Page 1

SB PT Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes

Revista de Literatura dos Transportes RELIT www.relit.org.br ISSN 2177-1065

Periódico de Acesso Livre (Open Access Journal)

Descritivo RELIT

Publicado pela Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes (SBPT)

Acesso ao acervo completo (2007-): www.relit.org.br

Submissão eletrônica pelo Sistema SEER/IBICT

Fatos e Estatísticas Relevantes do Periódico Conselho Editorial – RELIT

Primeiro Periódico Científico da América Latina com foco em Gestão e Economia dos Transportes

www.pesquisaemtransportes.net.br

Julho, 2011


RELIT www.relit.org.br ISSN 2177-1065

Revista de Literatura dos Transportes

Descritivo RELIT Fatos e Estatísticas Relevantes do Periódico Conselho Editorial – RELIT

SB PT Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes

Julho de 2011


Descritivo RELIT - 2011

Índice Introdução ...................................................................................................................3 1. A RELIT ................................................................................................................... 7 2. A SBPT – Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes ...................... 8 3. Análise de Indicadores de Qualidade da Revista ................................................. 11 3.1 Instituição Vinculada ........................................................................................... 11 3.2 Relevância do Conteúdo ...................................................................................... 11 3.2.1 Escopo .................................................................................... 12 3.2.2 Seções .................................................................................... 12 3.3 Publicação predominante de contribuições originais ......................................... 13 3.4 Revisão e aprovação por pares das contribuições publicadas ............................ 13 3.5 Composição Pública e Heterogênea do Conselho Editorial ................................ 14 3.6 Periodicidade regular .......................................................................................... 17 3.7 Tempo de existência do periódico ....................................................................... 17 3.8 Pontualidade na publicação ................................................................................ 17 3.9 Resumos, título e palavras-chave em inglês ....................................................... 18 3.10 Adoção e especificação das normas utilizada no periódico ............................. 20 3.10.1 Diretrizes de Publicação para Autores.................................20 3.10.2 Estrutura dos Artigos .......................................................... 21 3.10.3 Prazos Típicos ...................................................................... 21 3.10.4 Itens de Verificação para Submissão .................................. 22 3.11 Identificação das afiliações dos autores ............................................................ 22 3.12 Citações Recebidas da revista ........................................................................... 23 3.13 Canais de Divulgação Científica........................................................................ 28 3.14 Equipe de Apoio ................................................................................................ 32

1


Descritivo RELIT - 2011

3.15 Avaliação e feedback dos leitores...................................................................... 32 3.16 Referências institucionais ................................................................................. 34 3.17 Política de Acesso Livre ..................................................................................... 34 3.18 Participação no SEER ........................................................................................35 3.19 Caráter Internacional da RELIT ........................................................................35 3.20 Estatísticas da RELIT 2011 .............................................................................. 36 3.20.1 Estatísticas dos Números Publicados – Fonte: Guia RELIT 2011 ................ 36 3.20.2 Estatísticas de Satisfação dos Autores – Fonte: Survey RELIT 2011 ............ 41 I. Resultados Survey RELIT 2011 – Quanto à Avaliação da Satisfação em Relação a Atributos da RELIT ........................................................ 42 II. Resultados Survey RELIT 2011 – Quanto à Avaliação de Atitudes e Opiniões com Relação à RELIT...................................................... 47 4. Ficha Técnica - RELIT ..........................................................................................53 Referências: Artigos RELIT Publicados – 2011........................................................54

Anexo I – Depoimentos de Pesquisadores sobre a RELIT.......................................59 Anexo II – Citações RELIT no Google Acadêmico ©. ............................................. 61

2


Descritivo RELIT - 2011

Introdução O presente documento visa apresentar um memorial descritivo e uma exposição de fatos e estatísticas relevantes da Revista de Literatura dos Transportes (RELIT), ISSN 2177-1065. A RELIT é o único periódico científico da América Latina a manter o foco estrito na publicação de pesquisas relacionadas às áreas de Planejamento, Gestão e Economia dos Transportes. Congrega um conjunto de artigos de excelência em sua área de atuação, e vem, desde a sua constituição, em 2007, primando pela qualidade, mais do que a quantidade, dos estudos. Em 2011, tornou-se o primeiro periódico trimestral da área de transportes no Brasil, com a publicação das quatro edições do ano (volume 5, números 1 a 4). Acreditamos que a RELIT possua atributos que a qualifiquem para estar dentre o rol dos periódicos científicos brasileiros de maior relevância. Dentre eles, destacamos: •

A importância e representatividade geográfica ao longo do País, da associação de pesquisadores que a mantém – a Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes (SBPT), entidade também mantenedora da Rede de Pesquisa em Transportes (RPT), que conta, em todo o Brasil, com mais de trezentos participantes e quinze grupos de pesquisa certificados pelo CNPq;

a relevância, originalidade e foco do seu conteúdo: sub-áreas da Engenharia de Transportes: o Planejamento dos Transportes (código CNPQ/CAPES 31001009); o Planejamento e Organização do Sistema de Transportes (código CNPQ/CAPES 31001017) e o Economia dos Transportes (código CNPQ/CAPES 31001025).

o fato de ser um OAJ, Open Acess Journal, com ampla disponibilidade de seus artigos para download gratuito e irrestrito na internet, tanto no seu site oficial www.relit.org.br, quanto no Portal da Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes (SBPT), www.pesquisaemtransportes.net.br.

o fato da revista participar do SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas;

o seu Conselho Editorial, composto por experientes pesquisadores de todas as regiões do Brasil e de várias partes do mundo;

3


Descritivo RELIT - 2011

o fato da revista primar pela qualidade, atestada pelo fato de mais de 50% de seus artigos ser de autoria de Pesquisadores Produtividade do CNPq (PQ) ou Líderes de Grupos de Pesquisa Certificados por aquela entidade;

o fato da revista possuir um amplo espectro de pareceristas ad-hoc (20% do exterior, inclusive), em um processo rigoroso com taxa de rejeição acima de 50%;

o fato da revista ser reconhecida nos meios acadêmicos de transportes por seus tempos médios editorias ágeis. Para o volume 5 (2011), o tempo médio entre a submissão de um artigo e a resposta da editoria ficou em 44 dias. E o tempo médio entre a submissão da versão corrigida e a resposta final ficou em 25 dias;

o fato da revista ser relativamente bem demandada pela comunidade do setor, mesmo sendo uma revista com foco bem direcionado e específico. Tivemos 102 artigos submetidos para as edições de 2011, sendo que apenas 50 foram aceitos e publicados;

o fato da revista ser a única da área de transportes no Brasil a ter alcançado a marca de 50 artigos publicados, e sem perder o rigor das avaliações.

o fato da área de Transportes ser um dos campos do saber estratégicos de órgãos como o CNPq, que mantém essa área dentre as explicitamente contempladas com Bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ);

o portfolio de citações que aRELIT já possui, atestado por consultas ao Google Acadêmico ©; mais de um terço dos artigos da revista já foram citados em pesquisas e teses de outros autores nacionais;

sua ênfase na divulgação científica e os canais de comunicação utilizados para isso, visando à popularização da ciência e alavancando os resultados dos estudos publicados;

sua pontualidade e antecedência na publicação, que sempre são apresentadas à comunidade científica e ao grande público no início de cada ano. Por exemplo, as edições de 2011 já foram publicadas e as de 2012 estão em franco processo de desenvolvimento; o número de artigos submetidos já é um recorde.

4


Descritivo RELIT - 2011

A RELIT é o único periódico brasileiro de transportes com presença no Portal do Instituto brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT): http://seer.ibict.br/index.php?option=com_mtree&task=search&Itemid=109 &searchword=RELIT

O fato de 96% dos autores entrevistados pela RELIT considerar "Bons" ou "Ótimos" os Prazos Editoriais da RELIT e 92% considera"Bons" ou "Ótimos" os tempos de resposta aos artigos (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato de 88% dos autores considerar "Ótima" a periodicidade atual da RELIT, que é trimestral (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato de 100 % dos autores considerar "Boa" ou "Ótima" a qualidade dos pareceres RELIT aos artigos submetidos (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato de 92% dos autores considerar "Bom" ou "Ótimo" o fato da RELIT possuir artigos relacionados aos diversos modais de transportes (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato de 80% "concordar totalmente" que a RELIT representa uma das grandes fontes de artigos científicos da área de transportes no Brasil (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato de 96% dos autores pretender submeter ou já ter submetido outro artigo à RELIT (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato de 96 % dos autores afirmar que recomendariam ou já recomendaram a RELIT a um aluno ou professor e que 92% baixaria ou já baixou arquivos da RELIT para subsidiar suas próprias pesquisas (fonte: Survey RELIT 2011, disponível na webpage);

O fato da RELIT disponibilizar, em sua webpage, amplo material de consulta sobre suas edições, características, estatísticas, aos internautas, autoridades de avaliação científica e aos potenciais autores e leitores. Como exemplo, podemos citar o Guia RELIT 2011 (iniciativa pioneira dentre os periódicos nacionais), o Dossiê RELIT (com todas as características da revista) e a Survey RELIT 2011 – todos disponíveis em www.relit.org.br/relit-acervo.htm.

O fato de vários pesquisadores da área de transportes no Brasil e no exterior terem se manifestado de maneira extremamente favorável à qualidade da RELIT, por meio de depoimentos por escrito, transcritos neste documento.

5


Descritivo RELIT - 2011

Vários outros aspectos, que procuraremos demonstrar neste documento.

Figura 1 - A RELIT é o único periódico de transportes cadastrado no Portal IBICT

Nós, do Conselho Editorial da RELIT, colocamo-nos à disposição de todos – internautas, autores, alunos, professores, pareceristas, autoridades avaliadoras de qualidade de pesquisa, autoridades de transportes, etc. – para eventuais dúvidas, questionamentos e sugestões para o constante aprimoramento de nossa revista.

