Page 1

e m

re v i s t a

Deborah secco

com filme "boa sorte", a atriz dá o primeiro passo para uma nova carreira

Colômbia Turismo por fazendas de café na Cordilheira Central dos Andes Goiânia Novo voo da Avianca conecta o Cerrado com o Brasil São Paulo E se o elevado do Minhocão virasse um parque?


presidente palavra do presidente

Quality Certificate

atestado de qualidade

Avianca has collected good news over the last period – the 310% growth in three years, the increase in offering new destinations and the renewal of the fleet with modern Airbus – but one of them in particular, gives us great pride: we are now part of the select group of the top ten customer service companies in Brazil, according to the ranking of the Iberian-American Institute of Relationship with the Client (Instituto Ibero-Americano de Relacionamento com o Cliente) IBRC/Exame Magazine, that is responsible for performing the most complete study on this theme, with great credibility. Its researchers rate the best companies among the 100 finalists in different sections, evaluating them with technical criteria. Avianca that used to be ranked at 15th is now at 8th. Since the beginning of its operations in Brazil, Avianca has stablished a clear goal: to offer the best service in the national airline sector, in order to become the most cherished company among its clients. In 2010, we had the undeniable proof that we were right on this strategy when we won Best Service in Airline Sector IBRC/Exame, for the first time. From that time on, Avianca has received the prize more three times, which reinforced our will of not only maintaining these patterns, but also improving them even more. As the researchers from IBRC highlight, the companies with the best services innovate, to comply with the clients’ wishes, and deliver what they have promised – a model that suits Avianca’s business strategy. By offering the best in-flight service and care by a highly trained team, that carries out its duties with great competence, besides being punctual and safe. We changed the act of traveling into a unique and pleasant experience, what is showed with the IBRC’s ranking results. The Exame magazine highlights that the level of demands from the customers have been increasing progressively, thanks to the open channels of critique and demands, such as the social networks or video websites, what becomes a bigger challenge for the companies to maintain its degree of satisfaction. Well evaluated companies may lose their position if they are stagnated in their strategies. That is why we are so proud of the fact that we have moved up so many positions on the IBRC/Exame ranking. If highly demanding clients give Avianca better positions, it shows that we are moving forward on the right track. Therefore, the only thing left for us to do is to show you our gratitude for your preference. Thank you so much!

Entre as boas notícias que a Avianca vem colecionando no último período - como o crescimento de 310% em três anos, o aumento da oferta de destinos e a renovação da frota com modernos Airbus - uma delas, particularmente, enche-nos de orgulho: passamos a integrar o seleto grupo das dez melhores empresas em atendimento no Brasil, segundo o ranking do Instituto Ibero-Americano de Relacionamento com o Cliente (IBRC)/Revista Exame, que realiza o mais completo estudo sobre esse tema, com grande credibilidade. Seus pesquisadores classificam as melhores empresas entre 100 finalistas de diversos setores, avaliando-as com critérios técnicos. A Avianca, que já ocupava o 15º posto deste ranking, saltou para 8º. Desde o início de suas operações no Brasil, a Avianca estabeleceu uma meta clara: oferecer o melhor serviço e atendimento do setor aéreo nacional, para tornar-se a empresa mais querida entre seus clientes. Em 2010, tivemos a comprovação indiscutível do acerto desta estratégia, ao recebermos, pela primeira vez, o prêmio de Melhor Atendimento do Setor Aéreo IBRC/Exame. De lá para cá, a Avianca recebeu o prêmio, novamente, mais três vezes, o que reforçou nossa vontade de não só manter esses padrões, como de aprimorá-los ainda mais. Conforme destacam os pesquisadores do IBRC, as empresas com melhor atendimento inovam para satisfazer os desejos dos seus clientes e cumprem o prometido - um modelo no qual se encaixa a estratégia de negócios da Avianca. Ao oferecer o melhor serviço de bordo e o melhor atendimento, com uma equipe altamente treinada, que desempenha suas tarefas com grande competência, além de ter pontualidade e segurança, tornamos o ato de viajar uma experiência única e prazerosa, o que se atesta pelo resultado do ranking do IBRC. A Revista Exame ressalta que o nível de exigência dos consumidores vem aumentando progressivamente, graças a canais abertos para críticas e demandas, como as redes sociais ou os websites de vídeos, o que se torna um desafio maior para as empresas manterem seu grau de satisfação. Empresas muito bem avaliadas podem cair de posição se estagnarem suas estratégias. Por isso, o fato de avançarmos vários lugares no ranking IBRC/Exame é ainda maior motivo de orgulho. Se clientes mais exigentes conferem à Avianca posições ainda melhores, é sinal de que avançamos no caminho certo. Portanto, só nos resta agradecer por esta preferência. Muito obrigado! Boa viagem e excelente leitura!

Have a nice trip and an excellent reading! José Efromovich President

8 · SET.14

avianca em revista

José Efromovich Presidente


slide

VOos para campo grande - S達o Paulo (GRU) - 06:15 >> 09:50 - avianca.com.br


bonito mato grosso do sul

FotoAndréVanzin

A Lagoa Misteriosa esconde sua profundidade. Quem mergulha ou faz flutuação dificilmente disfarça o susto que leva ao olhar a imensidão cristalina, os paredões de rocha vertical, a nascente borbulhante por onde brota água e os pequenos lambaris que brilham sob efeito do sol. Localizada em uma dolina - depressão criada quando o solo desaba -, permite fazer flutuação com máscara e snorkel ou mergulho com cilindro.


sumário setembro de 2014 • edição #50

64

front

deborah secco

20 36

economia

De onde virá o próximo apagão?

cult

Filme “Rio, Eu Te Amo” apresenta a cidade maravilhosa ao mundo

80

Sabores

86

especial

Segredos da culinária do chef Tsuyoshi Murakami

Manoel Belem quer morar em Marte

38 biografia

56

tutinha

isabella fiorentino colômbia

O presidente da Jovem Pan “só” bate fora da caixa

Entrevista com a top e consultora do programa Esquadrão da Moda

12 · SET.14

fashion

avianca em revista

70

turismo internacional

Viagem aos cafezais ensina a arte de encontrar os melhores grãos

88 hot spot

goiânia Dicas para curtir um fim de semana no Cerrado

avianca.com.br


Uma das coisas mais importantes da sua viagem: com quem você vai.

Conte com quem mais entende de aluguel de carros na América Latina para viajar com mais conforto e tranquilidade. Tarifas de acordo com a sua necessidade, em até 10X sem juros.* ReseRvas 24h

0800 979 2000 www.localiza.com

* Pagamento à vista ou em até 10x sem juros nos cartões de crédito American Express, Visa, Mastercard, Diners Club International e Elo emitidos no Brasil, exceto cartões Corporate. avianca em revista

set.14

· 13


editorial

infinitos destinos

D

eborah Secco é forte e serena. A atriz nos recebeu no seu apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para a produção da foto de capa desta edição. Em um bate-papo descontraído, relembrou os principais momentos da sua carreira, apontando alguns fatos que não aconteceriam novamente, caso uma máquina a fizesse voltar no tempo. Mas não existe clima de arrependimento. Aos 34 anos, a atriz assume as rédeas da carreira e prepara-se para estrear o filme “Boa Sorte”, em novembro. No papel de Judite, protagonista viciada em drogas e portadora de HIV, ela dá o primeiro passo rumo à artista que busca ser. Para nosso destino internacional, fizemos uma viagem pelas fazendas de café da Colômbia para aprender a arte de identificar os melhores grãos. Localizada na Cordilheira Central dos Andes, a região é conhecida como triângulo cafeeiro e reúne as cidades de Pereira, Manizales e Armênia. Após provar muitos - mas muitos cafés de diferentes variedades e níveis de acidez, voltamos um pouco mais especialistas no assunto. A uma hora de voo da capital Bogotá, dá pra passar uma semana entre cafezais, vulcões, águas termais, cachoeiras e um clima de interior em pequenas cidades que mais parecem cenário de novela das 6. De volta ao Brasil, comemoramos o voo inaugural da Avianca para Goiânia, partindo diariamente de São Paulo e Brasília. Planejada na década de 30, a cidade mescla o clima cosmopolita dos negócios com o jeito de receber bem do goiano. Ruas arborizadas, parques urbanos,

bons bares e restaurantes levaram a cidade a receber cada vez mais eventos e congressos. Para quem for curtir um fim de semana na capital do Cerrado, reunimos as melhores dicas para tomar um bom café e uma boa cerveja, aproveitar um dia ao ar livre e descansar em uma cama que abraça. Quem acha que já viajou por todo o mundo e coleciona carimbos de diferentes nacionalidades, pode se interessar pelo destino para o qual o paulistano Manoel Belem está planejando ir. Ele é um dos pré-selecionados pelo projeto Mars One, cuja missão é iniciar um processo de colonização em Marte a partir de 2024. Se tudo der certo, Belem embarcará nessa viagem com um bilhete só de ida. Quem ficar no planeta, pode sonhar com o dia em que o Elevado Costa e Silva, mais conhecido como Minhocão, em São Paulo, será um parque urbano colorindo a paisagem. O artista plástico Felipe Morozini contou sobre seu projeto de transformar a área central de São Paulo e como é morar com vista para o enorme elevado de 3,4 quilômetros de extensão. Mas, enquanto nem Marte nem o parque do Minhocão são uma realidade, vamos viajar muito porque o mundo é finito, mas o céu não é mais o limite. Boa viagem e até a próxima! Fredy Campos redacao@aviancaemrevista.com.br

Igreja em Filândia, na Colômbia

14 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 15


we

Avianca

envie sua foto para

redacao@aviancaemrevista.com.br

ou utilize o instagram

#aviancaemrevista

Evandro Freitas

Robert Martins e Ivani Silveira Maceió para Salvador

Larissa e Guilherme Krause Kersten Campo Grande para Curitiba

Brittany e Karen Rinker Rio de Janeiro para São Paulo

Comissários Josmar Resende e Sarah Melo

Geraldo Santana Brasília para Rio de Janeiro

16 · SET.14

avianca em revista

Gabriel de Carvalho Gargioni São Paulo para Rio de Janeiro

Daniel e Beatriz Rio de Janeiro para Fortaleza

Jaime Dias de Figueiredo Neto

Cão Davi - Foto Beatriz Midena

Neide Dutra e Beatriz Dutra Pedro Henrique, Mariana e Debora Tauil São Paulo para Rio de Janeiro Porto Velho para São Paulo

avianca.com.br


bastidores

Alê Duprat, Deborah Secco, Ale de Souza, Pedro Moreira, Tati Greco, Camila Balthazar e Julia Moura

18 · SET.14

avianca em revista

O almoço de domingo é sagrado para a família de Deborah Secco. Ou quase. No dia agendado para a foto e entrevista para a matéria de capa, a atriz remarcou seu compromisso para a noite e recebeu toda a equipe para um café da manhã em seu apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A anfitriã falou sobre a forte relação com a família, o que espera do seu trabalho para o futuro e a busca incansável por seu príncipe encantado. Fotografia e beleza de Ale de Souza, assistente de beleza Pedro Moreira, stylist Alê Duprat e produção de moda com Renato Telles.

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 19


economia

Um milhão pelo próximo apagão shutterstock

PORFABIOKANCZUK

D

e onde virá o próximo problema? Essa é geralmente uma ótima questão para se ter sempre na cabeça para não ser pego desprevenido, mas que, no presente momento, não merece muita atenção. Meu tio-avô Isaque me ligou essa semana. Depois daquela parte inicial da conversa, do "como vai seu pai?" e do "meu joelho está cada vez pior", chegamos ao motivo do telefonema. Tio Isaque: Pois é, Fabinho. Estou preocupado com o próximo apagão. Não sei o que fazer, como me preparar. Tenho dormido muito mal pensando nisso. Você pode me ajudar? Eu: Caramba, tio. Não aguento mais falar de futebol. Faz um mês que todos os artigos de jornal e revista são sobre isso. Todos os colunistas, economistas e críticos de cinema palpitando sobre o assunto. Tio Isaque: Não, Fabinho. Não quero falar sobre isso. Se fosse para falar disso eu ligava para outro sobrinho. Você é o craque da economia. Eu quero saber do próximo apagão econômico. Vai ser falta de energia? Ou de água? Ou de portos? Aeroportos? Já sei! Telefone? Ou de médicos? Vegetais? O que devo fazer para me proteger?

Fabio Kanczuk é engenheiro pelo ITA, PhD em Economia pela UCLA com pós-doutorado em Harvard, além de professor titular do departamento de Economia da USP

20 · SET.14

avianca em revista

Eu: Hmmm... Difícil, essa. Não sei. Essa é minha resposta mais honesta. Não tenho ideia. Tio Isaque: Mas como não? Em que você fica pensando? Nos ovos do galo? Onde é

que a demanda está crescendo muito? Eu: Esse é o problema, tio. A economia está tão fraca, o crescimento tão baixo, que a demanda está baixa para todos os produtos. O problema do Brasil nesse momento é outro. Estamos numa situação de recessão, de crescimento negativo. Enquanto estivermos assim, não vai haver apagão de nada. Na verdade, a situação é oposta. Excesso de oferta. O problema é se você tiver algum produto para vender. Daí não vai conseguir comprador. Nesse tipo de situação, o que se espera é que a inflação comece a cair. A situação também é relevante no mercado de trabalho (não que você se preocupe com isso, mas meu leitor, sim). Se você estiver contratando, vai começar a encontrar gente boa, disponível por aí. E, na ponta oposta, se você quiser um emprego, ofertando suas horas de trabalho, vai estar em grande dificuldade. O melhor é não ser demitido agora. Eu, ainda mais uma vez: Concluindo, o problema de apagão só vai voltar a aparecer quando voltarmos a crescer. Por enquanto, não precisa se preocupar com isso. Tio Isaque: Está bem. Entendi. A situação está tão ruim que não tem apagão. Ótimo. Você sempre encontra um jeito de me deixar ainda mais chateado. Tio Isaque, de novo, agora animado: Por sinal, lembra quando jogávamos bola? Você ficava no gol e eu chutava. Lembra que você chorava quando eu fazia gols de trivela?

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 21


marketing e publicidade

Propaganda que PORAdonisAlonso

provoca

A

Duloren já tem encontro marcado com a próxima polêmica. Será em dezembro, quando lança sua campanha de final de ano. Um intervalo de seis meses desde que o anúncio do Dia dos Namorados, “Eu me amo”, sugerindo masturbação feminina, chegou ao Conar.

a lembrança da marca às alturas. Cada campanha provoca, além de aplausos e elogios, também uma enxurrada de reclamações. A freira de lingerie, que faz a estátua do Cristo Redentor tapar os olhos, estabeleceu a guerra entre a Igreja e a marca.

Aliás, nos últimos cinco anos, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária registrou um aumento de 83 para 135 nos processos abertos a pedido de consumidores. E a Duloren contribuiu muito com esse crescimento.

Dercy Gonçalves, com mais de 90 anos, foi fotografada de lingerie vermelha. Roberta Close, Bruna Surfistinha e Jorginho Guinle também foram personagens da marca. O resultado, entretanto, é que a Duloren se tornou, nesses 20 anos, a segunda maior fabricante do setor. Todo mês vende mais de 1 milhão e 200 mil peças.

No começo dos anos de 1990, inspirada no sucesso mundial da campanha “United Colors of Benetton”, com imagens polêmicas do fotógrafo italiano Oliviero Toscani, a Duloren adotou estratégia parecida. Desde então, o tema “Você não imagina do que uma Duloren é capaz” embala sua agressiva campanha de marketing. Adonis Alonso é jornalista, coordenador de Conteúdo do Fórum de Marketing Empresarial e Prêmio Lide, e autor do livro “Meus Amigos Publicitários”

22 · SET.14

avianca em revista

Provocantes, os anúncios com imagens de conotação sensual, muitos deles estrelados por celebridades, levaram

O marketing polêmico, criado na sede carioca da Young & Rubicam, ainda é o principal ingrediente da estratégia, agora desenvolvida pela agência X-Tudo, também do Rio de Janeiro. A exposição da marca através de mídia espontânea cresce e, muitas vezes, ou quase sempre, supera a veiculação do anúncio pago. Uma estratégia de resultado. Com muita provocação.

avianca.com.br


mundo digital

Previsão de muitas

nuvens

por Silvia CamargHo

S

shutterstock

e você acha que essa história de nuvem ainda está envolta em uma nuvem de mistérios, não está sozinho. O conceito de computação em nuvem (cloud computing), um dos mais importantes avanços da atualidade, popularizou-se muito rapidamente e se estendeu ao uso pessoal na mesma velocidade em que foi adotado pela área de tecnologia das empresas. O termo refere-se à utilização da memória e capacidade de armazenamento de computadores e servidores compartilhados e interligados por meio da internet. Os seus arquivos não ficam mais no seu computador, smartphone ou mesmo nos servidores da sua empresa. Eles ficam na nuvem. A grande vantagem é que os dados armazenados podem ser acessados de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora, não havendo necessidade de instalação de programas específicos. O acesso é remoto, pela internet e a partir de qualquer dispositivo, independentemente de plataforma. Isso se tornou um negócio muito atrativo e competitivo. Os principais players estão dispostos a lhe conceder bastante espaço gratuito para lhe ter como usuário do seu serviço e cobrar futuramente por espaço adicional. As grandes corporações, entre as quais Apple, Google, Amazon e Microsoft, estão famintas pelas fotos da sua última viagem, do batizado do seu sobrinho, pelas suas planilhas domésticas e receitas favoritas. Afinal, uma vez que todos os seus arquivos já estão lá, você não quer nem pensar no trabalho que uma mudança traria e não lhe restará alternativa se não pagar pela facilidade e por alguns gigas de memória adicional.

Silvia Camargho é diretora de marketing na empresa JHSF e apaixonada pelas transformações de um mundo cada vez mais digital

24 · SET.14

avianca em revista

Se você é um “applemaníaco” ou tem um iPhone, é bastante provável que já esteja usando o serviço de nuvem da Apple, o iCloud. Quase natural tamanha a integração oferecida, principalmente

se você tem mais de um equipamento da marca em sincronia. A Apple, seguindo os seus principais concorrentes, deve anunciar em seu próximo evento a redução de seus preços para armazenamento. Já o Google acaba de atualizar a sua funcionalidade de e-mail (Gmail) para aplicativos móveis. Isso irá facilitar ainda mais a sua integração com o Google Drive, o serviço de nuvem Google. Nunca foi tão fácil editar, compartilhar e armazenar arquivos com segurança, total mobilidade e preços reduzidos. Um plano para armazenamento de 1 Terabyte (igual a 1.024GB) custa apenas 10 dólares. Já a Microsoft está dando os mesmos 1 Terabyte de graça para os usuários do Office 365, cuja licença de uso, esta sim, é paga. Já no Hotmail, que é gratuito, a Microsoft fornece no seu serviço de armazenamento Onedrive, 15 GB gratuitos, três vezes mais que a capacidade oferecida gratuitamente pela Amazon. Conhecida como e-commerce de livros, a Amazon se tornou um player importante no competitivo horizonte da computação na nuvem, com planos pagos a partir de 20GB. Agora, se você tem um Firephone, a marca de smartphones da Amazon, o armazenamento de fotos tiradas com ele é ilimitada. Está valendo quase tudo para aprisioná-lo nesta ou naquela nuvem, certamente de olho na evolução de aplicativos e usos ainda por vir que, junto, trazem novas oportunidades de negócio. O melhor disso tudo é que perder arquivos, fotos inestimáveis de momentos únicos, daquela viagem, o currículo que você acabou de atualizar, nunca mais. Só depende de você escolher uma nuvem pra chamar de sua e salvar todos os seus arquivos, que muitas vezes estão espalhados em diferentes dispositivos, pen drives, computador do trabalho e até velhos disquetes. Seja um bom guardião das suas memórias e documentos. Depois não adianta chorar. Faça uma ótima viagem entre nuvens tranquilas.

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 25


saúde

Queda de cabelo

na gestação

shutterstock

por Dra.AndreaGodoy

D

izem que ser mãe é padecer no paraíso. Quando o assunto é queda de cabelos, isso é particularmente verdade. Porém, existem medidas simples que podem tornar esse problema uma coisa passageira e muito menos perceptível. Confira as dicas para saber como ter cabelos fortes e saudáveis durante e após a gestação. Uma das queixas femininas mais comuns após o parto está relacionada à queda de cabelos. Esta condição é temporária. Em geral, inicia quatro meses após o parto e pode durar até um ano. Apesar de ser uma coisa absolutamente normal, isso ocorre devido à diminuição dos níveis do hormônio estrógeno, o que gera ansiedade, insatisfação com o aspecto estético, assim como certo desconforto social. Se o incômodo for grande e a paciência curta, existem algumas atitudes que podem ser tomadas para minimizar o tempo da espera e ainda conferir um cabelo vindouro de melhor qualidade.

Dra. Andrea Godoy é médica dermatologista, membro efetivo da SBD - CRM 97673

26 · SET.14

avianca em revista

Comece evitando xampus do tipo “2 em 1”, que contêm função simultânea de condicionador, já que esses dão aos cabelos um aspecto pesado e sem movimento. Prefira os que aumentam o volume, pois possuem, na sua formulação, ingredientes semelhantes aos da proteína estrutural dos fios, que aderem na cutícula e deixam o cabelo mais

volumoso e cheio. Quando chegar a hora do uso do condicionador, siga a mesma regra e evite os que trazem no rótulo termos como: “condicionamento intensivo”, “reparação total” ou mesmo “para cabelos tingidos ou descoloridos”, pois esses acumulam partículas oleosas ou muito pesadas. Opte por aqueles do tipo “para cabelos finos” e aplique somente no comprimento e pontas para poupar o couro cabeludo. Não existe uma marca nem um componente perfeito ou ideal, logo, testar com cautela e procurar com atenção é garantia de encontrar um bom produto. Outra dica interessante é mudar o corte, mas não porque isso fortalece. Cabelo não é planta e não é a sua “poda” que lhe confere crescimento e vitalidade. Remover partes danificadas ou ressecadas resulta na obtenção de fios íntegros e em melhor estado. Tenha o cuidado de não fazer uma opção de estilo que dê trabalho e muita manutenção, pois sua prioridade no pósparto é cuidar de uma criança. Vale lembrar que muitas podem ser as causas da queda de cabelo. Se, mesmo após o período referido, o problema de queda persistir, faça uma visita ao dermatologista de sua confiança. O médico irá solicitar exames laboratoriais para a investigação e solução de seu caso. Cuide-se bem e viva melhor!

