Page 1

e m

re v i s t a

Ingrid guimarães

Sem perder o humor, a atriz busca novos caminhos e aventura-se por filmes mais dramáticos

cuba Mais do que um cenário de filme de época, Havana é uma experiência de vida • recife história, arquitetura e praias incríveis ao som de frevo e maracatu • sabores Cinco chefs e cinco receitas para a melhor ceia de fim de ano avianca em revista

dez.14

·1


xxxxxx

2 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路3


xxxxxx

4 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路5


xxxxxx

6 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路7


sabores

10 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 11


xxxxxx

12 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 13


xxxxxx

14 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 15


xxxxxx do presidente presidente palavra

A year of achievements and growth

Um ano de conquistas e crescimento

For us, from Avianca, the year 2014 falls within the best possible category for a company: a year of achievements and growth. Looking back at the most important facts, our pride and confidence are boosted because we were able to prove to be on the right path to the best in-flight customer service for the Brazilian air transportation industry. First, Avianca registered a 20% growth, an impressive figure considering 2014 was an atypical year regarding economy. This progress enabled us to engage over 700 collaborators, generating more opportunities for skilled workers and a livelihood for many families. In the technology area, the adoption of the Amadeus platform, asides from offering us more operational efficiency, opened the doors to the internationalization of the company with its official entry into Star Alliance. Our fleet also flew higher: its renovation process was marked by the start of operation of seven new Airbus A320, an essential step to offer our passengers a wide range of destinations and travel options, such as the flight to Goiânia - which is already a success - and the international route Fortaleza-Bogota, which facilitated the access of the Northeast population to other countries. The acquisition of new slots at Congonhas airport in São Paulo offered by the National Civil Aviation Agency (ANAC) also allowed Avianca to offer more daily flights from São Paulo to Rio de Janeiro, Brasília and Salvador. The cargo area also boasted an equally memorable 2014, with the start of the new Airbus A330 that flies five regular frequencies since August, fulfilling 100% of the scheduled flights. Avianca’s A330 Cargo is the first freight-only aircraft brought to Brazil. This investment represents an expressive increase in the company’s cargo volume when compared to 2013, when 18 thousand tons of cargo were transported. For 2014, the expectation is to exceed 30 thousand tons of transported cargo. But the end of the year is not only a time for balances: it is also a time to plan for the future. In 2015, Avianca plans to renew its whole fleet, by deactivating all the Fokker aircrafts by June. Meanwhile, the Programa Amigo will be redesigned and integrated with the Frequent Flyer Lifemiles Program, allowing its associates to fly on Avianca’s international routes such as New York, Miami and Cancun, among others. And there are still many novelties to come. Stay tuned! In view of all this, we wish all our clients an excellent 2015 certain that, with confidence and professionalism, all the achievements are within our reach.

Para nós, da Avianca, o ano de 2014 se enquadra na melhor categoria possível para uma empresa: um ano de conquistas e crescimento. Ao fazermos uma retrospectiva dos fatos mais importantes do ano, nosso orgulho e nossa confiança são reforçados ainda mais, pois conseguimos comprovar que estamos no caminho certo, o de oferecer o melhor serviço de bordo e atendimento do setor aéreo brasileiro. Em primeiro lugar, a Avianca registrou, em 2014, um crescimento de 20%, cifra ainda mais significativa se considerarmos ter sido um ano atípico na atividade econômica. Esse avanço permitiu a contratação de mais de 700 colaboradores, gerando mais oportunidades de empregos qualificados e sustento para diversas famílias. Na área tecnológica, a adoção da plataforma Amadeus, além de tornar nossas operações muito mais eficientes, abriu as portas para a internacionalização da empresa, com sua adesão definitiva à Star Alliance. Nossa frota também alçou voos mais altos: seu processo de renovação foi marcado pela entrada em operação de mais sete novos Airbus A320, um passo fundamental para ampliar nossas ofertas de destinos, como o voo para Goiânia - já um sucesso em termos de ocupação - e a rota internacional Fortaleza-Bogotá, que tornou outros países mais acessíveis aos brasileiros da região Nordeste. A obtenção de novos slots no aeroporto de Congonhas, determinada pela Agência Nacional de Aviação Civil, também permitiu à Avianca oferecer mais frequências diárias a partir de São Paulo para Rio de Janeiro, Brasília e Salvador. A área do transporte de carga teve um 2014 igualmente memorável, com o início das operações do cargueiro de grande porte, Airbus A330, que está voando regularmente cinco frequências desde agosto e cumprindo 100% dos voos previstos. O A330 da Avianca Cargo é a primeira aeronave da categoria trazida para o Brasil destinada exclusivamente ao transporte de cargas. Esse investimento representa um aumento expressivo do volume de cargas da empresa aérea com relação a 2013, quando foram transportadas 18 mil toneladas nos porões das aeronaves. Para 2014, a expectativa é superar 30 mil toneladas de cargas transportadas. Mas o fim de ano não serve apenas para balanços: é também a hora de traçar planos para o futuro. Para 2015, a Avianca projeta renovar integralmente sua frota, com a desativação de todos os aparelhos Fokker até junho. Já o Programa Amigo será reformulado e integrado com o Programa de Fidelidade Lifemiles, permitindo que seus associados voem na malha das rotas da Avianca Internacional, como Nova York, Miami, Cancun, entre outras. Muitas outras novidades virão. Fiquem atentos! Por tudo isso, só nos resta desejar a todos os nossos clientes um excelente 2015, certos de que, com confiança e profissionalismo, todas as conquistas estão à nossa mão.

Happy New Year and have a great trip!

José Efromovich President

16 · dez.14

avianca em revista

Feliz ano novo e ótima viagem!

José Efromovich Presidente avianca.com.br


slide

18 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Chichén Itzá, México

foto c. koga

Em 2007, as ruínas maias foram eleitas como uma das sete novas maravilhas do mundo moderno. O sítio arqueológico que abrigou a cidade maia dedicada à adoração dos deuses fica a 205 km de Cancun. na foto, o templo do jaguar, construído entre os anos 900 e 1100 d.c.

VOos para cancúm (cum)

São Paulo (GRU)

Saída Chegada 02:25 12:05

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com ou 4004 4040 ou seu agente de viagens


xxxxxx bastidores

A equipe de produção das fotos de capa desta edição encontrou-se em um antigo casarão do final do século XIX. Localizado no alto do charmoso bairro Santa Teresa, no Rio de Janeiro, o ambiente com vitrais coloridos não poderia ser mais fotogênico. Ingrid Guimarães virou modelo por um dia, lembrando os tempos da Leandra Borges, personagem que era uma super hiper mega top model. A atriz também andou pelas ladeiras do bairro, buscando os melhores cenários para compor as fotos. Alexandre Puchalsck, Marcella Klimovicz, Daryan Dornelles, Ingrid Guimarães, Camila Balthazar, Erica Monteiro e Guto Moraes

20 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


xxxxxx

sumário dezembro de 2014 • edição #53

32

economia

42

pet style

60

hot spot

O desejo da presidenta para o gênio da lâmpada

Apenas 20 minutos com os bichinhos já resultam em bem-estar

Testamos quatro hotéis e quatro “camasnuvem” em Bogotá

106

performance

Golfe é o esporte que mais cresce no mundo

62

front

ingrid guimarães

52 CULT

67

Turismo nacional

80 biografia

84

Denise fraga

recife

Antonio Carlos

cuba

Atriz comemora 30 anos de carreira com a peça “Chorinho”

22 · dez.14

avianca em revista

Roteiro na capital pernambucana garante “boa viagem, visse”

Como o empresário transformou o Rei do Mate em um império

Turismo internacional Havana é uma viagem no tempo, lá pros anos 1950

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 23


editorial

Prontos para 2015

P

assando por uma nova fase e com desejo de mudança, não haveria nome mais perfeito para estampar alegremente nossa capa que encerra 2014. Ingrid Guimarães faz sucesso há mais de 20 anos. A atriz domina todas as mídias: teatro, televisão e cinema. Conhecida por seu jeitinho engraçado, ela não quer ser chamada apenas de humorista e busca outros caminhos, interpretar outros humores. Em 2015, Ingrid será vista em filmes dramáticos. Ela se reinventa aos 42 anos e dá um exemplo de como a vida está sempre pronta para uma boa reviravolta.

O clima de cabeça aberta para um ano ainda em branco nos levou até Havana, em Cuba. Um destino diferente para fazer turismo, que provoca mudanças na maneira como vemos o mundo. Em vez de presentes na mala, voltamos com ideias na cabeça e transformados com o dia-a-dia de um país comunista. Cuba é uma experiência de vida. Carros antigos e coloridos transitam em frente às construções que datam do início

do século passado e te levam a uma viagem no tempo. Vale lembrar que o país é uma ilha no meio do Caribe. Além de bons charutos e runs de primeira, o povo é hospitaleiro e tem sempre um sorriso no rosto. Podemos dizer o mesmo sobre o acolhimento dos nordestinos. O destino da vez foi Recife e sua vizinha Olinda. A capital pernambucana tem muito frevo e maracatu, mas também dá um banho de história, arquitetura, praias maravilhosas e alta gastronomia. É uma das capitais mais vibrantes do Brasil, que vai logo dando as boas vindas com a orla da Boa Viagem, pertinho do aeroporto. Como um anexo da cidade, ainda temos Olinda com suas ladeiras de paralelepípedos e fachadas coloridas de casarões dos séculos 18 e 19 dividindo espaço com ateliês de artesanatos, restaurantes e monumentos históricos. Uma dica? Não se esqueça de que um dos melhores Carnavais do país acontece lá. No fim do ano, no próximo ou nos tantos que virão, nosso lema é descobrir os melhores

lugares do mundo para viajar, os bons sabores para provar na sua cidade ou fora, além de ouvir histórias inspiradoras que podem vir de grandes empresários, artistas famosos, chefs de cozinha e tantas outras pessoas que preenchem nosso dia. Nas próximas páginas, testamos hotéis maravilhosos em Bogotá, na Colômbia, mostramos como a saúde e o bem-estar podem vir de terapias animais, além de explorar vários assuntos de esporte, cultura, economia, beleza e moda. Mas a verdade é que tão bom quanto compartilhar mais uma edição com vocês é saber que ainda há muitas outras páginas em branco. Assim, desejamos a todos um final de ano cheio de realizações, paz e harmonia. Boa viagem e até a próxima!

Fredy Campos redacao@aviancaemrevista.com.br

Havana, Cuba

Foto Daryan Dornelles Assistente de foto Juan Dias Beauty Erica Monteiro Assistente Beauty Guto Moraes Edição de moda Ale Duprat para Aba Mgt Produção de moda Marcella Klimovicz Assistente de moda Alexandre Puchalsck


we

avianca

envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br

ou utilize o instagram #aviancaemrevista

Alberto Ladwing Florianópolis para São Paulo

Julio Lima Filho Petrolina para Recife

Iolanda, Cila e Gentila Cuiabá para São Paulo

Adrissa Parente Ramos São Paulo para Maceió

Renata Bonjesus

Gabriella Benclowicz São Paulo para Salvador

Vanda Souza e Rachel Arditti

avianca em revista 26 · dez.14 São Paulo para Rio Janeiro

Bruno Santos

Camilla Camargo Rio deavianca.com.br Janeiro para São Paulo


Angie Echeverry São Paulo para Brasília

Anderson Dias Petrolina para Salvador

Heitor Carvalho Antonialli

Fernanda Fazollo Rio de Janeiro para Salvador

Famtour Agência Agaxtur São Paulo para Florianópolis

Bianca Pereira Salvador para Maceió

Antthony, Pamella e Fellipe São Paulo para Maceió Casal Amorim Florianópolis para Brasília

Helio Rodak de Quadros Brasília para Florianópolis

Antonia Pereira Maia São Paulo para Salvador

Riam, Karol e Maria Fernanda Maceió para Brasília

avianca em revista

Felipe Abe e Pedro HMC dez.14 · 27 Rio de Janeiro


we

avianca

Lucas Tubelo Salvador para Porto Alegre

Ronaldo Souza Salvador para Rio de Janeiro

Tariq Bitar Paloma Garcia Recife para São Paulo

Salete Paiva Recife para São Paulo Maria Alice e Ana Cecilia Calasans Recife para Salvador

Vera Lúcia Delfino Brasilia para Curitiba

Rafael e Chico São Paulo para Recife

28 · dez.14

Liana Kauffmann avianca em revista Rio de Janeiro para São Paulo

Riam, Karol e Maria Fernanda Maceió para Brasília

Maviany Mota avianca.com.br Salvador para Rio de Janeiro


avianca em revista

dez.14

路 29


ponto de vista

Leonardo da Vinci

amava Panetone POR RENATA MARANHÃO

É

shutterstock

verdade: o ano já acabou. A sensação de que 2014 está no fim vem desde o final de outubro, quando lojas se apressaram na decoração natalina. Mas nada nos remete mais ao Natal quanto a volta do panetone aos supermercados, um prato típico desta época, não só no Brasil, mas também na Itália, Argentina, França, Peru, Malta, Alemanha e Suíça. A palavra panetone vem de panetto, bolo ou pão pequeno. O sufixo “one” mudou o significado para “bolo grande”. A história de sua origem é recheada de lendas, que, de tão antigas, se confundem em diferentes versões. A única coisa certa é que vem de Milão, na Itália.

Uma das versões envolve o milanês Toni, ajudante de cozinha do duque Ludovico Sforza (1452-1508), conhecido como “o Mouro”. Toni trabalhava infinitas horas sem descanso. Na véspera do Natal, o sol já tinha se posto quando o duque mandou que Toni preparasse mais uma fornada de pães e montasse a torta de Natal. Novato que era, se atrapalhou e derrubou as uvas passas da torta na vasilha onde descansava a massa do pão. Desesperado, tentou salvar o prato jogando frutas cristalizadas, manteiga, enfim, o resto dos ingredientes na massa e a adoçou, assou e serviu, deixando o castigo para o dia seguinte. Qual não foi a sua surpresa quando chegou ao trabalho! O patrão o recebeu todo “pimpão” e logo o felicitou pela receita, à qual chamou de "Pane di Toni". O doce tinha deslumbrado os convivas da noite anterior e não tardou a fazer sucesso entre as casas mais nobres da região. Toni virou sócio de seu ex-patrão, os dois ganharam muito dinheiro e foram felizes para sempre.

Renata Maranhão é jornalista e apresentadora

30 · dez.14

avianca em revista

Uma outra versão é mais romântica, meio Romeu e Julieta com final feliz. Conta sobre um amor secreto e proibido entre um bemnascido Ughetto e a filha de um padeiro em Milão. De acordo com registros, os nomes são reais e a receita manteve-se similar ao longo dos séculos. A seguir, uma compilação de

fatos e mais uma infinita omissão de detalhes que a indústria do cinema preencheria divinamente. Vamos lá: Era uma vez, no século XV, em Milão, um jovem nobre, falcoeiro, chamado Ughetto Atellani pertencente à corte do duque Ludovico Sforza (aquele mesmo da lenda anterior). Ughetto gostava de treinar seus falcões diariamente perto de uma padaria, aproveitando para espiar a filha do padeiro, Adalgisa, uma das mais belas jovens da época. Um dia, tomou coragem e se aproximou. Não tardou a se apaixonarem. Como a família do nobre jamais aprovaria a união com uma moça de família humilde, se encontravam em segredo. Certa vez, o pai de Adalgisa, Toni, adoeceu e ela teve que trabalhar dobrado por muitas horas para dar conta da padaria. Ughetto elaborou um plano: se disfarçou de camponês e ofereceu seus serviços em troca de um pedaço de pão ocasional. Ao saber que a nobreza local não encontrou um sabor refinado no pão, usou seus próprios fundos para adquirir os ingredientes mais caros: manteiga, ovos, limão cristalizado e casca de laranja. O resultado foi um “meio-bolo meio-pão” que chamou de Pane di Toni (panetone!) em homenagem ao sogro. A novidade se espalhou na velocidade da luz. Uma iguaria encontrada apenas naquela padaria em especial. Mas calma, a história de amor ainda não acabou. Com o sucesso, Toni viu seu negócio prosperar rapidamente. Ughetto finalmente saiu de seu disfarce camponês e o duque de Milão, Ludovico il Moro Sforza, concordou com o casamento do falcoeiro com a filha do padeiro, agora com dotes. Leonardo da Vinci se tornou um promotor entusiasta do panetone e estava presente, inclusive, no casamento do apaixonado casal. O final feliz da história é de todos nós, que podemos saborear anualmente este delicioso bolo. Quer dizer, pão. contato@renatamaranhao.com.br avianca.com.br


Economia

O gênio da lâmpada

e o Torresminho

shutterstock

POR FABIO KANCZUK

Um gênio da lâmpada apareceu para Dilma e lhe deu um único desejo para o segundo mandato. A presidenta pensou cuidadosamente e decidiu usá-lo para melhorar o estado da economia

D

omingo, final de tarde, e meu humor está péssimo. Já com a segunda-feira na cabeça, atrasado nos afazeres, difícil ficar pior. Mas possível: toca o telefone e é meu tio Isaque, o sujeito mais chato do mundo.

Tio Isaque: Fabinho, como você está? Sabe que eu estou muito mal. Fui ao médico essa semana, fazer meu check-up anual. Anual e anal, se você me entende. Mas não foi a colonoscopia que me perturbou. Foi que o chato do médico me proibiu de fazer um monte de coisas. Eu: Desculpa, tio, mas estou meio ocupado agora. Eu entendo que é chato seguir as diretrizes do médico, mas é importante na sua idade, e vai lhe fazer se sentir melhor. Tio Isaque: Sentir melhor coisa nenhuma. O Dr. Sender me veio com uma lista infinita de tarefas. Primeiro, que eu tenho que me exercitar todos os dias, fazer terapia para minhas dores nas costas. Segundo, que tenho que comer vegetais e fibras para o funcionamento do meu intestino. Terceiro, não posso comer linguiça ou carnes gordurosas. Quarto, tenho que tomar remédio para colesterol, pressão alta e diabetes. E também um monte de vitaminas. Tanto medicamento que vai arrebentar meu estômago. E daí tem uma pílula adicional para proteger o estômago! Nem meu torresminho diário ele liberou. Nem sei para que viver se não posso comer torresminho.

Fabio Kanczuk é engenheiro pelo ITA, PhD em Economia pela UCLA com pós-doutorado em Harvard, além de professor titular do departamento de Economia da USP

32 · dez.14

avianca em revista

Tio Isaque: Mas chega desse assunto. Eu lhe telefonei para perguntar de economia. Meus amigos estão muito pessimistas, mas eu acho que é só o governo mexer um pouquinho e já voltamos a crescer, não? Eu: Na verdade, tem muita coisa

atrapalhando o crescimento. Dá para fazer uma lista imensa. Primeiro, liberalizar os preços administrados que estão artificialmente baixos. Segundo, voltar a dar transparência às contas fiscais. Terceiro, reduzir a importância dos bancos públicos na concessão de crédito e, quiçá, ir eliminando o papel do BNDES. Quarto, desvincular o salário mínimo da previdência, ou, talvez melhor, aproveitar para reformar a previdência, tornando-a sustentável. Depois seria bom cortar gastos públicos para poder cortar os impostos. Também voltar a dar poder às agências regulatórias e estabilizar o arcabouço do sistema energético. Já que não há recursos públicos, destravar as concessões para que haja investimento em transportes e saneamento. Outra coisa... Tio Isaque: Fabinho, você é mais chato que o Dr. Sender. Vamos fazer uma coisa: eu lhe dou três desejos, como se fosse um gênio. O que você escolheria para ajudar o Brasil? Eu: Primeiro: corte de gastos do governo. Segundo: cortes de gastos do governo. Terceiro: a mesma coisa. Tio Isaque: Só isso? E com isso o Brasil voltaria a crescer? Eu: Já melhoraria muito a situação. E, sim, o Brasil cresceria bem mais. Tio Isaque: Então por que o governo não faz isso? Eu: Tio, você vai parar de comer torresminho? kanczuk@gmail.com avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 33


beleza

Muito além dos

filtros solares

por Dr Ailthon Takishima

O

shutterstock

verão está chegando e a preocupação em se proteger dos danos solares se redobra. As opções são tantas que nos perdemos na escolha de um bom filtro solar, mas hoje os estudos mostram que a quantidade aplicada é fundamental para termos uma proteção real. No dia-a-dia isso não acontece, então temos uma proteção parcial, sendo necessário usarmos outros artifícios para proteger a pele. Sempre pensamos em nos proteger dos raios UVB, responsáveis pelo escurecimento ou bronzeado da pele mais na superfície. Entretanto, temos os raios UVA, que passam por nuvens, vidros e estão presentes o ano todo, atingindo as camadas mais profundas da pele e sendo responsável pelo fotoenvelhecimento e pela produção de danos maiores na estrutura da pele. E, por último, o menos lembrado: o calor gerado pela radiação Infra Vermelho A, que pode ser oriunda do sol, do secador e de equipamentos que geram calor, produzindo radicais livres em todas as camadas da pele e chegando até a hipoderme (transcutâneo), o que acelera o envelhecimento e a degradação do colágeno. Como proteger a pele de uma forma efetiva se o Fotoprotetor (FPS) tem que ficar sob a pele? Como neutralizar a ação destes vilões nas camadas mais profundas da pele? O que realmente podemos fazer de efetivo?

Dr Ailthon Takishima é cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)- CRM64098

34 · dez.14

avianca em revista

Escolher produtos que possam reforçar a proteção natural da pele é um dos caminhos para diminuir os danos ao longo do tempo. A palavra-chave para essa defesa é o “sistema antioxidante”. As vitaminas C e E são os antioxidantes clássicos, extremamente importantes para iniciar o combate ao excesso de radicais

livres que são gerados diariamente. Mas, atualmente, somente eles não são suficientes para nos proteger. Com a evolução da tecnologia, novos bioativos foram pesquisados e sintetizados para chegar às camadas mais profundas da pele, protegendo e neutralizando os radicais livres de várias espécies. O Alistin é um peptidomimético da carcinina, que tem ação antioxidante avançada, protegendo a pele em três dimensões, desde o DNA, até a célula e a proteína, além de possuir uma ação antiglicante, diminuindo os malefícios causados pelo excesso de açúcar na alimentação. O Alistin está presente em marcas renomadas de dermocosméticos, que vão desde protetores solares a antiaging, por melhorar o sistema de defesa da pele de forma efetiva. Outra novidade é um antioxidante que neutraliza os danos causados pela radiação Infra Vermelho A e Luz Visível, além das outras radiações. O OTZ 10 é uma oxitiazolidina que possui uma alta estabilidade molecular e chega nas camadas mais profundas da pele e, durante o processo, combate os radicais livres, formando a taurina - um aminoácido conhecido pela sua ação energizante, hidratante e protetora do DNA. Aqui temos uma proteção 360º. Os produtos de uso tópico ou via oral podem ser formulados por seu médico e ajustados para as necessidades específicas de cada pele. Manter a pele jovem e protegida vai muito além do uso de filtros solares. É importante complementar e observar sempre se há um bom sistema antioxidante na formulação, pois é fundamental para manter a saúde da pele. suasduvidas@outlook.com avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 35


Marketing e publicidade

O mundo de sandálias PORAdonisAlonso

O

shutterstock

verão está chegando. E com ele, mais uma temporada de sucesso de Havaianas, no Brasil e no exterior. Modelos lançados no mercado brasileiro chegam vitoriosos no meio do ano ao calor do hemisfério norte. Tem sido assim há 20 anos, desde que a São Paulo Alpargatas mudou sua estratégia de marketing. Lançada em 1962, as famosas sandálias de borracha foram inspiradas no modelo japonês Zori, fabricado com tiras de tecido e sola de palha de arroz. De custo baixo, mas qualidade comprovada por campanhas publicitárias, ficaram conhecidas por não ter cheiro, não deformar e nem soltar as tiras, como dizia Chico Anysio em comerciais antigos. Foram adotadas imediatamente pelos consumidores das classes C e D. Eram ideais para usar em serviços domésticos ou trabalhos na construção civil. Vendidas em caixas de papelão nos mercados de bairro, sem display, sua apresentação não tinha qualquer requinte. Em 1994, sob o comando do diretor de marketing Rui Porto, a história foi reescrita. Pesquisas mostravam que, meio sem jeito, escondidas, pessoas das classes A, B e AB, encontravam um jeito de usar Havaianas em momentos de lazer, especialmente na praia. Para se diferenciar, viravam o solado ao contrário e faziam seu próprio modelo, invertendo as cores.

