Page 1

www.hnsg.org.br EDIÇÃO 01 2017

Destaque Correio Pneumático: velocidade que ajuda a salvar vidas. P. 08

Serviços Fisioterapia no HNSG: um serviço de excelência.

PENSE POSITIVO

P. 20

Em meio a tantas adversidades, focar no que te faz bem pode fazer a diferença.

1


hnsg.org.br

Um serviço completo para diagnósticos e tratamentos por imagem com o diferencial de estar dentro de um hospital, garantindo mais segurança ao paciente.

CENTRO DE IMAGENS HNSG Ultrassonografia Raios-x Tomografia Computadorizada Ressonância Magnética

Agende seu exame: 3240-6521

2

AGORA TAMBÉM CREDENCIADO PARA ATENDIMENTO DE PACIENTES UNIMED.

PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS EM: Mapeamento de Endometriose Avaliação de Incontinência Urinária Biópsia Guiada por tomografia Radioablação Tratamento da dor Drenagem


SUMÁRIO

Entrevista 04 Saiba como são gerenciados os leitos no HNSG.

Diferencial 07 Integração entre serviços proporciona atendimento completo aos pacientes.

Tecnologia

Médicos do serviço de endoscopia realizam procedimento inédito no Paraná.

Matéria de Capa

Pensamento positivo, um forte aliado para enfrentar momentos difíceis.

13

Prezado leitor,

14

Novidades 20 HNSG amplia leitos para atendimento intensivo de prematuros e crianças.

História

Como surgiu o Carisma Vicentino, que direciona os valores do HNSG.

21

EDITORIAL Diretoria Hospital Nossa Senhora das Graças Diretora‐Geral Ir. Maria de Fátima Sobral Diretora‐Ouvidora de Hotelaria Ir. Mafalda Genoveva Narzetti Diretora‐Tesoureira Ir. Maria do Carmo Marques Diretor‐Executivo Flaviano Feu Ventorim Diretor Técnico Médico Dr. Luiz Sallim Emed ‐ CRM 4116 Diretor Administrativo Fernando Cesar de Oliveira Atos e Fatos Revista semestral do Hospital Nossa Senhora das Graças, produzida pelo Setor de Comunicação e Marketing do HNSG

Editorial

Redação Melise G. Bochnia Jornalista Responsável MTB 6024 DRT-PR melise@hnsg.org.br Mônica Neves imprensa@hnsg.org.br Stacy Barbosa comunicacao@hnsg.org.br Colaboração Ir. Iracema Vujanski ( Mater Dei) Thiago Boing (HJAF) Monique Moreira (HJAF) Tainá Endi ( Hospital da Providência) Editoração, Projeto Editorial Agência BDDB bddb.ag CTP e Impressão Corgraf 41 3012-5000

O compasso do relógio parece cada vez mais acelerado. Em tempos em que o imediatismo se faz presente na vida das pessoas, é importante parar para refletir sobre mudanças. Parece que foi ontem que iniciamos o ano de 2017 e um novo semestre já está começando. Durante esses seis meses o Hospital Nossa Senhora Graças buscou a cada dia aperfeiçoar ainda mais o atendimento prestado. Em um ambiente hospitalar o imediatismo não deve substituir a qualidade, e toda evolução deve visar o aperfeiçoamento e a capacidade de atender melhor. Pensando nisso, algumas melhorias foram realizadas no Graças. A revitalização da UTI Neopediátrica, por exemplo, visa além de oferecer mais 10 novos leitos para a cidade, proporcionar um espaço com mais conforto e acolhimento para as mamães e bebês que utilizam o serviço. Outro projeto que também merece destaque é o correio pneumático, que confere ao hospital o título de pioneiro na cidade a contar com essa tecnologia. Além disso, como parte dos valores do HNSG, desenvolver projetos que atentem para a humanização e amor ao próximo é essencial. Prova disso é o Correio dos Anjos, elaborado com muito carinho para que os nossos pacientes possam expressar seus sentimentos por meio de cartas. Inovações e projetos como esses tornam o HNSG referência. E tudo porque desejamos que cada paciente que passe por nossa Instituição sinta um pouco do nosso amor e possam levá-lo em suas memórias. Desta forma, sem dar espaço para o imediatismo, a excelência do Graças se solidifica cada vez mais. Uma ótima leitura, e que o próximo semestre seja ainda mais abençoado. Flaviano Feu Ventorim Diretor Executivo Hospital Nossa Senhora das Graças

3


ENTREVISTA

Gestão de leitos Para aumentar a disponibilidade de leitos o HNSG possui unidade administrativa exclusiva Gerenciar leitos hospitalares é um dos processos mais críticos e desafiadores para os Hospitais. Refere-se à busca constante pela otimização do uso dos leitos, que reflete diretamente no tempo de espera para internação, na disponibilidade de vagas e na satisfação dos clientes. “A Gestão de leitos é um processo logístico bem complexo, que envolve quase todos os serviços do hospital, por isso é tão desafiador”, diz o Diretor Executivo do Hospital Nossa Senhora das Graças, Flaviano Feu Ventorim. É necessário engrenar

4

perfeitamente importantes rotinas, tais como horário e processo de alta médica e de enfermagem, fechamento de contas, higienização e preparo dos quartos, tudo interligado à agenda cirúrgica do dia e contando com fatos imprevistos de internações emergenciais. A Revista Atos e Fatos, conversou com o Diretor Executivo, Flaviano Feu Ventorim e com a Coordenadora de Atendimento Interno do Hospital Nossa Senhora das Graças, Elenice de Fatima Carneiro que falam sobre como é a gestão de leitos no Hospital.


Nossos números

Média 1.400 internações/ mês Média de permanência de 3 a 4 dias, sendo que 40% dos atendimentos são de urgência, variando em período sazonal.

gestão em tempo real da movimentação dos leitos. Nesse painel a equipe visualiza o mapa da ocupação do hospital, a previsão de alta médica, o movimento da hotelaria - início e término do processo de higienização do leito, percorrendo todas as etapas do processo de alta, podendo agir diretamente na situação. De maneira rápida e segura a administração do tempo é um dos facilitadores dessa nova ferramenta.