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 27


Por tatiane greco

Na livraria

radar

Extraterrestres: Onde eles estão e como a ciência tenta encontrá-los Autor: Salvador Nogueira

Estamos sós no Universo? O jornalista Salvador Nogueira retrata os avanços históricos dessa busca por seres de outros planetas, abordando uma questão essencial: quem seriam os alienígenas? Além disso, a publicação dedica um espaço ao histórico de avistamentos de OVNIs no Brasil e no exterior, além de investigar alegações feitas por teóricos da conspiração de alguns governos que teriam o poder de informações sobre ETs.

Filha da Ilusão Autora: Teri Brown

Reviravoltas, suspense e muita ação permeiam este romance que reúne elementos históricos da era do Jazz e da Nova York dos anos de 1920, época da febre do ilusionismo e da ascensão de diversos expoentes, entre os quais Harry Houdini, charlatões e estudos sobre o espiritismo. Na trama, uma sociedade secreta estuda poderes extraordinários como os da adolescente Anna, que se envolve em mistérios e perigos na busca por sua identidade e conhecimentos sobre o espírito.

28 · SET.14

avianca em revista

Miley Cyrus, She can't stop: Uma Biografia

Diário da Cozinheira Viagens, memórias e receitas

Autora: Sarah Oliver

Autora: Carla Pernambuco

A autora relata todos os momentos da vida de Miley Cyrus, desde sua infância no Tennessee até as polêmicas de sua recente turnê Bangerz. Apoiada em declarações da cantora e de seus parentes, Sarah conta como foi para Cyrus crescer sendo filha de Billy Ray, o bullying que sofria na escola, os altos e baixos de sua carreira, relacionamentos e o fato de ter se tornado multimilionária aos 15 anos.

A obra é um diário de bordo gastronômico recheado de receitas, boas histórias e memórias de lugares como Turquia, Inglaterra, França, Rússia, Holanda, Portugal, Espanha, Caribe, Nova York e várias cidades latino-americanas. A chef Carla Pernambuco nos empresta seu olhar em um passeio onde ingredientes e culturas são os grandes protagonistas.

avianca.com.br


na agenda Superação por meio da dança

Exposição Cores a Serviço da Arte

O grupo de dança “Chega de Saudade” leva sua terceira montagem a São Paulo. São 50 bailarinos não profissionais que dividem suas histórias de vida e superação através da dança. 9, 10, 16 e 17 de setembro, às 21h Teatro Tuca - Rua Monte Alegre, 1024 São Paulo/SP www.teatrotuca.com.br

A mostra do artista plástico catarinense André Muráh reúne telas em acrílico com motivos geométricos e orgânicos, numa passagem do caos para a ordem expressiva, retratando a visão do artista sobre abstratos, florais, paisagens mundiais e contemporâneos brasileiros. 19 de setembro a 4 de outubro Jadite Galleries - 413 W 50th Street New York - NY 10019 | www.jadite.com

Show Miley Cyrus A cantora, que foi revelada com a personagem Hannah Montana, estará no Brasil para apresentar o show de sua turnê, Bangerz. 24 de setembro, às 21h, Brasília/DF 26 de setembro, às 20h, São Paulo/SP 28 de setembro, às 20h30, Rio de Janeiro/RJ www.ticketsforfun.com.br / www.ingressorapido.com.br

Festival da Lagosta de Maragogi

Lenine e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais

Show Michael Bublé

O show faz parte da série Sinfônica Pop no Inhotim, que tem como convidado especial o cantor Lenine. 13 de setembro, às 15h30 Inhotim - Brumadinho/MG www.inhotim.org.br

Festival Natura Musical Criado há quatro anos, o festival traz para Belo Horizonte uma programação 100% brasileira, com acesso gratuito, reunindo encontros inéditos de artistas de variados gêneros. 14 de setembro Algumas atrações: Marisa Monte, Arnaldo Antunes, Fernanda Takai, Samuel Rosa, Elba Ramalho, Nação Zumbi e Ney Matogrosso. Locais: Praça da Liberdade, Praça JK e Praça da Estação - Belo Horizonte/MG www.naturamusical.com.br

O evento chega à sua 5ª edição e proporciona ao público experiências inesquecíveis sobre a cultura, gastronomia e belezas naturais do município. 3 a 30 de setembro Costa dos Corais - Litoral norte de Alagoas www.festivaldalagosta.com.br

O cantor canadense vem ao Brasil para apresentar sua nova turnê mundial, To Be Loved. 17 de setembro, às 22h HSBC Arena - Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3401 - Rio de Janeiro/RJ 19, 20 e 21 de setembro, às 22h Ginásio do Ibirapuera - Rua Manoel da Nóbrega, 1361 - São Paulo/SP www.livepass.com.br/michael-buble

Show Queens of the Stone Age A banda, uma das maiores representantes do rock internacional, inclui o Brasil, pela primeira vez, em sua turnê mundial. Live Music Rocks, 25 de setembro, às 20h30 Espaço das Américas - Rua Tagipuru, 795 São Paulo/SP 27 de setembro, às 20h30 Pepsi On Stage - Av. Severo Dullius, 1995 Porto Alegre/RS www.livepass.com.br/ queens-of-the-stone-age


Música

Ache seu groove por Pedro henrique araújo

Lilly sarti

Instagram : @lillysarti @lillysartistore

Empresária e estilista

1. Time / Pachanga Boys 2. Ringo / Joris Voorn 3.Harvest moon / Poolside 4.Something about you / Anthony David 5.Kiss of life / Sade

Encontrar discos legais para este espaço é uma das tarefas mais prazerosas do mês. Pensar no melhor disco, buscar um novo nome que "case" ou antagonize com isso é um cálculo matemático que me agrada. O primeiro álbum é um clássico cheio de suingue e malícia, desses que, mesmo aos 44 anos, soa como coisa nova. O segundo foi lançado em 2014, mas facilmente poderia estar na estante ao lado de nomes como Tim Maia, Jorge Ben e Gerson King Combo. Em comum, tem o ritmo, o groove e a linguagem que ainda não envelheceu. Som Três - Um É Pouco, Dois É Bom, Êste SOM TRÊS É Demais (1970) Esse é um disco no qual esbarrei sem querer. Um dia, numa feira de vinil, vi a capa, dei uma olhada nas canções e decidi levar pra casa. Quando a agulha começou a riscar a primeira faixa, "Tanga", entendi que aquilo não era um som comum. César Camargo Mariano, Toninho e Sabá viajaram o país e se enfiaram muitas vezes em estúdios para acompanhar Wilson Simonal. Mas, aqui, além do suingue e da elegância emprestadas ao cantor, eles mostram um fino gosto pelo repertório da época e nos brindam com as belíssimas "Trevo de 4 Folhas", "Teletema”. No medley "Love Letters/Meu Nome É Gal" e no clássico "Take It Easy Brother Charles", o Som Três soa sofisticado, classudo e com uma malandragem de responsa. É um disco para apreciar em várias doses e em momentos distintos. A pena é que ele tem se tornado cada vez mais raro e a única coisa que dá para encontrar por aí é um link ou outro na internet.

tune

Charlie e os Marretas - Charlie e os Marretas (2014)

THIAGO MANSUR DJ

Soundcloud: thiagomansuroficial Twitter: @thiagomansur7 Facebook: www.thiagomansur.com.br

1. Clean Bandit / Rather Be 2. Sigma / Nobody To Love 3. Faul, Wad Ad & Pnau / Changes 4. Your Love / Jetlag 5. Resound Of My Heart / Marco Hanna & Thiago Mansur

30 · SET.14

avianca em revista

Música de quem já passou dos 60. Dependendo do contexto, esta pode ser uma crítica, mas, no caso da banda Charlie e os Marretas, é o melhor elogio que consigo pensar. Todos meninos, na faixa dos 20 e poucos anos, mas com uma cabeça que respira funk e soul music. O álbum, produzido pelo grupo em parceria com Gui Jesus Toledo, é uma volta aos anos 1970 em grande estilo, mas é também cheio de referências, que vão do rap ao reggae, sem perder o compasso. Não é à toa que há alguns anos esta era a banda que acompanhava o soulman Di Melo nas apresentações ao vivo. "Demetrius", "Bote um Funk", "Chegou a Hora" e "O Vô Te Ensina" têm a música black na essência e os garotos conseguem fazer isso sem uma nota sequer de pretensão. Para ouvir, baixar o disco e ver o clipe acesse www.marretas.net

avianca.com.br


por vitor cardoso

no TEATRO

radar

Cazuza - Pro dia nascer feliz O Musical A irreverente e marcante trajetória de vida, fama, amor e morte de um dos maiores ídolos do rock nacional: Agenor de Miranda Araújo Neto, o Cazuza, interpretado pelo extraordinário Emílio Dantas. Musical | Texto: Aloisio de Abreu. Direção: João Fonseca. Com Emílio Dantas, Susana Ribeiro, Thiago Machado e grande elenco. Teatro Procópio Ferreira: Rua Augusta, 2823, Jardins - São Paulo/SP - Quintas e sextas, às 21h; sábados, às 17h30, e 21h30; domingos, às 18h www.teatroprocopioferreira.com.br

São Paulo

As Damas de Paus Quatro mulheres debatem o universo feminino e derrubam crenças milenares. Uma comédia musical com pitadas de suspense e um final surpreendente. Comédia Musical | Texto: Mara Carvalho. Direção: João Fonseca. Direção Musical: Thiago Gimenes. Com Liane Maya, Mara Carvalho, Andrezza Massei e Carol Costa. Teatro Fernando Torres : Rua Padre Estevão Pernet, 588 Tatuapé, São Paulo/SP - Quintas e sextas, às 21h30; sábados, às 21h, e domingos, às 19h www.morenteforte.com

No início dos anos 80, o ballet do Teatro Guaíra (PR) arrebatou milhares de espectadores em todo o país com a turnê de “O Grande Circo Místico”, espetáculo que apresentou um relicário de canções inéditas, assinadas por Edu Lobo e Chico Buarque, a partir do poema “A Túnica Inconsútil”, de Jorge de Lima. Mais de três décadas depois, temas como “Ciranda da Bailarina”, “A História de Lily Braun” e “Beatriz” estarão de volta ao palco, agora no formato de Teatro Musical. Musical | Direção: João Fonseca. Com Letícia Colin, Gabriel Stauffer e grande elenco. Theatro NET São Paulo - Shopping Vila Olímpia - 5º Andar - Rua Olimpíadas, 360 - Vila Olímpia, São Paulo/SP - Quintas e sextas, às 21h; sábados, às 21h30, e domingos, às 20h www.ingressorapido.com.br

32 · SET.14

avianca em revista

CAIO GALLUCCI

O Grande Circo Místico

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 33


radar

por vitor cardoso

no TEATRO

r Fortaleza e Salvado

Rio de Janeiro

Quem ri por último ri melhor Andy Warhol profetizou que ‘um dia, todos terão direito a 15 minutos de fama’. Em um mundo repleto de BBBs e afins, este momento parece ter chegado, trazendo consigo uma nova questão: como se manter no topo? É sobre esses tempos de vale-tudo para conquistar e seguir sob os holofotes que trata esta comédia, em que a aparência se sobrepõe à essência. Comédia| Texto: Douglas Carter Beane. Versão Brasileira: Artur Xexéo. Direção: Cininha de Paula. Com Danielle Winits, Júlio Rocha, Rainer Cadete e Sara Freitas. FORTALEZA - Dias 13 e 14 de Setembro Teatro Via Sul: Av. Washington Soares, 4335, Sapiranga, Fortaleza - CE . Sábados, às 21h e domingos, às 20h Contato: (85) 3052.8027 SALVADOR - Dias 19, 20 e 21 de Setembro Teatro Jorge Amado: Av. Manoel Dias da Silva, 2177, Pituba Salvador - BA. Sextas, às 21h; sábados e domingos às 20h. Contato: (71) 3525.9720

O Comediante Escrita pelo jovem dramaturgo Joseph Meyer, a peça conta o duelo constante entre duas personalidades que habitam o mesmo ser: a do mundo real e aquela que cria um universo próprio e paralelo. A trama marca o último trabalho de José Wilker, que faleceu durante os ensaios, e propõe uma reflexão sobre o tempo, a velhice, a solidão, a vaidade, as relações e a própria natureza humana. Comédia | Direção: José Wilker e Anderson Cunha. Com Ary Fontoura, Ângela Rebello, Gustavo Arthiddoro e Carolina Loback. Teatro Clara Nunes: Shopping da Gávea - Rua Marquês de São Vicente, 52 - Gávea, Rio de Janeiro/RJ - Quintas e sextas, às 21h30; sábados, às 21h, e domingos, às 20h www.shoppingdagavea.com.br

220 Volts O sempre sensacional Paulo Gustavo apresenta a versão teatral de 220 Volts, trazendo, pela primeira vez em cartaz no Rio de Janeiro, o espetáculo que saiu da tela da TV para os palcos. Em seis esquetes, Paulo vive os dilemas e aventuras do universo feminino interpretando somente personagens femininas, como Ivonete, Senhora dos Absurdos, Mulher Feia, Maria Alice, entre outras. Imperdível! Comédia| Texto: Fil Braz e Paulo Gustavo. Direção: Paulo Gustavo. Com Paulo Gustavo, Gil Coelho, Christian Monassa e participação especial de Marcus Majella. Teatro Oi Casagrande - Rua Afrânio de Melo Franco, 290 Leblon, Rio de Janeiro/RJ - Sextas, às 21h; sábados e domingos, às 19h e 21h www.oicasagrande.oi.com.br

34 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 35


cult

rio, eu te amo

Carlos Saldanha

por VitorCardoso

Novo filme da franquia Cities of Love, que chega este mês às telonas, apresenta o Rio de Janeiro para o mundo sob o olhar de grandes diretores do cinema nacional e internacional

De cima para baixo: Land Vieira e Guillermo Arriaga

Guillermo Arriaga

Ryan Kwanten, Stephan Elliott e Marcelo

36 · SET.14

avianca em revista

Rodrigo Santoro e Bruna Linzmeyer Land Vieira e Laura Neiva

avianca.com.br


U

m belo time de diretores, atores talentosos e uma paisagem deslumbrante. Essa é a tríade de “Rio, Eu Te Amo”, terceira produção da franquia Cities of Love, que tem como objetivo apresentar um longa-metragem feito de curtas e, como objeto, as cidades mais amadas ao redor do mundo. Cities of Love foi iniciada com a produção de “Paris, Eu Te Amo”, que abriu o Festival de Cannes em 2006. O sucesso desse primeiro trabalho convenceu Emmanuel Benbihy, criador do projeto, de que deveria percorrer outros continentes e cidades. O segundo filme, “Nova York, Eu Te Amo”, ficou pronto em 2009. A partir daí, o produtor começou a licenciar a franquia para produtores estrangeiros, como ocorreu com “Rio, Eu Te Amo”, produzido pela Conspiração Filmes, Empyrean Pictures e BossaNovaFilms. As próximas cidades do projeto serão Xangai e Jerusalém. O conceito de trazer diretores de diferentes nacionalidades foi mantido. Os brasileiros Carlos Saldanha, Fernando Meirelles e Andrucha Waddington dividem espaço com o norte-americano John Turturro, de “Amante à Domicílio”, o italiano Paolo Sorrentino, de “A Grande Beleza”, e a libanesa Nadine Labaki, de “Caramelo”, citando apenas alguns dos dez diretores envolvidos no projeto. Esse intercâmbio também acontece no elenco de 23 atores em que nomes como Fernanda Montenegro e Rodrigo Santoro se misturam com astros internacionais, com destaque para Harvey Keitel e Vincent Cassel.

Histórias entrelaçadas

Embora o filme seja, por natureza, episódico, isto é, os curtas independem uns dos outros para contar o seu enredo, um formato utilizado em “Nova York, Eu Te Amo” foi repetido aqui. Trata-se das transições entre os curtas. Essa tarefa ficou a cargo do diretor Vicente Amorim, responsável por

todos esses links ao longo do filme. “Essa rede de afetos, que é como gostamos de chamar as transições entre os curtas, dá uma sensação de fluidez e continuidade ao filme”, explica Amorim, acrescentando que o maior desafio foi manter a harmonia entre as transições e os filmes. O roteiro de Fellipe Barbosa e a direção de Amorim montam o filme em formato de rede, entrelaçando as histórias sem uma progressão linear. “Quando rodamos as transições, não sabíamos ainda em qual ordem os curtas seriam apresentados no filme. Por isso, filmamos de uma forma que elas pudessem ser inseridas em qualquer ponto do filme”, explica o diretor, que entende essa unidade proposta pelas transições como um ponto importante no contexto geral do filme. “O intuito é demonstrar, de uma forma poética, que qualquer história de amor é possível no Rio de Janeiro”, finaliza.

Escalando o Pão de Açúcar

Como era de se esperar, o filme coloca em destaque os principais pontos do Rio de Janeiro, como o calçadão de Copacabana, o Theatro Municipal, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. No filme "Acho que estou apaixonado", dirigido por Stephan Elliott, de “Priscilla, Rainha do Deserto”, Marcelo Serrado faz um motorista que está encarregado de recepcionar um astro internacional que vem para o Festival de Cinema do Rio. O astro, interpretado por Ryan Kwanten, de “True Blood”, a princípio antipático e de poucas palavras, se apaixona pelo Pão de Açúcar e resolve interromper sua rota para escalar o monumento. Para Marcelo Serrado, as cenas da escalada foram realmente intimidadoras. “Tenho medo de altura. Não sou aqueles com fobia, mas algumas cenas foram bem difíceis porque era muito íngreme. Eu nunca havia escalado. Gostei, mas já está ótimo essa experiência. Não faria outra vez (risos)”, desabafa.

Sobre a participação no projeto, o carioca apaixonado pelo Rio diz que se sentiu honrado pelo convite e que tem uma relação de paixão com a capital fluminense. “Eu amo minha cidade! Mesmo com violência, o Rio é um lugar realmente apaixonante. Vivo a cidade, pego onda, jogo futevôlei na praia, já pulei de asa delta e tenho no Arpoador o meu lugar preferido da cidade, aquela pedra, a vista, é demais”, conclui.

A emoção no olhar

No curta “Texas”, dirigido pelo premiado diretor mexicano Guillermo Arriaga, de “Babel”, “Amores Brutos” e “21 Gramas”, o clima denso, característico em suas obras, está tanto no enredo quanto na temperatura dos personagens. Após um acidente de carro, Texas (Land Vieira), um exlutador de boxe, perde um braço e sua esposa não consegue mais andar. Movido pelo sentimento de culpa, ele está disposto a fazer de tudo para arrecadar o dinheiro necessário para a cirurgia que pode curar sua mulher. Com isso, acaba se envolvendo em uma rede de lutas clandestinas no Rio de Janeiro. Para a atriz Laura Neiva, que interpreta a mulher de Texas, a emoção de sua personagem estava toda no olhar. “Ela não tem nenhuma fala no filme, seu sentimento está muito no olhar. O Arriaga é o diretor que eu trabalhei que mais se preocupa com o olhar. Ele dizia o tempo todo que a expressão está no olhar, todos os sentimentos dentro dela precisavam ser transmitidos pelo olhar”, fala. Talvez seja exatamente esta a melhor maneira de se desfrutar de “Rio, Eu Te Amo”, entendendo cada um dos curtas como o olhar particular de cada diretor, mas com uma visão absolutamente ampla sobre o ritmo, as pessoas, os lugares e o dia a dia da naturalmente linda Cidade Maravilhosa.

avianca em revista

set.14

· 37


entrevista bio Biografia

Tutinha Carvalho, O futuro do rádio é retrô POR CAMILA BALTHAZAR Foto Grazi Ventura

Antonio Augusto Amaral de Carvalho Filho carrega um nome grande, mas é conhecido pelo diminutivo, Tutinha. O apelido veio do pai, o Tuta, que deixou oficialmente a presidência do Grupo Jovem Pan em junho deste ano. O filho assumiu o posto e, com a irreverência que lhe é tão característica, dá continuidade ao exaustivo trabalho de pensar somente fora da caixa. Mas, antes de dizer qualquer coisa, ele foi logo avisando: “não sou bom de entrevista”. Verdade ou não, nas duas horas seguintes a essa afirmação, ele contou grande parte de sua história, suas loucuras e como a empresa deve se posicionar daqui pra frente, com a internet dominando o mundo. 38 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 39


entrevista bio Biografia

N

a sala do seu escritório, na Avenida Paulista, em São Paulo, Tutinha divide espaço com um quadro tamanho gigante da icônica imagem de Einstein com a língua para fora. Esse comportamento é o mínimo que o presidente do Grupo Jovem Pan espera dos funcionários - e dele mesmo. “Graças a Deus, bato bem fora da caixa!”, diz. Esse dom o acompanha desde pequeno. Na escola, era daqueles que sentavam no “fundão”, jogava (inofensivas) bombas pelo pátio e fazia piadas com todos. “Era o meu jeito de sair do bullying”, explica Tutinha, apontando para a mancha do lado esquerdo da testa. Ele era respeitado por todos, inclusive pelos professores. O motivo era fácil de entender: o avô, Paulo Machado de Carvalho, era dono da TV Record desde 1953 e de diversas emissoras de rádio paulistanas, entre as quais a Rádio Record, a Rádio Excelsior, a Rádio São Paulo e a Rádio Panamericana AM e FM. “Eu dava ingresso dos festivais para os professores e levava os amigos da escola ao cinema da televisão para ver filmes que ainda não tinham estreado. Era um ídolo”, diz. As notas continuavam baixas, mas, por trás do boletim vermelho, estava a vontade de trabalhar. Aos 15 anos, ele já participava do dia a dia da TV líder em audiência, com o tradicional cargo “faz tudo”: som, câmera, luz. Quando o pai, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, o Tuta, adquiriu as ações dos irmãos e tornou-se o único proprietário da Jovem Pan, anteriormente conhecida como Rádio Panamericana, Tutinha dedicou-se aos bastidores da televisão. Era 1973 e ele estava com 17 anos. “Nunca pensei em outra vida. Toda minha família era do ramo. O glamour da televisão era o que todo moleque gostava”, lembra. A liderança na audiência persistira pelos anos de 1960, mas, na virada da década, problemas financeiros refletiram na busca diária pelo primeiro lugar, levando o canal ao posto de quinto lugar no Ibope. Também nos anos 1970, Silvio Santos articulou o golpe que o levou, às escondidas, ao controle de 50% da emissora do avô de Tutinha. “Lá estava eu, fazendo os programas de televisão, quando venderam parte da emissora por motivos que não sei direito. Vim trabalhar com meu pai no rádio”, conta. Parece até que ele nasceu com a vida feita. Sem esforço, conquistou tudo. Mas não foi bem assim.