Adonis Alonso é jornalista, coordenador de Conteúdo do Fórum de Marketing Empresarial e Prêmio Lide e autor do livro “Meus Amigos Publicitários”

36 · dez.14

avianca em revista

Daí para descobrir que até celebridades apreciavam o produto, foi um passo. Em parceria com a agência de propaganda Almap BBDO, criou-se o conceito “Todo Mundo Usa”. A Alpargatas investiu na produção com modelos e cores diferenciadas.

Comerciais de TV utilizaram de Chiquinho Scarpa a Vera Fischer. A produtora Cine, de Raul Doria, e o diretor de cena Clovis Mello chegaram este ano ao 112º filme de Havaianas, agora com o novo conceito, “Essa é a minha. Qual é a sua?”. Mais um sucesso na mídia, com atuação divertida de Preta Gil. A longa trajetória das campanhas é quase um retrato da história do showbiz brasileiro. No início, despontavam nomes como Luiza Brunet, Luiz Fernando Guimarães e Luma de Oliveira. Havaianas acompanhou a linha do tempo da TV brasileira, com Marcos Palmeira, Murilo Benício, Luana Piovani e Cristiana Oliveira. Não se esqueceu dos grandes atletas do País, como Romário, Bebeto e o campeão de boxe Acelino “Popó” Freitas. A cada nova atração da TV, a marca ia buscar na preferência do público seus personagens. Filmou com Juliana Paes, Fernanda Lima, Lázaro Ramos, Reynaldo Gianecchini e Rodrigo Santoro. Permitiu até que a Letícia Spiller contasse dois momentos importantes de sua vida. Em 94, aproveitando o sucesso de “Babalu” na novela Quatro por Quatro e, 20 anos depois, contracenando com o filho Pedro. Cleo Pires também teve direito a “bis” e a honra de ser a estrela do centésimo comercial da campanha. Hoje se encontram Havaianas de vários modelos e com adereços luxuosos, como cristais Swarovski, na 5ª Avenida, em Nova York, e na Champ Élisée, em Paris. Seu preço médio no exterior é de US$ 25. A sandália que tem a cara do Brasil é comercializada em mais de 90 países. Em 2012, chegou à China e aí não teve mais limites. Sua produção já atinge 245 milhões de pares por ano, algo como 10 por segundo, em três fábricas. alonso.adonis@gmail.com avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 37


Mundo digital

O meu, o seu, agora é

“o nosso” shutterstock

por Silvia CamargHo

T

ermos como cooperação, coletivo e compartilhamento nunca estiveram tão na moda. A valorização do trabalho em grupo, suportado por plataformas tecnológicas que criam ambientes propícios ao desenvolvimento de projetos de forma colaborativa, já é realidade. A tecnologia vem sendo um grande vetor de desintermediação desde os seus primórdios. Agora está mais simplificada, acessível e associada a novos padrões culturais, fazendo com que se repliquem iniciativas que possibilitam que pessoas se conectem com o propósito de compartilhar algo. Não se trata de um conceito novo, mas até agora não tinha escala.

Munidas da liberdade e do “empoderamento” que a tecnologia proporciona, pessoas passaram a buscar suas próprias soluções para vender e comprar serviços e mercadorias, fugindo da burocracia e dos custos da economia convencional. A tecnologia possibilita também que as pessoas adquiram, de forma compartilhada, bens que antes eram inatingíveis individualmente. Para designar essas iniciativas, novos termos tiveram que ser criados, como economia compartilhada ou pessoa a pessoa e consumo colaborativo. Lisa Gansky, que já foi palestrante do evento TED, é autora do livro Mesh, que trata do compartilhamento em nossa sociedade. Ela atribui este movimento à convergência de alguns fatores que vão da recessão econômica, pela qual muitos países vêm passando na última década, à maior densidade populacional. Falta de espaço, desconfiança nas grandes marcas e uma tendência das pessoas a quererem resgatar valores mais primordiais e, claro, conectividade, também entram na lista.

Silvia Camargho é diretora de marketing na empresa JHSF e apaixonada pelas transformações de um mundo cada vez mais digital

38 · dez.14

avianca em revista

Atualmente, o exemplo mais contundente dessa nova modalidade e mentalidade são os serviços de compartilhamento de carros. Existe um dado que afirma que, em 2013, 1 milhão de pessoas compartilharam 15,6 mil carros nos Estados Unidos. Serviços

como o pioneiro Zipcar e o Whipcar são sucessos de público e vêm atraindo fortes investimentos. No Brasil, já existem algumas iniciativas de compartilhamento de veículos, como a Zazcar, que vem enfurecendo taxistas. Outro exemplo concreto, do qual sempre gostei muito e que agora algumas cidades no Brasil também já oferecem, é o serviço de compartilhamento de bicicletas. Você mora em um espaço pequeno e não tem onde guardar uma? Nada lhe impede de tê-la como seu meio de transporte preferencial ou alternativo ou mesmo aproveitar as horas de lazer. Seja através de iniciativas patrocinadas por empresas ou em serviços privados pagos, é sempre uma solução muito inteligente. Torna as sociedades mais evoluídas e somente puderam ser aplicadas em grande escala e com um maior nível de segurança e controle graças à tecnologia. Outro desdobramento riquíssimo em termos de mudança de cultura e evolução da forma como as relações tradicionalmente se davam é o autofinanciamento, ou financiamento coletivo de projetos. Através de plataformas tecnológicas denominadas crowdsoursing ou crowfunding, as pessoas expõem seus projetos e os interessados e simpatizantes do projeto ou da causa podem contribuir com qualquer valor, muitas vezes tornandose “acionista”. Filmes, shows, exposições, novos aplicativos, plataformas tecnológicas e causas sociais estão sendo viabilizados por meio do financiamento coletivo. É a independência das instituições tradicionais, até então as únicas fontes possíveis para o financiamento. Segundo a Forbes, a economia compartilhada movimentou 3,5 bilhões de dólares nos EUA em 2013. O grupo de pesquisas Gartner fala em 5 bilhões. O fato é que este é mais um novo caminho aberto nesse nosso mundo já tão digital. Pense duas vezes antes de investir e comprar algo que não irá utilizar com frequência e considere a possibilidade de compartilhá-lo ao invés de possuí-lo. avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 39


fique aqui

Arte de recepcionar Por Carla Palmieri

S

ituado a pouco mais de uma hora de carro de São Paulo, o local retoma o glamour dos tempos áureos do balneário, onde o antigo hotel reinou absoluto como ponto de encontro da alta sociedade paulistana desde os anos de 1960.

Com projeto de Henri Michel de Fournier, sua arquitetura divide-se em volumes. Partindo do eixo principal, os diferentes grupos de edificações se distribuem a partir do imponente lobby do hotel. A ambientação dos interiores confere um clima sofisticado e contemporâneo de praia. A água como elemento central é vista em espelhos d’água gigantes na entrada, trazendo a sensação do mar para dentro do hotel. A decoração ainda inclui madeira nos espaços amplos, para aquecer o ambiente e dar um ar de leveza e liberdade. O Sofitel possui apartamentos criados para atender todo tipo de pessoas, desde executivos até famílias com crianças pequenas. O hotel ainda oferece a possibilidade de quartos conjugados e serviços especiais de babysitter. Divididos em seis categorias, todos os 301 apartamentos possuem enxovais sofisticados, varanda

40 · dez.14

avianca em revista

Fomos conhecer um dos hotéis mais charmosos do litoral sul paulistano, o Sofitel Guarujá Jequitimar. O empreendimento hoteleiro propõe a verdadeira arte de viver à francesa

e tecnologia de ponta. Destaque para as suítes Ópera e Prestige, ambas com piscina privativa, banheira com hidromassagem e uma fantástica vista para o mar. O hotel também se destaca pela sua gastronomia, com serviço impecável e ambientes aconchegantes nos três restaurantes. O responsável é o chef francês Patrick Ferry, que investe em criações que unem a tradição gastronômica francesa a ingredientes típicos da culinária nacional. O estabelecimento ainda possui dois bares, além do pool bar, que oferece petiscos típicos e drinks refrescantes. Não deixe de conhecer um dos espaços mais acolhedores do hotel, o So Spa. Desenvolvido pela marca Sofitel, a grife oferece um ambiente relaxante para garantir o máximo de bem-estar. Marcas renomadas, equipamentos avançados, sauna e uma piscina coberta aquecida compõem o ambiente especial, tornando-o um espaço único. Para quem busca esportes e lazer, o Sofitel conta com a parceria da Companhia Athletica, que possui os mais modernos

equipamentos, além de treinadores à disposição. Para quem prefere práticas esportivas ao ar livre, são oferecidas atividades nas demais dependências do hotel: duas quadras de vôlei de areia, três quadras de tênis e uma poliesportiva. Além disso, as piscinas são um convite para um bom mergulho ou simplesmente um banho de sol. Lugar relaxante, serviço impecável e gentil, gastronomia ímpar e integração total com a natureza. VOos para são paulo (gru)

Porto Alegre (POA) Goiânia (GYN)

Saída Chegada 10:25 12:10 22:00 23:35

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

Categoria:

Sofitel Guarujá Jequitimar

www.sofitel-guaruja-jequitimar.com Spa, piscina, academia, quadras poliesportivas, room service 24 horas, wi-fi gratuito, concierge, lavanderia e boutique. Preço médio: Diárias a partir de R$870,00 Av. Marjory da Silva Prado, 1100- Guarujá/SP Tel.: (13) 2104 2000

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 41


Pet Style

Terapia animal Por Rozze Angel

Vanessa Canoso

O simples ato de acariciar um animal pode diminuir o estresse, reduzir a ansiedade, criar vínculos afetivos e, de quebra, é uma delícia! Segundo pesquisas, depois de 20 minutos de interação, seja com cachorros, gatos, pássaros e até mesmo cavalos, o cérebro passa a produzir neurotransmissores, como a endorfina e a dopamina, responsáveis pelas sensações de bem-estar e prazer. Baseado nesses estudos, diversas terapias assistidas por animais vêm sendo desenvolvidas. Algumas aceitam voluntários, tanto com dois pés, como com quatro patas

1

2 3

42 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


S

e o contato com um animal faz um bem enorme para pessoas saudáveis, imagine o que não oferece para quem realmente precisa de uma atenção especial? Conhecidas como Atividades ou Terapias Assistidas por Animais, AAA ou TAA, são métodos alternativos e complementares de ajuda terapêutica projetados para promover uma melhora da saúde física, emocional, social e até mesmo do funcionamento cognitivo, ou seja, de pensamentos e habilidades intelectuais.

A TAC, Terapias Assistidas por Cães, uma organização sediada no município de Cotia, na Grande São Paulo, oferece esse tipo de tratamento principalmente para autistas, pacientes com paralisia cerebral e com dificuldade motora. Os candidatos às terapias da instituição são indicados pela Prefeitura de Cotia e pela APAE da cidade. A instituição possui uma unidade própria na região, batizada Espaço Zilda Arns de Intervenções Assistidas por Animais, e oferece desde Hipoterapia, ou seja, terapia com cavalos, até Psicoterapia Assistida por Cães. “Nossas terapias são totalmente realizadas por profissionais da área de saúde e educação e visam ser um ponto de apoio para a evolução dos pacientes”, explica Vinicius Fava Ribeiro, fisioterapeuta por formação e um dos fundadores da entidade. Ele conta que crianças e adolescentes com paralisia cerebral reagem muito bem à terapia com equinos, justamente pela estimulação sensorial. “O cavalo tem um Hippoterapia traz muitos bemefícios aos pacientes com dificuldade motora. T.A.C.

1

A ONG Patas Therapeutas promove visitas a diversas instituições e também aceita voluntários

2

O INATAA oferece terapia com animais para crianças e idosos

3

andar que se assemelha ao do ser humano e esse contato estimula a autoestima por oferecer ao paciente a oportunidade de ver o mundo no mesmo nível de pessoas normais, pois muitos ficam restritos a cadeiras de rodas, sempre tendo que levantar o olhar para se comunicar com os outros”, enfatiza. Os terapeutas do TAC somente se deslocam para visitar os pacientes do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, em São Paulo. Desta forma, ampliam o atendimento a crianças, adolescentes e idosos internados na instituição, vítimas de doenças mentais, como depressão, síndrome do pânico e até distúrbios alimentares. Diferentemente do que ocorre em terapias com voluntários, cujo principal objetivo é levar alegria e qualidade de vida aos assistidos, nesses programas são as pessoas comuns e seus animais que se deslocam até hospitais e asilos. Claro que esse procedimento também traz inúmeros benefícios. Para idosos, diminui a solidão e aumenta a motivação. Para crianças em internação, promove a socialização, ameniza a dor e ajuda na recuperação. Os grupos de voluntários costumam ter uma periodicidade semanal ou, no máximo, quinzenal para suas visitas, que duram, em média, uma hora. “Não sei se faz mais bem aos pacientes que visito ou a mim mesma. Sempre acabamos revendo nosso valores”, conta Maria da Penha de Lima, que participa desses programas de visitas a hospitais com sua cachorrinha da raça yorkshire, a Mel.

Como se tornar um voluntário: 1. Filie-se à instituição responsável na sua região. Hospitais e asilos não aceitam voluntários individuais. 2. Seu animal deve ser calmo e amoroso, além de estar castrado e saudável. Não esqueça que ele visitará pacientes com baixa imunidade. 3. Comprometa-se. A terapia só terá resultados se for periódica.

Conheça algumas instituições: www.ateac.org.br www.peloproximo.com.br www.patastherapeutas.org www.inataa.org.br www.tac.org.br

avianca em revista

dez.14

· 43


radar

se liga

nesse

som Selecionamos seis lançamentos para acompanhar sua próxima viagem

Foo Fighters CD Sonic Highways Como o nome do disco já diz, a ideia do trabalho é traçar um mapa musical dos Estados Unidos e a simbolização das rodovias sonoras no país. Foi gravado em oito cidades diferentes, cada uma ligada a um tipo de identidade musical.

44 · dez.14

avianca em revista

Pink Floyd CD The Endless River Após 20 anos de espera, finalmente chega aos ouvidos do mundo inteiro o inimaginável álbum inédito do Pink Floyd. The Endless River é o décimo quinto e último CD da banda, fechando um ciclo iniciado em 1965.

Taylor Swift CD 1989 Quinto álbum de estúdio da estrela Taylor Swift, o CD 1989 marca a evolução das composições e sonoridade da cantora pop. Com batidas marcantes e sensibilidade, ela toma a frente de todo o trabalho.

Pitty CD Sete Vidas Se reinventando e tendo a inquietude como forte característica, Pitty lança seu novo álbum. Com um rock cru e ao mesmo tempo psicodélico, incorpora sutilmente ritmos africanos na melodia.

Banda Cachorro Grande CD Costa do Marfim A banda Cachorro Grande lança seu sétimo trabalho de estúdio, Costa do Marfim. O novo CD aponta para uma sonoridade que flerta com a música eletrônica.

avianca.com.br


Felipe de Carolis Ator

Léo Ladeira

1. Some Enchanted Evening / Richard Rodgers & Oscar Hammerstein 2. Bring Him Home / Claude-Michel Schonberg, Alain Boublil e Jean- Marc Mateil 3. Don't Wait / Mapei 4. Holy Grail / Jay Z Instagram: @felipedecarolis 5. Ponta de Areia / Milton Nascimento Facebook: Felipe de Carolis

Fhabi Hanna Cantora

1. Jovens Demais / Fhabi Hanna 2. Only Girl / Rihanna 3. Teenage Dream / Katy Perry 4. Crazy in Love / Beyoncé 5. Mirrors / Justin Timberlake

Instagram: @fhabihanna Facebook: officialfhabihanna www.fhabihanna.com

avianca em revista

dez.14

· 45


radar

Na agenda

Show Capital Inicial A banda formada por Dinho Ouro Preto, Yves Passarell, Fê Lemos e Flávio Lemos canta seus sucessos para o público paulista. 14 de dezembro, às 21h Espaço das Américas - Rua Tagipuru, 795 São Paulo/SP www.espacodasamericas.com.br

19

Amor Perverso O espetáculo, estrelado por Claudia Ohana, Helena Ranaldi e Regiane Alves, expõe os conflitos de uma personagem dividida pela dor de uma perda amorosa. Até 17 de dezembro Teatro do Leblon - Sala Marília Pêra Rua Conde Bernadotte, 26 - Leblon - Rio de Janeiro/RJ www.teatros.art.br/teatro-do-leblon-rj

19

Pré-Réveillon Finally I’m Solto

House music, EDM, deep e tech house, hip hop, funk carioca e a saudosa pop music dos anos 80 agitam o público paulistano até amanhecer. 19 de dezembro Line-up: Djs Mark Ursa e Dave Lambert (residents Tomorrowland), Rafael Diefentaler, Marcelo Botelho, Funk Carioca Crew, entre outros. TW Eventos - Rua Guaicurus, 324 - São Paulo/SP www.semhora.com.br/evento/finally

31

18, 19 e 20 Show Gilberto Gil

O cantor apresenta o show que marca o lançamento do DVD Gilbertos Samba, gravado ao vivo no Teatro Municipal de Niterói. 18, 19 e 20 de dezembro, às 21h Theatro NET São Paulo - Rua Olimpíadas, 360 - Itaim Bibi São Paulo/SP www.theatronetsaopaulo.com.br

46 · dez.14

avianca em revista

Réveillon Absoluto A chegada do novo ano será celebrada na paradisíaca Praia do Gunga, com queima de fogos e um line-up especial, que promete animar o público até o amanhecer. 31 de dezembro Atrações: Dj Bob Sinclar, Dj Raphael Ladour, a dupla JetLag (Thiago Mansur e Paulo Velloso), Dj Mark Ursa, a dupla MON - My Own Nirvana (Pietra Bertolazzi e Mario Velloso) e a banda Yow Live. Praia do Gunga - Alagoas www.reveillonabsoluto.com avianca.com.br


31 Réveillon Taípe

Uma das mais tradicionais festas de Réveillon do Brasil chega a sua 15ª edição comemorando a chegada de 2015 à beira mar no badalado balneário de Trancoso, na Bahia. 31 de dezembro, às 22h Trancoso - BA www.facebook.com/festadotaipe

31

Ilhabela New Year’s Eve

A praia de Siriúba celebra a virada do ano com música eletrônica, em meio ao verde da mata e com vista para o mar. A ceia será assinada pelo consagrado restaurante Marakuthai, da chef Renata Vanzetto. 31 de dezembro, a partir das 22h Atrações: Djs Phonique, Lucas Eroles, Diogo Accioly, China, Leo Cury, Thomas Bassetto e Joca Guarim. Fazenda Siriúba - Av. Leonardo Reallem, 2252 - Ilhabela/SP w.agenciadeeventos@gmail.com

31 Réveillon em Copacabana Palace O Réveillon mais tradicional do Rio de Janeiro recebe turistas do mundo todo para comemorar a chegada de 2015 na festa que proporciona a vista privilegiada de uma das maiores queimas de fogos. 31 de dezembro, a partir das 20h Hotel Copacabana Palace - Avenida Atlântica, 1702 - Rio de Janeiro/RJ www.copacabanapalace.com.br

Réveillon São Miguel dos Milagres Em sua 4ª edição, a festa na praia de São Miguel dos Milagres comemorará a entrada do novo ano em grande estilo. 31 de dezembro 31 www.reveillondosmilagres.com.br

31

Réveillon do Morro Em sua 9ª edição, o evento festeja a chegada do ano novo com um visual incomparável, ao som de muito samba, MPB e soul music. 31 de dezembro, das 21h às 4h30 Atrações: Banda Soul de Quem Quiser, Bateria da Unidos da Tijuca e os Djs Janot, João Rodrigo e Chu. Morro da Urca - Av. Pasteur, 520 - Praia Vermelha - Rio de Janeiro/RJ www.ingressorapido.com.br


Na livraria

radar

Viver Vale a Pena Autor: Ivo Pitanguy

Por tatiane greco

A autobiografia de Ivo Pitanguy conta a trajetória do menino que gostava de bichos, na infância, em Belo Horizonte, até o reconhecimento mundial como melhor cirurgião plástico do mundo. Pitanguy estudou nos Estados Unidos, França, Inglaterra e elevou a cirurgia plástica, considerada antigamente uma especialidade médica menor, ao ramo nobre da medicina.

Shanti and The Magic Mandala Autor: Fernando Teixeira de Camargo

A narrativa começa com a personagem principal, Shanti, tendo uma experiência extrassensorial. Nesse momento, lhe é revelada sua história e uma missão, juntamente com outros cinco jovens. Eles devem lutar pela liberdade do planeta em uma batalha entre a luz e a escuridão.

48 · dez.14

avianca em revista

Todo Vícios Autora: Maitê Proença

Stella, uma bela atriz e escultora beirando os 40 anos, se apaixona por João, publicitário cinquentão e viciado em drogas reguladoras de humor como compensação para suas flutuações emocionais. A trama mescla encontros e desencontros, levando a protagonista a investir até o fim numa relação aparentemente fadada ao fracasso.

