Page 1

NATÁLIA ÁVILA arquitetura

+

urbanismo


CURRÍCULO DADOS PESSOAIS nome nascimento endereço telefone

natália ávila brandão ferreira 06.02.95 | maceió, al - brazil rua marquês de são vicente, 124, apt 409 +55 79 988334432

EDUCAÇÃO 2013 - presente curso de arquitetura e urbanismo - 8o período dau puc-rio, rio de janeiro, rj - brasil 2016 intercâmbio de arquitetura ssa ccny, nova iorque, ny - eua 2006 - 2012 ensino fundamental ii e médio master aracaju, aracaju, se - brasil

CONHECIMENTO EM IDIOMAS

PORTUGUÊS língua nativa

INGLÊS fluente

ESPANHOL intermediário

FRANCÊS básico


EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS E ACADÊMICAS 2016

.8-.12

edward siegel architects estagiária | desenhos técnicos, detalhamentos, apresentações, levatamento de medidas de ambientes

.3-.7

lab. de conforto ambiental - puc-rio monitora do prof. walter teixeira | supervisão e controle da máquina heliodon

2015

.7-.12

.3-.7

aline frota design interiores estagiária | desenhos técnicos, acompanhamento de obras, desenvolvimento de projetos, levantamento de medidas de ambientes

projeto de espaço de trabalho - puc-rio monitora do prof. cadu spencer | organização, tirar dúvidas, digitar notas e enviar emails

2014

.8-.12

desenho de arquitetura 1 - puc-rio monitora do prof. raul bueno | organização, tirar dúvidas, correção dos trabalhos dos alunos

HABILIDADES AutoCAD Photoshop SketchUp Illustrator

OUTRAS EXPERIÊNCIAS .7.2016

semana do meio ambiente

puc-rio

Desenho à mão InDesign

.6.2015

V-Ray

viagem acadêmica à buenos aires

Excel

profs. ernani freire and joão calafate

Revit


PORTFÓLIO 1. HIS PORTO, RIO DE JANEIRO, RJ

2. ESPAÇO SAGRADO, ILHA HART, NOVA IORQUE, NY

! !""

3. CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE, RIO DE JANEIRO, RJ

4. MIDIATECA, CENTRO, RIO DE JANEIRO, RJ

!

"

#

$

!"#$"%"&'()*#)'"+&,&-.(/0


HIS PORTO

gamboa, rio de janeiro, rj natรกlia รกvila, camila rodriguez, beatriz mello


HIS PORTO

A habitação social provém de um subsídio financeiro do governo para uma população de baixa renda que, por 20 anos, deve pagar uma parcela de seu salário (já muito pequeno) para ter sua casa própria. Mas o acesso à moradia, direito de todos os cidadãos, não resolve o quadro da pobreza; não muda o status quo dessas famílias. Partindo desse raciocínio, vimos a oportunidade para o edifício e seus moradores: um Mercado, com lojas, quiosques e restaurantes, no térreo da construção, que suprirá as necessidades dos habitantes e lhes dará lucros revertidos ao condomínio. o projeto também conta com um curso profissionalizante, uma creche e centro de recreação para idosos. para diminuir ainda mais os custos, exite uma horta comunitária, os telhados e pisos captam água da chuva, e toda a energia necessária é produzida por placas solares localizadas na cobertura de três galpões da Cidade do Samba. Com despesas reduzidas, oportunidades de qualificação profissional e vagas próximas, prevê-se que o público de baixa renda ao qual o conjunto habitacional se destina à priori, consiga crescer, tornando-se autossuficiente em relação aos subsídios governamentais e experiencie uma mudança em qualidade de vida.


HIS PORTO

1 quarto 2 quartos 3 quartos circulação creche/c. rec. idosos quiosques/restaurantes módulo horta


HIS PORTO térreo


HIS PORTO 1o pavimento


HIS PORTO 2o pavimento


HIS PORTO 1 quarto 1 mรณdulo estrutural

giro cadeira de rodas


HIS PORTO 2 quartos 1 1/2 mรณdulo estrutural


HIS PORTO 3 QUARTOS 2 mรณdulos estruturais


HIS PORTO

fachada oeste

corte


ESPAร‡O SAGRADO

ilha hart, bronx, nova iorque, ny natรกlia รกvila


ESPAÇO SAGRADO

a ilha hart, localizada no bronx, em nova iorque, é uma propriedade do governo que abrigou sanatórios, instalações militares, reformatórios, quarentenas, prisões, e asilos. porém sua principal função é de servir como cemitério principalmete para indigentes e pessoas sem recursos financeiros. Para fazer o espaço sagrado, Pesquisei sobre as teorias de inferno e céu e o que eles significam para muitas religiões após a morte, decidi criar uma experiência para os visitantes. Muitos acreditam que o inferno está abaixo da Terra, um lugar escuro e que traz medo. O céu, por outro lado, é conhecido como um paraíso, onde os bons vão depois da morte, onde encontrarão felicidade e paz. Então, eu decidi começar o caminho em um espaço subterrâneo, um lugar escuro, que remete ao "inferno" que muitas pessoas viviam na ilha Hart, ou até mesmo antes de chegar lá. o caminho se torna mais iluminado à medida que continua, subindo ao redor da montanha,soltando-se dela, e circulando até atingir o ponto mais alto. este encontra-se acima das árvores e tem uma vista do oceano, referindo-se ao céu.


ESPAÇO SAGRADO

planta baixa espaço sagrado

corte rampa

corte subterrâneo


ESPAÇO SAGRADO

fachada sudoeste


ESPAÇO SAGRADO

planta baixa quartos

fachada oeste quartos


ESPAÇO SAGRADO


ESPAÇO SAGRADO

planta baixa quartos

corte quartos


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE

! !""

