Issuu on Google+

EM REVISTA

e m

r e v i s t a

www.aviancaemrevista.com.br

Daniel Alves O lateral direito da seleção já é campeão

ANO VII #47 JUN.14

The Palm Beaches Entre Miami e Orlando, a Flórida ainda guarda um segredo Niterói Muito mais do que a melhor vista do Rio de Janeiro Vik Muniz A arte do brasileiro, que já rodou o mundo, chega a Porto Alegre


presidente

The Cup of Friendship

A Copa da Amizade

Besides talent and good education, higher business studies are recently considering an attribute as being essential: the level of relationships of a professional, whether he is a leader or a collaborator; his abilities of creating consistent bonds with other people, in other words, friendships. What used to be a goal only in our personal lives to obtain more emotional satisfaction – after all, who does not like to be surrounded by friends? – is now an influence in our careers and businesses. We, from Avianca, are aware of the importance of friendships – not by chance, our fidelity program is called Friend. When looking at our clients as our friends, to whom we must provide with the best service possible, as friends do, we are defining a business model that has a motto that says “It’s for you”. A great global sport event starts this month, the World Cup. We see it as a great opportunity, not only to serve clients from all over the world, but also to expand and strengthen our friendships, whether it is by cheering with our friends for our national team, or by making new friendships with the people that will pass through the 12 host-cities and through all the country. Much more than a sport competition, the World Cup must be recognized for its gathering of people with parties, respect and joy. The Cup of Friendships. For this busy season, Avianca has reinforced its team of collaborators to best serve its passengers as ‘unique’. Everyone, no matter where they come from, will be well received and well served. It will be our party! To guarantee the excellence of our services, the Avianca team was submitted to more than 50 thousand hours of training, so the satisfaction and the efficiency are right by the end. It is time to celebrate among the thousands of tourists that are arriving in Brazil, not only because of the sport, but also to know the grandeur of our country, its beauty and culture. We wish an even bigger success to our national soccer team: the unprecedented achievement of a sixth World Cup title. To all our friends, a great reading and an excellent trip!

Além do talento e da boa formação, os estudos mais avançados de gestão passaram, recentemente, a exaltar uma característica como fundamental: o grau de relacionamentos do profissional, seja um líder ou um colaborador, e sua capacidade de estabelecer laços mais consistentes com outras pessoas. Definindo em uma palavra, amizades. O que antes se limitava à nossa vida pessoal, como um objetivo a ser atingido para obter mais satisfação emocional - afinal, quem não gosta de estar cercado de amigos? - agora influencia também as carreiras e os negócios. Nós, da Avianca, temos consciência da importância das amizades. Não por acaso, nosso programa de fidelidade se chama “Amigo”. Ao encararmos nossos clientes como amigos, aos quais devemos prestar o melhor serviço possível - como os amigos merecem - estamos definindo um modelo de negócios, que tem por lema “É por você”. Neste mês, começa o grande evento esportivo global, a Copa do Mundo. Vemos nela uma grande oportunidade, não só de servir clientes de todo o mundo, mas também de ampliar e fortalecer as amizades, seja torcendo junto com os amigos por nossa seleção, seja fazendo novas amizades com pessoas que circularão pelas 12 cidades-sedes e por todo o País. Muito mais do que uma mera disputa esportiva, a Copa do Mundo deve ser marcada pelo congraçamento de todos, com festa, respeito e alegria: a Copa das Amizades. Para esse período de maior movimento, a Avianca reforçou seu time de colaboradores para melhor servir aos passageiros, como se fossem únicos. Todos, independentemente de onde venham, serão bem recebidos e bem atendidos. Será a nossa festa! Para garantirmos a excelência dos serviços, a equipe da Avianca foi submetida a mais de 50 mil horas de treinamento. Tudo para, ao final, a satisfação e a eficiência serem certas. O momento é para festejar e festejar ao lado de milhares de turistas que aportarão no Brasil, não só pelo futebol, mas para conhecer a grandiosidade do nosso país, suas belezas e sua cultura. Desejamos ainda o maior sucesso à seleção brasileira: a conquista inédita de um sexto título mundial! A todos os nossos amigos, uma ótima leitura e excelente viagem!

José Efromovich President

José Efromovich Presidente


SLIDE

Machu Picchu, Peru Foto:Marcos Trinca


U

ma das sete maravilhas do mundo moderno, Machu Picchu guarda os vestígios da antiga cidade Inca, construída no século XVI. Considerado um lugar sagrado e mágico, suas ruínas foram descobertas apenas em 1911 pelo norte-americano Hiram Bingham, aficionado por arqueologia, que buscava a “cidade perdida”. Essa história, inclusive, inspirou a criação de Indiana Jones.


sumário JUNHO de 2014 • edição 47

86

EXPOSIçÃO

Porto Alegre recebe mostra do artista Vik Muniz

102

Sabores

118

PET STYLE

126

Performance

Onde comer em seis cidades-sedes da Copa

58

Seu bichinho de estimação no trabalho

Aqui é bola na cesta

front

DANIEL ALVES

44

Entrevista

48

65

Niterói

ARTE

72

MÔNICA MARTELLI

Turismo nacional

Museu do futebol

The Palm BeachES

Autora faz comédia com a incansável busca pelo grande amor

Clima provinciano com praias lindas e arquitetura de Niemeyer

O melhor “esquenta” para a Copa é no museu

Entre Miami e Orlando, a Flórida ainda guarda um segredo

Turismo internacional


Editorial #47 Daniel Alves tem samba no pé e sorriso pra dar e vender. Poucos dias antes de entrar na concentração com os demais jogadores da seleção brasileira, o lateral direito encontrou com a equipe da Avianca em Revista para a produção da capa desta edição. A expectativa para a Copa é de vitória, claro, mas Daniel falou muito mais. Da infância no povoado baiano de Umbuzeiro à vida em Barcelona, na Espanha, o jogador lembrou os momentos mais marcantes de sua vida e contou sobre suas paixões fora do campo. Para aqueles cuja grande paixão está mesmo dentro do gramado, o Museu do Futebol, localizado em São Paulo, desperta boas lembranças do esporte e traz um histórico das últimas Copas. É verdade que todos estão de olho na Arena Corinthians, campo paulistano que sediará as partidas, mas é lá, no Estádio do Pacaembu, que o passado futebolístico ganha vida. Já que o assunto é museu, quem estiver em Porto Alegre não pode perder a primeira exposição individual de Vik Muniz no sul do Brasil. O artista brasileiro, famoso internacionalmente, reúne obras da sua trajetória e apresenta trabalhos inéditos no Santander Cultural. Já ouviu falar de West Palm Beach, na Flórida? A cidade fica entre Miami e Orlando, mas ainda guarda um “quê” de lugar secreto. Pouco conhecida dos brasileiros, a região tem um glamour vintage, com praias de mar azul quase caribenho, ruas badaladas com lojas exclusivas, campos de golfe e clubes de polo, boa gastronomia e um outlet recém-inaugurado. Depois de passarmos uma semana explorando a região, uma única pergunta pairava no ar: por que nunca havíamos estado lá antes? Outro destino que muitos passam perto, mas nem sempre visitam, é a carioca Niterói. Conhecida por ter a melhor vista do Rio de Janeiro, a cidade tem muito mais a oferecer. Apenas para aguçar a curiosidade: Niterói é a segunda no mundo em número de construções do arquiteto Oscar Niemeyer, tem diversos museus charmosos, um pertinho do outro, cinco fortes emoldurando as praias com vista para o Cristo Redentor e o morro Pão de Açúcar. Tudo isso do lado do Rio de Janeiro, ou seja, superfácil de chegar. Resumindo, as próximas páginas vão despertar aquela vontade de sair por aí viajando - se é que um dia essa vontade passa. Bom voo e até a próxima!

FREDY CAMPOS redacao@aviancaemrevista.com.br

Museu de Arte Contemporânea, em Niterói

Foto – Ricardo Penna Beauty – Maria Cecília Macedo Direção Criativa – Marco Antonio Ferraz Assistente de Direção – Luciana Sposito


BASTIDORES

Fernanda Coelho, Raul Neto, Maria Cecilia Macedo, Tatiane Greco, Daniel Alves, Marco Antonio Ferraz, Ricardo Penna, May Biolli, Luciana Sposito e Camila Balthazar

22 · JUN.14

avianca em revista

Às vésperas da Copa do Mundo, Daniel Alves viajou de Barcelona, na Espanha, quase direto para a concentração brasileira, no Rio de Janeiro. Entre uma escala e outra, parou em São Paulo por alguns dias, onde encontrou nossa equipe para fotografar a capa desta edição. O jogador curtiu uma manhã de clicks no Shopping Cidade Jardim, criando seus próprios looks. Quem acompanha o atleta na mídia e nas redes sociais já deve ter percebido que ele é fã de moda e manda bem no visual. Fotografia de Ricardo Penna, beleza de Maria Cecília Macedo, direção criativa de Marco Antonio Ferraz e Luciana Sposito como assistente de direção. O time deu um show.

avianca.com.br


we

Avianca

envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br ou utilize o instagram #aviancaemrevista Angélica Blodow e Ana Lucia Silva Porto Velho para Porto Alegre

Alexandre Oliveira

Aline Ezaki e Valeria Araujo Guarulhos para Cuiabá Raul Lourenço, Glaucia Silva e Bruno Oliveira Solange e Ademir Gama Rio de Janeiro para São Paulo

Victor Zacharias Cuiabá para São Paulo

Lucas Silveira (Fresno)

24 · JUN.14

avianca em revista

Maria Angela Curaça São Paulo para Porto Alegre

Everton Bomfim Aracaju para São Paulo

Rita Velloso

Gilmara Maia

Vinicius Matos Porto Alegre avianca.com.br


ponto de vista

Pessoas mal-humoradas

possuem inteligência mais afiada

shutterstock

PORRENATAMARANHÃO

S

e por acaso você já discutiu com alguém inteligente sobre qualquer coisa, especialmente crenças infundadas, logo vai se lembrar de como foi surpreendido com contra-argumentos relevantes, com os quais você não contava, derrubando o que você acreditava com explicações amarradíssimas, eloquentes e ordenadas. Não quer dizer que a pessoa estava certa, mas ao estar convencida de que estava correta e com rápida capacidade de raciocínio, a pessoa inteligente argumentou melhor. O que se descobriu agora é o que “afia” a inteligência: mau humor e tristeza. Um estudo capitaneado pelo cientista Joseph Forgas, da Universidade de Nova Gales do Sul, em Sydney, na Austrália, e publicado na revista científica “Australasian Science”, informou que mau humor e tristeza afiam a inteligência, melhoram a capacidade de julgar os outros, aumentam a memória e facilitam um pensamento mais prudente. E, ainda, que a tristeza melhora as estratégias para processar a informação em situações difíceis. Capacidade de julgar os outros, sim, mas prudência não é a palavra que me remete a um antigo chefe. Mau humor, sem dúvida! Mas o mau humor, por si só, e especialmente numa empresa, torna insustentável a convivência de uma equipe. Desestabiliza, desmotiva, compromete a produtividade e espanta talentos. Mas depois desse estudo, imagine se empresas resolvem contratar pessoas para cargos de chefia baseadas no mau humor, já que seriam mais inteligentes? Os funcionários bem humorados não seriam demitidos, mas o “desvio de comportamento” seria notado e prontamente corrigido com treinamentos. Testes seriam desenvolvidos para mensurar os níveis de mau humor em cada ambiente da empresa para manter algum padrão de “excelência”. Este meu chefe era muito avant-garde.

Renata Maranhão é jornalista e apresentadora

26 · JUN.14

avianca em revista

Uma coisa não podemos discutir: pessoas mal-humoradas são engraçadas. Haja vista o sucesso do último personagem de Matheus

Solano, o tão falado Félix. Ou os anos seguidos de sucesso e prêmios de Dr. House, aclamada série norte-americana, com o médico mais mal-humorado do planeta, interpretado pelo ator Hugh Laurie. Pesquisas vão e vêm e esta não é diferente. Feito há alguns anos, provavelmente nada se aproveitou deste estudo, a não ser o eco ao associarmos o mau humor à inteligência. Afinal, nada mais controverso com o que aprendemos e procuramos em nossa cultura, pois não há nada melhor do que estar de bom humor, sorrir e encontrar felicidade nas coisas simples, desde o bate-papo com amigos até o pôr do sol no meio do trânsito caótico de uma grande cidade. A risada sempre foi considerada um santo remédio, mesmo antes de Cristo. Na Grécia antiga, a cidade de Atenas abrigava um centro em que se misturavam arte, filosofia e medicina. Tratamentos eram feitos com espetáculos, peças de teatro e a casa de comediantes, onde os doentes riam e se curavam. No século XVI, era comum os médicos receitarem ler histórias engraçadas. De acordo com os sábios da época, a alegria dilatava e aquecia o organismo, enquanto a tristeza contraía e esfriava o corpo. Já no século passado (outro dia), o americano Norman Cousins conta em seu livro, “Anatomia de Uma Doença”, como se curou de uma moléstia grave assistindo a seriados cômicos pela TV. Portador de uma doença degenerativa, Cousins chegou a ser diagnosticado com poucos meses de vida pelos médicos. Ele se deu alta, contratou uma enfermeira e foi morar, quase paralisado, em um hotel, onde recebia os amigos e assistia a comédias na TV. As risadas e o bom humor lhe garantiram uma sobrevida de 15 anos. Agora, convenhamos, é humanamente impossível uma pessoa conseguir ser todo tempo mal-humorada e muito menos bem-humorada. Porque ser, de verdade, somos apenas seres vivos, seres humanos. O resto, apenas “estamos”. avianca.com.br


ECONOMIA

O governo que gritava

“lobo”

shutterstock

POR FABIO KANCZUK

O que fazer para recuperar a credibilidade perdida? Será que os juros vão ter que subir muito e a economia desacelerar ainda mais? Melhor proteger minhas ovelhas?

A discreta guinada na política econômica Os primeiros três anos do governo Dilma se caracterizaram por abandonar a ortodoxia macroeconômica. As conquistas arduamente conseguidas durante o governo FHC e mantidas por Lula foram, aos poucos, sendo perdidas. Mas, nos últimos poucos meses, algo parece ter acontecido. No lado fiscal, o Ministério da Fazenda declarou que vai parar com os pequenos truques contábeis, que faziam o resultado primário do governo parecer melhor do que realmente era. Além disso, restringiu a liberdade da União de não compensar as faltas dos Estados e Municípios e criou uma meta de resultado mais realista. No lado monetário, o Banco Central subiu os juros em quase 4 pontos percentuais, mesmo com a atividade econômica mostrando sinais de fraqueza, com o intuito de trazer a inflação de volta para a meta. Contudo, apesar da implementação dessas políticas de sabor ortodoxo, os preços dos ativos e a opinião dos economistas ficaram inalterados. Ninguém acreditou que as intenções do governo eram legítimas. A reação foi esperar para ver e, só então, crer. Nada mais natural. Após três anos sendo enganados, os pastores ignoraram o grito de “lobo” e deixaram suas ovelhas pastarem livremente.

A teoria da reputação Fabio Kanczuk é engenheiro pelo ITA, PhD em Economia pela UCLA com pós-doutorado em Harvard, além de professor titular do departamento de Economia da USP

28 · JUN.14

avianca em revista

Embora reputação (ou credibilidade) seja um conceito meio intangível, seu preço pode ser medido e costuma ser bastante alto. Uma forma é calcular o custo, em termos de queda

de crescimento ou perda de empregos, para reduzir o nível de inflação. O que se nota é que governos sem reputação (aqueles que deixaram de cumprir com suas metas nos últimos anos) precisam subir muito mais os juros e machucar muito mais a economia para conseguir trazer a inflação de volta. Em vista desse fato, a Teoria Econômica faz duas recomendações: primeiro, trate sua reputação com muito carinho, resista bravamente à tentaç��o de perdê-la. Ou, alternativamente, opte por perdê-la somente uma vez, quando o jogo já estiver no final; segundo, para recuperar a reputação, o melhor é se reinventar, criar uma nova identidade e arrumar uma forma de se afastar do passado. No caso da condução de política monetária e fiscal, essa solução é simples: basta trocar o ministro da Fazenda e o presidente do Banco Central. Essa simples medida tem um imenso efeito sobre a expectativa dos agentes econômicos e, por consequência, sobre os preços dos ativos.

