Page 1

POLÍCIA

PM aperta fiscalização das carvoarias. {Pág 08}

Povo cansa de esperar e derruba passarela condenada Gracielho Pereira

Secom/ES

BRAÇO DO RIO

Começa construção de 50 casas na Cobraice. {Pág 04} Semc/CB

{Págs 06 e 07}

EDITORIAL

Vereadores precisam mostrar trabalho. {Pág 02}

Manifestação reuniu quase 2 mil pessoas e fechou a rodovia por 23 horas. EMANCIPAÇÃO

Braço do Rio tem potencial para virar município. {Pág 03}


barcosnoticias@gmail.com

02

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Opinião

Editorial É hora de nossos políticos mostrarem a cara

C

om uma população praticamente igual à da sede, uma economia forte, índices de desemprego abaixo da média da região, Braço do Rio é, sem sombra de dúvidas, o principal pilar que sustenta o município de Conceição da Barra. Apesar de todo esse potencial econômico, nosso distrito ainda padece de graves problemas sociais, sofre com anos e anos de abandono pelo poder público municipal, que ao longo desse tempo se concentrou e só teve olhos para a sede. Somente nos últimos quatro anos tivemos um pouco de atenção por parte da Administração Municipal, quando muitas ruas foram calçadas e drenadas, beneficiando até mesmo bairros inteiros como o Bairro Pinheiros. Mas, apesar desse trabalho da atual administração, que deve ser reconhecido por todos, ainda há muito o que ser feito. As ruas calçadas até agora não representam nem 10% da quantidade de vias urbanas que se tornam quase intransitáveis quando chove. A falta de saneamento básico obriga centenas

de famílias a conviverem diariamente com os esgotos escorrendo pelos becos e ruas, com graves riscos para a saúde das crianças, principalmente. Na legislatura passada Braço do Rio tinha 6 dos 9 vereadores eleitos. Agora, dos 11 vereadores, apenas 4 representam nosso distrito. Essa situação mostra que perdemos espaço político dentro do município e essa perda representa muito para uma população como a nossa que convive com tantas necessidades e precisa cada vez mais de representantes realmente compromissados com as nossas demandas. E não se trata, apenas, da perda de espaço político com a eleição de um menor número de vereadores. Essa situação, que merece reflexão de todos aqueles que se preocupam com nosso futuro, reflete-se, também, na qualidade da nossa representação política. É comum ouvirmos nas ruas, nas reuniões, nas conversas com amigos, empresários, trabalhadores, donas de casa, uma pergunta quando se fala de política: “O que estão fazendo nossos vereadores em prol do nosso distrito? Quais os projetos que apresentaram,

que tipo de apoio estão buscando nas suas bases políticas para ajudar a resolver nossos problemas? Muito mais que atuar como fiscais das ações do Executivo, os vereadores têm a obrigação, perante aqueles que os elegeram, de usar sua influência, trabalhar junto aos seus partidos, seus deputados estaduais ou federais no sentido de buscar recursos, apoios, iniciativas e ações que tragam benefícios às nossas comunidades. Nós, como pessoas físicas e como meios de comunicação, estamos fazendo nossa parte, discutindo nossos problemas, cobrando atitudes, apontando falhas, aplaudindo iniciativas e ações e, sobretudo, atuando como condutores da vontade popular. Acreditamos que esteja na hora de nossos representantes políticos, eleitos ou não, apresentarem-se à população, canalizar as demandas e, sobretudo, mostrarem o que estão fazendo por Braço do Rio e pelo município. Tanto na Rádio, quanto no Jornal Barcos, temos os espaços disponíveis para isso. É só usar!

O que está acontecendo conosco? Ao longo do dia vertiginoso da violênsomos bombardeados cia praticada por “mepela poderosa força nores“ de idade, da inda Comunicação. Do segurança no trânsito, outdoor na esquina dos altos impostos e à música no rádio do de tantas outras coicarro, passando pela sas mais. Olhamos a leitura dos jornais, o televisão, lemos o jornoticiário na tevê e a nal e ficamos indignanovela das oito. Tal dos com as notícias de exposicrimes, ção, em assaltos, “ Quem tem tese, dedramas. maior poder veria nos Entretande compra tem to, não capacitar para vemos melhor acesso obserna ênfaà Justiça”. varmos se que melhor o os meios ambiente que nos en- de comunicação dão volve. Em tese, porque a esse clima a mesma na prática ela acaba vontade ou o mesmo nos alienando, neutra- compromisso de se lizando nossas vonta- buscar uma mudança. des, desejos, aspiraAbrimos os jorções e conceitos. nais e nos deparamos Analisemos com com as mais variadas cuidado o comporta- imagens de pessoas, mento de nossas prin- eventos e propagancipais instituições. da. A maioria, apeDiariamente desfila nas olhamos, mas perante nossos olhos algumas chamam a imagens, gravações, atenção, assim como notícias, revelando o alguns textos, a comesubmundo de uma es- çar pelos títulos. A lópécie de crime orga- gica vigente nas redanizado, não previsto ções menos preocupaclaramente nos códi- das com a fidelidade gos, mas que, como dos fatos é de que o um dragão de sete título necessariamencabeças, não diminui te não precisa retratar e nem acaba, pois a a realidade do texto. cada cabeça cortada A escolha da imagem nascem duas ou mais expressa nas páginas no mesmo lugar. e nos vídeos não conEssa prática vice- sidera, em nenhuma ja de forma clara, às hipótese, a possibilivezes acintosa, debo- dade de que atrás dela chando das chamadas há uma história, há “pessoas de bem”, em pessoas, sentimentos, todas as esferas, pú- família e, muitas veblicas e privadas. E zes, até um inocente. não é recente. Já faz Pior é a extrema parte da nossa histó- influência da mídia ria. Outros povos já sobre as demais instiviveram ou ainda vi- tuições. Ela se consorvem situações como cia com cada uma, na a nossa. Alguns con- medida dos interesses seguiram, criando me- envolvidos. Eventualcanismos duros, radi- mente volta-se contra cais às vezes, reduzir uma ou outra, mas drasticamente ou até sempre há reconciliaeliminar esse câncer. ção, pois uma não vive O máximo que te- sem a outra. Às vezes mos feito é nos indig- acompanhamos, estunarmos, diante da cor- pefatos, o linchamenrupção, do abuso de to público de pessoas crianças, do aumento e instituições capita-

neado por agentes de entidades consorciadas com a mídia, que, por princípio, deveriam ser os guardiães dos direitos individuais e coletivos, E nós, indivíduos, ou mesmo aqueles que, por sua condição pudessem elevar sua voz, assistimos passivamente a repetição desse quadro. O mais dramático de tudo é que essa simbiose entre as nossas instituições mais caras não permite que individualmente tomemos atitudes e façamos o contraponto. Na realidade, não temos a quem recorrer! A justiça no nosso país é distribuída na exata medida da capacidade de pagamento de quem a procura. Quem tem maior poder de compra tem melhor acesso à Justiça. Às vezes ela é rancorosa. Guarda mágoas e se vinga. Nesse caso, nem o dinheiro é suficiente para garantir os mais básicos princípios constitucionais. Assim se comporta também a mídia. Esta jamais admite errar e muito menos repara um erro. Ambas são inatingíveis. Seus agentes, quando erram, quando muito são aposentados, com salário integral. No fundo, vivemos ainda numa espécie de reino, com seus reis, suas rainhas, os duques, condes, as concubinas, os palácios e os tesouros. Nós, a maioria, somos apenas uma patuléia desvairada, alienada, cada um correndo atrás dos seus próprios sonhos. Sonho de virar nobre, também! Wilson Gonçalves de Oliveira Jornalista


barcosnoticias@gmail.com

03

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Potencial de Braço Centro de Comercialização do Rio justifica Prodnorte já tem área na Sayonara do emancipação Semc/CB

