Page 1

DESCRIÇÃO DO PROJETO

I. NÚMERO DE CADASTRO DO PROPONENTE (login) 02BA109922012 Proponente: Associação Voluntários para o Serviço Internacional - Brasil CNPJ: 08.929.748/0001-85 E-mail: salvador@avsi.org UF: BA Cidade: Salvador Endereço: Rua Frederico Simões, 98 13º andar Edf. Advanced Trade - Caminho das Árvores Telefone(DDD): (71)3555-3355 Nome do Titular ou Responsável Legal do Proponente: Fabrizio Pellicelli

II. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título: Guerreira Esportiva Manifestação Desportiva: Educacional Modalidade(s) do projeto:

Nº SLIE: 1713679-28

Basquetebol Futsal Handebol Judô Voleibol Local (is) de execução do projeto: Quadra Poliesportiva de Praia Grande BA Salvador Praia Grande/Paripe Rua Cosme de Farias Cep: 40725-060/Fone: (71)3202-7900

III. PERÍODO DE EXECUÇÃO PREVISTO: DATA DA ASSINATURA DO TERMO DE Duração: 12 meses COMPROMISSO

IV. BREVE DESCRIÇÃO DO PÚBLICO BENEFICIÁRIO Público Alvo Qtd: 60 - Crianças - (0 a 12 anos). Qtd: 40 - Adolescentes - (10 a 18 anos). Qtd: 0 - Adultos - (18 a 59 anos). Qtd: 0 - Idosos - (a partir de 60 anos). Qtd: 0 - Portadores de necessidades especiais. Beneficiário Direto: 100 Beneficiário Indireto: 0 Total de Beneficiário(s): 100


PEDIDO DE AVALIAÇÃO Solicitamos que o presente projeto seja analisado e aprovado, para efeito dos benefícios de que tratam a Lei nº 11.438/06 e o Decreto nº 6.180/07. Local/data: ______________, ___/___/___.

_________________________ Assinatura do Titular ou Responsável Legal do Proponente

ATENÇÃO: O projeto deverá ser apresentado utilizando obrigatoriamente estes formulários, sem estar em manuscrito, em 1 (uma) via impressa com legibilidade, acompanhado dos documentos mínimos exigidos para a fase de avaliação (artigo 9º, Decreto nº 6.180/07), sem encadernar, apenas grampeado. As páginas destes formulários deverão estar rubricadas pelo titular ou responsável legal do proponente.


DESCRIÇÃO DE PROJETO V. OBJETIVOS - Citar o OBJETO do projeto e apresentar de forma clara e objetiva o que se pretende alcançar com o seu desenvolvimento. VI. METODOLOGIA - Descrever e detalhar o desenvolvimento, execução e a metodologia aplicada em todas as atividades do projeto. Apresentar as fases de execução do projeto, constando cronograma de atividades com períodos de cada ação. Grade horária, constando modalidades, nº de turmas, quantitativo de beneficiários por turma, frequência semanal, de acordo com turnos e faixas etárias. Quadro de horário dos profissionais com frequência semanal, detalhando as atribuições de cada um. Apresentar os respectivos calendários dos eventos a participar ou a executar, especificando datas e duração dos mesmos. Apresentar o critério de seleção dos participantes e dos profissionais envolvidos. No caso de apresentação de quadros ou planilhas explicativas, anexar ao projeto impresso a ser enviado ao Ministério do Esporte.

OBJETIVOS a) Oferecer atividades esportivas no contra turno escolar às crianças e adolescentes residentes na comunidade Guerreira Zeferina, no município de Salvador, matriculados na rede pública de ensino; b) Disseminar o interesse pela prática esportiva; c) Promover a saúde física e mental do público-alvo atendido pelo projeto.

METODOLOGIA: A) Sobre a seleção dos participantes: Para a escolha dos participantes do Projeto Guerreira Esportiva serão priorizados os sujeitos com maior vulnerabilidade social da comunidade Guerreira Zeferina. Será disponibilizado o mesmo número de vagas para meninos e meninas, com equidade de vagas ofertadas para as diferentes faixas etárias. A seleção ocorrerá mediante inscrição dos candidatos e envolvimento direto das escolas. Para se inscrever é necessário apresentar os documentos de identificação do interessado, bem como do seu responsável (RG ou certidão de nascimento), comprovante de endereço e carta do responsável autorizando a participação do aluno, além de cumprir os seguintes requisitos: 1. Ser morador e fazer parte da composição familiar da comunidade Guerreira Zeferina, Salvador (BA);; 2. Ter entre 6 e 17 anos; 3. Estar matriculado e cursando a escola. A exigência da matrícula e participação escolar visa favorecer o desenvolvimento integrado de crianças e adolescentes, proteger o direito à educação e incentivar que os educandos frequentem a escola.


Caso o projeto, no seu primeiro ano de execução, não possua vagas suficientes para a demanda, serão priorizados os educandos recomendados pelas escolas locais e pelas unidades de política de assistência social do município, como o Centro de Referência de Assistência Social/Cras e o Centro de Referência de Assistência Especializada de Assistência Social/Creas. Para divulgação da seleção, serão realizadas vistas domiciliares, reuniões com os moradores da comunidade Guerreira Zeferina, reuniões com as equipes do CRAS que atua com a comunidade. B) Local de execução O projeto será realizado na quadra municipal polivalente de Praia Grande,que possui condições de acessibilidade de pessoas portadoras de deficiência e idosos, conforme preceitua o artigo 16 do Decreto 6.180 de 03 de agosto de 2007. Além disso, não haverá cobrança de taxas de inscrição (matricula), ingressos ou qualquer outro tipo de taxa que gere renda.