Comigo ou “sem migo” Agora já não dá mais tempo, tem Copa do Mundo e depois já começa a campanha. Os jogos fiscal e monetário ficam para depois das eleições. Se der Aécio ou Campos, os ministros automaticamente são trocados e, tudo indica, a escolha será por pessoas que já carregam credibilidade consigo. Se der Dilma, é uma incógnita. A opção de não fazer a troca revela que o governo não está preocupado em recuperar sua credibilidade. Neste caso, é melhor deixar minhas ovelhas no pasto. avianca.com.br


MUNDO digital

Efeito

borboleta

POR SILVIA CAMRGHO

U

shutterstock

ma sucessão de eventos teve início em julho do ano passado, com a publicação de uma reportagem produzida pelo jornalista Glenn Greenwald, correspondente do jornal britânico The Guardian, com alegações de que a agência americana NSA tinha tido acesso a todo conteúdo que a presidente Dilma Rousseff havia visitado na internet, inclusive seus e-mails. Pouco tempo depois, uma nova reportagem do mesmo jornalista alegava que a agência americana havia acessado informações da Petrobrás, que estava a apenas um mês de um importante leilão de direitos de exploração de um campo de petróleo para além da costa do Rio de Janeiro. Dava-se início a uma sucessão de desdobramentos, o primeiro deles no início de setembro, em que a presidente anunciava o cancelamento de uma viagem oficial a Washington e dirigia duras e abertas críticas aos Estados Unidos por monitorar nossa rede digital.

Silvia Camargho é diretora de marketing na empresa JHSF e apaixonada pelas transformações de um mundo cada vez mais digital

30 · JUN.14

avianca em revista

O próximo capítulo foi o anúncio, em outubro, dos planos para realização de um encontro que reuniria lideranças mundiais para discutir e determinar como a internet deveria ser governada, mas, definitivamente, era a hegemonia americana que estaria em questão. O governo se esforçou para aprovar, antes deste encontro, batizado de NetMundial, o Marco Civil Regulatório, que passa a regular os direitos e deveres relativos à internet e com impactos diretos a seus principais “players”, no caso os gigantes digitais, de quem sempre tratamos nesta coluna - Google, Facebook e Twitter. Gigantes que, inclusive, se opuseram a alguns pontos, como a proposta inicial do governo de que players estrangeiros teriam que armazenar os dados a respeito de cidadãos brasileiros nos limites de suas fronteiras. Para que o Marco não emperrasse e para que o desenrolar

dos fatos não fosse interrompido, o governo cedeu e o texto agora diz que estas empresas estão sujeitas às leis nacionais de privacidade, ainda que os dados estejam armazenados fora do país em suas matrizes. Venceu a liberdade de expressão, aspecto importantíssimo no meu ponto de vista, o direito à privacidade e os princípios da neutralidade na internet. Considero isto uma vitória. Foi então que, na véspera do início da NetMundial, no final de abril, o Senado aprovou o Marco, que vem sendo chamado pela imprensa internacional de “Constituição da Internet”. Algo como 850 representantes de estado, acadêmicos, técnicos e até Sir Tim Berners-Lee, criador da internet, estiveram presentes em São Paulo para dois dias de evento. O objetivo foi acordar princípios compartilhados e ressaltar questões específicas, que possam servir de base para futuras discussões a respeito da governança na internet. Virgilio Almeida, chairman do evento, estressou a noção de responsabilidade compartilhada, mas muitas cabeças significam muitas sentenças, e as opiniões divergiram em seus caminhos. Enquanto uns - Austrália e Europa - recusam a ideia de um envolvimento maior das Nações Unidas, por acreditarem que a responsabilidade não deva estar com um grupo dominado por governos, alguns países árabes e do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) desejam que as deliberações aconteçam dentro das Nações Unidas, por exemplo. O sopro de verdade, dado por Edward Snowden, há um ano, sem dúvida alterou o curso das coisas e sacudiu muitas das bases deste já dinâmico e vasto mundo que chamamos de digital. avianca.com.br


sabedoria

O jogo da

shutterstock

PORYonatan Shani

vida

T

alvez um dos grandes questionamentos que o homem sempre fez e sempre fará é sobre o sentido da vida e o que, de fato, buscamos. Independentemente da cultura à qual pertencemos, da língua que falamos, de nossa condição social ou da profissão que escolhemos, todos nós estamos sempre nos movendo em busca de algo. E o que é esse “algo” que buscamos? Ao longo dos muitos anos que me dedico ao estudo e ensinamento da Kabbalah, sempre me deparo com respostas muito semelhantes. Não importando o que temos como meta - uma brilhante carreira, relacionamento, dinheiro, saúde - muita gente vive com um vazio que nem sabe o que é ou como preenchê-lo. Se pensarmos em saúde como um exemplo, podemos dizer que hoje temos mais conhecimento sobre o corpo humano, remédios e tratamentos do que em qualquer outro momento da história. Mas, mesmo com toda a tecnologia e conhecimento sobre este tema, ainda sentimos que precisamos de mais. Mas quanto mais? Qual é a meta final da área da saúde? Provavelmente, quando ninguém mais ficar doente e quando a medicina for completamente preventiva. Quando não houver mais mortes. Se ninguém mais morrer, estaremos, finalmente, todos felizes, satisfeitos e não buscaremos nada mais? Sem dúvida, ainda buscaremos. Mas como seria possível, então, nós ainda estarmos insatisfeitos, mesmo se o que quiséssemos fosse ilimitado?

Yonatan Shani é édiretor do Kabbalah Centre do Brasil e professor de Kabbalah há mais de 25 anos

32 · JUN.14

avianca em revista

A Kabbalah tem uma explicação bastante simples para esse dilema. O que é Kabbalah? A palavra Kabbalah significa “receber”. Mas por que esse estudo tão profundo e milenar se chamaria algo tão banal quanto “receber”? Simplesmente porque receber, como vimos, é a grande busca, consciente ou inconsciente, do ser humano. Mas o que queremos receber?

A Kabbalah nos ensina que, do mesmo jeito que todas as pessoas mais estudiosas do planeta falaram que “quanto mais sei, mais sei que nada sei”, nós também buscamos o infinito em todas as áreas da nossa vida. Algo dentro de nós nunca vai parar ou se satisfazer com nada menos do que o infinito porque nós viemos do infinito. Como diz Sting, “nós somos almas dentro de um mundo material”. Como almas, já tivemos o gosto de ter todo, todo o amor, todo o conhecimento, todo… só que faltava uma pequena coisinha, faltava a sensação de merecimento, faltava a forma de compartilhar, reciprocar de tal maneira que pudéssemos nos sentir bem recebendo. Muita gente está em busca do amor, da sua outra metade, só que quando questiono as pessoas sobre isso, a resposta é sempre que estão buscando alguém bem mais rico, saudável e inteligente que eles. A minha pergunta é: como você vai se sentir ao lado de alguém que é muito mais que você em tudo? A resposta é: muito pequeno. Os kabbalistas sempre nos ensinaram que o universo nos oferece muito mais do que podemos imaginar. Porém, recebemos exatamente o quanto estamos preparados para compartilhar. Com isso, revelamos um conceito muito simples e que resume toda a essência da Kabbalah: nós criamos nossa própria realidade. A realidade manifestada ao nosso redor é fruto de quanto estamos dispostos a nos tornar donos, responsáveis pela nossa realidade. O ser humano não terminará sua busca constante por “receber” se conseguir o carro, ou todo o dinheiro ou toda a felicidade junto à sua família. Ele só estará preenchido quando conseguir manifestar seu verdadeiro propósito aqui na terra e vencer nesse jogo chamado “o jogo da vida”. avianca.com.br


saúde

Como

transpirar menos

shutterstock

PORANDREAGODOY

Uma das coisas mais desagradáveis para o bem estar individual é suar excessiva e descontroladamente, mesmo estando fora do calor. Fique atento às dicas desta edição e dê um “basta” ao constrangimento causado por esse problema que acomete boa parte da população

H

iperidrose: esse é o nome dado à produção excessiva de suor nas axilas, face, pés e mãos. As principais queixas relacionadas a essa condição estão ligadas ao constrangimento causado, tanto nos relacionamentos pessoais, em eventos sociais, familiares ou de trabalho, como pela dificuldade em se executar tarefas simples, como andar, correr, escrever, digitar, oferecer um simples aperto de mãos ou até mesmo um abraço. O uso de antitranspirantes, de uma maneira geral, auxilia no controle, mas não resolve os casos mais graves. Uma boa

opção, não invasiva, para tentar solucionar o problema é utilizar medicamentos que bloqueiam determinados receptores. Para isso, é imprescindível ser submetido a uma minuciosa avaliação médica com a realização de exames complementares de controle, uma vez que a automedicação, assim como o uso indiscriminado de remédios, podem causar reações, tais como vermelhidões inesperadas, ondas de calor, tremores, desatenção, desorientação, além de taquicardia, alterações visuais e da diurese, entre outras.

Existem três opções possíveis e eficazes para o tratamento da hiperidrose:

1. U tilização

do Miradry. Equipamento moderno de micro-ondas, que minimiza a ação das glândulas sudoríparas. A tecnologia chegou este ano ao Brasil e está disponível em alguns consultórios, porém a um custo elevado.

2. Realização de cirurgia (toracotomia) com

Dra. Andrea Godoy é médica dermatologista e membro efetivo da SBD CRM 97673

34 · JUN.14

avianca em revista

secção de nervos. Esse procedimento, apesar de ser definitivo na solução local do problema, implica em internação hospitalar, sedação, anestesia e pode ter, como efeito colateral, o aparecimento da hiperidrose em outros locais, que antes não apresentavam tal condição. Ou seja, se interrompe a hiperidrose nas axilas e a pessoa passa a apresentar o problema nas palmas das mãos, por exemplo.

3. Finalmente, a mais simples, que tem uma relação adequada e justa nos quesitos custo, benefício e risco: aplicação de toxina botulínica, o Botox, na região afetada. O procedimento demora de 15 a 20 minutos, é feito no consultório médico, utiliza anestesia em creme ou local e oferece boa resolução na grande maioria dos casos, com pouco ou nenhum efeito colateral significativo. A durabilidade varia de 6 a 8 meses e, após esse período, são feitas reaplicações para que o efeito do tratamento fique cada vez maior, melhor e o problema, progressivamente, menos grave. Informação com clareza simplifica e deixa a vida melhor. Cuide-se e viva feliz!

avianca.com.br


Na livraria

RADAR

Star Wars, A Trilogia Autores: James Kahn, George Lucas

Por tatiane greco

A trilogia reúne romances inspirados nos três primeiros filmes do universo criado por George Lucas: Uma Nova Esperança, O Império ContraAtaca e O Retorno de Jedi. Os fãs da saga poderão acompanhar as histórias clássicas de seus personagens além das telinhas do cinema.

O Caminho da Paz Autor: M.S. Deshpande Os pensamentos e as filosofias de um dos maiores líderes da humanidade estão reunidos nesta publicação. O livro convida pessoas do mundo inteiro para uma profunda reflexão sobre a vida e os verdadeiros valores da humanidade. A trajetória de Mahatma Gandhi inspira os leitores a despertarem espiritualmente.

36 · JUN.14

avianca em revista

O Melhor Guia de Nova York

Um Outono em River Falls

Autor: Pedro Andrade

Autor: Alexis Aubenque

O jornalista e apresentador do programa da GNT, Manhattan Connection, Pedro Andrade, reúne dicas de gastronomia, moda, cultura e show bizz. O guia é resultado de dez anos de pesquisa sobre o que há de melhor para fazer na Big Apple.

No segundo livro da trilogia, dois casos de assassinato abalam a tranquilidade da cidade, que acaba de se restabelecer de uma sórdida sequência de crimes. Para desvendar o caso, o xerife Mike Logan e a agente do FBI Jessica Hurley são colocados novamente em ação e dão início a um inquietante mergulho nas regiões obscuras da alma humana, revelando segredos devastadores.

avianca.com.br


Winter Play

Arena Club A

O “weekend party” considerado o mais badalado do inverno brasileiro celebra sua 10ª edição em um clima retrô cool, com top DJs.

O Club A, considerado um dos melhores clubs e restaurantes de São Paulo, apresenta uma programação especial para a Copa, com transmissão dos jogos, menu vip, cenografia temática e agenda de shows.

6 a 8 de junho Djs: Erick Morillo, Pete Tha Zouk, Edo Krause e Pedro Freitas, Jet Lag, Tito, Michel Saad, Pic Schmitz, Vini Gomide, Kolombo, Fran Bortolossi, Machetti, Ale Reis e Rene. Music Park e Cafe de La Musique, Jurerê Internacional - Florianópolis/SC ingressos: www.blueticket.com.br www.winterplay.com.br/2014

6 de junho a 13 de julho Club A São Paulo Av.das Nações Unidas, 12.559 Piso C – Hotel Sheraton WTC www.clubasaopaulo.com.br Exposição

Show

Roupa Nova

Com sucessos que embalaram diversos temas de novela, a banda que tem mais de 10 milhões de discos vendidos apresenta seu show em São Paulo. 13 de junho, às 19h30 Espaço das Américas Rua Tagipuru, 795 – São Paulo/SP www.ticket360.com.br/evento/2572/ roupa-nova Exposição

Oscar Niemeyer

Clássicos e Inéditos Sem descartar o registro de um percurso que, por vezes, se confunde com a arquitetura do século XX, a mostra revela projetos inéditos do arquiteto, que, por vários motivos, permaneceram no papel. 5 de junho a 27 de julho De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h Itaú Cultural Av. Paulista, 149 – São Paulo/SP www.itaucultural.org.br

Salvador Dalí

O acervo conta com 150 obras, entre pinturas, gravuras, documentos, fotografias e ilustrações, que abrangem diversas fases criativas do pintor, com ênfase no período surrealista. Até 22 de setembro De quarta a segunda, das 9h às 21h Centro Cultural Banco do Brasil Rua Primeiro de Março, 66 Rio de Janeiro/RJ www.culturabancodobrasil.com.br/ portal/salvador-dali Exposição

Viewing the Same: Pôr do Sol de São Paulo e Nascer do Sol de Tokyo

A primeira mostra individual do artista japonês Koji Munemasa em São Paulo reúne uma série de instalações que utilizam a luz solar e espelhos para tratar da sensação de felicidade. 1º de junho a 15 de junho Galeria Deco Rua dos Franceses, 153 – São Paulo/SP www.facebook.com/galeriadeco

Anúncio 1/3pg

na agenda


Música

VESTIDOS DE PRATA Por Pedro Henrique Araújo

Diana Bouth

Agitado leitor, você deve estar voando daqui pra acolá, de olho na Copa do Mundo, indo ver um dos jogos ou simplesmente absorvido pelo clima de verde-amarelo-azul-anil. Então, para mostrar toda a brasilidade que nos é corriqueira, apresento duas “pedradas” cheias de ritmo e beleza. Dois álbuns que precisamos ouvir e repetir a dose por vezes a fio. O primeiro já tem mais de 30 anos e é a estreia da carreira solo de um “Novo Baiano”. O segundo é urbano, cheio de vigor e de um colorido todo especial. Dois álbuns tropicais, calorentos. Coloque a camisa florida, aperte o cinto e curta a viagem.