!

"

#

$

!"#$"%"&'()*#)'"+&,&-.(/0

saúde, rio de janeiro, rj natália ávila, diogo guedes, taissa assis


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE

A Pedra do Sal pode ser considerada como o nú- cleo simbólico da região de especial importância para cultura negra carioca e o nascimento do samba no Rio de Janeiro. A história do local é tão rica, que poderia ser ainda mais difundida com a existência de um espaço que explorasse tanto a roda de samba quanto a sua história, nascendo assim o Centro Cultural do Samba da Saúde. A Rua São Francisco da Prainha, onde o projeto se localiza, possui diferentes fluxos e usos ao longo do dia e noite. A rua de paralelepípedos é durante o dia calma, essencialmente residencial, com fluxo de pedestres e carros. Durante a noite, o samba “invade” o espaço, e ela se torna agitada, singularmente caracterizada pelo fluxo intenso e restrito de pedestres que dançam, comem e bebem envolvendo e contemplando a roda de samba. Os sobrados portugueses da zona preservam a história local e quatro deles foram escolhidos para serem revitalizados e se tornarem o Centro proposto. A intenção é trazer o clima informal do samba através da preservação do an go em conjunto com o contemporâneo. Pela restauração da fachada e requali cação do seu interior, agora dinâmico, o programa é distribuído em quatro andares que se intercalam de lados opostos, criando um vazio no centro para o acontecimento das rodas de samba. além disso, o projeto inclui um bar/cafereria, salas de dança e de música, um espaço multifucional, e um “quintal”, onde o samba historicamente começou, e onde a festa acontece.


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE

! !""

planta de situação

!"#$%#&'(&)$%*+$*


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE

! !""

! " #$%&' &

()*&+,-#*./01/"&2*&3#*0.4*

corte 1

!

"

! !""

#

$


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE

! !""

!"#$%&'&

corte 2 !

"

! !"" #

$


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAÚDE

! !""

!"#$%&'&

corte 3 !

"

#

! !""

$


CENTRO CULTURAL DO SAMBA DA SAĂšDE

detalhe construtivo do telhado


MIDIATECA

centro, rio de janeiro, rj natรกlia รกvila, larissa geisel


MIDIATECA

O programa foi desenvolvido com foco na existência de oficinas variadas para atender a diversidade do conceito de mídia, e promover a atração da população para a midiateca através da participação na produção das mesmas. Dessa forma, é pretendido que além de possibilitar o acesso às mídias, o projeto gere maior interesse e envolvimento dos usuários a partir de suas próprias criações. A partir das oficinas de artes, música, fotografia e teatro, além da existência de estúdios acústico e fotográfico, a midiateca se torna um lugar de maior interação e troca de experiências entre os indivíduos, difundindo conhecimentos práticos diversificados. destinamos uma área expositiva às criações desenvolvidas no local pelos próprios usuários da midiateca, e nãoapenas a artistas profissionais, bem como a utilização do teatro para apresentações e ensaios dos próprios alunos. A partir da intenção de gerar uma circulação que ligasse as ruas através do terreno propiciando uma experiência diferenciada e convidativa para a midiateca, dividimos o programa em duas volu

metrias a nível térreo, uma destinada às oficinas e outra ao teatro e áreas de apoio, interligadas por uma praça, e uma terceira conectando-as no segundo pavimento, que seria a área destinada aos acervos, espaços de leitura, salas de exibição de filmes entre outras funcionalidades. Esta praça se trata do espaço central do projeto, sendo um local tanto de passagem quanto de permanência, onde ocorreriam exposições protegidas pela cobertura. O projeto conta com arquibancadas que se tratam de um desdobramento gradual do nível da rua, utilizadas também como circulação para o segundo pavimento, através de degraus intermediários. Neste, se configura um grande mezanino direcionado à praça central e às arquibancadas, de forma que os usuários quando ali sentados se sintam imersos no universo das mídias antes mesmo de ter entrado na construção gerando curiosidade. As arquibancadas teriam em sua maior parte visão para as oficinas, as quais possuem paredes de vidro para utilização de iluminação natural, e possibilidade de expor a produção através do vidro.


MIDIATECA

planta de situação


MIDIATECA

planta baixa térreo


MIDIATECA

planta baixa 1o pavimento


MIDIATECA

estrutura

corte a

corte c


MIDIATECA

fachada norte

fachada sul


MIDIATECA

fachada leste

corte b


MAQUETES

projeto 3 | galeria e ateliês pvc, ps, acrílico, mdf pintado escala 1:100 natália ávila, julia estellita


MAQUETES

projeto 3 | galeria e ateliês pvc, ps escala 1:200 natália ávila, julia estellita


MAQUETES

127 house | h architects mdf pintado, laminado de madeira, balsa, ps, acrílico, pvc escala 1:50 natália ávila, cristiana villela


MAQUETES

127 house | h architects ps, pvc, mdf pintado escala 1:200 natรกlia รกvila, cristiana villela


MAQUETES

centro cultural do samba da saúde acrílico, ps, pvc, mdf escala 1:100 natália ávila, taissa assis, diogo guedes


MAQUETES

centro cultural do samba da saúde acrílico, ps, pvc, mdf escala 1:100 natália ávila, taissa assis, diogo guedes


MAQUETES

habitação de interesse social porto papel paraná, triplex, mdf pintado escala 1:200 natália ávila, beatriz mello, camila rodriguez

NATÁLIA ÁVILA | CV + PORTFOLIO  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you