40 · SET.14

avianca em revista

Ninguém discorda que o empresário já chegou ao mundo com um caminho profissional apontado, porém, como acontece em tantos outros negócios de família, o grande desafio do herdeiro é manter a empresa lucrativa. Disso, Tutinha entende bem. Três anos depois que entrou para a Jovem Pan, o pai inaugurou a Jovem Pan FM, que virou sua responsabilidade em tempo integral até o início deste ano. Aí começou a brincadeira. “Era tudo rádio de dentista tocando música lounge chata. Só Enya (a cantora irlandesa) chata. Fiz uma rádio diferente das outras, que tocava de tudo”, conta. Quem sintonizasse na Jovem Pan FM, ouvia de Elis Regina a Frank Sinatra, no melhor estilo salada mista. “Foi um sucesso. Explodiu”, diz. Até a concorrência começar a mexer seus pauzinhos. A Rádio Cidade, no Rio de Janeiro, foi a primeira a apostar nos locutores, até então uma característica apenas do AM, que contava com os grandes comunicadores. “Eles inovaram e eu dancei”, lembra. A solução encontrada foi simples. Tutinha foi lá, pegou um dos locutores da Rádio Cidade e pagou o dobro para trabalhar na Jovem Pan. Todos vieram atrás do salário gordo. “A Jovem Pan ficou mais de 20 anos em primeiro lugar. Tivemos fases boas, outras piores, mas sempre estivemos no pódio”, pontua. Para isso, o mantra era pensar o que ninguém pensou. “Precisa lançar projetos criativos e fora do normal para fazer sucesso. Isso vale para todos os setores. É difícil. Não é fácil fazer”, declara. Sempre com pitadas de humor, Tutinha colocou no ar programas que viraram clássicos do rádio, como Mike Nelson, Café com Bobagem e Djalma Jorge, até hoje lembrado pela voz anasalada e suas piadas politicamente incorretas. O segredo era falar besteira, ser engraçado e fugir à regra. Em vez de puxar o saco do ouvinte com presentes e elogios, o contrário imperava. “O cara ligava e falava: ‘oi, faz seis meses que eu queria falar com você’. E respondíamos: ‘fica mais seis meses’. Aquilo chocou, foi cool e pegou”, lembra. Tutinha coloca a mão na massa. Hoje, a Jovem Pan conta com 320 funcionários, sendo 80 no FM. Mas, há 30 e poucos anos, a realidade era outra. O atual presidente tinha um cargo diferente: Bombril, como ele mesmo define. “Eu sabia fazer tudo. Se brigava com o locutor, arrancava ele do estúdio, pegava o microfone e falava”,

avianca.com.br


RETRANCA

afirma. Com essa irreverência quase escrachada, nasceu o programa Pânico, em 1993, apresentado por Emílio Surita, Marcelo Baptista e Fernando Mello. A ideia surgiu durante as viagens de Tutinha para os Estados Unidos, embaladas pelo radialista Howard Stern, que tratava seus ouvintes com desprezo. O programa explodiu e virou hit, tornando-se um case de sucesso da rádio. Dez anos depois, Tutinha quis mais. Com o objetivo de repetir o sucesso do rádio na televisão, o empresário começou a bater na porta das principais emissoras. Os “nãos” foram unanimidade. O projeto só avançou após um patrocínio inicial da Vivo. Com o dinheiro na mão, a Rede TV topou abrir o espaço. “Logo que estreou, foi bem. Era tosco, completamente diferente do que é hoje. Na época, fez o Casseta & Planeta, que era o principal programa de humor, parecer velho. Por que deu certo? Porque é fora da caixinha”, conta. As cenas que iam ao ar deixavam até mesmo Tutinha arrepiado de vergonha. Entrevistar Caetano Veloso com microfone desligado era apenas um exemplo das loucuras que a equipe gravava todas as semanas. A partir de 2012, o programa migrou para a Band, alcançando novos recordes de audiência. Em paralelo ao sucesso na televisão, a Jovem Pan se reinventa. Foi-se o tempo em que Tutinha estava na balada “noite sim, noite também”, anotando as músicas que a galera mais gostava. “O sucesso da rádio dependia muito de lançar a música primeiro. Hoje isso não existe mais. Já está tudo no Youtube. Desde a criação do iTunes, isso se banalizou”, comenta o presidente, lembrando dos tempos em que os ouvintes gravavam suas playlists na fita cassete. Mas o clima não é de nostalgia. O futuro da rádio já começou a ser construído com a aposta dos programas de conteúdo. “Acredito que esse é o futuro. O rádio vai voltar para o passado com os grandes comunicadores. O ouvinte simpatizará com o locutor”, explica. No ar desde 2012, o programa Morning Show é um dos melhores exemplos para esse formato, que reúne notícias, entretenimento e humor. “Outro desafio é a multiplataforma”, expõe Tutinha. O aplicativo da Jovem Pan para celular tem um milhão de downloads, sendo que entre as funcionalidades estão as rádios web com diferentes gêneros. “Se eu fiz essa lista de músicas, qualquer um pode fazer. Por isso não acredito mais no rádio musical”, indica. O conteúdo transita entre

“Precisa lançar projetos criativos e fora do normal para fazer sucesso. Isso vale para todos os setores”

a rádio, a internet e também nas redes sociais. Se o digital pode ser um pesadelo para a televisão e os meios impressos, o rádio tem tudo para ser seu melhor amigo. “Temos interatividade. Rádio é rápido. Recebo uma notícia pelo aplicativo Whatsapp e já coloco no ar agora”, aponta. Para isso, Tutinha tem investido bastante em profissionais de tecnologia. A geração Y tem esse perfil conectado, mas sua volatilidade no mercado de trabalho mexe com a paciência de Tutinha. “Vou implementar uma gestão mais eficiente, baseada em meritocracia. Paga bem quem dá resultado”, diz. Outro projeto que deve entrar em breve são as parcerias com boas ideias de terceiros. “Os grandes milionários do mundo são os nerds. Essas pessoas precisam de mídia e, por isso, vou abrir um departamento para entrar de sócio nesses novos negócios”, diz. Aos 58 anos, Tutinha tem gás. É pai de duas filhas pequenas e três crescidos, está no quarto casamento e é tão viciado no mundo online quanto os adolescentes. “Desviciar da internet será um problema no futuro. Se vou viajar, o hotel não precisa ter cama nem frigobar, mas vou logo perguntando se tem internet. É um vício. Os psicólogos vão ganhar muito dinheiro”, enfatiza. Se forem nerds e fizerem consultas pelo rádio, o sucesso é garantido.

avianca em revista

set.14

· 41


shopping

Compras

com estilo shopping@aviancaemrevista.com.br

colar Accessorize R$ 109,00 Camisa LE LIS BLANC R$ 439,50 www.shop2gether.com.br

Pulseira Amulette Cartier R$5.700,00 www.cartier.com.br

贸culos de sol Ralph Lauren R$400,00 www.luxottica.com

Clutch DVF R$ 1.685,00 www.dvf.com.br

Cal莽a MARIA FILO R$299,00 www.shop2gether.com.br

Ballon Blanc Cartier R$120.000,00 www.cartier.com.br Tote Bag Extreme Collection R$ 2.225,00 www.montblanc.com

Rel贸gio Victorinox R$ 2.366,00 www.victorinox.com.br

42 路 SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 43


FAMÍLA A BORDO

Brincando de casinha

em Orlando Q

por patrícia maldonado FOTO acervo pessoal

uem decide passar férias em Orlando, aproveitando os parques da Disney, sabe muito bem o que esperar dessa viagem: diversão para todas as idades, é verdade, mas o que significa também pegar filas nos brinquedos, dividir o quarto de hotel com a família, alimentarse de maneira pouco saudável e andar uns 10 quilômetros por dia, muitas vezes carregando a criançada no colo. Ruim? Eu acho maravilhoso, tanto que, no momento em que você estiver lendo esse texto, provavelmente estarei despencando em uma montanha-russa ou assistindo, pela milésima vez, a parada do Magic Kingdom. A questão é que, além do fascínio pelo mundo mágico de Walt Disney, eu e minha família encontramos um jeito de encarar a maratona dos parques e voltar para nossa casa no fim do dia. Calma, nós não voltamos para o Brasil à noite! Simplesmente nos hospedamos em casas alugadas, perto das principais atrações da cidade.

sozinhos, graças às facilidades da vida americana.

Descobrimos essa nova maneira de viajar no ano passado, quando embarcamos com nossas filhas para os Estados Unidos pela primeira vez. Nina tinha três anos e Maitê, um ano e meio. Sabíamos que não seria uma viagem fácil, mas decidimos encarála depois de conversar com amigos que também viajam com filhos.

Se você se empolgou com a minha experiência, o ideal, antes de fazer o mesmo que eu, é tomar alguns cuidados. Quem dá as dicas é um dos proprietários de um dos

Além da delícia que é brincar de casinha nos Estados Unidos, onde os supermercados e farmácias são maravilhosos, encontramos nesse tipo de hospedagem, várias outras vantagens. A principal delas é o preço: uma casa sai quase o mesmo valor que um quarto de hotel e abriga muito mais gente, com mais conforto. Outra é poder preparar nossas próprias refeições: o café da manhã e o jantar em Orlando eram os mais saudáveis possíveis, já que o restante do dia costuma ser recheado de guloseimas. Além disso, à noite, normalmente as crianças desmaiavam nos quartos enquanto relaxávamos na churrasqueira e na piscina com amigos. No dia seguinte, outra maravilha: ninguém se batia na hora de se arrumar para sair, como em um quarto de hotel. Ou seja, deu tudo tão certo que só fomos embora porque sabíamos que esse ano estaríamos de volta!

maiores sites de locação de casas na Disney, a CND Homes, Fábio Cardoso. “O turista deve verificar a localização e pedir imagens do imóvel em que vai ficar, entender a configuração (algumas empresas dizem que a capacidade da casa é para oito pessoas, mas se “esquecem” de dizer que duas tem que dormir na sala, por exemplo), ver o que o condomínio oferece, se certificar se o atendimento da empresa será 24 horas por dia e sete dias por semana e, de preferência, optar por empresas onde trabalham brasileiros, que vão entender melhor as necessidades do locatário”, orienta. Segundo Fábio, pelo menos 10% dos brasileiros que visitam Orlando todos os anos (principalmente famílias com crianças) optam por hospedagens em casas alugadas. Esse mercado tem crescido tanto que a empresa dele está construindo, nesse momento, um condomínio com foco nos brasileiros. “A ideia é a pessoa comprar a casa e usar quando quiser. No restante do ano, se o proprietário tiver interesse, podemos administrá-la, alugar para outras famílias, e proporcionar renda”, explica.

Ao chegar em Orlando, foi só colocar o endereço no GPS do carro e partir para a “nossa casa”. Chegando lá, encontramos uma casinha fofa, com cara de seriado americano. Limpa, com tudo que uma família precisa - desde eletrodomésticos até papel higiênico, talheres, toalhas e roupas de cama - bem decorada e, o mais importante, com cara de casa. Nos 20 dias em que estivemos lá, ainda podíamos solicitar limpeza, abastecimento da dispensa e serviço de personal shopper, mas, confesso, curtimos muito ir ao supermercado e até limpar a casa * Patrícia Maldonado é mãe de Nina e Maitê, jornalista (apresentadora da TV Bandeirantes) e tem, no portal Yahoo, um blog e um programa sobre os desafios da mãe contemporânea

44 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


entrevista think red

think

RED

Fotografe o vermelho do seu dia a dia, publique nas redes sociais com #thinkredavianca #aviancaemrevista e fique atento à próxima edição.

Grazi Ventura

Camila B - iPhone 4

Carlos Moura - Salento, Colômbia

Fernando Carneiro_@nandocarneiro

Gato Gugu - Foto Cristina Greco - São Paulo

46 · SET.14

Ou envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br

avianca em revista

Fernando Moya - filhos e sobrinho

João Frederico Paredes - São Paulo avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 47


tem pra homem

A cidade dos

nossos sonhos

por RicardoOliveros

1

48 路 SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


O Felipe Morozini, da janela do 1 seu apartamento, tem a vista da cidade de São Paulo Intervenção urbana “Jardim 2 Suspenso da Babilônia”, de Felipe Morozini, realizada no Minhocão e premiada como melhor arte de rua

cupe Estelita, em Recife, movimentos pela ocupação do Largo da Batata e da implantação do Parque Augusta, em São Paulo, são exemplos recentes sobre a discussão acerca do direito à cidade. Felipe Morozini, artista plástico, fotógrafo e um dos diretores da Associação do Parque do Minhocão, fala sobre esse momento atual e do projeto Farol, como inspiração para quem quer começar a transformar a cidade em um lugar para todos. “Há 12 anos, vivo no último andar de um antigo edifício no centro de São Paulo, à beira do Minhocão. No começo, sempre ouvia: ‘mas você vai morar à beira do Minhocão?’. Hoje, vários me perguntam se

eu sei de imóveis para alugar ou vender na região. Os preços dos imóveis não param de subir, os serviços estão melhorando, os jovens e modernos mudando e criando um interesse coletivo”, explica Morozini, sobre a opção de viver na área central de uma cidade. Em 2011, ele fez uma intervenção urbana no Elevado Costa e Silva, também conhecido por Minhocão, uma via expressa elevada, inaugurada em 1971, que passa a cinco metros dos prédios de apartamentos, com 3,4 quilômetros de extensão e que liga a região central à zona oeste da cidade. “Reuni um grupo de amigos e pintamos flores gigantes no asfalto. Acabei ganhando prêmio da melhor ‘street art’ (arte de rua) em um

2

avianca em revista

set.14

· 49


tem pra homem

Integrantes do Farol, diferentes 3 coletivos que ocuparam um prédio no centro antigo de São Paulo

3

Ilustração de Renata Mein do 4 prédio Farol, que abriga diferentes coletivos no centro antigo de São Paulo festival em Nova York, no mesmo ano”, conta.

Inspirado no High Line, antigo viaduto ferroviário transformado em parque em Nova York, a Associação Parque Minhocão, fundada em 2013, por meio da iniciativa do engenheiro Athos Comolatti, da cicloativista Renata Falzoni, do arquiteto Márcio Kogan, reúne pessoas com o objetivo de defender a criação do parque. “Acredito numa cidade melhor, numa cidade para pessoas, adaptando as estruturas existentes”, enfatiza Morozini. Enquanto o parque ainda é sonho, o fotógrafo participa de outro projeto coletivo dentro dos moldes da Economia Criativa, que recebeu o sugestivo nome de Farol, no qual diferentes grupos podem exercitar a sua imaginação, ao mesmo tempo em que procuram formas para viabilizar sua vida econômica. Localizado no centro antigo paulistano, o prédio tem, no primeiro andar, o Instituto Choque Cultural, braço educativo da galeria de arte do mesmo nome. O Liquen está no segundo andar e vai desenvolver projetos de publicações, direção de arte, fotografia e design. No terceiro pavimento tem o Fluxo, um estúdio de jornalistas,

50 · SET.14

avianca em revista

Cisco Vasques

Com a aprovação do novo Plano Diretor de São Paulo, o debate sobre o destino desta via voltou à discussão. Nas diretrizes urbanas para a cidade até 2030, está inclusa a desativação completa do Elevado. Existe também o Projeto de Lei 10/2014, de coautoria de sete vereadores de diferentes partidos, que prevê a desativação gradual do Minhocão ao longo de quatro anos. Uma forma de reconhecimento do local, que, aos domingos, com a proibição do trânsito de veículos, se transforma em uma grande área de lazer.

4 cinegrafistas, editores, fotógrafos e artistas. No quarto andar e terraço, o mais antigo “morador”, Balsa, lugar de encontros já adotado por jovens descolados, com espaço para bar, festas e exposições. “O Farol é um modelo inspirador, pois agrega, soma e divide. Ele é um coletivo que pode ser replicado em grandes cidades, pois juntos podemos mais. Para começar, basta unir ideias, viabilizar um espaço e usar as ferramentas das mídias sociais. Todos com o mesmo objetivo, com diferentes opiniões e pontos de vista sobre a cidade que sonhamos”, enfatiza.

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 51


fique aqui 1

Mais que Nova York Por Natália Machado Fotos Divulgação

T

oda a experiência nova-iorquina em um empreendimento hoteleiro de 140 milhões de dólares. O Row NYC abriu as portas em março deste ano com um complexo que inclui 1331 quartos em estilo contemporâneo, mercado gourmet aberto ao público e bar-restaurante. Localizado a uma quadra da agitada Times Square, o ambiente contrapõe o clima turístico da região com um interior voltado para a arte e para a boa gastronomia, mostrando porque Nova York é um dos destinos mais procurados em todo o mundo. O hotel transporta a essência da cidade para suas instalações, sendo que os hóspedes podem visitar os bairros novaiorquinos na galeria de fotos dos lugares mais emblemáticos da cidade, exposta nos últimos andares do hotel. A arquitetura e o design das áreas de convivência são assinados pela Gabellini Sheppard Associates, cuja inspiração foi a grandiosidade da cidade. Logo na entrada, uma fachada de vidro com mais de sete metros de altura impressiona quem passa pela frente. Na recepção, duas esculturas de luz do artista Yorgo Alexopoulos projetam um tablado abstrato de animações gráficas. No bar-restaurante do lobby, o District-M, o hóspede encontra uma gastronomia em estilo europeu. Aberto para café da manhã e jantar, o menu artesanal oferece opções de padarias e bistrôs finos, como Payard,

52 · SET.14

avianca em revista

Balthazar e Pain d’Avignon. À noite, o ambiente vira um lounge com música ao vivo, sendo que o menu noturno agrada até ao mais seletivo nova-iorquino. É possível degustar queijos escolhidos a dedo na Murray’s Cheese Shop, em Greenwich Village, e saborear pizzas napolitanas feitas à mão. O grande destaque do District-M é a galeria de arte digital do paparazzo Ron Galella, que captura o apogeu hedonista da Nova York dos anos 1970 e 1980. Inclusive, hóspedes que quiserem ter um dia de celebridade americana podem escolher a suíte de mil metros quadrados, idealizada por Galella. Com fotos do paparazzo e histórias da década de setenta, a decoração elegante é uma homenagem ao glamour da Hollywood do passado. Pisos de madeira escura, cristal lapidado e mármore, folhas de palmeira e sofás de couro branco compõem o cenário, que também oferece travesseiros Missoni, banheira e chuveiro separados e iluminação especial. Para quem desejar ter um dia de pop star, um fotógrafo pode capturar os melhores momentos dentro do hotel ou pela Times Square. No final de outubro, o mercado gourmet City Kitchen será inaugurado no Row NYC. O estabelecimento será aberto ao público e oferecerá o que há de melhor na gastronomia da região.

1

Suite Premium tem vista para Manhattan

2

Bar District-M é point de boa música, gente interessante e ótimos drinks

3

Suite Ron Galella, a primeira do badalado paparazzo americano, com iluminação especial e paredes cobertas com registros do fotógrafo

Categoria:

Row NYC

www.rownyc.com Piscina, spa, fitness center, campo de futebol, quadra de tênis e vôlei, kid’s club Preço médio: Diárias a partir de US$ 197,00 700 8th Avenue

VOos para nova york (jfk)

São Paulo (GRU) Rio de Janeiro (GIG)

Saída Chegada 08:30 22:00 08:40 22:00

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca.com.br


2

3

avianca em revista

set.14

路 53


trilhas únicas

brunch em

nova york por Simone farret Foto divulgação

D

e origem britânica, o brunch é muito difundido nos Estados Unidos, em especial em Nova York, onde é servido rotineiramente aos domingos, quando as pessoas dispõem de mais tempo livre para permanecer à mesa. Servido entre 10 e 14 horas, combina o café da manhã e o almoço em uma refeição especial. Até o nome une as duas refeições: “br” (de breakfast, café da manhã) + “unch” (de lunch, almoço).