Atenciosamente,

Alessandro Oliveira, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, Brasil (Editor-Chefe) Maria Cristina Barbot, Universidade do Porto, Portugal (Editora Associada) Guilherme Lohmann, Southern Cross University, Austrália (Editor Associado) Floriano Carlos M. Pires Jr, Univ. Fed. do Rio de Janeiro, Brasil (Editor Associado)

6


Descritivo RELIT - 2011

1. A RELIT A Revista de Literatura dos Transportes (RELIT) é uma publicação totalmente eletrônica que tem por objetivo promover a difusão do conhecimento científico na área de Gestão dos Transportes. A revista, de cunho acadêmico-científico, é um Open Access Journal, sendo a única do gênero na América Latina a manter foco específico no Planejamento, Gerenciamento e Economia dos Transportes. Possui processo de avaliação em pares, na configuração double-blind review. É também o primeiro periódico de transportes do País a possuir periodicidade trimestral. Totalmente eletrônica, a RELIT participa do SEER (Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas), disponível em www.pesquisaemtransportes.net.br. O periódico é publicado pela SBPT, a Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes. A SBPT é também a sociedade responsável pela manutenção da Rede de Pesquisa em Transportes, que congrega Centros de Pesquisa na área e que possuem participação do Diretório de Grupos do CNPq (DGP). Seu Conselho Editorial é composto por professores doutores de universidades de todas as regiões do Brasil e inclusive do exterior, sempre na busca incessante pela excelência na produção e divulgação científica. Na RELIT são publicados trabalhos nas áreas de Transportes e Serviços de Infraestrutura associada, com ênfase em questões de Gestão, Planejamento, Políticas Públicas, Economia e Logística de Transportes, bem como Impactos SócioEconômicos, Regulatórios e Ambientais associados. É constituída por duas seções: Diretório de Pesquisas e Leituras & Ensaios. A RELIT é uma das poucas revistas científicas do mundo que permitem que seus leitores avaliem online o conteúdo de seus artigos, com submissão de formulário de qualidade diretamente ao Conselho Editorial. A criação e desenvolvimento da RELIT é uma conquista de toda a comunidade acadêmica de transportes, na busca por um legado de consolidação das pesquisas na área gerencial do setor. Todos os pesquisadores e especialistas com trabalhos relacionados às áreas de afinidade da RELIT são convidados a submeter trabalhos. ISSN: 2177-1065. Os artigos da RELIT estão também disponíveis em www.relit.org.br e foram disponibilizados no Portal

7


Descritivo RELIT - 2011

Científico

do

SSRN,

Social

Sciences

Research

Network

(Acesse

www.relit.org.br/relit_ssrn.htm), com títulos e resumos em português e inglês.

2. A SBPT – Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes A RELIT é publicada pela SBPT, Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes (website: www.pesquisaemtransportes.net.br). A SBPT é uma sociedade científica sem fins lucrativos que tem por objetivo estimular, divulgar, promover e alavancar a produção científica e técnica aplicada ao setor de transportes, infraestrutura relacionada e setores correlatos, em particular aos aspectos relacionados ao planejamento, gestão, políticas públicas, regulação e economia setorial. O objetivo da SBPT é ser um ponto de encontro e de ideias de pesquisadores nas seguintes subáreas da Engenharia de Transportes: Planejamento dos Transportes, Planejamento e Organização do Sistema de Transportes e Economia dos Transportes.

SB PT Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes Figura 2 - Logotipo da SBPT

A SBPT visa contribuir para a pesquisa em transportes no Brasil, alavancando a produtividade dos pesquisadores e colaborando com as demais associações científicas nacionais em prol de um maior fortalecimento da área. De acordo com seu estatuto, a SBPT possui os seguintes instrumentos para a consecução de seus objetivos:

8


Descritivo RELIT - 2011

fomento de debates, discussões e intercâmbios científicos na área, interligando os centros, núcleos e grupos de pesquisa no âmbito de sua Rede de Pesquisa em Transportes (RPT);

publicação de sua revista científica - a Revista de Literatura dos Transportes (RELIT);

promoção

de

eventos,

seminários,

cursos

e

encontros

entre

seus

pesquisadores; •

a promoção de intercâmbio com sociedades congêneres no Brasil e no exterior;

outras atividades pertinentes aos objetivos da Sociedade.

A SBPT é, portanto, a instituição responsável por uma associação constituída por aproximadamente trezentos pesquisadores - dentre professores, alunos e técnicos - e denominada Rede de Pesquisa em Transportes (RPT).

Figura 3 - Logotipo da RPT

A RPT é uma Rede Interinstitucional Brasileira de Centros de Pesquisa de excelência nas áreas de Planejamento, Gestão, Economia e Logística dos transportes. Os centros, núcleos e grupos de pesquisa da RPT são oficialmente registrados junto aos órgãos governamentais de fomento por meio do Diretório de Grupos do CNPq (DGP). Fazem parte da RPT diversos pesquisadores de universidades de todas as regiões do Brasil. Atualmente fazem parte da RPT os centros listados abaixo. Outros centros interessados em participar são sempre bem-vindos, dado que o objetivo da RPT é a popularização das pesquisas em planejamento e gestão de transportes no Brasil.

9


Descritivo RELIT - 2011

Formação atual da RPT: •

Núcleo de Economia dos Transportes, Antitruste e Regulação, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (NECTAR/ITA);

Grupo de Estudos em Desenvolvimento Regional e Infraestruturas, da Universidade Estadual Paulista (GEDRI/UNESP);

Grupo de Transporte Aquaviário do Programa de Engenharia Oceânica, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (GTA/COPPE/UFRJ);

Núcleo Interinstitucional de Estudos e Pesquisas em Transportes, Logística e Construção Naval na Amazônia, da Universidade Federal da Amazônia (NTC/UFAM);

Núcleo de Estudos em Sistemas de Transportes, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (NEST/ITA);

Grupo Logística e Transportes, da Universidade Federal do Espírito Santo (GLT/UFES);

Grupo de Transportes, da Universidade Federal de Uberlândia (GT/UFU);

Grupo de Pesquisa Operacional e Logística em Engenharia de Transportes, do Instituto Militar de Engenharia (POLET/IME);

Grupo de Pesquisa em Transportes e Turismo, da UNIRIO (GPTT/UNIRIO);

Logística Agroindustrial Norte Matogrossense, da Universidade do Estado de Mato Grosso (LANM/UNEMAT);

Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-LOG);

Grupo de Estudos de Logística, Transportes e Meio Ambiente, da Universidade Federal do Rio Grande (LogTraM/FURG);

Núcleo de Pesquisas e Estudos Avançados em Turismo, da Universidade Federal de Ouro Preto (NUPETUR/UFOP);

Núcleo de Estudos de Logística e Transporte, da Universidade Federal de Mato Grosso (NELT/UFMT);

Grupo de Logística e Pesquisa Operacional, da Universidade Federal de Ouro Preto (GLPO/UFOP).

10


Descritivo RELIT - 2011

Participação especial internacional na RPT: •

NewRail/Newcastle - RailFreight and Logistics Group. Newcastle, Inglaterra

3. Análise de Indicadores de Qualidade da Revista 3.1 Instituição Vinculada Como detalhado no item 2 acima, a RELIT é publicada pela SBPT – Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes. Está, portanto, vinculada a uma importante associação de centros e núcleos de pesquisa do Brasil, a Rede de Pesquisa em Transportes, RPT. Essa rede congrega quinze centros de pesquisa e quase trezentos pesquisadores na área de transportes em todas as regiões do Brasil (Fonte: Diretório de Grupos de Pesquisa, CNPq, acesso em 21 de junho de 2010). Trata-se de um importante lastro para a revista, em termos de fluxo contínuo de submissões, acesso de leitores interessados, e mesmo de citações de seus artigos. 3.2 Relevância do Conteúdo A RELIT é o único periódico científico da América Latina a manter o foco estrito na publicação de pesquisas relacionadas às áreas de Planejamento, Gerenciamento e Economia dos Transportes. Existem outros periódicos voltados à área de transportes em geral, mas nenhum deles centra-se especificamente nas questões gerenciais e de políticas públicas às quais a RELIT aborda. Seu nicho de atuação é, portanto, bastante delineado e com isso proporciona maior visibilidade dos estudos, além de satisfação a seus autores e leitores.

11


Descritivo RELIT - 2011

3.2.1 Escopo Publicação de natureza científica, com ênfase nas áreas de transportes e serviços de infraestrutura associada, voltadas para: •

Gestão e planejamento de transportes e infraestrutura de todos os modais de transporte;

Operações de transportes e infraestrutura;

Políticas públicas voltadas para transportes e infraestrutura;

Economia dos transportes e infraestrutura;

Logística de transportes;

Impactos sócio-econômicos, regulatórios e ambientais de transportes e infraestrutura;

Estudos de setores pertencentes à cadeia produtiva dos transportes, como combustíveis, manutenção e turismo.

3.2.2 Seções A Revista de Literatura dos Transportes possui as seguintes seções:

Diretório de Pesquisas Onde são apresentados os resultados de pesquisas inéditas desenvolvidas na área e que sejam relevantes para uma maior compreensão dos fenômenos do setor pelos demais cientistas, tanto pela comunidade científica, como para os gestores e planejadores

das

políticas

de

transportes,

governo,

operadoras e também para a sociedade em geral. Leituras & Ensaios

Onde os pesquisadores apresentam sua interpretação e olhar crítico da fronteira de pesquisa em transportes, na forma de resenhas, revisões e estudos sistemáticos de artigos científicos e tópicos inteiros, considerados relevantes. Estudos técnicos com elementos de rigor científico também são publicados nessa seção.

12


Descritivo RELIT - 2011

3.3 Publicação predominante de contribuições originais Todos os artigos publicados pela RELIT são originais, não tendo sido publicados em outros periódicos nacionais ou internacionais. O processo de avaliação pelos pareceristas

é

rigoroso.

Vide

formulário

de

avaliação

de

artigos

em:

www.relit.org.br/parecer. 3.4 Revisão e aprovação por pares das contribuições publicadas A Revista de Literatura dos Transportes (RELIT) possui um Conselho Editorial composto por pesquisadores renomados, que exercem a função de avaliar e garantir a qualidade da publicação, emitindo pareceres sobre os trabalhos em cada seção da revista. Os trabalhos submetidos são em geral apreciados por dois avaliadores, com a omissão da identificação do autor. Caso haja pareceres divergentes, o editor encaminhará o trabalho para um terceiro avaliador. Os pareceres são analisados e acatados pelo Conselho Editorial. O processo de avaliação é double blind. Desde a sua criação, a ênfase dos trabalhos editoriais e dos pareceristas vem sendo no rigor dos pareceres, de forma a somente aceitar a publicação daqueles artigos que realmente apresentem significativa contribuição à literatura (Seção Diretório de Pesquisas), ou que promovam grande conhecimento acerca de estudos, publicações, temas, modelos e dados estatísticos da área (Seção Leituras & Ensaios). Nas edições de 2011 (RELIT, Volume 5, Números 1 a 4), os números de artigos submetidos e artigos aprovados da RELIT demonstram que houve uma taxa de rejeição de artigos de 51%. Esse percentual é elevado, e demonstra o compromisso com o rigor científico por parte da comunidade de editores e pareceristas.