ATOS E FATOS: Porque a gestão de leitos é um desafio para os hospitais? FLAVIANO: O desafio é grande porque envolve muitas pessoas e, em especial, dois momentos, a saída de um paciente e a entrada de outro. Diferente de um hotel onde o horário do check-out é programado e cumprido fielmente, nos hospitais variáveis podem criar um momento de travamento total de leitos do hospital, impedindo novas internações e mesmo transferências internas. Por exemplo, o paciente “A” que precisa sair da UTI e ir para um leito convencional onde está o paciente “B” que aguarda alta médica, enquanto o outro paciente “C” aguarda no centro cirúrgico, pela saída do paciente “A” da UTI. ATOS E FATOS: Por ser um trabalho complexo, é necessário que o hospital tenha uma equipe preparada para coordenar as internações e altas dos pacientes. Como o gerenciamento de leitos é feito no HNSG? ELENICE: O HNSG implantou há cinco anos uma unidade administrativa exclusiva para o gerenciamento de leitos. Além disso, temos um time de gestão de vagas, com lideranças de diversas áreas envolvidas na alta do paciente, como enfermagem, hotelaria e manutenção, que debatem mensalmente o tempo de desocupação do leito e tem aplicado ações no intuito de reduzir esse tempo. No período de maior ocorrências das altas que é das 9h às 15h também temos uma equipe de alta de enfermagem, e sua atuação tem proporcionado a redução de até uma hora na desocupação do leito. ATOS E FATOS: O HNSG possui alguma tecnologia para auxiliar nesse gerenciamento? ELENICE: Sim. A unidade Gestão de Leitos conta com um painel de controle desenvolvido pelo setor de tecnologia da Informação exclusivamente para a

ATOS E FATOS: Assim que o paciente desocupa o leito, quanto tempo o hospital tem para a ocupação de novo paciente? ELENICE: Após a alta médica o tempo de permanência do paciente é de até uma hora. A unidade de gestão de leitos possui acordos de tempo para receber o leito pronto, que após a higienização é de até 40 minutos. ATOS E FATOS: Como o paciente e o médico podem ajudar na gestão de leitos? FLAVIANO: Em geral todos os pacientes preferem ser internados pela manhã, logo cedo. Neste mesmo horário as altas ainda estão acontecendo e após a alta médica há um complexo processo que envolve enfermagem para liberar o paciente após todas as medicações e orientações, higienização e arrumação do quarto, tesouraria e por fim a desocupação do leito que também depende do paciente, que muitas vezes tem dificuldade logística para ir para sua residência. E nesse momento temos ainda dois tipos de pacientes - o eletivo (programado) e o emergencial (não programado). Cada profissional médico tem que ter em mente, que se ele precisa de leitos pela manhã, é importante que as altas sejam efetivadas também pela manhã. Mas ainda assim, há riscos de intercorrências que podem modificar essa expectativa de tempo.

5


MAIS SAUDÁVEL

REVITALIZA

Mais comodidade aos clientes do HNSG Refeição fora de casa Na hora de fazer uma refeição fora de casa, seja na correria do dia a dia ou para celebrar um momento especial, muita gente acaba cometendo excessos na alimentação. A nutricionista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Maria Inez Fuentes, diz que tudo começa com a escolha do tipo de restaurante e dá dicas de como optar por refeições mais saudáveis em cada culinária. Restaurantes que servem a La Carte: Inicie pelas saladas e use o mínimo de tempero. Ao escolher os pratos, opte por cozidos, assados ou grelhados. Restaurante Italiano: Prefira massas com recheios de carnes magras, queijos brancos e pouco óleo. Pizzarias: Prefira recheios de legumes, vegetais ou frutas. Evite recheios com embutidos como linguiça, bacon, salame e presunto, adicionados de queijos como catupiry e cheddar. Churrascaria: Evite carnes com gorduras aparentes, embutidos como linguiça, bacon, calabresa e massas ao molho de queijo. Restaurante Japonês: Possui alimentos saudáveis como legumes, vegetais, frutas e peixes, porém também apresenta fontes de carboidratos e frituras, e o molho shoyu. O consumo deve ser moderado. Restaurante Mexicano: Deve-se ter cautela, pois utiliza-se muito queijo e pimenta. Quanto mais amarelo for a coloração do queijo, mais gordura sua composição terá. Happy Hour: Prefira preparações assadas com proteínas magras e vegetais, como exemplo o bolinho de carne assado e pães assados.

6

Visando melhorar o atendimento e oferecer mais comodidade ao paciente, o HNSG realizou obras para realocação da pré-internação que mudou para a entrada principal. Segundo Alexandre Gutierrez, coordenador de engenharia, a reforma tem como objetivo facilitar o deslocamento do cliente ao serviço. “Essas melhorias trazem mais facilidade na hora de encontrar a sala da pré-anestesia, proporcionando mais tranquilidade ao paciente”, afirma. O laboratório externo do HNSG (LAC), com entrada pela Avenida Manoel Ribas nº 1226, também está em novas instalações. Agora o LAC HNSG está localizado próximo à entrada principal do Hospital, com acesso pela Rua Alcides Munhoz nº 433. “O posto de coleta, neste local, facilita o estacionamento, já que existem diversos pela Rua Alcides Munhoz, enquanto que na Av. Manoel Ribas os estacionamentos ficam mais distantes”, garante o engenheiro.


DIFERENCIAL

ESTRUTURA COMPLETA O HNSG é um importante apoio para complemento de investigação médica e diagnóstico, tudo isso com o diferencial de ser uma estrutura hospitalar O Hospital Nossa Senhora das Graças é um hospital geral que além de oferecer cuidados médicos hospitalares aos seus pacientes em praticamente todas as áreas da medicina, oferece uma estrutura completa para exames de diagnóstico e tratamento. A cada ano vem especializando os seus serviços e compondo centros que trabalham de forma integrada no que diz respeito a promoção da saúde, prevenção, diagnósticos. Ou seja, no Graças o paciente pode realizar uma consulta médica fazer os exames solicitados pelo médico, inclusive os pré-operatórios; realizar sua cirurgia ou tratamentos; e ainda contar com profissionais e serviços para apoio no pós-cirúrgico. Tudo isso com o diferencial de ser um Hospital, pronto para agir em qualquer intercorrência.

Conheça alguns de nossos centros: Centro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica tratamento da obesidade mórbida e suas doenças relacionadas. Centro de Ortopedia - atendimento médico em todas as áreas da ortopedia. Centro de Diabetes Curitiba - atendimento multidisciplinar para pacientes diabéticos, com pesquisas clínicas e estudos científicos em níveis nacional e internacional. Centro Integrado Cardiovascular - exames e consultas na área cardiológica, vascular, hemodinâmica e medicina do esporte. Centro de Imagens - Exames por imagem, com diferenciais como biópsias e drenagens guiadas por tomografia e radioablação.