C) Avaliação médica e avaliação física Após a seleção do público-alvo, a primeira ação será a realização de avaliação médica de todos os alunos, a ser realizada por um médico a fim de verificar se estão em condições (cardiológicas, respiratórias, dentre outras) para desempenharem atividades físicas, sem riscos à saúde. Com a aprovação médica, será feita a avaliação física, por parte dos profissionais da equipe, com o objetivo de medir e pesar os participantes do projeto, avaliar pressão e percentual de gordura. A avaliação física será repetida após 6 meses do projeto e no seu final (12º mês), de forma que se possa avaliar a evolução dos alunos. D) Reuniões com os pais/ responsáveis No início do projeto haverá uma reunião de apresentação da proposta do trabalho e da equipe técnica envolvida com os pais/ responsáveis dos alunos selecionados pelo projeto. Depois haverá reuniões de atualização das atividades do projeto a cada 3 meses, de forma que a família possa estar mais presente e acompanhar o desenvolvimento do filho no projeto. O Projeto Guerreira Esportiva oferecerá: Iniciação Esportiva Modalidades Coletivas (Basquetebol, Futsal, Handebol e Voleibol): 90 alunos de 6 a 12 anos - masculino e feminino e Iniciação Esportiva Modalidade Individual (Judô): 90 alunos de 13 a 17 anos - masculino e feminino. Os módulos referentes às modalidades coletivas serão desenvolvidos no formato de rodízio. A cada período de três meses os alunos trabalharão com uma modalidade, de maneira que todos os alunos beneficiados participem de todas ao longo dos 12 meses. A opção do rodízio se deve ao fato das crianças e adolescentes não terem muito acesso a


atividades desportivas diferentes do futebol. A proposta é que no primeiro ano do projeto eles possam conhecer outras opções e a partir disso verificar qual mais lhe atrai. Para a modalidade individual, optou-se pelo judô. Também não há oferta dessa prática na comunidade do projeto e, além dos benefícios gerados pela atividade física em si como melhor condicionamento físico, alongamento, reflexos mais rápidos, o judô na idade a que o projeto se destina (13-17 anos) colabora para o aumento do autocontrole, segurança, perseverança e disciplina, além de disseminação de valores como respeito e humildade, características necessárias para a formação de cidadãos e que demandam ser trabalhadas pelo público alvo do projeto. Os alunos receberão uniforme completo (camisa, bermuda, meião e tênis), enquanto aqueles que praticarão o judô, o quimono. Estão previstos 2 uniformes e 2 quimonos para cada aluno. Os alunos serão atendidos 2 vezes por semana, distribuídos em turmas de 20 alunos, com carga horária 60 minutos cada, divididos de acordo com a faixa etária e o turno. Como forma de complementar as atividades físico-esportivas e de lazer, a cada três semanas, serão realizadas atividades e dinâmicas envolvendo as crianças e adolescentes numa prática de jogos cooperativos, no contexto interno das oficinas esportivas. Os jogos cooperativos são atividades físicas essencialmente baseadas na cooperação, na aceitação, no envolvimento e na diversão, tendo como propósito mudar as características de exclusão, seletividade, agressividade e exacerbação da competitividade predominante nos jogos tradicionais. Os jogos cooperativos requerem o desenvolvimento de estratégias onde a cooperação é necessária para que um determinado objetivo seja atingido. Em lugar da competição pessoal, é estimulado o desenvolvimento da ajuda mútua e do trabalhar com os outros para alcançar um objetivo comum. Como ninguém é desclassificado, todos os participantes podem retirar total satisfação do jogo, porque ninguém corre o risco de se sentir inferiorizado perante o grupo. A satisfação pessoal advém não do fato de ganhar dos outros, mas do melhorar progressivo das suas capacidades individuais, que são usadas para atingir um objetivo grupal. Os jogos cooperativos, segundo Brown (1995), são capazes de diminuir as manifestações de atitudes agressivas e de aproximar as pessoas umas das outras, em função de suas características peculiares, quais sejam: - Libertam da competição, porque o interesse se volta para a participação, eliminando a pressão de ganhar ou perder; - Libertam da eliminação, porque procura incluir e integrar todos, evitar a exclusão dos mais fracos, mais lentos, menos habilidosos etc; - Libertam para criar, porque criar significa construir, exigindo colaboração. Permitem a flexibilização das regras e mudando a rigidez destas, facilitam a participação e a criação; - Libertam da agressão física, porque buscam evitar condutas de agressão, implícita ou aceita, em alguns jogos.


Em caráter ilustrativo, como exemplos de jogos cooperativos, citaremos o Futpar e o João Bobo, embora haja inúmeras outras possibilidades. O Futpar é um jogo como um futebol tradicional, porém em duplas, de mãos dadas. Essas duplas não devem soltar as mãos, pois isso seria como marcar um gol contra. O objetivo do jogo é trabalhar os limites físicos e a cooperação mútua. O João Bobo é uma brincadeira onde os alunos formam trios com um integrante de frente para o outro e um no meio. O integrante do meio deve deixar o corpo cair na direção dos outros dois e estes devem empurrá-lo novamente em direção ao meio. O objetivo da brincadeira é promover novas sensações e experiências cooperativas, fortalecer a autoestima e desenvolver a confiança mútua. As atividades referentes aos jogos cooperativos serão conduzidas pelo professor da modalidade esportiva, junto com um psicólogo. O projeto atuará com crianças e jovens em situação de risco social (condições de pobreza e/ou exposição à violência e/ou família desestruturada) e na realização das atividades emergirão comportamentos e pedidos de ajuda que requerem uma escuta e atendimento qualificados. Então, é prevista também a realização de atendimentos individuais semanais de ao menos 10% (15 crianças e adolescentes) do público atendido, além da realização de oficinas em grupo com pais/responsáveis e alunos.


DESCRIÇÃO DE PROJETO VII. JUSTIFICATIVA (Por que se propõe o projeto, sua importância para o desenvolvimento do esporte no País e/ou na região geográfica de execução e justifique a conveniência de utilização de apoio financeiro com recursos incentivados de que trata a Lei nº 11.438/06).