Sonhei Que Amava Você Autora: Tammy Luciano

Uma história de amor intensa, na qual sonhos se tornam realidade, literalmente. Kika sonha com Felipe e o conhece por acaso no mundo real em um acidente de trânsito. A partir daí a relação entre os dois começa a se estabelecer, envolta em mistério e fantasia, com direito a voos pelo mundo e romance enquanto dormem. avianca.com.br


por vitor cardoso

no TEATRO

radar

Rio de Janeiro

Chorinho

Montado em 2012 sob a direção de Fauzi Arap e Marcos Loureiro, o espetáculo “Chorinho” chega pela primeira vez ao Rio de Janeiro. Celebrando os 30 anos de trajetória artística de Denise Fraga e homenageando um dos grandes nomes do teatro, Fauzi Arap, falecido há quase um ano, o projeto marca também o encontro teatral de Denise Fraga, Cláudia Mello e Arap. Musical | Texto: Fauzi Arap. Direção: Marcos Loureiro e Fauzi Arap. Com Denise Fraga e Cláudia Mello. Teatro dos Quatro - Rua Marquês de São Vicente, 52 - Shopping da Gávea, Rio de Janeiro/ RJ - Quintas, sextas e sábados, às 21h30; domingos, às 18h30 | www.ingresso.com

São Paulo

Porto Alegre

Elza e Fred A adaptação para o teatro do filme argentino, que foi sucesso mundial em 2006, chega a São Paulo após temporada de sucesso no Rio de Janeiro. O espetáculo conta a história de um casal octogenário que redescobre o amor e se abre para a vida novamente. Destaque para a divertidíssima atuação de Suely Franco. Comédia | Direção: Elias Andreato. Com Suely Franco, Umberto Magnani, Mayara Magri, Igor Dib, Luciano Schwab, Fernando Petelinkar, Antonio Aguerre, David Leroy e Eduardo Estrela. Teatro Folha - Avenida Higienópolis, 618 - Shopping Higienópolis, São Paulo/SP - Sextas, às 17h e 20h; sábados e domingos, às 20h www.conteudoteatral.com.br/teatrofolha

220 Volts

Cazuza - Pro dia nascer feliz, o Musical

Após quatro temporadas de sucesso na TV paga, o programa de humor “220 Volts” ganha uma versão para o teatro só com as personagens femininas de maior destaque na TV. Em seis esquetes, Paulo Gustavo vive os dilemas e aventuras do universo feminino através de Ivonete, Senhora dos Absurdos, Mulher Feia, Maria Alice, entre outras. Imperdível! Comédia | Texto: Fil Braz e Paulo Gustavo. Direção: Paulo Gustavo. Com Paulo Gustavo, Gil Coelho, Christian Monassa e participação especial de Marcus Majella. Teatro do Bourbon Country - Av. Túlio de Rose, 80 - Centro, Porto Alegre/RS - Sexta (05.12) e sábado (06.12), às 21h www.teatrodobourboncountry.com.br

A irreverente e marcante trajetória de vida, fama, amor e morte de um dos maiores ídolos do rock nacional: Agenor de Miranda Araújo Neto, o Cazuza, interpretado pelo extraordinário Emílio Dantas. Musical | Texto: Aloisio de Abreu. Direção: João Fonseca. Com Emílio Dantas, Susana Ribeiro, Thiago Machado e grande elenco. Teatro Procópio Ferreira - Quintas e sextas, às 21h; sábados, às 17h30 e 21h30; domingos, às 18h www.teatroprocopioferreira.com.br

50 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


cult

Divertir para

comunicar

Por Vitor Cardoso Foto Willy Biondani

Denise Fraga completa 30 anos de carreira com temporada carioca da peça Chorinho, ao lado da amiga Cláudia Mello e com texto do seu grande mestre Fauzi Arap

“E

u gosto de gente. Gosto muito de gente! Às vezes, fotografo as pessoas na rua escondida, mas não publico. É para arquivo pessoal”, conta Denise Fraga, mostrando a relação com o seu maior objeto de pesquisa: o ser humano. Uma das atrizes mais respeitadas de sua geração provou

52 · dez.14

avianca em revista

com propriedade plena que o humor pode levar à reflexão e até mesmo às lágrimas. Do fenômeno recorde de público no teatro “Trair e Coçar... É só começar”, passando por célebres trabalhos na TV Globo, como “TV Pirata” e “Retrato Falado”, até os inúmeros trabalhos no cinema, todos são bons exemplos. Agora, a atriz se concentra avianca.com.br


nos projetos em que ela tenha “algo a mais a dizer”. Seu último trabalho na TV Globo, “A Mulher do Prefeito”, dirigido pelo marido Luiz Villaça, foi indicado ao Emmy de melhor série de comédia. No teatro, ela estreia uma nova temporada da peça “Chorinho”, no Rio de Janeiro, que ela mesma define como a herança deixada por Fauzi Arap, um tesouro que seu mestre lhe deu de presente. O humor é um ofício ou um estilo de vida? Acredito no humor. Tenho fé no humor. Acho que você, quando fala alguma coisa com humor, tem uma capacidade de comunicação arrebatadora. O humor faz com que você se ligue imediatamente ao sujeito e o coloque em estado de reflexão. Brecht dizia isso nos seus diários: “Divertir para comunicar!”. Essa é a máxima da minha vida, meu terreno favorito. Como se dá essa reflexão por meio do riso? Tenho a impressão que você ri daquilo que compreende. Já a emoção é algo mais sensorial. A grosso modo, seria como dizer que você ri com a mente e se emociona com o peito. Quando você faz essas duas coisas juntas, parece que uma ideia foi completamente capturada porque ela foi capturada racionalmente e emocionalmente. Isso me fascina! No “Chorinho”, ouço muito o público falando: “Nossa, eu não sabia se eu ria ou se eu chorava”. Aí tenho a certeza de que a mensagem está plena. Seus trabalhos recentes demonstram uma vontade iminente de investigar a natureza humana. Você concorda? Que legal você falar disso. Concordo sim. Chegou um momento na minha carreira em que eu queria dizer coisas. Não queria apenas um bom personagem, queria me apropriar do autor. Fiquei quase 10 anos sem fazer teatro e, quando voltei, me perguntei: o que eu quero dizer? Aí veio “Alma Boa de Setsuan”, de Brecht, que foi um marco na minha vida. Depois veio o “Chorinho”, que é um espetáculo que não consigo parar de fazer. Faço outros projetos, mas sempre acabo voltando pra ele e tenho a impressão que vai ser assim por tempo indeterminado. Por que o “Chorinho” é tão especial para você? Fauzi Arap sempre foi o meu mestre. Desde 1996, nunca mais estive em cena sem pensar nos ensinamentos dele. Quando fui até ele

na busca de um espetáculo, eu queria uma peça em que eu tivesse mobilidade para viajar, mas que não fosse uma comédia qualquer. Queria falar do trato humano, da dificuldade do convívio e de como a gente está sendo convidado ao isolamento. Estamos nos privando das relações com medo do trabalho que elas possam nos dar. Foi aí que ele disse: “Por que você não faz o ‘Chorinho’ com a Cláudia?”. E era isso! Ele aceitar dirigir o “Chorinho” foi como ganhar um prêmio. E, quando ele morreu, durante a temporada do espetáculo, fez um sentido pra mim. Uma coisa louca. Ele me deixou um legado. Ganhei de herança, um tesouro para o resto da vida. Por que você diz que as pessoas estão desinteressadas nas relações humanas? Estamos sendo destreinados às “saias justas”. Quantas vezes você já não ouviu alguém dizer: “Não! Eu não falei nada na hora, mas vou mandar um email amanhã!”. É impressionante como agora as pessoas só conseguem resolver as situações delicadas pelo mundo virtual. Me alertaram dizendo que isso poderia ser uma evolução, que esse era o novo homem, que não precisava mais passar por “saias justas”. Mas um sábio amigo me falou que o problema desse isolamento é que você sente um buraco no peito e não sabe o porquê. Você se sente sozinho, apesar de falar diariamente com muitos amigos pela internet. Mas esse buraco no peito vem do animal que nós somos, fomos feitos para viver em bando. O homem precisa conviver com o outro, faz parte de sua essência e estamos negando isso. Então você não é uma pessoa conectada ao mundo virtual? Tenho só Instagram. Acho bonito essa ideia de ver o mundo pelo olhar do outro. Gosto de ver o que o outro viu, o que chamou a atenção de alguém. Mas sigo pouquíssimas pessoas. Fiz mais para ver as fotos do meu filho Nino, porque comentaram comigo sobre elas e eu quis ver e fiquei impressionada. Mas tenho muito medo do tempo que isso tudo toma da gente. Acho que nós não estávamos preparados psicologicamente para essa tecnologia toda. Não estamos sabendo dar limite a tudo isso. A internet é maravilhosa, não tem como negar, mas isso está nos consumindo de uma forma tão avassaladora que uma pessoa com um celular na mão não se sente mais sozinha. Isso é um perigo.

O espetáculo fala dessa simplicidade entre as relações que está sendo perdida? A peça é muito simples. São duas atrizes e um banco de praça. Começa como uma conversinha despretensiosa e vai ganhando dimensões que deixam as pessoas em um estado de reflexão sem igual. Uma vez uma senhora me falou no final da peça: “Eu queria pegar um papel na bolsa, mesmo no escuro, para anotar o que vocês estavam dizendo”. Até por essa vontade latente de documentar a obra do Fauzi, teremos finalmente a “Mostra Fauzi Arap” no final deste ano, no Sesi SP, no aniversário da morte dele. Faremos o “Chorinho” e o Nilton Bicudo vai fazer “Coisa de Louco” e vai estrear “A Graça do fim”, com direção do Elias Andreato, que foi o último texto do Fauzi, sobre um velho e seu enfermeiro. Além disso, o Sesi vai publicar a obra dele com a curadoria do Aimar Labaki. Estamos muito felizes e animados em proporcionar às pessoas o contato com a obra do Fauzi. Refletir, divertir e comunicar. É esse o poder da arte? Uma vez uma senhora falou pra mim: “Eu não faço terapia. Vou ao teatro e ao cinema e eles resolvem os meus problemas pra mim”. É isso! A arte te ajuda a viver. Se você leu Fernando Pessoa ou Dostoiévski, no mínimo, você sofre mais bonito! (Risos). E o que é mais bonito é que essa consciência que a arte nos dá não nos livra dos dramas. A consciência sobre o seu drama não faz você deixar de sofrer, mas a arte traz a capacidade de vermos nossas vidas “de fora”. Citando uma frase do Dostoiévski que me ajuda muito, ele escrevendo para o irmão dele quando estava sendo levado para os trabalhos forçados na Sibéria, quando foi preso, ele disse: “Não pense que esmoreci, não pense que perdi a coragem, ser um homem entre os homens. Eis o real sentido da vida!”.

"Mostra Fauzi Arap" 1 a 16/12/2014 Teatro Popular do SESI Av. Paulista, 1313 - São Paulo Segundas e terças, às 20h Classificação: 12 anos Idealização: Denise Fraga, Elias Andreato, Nilton Bicudo, José Maria e Fábio Atui. Curadoria: Aimar Labaki. Produção: NIA Teatro. Realização: SESI avianca em revista

dez.14

· 53


xxxxxx think red

Luna dos Santos Edegar

Bianca Zadrozny

Denise Bezerra

Nathalie Taliani - Louis Vuitton Fondation

Tina Alcantara Machado

think

RED envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br ou publique no instagram #thinkredavianca #aviancaemrevista e fique atento à próxima edição. 54 · dez.14

avianca em revista

Susy avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 55


Shopping

presentes de natal shopping@aviancaemrevista.com.br

para ela Brincos The Graces Preテァo sob consulta www.thegraces.com.br

Body C&A, Collection Agua de Coco R$ 139,00 www.cea.com.br

テ田ulos Lola R$ 450,00 www.notiluca.com.br

Chapテゥu UV Line R$ 219,00 www.uvline.com.br anel Rommanel R$ 717,53 www.rommanel.com.br

Sandテ。lia Jorge Bischoff R$ 369,00 www.jorgebischoff.com.br

Bolsa louis vuitton R$ 13.000,00 www.louisvuitton.com

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 57


shopping

Caneta StarWalker Extreme SteeL R$ 3.355,00 www.montblanc.com

para ele Moto X Bambu R$ 1.499,00 www.motorola.com.br

Camisa Ogochi R$ 224,90

Rel贸gio Mido R$ 4.150,00 www.mido.ch Bota Hi-Tec R$ 399,00 www.hi-tec.com/br

Absolut Warhol R$ 93,50 www.absolut.com/br

Mailbox R$ 320,00 (11) 3062-8388

polo dudalina R$ 299,90 www.dudalina.com.br Skate R$ 349.00 www.blessskateshop.com.br

58 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 59


hot spot

Bons sonhos Por Camila Balthazar Fotos C. Koga

Selecionamos as camas mais aconchegantes para viver dias de realeza na capital colombiana

Movich Buró 26

Inaugurado em setembro deste ano, o hotel de design sofisticado e minimalista conta com 249 quartos. O principal ponto positivo do empreendimento é a localização. A apenas 100 metros do aeroporto El Dorado, a região também concentra o escritório da maioria das grandes empresas. O hotel oferece spa, sauna, jacuzzi, academia, restaurante, bar e salões de negócios. Diárias a partir de 225 dólares. A rede também possui o Movich Chicó 97, situado na Zona Rosa da cidade. Avenida El Dorado # 102-20 www.movichhotels.com

101 Park House

O bairro é gostoso, residencial e tem um parque com área verde bem ao lado do hotel. O local conta com 68 quartos, que têm entre 68 e 110 metros quadrados, todos com lareira e cozinha básica. Dá pra morar ali por um bom tempo. Além de possuir cama king size, spa e academia, o hotel é pet friendly. Música ao vivo de terça a sexta-feira no Blau Bar e um delicioso brunch de domingo com saxofonista e comida típica colombiana no Cassis Restaurante & Cava. Ambos abertos ao público. Diárias a partir de 160 dólares.

Primeiro e único hotel boutique de design de Bogotá, o espaço teve seu conceito de decoração criado pela portuguesa Nini Andrade, que se inspirou nos tesouros nacionais ouro esmeralda. Iluminação indireta, música ambiente e texturas nas paredes fazem parte do projeto. São apenas 55 quartos, equipados com alta tecnologia. O menu do restaurante foi criado pela famosa chef Leonor Espinoza. O roof top conta com piscina climatizada e bar aberto ao público. Diárias a partir de 200 dólares.

Carrera 21 # 101-10 www.101parkhouse.com

Carrera 11 # 86-74 www.boghotel.com

60 · dez.14

avianca em revista

B.O.G. Hotel

avianca.com.br


JW Marriot

Decoração clássica, que mistura elementos da cultura colombiana. São 264 quartos divididos em quatro categorias. Academia 24 horas, spa, piscina aquecida, roof top com bar e três restaurantes compõem os serviços do hotel. O Monet Brasserie é especializado em culinária francesa, La Mina Steak & Lobster oferece carnes e frutos do mar, enquanto o Nau Lounge serve gastronomia japonesa. Todos são abertos ao público. Diárias a partir de 169 dólares. Calle 73 # 8-60 www.marriott.com VOos para Bogotá (BOG) Saída Chegada

Fortaleza (FOR)

16:10 20:16

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens


front

a menina da porta ao lado Por Camila Balthazar Fotos Daryan Dornelles

Ingrid Guimarães inspira confiança, tem o jeitinho da vizinha sempre pronta a ouvir desabafos. Nos tempos em que era anônima, muitos desconhecidos lhe contaram suas histórias entre um café e outro na padaria. A atriz ficou famosa. As conversas despretensiosas distanciaram-se. “Sinto falta de ouvir esses casos reais. Hoje as pessoas só se aproximam para me pedir selfie”, brinca Ingrid. O recado foi dado: menos fotos e mais fatos, por favor!

62 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Cal莽a Carina Duek Body Alphorria Sapato Jorge Bischoff Argola e Bracelete Ant么nio Bernardo


front

A

strid, Ingrid e Sigrid. As irmãs com nomes inspirados em antigas rainhas suecas viveram grande parte da infância em Goiânia ao lado do pai, jornalista, e da mãe, advogada do ramo de petróleo. Sem nenhuma influência direta, a filha do meio já nasceu atriz - ou assim parecia ser. O churrasco de todos os domingos também era o dia da apresentação de Ingrid Guimarães para família e amigos. Nada de monólogos. Ela intimava as irmãs, primos e amigos para participar de seus espetáculos e ninguém tinha o direito de não assistir. “Meu pai parava de servir a carne para eu fazer teatro. Eles comentam que desde os meus cinco anos eu já sabia que queria ser atriz”, lembra.

Aos 13 anos, sua família trocou a vida goiana pela maresia do Rio de Janeiro. O pai queria reviver a juventude carioca, época em que cursou a faculdade e trabalhou no emblemático jornal “A Última Hora”, ao lado de Nelson Rodrigues e Samuel Wainer. “Ele sempre teve o sonho de voltar pro Rio e eu fui um dos motivos para isso acontecer. Vínhamos nas férias e era a oportunidade que eu tinha de ir ao teatro”, conta a atriz. Assim que chegou, Ingrid foi logo se inscrevendo em um curso de interpretação. Deixando óbvio que timidez nunca foi sua praia, ela juntou algumas amigas do teatro e criou um grupo de animação de festa infantil chamado “Cambalhota”, repetindo o que já fazia em Goiânia por pura diversão. Uma pitadinha de sorte fez com que seu único contato no Rio de Janeiro fosse um primo famoso, o ator Marcelo Faria. “Fiz uma peça infantil com ele, chamada ‘Jardim das Borboletas’. Mas meu primeiro sucesso veio depois, aos 17 anos, com ‘Confissões de Adolescente’”, diz Ingrid, conquistando sua chance após apresentar um texto ao diretor Domingos de Oliveira. Um ano antes e fumando maconha pela primeira vez na vida, Ingrid havia saído na rua sem perceber que estava com uma toalha amarela enrolada na cabeça - de tão desligada que era. O mico virou esquete e o diretor amou cada linha. “Ele disse que eu escrevia muito bem e deveria fazer das minhas histórias o meu mundo. E minha mãe nem sabia do caso!”, expõe. Foram cinco anos em cartaz com a peça, dando quatro voltas completas pelo Brasil.

64 · dez.14

avianca em revista

As meninas ficavam até dois meses sem voltar pra casa, descobrindo os dramas da adolescência ao mesmo tempo em que parte de suas histórias eram interpretadas. Com o fim da peça, veio sua primeira crise artística. Ingrid largou tudo e mudou-se para São Paulo, a fim de estudar com o diretor de teatro Antunes Filho. “Crise é uma vontade de mudar o caminho. Pra mim, estudar com o Antunes foi um divisor de águas. Ele é intenso. Saí de lá e escrevi minha peça ‘Duas Mãos’”, relata. Desde então, a atriz nunca mais fechou sua fábrica de sucessos. Sem esperar o telefone tocar com convites, Ingrid não parou de inventar seus próprios projetos. “Nunca fui padrão de nada. Nunca tive turma. Nunca fui a linda. Nunca esperei ninguém me chamar pra nada. Me acostumei a fazer meu próprio caminho”, observa.

Calça Mocha Regata Mixed Cinto Tufi Duek Sapato Jorge Bischoff Anel Antônio Bernardo

A vida lhe estendeu um tapete vermelho. Ingrid ficou 11 anos em cartaz com a peça “Cócegas”, juntamente com a amiga Heloísa Périssé, emendou com o espetáculo infantil “Cosquinha”, atuou em “Os Sete Gatinhos” e “O Diário de Anne Frank” e atualmente segue em turnê com “Razões Para Ser Bonita”, estreado em 2012. Na televisão, ganhou a audiência interpretando a modelo Leandra Borges no programa “Escolinha do Professor Raimundo”, em 2001, e repetindo o sucesso da personagem no “Fantástico”. Ficou no ar por quatro anos com o programa “Sob Nova Direção”, outros dois apresentando “Mulheres Possíveis”, no GNT, além de atuar em várias novelas, como “Caras & Bocas” e “Sangue Bom”. Isso só para citar alguns de seus trabalhos mais famosos. Teatro, televisão e, claro, cinema. Com um público fiel, que não economiza risadas em frente à grande tela, ela contabiliza 11 filmes na carreira, entre os quais “Avassaladoras”, “Depois Daquele Baile”, “De Pernas pro Ar 1 e 2” e “Minha Mãe é uma Peça - O Filme”. Agora em janeiro, estreia “Loucas Para Casar”, gravado ao lado de Tatá Werneck, Suzana Pires e Marcio Garcia. “Quando li o roteiro, pensei: ‘casamento? É uma coisa tão batida’. Fiquei seis meses pensando se eu faria, até começar a perceber que, por mais moderna e bem sucedida que a mulher seja, ela ainda carrega esse sonho da mulher antiga. Fiquei chocada como é um negócio importante no Brasil”, explica a atriz, casada avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 65


front

Cena do filme Loucas pra Casar, que estreia dia 8 de janeiro de 2015

“sem véu e grinalda” com o artista plástico Renê Machado.

Também no ano que vem, a artista estreia o filme “Um Homem Só”, interpretando uma mulher cujo casamento está arruinado, mas insiste em tentar engravidar. “Ela trata muito mal o marido. Só trata bem na hora de transar. Mas não é uma comédia, não. É superdramático”, garante. O elenco ainda reúne Mariana Ximenes e Vladimir Brichta. A atriz se reinventa sem perder a essência. Continuando a lista de trabalhos para 2015, Ingrid poderá ser vista nos palcos ao lado de Tatá Werneck, interpretando um musical. Mas ela canta? “Não. É um antimusical! É uma sátira ainda sem nome, mas com direção de Denis Carvalho”, explica a artista, sempre ao lado de seu caderninho de ideias e fonte de inspiração dos tantos projetos que ela toca paralelamente. No ar desde 23 de novembro com a série do Fantástico “Compro, Logo Existo”, Ingrid acompanha viciados anônimos em compras pelos grandes centros comerciais do Brasil. Dividido em quatro episódios, o programa aborda o consumo em diversas idades. “O consumo é algo muito sério que está acontecendo no mundo. Falo desse problema com humor e responsabilidade. Assim as pessoas não se sentem julgadas, mas passo o recado”, afirma. O quadro é

66 · dez.14

avianca em revista

Paprica Fotografia

Depois de mais de 20 anos interpretando papéis cômicos, Ingrid começou a dizer “nãos”. “Aos 40 anos, entrei em uma segunda crise artística. Isso veio junto com a mudança de idade mesmo. Quero mudar de caminho. Esse ano já neguei uns quatro roteiros de comédia. Nunca vou abandonar o humor na vida, mas não quero ser obrigada a fazer a mesma coisa pra sempre”, conta. Em 2015, a atriz estreia dois longasmetragens nada engraçados. O primeiro é “Mundo Quebrado”, filme autoral, gravado pelas estradas de São Paulo. Com direção de José Eduardo Belmonte e contracenando com Alice Braga, Fábio Assunção e Carol Abras, Ingrid faz o papel dramático de uma atendente de telemarketing. inspirado no seu programa da GNT, “Além da Conta”, cuja segunda temporada já está sendo gravada em Miami e estreia no dia 7 de janeiro. A atriz acompanhou Bruna Marquezine, Tatá Werneck, Flávia Alessandra, Susana Vieira, Ricardo Tozzi e Luís Miranda, cada qual com seus vícios capitalistas. Sejam roupas de grife, comidas ou produtos de beleza, todos têm um ponto fraco. “Já eu sou uma consumista pontual. Quando viajo, compro muito”, revela. Mesmo com projetos em todas as mídias, é do cinema que o público mais lembra. “Comecei a fazer filme muito tarde, mas as pessoas me param na rua me perguntando qual será o próximo. Todos os dias respondo a pergunta: ‘quando sairá o De Pernas Pro Ar 3’?”, conta Ingrid, ressaltando que a crítica pode falar o que quiser do roteiro. Nada importa. “A verdade é que essa história foi feita para o povo. Não para a crítica. Consegui levar muita gente para o cinema. Isso não pode ser demérito”, expõe a atriz, garantindo que não decepcionará os fãs. Um dia gravará o terceiro filme da série. O único momento em que seus admiradores correm o risco de ficar desapontados é quando pedem a famosa selfie para a Ingrid-

mãe. A filha Clara, de 5 anos, não entende tamanho assédio. “A Clara tem certo ciúme. Ser mãe e celebridade significa decepcionar muita gente. Ou eles ou minha filha. Sempre explico, mas tem gente que não entende”, diz. Recentemente, Ingrid encontrou uma abordagem para Clara ficar tranquila com os pedidos de fotos. “Eu disse que eles querem foto porque gostam de mim”, conta. No final de semana antes dessa entrevista, durante sua viagem para Vitória com a peça “Razões Para Ser Bonita”, o guarda aproximou-se com o celular na mão, querendo seu click. “Vendo isso, a Clara falou: ‘mamãe, estou impressionada. Até o guarda gosta de você!’. No avião, foi a vez das aeromoças pedirem foto. Ela já emendou: ‘mamãe, as moças do avião te adoram!’”, dá risada a atriz, que pode nunca ter sonhado com festa de casamento, mas sempre quis ser mãe. Inclusive, todos os planos para 2015 podem ir por água abaixo se o grande projeto de Ingrid virar realidade. “Penso muito em ter outro filho. Para falar a verdade, já estou aberta! Tenho irmãs e sei o valor disso”, derrete-se a atriz, no fundo, torcendo para jogar tudo para o alto. avianca.com.br


around catarina

ritmo e tradição Foto Andrea Rego Barro

Por Talita Paes Fotos C. Koga

A capital pernambucana é uma mistura de novo e antigo. É um porto de mar agitado, um centro comercial e de negociação e um destino ótimo para o lazer. Acima de tudo, Recife é um recinto de tradições artísticas e folclóricas


around

P

rotegida pelo recife, que dá nome à cidade, a capital de Pernambuco foi construída em torno de uma série de enseadas, canais e pontes, o que a tornou conhecida como a "Veneza brasileira". A diferença é que o verão dura o ano inteiro em terras nordestinas. A média de temperatura é de 27 graus, mas a brisa que vem do mar garante uma sensação térmica agradável. O céu azul e as poucas nuvens motivam o passeio que começa cedo, por volta das oito horas da manhã. Com um riquíssimo patrimônio cultural, a primeira parada acontece no centro da cidade, na Praça da República. Rodeada por edifícios antigos, é lá que estão o Palácio do Governo, o Palácio da Justiça e o Teatro Santa Isabel.