13


Descritivo RELIT - 2011

3.5 Composição Pública e Heterogênea do Conselho Editorial O Conselho Editorial da RELIT é composto por quatro divisões interdependentes e fundamentais para o sucesso da revista: 1. Editor-Chefe; 2. Editores Associados; 3. Comitê Científico; e, 4. Equipe de Divulgação Científica e Divulgação (EDCE/RELIT). O Editor-Chefe e os Editores Associados formam a cúpula da revista, e possuem funções executivas de rotina. O Comitê Científico é composto por professores de notório saber e que têm a missão de prover a revista com orientações quanto às suas políticas e formas inserção e fortalecimento junto a comunidade científica. Todo membro do Comitê Científico é automaticamente cadastrado como um "Editor de Seção" para fins do Portal SEER (Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas). Por fim, a EDCE cuida de funções como editoração de texto, revisão de traduções, leitura de provas e divulgação da revista nos meios profissionais e acadêmicos. Todos os membros da cúpula e do Comitê Científico fazem também parte do Corpo Permanente de Pareceristas da revista. Outros professores doutores podem ser também convidados a fazer parte do Corpo de Pareceristas, dependendo das necessidades de avaliação de artigos em sub-áreas específicas do conhecimento em transportes. No Conselho Editorial da RELIT há experientes pesquisadores na área de transportes e áreas correlacionadas. O time conta com especialistas de todo o Brasil e de várias partes do mundo. O mandato do atual Conselho Editorial é 2011-2016. Findo esse prazo, a SBPT nomeará um novo Conselho.

14


Descritivo RELIT - 2011

Editor-Chefe •

Alessandro Oliveira, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, Brasil

Editores Associados •

Maria Cristina Barbot, Universidade do Porto, Portugal

Guilherme Lohmann, Southern Cross University, Austrália

Floriano Carlos Martins Pires Jr, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Comitê Científico - Editores de Seção •

Anderson Ribeiro Correia, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, S. J. Campos, Brasil

Bijan Vasigh, Embry-Riddle Aeronautical University, Florida, USA.

Bruce Prideaux, James Cook University, Queensland, Australia.

Carlos Alberto Faria, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia.

Carlos Müller, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São José dos Campos.

Claudio Agostini, Universidad Alberto Hurtado, Santiago, Chile.

Cláudio Jorge Pinto Alves, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, S. J. Campos.

Claudio Piga, Loughborough University, Loughborough, United Kingdom.

David Gillen, University of British Columbia, Vancouver, Canadá.

David Levinson, University of Minnesota, Minnesota, USA.

David Timothy Duval, University of Otago, Dunedin, New Zealand.

Elton Fernandes, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Gilberto Sisto Fernández, Universidade do Estado de Mato Grosso, Cuiabá.

Gustavo Andrés Lipovich, Universidad de Buenos Aires, Buenos Aires, Argentina.

Gustavo Peixoto Silva, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto.

Jaap de Wit, University of Amsterdam, Amesterdam, Netherlands.

José Vicente Caixeta-Filho, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Jussara Socorro Cury Maciel, Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.

Lucia Helena Salgado, Instituto de Pesq. Econômica Aplicada, R. Janeiro.

Márcia Helena Veleda Moita, Universidade Federal do Amazonas, Manaus.

15


Descritivo RELIT - 2011

Márcio Rogério Silveira, Universidade Estadual Paulista, Ourinhos.

Marin Marinov, Newcastle University, Newcastle, United Kingdom.

Martin Dresner, University of Maryland, Maryland, USA.

Milton Luiz Paiva de Lima, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande.

Mônica Maria Mendes Luna, Univ. Fed. de Santa Catarina, Florianópolis.

Nelson Kuwahara, Universidade Federal do Amazonas, Manaus.

Newton Rabello de Castro Junior, Univ. Fed. do Rio de Janeiro, R. Janeiro.

Patrick S. McCarthy, Georgia Institute of Technology, Atlanta, USA.

Reinaldo Crispiano Garcia, Universidade de Brasília, Brasília.

Renato da Silva Lima, Universidade Federal de Itajubá, Itajubá.

Rogéria Arantes Eller, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, S. J. Campos.

Tassio Carvalho, American Airlines, Dallas, USA.

Vania Barcellos Gouvea Campos, Instituto Militar de Engenharia, R. Janeiro.

Wilson Abrahão Rabahy, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Em 2011 tivemos o prazer de contar com a inclusão de novos colegas no Conselho Editorial da RELIT. São eles: •

Prof. Dr. João Bosco Furtado Arruda - Prof. Titular e Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Infra-estrutura de Transportes e Logística da Energia (GLEN), da Universidade Federal do Ceará (UFC)

Profa. Marta Maria Bastos de Mendonca, Prof. Associado do Departamento de Engenharia de Transportes da da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Seus nomes constarão na lista do Conselho a partir das próximas edições da RELIT.

16


Descritivo RELIT - 2011

Equipe de Divulgação Científica e Editoração (EDCE/RELIT) Editores de Texto •

Paulo Celestino, Jornalista-Chefe, Mtb 998/RN, RELIT, São Paulo, Brasil

Evandro Lisboa Freire, Coordenador de Editoração, RELIT, São Paulo, Brasil

Leitor de Prova •

Humberto Bettini, Coordenador de Divulgação Científica, RELIT, Campinas, Brasil

3.6 Periodicidade regular A periodicidade da RELIT é trimestral. A regularidade é uma característica do periódico, que teve todos os seus volumes publicados. As edições da revista são lançadas sempre no início de cada ano. 3.7 Tempo de existência do periódico O periódico existe desde 2007. Está em fase de preparação de seu sexto volume. 3.8 Pontualidade na publicação As edições da revista são lançadas sempre no início do ano. Nunca houve atrasos na publicação da revista, sendo que o adiantamento dos prazos editoriais são uma constante. As edições de 2012 (RELIT, Volume 6, Números 1 a 4) devem ser lançadas, preliminarmente, já em julho de 2011, na forma de trabalhos em fase de revisão. A versão final das próximas edições da RELIT deve estar pronta até Fevereiro de 2012.

17


Descritivo RELIT - 2011

3.9 Resumos, título e palavras-chave em inglês Todos os artigos da RELIT apresentam folhas de rosto inspiradas no periódico internacional Transportation Research, da Elsevier. Nelas constam: •

Logotipo da revista e da SBPT

Nome da revista

Nome da Seção

Dados do artigo (volume, número, ano e páginas)

Dados do processo editorial (datas de submissão, envio da versão corrigida e comunicação final)

Nome dos autores, suas afiliações e email do autor principal para contato.

Resumo (em português e inglês - Abstract)

Palavras-chave (em português e inglês - Keywords)

Citação recomendada (em português e inglês)

Link universal do artigo, para seu download na internet. Todos os artigos a partir de 2011 contêm um link de fácil acesso próprio, presente no rodapé da folha de rosto.

18


Descritivo RELIT - 2011

19

Link de fĂĄcil acesso

Figura 4 – Folha de rosto dos artigos


Descritivo RELIT - 2011

3.10 Adoção e especificação das normas utilizada no periódico No

Portal

da

SBPT,

no

espaço

para

(www.pesquisaemtransportes.net.br),

submissão podem

ser

de

artigos

encontradas

à

RELIT

todas

as

informações necessárias aos autores em potencial. Em especial, "Deseja enviar contribuições à revista? Convidamos todos a conferir a seção Sobre a Revista e ler as políticas de seção, bem como as Diretrizes para Autores. É necessário que os autores se cadastrem no sistema antes de submeter um artigo; caso já tenha se cadastrado basta acessar o sistema e iniciar o processo de 5 passos de submissão." (http://www.pesquisaemtransportes.net.br/relit/index.php/relit/information/authors) 3.10.1 Diretrizes de Publicação para Autores a) Serão aceitos somente trabalhos inéditos para publicação no idioma português, espanhol ou inglês, com as devidas revisões do texto, incluindo a gramatical e a ortográfica. Trabalhos publicados em congressos ou eventos da área, mas não publicados em outros periódicos, serão considerados. Trabalhos que não estejam em concordância com as normas de formatação não serão considerados para a publicação. b) Os textos serão postados em formato MS Word apenas, e somente por meio de submissão SEER (Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas), com cadastro de login e senha no Portal da Rede de Pesquisa em Transportes, website www.pesquisaemtransportes.net.br. c) Ao submeter um artigo para a RELIT, o(s) autor(es) automaticamente cedem integralmente os direito autorais à revista. Os autores estão autorizados a utilizarem seus respectivos artigos para outras finalidades, desde que expressamente autorizados e devidamente referenciada a publicação feita na RELIT. Postagem dos artigos nas páginas pessoais dos autores não requer solicitação prévia.

20


Descritivo RELIT - 2011

3.10.2 Estrutura dos Artigos a) No manuscrito não deverão ser colocados os dados dos autores para preservar o sigilo da avaliação por pares cegas. b) As normas de formatação e referenciação do artigo submetido podem ser obtidas clicando-se no seguinte link: http://www.relit.org.br/relitformatacao.doc. 3.10.3 Prazos Típicos As quatro edições anuais de RELIT são publicadas até o final de janeiro de cada ano. Para ser considerado para a avaliação de um ano, os autores devem submeter seus artigos até o dia 31 de março do ano anterior à publicação. Os pareceristas deverão enviar suas avaliações até o dia 31 de junho do ano anterior. Os autores serão comunicados até 31 de julho dos resultados, e terão até 31 de outubro para enviarem os artigos revisados, no caso de aceitação. Todos os artigos serão disponibilizados, em versão preliminar, até 31 de julho do ano anterior. •

Submissão: até 31 de março do ano X.

Pareceres: até 31 de junho do ano X.

Comunicação aos autores e postagem de versão preliminar na página: até 31 de julho do ano X.

Envio da versão definitiva, revisada à luz dos comentários dos pareceristas (caso de aceite): até 31 de outubro do ano X.

Publicação na RELIT (caso de aceite): até 31 de janeiro do ano X+1.

A RELIT possui um sistema híbrido de submissões: por deadline e por fluxo contínuo. A editoria incentiva os autores a seguirem os "Prazos Típicos". Somente os artigos assim submetidos concorrerão ao Prêmio INC/RELIT e terão garantia de avaliação nos prazos estipulados - isto é, com vistas à publicação até 31 de janeiro do ano X+1. Os artigos submetidos fora do prazo típico (31 de março do ano X) serão considerados dentro de um regime de fluxo contínuo.

21


Descritivo RELIT - 2011

3.10.4 Itens de Verificação para Submissão Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores. •

O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.

A contribuição é inédita (valem trabalhos publicados em congressos e séries de documentos de trabalhos) e está livre de cópias de sentenças inteiras e figuras de outros trabalhos ("copy & paste"). Todo o material utilizado de outros estudos foi devidamente referenciado.