A instalação da comunidade Guerreira Zeferina teve sua origem a partir de uma ocupação liderada pelo Movimento dos Sem Teto da Bahia (MSTB), em um terreno de propriedade da antiga Rede Ferroviária Federal, em agosto de 2006. É mais conhecida como Cidade de Plástico devido às lonas utilizadas para levantar as primeiras habitações. Essa ocupação, localizada entre a linha férrea Calçada-Paripe e a praia de Periperi, na Baía de Todos os Santos, no subdistrito Periperi, região do Subúrbio Ferroviário de Salvador (BA), vivendo vários anos em situação de irregularidade fundiária, desassistidas pelas políticas sociais e com pouco acesso aos equipamentos e serviços urbanos básicos. Os abastecimentos de água e de energia elétrica eram oferecidos por ligações clandestinas e de baixa qualidade, atendendo de forma insatisfatória a demanda das unidades imobiliárias assentadas no local. A comunidade também não possui um sistema de drenagem pluvial. A área não possuía esgotamento sanitário, improvisando o descarte dos seus resíduos domésticos, por meio de fossas rudimentares ou lançamento nas vias públicas, criando um ambiente insalubre, com risco potencial de contaminação do solo. Mesmo com regularidade na coleta direta de resíduos pela Prefeitura Municipal, através da LIMPURB, nas vias públicas internas da comunidade existem vários pontos de lixeiras viciadas, inacessíveis à limpeza pelo caminhão coletor, propiciando risco ambiental e à saúde humana (22% pessoas da comunidade apresentam problemas de saúde que estão diretamente associados às condições de infraestrutura, principalmente saneamento básico). As famílias residentes na área Guerreira Zeferina são em sua maioria monoparentais (224 famílias, geralmente tendo as mulheres como arrimo) e caracterizam uma população majoritariamente negra e parda, fundamentalmente infanto-juvenil (321 pessoas, sendo: 163 pessoas, de 0 a 14 anos; 158 pessoas, de 15 a 29 anos) e secundariamente adultos. Das 575 pessoas identificadas em 2017, 295 são mulheres e 280 homens. Dadas essas condições, a Prefeitura Municipal de Salvador optou por uma intervenção na área, realizando um projeto de requalificação urbana, que prevê além de novas unidades habitacionais, centro e horta comunitária, academia da saúde e uma quadra esportiva. É nessa quadra, dentro da própria comunidade, que o Projeto Guerreira Esportiva se insere. Ao lado da requalificação urbana, é indispensável a oferta de esporte para crianças e adolescentes no contraturno escolar como uma estratégia oportuna de inclusão social, oferecendo uma alternativa ao álcool, às drogas e à criminalidade. A prática esportiva ainda desenvolve atributos como disciplina, confiança e liderança e ensina diversos princípios como tolerância, cooperação e respeito. Também ensina o valor do esforço, a ganhar, a perder, a trabalhar em equipe e compartilhar. Além disso, a prática do esporte estimulará o protagonismo dos jovens alunos,


contribuindo para o exercício de sua plena cidadania. Assim, essa iniciativa pretende tornar-se um espaço de referência no Subúrbio Ferroviário de Salvador, mediante o ensino de iniciação em voleibol, basquete, handebol e futsal (modalidades coletivas) e de iniciação em judô para crianças, adolescentes e jovens de 6 a 17 anos em situação de vulnerabilidade social. Por fim, o projeto visa oferecer às comunidades condições seguras para que as crianças e adolescentes pratiquem as atividades esportivas propostas, seja no quesito de infraestrutura ou de material e equipamento esportivo, possibilitando melhoria na qualidade de vida e valorização da comunidade. Todavia, a participação das crianças e jovens beneficiárias do projeto está vinculada a devida matrícula nas escolas, de forma a contemplar a manifestação do esporte educacional e fortalecer o processo de formação humana dos atendidos. A existência da Lei nº 11.428/06 possibilita o envolvimento de pessoas físicas e jurídicas receptivas a contribuírem para a promoção da inclusão social por meio do esporte, sem desembolso a mais do que já pagariam com o Imposto de Renda. A busca de fundos incentivados para viabilizar o Projeto Guerreira Esportiva foi uma estratégia pensada pela organização proponente, AVSI-Brasil, como uma forma de viabilizar uma iniciativa de desporto educacional em um equipamento construído pelo poder público, contribuindo para sua dinamização e beneficiando um público de grande carência de oferta de atividades esportivas.


DESCRIÇÃO DE PROJETO VIII. METAS QUALITATIVAS E QUANTITATIVAS - Apresentar as metas de qualidade (quais os resultados e benefícios a serem alcançados, mensuráveis não numericamente) e as metas de quantidade(mensuráveis numericamente), ambas com respectivos indicadores(de que forma as metas serão aferidas) de acordo com os objetivos propostos.

Metas Qualitativas: Meta 1: Aumentar o interesse dos alunos pela prática esportiva. Indicador: Número médio de horas semanais de atividade esportiva dos alunos do projeto. Linha de base: Número médio de horas semanais de atividade esportiva dos alunos no início do projeto. Verificador: Listas de frequência dos alunos. Meta 2: Melhorar o nível de socialização e integração dos alunos com a escola e com a família. Indicador: Percentual de frequência escolar dos alunos do projeto; Número de pais/ responsáveis participantes nas reuniões do projeto; .Número de pais/ responsáveis participantes nas das oficinas. Linha de base: Percentual de frequência escolar dos alunos no início do projeto; Número de pais/ responsáveis participantes na primeira reunião do projeto;Número de pais/ responsáveis participantes nas das oficinas; Verificador: Entrevistas com os alunos e professores; Entrevistas com os alunos e pais/responsáveis, Frequencia de participação das oficinas

Metas Quantitativas: Meta 1: Oferecer a 100 alunos da rede pública de ensino atividades esportivas orientadas. Indicador: Número de participantes do projeto. Linha de base: Número de inscritos do projeto. Verificador: Listas de frequência do projeto.

