Page 1

ANO XXVI • Nº 563 • 15 A 21 DE ABRIL DE 2018 • SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE CRÉDITO NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Sindicato conquista três novas reintegrações na última semana

as abert s e õ iç e Inscr rso d u c o e para nidad pater p. 4

Bancários aprovam Plan o de Lutas da cate goria p. 2

Café da Ma nhã dos Aposentad os acontec e no dia 27 d e abril p. 2

WWW.BANCARIOSPE.ORG.BR

a Mapa d a registr a i c n ê Viol stidas 46 inve bancos a r t n o c p. 3


2

Bancários aprovam Plano de Lutas

O

s delegados presentes no 5º Congresso da Contraf-CUT aprovaram o Plano de Lutas da categoria, que objetiva contribuir com a construção do “Brasil que queremos” e com o “Projeto organizativo do ramo”. A Campanha Nacional de 2018 terá como objetivos estratégicos a manutenção da mesa única de negociações e a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), mantendo seu caráter nacional e a integralidade das conquistas da categoria. “A unidade da categoria prevaleceu neste 5º Congresso Contraf-CUT. Além de aprovarmos o Plano de Lutas, elegemos por unanimidade a nova diretoria da Confederação (Gestão 2018-2022), que reúne a capacidade necessária de, com o Sindicato, enfrentar o golpe contra a democracia e as trabalhadoras e trabalhadores”, avalia a presiden-

Unidade da categoria prevalece no 5º Congresso Contraf-CUT

ta do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Suzineide Rodrigues, que participou do evento. Pela primeira vez, duas mulheres irão coordenar a mesa de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban): a presidenta eleita Juvandia Moreira e Ivone Silva, presidenta do

Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. De acordo com o Plano de Lutas, a renovação dos acordos específicos, sem perdas, também está prevista entre as reivindicações. Ainda em pauta, defesa do emprego, dos bancos públicos e do papel social que eles desempenham.

Um dos desafios a serem superados em 2018 é a manutenção dos direitos previstos nas atuais CCTs dos bancários e dos financiários, pois a aprovação da reforma trabalhista (Lei 13.647/2017) acabou com a ultratividade dos acordos. Por isso, todas as cláusulas precisam ser renegociadas.

Café da Manhã dos Aposentados dia 27/4, às 9h

Na última sexta-feira do mês, dia 27, às 9h, está marcado mais um Café da Manhã dos Aposentados. O evento realizado mensalmente pelo Sindicato é uma ótima oportunidade para reencontrar colegas de trabalho, conhecer pessoas e se manter atualizado sobre as questões que envolvem a entidade e os direitos dos bancários que não estão mais na ativa. Participe!

EXPEDIENTE Coordenação e supervisão: Tempus Comunicação

Informativo do Sindicato dos Bancários de Pernambuco Ed. 563 / Circulação semanal Redação: Av. Manoel Borba, 564, Boa Vista, Recife/PE Telefone: (81) 3316 4233 E-mail: comunicacao@bancariospe.org.br Site: www.bancariospe.org.br Tiragem: 6.000 exemplares

15 a 21 de abril de 2018

Jornalista responsável: Micheline Américo Conselho Editorial: Adeílton Filho, Cleonildo Cruz, Epaminondas Neto, Jonatas Campos, Micheline Américo e Suzineide Rodrigues Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto Diagramação: Bruno Lombardi Fotos: Agência Lumen e Tempus Comunicação

DIRETORIA EXECUTIVA Presidenta: Suzineide Rodrigues Comunicação: Epaminondas Neto Secretária-Geral: Sandra Trajano Finanças: Jaqueline Mello Administração: Geraldo Times Assuntos Jurídicos: João Rufino Bancos Públicos: Renato Brito Bancos Privados: Adeílton Filho

Cultura, Esportes e Lazer: Fábio Sales Assuntos da Mulher: Eleonora Costa Saúde do Trabalhador: Wellington Trindade Formação: Anabele Silva Intersindical: Fernando Batata Ramo Financeiro: Andreza Camila Duarte Aposentados: Luiz Freitas