A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação Cega por Pares.

Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word.

3.11 Identificação das afiliações dos autores Todos os autores da RELIT têm identificadas, na página de rosto dos artigos, as suas afiliações, além do email do autor principal.

22


Descritivo RELIT - 2011

3.12 Citações Recebidas da revista Por conta da divulgação científica promovida continuadamente por seu Conselho Editorial, bem como da disponibilidade online de seus artigos, a RELIT vem obtendo um conjunto importante de citações na literatura dos transportes. Por exemplo, pode ser encontrado no Google Acadêmico:

Figura 5 - Algumas citações de artigos RELIT encontradas no Google Acadêmico (Amostra da extração realizada em 07 de julho de 2011)

23


Descritivo RELIT - 2011

Abaixo segue uma lista não-exaustiva de estudos e pesquisas, facilmente encontrados na internet, e que fazem referência a algum artigo publicado na Revista de Literatura dos Transportes. A relação mostra o grau de influência dos estudos da RELIT na sua área de atuação. Bettini, H. e Oliveira, A. V. M., Portrait of a Newcomer: Azul Airlines, Some Facts, Figures and Comparisons (June 15, 2010). Working Paper Series - Latin American Center for Transportation Economics, No. 31. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625430 Costa, T. F. G., Lohmann, G. e Oliveira, A. V. M., A Model for Hub Indentification in Air Transportation Networks (Um Modelo de Identificação de Hubs no Transporte Aéreo) (Portuguese) (June 16, 2010). Latin American Center for Transportation Economics Working Paper No. 34. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625769 Demant, M. (2009) Infraestrutura aeroportuária: um obstáculo para a aviação regional no Brasil? Dissertação (Mestrado em Administração), Faculdade Ibmec, São Paulo. Ferreira, N. S. e Oliveira, A. V. M. (2008) Modelagem da Escolha de Passageiros por Operadoras de Transporte. Revista de Matemática e Estatística, v. 26. Ferreira, Natália dos Santos, An Empirical Study of Airline Predatory Behavior (Estudo Empírico de Práticas Predatórias de Companhias Aéreas) (Portuguese) (June 15, 2010). Latin American Center for Transportation Economics Working Paper No. 26. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625334 Jesus Júnior, L. B. (2009) Análise da Concorrência no Setor de Aviação Civil Brasileiro. Dissertação (Mestrado em Economia) Universidade Federal da Bahia, Salvador. Melo Filho, C., Modelling the Impact of an Increase in Airport Tariffs on the Competition Among Airlines with Distinct Business Models (Impacto da Elevação das Tarifas Aeroportuárias na Competição entre Companhias Aéreas com Modelos de Negócio Distinto) (June 15, 2010). Working Paper Series -

24


Descritivo RELIT - 2011

Latin American Center for Transportation Economics, No. 30. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625414 Nascimento, S., Pereira, A. M. e Hoeltgebaum, M. (2010) Aplicação dos Modelos de Previsão de Insolvências nas Grandes Empresas Aéreas Brasileiras. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ (online), Rio de Janeiro, v. 15, n. 1, p. 40 - p. 51, jan./abril, 2010. Oliveira, A. V. M. Transporte Aéreo: Economia e Políticas Públicas. 1. ed. São Paulo: Pezco Editora e Desenvolvimento, 2009. v. 1. 197 p. Oliveira, A. V. M. (2009) Estudo dos Determinantes dos Preços das Companhias Aéreas no Mercado Doméstico. Estudos Regulatórios - Agência Nacional de Aviação Civil, v. 2. Oliveira, Alessandro V. M., Airline (De)Regulation in Brazil: State of Art, Trends and Future (Regulação do Setor de Transporte Aéreo: Estado da Arte, Tendências e Visão Futura) (June 15, 2010). Latin American Center for Transportation Economics, No. 29. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625396 Oliveira, Alessandro V. M., Does the Market Power of a Dominant Airline Spill Over to its Rivals? Evidence from a Market with Recent Liberalization (June 15, 2010). Latin American Center for Transportation Economics Working Paper, No. 28. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625352 Perez, D. (2009) Aviação Civil no Brasil - Análise do Impacto do Conceito Low Fare, Low Cost no Mercado de Aviação Doméstica. Monografia (Tecnológo em Logística com ênfase em Transporte). Faculdade de Tecnologia, São Paulo, SP. Reis, C. V. (2009) Regulação Econômica dos Serviços Aéreos no Brasil: Avaliação Econômico-Financeira da Empresa para a Outorga dos Serviços de Transporte Aéreo Regular. Monografia de Especialização em Gestão da Aviação Civil. Universidade de Brasília. Brasília, DF. Ribeiro, I. M. (2009) Modelo de Previsão de Insolvência para Companhias Aérea. Trabalho de Graduação. Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São José dos Campos, SP.

25


Descritivo RELIT - 2011

Rodrigues, G. S. G. (2007) Rentabilidade e Estratégias no Setor Aéreo Comercial Brasileiro: Uma Análise Segundo o Modelo de Porter. Dissertação (Mestrado em Economia), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. Salgado e Silva, L. H. e Oliveira, A. V. M., The Regulatory Reform of the Nineties in the Brazilian Air Transportation Industry and its Impacts on Welfare (A Reforma Regulatória da Década de 1990 no Transporte Aéreo Brasileiro e suas Implicações no Bem-Estar) (Portuguese) (June 1, 2010). Latin American Center for Transportation Economics Working Paper, No. 25. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625294 Salgado e Silva, L. H., Ferreira, N. S. e Oliveira, A. V. M., Investigation of Predatory Practices in the Brazilian Beer Markets (June 15, 2010). Latin American Center for Transportation Economics Working Paper, No. 27. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625349 Santos Filho, Rogerio Antonio Nogueira, Forecasting the Air Travel Demand for the 2014 World Cup – Application to the Metropolitan Region of Belo Horizonte (In Portuguese) (June 15, 2010). Latin American Center for Transportation Economics

Working

Paper

Series,

No.

32.

Available

at

SSRN:

http://ssrn.com/abstract=1625587 Silva, P. P., Airline CO2 Taxation: Analysis of a Recent Paper on its Consequences (Taxação de Emissões de CO2 na Aviação Comercial: Impactos em Preços: Qualidade do Serviço e Projeto das Aeronaves) (Portuguese) (June 16, 2010). Latin American Center for Transportation Economics Working Paper, No. 33. Available at SSRN: http://ssrn.com/abstract=1625785 Soutelino, A. L. D. (2008) Acesso Básico aos Mercados no Transporte Aéreo Internacional. Dissertação (Mestrado em Direito), Universidade Cândido Mendes, Rio de Janeiro, RJ. Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (2009) Plano de Competitividade - Transporte Aéreo Regional. Brasília: Min. do Turismo. 67p

26


Descritivo RELIT - 2011

Além do interesse de pesquisadores e especialistas para estudos científicos e acadêmicos, alguns fóruns profissionais também têm se interessado pelo conteúdo da RELIT. Abaixo segue a cópia da imagem de um website norte-americano da área de direito econômico aplicado à aviação, onde o autor faz menção a um dos artigos da RELIT (disponível em http://lawprofessors.typepad.com/aviation/).

Figura 6 - Citação de artigo da RELIT em website dos Estados Unidos

No Anexo, pode-se encontrar uma lista exaustiva de todos os artigos publicados na RELIT que tiveram alguma citação computada pelo Google Acadêmico. A Extração das citações foi realizada em 07 de julho de 2011 e mostra que mais de um terço dos artigos publicados já recebeu alguma citação.

27


Descritivo RELIT - 2011

3.13 Canais de Divulgação Científica Grande ênfase em esforços de divulgação científica é dada tanto pelo Conselho Editorial da RELIT, quanto pela própria SBPT. Foi criada uma Equipe de Divulgação Científica e Editoração (EDCE/RELIT) com o intuito de alavancar as potencialidades dos estudos publicados na RELIT. Por conta desses esforços, foram criados os seguintes produtos da RPT: •

RELIT.org.br

-

Website

da

Revista

de

Literatura

dos

Transportes

(www.relit.org.br): o canal de comunicação oficial da revista. •

Portal SBPT (www.pesquisaemtransportes.net.br): O website oficial da SBPT e a interface SEER da RELIT com os autores em potencial, além de editores, pareceristas e leitores em geral.

RPT no Linkedin - Discussões, Currículos, Ponto de Encontro de Pesquisadores (www.linkedin.com/groups?gid=3023538&trk=hb_side_g): importante para o contato permanente da comunidade da RELIT.

RPT no Facebook - Canal de Divulgação Científica ao grande público (http://www.facebook.com/pages/RPT-Rede-de-Pesquisa-emTransportes/123677397672003)

RPT no Twitter - Canal de Divulgação Científica ao grande público (http://twitter.com/redetransportes)

RELIT na Base Internacional SSRN (http://www.relit.org.br/relit_ssrn.htm)

Blog NECTAR/ITA (http://nectar-ita.blogspot.com/): onde novidades da SBPT e da RELIT são constantemente postadas e acompanhadas por uma grande comunidade de leitores e especialistas.

SET - Simpósios de Economia dos Transportes (http://sites.google.com/site/simposiosnectar/)

BTD - Brazilian Transportation Database (http://www.nectar.ita.br/btd/)

28


Descritivo RELIT - 2011

Figura 7 - Pรกgina de rosto da RELIT na internet (www.relit.org.br)

Figura 8 - Portal da SBPT na internet e acesso da RELIT ao SEER (www.pesquisaemtransportes.net.br)

29


Descritivo RELIT - 2011

Figura 9 - Pรกgina da RPT/RELIT no Facebook

Figura 10 - Pรกgina da RPT/RELIT no Twitter (http://twitter.com/redetransportes)

30


Descritivo RELIT - 2011

Os canais de comunicação Facebook e Twitter são meios de comunicação extremamente eficientes para alavancar a visibilidade de pessoas, empresas, instituições e negócios em geral. Ainda pouco explorado por centros de pesquisa pelo mundo agora, esses sites de relacionamento possuem uma potencialidade imensa no que tange a Divulgação Científica. A SBPT entra nessa vanguarda, de forma a avançar cada vez mais rumo à popularização dos resultados de estudos científicos de qualidade no Brasil. Tanto a RPT quanto os núcleos de pesquisa que a constituem, concebem o Facebook e o Twitter como formas de abranger o público leitor de seus artigos científicos e iniciativas acadêmicas, como eventos, abertura de vagas para mestrado e doutorado, etc.

