Issuu on Google+

Partilha de fotos na Internet

Alice Goulding- LGPN Sara Reis- LGPN Cadeira: Tecnologias e Comunicação Docente: João Torres

1


2


Índice

Introdução 3


Segundo a Wikipédia o compartilhamento de fotografias na Internet é a publicação ou transferência de fotos digitais de um usuário online, permitindo assim que outro usuário possa compartilhá-los com outras pessoas (público ou privado). Existem sites e aplicações que facilitam o carregamento e exibição de imagens. Ao partilhar livremente galerias de fotos online que são criados e geridos por usuários individuais, incluindo fotoblogs, significa que outros usuários possam ver mas não necessariamente ter uso livre e acesso livre a elas O compartilhamento de fotos na Internet não se limita apenas à web e computadores pessoais, é também possível a partir de dispositivos portáteis, como telemóveis com câmaras. Algumas câmaras agora vêm equipados com wifi e uma funcionalidade de compartilhamento semelhante entre si mesmos. Os primeiros sites de compartilhamento de fotos originaram no fim da década de 1990, principalmente a partir de prestação de serviços de encomendas online de impressões (de acabamento de fotos), mas muitos mais foram surgindo durante o início do ano 2000 com o objetivo de proporcionar o acesso permanente e centralizada para fotos de um usuário e em alguns casos, clips de vídeo também. Webshots, SmugMug, Yahoo! Photos e Flickr estavam entre os primeiros. Isso resultou em diferentes abordagens para a geração de receitas e funcionalidade entre os fornecedores. Iremos então apresentar os perigos que a internet representam bem como algumas fontes que comprovam a nossa informação.

4


Sites de partilha O site tecmundo.com.br sugere os oito melhores sites para armazenamento e partilha de imagens e fotografias. “Muitas pessoas quando saem de férias costumam tirar centenas de fotografias para eternizar os melhores momentos. A fotografia digital trouxe aos fotógrafos essa liberdade de explorar tudo o que estiver acontecendo, porém muitas vezes isso pode ser um obstáculo. Dá para imaginar o quão complicado pode ser compartilhar centenas de fotografias com todos os amigos. E esse é um dos motivos por que foram criados os serviços de hospedagem e compartilhamento de imagens na internet, nos quais é possível criar álbuns para os seus eventos e colocar todas as fotografias rapidamente. Dessa forma, todos os seus contatos podem ver exatamente como estão sendo as suas férias, ou como a sua festa foi divertida. Confira aqui uma seleção feita especialmente para você, com os melhores serviços de compartilhamento e hospedagem de fotografias para colocar as recordações das suas férias!” Estes são alguns dos sites principais de partilha de imagens: 1-Flickr Não existem dúvidas de que o Flickr é um dos compartilhadores de fotografias mais conhecidos e usados. Milhões de imagens estão hospedadas neste serviço do Yahoo. 2-Picasa O Picasa é outro serviço de compartilhamento de imagens, que pode ser usado através da sua conta do Google. É nele que estão hospedadas todas as imagens do Blogspot. 3-Facebook e twitter Apesar de não ser a sua função principal, os álbuns do Facebook e Twitter são uma ferramenta bastante completa de hospedagem e compartilhamento de imagens.