7


DESTAQUE

uti

VELOCIDADE QUE AJUDA A SALVAR VIDAS O HNSG está implantando o correio pneumático, tecnologia inédita em Hospitais de Curitiba

LABoratório

Livros e séries de ficção, como The Jetsons (década de 60), trouxeram do passado para o futuro entre robôs e carros voadores, tubos que transportavam pessoas e objetos em instantes. Nos próximos meses essa ficção será parte da realidade do HNSG. Medicações, amostras e documentos poderão ser transportados de um lado ao outro do Hospital por vácuo em apenas dois minutos, por meio de mais de 500 metros de tubos, conectando 15 estações de envio e recebimento. Trata-se de um sistema chamado Correio Pneumático, que consiste no transporte de itens diversos dentro de cápsulas por um sistema de tubulações. Tudo gerenciado com ajuda de um software. A tecnologia vai tornar a distribuição dos medicamentos mais rápida e prática. “Com o sistema de correio pneumático vamos ganhar agilidade no processo de entrega de materiais e medicamentos para as unidades de enfermagem. Esse processo agregará valor especialmente

pronto atendimento

banco de sangue 8


para aquelas medicações que o paciente necessita com urgência”, comemora o coordenador da farmácia hospitalar do HNSG, Rafael Augusto Lagher. O HNSG será o primeiro Hospital de Curitiba a contar com a tecnologia, que já é muito utilizada em bancos, supermercados, laboratórios e indústrias. O objetivo do investimento foi proporcionar mais agilidade, eficiência e segurança na entrega de medicamentos pela farmácia hospitalar. O correio vai atender inicialmente as UTIs, centro obstétrico, postos de enfermagem, pronto-atendimento e a quimioterapia ambulatorial.

centro cirúrgico

4a Posto de enfermagem

COMO FUNCIONA

centro obstétrico

Por meio de uma estação de envio, os colaboradores da Farmácia Hospitalar colocam os medicamentos prescritos para os pacientes em uma cápsula especial, que possui capacidade para 3 a 5 kg. Essa cápsula, devido a um sistema de codificações, já identifica para qual estação de recebimento deve levar o medicamento - andares de internação, UTIs, Centro Cirúrgico ou pronto-atendimento. Após inseridas na tubulação, as cápsulas são impulsionadas por ar comprimido em uma velocidade de até 10 metros por segundo, chegando ao destino em, no máximo, dois minutos. A cápsula viaja com velocidade controlada e um colchão de ar freia pneumaticamente a chegada na estação de recebimento, garantindo a integridade do item transportado. “Com o sistema de supervisão, por um monitor é possível acompanhar o funcionamento e todos os envios em tempo real”, completa o coordenador de logística do HNSG, Felipe Berne.

3a Posto de enfermagem

2A Posto de enfermagem

1A Posto de enfermagem

BENEFÍCIOS

farmácia

Além das entregas e devoluções de materiais e medicamentos, outros itens podem ser enviados por meio das cápsulas, como amostras de laboratório, quimioterapias e documentos. A velocidade da entrega trará grandes melhorias na rotina da equipe da assistência, além disso a tecnologia permite que os medicamentos sejam enviados de formas fracionadas, no horário próximo da administração ao paciente evitando desperdícios caso o médico altere a prescrição, por exemplo.

9


ACONTECEU

A cada click um sentimento No Dia Internacional da Felicidade, o HNSG, em parceria com o Instituto Pasquini e Shopping Mueller, realizou a Mostra Fotográfica “Stronger, o que não mata te deixa mais forte ”. No estilo “antes e depois”, a mostra exibiu fotos de pacientes do HNSG que venceram a leucemia. Em 2012, ainda em tratamento, o registro foi feito pela fotógrafa Ellen Emy, e em 2017 as fotos foram reproduzidas pela fotógrafa Juliana Phillipe, no mesmos locais e poses. Com muita emoção os pacientes que viveram momentos intensos em seu tratamento, mostram a felicidade de ter uma vida sem a doença. A exposição será estendida para outros locais ainda nesse ano.

Um reencontro emocionante Após 17 anos, a ex-paciente Ana beatriz Alves enviou uma foto sua com a enfermeira Elizabeth Oda por meio das redes sociais solicitando a ajuda do Hospital para encontrá-la, e o Graças resolveu tornar esse momento ainda mais especial. Preparou um encontro surpresa para a enfermeira, que achava que estava participando de um vídeo institucional. Beth ganhou uma carta com uma foto das duas e enquanto lia, Ana Beatriz apareceu à sua frente. O encontro das duas foi repleto de lágrimas, alegria e muita gratidão. “Quando fazemos as coisas com amor marcamos a vidas das pessoas, a Beth marcou a minha vida”, conta Ana Beatriz Alves.

Aula de português para colaboradores Haitianos Durante o mês de junho colaboradores do Hospital que vieram do Haiti puderam aprender mais sobre o português em aulas especiais ministradas em parceria com as Irmãs do Seminário Catarina Labouré. Durante as aulas a Irmã Zelina Cavarzan ensinou palavras básicas, conversou sobre a vida deles enquanto moravam no Haiti, inclusive como foi durante o terremoto, e deu dicas úteis para o dia a dia e também necessárias na rotina de trabalho. Atualmente mais de 13 colaboradores Haitianos trabalham no Hospital.

10

VEJA COMO FOI ESSE MOMENTO:

“Eu era estrangeiro e vós me acolheste.” (Mt 25,35)


FORA DA ROTINA

DEDICAÇÃO E ADRENALINA Enfermeiro do HNSG e sua paixão: o motocross Lama, velocidade e trilhas. Por trás da postura serena e carismática do enfermeiro do Hospital Nossa Senhora das Graças, Jonathan Silva, existe um aventureiro e amante de motocross. A adrenalina e o som dos motores fazem parte da sua vida há cinco anos. A paixão por motos surgiu quando o enfermeiro tinha apenas seis anos. Jonathan já gostava de assistir corridas e comerciais de motos na tv, mas não imaginava que um dia praticaria um esporte de aventura. Quando aprendeu a andar de moto, seguindo dicas do seu pai e treinando no terreno de sua casa e no sítio de seu avô, Jonathan começou a pegar gosto por pilotar. Em 2012, com 19 anos, finalmente comprou sua primeira moto. O contato inicial com o motocross foi fazendo trilhas com os amigos, e desde então o esporte radical começou a fazer parte de sua vida. “O motocross é algo que ou você ama de primeira ou não. Ele proporciona adrenalina a todo momento”, afirma Jonathan. Mas a vida sobre duas rodas não é somente diversão. Requer também muita dedicação e compromisso.

O enfermeiro explica que é assistindo a campeonatos e provas do esporte, e praticando aos finais de semana que busca inspiração para praticar o esporte. “Sempre acompanho provas como Enduro Fim, Enduro de regularidade, que são as provas que participo anualmente”, diz o enfermeiro. Essas competições geralmente associam a resistência do piloto e da moto ao longo das irregularidades de uma trilha, seguindo o tempo e as orientações descritas em um mapa. Vence a prova quem tem maior regularidade. Jonathan conta que uma vez ao ano participa do Endurela, competição que é promovida tradicionalmente em comemoração ao dia dos namorados, em que os pilotos optam por competir com suas companheiras na garupa ou em duplas. “Minha namorada sempre me acompanha”, diz. Ele também participa de provas de trilheiros que acontece em outras cidades. E Jonathan não está sozinho, pois a prática se estende para a família. “Além de minha namorada, tenho três tios que praticam e meu sogro também”, fala. Segundo o enfermeiro, a trilha e o motocross requerem habilidade, assim como a sua profissão. “O esporte me ensinou a nunca desistir e sempre buscar melhorar. Na enfermagem isso também é importante e aplico sempre. Além disso, é necessário ter muita dedicação, resistência e habilidade, assim como no meu dia a dia”, afirma. Seu sonho é conseguir treinar todos os dias e participar de todas as provas disponíveis.