@dianabouth

Atriz

Gabriel Stefanini/Vira Comunicação

1. Tanya Stephens - It’s a pitty 2. A Tribe Called Quest - Stressed out 3. Cassie - Me and you 4. The Roots - Break you of 5. Beenie Man -Girls Dem sugar

Paulinho Boca de Cantor - Valeu (1981) Os anos 1980 têm muitos LPs e artistas datados, músicas que, ao primeiro acorde, já nos dão o RG e vêm vestidas de ternos coloridos com ombreiras. Timbres de teclado, bateria, guitarra, além de maravilhosos instrumentos, como o teclado-guitarra ou keytar. Mas os anos 80 nos trazem também grandes clássicos, álbuns belíssimos, como este que tento descrever nessas canhotas linhas. Paulinho Boca de Cantor era um dos moradores do Cantinho do Vovô, maravilhoso sítio em Jacarepaguá, que abrigava, além dele, outros Novos Baianos. Valeu, o primeiro disco solo do cantor, é lindo. O abre-alas é a fantástica “Vestido de Prata”, seguida por “Rock Mary”, e segue com belas canções, como “Estrela Manhã”, que conta com a voz de Baby Consuelo, hoje do Brasil. Tem também os pré-axés “Com Todos os Poderes” e “Abebé de Nicinha”, além do xote “Na Janela e no Portão”. Você, com certeza, se lembra do refrão de “Dê um Rolê”, canção de Moraes Moreira e Galvão. Paulinho declara “Eu sou, eu sou amor da cabeça aos pés”. Como não amar?

Curumin - Arrocha (2012)

Caico de Queiroz Empresário

1. Avicii - Addicted To You 2. Maroon 5 - Let’s Stay Together 3. Coldplay - Magic 4. Muse - Uprising 5. Scarlett Johansson - The Moon Song

38 · JUN.14

avianca em revista

@caicodequeiroz

Luciano Nakata talvez seja o mais paulistano de todos os músicos e compositores contemporâneos. Seu som é urbano, cheio de camadas e com influências das mais variadas. Ele consegue viajar o mundo todo sem sair da Vila Anglo Brasileira, na Zona Oeste de São Paulo. Arrocha é o terceiro álbum da carreira solo do multi-instrumentista Curumin, que carrega na bagagem, além de belíssimos trabalhos, mais de uma década de estrada na cena independente. Lançado também em vinil, e com uma das mais belas capas que você pode imaginar (assinada por Rodrigo Bueno), tem canções que nasceram clássicas, como “Afoxoque”, “Selvage”, “Passarinho”, “Doce”, “Pra Nunca Mais”, e releituras fantásticas, como a versão de “Vestido de Prata”, de Paulinho Boca de Cantor. Esse mesmo aqui de cima! Gravado na casa do músico e produzido por ele junto com Zé Nigro e Lucas Martins, o disco conta com participações de Céu, Marcelo Jeneci e da esposa Anelis Assumpção. Viaje com o Curumin. Você não vai se arrepender! avianca.com.br


COM W Maiúsculo Por Pedro Henrique Araújo

Com mais de uma década de estrada, sete discos, uma coletânea na bagagem e talento reconhecido, o cantor e compositor Wado é um dos grandes de sua geração

N

ão é a primeira vez que me dou a prazerosíssima, porém ingrata, função de escrever sobre o Wado. Um fato deixa tudo mais difícil e sentimental: sou fã dele. Um fã indisfarçado, desses que sabem cantar todas as músicas, que vibram a cada disco lançado, que torcem descaradamente e que tentam contribuir para que mais pessoas o ouçam e apreciem a beleza de seu trabalho. Na arquibancada do Wado Futebol Clube, além de mim e muitos outros fãs tão despudorados quanto eu, tem nomes ilustres. Chico César corrobora na torcida. “Wado tem trazido rock sem pose e MPB sem inocência à cena musical brasileira. Sua música não é a dos sujos e malvados de plantão, que rosnam em porta de butique pra descolar uma calça rasgada que pareça londrina, nem da turminha que ronrona música fofa nos sofás de agora sob a luz de um abajur vintage. É até possível que ambos os lados o reivindiquem equivocadamente para sua corporação. Mas ele é imenso e único, denso e cheio de particulares suavidades. Não cabe em nenhum grupo - o que o torna desejável para conferir identidade aos que não a têm. Que isso pelo menos faça crescer sua audiência. A música ‘wadia’ merece”. Nós também agradecemos aos 12 anos de carreira, às belas canções, agradecemos muito pelos sete discos lançados, o último, “Vazio Tropical”, produzido pelo baterista do grupo português Buraka Som Sistema, o talentoso Fred Ferreira, e por outro torcedor, o Marcelo Camelo. “Wado traz do inconsciente a voz que todo mundo reconhece como sua própria, mas faz isso cantando o verso que ninguém conseguiu antever. É feito um poeta que já não existe mais. Do tipo que nos ensina a gramática do mistério a partir de um mundo que nós habitamos juntos, mas do qual só ele

parece ter o mapa, ou quem sabe a coragem de ir”, conta Camelo, que participou na belíssima “Tão Feliz” e já tinha proporcionado no disco anterior, “Samba 808”, uma linda união em “Com a ponta dos dedos”, eleita a melhor música de 2012 pelo Video Music Brasil, prêmio da MTV. Com este trabalho mais lírico e que explora mais a voz de Wado, o resultado foi uma sequência de pérolas como “Cidade Grande”, “Flores do Bem” e “Zelo”. Um disco delicado, sublime em seu cuidado. “As canções já tinham essa natureza. A escolha dele (Marcelo Camelo) pra fazer a produção ajudou muito. O resultado ficou muito bom”, conta Wado. E explica. “Conheço o Marcelo há uns 14 anos. Me apresentei a ele em 2001, num show. A gente começou a se comunicar a ponto de um mostrar pro outro músicas novas por telefone. Tivemos períodos de anos sem se falar, porque a vida segue assim, e nos reaproximamos muito no final de 2012. Começamos a trocar uns e-mails imensos, filosofando, falando bobagem”. Nascido há 36 anos, em Florianópolis, saiu aos oito anos com destino a também ensolarada Maceió. Entre idas e vindas de Santa Catarina e Alagoas, passou um tempo em São Paulo e no Rio de Janeiro. “Eu sou mais alagoano do que qualquer outra naturalidade”, atesta. “Mas tenho muito apreço por Rio e São Paulo. O Rio, geograficamente, por ser uma cidade de mar que me lembrava esse lado de cá (Alagoas), e em São Paulo eu gosto muito das relações de trabalho. É onde a gente trabalha melhor. Um lugar de belezas construídas”, conclui. Por falar em trabalho, o diploma de jornalismo está empoeirado em alguma gaveta e os serviços prestados como repórter ou diagramador estão no passado. O mundo perdeu um repórter, mas ganhou um grande poeta, cantor e compositor.

Recém-lançada, a coletânea “O Ano da Serpente” celebra os 12 anos de carreira do cantor, completados no ano passado. Para comemorar as bodas de algodão, o músico reuniu obras de parte importante de sua trajetória. A seleção de músicas foi feita pelo cantor em parceria com outro torcedor de sua obra, Zeca Baleiro. “Wado é um poeta porreta, de escrita estranha e bela, e um melodista pra lá de original. Suas canções são o que de melhor se fez em termos de criação na música brasileira na década passada. Além disso, sempre bem acompanhado de um jovem séquito de músicos talentosos, ele conseguiu criar uma certa estética de produção, usando, com esperteza, a tecnologia, o que ajuda a tornar sua obra ainda mais particular. “O Ano da Serpente” passa a limpo sua já extensa discografia e traz à luz pequenas pepitas (quase) desperdiçadas. Agora é tempo. Quem tiver ouvidos que ouça. Wado é grande!”, conclui Baleiro. Sua grandeza não se registra em números ou vendagens e, sim, no carinho que as pessoas lhe guardam. O que falta para o Wado alcançar mais ouvidos? Eu lhe pergunto, curioso leitor. E abusadamente já respondo. Não falta nada. Ele está pronto há muitos anos, apenas esperando que os seus ouvidos atentos reparem em seus versos. “Discos como esta coletânea e como o “Vazio Tropical” já falam pra mais gente e isso é muito interessante”. E vem mais coisa por aí. “O plano imediato é um DVD. Eu sou um consumidor de DVD de camelô e quero ver o meu lá”. Para saber mais sobre o cantor e baixar, de graça, o seu trabalho, acesse

www.wado.com.br avianca em revista

JUN.14

· 39


O que o mordomo viu

no TEATRO

RADAR

Farsa escrita em 1967 pelo inglês Joe Orton, considerado o melhor texto concebido no período mais amadurecido do autor.

por vitor cardoso

Comédia Texto: Joe Orton. Direção e Versão: Miguel Falabella. Com Miguel Falabella, Marisa Orth, Marcelo Picchi, Alessandra Verney, Ubiracy Paraná do Brasil e Magno Bandarz. Teatro Procópio Ferreira Rua Augusta, 2823, Jardins - São Paulo/SP. Sextas, às 21h30; sábados, às 19h e 21h30, e domingos, às 19h www.teatroprocopioferreira.com.br Jairo Goldflus

São Paulo João Caldas

Vingança – O Musical Sucesso absoluto de público, estreia do Teatro Sergio Cardoso. A obra de Lupicínio Rodrigues, um dos mais populares e geniais compositores da música brasileira, é o ponto de partida para o espetáculo em comemoração ao centenário de nascimento do compositor.

A Besta Para comemorar sua 40ª direção teatral, Alexandre Reinecke fez a junção de grandes mestres da comédia e do teatro, reunindo, no mesmo elenco, Hugo Possolo (Parlapatões), Ary França (Ornitorrinco) e Iara Jamra (Pó de Minoga), de grupos de extrema importância no cenário nacional. Comédia escrita pelo dramaturgo norte-americano David Hirson, estreou na Broadway em 1991 e recebeu, entre outros prêmios, o Olivier Award de melhor comédia em 92. Comédia Direção: Alexandre Reinecke. Com Priscila Fantin, Hugo Possolo, Celso

Frateschi, Ary França, Iara Jamra, Alexandre Bamba, Carol Mariottini, Dani Mustafci, Fabek Capreri e Renan Duran. Teatro Gazeta Avenida Paulista, 900 - Térreo - São Paulo/SP. Sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 20h www.teatrogazeta.com.br

40 · JUN.14

avianca em revista

Musical Texto: Anna Toledo. Direção Musical: Guilherme Terra. Com Amanda Acosta, Andrea Marquee, Anna Toledo,

Jonathas Joba, Leandro Luna e Sérgio Rufino Teatro Sérgio Cardoso Sala Paschoal Carlos Magno Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista - São Paulo/SP. Sextas e sábados, às 19h30, e domingos, às 20h www.ingressorapido.com.br

Lampião e Lancelote O espetáculo músico-teatral, que esteve em cartaz em São Paulo em 2013, volta à cidade em temporada popular. A montagem, que recebeu diversos prêmios, retrata o encontro inusitado entre o cavaleiro medieval Lancelote e o cangaceiro Lampião. Musical Direção: Debora Dubois. Música Original e Direção Musical: Zeca Baleiro. Com Daniel

Infantini, Marcos Damigo, Daniel Warren, Luciana Carnieli e Vanessa Prieto. Teatro João Caetano Rua Rua Borges Lagoa, 650 - Vila Clementino São Paulo/SP. Sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 19h www.morenteforte.com

avianca.com.br


no TEATRO

RADAR

O Cachorro riu melhor A peça é uma ampla radiografia de um mundo onde cada vez mais os valores estão invertidos e a ética relativizada. A ilusão é a grande moeda de troca destes dias. Quem dá mais?

por vitor cardoso

Drama Direção: Cininha de Paula. Com Danielle Winits, Júlio Rocha, Rainer Cadete e Sara Freitas. Teatro dos Quatro - Shopping da Gávea Rua Marquês de São Vicente, 52 Gávea, Rio de Janeiro/RJ Quintas, às 21h; sextas e sábados, às 21h30, e domingos, às 20h www.ingresso.com

Rio de Janeiro

O Grande Circo Místico

Como é cruel viver assim Divertida trama de quatro fracassados que resolvem pôr em prática um arriscado plano: sequestrar um milionário.

No início dos anos 80, o ballet do Teatro Guaíra (PR) arrebatou milhares de espectadores em todo o país com a turnê de “O Grande Circo Místico”, espetáculo que apresentou um relicário de canções inéditas, assinadas por Edu Lobo e Chico Buarque, a partir do poema “A Túnica Inconsútil”, de Jorge de Lima. Mais de três décadas depois, temas como “Ciranda da Bailarina”, “A História de Lily Braun” e “Beatriz” estarão de volta ao palco, agora no formato de Teatro Musical.

Comédia Dramática Direção: Guilherme Piva. Com Marcelo Valle, Letícia Isnard, Álamo Facó e Inez Viana.

Musical Direção: João Fonseca. Com Letícia Colin, Gabriel Stauffer e grande elenco.

Teatro Laura Alvim Avenida Vieira Souto, 176 - Ipanema - Rio de Janeiro/RJ De quinta a sábado, às 21h, e domingos, às 20h

www.ingressorapido.com.br

Theatro NET Rio - Rua Siqueira Campos, 143 - Copacabana, Rio de Janeiro/RJ Quintas e sextas, às 21h; sábados, às 21h30, e domingod, às 20h

www.compreingressos.com

42 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


entrevista

APAIXONADA E APAIXONANTE: MÔNICA MARTELLI PORVITOR CARDOSO

A

peça “Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou” foi encenada mais de duas mil vezes para um público de dois milhões de pessoas. A autora e também intérprete do monólogo, Mônica Martelli, viajou o Brasil para contar a trajetória da otimista Fernanda, uma mulher de 39 anos em busca do grande amor de sua vida. A peça foi adaptada para o cinema e está em cartaz em todo o Brasil. A temática da mulher apaixonada que vive desilusões e relacionamentos tortuosos poderia se tornar clichê não fosse a inteligência, timing cômico e criatividade dessa mulher, que conquista com carisma, talento, brilho nos olhos e jeito apaixonante de viver e amar a vida.