Ainda mais impressionante é chegar à Casa da Cultura. O lugar foi um presídio durante os anos de 1855 a 1973 e, hoje, depois de algumas reformas, abriga este centro de artesanato. As lojas hospedadas nas antigas celas da prisão vendem pinturas, bordados e joias. Assim como a Casa da Cultura, outros dois lugares ótimos para comprar artigos típicos da cidade são o Centro de Artesanato de Pernambuco e o Mercado de São José. Além das lojinhas com os artesanatos, o Mercado oferece o melhor da comida regional. A gastronomia recifense, por sinal, é bastante diversificada, mas, sem dúvida nenhuma, o forte da região são os pratos com frutos do mar. Dentro do mercado os preços são bons e a qualidade também. Para sobremesa, a dica é o famoso bolo de rolo. Afinal, não dá para ir a Recife e não provar o típico doce.

1 2

3

Falar do nordeste é falar de Carnaval, um dos eventos mais importantes para a região. E, quando se trata do Recife, a principal manifestação artística é o frevo. O valor cultural é tanto, que hoje existe um espaço chamado Paço do Frevo. O local dedica-se à preservação da história e da tradição do estilo musical e da dança. Colorido e confortável, o ambiente conta com exposições, além de cursos para manter a memória do frevo viva. A poucos metros do Paço está o ponto turístico mais visitado do Recife: o Marco Zero. Foi lá que surgiu a cidade e é o lugar de onde se avista o parque das esculturas,

68 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


1

Vista para o Palácio da Justiça a partir da Praça da República

2

Orla revitalizada da praia de Boa Viagem

3

Parque de Brennand visto do Marco Zero

VOos para recife (rec)

Brasília (BSB) São Paulo (GRU)

Saída Chegada 12:02 13;36 19:55 22:23

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca em revista

dez.14

· 69


around

1 2

70 路 dez.14

avianca em revista

3

avianca.com.br


1

Fitinhas presas na grade em frente ao Conjunto Franciscano em Olinda

2

Vista de Olinda no alto do Elevador da Sé

3

Sala no Paço do Frevo conta a história do ritmo pernambucano

4

Obras no jardim da Oficina Francisco Brennand

4

Programe-se - O passeio no Paço do Frevo pode ser feito às terças, quartas e sextas, das 9h às 18h. Quintas, das 9h às 21h. No sábado e domingo, das 12h às 19h. A entrada custa seis reais inteira e três reais meia. Crianças até 7 anos não pagam. - A Oficina Francisco Brennand fica localizada a 20 quilômetros do Recife e abre as portas de segunda a quinta, das 8h às 17h. De sexta-feira, das 8h até às 16h, e aos finais de semana, das 10h às 16h. O valor do ingresso é de 10 reais inteira e 5 reais meia. - Para ver Olinda do alto é preciso pegar o elevador da caixa d’água. O local fica aberto das 8h às 18h e o preço do ingresso é 5 reais.

que exibe uma exposição permanente de 90 obras do artista plástico pernambucano, Francisco Brennand. Aliás, aproveite a estadia na cidade para visitar a Oficina de Brennand, onde estão cerca de duas mil peças de seu acervo. No período da tarde, o calor já é menos intenso, mas não afasta ninguém da praia. Na zona sul de Recife, fica a praia de Boa Viagem, a mais badalada da capital pernambucana. Com a orla toda revitalizada, quiosques novos, parquinhos e equipamentos de ginástica, o local é completo. A água, limpa e clarinha, é morna e, quando a maré está baixa, é possível ver os arrecifes que formam as piscinas naturais da praia.

A vizinha Olinda

Bem pertinho da capital pernambucana está Olinda. Apenas seis quilômetros separam um município do outro. Vale a pena alugar um carro para conhecer alguns pontos turísticos da cidade. As principais atrações são as charmosas igrejas, que, além de históricas, estão muito bem cuidadas.

No total, são 22 igrejas e 11 capelas distribuídas pela cidade. Comece visitando o Conjunto Franciscano e deixe uma fitinha do santo presa na grade em frente à igreja, sem se esquecer de fazer os três pedidos. Depois, conheça o seminário Nossa Senhora das Graças, o Mosteiro de São Bento, a Igreja Nossa Senhora do Carmo e a famosa Igreja da Sé. Todas apresentam uma arquitetura belíssima, tanto por dentro como por fora. Mercadinhos e feirinhas também estão por toda parte na cidade. O mais antigo da região é o Mercado do Ribeiro. O espaço é pequeno, mas suficiente para abrigar as lojinhas com artesanatos regionais e os tradicionais bonecos de Olinda. Alguns deles ficam expostos ao público. A visitação é gratuita. O ponto turístico mais conhecido da cidade é o Alto da Sé. Não é para menos. A vista do topo é deslumbrante, sendo possível ver toda a cidade de Olinda e ainda avistar Recife de longe. Ao fim do passeio, coma uma tapioca preparada na hora e se despeça de Pernambuco com a sensação de “quero mais”. avianca em revista

dez.14

· 71


around

Onde comer

Restaurante Beijupirá Localizado em Olinda, o restaurante difere do convencional. Para começar, o cliente é levado de bondinho para dentro da casa. Ousado, não? A decoração é clean e o ambiente privilegiado por uma vista linda da cidade. Destaque para a sobremesa: Deus, o Diabo e uma freira no Meio. O doce é feito com creme de limão, doce de leite e bricellete (biscoito das freiras beneditinas). Rua Saldanha Marinho, s/nº - Olinda www.beijupiraolinda.com.br

Spettus Próximo à praia de Boa Viagem, o restaurante é famoso em todo o país. A casa já recebeu o prêmio de melhor carne de Recife por seis anos consecutivos, de 2008 até 2013, concedido pelo Guia Recife da Revista Veja. Sofisticado, o restaurante tem decoração moderna e ambiente espaçoso. Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 1500 - Boa Viagem www.grupospettus.com.br

Villa Cozinha de Bistrô Misturando os estilos clássico e moderno, a casa se espelha nos estabelecimentos franceses e italianos. Recentemente, o restaurante ganhou o prêmio de “Excelência” em cartas de vinho, pela revista Prazeres da Mesa. Na parte gastronômica a dica é o prato Risoto de Pato Gratin. Delicioso! Rua da Hora, 330 - Espinheiro www.villacozinhadebistro.com.br

Onde ficar

Pousada do Amparo Desde 2000, o local faz parte do roteiro do charme. A decoração remete ao que era moda no século XVIII. Com inspiração na arquitetura colonial, a pousada preserva o estilo rústico. Os 18 quartos são divididos em três categorias: Standard, Luxo e Luxo Superior. O valor da diária fica entre R$ 265,00 e R$ 460,00.

Internacional Palace Hotel Localizada à beira-mar da praia de Boa Viagem, o hotel é uma boa opção para quem procura um lugar de fácil acesso. No total, são 248 apartamentos classificados entre Standard, Luxo e Master. O hóspede conta com salas de eventos que atendem às necessidades de lazer ou de negócios e uma piscina. Tarifa média de R$ 275,00.

Rua do Amparo, 199 - Olinda www.pousadadoamparo.com.br

Av. Boa Viagem, 3722 - Boa Viagem www.lucsimhoteis.com.br

72 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Por Rozze Angel Fotos Berthemy Kemler

A dama da moda

fashion

G

loria Coelho é daquelas mulheres que impõem respeito. É reservada, forte e extremamente criativa. Sua trajetória profissional segue em paralelo com a da própria história da moda no Brasil. É um ícone, sem dúvida. Ainda hoje, mantém a gana do início de carreira e, mesmo ao comemorar 40 anos de marca, se entusiasma com planos, projetos e sonhos. Ela sempre quer fazer mais. Com tantas coleções e peças emblemáticas, inspirou o seu filho, Pedro Lourenço, a seguir seus passos. “O que me inspira? A vida”, enfatiza.

Se você fosse apresentar a Gloria Coelho, como descreveria? É difícil falar de nós mesmos. Mas se eu fosse apresentar a Gloria, diria que sou muito apaixonada pelo que faço. Tenho 40 anos de trabalho e todo dia pego minha energia com o trabalho. Sinto um amor incondicional pelas pessoas. Brinco com uma amiga dizendo: my name is love. Meu nome é amor. Sempre procuro por energias positivas e sempre acho que tem positivo no negativo e negativo no positivo. E acho sempre que temos que arrancar o positivo. Sou muito curiosa, gosto de aprender todo dia coisas novas e, às vezes, nem durmo vendo filmes ou aprendendo na internet sobre física quântica, astrologia, cabala, budismo, moda, artes, arquitetura. Tenho muitos interesses espirituais e artísticos e gosto da excelência. Gosto da criatividade. Está bom?

Está comemorando 40 anos de marca? Estou. Quando olho para trás, vejo que fiz aquela exposição, fiz dois livros e penso: como eu trabalhei! E trabalho ainda. Mas é muito gostoso criar coisas lindas. Dá muita felicidade. Você acompanhou diversos momentos importantes da moda? Sim. Trabalhei na Rhodia. Fiz o curso da Marie Rucki (hoje diretora do Studio Berçot, em Paris) e fiz parte do Comitê de Estilo da empresa, fazendo cartelas de cores. Depois dessa sua trajetória toda, qual é o seu papel na moda brasileira? Não acho que eu tenha um papel. Tenho uma obrigação comigo mesma de fazer um trabalho novo, pensar o máximo em criatividade, fazer reflexões que te levam a avançar e que criem o seu futuro. Você faz pesquisas, laboratórios e aquilo que você cria naquele momento, o seu público começa a aceitar e a fazer parte do seu negócio. Sou uma estilista, empresária e desenvolvo um trabalho de resultados incríveis. Por exemplo, inventamos uma calça que é um sucesso, com tecido, o Tecno K, que nós mesmos desenvolvemos. É toda dublada e todo mundo adora. Hoje, representa 45% do nosso faturamento. Então, acho que o meu papel real na sociedade é excelência, tecnologia, criatividade e arte.

Qual é o seu signo? Sou Leão com Peixes e Lua em Câncer.

Você já foi eleita a Dama da Moda, pela Wallpaper, em 2009. Será porque sua mulher é muito forte e personifica o estilo da marca? Ela é. E tem vários momentos, conforme o que se está vivendo. É tudo uma fantasia minha. Tem momento em que estou superromântica, tem momento em que estou austera, punk, poética, espiritual, sexy, nerd. Tem momento em que estou super história. Essa mulher é parte do meu imaginário, das minhas fases. Mas tenho uma turma bacana com quem me identifico e elas se identificam comigo. Isso é muito legal. Elas me fazem continuar.

Você gosta muito de astrologia, não? Estudo astrologia, sei fazer mapa astral. Faço para os amigos e eles adoram. Só falo de personalidade e dos aspectos no céu que vão vibrar nesse momento. Sempre positivo.

Tem exposição dos 40 anos? Sim, na Casa Electrolux. Começou 28 de novembro. Estão expostos 40 itens mais representativos do meu trabalho nesses 40 anos. A montagem é do mesmo pessoal que montou a exposição de David Bowie aqui no

Excelente! Mas também tenho um monte de defeitos. Só vou falar das minhas qualidades (risos). Fico às vezes estressada, sou malcriada. Procuro melhorar isso em mim, mas às vezes fico malcriada, não com as pessoas, mas comigo mesma. Às vezes também sou um pouquinho malcriada com as pessoas. Talvez você seja transparente? Sim, sou transparente. Impressionante.


Brasil. O projeto está lindo, lindo. E é aberta ao público. A Gloria Coelho lança tendências. Onde você busca a inspiração para criar esse novo? Assisto a muitos filmes, tenho muitos livros, pesquiso muito na internet. Na vida mesmo. Até nos mendigos na rua. Tem uma mendiga na rua perto da minha fábrica que é linda. Quase desmaio de alegria ao ver aquela mulher. Ela é meio louquinha, um pouquinho agressiva, mas a roupa dela é uma coisa. Então tudo me inspira. Você tem também um cuidado com cada look, individualmente. A modelagem, a construção, acabamentos, bordados. É um cuidado de uma Maison até mesmo com um prêt-à-porter, não? É isso. Você tem razão. Sempre há vestidos que levam meses para ficarem prontos. A roupa de festa tem muito detalhe e, às vezes, tem três, até quatro bordadeiras trabalhando em um único vestido. O que mais cria? Tem as noivas, tem as calças e a alfaiataria, que é muito forte. Nossos clientes gostam muito. Tem noivas sob medida. Ou ela também pode ir à loja, escolher um vestido vermelho e a gente faz em branco para ela se casar. Me conte um pouquinho da emoção da mãe em ver o sucesso do Pedro? Tenho muito orgulho do Pedro. Ele é um menino muito centrado, tem um talento enorme e é muito trabalhador e muito sério. E é muito espiritual também. Adoro o meu filho. Sou mãe coruja. Qual é seu lugar favorito no mundo? Mediterrâneo em um barco. Deserto do Atacama, no Chile. Adoro o mar, a floresta. As praias no Brasil são incríveis. Gosto também de estar em casa vendo televisão ou na internet. Exposição na Casa Electrolux Rua Colômbia, 157 - Jd. América - São Paulo Segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 17h; domingo, das 11h às 15h www.gloriacoelho.com.br Instagram: @gloriacoelho


Tem pra homem

1

Soluções verdes para cidade Por Ricardo Oliveros

Muitas cidades têm adotado o IPTU Verde como forma de incentivo para as construções comprometidas com a qualidade de vida e com o ambiente em que vivemos. Por outro lado, várias iniciativas privadas têm tomado forma e servem de inspiração para todos nós, como projetos do escritório Triptyque, o jardim vertical do Movimento 90 graus e o telhado verde de um shopping

76 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


2

Parque vertical é um projeto do Movimento 90º, que usa as paredes sem janelas de edifícios para aumentar a área verde das cidades

1

Detalhe do prédio Harmonia 57, do Triptyque, que tem reaproveitamento de água e paredes verdes

2

I

magine não precisar pagar IPTU e ainda por cima ter um lugar mais bacana para morar? Trata-se de um desconto no valor da anuidade para os contribuintes que construírem ou reformarem sua casa ou empresa implantando tecnologias, como captação e reuso da água, geração de energia (placas solares), tratamento de resíduos, telhados verdes e uso de materiais provenientes de fontes naturais renováveis ou recicladas. Por enquanto, se a adesão e os descontos não são tanto atraentes assim, por volta de 55 cidades brasileiras, entre elas, Campinas, São Bernardo do Campo, Guarulhos, São Carlos, Araraquara e Salvador, adotaram algum sistema de desconto progressivo. O exemplo mais avançado é o da cidade de Tietê (SP), onde, dependendo do que

for implantado, se oferece até 100% de desconto.

Prédio sustentável é possível

Se você tem dúvida se é possível melhorar a qualidade de vida com prédios sustentáveis, o escritório de arquitetura Triptyque, composto pelos franceses Greg Bousquet, Guillaume Sibaud e Olivier Raffaelli, ao lado da brasileira Carolina Bueno, tem feito um trabalho exemplar. Um dos projetos mais simbólicos é o Harmonia 57, pensado como um organismo vivo e construído sobre um terreno sujeito a inundações, feito de concreto orgânico com poros, de onde brotam várias espécies vegetais. As águas das chuvas e do solo são drenadas, tratadas e reutilizadas. O mesmo pensamento está presente em avianca em revista

dez.14

· 77


Tem pra homem

outros prédios, como o Red Bull Station, no centro de São Paulo, que tem coleta de água de chuva para reuso, e no prédio comercial RB12, no Rio de Janeiro, em parceria com a Natekko, empresa francesa especialista em edifícios de Consumo Energético Neutro. Ou seja, os estabelecimentos são capazes de gerir sua própria energia por meio de painéis que captam a luz solar instalados na fachada e células de hidrogênio a partir do gás natural encanado.

Prédio comercial do Triptyque prevê a produção da própria energia, além de aproveitar a luz natural com grandes janelas refletoras e jardins, tanto na fachada, quanto na cobertura

Jardins verticais

Um prédio que ganhou uma enorme parede de plantas tem chamado atenção de quem passa pelo Minhocão, nome do Elevado Costa e Silva, que liga a Zona Oeste à Zona Central de São Paulo. A ideia e a execução foram do Movimento 90º, que pretende construir parques verticais em paredes sem janelas. Além de trazer uma forte presença de área verde na cidade e em sua paisagem, eles funcionam como um filtro eficiente de poluente, diminuindo a temperatura dos prédios e consequentemente da cidade, além de tornar o visual dos espaços públicos mais bonito. “Levamos cerca de 20 dias para fazer a instalação do jardim vertical no Edifício Honduras, próximo ao Minhocão. A instalação da técnica é muito rápida e, por ser paralela à estrutura do prédio, não causa quase nenhum impacto aos condôminos. Por isso a solução é tão eficiente e imediata para deixar São Paulo mais verde e humana”, explica Guil Blanche, diretor executivo do 90º. Eles procuram parceiros para poder cobrir mais 20 paredes de prédios ao longo do Elevado, totalizando oito mil metros quadrados.

Horta e flores no telhado do shopping

Em 2011, o Shopping Eldorado lançou seu programa de sustentabilidade, o Recicla Mundo, que compreende várias ações e medidas que reduzem o impacto de suas atividades na natureza. Entre os projetos realizados, um dos mais impactantes é a gestão de resíduos orgânicos. “Com praças de alimentação que servem em média 10 mil refeições diárias, gerando 400 quilos de resíduo/dia, o processo de compostagem foi o caminho encontrado para a reciclagem das sobras de comida. Em

78 · dez.14

avianca em revista

fevereiro de 2014, iniciamos um trabalho de conscientização junto aos lojistas de restaurantes e fast foods para recolher o lixo orgânico produzido por eles, totalizando uma média de 800 quilos de resíduos por dia”, avalia Cristina Fernandes, da área de Comunicação do Shopping. No final de 2012, foi feito um telhado verde que ocupa cerca de três mil metros

quadrados. Até o final de 2014, a meta é ocupar o dobro. Todos os produtos cultivados nessa horta são distribuídos para os 420 colaboradores do shopping. Para se ter uma noção do que é possível com uma mudança, eles estão na 12ª safra e já colheram três mil pés de alface, 300 quilos de berinjela, 100 quilos de pimentão, 200 quilos de abobrinha, cinco quilos de pimenta, três quilos de morango, além de temperos, chás e flores. avianca.com.br


bio biografia

Antonio Carlos Nasraui, Ele é o rei do mate

Por Camila Balthazar

O descendente de sírios quase cursou medicina, acabou concluindo as faculdades de economia e direito, mas usou seu diploma para entrar de cabeça no pequeno negócio de Kalil Nasraui, seu pai. Antonio Carlos passou a infância participando do dia-a-dia das lojas da família. Uma delas vendia mate. Apenas mate. Se hoje a franquia Rei do Mate é um case de sucesso, a casa de chás gelados era apenas uma porta aberta com balcão e sete sabores da bebida quando Antonio Carlos decidiu apostar suas fichas no negócio. O empresário conta como transformou as duas lojas da Avenida São João, no centro paulistano, em mais de 300 pontos de venda por todo o Brasil

80 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 81


bio

D

e segunda a sexta-feira, Antonio Carlos Nasraui repetia seu ritual. Assim que a aula no colégio Dante Alighieri acabava, ele subia em um ônibus com direção ao centro de São Paulo e desembarcava quase em frente às lojas do pai, o senhor Kalil Nasraui. Ficar atrás do balcão e participar das vendas era a brincadeira mais legal do mundo. Entre as lojas de roupas e de artigos sazonais, como ovos de Páscoa e acessórios natalinos, estava uma casa de chá mate gelado, fundada pelo pai, em 1978. Se hoje a ideia de tropicalizar a erva brasileira e misturar com alguns sabores, como leite e frutas, parece óbvia, na época foi ousada e inovadora. Chamadas de Rei do Mate, as duas unidades, localizadas na Avenida São João com a Avenida Ipiranga, viraram moda, atraindo clientes de todos os bairros paulistanos. “Nasci dentro das lojas. Sou descendente de sírios e essa paixão por comércio vem de família”, conta Antonio. Mesmo envolvido com vendas desde criança, as lojas do pai não faziam parte do seu futuro. “O negócio não era desse tamanho. Eram poucas lojas e ninguém imaginava que fosse crescer. Na opinião do meu pai, eu não estava estudando a vida inteira para seguir no comércio”, explica. Assim que terminou o ensino médio, Antonio prestou vestibular para medicina, decisão que o acompanhava há anos. Não passou. O aluno mediano - do tipo que não estuda muito, mas vai bem nas provas - optou por fazer cursinho no ano seguinte. Tudo ia bem até o dia em que um amigo o levou para ver uma autópsia. “Saí de lá, almocei e fiz minha inscrição no vestibular para direito. Eu não queria mais ver nada daquilo”, lembra rindo. Dois anos depois de começar o curso de direito na FMU, Antonio também entrou para economia na PUC-SP. Graduou-se nas duas faculdades, já de olho no comércio do pai. Uma das monografias abordava o sistema de franchising, assunto que ainda engatinhava no início dos anos 1990. Ao manifestar o interesse em participar das lojas de mate e estruturar o negócio para franquias, o pai deixou claro que era contra. “Esse foi o único atrito que tive com ele. A tendência era eu virar advogado”, diz. O senhor Nasraui cedeu aos caprichos do filho e aceitou entrar de sócio, juntamente com um primo, na abertura da terceira loja do Rei do Mate, também na Avenida São João. Era abril de 1991. Antonio tinha 24 anos e toda vontade do mundo de empreender.