Figura 11 - Página da RPT/RELIT no Linkedin

31


Descritivo RELIT - 2011

Figura 12 - Blog NECTAR/ITA: Página de divulgação da RPT/RELIT (http://nectar-ita.blogspot.com/)

3.14 Equipe de Apoio Foi constituída a Equipe de Divulgação Científica & Editoração (EDCE) da RELIT. A EDCE cuidará de toda a interface da RELIT e da Rede de Pesquisa de Transportes (RPT) com o público interessado na área de transportes. Seu mandato é para o período 2011-2016. Seguem os nomes da seleção para a Equipe de Divulgação Científica & Editoração da RELIT: •

Paulo Celestino, Jornalista-Chefe, Mtb 998/RN

Evandro Lisboa Freire, Coordenador de Editoração

Humberto Bettini, Coordenador de Divulgação Científica

3.15 Avaliação e feedback dos leitores A RELIT é uma das poucas revistas científicas do mundo que permitem que seus leitores avaliem online o conteúdo de seus artigos, com submissão de formulário de qualidade diretamente ao Conselho Editorial. Por meio dele, o internauta pode escolher o artigo desejado, dentro do acervo da RELIT, e efetuar sua avaliação de qualidade da publicação. Os formulários são encaminhados pelo Editor aos autores

32


Descritivo RELIT - 2011

participantes

da

RELIT.

Link

público

para

a

avaliação

dos

artigos:

http://www.relit.org.br/relit-arevista.htm. Abaixo é exibida a página onde se encontra o formulário de avaliação online.

Figura 13 - Formulário de Avaliação pelos Leitores do Conteúdo da RELIT

33


Descritivo RELIT - 2011

3.16 Referências institucionais A RELIT é atualmente, um periódico recomendado pelo Programa de Formação Aérea (Ensino + Capacitação) da Agência Nacional de Aviação Civil, ANAC. Outras instituições públicas e privadas estão sendo acionadas para parceria semelhante.

Figura 14 - Recomendação no site da ANAC (http://www.anac.gov.br/formacaoaerea/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=80)

3.17 Política de Acesso Livre A RELIT oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

34


Descritivo RELIT - 2011

3.18 Participação no SEER A RELIT participa do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - SEER / Open Journal Systems - OJS: "O Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas é um software desenvolvido para a construção e gestão de uma publicação periódica eletrônica. Esta ferramenta contempla ações essenciais à automação das atividades de editoração de periódicos científicos". (Fonte: http://www.ibict.br/secao.php?cat=seer). 3.19 Caráter Internacional da RELIT A RELIT possui, atualmente, um time de pesquisadores em seu Conselho Editorial constituído por renomados especialistas doutores estrangeiros. Essa é uma das características mais importantes da revista, pois reforça o seu compromisso com a contínua sua inserção internacional. São membros estrangeiros do Conselho Editorial da RELIT: •

Maria Cristina Barbot, Universidade do Porto, Portugal (Editora Associada);

Bijan Vasigh, Embry-Riddle Aeronautical University, USA (Comitê Científico);

Bruce Prideaux, James Cook University, Australia (Comitê Científico);

Claudio Agostini, Universidad Alberto Hurtado, Chile (Comitê Científico);

Claudio Piga, Loughborough University, United Kingdom (Comitê Científico);

David Gillen, University of British Columbia, Canada (Comitê Científico);

David Levinson, University of Minnesota, USA (Comitê Científico);

David Timothy Duval, University of Otago, New Zealand (Comitê Científico);

Gustavo Andrés Lipovich, Universidad de Buenos Aires, Argentina (Comitê Científico);

Jaap de Wit, University of Amsterdam, Netherlands (Comitê Científico);

Martin Dresner, University of Maryland, USA (Comitê Científico);

Patrick S. McCarthy, Georgia Institute of Technology, USA (Comitê Científico).

Todos os membros do Conselho Editorial da RELIT também se comprometeram a participar das atividades de pareceristas anônimos da revista, inclusive os pesquisadores internacionais acima listados.

35


Descritivo RELIT - 2011

Uma segunda característica de internacionalização da RELIT diz respeito à inserção de grupos estrangeiros de pesquisa em transportes na sua rede mantenedora, a RPT. Atualmente, a RPT conta com a participação especial do NewRail, RailFreight and Logistics Group, o núcleo de pesquisas em transporte ferroviário da Unviersidade de Newcastle, na Inglaterra (www.ncl.ac.uk/newrail). Essa participação visa também proporcionar submissões internacionais de artigos à RELIT, reforçando continuadamente o seu status globalizado. Por fim, temos que, para as edições do volume 5 da RELIT-2011, tivemos 20% de pareceristas ad-hoc oriundos do exterior e 10% dos artigos escritos em inglês.

3.20 Estatísticas da RELIT 2011 3.20.1 Estatísticas dos Números Publicados – Fonte: Guia RELIT 2011 No início de 2011, e em sequência à publicação dos quatro números do volume 5 da RELIT 2011, o Conselho Editorial lançou publicação denominada Guia RELIT 2011. Este Guia é uma iniciativa pioneira dentre os periódicos científicos nacionais, sendo onde são apresentados os resumos de todas as pesquisas publicadas no volume 5 da RELIT, para pronta referência dos pesquisadores de transportes. O Guia RELIT 2011 está totalmente disponível a toda a comunidade acadêmica de transportes na página da revista, por meio do link www.relit.org.br/guia_relit_2011_vf.pdf. A seguir, apresentamos algumas estatísticas do processo editorial da RELIT, com base na Amostra do Volume 5, 2011. É possível perceber que nossos prazos mantiveram-se estritamente dentro do esperado e delineado por nossa Política Editorial. Adicionalmente, pode-se perceber que mantivemos uma taxa de rejeição elevada, de 51%. Ou seja, a cada dois artigos submetidos, um é recusado pela revista.

36


Descritivo RELIT - 2011

Figura 15 – Número de artigos do volume 5 RELIT (2011)

Figura 16 – Tempos editoriais do volume 5 RELIT (2011)

37


Descritivo RELIT - 2011

Figura 17 – Região de origem dos autores do volume 5 RELIT (2011)

Figura 18 – Tipo de Instituição de origem dos autores do volume 5 RELIT (2011)

38


Descritivo RELIT - 2011

Figura 19 – Língua dos artigos do volume 5 RELIT (2011)

Figura 20 – Origem dos pareceristas do volume 5 RELIT (2011)

39


Descritivo RELIT - 2011

Figura 21 – Região dos pareceristas do volume 5 RELIT (2011)

Figura 22 – Instituição dos pareceristas do volume 5 RELIT (2011)

40


Descritivo RELIT - 2011

Figura 23 – Qualificação dos autores do volume 5 RELIT (2011)

3.20.2 Estatísticas de Satisfação dos Autores – Fonte: Survey RELIT 2011 A RELIT prima pela busca da melhoria contínua, com base no seu público-alvo, que são os pesquisadores da área de transportes. Em julho de 2011, foi realizada uma pesquisa de opinião junto a autores de artigos de edições passadas da RELIT. A Survey RELIT 2011 foi a primeira de uma série anual que será implementada periodicamente pelo Consleho Editorial da RELIT. Com uso de formulário online específico para desenvolvimento de surveys, foi possível ao Conselho Editorial obter dados quanto às preferências e níveis de satisfação dos autores com relação à revista. Foram também colhidos depoimentos e sugestões de melhoria. Todas as sugestões foram incorporadas ao planejamento estratégico da revista. A Survey RELIT encontra-se totalmente disponível na página da revista, por meio do no link www.relit.org.br/survey2011.pdf. Algumas estatísticas da Survey RELIT: •

96% dos autores consideram "Bons" ou "Ótimos" os Prazos Editoriais da RELIT e 92% consideram "Bons" ou "Ótimos" os tempos de resposta aos artigos.

88% consideram "Ótima" a periodicidade atual da RELIT (trimestral).

100 % consideram "Bom" ou "Ótima" a qualidade dos pareceres RELIT aos artigos submetidos.

41


Descritivo RELIT - 2011

92% dos autores consideram "Bom" ou "Ótimo" o fato da RELIT possuir artigos relacionados aos diversos modais de transportes.

80% "concorda totalmente" que a RELIT representa uma das grandes fontes de artigos científicos da área de transportes no Brasil.

96% pretende submeter ou já submeteu outro artigo à RELIT.

96 % recomendaria ou já recomendou a RELIT a um aluno ou professor e 92% baixaria ou já baixou arquivos da RELIT para subsidiar suas próprias pesquisas.

Nos gráficos a seguir apresenta-se uma extração de algumas das estatísticas presentes na Survey RELIT 2011. I. Resultados Survey RELIT 2011 – Quanto à Avaliação da Satisfação em Relação a Atributos da RELIT

Website da RELIT (www.relit.org.br)

Ótimo

68%

Bom

28%

Regular

4%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

42


Descritivo RELIT - 2011

Prazos editoriais da RELIT

Ótimo

56%

Bom

40%

Regular

4%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Tempos de resposta ao(s) seu(s) artigo(s)

Ótimo

72%

Bom

20%

Regular

8%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

43


Descritivo RELIT - 2011

Periodicidade da RELIT (trimestral)

Ótimo

88%

Bom

4%

Regular

8%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Qualidade dos pareceres RELIT

Ótimo

60%

Bom

40%

Regular

0%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

44


Descritivo RELIT - 2011

Qualidade do Conselho Editorial RELIT

Ótimo

76%

Bom

20%

Regular

4%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Pontualidade na publicação das edições RELIT

Ótimo

72%

Bom

24%

Regular

4%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

45


Descritivo RELIT - 2011

Relevância dos artigos publicados para a academia e o setor de transportes no Brasil Ótimo

56%

Bom

32%

Regular

12%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Layout dos artigos (capa, formatação, etc)

Ótimo

68%

Bom

28%

Regular

4%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

46


Descritivo RELIT - 2011

Prazo entre a submissão inicial e a publicação

Ótimo

72%

Bom

24%

Regular

4%

Ruim

0%

Péssimo

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

II. Resultados Survey RELIT 2011 – Quanto à Avaliação de Atitudes e Opiniões com Relação à RELIT Acredita que a RELIT representa uma das grandes fontes de artigos científicos da área de transportes no Brasil? Concordo totalmente

80%

Concordo parcialmente

12%

Nem concordo e nem discordo

8%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

47


Descritivo RELIT - 2011

Pretende submeter (ou já submeteu) outro artigo à RELIT? Concordo totalmente

96%

Concordo parcialmente

4%

Nem concordo e nem discordo

0%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Recomendaria (ou já recomendou) a RELIT a um aluno ou professor? Concordo totalmente Concordo parcialmente

96% 0%

Nem concordo e nem discordo

4%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

48


Descritivo RELIT - 2011

Baixaria (ou já baixou) arquivos da RELIT para subsidiar suas próprias pesquisas? Concordo totalmente

92%

Concordo parcialmente

8%

Nem concordo e nem discordo

0%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Acredita que artigos publicados na RELIT podem servir de subsídios para autoridades e operadores de transportes? Concordo totalmente

76%

Concordo parcialmente

24%

Nem concordo e nem discordo

0%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

49


Descritivo RELIT - 2011

Na sua opinião, um artigo publicado na RELIT têm boas chances de ser BAIXADO e LIDO? Concordo totalmente

64%

Concordo parcialmente

36%

Nem concordo e nem discordo

0%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Na sua opinião, um artigo publicado na RELIT têm boas chances de ser CITADO? Concordo totalmente

64%

Concordo parcialmente

32%

Nem concordo e nem discordo

4%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

% de autores RELIT entrevistados

80%

100%

50


Descritivo RELIT - 2011

Pela sua qualidade e relevância, a RELIT deveria estar presente na base de artigos SCIELO (www.scielo.org)? Concordo totalmente

96%

Concordo parcialmente

4%

Nem concordo e nem discordo

0%

Discordo Parcialmente

0%

Discordo Totalmente

0% 0%

20%

40%

60%

80%

100%

% de autores RELIT entrevistados

Na Tabela a seguir é apresentado um conjunto de depoimentos de autores RELIT. São palavras de incentivo e que motivam ainda mais o Conselho Editorial a se pautar pela qualidade e excelência. Espera-se que a divulgação dos resultados da Survey RELIT 2011 motivem também aos autores de artigos, alunos e pesquisadores de transportes e setores afins a submeterem o resultado de suas pesquisas à RELIT.

