Page 1

ANO XXI • Nº 471 • 16 DE DEZEMBRO DE 2013 A 15 DE JANEIRO DE 2014 • SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE CRÉDITO NO ESTADO DE PERNAMBUCO

RETROSPECTIVA 2013

Aqui os bancários são manchete o ano inteiro Mais saúde, mais segurança, menos metas, salários maiores, melhores condições de trabalho, fim das demissões, mais contratações, igualdade de oportunidades... Foram tantas as lutas e as conquistas dos bancários em 2013, que é impossível eleger uma como principal. Por isso, decidimos fazer uma retrospectiva diferente este ano. Todas as páginas deste jornal são “Capas”. Além de dar o devido destaque a todas as notícias, a brincadeira também dá um tom leve e de bom humor à retrospectiva, características que os bancários procuram imprimir em todos os protestos e manifestações. Então, boa leitura, boas festas e um ótimo 2014!

WWW.BANCARIOSPE.ORG.BR


2

Projeto-piloto já é realidade

Agências bancárias mais seguras em Recife, Olinda e Jaboatão Conquistado na Campanha Nacional de 2012, o projeto-piloto de segurança bancária saiu do papel e já é realidade. Implantado de forma pioneira no Brasil em 209 agências de Recife, Olinda e Jaboatão, o acordo garante a instalação de portas de segurança com detectores de metais, câmeras internas e externas, biombos entre a bateria de caixas e as filas, guarda-volumes, vigilantes com coletes a prova de balas e armados e cofre com dispositivo de retardo. O Sindicato, a Contraf-CUT e os bancos instalaram um grupo para acompanhar o projeto-piloto. A boa notícia é que o número de assaltos a bancos nessas três cidades diminuiu. Mas a quantidade geral de assaltos no estado se manteve, em cerca de 30, em 2013. “O problema é que os bandidos, ao encontrar mais dificuldades para assaltar as agências das três cidades, estão migrando para o interior. É por isso que o projeto-piloto precisa ser estendido, o quanto antes, para todo o Estado e também para as demais cidades do Brasil”, explica o diretor do Sindicato, João Rufino.

E MAIS Bradesco: Sindicato garante melhorias para o programa de reabilitação

Biombo entre os caixas, que garante a privacidade nas operações, é um dos itens de segurança previstos no projeto-piloto

Mais saúde

Sindicatos e bancos criam grupo para investigar os motivos que levam os bancários a adoecer tanto

Bancários estão entre os trabalhadores que mais sofrem com o assédio moral Sindicato na luta contra as mudanças nos planos de saúde do banco Santander Bancários realizam série de atividades em memória das vítimas do trabalho

A cada dia cresce o número de bancários afastados por problemas de saúde. Em 2012, foram 21.144 bancários oficialmente afastados de suas funções pelo INSS. Mas estima-se que grande parte dos pedidos de afastamentos seja negada e que o número de bancários que adoecem possa chegar a 60 mil por ano em todo o Brasil. Para garantir a saúde da categoria, os bancários conquistaram, na Campanha Nacional de 2013, a criação de um Grupo de

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014

Trabalho (GT) para investigar as causas de adoecimento, já instalado em novembro. “Já realizamos duas reuniões do GT em 2013. E conseguimos que os bancos abrissem para os sindicatos os dados sobre afastamentos. Esses dados vão ajudar os sindicatos a traçar um Raio-X sobre a saúde dos bancários. Vamos detectar os problemas e propor soluções”, explica o secretário de Saúde do Sindicato, Wellington Trindade, que representa Pernambuco no GT.


3

Depois de 23 dias de greve, bancários conquistam mais direitos e valorização Greve de 2013 foi uma das mais longas e fortes dos últimos 20 anos e fez a Fenaban ceder na mesa de negociações (foto em destaque)

P

elo décimo ano consecutivo, os bancários encerraram sua Campanha Nacional em 2013 com vitória. Mais uma vez, a conquista de um grande acordo com os bancos não foi tarefa fácil. Os bancários tiveram de encarar 23 dias de greve,

uma das mais longas e fortes dos últimos vinte anos. A mobilização garantiu aumento real de salário, valorização do piso, melhoria da PLR e outros avanços econômicos e sociais. “Esta sequência de aumentos reais representa, no acumulado de 2004 para cá, 18,33%

de reajuste salarial acima da inflação. A valorização do nosso piso é ainda maior: 38,7% de ganho real. Foi uma linda campanha, em que os bancários mostraram muita garra e disposição de luta”, comenta a presidenta do Sindicato, Jaqueline Mello.

Funcionários também ampliam conquistas nos bancos públicos Os bancários também garantiram avanços importantes nas negociações específicas com os bancos públicos. Daniella Almeida, secretária de Bancos Públicos do Sindicato, cita as principais conquistas: “No Banco do Brasil, garantimos a contratação de 3 mil concursados para desafogar a sobrecarga de trabalho. Na Caixa, a manutenção da PLR Social rendeu, no mínimo, R$ 8 mil de participação nos lucros e resultados para cada empregado. Já no Banco do Nordeste, o acordo aditivo manteve a PLR Social e a garantia de revisão para o Plano de Carreira e Remuneração (PCR)”.