82 · dez.14

avianca em revista

Ao longo dos 20 meses seguintes, o trio de sócios abriu mais sete lojas próprias no centro, até fechar um acordo com um franqueado, em novembro de 1992. Era a primeira loja fora do centro, a primeira unidade em shopping e a primeira franquia. Quando o Rei do Mate abriu esse ponto no Shopping Penha, também em São Paulo, muitas mudanças haviam sido feitas, com o objetivo de replicar o conceito da casa de chás. Em vez de sete sabores de mate e nada mais, o cardápio oferecia quase 20 opções de mate, além de café, refrigerante e salgados. De repente, surgiu um boom de bebidas saudáveis não carbonatadas. Se antes a gôndola do supermercado reservava um cantinho tímido para sucos e águas de coco, esses produtos foram conquistando corredores exclusivos. O Rei do Mate pegou carona na tendência e não parou mais de crescer. Hoje são mais de 300 lojas em 84 municípios de todo o Brasil, além de 20 a 30 novas unidades por ano. Antonio comanda uma rede enorme, mas nem por isso perdeu o jeito animado e agitado ou deixou de pôr a mão na massa. O empresário tem mania de coletivo. Em vez de “eu”, tudo é “nosso”. O franqueado liga direto no celular dele, demonstrando uma proximidade que não se vê em qualquer negócio. “O meu sucesso depende do dele. Estamos no mesmo barco”, observa o atual presidente do Rei do Mate. Não à toa, 70% das novas lojas são abertas por empresários que já são franqueados da marca. Mas, olhando pra trás, alguns passos foram decisivos para o sucesso de hoje. Fazendo da inovação o seu mantra, Antonio lembra de uma história dos tempos em que as franquias ainda eram apenas projetos futuros. “Um dia, o programa Fantástico veiculou uma matéria falando dos inúmeros benefícios da acerola, maiores até mesmo dos que os da laranja. Naquele mesmo final de semana, o então goleiro Zetti tinha estado na Bolívia e bebido um chá de folhas de coca, causando uma grande repercussão”, conta Antonio. Na segunda-feira, uma faixa na frente da tradicional loja do Rei do Mate da Avenida São João anunciava o “chá do Zetti”. Era um mate energético feito com acerola, ou seja, não tinha nada a ver com a folha de coca boliviana. “Nosso estoque de acerola de um mês foi embora em duas horas. Nós éramos pequenos. Hoje não poderíamos ter feito isso”, expõe. Dessa ação, ficou o aprendizado de avianca.com.br


trabalhar cada produto do cardápio de forma isolada. “Também fazemos o institucional, mas ao atacar um produto por vez podemos acompanhar a venda e saber o retorno exato da campanha”, pontua. Mas o grande pontapé rumo à expansão da rede foi sua chegada ao Rio de Janeiro, em 1994. O carioca, acostumado com seu mate na beira da praia acompanhado de biscoito Globo, recebeu de braços abertos a casa que inovava ao apresentar versões do mate que iam muito além daquele da torneirinha vendido na areia. Até hoje tem quem pense que o Rei do Mate é carioca ou gaúcho, por conta da cultura do chimarrão no Rio Grande do Sul, mas a verdade é que os paulistanos da gema souberam se adaptar a cada novo mercado. Dois anos depois da inauguração no Rio, outro fato importante foi o lançamento do copão de pão de queijo, que atualmente representa 20% do faturamento da marca e vende 600 mil unidades por mês. Já em 2000, a casa de mate inseriu o café gourmet no seu cardápio, o que ainda era uma raridade no mercado. O novo produto entrou aos trancos e barrancos. A estratégia fazia parte do reposicionamento do negócio, que ainda era visto como popular e precisava conquistar todos os públicos. “Decidimos começar nos shoppings vendendo café mais barato do que os concorrentes. Se a cafeteria vendia a três reais, o nosso custava dois. Isso trouxe uma inimizade dos concorrentes. Eles diziam que nosso café era ruim, por isso era barato. A saída foi tirar nosso café tradicional, vender apenas o gourmet e com o mesmo preço dos outros lojistas”, narra Antonio. Para isso, a rede contratou uma barista conhecida e também fez uma série de mudanças de layout na loja, bem como novas ações - tudo visando esse reposicionamento. “Hoje atendemos as classes A e B com tranquilidade”, afirma o empresário. Em tudo o que faz, a franquia imprime quatro pilares: arte, cultura, moda e gastronomia. Em 2011, o artista brasileiro Romero Britto redesenhou o logotipo do Rei do Mate para estampar os copos descartáveis e de vidro. Os uniformes dos funcionários já foram desenhados pelo estilista Alexandre Herchcovitch e pelo mineiro Ronaldo Fraga, sendo este último lançado na passarela do São Paulo Fashion Week do primeiro semestre

de 2014. Também este ano, os copos foram ilustrados pelo artista Gustavo Rosa, enquanto os copões de pão de queijo receberam a arte de Ziraldo. “Em São Paulo, todo mundo tem acesso a esses nomes, mas em Juazeiro do Norte há muitas pessoas que nunca viram uma peça do Herchcovitch ou do Ronaldo Fraga ao vivo. Quando fizemos os copos com Romero Britto, recebi e-mail de colégios pedindo um fardo de copos para mostrar na aula de arte”, explica. Rei do Mate é brasilidade. O executivo prioriza as parcerias nacionais, levantando uma bandeira contra a valorização do que é importado. “Hoje existe uma invasão de marcas estrangeiras e consumidores querendo essa experiência de consumir o que vem de fora. Quero reafirmar que somos brasileiros e sabemos o que é pão de queijo, coxinha e açaí. Ou valorizamos as marcas nacionais ou vamos acabar com o mercado”, enfatiza Antonio, completando que a rede também tem investido em filmes brasileiros. Em 2015, o Rei do Mate poderá ser visto em seis produções cinematográficas nacionais, entre as quais “Loucas pra casar” e “S.O.S. Mulheres ao Mar 2”. “No cinema, você paga agora para ter sua imagem veiculada daqui um ano e meio. Nenhum departamento de marketing gosta de fazer isso, mas temos apostado nisso e o retorno é bom”, diz. De acordo com o executivo, a atual estratégia de crescimento é focar em pontos alternativos. Além de shoppings e lojas de rua, o Rei do Mate está marcando presença em hospitais, faculdades, empresas e clubes. A franquia já conta com uma loja no Morro da Urca, ponto de parada do bondinho para o Pão de Açúcar, e também nas barcas que fazem a travessia entre Rio e Niterói. Antonio é especialista em pensar fora da caixa. Mas ele sabe muito bem que não adianta inovar sem avisar. “Somos pioneiros em muitas coisas, mas o concorrente gosta de imitar. Por isso, além de inovar, precisamos sair na janela gritando e dizendo que fomos os primeiros!”, brinca. Para ajudar nas novas ideias, o empresário tira férias fracionadas com a família ao longo do ano. “Viajo menos do que gostaria e mais do que podia”, comenta. Inclusive, vale ficar de olho na filha Amanda, de 11 anos. Ela adora participar dos negócios, vibra com as conquistas e ficou maravilhada com o dia em que foi chamada para assistir a uma reunião. A história parece familiar? avianca em revista

dez.14

· 83


around


viagem no

tempo Por Camila Balthazar Fotos C. Koga

Havana é o retrato de Cuba. Carros antigos e coloridos transitando em frente às construções que datam do início do século passado compõem a paisagem que faz turistas morrerem de amor pela cidade. Viver Havana por uns dias é uma experiência que todo mundo precisa ter um dia


around

caption

1 2 3

A

fábrica de charutos da H. Upmann data de 1844. Tanto a fachada do prédio quanto o seu interior parecem não ter visto reforma nos últimos anos. Cada detalhe do ambiente lembra um filme latino de época e precisa ficar gravado na memória, pois o guia Augustín vai logo avisando que é proibido tirar fotos. Lá dentro, 400 homens e mulheres escolhem folhas de tabaco e torcem charutos de diversas marcas. Afinal, todas são do governo. “Aqui não tem concorrência”, comenta Augustín, acrescentando que as mais famosas são Montecristo, Romeu e Julieta, Partagás, Cohiba e H. Uppman.

A construção é como um grande galpão de diversos andares. Em uma sala, mulheres alisam as folhas de tabaco e retiram seu talo. Várias delas têm um charuto “pendurado” na boca. Do outro lado, um enorme recinto com mesas no estilo carteira escolar exibe centenas de

trabalhadores enrolando e prensando charutos. Nas paredes e também nas mesas, gravuras de Che Guevara e Fidel dividem espaço com fotos de família. Lá na frente, uma senhora sentada no palco narra um livro no microfone. De manhã, ela lê o jornal. A partir das 11h, o sistema de som toca radionovela. À tarde, é a vez dos romances literários. São essas histórias que embalam a produção dos melhores charutos do mundo. José Alberto tem 21 anos de casa. Não à toa ele senta bem na frente. Aqueles com mais experiência são promovidos para as primeiras fileiras. Já o pessoal do “fundão” é formado pelos estagiários. As casas que comercializam charutos sequer sentem o cheiro dos amadores. Todos são distribuídos entre os próprios funcionários, que ganham uma cota diária de quatro charutos. “O que eu mais gosto é o Montecristo No. 2”, comenta José Alberto, enquanto torce um exemplar do seu favorito.


1

Todo por la revolución Fidel Castro fumava Cohiba; Che Guevara, Montecristo. Ilustrações, gravuras e fotos da dupla aparecem por vários cantinhos das ruas de Havana. Vez ou outra também se vê Camilo Cienfuegos, que esteve junto na liderança da revolução de 1959, porém não ganhou tanta fama mundial. Ao derrubar o ditador Fulgencio Batista e instalar o governo socialista, Fidel implementou uma série de programas assistencialistas, focando principalmente na educação e no acesso à saúde. A guia de turismo do Grupo Gaviota, Ingrid Ramos, comenta que aqueles que viveram antes de 1959 preferem o momento atual. “Nós gostamos do governo. Não tem violência”, afirma. Ao conversar com as pessoas nas ruas, percebe-se que essa não

2


Around

é uma opinião unânime, mas realmente envolve a maioria da população. A questão que incomoda os cubanos é a falta de poder de compra. A moeda chamada peso nacional (CUP) vale pouco quando comparada ao peso convertido (CUC). Os trabalhadores recebem o salário na moeda nacional, porém os bens de consumo que não são subsidiados, como é o caso de água, luz, gás e cesta básica, são vendidos em CUC. Ou seja, virou uma missão quase impossível comprar roupa e produtos de higiene, por exemplo. Com salários variando entre 275 e 950 da moeda nacional, a conversão deixa os cubanos com, no máximo, 40 CUC para passar o mês. Para efeito de comparação, uma garrafa de rum custa entre 6 e 8 CUC. Até mesmo Raul Castro já afirmou que a moeda dupla é um dos obstáculos para o progresso do país.

Entardecer visto do Castillo Los Tres Reyes del Morro

1

Charutos cubanos são vendidos em caixas e individualmente

2

Ruela no centro histórico

3

Plaza de la Revolución com as imagens de Che Guevara e Camilo Cienfuegos

4

Recorte da fachada do Capitolio, construído em 1929

5

Não à toa é tão comum ver médicos cubanos trabalhando como taxistas, transformando suas casas em alojamento ou alugando carros antigos e restaurados. A solução para aumentar a renda é atuar no mercado turístico, recebendo diretamente em peso convertido. “O governo já está trabalhando para deixar apenas uma moeda”, conta a guia Ingrid, explicando que o peso convertido nasceu em 1994 para eliminar o dólar americano que circulava por lá. Cuba é uma experiência de vida, daquelas transformadoras. Para vivenciar isso, o turista deve estar aberto para conversar com as pessoas na rua, nos restaurantes e no táxi, a fim de entender mais como funciona o regime comunista e as impressões individuais da população.

É uma volta no tempo, lá pros anos 1950. Os carros antigos que são objetos de desejo para colecionadores do mundo capitalista passeiam pra lá e pra cá em Havana, compondo o cenário com edifícios antigos e casas ora restauradas, ora nem tanto. A magia de Cuba está justamente em revisitar esse passado que ainda vive no presente. O passeio pelo bairro Habana Vieja intensifica o mergulho na história e ainda permite seguir os passos do escritor norte-americano Ernest Hemingway, que adotou Cuba como sua casa por 21 anos. Impossível não tomar um daiquiri no bar El Floridita, assim como fazia o autor, dia sim, outro também, e provar um mojito na La Bodeguita del Medio. “My mojito in La Bodeguita, my daiquiri in El Floridita”, dizia Hemingway.

Pelas ruas de Havana

A rua central de Habana Vieja chama-se Calle Obispo, ponto de partida da maioria

Cada esquina da capital cubana impressiona.

3

4

88 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Dicas práticas • Leve euro. Na conversão do dólar e do euro para CUC (a moeda que os turistas usam), você ganha mais com o euro. • Cartão de crédito não é aceito em todos os lugares. Quando os estabelecimentos aceitam, geralmente acrescentam 3% sobre o valor da compra. Cartão emitido por bandeira de banco americano, nem pensar. • Na hora de ir embora, você deverá pagar uma taxa de 25 CUCs no aeroporto. Reserve esse dinheiro em espécie. • Brasileiros precisam de visto para entrar. Custa 45 reais e fica pronto no mesmo dia para quem for direto ao consulado (Brasília, São Paulo e Salvador). Pelos Correios é preciso pagar uma taxa extra de 75 reais e pode levar até 10 dias. • A internet é lenta, cara e vende nos hotéis, funcionando apenas na recepção. Na média, custa 5 CUCs por uma hora, o que equivale a uns 4 euros.

5


Around

dos roteiros. É por ali que ficam vários bares e restaurantes ao som de salsa, pequenas livrarias com Che Guevara na maioria das capas, além de salões de beleza “de época”. Uma ou outra casa de câmbio forma fila na calçada e algumas lojas de souvenirs vendem discos de música cubana e outros regalos, como camisetas e bonés. Contrariando a tendência de muitos países do mundo, não há grandes redes de departamento ou boutiques para sair comprando loucamente. A caminhada desapressada ao redor da Calle Obispo também leva ao Capitolio, erguido em 1929, e a quatro charmosas praças, que acolhem construções imponentes, como a Catedral e a Igreja São Francisco de Assis e o monumento em homenagem a José Martí, o herói da independência cubana. Se visitar uma fábrica de charutos é um dos programas indispensáveis de Havana, o companheiro rum também não pode ficar de fora. Dessa vez, nada de ver a rotina dos trabalhadores, mas, sim, visitar o Museu do Rum Havana Club. O tour descreve o processo de produção da bebida típica cubana, além de exibir maquinários utilizados antigamente. Não muito longe dali fica o mercado de artesanato San Jose e o restaurante e cervejaria Antiguo Almacen de la Madera y Tabaco, um enorme galpão que hoje abriga uma pequena fábrica de cerveja para consumo próprio e oferece um cardápio delicioso de frutos do mar, carnes e sanduíches. Aos finais de semana, vira uma verdadeira festa. A maresia da ilha ganha força no Malecón, pequeno muro que acompanha a orla. Ponto de encontro dos cubanos ao entardecer, é um lugar para caminhar, jogar conversa fora e ouvir histórias que ilustram essa realidade diferente da nossa. Mas nenhum lugar apresenta um pôr do sol mais lindo do que o Castillo los Tres Reyes del Morro, uma fortaleza colonial construída em 1589. Do alto de um rochedo, os contornos da arquitetura de Havana impressionam com o mar banhando sua fachada. Os tons de rosa, amarelo e azul misturam-se na paisagem, que mais parece uma pintura. A noite termina em um dos famosos cabarets, como o Parisien ou o Tropicana, com shows de música e dança da cultura local. É uma viagem no tempo.

90 · dez.14

avianca em revista

1

2

3

1

Estátua de Hemingway no bar La Floridita

2

Fachada do La Floridita

3

Interior do Museu de Rum Havana Club

VOos para havana (hav) Saída Chegada

São Paulo (GRU)

02:25 12:46

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca.com.br


Around

Onde ficar 1 Hotel Nacional de Cuba

2 H10 Habana Panorama

3 Hotel Occidental Miramar

4 Hotel Quinta Avenida

Ícone de Cuba que vale a visita mesmo para quem não for hóspede. Fundado em 1930, conserva todo o mobiliário original, até mesmo nos quartos. Localizado no bairro Vedado, em frente ao Malecón, essa é a área onde tudo acontece, inclusive o Carnaval. O Cabaret Parisien, um dos mais famosos de Havana, faz parte do empreendimento.

Situado no bairro Miramar, a 15 minutos do centro de Havana, o hotel quatro estrelas dispõe de 320 acomodações, academia, sauna, salão de beleza, quadra de squash e três restaurantes. Assim como a maioria dos hotéis dessa região, oferece transporte gratuito para vários pontos da cidade.

Inaugurado em 2000, o enorme empreendimento tem 427 quartos, seis quadras de tênis, quadra de squash, fitness center, spa, três restaurantes e uma das maiores piscinas de Havana. Além da casa de câmbio, disponível em quase todos os hotéis da cidade, o local possui salão de beleza, loja de roupas, artesanato, rum e charuto.

A construção mistura um estilo colonial e moderno. Os 186 quartos são amplos e têm vista panorâmica para o mar e para a igreja Jesus de Miramar. O estabelecimento conta com piscina, academia e spa. Localizado no bairro mais elegante da cidade, o hotel fica entre casarões, embaixadas e sedes de empresas internacionais.

www.hotelnacionaldecuba.com Calle 21 y O - Vedado

www.hotelh10habanapanorama.com 3ra Avenida y Calle 70 - Miramar

www.occidentalhotelscuba.com 5ta Avenida e/72 y 76 - Miramar

www.hotelquintaavenidahabana.com 5ta Avenida A 76- 80 - Miramar

1

2

3

4


especial

A alma no negócio PorTalita Paes Foto C. Koga O gaúcho Giovani Laste, de Nova Bréscia, pequena cidade do interior do Rio Grande do Sul, apresenta a nova Vento Haragano, no bairro Morumbi, em São Paulo. Com a convicção de que pequenos gestos fazem a diferença, o empresário mostra os pontos que são essenciais para o sucesso do empreendimento

S

ão 20 anos à frente de uma das mais tradicionais churrascarias do país e, só agora, Giovani Laste, fundador da Vento Haragano, concretizou o sonho de abrir uma nova casa no Morumbi. Prezando o conceito de “servir bem”, o proprietário acredita que a entrega total, de corpo e alma, é o sucesso do negócio. “Nós somos apenas um elemento para fazer essa alma funcionar”, diz.

O cuidado para manter a excelência no serviço fez com que alguns dos funcionários mais antigos da casa estejam treinando os recém-chegados. Tal comprometimento com a qualidade está rendendo alguns prêmios. O último que a casa ganhou foi o de melhor rodízio de carnes de São Paulo, concedido pelo guia Comer & Beber 2013, da revista Veja São Paulo. “O sucesso da Vento Haragano não está relacionado apenas com o produto de qualidade que é oferecido e a boa gestão da casa, mas, principalmente, com essa questão humana de trabalhar com todo o sentimento que se tem”, conta.

94 · dez.14

avianca em revista

A escolha da casa na região do Morumbi aconteceu após uma conversa descontraída entre Giovani e seu sócio, Lucas. “Virei para ele e disse que meu sonho de consumo em termos de ponto em São Paulo era o bairro do Morumbi.” Depois desse dia, foram necessários apenas dois meses para fechar o espaço na região. “O Morumbi é o futuro de São Paulo. Tem rede hoteleira forte, residências nos arredores e diversos escritórios. A escolha não poderia ter sido melhor.” Para 2015, a família Vento Haragano planeja expandir ainda mais os negócios. A primeira parada será na zona norte de São Paulo e, em seguida, na cidade do Rio de Janeiro. “Também almejamos novos voos para fora do Brasil. Estamos pensando em dois lugares: Estados Unidos e Alemanha”, revela Giovani, apontando que o grande desafio será manter o conceito da churrascaria após a expansão. “A roupa pode ser diferente, mas a alma será sempre a mesma”, conclui.

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 95


Sabores

Receitas especiais para o Ano Novo Por Carla Palmieri

Neste especial de fim de ano, cinco chefs conceituados dão suas receitas para uma magnífica ceia. Confira as sugestões e impressione seus convidados

Dourada grelhada, com sauté de cogumelos silvestres, batata bolinha e asinha de frango, finalizado com emulsão de acerola chilli e capim santo Rendimento | 4 porções

Pedro Vita Aos 17 anos, Pedro começou a trabalhar no Quattrotto, restaurante executivo de sua família, na Vila Olímpia, em São Paulo. Dois anos depois, assumiu o negócio. Enquanto se manteve como chef e proprietário, formou-se cozinheiro chef internacional pelo SENAC-SP. Interessado em novas culturas e cozinhas, passou alguns meses trabalhando em Buenos Aires. A culinária sul-americana levou-o a viajar com uma mochila pelo continente, conhecendo diferentes culturas gastronômicas. Em 2007, foi para Barcelona, onde viveu por três anos e aprofundou seus conhecimentos na cozinha europeia. Ao retornar, em 2010, utilizou sua bagagem cultural e gastronômica renovada para trabalhar como banqueteiro, liderando eventos, enquanto amadurecia a ideia de colocar todo o seu aprendizado em prática em um novo restaurante. Para o fim de ano, o chef sugere uma dourada grelhada. “Este prato foi criado visando uma fusão dos sabores do peixe e do frango. Provocar novas misturas e sabores é a intenção desta receita. A acerola atua como elemento cítrico equalizando as gorduras do prato. O cogumelo salteado com o frango intensifica o sabor terroso que destaca a combinação”, conta.

96 · dez.14

avianca em revista

• 200 g de cogumelos portobelo, shitake, shimeji e paris (4 bandejas, uma de cada) • 8 asinhas de frango cozidas e desossadas • 14 batatinhas bolinha pré-cozidas • 800 g de dourada em filé (aproximadamente 4 filés) • 8 acerolas • 1 folha de capim santo • • 1 colher de café de chilli • 5 g de lecitina • 100 ml de água • sal e pimenta do reino a gosto • 50 ml de azeite • 15 ml de redução de balsâmico • 20 ml de demi glace de frango (caldo de frango) • 100 g de queijo parmesão ralado grosso

Montagem: Rabisque o prato com demi glace e balsâmico reduzido. Disponha os cogumelos, a batata e as asinhas. Coloque a dourada sobre a guarnição. Retire a espuma densa do mixer e pingue em volta do prato. Finalize com o crocante de parmesão sobre o peixe. Está pronto para servir.

Em uma frigideira de teflon, grelhe os peixes dos dois lados com azeite por aproximadamente 5 minutos, retire e reserve. Na mesma frigideira, salteie as asinhas de frango, cogumelos cortados grosseiramente e a batata pré-cozida, cortada ao meio. Ajuste o sal e a pimenta. Em um copo de mixer, bata a acerola, capim santo, chilli e água. Coe. Adicione lecitina e batata novamente, deixando espumar. Finalize o peixe no forno, por 10 minutos, a 180°C. Crocante de parmesão: Disponha uma camada fina de queijo parmesão já ralado (grosso) sob o papel manteiga e leve ao forno a 100°C, por 15 minutos. avianca.com.br


Bolo de Ano Novo Rendimento | 2 formas de bolo inglês

Mônica Rangel Mineira de Juiz de Fora, Mônica comanda os fogões do simpático restaurante Gosto com Gosto, em Visconde de Mauá, que faz parte da seleta Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança. Todas as linguiças, doces, queijos e pães servidos no restaurante são fabricados por suas mãos habilidosas. Desde 1997, Mônica organiza e promove o Concurso Gastronômico de Visconde de Mauá, um dos primeiros do Brasil. A chef viaja pelo país e exterior para dar palestras, fazer demonstrações culinárias e participar de eventos gastronômicos. “A receita do Bolo Novo Ano é simples e ao mesmo tempo rica, pois está recheada de amores e histórias de família. É uma receita que minha avó Isaura fazia e assava no forno a lenha. Os netos adoravam e ela dizia: ‘a cada mordida, façam um pedido’. Sou movida por emoção e história em minha cozinha”, diz.

• 100 g de noz moscada picada grosseiramente • 100 g de avelã picada grosseiramente • 200 g de tâmara picada • 200 ml de óleo de soja • 300 ml de creme de leite de lata com soro • 3 gemas • 400 g de açúcar refinado • 400 g de farinha de trigo • 30 g de canela em pó • 1 colherzinha de café de bicarbonato de sódio • Manteiga e farinha para untar Pré-aqueça o forno a 160°C. Enfarinhe ligeiramente as nozes, tâmaras e avelãs picadas. Unte as formas com manteiga e farinha. Misture todos os ingredientes e transfira a massa para o tabuleiro untado. Asse o bolo por aproximadamente 20 minutos, ou até que o palito espetado no meio do bolo saia limpo. Sirva com baba de moça.


sabores

Bacalhau Mantecato com creme de abobrinhas, raspas de limão caramelizadas e azeite de avelãs

Paulo Cunha

Rendimento | 4 porções

Lucas d’El Peloso Graduado em Gastronomia pela Estácio de Sá, o chef especializado em culinária italiana iniciou a carreira no grupo Porcão, onde entrou como estagiário e encerrou suas atividades como chef principal. Em seguida, migrou para a alta gastronomia, assumindo importantes cozinhas, como a do La Isla Ecoresort, na Bahia. Está à frente da cozinha do Villa Roberti, em Belo Horizonte, desde a época do planejamento do restaurante, em meados de 2011. Atualmente, comanda uma equipe de 30 funcionários no Villa e dirige as criações do grupo para o restaurante, delivery e espaço de eventos. “Essa receita é muito especial. Fiz bem sofisticada, preservando o bacalhau como um peixe para a data. Para a castanha, escolhi as avelãs. Além de saborosa e fácil de fazer, essa receita é interessante porque permite ser toda preparada com antecedência e esquentada na hora de servir sem dificuldades”, explica.

Bacalhau • 500 g de bacalhau dessalgado, sem espinhos e pele • 3 batatas médias sem cascas • 60 ml de azeite extra virgem • Sal e pimenta (a gosto) Corte as batatas em 4 partes cada uma e cozinhe por 12 minutos sem sal. Em seguida, acrescente ao cozimento o bacalhau cortado em cubos de 2 cm. Cozinhe por mais 5 minutos em fogo baixo. Coe e reserve 3 colheres do caldo do cozimento. Transfira a batata e o bacalhau ainda quentes para um processador e ligue na velocidade baixa. Acrescente aos poucos o azeite até a mistura ficar lisa e homogênea. Finalize esta pasta acrescentando um pouquinho da água do cozimento do bacalhau. Tempere com sal e pimenta. Reserve. Para o Creme de Abobrinhas • 500 g de abobrinhas pequenas e bem verdes • 50 ml de azeite extra virgem • 50 g de cebola picada • Sal e pimenta (a gosto)

preservando a casca mais fina possível. Lave a casca e corte em tirinhas. Em uma frigideira, junte as cascas cortadas, a água, a glucose e o açúcar. Deixe ferver até que as cascas fiquem caramelizadas Para o azeite de avelã • 60 ml de azeite extra virgem • 50 g de avelãs limpas Com o auxílio de um processador, triture bem as avelãs. Acrescente o azeite e bata por mais 2 minutos na velocidade baixa. Deixe descansar por 2 horas. Montagem: Na hora de servir, primeiro esquente o bacalhau e o creme de abobrinha separadamente. Em seguida, em um prato fundo, disponha uma concha do creme de abobrinhas. Sobre o creme, coloque no centro uma colher do bacalhau mantecato. Disponha alguns fios do limão caramelizado e pingue algumas gotas do azeite de avelãs.