51


Descritivo RELIT - 2011

Depoimentos de Autores RELIT [fonte: Survey RELIT 2011]

"A RELIT é um importante periódico brasileiro na área dos transportes, sobretudo no transporte aéreo, que permite aos seus leitores visualizarem um material de qualidade, com temas recentes e bastante discutidos na literatura de ponta na área dos transportes." "Trata-se de um periódico novo sobre o qual tem sido empenhado um esforço muito grande em termos de qualidade de publicação e abrangência territorial, com resultados notáveis. Além disso, dois fatores importantes fazem da RELIT uma excelente referência: a periodicidade e o tempo de resposta para publicação." "É difícil encontrar quesitos para crítica, ainda que construtiva, à RELIT, neste estágio de sua vida. A Revista nasceu como um veículo promissor de difusão da produção científica acadêmica, porém sem perder de vista os mais relevantes debates de política e regulação da atualidade brasileira. Realiza uma ponte entre a literatura e a conjuntura de forma exemplar. "A revista tem uma proposta que é ao mesmo tempo inovadora e moderna, mas não deixa de contemplar as principais discussões já consolidadas na literatura científica." "A Editoria deve ser parabenizada pelo intenso e efetivo esforço realizado até aqui. Sem qualquer sombra de dúvida, este esforço é, em boa parte, movido pela ABNEGAÇÃO, um poderoso vetor de produção de preciosos bens públicos a partir da Academia." "De forma geral, acredito que o planejamento de médio/longo prazo que é anunciado pela Revista é adequado e, se seguido, levará a RELIT a uma posição de destaque. Este planjeamento certamente inclui as bases SCIELO e SCOPUS, além das ações frequentes de divulgação e de publicidade, que são um ponto forte da Revista e que são muito importantes para ampliar sua representatividade e envolver os diversos públicos, potencializando ainda mais a sua alta relevância social." "Pessoalmente, em minhas pesquisas acadêmicas e de consultoria, acabo utilizando algum artigo da RELIT, tanto para revisão da literatura quanto para me situar em debates regulatórios ou de política - e também sobre estratégias empresariais em transportes." "A RELIT representa um fórum importante do setor, uma fonte confiável e relevante de material sobre transportes." "Revista que estava faltando no setor de transportes brasileiro: reúne rigor científico, variedade de temas na área de transportes e agilidade para submissão de artigos." "A revista representa um importante esforço da comunidade científica voltada à área de transportes. Pode e deve ser entendida como potencialmente a melhor fonte de divulgação dos trabalhos realizados na área, especialmente no Brasil. Um esforço louvável numa área tão carente de boas pesquisas em nosso País." "Gosto muito da proposta da revista. Uso e indico como fonte de consulta a meus orientandos." "A pluralidade de modais de transporte é um fator de grande relevância na RELIT. Ainda assim, vejo que os trabalhos ligados ao transporte aéreo possuem melhor elaboração e qualidade acima das demais publicações em nível nacional." "Hoje a mais relevante revista da área de transportes no Brasil"

52


Descritivo RELIT - 2011

4. Ficha Técnica - RELIT •

Publicação: Revista de Literatura dos Transportes (RELIT).

ISSN: 2177-1065

Objetivo: Promover a difusão do conhecimento científico na área de Gestão, Planejamento e Economia dos transportes..

Periodicidade: Trimestral.

Divulgação: Meio eletrônico, com disponibilidade irrestrita online.

Avaliação: Processo de avaliação em pares (double blind).

Áreas: Transportes e serviços de infraestrutura associada, com ênfase em questões de gestão, planejamento, políticas públicas, regulação, economia, logística de transportes, impactos sócio-econômicos e ambientais associados; transportes turísticos.

Prazos da RELIT o Submissão: até 31 de março do ano X. o Pareceres: até 31 de junho do ano X. o Comunicação aos autores e postagem de versão preliminar na página: até 31 de julho do ano X. o Envio da versão definitiva, revisada à luz dos comentários dos pareceristas (caso de aceite): até 31 de outubro do ano X. o Publicação na RELIT (caso de aceite): até 31 de janeiro do ano X+1.

Publicação: SBPT – Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes, website www.pesquisaemtransportes.net.br.

53


Descritivo RELIT - 2011

Referências: Artigos RELIT Publicados – 2011 Acosta, C. M. M., Silva, A. M. V. A. e Lima, M. L. P. (2011) Aplicação de análise envoltória de dados (DEA) para análise de eficiência em portos brasileiros. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 88-102. Almeida, C. R. F., Weigang, L. e Timoszczuk, A. P. (2011) Algoritmos de fluxo máximo em rede aplicado em gerenciamento de fluxo de transporte aéreo. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 73-91. Alves, P. F, Alvarenga, G. V. e Rocha, C. H. (2011) Demanda por ticket aéreo na economia brasileira: uma análise de co-integração. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 64-88. Batti, D. A. B. e Faria, C. A. (2011) Transporte aéreo - uma alternativa ao transporte rodoviário de cargas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 92-105. Bergiante, N. C. R, Mello, J. C. C. B. S, Nunes, M. V. R., Paschoalino, F. F. (2011) Aplicação de uma proposta de medida de centralidade para avaliação de malha aérea de uma empresa do setor de transporte aéreo brasileiro. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 119-135. Bertoloto, R. F. e Mello, J. C. C. B. S. (2011) Eficiência de portos e terminais privativos brasileiros com características distintas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 4-21. Bettini, H. F. A. J. e Oliveira, A. V. M. (2011) Transporte aéreo regional: entre economias de densidade e custos de transação. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 171-187. Branco, J. E. H. e Caixeta Filho, J. V. (2011) Estimativa da demanda de carga captável pela estrada de ferro Norte-Sul. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 1750. Camilo Pereira, A. P. e Silveira, M. R. (2011) Setor aéreo regional no estado de São Paulo: o papel do estado na gestão do transporte aéreo. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 97-123.

54


Descritivo RELIT - 2011

Cardoso, C. E. P. (2011) Evolução dos tempos das viagens do modo trem na Região Metropolitana de São Paulo. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 182-191. Castro Junior, O. A. (2011) Análise comparativa da regulação dos transportes aéreos nos Estados Unidos e Brasil: breves notas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 163-174. Ciarlini, M. e Correia, A. R. (2011) Aplicação de método multicritério no planejamento de sistema de transporte rápido de massa. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 192-209. Cocco, R. G. e Silveira, M. R. (2011) Sistemas de transporte público coletivo e interações espaciais em Marília e Presidente Prudente. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 16-44. Condé, M. (2011) Estudo e previsão de demanda aeroportuária para a cidade do Rio de Janeiro. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 161-183. Correia, A. R., Niyama, L. E. e Nogueira, S. A. F. (2011) Estimativa da distribuição da demanda na região metropolitana de São Paulo com cenários de um novo aeroporto. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 44-62. Costa, E. E. S. e Ribeiro, P. C. M. (2011) Análise da legislação sobre o transporte de produtos perigosos. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 260-270. Costa, T. F. G., Lohmann, G. e Oliveira, A. V. M. (2011) Mensuração de Concentração e Identificação de Hubs no Transporte Aéreo. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 106-133. Demant, M. A. R. (2011) Infraestrutura aeroportuária e o desenvolvimento do tráfego aéreo regional no Brasil. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 124-160. Duarte, R. C. D. S., Kuwahara, N. e Silva, M. D. (2011) Possibilidades de melhorias no sistema de transporte intermunicipal: o caso da ligação aquaviária Manaus e Careiro da Várzea. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 45-63. Eller, R. A. G., Feitosa, M. V. M. e Porto, P. P. (2011) Simulation model of a baggage claim device coping with a new large aircraft (NLA). Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 63-72.

55


Descritivo RELIT - 2011

Eller, R. A. G., Sousa Junior, W. C. e Curi, M. L. C. (2011) Custos do transporte de carga no Brasil: rodoviário versus ferroviário. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 50-64. Fernandes, B. C., Galamba, F. H., Tosta, L. I. e Lima, R. S. (2011) Impactos da utilização de centros de distribuição na logística de distribuição de produtos acabados. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 163-181. Fernandes, E. e Pires, H. M. (2011) Desempenho de empresas aéreas: uma análise mundial. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 123-140. Ferreira Filho, B. A. (2011) O controle de tráfego aéreo brasileiro entre setembro de 2006 e março de 2007: a ruptura operacional, o modelo administrativo e perspectivas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 175-199. Ferreira, N. S. (2011) Estudo empírico de práticas predatórias de companhias aéreas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 89-122. Fortes, J. L. (2011) Ainda há diferença no serviço de bordo entre empresas aéreas brasileiras? Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 103-118. Fraga, R. (2011) Mercado Doméstico de Carga Aérea: Análise Descritiva e Econométrica do Setor. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 256-280. Gonçalves, J. G. T., Savastano, M. R., Santiago, M. S. e Tozi, L. A. (2011) Análise de sistema de cobrança de passagem em transporte público urbano através de leitor digital biométrico. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 154-170. Gramulha, R. (2011) Escolha do tamanho da aeronave pelas empresas aéreas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 232-239. Konishi, D. H. K., Mendes, M. S. e Tozi, L. A. (2011) Verificação do efeito da distância entre pontos de paradas de ônibus em variáveis determinantes do tempo de ciclo veicular. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 211-228. Lieggio Júnior, M., Granemann, S. R. e Souza, O. A. (2011) Proposta metodológica para escolha de transportadoras rodoviárias de produtos perigosos com enfoque em gerenciamento de riscos. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 22-43. Marinov, M., Mortimer, P. Zunder, T. e Islam, D. (2011) A steady state analysis for yard performances. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 33-49.