Meta 2: Aumentar em 60% a oferta de atividades esportivas orientadas na comunidade do projeto. Indicador: Número de horas semanais de atividades esportivas oferecidas pelo projeto. Linha de base: Número de horas semanais de atividades esportivas orientadas oferecidas nas escolas e na comunidade do projeto. Verificador: Lista de programas esportivos orientados nas escolas e na comunidade do projeto; Listas de frequência dos alunos dos programas esportivos orientados nas escolas e na comunidade do projeto; Listas de frequência dos alunos do projeto. Meta 3: Melhorar a relação peso X altura de 30% dos participantes do projeto.


Indicador: Avaliação física dos alunos realizada pelo projeto. Linha de base: Resultado da primeira avaliação física do projeto. Verificador: Avaliações físicas realizadas no início e no final do projeto (realizada no 12º mês.


Gerente de projetos - Encargos trabalhistas do psicólogo, contemplando imposto e provisionamentos para encargos décimo terceiro, férias, plano de saúde, PIS, FGTS, ticket alimentação, transporte, INSS e rescisão trabalhista.Treinador modalidade coletiva - Encargos trabalhistas do psicólogo, contemplando imposto e provisionamentos para encargos décimo terceiro, férias, plano de saúde, PIS, FGTS,

3 - ENCARGOS TRABALHISTAS - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Serão realizados exames médicos ( clínico e eletrocardiograma) em todos os alunos para certificar que estão aptos a praticar atividades esportiva regular

2 - EXAMES MÉDICOS/LABORATORIAIS - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Gerente. Profissional responsável pelo gerenciamento do projeto em todos os níveis de execução, prefeituras, associações, federações e logística do projeto atendendo a todos os núcleos. Treinador esportivo 30/hs semanais modalidades coletivas. Responsável por ministrar as aulas nas modalidades coletivas do núcleo. Treinador esportivo 20/hs semanais modalidade individual. Responsável por ministrar as aulas na modalidade individual do núcleo. Assistente de serviços gerais. Profissional responsável pela rotina de limpeza, manutenção e conservação de espaços interior

1 - RECURSOS HUMANOS - ATIVIDADE FIM - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Atividade(s) Fim:

IX. ESTRATÉGIAS DE AÇÃO: (Divida o projeto em grupos de iniciativas que serão as ações necessárias para atingir o(s) objetivo(s) desejado(s). Denomine-as, enumere-as, descreva-as e explique como pretende desenvolvê-las. As ações de despesas administrativas (art. 11, do Decreto nº 6.180/07) e contratação de serviços destinados à elaboração de projetos desportivos/paradesportivos ou à captação de recursos (art. 12, do Decreto nº 6.180/07 c/c art. 21 da Portaria/ME nº 177 de 11/09/07), caso necessárias à execução do projeto, deverão ser especificadas separadamente, com as respectivas denominações de Despesas Administrativas e Serviços de Produção)

DESCRIÇÃO DE PROJETO


6 - MATERIAL DIDÁTICO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Aquisição de um par de poste de voleibol. Será um par para uso durante os doze meses de projeto. Aquisição de um par de traves para gol de de futsal / handebol. Será um par para uso durante os doze meses de projeto. Aquisição de um par de tabela de basquetebol com cesta e aro Será um par para uso durante os doze meses de projeto. Aquisição de tabela de basquete, será um par, para uso durante os doze meses de projeto, aquisição de tabela de basquete infantil com aro e cesta pat ser utilizado durante os doze meses do projeto. Aquisição de Tatame. Serão 90 placas para serem utilizado durante os doze meses do trabalho. Aquisição de adipômetro, balança, estadiômetro e fita métrica para uso nas a avaliações físicas , durante os doze meses de projeto.

5 - MATERIAL PERMANENTE/EQUIPAMENTO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Bermuda equipe técnica. Serão 4 unidades para o profissional da modalidade coletiva.. Camisa equipe técnica. Serão 12 unidades, sendo 4 para a modalidade individual, 4 para modalidade coletiva, 2 para o gerente, 2 para auxiliar de serviços gerais..Bermuda unissex para serem utilizadas nos treinamentos das modalidades coletivas. Serão 120 unidades, sendo que cada aluno receberá duas bermudas, para uso durante os doze meses de projeto. Camisas para serem utilizadas nos treinamentos. Serão 200 unidades, sendo duas para cada aluno, para uso durante os doze meses de projeto. Kimono para treinamento na modalidade judô. Serão 80 unidades, sendo duas para cada aluno, para uso durante os doze meses de projeto. Colete para ser usado nos treinos e jogos amistosos. Serão 40 coletes para uso durante os doze meses de projeto. Meião para utilização nos treinamentos das modalidades coletivas. Serão 120 pares, sendo que cada aluno receberá dois pares, para uso durante os doze meses de projeto. Tênis borrachado para utilização nos treinamentos das modalidades coletivas. Serão 60 pares, sendo que cada aluno receberá um par, para uso durante os doze meses de projeto. Kimono para o treinador - serão 2 kimonos. Faixa azul e faixa branca, serão 40 unidades de cada para os alunos, durante os doze meses do projeto. Cada aluno receberá inicialmente a faixa branca e passando de etapa receberá a faixa azul.

4 - UNIFORMES - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

ticket alimentação, transporte, INSS e rescisão trabalhista, treinador modalidade individual (judô) - Encargos trabalhistas do psicólogo, contemplando imposto e provisionamentos para encargos décimo terceiro, férias, plano de saúde, PIS, FGTS, ticket alimentação, transporte, INSS e rescisão trabalhista.