11


VIVER BEM

ALÍVIO IMEDIATO Descongestionantes nasais devem ser usados com cautela Quando o nariz entope, muita gente não pensa duas vezes em ir à farmácia e comprar um descongestionante nasal por conta própria, para aliviar o incômodo, achando que usar o produto sem acompanhamento médico não trará problema. Segundo o otorrinolaringologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Dr. Cristiano Nakagawa, o medicamento age fazendo uma vasoconstrição nasal, ou seja, diminui o fluxo sanguíneo dos chamados cornetos nasais, desobstruindo o nariz rapidamente. E assim começa um dos casos mais clássicos de

12

automedicação. “O uso continuado e não orientado por um médico otorrinolaringologista, faz com que o paciente necessite usar a medicação continuamente e cada vez mais frequente para obter um alívio respiratório”, comenta. “O uso de descongestionante nasal é indicado para quadros de resfriado e sinusite aguda em um período não superior a cinco dias”, orienta o otorrinolaringologista. Antes de optar pelo uso desses medicamentos, o ideal é que o paciente consulte a opinião de um especialista. “Somente com avaliação médica adequada é possível definir o melhor tratamento”, diz.


Tecnologia

PROCEDIMENTO INÉDITO Médicos do Serviço de Endoscopia do HNSG realizam primeira colangioscopia no Paraná com tecnologia Spyglass

A equipe médica do serviço de endoscopia do Hospital Nossa Senhora das Graças realizou um procedimento inédito no Paraná para investigação de tumores no canal da bile, no fígado. A primeira colangioscopia com a tecnologia Spyglass da empresa Boston Scientific. O procedimento realizado substitui os métodos endoscópicos usuais e oferece alta resolução de imagem na visualização do interior dos canais biliares. “Uma microcâmera é introduzida nas vias biliares através de uma sonda muito fina, na qual também é possível a realização de biópsias e diferenciação de

lesões benignas e malignas. Assim podemos indicar com mais precisão quais pacientes necessitariam de uma cirurgia, que seria de grande porte e quais poderiam ser poupados”, explica o endoscopista digestivo do Hospital Nossa Senhora das Graças, Dr. Rafael William Noda. O primeiro procedimento no Paraná foi realizado no HNSG pelos médicos do serviço de endoscopia Dr. Rafael William Noda, Dra. Thienes Maria Lima, Dr. Guilherme Gomes e Dr. Thiago Bartolomei, com a supervisão do Dr. Julio Pereira Lima, chefe do serviço de endoscopia da Santa Casa de Porto Alegre.

13


ESPECIAL

pense positivo Em meio às adversidades da vida, sejam crises financeiras, dilemas ou problemas de saúde, focar no que te faz bem pode fazer a diferença Diante das adversidades da vida, é comum que as pessoas se sintam desanimadas. Contas, problemas de saúde e dilemas familiares são capazes de desestabilizar o emocional. Em momentos de angústia, não saber como agir e sentir-se perdido é muito frequente, afinal encontrar o lado bom das coisas, inclusive nos problemas, não é uma tarefa simples. Embora não seja fácil, é importante ter uma atitude positiva em situações negativas. “O pensamento positivo faz com que sejam percebidas novas possibilidades dentro das mais diversas situações. Ele faz as adversidades se tornarem oportunidades de transformação ou até mesmo de superação”, diz o psicólogo do Hospital Nossa Senhora das Graças, José Palcoski.

14

Para tirar o lado bom das dificuldades, uma atitude é fundamental: Entender que as adversidades existem e que o maior problema é a forma como as encaramos. “Tirar o lado bom é colocar o foco na transformação positiva e na possibilidade de aprender novas estratégias de enfrentamento”, explica José. É por isso que pessoas em situações muito parecidas podem apresentar comportamentos opostos. Umas veem novas oportunidades e outras imaginam que o mundo acabou. “Um pensamento simples que podemos buscar ter em momentos de dificuldade é focar na possibilidade do novo acontecer em nossa vida, e se abrir para o novo”, destaca o psicólogo. Segundo José, nos momentos angustiantes, em que


você se depara com problemas, tanto os que precisa resolver quanto os que pensa não ter solução, uma boa alternativa é manter-se confiante, seja em si ou em algo. Além disso, manter-se ocupado e focado em outras atividades distantes do problema podem ajudar. “Ter uma tarefa ou hobby é importante para mudar o foco do pensamento, e com isso encontrar descanso”, revela. O importante mesmo é desenvolver a habilidade da aceitação sem a vitimização, e manter o equilíbrio, buscando focar nas possibilidades de resolução do problema. “A melhor dica para quem passa por alguma dificuldade é pensar que aquilo vai passar, seja o problema que for. Caso seja difícil enfrentar a problemática, pode-se buscar pessoas de confiança para poder partilhar a dificuldade, e sempre que necessário buscar ajuda profissional”, diz.

Enquanto houver vontade de lutar, haverá esperança de vencer A regra do pensamento positivo vale para todos os tipos de adversidades na vida, inclusive àquelas

relacionadas à saúde. Sentir-se seguro e acreditar que as coisas vão melhorar pode ajudar o corpo a se curar. O pensamento exerce influência sobre uma doença ou problema de saúde e isso acontece porque, segundo o psicólogo, quando temos uma situação de doença emocional temos o que chamamos de psicossomático, que é o mental interferindo no corpo. Por outro lado, se o nosso corpo adoece, isso nos entristece, nos deprime, e a isso chamamos de somato psíquico. “Quando lidamos com uma doença, a forma que encaramos o tratamento é diretamente ligada à nossa recuperação, e se manter positivo é determinante nestas situações”, afirma o psicólogo. Por outro lado, quando se enfrenta um problema de saúde, mesmo sem perceber, muitas pessoas se fortalecem. E isso é explicado pela psicologia. “Quando se tem a vida colocada em cheque faz-se um exame de vida, e neste exame algumas pessoas passam a perceber que existem coisas mais importantes do que aquelas nas quais focam sua energia”, diz.