Em Nova York, o brunch é a refeição oficial dos domingos, sendo feita normalmente fora de casa, nos restaurantes e cafés da cidade, e quase sempre com menu fixo. Reza a tradição que deve ser antecedido por uma taça de mimosa, mistura de champagne com suco de laranja. O brunch no hotel Plaza Athénée é maravilhoso. Um momento exclusivo com o alto padrão de qualidade da The Leading Hotels of the World em um ambiente que reúne o luxo cosmopolita e o clima intimista de hotel boutique em um belo prédio de 1927. Servido no elegante e acolhedor Restaurant Arabelle, o menu conta com uma selecionada carta de vinhos, champagnes, chás e cafés. Oferece opções deliciosas entre frutos do mar, saladas, pães, patês, terrines, pratos quentes e sobremesas pecaminosas. Tudo preparado com ingredientes de fazendas orgânicas da região e fornecedores certificados. Definitivamente, uma experiência memorável e a melhor maneira de começar o domingo antes de ir às compras na Madison Avenue ou percorrer a Museum Mile e visitar os Museus Metropolitan e Guggenheim, ou mesmo desfrutar de um passeio pelo Central Park. Restaurant Arabelle - Hotel Plaza Athénée 37 East 64th Street www.plaza-athenee.com www.lhw.com

54 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


fashion

Ao estilo de Isabella Fiorentino 56 路 SET.14

avianca em revista

Por RozzeAngel Foto GraziVentura

avianca.com.br


N

ão tem como assistir ao Esquadrão da Moda, no SBT, e não se impressionar com Isabella Fiorentino. Além de uma beleza ímpar, a apresentadora tem um estilo próprio de se vestir: elegante, moderno e jovem. Ela conta que aprendeu sobre moda com os tops do assunto - estilistas, fotógrafos, maquiadores - enquanto era modelo. Mas foi na televisão que realizou um sonho de infância: falar com o público. E olha que ela fala mesmo, sem dó! Mas quem tem coragem de encarar seus comentários na sala de espelho de 360 graus do programa ganha, além de um visual repaginado, uma aula de feminilidade. Afinal, por trás da apresentadora existe uma mulher forte, simpática e muito determinada. Casada há seis anos com o empresário Stefano Hawilla, ela é mãe dos trigêmeos Bernardo, Lorenzo e Nicholas. Quando começou? Comecei como modelo aos 13 anos. Fiz meu primeiro book, participei do concurso da Capricho, mas fiquei super mal colocada. Apesar disso, o dono da agência Ford me chamou para fazer parte do seu casting. Fui, mas demorei para começar a trabalhar. Eu era muito magra, muito menina, não tinha curvas e já tinha 1,78 metro de altura. Então como conseguiu? Caí nas mãos de pessoas maravilhosas, por isso acho que minha carreira teve uma ascensão. Um dos meus padrinhos foi o Tufi Duek, dono da Fórum e da Triton na época. Eu fazia todas as campanhas dele. O Miro, fotógrafo, também acreditou em mim e fiz vários filmes com o Trípoli (fotógrafo). Fui rodeada por gente boa. Foi trabalhando como modelo que aprendeu sobre moda? Como modelo aprendi muito porque participava do processo criativo do estilista, entendia a história que ele queria contar naquela coleção. Fui modelo de showroom da Forum. Então eu ouvia tudo e, claro, ficava muito ligada porque sempre gostei de moda. Como você foi para a televisão? Primeiro fui convidada pelo Paulo Henrique Amorim para fazer um quadro no “Tudo a Ver”. Depois, eu já morava em Miami, nos Estados Unidos, estava recém-casada e me convidaram para fazer um teste. Na época, passava o “What Not to Wear” lá e

eu adorava o programa. Quando vi que era o mesmo formato, eu disse: esse programa é meu! Era para ser uma temporada de seis meses e já estamos há seis anos no ar. Como você foi desenvolvendo essa visão de consultora de estilo? Fiz um curso de consultoria de imagem. Um mês de “intensivão” todos os dias. E depois foi muito na prática porque quando você aprende a teoria e entende o conceito da consultoria de imagem, da arquitetura de corpo, você faz para qualquer pessoa. Tem que encontrar uma harmonia entre ombro, cintura, quadril, perna... a proporção ideal. O que é ser elegante para você? Elegância é atitude. Não adianta nada você estar bem vestida e gritar, falar alto e ser grosseira com as pessoas. Tem que ter estilo também, mas hoje não é mais muito definido, tipo esportivo, elegante, casual. O legal é fazer um mix de tudo. Dinheiro e grife é que fazem o estilo? Não. Sempre no roteiro do programa tem uma loja de departamento que é acessível e sempre salvamos muitas roupas das participantes. Se ela entender o conceito, consegue mudar as combinações. Na verdade, o que o Esquadrão da Moda dá não é só R$ 10 mil para comprar roupa nova. É a consultoria, o direcionamento de tudo, de proporção, estilo. Muitas chegam aqui sem saber como elas realmente são. E mexe com a autoestima, certo? Muito. Quando você tem segurança no que você vai vestir, você não fica esperando a aprovação dos outros. A pessoa fica mais segura. E você repara no estilo de todo mundo? Até que não (risos). É mais no programa mesmo. Nem tenho esse costume de olhar a roupa dos outros. Modelo tem aquela obsessão com o corpo. Hoje você ainda é assim? Hoje não tenho cobrança. Se eu for usar algo mais justo, uso até cinta. Tive trigêmeos, não tenho mais aquela barriga chapada. Mas estou feliz. Meu marido me acha uma deusa. E sei que tem um monte de coisas que eu poderia melhorar, mas nem ligo.

Qual é a rotina com o corpo hoje? Vou à academia três vezes por semana. Mas acaba sendo uma semana, sim, e outra, não, porque quando tem mais gravações não consigo ir. Você esperava ter trigêmeos? Não. De jeito nenhum. Queria muito ter gêmeos, porque na minha família tem casos. Aí o médico me disse: parabéns, são três, univitelinos, ou seja, serão idênticos. Agora você também está virando estilista? Estilista, não (risos). Empresto um pouco do meu bom gosto para algumas marcas. Tenho uma coleção linda e alegre de malharia com a Malwee; uma coleção mais feminina, anos 60, com muito crepe e seda pura, com a Thelure; e com a Gig fiz quatro peças de tricô. Sempre com o meu estilo, nada muito justo ou muito curto. E tem o meu perfume com a Jequiti. Meu xodó. Você participa da criação? Participo de tudo! As referências são das peças que tenho no meu guarda-roupas, coisas que gosto. Não sigo a modinha do que vai usar. É o que eu uso. Estou assinando, então tem que ter minha cara. Mas tem sempre esse perfume de sensualidade e uma elegância jovem. Com essa rotina, o que faz no tempo livre? Viajo muito. Amo viajar e amo viajar com meus filhos. Vou muito para Miami (Estados Unidos) e, no Brasil, vou muito para São José do Rio Preto (interior de São Paulo) e para o Guarujá (litoral sul de São Paulo). Agora quero levar meus filhos para conhecer o Nordeste e iremos para Florianópolis (SC) em outubro. É que dá muito trabalho viajar com a minha tropa toda: três filhos, duas babás, um monte de malas. Não é fácil, mas é muito bom. É o que eu fazia quando eu viajava como modelo: estava lá para trabalhar, mas também queria curtir. E disso, nunca vou me esquecer. Os trabalhos se perdem entre tantos. Você acaba nem se lembrando dos desfiles que fez. Mas nunca esquecemos um lugar que visitamos. www.isabellafiorentino.com.br Instagram: @isabellafiorentino

avianca em revista

set.14

· 57


destinos

Um horizonte de

hist贸rias Por Camila Honorato FotosC. Koga

Com ra铆zes calcadas no clima interiorano, a mineira Belo Horizonte coleciona belos pontos tur铆sticos e tem muito o que contar para seus visitantes

58 路 SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Igreja de S茫o Francisco de Assis, popurlarmente conhecida como Igrejinha da Pampulha

avianca em revista

set.14

路 59


destinos

1

60 路 SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Museu de Arte e Oficio

1

R

oça gigante. Esse é o apelido carinhosamente dado pelos belo-horizontinos para a capital de Minas Gerais. O clima acolhedor e o jeito comunicativo de seus mais de dois milhões de habitantes dão a impressão de que todos se conhecem, intercalando cumprimentos nas ruas com expressões típicas do lugar. Afinal de contas, é impossível pisar nessa terra e não escutar duas comadres dizendo, uma pra outra, frases marcantes, como a boa e velha: “Tá boa”?

VOos para belo horizonte (cnf)

Brasília (BSB)

Saída Chegada 19:22 20:36

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

Apesar de preservar algumas características do interior, a cidade é extremamente urbanizada, repleta de bons bares, restaurantes e uma vida cultural que se intensifica a cada dia.

Para quem percorre as ruas de “Beagá”, uma de suas paradas obrigatórias é o Complexo Arquitetônico da Pampulha, localizado em um dos bairros mais bonitos da capital e no entorno da lagoa homônima, com perímetro de 18 quilômetros. Suas construções foram projetadas por ninguém menos que Oscar Niemeyer, sendo iniciadas no começo da década de 1940, sob a supervisão do então prefeito Juscelino Kubitschek. Naquela época, Juscelino queria unir dois projetos que concentrassem a elite e as camadas populares do município, inaugurando um cassino e um lugar onde as pessoas se encontravam para dançar. Hoje, esses espaços abrigam o Museu de Arte da Pampulha e a Casa do Baile,

avianca em revista

set.14

· 61


destinos

2

1

3

4

que recebem exposições temporárias de arte contemporânea e arquitetura e urbanismo, respectivamente.

sos, ou seja, tem de tudo e mais um pouco. Vale parar em um dos restaurantes para um almoço tipicamente mineiro, como o Casa Cheia, que oferece entre suas opções um prato com almôndegas de carne de sol.

Outra opção no entorno da lagoa é a Igreja de São Francisco de Assis, popularmente conhecida como Igrejinha da Pampulha. Sua arquitetura única, admirada por turistas do Brasil inteiro, já foi motivo de discórdia entre religiosos por destoar das igrejas barrocas que fizeram a fama do Estado, além de ser assinada por um artista declaradamente ateu. Reconhecida como templo católico, ela também faz a visita valer a pena pelas obras dos artistas Cândido Portinari e Alfredo Ceschiatti e o paisagismo de Roberto Burle Marx. Para quem quer dar um pulo no Centro, uma boa pedida é fazer compras no Mercado Central, com lojas que oferecem frutas, verduras, temperos, queijos, doces e até incen-

62 · SET.14

avianca em revista

Se o objetivo é visitar outros espaços culturais, o Museu de Artes e Ofícios reúne um curioso acervo com mais de dois mil objetos de trabalho do período pré-industrial brasileiro. Também vale dar uma passada no Circuito Cultural Praça da Liberdade, que reúne bons museus e construções históricas e rende uma, duas, três fotos. Para terminar o dia com chave de ouro, veja o pôr do sol direto da Praça do Papa ou do Mirante Mangabeiras, que ocupa uma área de aproximadamente 34.400 m² e oferece uma bela visão da capital. Como diria João Paulo II em sua missa na década de 1980: “Mas que belo horizonte!”.

1

Praça da Liberdade

2

Casa do Baile

3

Museu de Arte Pampulha

4

Casa Fiat de Cultura

DIVIRTA-SE

Casa Fiat de Cultura Instalada no antigo Palácio dos Despachos e inaugurada em junho deste ano, destaca-se por suas ações educativas e exposições temporárias. A atual, intitulada como Recosturando Portinari, apresenta uma coleção idealizada pelo estilista Ronaldo Fraga. www.circuitoculturalliberdade.com.br Restaurante Maria das Tranças A dona Maria Clara ficou famosa pelas longas tranças que usava no cabelo, apelido que rendeu uma modificação no nome de seu restaurante Bolero, para como é conhecido atualmente. Sua especialidade é o frango servido ao molho pardo. Shows embalam happy hours. www.mariadastrancas.com.br Agradecimento:Belotur

avianca.com.br


trilhas únicas front

Tricot Seven Calça Levi’s

64 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Equilibrista

da vida porCamila Balthazar foto Ale de Souza

Ela é pop, capa de revista, musa do Brasil. Mas, por trás da maquiagem e dos holofotes, Deborah Secco é uma menina romântica em busca do seu príncipe encantado. Com uma força serena e consciente da finitude da vida, aprendizados que os personagens ao longo da carreira lhe deram, a atriz se equilibra nas sensações, vivendo intensamente a tristeza e a alegria, mas sempre buscando o caminho do meio

avianca em revista

set.14

· 65


front

E

ra uma vez, um arco-íris sem cor, tamanha tristeza. O passarinho, sempre fofoqueiro, foi logo tratar do assunto com a nuvem. “Só o amor vai trazer cor. Tem que abrir o coração e amar”, explicou a nuvem. Foi então que o sol se aproximou, trocando olhares com o algodão doce do céu. A nuvem se derreteu em pingos coloridos, pintando novamente o arco-íris. A história é fruto da imaginação romântica da Deborah Secco de quatro anos de idade. Nessa época, a menina nascida no bairro Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, já se considerava atriz. Quando brincava com a irmã de adedanha, jogo também conhecido como stop, ator/atriz com a letra D era invariavelmente Deborah Secco. A irmã, Bárbara, dava pulos de raiva. “Eu dizia que era atriz, sim. Só não era reconhecida ainda”, lembra Deborah, que vivia inventando histórias para provar seu poder de convencimento. Engessou o braço diversas vezes, mesmo que o raio-x mostrasse que nenhum osso estava quebrado, e passou um mês afirmando ter perdido a memória. Ela também ligava diariamente para o telefone informado durante os programas da Angélica e da Xuxa. “Lembro que o número da Xuxa caía em uma caixa postal e a recepcionista da TV Manchete atendia o telefone da Angélica. Depois de eu ligar milhões de vezes dizendo que queria ser atriz, a atendente me passou para a produtora de elenco da Angélica. Acabei conseguindo gravar umas vinhetas”, conta. Foi assim que a pequena Deborah caçou todas as suas oportunidades. Ela ouvia falar de uma seleção para um comercial no Jardim Botânico. Rodava o parque inteiro até encontrar onde estava acontecendo o teste. Ficava sabendo de uma audição para uma peça de teatro no Barra Shopping. Ia até lá tentar a sorte. Toda essa determinação vinha de uma menina tímida, de oito anos. Mas, quando o assunto era sua futura carreira artística, Deborah se transformava, atuava com convicção e depois voltava para o seu mundo introspectivo de bonecas e balé. O primeiro papel relevante foi na novela das 7 da Rede Globo, “Mico Preto”, aos 11 anos. Na trama, ela interpretou a pequena Denise, filha da atriz Maria Padilha. Mas a grande consagração veio em 1994, com a estreia de “Confissões de Adolescente”,

66 · SET.14

avianca em revista

seriado originalmente exibido na TV Cultura. Deborah virou a adolescente brincalhona Carol, que preferia a companhia dos meninos. Era o oposto da vida real. Ali, sua vida começou a mudar. O diretor Daniel Filho pediu para conversar com Dona Sílvia, mãe de Deborah. O discurso parecia improvável. “Sua filha será uma grande atriz, além de uma mulher muito desejada. Ela precisa começar a fazer terapia desde já, para não acreditar na mentira que o mundo vai contar pra ela”, disse ele. “Eu tinha 13 anos, perna fina e espinha”, lembra Deborah, rindo. A premonição estava certa. O primeiro papel sexy da atriz foi na novela “Suave Veneno”, dirigida pelo próprio Daniel Filho. Na pele da maria-chuteira Marina, ela fez sua primeira cena nua e recebeu o primeiro convite para posar para a Playboy. “A Deborah mulher nasceu ali. Aos 18 anos, tinha recém perdido minha virgindade. Virei uma mulher sensual em cena, antes de ter uma experiência sexual relevante”, lembra. A decisão de aceitar o convite da Playboy não foi fácil, mas mudou a vida de toda a família. Na época, o cachê foi de um milhão e setecentos mil reais. Com o dinheiro, Deborah comprou cinco apartamentos: mãe, pai, irmã, irmão e avó ganharam a tão cobiçada casa própria. A atriz ainda juntou dinheiro para pagar a faculdade particular de Direito da irmã. “Era um dinheiro que fazia muita diferença. Meus pais falaram que rezavam muito para eu ter uma vida bacana, mas era um valor que eles não sabiam se eu ganharia durante minha vida inteira”, afirma. Ela embarcou para Los Angeles e chorou todas as noites após as sessões diárias de fotos. “Eu não tinha maldade. Fiz foto tomando mamadeira, mas nunca havia feito uma conexão do que isso significava. Estava ali tentando fazer aquilo ser menos difícil”, aponta. A edição foi uma das mais vendidas da história da revista. Deborah já estava casada com o diretor de televisão, Rogério Gomes, mais conhecido como Papinha. Ela tinha 18 anos e ele, 18 a mais. O casamento acabou depois de quatro anos. Na sequência, a atriz namorou Maurício Mattar, Dado Dolabella, Marcelo Faria, Falcão, Roger Flores e Bruno Torres. Ganhou fama de namoradeira, mas a verdade é que sempre esteve em busca do seu príncipe encantado. O pai deixou a família quando Deborah tinha 12 anos. “Hoje entendo que eu buscava um homem que cuidasse de mim. Eu tinha problema de autoestima e, por isso,

“Eu não sou o que eu queria ser. Sou o que consegui ser” procurava alguém que precisasse tanto de mim que não fosse me deixar. Mas isso só aprendi com o tempo”, diz. Deborah nunca tomou um gole de bebida alcoólica, nunca usou drogas, nunca foi a uma festa para curtir - apenas para marcar presença VIP. “Pode parecer mentira, mas não é. Minha profissão exige uma loucura muito intensa. Para filmar Bruna Surfistinha, por exemplo, morei um mês na rua Augusta, em São Paulo, dormindo em puteiro. Se eu não estiver completamente consciente nessa loucura, a linha para machucar minha ética é muito tênue”, conta. Foi durante o período de preparação para viver a ex-garota de programa Raquel Pacheco, em 2010, que Deborah repensou sua vida. Os aprendizados valeram mais do que qualquer sessão de terapia. A atriz ouviu de perto as histórias de como cada uma chegou àquele lugar. Uma delas era estuprada pelo padrasto frequentemente. Ao contar para a mãe, levava esporro. Para fugir da situação, a garota saiu de casa para ganhar pelo estupro, mas não sabia que, em vez de ter um padrasto, teria 10 por dia. Não sabia a dor física que isso causaria. E não sabia que se drogaria para lidar com essa dor. E que entraria em um círculo vicioso difícil de ser quebrado. “Um dia, uma das meninas me disse que nós não somos o que queremos, mas, sim, o que conseguimos ser. E aquilo era o melhor que ela havia conseguido ser”, lembra Deborah, levando a frase para o seu dia a dia. “Eu também não sou o que eu queria ser. Sou o que consegui ser. Eu queria ser uma pessoa

avianca.com.br


Macac茫o Cris Barros

avianca em revista

set.14

路 67


front

que não tivesse posado para a Playboy, que não tivesse me exposto tão cedo, que não tivesse tido que viver uma mulher antes de ser uma mulher. Virei uma atriz midiática. Isso não foi uma escolha. Foi o que consegui ser e o preço é alto. Tento reverter isso de todas as maneiras”, desabafa. Esses conflitos já consumiram seus dias, tiraram seu sono. Mas, depois da consciência que a personagem de Bruna Surfistinha lhe proporcionou, ela agradece a vida que construiu. Sem ingratidão, sem arrependimentos dolorosos. “Agradeço a Deus todos os dias por ter saído do lugar de onde saí. O que consegui foi um milagre”, reflete. Cada personagem interpretado ao longo da carreira deixa suas lições. Aos 34 anos, a atriz acumula uma extensa lista de novelas, filmes, séries e peças de teatro. Da Íris, da novela “Laços de Família”, à Sol, do folhetim “América”, passando pela cativante Natalie Lamour, de “Insensato Coração”, e chegando à aeromoça “muambeira” Inês, de “Boogie Oogie”, atual novela das 6 da Rede Globo. A agenda de Deborah é frenética. Do Projac pra casa e de casa pro Projac, sua vida social resume-se à família. O almoço de domingo é sagrado, com direito à ligação no viva voz com o irmão, que mora em Florianópolis. A atriz pode não ser mãe ainda, mas é um pouco mãe de cada um dos que vivem à sua volta.

Durante a entrevista, ela fala diversas vezes sobre a relação próxima que tem com a mãe, a avó, a tia-avó, a madrinha, a irmã, o irmão e até o marido da irmã, carinhosamente chamado de “Vidão”.

Construção de uma nova atriz

Na segunda quinzena de novembro, entra em cartaz o filme “Boa Sorte”, romance baseado no conto “Frontal com Fanta”, de Jorge Furtado. Dirigido por Carolina Jabor, o longametragem conta a história de amor de Judite, protagonista usuária de drogas e portadora de HIV, e o adolescente João, viciado em remédios. Os dois, interpretados por Deborah Secco e João Pedro Zappa, vivem um romance com dias contados. “Sempre quis fazer uma personagem que tivesse consciência da finitude da vida”, diz. Para compor o papel, a atriz emagreceu 11 quilos, conversou com o Dr. David Uip, um dos maiores infectologistas do Brasil, e visitou crianças com câncer, além de pacientes terminais infectados com HIV. “Todos têm uma força muito serena. Ficaram felizes de contar para o mundo uma verdade que descobriram: eles vão morrer”, relata. Mais uma vez, a experiência de um personagem fez Deborah repensar sua vida. Em vez de apenas existir, ela decidiu viver. De preferência, com uma alma tão apaixonante quando a de Judite que, à beira da morte, é cheia de vida.

“Esse é um dos maiores aprendizados da minha vida. Não importa o que eu seja por fora. O amor que eu sempre quis vai se seduzir pela minha alma, não pelo meu corpo ou pelos meus olhos castanhos”, expõe. Depois da gravação, concluída no início de 2013, Deborah fez uma lista do que queria fazer da vida. Analisou o que fazia sem gostar, para deixar de fazer. Terminou seu relacionamento. Parou de aceitar o que não lhe faz feliz. “Antes de tomar qualquer decisão, penso que posso morrer amanhã, mas também posso viver mais 60 anos”, enfatiza a atriz, vivendo com toda a força do mundo seus dias, sejam eles alegres ou tristes, mas sempre buscando o equilíbrio do caminho do meio. “Dessa vida, só levamos as sensações. É disso que estou em busca”, comenta. Se essas sensações trouxerem uma carreira mais leve, com menos exposição e capas de revista, melhor ainda. O filme “Boa Sorte” foi seu primeiro passo rumo à artista que Deborah busca ser. Mais personagens que a façam quebrar seus medos e barreiras. Para sua finitude ficar completa, falta apenas chegar seu príncipe encantado. “Ainda não encontrei o homem da minha vida porque, na minha história, a princesa e o príncipe vivem felizes para sempre”, ri Deborah, afirmando que irá buscar esse amor para o resto da vida. “A busca já me faz feliz”, conclui.