Perigos de compartilhamento de fotos online 5


Com a extrema facilidade de acesso à internet e às várias redes sociais, algumas delas por nós já referidas, criou-se um risco eminente de exposição da nossa vida privada, que poderá ser usada em várias aspetos para expor de forma imprópria. Estar num café e tirar uma foto e logo de seguida publicá-la online tornou-se algo tão fácil. Porém, várias pessoas se aproveitam deste fator de “inocência” de algumas pessoas para prejudicar e eventualmente estragar a vida pessoal e social de outrem. Outro grande problema é o compartilhamento de fotos íntimas na rede social. Nós, utilizadores regulares das redes sociais, não nos apercebemos que tudo o que publicamos online, mesmo que seja apagado mais tarde, ficará sempre vestígios da nossa atividade e esses mesmos vestígios podem ser captados por pessoas com más intenções e não só podem publicar a nossa vida social, como a pessoal e profissional. O que várias pessoas não sabem é que muitas empresas, antes de decidirem quem irão contratar, vão “vasculhar” o facebook dos candidatos para decidirem se contratam ou não. Doravante, é muito importante a nossa cautela no que concerne a publicação de fotos e outras informações na nossa página pessoal. Muitas pessoas, nomeadamente jovens, têm o impulso e a necessidade de publicarem fotos privadas nas redes sociais. Tal facto leva a pressões e criticas que podem afetar bastante a pessoa em questão, levando até, em alguns casos, a suicídio por parte da pessoa vitimada. Segundo o site http://jornalggn.com.br/, a Safernet concluiu que em 2013 “101 pessoas procuraram ajuda psicológica” devido a publicações nas redes sociais. A maior parte das queixas foram de vitimas de “nude selfie” e “sexting”, que é o compartilhamento de fotos intimas em sites. A maior parte das vitimas têm idades compreendidas entre 13 a 15 anos, elevando assim a preocupação relacionada com este aspeto pois uma vez publicada a foto online perde-se completamente o controlo da mesma. Para completarmos a informação, pesquisamos um pouco mais e constatamos que o site http://www.propaganda.blog.br/ refere que o governo do Paraguai realizou uma campanha para advertir sobre o perigo da internet e do compartilhamento de imagens. A publicidade foi baseada num vídeo que mostra como um a simples publicação nas redes sociais pode acabar como menos desejamos. A campanha tem como público-alvo crianças, adolescentes e adultos, visto que todo o cuidado é pouco no que diz respeito à internet. Resumindo, iremos expor agora uma pequena lista que apresenta, por tópicos, o que referimos anteriormente: - exposição da vida privada; - perigo de exposição indecente; - uso da informação partilhada para fins maliciosos;

6


- através da publicação efetuada conseguem descobrir a nossa localização, o que pode levar a outros acontecimentos negativos. Concluindo, advertimos para a precaução da informação que partilhamos online, pois pode ser usada para outros meios.

Conclusão Com este trabalho realizado, pretendemos demonstrar que a internet é um local que pode levar a comunicações com todo o Mundo. No entanto, é preciso ter noção e conhecimento de que tudo aquilo que fazemos tanto nas redes sociais como os sites que visitamos fica para sempre registado numa base de dados e a informação 7


que deixamos nestes sites não nos poderá prejudicar indevidamente, e como tal deveremos de ter cuidado. A internet está realmente à disposição de quase todos e a crescer e a criar uma comunidade mundial variada, tanto de pessoas com boas intenções como de pessoas com más intenções. Desta forma, recomendamos que a usem de forma inteligente e cuidadosa e que divulguem o menos de informação pessoal possível. Concluindo, a internet é um sitio maravilhoso, repleto de informação que nos dá a possibilidade de aceder a todo o conhecimento, só temos de sabe-lo usá-lo corretamente.

NET GRAFIA Referências Finanças, N. e. (2014). Negócios e Finanças. Obtido em 07 de 05 de 2014, de Negócios e Finanças: http://febracis.com.br/blogs/negociosefinancas/2012/05/17/perigo-dasredes-sociais/ GGN. (2014). GGN. Obtido em 07 de 05 de 2014, de GNN: http://jornalggn.com.br/noticia/oaumento-das-vitimas-de-compartilhamento-de-fotos-intimas-na-internet

8


MUNDO, T. (2014). TEC MUNDO. Obtido em 07 de 05 de 2014, de TEC MUNDO: http://www.tecmundo.com.br/flickr/7298-8-alternativas-para-armazenar-ecompartilhar-as-fotos-das-ferias.htm Propaganda, B. d. (2014). Blog da Propaganda. Obtido em 07 de 05 de 2014, de Blog da Propaganda: http://www.propaganda.blog.br/cuidado-com-o-que-voce-posta-nainternet-alerta-governo-paraguaio/#.U2qtbfldXAt Wikipedia. (2014). Wikipedia. Obtido em 07 de 05 de 2014, de Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Photo_sharing

9


Partilha de fotos na internet (1)