A

região Norte do Estado, onde estão Conceição da Barra e Braço do Rio, está prestes a ver a concretização de um projeto que nasceu com o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional Sustentável do Extremo Norte Capixada - Prodnorte, e, que, numa demonstração de grande liderança, inteligência política e estratégica, o então senador, hoje governador Renato Casagrande , abraçou e irá executar. Trata-se do Centro de Cultura, Artesanato e Comercialização do Prodnorte que será erguido no bairro de Sayonara, entrada para Pinheiros, em área adquirida e doada por Conceição da Barra. Ali todos os municípios que integram o Prodnorte terão uma espécie de portal de entrada, com sua representação, uma espécie de embaixada, á beira da BR 101, como uma vitrine de sua economia, suas potencialidades, sua gente e seus atrativos. O projeto já está pronto, aprovado e as

Área foi cedida pela Prefeitura de Conceição da Barra.

obras deverão ser iniciadas em breve. Esse verdadeiro portal de entrada para os 9 municípios da região contará com uma estrutura que inclui laboratórios de apoio à agricultura, auditório com 300 lugares, estacionamento para 150 veículos e locais para comercialização de produtos, artesanato etc. O consórcio do Prodnorte reúne os 9 municípios do extremo norte capixaba. Ele é presidido pelo prefeito de Pinheiros, Antonio Carlos Machado e tem como vice o prefeito de Conceição da Barra,

Jorge Donati. A escolha da nova diretoria foi decidida por unanimidade entre os prefeitos Pedro Costa Filho, de Ecoporanga, Ricardo de Azevedo Favarato, de Montanha, Osvaldo Fernandes de Oliveira Júnior, de Mucurici, Gildenê Pereira dos Santos, de Pedro Canário, Edivaldo Rocha Santana, de Ponto Belo, Amadeu Boroto, de São Mateus, Romualdo Antonio Gaigher Milanese, de Boa Esperança e Jorge Duflles Andrade Donati, de Conceição da Barra. O prefeito Jorge Donati destaca a importância do Prodnorte

que, segundo ele, “cada vez mais se transforma numa ferramenta de apoio à gestão de cada município e, ao mesmo tempo, aglutina a força política representada por uma população de 253 mil habitantes em torno do desenvolvimento da região, da captação de recursos, de projetos estruturantes, da representatividade em todos os níveis e esferas de poder, sempre tendo como objetivo a ação coletiva, o desenvolvimento integrado, e como meta principal a melhoria da qualidade de vida na região”.

Associação do Jundiá diz que secador está pronto para funcionar A propósito de reportagem publicada na edição da 2ª quinzena de Junho último, a respeito do secador de café do assentamento, a Associação de Pequenos Produtores do Assentamento do Pontal do Jundiá informa que o secador foi instalado mas não foi colocado em funcionamento devido à falta de condições para contratar um vigia e um operador, das dificuldades em conseguir a quantidade de lenha ne-

cessária para sua operação e também pelo fato de que grande parte dos produtores, devido a compromissos assumidos anteriormente, ou pelo preço atraente do café maduro pós-colheita, não usariam o secador. A Associação, que é responsável pela operação, manutenção e guarda do Secador, informa que com a necessária antecedência para a próxima safra, estará com toda estrutura pre-

parada para o atendimento de todos os produtores locais. A declaração, enviada à Secretaria Munici-

pal de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Econômico, está assinada por 22 produtores do assentamento. Divulgação

Secador do Jundiá vai ser usado na próxima safra.

Braço do Rio tem hoje uma população estimada em 9.625 habitantes nas áreas urbanas e concentra cerca de 60% da população rural de Conceição da Barra, o que significa algo em torno de 3.200 pessoas, número que somado ao das áreas urbanas atinge um total aproximado de 12.625 habitantes. Hoje, Braço do Rio é responsável por mais de 50% do Índice de Participação dos Municípios – IPM e por cerca de 60% da economia de Conceição da Barra. Assim como há mais telefones e mais ligações de energia e água em Braço do Rio, do que na sede. Esses são alguns números que mostram o quanto Braço do Rio apresenta as condições favoráveis a um processo de emancipação. Atualmente 12 pedidos de criação de municípios estão parados na Assembleia Legislativa. Eles chegaram a tramitar até o início de 2000, quando a alteração na Constituição Federal e na lei estadual dificultaram o andamento dos processos. Contudo, com a aprovação na Câmara Federal do

regime de urgência para projeto que estabelece regras para a criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios, reacendeu-se a possibilidade dos distritos virarem cidades no Estado. Entre os pedidos que tramitaram na Assembleia, está o de Itaoca, em Cachoeiro de Itapemirim e há mais 11 casos no Estado: Braço do Rio (Conceição da Barra); Pedra Azul do Aracê (Domingos Martins); Bebedouro e Desengano (Linhares); Piaçu (Muniz Freire); Pequiá (Iúna); Campo Grande (Cariacica); Santa Cruz (Aracruz); Paulista (Barra de São Francisco); Nestor Gomes e Guriri (São Mateus); e Ibituba (Baixo Guandu). De acordo com a Assembleia Legislativa, muitos distritos não se enquadram no que determina a lei estadual. A proposta em andamento na Câmara é semelhante à Lei Complementar estadual. A alteração fica por conta da necessidade de 10% dos eleitores da área a ser emancipada assinarem o requerimento de criação de município.

