da fabricação dos primeiros PC's e , também o surgimento dos videojogos monopolizados pela Sega e Nitendo , onde os jogos Super Mario Bross e Sonic fizeram grande sucesso. De fato , o surgimento dos computadores e das consolas de jogos influenciariam muito o estilo de vida da juventude futura , nomeadamente , na década de 2000, onde estes dois utensílios


sofrem uma grande proliferação e fazem parte do cotidiano da juventude. Na década de 80, assistiu - se a um desvanecer da oposição aos papéis sexuais tradicionais da década de 60/70 para passar a demotar - se um acentuar da masculinidade, foi, também, nesta década que surgiu o conceito de gênero que tem a sua origem nos estudos feministas da década de 60.

Anexos


Contexto Histórico  

Os anos 80 serão eternamente lembrados como uma década onde o exagero e a ostentação foram marcas registradas. Os seriados de televisão, com...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you