44 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Atriz estreia ótima versão para os cinemas de um dos maiores hits de comédia dos palcos “Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou” estreou no teatro em 2005 e este ano chega aos cinemas. Por que o texto continua atual, mesmo nove anos depois? A busca do amor, a vontade de ter um amor, isso nunca envelhece! Todas as ilusões, decepções, alegrias pelas quais todo mundo passa quando está nessa fase vão ser sempre assim. Por isso acredito que o texto seja sempre tão atual, pois fala da busca de um amor e isso toda mulher quer e sempre vai querer. Mas a mulher de hoje, bem sucedida, independente e autossuficiente, ainda quer casar? O que mudou hoje em dia, graças a Deus, é que a relação a dois está muito mais baseada no afeto e no amor. Sendo independente e tendo meu dinheiro, quero ter um homem parceiro, companheiro. É isso que busco pra mim hoje. Se estou junto com alguém é porque amo, pois não existe mais uma relação de dependência por questões financeiras ou algo do tipo. Mas não tente me convencer que a gente não quer o amor. Não tente me convencer que a gente não quer dormir de conchinha e dar beijo na boca. Então você acredita no casamento? Para mim, existem várias formas de casamento. Cada casal deve encontrar o melhor jeito de vivenciar aquele amor. Morando junto, casando de véu e grinalda, morando em casa separada, em cidades diferentes, cada um deve descobrir como esse amor pode ser melhor. O que a gente busca hoje é a qualidade da relação, do amor. O casamento deve ser só uma forma de se conseguir isso. Qual é a forma que você encontrou para sua vida? Fui casada por 10 anos, me separei, tive minha filha, graças a Deus, e hoje estou “de novo tudo outra vez”. Comecei a namorar e quero de novo o amor, quero brincar de casinha de novo, sentir essa coisa boa que é se apaixonar, é um desejo latente, é inerente à mulher. Essa é a forma que sempre vou querer pra mim! O segredo é se apaixonar? No filme, a Fernanda fala: “A gente se apaixona por um só motivo: nada nos faz

tão bem!”. Acredito realmente nisso. É bom demais estar apaixonada. Sentir aquela coisa gostosa quando o cara vai ligar. Sou apaixonada pelo amor! Quando estamos apaixonados, nos tornamos mais solares, o olho brilha, a sexualidade volta. Se a libido estiver adormecida, também volta. Tudo renasce. Você olha para as pessoas com outro brilho e para as coisas com menos problemas. A paixão tem um poder muito grande. Você sente uma cobrança maior em seus relacionamentos por ser alguém que escreve tão abertamente sobre esse tema? Sempre escrevo sobre as minhas fraquezas. Tudo o que eu vivencio é sempre um autoconhecimento. Quanto mais nos conhecemos, mais temos ferramentas para errar menos. Mas não significa que vamos errar menos. A gente repete os erros ao longo da vida, mas quando pego uma história minha e transformo em texto, aquilo pra mim já vira ficção. Geralmente escrevo sobre aquilo que eu já estou um pouco distanciada. A sua personagem no filme é linda, bem sucedida, divertida e está encalhada. Qual é o problema dela? A Fernanda se joga nas relações sem medo e sem freio. Cada homem que ela encontra acha que realmente pode ser o grande amor da vida dela. A mulher romanceia muito isso. Tem uma cena, no café da manhã com o personagem do Du Moscovis, quando ela vê a foto da filha dele e ele diz: “Minha filha! Linda! Você vai conhecê-la”. S�� por essa frase ela já se imagina casada com ele. Porque mulher é assim: bastou o homem dizer um negocinho, que já está pensando se o sobrenome dele combina com o dela! (Risos). O que a Mônica tem da Fernanda e o que a Fernanda tem da Mônica? Dela eu tenho o otimismo e o “não medo” de viver o amor. Vivencio como se fosse a “relação da vida”. Mergulho de cabeça. E o que ela tem de mim é que ela vive o luto da relação. Eu sou assim. Minha mãe sempre fala: “Vou ao fundo do poço, mas uma hora eu volto!”. Viver o luto do relacionamento é ter a certeza que você vai voltar. Não tenho medo de viver essa dor. Não acho normal acordar bem no dia seguinte após o término ou já querer sair

para curtir. Você precisa viver a perda, encarar essa dor, porque ela existe. Eu, quando tenho que passar por essa fase, já coloco logo uma música triste, daquelas que te levam a chorar direto, choro horrores e depois já viro a página, porque, como a Fernanda mesmo diz, “não era pra ser!”. Você acredita no “Não era pra ser”? Existem encontros que, na verdade, são desencontros? Quando a coisa não acontece, prefiro acreditar que é uma proteção de Deus. Até porque se você não acreditar nisso é só sofrimento! (Risos). Nessas horas tem que ser otimista e crer que tem algo melhor lá na frente. O relacionamento a dois é como uma dança: eu dou um passo, ele dá outro. Quando não rola essa cumplicidade, é que “não era pra ser!”. Como surgiu a ideia da participação de Lulu Santos no filme? Quando estávamos fazendo a escaleta de ações no roteiro, Patricia Corso, Susana Garcia e eu já pensamos no Lulu. Eu sou apaixonada por Lulu Santos, porque todas as músicas dele chegam ao meu coração, são todas muito românticas. Além disso, ele é um ótimo ator, fez a cena no primeiro take. A canção “Apenas mais uma de amor” se tornou o tema da Fernanda, encaixou perfeitamente, tanto que ele e a Tulipa Ruiz, cantora que faz o dueto com Lulu no filme, vão fazer um clipe dessa música com cenas do filme. Quando Lulu assistiu ao resultado final, ele chorou, se emocionou. Ficamos muito felizes em tê-lo conosco, foi uma honra e uma realização. Podemos aguardar uma sequência para o filme? Em setembro a gente estreia a série no GNT, que já começa lá na frente, com a Fernanda casada. Ano que vem devo estrear a peça nova, que é a continuação do primeiro espetáculo, mostrando a vida de casada dela, com o título ainda provisório “Só para casais”. E, provavelmente, depois eu devo fazer a sequência do filme contando também essa vida de casada da Fernanda com o marido dela, que o público vai descobrir quem é quando assistir “Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou” nos cinemas. avianca em revista

JUN.14

· 45


FIQUE AQUI

MaravilhA DE

Noronha

Moselle, nome do prato que serve peixe branco em caldo aromático com batatas e cogumelos salteados ao molho de manteiga de ervas.

C

om a vista mais privilegiada da Baía do Sueste, em Fernando de Noronha, os hóspedes da Pousada Maravilha têm uma experiência ainda mais singular na ilha pernambucana que, por si só, já é sinônimo de exclusividade. O dia começa com o café da manhã gourmet, servido de forma personalizada e sem hora para acabar, na varanda do restaurante de frente para o mar de águas calmas. Ao lado, a piscina de borda infinita encontra o oceano, o relevo e a formação de pedras vulcânicas, características de Noronha. A cinco minutos da praia, é na Baía do Sueste que os visitantes mergulham com snorkel entre tartarugas marinhas, arraias e tubarões. Inaugurado em 2003, o empreendimento tem a assinatura do arquiteto Thiago Bernardes. Ambientes no estilo balinês, espaçosos e com toques rústicos, aliam conforto e elegância à natureza da ilha. Os cinco bangalôs de 54 m2 oferecem ofurô na varanda, cama king size com lençóis egípcios e ar condicionado. Todos são voltados para a baía, com amplas portas de vidro, que formam uma moldura natural à paisagem. Ainda há três outras suítes, porém sem ofurô.

46 · JUN.14

avianca em revista

Por Camila Balthazar Fotos Marcos Trinca

A culinária da pousada também é bastante reconhecida, sendo aberta ao público para almoço e jantar. Mas vale reservar antes. A proposta do lugar vai na contramão do agito. A busca é por sossego e tranquilidade, o que se estende para o restaurante. Assim como para hospedagem, a pousada não aceita crianças. O menu do chef gaúcho Diônata da Luz surpreende com uma culinária contemporânea e regional. Como sugestão, sardinha servida com molho de graviolas do jardim de entrada e Peixe

Entre os serviços disponibilizados na pousada, o Spa oferece tratamentos com produtos da marca sustentável espanhola Germaine de Capuccini. Nos quartos, as amenidades são L’Occitane. Todos os passeios podem ser reservados na pousada, sempre com as melhores empresas da ilha e opções privativas. O conceito de exclusividade da pousada está presente desde o início. Construída após uma parceria entre Pedro Paulo Diniz, João Paulo Diniz, Edsá Sampaio e Luciano Huck, o empreendimento foi vendido para o grupo Lavareda, em 2007, mantendo como sócio apenas Zé Maravilha, o proprietário do terreno. Categoria:

Pousada da Maravilha

www.pousadamaravilha.com.br Wi-fi grátis, piscina, spa, sauna Preço médio: Diárias a partir de R$ 1.490,00 para o casal, com café da manhã Assim como em toda a ilha, a internet disponibilizada via satélite é bastante precária

avianca.com.br


Destinos

Niterói por Liane Banca FotoS C. Koga | Secretaria de Cultura de Niterói

C

onhecida por ter a melhor vista da cidade do Rio de Janeiro, Niterói tem muito mais do que isso a oferecer. A grande cidade, com ares de província, é carinhosamente chamada pelos niteroienses de “cidade sorriso”. Quem a visita descobre o porquê desse apelido.

48 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

JUN.14

路 49


Destinos

1

2

3 1 2

Ponte Rio-Niterói Estação das Barcas de Charitas

3 4

Vista de Niterói Igreja de São Francisco Xavier

No passado, a cidade, cuja grafia era Nictheroy, foi a capital da província do Rio de Janeiro de 1834 até a fusão, em 1975, do Estado do Rio de Janeiro com o Estado da Guanabara. Nessa época, a capital estadual foi transferida para a cidade do Rio de Janeiro. A terra de Araribóia, chefe da tribo indígena que habitava o local nos séculos passados, é repleta de atrativos para encantar o visitante, desde as antigas construções, que hoje abrigam fortes e museus, passando pelas belezas naturais de seus parques e praias, até as maravilhas da arquitetura moderna. Vindo do Rio de Janeiro, é possível chegar na cidade por três lados, entre os quais as duas estações hidroviárias, com o transporte pela barca, uma localizada no centro da cidade e outra no bairro de Charitas, além da famosa Ponte Presidente Costa e Silva, mais conhecida como Ponte Rio-Niterói. Inaugurada em 1974, a ponte é uma obra de referência no mundo da engenharia e está entre as maiores do mundo. Além de sua beleza, impressiona pelos 13 quilômetros de extensão, um vão central com 72 metros de altura e 150 mil veículos transitando diariamente.

50 · JUN.14

avianca em revista

4

A cidade é a segunda no mundo com maior número de construções do arquiteto Oscar Niemeyer e, por isso, ganhou em sua orla uma parte batizada de Caminho Niemeyer. Começando pelo conjunto arquitetônico no centro da cidade, o caminho abriga sete monumentos: o Teatro Popular, o Museu Oscar Niemeyer, o Memorial Roberto Silveira/ Centro da Memória da História e da Literatura Fluminense, o Centro de Atendimento ao Turista, a Praça JK, o Centro Petrobrás de Cinema e o Museu de Arte Contemporânea (MAC), ícone da cidade com projeção internacional. Futuramente, o caminho possuirá mais três construções, que foram deixadas em projeto pelo arquiteto. avianca.com.br


Inaugurado em 1996, o MAC foi construído para receber a Coleção João Sattamini, um dos mais importantes conjuntos de obras representando a produção artística contemporânea brasileira, de 1950 até os dias de hoje. A arquitetura revolucionária foi inspirada pela magnífica vista da paisagem da orla da Boa Viagem, como uma escultura futurista que se oferece com beleza para todos, tornando-se, assim, um dos principais cartões-postais do município.

Situado no bairro da Boa Viagem, em dois sobrados do século XIX, com fachadas tipicamente neoclássicas, o Museu Janete Costa de Arte Popular tem como objetivo divulgar a cultura popular brasileira. A reforma dos imóveis e a restauração da fachada tombada ficaram a cargo do arquiteto Mario Costa Santos, filho da pernambucana Janete Costa, uma das maiores pesquisadoras e especialistas em arte popular brasileira, que viveu parte de sua vida em Niterói e que empresta seu nome ao museu.

Saindo do MAC, é possível visitar os demais museus com uma caminhada nos pequenos bairros vizinhos. Bem próximo dali encontra-se o Museu do Ingá, pertencente à Secretaria de Estado de Cultura e abrigado no Palácio Nilo Peçanha, que data de 1860 e foi sede do governo do antigo Estado do Rio. O Museu de História e Artes do Rio de Janeiro, ou Museu do Ingá, possui um acervo de mais de quatro mil peças, incluindo obras que pertenceram ao antigo palácio do governo, como mobiliário, porcelana, cristais, documentos, fotografias, pinturas e retratos a óleo dos chefes do executivo fluminense. O palácio em estilo neoclássico possui em seu acervo diversas coleções, como a Coleção BANERJ, a Coleção de Arte Popular, oriunda do Museu de Artes e Tradições Populares, e a Coleção do arquiteto e escultor Haroldo Barroso.

5

6

A menos de 300 metros dali, em meio a um amplo jardim, o Solar do Jambeiro é um espaço cultural composto por salas para música, teatro e workshops, além de abrigar exposições de artes plásticas. Um pouco mais à frente, em outro casarão no mesmo estilo, você encontrará o restaurante Jambeiro. Perfeito para almoçar ou jantar no clima deste encontro entre as artes. O restaurante funciona todos os dias e, às quintas-feiras, a partir das 20h, tem apresentação de piano.

5 6

Vista de Niterói Teatro Popular de Niterói

7

Museu de Arte Contemporânea

7

avianca em revista

JUN.14

· 51


Destinos

1 2 Fortaleza de Santa Cruz 3 Forte São Luíz

Fortes Construídos para a proteção da baía de Guanabara, cinco fortes emolduram a cidade, sendo que três deles estão abertos à visitação de terça a domingo, das 9h30 às 17h. A Fortaleza de Santa Cruz da Barra é um dos mais visitados. Assim como todos, conta com guias que dão verdadeiras aulas de história sobre a cidade e o país. Canhões apontados para o mar, uma capela de Santa Bárbara com escultura barroca em madeira maciça, mastro de Pau Brasil e celas compõem a história do local, indicando que ali foi um lugar de muitas batalhas e conquistas. Os fortes São Luíz e Pico também não podem deixar de serem visitados. O Forte Barão do Rio Branco foi construído para proteger a retaguarda da Fortaleza de Santa Cruz da Barra e nele é o ponto de partida para a visitação do Forte São Luíz e Pico. Estes dois fortes formam um conjunto arquitetônico do século XVIII, que reúne fascinantes paisagens e ruínas. Por esse motivo, foi apelidado de Machu Picchu brasileira. Localizado a 180 metros acima do nível do mar, possibilita uma vista única da baía e conta com equipamento turístico para observação, uma linda praça em homenagem ao poeta português Fernando Pessoa e também um museu com elementos utilizados pela Força Expedicionária.

1 2

3

Raquel Lopes

52 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


4

Belezas naturais Niterói abriga verdadeiras maravilhas da natureza, bem como agradáveis opções de lazer. Os parques da Cidade e Campo de São Bento estão abertos todos os dias e recebem visitantes até as 17h. Pontuado pelo Guia Verde Michelin com 3 estrelas, o Parque da Cidade é um dos três pontos turísticos mais visitados de Niterói. Inaugurado em 1976, o Parque fica numa Área de Preservação Ambiental (APA), localizada no alto do morro da Viração, numa altitude de 270 metros. No local, existe uma fonte natural e um mirante, do qual se pode ter uma visão panorâmica das Lagoas de Piratininga e Itaipu, das praias de Piratininga, Itaipu e Camboinhas, dos bairros de São Francisco, Jurujuba, Charitas e Icaraí, entre outros, da Baía de Guanabara, em toda a sua extensão, e do mar aberto, até onde a vista consegue alcançar. De lá, se avista também a cidade do Rio de Janeiro com alguns de seus bairros e a Ponte Rio-Niterói. O parque é muito frequentado pelos praticantes de voo livre e tem o serviço de instrutores. Nos finais de semana e feriados, vale subir na hora da abertura, pois a Cafeteria Café Minas oferece um brunch com diversificado buffet de café da manhã, com toda vista que o parque oferece, até as 13h, sendo valor único de R$ 32,90 por pessoa.