Material para ser utilizado nas atividades com os alunos e responsáveis como nas oficinas e em atividades a serem realizadas com os alunos, como forma de complementar ao aprendizado. Serão adquiridospapel, canela, lápis, hidrocor, lápis de cor, papel metro, cola,

1 - MATERIAL DIDÁTICO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Atividade(s) Meio:

Alimentação para o gerente de projeto - conforme legislação CLT - o mesmo receberá o valor em Ticket Alimentação durante os 12 meses do projeto

8 - HOSPEDAGEM/ALIMENTAÇÃO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Antena de Voleibol. Antena de voleibol para treinamentos e jogos. Será 1 unidade para uso durante os doze meses de projeto. Apito para treinador esportivo para uso durante as atividades esportivas do núcleo. Serão dois apitos para o profissional para uso durante os doze meses de projeto. Bola de basquete para treino. Serão 6 unidades para uso durante os doze meses de projeto. Bolas de futsal para treino. Serão 6 unidades para uso durante os doze meses de projeto. Bola de handebol para treino. Serão 6 unidades para uso durante os doze meses de projeto. Bola de voleibol para treinamento. Serão 6 unidades para uso durante os doze meses de projeto. Rede para gol de futsal para ser usado em treinos. Será 1 par para uso durante os doze meses de projeto. Rede de Voleibol. Será 1 par para uso durante os doze meses de projeto. Cone Plástico para marcação de atividades esportivas de treinamento, serão 30 unidades, para uso durante os doze meses do projeto. Pratinho Plástico para marcação de atividades esportivas de treinamento, serão 30 unidades, para uso durante os doze meses do projeto. 1 kit de barreiras de salto e agilidade com unidades para uso durante os doze meses do projeto, 1 escada de agilidade para uso durante os doze meses do projeto e 30 unidades de bambolê arco infantil para uso durante os doze meses do projeto

7 - MATERIAL DE CONSUMO/ESPORTIVO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Impressão de apostilas contendo informações sobre as modalidades que serão trabalhadas pelos alunos. Serão 41 impressões encadernadas para a modalidade individual e 61 para a modalidade coletiva.Cada professor também irá receber uma cópia do material . Os professores que irão elaborar as apostilas.


5 - ENCARGOS TRABALHISTAS - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Material de limpeza como detergente, vassoura de cerdas macias, pano de chão para realização da limpeza e higienização dos tatames que deverão ser higienizados toda semana. Serão 5 litros por mês de detergente neutro,totalizando 60 litros durante o ano, 2 vassoura de uso exclusivo para os tatames e 50 panos de chão durante o ano para uso exclusivo da limpeza e higienização. . Para limpeza do espaço (quadra) será utilizados desinfetante, 120 litros para limpeza da quadra de esporte, vassoura de piaçava ( 4 unidades) , pá de lixo ( 2 unidades), além do pano de chão. O detergente, desinfetante e pano de chão também serão utilizados para limpeza e higienização dos equipamentos que serão utilizados nas atividades como cones, pratinhos, bolas, escada de agilidade, entre outros equipamentos de consumo esportivo.

4 - MATERIAL DE LIMPEZA E HIGIENE - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Contratação de psicólogo para atuar no planejamento, juntamente com os professores das modalidades coletivas e individuais, da atividade jogos cooperativos, assim como acompanhar os alunos no desenvolver da referida atividade. O profissional também erá responsável em realizar atendimentos individuais dos alunos., quando necessário, O atendimento será de acordo com a demanda identificada, sendo realizada pelo psicólogo contratado pelo projeto. A atividade surge em decorrência de demandas comportamentais já identificadas na comunidade público alvo e que poderão interferir na rotina das atividades do projeto.A atividade terá como objetivos a promoção da saúde mental, o alívio da ansiedade e das situações que causam desconforto na criança e no adolescente, contribuindo para que possam entender melhor o ambiente ao seu redor e interagir com o que se apresenta nele. As demandas identificadas serão encaminhadas para continuidade com o CRAS. O psicologo ainda realizará a atividade complementar de oficinas com os alunos e seus respectivos responsáveis. As oficinas serão realizadas pelo psicólogo ( contratado pelo projeto, que já estará acompanhando o grupo) bimestralmente com temáticas diversas, mas sendo buscando atender ao objetivo anteriormente citado. No total, serão realizadas 5 oficinas para a turma. O psicologo terá carga horária de 20 horas semanais, sendo 5 horas por semana em regime de CLT .

3 - RECURSOS HUMANOS - ATIVIDADE MEIO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

Confecção de 2 banners para o nucelo com logo das empresas , lei de incentivo e AVSI Brasil. Serão 2 para o núcleo.

2 - DIVULGAÇÃO/PROMOÇÃO - PLEITO EFEITO DA LEI 11.438/06:

pincel atômico.


Psicólogo - Encargos trabalhistas do psicólogo, contemplando imposto e provisionamentos para encargos décimo terceiro, férias, plano de saúde, PIS, FGTS, ticket alimentação, transporte, INSS e rescisão trabalhista.


(*) Recursos da Administração Direta ou Indireta de Prefeituras, Governos Estaduais ou do Distrito Federal, envolvidos na execução do projeto. (**) Outros incentivos fiscais previstos em Leis Federais, Estaduais, Municipais ou Distrito Federal. (***) Outros recursos envolvidos na execução do projeto, cuja fonte não seja nenhuma das citadas anteriormente. (****) Receitas eventualmente geradas com a execução do projeto. (*****) O cronograma de execução física e financeira e o orçamento analítico (formulários XI, XII e XIII), deverão ser elaborados com base no valor pleiteado para efeito dos benefícios que trata a Lei nº 11.438/06. Observação: O custeio das ações no valor pleiteado para efeito dos benefícios da Lei nº 11.438/06, não poderá estar duplicado nas outras fontes de recursos.