56


Descritivo RELIT - 2011

Marinov, M., Mortimer, P. Zunder, T. e Islam, D. (2011) Short haul rail freight services. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 136-153. Marques, A. O., Kuwahara, N. e Andrade, J. B. L. (2011) Escoamento de cargas dos APLs de frutas regionais em municípios da região metropolitana de Manaus: caso do modal aquaviário. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 65-82. Melo Filho, C. R. (2011) O custo do seguro aeronáutico e seus determinantes. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 83-96. Oliveira, D. S. e Correia, A. R. (2011) Estudo do desempenho operacional dos aeroportos brasileiros relativo ao movimento de cargas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 141-162. Pereira, E. A. e Marçal, E. F. (2011) Análise dos determinantes da oferta no setor de turismo: efeitos sobre o setor de transporte aéreo. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 184-210. Pires Jr., F. C. M. e Assis, L. F. (2011) Uma análise da importância da regulação econômica do transporte aquaviário de passageiros na Amazônia. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 51-69. Pires Jr., F. C. M., Cipriano, W. M. e Assis, L. F. (2011) Influência do país construtor no preço internacional de navios. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 4-32. Prazeres, D. L., Esteves, L. L. e Pecci Filho, R. P. (2011) Diagnosis of the Brazilian airport system and the alternatives for its privatization. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 1, pp. 229-244. Rocha, C. H. e Garcia, R. C. (2011) Tarifas máxima e mínima para as concessões de transporte: um estudo estatístico. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 4-16. Rocha, C. H., Gartner, I. R. e Cavalcante, L. R. (2011) A model of lease of port areas: a new contribution. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 4-15. Santos, F. A. B. (2011) O arrendamento de aeronaves no mercado brasileiro de transporte aéreo regular. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 210-228.

57


Descritivo RELIT - 2011

Santos, J. T. A. N., Cardoso, P. e Moita, M. H. V. (2011) Atributos de Paralisação como Indicador de Produtividade da Operação Portuária de Cabotagem em Manaus. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 70-87. Silva, A. F. e Tozi, L. A. (2011) Avaliação de modais alternativos para o transporte de combustíveis ao longo da região do rio Tietê. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 134-151. Silva, P. R. P. (2011) Análise da literatura recente dos impactos da taxação de emissões em transporte aéreo. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 229-240. Silveira, J. A., Matera, R., Nicolato, D., Brettas, D. Magalhães, F. e Filizola, A. (2011) A aviação civil brasileira no debate sobre a mudança do clima. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 3, pp. 241-255. Sousa, M. P. e Pires, H. M. (2011) Estrutura de capital de empresas aéreas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 240-259. Sousa, S. R. (2011) Análise dos efeitos de fusão entre companhias aéreas. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 2, pp. 152-162. Turolla, F. A., Lima, M. F. F. e Ohira, T. H. (2011) Políticas públicas para a melhoria da competitividade da aviação regional brasileira. Revista de Literatura dos Transportes, vol. 5, n. 4, pp. 188-231.

58


Descritivo RELIT - 2011

Anexo I – Depoimentos de Professores sobre a RELIT Os depoimentos a seguir foram extraídos de correspondências encaminhadas ao Conselho Editorial da RELIT, no início de 2011. Do Prof. Dr. Cláudio Jorge Pinto Alves, Chefe da Divisão de Engenharia Civil - Instituto Tecnológico de Aeronáutica: “A RELIT vai se transformar no principal veículo de divulgação de nossos melhores trabalhos e contribuições técnico-científicas. A qualidade do que temos lido tem me deixado gratificado. Defini como meta aos meus orientados: acompanhar suas publicações e, como desafio, participar das mesmas. A repercussão tem sido ótima! Não vai ser fácil, mas vamos fazer o melhor possível para conseguir.” Do Prof. Dr. João Carlos Soares de Mello, da Universidade Federal Fluminense, Pesquisador PQ, Nível 1D, CNPQ (Área de Engenharia de Transportes) e Líder do Grupo de Pesquisa Eficiência, Avaliação e Desempenho: “Fico contente que tenha decidido pedir a indexação da RELIT (Revista de Literatura dos Transportes) no SCIELO. De fato, embora algumas revistas aceitem artigos sobre transportes, o SCIELO não conta com nenhuma revista específica deste tema. Como as outras revistas da área de transportes não tem, ao contrário da RELIT, se mostrado estáveis, espero que a RELIT consiga suprir a lacuna existente nessa área. Devo acrescentar que gostei muito do último volume da RELIT. Não só da qualidade e diversidade dos artigos, mas também da diagramação. Boa sorte.” Do Prof. Anderson Ribeiro Correia, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica, Instituto Tecnológico de Aeronáutica e Pesquisador PQ do CNPq e Líder do Grupo de Pesquisa NEST - Núcleo de Estudos em Sistemas de Transportes: “A RELIT - Revista de Literatura dos Transportes é um veículo extremamente importante para a divulgação de artigos científicos da área de planejamento de transportes. A produção científica nacional tem crescido muito nas últimas décadas e é fundamental que o país possua bons periódicos para permitir a ampla divulgação destas pesquisas. O conteúdo on-line e irrestrito é um fator extremamente importante, assim a como velocidade nas avaliações, mantendo a boa qualidade, o que pode ser alcançado com revisores de elevado conhecimento no setor. Além de todas as boas características que a RELIT vem apresentando, soma-se o fato de que ela é uma revista vinculada à SBPT - Sociedade Brasileira de Planejamento de Transportes, o que permite a independência da revista, assim como sustentabilidade no longo prazo. Esperamos que a área de engenharia de transportes, assim como outras áreas afins, ganhem muito com este novo periódico científico.”

59


Descritivo RELIT - 2011

Da Profa. Dr. Márcia Veleda Moita, da Universidade Federal do Amazonas, Líder do Núcleo Interinstitucional de Pesquisas e Estudos em Transporte, Logística e Construção Naval na Amazônia e Presidente da SBPT (Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes): “É indiscutível que o bem-estar social e a capacidade competitiva de um sistema econômico evoluído exigem a prestação eficiente dos serviços prestados e que ofertas satisfatórias de transporte, energia e telecomunicações formam a base de sustentação as atividades do setor produtivo de qualquer Nação. Desta forma, se pensar em sistemas de transportes inovadores, altamente especializados, que utilizem novos conhecimentos, modernas tecnologias e cujos resultados contribuam para o desenvolvimento do país torna-se imprescindível. Assim, a comunidade acadêmica e cientifica brasileira cada vez mais alia esforços para promover o intercâmbio de informações e conhecimentos entre pesquisadores e professores de transportes como forma de aperfeiçoar a produção científica na área e juntamente com suas publicações, possibilitar a divulgação de trabalhos científicos em transportes como mecanismo de difusão do conhecimento no setor contribuindo na busca por soluções atendendo as demandas regionais de cada parte do Brasil. A RELIT é um instrumento fundamental para esse processo, e vem beneficiando enormemente a produtividade da comunidade acadêmica de transportes.”

60


Descritivo RELIT - 2011

Anexo II – Citações RELIT no Google Acadêmico©

Citações Revista de Literatura dos Transportes – RELIT Extração em 07 de julho de 2011 Termos de consulta: "revista de literatura dos transportes"

1.

Análise de Custos Logísticos do Transporte Aéreo Regional [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br JATG Fregnani, NS Ferreira… - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho tem por objetivo, à luz da estimação de uma função custo, verificar se empresas brasileiras de aviação regional atuantes em regiões que diferem com relação à proximidade dos centros de distribuição de querosene de aviação (QAv), apresentam diferentes ... Citado por 6 - Artigos relacionados - Todas as 4 versões

2.

Desregulação, Preços e Formação de Hubs no Transporte Aéreo: Breve Análise de um Estudo Clássico [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br NS Ferreira - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O objetivo deste trabalho é fazer uma resenha do clássico artigo "Hubs and high fares: dominance and market power in the US airline industry", de Severin Borenstein (1989). Este artigo estima a importância da dominância da rota e do aeroporto na determinação do grau de poder ... Citado por 2 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões

3.

As Consequências da Desregulamentação Econômica na Indústria do Transporte Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br FAB Santos - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho busca fazer uma breve síntese do estudo de Borenstein e Rose (2008), que analisa em detalhes as conseqüências da desregulamentação da indústria do transporte aéreo, em especial no Mercado Doméstico de Passageiros nos Estados Unidos (MDPE). Essa ... Citado por 5 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

4.

O Impacto dos Jatos Regionais no Mercado de Transporte Aéreo Norte-Americano [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br ET Kuroda - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Este estudo é baseado em um artigo intitulado Technological Innovation in the Airline Industry: The impact of Regional Jets, de autoria de Jan K. Brueckner e Vivek Pai, e visa analisar os impactos causados pelo advento dos jatos regionais (RJs) no mercado norte ... Citado por 3 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões

5.

Modelagem dos Determinantes da Escolha por Tipo de Viagem e por Destinos de Viagens Turísticas no Brasil [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br MD Vassallo, AVM Oliveira - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br O presente estudo propõe um modelo comportamental de escolha relacionado a viagens turísticas, como forma de efetuar um mapeamento microeconômico das preferências e do perfil do turista brasileiro. A partir de uma abordagem Teorométrica e utilizando uma Base de ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

61


Descritivo RELIT - 2011

6.

Regulação da Oferta no Transporte Aéreo: Do Comportamento de Operadoras em Mercados Liberalizados aos Atritos que Emergem da Interface Público-Privado [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br AVM Oliveira - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho visa investigar a forma como a oferta no transporte aéreo é dimensionada e regulada, de forma a apresentar evidências quanto aos impactos que políticas públicas – nomeadamente a Política de Flexibilização dos ... Palavras-chave desregulação econômica, apagão ... Citado por 8 - Artigos relacionados - Todas as 4 versões

7.

Estudo de Caso: Histórico e Análise Evolutiva da Trip Linhas Aéreas [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br R Fraga - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Esta pesquisa visa promover uma análise econômica da empresa a Trip Linhas Aéreas. Iniciando com a apresentação da empresa e seu histórico, um estudo evolutivo é apresentado, mostrando dados desde seu ano de criação (1998) até os últimos registros dos anuários estatísticos ... Citado por 2 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões

8.