Cenas do filme "Boa Sorte", que estreia em novembro

68 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


destinos Destinos

Um caf茅,

por favor

por camila balthazar foto c. koga

1

70 路 SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Na região da Cordilheira Central dos Andes, na Colômbia, uma autêntica experiência nas fazendas de café revela os bastidores de tudo o que acontece antes da bebida originária da Etiópia chegar à xícara

A

2

cidade de Manizales fica nas montanhas da Colômbia, próxima ao vulcão Nevado de Ruiz, que solta suas cinzas e tempera os cafezais. Está a uns 300 quilômetros da capital Bogotá e demora 10 horas pra chegar de carro, de tanta curva que tem. Mas voando é rapidinho. O avião apenas sobe e desce. Para os manizalenhos, a Cordilheira Central dos Andes nem parece tão alta, pois veem tudo do alto de 2.160 metros de altura, onde está a cidade. Eles são cultos, nunca buzinam e vivem em um lugar com uma linda catedral gótica, a mais alta da Colômbia, que recentemente inaugurou um café dentro de uma de suas torres, com vista para a Plaza Bolívar e sua arquitetura republicana. Para ver tudo lá de cima, 400 degraus levam à torre mais alta, aberta até as 21h.

Grãos maduros de café

1

Máquina de seleção de grãos de café

2

Quem vai a Manizales, geralmente está buscando saber mais sobre café. A região compõe o chamado Triângulo Cafeeiro, que também inclui as cidades de Pereira e Armênia. Cada uma tem um jeito particular. Enquanto Manizales orgulha-se de sua faceta cultural, Armênia oferece natureza e Pereira vive do comércio, além de ser a ponta central do triângulo. De todo o café colombiano, 40% é produzido nessa região. E a maioria concorda que seus grãos têm uma das melhores qualidades do mundo. A história começou por volta de 1727, quando o café começou a desembarcar na região, após haver sido descoberto lá na Etiópia, há mil anos. Desde então, a paisagem mudou. Por todos os lados, o vale montanhoso exibe plantas de café, ora com flores brancas que exalam jasmin, ora com frutos verdes e ora

avianca em revista

set.14

· 71


destinos

1 maduros, vermelhos e brilhantes, prontos para serem colhidos. Também tem os negros, que já passaram do ponto, mas ainda assim oferecem valor comercial. Chances altas de que o cafezinho da padaria tenha sido preparado com esse último. “Há ótimos cafés na Colômbia, mas precisa saber onde ir”, diz Milton Ocampo, guia turístico manizalenho, apaixonado por sua terra e também pelo Brasil. Com um português quase fluente, ele apresenta a região e leva às enormes fazendas que, na última década, abriram as portas para o turismo. Ao redor, a paisagem é de vulcões, águas termais, cachoeiras e povoados que parecem ter saído de uma novela das 6. Nessas fazendas, açúcar e adoçante não chegam perto da mesa. O fato pode ser amargo para alguns, mas é unanimidade entre baristas e especialistas. “O açúcar muda negativamente o sabor do café”, afirma Diana Paola Ruiz Ríos, gerente de produção do XUE Café, enquanto suga com força e

72 · SET.14

avianca em revista

rapidez um gole da bebida mais consumida no mundo. O café flutua pela boca, inclusive nas laterais da língua, região responsável por sentir a acidez. Antes disso, Diana já sentiu a fragrância do pó e repetiu o processo olfativo com o aroma que o grão moído exalou após o contato com a água quase em ebulição. O cheirinho do café não é apenas um chamariz para o despertar da manhã. “80% do gosto vem do nariz e apenas 20% da boca”, explica Diana, cujo trabalho consiste em passar o dia decifrando as diferentes notas, aromas, níveis de acidez e tantas outras características escondidas em cada xícara. Por esse motivo, ela cospe o café em um copo após senti-lo na boca - ou terminaria o dia com mais cafeína no corpo que um cafezal.

1

Grãos de café secando ao sol na Hacienda Combia

2

Processo de "catação" no XUE Café

3

Coleta manual de café na Hacienda Venecia

2

O café XUE é produzido na fazenda Manantiales del Frontino, localizada no município Caicedonia. Em 2011, a variedade exótica Geisha, cultivada nessa terra, recebeu o título de melhor café de origem do ano pela Associação Americana de Cafés Especiais

avianca.com.br


3

avianca em revista

set.14

路 73


destinos

(SCAA). Além dos cafés especiais, a fazenda produz os convencionais, servidos a bordo dos voos da Avianca Internacional. “Nosso diferencial é cuidar de toda a cadeia, que vai do campo ao barista”, comenta Jorge Andrés Isaza, coordenador técnico e de qualidade. Há quatro meses, a marca abriu um espaço no Aeroporto Internacional El Dorado, em Bogotá, funcionando como uma cafeteria que também vende grãos e acessórios premium. É possível comprar uma prensa francesa, que realça corpo e acidez, ou um sifão, que enfatiza corpo e dulçor. Cada método de preparação extrai diferentes características, sendo que o coado é perfeito para começar o dia. “Por ficar em contato direto com a água por mais tempo, o coado tem mais porcentagem de cafeína do que o expresso, que, por sua vez, apresenta mais conteúdo e corpo”, explica o mestre tostado do XUE, Sebastian Jaramillo García. Cada fazenda visitada na Colômbia traz novas experiências e percepções sobre o universo do café, que não cabem em uma simples xícara. Os 220 hectares da Hacienda Venecia, na cidade de Manizales, dão a impressão de que o mundo lá fora parou: silêncio, rio, verde, 120 espécies de aves e muitas conversas na varanda entre hóspedes de diferentes países. O proprietário e integrante da quarta geração do negócio cafeeiro, Juan Pablo Echeverry, nasceu ali, mas já morou na Inglaterra, no Brasil e na Guatemala, sempre com o objetivo de aprofundar seu entendimento sobre o assunto. É ele quem explica quais são as principais diferenças entre o café colombiano e o brasileiro. Os dois países estão sempre no pódio de maior produtor mundial, mas cada qual com sua especificidade. “O Brasil produz mais do tipo robusta, enquanto a Colômbia foca no arábico, dividido entre natural e lavado”, expõe. Para leigos, a explicação pode continuar complicada. Mas fica mais fácil. Ambas espécies são comercializadas na bolsa de valores. O tipo robusta é mais barato e cultivado em terras baixas, enquanto o arábico vale mais. O café do supermercado tem tudo para ser robusta, mas o pacote caro e gourmet deve ser arábico. Em algumas regiões mais altas do Brasil, o arábico também é cultivado, mas geralmente com o processo natural, ou seja, a semente seca ao sol com o caldo doce que a envolve. Já no caso

74 · SET.14

avianca em revista

do lavado, especialidade colombiana, a torra é feita sem essa parte. Os especiais, como o premiado Geisha, são um capítulo à parte e não entram em nenhuma dessas categorias, pois são... especiais.

1

A luz roxa da torre mais alta é onde se chega após subir os 400 degraus da catedral gótica de Manizales

Os turistas que se hospedam na fazenda de Echeverry não estão só de passagem. “Aqui não é hotel, nem restaurante. É para viver o clima de fazenda. Não só comer e sair”, pontua. Durante a estada, os hóspedes têm uma experiência autêntica de aprender a provar café, identificando diferentes aromas e sabores, além de caminhar pelos cafezais acompanhados de um guia que compartilha todo seu conhecimento. “A ideia é que, depois de viver aqui, o viajante valorize a xícara de café que está tomando e reconheça o trabalho, entendendo toda sua globalidade”, afirma. Essa também é a proposta da centenária Hacienda Combia, situada na cidade de Calarca. Há 12 anos, o proprietário Manuel Gonçalo Sabogal Restrepo começou a transformar sua agricultura em produto turístico. Além do hotel e da cafeteria com vista para a cordilheira, o fazendeiro criou um roteiro com 10 estações para explicar a cultura do café.

2

Igreja de arquitetura romana na pequena cidade de Filândia

“O melhor café do mundo é o que eu mais gosto”, afirma Manuel. Mas isso não quer dizer que os grãos de baixa qualidade devam entrar no ranking pessoal de cada um. Antes de embrenhar-se pelos cafezais, a guia e barista Paola Andrea Florez leva os turistas para a mesa de “catação”. A palavra, conhecida internacionalmente, significa provar. Ela apresenta as 36 notas aromáticas de café, dispostas em pequenos vidrinhos, como se fossem perfumes. Após uma explicação sobre o que faz um café ser bom (ponto de colheita, sombra, chuva, sol, fauna e flora) e como saborear e cheirar a bebida, ela coloca três xícaras na frente de cada participante. O objetivo é identificar a classificação de cada café: ruim, regular ou bom. Tudo isso acontece com a melhor vista para o que se chama de “Paisagem Cultural do Café da Colômbia”, declarada pela Unesco, em 2011, como patrimônio mundial. “O que a Unesco viu de excepcional aqui?”, questiona o cafezeiro Manuel. A resposta está em cada cantinho da cordilheira andina colombiana, esperando para ser descoberta.

Cada método de preparação do café extrai diferentes características, sendo que o coado é perfeito para começar o dia. avianca.com.br


1

2

avianca em revista

set.14

路 75


destinos

1

2

3

Nem tudo é café

Entre uma fazenda e outra, os cafezais acompanham a paisagem da estrada, mas que também leva a outros destinos. Com cerca de 20 vulcões no triângulo do café, sendo alguns deles ativos, o roteiro tem ainda um banho de águas termais vulcânicas. O hotel Termales de Santa Rosa, que fica a uma hora de Pereira, tem as piscinas mais rústicas e, por esse mesmo motivo, mais naturais e inseridas na natureza. Além de uma enorme queda d’água quente, o lugar também conta com uma cachoeira de água fria de 180 metros de altura. Apesar de ser um hotel, há opção de day use. Mais ao norte, o hotel Termales el Otoño também atrai hóspedes buscando a energia das águas vulcânicas. Nos arredores, há pequenos povoados de arquitetura colorida, com sua praça principal. Aliás, toda cidade, por menor que seja, tem sua praça Bolívar e uma catedral, além de uma rua chamada Calle Real. Se tiver árvores e natureza, chame de Parque Bolívar. Se for mais cinza, chame de Plaza. As casas de arquitetura antioquenha, que misturam taipa, madeira e concreto, conservam as famosas

76 · SET.14

avianca em revista

varandas suspensas multicolores, preservadas desde a fundação da cidade, em 1878. Mas um dos povoados mais representativos dessa arquitetura é Salento. Também tem praça Bolívar, Calle Real e varandas, mas enfeitadas com muitos mochileiros gringos circulando em antigos Jeep Willys, que fazem as vezes de táxi. É a bordo de um desses que se chega ao Valle del Cocora, no Bosque da Neblina, a 2400 metros acima do nível do mar. Pela primeira vez, o café abandona a paisagem, dando espaço às árvores símbolo da Colômbia, chamadas de Palma de Cera. As enormes palmeiras de 70 metros perdem-se na neblina, por onde corta uma trilha que recebe cavalgadas de, no mínimo, uma hora. Depois de cruzar rios mata adentro, a truta do restaurante Donde JuanB convida a relaxar. Mas, antes disso, um pequeno ritual de plantar uma muda da Palma de Cera sela o compromisso de retornar, um dia, à região. “Os declaro guardiães da natureza na Colômbia”, afirma Marino Toro, biólogo que acompanhou a missão de abrir o buraco na terra. “Agora, uma parte de seu coração fica aqui”, conclui.

1

Salento, povoado cheio de cores e casas de taipa

2

Vista do quarto no hotel Movich Pereira. À direita da foto, a igreja gótica romana San José

3

Palma de Cera , árvores símbolo da Colômbia, no Bosque da Neblina

VOos para pereira (pei) Saída Chegada São Paulo (GRU) 01:25 09:25 Para mais opções de voos consulte www.avianca.com ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

Agradecimento: Proexport Colombia

avianca.com.br


Piscina de água vulcânica no hotel Termales de Santa Rosa

avianca em revista

set.14

· 77


destinos

onde ficar 1 Movich Pereira

A rede Movich possui sete hotéis na Colômbia, todos de excelente padrão. Em Pereira, o empreendimento é o maior da região, com 202 quartos, localizado na Zona Rosa, onde estão os melhores restaurantes da cidade. Além de oferecer academia, spa, piscina, salão de beleza e diversos salões de convenções, o hotel tem um corredor de acesso direto ao Centro Comercial Pereira Plaza. A tarifa média é de US$ 110,00. Avenida Circunvalar, Carrera 13 # 15-73 - Pereira www.movichhotels.com

2 Sazagua Hotel Boutique Há oito anos, a casa da família de Amélia Ocampo começou a receber hóspedes.

Com 10 quartos e uma decoração eclética, de diferentes épocas e partes do mundo, o sofisticado empreendimento expõe uma janela da Índia, um quadro de arte brasileira, uma fonte no jardim, que veio do México, e por aí vai. Tem wi-fi, piscina, spa, jacuzzi e sauna. Diárias a partir de US$ 153,00. Km 7 vía Cerritos, Entrada 4 Urbanización Quimbayita - Pereira www.sazagua.com

3 Visus Boutique Spa Arquitetura mexicana clássica, espaços amplos e arejados, com apenas sete habitações. A piscina de borda infinita e o spa têm vista para o lago de uma fazenda vizinha. Fundado em 2011, o hotel

campestre é superexclusivo. Se quiser apenas conhecer, o restaurante e o bar são abertos ao público das 8h às 20h. Diárias a partir de US$ 365,00. Km 6 vía Cerritos, Vereda Pavas, Hacienda Malabar - Pereira www.luxorhoteles.com

4 Hacienda San Jose Típica casa de fazenda, com arquitetura espanhola e taipa. Datando 126 anos, os 11 quartos foram construídos ao redor do jardim, que hoje também conta com uma piscina. Clima colonial e rústico. Diárias a partir de US$ 165,00. Km 4 vía Cerritos, Entrada 16 Cadena El Tigre - Pereira www.haciendahotelsanjose.com

1 2

3 78 · SET.14

4

avianca em revista

avianca.com.br


5

6 5 Hacienda Venecia

6 Hacienda Combia

A experiência de hospedar-se em uma fazenda de café pode ser em um dos sete quartos do hostel ou em uma das seis suítes da casa principal, que fica em outro lado da propriedade. As refeições são servidas em uma grande mesa, para que todos se conheçam e troquem vivências. O tour de café acontece diariamente, às 9h30. Diárias a partir de US$ 15,00 no hostel ou US$ 140,00 no hotel. Vereda el Rosario - Manizales www.haciendavenecia.com

Com vista para a cordilheira central andina e, claro, para os cafezais, o hotel abriu há 12 anos. Com 33 quartos simples e aconchegantes, o empreendimento oferece piscina, jacuzzi, sauna e salão de eventos. Possui tour de café, que pode ser agendado previamente. Diárias a partir de US$ 75,00. Km 4 vía al Valle - Vereda La Bella Armenia www.combia.com.co

avianca em revista

set.14

· 79


sabores

Encontro do exótico

com o tradicional por Carla Palmieri Fotos Roberto Salgado

Carismático, sensorial e muito criativo são apenas alguns dos predicativos notáveis e factuais que captamos em uma conversa com o chef Tsuyoshi Murakami em seu restaurante, o prestigiado Kinoshita, na Vila Nova Conceição, em São Paulo

80 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Restaurante Kinoshita

Cozinha: Japonesa Preço médio: R$ 80,00 Prato destaque: Maguro Nutta Spicy (atum levemente selado com missô apimentado e gema de codorna) R$ 66,00 www.restaurantekinoshita.com.br

O

chef japonês aportou em terras tupiniquins aos três anos de idade. Aos 18, por influência paterna, saiu em viagem por sete anos, passando por restaurantes em Nova York, Japão e Barcelona. Foi durante este tempo que descobriu sua verdadeira vocação. “Meu pai percebeu desde cedo que meu lance não era estudar, mas, sim, vivenciar. Ele me incentivou a desbravar o mundo, mas foi aos 22 anos que minha ficha literalmente caiu. Foi quando percebi que queria ser cozinheiro e buscar sabores diferentes”, afirma. Ao retornar ao Brasil, em 1994, iniciou seu trabalho com Toshio Kinoshita, que futuramente seria seu sogro. Na época, seu restaurante, o Kinoshita, já era um velho conhecido dos adeptos da exótica culinária japonesa. “Foi lá que comecei a sentir profundidade na minha comida”, revela. Após 30 anos na Liberdade, o chef Tsuyoshi Murakami e seu sócio, Marcelo Fernandes, reinauguraram, em fevereiro de 2008, o restaurante na Vila Nova Conceição. O novo lugar, com uma pegada mais moderna, ainda ofereceria a marca registrada da cozinha de Murakami, a kappo cuisine. “Trata-se de uma cozinha singular, que procura aflorar os cinco sentidos a partir de exóticas combinações de aromas, texturas e sabores de raras iguarias.

Minha busca será sempre de uma comida equilibrada”, explica. Esta nova tendência surgiu após uma imersão de 30 dias do chef Tsuyoshi e seu sócio nos mais longínquos recônditos do Japão. A pesquisa trouxe ao cardápio sabores que só são encontrados na cozinha do chef Murakami. Todo este trabalho minucioso e sensorial desenvolvido por Murakami já lhe rendeu diversos prêmios concedidos por respeitadas publicações da imprensa nacional. Sua última premiação aconteceu em 2013, quando foi eleito o Melhor Restaurante Japonês da cidade no Melhor de São Paulo, especial do jornal Folha de S.Paulo. “Prêmios são quase uma prova viva de que minha viagem ao mundo dos sabores transforma as pessoas”, reflete o chef. Após um maravilhoso almoço preparado pessoalmente por ele, facilmente percebemos que um de seus objetivos é transformar as pessoas por meio da sua gastronomia. “Para mim, comida é poesia. Uma maravilhosa oportunidade de se doar e se emocionar. Aqui, na minha cozinha, eu e minha equipe tentamos interferir o menos possível no que a natureza nos oferece. Todo o segredo está na simplicidade, no silêncio que fala”, comenta Murakami, finalizando com sábias palavras.

avianca em revista

set.14

· 81


MAPA GASTRONÔMICO

Tenras, Aromáticas e

saborosas

Por PauloGreca

Aqui vai uma seleção feita a dedo de lugares em São Paulo onde você saboreia carnes de excelente qualidade a preços bem sedutores. Locais agradáveis, com boas cartas de vinhos para harmonizar com sua escolha e se deliciar. Anote.

Bracia Parrilla Casa localizada no bairro do Tatuapé, especializada em cortes nobres de carnes argentinas. A harmonização pode ser acompanhada dos bons rótulos de vinhos existentes na adega subterrânea do restaurante, sob a responsabilidade do sommelier Claudio Valentim. Vale experimentar o Bife de Chorizo (R$ 63 - 300g) com Arroz Biro Biro (R$ 19). Serve até duas pessoas. Às quintas-feiras, show de tango por volta das 21h - convém reservar. Wi-fi grátis e estacionamento com manobrista (R$ 15). Aos finais de semana, é aberto um espaço infantil com brinquedos e monitores para a criançada. Rua Azevedo Soares, 1008 - Tel.: (11) 2295-0099 www.braciaparrilla.com.br

North Vila Nova Corrientes 348 Aqui você encontra grelhados deliciosos em ambiente agradável no bairro da Vila Nova Conceição. A casa, reestruturada e reinaugurada este ano, traz boas novidades, como a Fraldinha Grelhada (R$ 58) acompanhada por Baked Potato Recheada com Requeijão e Bacon (R$ 16). Possui uma adega interessante, com vinhos a preços bem convidativos. Wi-fi grátis, estacionamento com manobrista (R$ 20), acesso e banheiro adaptado para portadores de necessidades especiais. Não possui área para fumantes. Rua Jacques Felix, 365 Tel.: (11) 3044-4885 www.northvilanova.com.br

82 · SET.14

avianca em revista

Especializada em parrilla, essa tradicional casa já ocupa lugar de destaque há 18 anos no bairro da Vila Olímpia. Ambiente descontraído com gente bonita, onde você desfruta de ótimos cortes preparados na grelha. Vale conferir o Lomito Light (R$ 120 - inteiro / R$ 76 - meio), acompanhado da Salada Juliana - alface americana, tomate, cebola, palmito, cenoura, mostarda, parmesão, maionese e batata palha - (R$ 39 - inteira / R$ 27 meia). Acesso fácil para portadores de necessidades especiais e banheiro adaptado. Não possui área para fumantes. Rua Comendador Miguel Calfat, 348 Tel.: (11) 3849-0348 www.restaurante348.com.br

NB Steak

Restaurante recém-inaugurado em uma das avenidas mais tradicionais do Itaim Bibi, a Juscelino Kubitscheck. Tem sistema de Menu Degustação (R$ 95) com 10 variedades de carnes nobres, incluindo galeto e peixe. Sobremesas e bebidas não inclusas. Da seleção disponível, vale destacar o Steak NB: um corte magro do dianteiro do boi, bastante suculento, macio e saboroso. A adega possui 300 rótulos de diversas nacionalidades, dentre os quais podem ser encontrados itens interessantes do Brasil. Wi-fi grátis, manobrista na porta (R$ 15), acesso para portadores de necessidades especiais e banheiro exclusivo. Não possui área para fumantes. Av. Juscelino Kubitscheck, 816 Tel.: (11) 3078-9999 www.nbsteak.com.br

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 83


carta de vinhos

CHILENOS ENCORPADOS por paulo greca

S

elecionamos quatro tintos do Chile, bastante expressivos, para harmonizar com pratos bem temperados ou carnes de caça. Esses vinhos têm produção limitada, portanto, não perca tempo e faça sua escolha

100 Barricas do Chile (R$435) 100 vinícolas + 100 enólogos + 100 barricas = 1 vinho. O projeto audacioso de conseguir reunir, em uma única garrafa, uma mescla de vinhos de 100 grandes bodegas chilenas parece ter dado certo. O assemblage de Cabernet Sauvignon (93%) + Syrah (5%) + Carménère (1%) + Carignan (1%) beira a perfeição. O resultado da coragem (e quase loucura) do diretor da Top Winemakers, Rafael Prieto, é expressado por uma complexidade de aromas e sabores em cor vermelho púrpura. Aromas de tabaco, especiarias, florais e frutas vermelhas. Taninos macios e final longo. Envelheceu 14 meses em carvalho francês.