Você sabia? • Uma pesquisa publicada na revista de Medicina Comportamental mostra que os otimistas se recuperam melhor de procedimentos médicos, como cirurgias do coração; têm um sistema imune funcionando bem e vivem mais. Os benefícios foram vistos em condições normais de saúde e entre doentes com câncer, doenças cardíacas e deficiências renais. • Mesmo encarando uma doença incurável, sentimentos e pensamentos positivos podem melhorar muito a qualidade de vida. A médica americana, Dra. Wendy Schlessel Harpham, autora de diversos livros para quem sofre de câncer, incluindo “Happiness in a Storm”, era residente quando descobriu, há 27 anos, que tinha linfoma não Hodgkin, câncer que atinge o sistema imunológico. Durante os quinze anos seguintes de tratamento para as oito vezes em que a doença voltou, ela conta que, em todas, se preparou para a felicidade e esperança, por meio de atitudes como se cercar de pessoas que a animavam; manter um diário de gratidão; fazer algo bom para outra pessoa; assistir a filmes engraçados e motivadores. Seu câncer agora está em remissão há doze anos.

15


COMPROMISSO COM A VIDA

Dia do abraço é comemorado no HNSG

Hospital faz surpresa especial para paciente A pequena Flavia Regina, tem apenas 5 anos e encantou a equipe médica e de enfermagem durante os dois meses que esteve internada no HNSG. Em uma brincadeira com a equipe de nutrição, visando alegrar a rotina hospitalar, todos os dias a menina fazia desenhos e em troca a equipe de nutrição entregava as refeições decoradas no tema desenhado. Nessa rotina, mais de 100 desenhos foram produzidos e o resultado final foi uma exposição surpresa preparada pelo Graças para surpreendê-la em sua alta. Ao chegar no saguão, Flávia se deparou com seus desenhos e uma recepção calorosa. Ela não conteve a emoção, contagiando a todos.

16

No dia do abraço, 22 de maio, o HNSG comemorou a data da melhor forma: abraçando. Caracterizados com cartazes com a frase “abraço grátis”, colaboradores distribuíram muitos abraços aos pacientes, familiares e visitantes. “O objetivo dessa iniciativa, que partiu dos próprios colaboradores, foi alegrar corações e proporcionar um momento de carinho”, diz a Diretora Geral do HNSG, Irmã Maria de Fátima Sobral. O psicólogo do HNSG, José Palcoski, acrescenta que o abraço é uma forma de expressão de carinho. “Que pode, inclusive, atuar na diminuição da dor por conta da produção de dopamina e endorfinas”, afirma.

Transforme suas emoções em palavras Para que os pacientes tenham a oportunidade de falar sobre suas alegrias, tristezas, medos, e outros sentimentos de forma sigilosa, um projeto muito especial foi implantado há dois meses no Graças: O Correio dos Anjos. Os pacientes e familiares escrevem cartas, depositam em uma caixa de correio personalizada, situada no hall do primeiro andar, anjos anônimos recebem as cartas e a partir disso é só troca


Paciente do HNSG recebe vídeo de ator de Grey’s Anatomy A nova fase do tratamento da paciente Samia, de 7 anos, vai começar com um entusiasmo a mais. Ela recebeu um vídeo com uma mensagem do ator T.R. Knight, o George, um dos personagens preferidos dela, da série americana Grey’s Anatomy. No vídeo, T.R. deseja que ela melhore logo. E ainda mostrou um coração que ele mesmo fez com o nome dela, que ficará em sua geladeira. “Fiz esse coraçãozinho para você... se você quiser e estiver se sentindo melhor pode fazer um desenho para mim e eu vou colocá-lo na geladeira também”, disse o ator. Samia e sua mãe assistem juntas a série no hospital todos os dias. Sabendo disso, o Hospital Nossa Senhora das Graças entrou em contato com a produção da série. Para surpresa de todos o autor T.R. Knight enviou essa mensagem especial. Samia está se preparando para um transplante de medula óssea. “Neste período ela sentirá desconforto, muitas dores, e precisará ser forte. E sabemos que esse vídeo será muito importante na sua recuperação”, comenta o enfermeiro Bruno.

de amor. Com o time de anjos trabalhando as cartas já estão cumprido seu papel: levar conforto aos pacientes do HNSG.

17


GRUPO HNSG um reencontro surpresa com a equipe médica. Foi um momento emocionante. O Jeser, desde 2013, é considerado referência em cirurgias cardíacas.

Mater Dei 200 mil vidas

Ao completar seus 200 mil partos, a Mater Dei de Curitiba, maternidade que mais realiza partos pelo SUS no Paraná, celebrou de uma maneira muito especial: o bebê número 200 mil e sua mãe foram presenteados com uma festa e alguns mimos, entre eles uma roupinha personalizada e buquê de flores. O quarto também foi decorado com balões e um bolo completou o momento. “Comemorar nossos 200 mil partos significa glorificar a vida de milhares de crianças que tivemos a honra de ajudar a nascer, de novas famílias que se formaram, da esperança que nasce a cada dia”, afirma Ir. Iracema Vujanski, diretora da Mater Dei.

Jeser Amarante Faria Jeser completa mil cirurgias cardíacas

O Hospital Infantil Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, de Joinville, acaba de atingir a marca de mil cirurgias cardíacas. Um dos casos mais graves que marcou toda a equipe médica foi o da paciente Taisla Mengarda. Diagnosticada com um grave problema cardíaco quando tinha apenas 4 anos, a menina nasceu com o coração invertido, ou seja, do lado direito do peito, e os batimentos prejudicavam a saúde por serem descompassados. Para a realização da cirurgia um molde de coração precisou ser impresso em 3D no exterior. Recentemente ela voltou ao hospital para

18

Hospital da Providência Banco de Leite do Hospital da Providência é certificado “padrão ouro

O Banco de Leite Humano do Hospital da Providência e Hospital da Providência Materno Infantil conquistou pelo terceiro ano consecutivo a certificação de excelência na categoria padrão ouro do Programa Ibero-americano de Bancos de Leite Humano e Instituto Fiocruz. Desde 2014 o Banco de Leite Humano é analisado e ter sido certificado em nível “padrão ouro” mostra o controle de qualidade do serviço realizado. Entre suas atribuições está o importante trabalho de arrecadar leite materno por meio de doações. “Se não tivéssemos o banco de leite humano seria necessário alimentar os bebês prematuros com fórmulas lácteas, o que não é o ideal, uma vez que o leite materno tem tudo àquilo que o bebê precisa no aspecto nutritivo e também auxilia na prevenção de doenças”, diz a coordenadora do banco de leite e enfermeira, Julia Inserti Parra.


GESTÃO E IDEIAS

Fórum de Resultados e de Melhorias Mensalmente mais de 40 gestores, que compõem o time de lideranças do Hospital Nossa Senhora das Graças reúnem-se para apresentar e analisar resultados, indicadores e os planos de melhorias do Hospital.