A Alocação de Slots em Aeroportos Congestionados e suas Consequências no Poder de Mercado das Companhias Aéreas [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br AVM Oliveira - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho objetivou analisar o impacto que a dominância de recursos essenciais (essential facilities) tem sobre o poder de mercado, e, portanto, sobre a geração de vantagens competitivas das empresas detentoras dos mesmos. A partir de um arcabouço de ... Citado por 11 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

9.

Discussão das Abordagens Teóricas na Investigação de Práticas de Concorrência Predatória no Transporte Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br NS Ferreira - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br A presente pesquisa tem por objetivo fazer uma análise descritiva das abordagens teóricas acerca das principais práticas de concorrência predatória verificadas no transporte aéreo, dentro de uma abordagem antitruste tradicional. Conforme será discutido ao longo do texto, a ... Citado por 3 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

10. Uma Equação de Lucros Para Operadores de Transporte em Situações de Competição em Preços [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br AVM Oliveira - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho visa desenvolver uma equação de lucros de operadores de transporte, levando em consideração a existência de uma estrutura oligopolística, bem como a possibilidade de competição em preços. Tal arcabouço analítico pode ser considerado relevante em ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 4 versões 11. Um retrato da aviação regional no Brasil [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br H Bettini - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho busca discutir a aviação regional brasileira, por meio de uma breve revisão da literatura e uma descrição da indústria. Abrange aspectos de estrutura, oferta, demanda, conduta competitiva e desempenho das firmas, além das políticas governamentais. Visa ... Citado por 10 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 12. Distribuição de Slots em Aeroportos: A Experiência Internacional ea Concentração de Frequências de Vôo no Brasil [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br R Fraga… - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br Este artigo faz uma análise sobre a origem da limitação de slots nos aeroportos mundiais como ferramenta destinada ao controle do excesso de demanda. Parte do pressuposto que conhecer a problemática e sua história é essencial para o planejamento aeroportuário. Tal ... Citado por 5 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões

62


Descritivo RELIT - 2011

13. Investigação Antitruste de uma Aliança entre Operadoras de Transporte [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br D Lovadine - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho visa promover uma investigação antitruste de uma aliança entre duas operadoras de transporte. O caso estudado envolve uma possível prática de paralelismo de preço durante o acordo de compartilhamento de aeronaves (codeshare) entre Varig e TAM, entre março ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões

14. Formas de Regulação Econômica e suas Implicações para a Eficiência Aeroportuária [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br CR Melo Filho - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br A regulação econômica dos serviços de infraestruturas resulta da necessidade de correção das falhas de mercado, que surgem com a ausência de competição - situação característica de mercados monopolistas. Tal situação leva os operadores a prestar serviços ... Citado por 4 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 15. Modelagem e Mensuração do Nível de Emissões por Etapa de Vôo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br GM Araujo - Revista de Literatura dos Transportes, 2010 - pesquisaemtransportes.net.br O presente estudo visa estruturar a modelagem da emissão de poluentes no transporte aéreo brasileiro de acordo com as características da etapa de vôo (distância percorrida, tipo da aeronave, etc). O modelo terá foco na aviação civil no segmento de transporte de ... Citado por 2 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 16. Análise do Setor Aéreo a Partir do Estudo “Tracing the woes: An Empirical Analysis of the Airline Industry” [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br WC Costa - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O presente estudo visa efetuar uma avaliação da situação do setor aéreo norte-americano, a partir de uma análise do estudo Tracing the woes: An Empirical Analysis of the Airline Industry, de Berry e Jia (2008). Os autores descrevem que a indústria de transporte aéreo ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 17. Impactos de Atrasos nos Preços de Companhias Aéreas: Evidência Norte-Americana [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br ALD Bastos - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Atrasos de voos de companhias aéreas possuem efeito nos preços das passagens aéreas? Essa é a pergunta de pesquisa do trabalho da pesquisadora Silke Forbes, denominado The effect of air traffic delays on airline prices e publicado no International Journal of Industrial ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 18. Falências e Forte Competição de Mercado: Evidência do Transporte Aéreo nos Estados Unidos [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br C Bringhenti - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho é uma versão resumida do trabalho original apresentado por Ciliberto e Schenone (2008), onde é empiricamente testada a hipótese de que as companhias aéreas em regime de falência são o resultado de concorrência acirrada entre companhias aéreas além do ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 19. Web Pricing de Companhias Aéreas Durante uma Guerra de Preços: Onde estão os Descontos? [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br F Todesco, D Lovadine… - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br O presente artigo buscou identificar, a partir de um modelo econométrico de forma reduzida em preços, os fatores que significassem descontos nas tarifas aéreas das três companhias aéreas nacionais para seis destinos brasileiros, a partir da cidade de São Paulo. Utilizaram-se ... Citado por 2 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

63


Descritivo RELIT - 2011

20. Regulação, Políticas Setoriais, Competitividade e Formação de Preços: Considerações sobre o Transporte Aéreo no Brasil [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br LH Salgado, MD Vassallo… - … de Literatura dos …, 2010 - pesquisaemtransportes.net.br Page 1. Volume 4 Número 1 2010 pp. 7-48 Resumo Revista de Literatura dos Transportes Diretório de Pesquisas Regulação, Políticas Setoriais, Competitividade e Formação de Preços: Considerações sobre o Transporte Aéreo no Brasil ... Citado por 8 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 21. Ensaios sobre a Demanda do Transporte Aéreo Regional [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br GC Rocha - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O presente estudo visa apresentar considerações acerca do comportamento da demanda do transporte aéreo regional, a partir de uma abordagem econométrica introdutória de prospecção das relações quantitativas de consumo. Utilizando dados históricos do setor, foram ... Citado por 4 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 22. Demanda por Transporte Aéreo e seus Desdobramentos [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br FA Santos - Revista de Literatura dos Transportes, 2010 - pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho visa sintetizar conceitos básicos de demanda por transporte aéreo, como segmentação, elasticidade-preço e elasticidade-renda e previsão de demanda. Efetua, para isso, uma breve resenha de um capítulo de Holloway (2003). Adicionalmente, apresenta ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 23. Reações à Entrada de Empresas Novatas no Transporte Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br D Baum - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho efetua uma análise do estudo de Goolsbee & Syverson (2006). Os autores estudam como são respondidas as ameaças de entrantes no transporte aéreo. Foi observado, especificamente, o passageiro de transporte aéreo e as rotas usadas na evolução da ... Citado por 3 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 24. Estudo da Interação entre Produtos de Baixa Qualidade vs Produtos de Alta Qualidade no Transporte Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br R Fraga - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho consiste na resenha do recente estudo publicado pelo pesquisador Abrahan Dunn, associado à universidade de Austin, Texas – EUA. O estudo “Do low-quality products affect high-quality entry? Multiproduct firms and nonstop entry in airline markets” foi ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 25. Estudo da Mudança de Restrição de Participação de Capital Estrangeiro nas Companhias Aéreas Brasileiras [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br YT Kretzmann - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho destina-se a fornecer uma visão quantitativa das conseqüências diretas de uma potencial mudança de restrição de capital estrangeiro no contexto brasileiro. Para tanto, foram analisados os cenários e contextos de algumas nações que passaram por mudanças em ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 26. Análise Econométrica Estrutural da Conduta Competitiva: Estudo de Caso do Transporte Aéreo Pós-Liberalização [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br D Lovadine - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O objetivo da presente pesquisa é estudar a conduta competitiva das companhias aéreas brasileiras nas principais ligações do país, utilizando modelagem teórica e estimação paramétrica. A metodologia consiste no desenvolvimento de um modelo empírico de oferta e demanda que permita a ... Citado por 8 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

64


Descritivo RELIT - 2011

27. O Mercado de “Slots” ea Concessão de Aeroportos à Iniciativa Privada: Caminhos Possíveis para o Setor Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br LN Silva - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br A interação entre regulação e concorrência em setores regulados permanece como uma dos temas mais instigantes do direito econômico. Tendo em conta essa complexa interação, o artigo pretende debater caminhos possíveis para o setor aéreo. Evidenciando, no mercado ... Citado por 4 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 28. A Gol ainda é uma Empresa Low-Fare? [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br H Amorim - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho tem como objetivo analisar a situação da empresa aérea brasileira Gol dentro das classificações de mercado para o setor. Foi fundamentado em duas análises principais, a saber, dados de mercado e dados oriundos do modelo empírico. Por meio ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 29. Custos no Transporte Aéreo: Determinantes e Modelos [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br JR Barros Jr - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br O presente estudo efetua um apanhado de conceituações e classificações de custos no transporte aéreo, com foco na análise descritiva do livro de Holloway (2003). Aborda os fatores influentes nos custos, a concepção e funcionamento de um sistema operativo, gerenciamento e ... Citado por 2 - Artigos relacionados - Todas as 2 versões 30. A Experiência Internacional na Desregulação Econômica do Transporte Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br NS Ferreira, G Barragan… - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br Este trabalho tem por objetivo descrever a evolução do marco regulatório para o transporte aéreo de passageiros - considerando Estados Unidos, Europa, Canadá, México, Chile, Índia e Austrália - e analisar os impactos do processo de desregulamentação na estrutura do mercado, ... Citado por 3 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 31. Ruídos e Emissões no Transporte Aéreo [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br A Bastos, DP Dias, D Baum - Revista de Literatura dos Transportes - pesquisaemtransportes.net.br A economia de um país pode ser alavancada por um crescimento em seu tráfego aéreo, no entanto, podemos observar um impacto negativo deste modal ao meio ambiente, devido aos ruídos e emissões gerados pelas aeronaves. Este trabalho visa apresentar como alguns ... Citado por 7 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões 32. Simulação de Fusão com Variações de Qualidade no Produto das Firmas: Aplicação para o Caso do Code-Share Varig-TAM [PDF] de pesquisaemtransportes.net.br MD Vassallo - Revista de Literatura dos Transportes pesquisaemtransportes.net.br O presente trabalho apresenta um modelo de simulação de preços pós-fusão ajustado às especificidades da indústria do transporte aéreo. O modelo aqui proposto leva em consideração características peculiares deste setor, permitindo mensurar os efeitos em preços devido a ganhos de ... Citado por 4 - Artigos relacionados - Todas as 3 versões

65


Realização

SB PT Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes

Descritivo Relit 2011  

Fatos e estatísticas relevantes da RELIT - Revista de Literatura dos Transportes

Descritivo Relit 2011  

Fatos e estatísticas relevantes da RELIT - Revista de Literatura dos Transportes