O que é necessário para pedir a emancipação *Assinatura de pelo menos 10% dos eleitores residentes na área que quer se emancipar; *Apresentar à Assembleia Legislativa, que terá 180 dias para realizar estudo de viabilidade; *A população mínima da nova cidade deve ser de 10 mil habitantes para a região Sudeste: *O eleitorado deve ser igual ou superior a 50% do número de

habitantes do local. *A arrecadação estimada deve ser superior à média de 10% dos municípios do Estado. *Também há previsão de realização de um plebiscito. *Os dados são conferidos junto aos órgãos competentes e, se o plebiscito sinalizar favorável, a Assembleia aprova o projeto de lei da criação do novo município.


barcosnoticias@gmail.com

04

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Limpeza pública e coleta de lixo em Braço do Rio têm dias marcados O

serviço de limpeza pública, capina, rastelagem, varrição e coleta de lixo em Braço do Rio obedece a um cronograma previamente estabelecido. Os responsáveis pelo serviço alertam a

população para observar os horários e dias de coleta, principalmente, visando evitar que o lixo seja espalhado pelas ruas por animais e aves. Para evitar esses transtornos, recomen-

da-se aos moradores que observem as datas de execução dos serviços e, em caso de reclamações ou sugestões, entrem em contato com a Ouvidoria da Prefeitura, através do e-mail ou-

vidoria@conceicaodabarra.es.gtov.br ou pelo telefone 3762 1424, através do qual também é possível entrar em contato com o Disk Entulho para solicitar a colocação de caçambas.

Os serviços de limpeza obedecem a seguinte tabela:

De 15 em 15 dias são feitos serviços de coleta nas comunidades das Meleiras/Barreiras, ValdícioBarbosa, São Domingos , Cem Alqueires, Cochi, Angelim I e II, Jundiá , Flona, Roda D “agua e Cochi.

Semc/CB

Nessa área serão construídas mais 50 casas.

Começa construção de 50 casas na Cobraice Começam nos próximos dias as obras de construção de mais 50 novas unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida II, na Cobraice. Os moradores beneficiados nesta etapa do programa foram selecionados pelo Ministério das Cidades, num universo de 1.500 famílias cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, e já assinaram os contratos que autorizam o início das obras. A empresa que vai construir as casas já se instalou na área e está limpando o terreno para início das obras.

50 famílias serão beneficiadas nesta etapa. Em breve serão definidas as localidades que serão beneficiadas pela terceira etapa do programa, quando serão contruídas outras 60 novas residências em terrenos dos próprios beneficiários. Numa reunião realizada no início deste mês, agentes da Caixa Econômica Federal acenaram com a possibilidade de financiamento de novas unidades habitacionais no município. Em 2011 e no ano passado 60 famílias já haviam sido beneficiadas com a entrega de 60 novas casas populares.


barcosnoticias@gmail.com

05

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Governo abre vagas Governo do Estado lança para cursos à distância o programa Placa Legal Secom/ES

O

governo do Estado anunciou a criação de 1.500 vagas para cursos de ensino a distância. O investimento será de aproximadamente R$ 6 milhões. As oportunidades serão desenvolvidos em 11 polos de educação nos municípios de , Aracruz, Ecoporanga, Guaçui, Guarapari, João Neiva, São Mateus, Muniz Freire, Vargem Alta, Viana, Vila Velha e Mimoso do Sul. Também estão abertas 33 vagas para tutores em três cursos técnicos. O governador Renato Casagrande anunciou também o lançamento do Pré-Enem que será oferecido em todos os municípios capixabas, para preparar os alunos concluintes do ensino médio para o exame. Segundo o governo, todos os municípios serão

Governador lançou também o Pró-Enem.

contemplados, com a perspectiva de beneficiar os alunos das 286 escolas de ensino médio da rede estadual. O edital do Ensino a Distância (EaD) foi lançado durante a aula inaugural do Programa Nossa Bolsa. O projeto será desenvolvido pela Secretaria de Ciência e Tecnologia em parceria com o Institu-

to Federal do Paraná (IFPR). Os cursos fazem parte do sistema Escola Técnica Aberta do Brasil (e-Tec), do Governo Federal, que visa ofertar educação profissional e tecnológica a distância com o propósito de ampliar e democratizar o acesso a cursos técnicos de nível médio, públicos e gratuitos.

Para auxiliar o trabalho policial na recuperação de veículos furtados ou roubados, um aplicativo de celular foi lançado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo. Com o serviço gratuito, nomeado de ‘Placa Legal’, vai ser possível realizar a consulta de placas de veículos por qualquer pessoa que possuir um celular com sistema operacional Android. Além disso, a verificação vai poder ser realizada pelo site da Sesp. “Nós estamos buscando ampliar o sistema tecnológico incorporado ao trabalho da polícia para que a gente possa ter resultados mais rápidos no combate ao crime para que a gente tenha mais segurança na sociedade capixaba”, disse o governador Renato Casagrande. De acordo com o secretário de segurança

pública, André Garcia, a intenção é ampliar a participação popular nas ações de segurança. Suspeitas de roubo, furto ou placas clonadas podem ser denunciadas por meio do aplicativo. Ao clicar no ‘Placa Legal’, é feita uma consulta instantânea ao banco de dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) e, assim, permite ao usuário saber se há relato de furto ou roubo. Ao digitar a sequência de letras e números, com ou sem regis-

Está em pleno funcionamento o Centro Administrativo de Braço do Rio. É uma espécie de sub-Prefeitura, localizado em frente ao Campo Bom de Bola, pertinho da Rádio Barcos FM. Ali o cidadão pode ter acesso a todos os serviços municipais, como a Tributação, a Procuradoria Adjunta, a representação da Secretaria Municipal de Educação, a Secretaria de Agricultura, o Protocolo e o Gabinete do Prefeito. A concentração dos serviços municipais no Centro Adminis-

trativo visa facilitar o acesso dos moradores de Braço do Rio, Sayonara, Cobraice e Assentamentos aos serviços públicos municipais, não havendo

tro de furto ou roubo, aparecem também informações a respeito de marca, modelo e cor do veículo. Caso as características apontadas pelo sistema não sejam compatíveis com as da placa consultada, pode ser apontada a possibilidade de clonagem. O aplicativo, segundo a Sesp, é gratuito e foi cedido por uma empresa capixaba especializada no desenvolvimento de hardwares e softwares para melhoria da segurança pública e mobilidade urbana. Secom/ES

Governador sanciona lei que proíbe deságio em Centro Administrativo facilita tiquete alimentação atendimento ao cidadão Já é lei. É proibida, no Espírito Santo, a aplicação de deságio em tíquetes alimentação e refeição. A prática, que é danosa ao consumidor, consiste na depreciação do valor real disponível quando do pagamento efetuado em estabelecimentos como restaurantes, lanchonetes e supermercados. De autoria do deputado José Esmeraldo (PR), a Lei 10.060/2013 foi sancionada pelo governador Renato Casagrande está em vigor no Estado. A lei objetiva proteger os consumidores, que são a parte mais

AL/ES

José Esmeraldo é o autor da nova lei.

vulnerável da relação de consumo. Em caso de descumprimento, o estabelecimento comercial está sujeito à

multa de 200 Valores de Referência do Tesouro Estadual (VRTEs), o corresponde hoje a R$ 476,40.

necessidade de deslocamento até a Sede para resolver assuntos como poda de árvores, iluminação pública, sepultamentos, entre outros. Gracielho Pereira

Cidadão não precisa ir até a Barra


barcosnoticias@gmail.com

06

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Cansados de esperar moradores derrubam passarela Gracielho Pereira

Trevo é a solução

Moradores esperaram mais de um ano por providências.