X. RESUMO DAS FONTES DE RECURSOS PARA O FINANCIAMENTO DO PROJETO (Nesse formulário o proponente deverá citar todas as previsões de receitas e apoios, economicamente mensuráveis, envolvidos na execução do projeto - art. 14, Decreto nº 6.180/07). FONTES VALOR (R$) Recursos Próprios (se houver, detalhe no formulário X) 0,00 Recursos Públicos (*) (se houver, detalhe no formulário X) 0,00 Outros incentivos fiscais (**) (se houver, detalhe no formulário X) 0,00 Outros recursos (***) (se houver, detalhe no formulário X) 0,00 Receitas Previstas (****) (se houver, detalhe no formulário X) 0,00 VALOR PLEITEADO PARA EFEITO DA LEI 11.438/06 (*****) 286.994,43 TOTAL GERAL 286.994,43

DESCRIÇÃO DE PROJETO


(*) Detalhe a origem de cada fonte (se existir) (**) Indique para cada origem, em que, no projeto proposto, será gasto o valor previsto.

XI. DETALHE AS INFORMAÇÕES DO FORMULÁRIO IX FONTES ORIGEM DO RECURSO (*) FINALIDADE (**) ATIVIDADE(S) FIM 1. Recursos Próprios 1.1 Recurso(s) Próprios 2. Recursos Públicos 3. Outros Incentivos Fiscais 4. Outros recursos 5. Receitas Previstas ATIVIDADE(S) MEIO 1. Recursos Próprios 2. Recursos Públicos 3. Outros Incentivos Fiscais 4. Outros recursos 5. Receitas Previstas

DESCRIÇÃO DE PROJETO

VALOR (R$)


XII. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA ATIVIDADE(S) FIM PERÍODO DE EXECUÇÃO AÇÃO Nº DENOMINAÇÃO DA AÇÃO(*) INÍCIO DURAÇÃO DATA DA ASSINATURA DO 1 Recursos Humanos - Atividade Fim 12 meses TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO 2 Exames Médicos/Laboratoriais 1 dia TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO 3 Encargos Trabalhistas 12 meses TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO 4 Uniformes 1 dia TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO 5 Material Permanente/Equipamento 12 meses TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO 6 Material Didático 1 dia TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO 7 Material de Consumo/Esportivo 10 meses TERMO DE COMPROMISSO

DESCRIÇÃO DE PROJETO

3.249,33

1.530,00

16.334,67

21.321,20

88.904,80

8.730,00

104.260,00

VALOR ESTIMADO POR AÇÃO (R$)


(*) As ações aqui descritas deverão ser as mesmas identificadas no formulário VIII

5

4

3

2

1

AÇÃO Nº

8

DATA DA ASSINATURA DO Hospedagem/Alimentação 11 meses 37,18 TERMO DE COMPROMISSO TOTAL ATIVIDADE FIM 244.367,18 ATIVIDADE(S) MEIO PERÍODO DE EXECUÇÃO VALOR ESTIMADO POR DENOMINAÇÃO DA AÇÃO(*) AÇÃO (R$) INÍCIO DURAÇÃO DATA DA ASSINATURA DO Material Didático 10 meses 359,03 TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO Divulgação/Promoção 1 dia 319,06 TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO Recursos Humanos - Atividade Meio 11 meses 14.880,00 TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO Material de Limpeza e Higiene 10 meses 754,76 TERMO DE COMPROMISSO DATA DA ASSINATURA DO Encargos Trabalhistas 10 meses 12.648,00 TERMO DE COMPROMISSO TOTAL ATIVIDADE MEIO 28.960,85 TOTAL ATIVIDADE MEIO + ATIVIDADE FIM 273.328,03 Valor na Etapa 3: 13.666,40 ELABORAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS Porcentagem: 5,000% TOTAL GERAL 286.994,43


1.3

1.2

1.1

1

Item Detalhamento Recursos Humanos - Atividade Fim Responsável pela limpeza dos espaços, Auxiliar de serviços organização, gerais controle e higienização dos equipamentos Gerenciar o projeto em todos os niveis de execução, prefeituras, Gerente de projeto associações, federações e logística do projeto, atendendo a todos os núcleos. Treinador esportivo Treinador Esportivo responsável por modalidade ministrar as aulas coletiva 30 horas na modalidade mensais coletivo no núcleo. Contratado CLT

ATIVIDADE(S) FIM

Indique o item ou serviço que será contratado/utilizado

1.0

1.0

1.0

Pessoa (s)

Pessoa (s)

Pessoa (s)

10 meses

12 meses

10 meses

2.360,00

3.800,00

946,00

Indique a unidade Indique a duração Indique o preço de Indique a quantidade de cada de medida de cada de cada item da cada unidade de item da coluna 2 item da coluna 3 coluna 2 despesa

23.600,00

45.600,00

9.460,00

col. 3 x col. 5 x col. 6

XIII. Orçamento Analítico - detalhe aqui os itens de despesa, por ação, necessários à execução do projeto, dando as especificações orçamentárias necessárias. 6- Valor 1- Nº 2- Detalhamento ações 3- Quantidade 4- Unidade 5- Duração 7- Total Unitário

(*) Enumere todas as ações que foram descritas no formulário VIII

DESCRIÇÃO DE PROJETO


3

2.2

2.1

2

1.4

Treinador esportivo responsável por Treinador Esportivo ministrar as aulas modalidade na modalidade individual judô - 20 individual do horas mensais núcleo. Contratado CLT Exames Médicos/Laboratoriais Consulta com clínico geral para avaliação médica Consulta médica visando conferir se clínica todos os alunos estão aptos a praticar atividade física regular Exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (eletricidade que ele produz e transmite na pele), registrada em gráficos que são comparados com Eletrocardiograma gráficos padrão e que indicam, assim, o estado de normalidade ou de alteração dos músculos e nervos do coração para conferir se todos os alunos estão aptos a praticar atividade física regular. Encargos Trabalhistas 100.0