3

Sindicato conquista três novas ações de reintegração na última semana

O

nze reintegrações registradas só neste ano. Na manhã da segunda-feira (9), a bancária Gianngeisela Soares Cordeiro, do Bradesco - Concórdia, foi a primeira reintegrada do dia. Já no período da tarde, a reintegração de Ygor Roberto de Deus, funcionário do Banco Itaú – Conselheiro, contou com a presença da presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, e do secretário de Assuntos Jurídicos, João Rufino. A terceira reintegração foi do bancário Lednilson da Silva Soares, do Bradesco-Caxangá. “Quando tomamos conhecimento das demissões injustas, logo adotamos todas as providências cabíveis para que nossas companheiras e companheiros sejam reintegrados. Com muito empenho e qualificação técnica, temos conquistado vitórias importantes nesses processos”, avaliou Suzineide. Gianngeisela, funcionária do Bradesco há quase oito anos, foi diagnosticada com Lesão por Es-

Sindicato garante reintegração do bancário Ygor Roberto ao Banco Itaú

forço Repetitivo/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/Dort) após ser demitida. Desligada no dia 8 de fevereiro deste ano, a bancária volta às suas atividades no próximo dia 10 de maio. “Fui muito bem acolhida por todos do Sindicato. A atenção que recebi e o cuidado que todos tiveram em buscar uma solução para meu caso foram determinantes para o resultado positivo. Não sabia que o Sindicato estava tão bem preparado para este

tipo de situação. Todos estão de parabéns”, afirmou Gianngeisela. O caso de Ygor Roberto não difere da maioria das demissões ilegais. “Fiz de tudo para continuar trabalhando da melhor forma possível. Mesmo sentindo muita dor, relutei para que meu trabalho não diminuísse de ritmo, mas o resultado foi a demissão em novembro. Procurei o Sindicato e consegui realizar todo procedimento necessário para reverter a situação”, comemorou.

Lednilson Soares, 27 anos de Bradesco, foi demitido no dia 9 de janeiro. Mesmo com Síndrome do Pânico comprovada, agravada por depressão em decorrência do ambiente de trabalho, o banco alegou outras razões e afastou o bancário.“Hoje em dia os bancos tratam os funcionários apenas como números. Fui tratado como gente no Sindicato, onde tive a oportunidade de conversar e apresentar todo problema que venho passando. Estou muito feliz com essa reintegração, voltando para minha atividade de gerente-administrativo no próximo dia 23 de abril”, destacou. O secretário de Assuntos Jurídicos, João Rufino, ressalta a importância dos bancários demitidos realizarem o processo de desligamento no Sindicato.“Só vamos conseguir reverter uma demissão ilegal caso a bancária ou o bancário nos apresente sua situação. Muitos erros estão sendo cometidos na hora de calcular a indenização e/ou de notificar a pessoa afastada”, alerta.

Mapa da Violência contra Bancos aponta ineficácia da SDS As agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal de Santa Cruz do Capibaribe, município localizado no Agreste pernambucano, foram alvo de ações criminosas na madrugada do dia 12. Até o fechamento desta edição, o Mapa da Violência contra Bancos – software desenvolvido pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco – registrava 46 investidas neste ano. Aproximadamente 25 criminosos atearam fogo em um veículo que estava estacionado em frente ao 24º Batalhão da Polícia Militar, disparando tiros contra o quartel. A ação começou por volta de 1h50, assustando moradores da cidade. “O resultado dessas ações, nas quais ninguém foi detido ou identificado, reforça o argumento de-

fendido pelo Sindicato de que investir nos setores de inteligência dos órgãos de segurança pública é urgente. Disponibilizamos os dados do Mapa da Violência contra Bancos para que o governo do Estado defina estratégias de atuação, mas os governantes se mantêm omissos prejudicando tanto a população quanto os bancários”, denuncia a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues. Há seis meses, a entidade reivindicou à Secretaria de Defesa Social (SDS) a reativação de um Grupo de Trabalho (GT), que envolva os órgãos de segurança, entidades sindicais e o Ministério Público para enfrentar a violência bancária no Estado, mas não recebeu resposta sobre a demanda até o momento.