Cansados de esperar pelas providências prometidas várias vezes pelo Dnit, órgão do Ministério dos Transportes, a população de Braço do Rio colocou abaixo a passarela sobre a BR 101 utilizada pelos moradores do Bairro Pinheiros, Vila Operária e Cobraice. Desde as 8 horas da noite do dia 3 de Julho, o trânsito foi interrompido, permanecendo assim por mais de 23

horas. Às 10 horas do dia 4, já haviam cerca de 1.500 pessoas reunidas às margens da rodovia mantendo a interrupção do tráfego nos dois sentidos. Centenas de veículos ficaram parados por várias horas enquanto os moradores gritavam palavras de ordem e discutiam a melhor maneira de derrubar a passarela. Finalmente, munidos de um maçarico vários manifestantes começa-

ram a cortar as chapas de aço que sustentavam a passarela, num trabalho que durou bastante tempo, até que finalmente a passarela caiu parcialmente sobre a pista, sem interromper totalmente a passagem pela rodovia. Policiais rodoviários acompanharam o protesto mas não interferiram nas ações dos manifestantes. Mais tarde, no mesmo dia, com a ajuda de uma

pá carregadeira, cedida pela empresa Provaso e orientação do gestor de Segurança do município, Jalmas Greis, a passarela foi depositada no acostamento, liberando o trânsito. No dia seguinte, um guindaste chegou ao local e removeu a passarela para local não identificado. O Dnit não emitiu nenhuma informação sobre o que será feito para garantir a travessia segura dos moradores.

Município e moradores alertaram o Dnit Em 2011 a Prefeitura de Conceição da Barra enviou ofício acompanhado de relatório técnico elaborado pela Defesa Civil Municipal ao Dnit, alertando para as más condições de conservação da passarela, cujo desgaste já colocava em risco as pessoas que transitavam por ali todos os dias. Em seguida foi realizada uma reunião com o superintendente do

Dnit no Estado, Ralph Luigi, quando o problema foi novamente apresentado. Apesar das promessas, nada foi resolvido. Ainda em 2011 a Prefeitura enviou novo ofício pedindo providências, mas nada aconteceu. Em 2012 a Prefeitura, tomando como base um relatório da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros resolveu interditar a passarela,

ocasião em que o Dnit colocou dois redutores de velocidade e sinalizou o local, colocando,

inclusive, uma faixa para pedestres, a qual ficou sendo utilizada durante vários meses. Gracielho Pereira

Passarela não chegou a cair na pista

De acordo com engenheiros da Prefeitura, apenas a recuperação ou troca da passarela não irá solucionar de forma segura e definitiva o problema do acesso rodoviário a Braço do Rio, o que só irá ocorrer com a implantação do Trevo de Acesso ao Distrito. Desde 2009 as lideranças comunitárias e políticas de Braço do Rio vêm manifestando preocupação com o acesso rodoviário ao Distrito de Braço do Rio. Várias reuniões foram realizadas com o prefeito Jorge Donati que chegou mandar fazer e enviou ao DNIT uma Planta Simplificada prevendo a implantação do Trevo de Acesso ao Distrito. A solicitação tinha o objetivo de disciplinar o acesso ao referido Distrito que hoje comporta uma população estimada em 12 mil habitantes. Localizado nas proximidades de duas grandes indústrias alcooleiras, entre duas das maiores indústrias de papel e celulose do mundo e às margens de uma das mais movimentadas rodovias

federais, o Distrito de Braço do Rio experimenta um acelerado desenvolvimento econômico, com o consequente aumento do fluxo de veículos e de pessoas. Levantamento realizado em 2011 revelou que num período de 24 horas entram e saem de Braço do Rio uma média de 4 mil veículos, entre motos, carros e caminhões. Com bairros dispostos em ambas as margens da rodovia, o Distrito convive hoje com um alto índice de acidentes automobilísticos por conta da precariedade do acesso ao centro urbano. Levantamento estatístico feito pela Administração Municipal revela um fluxo diário de cerca de 4 mil veículos entrando ou saindo de Braço do Rio. Agora que a BR 101 vai ser administrada por uma concessionária e haverá cobrança de pedágio, espera-se que as providências visando a construção do trevo e de sinalização com semáforo para os pedestres, sejam tomadas o quanto antes. Gracielho Pereira

Atual trevo de acesso à Braço do Rio.


barcosnoticias@gmail.com

07

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Gracielho Pereira

Gracielho Pereira

Com maçarico homem corta as vigas, assistido por centenas de pessoas.

Moradores e autoridades foram ao Ministério Público Federal D

iante da falta de respostas do Dnit a diretoria da Associação de Moradores do Bairro Pinheiros, tendo a frente a presidente Marluce Forniciari, acompanhada do gestor de Segurança e Defesa Civil do município, Jalmas Greis, do procurador geral municipal, Marcos Moraes e do Secretário Municipal de Infraestrutura e Obras, Robert de Souza, foram ao Ministério Público Federal, em São Mateus e apresentaram o

problema a um promotor. Diante da ausência de compromisso do Dnit naquele encontro a população resolveu fazer um primeiro protesto, interrompendo o tráfego e exigindo uma solução. A direção do Dnit foi convocada e assumiu o compromisso de reformar a passarela num prazo de 60 dias, mas apenas colocou um pequeno reforço numa parte da estrutura. Inconformados com o descaso os moradores decidiram,

então, derrubar a passarela em sinal de protesto, cansados de esperar pelas providências que vinha reivindicando há muito tempo. Agora, que a BR 101 Norte foi concedida a uma concessionária, espera-se que a mesma tome as providências cabíveis. Enquanto isto, recomenda-se cautela aos moradores que trafegam com seus veículos naquela área e aos pedestre que redobrem os cuidados ao atravessar a rodovia.