Coloque uma caçarola com água abundante e um pouco de sal no fogo para ferver. Enquanto a água ferve, corte as abobrinhas ao meio no sentido longitudinal e limpeas, retirando todas as sementes e parte da polpa com uma colher. Quando a água começar a ferver, acrescente na caçarola as abobrinhas já limpas, a cebola picada e um fio de azeite. Cozinhe por 8 minutos. Coe e reserve um copo da água do cozimento. Com um liquidificador, bata as abobrinhas já cozidas acrescentando aos poucos a água do cozimento das abobrinhas. Bata por 5 minutos até virar um creme aveludado e liso. Finalize com o azeite, sal e pimenta. Reserve. Para as raspas de limão caramelizadas • 1 limão siciliano orgânico • 20 g de glucose • 50 ml de água • 5 g de açúcar Descasque

98 · dez.14

avianca em revista

o

limão

com

cuidado, avianca.com.br


Peru Recheado • 1 Peru médio

Carlos Bertolazzi É chef-proprietário dos restaurantes Zena Caffè, em São Paulo, e apresentador do programa “Homens Gourmet”, do canal Bem Simples, da FOX. Descendente de italianos e formado em administração, Carlos transformou sua paixão pela gastronomia em profissão e saiu do país para trabalhar ao lado dos melhores chefs do mundo. Em 2007, venceu um concurso e estagiou no célebre El Bulli, do premiadíssimo Ferran Adriá. Ao voltar para o Brasil, foi convidado por Juscelino Pereira a abrir o Zena Caffè. Desde então, o chef se desloca pelo Brasil em eventos e deseja ter um restaurante de cozinha autoral no futuro.

Recheio • 200 g de farinha de rosca caseira • 4 anchovas • 1 colher (sopa) de pinoli • 1 colher (sopa) de nozes • 1 colher (sopa) de uvas passas brancas Alecrim • 50 g de manteiga Redução de Vinho e Uva • 300 ml de caldo de peru ou de frango • 300 ml de vinho tinto seco • 100 g de uva tinta de mesa Purê de Castanha • 5 batatas doces médias cozidas • 150 g de castanha cozida e sem casca • 50 g de manteiga • Leite q.b. • Sal e pimenta

coxas/sobrecoxas podem ser utilizadas em outra receita. Abra o peito batendo bem sobre um filme de plástico. Tempere com sal e pimenta e reserve. Em uma frigideira, doure a farinha de rosca na manteiga com os outros ingredientes. Retire o alecrim e deixe esfriar. Recheie os peitos do peru com a farofa e enrole-os em plástico filme. Se você tiver uma máquina de vácuo, seleos e cozinhe em banho-maria por cerca de 40 minutos. Caso contrário, coloque em uma assadeira com água no forno médio. Prepare o molho reduzindo o caldo de peru com o vinho tinto e acrescentando as uvas no final. Ajuste de sal e pimenta. Processe a batata doce com as castanhas e retorne para uma caçarola. Adicione a manteiga e mexa bem. Vá acrescentando leite até obter a consistência desejada. Ajuste o sal e a pimenta. Na hora de servir, doure o peito de peru em uma frigideira e sirva com o molho, acompanhado pelo creme de castanha.

Retire os dois peitos do peru reservando a carcaça e as asas para preparar o caldo. As

"A carne de peru costuma ser seca. Fiz alguns testes e cheguei nesse resultado, com ela recheada. A carne fica muito suculenta e a pele crocante. Meus sócios adoraram e sugeriram que colocássemos na casa para o Natal, pois tinha tudo a ver com a época das festas de final de ano. Acabou virando tradição do Zena Caffè!", comenta.

avianca em revista

dez.14

· 99


sabores

Ossobuco com risotto milanese, cebola crocante e raspas de cítricos Rendimento | 4 porções

James Hollister Chef prodígio, o londrino James Hollister cozinha desde pequeno. Nascido em uma família gourmet, aprendeu a cozinhar com as avós e com a mãe. Formou-se em Gastronomia pela Westminster Kingsway College. Em São Paulo, trabalhou ao lado dos badalados chefs Alex Atala, no Dalva e Dito, e Erick Jacquin, no La Brasserie. Passou também pelas cozinhas do Bravin, do Grand Hyatt Hotel e do gastrobar Exquisito!. À frente da cozinha do Antonietta Empório Restaurante, desenvolve um menu de base clássica com execução contemporânea. “Neste Natal e Réveillon, vamos preparar o Ossobuco alla Milanese, um prato especial, típico de ceias e festas. O prato me faz lembrar o primeiro Natal que passei no Brasil, quando preparei para minha esposa e família. Combina com o italiano cosmopolita que é o Antonietta, sendo perfeito para o clima de comemoração deste final de ano. A dica é harmonizá-lo com um vinho tinto encorpado da carta do restaurante”, afirma.

Ossobuco • 1,5 kg de ossobuco fatiado (4 pedaços grandes) • 1 cenoura descascada e picada • 1 alho poró picado • 3 talos de salsão picados • 1 cebola descascada e picada • 4 dentes de alho com pele e quebrados • 170 g (1/2 lata) de extrato de tomate • 1 folha de louro • 2/3 ramos de tomilho • 750 ml de vinho tinto • 1 litro de caldo de carne • Farinha de trigo • Óleo • Sal e pimenta a gosto Risoto Milanese • 200 g de arroz Arbório ou Carneroli • 1/2 cebola descascada e bem picada • 1 dente de alho descascado e bem picado • 1 folha de louro • 150 ml de vinho branco seco • 800 ml de caldo de legumes • 1 sachê (1g) de açafrão espanhol • 300 g de parmesão ralado • 100 g de manteiga sem sal • Óleo • Sal e pimenta a gosto Finalização • 2 cebolas roxas descascadas e fatiadas em lâminas de 1 mm • Farinha de trigo • Óleo para fritar • 1 laranja • 1 limão tahiti • limão siciliano Método de Preparo Primeiro, prepare o ossobuco: - Esquente uma frigideira grande no fogo médio. Enquanto ela esquenta, cubra os pedaços de ossobuco com farinha de trigo, tirando o excesso. Coloque um fio grande de óleo na frigideira, aumente o fogo e sele os pedaços de ossobuco por 4-5 minutos de cada lado, até ficar bem dourado, colocando

100 · dez.14

avianca em revista

mais óleo para a frigideira não ficar seca, mas nem tanto para que a carne não fique encharcada. Quando ficarem bem douradas, tire as fatias de ossobuco da panela para descansar em uma assadeira ou recipiente, 'desglaceie' a frigideira (tire a parte sólida grudada no fundo) com 200 ml do vinho tinto, soltando com colher, caso necessário. - Esquente uma panela grande (suficiente para caber todos os ingredientes) no fogo médio. Coloque um fio de óleo e puxe primeiro a cenoura (7-8 minutos), seguido pelo alho poró (5-6 minutos), depois a cebola (5-6 minutos) e por último o alho, louro e tomilho (mais 4-5 minutos), mexendo sempre para não grudar ou queimar no fundo. Acrescente o extrato de tomate, puxando para mais 4-5 minutos, seguido pelo vinho tinto e caldo de carne. Leve para ferver, abaixe o fogo, tire a espuma que sobe com concha ou escumadeira e mergulhe a carne no líquido. Deixe cozinhando durante 3-4 horas, ou até a carne ficar macia e soltando do osso, no fogo mais baixo possível. - Quando estiver cozida, tire a carne com cuidado para não desmanchar e coloque em uma assadeira ou vasilha para esfriar e descansar. Passe o caldo do cozimento pela peneira para uma outra panela e deixe reduzindo durante 30 minutos a 1 hora no fogo baixo ou até ficar bem concentrado e espesso. Tempere com sal e pimenta. Devolva os pedaços de ossobuco para o molho reduzido e mantenha quente, sem ferver, até servir. Para a cebola crocante: - Esquente o óleo numa panela larga até 170°C * - Separe bem os anéis de cebola e cubra com farinha de trigo, tirando bem o excesso. - Frite a cebola aos poucos no óleo quente até ficar dourada e quase parar de borbulhar. - Retire do óleo para papel toalha, tempere com sal e deixe esfriar. * Se não tiver termômetro, teste a temperatura colocando um pedaço de cebola no óleo. Ela deve subir borbulhando dentro de 1-2 segundos, sem queimar. Se demorar mais de 2 segundos para subir, avianca.com.br


Para o risoto: - Enquanto o molho do ossobuco estiver reduzindo, prepare o risoto. Com esse método é importante que o risoto seja servido diretamente após o cozimento, para não passar o ponto. - Leve o caldo de legumes a ferver, reduza em fogo bem baixo e acrescente o açafrão, mantendo quente. - Esquente 30g da manteiga numa panela com um fio de óleo. Puxe a cebola (5-6 minutos), seguida pelo alho e louro (4-5 minutos), mexendo sempre. Acrescente mais 30g de manteiga, mais um fio de óleo e o arroz. Puxe o arroz, mexendo sempre, até ter uma aparência meio opaca, e acrescente o vinho. Ao secar, vá acrescentando uma

Giuliana Nogueira

esquente mais o óleo. Se subir mais rápido e dourar/queimar muito rápido, deixe esfriar um pouco ou acrescente mais óleo. Nos dois casos teste o óleo novamente antes de fritar uma quantidade maior.

concha de cada vez de caldo de açafrão, mexendo sempre, esquentando até o arroz absorver tudo antes de colocar a próxima concha de caldo. Marcas e gostos de ponto do arroz variam, então quando tiver chegando no final do caldo, prove o arroz para ver se o ponto está do seu gosto (normalmente é servido 'al dente' - cozido, mas ainda com resistência do grão ao morder). - Para finalizar, acrescente o parmesão

ralado aos poucos e a manteiga, mexendo bem até ficar liso. Coloque mais caldo se começar a ficar muito grosso. - Tempere com sal e pimenta a gosto Para montar, divida o risoto em quatro pratos fundos. No meio do risoto, coloque um pedaço de ossobuco com um pouco do molho reduzido, rale um pouco cada fruta cítrica, colocando as raspas, e finalize cobrindo com cebola crocante.


mapa gastronômico

Gostosuras na zona sul

Um giro rápido pela zona sul paulistana revela um mix de tradição e novidade. Conheça e desfrute do que há de bom na maior capital do país

Por Paulo Greca

Supra di Mauro Maia

L'Entrecôte D'Olivier

A casa recém-inaugurada no bairro Itaim Bibi está sob o comando dos chefs Mauro Maia e Rodrigo Bizzo. Lá você encontra um pequeno empório com os produtos do menu e uma seleta adega de vinhos com 60 bons rótulos italianos. Experimente o Gamberoni al Lardo di Colonatta con Carciofi e Cuore di Palma (R$ 82,00) ou as massas preparadas A La Minuta - como o Agnelotti dal Plim - lombo + coelho + vitelo + especiarias + ervas + molho de carne (R$ 40). Wi-fi grátis e manobrista na porta (R$ 20). Taxa de rolha (R$ 51).

Inaugurada este ano no bairro dos Jardins, a casa repete o bom padrão de sua matriz e acerta novamente na receita de um prato só, regado ao molho secreto do chef Olivier Anquier, saladinha e batatas fritas refil (R$ 78). Prático, rápido, gostoso e com bom atendimento. Se quiser desfrutar de uma boa relação entre custo e benefício, peça um tinto Côtes du Rhone 2012, servido em taça (R$ 22) ou deixe a harmonização por conta do sommelier e maitre Flaber Xavier. Wi-fi grátis e manobrista (R$ 20). Taxa de rolha (R$ 45).

Rua Leopoldo Couto de Magalhães Junior, 681 Tel.: (11) 3167-5666 www.supracucina.com.br

Al. Lorena, 1821 Tel.: (11) 3063-4107 www.entrecoteolivier.com.br

102 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Josephine Bistrô

Osteria del Pettirosso

Figurinha carimbada no bairro da Vila Nova Conceição, o proprietário Jesse de Andrade bate ponto diariamente há 14 anos e recebe com extrema simpatia a clientela de seu restaurante. Confira o carro chef da casa no almoço: Picadinho Josephine - com arroz, ovo, farofa e banana à milanesa (R$ 50) - que serve bem a duas pessoas. Casais com crianças podem optar pelo menu infantil para os pequenos (R$ 15 a 27). Wi-fi grátis, manobrista (R$ 18).

Autenticidade e tradição fazem parte da filosofia do chef Marco Renzetti, ao seguir à risca as receitas italianas - muitas delas aprendidas com sua Nonna - que não foram adaptadas ao paladar brasileiro. O resultado é uma interessante viagem à Itália, partindo do bairro dos Jardins. Maccheroni con Sugo di Salsiccia Picante - pasta com molho de linguiça toscana (R$ 52) e o Tonnarelli al Sugo D’Anatra - massa fresca com ragu de pato e tomate fresco (R$ 56) são algumas das coisas boas que você encontra por lá. Wi-fi grátis e manobrista na porta (R$ 20). Não possui acesso para portadores de necessidades especiais (PNE).

Rua Jaques Félix, 253 Tel.: (11) 3842-5891 www.josephine.com.br

Al. Lorena, 2155 Tel.: (11) 3062-5338 www.pettirosso.com.br avianca em revista

dez.14

· 103


carta de vinhos

Vinhos

B

da virada

eber espumantes nas festas de final de ano é tradição, mas saiba que harmonizar os pratos das festividades com vinhos variados pode gerar boas surpresas. Confira algumas sugestões para agregar aos já consagrados borbulhantes

por paulo greca

Quinta da Romaneira Rosé 2011 (R$ 118) Português da região do Douro, é elaborado com uvas provenientes de parreirais com mais de 20 anos de idade, na proporção de 50% Tinta Roriz e 50% Touriga Franca. Aromas de cereja madura e compota de frutas, bastante fresco e com acidez equilibrada. Acompanha saladas, queijos leves, aves, pernil e carnes magras. Portus: (11) 3675-5199 www.portusimportadora.com.br

Pinot Noir Vieille Vigne 2005 (R$ 500) Esse tinto biodinâmico francês, produzido na região da Alsácia, é um varietal de Pinot Noir (100%), com fermentação em leveduras selvagens. Cor rubi e aromas de iogurte de morango, frutas vermelhas, casca de laranja, alguns toques de pão tostado, especiarias e defumado. Na boca é muito leve, com taninos finos e final longo. Pode ser servido com massas leves, peixes, carne de pato e cordeiro. Casa Flora: (11) 2842-5199 www.casaflora.com.br

Herência Carmenère 200 (R$550) Tinto bastante encorpado, produzido nas regiões de Valle de Cachapoal e Valle de Colchagua (Chile), pela bodega Santa Carolina. Mescla 94% Carmenère, 3% Malbec e 3% Cabernet Sauvignon e foi envelhecido por 18 meses em carvalho francês. O resultado é um vinho potente, de cor rubi, com aromas de frutas escuras, tabaco e especiarias. Seus taninos marcantes o tornam perfeito para acompanhar carnes vermelhas ou de caça, massas com molhos temperados e queijos meia cura..

Huxelrebe Auslese 2012

(R$ 95)

Branco alemão, de colheita tardia de uvas do tipo Huxelrebe, da região de Rheinhessen. Bastante untuoso, doce e com notas de frutas amarelas, esse belo exemplar de sobremesa agrada pelo equilíbrio entre doçura e acidez. Combina com queijos azuis, frutas, sorvetes, rabanada e sobremesas em geral. Weinkeller: (11) 4114-6789 www.weinkeller.com.brr

Casa Flora: (11) 2842-5199 www.casaflora.com.brr

104 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


performance

Boas tacadas Por Eric Pomi Sousa

O

golfe nasceu na Escócia por volta do ano 1500, inspirado em um jogo chamado "paganica", praticado pelos romanos. É jogado em uma vasta área de terreno, com vários obstáculos naturais, como dunas, areais, lagos e árvores. O objetivo consiste em jogar a bola para 18 buracos com o menor número de tacadas possível. Uma novidade é o retorno da modalidade para as Olimpíadas após mais de 100 anos. Isso acontecerá no Rio de Janeiro, em 2016. O esporte é um dos que mais crescem no mundo: 10% ao ano, apresentando menor índice de desistência entre os iniciantes. De cada 10 pessoas, oito continuam a jogar. A prática ao ar livre, o contato com a natureza e a diminuição do estresse ajudam a justificar esses números. Nos

Estados Unidos, o golfe movimenta mais de 30 bilhões de dólares por ano. No Brasil, o mercado movimenta R$ 100 milhões por ano, entre receitas de clubes, competições, equipamentos e viagens. As lesões nessa atividade costumam vir dos movimentos repetitivos de flexão e torção do swing. No entanto, suspeita-se que a maioria dos jogadores não participa de qualquer forma de treinamento fora da temporada para o esporte, nem sequer se aquecem antes do exercício. A revisão da biomecânica do swing do golfe revela estresse de torque significativo nos ombros, cotovelos, punhos e região lombar das costas, o que também corresponde às áreas mais comuns de lesão. Isso ocorre principalmente devido à falta de treinamento específico e à mecânica do swing inapropriada.

Conheça os termos específicos: Birdie - acertar o buraco com uma tacada abaixo do par. Bogey - acertar o buraco com uma tacada acima do par. Drive - primeira tacada a partir do tee. Fairway - região central do campo, entre o tee e o green. Green - área onde fica o buraco. Handicap - tipo de pontuação que mede o aproveitamento de cada golfista. Hole - buraco sinalizado por uma bandeira. Hole in one - acertar o buraco com uma única tacada. Par - referência da média de tacadas para embocar a bola. Cada buraco tem seu par e cada campo tem um par total. Swing - movimento do corpo para dar a tacada. Tee - local de onde é dada a primeira tacada em cada buraco. Também é o nome do pino que sustenta a bola na primeira tacada em cada tee. Wood - taco usado para jogadas de longa distância.

* Eric Pomi Sousa é graduado pela USP, especialista em Biomecânica, Pesquisador do Laboratório de Biomecânica - EEFEUSP, membro do Asics Training Team e voluntário da ONG TETO

106 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 107


Social

Colcci no Spfw Fotos Lu Prezia

A primeira fila do desfile da coleção Inverno 2015 da Colcci para o SPFW contou com convidados especiais do mundo da moda.

Bruna Linzmeyer

MC Guime

Costanza Pascolato

Jonatas Faro

Christiane Fernandes

Consuelo Blocker

Lilian Pacce

Anna Fasano

Cocktail euro Spfw Fotos Francisco Silva/AGNews

A Euro ofereceu um coquetel durante a semana de moda de São Paulo para o lançamento da coleção de relógios Euro SPFW.

Isabelli Fontana

Brunete Fraccaroli

Fernando Pires e Salete Campari

Higor Rocha

Paola Robba

Dori Neto

108 · dez.14

avianca em revista

Titi Muller

Lorenzo Melini avianca.com.br


100 anos da Panthère Collection Fotos Bruno Ryfer

A Cartier comemorou os 100 anos da Panthère Collection com festa na casa do empresário e colecionador de arte, Guilherme Magalhães Pinto Gonçalves, na Gávea, Rio de Janeiro. Os executivos da empresa receberam os convidados para apresentar a nova coleção da Panthère e a exposição que contou a história deste ícone da maison francesa.

Carmelita Mendes entre Christopher Massoni e Maxime Tarneaud

Adriana Delgado

Betina de Luca

Marcia Verissimo

Francisca Viudes

Patricia Brandao e Carlos Pazzeto

Nina Kauffmann


social

noite Calvin Klein Fotos © 2014 LFP agency/Luciana Prezia

A Calvin Klein Jeans realizou o “Nocturne”, uma noite exclusiva dedicada aos novos talentos emergentes da cena musical. O evento, que aconteceu no Hospital Matarazzo, em São Paulo, apresentou uma série de performances musicais lideradas pela banda australiana Miami Horror, além dos paulistas Inky e da dupla de DJs Phillip A. e Rodrigo Gorky do Fatnotronic.

Anderson Weisheimer

Carla Lamarca

Bob Sinclar

Chay Suede e Reynaldo Gianecchini

Kevin Carrigan, Fabio Vasconcelos e Steve Shiffman

Arlindo Grund

Jessica Pauletto

Cris Proença

Fabio Queiroz

Tada Martin

Bob Sinclar na Provocateur Luiz Restiffe

Andrea Kehrwald, Rafael Luciano e Clareana Rodrigues

Gabriela Carioba, Luana Kohata e Carolina Siqueira

110 · dez.14

avianca em revista

Samuel Saquette

Arthur Ribeiro e Mariana Coelho

Fotos Charles Naseh e Augusto Mestieri

A Provocateur, badalado club nova-iorquino radicado em São Paulo, armou uma noite inesquecível e recebeu Bob Sinclar. O DJ francês desembarcou no Brasil, comandou o som e fez a pista dançar com seus hits mundialmente conhecidos. . avianca.com.br


Riachuelo fitness

Fotos Micheli Coutinho

O lançamento da coleção Gabriela Pugliesi para a Riachuelo aconteceu na loja da marca, na Rua Oscar Freire, em São Paulo. O evento contou com uma aula de ballet fitness, ministrada por Betina Dantas.

Flávia Brunetti

Betina Dantas

Oswaldo Nunes e Anne Kanner

Gabriela Pugliesi

Angélica Banhara

Mica Rocha

Anna Cláudia Rocha e Newton Rocha

natal Lafayette Fotos Julian Marques

Fabrizio Rollo e Delphine Komorowski

Fernanda Guedes

Fernando Lousa

Isabelle Touchband

A Galeries Lafayette, de Paris, reuniu convidados para um almoço no restaurante Chez Oscar, em São Paulo. No encontro, foram apresentadas novidades da mais tradicional loja de departamentos da Europa, como o novo setor gourmet e a decoração natalina.

Jorge Feitosa e Luciana Araujo

Mira Felmanas e Erika Balbino

Joyce Nunes, Manuella Saldanha e Simone Farret

Mario Kaneski, Karen Abuhab e Camila Richter

Stephanie Lalinde e Delphine Komorowski avianca em revista

dez.14

· 111


social

Halloween GAla

Fotos Waldemir Filetti

A segunda edição da festa Halloween Gala, na Casa Fasano, produzida pela We Clap, reuniu muita gente bonita. O som ficou por conta dos Djs Luiz Carvalho, BHM (Ricardinho Goldfarb e Du Lopes), Binho Tutundjian e Gui Reif.

Daniel Nasser e Binho Tutundjian

Andre Bordon e Helinho Calfatt

Isabella Telles, Priscila Lamana, Lais Fonseca e Carol Carvalhal

Mathalia Zogaib, Patricia Zogaib e Luiza Campos

Dj Guga Guizelini e Eduardo Cervoque

Rodrigo Auchastegui e Marina Dufrayer

nova vento haragano Fotos divulgação Karin Gimenes, Leo Zaniboni e Ives Kolling

A tradicional churrascaria paulistana inaugurou uma nova unidade no bairro Morumbi, em São Paulo. A primeira filial terá a mesma qualidade de atendimento da matriz, na avenida Rebouças, nos Jardins.

Lucas Zanchetta e Fernanda Vortolini

Carol Scaffi

112 · dez.14

David Brasil avianca em revista

Giovani Laste e Lucas Zanchetta

Dani Knidel

Rafael Putti e Daniel Andreis

Manu Gavassi avianca.com.br


Sunrise Fotos Fábio Zanzeri

A Sunrise, festa de música eletrônica da Agência Haute, reuniu muitos VIPs para curtir a madrugada em Campinas.