HNSG possui grupo de gerenciamento do estresse Para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores o Hospital Nossa Senhora Senhora das Graças implantou recentemente o grupo de gerenciamento do estresse. O objetivo é compartilhar com os funcionários estratégias de enfrentamento e diminuir os efeitos prejudiciais do estresse, tanto dentro do ambiente de trabalho, quanto fora. Coordenado pelo psicólogo do HNSG, José Palcoski, o grupo conta também com a participação de estagiários de psicologia da Universidade Positivo. “Os encontros realizados são uma pausa para cada colaborador cuidar um pouco de si, e falar das preocupações diárias que os impossibilitam de pensar em si mesmos”, diz José. Inicialmente o grupo de gerenciamento de estresse foi iniciado com o setor de higienização, em dez encontros. O projeto será estendido para outras áreas do hospital, principalmente aos profissionais que estão mais envolvidos no atendimento, como a enfermagem. Segundo o psicólogo é importante que os colaboradores de todos os setores tenham experiência de reconhecer e trabalhar situações que geram estresse.

Utilizados para avaliar o desempenho hospitalar, os indicadores são imprescindíveis para traçar uma boa gestão. Os dados coletados nas diversas áreas do hospital, quando relacionados entre si, transformamse em instrumentos de gestão úteis para a avaliação da assistência prestada, quantidade e tipo de recursos envolvidos, controle dos custos gerados na produção dos serviços e grau de resolutividade dos mesmos.

Para conseguir otimizar seus recursos, investir em novas tecnologias e melhorar o atendimento dos clientes, há mais de 200 indicadores no HNSG sendo acompanhados diariamente. Além disso, monitorase, analisa-se e realiza-se planos de ação mediante o feedback dos clientes via SAC e redes sociais. Os principais indicadores são traçados pelo Planejamento Estratégico - PE da Instituição. Utilizando-se da ferramenta de PE, chamada BSC - Balanced Scorecard, as metas são divididas em 4 grandes áreas FINANCEIRA, MERCADO e CLIENTES, PROCESSOS INTERNOS e APRENDIZADO e CRESCIMENTO. “O planejamento estratégico é fundamental para o Hospital alcançar sustentabilidade financeira, promover melhorias junto aos clientes, diferenciando-se no mercado, desenvolver seus processos e talentos internos” explica o Coordenador de Processos e Qualidade, Ricardo A. Schewtschik.

19


SERVIÇOS

Fisioterapia HNSG: tradição e qualidade O serviço foi fundado pelas Irmãs Vicentinas há quase 30 anos e desde então vem se consolidando como serviço de excelência. Todos os meses, mais de 6 mil atendimentos de fisioterapia são realizados pelo Hospital Nossa Senhora das Graças a pacientes internos e externos. O serviço é fruto da atuação das Irmãs, em especial da Ir. Maria do Amparo e Ir. Dirce das Graças, que há 27 anos fundaram a clínica no intuito de cuidar do bem-estar dos colaboradores do Hospital.

necessidades do paciente, sendo apoio essencial na recuperação pós-cirúrgica e exercendo um apoio diferenciado a pacientes idosos. “Nosso atendimento tem a duração média de uma hora por paciente no ambulatório. Para os internados o tempo varia conforme as condições e necessidades do paciente”, diz a fisioterapeuta.

Iniciando as atividades em 1990, de forma modesta, com o passar do tempo notou-se a necessidade de ampliar o serviço para pacientes. Começava então a ascensão de um trabalho sério, eficiente e com capacidade de crescimento incalculável naquele momento. Os números que o serviço tem como resultado atualmente não foram sequer imaginados pelas Irmãs no início do trabalho.

A equipe também atua no atendimento dos neonatais e trabalha de forma integrada com outros serviços do Hospital, como ortopedia e pneumologia. “Nas unidades de internação somos parte integrante do cuidado do paciente, deixando de ser um serviço de apoio e passando a ser assistência, juntamente com a enfermagem”, completa.

Mais da metade dos atendimentos são feitos em pacientes internados. “A fisioterapia é extremamente importante tanto para os que não conseguem sair do leito, quanto para os que conseguem caminhar” afirma Solange Rodrigues da Silva, Gerente da Fisioterapia. O paciente necessita do trabalho do fisioterapeuta, pois se ficar muito tempo restrito ao ambiente hospitalar pode acabar tendo outras complicações de saúde, como venosa e respiratória. A equipe é composta por 21 profissionais, todos especialistas em áreas como terapia intensiva, cardiorrespiratória, ortopedia e traumatologia e demais especialidades. Os serviços vão desde teste de caminhada, para recuperação e fortalecimento, até osteopatia, RPG e acupuntura. “Costumo dizer que o paciente entra aqui e tem o resultado para o problema dele. A fisioterapia precisa ser feita contínua e bem feita, com alongamento e fortalecimento, aliados a um bom atendimento. Isso faz a diferença”, explica Solange. Como diferencial, o serviço de fisioterapia do HNSG é completo, além de oferecer maior atenção às

20

Serviço: Fisioterapia HNSG Horário de atendimento: das 7 às 19h Telefone: (41) 3240-6554


HISTÓRIA

Carisma Vicentino Como surgiu um dos principais valores que rege o HNSG O Carisma Vicentino, forma de servir a Jesus Cristo na pessoa do próximo, está celebrando nesse ano seus 400 anos. Está presente no Hospital Nossa Senhora das Graças desde a sua fundação em 1953.

família pobre e doente da Paróquia. Então, entendeu que a caridade e a doação precisava se organizar para que nunca deixasse de existir. Daí surgiu a Confraria das Senhoras da Caridade. Oito anos depois, São Vicente funda os Padres da Missão, com a finalidade de Evangelizar os Pobres.

Sua essência vem do profundo e permanente comprometimento das Irmãs da Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, que com amor e doação, movem o dia a dia da comunidade hospitalar do HNSG e de outros hospitais administrados pelo mesmo grupo. Mas você sabe como surgiu?

Mais tarde, em 1633, São Vicente de Paulo e Santa Luiza de Marillac fundaram a Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, presente hoje nos cinco continentes. As Irmãs desta Companhia atuam em diversas pastorais, escolas, asilos, hospitais, creches, casas de acolhimento às Irmãs Idosas e em outras Instituições.

O Carisma Vicentino surgiu em 1617 na França, quando São Vicente de Paulo pediu para os fiéis ajudarem uma

O serviço é para a Filha da Caridade a expressão de sua Consagração a Deus.

21


EU VENCI

O positivismo faz a diferença Conheça a história da Thaís Helene Fidelix Baggio e saiba como ela venceu o câncer de mama A cerca de um ano recebia umas das piores notícias que poderia receber, um laudo médico que dizia: “Carcinoma Ductal

Invasivo” ou Câncer de Mama. No momento confesso que fiquei assustada, corri para os braços do meu esposo e chorei muito. Eu dizia que não queria morrer e que seria curada.