Gracielho Pereira

Rodovia ficou interditada durante 23 horas

Pequenos produtores sofrem com a falta d’água A área rural de Conceição da Barra está vivendo um grave problema: o abastecimento de água. Em alguns assentamento a situação é extremamente precária, necessitando imediata intervenção. Os problemas se agravam e atingem níveis insuportáveis nos períodos de estiagem, o que afeta todas as famílias que vivem nessas áreas. Além de afetar a produção, o problema piora as condições de vida, a saúde e a própria sobrevivência das pessoas expos-

tas a tais situações. O município de Conceição da Barra tem 885 propriedades rurais, das quais, 751 delas, ou 84,8% são constituídas de pequenas glebas de terras, em sua maioria dispostas em 6 assentamentos e 15 comunidades rurais. Grande parte desses aglomerados é integrada por comunidades quilombolas. Em 10 comunidades rurais não há abastecimento e nem tratamento da água consumida pelas famílias. Em 2 outras comunidades há poço artesiano, mas suas condi-

ções são extremamente precárias necessitando manutenção, não só dos poços como também dos reservatórios e equipamentos, cuja situação exige intervenção emergencial. Em 3 outras comunidades rurais há abastecimento e tratamento de água em boas condições, embora exigindo manutenção imediata. Outras 6 comunidades rurais dispõem de abastecimento de água, sem tratamento, funcionando precariamente. A Prefeitura alega que não tem condições de resolver o problema sem

a ajuda do Governo do Estado e disse que já mandou ofício para a Secretaria de Estado da Agricultura, Aquicultura

e Pesca pedindo providências para abertura de novos poços artesianos e manutenção nos já existentes. Reprodução

Pílulas * Lembram do processo seletivo que a Prefeitura fez no começo do ano? Pois é, a Justiça embargou, o tempo passou e agora parece que a taxa de inscrição vai ser devolvida. Quem gastou com exames médicos de admissão, perdeu. * A construção da quadra coberta da Cobraice começou e parou. O Governo Federal não mandou a sua parte do dinheiro da obra e agora a Prefeitura vai ter que fazer tudo com recurso próprio. Na época de Nélio e Mateusão eles não prestaram contas de dinheiro federal e hoje o município paga por isso, sem poder receber dinheiro dos ministérios. * Corre boato, também, que a Prefeitura vai ter que demitir umas 120 pessoas. Venceu o prazo dos contratados temporários e a lei não permite renovar. Parece que vai ter novo concurso público ainda este ano.


barcosnoticias@gmail.com

08

1ª QUINZENA|JULHO|2013

PEDRO CANÁRIO Assessoria de Comunicação/ Aderes

Polícia Militar intensifica a fiscalização a fornos de carvão vegetal Secom/ES

Banco vai facilitar acesso ao crédito

Banco Comunitário já está operando J

á está em plena operação o Banco Comunitário de Desenvolvimento União, no Distrito de Cristal do Norte, em Pedro Canário. A iniciativa é do Governo do Espírito Santo, por meio da Agênciade Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), em parceria com a Associação de Voluntários Semeando o Futuro. O União é o 8º Banco comunitário do ES e o primeiro do interior do Estado e irá atender demandas e oferecer serviços financeiros às comunidades de Cristal do Norte, Taquaras, Assentamento Castro Alves, Floresta do Sul e 02 de Julho, cuja área abrangida conta

com um potencial de cerca de 10 mil habitantes. Além de uma moeda social própria denominada “Elo” que irá circular nas comunidades abrangidas, o Banco comunitário União vai possibilitar aos moradores da região o acesso a diversos serviços financeiros e projetos sociais que visam dinamizar e fortalecer aeconomia local. Além disso, serão concedidos financiamentos aos micro e pequenos empresários por meio do programa estadual demicrocrédito “Creditar”. A iniciativa, que integra os programas de Governo Incluir e Estado Presente, faz parte do projeto“Fortalecimento da estratégia dos Bancos

comunitários” que visa, entre outros aspectos, integrar, promover e fortalecer as associações gestoras e as equipes dos bancos comunitários do Espírito Santo. “Nosso objetivo é oferecer apoio técnico e financeiro às iniciativas de implantação de novos bancos em regiões com vulnerabilidade econômica e social. Assim, estimulamos, desenvolvemos e fortalecemos a economia local”, destaca Pedro Rigo, diretor-presidenteda Aderes. O banco União conta também com as parcerias da prefeitura municipal de Pedro Canário, da Associação Ateliê de Ideias, do Bandes e Banestes.

PM alerta quem está irregular.

Policiais militares que atuam no Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) realizaram fiscalização,na semana passada a fornos de carvão vegetal na zona rural dos municípios de Sooretama e Conceição da Barra, após descoberta da atividade através de outras ações na região. Durante a fiscalização foi constatado que a maioria dos fornos já havia sido demolida e outros desativados. Os responsáveis foram orientados a demoli-los para evitarem problemas futuros com afiscalização. Cabe ressaltar que além dos fornos de carvão que se encontravam

desativados ou destruídos, foram constatados também alguns em funcionamento devidamente autorizados pelos órgãos ambientais, fato atribuído à fiscalização intensiva sobre esta atividade. A ausência do registro de produtor, empacotador, comerciante ou consumidor (com finalidade comercial) para as atividades ligadas ao carvão, caracteriza infração florestal. Com isso, o BPMA como órgão fiscalizador, orienta aos produtores rurais que todo empreendimento de produção de carvão vegetal localizado no Espírito Santo deve ser licenciado junto ao Instituto

de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf). Além disso, todas as atividades comerciais que utilizam o produto em alguma de suas etapas produtivas devem ser registradas. É importante lembrar que o não cumprimento das exigências legais implica em sanções administrativas, civis e penais previstas em lei, inclusive multa e embargo da obra ou interdição da atividade, além da obrigação da reparação do dano ambiental causado. Quem identificar atividades irregulares de carvão, pode denunciar à 3ª Companhia Ambiental, com sede em São Mateus: (27) 3763-3663.

Começa a corrida eleitoral para escolha do novo Prefeito Quatro candidatos registraram pedido de candidatura no Cartório Eleitoral de Pedro Canário, visando concorrer à eleição para Prefeito e Vice, marcada para o dia 4 de Agosto próximo. São eles: Gildenê Pereira, o Gil da Farmácia, filiado ao PR, Wilson Fiorot, do PSB, Marcos Robério, o Binho, do PMDB e Ronaldo Feliciano, o Ronaldinho, do Psol. Os candidatos a vice prefeito são, Leone de

Cristal, do PT, que vai fazer dobradinha com Gil, o companheiro de chapa de Fiorot será Tiê, também do PSB, Bruno Cinco Estrelas, vai compor a chapa de Binho e Carlos Corletti, o Carlão, será candidato junto com Ronaldinho. Fiorot está otimista com sua coligação, formada por PSDB, DEM, PT doB e PRP e acredita que não terá problemas com sua candidatura já que, segundo ele, as pen-

dências com a Justiça já foram resolvidas. O atual prefeito, Gil conta com a coligação formada por PR, PT, PSC, PTB, PRTB, PHS e PRB.

Já o ex-vereador Binho conta com o apoio do PDT e do PcdoB. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral os pedidos de regis-

tro de candidaturas a prefeito e vice serão julgados pela Justiça até o dia 23 de Julho. Enquanto isso, todos os candidatos já estão

em campo, planejando suas campanhas e realizando os primeiros contatos com os eleitores e as lideranças políticas do município.