100.0

1.0

Unidade

Unidade

Pessoa (s)

1 dia

1 dia

10 meses

27,33

59,97

2.560,00

2.733,00

5.997,00

25.600,00


4

3.4

3.3

3.2

3.1

Imposto e provisionamentos para encargos décimo terceiro, Auxiliar de serviços férias, plano de gerais saúde, PIS, FGTS,transporte, INSS e rescisão trabalhista. Imposto e provisionamentos para encargos Encargos décimo terceiro, trabalhista Gerente férias, plano de de projetos saúde, PIS, FGTS,transporte, INSS e rescisão trabalhista. IImposto e provisionamentos Encargos para encargos trabalhista décimo terceiro, treinador férias, plano de modalidade saúde, PIS, coletiva FGTS,transporte, INSS e rescisão trabalhista. Imposto e provisionamentos Encargos para encargos trabalhista décimo terceiro, treinador férias, plano de modalidade saúde, PIS, individual FGTS,transporte, INSS e rescisão trabalhista. Uniformes 1.0

1.0

1.0

1.0

Pessoa (s)

Pessoa (s)

Pessoa (s)

Pessoa (s)

10 meses

10 meses

12 meses

11 meses

2.176,00

2.006,00

3.230,00

756,80

21.760,00

20.060,00

38.760,00

8.324,80


4.3

4.2

4.1

Bermuda com logomarcas em silk para o professor de Bermuda Equipe atividades Técnica coletivas. Serão quatro unidades durante os 10 meses de atuação. Bermuda om logomarcas em silk tipo unisex de helanca para ser utilizada nos Bermuda treinamentos das treinamento Unisex modalidades coletivas. Serão 120 unidades. Cada aluno receberá duas bermudas. Camisa com logomarcas em silk para equipe técnica. Serão 12 unidades, sendo 4 para professor da modalidade Camisa Equipe coletiva Técnica e para professor da modalidade individual, 2 para, auxiliar administrativo, gerente do projetos e auxiliar de serviços gerais. 12.0

120.0

4.0

Unidade

Unidade

Unidade

-

-

-

17,00

22,30

22,30

204,00

2.676,00

89,20


Camisa treinamento

Colete Esportivo

Faixa para artes marciais azul

Faixa para artes marciais branca

Kimono para alunos

Kimono para professor

4.4

4.5

4.6

4.7

4.8

4.9

Camisas com logomarcas em silk para serem utilizadas nos treinamentos. Serão 200 camisas, sendo que cada aluno receberá duas camisas. Colete para ser usado nos treinos e jogos amistosos, quando convidados, . Serão 40 coletes para uso durante o período do projeto. Faixa para artes marciais de algodão reforçada na cor azul Faixa para artes marciais de algodão reforçada na cor branca Kimono com logomarcas em silkPara serem utilizados nas aulas de judô. Serão 80 unidades, sendo dois por aluno. Kimono com logomarcas em silk para serem utilizados nas aulas de judô pelo professor. Serão duas unidades para o profissional 2.0

80.0

40.0

40.0

40.0

200.0

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

-

-

-

-

-

-

85,00

85,00

25,00

25,00

5,40

17,33

170,00

6.800,00

1.000,00

1.000,00

216,00

3.466,00


5.4

5.3

5.2

5.1

5

4.11

4.10

Meião para ser utilizado nos treinamentos das modalidades Meião Treinamento coletivas. Serão 80 pares, sendo um par para cada aluno Tênis com solado de borracha para ser utilizado nos treinamentos das Tênis modalidades coletivas. Serão 60 unidades, sendo 1 par para cada aluno Material Permanente/Equipamento Adipômetro para ser utilizado durante as Adipometro avaliações físicas realizados no projeto Balança para ser utilizada durante as Balança avaliações físicas realizadas no projeto. Estadiômetro para ser utilziado durante as Estadiômetro avaliações físicas realizados pelo projeto. Fita para ser Fita métrica utilizada durante as corporal avaliações físicas do projeto 1.0

1.0

1.0

1.0

60.0

120.0

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

Par

Par

-

-

-

-

-

-

17,40

182,00

107,00

358,00

83,00

6,00

17,40

182,00

107,00

358,00

4.980,00

720,00


6.1

6

5.9

5.8

5.7

5.6

5.5

Aquisição de postes de voleibol. um par para Poste de voleibol Será uso durante os doze meses do projeto Tabela de Tabela para basquete infantil basquete infantil com aro e cesta com aro e cesta Tabela de Tabela de basquete oficial basquete oficial contendo aro e com aro e cesta cesta remosvívvel Tatame em EVA com 1000 x 1000 Tatame mm e espessura de 30mm Aquisição de traves para gol de futsal Trave para gol de handebol. Será um futsal e handebol par para uso durante os doze meses do projeto. Material Didático Apostila temática para os alunos, impressa e Apostila para os encadernada. alunos modalidade Sendo 1 para cada coletiva aluno e 1 para professor. Material será elaborado pelo professor. 61.0

1.0

90.0

1.0

1.0

1.0

Unidade

Par

Unidade

Unidade

Unidade

Par

-

-

-

-

-

-

15,00

2.547,00

114,97

1.700,00

104,97

971,00

915,00

2.547,00

10.347,30

1.700,00

104,97

971,00


7.4

7.3

7.2

7.1

7

6.2

Apostila temática para os alunos, impressa e Apostila para os encadernada. alunos modalidade Sendo 1 para cada individual aluno e 1 para o professor. Material será elaborado pelo professor. Material de Consumo/Esportivo Antena de voleibol Antena de voleibol para treino e jogos Apito para treinador esportivo para uso durante atividades Apito esportivas do núcleo. Serão dois apitos por tprofessor Bambolê arco infantil colorido Escada com degraus de plastico rígido para diversidade em Bambolê exercícios de agilidade, fortalece os músculos inferiores e melhora a coordenação motora. Bola de basquete para treino. Serão unidades para Bola de basquete 08 uso durante os doze meses do projeto 6.0