Columbine Special Reserve Carmenère 2012 (R$ 85) Este tinto da região do Valle de Colchagua foi envelhecido por um ano em carvalho francês. De cor roxa com reflexos violáceos, revela notas de frutos negros, pimenta, noz moscada e toques de baunilha. Na boca, é amanteigado, com taninos macios e final persistente. Tem bom potencial de guarda. Wine Soul Store: (11) 99963-3898

Importadora Terruares: (11) 98799-1796 www.terruares.com

Nimbus Merlot 2009 (R$ 85) Elaborado pela Bodega Casablanca, este varietal de coloração rubi violácea revela aromas de mirtilo, frutas secas, chocolate, baunilha e pão tostado. Bom corpo, seco, elegante, com boa complexidade final e retrogosto persistente. Casa Flora Importadora: (11) 3327-5199 www.casaflora.com.br

84 · SET.14

avianca em revista

Mirador Selection Carmenère 2013 (R$ 63) Frutas vermelhas, pimenta branca, defumado e baunilha são alguns dos aromas encontrados nesse belo exemplar da bodega William Cole. O envelhecimento em carvalho francês lhe conferiu boa maciez nos taninos. Tem acidez equilibrada e final longo. Wine Soul Store: (11) 99963-3898

avianca.com.br


já pensou no seu próximo evento?

Eventos Corporativos stands, feiras, convenções, marketing promocional e design

www.agenciasampling.com.br +55 (11) 5505 0078


especial

Passaporte marciano PorCamila Balthazar FotoGraziVentura

Tem quem sonhe em dar a volta ao mundo, conhecer diferentes culturas e falar muitos idiomas. Pode-se dizer que Manoel Belem está um passo a frente. Ele mira o espaço. E, se tudo der certo, seu próximo endereço terá um CEP de Marte.

O

desafio de Manoel Belem é viajar pra Marte, mas com bilhete apenas de ida. Em vez de admirar a arquitetura do destino escolhido ou visitar museus, ele quer contemplar estrelas e galáxias. Observar a Terra de longe, perdida entre tantos outros pontinhos no céu. Bacharel em Física pela USP e com especialização em Administração e Marketing na FGV, Belem é um dos pré-selecionados para a missão da empresa holandesa Mars One. Quando tudo começou, no ano passado, 200 mil candidatos preencheram a ficha de inscrição. Desses, 705 foram escolhidos, sendo 18 brasileiros. Até 2015, os 24 finalistas serão divulgados. “Não quero conhecer lugares para tirar fotografia. Não é um ‘bate e volta’. Quero desbravar, passar meu tempo lá e fazer algo relevante para a vida. Claro que há riscos, mas aqui na Terra também tem”, conta Belem, demonstrando tranquilidade absoluta com a possível jornada. O objetivo do projeto é iniciar uma missão de colonização. O primeiro voo-conceito partirá em 2018 para levar um satélite de comunicação para Marte. Já a primeira equipe da tripulação deixará o planeta azul apenas em 2024. A estrutura será construída para que, aos poucos, o planeta possa receber mais moradores. “É natural que a humanidade vá migrando pelo universo. A dificuldade de uma viagem humana interplanetária é justamente imitar o ambiente básico de sobrevivência, incluindo

86 · SET.14

avianca em revista

o aspecto psicológico. Teremos hortas hidropônicas e todas as condições necessárias para viver lá”, afirma. Seu interesse pelo espaço vem de tempos. Como Belem mesmo explica, ele foi “excandidato” a segundo astronauta brasileiro. Isso porque a seleção começou no ano 2000, porém o processo foi interrompido, mantendo Marcos Pontes como único brasileiro a realizar uma viagem ao espaço. Antes e depois disso, sua carreira sempre esteve envolvida com projetos pioneiros. “No Brasil, fiz a primeira fábrica de circuitos híbridos, a primeira videoconferência, o primeiro seminário via satélite interativo, o terceiro website com o final ‘.com.br’”, detalha. Enquanto aguarda o resultado final da Mars One, Belem mantém seus projetos, entre os quais a SpaceTrip4Us e a F1inSchools do Brasil, ambos voltados para educação de jovens, além de fundar a Biz4U e presidir a Sociedade de Turismo Espacial do Brasil. Mas ele quer trocar tudo isso pela nova vida em Marte. “É uma mistura de curiosidade científica, espírito aventureiro e pioneirismo. É impossível aparecer algo mais interessante para fazer nos próximos 20 anos”, expõe. Saudade não é um sentimento que tira seu sono. Mesmo a uma distância de aproximadamente cem milhões de quilômetros da antiga casa e da família, os novos habitantes de Marte contarão

1 1

Projeto do assentamento que será construído em Marte

2

Manoel Belem é um dos pré-selecionados pela Mars One

com um link de 25 Megabytes para manter contato com a Terra. Tal velocidade de internet é suficiente para assistir 20 filmes 3D simultaneamente. “Não vou perder contato com ninguém. Se for escolhido, não vou levar nada pra lá. Os apegos são uma invenção. Só vou sentir saudade de andar na praia e de um abraço terráqueo no dia do aniversário”, brinca o ‘quem sabe’ futuro marciano, enquanto prepara seu novo passaporte. www.mars-one.com www.facebook.com/marsone.manoelbelem

avianca.com.br


2

avianca em revista

set.14

路 87


hot spot

Mapa do Cerrado PorCamila Balthazar

No mês passado, a Avianca fez seu primeiro voo para Goiânia. Nascida durante a Marcha para o Oeste, em 1935, a cidade é organizada, tem 1,5 milhão de m2 de área verde e um povo acolhedor sempre pronto para tomar um café passado e contar histórias. Quem viajar pra lá, não pode perder as dicas que separamos para curtir o que há de melhor no coração do Cerrado.

Ateliê do Grão Apaixonado por café, Rodrigo Ramos viaja por fazendas para acompanhar a floração, o desenvolvimento dos frutos, a colheita, o processamento e a secagem dos grãos. Tudo para garantir o melhor café na xícara do seu cliente. No balcão da cafeteria, inaugurada em 2010, uma máquina de expresso Slayer, azul turquesa, rouba a cena. Quem entende de café já se apaixona pelo local ao bater os olhos nesse equipamento, que também tem a companhia de um moinho Versalab e uma torradora Probatone. Aberto diariamente, das 8h às 20h. Rua 36, 354 - Setor Marista www.ateliedograo.com.br

Parque Vaca Brava Goiânia tem 28 parques e bosques, totalizando 94 m2 de área verde por habitante e ultrapassando Curitiba, que um dia já ocupou a primeira posição no ranking verde. De todos eles, o Vaca Brava tem a melhor vista da cidade. Ocupando uma área de quase 80 mil m2, há pista de cooper ao redor do lago, além de parque infantil, estação de ginástica e mirante. À sua volta, lojas, bares, restaurantes e o Goiânia Shopping compõem a paisagem. Entre as Avenidas T-10, 1-13, T-5, T-66 e T-15 - Setor Bueno

88 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Velvet 36 Boa cerveja e boa música em um pub, cuja decoração remete à Nova York dos anos 1960 e 1970. Inspirado no Republic de Andy Warhol, o proprietário Leandro Perez abriu as portas de sua confraria em 2013, com uma carta de cervejas de 85 rótulos. O cardápio também inclui salsichas artesanais alemãs, entre outros petiscos. Ao som de Bob Dylan, David Bowie, Ramones, Joy Division e The Who, a boemia roqueira se reúne por lá, de domingo a domingo, das 11h às 23h. Rua 36, 378 - Setor Marista www.velvet36.com.br

Mercure Goiânia Hotel Localizado em uma das melhores áreas da cidade, o hotel fica próximo de dois parques: o Bosque dos Buritis e o Lago das Rosas. Inaugurado em 2012, tem 177 apartamentos, com instalações novas e modernas. O empreendimento conta com restaurante de gastronomia internacional, seis salas modulares para eventos, spa, fitness center e lobby-bar aberto 24 horas. Há cinco categorias de acomodações, com diárias a partir de R$ 247,00. Av. República do Líbano, 1613 Setor Oeste www.mercure.com

VOos para GOIÂNIA (GYN) Saída Chegada São Paulo (GRU) 07:15 09:00 Basília (BSB) 20:25 21:12 Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca em revista

set.14

· 89


performance

Squash Por Eric Pomi Sousa foto Tati Brandão

O

objetivo básico no squash é bater na bolinha com a raquete alternadamente em relação aos outros jogadores. Podem ser até quatro participantes por partida. A bolinha deve bater sempre na parede à frente do atleta e as paredes laterais e de trás podem ser utilizadas como tabela. Mas, após atingir a parede frontal, a bolinha só pode quicar no chão uma vez. O squash é um esporte de moderada a alta intensidade, que exige aptidão específica. Em qualquer nível, coloca uma alta demanda sobre o sistema aeróbio para fornecimento de energia durante o jogo e também na recuperação. Além disso, a modalidade exige potência nos movimentos que envolvem o sistema de energia anaeróbio lático. Os jogadores desenvolvem resistência muscular localizada, força, potência, flexibilidade e velocidade, combinados com agilidade, equilíbrio e coordenação. O squash tem origem na Inglaterra. Alguns defendem que seu surgimento se deu em uma prisão, enquanto outros, em uma escola. A verdade é que a modalidade é escolhida pelos adeptos por ser uma atividade completa, podendo-se destacar a melhora da saúde óssea, o combate à ansiedade e alívio do estresse. O esporte gasta de 500 calorias (30 minutos) a 1500 calorias (1 hora de jogo entre profissionais). Pela complexidade da atividade, é necessária atenção a alguns fatores importantes, com o objetivo de prevenir lesões e aumentar o desempenho: - Aquecimento, ou seja, fazer deslocamentos lentos e rebatidas fracas, entre 10 a 15 minutos. - Fazer um trabalho de compensação, rebatendo um pouco com o lado não dominante para não desenvolver adaptações musculoesqueléticas assimétricas, que podem aumentar o risco de lesão específica. - Verifica-se um grande desgaste das

musculaturas da perna após uma partida, então recomenda-se fazer outras atividades físicas complementares em outros dias. - Estudos mostram que um volume alto de exercício pode aumentar o risco de dor nas costas e aumento na assimetria nos ossos e musculaturas. - Pliometria (exercícios de contato rápido com o chão), treinamento de força e/ou potência (membros inferiores, membros superiores, core) dão suporte importante

para o praticante. - Exercícios específicos para o manguito rotador (grupo de músculos que estabilizam o ombro), juntamente com a estabilização escapular, é uma parte crítica na prevenção/reabilitação dos membros superiores. Consulte um médico e um profissional de educação física antes de iniciar qualquer atividade física.

*Eric Pomi Sousa é graduado pela USP, pesquisador do Laboratório de Biomecânica - EEFEUSP, membro do Asics Training Team e voluntário da ONG TETO

90 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


pet style

Vai pra onde,

bicho? A

s tão esperadas férias vão chegando e o que era para ser divertido acaba se tornando um tormento para quem tem animais. A dúvida é sempre a mesma: como deixar seu animal de estimação em segurança quando se planeja uma ausência mais prolongada? Em se tratando de cães e gatos, opções não faltam. De hotéis, fazendas, até spas e babás particulares. Tem de tudo. O problema fica com quem tem animais, digamos, diferentes. Renata Spallicci sabe bem como é isso. Ela é dona de Safira, uma arara Canindé azul, de quatro anos, e de Tico e Teco, dois saguis, irmãos, de 7 anos. Além

Quem tem animais de estimação sabe que, para poder viajar tranquilo, deve começar a se preparar o quanto antes. Encontrar um hotel para cães e gatos não é difícil, mas quando se tem um animal silvestre ou exótico, a missão pode ser muito complicada Por RozzeAngel Fotos Divulgação

do valor financeiro - uma arara azul pode passar de R$ 10 mil -, a preocupação maior está no valor sentimental. “Meus bichos têm temperamento difícil. Não é qualquer pessoa que consegue cuidar deles”, explica. Além de uma dieta balanceada, eles são frágeis e, em especial os saguis, podem fugir caso o tratador não saiba como manuseá-los. Existe ainda o risco de doenças e mal estar. “Conheço a Safira e sei perceber quando ela não está se sentindo bem, mas outra pessoa, que não tem afinidade, não saberia”, conta Renata, que, por esse motivo, diz preferir deixá-la sob cuidados especializados. Ela optou pelos serviços do África Pet, um

pet shop que atende na região Oeste de São Paulo, mas que pela sua especialidade em aves, recebe clientes de diversas partes da cidade. “Já hospedamos e tratamos aves de todos os tipos, de periquitos, calopsitas e até galinha, além de roedores”, conta Camila Oliveira, atendente da loja. No local, existem dois viveiros grandes, um deles, inclusive, fica externo e é usado para banhos de sol. Aves mais mansas e sociáveis dividem o espaço, enquanto as mais hostis ficam em gaiolas independentes. Todas são acompanhadas diariamente pela veterinária Renata Gaspar Vieira, especializada em animais tanto silvestres, ou seja, da fauna brasileira, quanto exóticos, vindos de outras regiões do mundo. “As aves precisam de um ambiente tranquilo, espaço, exercício nos puleiros e dieta selecionada, além da distração para que não se deprimam”, explica a veterinária, que ainda completa: “até mesmo quando se vai para uma casa de veraneio, muitas vezes não se tem estrutura, tanto para transportar a ave quanto para abrigá-la”. Para hospedar o animal, ela exige a documentação daqueles que são controlados pelo IBAMA e exames veterinários. Em média, as diárias giram em torno de R$ 30,00 a R$ 50,00.

Renata e a arara Safira

Outra cliente assídua é Tati, uma calopsita de cinco anos. Sua dona, Claudia Goitia, explica que, embora não seja uma ave cara, nem cogita deixá-la sem a atenção necessária. “Tati é parte da família”, conta ela, relembrando que a deixou no hotel por 30 dias quando viajou com a família para o exterior. “Pelo menos eu estava tranquila porque recebia fotos dela por email todos os dias”, destaca.

92 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


social

São Paulo

Opening Rosa Chá Fotos RodrigoZorzi e Waldemir Filetti

A inauguração da Rosa Chá aconteceu em grande estilo e reuniu muita gente interessante no Shopping JK Iguatemi.

Cleo Pires

Ana Luiza Castro

Patricia de Jesus

Helinho Calfat

Manu Gavassi

Marina Diniz

Mariana Ximenes

Fernanda Motta

94 · SET.14

Sophia Abrahão

avianca em revista

Lara Guerin

avianca.com.br


Ford, novo Ka E Rock n Roll Fotos Paulo Otero

Como parte das ações do pré-lançamento do Novo Ka, a Ford promoveu o “Ford, Novo Ka & Rock’n’Roll”, um tributo ao rock nacional, com show de Dinho Ouro Preto, apresentação da atriz Fernanda Paes Leme e participação especial das bandas Malta, Jamz e Suricato.

Banda Jamz

Banda Malta

Fernanda Paes Leme

Jacqueline Sato

Banda Suricato

Paulo Vilhena

Fernanda Prado

Bruno Gagliasso


entrevista social

São Paulo

Lançamento Coleção Tarsila do Amaral Fotos Marina Malheiros

A JRJ Tecidos reuniu convidados para o evento de lançamento de sua Coleção Tarsila do Amaral, inspirada na vida e obra da artista. Oscar Mikail e Francisco Calio

Lucia Mansour

Silvia Vidigal Ramos

Sergio Zorzban

Gina Elimelek e Lucy Amicon

Maria Pia Brunoro Cury

Ana Carolina do Amaral

cine vista jk iguatemi Fotos Ali Karakas

Fred Lessa e Izabella Borges

Fernanda Harger e Claudia Dahter

Pedro Urizzi e Catarina Garcia

96 · SET.14

Raphael Macchione

avianca em revista

Leticia Veloso

Raphael Vidigal

JK Iguatemi e Cinépolis realizaram o Cine Vista pelo segundo ano consecutivo. O projeto resgata o conceito de cinema ao ar livre, que já teve edições, como o Orange Cinema, em Genebra, o Rooftop Cinema, em Melbourne, e o Rooftop Films, em Nova York.

Sophia Carta Kowarick e Raphael_Vidigal

Stella Prado e Flavia Farhat

avianca.com.br


almoço lide Fotos Fredy Uehara

O LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), associação de empresários criada pelo Grupo Doria, promoveu um almoço para cerca de 300 empresários, patrocinado pela Avianca, no Grand Hyatt, em São Paulo. O evento teve como convidado principal o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco.

Guilherme Paulus, José Efromovich, Ricardo Pessoa e ministro Moreira Franco

Alysson Paolinelli, José Efromovich, Luiz Alberto Küster e Carlos Magalhães

Marcelo Guaranys, João Doria e ministro Moreira Franco

Juan Barberis, Afonso Celso, Roberto Giannetti e Welder Peçanha

Mario Anseloni e David Barioni Neto

Junia Hermont, Carlos Pellegrino, Pedro Calcagno e Philipe Figueiredo

Ministro Moreira Franco, José Efromovich e Eduardo Marson

avianca em revista

set.14

· 97


social

São paulo

Eduardo Fernandes

Jota Zer0ff

Rogeria Maciel

Beto Cocenza

Adriana Pedrosa

Mostra artefacto B&C Fotos CelinaGermer | Henrique Padilha JuanGuerra | Renata D’Almeida

Cleide Gomes, Livia Pedreira e Paulo Bacchi

Tamar Paiva

Ivan Guimaraes

A inauguração da Mostra Artefacto B&C – Arte e Arquitetura contou com coquetel para convidados. O público pode conferir os 20 ambientes que homenageiam artistas plásticos consagrados do país e contam com peças de nomes como Tomie Ohtake e Vik Muniz.

Transmissão Tomorrowland Fotos Charles Naseh

O famoso Festival Tomorrowland teve transmissão ao vivo diretamente da Bélgica para São Paulo, no Parque Cândido Portinari, e agitou o público com o anúncio da chegada do evento ao Brasil, em 2015.

Marcele Dotti, Gabriel Aragão e Larissa Oseas

Luciano Amaral

Isabel Garcia e Rafael Rosa

98 · SET.14

avianca em revista

DJ Marky

Pedro Simon e Amanda Chiara

Erick Dias

Paula Jacob

Betina Carollo

Robert Montgomery Carollo eBetina Juliana Diegoliv

Fernanda Mello

avianca.com.br


#somdubom no Skull Bar Fotos André Leme

O Skull Bar, na Rua Amauri, em São Paulo, reuniu uma turma animada para curtir uma noite de música especial, com músicos e instrumentistas convidados para o projeto #somdubom. Jaqueline Ouros e Randal de Paula

Danieli Canova e Jaqueline Ouros

Joana Sepreny e Leonardo Duarte

Bruno Waisman e Jana Palma

Rodrigo Sa

Robert Montgomery

Melanie Zmetek

bahia

Fashion Weekend kids Fotos Mario Lalau

A consultora de moda Ana Cury realizou a quarta edição do Fashion Weekend Kids, em Comandatuba, na Bahia. As marcas de moda kids desfilaram com trilha sonora dos maiores sucessos da banda Jota Quest. Luisa e Fernanda Rodrigues

Adriane Galisteu

Helena Fischer, Gabriela Gebara e Anna Carolina Simon

Camila Espinosa

Pedro Novaes

Glória Maria

Tatiana Loureiro

Tico Sahyoun e Rogerio Flausino

avianca em revista

set.14

· 99


social

São Paulo Pré-Estreia Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos Fotos grazi ventura

O musical de Charles Moeller e Claudio Botelho, que conta com o apoio da Avianca, fez sua estreia para convidados no Teatro Faap, em São Paulo.

Paulo Goulart Filho

Fabio Porto, Amanda Vieira e Zeca Souza Campos

Carlos Alberto Ricelli e Bruna Lombardi

Beatriz Segall

estreia grande circo místico Fotos grazi ventura

Natalia Passador, Flavia, Claudio Velez e Nancy Rosas

Tiago Barbosa e Paulo Cesar

Claudia Hamra e Jorge Takla

Apoiado pela Avianca, o espetáculo dirigido por João Fonseca contou com presenças ilustres em sua noite de estreia, no recéminaugurado Theatro NET SP, em São Paulo.

Bruno Perillo e Julio Pompeo

Giuliana Velascos, Newton Moreno e Assucena Tupiassu

Claudia Raia e Jarbas de Melo

Gloria Menezes

Denise Ravache e Sergio Dantin

Maria Siman, Tania Castello e Silvia Poggetti,

Roberto Lage

Rodrigo Soares e Thiago Adorno

100 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


rio de janeiro estreia 220 volts FotosAlex Nunes

O espetáculo de Paulo Gustavo, apoiado pela Avianca, reuniu um time de celebridades para sua estreia no Teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro. Luana Piovani e Pedro Scooby

Tatá Werneck, Ingrid Guimarães, Paulo Gustavo, Regina Casé, Preta Gil e Glória Maria

Mumuzinho e Regina Casé

Mauro Mendonça e Rosamaria Murtinho

Bianca Rinaldi

Gustavo Fernandes e Lisandra Souto

Sammara Felippo

Luiza Valdetaro

Maria Xavier


social

inglaterra

Veuve Clicquot Gold Cup

Fotos DivulgaçãoVeuveClicquot ReinoUnido

O Veuve Clicquot Gold Cup, jogo de polo mais icônico da temporada do Reino Unido, recebeu muitos VIPs para a partida que celebrou o 20º aniversário da parceria entre a Maison Veuve Clicquot e o exclusivo Cowdray Park Polo Club.