Marcos Robério (PMDB)

Gildenê Pereira (PR)

Ronaldo Feliciano (Psol)

Wilson Fiorot (PSB)


barcosnoticias@gmail.com

09

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Escola de Sayonara promove I Aberto de Judô Thiago Neves foi embora Depois de longos meses de negociações Thiago Neves foi embora, desta vez defender o Hal Hilal da Arábia Saudita. No Flu ganhou tudo, será que lá ele vai ganhar? Espero que sim, torso por Thiago, tudo vai dar certo pra você.

Em busca dos 1.000 O Vila Velhense acabou de contratar Túlio Maravilha, ele que está com 44 anos, quer completar mil gols na carreira. Será que ele vai conseguir no futebol capixaba! Vale tudo, até um velhinho quer chegar a marca de Pelé.

Despedido O São Paulo não para de dispensar técnico. Em um ano mandou embora Murici Ramalho, Carpegiane e o auxiliar técnico Milton Cruz, por último Ney Franco. Agora contratou Paulo Autuori. Será que o Paulo vai dar um jeito no São Paulo? Se não der é mais um técnico que pode sair se o seu trabalho não for proveitoso.

Os alunos das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Gentil Lopes da Cunha, Maria Carelli Lomonte e Aluízio Feu Smiderlle, inseridos nas atividades do Programa Mais Educação, participaram do I Aberto de Judô, na EMEF Gentil Lopes da Cunha, em Sayonara. O torneio aconteceu no final de junho e foi promovido com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Conceição da Barra. Desde o ano passado, 960 alunos de sete escolas da rede municipal de ensino passaram a frequentar a escola em dois turnos, através do Programa Mais Educação. Os alunos que estudam pela manhã retornam à tarde para uma série de atividades esportivas, didáticas e culturais. Já os alunos que estu-

Semc/CB

Torneio reuniu atletas de três escolas Semc/CB

Disputa faz parte do programa Mais Educação.

dam à tarde fazem as atividades no turno da manhã. Os torneios esportivos, teatro, mú-

sica, dentre outras, fazem parte das novas atividades nas escolas municipais.

Montanha realiza regional dos Jogos Escolares No município de Montanha foi realizada mais uma regional dos Jogos Escolares do Espírito Santo (JEES), torneio

promovido pela Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport). A regional 10 contou com a participação de 300

atletas e, agora, faltam agora apenas mais quatro regionais antes de ser iniciada a etapa estadual da competição.

CONFIRA OS CAMPEÕES Voleibol feminino infantil – EEEFM Profa Maria Madalena da Silva (Ponto Belo) Voleibol masculino infantil - EEEFM Profa Maria Madalena da Silva (Ponto Belo) Voleibol feminino juvenil - EEEFM Profa Maria Madalena da Silva (Ponto Belo) Voleibol masculino juvenil – EEEFM Dom José Dalvit (Montanha) Handebol feminino infantil – EMEF Domingos Martins (Montanha) Handebol masculino infantil - EMEF Domingos Martins (Montanha) Handebol feminino juvenil - EEEFM Dom José Dalvit (Montanha) Handebol masculino juvenil – EEEM Nossa Senhora de Lourdes (Pinheiros) Futsal feminino infantil - EMEF Domingos Martins (Montanha) Futsal masculino infantil - EMEF Domingos Martins (Montanha) Futsal feminino juvenil - EEEFM Dom José Dalvit (Montanha) Futsal masculino juvenil – EEEF Dr. Edward Abreu do Nascimento (Pedro Canário) Basquetebol masculino infantil – EMEF Benônio Falcão (Conceição da Barra) Basquetebol masculino juvenil - EMEF Benônio Falcão (Conceição da Barra)

Jogos Escolares Os Jogos Escolares do Espírito Santo têm por finalidade aumentar a participação em atividades esportivas em todas as escolas do Estado do Espíri-

to Santo e promover a ampla mobilização da juventude estudantil capixaba em torno do esporte e lazer. Os campeões estaduais terão a oportunidade

de representar o Estado nos Jogos Olímpicos da Juventude, que neste ano será realizado em Natal (RN) para o infantil e Belém (PA) para o juvenil.


barcosnoticias@gmail.com

10

1ª QUINZENA|JULHO|2013

PINHEIROS

Parceria com Governador é garantia de mais obras para o município Saúde volta a fazer cirurgias eletivas

Quem precisa de cirurgias que não sejam de emergência e podem ser agendadas, pode pedir o encaminhamento do médico nos PSF’s. As cirurgias eletivas são aquelas que não têm urgência nem se tratam de emergências. A informação é da Secretaria Municipal de Saúde, segundo a qual, foi firmada uma parceria com a Maternidade de São Mateus, onde essas cirurgias estão realizadas. São várias as intervenções que poderão ser feitas, desafogando, dessa maneira as listas de pacientes à espera de cirurgias dessa natureza. Dentre estas destacam-se, principalmente, as cirurgias de natureza ginecológica.

Convênio com a Unesc traz 10 novos médicos para a Barra

As unidades de saúde de Conceição da Barra passaram a contar com o reforço de 10 profissionais médicos que estão atuando nos PSFs, Pronto Atendimento da Sede e Braço do Rio e no Hospital. Esse reforço é resultado de convênio firmado entre a Prefeitura e o Centro Universitário do Espírito Santo. Esses profissionais, atuarão diariamente em todas as unidades de saúde e contribuirão para agilizar o atendimento à população.

Cresce número de empresas e de empregados com registro

O número de empresas registradas no município teve um crescimento de 25,7% em 5 anos,

com a criação de 105 novos empreendimentos. Em 2006 o município tinha 407 empresas devidamente registradas. Esse número saltou para 512 empresas. O número de pessoas trabalhando nessas empresas também subiu. Há 5 anos eram 3.331, das quais 2.933 pessoas eram assalariadas. Esse número cresceu 21,2%, quando foram registradas 4.039 pessoas ocupadas e 3.507 assalariadas, 19,5% a mais. O maior crescimento, entretanto, ocorreu na massa salarial desse contingente de trabalhadores. O valor total dos salários e remunerações subiu 110,3% , passando de R$ 39.174 para R$ 82.669 mensais. Conceição da Barra está entre os 15 municípios capixabas com melhor desempenho nesse ítem.

Frota de veículos mais que dobrou em 5 anos

O número de veículos emplacados município aumentou 137% nos últimos 5 anos, segundo o Detran, passando de 1.682 para 3.994 veículos de diversos tipos. Há 5 anos atrás haviam registrados 980 automóveis, 134 caminhões, 465 motos, 80 ônibus, 123 caminhonetes, 8 micro ônibus e 3 tratores. O número de automóveis dobrou e o município e registra 1.812 veículos desse tipo. Os últimos registros mostram que Conceição da Barra tem 215 caminhões, 1.229 motos, 99 ônibus, 10 micro ônibus, 25 tratores, 424 caminhonetes, 166 reboques e semi reboques e 14 outros veículos. Tais números, aliados a outros fatores mostram o avanço da economia local.