5 4

Pedra do Elefante na praia de Itacoatiara

5

Praia de Camboinhas

avianca em revista

JUN.14

· 53


Destinos

Marcos Chermont

O Parque Prefeito Ferraz, nome oficial do Campo de São Bento, é o pulmão da Zona Sul. Oferece parquinhos para crianças, ciclovia, pista de patins e skate, lagos e chafariz. Por se encontrar bem no meio do bairro de Icaraí, é de fácil acesso e tem todos os tipos de serviços ao seu redor. Funciona todos os dias, das 7h às 18h, e a entrada principal fica na Avenida Roberto Silveira. Lindas praias fazem o contorno da cidade com a baía e o mar. São oito praias de mar abrigado que compõem a orla da Zona Sul, isto é, fazem parte da Baía de Guanabara. São elas, Gragoatá, Boa Viagem, Flexas, Icaraí, São Francisco, Charitas, Jurujuba, Adão e Eva. Das praias de Icaraí ou Flexas,

54 · JUN.14

avianca em revista

acompanhadas de grandes edifícios e o encanto das pedras do Índio e de Itapuca, protegidas por arrecifes, às isoladas praias de Adão e Eva, em Jurujuba, há muito que se admirar e curtir. É passeando por elas que você verá a paisagem do Rio de Janeiro por diversos ângulos, sendo possível admirar o Cristo Redentor e o morro Pão de Açúcar. Já na Região Oceânica ficam as praias Piratininga, Sossego, Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara. A praia de Itacoatiara é local de encontro de jovens e de surfistas de todo o país, com campeonatos nacionais e internacionais de surfe e bodyboard. Além da prática do surfe, a praia oferece atrativo para quem gosta de fazer trilhas e escaladas. Nela encon-

tramos o ponto mais alto de Niterói, o Alto Mourão, um dos picos da Pedra do Elefante, sendo 412 metros acima do nível do mar. O visitante encontrará trilha, porém é melhor procurar um guia para acompanhar a subida, que leva em torno de quatro horas. A vista faz o esforço valer à pena. Quem está em viagem com a família, uma praia interessante para aproveitar um dia de sol é a de Camboinhas. Nela há quiosques com serviços de comida e bebida, servidos nas mesas instaladas na areia. O mar é mais calmo para curtir o dia com as crianças. O ponto alto deste passeio é esperar para ver o colorido céu do pôr do sol atrás da Pedra Gávea, onde é possível observar toda a orla da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro.

avianca.com.br


Onde comer

Onde ficar

Para começar o dia em grande estilo, que tal um apetitoso buffet de café da manhã com vista para o mar? Assim é o Bistrô Mac. Localizado no subsolo do Museu de Arte Contemporânea, o espaço tem vidros nas laterais e possibilita um novo ângulo de paisagem voltada para as águas. Possui cafeteria, lounge e restaurante. No cardápio, cafés, pães, doces, sanduíches, kits de café da manhã e chá da tarde, sucos, tapiocas e doces caseiros. Aos sábados e domingos, é servido o buffet de café da manhã. Mirante da Boa Viagem, s/n, Boa Viagem • Tel: (21) 2629-1416 No polo gastronômico de São Francisco você encontrará opções de culinária japonesa, alemã, americana (steaks e burgers), entre outros. Um que vale a pena conferir é o restaurante Família Paludo. A casa trabalha com carnes e frutos do mar na parrilla, no estilo uruguaio, e alguns dos acompanhamentos também são feitos na brasa. Ambiente moderno e aconchegante, com uma boa carta de vinhos e de cervejas especiais Av. Quintino Bocaiúva, 261 • Tel: (21) 2715-3205 Outro polo gastronômico bom para conhecer é o Jardim Icaraí. Ali o movimento vai pela madrugada nos finais de semana e você encontrará bares para todos os gostos, além de uma boate, um pub australiano e o bar Predileto, que aos domingos oferece buffet de feijoada acompanhado de roda de samba. Mais frequentado por jovens, é um ótimo lugar para encerrar o dia em “Nikity City”, mais um dos apelidos carinhosos da cidade. Rua Mariz e Barros, 396 – Jardim Icaraí • Tel: (21) 2714-6500 Mais uma obra de Niemeyer na cidade, o restaurante Olimpo fica na estação das barcas, no bairro de Charitas. Só a arquitetura do local já o torna mais que atraente e, aliado ao ambiente requintado e à boa gastronomia internacional, o eleva a mais que um restaurante, sendo um ponto de visitação indispensável. Av. Quintino Bocaiúva S/N • Tel.: 2711-0554 Na Região Oceânica, uma ótima opção para o pós-praia é a cervejaria artesanal Noi. A casa oferece serviço de buffet com variedades de saladas, pratos quentes e carnes, além das cervejas fabricadas no local. O visitante pode conhecer o processo de elaboração das cervejas e provar o menu degustação, que custa R$ 28,00 e vem sete tulipinhas, uma de cada especialidade da casa, inclusive a Nera, uma cerveja do estilo dunkel e que foi premiada no concurso mundial de cervejas artesanais, realizado este ano no Rio de Janeiro. Estrada Francisco da Cruz Nunes, 1964 – Itaipu • Tel: (21) 2709-3939

Hotel Mercure Niterói Orizzonte O hotel está localizado em uma região privilegiada de Niterói, no Bairro do Gragoatá, e de frente para Baía de Guanabara, com vista privilegiada para a ponte Rio-Niterói, com fácil acesso à praia de Icaraí, ao centro da cidade e aos principais bares e restaurantes da cidade. Rua Engenheiro Velasco, 321 – Gragoatá www.mercure.com

H Niterói Hotel Na esquina da orla, no bairro do Ingá, a 50 metros da praia de Icaraí, o hotel tem fácil acesso para quem vem dos aeroportos do Rio de Janeiro, levando em torno de 40 minutos do Santos Dumont. O H possui confortáveis e luxuosas acomodações, de frente para o mar, sendo possível admirar toda orla de Niterói e grande parte da Zona Sul do Rio de Janeiro. Piscina com borda infinita, sauna, academia, restaurante e bares, no lobby e no terraço, estão entre os serviços oferecidos. Rua Dr. Paulo Alvez, 14 – Ingá www.hniteroi.com.br

Agradecimentos: Secretaria de Cultura de Niterói Neltur - Niterói Empresa de Lazer e Turismo

Voos PARA RIO DE JANEIRO Saída Fortaleza (FOR) 05h04 São Paulo (CGH) 06h44 Brasília (BSB) 19h04

Chegada 08h21 07h47 21h00

avianca.com.br

avianca em revista

JUN.14

· 55


THINK RED

think

RED

Fotografe o vermelho do seu dia a dia, publique nas redes sociais com #thinkredavianca #aviancaemrevista e fique atento à próxima edição. Ou envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br

Melissa Vargas

Selene Lingoist Petrolina, 6 da manhã

Thiago Fonseca

56 · JUN.14

@peureis

avianca em revista

avianca.com.br


 ebê Lorenzo Broleze da mamãe B coruja Elca Benatti Broleze

 irbus 319 no aeroporto de Congonhas A Ingrid Machado

@fegelbke - Rio de Janeiro

avianca em revista

JUN.14

· 57


FRONT

Daniel Alves já é campeão por Camila Balthazar FotoS Ricardo Penna

O

lateral direito da seleção brasileira entra em campo com a camisa 2. Fora do gramado, Daniel Alves relembra cada passo dado desde que saiu de Umbuzeiro, zona rural de Juazeiro, na Bahia

58 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

JUN.14

路 59


FRONT

D

aniel Alves entra no vestiário, abre seu armário e olha para a fotografia dos filhos Daniel, de 8 anos, e Victoria, de 7. No mesmo cantinho, o jogador guarda um terço e uma pequena bandeira do Brasil, com os dizeres “força, foco e fé”. Ele se benze. Faz uma oração. A cena se repete a cada nova partida, momentos antes de entrar em campo. “Sou de Deus”, afirma Daniel, com convicção. Sua reza é forte. Tão forte quanto sua determinação para vencer. Aos 31 anos, o atleta já foi mais longe que seus melhores sonhos. “Eu queria ser jogador de futebol profissional. Mas jamais imaginei estar onde estou”, diz.

Quando percebeu que Daniel levava jeito, o pai foi logo dando o conselho: quem ganha dinheiro é o atacante. “Todo mundo queria ser atacante. Acabei de lateral. Por ser torcedor do São Paulo, eu adorava o Cafu. Ele virou minha referência na posição”, explica. Dois anos depois, Juazeiro ficou pequena. Daniel foi morar em Salvador para jogar na divisão de base do Bahia. Mas sua vida ainda não tinha nem 1% das mordomias atuais. “Vivi com 150 pessoas de todo o Brasil que eu nunca tinha visto. Vim do interior, imaturo, não tinha ligeireza. Lavei a roupa, pendurei no beliche para secar e sumiu. Depois os parceiros avisaram: ‘pendura, não, porque aqui vira éter’”, brinca.

O caminho foi longo. Até os 13 anos, Daniel viveu no povoado de Umbuzeiro, zona rural do município baiano de Juazeiro. A vida na roça começa antes do nascer do sol. Às cinco da manhã, ele já estava de pé, seguindo os passos do pai na plantação de cebola, tomate e melão. Dali, era direto para a escola. Onze quilômetros de estrada de barro e uma caminhada apressada de uma hora e meia separavam sua casa da sala de aula. A única bicicleta da família era disputada na briga entre os irmãos. A regra era clara: o último a terminar o serviço na lavoura ganhava a regalia. “Em vez de ver quem era bom trabalhador, ficávamos enrolando pra ver quem saía mais tarde”, lembra rindo.

O menino começou a brilhar. Em 2002, o time espanhol Sevilla viu sua atuação em campo e tratou de levá-lo pra lá. Em paralelo, Daniel ganhou o Mundial Sub-20 com a seleção brasileira, um ano depois, mas não por isso ficou famoso. Em 2008, após muita negociação, foi vendido ao Barcelona por 35 milhões de euros. O passe de ouro continuou fazendo bonito, até ser escalado como reserva para a Copa do Mundo 2010, na África do Sul. “Esse foi o momento que mais me marcou. O peso de estar dentro da seleção. Fiz uma carreira fora do Brasil, por isso ninguém me conhecia de verdade. Depois disso, a vida deu uma reviravolta. Aquele era o meu momento”, conta o craque.

A volta da escola era ainda mais acelerada, para chegar a tempo da “babinha” do fim da tarde. Na Bahia, esse é o nome da famosa pelada. O grande torcedor e fanático da região era Seu Domingos, o chefe da família Alves, que sempre levou a sério a missão de encontrar um craque entre seus filhos. O pai era o ídolo de Daniel. “Eu nem pensava em sair da roça porque queria ser igual ao meu pai. Se ele estava feliz lá, eu estava feliz”, relata. Por andarem sempre juntos, a paixão do pai naturalmente passou pro filho. Quando Daniel completou 13 anos, Seu Domingos, corajosamente, levou ele e os irmãos para morarem em Juazeiro, a 30 quilômetros da roça, facilitando o acesso aos estudos e, claro, ao time juvenil de futebol da cidade.

60 · JUN.14

avianca em revista

Essa é a Copa de Daniel. Para 2014, ele entra como titular com a camisa 2. O pai, Seu Domingos, e toda a família estarão assistindo, assim como todo o Brasil. “Chegar à seleção brasileira, a melhor seleção de todos os tempos, e jogar uma Copa no Brasil? Me belisca porque estou sonhando”, diverte-se o jogador, comentando que, independentemente do resultado, vai ser inesquecível. O lateral direito ri fácil, faz piada, é bem humorado. Mas não por isso encara o trabalho como uma simples diversão. “A produtividade é o que faz alguém ter destaque na profissão. Pessoas que jogam futebol têm um montão, mas que vivem o futebol como profissão são poucas. Abri mão de um monte de coisa sem tirar o foco, mesmo vivendo em um mundo em que todos querem tirar teu foco”, aponta.

avianca.com.br


FRONT

Sempre com os pés no chão, Daniel mantém na cabeça uma frase de um livro de Paulo Coelho, que dizia que a maior droga é a fama. “Quem tem, acha que pode fazer tudo. Venho de uma realidade que não te deixa fazer nada. Só o que tua condição permite, o que muitas vezes é pouco. Tenho essa educação. Mesmo que viva num mundo supérfluo, sei o que é a vida”, reflete. O recado vale para todo mundo. Na opinião do atleta, as pessoas invejam o que os outros têm e esquecem de olhar para si mesmas. “Vamos ser felizes. Sem sofrer porque queria ter a condição de quem está do nosso lado. Te juro que não falo isso pela vida que tenho hoje, porque não deixei de fazer nada do que fazia antes”, garante. Mas, naturalmente, algumas coisas mudaram. Desde que mora na Espanha, há mais de 10 anos, Daniel apurou o paladar. Virou praticamente crítico gastronômico. Aprendeu a apreciar um bom vinho. A moda também entrou de vez em sua vida. Ele é o seu próprio personal stylist e chama a atenção pela ousadia das roupas e acessórios que veste. “Eu já tinha essa curiosidade, mas a condição não permitia. Gosto de itens divertidos, alegres. A vida é divertida, de cores, de boas loucuras. Me inspiro na minha alegria e na alegria dos meus pais para conduzir a vida”, diz. O dia em que aposentar as chuteiras, é pra gastronomia e pra moda que ele vai correndo. “Quero fazer com que a culinária brasileira seja referência no mundo. Além disso, pretendo criar uma marca de roupas minha”, revela. 62 · JUN.14

avianca em revista

Recentemente, a imprensa nacional e internacional repercutiu Daniel Alves, com a camisa do Barcelona, comendo a banana que um torcedor jogou no campo. Sem pensar duas vezes, ele descascou, comeu e respondeu à atitude racista com bom humor. “Eu só pensei em ser mais engraçado do que ele. Não esperava tanta repercussão, porque minha luta contra isso tem certo tempo. Desde que cheguei lá, sofro com isso. Acho um pouco fora de tom essas coisas ainda acontecerem no século 21”, discute. Com humildade, o único da família Alves com olhos verdes, herdados do avô, ganhou o mundo. Os pais seguem na zona rural de Juazeiro, orgulhosos pela conquista do filho. “Até hoje, meu pai assiste um mesmo jogo de futebol 50 vezes. Qualquer um. É fissurado”, diz. Imagina na Copa! Seu Domingos vai ao delírio.

Instagram: @danid2ois Agradecimentos Agência Suba Grand Hyatt São Paulo Shopping Cidade Jardim avianca.com.br


MUSEU DO FUTEBOL

copa do mundo no museu O Museu do Futebol é parada obrigatória para os visitantes que chegam a São Paulo durante o período do Mundial. E também para os paulistanos que ainda não pisaram o pé por lá. Mergulhar na história e despertar antigas lembranças do futebol pode transformar positivamente a experiência de assistir às partidas da Copa.

Todos os olhos estão voltados para a Arena Corinthians, mais conhecida como Itaquerão, o grande palco paulista da Copa do Mundo 2014. O estádio receberá seis jogos do Mundial, inclusive a partida de abertura. Mas é no Estádio do Pacaembu que os torcedores encontram a história do esporte no Brasil. Inaugurado em setembro de 2008, o Museu do Futebol - instituição da Secretaria de Estado da Cultura -, que fica embaixo da arquibancada, já emocionou mais de dois milhões de visitantes com suas 15 salas temáticas. Mais do que mostrar o passado, as instalações mexem com sentimentos. Desde maio, o museu conta com a exposição temporária “Brasil 20 Copas”, uma homenagem às seleções brasileiras das 19 edições do Mundial, além de celebrar a vigésima participação, agora em 2014. Anfitrião da grande competição mais uma vez, após ter sediado a Copa em 1950, o Brasil é o único país que participou de todos os eventos e também o único pentacampeão. Cada detalhe dessa

por Camila Balthazar FOTO divulgação

trajetória está exibido na mostra, em cartaz até 7 de setembro, com fotos, ilustrações, notícias de jornais antigos e documentos históricos. Derrotas e vitórias - nada escapa da memória. Mas antes de chegar à Sala das Copas do Mundo, localizada no segundo andar, o tour atravessa os melhores momentos do esporte. No grande hall de entrada, a torcida é a principal atração. Fotografias, imagens de objetos pessoais de torcedores de dezenas de clubes do país, símbolos do sentimento do povo pelo futebol. O primeiro passo rumo às salas do museu leva a uma viagem de volta à infância, com imagens de crianças descobrindo a magia do futebol em campos de várzea e de areia, com bolas improvisadas de meia, couro, barbante e plástico. Em um corredor escuro, iluminado apenas pelas telas e finíssimos rasgos de luz nas laterais, a bola passa de uma imagem à outra, indicando o caminho a ser percorrido. avianca em revista

JUN.14

· 65


MUSEU DO FUTEBOL

Na Sala dos Anjos Barrocos, os craques do futebol entram em campo, enquanto depoimentos de personalidades brasileiras, com passagens pessoais marcadas por gols importantes, são exibidos na Sala dos Gols. Mais alguns passos e o visitante relembra transmissões originais de gols narrados no rádio. A emoção aumenta na Sala da Exaltação, com o espaço tomado por hinos, gritos e canções de torcidas. Imagens com “olas”, bandeiras, luzes e cores, projetadas no próprio fundo da arquibancada, completam a euforia do som. No segundo andar, a história ganha destaque. A Sala das Origens conta como o esporte chegou ao Brasil, no final do século XIX, e conecta-se com a Sala dos Heróis, mostrando de que forma o futebol virou um instrumento de afirmação nacional nos anos de 1920. Avançando na linha cronológica, o espaço seguinte conta com o Rito de Passagem - a Copa de 50, rememorando a dor sentida com a derrota do Brasil na final contra o Uruguai, no grande Maracanã. Após o luto, vem a Sala das Copas do Mundo, que fala de todos os Mundiais, desde 1930 até 2010, seguida por uma área dedicada à dupla de jogadores de futebol que nunca perdeu uma partida pela seleção: Pelé e Garrincha. O visitante ainda passa pela Sala dos Números e Curiosidades, com placas gigantes apontando estatísticas curiosas do universo do futebol, e conhece o Estádio do Pacaembu, com vista panorâmica em meio às arquibancadas. Para terminar, crônicas audiovisuais e, claro, muitos chutes na bola virtual. Esse breve tour guiado com palavras é só pra deixar com gostinho de quero mais. Somente quem caminha pelas salas sente a emoção, aprende sobre a história e aumenta sua paixão pelo esporte mais popular do mundo - e o mais adorado do Brasil.

