Issuu on Google+

Beatriz Lima Mendes, nยบ6, 5ยบ D


Nas longas ondas do rio, veio um peixe pequeno e dourado com os olhos bem fechados. O peixe pareceu-lhe familiar e saltou da poรงa para o rio.


Nadou, nadou, nadou, a tentar encontrå-lo debaixo do rio, entre as pedras‌ mas nada.


O que ele pensou logo de imediato foi: “E agora? Será que desapareceu? Perdi-o?”


Nas longas ondas do rio, veio um peixe pequeno e dourado com os olhos bem fechados. O peixe pareceu-lhe familiar e saltou da poça para o rio. Nadou, nadou, nadou, a tentar encontrá-lo debaixo do rio, entre as pedras… mas nada.


O peixe não desistiu, foi para mais longe procurá-lo. No fundo do rio, em muitas horas de procura, viu um reflexo dourado e muito brilhante; mergulhou para o fundo do rio, até que viu, não aquele peixe dourado, como viu toda a sua família, mas os outros peixinhos e perguntou:


-Mas o que é isto, uma festa para mim? Todos os peixinhos e a sua família acenaram com a cabeça a dizer “Sim”.


Essa festa era para festejar um momento em família e amigos. Houve muita diversão e uma banda de música que ele adorava bastante, era uma banda de música Rock. Todos ficaram contentes e a família ficou cada vez maior.


Beatriz