Clau Saad

Dado Ribeiro e Guga Guizelini

Nahayana Bochinelli

Sorocaba

Guga Guizelini e Dudu Linhares

Zinho e Nadia avianca em revista

dez.14

· 113


xxxxxx social

fotografia na parede Fotos divulgação

A fotógrafa Graziela Ventura lançou o e-commerce Fotografia na Parede, que reúne fotos profissionais que se tornam verdadeiras obras de arte e lindas peças de decoração. O coquetel reuniu amigos e especialistas para brindar o novo projeto. Grazi Ventura

Leo Pacheco

Priscila Soares e Mariana Arruti

Rita Gargioni e Fredy Campos

Eduardo e Gisele

Estreia “Chorinho” Fotos Gabi Carrera

O espetáculo, que conta com o apoio da Avianca, recebeu convidados especiais em sua estreia no Teatro dos Quatro, no Rio de Janeiro. A comédia dramática tem texto do ator e dramaturgo Fauzi Arap e é estrelado por Denise Fraga e Cláudia Mello.

Bianca Rinaldi

114 · dez.14

Emilio de Mello avianca em revista

Jacqueline Laurence

Luiz Villaca

Claudia Mello, Denise Fraga e equipe

Claudia Alencar

Tony Ramos e Lidiane Barbosa

Rodrigo Pandolfo avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 115


eu sou avianca

Alô da portaria Por Camila Balthazar O entra e sai do prédio corporativo da Avianca, que fica em frente ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo, é acompanhado de perto por Cecília e Genilson. A dupla de colaboradores não se cansa de dizer que acorda feliz todos os dias para desempenhar as atividades da recepção

N

inguém passa pela portaria do escritório da Avianca sem receber um cumprimento de Cecília e Genilson. Recepcionista da companhia desde 2007, Cecília Emília Ramos é só elogios ao falar da empresa. “Entrei aqui por meio de uma empresa terceirizada, mas fui efetivada há um mês. Mesmo quando eu era prestadora de serviço, já fazia parte da família. Sempre fui muito acolhida”, comenta a recepcionista, ressaltando que acorda feliz todos os dias para trabalhar. Nascida em São Paulo, ela passou mais de 30 anos de sua vida sem sair da cidade. Viajar não era um hábito - voar menos ainda. Até o dia em que Cecília entrou em um avião pela primeira vez, rumo ao Rio de Janeiro. A colaboradora participou do projeto “Avianca Felicidade”, que leva crianças de ONGs, que nunca viajaram de avião, para conhecerem a capital carioca. Um funcionário da

116 · dez.14

avianca em revista

companhia é sorteado para acompanhar na viagem. “Como eu era terceirizada na época, não teria direito de ir. Mas conseguiram me incluir, o que me deixou muito emocionada”, conta Cecília. Depois disso, ela aprendeu como viajar faz bem. “Já fui com a família para Fortaleza e Porto Seguro”, diz. No ano que vem, a filha de 15 anos deve fazer um intercâmbio no Canadá. Além disso, em 2016, o destino da família será Orlando, nos Estados Unidos. Não há dúvidas de que seu mundo cresceu. O colega Genilson Francisco de Jesus também comemora a recente efetivação. Trabalhando na portaria desde fevereiro de 2012, porém contratado por uma empresa terceirizada, ele recebeu a notícia de que viraria um funcionário direto da Avianca durante as férias. “Tive o prazer de ser convidado a fazer parte dessa família. Foi uma honra. Todas as pessoas que trabalham

aqui são simples e têm um carinho especial”, relata Genilson. Baiano, natural de Ilhéus, foi acolhido por São Paulo quando ele tinha apenas um ano de idade. “Minha família veio tentar a vida aqui. Seguimos com trabalho e boa sorte”, afirma. Sua carreira começou na região da famosa rua 25 de Março, centro de compras de atacado e varejo da capital paulista. “A venda suga muito a energia. Saí da área depois de mais de 30 anos e consegui o trabalho aqui na Avianca. Tenho vontade de vir trabalhar todos os dias”, comenta. Genilson já deu algumas voltas pelo Brasil, mas sempre via terrestre. “Não estou há tanto tempo na empresa. Creio que não faltarão oportunidades. Hoje em dia já está mais fácil voar”, aponta. Tudo indica que seu caminho será parecido com o de Cecília. Depois de pisar em um avião, fica difícil não querer sair viajando mundo afora.

avianca.com.br


já pensou no seu próximo evento?

Eventos Corporativos stands, feiras, convenções, marketing promocional e design

www.agenciasampling.com.br +55 (11) 5505 0078

avianca em revista

dez.14

· 117


inside

Avianca participa da Peru Week Por Natália P. Machado

A ação organizada pela PromPeru e pelo Escritório Comercial do Peru no Brasil trouxe os sabores do país andino para o Brasil. A Avianca apoiou o evento com promoções de passagem aérea para o destino

O

em 11 cidades: São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Maceió, Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Vitória, Fortaleza e Salvador.

O objetivo do evento era comemorar o início da Peru Week, realizada entre os dias 18 e 30 de novembro. Durante esse período, cerca de 60 parceiros ofereceram promoções que envolvem o destino e a gastronomia peruana. A ação aconteceu simultaneamente

A iniciativa ofereceu aos brasileiros uma oportunidade para experimentar a gastronomia andina aqui ou no Peru. Para o jantar, que contou com especialistas do trade, o cardápio teve ingredientes típicos da gastronomia peruana, como quinoa, azeitona, pisco, entre outros. Para dar mais um toque peruano ao evento de lançamento, o ambiente foi decorado com peças que remetem ao país. Os convidados também apreciaram músicas peruanas e brasileiras.

jantar de lançamento da 2a edição da Peru Week reuniu cerca de 200 convidados no Hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo. O diretor da Divisão Internacional da Avianca, Ian Gillespie, participou do encontro e expôs os detalhes sobre a parceria da companhia aérea com os órgãos do Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru.

Jorge Bayona, Milagros Ochoa, Ian Gillespie e representantes do Escritório Comercial do Peru em São Paulo

1

Representates das empresas participantes do evento, entre as quais a Avianca, o restaurante La Mar e autoridades da embaixada e consulado peruano no Brasil

2

Ian Gillespie, diretor internacional da Avianca , em palestra durante o evento

3

118 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 119


inside

Novos voos em Congonhas Por Camila Balthazar

Desde o dia 24 de novembro, a Avianca conta com 17 novos pousos e decolagens no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. As rotas reforçam as conexões da capital paulista com Rio de Janeiro, Brasília e Salvador

O

aeroporto de Congonhas, em São Paulo, conta com 17 novas operações diárias da Avianca, totalizando 41 pousos e decolagens a partir dessa base. O acréscimo no número de voos aconteceu após a redistribuição dos slots feita pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Com isso, a companhia aumenta a capacidade de transporte em até 60 mil passageiros mensais. A empresa aproveita os novos voos para aumentar a operação nos aeroportos cariocas de Santos Dumont e Galeão, além de Brasília e Salvador. A ponte aérea entre Congonhas e Santos Dumont recebe dois novos horários,

120 · dez.14

avianca em revista

passando a contar com 12 frequências diárias. Além disso, uma nova rota foi criada, com dois voos ligando Congonhas ao Galeão, o que dá suporte às conexões com o Nordeste. Já Salvador ganha o primeiro voo direto a partir de Congonhas, enquanto a capital federal dispõe de três novos voos, além de um voo alternado, que faz o trajeto Congonhas-Brasília em um dia e retorna no outro. “Congonhas é o principal aeroporto executivo do Brasil. Esse aumento é importante, pois vamos melhorar muito nossas operações para o Rio de Janeiro e Brasília, além de criar uma operação diária

para Salvador, que não existia”, declara Tarcísio Gargioni, vice-presidente de Marketing, Comercial e Cargas da Avianca. O executivo também ressalta que a companhia recebeu dois novos aviões A320 para permitir a ampliação desses voos.

Viagem de fim de ano

A Avianca terá dois voos extras para atender a demanda da alta temporada do fim do ano. A partir do dia 15 de dezembro, os passageiros encontrarão mais um voo diário saindo de Guarulhos, em São Paulo, com destino a João Pessoa, e outro para Natal. As rotas receberão esse reforço sazonal até 21 de fevereiro.

avianca.com.br


inside

Mais um prêmio pra comemorar

Tarcísio Gargioni recebe o prêmio das mãos dos filhos Gustavo e Graziela Ventura Gargioni

Por Talita Paes Foto Eric Ribeiro/M&E

N

o dia 13 de novembro, o vicepresidente de Marketing, Comercial e Cargas da Avianca, Tarcísio Gargioni, foi homenageado pela terceira vez na carreira com o prêmio de “Personalidade do Turismo 2014”. Essa conquista tripla faz com que ele seja o primeiro executivo de empresa aérea brasileira a fazer parte da “Galeria das Grandes Personalidades”.

“Sinto-me honrado por ter sido escolhido Personalidade do Turismo pela

122 · dez.14

avianca em revista

terceira vez. Agradeço a todos que me prestigiaram com seu voto e também aos organizadores da premiação, cuja maior contribuição é apoiar, informar e divulgar assuntos relevantes do setor aéreo e do turismo”, afirmou Gargioni, que dedicou o prêmio à família e à equipe de colaboradores. Essa é a 13ª edição do evento que premia os brasileiros mais influentes do turismo. Idealizado pelo jornal Mercado & Eventos, com parceria da Associação Brasileira de

Agências de Viagens (Abav) e da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), a premiação aconteceu no Golden Room do Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Nos últimos anos, a Avianca tem aparecido com frequência entre as “personalidades do turismo”. Em 2012, a companhia entrou no ranking das três instituições mais votadas. “Continuarei trabalhando em favor do desenvolvimento e crescimento do turismo brasileiro”, afirmou o vicepresidente.

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 123


xxxxxx

124 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

dez.14

路 125


126 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


B e m -v i n d o w e lco m e

Duas formas diferentes pa r a o s e u entretenimento

Two different ways for your entertainment  Para proporcionar a você uma experiência inesquecível a bordo, selecionamos o melhor do entretenimento adulto e infantil. Você vai encontrar filmes, séries populares de TV, desenhos animados, documentários, esportes e música. For an unforgettable on-board experience, we have chosen the best in adult and children entertainment, featuring films, popular TV series, cartoons, documentaries, sports and music.

Guia de entretenimento de bordo nossos serviços


sistema - a319 e a320

Sistema individual Individual System

Se você estiver a bordo de uma aeronave equipada com monitores individuais, selecione o conteúdo de sua preferência. Nesse sistema, você pode controlar toda a programação e, para iniciá-la, conecte os fones de ouvido no descanso de braço de seu assento. If the aircraft is equipped with individual screens, you will be able to select the content of your choice. If you use this system, you will be able to control your programming. To start using it, connect the earphones to the armrest console of your seat.

Conexão para USB USB port

Tela LCD de 9” 9” LCD Screen

Conexão para fones de ouvido Headphones port

Porta-copos Cup holder

Descanso ajustável para cabeça Adjustable head rest

Descanso retrátil para braços Retractable armrest

Controle remoto Remote control

Tomada Power socket

Você pode utilizar fones de ouvido pessoais You can use your own headphones

Mesa individual Individual tray

Botão para reclinar o assento Seat recline button

Verifique a classificação etária da programação*

L - Livre 10 - Não recomendado para menores de 10 anos 12 - Não recomendado para menores de 12 anos 14 - Não recomendado para menores de 14 anos 16 - Não recomendado para menores de 16 anos 18 - Não recomendado para menores de 18 anos Leg - Programação legendada * A programação presente no entretenimento a bordo está de acordo com as normas vigentes acerca da Classificação Etária Indicativa e legislação civil. O conteúdo selecionado é de inteira responsabilidade do passageiro. Na hipótese de não enquadramento na classificação indicada no Guia de Entretenimento, requeira o bloqueio da programação perante nossos comissários de bordo. 128 · dez.14

avianca em revista


avianca em revista

dez.14

路 129


Somente em voos internacionais / only in international flights

Entretenimento - a319 e a320

Filmes

Movies Lançamentos P r e m i e r e s 14

16

the drop

Maze Runner: Correr ou Morrer

The Drop

The Drop segue um bartender envolvido com dinheiro de bandidos locais. | The Drop follows a

The Maze Runner

A memória de Thomas é apagada e acorda preso em um labirinto enorme. | Thomas

bartender through a scheme of cash to local gangsters.Drama|

memory is erased and wakes up trapped in a

Drama

massive maze.

105Min

Ação | Action 113 Min

16

14

10

Se Nada Der Certo

A 100 Passos de Um Sonho

Se Eu Ficar

Begin Again

The Hundred-Foot Journey

If I Stay

A vida de Gretta muda quando um produtor musical a ouve cantar num bar. | Gretta's life takes a turn when a record producer hears her sing at a local bar.

Comédia | Comedy

Retratação de dois mundos colidindo na motivação de um rapaz para encontrar o conforto do lar em cada panela, onde quer que ele possa estar.| An Indian family opens an eatery across from a French restaurant.

Drama | Drama

104 Min

Mia tinha uma vida familiar e amorosa, mas em um instante tudo estava perdido. Mia had a loving family and life but In an instant everything was lost.

Drama | Drama 107 Min

122 Min

cinema mundial i n t e r n a t i o m a l c i n e m a 16

16 Sonho de Liberdade

Gran Torino

The Shawshank Redemption

Gran Torino

Andrew vai para prisão de Shawshank, quando é acusado de assassinar sua esposa. | Accused of the murder of his wife, Andrew is sent to Shawshank prison

Drama | Drama

Walt é um veterano de guerra que é obrigado a repensar as suas ideias. | Walt is a veteran of the war who is forced to rethink his ideas.

Drama | Drama 116 Min

142 Min

130 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


sÉries E DOCUMENTÁRIOS s e r i e s AND DOCUMENTAR I E S 14

14

14

14

Criminal Minds

Glee

Arrow

Downton Abbey

Criminal Minds

Glee

Arrow

Dead to Rights Drama | Drama

Downton Abbey

Swan Song Musical | Musical

60 Min

60 Min

60 Min

60 Min

The Big Game Drama | Drama

10

Season3. Ep. 5 Drama | Drama

16

16

14

Modern Family

Two and a Half Men

2 Broke Girls

Boardwalk Empire

Modern Family

Two and a Half Men

2 Broke Girls

Boardwalk Empire

Temporada 3 Comédia | Comedy 30 Min

Temporada 9 | Season 9 Comédia | Comedy

And the Big Opening Comédia | Comedy

30 Min

30 Min

14

14

Temporada 1 | Season 1 Comédia | Comedy 60 Min

16

16

The Big Bang Theory

True Detective

House M.D.

The Newsroom

The Big Bang Theory

True Detective

The Long Bright Dark Crime | Crime

The Newsroom

Temporada 5 | Season 5 Comédia | Comedy

House M.D.

Nobody's Fault Comédia | Comedy

The 112th Congress Drama | Drama

30 Min

60 Min

60 Min

60 Min

avianca em revista

dez.14

· 131


Entretenimento - a319 e a320

negócios,tecnologia e vAriedades B u si n e ss , T e c h n o l o g y & V a r i e t y

L

10

14

10

The Link

Impractical Jokers

Bastidores Sinfônica

O Melhor Amigo do Cão

The Link

Impractical Jokers

Brazilian Symphony

O Melhor Amigo do Cão

From Waterwheels to Mega Jets

Episode 2

O Contrabaixo, Timpano e Fagote

60 Min

60 Min

Ava e Gus 30 Minvv

30 Min

L

14

14

10

Cosmos

Mistérios da Arquitetura

Just Kidding

Truques da Mente

Cosmos

Time Scanners

Just Kidding

Machu Pichu

Episode 3

Brain Games

60 Min

30 Min

Hiding In the Light 60 Min

L

10

Experimentos Inusitados How Hard Can It Be?

O Andarilho The Drifter

Homemade Rocket 60 Min

Papai Noel parte 1, Papai Noel parte 2, Sorvete Ano Novo

Liar Liar 30 Min

10

14

L

CQC

Bandnews

BandSPORT

CQC

Bandnews

Bandsport

70 Min

20 Min

Natal

Notícias | News

Eportes | Sports 20 Min

30 Min

132 · dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Crianças kids

L

Turma da Mônica

L

Ultimate Spider-Man

Monicas’s Crew

Ultimate Spider-Man

Vespera de Natal

Why I Hate The Gym

Christmas Eve

30 Min

25 Min

L

14 regular show

Boa Sorte, Charlie!

Regular Show

Slam Duck

Good Lucky, Charlie!

30 Min

Doppel Date 30 Min

L

L

L

Phineas y Ferb

Ben 10 Força Alienígena

O Incrível Mundo de Gumball

Phineas y Ferb

Ben 10 Alien Force

The Amazing World of Gumball

The Secret of Chromastone

The Microwave

30 Min

30 Min

15 Min

Tri-Stone/Doof Dynasty

avianca em revista

dez.14

· 133


Entretenimento - a319 e a320

Vídeos musicais m u si c v i d e o s Artistas convidados / Guest artists

Shows / Concerts

Hits / hits

estaÇÕES de RÁDIO RAD I O S TAT I ON S

Canal 1

Suave / Easy Listening

Canal 2

Channel 2

Clássica / Classical

Canal 3

Rock, Pop e Techno

Canal 4

MPB / Brazilian music

Canal 5

Ritmos Latinos / Latin beats

Calvin Harris ft. John Newman

Canal 6

02 Black Widow

Para Recordar / Oldies

Canal 7

Infantil / Kids

03 Hangover

Canal 8

Channel 8

Top 20 / Top 20

04 Pills N Potions

Canal 9

Smooth Sounds

Canal 10 Channel 10

Happy Season Music

Canal 11

Indie Rock

Channel 1

Channel 3 Channel 4

01 Don't Wanna Go Home Jason Derulo

02 In My Head

01My Christmas

Andrea Bocelli & David Foster

02 The Adventure of Mimi

Jason Derulo

Mariah Carey

Iggy Azalea ft. Rita Ora

03 Lord Don't Slow Me Down

03 Trumpets Jason Derulo

PSY Ft. Snoop Dogg

Oasis

04 Stupid Love

04Top of the Pops: The Collection

Jason Derulo

05 Talk Dirty

Nicki Minaj

05 Chandelier

The 70s

Jason Derulo

01 Blame

05 Edu Lobo 70 Anos

Sia

Channel 5 Channel 6 Channel 7

Channel 9

Channel 11

Edu Lobo

músicas m u si c

Mais de sete horas de música a bordo. Confira algumas faixas que você pode ouvir durante a sua viagem. More than seven hours of on-board music. Check out some tracks you can listen to while traveling.

Suave / Easy listening

Clássica / Classical

Rock, Pop e Techno

MPB / Brazilian music

Ritmos Latinos / Latin beats

Para Recordar / Oldies

Infantil / Kids

Alicia Keys

Schubert - Ave Maria, "Ellens Gesang III

Coldplay

Nando Reis

Carlos Villa

Elly Ameling & Dalton Baldwin

O Mundo é Bão Sebastião

Juanes

The Doors

A Sky Full of Stars

MAGIC!

Chopin Nocturne No. 2 in E flat, Op. 9 No. 2

G.R.L.

Claudio Arrau

Don't

Girl On Fire

Billy Joel Piano Man (Radio Edit)

Céline Dion Because You Loved Me

Coldplay

Rude

Ainda é Cedo Ugly Heart

Jota Quest

Ed Sheeran

Encontrar Alguém

Los Hermanos

Yellow

Charli XCX Boom Clap

134 · dez.14

Marina Lima

avianca em revista

Tenha Dó

Una flor

Alabama Song

Lo más vital

Laura Pausini

Bryan Adams ft Sting, Rod Stewart

Milton Nascimento

Limpido (with Kylie Minogue)

Ricky Martin Vida (feat. Dream Team do Passinho)

Maite Perroni Vas a querer volver

All for Love

The Rolling Stones

Favo de Mel

Philip Lawrence

Wild Horses

It's a Jungle Out Here

Nat King Cole

Idina Menzel

Unforgettable

Let It Go

avianca.com.br


JOGOS

Utilize o controle remoto para curtir os jogos Use the remote control to enjoy the games

games

Animais / Animals

John, o camaleão, tem uma máquina que fabrica animais. Você pode fazer o animal que quiser com ela: copiá-los ou testar sua memória com um jogo de adivinhação. John, the chameleon, owns a machine that makes animals you can make any animals you want with it: copy them or test your memory with a guessing game.

Xadrez / Chess Seja você um principiante ou um expert, de qualquer maneira irá curtir este jogo. Mexa seus peões, cavalos e bispos, enquanto protege seu rei ou corra o risco de receber um cheque-mate. Whether you are a beginner or an expert, you will love this game. Move your pawns, knights and bishops while protecting your king or run the risk of being checkmated.

Desligue o volume do jogo Turn off game sound

Golfe / Golf Você pode competir contra outros passageiros num campeonato de golfe na cabine. Escolha um campo de 9 ou 18 buracos e curta os sons realistas e comentários profissionais num jogo que irá fascinar os amantes deste esporte. You can compete against other passengers in a cabin golf tournament. Choose a 9 or 18-hole course and enjoy the real sounds and professional commentary in a game that will delight the fans of this sport.

Saída Exit

Futebol / Soccer

O jogo oferece uma combinação de modos de ataque e treino, mas é sua autenticidade intrínseca que dá aos jogadores uma experiência de jogar com a ação e movimentos do verdadeiro jogo de futebol. The game combines attack and practice modes, but its intrinsic authenticity that gives the players a real gaming experience with the actions and movements of a real football game.

Sudoku

Paciência / Solitaire

Esperamos que você tenha bastante tempo, porque este jogo é viciante. Pode parecer simples, mas o sucesso de seu jogo depende das cartas que lhes são reveladas e de como você finalmente decide jogar. We hope you have a lot of time as this is an addictive game. it may seem simple, but your success depends on the deal and, ultimately, how you decide to play.

Mover Move

Selecionar Select Milionário / Millionaire

Disney

Entre você e um prêmio de 1 milhão de dólares há 15 perguntas que devem ser respondidas corretamente. Você terá condições de respondê-las facilmente ou terá de contar com ajuda?

O mundo imaginário de Disney é a maneira perfeita para que as crianças aprendam. Este jogo consiste em três atividades, todas relativas ao mundo do Pato Donald, seus sobrinhos e amigos.

Between you and a one-million-dollar prize, there are fifteen questions that must be answered correctly. Will you be able to answer them easily or will you need some help?

The imaginary world of Disney is the perfect way for kids to learn. This game consists of three activities, all of which are set in Donald Duck’s world, with his nephews and friends.

A paciência é a estratégia para matar a charada nesse jogo de lógica e raciocínio. Coloque um número dentro do quadrado, sendo que as fileiras e as colunas não podem conter o mesmo número repetido. Patience is the strategy for solving the puzzle. Place a number inside a square grid and ensure that all rows and columns do not contain the savme number twice.

avianca em revista

dez.14

· 135


sistema - a318

sistema coletivo broadcast

bem-vindo

w e lco m e

O sistema de entretenimento é oferecido assim que o voo se inicia e, para seu melhor conforto, toda a programação de bordo é pensada no tempo de duração do mesmo. Ao se iniciar o voo, a tela se acenderá automaticamente. A partir deste momento, você poderá usufruir os conteúdos que a Avianca lhe oferece. The entertainment system will be available once the flight begins. For your best comfort the programming is base on the duration of the flight. At the beggining of the flight the screen will turn on automatically. From this moment on you may enjoy the contents offered by Avianca.