Programe-se Onde: Estádio do Pacaembu - Praça Charles Miller, s/n Quanto: R$ 6,00 (R$ 3,00 a meia entrada) Gratuito às quintas-feiras até 13/7 e sábados Horário: das 9h às 17h, com permanência até as 18h Especial Copa do Mundo: das 9h às 21h até o dia 13/7 www.museudofutebol.org.br

66 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Tabela da copa

Grupo A

Grupo B 12/06 | 17h • São Paulo

Brasil

X

13/06 | 16h • Salvador

Croácia

Espanha

FiQUE LIGADO

México

X

Camarões

Chile

17/06 | 16h • Fortaleza

Brasil

NA Primeira fase

X

México X

Grupo C

Camarões

Uruguai

Japão

X

Costa do Marfim X X

Itália

Pontuação

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Costa Rica Uruguai Costa Rica Inglaterra Itália

Grupo F

Grupo G 15/06 | 19h • Rio de Janeiro

X

Bósnia

Irã

X

Argentina

X

Nigéria

X

Bósnia

X

Argentina

Pontuação

X

X

1 2 3 4 5 6 7 8 9

França

17/06 | 13h • Belo Horizonte

Bélgica

Estados Unidos

Estados Unidos

Rússia

X

Gana

X

Pontuação

X

Coreia do Sul

Coreia do Sul

X

Argélia

22/06 | 13h • São Paulo

Portugal

X X

Argélia

22/06 | 16h • Porto Alegre

Coreia do Sul

X

Bélgica

26/06 | 17h • Rio de Janeiro

Alemanha

Bélgica Argélia

Gana

1 2 3 4 5 6 7 8 9

X

Rússia

26/06 | 17h • Curitiba

26/06 | 13h •Brasília

Portugal

X

17/06 | 19h • Cuiabá

26/06 | 13h • Recife

Alemanha Portugal Gana Estados Unidos avianca em revista

X

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Pontuação

Portugal

Estados Unidos

Irã

Argentina Bósnia Irã Nigéria

68 · JUN.14

Equador

22/06 | 19h • Manaus

25/06 | 13h • Salvador

Bósnia

X

Alemanha

25/06 | 13h • Porto Alegre

Nigéria

Inglaterra

21/06 | 16h • Fortaleza

Irã

Suíça

Grupo H

Gana

21/06 | 19h • Cuiabá

X

25/06 | 17h • Rio de Janeiro

16/06 | 19h • Natal

Nigéria

Equador

Suíça Equador França Honduras

Alemanha

21/06 | 13h • Belo Horizonte

França

X

Honduras

16/06 | 13h • Salvador

16/06 | 16h • Curitiba

X

Honduras

Uruguai X

Honduras

25/06 | 17h • Manaus

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Pontuação

Colômbia Grécia Costa do Marfim Japão

Argentina

Suíça

24/06 | 13h • Belo Horizonte

Costa do Marfim

X

20/06 | 19h • Curitiba

Costa Rica

X

Equador

20/06 | 16h • Salvador

24/06 | 13h • Natal

Colômbia

X

França

Inglaterra

X

X

15/06 | 16h • Porto Alegre

Itália

X

Itália

24/06 | 17h • Fortaleza

Grécia

Suíça

20/06 | 13h • Recife

24/06 | 17h • Cuiabá

Japão

X

Uruguai

Grécia

Chile

15/06 | 13h • Brasília

Costa Rica

19/06 | 16h • São Paulo

19/06 | 19h • Natal

Japão

X

Inglaterra

19/06 | 13h • Brasília

Colômbia

X

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Pontuação

14/06 | 19h • Manaus

X

Espanha

Grupo E

14/06 | 22h • Recife

Costa do Marfim

X

Holanda

14/06 | 16h • Fortaleza

Grécia

Chile

Espanha Holanda Chile Austrália

Grupo D X

Austrália

México

Brasil Croácia México Camarões

14/06 | 13h • Belo Horizonte

Colômbia

X

23/06 | 13h • São Paulo

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Pontuação

Holanda

23/06 | 13h • Curitiba

Brasil

X

X

Espanha

23/06 | 17h • Recife

Croácia

Austrália

18/06 | 16h • Rio de Janeiro

Croácia

X

X

Austrália

23/06 | 17h • Brasília

Até a grande final da Copa, que acontecerá no dia 13 de julho, as 32 seleções participantes disputarão 64 partidas. Confira data, horário e local de todos os jogos da primeira fase e programe-se para torcer pela seleção.

Holanda

18/06 | 13h • Porto Alegre

18/06 | 19h • Manaus

Camarões

X

13/06 | 19h • Cuiabá

13/06 | 13h • Natal

Pontuação

X

Rússia

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Bélgica Argélia Rússia Coreia do Sul avianca.com.br


FAshion

Cris Barros em deTALHES por ROZZE ANGEL FOTO divulgação

C

om uma beleza ímpar, 1,70 de altura e 50 quilos muito bem distribuídos, Cris Barros poderia ter seguido a carreira de modelo. Mas, logo em seu primeiro trabalho, percebeu que gostava mesmo do backstage. “Descobri o universo da moda e me apaixonei por ele: as roupas, os tecidos, o styling, as fotos”, conta a empresária, ao lembrar que trocou a faculdade de direito pela de moda. Já formada, foi cursar uma pós-graduação no Instituto Marangoni, em Milão, na Itália. Por lá, trabalhou com Stephan Janson, estilista francês, ex-braço direito de Yves Saint Laurent. De volta ao Brasil, aterrissou na Zoomp, onde trabalhou ao lado do estilista Renato Kherlakian. A experiência que adquiriu com esses dois mestres foi a bagagem que precisava para lançar sua marca própria, Cris Barros, em 2002, que hoje figura entre uma das mais desejadas. Casada com o empresário Toninho Abdalla há três anos, Cris leva uma vida tranquila e fora dos holofotes. “Sou discreta”, explica. Quando questionada se seria ela uma it girl, foi enfática. “Não sou presa a rótulos”.

70 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Como foi o começo da marca Cris Barros? O início foi difícil. Eu tinha uma estrutura pequena, mas estava tão envolvida e entusiasmada, que trabalhava 24 horas sem ficar cansada. Eu, inclusive, era a própria modelo de prova, experimentando todas as peças em mim. Até hoje tenho mania de tirar as peças da modelo de prova e senti-las no meu corpo, antes de serem aprovadas. Sempre amei criação, todos os processos e caminhos. E hoje, como está? Hoje são três lojas em São Paulo, duas no Rio de Janeiro e acabamos de inaugurar uma em Curitiba. Também tem o e-commerce, que foi uma surpresa e está indo muito melhor do que as expectativas iniciais, além de corners nas melhores multimarcas do Brasil. O crescimento da empresa nunca foi muito planejado. Sempre quisemos crescer mantendo exclusividade, então isso ocorreu de forma muito natural. Sempre gostei de ir passo a passo para não perder o controle, o design e a qualidade do produto. Você compartilha esse sucesso com sua irmã? Sim. Temos uma relação incrível. Ela é minha irmã, amiga e sócia. Nossa relação é baseada na confiança e no respeito. É um privilégio ter uma parceira de negócios e de vida como ela. Além disso, somos muito complementares. Ela cuida mais da parte “empresarial” da empresa e me dá espaço para cuidar da criação. Ela e meu cunhado, Luiz Felipe Verdi, foram essenciais para que a marca Cris Barros crescesse com essa exclusividade. Além disso, é ótimo ter a intimidade que temos, na qual só por troca de olhares cada uma já entende o que a outra está pensando. Você que cria toda a coleção, peça por peça? Sim, sou muito detalhista e participo de todo o processo criativo e de produção de todas as peças. Mas também tenho muito orgulho em ter formado uma equipe tão dedicada e eficiente.

Como é esse processo de criação? É sempre muito intuitivo. Viagens, leituras, observações, músicas, experiências, tudo me inspira e me traz ideias para uma nova coleção. É um processo que dura quase seis meses, das primeiras ideias, croquis, criação e, finalmente, a fabricação das peças. Onde busca inspiração e como escolhe seus temas de coleção? Sou muito observadora. Gosto de analisar o comportamento das pessoas. Para a coleção de inverno 2014, por exemplo, há alguns anos, assisti a um show de cabaré em Londres e aquilo ficou no meu inconsciente. Essa história voltou à minha cabeça e, a partir disso, comecei todo o processo criativo desta coleção. Busquei muitas referências em artistas que conseguiam retratar a vida noturna decadente e libertina dos cabarés, além do comportamento boêmio e hedonista da sociedade. Os movimentos Bauhaus e Dadaísta também foram muito importantes para o meu processo criativo.

Você é workaholic? Nunca fui muito workaholic. O meu trabalho é muito intenso e requer uma grande quantidade de tempo e dedicação, mas adoro ter momentos livres. É neles que, inclusive, fico mais criativa. Sou caseira, gosto de programas tranquilos. Um almoço longo com as amigas, por exemplo, viagens, ir aos museus e galerias. Para onde costuma viajar? Recentemente fui para Camboja. Foi tão incrível que serviu de inspiração para a minha coleção de verão, em 2014. Além disso, cidades como Paris, Nova York e Londres são sempre obrigatórias para visitar pelo menos uma vez por ano. Sempre há coisas imperdíveis: um novo restaurante, a exposição do momento, shows etc. Dentro do Brasil, viajo com bastante frequência para o Rio de Janeiro. Minha mãe é de lá e tenho um carinho muito especial pela cidade.

Verdade que tem uma casa na árvore? É verdade, sim. Uma casa deliciosa em Avaré, no interior de São Paulo. Me escondo Você que produz os acessórios também? lá sempre que posso, principalmente Gosto de pensar na coleção como um todo no inverno. e acho superimportante ter os acessórios certos para as minhas peças. Quando Como é seu dia a dia? desenho uma coleção, já crio e produzo Super simples. Acordo cedo, faço ginástica junto os acessórios (cinto, sapatos e e vou trabalhar. Sempre marco reuniões bijoux). É um processo orgânico. logo de manhã ou no fim do dia e passo o resto do dia focada na criação e no desenQual é a marca registrada do estilo volvimento de minhas coleções. Cris Barros? Crio roupas para mulheres livres, fortes, E os cuidados com o corpo? Ouvi dizer que sensuais e femininas, com muita perso- se preocupa bastante com essa parte. nalidade e atitude. Esta é a identidade Não me preocupo tanto quanto deveria, principal da marca e está presente em mas tento me cuidar. Faço ginástica e sou todas as minhas criações. ligada na alimentação. Mas nada radical. Adoro comer. Se saio para jantar, não fico Faz também sob medida? obcecada com as calorias do prato. Raramente, apenas para amigas muito próximas. Mas faço o “sob encomenda”, Já realizou todos os seus sonhos? que são vestidos de festa, ou seja, você Ainda tenho muitos sonhos e luto diariapode encomendar modelos que já existem mente para que eles se tornem realidade. na coleção em cores diferentes e no seu tamanho. Várias noivas também pedem os meus vestidos em branco para casarem. www.crisbarros.com.br avianca em revista

JUN.14

· 71


AROUND

Um segredo guardado na

Flórida Por Camila Balthazar FotoS C. Koga

É

difícil encontrar um brasileiro que nunca tenha ouvido falar de Miami e Orlando. Muitos viajaram pra lá mil vezes, mas ainda conhecem pouco do que existe no caminho entre as duas cidades. Imagine o glamour de Miami 30 anos atrás. Agora adicione praias com mar azul, quase caribenho, os melhores campos de golfe e clubes de polo, ruas badaladas com lojas exclusivas, esportes náuticos e boa gastronomia. Para o cenário ficar perfeito, insira um outlet recém-inaugurado e um dos maiores shoppings do sul da Flórida. Isso é a região de Palm Beach. Dá vontade de morar lá.

72 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Em uma manhã ensolarada de terça-feira, senhoras bem vestidas e elegantes passeiam despretensiosamente pela Worth Avenue, uma rua que deixa a paulistana Oscar Freire de “boca aberta”. Grifes famosas, como Tory Burch, Hublot e Vallentino compõem a paisagem com lojas de estilistas que ainda não conquistaram o mundo, mas são queridinhos de milionários. Não à toa, Palm Beach é conhecida como a Beverly Hills da costa leste dos Estados Unidos. Feitas as compras, essas mesmas senhoras retornam para suas mansões de frente pro mar, com jardins cuidados como se fossem o Castelo de Versailles, na França. Mas Palm Beach não é apenas uma cidade. O termo também dá nome ao condado, subdivisão geográfica que reúne diversos municípios, informalmente conhecidos como as “Palm Beaches”. Se o destino ainda é relativamente desconhecido dos brasileiros, essa realidade deve mudar nos próximos anos. Já está em construção um trem de alta velocidade, que ligará Miami a Orlando em três horas, com paradas em Fort Lauderdale e West Palm Beach. Vagões com o charme do estilo europeu oferecerão serviço de primeira classe, restaurantes e proposta pet friendly. A operação está prevista para começar em 2016. Até lá, o paraíso conserva a sensação de incrível descoberta, em que, ao contrário de Miami e Orlando, não se ouve português pelas ruas. Da sofisticada Boca Raton à descontraída Jupiter, são 75 quilômetros que podem ser percorridos tranquilamente ao longo de uma semana de férias. Dá pra ir de carro pela rodovia ou de iate por um canal navegável, chamado Intracoastal Waterway. Uma alternativa pra quem busca aquele algo a mais da Flórida, esperando ser surpreendido pelo destino que - até então - parecia esgotado. A uma hora de Miami e apenas 20 minutos do aeroporto internacional de Fort Lauderdale, essa coleção de cidades oferece experiências para todos os gostos e bolsos. Entre todas as opções, fomos conhecer os melhores destinos da região para você descobrir qual é o seu estilo em Palm Beach. avianca em revista

JUN.14

· 73


AROUND

Palm Beach Island, a luxuosa Dá pra passar horas no lobby do imponente Hotel The Breakers apenas admirando os detalhes: do teto pintado à mão por artistas italianos, em 1926, aos enormes arranjos de flores que destacam os móveis clássicos. A construção entra em seu segundo século de história e faz parte da vida de Palm Beach. Com investimentos anuais de 20 milhões de dólares, o empreendimento de Henry Morrison Flagler se mantém atual, administrado por seus herdeiros e atraindo hóspedes em busca de sol, luxo e conforto. O local conta com 540 quartos, 17 salas de spa em estilo mediterrâneo, quatro piscinas com bangalôs privativos, kids club, que mais parece um jardim de infância, campo de golfe com 36 buracos e 20 mil rótulos de vinho. Parceiro de John Rockefeller na empresa Standard Oil, Henry Flagler visitou a “remota” Flórida em 1878. Poucos anos depois, decidiu investir parte de sua fortuna na construção de uma ferrovia que conectaria a Flórida a Nova York. Foi ele o responsável por transformar a região em destino de férias e por atrair os milionários para o calor durante a temporada de frio rigoroso do inverno do Norte. Até hoje, os chamados snow birds (ou pássaros da neve) têm segunda residência em Palm Beach. Por esse motivo, o destino é conhecido por atrair um público mais maduro, mas os jovens também têm o seu lugar ao sol.