Então fui procurar o mais conceituado mastologista, Dr. Rubens Silveira. A primeira certeza foi que precisaria tirar férias forçadas. Depois, decidimos o que faria, e optei por fazer a mastectomia total, afinal não nasci com câncer e queria mais que depressa tirar de dentro de mim. Optamos por realizar, na mesma cirurgia, a reconstrução mamária e o conceituado Dr. Cícero Urban, fez um trabalho impecável. Nunca tinha me internado em um Hospital, muito

22

menos entrado em um centro cirúrgico. De início confesso que fiquei ansiosa. Era um procedimento grande, afinal seria a retirada de um órgão, mas fui muito tranquila, com pensamento positivo, afinal sabia que estava em ótimas mãos. A notícia de que você terá que fazer quimioterapia traz muitos medos, mas a primeira consulta com a oncologista Débora Gagliato me trouxe muita tranquilidade. Ela me explicou calmamente tudo o que iria acontecer, inclusive as reações e as sequelas. Meu maior medo eram as tais “reações” pós-quimio, que acabaram nem sendo grandes, com exceção dos cansaços fortes, mas isso não me abalava. Fiz quatro seções da vermelha (quimio muito forte a cada 21 dias) e 12 brancas (mais tranquilas e seções semanais). Durante meu tratamento viajei e até tomei meu frisante, como sempre tomo, além de levar uma vida social normal. A grande maioria das mulheres não aceitam a queda dos cabelos. Aguardei ansiosa pelo ‘17º dia’ - após a primeira quimio - quando iria começar a cair meus cabelos. Chegou o grande dia. Acordei, olhei no travesseiro e nenhum fio de cabelo ali. Quando saí do banho, que comecei a enxaguar os cabelos, olhei nas minhas mãos e foi até engraçado, caía de monte. Como sempre usei o cabelo curtinho, corri para o meu cabeleireiro e pedi para que ele cortasse ainda mais. Os dias foram passando e falhas grandes começaram a aparecer, até que depois de um banho, em que o cabelo caiu mais ainda, concluí que era a hora de raspar.


E uma pessoa muito especial: meu esposo. Ele me deu muita força para vencer essa doença, e esteve todo o tempo ao meu lado, inclusive nas químios - ele ficava sentado durante 5 horas ao meu lado, sem nunca me deixar sozinha. Quando tinha algum procedimento no centro cirúrgico ele estava lá na sala de espera, me aguardando sair. Neste período de tratamento conheci pessoas do bem, pessoas fantásticas, que hoje fazem parte do meu ciclo de amigos. Caíram os cabelos e isso sempre falei que nunca seria problema, hoje já estou bem cabeluda e com um cabelo bem mais bonito e mais forte que antes. Me sinto uma pessoa bem melhor e muito mais feliz. Confesso que o período dos quimioterápicos não são muito fáceis, temos muitos efeitos colaterais, mas com muita calma e pensamento positivo tudo vai ficando melhor. Tinha consciência de que era tudo para o meu bem e para estar curada.

O GRAÇAS NA MINHA VIDA

Fui novamente ao salão. Ela foi passando a máquina aos poucos, com medo, e eu dizia para que “mandasse bala”. Cabelo não era problema, eu queria estar curada. Quando terminei o tratamento ganhei os parabéns dos médicos, pois meu tratamento foi um sucesso.

Agradeço as queridas enfermeiras do setor de quimioterapia do Hospital Nossa Senhora das Graças, que tenho um carinho gigantesco, pois sempre me carregavam no colo com toda dedicação, amor e carinho que tive e tenho lá! Tenho admiração por toda a equipe que envolve o HNSG. Soa estranho dizer que amo um hospital, mas realmente sinto um amor muito grande pelo HNSG.

A notícia da cura é a melhor notícia que podemos receber durante um tempo turbulento em nossas vidas. Sempre acreditei que estaria curada, afinal somos aquilo que pensamos e atraímos aquilo que pensamos, por isso sempre tive pensamento positivo, e posso dizer que essa foi a chave do meu sucesso. Claro, não posso esquecer de agradecer a Deus por tantas bênçãos recebidas, sou filha especial Dele, sou grata também por me permitir passar por esse período de luta que, com certeza, por algum motivo eu tive que passar. Quando recebi a notícia, adivinha? Corri tomar um frisante! Afinal, tinha muita coisa para comemorar. Agradeço a todos os meus amigos, tanto os mais próximos, quanto os mais distantes, que me ajudaram em orações, os familiares (mãe que sempre esteve comigo, pai, irmãs, e minha sogra, que com muito carinho me cuidou, elaborando comidas naturais para que eu passasse bem durante o tratamento e tivesse o quanto menos efeito colateral possível.

23


ESPAÇO MÉDICO alcançados. O atendimento multidisciplinar com enfermagem, fisioterapia, nutrição e especialidades clínicas altamente qualificadas e com tratamento humanizado fazem total diferença para o resultado alcançado no hospital.

Por onde anda? Videocirurgia para tratamento de câncer de pulmão O procedimento minimamente Invasivo é uma das opções mais avançadas para tratamento da doença Por ser uma técnica menos agressiva e com menor índice de complicações pós-operatórias, cada vez mais os procedimentos minimamente invasivos têm sido a opção escolhida no tratamento de inúmeras doenças. Entre elas o câncer de pulmão, para qual, atualmente, a videocirurgia é uma das opções mais avançadas de tratamento. Segundo o cirurgião torácico e cardiovascular do Hospital Nossa Senhora das Graças, Dr. Juliano Mendes de Souza, o procedimento passou a ser escolha para o tratamento dos pacientes com câncer de pulmão, principalmente pelo maior número de pacientes identificados nos estágios iniciais da doença. “Nos estágios iniciais, a videocirurgia é utilizada desde a confirmação do diagnóstico, estadiamento e inclusive para a cura da doença. Nos estágios mais avançados, é utilizada para obter maior conforto ao paciente”, explica Dr. .Juliano.

24

O Graças realiza a videocirurgia para tratamento de câncer de pulmão há 5 anos, sendo referência no estado pelo número de cirurgias realizadas e resultados

A hematologista do Hospital Nossa Senhora das Graças de Curitiba, Dra. Daniela Setubal, participou do 3th Tutorial in Lymphomas and Stem Cell Transplantation, evento sobre linfoma e transplante, que aconteceu em Barcelona, entre os dias 31 de Maio e 2 de Junho. A pediatra do Hospital Nossa Senhora das Graças, Dra. Lísia Schulz, vai participar da Jornada de Terapia Intensiva e Emergência Pediátrica da Sociedade Paranaense de Pediatria, que acontece entre os dias 11 e 12 de Agosto. O hematologista do HNSG Dr. Samir Kanaan Nabhan participou da 14ª Conferência Internacional de Linfoma Maligno (14th International Conference on Malignant Lymphoma), em Lugano, na Suiça, entre os dias 14 e 17 de Junho. O evento reuniu os mais renomados médicos da especialidade para falar sobre o tema. O cirurgião endovascular, Dr. Marcio Miyamotto, participou como palestrante do Science II - Simpósio Internacional de Cirurgia Endovascular em São Paulo entre os dias 29 de junho a 01 julho. O tema abordado na palestra foi Tratamento Endovascular da Síndrome de Veia Cava Superior.