Estão bastante adiantadas as negociações que o prefeito Antônio da Emater vem conduzindo, com o apoio do deputado estadual Freitas e do Governador Renato Casagrande, visando o início de várias obras importantes para Pinheiros e para toda a região Norte do Estado. Entre os investimentos já anunciados, está à continuidade do projeto de pavimentações de ruas na sede e no interior. O prefeito está muito otimista com o projeto que, em parceria com o Governo do Estado, vai beneficiar a comunidade de Vila Fernandes, os bairros Pinheirinho, residencial Pinheiros e o distrito de São João do Sobrado. Antonio destaca o empenho do governador Renato Casagrande e o apoio total do deputado Freitas. “Juntos temos buscado recursos no Governo do Estado, além de obras do asfalto do anel viário, que inicia no bairro Pinheirinho, passando pelo Niterói, dando acesso a Boa Esperança e finalizando no bairro Jundiá que liga o município a São Mateus. De acordo com o

Ascom/Pinheiros

Antonio aposta na parceria com Casagrande e Freitas.

prefeito, o projeto já está pronto e o governador já autorizou a publicação do edital para contratação da empresa que será responsável pela execução da obra. “Para executarmos uma obra, primeiro temos que realizar o projeto, e assim o fizemos, agora estamos só aguardando a finalização da licitação para darmos inicio a esta tão sonhada obra”, ressaltou o prefeito. De todos os investimentos anunciados, o mais esperado é a obra de asfaltamento que liga Pinheiros ao distrito de São João do Sobrado. “Sabemos o

quanto os moradores do distrito almejam por este momento, afinal de contas, são 49 anos de promessas e mais promessas e nunca foram cumpridas, mas agora tenho certeza que ela será realizada. O nosso governador Renato Casagrande autorizou a contratação de uma empresa especializada para criação do projeto, espero que o mais rápido possível possamos receber o governador para dar ordem de serviço para executar estas duas obras e outras tão importantes para nossa gente”, pontuou o prefeito. O prefeito também

lembrou dos vários investimentos que já foram feitos por sua administração, com o apoio do governador, entre eles, habitações, pavimentação de ruas, reforma e ampliação da delegacia, implantação da companhia da Policia Militar, aumento dos efetivos policiais, aquisição de ônibus por meio do programa ‘caminhos da escola’ para estudantes da zona rural, máquinas para facilitar o escoamentos dos produtos agrícolas do município, a restauração da Rodovia Alexandre Buaiz que liga Pinheiros a Sayonara, entre outros.

Nova Lima recebe ambulância A Prefeitura de São Mateus entregou uma ambulância à comunidade de Nova Lima. O veículo foi entregue na sexta-feira (05), às 17h, em frente à Unidade de Saúde local. A ambulância, modelo Doblô, no valor de R$74.200,00, foi adquirida com recursos de emenda parlamentar do deputado

estadual Freitas, com contrapartida financeira da Prefeitura. A entrega foi feita pelo prefeito Amadeu Boroto, com a presença do deputado Freitas, do vereador Tutu e da secretária de Saúde, Mércia Holanda. O veículo faz parte de um pacote no valor total de R$297.600,00, que inclui outras duas ambulâncias e mais dois

veículos modelo Gol para auxiliar nos servi-

ços da Secretaria de Saúde. Divulgação


barcosnoticias@gmail.com

11

1ª QUINZENA|JULHO|2013

BOA ESPERANÇA

Prefeitura busca alternativas de geração de renda na Agricultura A Prefeitura de Boa Esperança, través da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural e o Instituto Capixaba de Pesquisa, Extensão Rural (INCAPER) vem promovendo reuniões com produtores familiares dispostos a trabalharem com a cultura do maracujá, tendo como objetivo expandir a diversificação agrícola no município, gerando novas oportunidades de negócio no meio rural, uma vez que esta atividade vem se destacando devido ao seu retorno financeiro satisfatório. Os encontros realizados com o grupo informal de produtores de maracujá, contam com a participação de representantes da indústria de polpa de

Ascom/Boa Esperança

A fruticultura é um dos caminhos para gerar renda no campo.

fruta, Fruta Rica, de Boa Esperança e Trop Fruta, de Linhares, além da cooperativa de produtores rurais de Jaguaré (COOPRUJ). De acordo com secretário municipal de Agricultura, Doriédison, o objetivo principal das reuniões é aproximar os agricultores das empresas compradoras de frutas

viabilizando mecanismos de comercialização através da celebração de contratos com garantia de preços mínimos e quantidades de fornecimento pré-estabelecidas, proporcionando ao produtor segurança dos seus investimentos na atividade de produção de maracujá. Diante das informa-

ções obtidas, nos próximos 03 meses, serão contratados aproximadamente 1,4 mil tonelada de maracujá com as empresas citadas, gerando a partir do segundo semestre de 2013 uma receita estimada de aproximadamente R$ 1,5 milhão para os produtores familiares envolvidos no programa.

Sinalização e mudanças melhoram trânsito na cidade Com a parceria do Detran, a Prefeitura de Boa Esperança está realizando serviço de pintura e sinalização de ruas e avenidas do município. O projeto tem como objetivo a prevenção, redução de acidentes e organização do trânsito, além de propiciar maior à acessibilidade e visibilidade, tanto para motoristas e quanto para os pedestres. Na chegada da cidade foram instalados os portais que indicam início do perímetro urbano e saudação para visitantes, além das placas de regulamentação e advertência em áreas próximas às escolas, hospital, bem como a implantação de faixas destinadas a travessia

de pedestres, faixas divisórias de fluxo (duplo-amarela), legendas para a definição de preferencial nos cruzamentos e sinalização de vaga para o estacionamento, inclusive para deficientes. O município possuía, até então, pouca sinalização e as que existiam estavam em péssimas condições ou em desacordo com o código de trânsito. “Essa nova sinalização proporcionará legibilidade, eficiência e clareza das mensagens, conforme regulamenta o código de trânsito brasileiro. Para divulgar a organização do trânsito de Boa Esperança, a Prefeitura está preparando uma campanha educativa de conscientização e prevenção de aciden-

Ascom/Boa Esperança

Sinalização vai trazer mais segurança.

tes”, explica o prefeito Romualdo Milanese. Com as principais mudanças, os condutores devem ficar atentos para evitar acidentes, seguir as sinalizações e as leis de trânsito. Na Avenida Eurico Rezende (Centro), por exemplo: da Praça João Antônio do Livramento até o Trevo na Rod. ES 130, agora é mão única. Pela

Rua Castelo Branco, para quem vem do Bairro Alvorada, não poderá seguir direto ao lado da Praça Angelina Spagnol Covre e quem segue da Democrata para a Avenida Senador Eurico Rezende, também deverá fazer a conversão em frente a Rodoviária e subir ou descer para Avenida Senador Eurico Rezende.