Lobby do hotel The Breakers

1

Ambiente no The Flagler Museum

2

Café no The Flagler Museum abre de dezembro a abril

3 1

2 3

Do outro lado da ilha, de frente para o canal, a antiga residência de Flagler abriga um museu sobre sua história e, consequentemente, o passado de Palm Beach. Foram 11 temporadas de inverno no sol da Flórida promovendo festas para a alta sociedade dos Estados Unidos. Os candelabros de bacará francês adornam os ambientes que conservam mobiliários originais e levam os visitantes a uma viagem de volta ao século passado. Para as festas milionárias de hoje em dia, as mansões da região cumprem esse papel. Entre os vizinhos do hotel estão Rod Stewart e, até poucos anos atrás, Donald Trump.

74 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Mais próximo das lojas da desejada Worth Avenue está o Brazilian Court, hotel boutique com o charme dos anos de 1930. De brasileiro o empreendimento leva apenas o nome, devido ao fato de sua antiga entrada ser na Brazilian Avenue. Construída em 1926, a enorme casa ao redor, com um pátio e piscina no interior, já recebeu Audrey Hepburn e Marlon Brando. Atualmente tem um dos melhores restaurantes de Palm Beach, assinado pelo chef francês Daniel Boulud, colecionador de estrelas do Guia Michelin, publicação referência na gastronomia. O local é aberto a não hóspedes, que podem espiar os corredores com galeria de obras de artistas locais e a aconchegante biblioteca com livros presenteados pelos próprios autores.

4

Para uma atmosfera mais descontraída e com a autêntica sensação de old Florida, o restaurante do momento é o Buccan. Os pratos seguem a tendência sofisticada da região, apresentados em pequenas porções, porém com sabor tão grande quanto a movimentação e as conversas ao redor das mesas - mesmo em uma segunda-feira à noite. Para entender toda a dinâmica de Palm Beach Island, há duas formas de contemplar o luxo da região: a Majestic Princess Cruise oferece um tour guiado em seu barco-restaurante pelo canal que beira as mansões ou uma boa pedalada pela ciclovia ao redor da ilha

6

4

Piscina no hotel Brazilian Court

5

Jardim no hotel Brazilian Court

6 7

Restaurante Buccan Yatch estacionado em frente a uma mansão

5

7 avianca em revista

JUN.14

· 75


AROUND

West Palm Beach, a contemporânea

1

2

A pequena ponte que liga West Palm Beach a Palm Beach Island também separa dois universos distintos. Em West Palm, como é popularmente conhecida, a atmosfera ganha mais vida. São cerca de 100 mil habitantes, contra os 10 mil residentes fixos da ilha. As grandes redes hoteleiras estão na cidade, como o Hyatt, bem localizado e com o padrão que se espera desse hotel. A poucas quadras dali, o coração da cidade pulsa no City Place, point badalado, com teatro, cinema, bares, bons restaurantes e lojas. Um shopping a céu aberto com arquitetura mediterrânea e uma praça central com uma intensa agenda de eventos. Sempre tem algo acontecendo. Para curtir um dia de sol, a Clematis Street é outro must go. Dá pra ir a pé do City Place até chegar às oito quadras de restaurantes, baladas e galerias de arte. É ali que os locais têm seus restaurantes preferidos, como o mexicano Rocco’s Taco. Outra opção é o Pistache French Bistro, localizado em frente ao Flagler Park e ao lado do canal, com vista para o Flagler Museum. Com decoração parisiense, o local oferece pratos saborosos em apresentação colorida de dar água na boca. Aos domingos, um brunch com mimosa, bellini e bloody mary faz todo mundo esquecer da vida e aproveitar o ritmo de West Palm. Outro ponto de encontro da cidade é o Norton Museum of Art. Fundado em 1941 e atualmente o mais moderno da região, o espaço surgiu da coleção particular de Ralph Norton e sua esposa. Monet, Matisse e Picasso figuram entre os artistas expostos no primeiro andar, enquanto o segundo piso dedica-se às dinastias chinesas de três mil anos atrás. No terceiro andar, a Europa da Renascença até o século XIX. O museu também conta com exposições temporárias, sendo que no momento da nossa visita conferimos Andy Warhol e David Webb.

3

4 76 · JUN.14

avianca em revista

A cereja do bolo de West Palm, pelo menos para os brasileiros, é o primeiro outlet da região, inaugurado em fevereiro deste ano. Com mais de 100 lojas a céu aberto, o Palm Beach Outlets lembra a arquitetura do Premium Outlets de Orlando. De Toys”R”Us a DKNY, pelo menos um dia da sua viagem será consumido pelas compras. Outra opção é o The Gardens Mall, situado mais ao norte, a caminho de Juno Beach. Sem a proposta de outlet, o shopping engloba marcas que vão de H&M a Chanel.

1

City Place

2

Pistache French Bistrot

3 4

Norton Museum of Art The Gardens Mall

avianca.com.br


1

2

3 1

Lojinhas em Delray

2

Barcos a vela na praia

3

Mesas na rua criam atmosfera descontraída

Delray, a cidade boutique A luz amarela do fim do dia ilumina os pescadores à beira mar e os jogadores de vôlei de praia. Os equipamentos de kitesurf e windsurfe já estão devidamente guardados, ali na areia mesmo, prontos para o dia seguinte. O sol vai embora e começa a movimentação na Atlantic Drive, uma espécie de Ocean Drive de Miami, porém em menor escala e maior charme. Eleita como a nova it town do sul da Flórida pelo jornal New York Post e considerada a melhor cidade boutique dos Estados Unidos, Delray é o lugar perfeito para curtir a noite entre restaurantes e bares descolados, tudo sem precisar usar carro. Se quiser se sentir ainda mais em casa, a Pineapple Grove, perpendicular à Atlantic Drive, é onde os moradores locais se encontram. Esse “era” o segredo deles. Inúmeras galerias de arte dividem o espaço com opções gastronômicas em um clima de alto astral, que vai até às duas da manhã - muito além do horário de West Palm. A cidade respira cultura. Não à toa, grande parte de seus habitantes

são estrangeiros ou já moraram em outros países. Às sextas-feiras à noite, o art walk tour percorre as galerias com um guia explicando o universo da arte. Também às sextas-feiras, todos se encontram no Arts Garage, com shows e performances gratuitas, sendo que cada um leva a sua bebida. A pequena cidade reúne 65 mil habitantes. Tudo pode ser feito a pé. Se a distância for um pouco maior, carrinhos de golfe gratuitos te levam para todos os lados. O único pagamento é a gorjeta. As ruas parecem ter saído de um filme dos anos de 1980 e as pessoas realmente amam viver em Delray. A vida é fácil, dizem. Um almoço no Deck 84 mostra isso. Localizado em uma marina no canal Intracoastal, a vista já seria motivo suficiente para uma visita, mas os melhores peixes e crustáceos também estão lá. A vibe desse destino impressiona. É um dos únicos em que as palavras cool, descolado, cultural, divertido, relax e gastronômico se encontram na mesma frase. avianca em revista

JUN.14

· 77


AROUND

Boca Raton, a sofisticada A meia hora de Miami, Boca Raton é a porta de entrada para o condado de Palm Beach. O destino também é um dos preferidos de milionários que moram nas regiões frias do país, como Nova York. Mansões e avenidas arborizadas compõem a paisagem, que tem uma prévia exposta na Mizner Park, avenida-shopping que reúne restaurantes, lojas, cinema, museu e teatro. Todas as cidades de Palm Beach têm sua rua charmosa. Essa é a de Boca. Para mergulhar de cabeça nas compras, todos os caminhos levam ao Town Center Mall, um dos maiores shoppings do sul da Flórida. Há quem goste mais desse do que o Aventura Mall, em Miami. Com mais de 200 lojas, a dica é ter o diretório em mãos e já traçar sua rota. Desligar do modo consumista é fácil. O hotel Wyndham tem aulas de yoga, restaurante orgânico e fitness center 24 horas. Tudo começou quando o proprietário conheceu sua esposa, adepta da modalidade. A filosofia holística “ganhou” duas suítes, que viraram o studio de yoga. Aberto ao público, oferece 33 aulas semanais no quinto andar do hotel. Por isso, é comum ver alunos no Trend Tea, quiosque dentro do hotel, com pequenos lanches saudáveis e uma variedade de 45 sabores de chá.

1

Praia com mar azul turquesa

2

Mizner Park

3 4

Restaurante Farmer’s Table Piscina do Wyndham Hotel

1

2

Refeições maiores são servidas no Farmer’s Table, inaugurado em novembro do ano passado. O restaurante atrai a clientela local com o conceito de servir pratos com ingredientes frescos e saborosos. Alguns ingredientes são proibidos de entrar na cozinha, como manteiga e refrigerante. No menu, opções sem glúten e veganas, incluindo um shot de grama de trigo. Serve, em média, 300 pessoas por noite e vale a visita para degustar as flat breads, espécie de pão integral fininho com recheio, e tomar uma água de coco no próprio coco - algo inimaginável para os Estados Unidos.

3

78 · JUN.14

4

avianca em revista

avianca.com.br


AROUND

1

1

Bar e restaurante Guanabana’s

2

Juno Beach

3 4

Blueline Surf & Paddle

Canal Intracoastal

2

3

Jupiter, a descontraída

4

A casa com estilo retrô lembra a Califórnia de 30 anos atrás. Na fachada, o logo diz Blueline. É uma surf shop, que, além de vender roupas e acessórios para todos os tipos de esportes aquáticos, também aluga pranchas de surf e stand up paddle. Há instrutores certificados e até mesmo aula de yoga na prancha. Apenas 10 passos (talvez um pouco mais) separam a loja do canal Intracoastal, onde novatos e experientes navegam pela água calma. O mar está ali perto e enche os olhos com a areia branca e água cristalina. Sem dúvidas é uma das praias mais bonitas da região. Depois de percorrer as águas, uma pausa no restaurante Guanabanas completa a atmosfera relax. Na beira do canal, o ambiente ao ar livre parece inserido dentro de uma floresta tropical, com pequenas cabanas cobertas por folhas de palmeira. Fundado por surfistas em 2004, o menu oferece wraps, saladas, sanduíches, peixes e pratos leves. Com os melhores drinks a qualquer hora do dia, vira ponto de encontro para música ao vivo às quartas, sextas e sábados à noite, principalmente ao som de reggae. Por aqui, o clima não tem nada a ver com a sofisticação de Palm Beach e Boca Raton. Um pouco mais ao sul, a vizinha Juno Beach é uma mini cidade também privilegiada pelo mar quase caribenho. Um amplo estacionamento com duchas é o local perfeito para deixar o carro durante toda o dia e curtir a praia no melhor estilo canga e cadeira na areia, sem nada pra fazer. Escolha um ponto próximo ao píer de 300 metros que avança sob a água e oferece snack bar, salva-vidas e banheiro do nascer ao pôr do sol.

80 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


AROUND

1 2 City Place

1

Juno Pier

2

82 路 JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Bonus track

Antes de ir embora do condado de Palm Beach, todo mundo merece uma massagem no luxuoso hotel The Eau Palm Beach Resort & Spa. Logo na entrada, a imagem de um relógio projetada no chão mostra os ponteiros andando pra trás. É a indicação de que o tempo não passa rápido. Pode desacelerar. No ambiente elegante do spa, patinhos de borracha amarelo são estrategicamente espalhados para lembrar que esse momento não é só de glamour, mas também diversão. Localizado no município de Manalapan, a estrutura do resort mima do início ao fim da hospedagem. Piscinas, restaurantes, kids club, fitness center e quartos com padrão AAA.

Agradecimento: Discover The Palm Beaches

Voos PARA FORT LAUDERDALE (FLL) Saída Chegada São Paulo (GRU) 01h25 14H33 avianca.com


ARTE

Falso real de

Vik MuniZ Por Camila Balthazar Fotos Divulgação

Acompanhe a trajetória do artista

86 · JUN.14

Década de 1980

1999-2008

2002-2006

2008

Relicário

Cloud Cloud

Earthworks

Pictures of Junk

avianca em revista

avianca.com.br


A

rtista brasileiro famoso na cena mundial leva sua primeira exposição individual para o sul do Brasil. A mostra de 70 obras fica em exposição até agosto, no Santander Cultural, em Porto Alegre

Com seu sorriso fácil, Vik Muniz dá uma aula sobre seu trabalho e os movimentos artísticos contemporâneos. “A arte só existe quando alguém está olhando pra ela”, afirma o artista, em entrevista durante a abertura de sua exposição “O Tamanho do Mundo”, no Santander Cultural, em Porto Alegre. O paulistano ganhou o mundo aos 25 anos, quando realizou suas primeiras exposições em conceituados museus mundo afora. Hoje, aos 53 anos, Vik vê parte de sua trajetória reunida no interior do prédio histórico do início do século 20, no centro da capital gaúcha. Com curadoria da crítica de arte Ligia Canongia, a coleção de 70 obras traz um panorama de suas criações, desde 1989 até os dias de hoje, com séries até então inéditas no país. Vik não é cult. Sua arte individual pode ser compreendida por todos. “Tento não ser erudito. Acho que isso não é contemporâneo. A arte contemporânea cria diversão. Faz a pessoa repensar o mundo”, explica o artista, cuja grande especialidade é

brincar com realidade e ficção, fragmentos e totalidade. Utilizando materiais que vão de cartões postais, grãos de areia a bactérias, Vik cria imagens que podem ser percebidas de diferentes maneiras em diferentes distâncias. Quem buscar seu nome na internet, certamente encontrará muitas fotografias de suas obras. No entanto, apenas o contato físico proporciona a ilusão que leva a imaginação do espectador mais longe. “Sou um artista de parede. As pessoas precisam vir ao museu”, enfatiza Vik. Em cartaz até 10 de agosto e com entrada gratuita, o artista convida a todos para dialogarem com suas imagens e conhecer sua história. Na mostra, há trabalhos do início da carreira, entre os quais Caveira de palhaço (1989), do conjunto Relicário, até as mais recentes criações, como Postcards from Nowhere (Cartões-postais de lugar nenhum, 2013), além das inéditas Sandcastles (Castelos de areia, 2013) e Colonies (Colônias, 2014). A experiência contraria qualquer lógica de percepção.

2013-2014

2013-2014

2014

Postcards from Nowhere

Sandcastles

Colonies


EMBARQUE IMEDIATO

ARTE PARA VIAJAR POR CAMILA BALTHAZAR

Povo artista Terrasse www.terrassepi.com.br Av. Dom Severino, 1.258 Bairro de Fátima – Teresina

Museu Oscar Nniemeyer www.museuoscarniemeyer.org.br Rua Marechal Hermes, 999
 Centro Cívico –
Curitiba

Infância lúdica

Em uma área descolada do bairro carioca Ipanema, um casarão de 400 m2 destaca-se na paisagem. Datado de 1938, o local hoje abriga o moderno LZ Studio, um showroom de móveis de design em constante atualização. O espaço também funciona como galeria de arte e traz artistas com o DNA da marca. Até outubro, é a vez da artista plástica Vitória Frate expor sua arte na mostra “Contornos da falta”. Traços simples e composições lúdicas ganham cor em telas inéditas e exclusivas, feitas com nanquim, lápis de cor, aquarela e pastel. Toques melancólicos, quase ácidos, revelam-se na expressão inocente de seus desenhos.