Azealia Banks e Tinie Tempah

Henry Conway

Martha Ward

Patrick Grant

Jodie Kidd e David Blakeley

Tinie Tempah DJ

Tinie Tempah e Alexa Chung

Tolula Adeyemi

102 · SET.14

avianca em revista

Roksanda Ilincic

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 103


inside

Voo inaugural para

Goiânia PorCamila Balthazar Fotos Cristiano Borges

Com a entrada de quatro voos diários conectando a capital goiana a São Paulo e Brasília, Avianca comemora a entrada da 23ª cidade na malha aérea Brunner Gueiros Duarte, Tarcísio Gargioni, Regina Nascimento, Fabricio Ribeiro Costa e Marcius Moreno

N

o dia 11 de agosto, 115 passageiros embarcaram no Aeroporto Internacional de Guarulhos, às 7h15, com destino ao Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia. Esse foi o primeiro voo da Avianca para a capital goiana e marca a entrada da companhia em mais um importante mercado brasileiro. “A chegada de cinco novas aeronaves A320, somada ao fato de conseguirmos slots adequados, com bons horários, permitiu o início dessa operação”, comenta o vice-presidente de Comercial, Marketing e Carga, Tarcísio Gargioni, que também estava a bordo do voo de estreia. “O mercado de Goiânia nos recebeu muito bem. O voo inaugural teve 96% de taxa de ocupação e a operação continua mantendo um ritmo bom”, afirma. A rota conta com dois novos voos diretos e diários para cada destino: São Paulo e Brasília. No total, são mais oito pousos e aterrissagens,

104 · SET.14

avianca em revista

acrescentando aproximadamente 10 mil passageiros para a operação mensal da companhia aérea. “Além de ter as duas ligações com São Paulo, os goianos podem embarcar para o Distrito Federal e chegar ao hub da Avianca, que liga toda a nossa malha aérea para o Nordeste, Rio de Janeiro e outras importantes cidades brasileiras. Goiás é um Estado que está crescendo e precisava estar conectado à nossa rede”, pontua Gargioni. O diretor de Serviços e Aeroportos, Marcius Moreno, também enfatiza a facilidade oferecida com o self check-in, que permite ao cliente realizar seu atendimento pela web (www.avianca.com.br) ou pelo celular e que, em breve, estará presente também no aeroporto com totens de autoatendimento. O voo inaugural contou com speach do vicepresidente, bem como um brinde especial a bordo, com champagne para todos os passageiros. A aterrissagem foi comemorada

com palmas, além da festa de batismo, em que carros do Corpo de Bombeiros jogam jatos d’água na aeronave. O dia seguiu com uma coletiva de imprensa para a mídia local e brasiliense e terminou com um jantar para mais de cem pessoas, reunindo as autoridades do trade turístico no Hotel Mercure Goiânia. Para os próximos meses de 2014, a companhia está focada em fortalecer as rotas onde opera e aguarda a chegada de mais dois aviões A320. A Avianca fechará o ano com 41 aeronaves e estima transportar 7,4 milhões de passageiros. Novos voos em goiânia(gyn) Partida Saída Chegada São Paulo (GRU) 07:15 09:00 Brasília (BSB) 09:31 10:33 São Paulo (GRU) 14:10 16:06 Brasília (BSB) 20:25 21:12 retorno Brasília (BSB) São Paulo (GRU) São Paulo (GRU) Brasília (BSB)

Saída 09:30 11:17 14:43 22:00

Chegada 10:20 13:05 17:23 23:59

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca.com.br


avianca em revista

set.14

路 105


eu sou avianca

Crescimento em

parceria

Por Camila Balthazar Fotos Cristiano Borges

Colaboradora da Avianca desde 2007, Andréa Fartura acompanha de perto a expansão da empresa. Com o início dos voos para Goiânia, em agosto, a gerente regional ganha ainda mais desafios

E

m poucos minutos de conversa, a gerente regional da Avianca, Andréa Fartura, já deixa claro porque seus colegas a chamam de “Miss Sorriso”. Comunicativa e de bem com a vida, ela parece ligada no 220V. “Gosto da adrenalina e dos desafios diários. Não tenho rotina”, comenta. Trabalhando na empresa desde 2007, a carioca radicada na capital federal é responsável pela administração do hub de Brasília, da nova base de Goiânia, cujo primeiro voo aconteceu no dia 11 de agosto, além das cidades de Belém e Tocantins. “Brasília é uma base estratégica, de onde operamos para todos os destinos da Avianca, sendo a maioria com voos diretos”, explica. Ela lembra que, quando entrou na companhia, há sete anos, o aeroporto brasiliense operava com números reduzidos de frequência. “Hoje somos o hub. Fui aprendendo e crescendo com a companhia”, orgulha-se. Seu dia a dia envolve apresentar a Avianca para os futuros clientes, principalmente no mercado corporativo. Andréa e sua equipe, composta pelos Executivos de Contas, Joilson Soares, Filipe Gouvea e Juliano Batista, mostram como a companhia aérea está se posicionando no mercado, quais são os diferenciais e as últimas novidades, além de oferecerem ações focadas para clientes específicos. “Em Brasília, atuamos com ênfase ao atendimento às agências

106 · SET.14

avianca em revista

que prestam serviço. Já em Goiânia, com o início das operações diárias para Brasília e São Paulo, iremos nos dedicar fortemente ao mercado e região, com especial atenção ao aspecto corporativo”, comenta a gerente, ansiosa com o mercado que entrou recentemente na rota de destinos da companhia. A carreira na aviação começou no Grupo Varig, em 1996. Dez anos depois, Andréa aceitou o desafio de integrar o time da Avianca, na época chamada de OceanAir. “Entrei

como executiva, função que exerci por um ano e dois meses, quando fui promovida a coordenadora da região Centro-Oeste. Em 2012, assumi o cargo de gerente regional”, relata. Da mesma forma como a companhia tem se expandido em um ritmo acelerado nos últimos anos, Andréa espera continuar crescendo profissionalmente. “Pretendo continuar investindo em mim, me aperfeiçoando cada vez mais. Gosto de aprender e não quero deixar essa vontade de trabalhar acabar. Ainda tenho muito a contribuir para a empresa”, pontua.

Andréa Fartura, Fábio Gomes, supevisor de Despacho, e Joilson Soares

avianca.com.br


B e m -v i n d o w e lco m e

Duas formas diferentes pa r a o s e u entretenimento

Two different ways for your entertainment  Para proporcionar a você uma experiência inesquecível a bordo, selecionamos o melhor do entretenimento adulto e infantil. Você vai encontrar filmes, séries populares de TV, desenhos animados, documentários, esportes e música. For an unforgettable on-board experience, we have chosen the best in adult and children entertainment, featuring films, popular TV series, cartoons, documentaries, sports and music.

Guia de entretenimento de bordo nossos serviços

avianca em revista

set.14

· 111


sistema - a319 e a320

Sistema individual Individual System

Se você estiver a bordo de uma aeronave equipada com monitores individuais, selecione o conteúdo de sua preferência. Nesse sistema, você pode controlar toda a programação e, para iniciá-la, conecte os fones de ouvido no descanso de braço de seu assento. If the aircraft is equipped with individual screens, you will be able to select the content of your choice. If you use this system, you will be able to control your programming. To start using it, connect the earphones to the armrest console of your seat.

Conexão para USB USB port

Tela LCD de 9” 9” LCD Screen

Conexão para fones de ouvido Headphones port

Porta-copos Cup holder

Descanso ajustável para cabeça Adjustable head rest

Descanso retrátil para braços Retractable armrest

Controle remoto Remote control

Tomada Power socket

Você pode utilizar fones de ouvido pessoais You can use your own headphones

Mesa individual Individual tray

Botão para reclinar o assento Seat recline button

Verifique a classificação etária da programação*

L - Livre 10 - Não recomendado para menores de 10 anos 12 - Não recomendado para menores de 12 anos 14 - Não recomendado para menores de 14 anos 16 - Não recomendado para menores de 16 anos 18 - Não recomendado para menores de 18 anos Leg - Programação legendada * A programação presente no entretenimento a bordo está de acordo com as normas vigentes acerca da Classificação Etária Indicativa e legislação civil. O conteúdo selecionado é de inteira responsabilidade do passageiro. Na hipótese de não enquadramento na classificação indicada no Guia de Entretenimento, requeira o bloqueio da programação perante nossos comissários de bordo. 112 · SET.14

avianca em revista


avianca em revista

set.14

路 113


Entretenimento - a319 e a320

sÉries E DOCUMENTÁRIOS s e r i e s AND D O C UMENTAR I E S

14

14

14

New Girl

2 Broke Girls

Arrow

New Girl

2 Broke Girls

Arrow

And The Bear Thruth Comédia | Comedy

Betrayal Drama | Drama

30 Min

60 Min

Tomatoes Comédia | Comedy 30 Min

14

14

14

House M.d.

Criminal Minds

the middle

Criminal Minds

The Middle

House M.D.

The Diaper Incident Comédia | Comedy

Parents Comédia | Comedy

30 Min

60 Min

The Last Word Drama | Drama 60 Min

114 · SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


14

14

14

Downton Abbey

Glee

Two and a Half Men

Downton Abbey

Glee

Two and a Half Men

Girls (And Boys) on Film Musical | Musical

Run, Steven Staven! Run! Comédia | Comedy

60 Min

30 Min

Season 3. Ep. 2 Drama | Drama 60 Min

14

10

Boardwalk Empire

True Detective

Boardwalk Empire

True Detective

Acres of Diamonds Comédia | Comedy

Season 1 xx| ss

60 Min

60 Min

14

Friends Friends

The Last One Part One Comédia | Comedy 30 Min

avianca em revista

set.14

· 115


Entretenimento - a319 e a320

negócios,tecnologia e vAriedades B u si n e ss , T e c h n o l o g y & V a r i e t y L

10

Game Changers

O Melhor Amigo do Cão

Game Changers

Jeff Bezos

O Melhor Amigo do Cão

Harry e Brooks

30 Min

30 Min

14

Cosmos Cosmos

Some of the Things that Molecules do 60 Min

14

14

Mega Máquinas

Truques da Mente

Megafactories

Brain Games

Corona

Don't Be Afraid

60 Min

30 Min

10

10

L

Bandnews

30 Por 30

BandSPORT

Bandnews

30 for 30

Bandsport

20 Min

30 Min

Notícias | News

116 · SET.14

Moacir Barbosa

avianca em revista

Eportes | Sports 20 Min

avianca.com.br


Crianças kids

L

L

L

L

Turma da Mônica 1

Turma da Mônica 2

Turma da Mônica 3

Phineas e Ferb

Monicas’s Crew

Um Dia De Cão

Monicas’s Crew

Pega Pra Mim?

Monicas’s Crew

Phineas and Ferb

A Day of Dog

Did You Bring Any For Me?

Because of the Watermelon

Bad Hair Day/Meatloaf Surpirse| Bad Hair Day/Meatloaf

7 Min

7 Min

7 Min

Surpirse

O Causo Da Melancia

L

30 Min

L

Boa Sorte, Charlie!

Ultimate Spider-Man

Mutante Rex

Good Lucky, Charlie!

Ultimate Spider-Man

Generator rex

30 Min

30 Min

Duncan Dream House 30 Min

Fight of the Iron Spider

L

Moonlighting

L

L

Ben 10 Força Alienígena

O Incrível Mundo de Gumball

Ben 10 Alien Force

The Amazing World of Gumball

30 Min

15 Min

Con of Rath

The Spoon

avianca em revista

set.14

· 117


Entretenimento - a319 e a320

Vídeos musicais m u sic v i d e os Artistas convidados / Guest artists

Shows / Concerts

Hits / hits

estaÇÕES de RÁDIO RAD I O S TAT I O N S

Canal 1

Suave / Easy Listening

Canal 2

Channel 2

Clássica / Classical

Canal 3

Rock, Pop e Techno

Canal 4

MPB / Brazilian music

Canal 5

Ritmos Latinos / Latin beats

Canal 6

Para Recordar / Oldies

Canal 7

Infantil / Kids

Canal 8

Top 20 / Top 20

Canal 9

Trilha Sonora/ Soundtrack

Canal 10

Regaee / Regaee

Canal 11

Chill out/ Chill out

Channel 1

Channel 3 Channel 4

01 At Schönbrunn, Vienna

01 Shot Me Down

David Guetta Ft. Skylar Grey

Andre Rieu

02 Play Hard

02

David Guetta Ft Ne-Yo & Akon

03 Just One Last Time

David Guetta Ft. Taped Rai

04 She Wolf

Live At Sydney Opera House

Brian Adams

Beyoncé

Channel 6

02 Stupid Love Jason Derulo

03 i'm a freak

03 Live At Reading

Enrique Iglesias Ft. Pitbull

Nirvana

04

Live From The Royal Albert Hall

David Guetta Ft. Sia

01 Pretty Hurts

Channel 5

04 Whole Lotta Love Led Zeppelin

The Killers

Channel 7 Channel 8 Channel 9 Channel 10 Channel 11

músicas m u sic

Mais de sete horas de música a bordo. Confira algumas faixas que você pode ouvir durante a sua viagem. More than seven hours of on-board music. Check out some tracks you can listen to while traveling.

Suave / Easy listening

Clássica / Classical

Rock, Pop e Techno

MPB / Brazilian music

Ritmos Latinos / Latin beats

Para Recordar / Oldies

Infantil / Kids

John Mayer

Emerson String Quartet

Katy Perry

Legião Urbana

Arcángel

Bob Dylan

B5

Wildfire

Joss Stone Right to Be Wrong

Mr. Big To Be with You

R Kelly I Believe I Can Fly

Toto Hold the Line

118 · SET.14

Dark Horse

String Quartet No. 8 in C Minor, Op. 110: V. Largo

OneRepublic

Duel & London Session Orchestra

Summer

Cavatina (Theme from "The Deer Hunter")

avianca em revista

Counting Stars

Calvin Harris Ariana Grande Problem

Foo Fighters Learn to Fly

Tempo Perdido

Hace Mucho Tiempo

Blowing in the Wind

Who's Afraid of the Big Bad Wolf

Elis Regina

Daddy Yankee

The Beatles

Disneyland

O Trem Azul

Djavan Samurai

Zeca Pagodinho Preciso Me Encontrar

La Noche De Los Dos

A Little Help From I've Been Working On the My Friends Railroad

Dalmata

The Smiths

Señal de Vida

Enrique Iglesias Loco

This Charming Man

joey Gian Special Agent Oso Theme

Pink Floyd Confortably Numb

avianca.com.br


JOGOS

Utilize o controle remoto para curtir os jogos Use the remote control to enjoy the games

games

Animais / Animals

John, o camaleão, tem uma máquina que fabrica animais. Você pode fazer o animal que quiser com ela: copiá-los ou testar sua memória com um jogo de adivinhação. John, the chameleon, owns a machine that makes animals you can make any animals you want with it: copy them or test your memory with a guessing game.

Xadrez / Chess Seja você um principiante ou um expert, de qualquer maneira irá curtir este jogo. Mexa seus peões, cavalos e bispos, enquanto protege seu rei ou corra o risco de receber um cheque-mate. Whether you are a beginner or an expert, you will love this game. Move your pawns, knights and bishops while protecting your king or run the risk of being checkmated.

Desligue o volume do jogo Turn off game sound

Golfe / Golf Você pode competir contra outros passageiros num campeonato de golfe na cabine. Escolha um campo de 9 ou 18 buracos e curta os sons realistas e comentários profissionais num jogo que irá fascinar os amantes deste esporte. You can compete against other passengers in a cabin golf tournament. Choose a 9 or 18-hole course and enjoy the real sounds and professional commentary in a game that will delight the fans of this sport.

Saída Exit

Futebol / Soccer

O jogo oferece uma combinação de modos de ataque e treino, mas é sua autenticidade intrínseca que dá aos jogadores uma experiência de jogar com a ação e movimentos do verdadeiro jogo de futebol. The game combines attack and practice modes, but its intrinsic authenticity that gives the players a real gaming experience with the actions and movements of a real football game.

Sudoku

Paciência / Solitaire

Esperamos que você tenha bastante tempo, porque este jogo é viciante. Pode parecer simples, mas o sucesso de seu jogo depende das cartas que lhes são reveladas e de como você finalmente decide jogar. We hope you have a lot of time as this is an addictive game. it may seem simple, but your success depends on the deal and, ultimately, how you decide to play.

Mover Move

Selecionar Select Milionário / Millionaire

Disney

Entre você e um prêmio de 1 milhão de dólares há 15 perguntas que devem ser respondidas corretamente. Você terá condições de respondê-las facilmente ou terá de contar com ajuda?

O mundo imaginário de Disney é a maneira perfeita para que as crianças aprendam. Este jogo consiste em três atividades, todas relativas ao mundo do Pato Donald, seus sobrinhos e amigos.

Between you and a one-million-dollar prize, there are fifteen questions that must be answered correctly. Will you be able to answer them easily or will you need some help?

The imaginary world of Disney is the perfect way for kids to learn. This game consists of three activities, all of which are set in Donald Duck’s world, with his nephews and friends.

A paciência é a estratégia para matar a charada nesse jogo de lógica e raciocínio. Coloque um número dentro do quadrado, sendo que as fileiras e as colunas não podem conter o mesmo número repetido. Patience is the strategy for solving the puzzle. Place a number inside a square grid and ensure that all rows and columns do not contain the savme number twice.

avianca em revista

set.14

· 119


sistema - a318

sistema coletivo broadcast

bem-vindo

w e l co m e

O sistema de entretenimento é oferecido assim que o voo se inicia e, para seu melhor conforto, toda a programação de bordo é pensada no tempo de duração do mesmo. Ao se iniciar o voo, a tela se acenderá automaticamente. A partir deste momento, você poderá usufruir os conteúdos que a Avianca lhe oferece. The entertainment system will be available once the flight begins. For your best comfort the programming is base on the duration of the flight. At the beggining of the flight the screen will turn on automatically. From this moment on you may enjoy the contents offered by Avianca.

Escolha no controle localizado no descanso de braço de seu acento, as funções: Canal 1 Conteúdo em Português; Canal 2 Conteúdo em Inglês; Canal 3 Conteúdo em Espanhol; Canal 4 ao 12 Seleção de músicas classificadas por gêneros. Ajuste o volume através do controle (4), conforme sua preferência, e aproveite nossa programação. Choose in the control located in your armrests functions: Channel 1 Content in Portuguese; Channel 2 Content in English; Channel 3 Content in Spanish; Channel 4 to 12 Selection of songs sorted by genre. Adjust the volume to your preference use the control (4) to adjust the volume according to your preference and enjoy our programming. 120 · SET.14

avianca em revista

01

Botão para reclinar a poltrona Seat Recline Button

02

Entrada do Fone Earphone

03

Canais Channels

04

Volume Volume

avianca.com.br


14

14 X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

A Culpa é das Estrelas The Fault In Our Stars

Romance | Romance

X-Men: Days of Future Past

Ação | Action

126 Min

132 Min

10

10

10

Brasil Sensacional

Bastidores Sinfônica

the middle

Sensational Brazil

Brazilian Symphony

The Middle

Pernambuco 30 Min

"A Direção Artística O Violino A Viola"

The Diaper Incident Comédia | Comedy

30 Min

30 Min

Friends

O Melhor Amigo do Cão

Modern Family

Friends

Modern Family

The Last One Part One Comédia | Comedy

30 Min

The Big Bang Theory

Season 7 Comédia | Comedy

Mega Máquinas Megafactories

Corona

Phil on Wire Comédia | Comedy

30 Min

14

14

O Melhor Amigo do Cão Harry e Brooks

The Big Bang Theory

30 Min

14

10

14

60 Min

30 Min

14

14

Glee

Cosmos

Glee

Cosmos

Girls (And Boys) on Film Musical | Musical

Some of the Things that Molecules do

60 Min

60 Min

Músicas m u sic MPB / Brazilian music

Canal 4

Channel 4

Músicas do Mundo / World Music

Canal 5

Channel 5

Canal Avianca / Avianca Channel

Canal 6

Channel 6

Rock, Pop e Para Techno / Rock, Recordar / Suave / Infantil / Kids Pop andTechno Easy listening Oldies

Canal 7

Channel 7

Canal 8

Channel 8

Canal 9

Channel 9

Clássica / Classical

Canal 10

Channel 10

Canal 11

Channel 11

avianca em revista

Ritmos Latinos / Latin beats

Canal 12

Channel 12

set.14

· 121


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Central de Reservas

Reservations Desk

TRECHOS NACIONAIS NO BRASIL

TRECHOS INTERNACIONAIS

As passagens Avianca podem ser compradas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets via phone, dial:

Para comprar passagens Avianca, basta entrar em contato com a Central de reservas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets, call our reservations desk, dial:

Domestic legs in Brazil

CAPITAIS state capitals

4004.4040

DEMAIS LOCALIDADES other cities

0300 789 8160

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

International legs

0800 891 8668

DEFICIENTES AUDITIVOS hearing impaired

0800 891 1684

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

Siga a Avianca no Brasil:

sac Avianca 0800 286 6543

122 路 SET.14

avianca em revista

avianca.com.br


Programa Amigo

O Programa Amigo da Avianca foi criado para estabelecer um relacionamento mais próximo entre você e a Avianca. Também tem por objetivo reconhecer e premiar os clientes mais frequentes. Como nosso amigo, você tem diversas vantagens, benefícios e exclusividade. Funciona assim: a cada viagem você acumula pontos e pode trocá-los por trechos grátis para qualquer destino doméstico operado por nós. Para resgatar esses pontos é fácil, rápido e sem burocracia. Para saber mais, navegue pelo site ou entre em contato com o Atendimento Amigo.

Central de vendas:

4004-4040 0300-789-8160

Resgate Pontos
 Troque seus pontos por um trecho* grátis! (*)Trecho é uma passagem de IDA ou de VOLTA, desde sua origem até seu destino final. Como resgatar pontos Qualquer trecho doméstico com a Avianca dentro do Brasil pode ser resgatado utilizando os pontos acumulados no Programa Amigo. Para resgatar seus pontos e convertê-los em passagens grátis, você pode se dirigir a uma de nossas lojas ou acessar a sua Conta-Amigo, emitindo seu bilhete com toda tranquilidade e rapidez. Acesse www.programaamigo.com.br

Sac:

0800-286-6543(Telefone de atendimento) 0800-286-5445 (Deficientes Auditivos)

www.avianca.com.br

Somos mais de 2.3 milhões de amigos.