E MAIS Conquista inédita: bancários têm R$ 50 por mês de vale-cultura Bancos não podem enviar mensagens para o celular dos bancários cobrando resultados Abono-assiduidade garante um dia a mais de folga por ano para bancários

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014


4

Mobilização

Bancários protestam o ano todo contra os abusos dos bancos

C

om a estratégia de mobilização permanente adotada pelo Sindicato, os bancários de Pernambuco realizaram protestos e manifestações o ano inteiro. Entre as diversas lutas encampadas pela categoria em 2013, destaque para a

mobilização que garantiu a manutenção de direitos e salários dos bancários do Banco do Brasil durante a reestruturação do CSO e do CSL. “Os funcionários do BB também realizaram uma série de protestos contra o plano de funções, enquanto os cole-

gas do Santander, do Itaú e do HSBC lutavam contra as demissões e a falta de condições de trabalho”, conta Renato Tenório, diretor do Sindicato e funcionário do BB. “No Bradesco, os protestos focaram a falta de segurança”, lembra

Geraldo Times, secretário de Bancos Privados do Sindicato. A falta de bancários na Caixa motivou várias manifestações por mais contratações e condições de trabalho. No BNB, as manifestações exigiram o pagamento integral da PLR.

Negociação

Pressão do Sindicato garante avanços em todos os bancos Não é só no período da Campanha Nacional que o Sindicato e a Fenaban se reúnem para negociar. Durante o ano todo, os bancários mantém mesas de negociação per-

Sindicato encerra 2013 com mais de 3,5 mil curtidas no Facebook

manente com o Banco do Brasil, Caixa, BNB, Bradesco, Santander, Itaú e HSBC. “Conseguimos diversos avanços nessas mesas, que são de extrema importância para resol-

E MAIS

Com 1.360 seguidores, twitter do Sindicato é dos mais concorridos

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014

ver as demandas específicas de cada banco”, explica o secretário-geral do Sindicato, Fabiano Félix. Além das mesas permanentes com cada banco, o Sindicato também mantém,

Canal do Sindicato no YouTube já foi assistido mais de 13,5 mil vezes

com a Fenaban, quatro mesas de negociações temáticas, para debater questões sobre segurança, saúde e condições de trabalho, terceirização e igualdade de oportunidades.

Sindicato bate novo recorde de acessos no site em 2013 e lança perfil no Instagran


5

caravanas

Sindicato marca presença nas agências do interior do estado

O

Sindicato marcou presença nas agências do interior do estado. De três em três meses, caravanas de diretores sindicais percorreram todas as unidades das diversas regiões de Pernambuco. Conversaram com os trabalhadores, observaram os problemas para denunciar ao banco, buscaram soluções para locais insalubres ou inseguros, informaram sobre as negociações com os bancos. “Destaque, também, foi o Encontro dos Bancários do Interior, realizado em Salgueiro no mês de agosto. O evento reuniu bancários de várias cidades da região e ajudou a reforçar a Campanha Nacional”, conta a secretária de Finanças do Sindicato, Suzineide Rodrigues.

Encontro dos Bancários do Interior, em Salgueiro, em agosto, preparou os trabalhadores para a Campanha Nacional

E MAIS Justiça homologa os cálculos da ação de anuênio do BB

Quase 50 bancários reintegrados e várias vitórias na Justiça

Sindicato entra com ação contra 7ª e 8ª horas no BNB Bancários aprovam as contas do Sindicato com 97% dos votos Seminário de Formação marca a posse dos delegados sindicais

Mobilização e luta garantiram a reintegração de metade dos mais de 50 bancários demitidos pelo Santander em dezembro de 2012

Quase cinquenta bancários tiveram de volta seu emprego em 2013 graças à ação do Sindicato. Parte das demissões foram revertidas judicialmente. Outra parte, por meio de acordos com os bancos. Foi o que aconteceu, por exemplo, com o Santander: quase metade dos 54 demitidos em dezembro de 2012 voltaram para o banco após a interferência de sua entidade representativa. “Além das reintegrações, o Sindicato garantiu várias vitórias na Justiça em diversas ações, a exemplo da ação contra a sétima e oitava horas no Banco do Brasil”, lembra o secretário do Ramo Financeiro do Sindicato, Flávio Coelho.

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014


6

Sindicato reforça luta por igualdade de oportunidades

No mês de março, as bancárias de Pernambuco celebraram seu dia com festa, poesias, música e arte (foto). Mas o ano inteiro foi tempo de se organizar para reforçar as conquistas no que se refere à igualdade de oportunidades. Os encontros estaduais culminaram em um Encontro Nacional de Bancárias, no final do ano, quando foi criado o Coletivo Nacional de Mulheres. E, para 2014, está prevista a realização de mais um Censo da Diversidade pelos bancos. “E os bancários e bancárias precisam estar atentos para participar ativamente do processo”, ressalta a secretária de Assuntos da Mulher do Sindicato, Sandra Trajano.