Mais de 40 ocorrências registradas em 2018

De acordo com o Mapa da Violência, em 2018, já foram contabilizados 20 explosões, 6 assaltos, 15 arrombamentos, 1 sequestro, 1 este-

lionato e 1 invasão. Ao todo, foram 18 investidas no Agreste, 15 na Região Metropolitana do Recife, 7 no Sertão e 4 na Zona da Mata.

15 a 21 de abril de 2018


4

Ações de combate ao assédio moral chegam a mais seis agências

N

o dia 12 de abril, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco visitou agências de bancos públicos e privados do bairro de Afogados, no Recife (PE) para tratar acerca da sobrecarga de atividades e precarização do atendimento. Com metas abusivas a serem cumpridas e sem condições de trabalho, os bancários figuram como a categoria mais acometida por doenças ocupacionais no Estado. Durante o ato, a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, denunciou o lucro exorbitante do Santander, de quase R$ 10 bilhões em 2017, em contraponto às condições de trabalho. “O Santander desponta em primeiro lugar em ocorrência de adoe-

Presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, denuncia práticas de assédio moral na Caixa

cimentos decorrentes do ambiente de trabalho, seguido pelo Itaú e Caixa Econômica Federal. Os bancos não contratam novos funcionários, apesar dos lucros vultosos e do grande volume de clientes”, atacou.

O ato foi realizado em seis agências da Caixa, Banco do Brasil, Santander, Bradesco e Itaú. Neste último, o diretor do Sindicato, Flávio Coelho, também reforçou o desrespeito dos bancos com a cate-

Curso Despertar da Paternidade com inscrições abertas Estão abertas as inscrições para a VI edição do Curso Despertar da Paternidade, que se realizará na segunda quinzena de maio. A formação é oferecida trimestralmente pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco e garante a ampliação da licença-paternidade para 20 dias para os participantes. Mais de 80 bancários já foram beneficiados pela iniciativa. A presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, ressalta a importância da ampliação da licença-paternidade e o compromisso da entidade em garantir direitos. “O Sindicato abraçou essa ideia com a certeza de que a responsabilidade compartilhada deve tornar-se, cada vez mais, uma realidade nos lares de Pernambuco. Esse tempo

ver no curso deve realizar o procedimento, gratuitamente, enviando suas informações por e-mail (presidencia@bancariospe.org.br) ou pelo telefone (81) 3316-4204. Associados têm prioridade.

Nós somos da terra. Este é o nosso lugar! O reconhecimento das terras indígenas não é favor, é direito.

15 a 21 de abril de 2018

Convênio

Mais de 80 bancários foram beneficiados com o curso

é de fundamental importância para toda a família. A entidade reafirma o compromisso de continuar lutando pela ampliação dos direitos da categoria”, afirma. O bancário que pretende se inscre-

goria. “Homologação segura, com garantia de direitos, só no Sindicato. O Itaú é o banco campeão de demissões e por isso o atendimento está cada vez mais precarizado. Mas o banco não deixa de cobrar juros e tarifas altíssimas aos clientes. Então, essa luta é dos bancários e dos usuários do sistema financeiros”, concluiu. Durante a atividade, a direção ainda tratou sobre a antecipação da Campanha Nacional 2018; os ataques do governo federal à Previ-BB; e a implementação do Bônus Caixa de forma discriminatória. Os atos contra o assédio moral continuarão sendo realizados neste mês em alusão ao Abril Verde – mês de conscientização sobre a saúde no trabalho.

A Clínica de Olhos Geraldo Bertão, localizada na Avenida Manoel Borba, nº 381, bairro da Boa Vista, no Recife, é a mais nova parceira do Sindicato dos Bancários. O convênio será concedido aos associados sindicalizados, ativos e aposentados, e aos funcionários da entidade, bem como aos seus dependentes e ascendentes, meramente identificados por declaração de vínculo. Os serviços oftalmológicos com descontos incluem consulta, campimetria, ceratometria, curva tensional, ganioscopia, mapeamento de retina, paquimetria e tonometria. O associado também pode beneficiar-se dos serviços para a medicina do trabalho.

19 de abril - Dia do Índio

Jornal dos Bancários - ed. 563  
Jornal dos Bancários - ed. 563  

de 15 a 21 de abril de 2018

Advertisement