Parceiros do Programa Acumule pontos com nossos parceiros O Programa Amigo estará sempre realizando promoções especiais com parceiros para que você conquiste mais pontos e troque por passagens aéreas Avianca.

avianca em revista

set.14

· 123


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Aviões

aircraft

Airbus a320

162

Airbus a319

132

Comprimento / Lenght (M): 37,57 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,75 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B4 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 77.000LB Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.110 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Comprimento / Lenght (M): 33,84 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,80 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B7 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 75.500 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.850 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Airbus a318

120

Comprimento / Lenght (M): 31,45 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 12,88 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 PW6124A(24.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 68.000 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 5.800 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Mk 28

100

124 · SET.14

avianca em revista

Comprimento / Lenght (M): 35,53 Envergadura / Wingspan (M): 28,08 Altura / Height (M): 8,49 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 RR TAY650 (15.100 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 44.450 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 821 km/h Alcance / Range (km): 3.167 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 35.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 3

avianca.com.br


Rotas Nacionais

National Routes

Fortaleza

Natal

Juazeiro do Norte

BRASIL

João Pessoa

Porto Velho

Recife Petrolina

Maceió Aracaju Salvador Ilhéus

Cuiabá

Brasília Goiânia

Campo Grande Belo Horizonte

Rio de Janeiro (SDU e GIG) São Paulo (CGH e GRU) Curitiba

Rotas INTERNacionais

OPERADAS NO BRASIL

Porto Alegre

BOGOTÁ

ECUADOR BRASIL

LIMA

BOLIVIA PARAGUAY Rio de Janeiro São Paulo

CHILE

ARGENTINA

Florianópolis

Passo Fundo

VENEZUELA COLOMBIA

PERU

Chapecó

Porto Alegre

URUGUAY

• aracaju • belo horizonte • brasília • campo Grande • chapecó • cuiabá • curitiba • florianópolis • fortaleza • Goiânia • ilhéus • João pessoa • Juazeiro do norte • maceió • natal • passo fundo • petrolina • porto alegre • porto velho • recife • rio de Janei ro • salvador • são paulo


Tijuana

Rotas internacionais

international Routes MÉXICO

PORT OF SPAIN

Monterrey

LA HABANA Cancún

Mérida

León Guadalajara Puerto Vallarta CIUDAD DE MÉXICO

PORT-AU-PRINCE

Veracruz

Villahermosa Flores

Acapulco

GUATEMALA

BELICE

Roatán La Ceiba San Pedro Sula

HONDURAS

CIUDAD DE GUATEMALA

TEGUCIGALPA

EL SALVADOR

NICARAGUA

SAN SALVADOR

MANAGUA

Tamarindo Liberia

Tambor Quepos Drake Golfito

San Andrés Santa Marta Barranquilla Cartagena Corozal Montería

Riohacha

Palma Sur

CARACAS

PANAMÁ

CIUDAD DE PANAMÁ

Valledupar Valencia

CARACAS

Medellín

VENEZUELA

Cúcuta

Apartadó

Fortuna SAN JOSÉ

Bucaramanga

Medellín Quibdó Manizales Pereira Armenia Buenaventura Ibagué Cali Neiva Guapi Popayán Tumaco Pasto Florencia

Arauca Puerto Carreño

Barrancabermeja

BOGOTÁ Cali

COLOMBIA

COLOMBIA

Yopal BOGOTÁ Villavicencio

Puerto Inírida

QUITO

San José del Guaviare

Guayaquil

QUITO

Baltra Island San Cristóbal Santa Cruz Manta

Coca

GALÁPAGOS

ECUADOR

Guayaquil Cuenca

Piura

PERÚ

Leticia

Tarapoto

Chiclayo Trujillo

LIMA

PERÚ

LIMA Puerto Maldonado

Cuzco Juliaca

126 ·

SET.14

avianca em revista

Arequipa

BOLIVIA LA PAZ

Santa Cruz

avianca.com.br


​A partir de 8 de junho de 2014, oito de nossas rotas que chegam e saem da cidade Bogotá serão deslocadas para a Terminal 1 El Dorado. O resto da operação continuará funcionando na Terminal 2 Puente Aéreo.​

CANADÁ

Edmonton Vancouver

Calgary

Seattle Portland Eugene

Minneapolis

Arcata Medford

Denver Sacramento

Portland

Toronto Manchester Rochester Buffalo Syracuse Boston Detroit Chicago Hartford Cleveland Columbus York (JFK) Pittsurgh NewLa Guardia Indianapolis Dayton Newark Harrisburg Cincinnati Philadelphia

ESTADOS UNIDOS

Fresno

Montreal

OTAWA

Kansas City

WASHINGTON

San Francisco Monterrey San José San Luis Obispo Reno Santa María las Vegas Santa Bárbara Los Ángeles Phoenix San Diego

Richmond Roanoke Greensboro

Norfolk Raleigh Durham

Charlotte

Dallas

Kaui

Kona Honolulu

Houston

HAWÁI

Tampa

Orlando Fort Lauderdale Miami

Cancún

CIUDAD DE MÉXICO

MÉXICO CIUDAD DE GUATEMALA

San Pedro Sula

SAN SALVADOR

MANAGUA Liberia

Barranquilla Cartagena

SAN JOSÉ Frankfurt

EUROPA

Medellín Múnich

Cali

PARÍS

BOGOTÁ

COLOMBIA

La Coruña Bilbao San Sebastián Oviedo Pamplona Valladolid Zaragoza

Santiago Vigo

Barcelona MADRID Sevilla Cádiz

Jerez Córdoba Málaga

PERÚ

Valencia Palma de Mallorca Alicante

LIMA

Canarias Gran Canaria

Tenerife

avianca em revista

set.14

· 127


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Lojas avianca no brasil

avianca sales desks in brazil ARACAJU

Aeroporto Santa Maria Av. Senador Júlio C. Leite, s/nºCEP: 49037-580 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3243-1041

Goiânia

Aeroporto de Goiânia Praça Capitão Frazão, s/nºSetor Santa Genoveva - Goiânia - GO

ilhéus

BRASÍLIA

Aeroporto Int. Juscelino Kubitschek Lago Sul, s/nºCEP: 71608-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9358 Câmara dos Deputados Esplanada dos Ministérios Câmara dos Deputados - Anexo IV - Térreo - Centro CEP: 70160-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3216-9946

Aeroporto de Ilhéus R. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/nºPonta Ilhéus - CEP: 45654-070 (Nova Base 1º- Setembro) - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3231-7957

João pessoa

Aeroporto Int. Pres. Castro Pinto, s/nºBayeux - CEP: 58308-901 - João Pessoa - PB Tel.: (83) 3232-721

RECIFE

Aeroporto Internacional de Guararapes Gilberto Freyre - Praça Salgado Filho, s/nºImbiribeira - CEP: 51210-902 - Recife - PE Tel.: (81) 3322-4841

RIO DE JANEIRO GALEÃO

Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim Av. 20 de Janeiro, s/nºTerminal I - Setor B - 2º- Andar CEP: 21941-570 - Ilha do Governador Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-4648

BELO HORIZONTE CONFINS

JUAZEIRO DO NORTE

RIO DE JANEIRO SANTOS DUMONT

CAMPO GRANDE

MACEIÓ

Aeroporto Internacional de Maceió Zumbi dos Palmares Rodovia BR 104 Km 91. CEP: 57110-100 - Tabuleiro Maceió - AL Tel.: (82) 3036 5409

SALVADOR

Aeroporto Internacional de Campo Grande Av. Duque de Caxias, s/nº- - Vila Serradinho CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3368-6171

CHAPECÓ

natal

SÃO PAULO

PASSO FUNDO

SÃO PAULO CONGONHAS

Aeroporto Internacional Tancredo Neves LMG 800 - km 7,9 - s/nºCEP: 33500-900 - Belo Horizonte - MG Tel.: (31) 3689-2688

Aeroporto Serafim Enoss Bertaso Acesso Florestal Ribeiro, 4.535 Quedas do Palmital CEP: 89805-720 - Chapecó - SC Tel.: (49) 3323-0444

CUIABÁ

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Governador João Ponce de Arruda, s/nºJardim Aeroporto CEP: 78110-900 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3614-2550

Aeroporto São Gonçalo do Amarante Avenida Ruy Pereira dos Santos, 3.100 CEP: 59290-000 São Gonçalo do Amarante - RN Tel.: (84) 3343-6422

Aeroporto Lauro Kourtz BR 285 - km 287 - Zona Rural CEP: 99050-970 - Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3045-3008

PETROLINA

CURITIBA

Aeroporto Internacional Afonso Pena Saguão Principal , Av. Rocha Pombo, s/nº- - Águas Belas CEP: 83010-900 - São José dos Pinhais - PR Tel.: (41) 3381-1354

FLORIANÓPOLIS

Aeroporto Internacional Hercilio Luz Av. Diomício Freitas, 3.393 - Carianos CEP: 88047-900 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4233

FORTALEZA

Aeroporto Internacional Pinto Martins Av. Senador Carlos Jereissatti, 3.000 Serrinha - CEP: 60741-900 - Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1525

128 · SET.14

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes Av. Virgílio Távora, 4.000 - Aeroporto CEP: 63020-470 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3572-1050

avianca em revista

Aeroporto Senador Nilo Coelho BR 235 - km 11 - Zona Rural CEP: 56313-900 - Caixa Postal 403 Petrolina - PE Tel.: (87) 3863-0808

PORTO ALEGRE

Aeroporto Internacional Salgado Filho Saguão Principal Av. Severo Dullius, 90.010 - Anchieta CEP: 90200-310 - Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358-2393

Aeroporto Santos Dumont Praça Senador Salgado Filho, s/nºCEP: 20021-340 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7329

Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães Praça Gago Coutinho, s/nºSão Cristovão - CEP: 41510-045 Salvador - BA - Tel.: (71) 3204-1586

Av. Washington Luis, 7.059 CEP: 04627-006 - Campo Belo - São Paulo - SP Tels.: (11) 2176-1111 / 1110

Aeroporto Internacional de Congonhas Praça Comandante Lineu Gomes, s/nºSaguão Principal (Embarque) CEP: 04626-911 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5090-9728

SÃO PAULO GUARULHOS

Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro Rodovia Hélio Smidt, s/nº- - Ed. Interligação Balcão Avianca - Terminal I - ASA A CEP: 07143-970 - Guarulhos - SP Tels.: (11) 2445-3576 / 3759

PORTO VELHO

Aeroporto Gov. Jorge Teixeira de Oliveira Av. Gov. Jorge Teixeira, s/nº- - Belmont CEP: 76803-250 - Porto Velho - RO Tel.: (69) 3219-7472

avianca.com.br


O serviço de cargas nacional da Avianca se consolida como alternativa de transporte para sua carga ou encomenda, proporcionando uma ampliação na sua rede de atendimento a seus clientes.

Avianca’s domestic freight service has become a reliable transportation alternative for your freight or small parcels, ensuring the expansion of its client checking desk network. • Utilização de voos comerciais da Avianca.• Utilização de voos regionais exclusivos. • Rastreamento da encomenda on-line. • Opção de seguro para transporte. • Sistema simplificado de tarifas. • Flexibilidade no atendimento. • Atendimento nas principais capitais, com coleta e entrega. • Use of Avianca commercial flights. • Use of exclusive regional flights. • On-line tracking of all orders. • Transportation insurance options. • Simplified airfare system. • Flexible services. • Pick-up and delivery services in the main capital cities.

Aracaju - AJU

Rua José de Araújo Neto, nº 325 Orlando Dantas CEP: 49042-250 - Aracaju - SE Tel: (79) 3251-6192 Email: ops.aju@aviancacargo.com.br

Brasília – BSB

Aeroporto Internacional de Brasília Terminal de Logística de Carga Nacional salas 06 e 08 - Térreo CEP: 71608-900 – Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9674 / 3364-9673 E-mail: ops.bsb@aviancacargo.com.br

Campo Grande – CGR

Aeroporto de Campo Grande Hangar Infraero Cargo - Entrada lateral, fundos Jardim Aeroporto CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3363-0444 E-mail: ops.cgr@aviancacargo.com.br

Chapecó - XAP

Acesso Florenal Ribeiro, s/nº – Aeroporto CEP: 89800-000 – Chapecó - SC Tel.: (49) 3328-3747 E-mail: ops.xap@aviancacargo.com.br

Confins - CNF

Aeroporto Internacional Tancredo Neves Terminal de Cargas Rodovia MG 10 – Km 39 CEP: 33400-000 - Confins - MG Tel.: (31) 3689-2683 E-mail: ops.cnf@aviancacargo.com.br

Cuiabá - CGB

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Gov. João Ponce Arruda, s/nº - Jardim Aeroporto CEP: 78110-100 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3029-7001 E-mail: ops.cgb@aviancacargo.com.br

Curitiba – CWB

Aeroporto Internacional Afonso Pena Teca Infraero – Carga Doméstica Av. Rocha Pombo, s/nº CEP: 83010-900 – Curitiba - PR Tel.: (41) 3381-1350 / 3381-1364 E-mail: ops.cwb@aviancacargo.com.br

Florianópolis - FLN

Av. Deputado Diomício de Freitas, nº3393 CEP: 88047-400 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4201 E-mail: ops.fln@aviancacargo.com.br

Fortaleza – FOR

Porto Velho - PVH

ILHÉUS - IOS

Recife – REC

Av. Senador Carlos Jereissatti, nº 3000 - Serrinha CEP: 60740-900 – Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1717 E-mail: ops.for@aviancacargo.com.br

Rua Bonfim, s/nº, Bairro Pontal CEP: 45654-050 - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3633 4837 E-mail: ops.ios@aviancacargo.com.br

João Pessoa - JPA

Aeroporto Internacional de João Pessoa Terminal de Cargas Nacional Av. Marechal Rondon, s/nº CEP: 58308-000 - Bayeux - PB Tel.: (83) 3232 7674 / 3232 1637 E-mail: ops.jpa@aviancacargo.com.br

JUAZEIRO DO NORTE - JDO Rua: São Francisco, nº 821 - Centro CEP: 63010-215 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3512-2648 E-mail: ops.jdo@aviancacargo.com.br

Natal - NAT

Av. Rui Pereira dos Santos, nº 3100, loja 03 CEP: 59290-000 - São Gonçalo do Amarante - RN Tel.: (84) 3645-6896 / 3201-1439 E-mail: ops.nat@aviancacargo.com.br

MACEIÓ - MCZ

Rodovia BR 104 km 92, nº 04 - galpão 04 - Aeroporto CEP: 57100-000 - Rio Largo - AL Tel.: (82) 3342-3554 E-mail: ops.mcz@aviancacargo.com.br

Passo Fundo - PFB

Aeroporto Regional de Passo Fundo BR 285 - KM 287 – Zona Rural de Passo Fundo CEP: 99050-970 – Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3311-4993 E-mail: ops.pfb@aviancacargo.com.br

Petrolina - PNZ

Rua Ana Nery, 40 - Vila Mocó CEP: 56304-500 - Petrolina - PE Tel.: (87) 3031-6585 E-mail: ops.pnz@aviancacargo.com.br

Porto Alegre - POA

Av. Severo Dullius, s/nº, Portão 06 Infraero – São João CEP: 90200-310 – Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358 2399 E-mail: ops.poa@aviancacargo.com.br

Rua Rafael Vaz e Silva, 2645 - Liberdade CEP: 76803-890 - Porto Velho - RO Tel.: (69) 3223-8421 E-mail: ops.pvh@aviancacargo.com.br

Aeroporto Internacional de Guararapes Praça Ministro Salgado Filho, s/nº, Teca 2 Infraero CEP: 51210-010 – Recife - PE Tel.: (81) 3322-4724 E-mail: ops.rec@aviancacargo.com.br

Rio de Janeiro - Santos Dumont - SDU Aeroporto Santos Dumont Av. Almirante Sílvio de Noronha, nº 399, Cabeceira Sul CEP: 20231-030 – Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7577 E-mail: ops.sdu@aviancacargo.com.br

RIO DE JANEIRO - GALEÃO - GIG Estrada do Galeão, s/nº - Terminal de Cargas - Aeroporto Velho do Galeão CEP: 21941-510 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-7031 E-mail: ops.gig@aviancacargo.com.br

Salvador – SSA

Área Industrial, nº 15A, Teca Infraero Doméstico Aeroporto CEP: 41500-570 – Salvador - BA Tels.: (71) 3204-1129 E-mail: ops.ssa@aviancacargo.com.br

São Paulo - Congonhas CGH Av. Pedro Bueno, 1382 - Jardim Aeroporto CEP: 04342-001 – São Paulo - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021 E-mail: cerca@aviancacargo.com.br

São Paulo - Guarulhos GRU Aeroporto Internacional de Guarulhos Rodovia Helio Smidt, s/n – Terminal de Cargas Nacional CEP: 07141-970 – Guarulhos - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021

www.aviancacargo.com.br avianca em revista

set.14

· 129


expediente

Colaboradores Ale de Souza Profissional de beleza e fotógrafo nas horas vagas. Atua como visagista na criação de personagens de novela, programas e séries para a Rede Globo

Eric Pomi Graduado pela USP, especialista em Biomecânica, faz parte do Asics Training Team e voluntário da ONG TETO.

e m

Paulo Greca Jornalista especializado em gastronomia, vinhos, turismo e piloto esportivo de planador no Aeroclube de Tatuí (SP).

Tatiane Greco Publicitária, formada e pós-graduada em Marketing pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP. Adora cinema, teatro e música.

Fundada em 2002 avianca.com.br AviancaBrasil AviancaBrasil AviancaBrasil Avianca

blog.avianca.com.br AviancaBr

Agradecimentos Alê Duprat, Pedro Moreira, Julia Moura, Felipe Morozini, Isabella Fiorentino, Tsuyoshi Murakami, Manoel Belem, María Cecilia Jiménez Montoya, Milton Ocampo, Juan Gaviria Muñoz, Carolina Ulloa, Diana Paola Ruiz Ríos, Jorge Mario López, Jorge Andrés Isaza, Sebastian Jaramillo García, Katherine Roa Rojas, Diana María Ramírez Osorio, Claudia Shishido, Cristiane Lima, Liliana Ramirez, Maria Amelia Ocampo Arango, Pamela Salazar, Lina Marcela Restrepo Cadavid, Neuma Horta, Wagner Liberato, Fátima Dias

r e v i s t a

A Avianca em Revista é uma publicação da Editora Drops, sob a licença da empresa aérea Avianca, distribuida exclusivamente a bordo das aeronaves nos voos nacionais. As pessoas que não constam do expediente da revista não tem autorização para falar em nome da revista. É necessário uma carta de autorização, atualizada e datada em papel timbrado assinada pelos editores. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos autores e fica expressamente proibido a reprodução total ou parcial sem autorização prévia.

MIgUeL FaLaBeLLa “SEMPRE QUIS O PALCO. NUNCA QUIS OUTRA COISA NA MINHA VIDA”

NO Mar emBaRQue em um cRuZeiRo peLo caRiBe CharMe de BÚZIOs BaLNeÁRio de 23 pRaias pRa todos os Gostos daNI CaLaBresa eNtRevista com a comediaNte Que JÁ foi tÍmida e hoJe Não peRde uma piada

6/24/14 17:17

www.avianca.com.br

e m

r e v i s t a

NO AUGE DO SUCESSO, A TOP

FERNANDA MOTTA FIXA RAÍZES NO BRASIL E AGUARDA A CHEGADA DA PRIMEIRA FILHA

INTERNACIONAL TURISMO EM ORLANDO ALÉM DO TRADICIONAL ROTEIRO DISNEY E COMPRAS NACIONAL A COSMOPOLITA NATAL REÚNE O MELHOR DA GASTRONOMIA, BALADAS E LAZER ARTE JARDINS E ESCULTURAS DE MUSEUS PAULISTAS PARA CONTEMPLAR AO AR LIVRE

Confira as edições anteriores em www.aviancaemrevista.com.br

130 · SET.14

avianca em revista

Diretor Executivo Carlos Koga - c.koga@midiaonboard.com.br Editor Fredy Campos - redacao@aviancaemrevista.com.br Jornalista Responsável Camila Balthazar - camila.balthazar@aviancaemrevista.com.br Marketing Priscila Soares -priscila@aviancaemrevista.com.br Publicidade Marcelo Simões - marcelo@aviancaemrevista.com.br Departamento Financeiro Jane Elaine - jane@midiaonboard.com.br Produção Salvador Nazarre e Otávio Yamasaki Projeto Gráfico Agência Sampling Design / Diagramação Lisiane Dressler - Agência Sampling Victor Servidone - Agência Sampling Edição de Imagem Graziela Ventura Revisão TGA Idiomas

Colaboraram nesta edição Ale de Souza, Tati Greco, Fabio Kanczuk, Adonis Alonso, Silvia Camargho, Andrea Godoy, Pedro Henrique Araújo, Vitor Cardoso, Patrícia Maldonado, Ricardo Oliveros, Simone Farret, Rozze Angel, Camila Honorato, Carla Palmieri, Roberto Salgado, Paulo Greca, Eric Pomi Souza, Tati Brandão

SELO

#48_Julho.indd 1

re v is t a

PARA ANUNCIAR comercial@aviancaemrevista.com.br +55 11 5505-0078

central de reserva 4004-4040 outras cidades 0300-7898160 SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor SAC 0800-286-6543 Atendimento ao deficiente auditivo: 0800-286-5445

e m

Presidente: José Efromovich Vice-presidente de Marketing e Comercial: Tarcisio Gargioni Conselho Editorial: Flavia Zulzke – Gerente de Marketing Fernanda Coelho – Analista de Marketing Felipe Coutinho – Assistente de Marketing Marketing Avianca: Gabriel Lago - Coordenador de Marketing

Editora Drops (55 11)5505-0078 aviancaemrevista.com.br

Tiragem 40.000 exemplares. Todos os direitos reservados. Auditado pela

Impressão IBEP Gráfica

avianca.com.br


#50 - Deborah Secco  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you