30.0

2.0

1.0

41.0

Unidade

Unidade

Unidade

Par

Unidade

-

-

-

-

-

65,00

4,00

27,30

111,63

15,00

390,00

120,00

54,60

111,63

615,00


7.9

7.8

7.7

7.6

7.5

Bolas de futsal para treino. Serão Bola de Futsal 8 unidades para uso durante os doze meses. Bola de handebol. Serão 8 unidades Bola de handebol para uso durante os doze meses do projeto Bola de voleibol para treinamento. Serão 8 unidades Bola de voleibol para uso durante os doze meses do projeto Material para demarcação de atividade esportiva Cone plástico para uso durante os 12 meses do projeto Escada com degraus de plastico rígido para diversidade em exercícios de Escada de agilidade, fortalece agilidade os músculos inferiores e melhora a coordenação motora 1.0

30.0

6.0

6.0

6.0

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

-

-

-

-

-

145,00

7,40

89,30

93,00

95,00

145,00

222,00

535,80

558,00

570,00


1.1

Caneta azul

ATIVIDADE(S) MEIO Item 1 Material Didático

8.1

8

7.13

7.12

7.11

7.10

Caneta para ser utilizada em atividades com os alunos

Detalhamento

kit de barreira de salto e agilidade com 3 unidades o para diversidade em exercícios de Kit de barreira de agilidade, fortalece salto e agilidade os músculos inferiores e melhora a coordenação motora Material para demarcação de Pratinho Plástico atividade esportiva para uso durante os 12 meses. Rede de voleibol. Será um par para Rede de voleibol os doze meses do projeto Rede de futsal. Será um par para Rede para futsal os doze meses do projeto Hospedagem/Alimentação Alimentação par o Gerente de projeto gerente de projeto ticket de refeição

2.0

1.0

1.0

1.0

30.0

1.0

Caixa (s)

Unidade

Par

Par

Unidade

Unidade

-

14,39

28,78

244.367,18

TOTAL ATIVIDADE(S) FIM

164,97

73,00

126,00

178,33

37,18

164,97

73,00

4,20

178,33

3,38

11 meses

-

-

-

-


2

1.9

1.8

1.7

1.6

1.5

1.4

1.3

1.2

cola para ser utilizada em Cola líquida atividades com os alunos Fita para para ser utilizada em Fita Crepe atividades com os alunos Hidrocor para ser utilizada em Hidrocor atividades com os alunos Lápis para ser utilizada em Lápis de cor atividades com os alunos - caixa com 12 unidades Lápis para ser utilizada em Lápis preto atividades com os alunos Marcadores para Marcador permente ser utilizada em cores diversas atividades com os alunos Papel para ser utilizada em Papel A4 atividades com os alunos papel metro para trabalhar com Papel metro alunos durante as atividades do projeto Divulgação/Promoção 1.0

1.0

12.0

100.0

10.0

10.0

2.0

5.0

Caixa (s)

Resma

Unidade

Unidade

Caixa (s)

Dúzia (s)

Unidade

Unidade

-

-

-

-

-

-

-

-

26,48

106,93

1,71

0,25

4,34

7,81

7,41

3,00

26,48

106,93

20,52

25,00

43,40

78,10

14,82

15,00


4.2

4.1

4

3.1

3

2.1

Confecção de 2 banners para o nucelo com logo Banner das empresas , lei de incentivo e AVSI Brasil. Serão 2 para o núcleo. Recursos Humanos - Atividade Meio Acompanhar o professor da modalidade coletiva e individual na realização das atividades jogos Psicólogo cooperativos, realizar atendimentos individuais e oficinas com grupos de pais e filhos. Material de Limpeza e Higiene Material para ser utilizado na higienização dos Desinfetante equipamentos que serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. Material para ser utilizado na higienização dos Detergente neutro equipamentos que serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. 60.0

120.0

1.0

2.0

Litro

Litro

Pessoa (s)

Unidade

-

-

8 meses

1 dia

1,75

1,32

1.860,00

159,53

105,00

158,40

14.880,00

319,06


5

4.7

4.6

4.5

4.4

4.3

Material para ser utilizado na higienização Pá coletora de lixo equipamentosdos que com tampa serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. Material para ser utilizado na higienização dos Pano de chão equipamentos que serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. Material para ser utilizado na higienização Rodo de alumínio equipamentosdos que para chão serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. Material para ser utilizado na higienização dos Vassoura de equipamentos que cerdas marcias serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. Material para ser utilizado na higienização dos Vassoura de equipamentos que piaçava serão utilizados pelos alunos e do espaço físico. Encargos Trabalhistas 4.0

2.0

4.0

100.0

2.0

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

Unidade

-

-

-

-

-

12,47

15,24

23,00

2,59

30,00

49,88

30,48

92,00

259,00

60,00


5.1

Psicólogo

Acompanhar o professor da modalidade coletiva e individual na realização das atividades jogos cooperativos, realizar atendimentos individuais e oficinas com grupos de pais e filhos. 1.0

1.581,00

12.648,00

28.960,85 273.328,03 Valor na Etapa 3: 13.666,40 ELABORAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS Porcentagem: 5,000% TOTAL GERAL 286.994,43

8 meses

TOTAL ATIVIDADE(S) MEIO TOTAL ATIVIDADE MEIO + ATIVIDADE FIM

Pessoa (s)

Profile for AVSI Brasil

Projeto Guerreira Esportiva  

Projeto Guerreira Esportiva  

Advertisement