Escolha no controle localizado no descanso de braço de seu acento, as funções: Canal 1 Conteúdo em Português; Canal 2 Conteúdo em Inglês; Canal 3 Conteúdo em Espanhol; Canal 4 ao 12 Seleção de músicas classificadas por gêneros. Ajuste o volume através do controle (4), conforme sua preferência, e aproveite nossa programação. Choose in the control located in your armrests functions: Channel 1 Content in Portuguese; Channel 2 Content in English; Channel 3 Content in Spanish; Channel 4 to 12 Selection of songs sorted by genre. Adjust the volume to your preference use the control (4) to adjust the volume according to your preference and enjoy our programming. 136 · dez.14

avianca em revista

01

Botão para reclinar a poltrona Seat Recline Button

02

Entrada do Fone Earphone

03

Canais Channels

04

Volume Volume

avianca.com.br


10

10

A 100 Passos de Um Sonho

Winter, o Golfinho 2 Dolphin Tale 2

The Hundred-Foot Journey

Família| Family

Comédia | Comedy

107 Min

122 Min

10

Mistérios da Arquitetura Time Scanners

Machu Pichu 60 Min

16

14

the middle

The Big Bang Theory

The Middle

The Big Bang Theory

Foreign Exchange Comédia | Comedy

The Beta Test Initiation Comédia | Comedy

30 Min

30 Min

10

14

14

O Melhor Amigo do Cão

Modern Family

The Link

O Melhor Amigo do Cão

Modern Family

The Link

Hit and Run Comédia | Comedy

Ava e Gus 30 Min

From Waterwheels to Mega Jets 45 Min

30 Min

14

14

Glee

Cosmos

Glee

Cosmos

Swan Song Musical | Musical

Hiding In The Light 60 Min

60 Min

Músicas m u si c MPB / Brazilian music

Canal 4

Channel 4

Músicas do Mundo / World Music

Canal 5

Channel 5

Canal Avianca / Avianca Channel

Canal 6

Channel 6

Clássica / Suave / Infantil / Kids Easy listening Classical

Canal 7

Channel 7

Canal 8

Channel 8

Canal 9

Channel 9

Ritmos Rock, Pop e Techno / Rock, Latinos / Pop andTechno Latin beats

Canal 10

Channel 10

Canal 11

Channel 11

avianca em revista

Para Recordar / Oldies

Canal 12

Channel 12

dez.14

· 137


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Central de Reservas

Reservations Desk

TRECHOS NACIONAIS NO BRASIL

TRECHOS INTERNACIONAIS

As passagens Avianca podem ser compradas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets via phone, dial:

Para comprar passagens Avianca, basta entrar em contato com a Central de reservas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets, call our reservations desk, dial:

Domestic legs in Brazil

CAPITAIS state capitals

4004.4040

DEMAIS LOCALIDADES other cities

0300 789 8160

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

International legs

0800 891 8668

DEFICIENTES AUDITIVOS hearing impaired

0800 891 1684

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

Siga a Avianca no Brasil:

sac Avianca 0800 286 6543

138 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br


Programa Amigo

O Programa Amigo da Avianca foi criado para estabelecer um relacionamento mais próximo entre você e a Avianca. Também tem por objetivo reconhecer e premiar os clientes mais frequentes. Como nosso amigo, você tem diversas vantagens, benefícios e exclusividade. Funciona assim: a cada viagem você acumula pontos e pode trocá-los por trechos grátis para qualquer destino doméstico operado por nós. Para resgatar esses pontos é fácil, rápido e sem burocracia. Para saber mais, navegue pelo site ou entre em contato com o Atendimento Amigo.

Central de vendas:

4004-4040 0300-789-8160

Resgate Pontos
 Troque seus pontos por um trecho* grátis! (*)Trecho é uma passagem de IDA ou de VOLTA, desde sua origem até seu destino final. Como resgatar pontos Qualquer trecho doméstico com a Avianca dentro do Brasil pode ser resgatado utilizando os pontos acumulados no Programa Amigo. Para resgatar seus pontos e convertê-los em passagens grátis, você pode se dirigir a uma de nossas lojas ou acessar a sua Conta-Amigo, emitindo seu bilhete com toda tranquilidade e rapidez. Acesse www.programaamigo.com.br

Sac:

0800-286-6543(Telefone de atendimento) 0800-286-5445 (Deficientes Auditivos)

www.avianca.com.br

Somos mais de 2.3 milhões de amigos.

Parceiros do Programa Acumule pontos com nossos parceiros O Programa Amigo estará sempre realizando promoções especiais com parceiros para que você conquiste mais pontos e troque por passagens aéreas Avianca.

avianca em revista

dez.14

· 139


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Aviões

aircraft

Airbus a320

162

Airbus a319

132

Comprimento / Lenght (M): 37,57 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,75 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B4 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 77.000LB Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.110 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Comprimento / Lenght (M): 33,84 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,80 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B7 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 75.500 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.850 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Airbus a318

120

Comprimento / Lenght (M): 31,45 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 12,88 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 PW6124A(24.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 68.000 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 5.800 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Mk 28

100

140 · dez.14

avianca em revista

Comprimento / Lenght (M): 35,53 Envergadura / Wingspan (M): 28,08 Altura / Height (M): 8,49 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 RR TAY650 (15.100 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 44.450 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 821 km/h Alcance / Range (km): 3.167 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 35.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 3

avianca.com.br


Rotas operadas pela avianca brasil COLOMBIA Bogotá

Fortaleza

Natal

Juazeiro do Norte

BRASIL

João Pessoa Recife Petrolina

Maceió Aracaju Salvador Ilhéus

Cuiabá

Brasília Goiânia

Campo Grande Belo Horizonte

Rio de Janeiro (SDU e GIG) São Paulo (CGH e GRU) Curitiba

Rotas operadas pela avianca INTERNacional VENEZUELA COLOMBIA ECUADOR BRASIL

LIMA

BOLIVIA PARAGUAY Rio de Janeiro São Paulo

CHILE

ARGENTINA

Florianópolis

Passo Fundo Porto Alegre

BOGOTÁ

PERU

Chapecó

Porto Alegre

URUGUAY

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

Aracaju Belo Horizonte Bogotá Brasília Campo Grande Chapecó Cuiabá Curitiba Florianópolis Fortaleza Goiânia Ilhéus João Pessoa Juazeiro do Norte Maceió Natal Passo Fundo Petrolina Porto Alegre Recife Rio de Janeiro Salvador São Paulo

avianca em revista

dez.14

· 141


Tijuana

Rotas internacionais

international Routes MÉXICO

PORT OF SPAIN

Monterrey

LA HABANA Cancún

Mérida

León Guadalajara Puerto Vallarta CIUDAD DE MÉXICO

PORT-AU-PRINCE

Veracruz

Villahermosa Flores

Acapulco

GUATEMALA

BELICE

Roatán La Ceiba San Pedro Sula

HONDURAS

CIUDAD DE GUATEMALA

TEGUCIGALPA

EL SALVADOR

NICARAGUA

SAN SALVADOR

MANAGUA

Tamarindo Liberia

Tambor Quepos Drake Golfito

San Andrés Santa Marta Barranquilla Cartagena Corozal Montería

Riohacha

Palma Sur

CARACAS

PANAMÁ

CIUDAD DE PANAMÁ

Valledupar Valencia

CARACAS

Medellín

VENEZUELA

Cúcuta

Apartadó

Fortuna SAN JOSÉ

Bucaramanga

Medellín Quibdó Manizales Pereira Armenia Buenaventura Ibagué Cali Neiva Guapi Popayán Tumaco Pasto Florencia

Arauca Puerto Carreño

Barrancabermeja

BOGOTÁ Cali

COLOMBIA

COLOMBIA

Yopal BOGOTÁ Villavicencio

Puerto Inírida

QUITO

San José del Guaviare

Guayaquil

QUITO

Baltra Island San Cristóbal Santa Cruz Manta

Coca

GALÁPAGOS

ECUADOR

Guayaquil Cuenca

Piura

PERÚ

Leticia

Tarapoto

Chiclayo Trujillo

LIMA

PERÚ

LIMA Puerto Maldonado

Cuzco Juliaca

142 · dez.14

avianca em revista

Arequipa

BOLIVIA LA PAZ

Santa Cruz

avianca.com.br


​A partir de 8 de junho de 2014, oito de nossas rotas que chegam e saem da cidade Bogotá serão deslocadas para a Terminal 1 El Dorado. O resto da operação continuará funcionando na Terminal 2 Puente Aéreo.​

CANADÁ

Edmonton Vancouver

Calgary

Seattle Portland Eugene

Minneapolis

Arcata Medford

Denver Sacramento

Portland

Toronto Manchester Rochester Buffalo Syracuse Boston Detroit Chicago Hartford Cleveland Columbus York (JFK) Pittsurgh NewLa Guardia Indianapolis Dayton Newark Harrisburg Cincinnati Philadelphia

ESTADOS UNIDOS

Fresno

Montreal

OTAWA

Kansas City

WASHINGTON

San Francisco Monterrey San José San Luis Obispo Reno Santa María las Vegas Santa Bárbara Los Ángeles Phoenix San Diego

Richmond Roanoke Greensboro

Norfolk Raleigh Durham

Charlotte

Dallas

Kaui

Kona Honolulu

Houston

HAWÁI

Tampa

Orlando Fort Lauderdale Miami

Cancún

CIUDAD DE MÉXICO

MÉXICO CIUDAD DE GUATEMALA

San Pedro Sula

SAN SALVADOR

MANAGUA Liberia

Barranquilla Cartagena

SAN JOSÉ Frankfurt

EUROPA

Medellín Múnich

Cali

PARÍS

BOGOTÁ

COLOMBIA

La Coruña Bilbao San Sebastián Oviedo Pamplona Valladolid Zaragoza

Santiago Vigo

Barcelona MADRID Sevilla Cádiz

Jerez Córdoba Málaga

PERÚ

Valencia Palma de Mallorca Alicante

LIMA

Canarias Gran Canaria

Tenerife

avianca em revista

dez.14

· 143


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Lojas avianca no brasil

avianca sales desks in brazil ARACAJU

Aeroporto Santa Maria Av. Senador Júlio C. Leite, s/nºCEP: 49037-580 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3243-1041

Goiânia

Aeroporto de Goiânia Praça Capitão Frazão, s/nºSetor Santa Genoveva - Goiânia - GO

ilhéus

BRASÍLIA

Aeroporto Int. Juscelino Kubitschek Lago Sul, s/nºCEP: 71608-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9358 Câmara dos Deputados Esplanada dos Ministérios Câmara dos Deputados - Anexo IV - Térreo - Centro CEP: 70160-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3216-9946

Aeroporto de Ilhéus R. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/nºPonta Ilhéus - CEP: 45654-070 (Nova Base 1º- Setembro) - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3231-7957

João pessoa

RIO DE JANEIRO GALEÃO

Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim Av. 20 de Janeiro, s/nºTerminal I - Setor B - 2º- Andar CEP: 21941-570 - Ilha do Governador Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-4648

RIO DE JANEIRO SANTOS DUMONT

Aeroporto Int. Pres. Castro Pinto, s/nºBayeux - CEP: 58308-901 - João Pessoa - PB Tel.: (83) 3232-721

Aeroporto Santos Dumont Praça Senador Salgado Filho, s/nºCEP: 20021-340 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7329

BELO HORIZONTE CONFINS

JUAZEIRO DO NORTE

SALVADOR

CAMPO GRANDE

MACEIÓ

Aeroporto Internacional Tancredo Neves LMG 800 - km 7,9 - s/nºCEP: 33500-900 - Belo Horizonte - MG Tel.: (31) 3689-2688

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes Av. Virgílio Távora, 4.000 - Aeroporto CEP: 63020-470 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3572-1050

Aeroporto Internacional de Campo Grande Av. Duque de Caxias, s/nº- - Vila Serradinho CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3368-6171

Aeroporto Internacional de Maceió Zumbi dos Palmares Rodovia BR 104 Km 91. CEP: 57110-100 - Tabuleiro Maceió - AL Tel.: (82) 3036 5409

CHAPECÓ

natal

Aeroporto Serafim Enoss Bertaso Acesso Florestal Ribeiro, 4.535 Quedas do Palmital CEP: 89805-720 - Chapecó - SC Tel.: (49) 3323-0444

CUIABÁ

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Governador João Ponce de Arruda, s/nºJardim Aeroporto CEP: 78110-900 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3614-2550

Aeroporto São Gonçalo do Amarante Avenida Ruy Pereira dos Santos, 3.100 CEP: 59290-000 São Gonçalo do Amarante - RN Tel.: (84) 3343-6422

PASSO FUNDO

Aeroporto Lauro Kourtz BR 285 - km 287 - Zona Rural CEP: 99050-970 - Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3045-3008

PETROLINA

CURITIBA

Aeroporto Internacional Afonso Pena Saguão Principal , Av. Rocha Pombo, s/nº- - Águas Belas CEP: 83010-900 - São José dos Pinhais - PR Tel.: (41) 3381-1354

FLORIANÓPOLIS

Aeroporto Senador Nilo Coelho BR 235 - km 11 - Zona Rural CEP: 56313-900 - Caixa Postal 403 Petrolina - PE Tel.: (87) 3863-0808

Aeroporto Internacional Salgado Filho Saguão Principal Av. Severo Dullius, 90.010 - Anchieta CEP: 90200-310 - Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358-2393

FORTALEZA

RECIFE

144 · dez.14

avianca em revista

SÃO PAULO

Av. Washington Luis, 7.059 CEP: 04627-006 - Campo Belo - São Paulo - SP Tels.: (11) 2176-1111 / 1110

SÃO PAULO CONGONHAS

Aeroporto Internacional de Congonhas Praça Comandante Lineu Gomes, s/nºSaguão Principal (Embarque) CEP: 04626-911 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5090-9728

SÃO PAULO GUARULHOS

Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro Rodovia Hélio Smidt, s/nº- - Ed. Interligação Balcão Avianca - Terminal I - ASA A CEP: 07143-970 - Guarulhos - SP Tels.: (11) 2445-3576 / 3759

PORTO ALEGRE

Aeroporto Internacional Hercilio Luz Av. Diomício Freitas, 3.393 - Carianos CEP: 88047-900 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4233

Aeroporto Internacional Pinto Martins Av. Senador Carlos Jereissatti, 3.000 Serrinha - CEP: 60741-900 - Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1525

Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães Praça Gago Coutinho, s/nºSão Cristovão - CEP: 41510-045 Salvador - BA - Tel.: (71) 3204-1586

Aeroporto Internacional de Guararapes Gilberto Freyre - Praça Salgado Filho, s/nºImbiribeira - CEP: 51210-902 - Recife - PE Tel.: (81) 3322-4841

avianca.com.br


O serviço de cargas nacional da Avianca se consolida como alternativa de transporte para sua carga ou encomenda, proporcionando uma ampliação na sua rede de atendimento a seus clientes.

Avianca’s domestic freight service has become a reliable transportation alternative for your freight or small parcels, ensuring the expansion of its client checking desk network. • Utilização de voos comerciais da Avianca.• Utilização de voos regionais exclusivos. • Rastreamento da encomenda on-line. • Opção de seguro para transporte. • Sistema simplificado de tarifas. • Flexibilidade no atendimento. • Atendimento nas principais capitais, com coleta e entrega. • Use of Avianca commercial flights. • Use of exclusive regional flights. • On-line tracking of all orders. • Transportation insurance options. • Simplified airfare system. • Flexible services. • Pick-up and delivery services in the main capital cities.

Aracaju - AJU

Fortaleza – FOR

Porto Alegre - POA

Brasília – BSB

GOIÂNIA - GYN​

Recife – REC

Av. Pref. Heraclito Rollemberg, nº 4359, loja 06 CEP: 49042-250 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3251-6192 E-mail: ops.aju@aviancacargo.com.br

Aeroporto Internacional de Brasília Terminal de Logística de Carga Nacional salas 06 e 08 - Térreo CEP: 71608-900 – Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9674 / 3364-9673 E-mail: ops.bsb@aviancacargo.com.br

Campo Grande – CGR

Aeroporto de Campo Grande Hangar Infraero Cargo - Entrada lateral, fundos Jardim Aeroporto CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3363-0444 E-mail: ops.cgr@aviancacargo.com.br

Chapecó - XAP

Acesso Florenal Ribeiro, s/nº – Aeroporto CEP: 89800-000 – Chapecó - SC Tel.: (49) 3328-3747 E-mail: ops.xap@aviancacargo.com.br

Confins - CNF

Aeroporto Internacional Tancredo Neves Terminal de Cargas Rodovia MG 10 – Km 39 CEP: 33400-000 - Confins - MG Tel.: (31) 3689-2683 E-mail: ops.cnf@aviancacargo.com.br

Cuiabá - CGB

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Gov. João Ponce Arruda, s/nº - Jardim Aeroporto CEP: 78110-100 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3029-7001 E-mail: ops.cgb@aviancacargo.com.br

Curitiba – CWB

Aeroporto Internacional Afonso Pena Teca Infraero – Carga Doméstica Av. Rocha Pombo, s/nº CEP: 83010-900 – Curitiba - PR Tel.: (41) 3381-1350 / 3381-1364 E-mail: ops.cwb@aviancacargo.com.br

Florianópolis - FLN

Av. Deputado Diomício de Freitas, nº3393 CEP: 88047-400 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4201 E-mail: ops.fln@aviancacargo.com.br

Av. Senador Carlos Jereissatti, nº 3000 - Serrinha CEP: 60740-900 – Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1717 E-mail: ops.for@aviancacargo.com.br

Av.Vera Cruz,nº463​ Qd 34A, Lote SI 02​ CEP:74675-830 - ​Goiânia - GO​ Tel.: (62) 3434 6364 / 6369 E-mail: ops.​gyn​@aviancacargo.com.br

ILHÉUS - IOS

Rua Bonfim, s/nº, Bairro Pontal CEP: 45654-050 - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3633 4837 E-mail: ops.ios@aviancacargo.com.br

João Pessoa - JPA

Aeroporto Internacional de João Pessoa Terminal de Cargas Nacional Av. Marechal Rondon, s/nº CEP: 58308-000 - Bayeux - PB Tel.: (83) 3232 7674 / 3232 1637 E-mail: ops.jpa@aviancacargo.com.br

JUAZEIRO DO NORTE - JDO Rua: São Francisco, nº 821 - Centro CEP: 63010-215 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3512-2648 E-mail: ops.jdo@aviancacargo.com.br

Natal - NAT

Av. Rui Pereira dos Santos, nº 3100, loja 03 CEP: 59290-000 - São Gonçalo do Amarante - RN Tel.: (84) 3645-6896 / 3201-1439 E-mail: ops.nat@aviancacargo.com.br

MACEIÓ - MCZ

Conjunto Parque dos Palmares, 02 Qd I CEP: 57100-000 - Rio Largo - AL Tel.: (82) 3342-3554 E-mail: ops.mcz@aviancacargo.com.br

Passo Fundo - PFB

Aeroporto Regional de Passo Fundo BR 285 - KM 287 – Zona Rural de Passo Fundo CEP: 99050-970 – Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3311-4993 E-mail: ops.pfb@aviancacargo.com.br

Av. Severo Dullius, s/nº, Portão 06 Infraero – São João CEP: 90200-310 – Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358 2399 E-mail: ops.poa@aviancacargo.com.br

Aeroporto Internacional de Guararapes Praça Ministro Salgado Filho, s/nº, Teca 2 Infraero CEP: 51210-010 – Recife - PE Tel.: (81) 3322-4724 E-mail: ops.rec@aviancacargo.com.br

Rio de Janeiro - Santos Dumont - SDU Aeroporto Santos Dumont Av. Almirante Sílvio de Noronha, nº 399, Cabeceira Sul CEP: 20231-030 – Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7577 E-mail: ops.sdu@aviancacargo.com.br

RIO DE JANEIRO - GALEÃO - GIG Estrada do Galeão, s/nº - Terminal de Cargas - Aeroporto Velho do Galeão CEP: 21941-510 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-7031 E-mail: ops.gig@aviancacargo.com.br

Salvador – SSA

Área Industrial, nº 15A, Teca Infraero Doméstico Aeroporto CEP: 41500-570 – Salvador - BA Tels.: (71) 3204-1129 E-mail: ops.ssa@aviancacargo.com.br

São Paulo - Congonhas CGH Av. Pedro Bueno, 1382 - Jardim Aeroporto CEP: 04342-001 – São Paulo - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021 E-mail: cerca@aviancacargo.com.br

São Paulo - Guarulhos GRU Aeroporto Internacional de Guarulhos Rodovia Helio Smidt, s/n – Terminal de Cargas Nacional CEP: 07141-970 – Guarulhos - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021

Petrolina - PNZ

Rua Ana Nery, 40 - Vila Mocó CEP: 56304-500 - Petrolina - PE Tel.: (87) 3031-6585 E-mail: ops.pnz@aviancacargo.com.br

www.aviancacargo.com.br avianca em revista

dez.14

· 145


expediente

Colaboradores Presidente: José Efromovich Vice-presidente de Marketing e Comercial: Tarcisio Gargioni Conselho Editorial: Flavia Zulzke – Gerente de Marketing Fernanda Coelho – Analista de Marketing Felipe Coutinho – Assistente de Marketing Marketing Avianca: Gabriel Lago - Coordenador de Marketing Rozze Angel

Simone Farret

Carla Palmieri

e m

Adonis Alonso

Tatiane Greco

Paulo Greca

Fabio Kanczuk

Patrícia Maldonado

Eric Pomi

Renata Maranhão

Ricardo Oliveros

Vitor Cardoso

Diretor Executivo Carlos Koga - c.koga@midiaonboard.com.br Editor Fredy Campos - redacao@aviancaemrevista.com.br Jornalista Responsável Camila Balthazar - camila.balthazar@aviancaemrevista.com.br Marketing Priscila Soares -priscila@aviancaemrevista.com.br Publicidade Marcelo Simões - marcelo@aviancaemrevista.com.br Departamento Financeiro Jane Elaine - jane@midiaonboard.com.br Produção Salvador Nazarre e Otávio Yamasaki Projeto Gráfico Agência Sampling Designer Lisiane Dressler Edição de Imagem Graziela Ventura Revisão TGA Idiomas

Fundada em 2002 avianca.com.br AviancaBrasil AviancaBrasil AviancaBrasil Avianca

re v is t a

blog.avianca.com.br AviancaBr

PARA ANUNCIAR comercial@aviancaemrevista.com.br +55 11 5505-0078

central de reserva 4004-4040 outras cidades 0300-7898160 SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor SAC 0800-286-6543 Atendimento ao deficiente auditivo: 0800-286-5445

Colaboraram nesta edição Fabio Kanczuk, Adonis Alonso, Renata Maranhão, Marcelo Faustini, Carla Palmieri, Roberto Salgado, Tatiane Greco, Vitor Cardoso, Rozze Angel, Ricardo Oliveros, Talita Paes, Paulo Greca, Eric Pomi, Alexandre Puchalsck, Marcella Klimovicz, Daryan Dornelles, Ailthon Takishima, Silvia Camargo, Erica Monteiro e Guto Moraes Agradecimentos Ingrid Guimarães, Felipe de Carolis, Fhabi Hanna, Denise Fraga, Gloria Coelho, Grupo Gaviota e Antonio Carlos Nasraui

SELO

e m

A Avianca em Revista é uma publicação da Editora Drops, sob a licença da empresa aérea Avianca, distribuida exclusivamente a bordo das aeronaves nos voos nacionais. As pessoas que não constam do expediente da revista não tem autorização para falar em nome da revista. É necessário uma carta de autorização, atualizada e datada em papel timbrado assinada pelos editores. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos autores e fica expressamente proibido a reprodução total ou parcial sem autorização prévia.

r e v i s t a

MIgUeL FaLaBeLLa “SEMPRE QUIS O PALCO. NUNCA QUIS OUTRA COISA NA MINHA VIDA”

NO Mar emBaRQue em um cRuZeiRo peLo caRiBe CharMe de BÚZIOs BaLNeÁRio de 23 pRaias pRa todos os Gostos daNI CaLaBresa eNtRevista com a comediaNte Que JÁ foi tÍmida e hoJe Não peRde uma piada

#48_Julho.indd 1

6/24/14 17:17

Editora Drops (55 11)5505-0078 aviancaemrevista.com.br

Confira as edições anteriores em www.aviancaemrevista.com.br

146 · dez.14

avianca em revista

Tiragem 35.000 exemplares. Todos os direitos reservados. Auditado pela

Impressão Log & Print Gráfica e Logística

avianca.com.br


xxxxxx

148 路 dez.14

avianca em revista

avianca.com.br

#53 - Ingrid Guimarães  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you