NOVIDADES

Nova UTI Neopediátrica O HNSG, referência para gestações de alto risco, amplia leitos para atendimento intensivo de prematuros e crianças

Referência para Gestação de Riscos Um dos principais motivos que faz do HNSG referência para gestação de alto risco é que além de contar com renomado corpo clínico, possui estrutura completa para altas complexidades. Por ter UTI tanto para a mãe quanto para o bebê, evita transferências de mãe ou filho para atendimento em outros hospitais, garantindo mais segurança e agilidade no atendimento. Para garantir a qualidade do atendimento, todos os resultados das UTIs são avaliados com base em referências nacionais e internacionais. “Além do desfecho da alta dos pacientes, analisamos mensalmente indicadores que demonstram a performance da unidade, por meio de comparativos de referências”, destaca Elisiane.

Avanços no cuidado ao prematuro

Nos últimos anos houve um aumento na procura do HNSG pelas equipes médicas para partos de risco e atendimento de prematuros surgindo então a necessidade de ampliar leitos de UTI neonatal visando, além de proporcionar mais conforto aos pais, atender a demanda reprimida. Dessa forma, nesse primeiro semestre a UTI neopediátrica, que também é destinada para o atendimento de crianças maiores, dobrou de tamanho. O HNSG também investiu em novos equipamentos, implantou uma central de monitorização do recémnascido com câmera em cada leito entre outras melhorias. “Com a reforma podemos proporcionar mais conforto para a presença da mãe com seu filho na UTI”, diz a Enfermeira Chefe da Uti Neonatal, Elisiane Sturião.

Graças ao avanço tecnológico e conhecimentos médicos, hoje há esperança de vida para muitos bebês que antigamente nasciam antes do tempo e não tinham perspectivas de sobreviver. “O surgimento há algumas décadas de uma medicação chamada surfactante pulmonar, o desenvolvimento de novos respiradores adequados aos bebês com prematuridade extrema e a criação de protocolos de atendimento baseados em evidências científicas que padronizaram procedimentos e exames, são alguns dos principais avanços na assistência ao prematuro”, diz o médico obstetra e especialista em gestação de alto risco do HNSG, Dr. Claudinei Londero. Segundo o especialista, outro fator que merece destaque especial é o papel do médico pediatra e de toda a equipe de enfermagem e assistentes. “A experiência e sensibilidade desses profissionais, usando medicamentos e tecnologia de ponta, são, sem dúvida, o principal avanço”, afirma.

25


ESPIRITUAL “Todo o universo material é uma linguagem do amor de Deus, do seu carinho sem medida por nós. O solo, a água, as montanhas: tudo é carícia de Deus” (Lauato Si nº 84) Papa Francisco. Objetivo Geral da Campanha da Fraternidade 2017 Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho.

Misericórdia Reconstrutora No princípio era a Misericórdia e a Misericórdia é o nome bíblico de Deus. Por ela tudo foi criado. Deus é Criador e de suas “entranhas de misericórdia” faz brotar novidades surpreendentes em meio ao “caos”. A Criação aparece então como um grande gesto de Misericórdia e todas as expressões de vida tornam-se a história da fidelidade dessa misericórdia gratuita. E foi do transbordamento da misericórdia divina que brotou a vida, pois a misericórdia é sempre criativa, original: ela cria e re-cria continuamente e desencadeia um movimento expansivo em direção à plenitude.

de solos férteis, desaparecimento de florestas devido ao desmatamento e às chuvas ácidas, rios assoreados e poluídos devido ao esgoto doméstico e aos detritos industriais, ar irrespirável pela presença de monóxido de carbono e outros gases venenosos, poluição sonora e visual das grandes cidades, crescimento e acúmulo de lixo urbano e industrial, esgotamento das fontes de energia não renováveis e dos lençóis freáticos de água, extinção continuada e crescente de espécies vegetais e animais, pondo em risco a biodiversidade e o equilíbrio dos ecossistemas são pecados do nosso dia-a-dia.

A misericórdia fecunda o universo. Conforme o Gênesis, Deus dá à terra e ao mar capacidade para produzir vegetais, animais e peixes, segundo sua espécie.

Diante da Misericórdia reconstrutora de Deus, devemos tomar consciência de que o ser humano está procedendo de maneira destrutiva contra a natureza e contra si mesmo, produzindo um verdadeiro colapso ecológico e humano. Há uma crise ecológica que se alastra rapidamente, corroendo o equilíbrio vital que sustenta a Criação toda.

A Criação não é só criada; é co-criadora, geradora de vida, pois cria, protege, sustenta...Ela prolonga e participa do ato criador de Deus, pois em tudo encontramos “faíscas” de misericórdia. Só a Misericórdia é capaz de deter a dinâmica da ruptura das relações. E nesta Misericórdia não está só Deus, mas, também, as demais criaturas, o cosmos inteiro. A degradação do ambiente natural e social fragiliza e ameaça o próprio ser humano, vejamos: Buracos na camada de ozônio, mutações climáticas provocadas pelo efeito estufa, enchentes diluvianas, secas prolongadas e devastadoras, desertificação de imensas áreas, erosão

26

No entanto, a experiência cristã afirma: o ser humano é resgatável. Ele não está condenado definitivamente à condição de pecador; ao contemplar o universo devasta-do, a misericórdia de Deus faz brotar uma “exclamação de admiração com intenso afeto”. (texto - cf. orientações de retiro para religiosas – Pe. Adroaldo Palaoro SJ) Ir. Therezinha Remonatto Pastoral Hospitalar HNSG


27


APRESENTA

Assista:

O ano de 2012 é o ponto em comum entre sete pessoas. Ana Julia, Angelita, Daniel, Gabrielli, Kauanny, Matheus e Noah estavam tratando a leucemia no Hospital Nossa Senhora das Graças quando se conheceram e juntos gravaram um vídeo incentivando a doação de medula óssea. O vídeo Stronger sensibilizou e mobilizou pessoas no Brasil em prol da solidariedade. Nos meses após o lançamento do vídeo, houve um aumento de 150% no número de cadastro de medula óssea na cidade. Agora, 5 anos depois, curados, os sete ex pacientes retornaram ao Hospital para regravar o Stronger. O resultado, foi muita emoção e um vídeo repleto de amor, que tem como missão sensibilizar aqueles que podem fazer a diferença na vida de alguém, além de levar esperança para quem está passando por um momento semelhante. O STRONGER 2 recebeu do REDOME o prêmio Dr. Jose Roberto Feresin Moraes de Cooperação ao Registro de Doadores de Medula Óssea

28

hnsg.org.br

Revista Atos e Fatos - HNSG Edição 01 Ano 2017  
Revista Atos e Fatos - HNSG Edição 01 Ano 2017  

Revista Atos e Fatos - Hospital HNSG - Nossa Senhora das Graças. Ed 1 Ano 2017.

Advertisement