Ter ou ser Irmão Na edificação dos costumes e da vivência em sociedade, o construtor e sua obra têm ligação intrínseca em todas as fases do projeto, pois não pode o pedreiro iniciar qualquer trabalho se eximindo da responsabilidade sobre os efeitos que este venha a influenciar durante ou após sua execução. Sendo assim, menos ainda pode o pedreiro livre deixar de medir a todo tempo a marca de sua trajetória como edificador de posturas e conceitos no que concerne o trato e relacionamento entre os irmãos ou profanos do mundo exterior. Neste contexto, o desbastar da pedra bruta não é uma atitude isolada, ela permeia a todos quantos a volta do novo ser acompanham este processo de transformação e neste momento, suas vidas também acabam por ser transformadas, na reação em cadeia onde os bons costumes e a retidão das ações devem ser como o maço, instrumento de força que as imprime nos corações da eternidade. A postura correta do pedreiro livre, entretanto, esbarra nas entrelaçadas relações do quotidiano enquanto na correria do dia a dia esquecemo-nos até mesmo de quem somos e do novo papel que hora passamos a desempenhar na sociedade. Nestes momentos devem sempre ser lembradas as palavras do V.’.M.’. no encerramento, suscitando diligência, moderação e prudência, cernes da formação moral aprendidas no seio de nossa casa perfeita e às vezes esquecidas ao nos depararmos

com os desafios do dia a dia exaustivo. As promessas solenes de amparo, assistência, tolerância e bondade jamais devem estar submersas nos pesados afazeres ou perderemos nossa identidade de homens pinçados da turba e diferenciados da maioria, negando a formação justa e perfeita que como uma dádiva recebemos, permitindo ao mundo que julgue o trabalho de nossa oficina, em vão. As belíssimas palavras de Davi também nos remetem a um maior sentimento sobre nosso comportamento não apenas em loja, mas no mundo profano também, pois ao citar “Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”, devemos lembrar-nos que no início dos tempos todas as criaturas tiveram origem num só criador, o Senhor que como o orvalho de Hermon, que desce sobre os montes de Sião, ordena a vida e a bênção para sempre. Somos de fato então todos irmãos, pois somos filhos de um mesmo Pai cuja harmonia e amor nos foram magistralmente ensinadas pelo Divino Mestre, as quais devem ser cultivadas a cada manhã, partes que são da lista de bons ofícios que deve professar o verdadeiro pedreiro livre e de bons costumes. Enganamos-nos, porém, se pensamos que ter irmãos nos basta, pois neste momento o verbo “ser”, também diferencia-nos da mesmice que ronda a humanidade onde todos buscam “ter”, muitas vezes sem o merecer.


barcosnoticias@gmail.com

12

1ª QUINZENA|JULHO|2013

Escola mobiliza alunos na luta contra as drogas Gracielho Pereira

A

luta contra as drogas mobilizou alunos, professores e toda a comunidade, num trabalho liderado pela escola Augusto de Oliveira, com a realização da “Caminhada pela vida, contra as drogas”. O evento reuniu igrejas, escolas e entidades, como os alunos e professores do Pacovi que compareceram com suas faixas e cartazes, assim como as criancinhas da UPEM Carrossel que apreciaram esse movimento tão importante para a sociedade. A mobilização faz parte do Programa Ensino Médio Inovador e, através dele, está desenvolvendo o projeto “Semana de Mobilização Contra as Drogas”, sob a coordenação dos professores da área de Ciências da Natureza, da

Dezenas de alunos participaram da caminhada.

professora articuladora e equipe pedagógica da escola. O projeto visa à conscientização dos jovens contra o uso indevido de drogas lícitas ou ilícitas. Dentre outras ações, as principais são: aulas especialmente planejadas pelos professores com o objetivo de conscientizar e informar os alunos para que os mesmos conheçam os danos físicos e sociais causados pe-

Diamante

Maturação precoce com a colheita em maio.

los entorpecentes, palestras, apresentações artísticas produzidas pelos alunos e professores, seminários e outros. A diretora Mirian Pereira Lima afirma que a escola pretende tornar esse ato uma tradição todos os anos. Segundo a supervisora Fabrícia Coitinho a escola precisa se aproximar mais da comunidade, pois essa aliança é que fortalecerá nossos jovens na luta

contra os males sociais. Como professora articuladora do Programa Ensino Médio Inovador, a professora Walkiria de Oliveira Faria afirma que esse é só o primeiro de muitos outros projetos que estão por vir na escola. “Nossos alunos são brilhantes, o que eles precisam é ser motivados e abraçados pela sociedade e, principalmente, pela escola. Além disso, nossa caminhada não teria sucesso sem a contribuição Maravilhosa dos nossos professores e funcionários”. Segundo a diretora, projetos como esse vêm sendo desenvolvidos na escola internamente, já que o alvo de traficantes são os jovens e adolescentes. O objetivo principal desses projetos é trazer os jovens para o contexto social, debater

essas questões para que eles consigam se inserir na sociedade como sujeitos atuantes e críticos. Ações como: parcerias com empresas, rádio escola, grupos de dança, aulas de violão, ensino profissionalizante, dentro da escola, visam a inclusão desses jovens e, consequentemente, uma sociedade mais saudável e protegida. O envolvimento dos

jovens foi grande no projeto, isso demonstra que eles também não aceitam esse problema em nossa comunidade, a voz dos jovens, as frases, criadas ou escolhidas por eles em concursos de frases promovidas dentro da escola através do projeto, escritas em faixas e cartazes só reafirmam o quanto nossos jovens querem e precisam ser protegidos desse mal. Gracielho Pereira

Orientação dos professores foi fundamental.

O INCAPER APRESENTA AS NOVAS VARIEDADES DO CAFÉ CONILON. VOCÊ PROVA E SENTE O GOSTINHO DE SUCESSO.

Jequitibá

Maturação intermediária com a colheita em junho.

O Governo do Espírito Santo tem o compromisso de aumentar a produtividade e melhorar a qualidade da cafeicultura do Espírito Santo. Os resultados alcançados com o programa de melhoramento genético estão rendendo frutos que atendem à crescente demanda mundial por um produto melhor. Acabam de nascer três novas variedades de Café Conilon: Diamante, Jequitibá e Centenária. Estes cafés têm o DNA capixaba. Com isso, o Conilon vai produzir grãos com Classificação Internacional de Bebida Superior. Bom para o cafeicultor, que passa a contar, de uma só vez, com alta produtividade e qualidade de bebida. Procure uma unidade do Incaper e venha conhecer as características e qualidades das novas variedades do café Conilon. Você vai sentir o gosto do sucesso!

Centenária

Maturação tardia com a colheita em julho.

www.incaper.es.gov.br

www.seag.es.gov.br

www.es.gov.br

Edição 65  

1ª Quinzena de Julho de 2013.

Advertisement