Aposentados dividem lembranças e alegrias

O Café da Manhã dos Aposentados, realizado todo mês, já se consagrou como parte do calendário oficial do Sindicato. “É lá que os bancários, que tanto já contribuíram para as conquistas da categoria, dividem lembranças em clima de confraternização e reencontro” , comenta o secretário de Aposentados do Sindicato, Luiz Freitas.

E MAIS Fórum Nacional de Visibilidade Negra reforça o compromisso de enfrentar discriminação nos bancos Sindicato se une à luta contra a homofobia e participa de mais uma Parada da Diversidade Grito dos Excluídos lembra o papel da juventude na construção de um projeto popular de política Bancários doam sangue durante a greve e mostram para os bancos que o egoísmo não está com nada

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014


7

Sindicato toma as ruas e se soma às mobilizações de junho

E

studantes, professores, médicos, bancários, gente que jamais participara de manifestações e gente que sempre estivera na luta... todos se uniram em imensas passeatas que tomaram conta do país a partir de junho. “As reivindicações eram as mais diferentes, mas o Sindicato tratou de se somar à luta e deixar bem clara sua posição e suas demandas, entre elas a regulamentação do sistema financeiro e o combate a toda forma de precarização do trabalho” , diz o secretário de Administração do Sindicato, Epaminondas Neto. Mas não foi só em junho que o Sindicato marcou posição nas ruas: ele se somou a CUT e sindicatos na Marcha a Brasília, em março; contra a política de juros altos; e em todas as ações contra o projeto 4330.

Sindicato também engrossou os protestos e exigiu avanços na pauta da classe trabalhadora

E MAIS

Não ao PL 4330

Sindicato apoia o

Comitê de Cidadania na construção de

cisternas no sertão Sindicato arrecada donativos para

as comunidades

afetadas pela seca

Trabalhadores reforçam luta contra terceirização

Sindicato sedia lançamento do plebiscito por

A terceirização foi o principal alvo dos trabalhadores neste ano de 2013. Em xeque, o projeto 4330, que tramita na Câmara dos Deputados e escancara a terceirização fraudulenta no Brasil. Sua aprovação significaria, além da precarização do trabalho, um golpe na organização dos trabalhadores. “Os sindicatos se mobilizaram e ocuparam a Esplanada dos Ministérios várias vezes, garantindo o adiamento da votação por três vezes. Mas a batalha não está concluída e deve continuar em 2014”, garante Anabele Silva, secretária de Comunicação do Sindicato.

reforma política CUT entrega pauta

com onze pontos ao governo federal no Dia do Trabalhador

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014


8

Sindicato capricha nas festas como espaço de confraternização Festa Junina

N

ada como descansar da luta por melhores condições de trabalho e das metas do dia-a-dia com uma boa confraternização. Melhor ainda

Festa do Dia das Crianças

se for no ambiente agradável do Clube de Campo dos Bancários. Este ano, o Sindicato manteve a tradição e caprichou ainda mais em festas como a de São João,

Festa do Dia dos Bancários

do Dia das Crianças e do Dia dos Bancários. Algumas delas foram animadas por talentos da própria categoria, como os artistas Thiago Freire, Kleybson Lima e Henrique

Bancários atletas participam de atividades desportivas Os bancários mostraram que também são atletas. Nos II Jogos do Sindicato, realizados em abril, o número de inscritos aumentou, a quantidade de modalidades cresceu e o Sindicato deu show na organização. Destaque, também, para o

Campeonato de Futebol, realizado no segundo semestre, que manteve a tradição de boas disputas e times de qualidade. O Itaú acabou sagrando-se bicampeão, mas os outros times também deram deram um show de bola. “Mas a novidade

Jogos do Sindicato já entraram para o calendário anual da entidade

do ano foi a Corrida dos Bancários, feita em parceria com a Apcef (Associação de Pessoal da Caixa Econômica), no dia 4 de maio, pelo centro do Recife” , conta o secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicato, Justiniano Júnior.

Brandão. “Temos bancários muito talentosos, que a gente faz questão de valorizar”, afirma o secretário de Cultura, Esportes e Lazer, Adeílton Filho.

E MAIS Ciclo de debates resgata história de Pernambuco, com foco nos episódios de resistência e mobilização Músico Walgrene Agra lança CDs no Sindicato, com show solidário e apresentação de teatro Jornalista do Sindicato lança livro para crianças, com contação de histórias no auditório da entidade Sindicato promove uma Noite Cultural para homenagear o Dia da Mulher /bancariospe

16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014

Jornal dos Bancários - ed. 471 - Retrospectiva 2013  
Jornal dos Bancários - ed. 471 - Retrospectiva 2013  

de 16 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014

Advertisement