90 · JUN.14

avianca em revista

LZ Studio www.lzstudio.com.br www.vitoriafrate.com.br Rua Barão de Jaguaripe, 141 Ipanema – Rio de Janeiro

Até 5 de julho, mais de 300 esculturas, pinturas e xilografias assinadas por 60 artistas do Nordeste e Sudeste compõem a mostra “Arte Popular Brasileira”. Em exposição no espaço Terrasse, em Teresina, as criações artesanais têm assinatura de talentos pouco conhecidos, de diferentes cantos do Brasil. Eles são trabalhadores da roça, pescadores, pintores de parede, vendedores de cachorro-quente ou padeiros, mas que produzem obras da melhor qualidade. O objetivo é mostrar a riqueza e a singularidade de diferentes estados, dando voz a esses artesãos, que transformam o seu dia a dia em arte.

Eternas esculturas

Filho de imigrantes italianos, João Turin descobriu a escultura ainda criança, no final do século XIX. Ao longo da vida, produziu inúmeros monumentos, estátuas, bustos, cerâmicas e ilustrações, que agora podem ser vistos no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, até 2 de novembro. A exposição “João Turin - vida, obra, arte” conta com 130 bronzes, entre os quais o “Frade”, escultura escolhida pelo governo brasileiro para presentear o Papa Francisco em sua última vinda ao Brasil. As obras do artista paranaense, falecido em 1949, estão sendo reproduzidas para ganharem o mundo em galerias e residências particulares. Depois de Curitiba, a “turnê” de seu acervo já está com a agenda cheia: Pinacoteca de São Paulo é a próxima parada, seguida por Rio de Janeiro, Recife, Maceió e Florianópolis. avianca.com.br


avianca em revista

JUN.14

路 91


Mix de compras e lazer ao ar livre O skyline de São Paulo pode ser visto de muitos endereços, mas apenas um oferece a experiência de ver a cidade de um jardim suspenso, repleto de jabuticabeiras frondosas.O Shopping Cidade Jardim lembra uma minicidade, com luz natural, lojas de frente para a natureza e várias opções de gastronomia, lazer, cultura e serviços. O projeto de arquitetura e paisagismo conta com cinco pisos que criam a sensação de uma caminhada pelas ruas e galerias mais elegantes do mundo. Inaugurado em 2008, o empreendimento é totalmente diferente dos convencionais. Além do conceito inspirador, o centro de compras reúne mais de 180 lojas das melhores grifes nacionais e internacionais, como Le Lis Blanc, Zara, Cris Barros, Daslu, Prada e Gucci. Inclusive, esse é o único endereço brasileiro de algumas das marcas mais desejadas, entre as quais Cartier, Dior, Emilio Pucci, Fendi, Jimmy Choo e Valentino. O espaço reúne atividades para um dia inteiro. Depois das compras, é possível estender a visita com uma massagem no Spa Cidade Jardim, uma aula de ginástica na Academia Reebok, uma sessão de cinema nas salas VIP ou simplesmente tomar um café apreciando a natureza.


Projeto arquitetônico da expansão 2014

Mundo gastronômico O escritório de arquitetura inglês Cada Design Group tem trabalhado bastante em um novo projeto para o Cidade Jardim. Responsável pela área de gastronomia da Galerie Lafayette, em Paris, o grupo agora está envolvido no desenvolvimento do Food Hall Cidade Jardim, área inédita no Brasil, com 1.200 m² e foco exclusivo em gastronomia. Com inauguração prevista para o segundo semestre de 2014, o espaço reunirá lojas de vinhos, pães, embutidos, queijos e ampla gama de produtos e comidas prontas para levar. Haverá também restaurantes, corners, bares e quiosques com mesas ou balcões para consumo no local. Para um toque extra de charme, cozinhas envidraçadas permitirão ver a movimentação de profissionais elaborando os pratos.


Expansão: Mais lojas e serviços Os apaixonados pelo universo da literatura já encontraram a nova loja da Livraria da Vila no segundo piso, assim como a cafeteria Santo Grão. A mudança faz parte de uma expansão, que abrigará no térreo as lojas Brunello Cucinelli, Michael Kors, além das relojoarias suíças Piaget e Vacheron Constantin. Também no térreo, será inaugurada uma nova Prada e outras novidades ainda em segredo. Subindo um andar chegaram Intimissimi e a gigante de cosméticos Sephora. Já no segundo piso, inaugurou a Gap Kids.

avianca em revista

JUN.14

· 95


Guia de Compras BREITLING | 1º piso | Tel. 3198-9366 CARTIER | térreo | Tels. 3759-3240 CHANEL | térreo | Tels. 3198-9327/9328 DIOR | térreo | Tel. 3750-4400 EMILIO PUCCI | térreo | Tel. 3552-2050 FENDI | térreo | Tels. 4873-5592/5594 GAP KIDS/BABY | 2º piso | Tel. 3552-3557 GUCCI | térreo | Tel. 3759-2394 HERMÈS | térreo | Tel. 3552-4500 JIMMY CHOO | térreo | Tel. 3552-2052 LIVRARIA DA VILA | 2º piso | Tels. 3755-5811/5810

LOUIS VUITTON | térreo | Tel. 3017-5371 PRADA | térreo | Tel. 3552-1030 REPETTO | 2º piso | Tel. 4873-5620 SEPHORA | 1º piso | Tel. 3552-3557 TAG HEUER | 3º piso | Tel.3552-1888 VALENTINO | térreo | Tels. 3274-6090 ZARA | 1º piso | Tel. 2101-1952 ZARA HOME | 1º piso | Tel. 4134-2882

Moda Feminina

A.BRAND | 2º piso | Tel. 3552-3557 ALCAÇUZ | 2º piso | Tel. 3750-3522 BROOKSFIELD DONNA | 1º piso | Tel. 3758-1443

CARLOS MIELE | 1º piso | Tel. 3552-3557 CAROLINA HERRERA | térreo |

Tel. 3552-7777

CRIS BARROS | térreo | Tel. 3758-3995 DASLU | 4º piso | Tels. 3552-3033/3034 ELLUS | 1º piso | Tel. 3198-9332 FIT | 1º piso | Tel. 3552-1060 FRED PERRY | 2º piso | Tels. 3198-9351/9352 GIORGIO ARMANI | térreo | Tel. 3755-0607 HERING | 2º piso | Tel. 3755-0887 ISABELLA GIOBBI | 1º piso | Tel. 3061-2001 JOHN JOHN | 1º piso | Tel. 3758-0972 LA MARTINA | 2º piso | Tel. 3758-2387 LACOSTE | 1º piso | Tel. 3758-5311 LE LIS BLANC | 1º piso | Tel. 3758-1163 MAISON ZANK | 1º piso | Tel. 3198-9306 MARISA RIBEIRO | 2º piso |

GIORGIO ARMANI | térreo | Tel. 3755-0607 GUCCI | térreo | Tel. 3759-2394 HERING | 2º piso | Tel. 3755-0887 HERMÈS | térreo | Tel. 3552-4500 JOHN JOHN | 1º piso | Tel.. 3758-0972 LA MARTINA | 2º piso | Tel. 3758-2387 LACOSTE | 1º piso | Tel.3758-5311 RICHARDS | 2º piso | Tel. 3758-2237 SALVATORE FERRAGAMO | térreo | Tel. 3758-4791/98556-0301

SIBERIAN | 2º piso | Tel. 3198-9333 VERSACE COLLECTION | 1º piso | Tel. 3198-9342

VILEBREQUIN | 1º piso | Tel. 3323-3585 ZAPÄLLA | 1º piso | Tel. 3552-3110

Acessórios e calçados

Tel. 3758-4791

SCARF ME | 1º piso | Tel. 97184-6684 S U B | 1º piso | Tel. 3552-6555 VERSACE COLLECTION | 1º piso |

ALFAIATARIA PARAMOUNT | 1º piso | Tel. 3552-1414

BROOKSFIELD | 3º piso | Tel. 3198-9337 CAROLINA HERRERA | térreo |

NYS COLLECTION | 2º piso | Tel. 98541-0390 ÓPTICA SELLA | 2º piso | Tel. 3198-9308

Moda íntima

Saúde e beleza

Livraria e papelaria

5º piso | Tel. 3552-3620 DROGASIL | 1º piso | Tel. 3758-5036 FRAGRANCE PERFUMARIA | 1º piso | Tel. 3552-1644 L’OCCITANE | 2º piso | Tel. 3552-3035 (L)OFT HAIR BOUTIQUE | 3º piso | Tels. 7750-7240/3198-9390/9391

S U B | 1º piso | Tel. 3552-6555 TRACK & FIELD | 1º piso | Tel. 3048-1287 WORLD TENNIS | 2º piso | Tel. 3198-9400

1+1 | 2º piso | Tel. 3552-1011 BONPOINT | 3º piso | Tels. 3552-3707/3702 BROOKSFIELD JR. | 1º piso | Tel. 3755-0724 CAROLINA HERRERA | térreo | Tel. 3552-7777

CENTOPÉIA | 1º piso | Tel. 3758-1780 CRIS BARROS | térreo | Tel. 3758-3995 FIT NINA | 1º piso | Tel. 3552-1060 FOM | 3º piso | Tel. 3758-0719 FRED PERRY | 2º piso | Tels. 3198-9351/9352 HERING | 2º piso | Tels. 3755-0887/3552-1700 JOGÊ | 1º piso | Tel. 3758-4885 LACOSTE | 1º piso | Tel. 3758-5311 MIXED | 1º piso | Tel. 3552-3111 PETIT BATEAU | 3º piso | Tel. 3198-9341 SILMARA | 2º piso | Tels. 3758-2028/3755-0562 S U B | 1º piso | Tel. 3552-6555 TRACK & FIELD | 1º piso | Tel. 3048-1287 VILEBREQUIN | 1º piso | Tel. 3323-3585

Brinquedos

FOM | 3º piso | Tel. 3758-0719 CRAWFORD | 2º piso | Tels. 3758-0490/3755-1042 LEGO | 2º piso | Tels. 3758-2239/2293 DASLU HOMEM | 4º piso | Tels. 3552-3033/3034 PBKIDS | 1º piso | Tel. 3198-9358 ELLUS | 1º piso | Tel. 3198-9332 ERMENEGILDO ZEGNA | térreo | Jóias e relógios Tel. 3552-4102 ANA ROCHA & APPOLINARIO | 1º piso | FABIO YUKIO | 1º piso | Tel. 3552-1000 Tels. 3552-5555/5557 FRED PERRY | 2º piso | Tels. 3198-9351/9352 ARA VARTANIAN | térreo | Tel. 3044-0133

Tel. 3552-7777

Óticas

Moda praia e esportiva

Moda e artigos infantis

Moda Masculina

Eletrônicos e eletrodomésticos

Tel. 3198-9342

Tel. 3062-7907

Tels. 98556-0301/3758-4791 SIBERIAN | 2º piso | Tel. 3198-9333 THORRÈ | 1º piso | Tel. 3552-6700 TIGRESSE | 1º piso | Tel. 3755-1174 VERSACE COLLECTION | 1º piso | Tel. 3198-9342 VI AND CO | 2º piso | Tel. 3552-3557

TIFFANY & CO. | térreo | Tel. 3552-5200 VICTORINOX | 1º piso | Tel. 97107-5441 VIVARA | 2º piso | Tel. 95266-6196

Tels. 3552-1460/1461

INTIMISSIMI | 1º piso | Tel. 3552-3557 JOGÊ | 1º piso | Tel. 3758-4885 MISS VICTTORIA | 1º piso | Tel. 3758-5344 YVY | 1º piso | Tel. 3758-3723/3552-5410

CASA 8 | 1º piso | Tel. 3552-8888 PRINT STORE | 3º piso | Tel. 3552-1444

MISSINCLOF | 2º piso | Tels. 3552-2680/2681 MIU MIU | térreo | Tels. 3552-1040/1041 MIXED | 1º piso | Tel. 3552-3111 OMA TEES | 2º piso | Tel. 3198-9305 ROSA CHA| 2º piso | Tel. 3552-3014 RED VALENTINO | 1º piso | Tel. 3274-7890 RICHARDS | 2º piso | Tel. 3758-2237 SALVATORE FERRAGAMO | térreo |

MIL FRUTAS | 1º piso | Tel. 3552-5900 NONNO RUGGERO | térreo | Tels. 3552-7000/7002 PATI PIVA | 1º piso | Tel. 3552-5670 POBRE JUAN | 3º piso | Tel. 3552-3150 RIVE GAUCHE | 3º piso | Tel. 3758-2616 SOTTOVENTO | 3º piso | Tel. 95696-0185 THE GOURMET TEA | 3º piso | Tel. 3758-2565 TOP CHURRO | 2º piso | Tel. 98199-0590 TOSTEX | 2º piso | Tel.. 3758-3485

ACCESSORIZE | 2º piso | Tel. 3758-0859 ALEXANDRE BIRMAN | térreo | Tel. 3552-3557 Presentes e casa ALEXANDRE DE PARIS | 1º piso | BLAUSS MAISON | 1º piso | Tel. 3758-5097 Tel. 3552-2900 DASLU CASA | 4º piso | Tel. 3033-3034 CAPODARTE | 1º piso | Tel. 3758-3209 FOM | 3º piso | Tel. 3758-0719 CRUCIANI | 1º piso | Tel. 3198-9349 L’OCCITANE | 2º piso | Tel. 3552-3035 FRED PERRY | 2º piso | Tels. 3198-9351/9352 MUNDO DO ENXOVAL | 1º piso | Tel. 3758-4945 FRANCESCA ROMANA DIANA | 1º piso | PRESENTES MICKEY | 3º piso | Tel. 3758-3005 Tel. 3552-3010 SPICY | 2º piso | Tel. 3758-2551 LONGCHAMP | térreo | Tel. 3552-1555 TANIA BULHÕES | térreo | Tel. 3758-5010 MIU MIU | térreo | Tels. 3552-1040/1041 TEMPUR | 1º andar | Tels. 3479-1059/98177-6006 MONTBLANC | térreo | Tel. 3552-8000 TROUSSEAU | 2º piso | Tel. 3758-3250 SALVATORE FERRAGAMO | térreo |

Tels. 3758-2998/3719

MARTHA MEDEIROS | 1º piso |

GRIFITH | 2º piso | Tels. 3552-2828/3758-3228 GUERREIRO | 2º piso | Tel. 3758-0198 H. STERN | térreo | Tel. 3758-3480 MONTBLANC | térreo | Tel. 3552-8000 NOIA CAROLINA | 1º piso | Tel. 3552-5518 OMEGA | térreo | Tel. 3198-9370 RAPHAEL FALCI | 1º piso | Tel. 3198-9339 ROLEX | térreo | Tel. 3552-3557 SILVIA FURMANOVICH | 2º piso |

CLÍNICA DR. FILIPPO PEDRINOLA |

MEDICINA DIAGNÓSTICA ALBERT EINSTEIN | 5º piso | Tel. 2151-1233 REEBOK SPORTS CLUB | 4º piso |

Tel. 3759-7878

SPA CIDADE JARDIM | 5º piso | Tel. 3198-9375/9379

TANIA BULHÕES | térreo | Tel. 3758-5010

HT CENTER | 1º piso | Tels. 3552-2673/3088-9543 IPLACE | 2º piso | Tel. 99571-6696 ISOLUTION | 1º piso | Tel. 3198-9354 LEICA STORE - PHOTOCIDADE | 2º piso |

Tel. 3758-3609

POLISHOP | 2º piso | Tels. 3755-1445/3758-1854

Tabacaria

TABACARIA CARUSO | 1º piso | Tel. 3552-3232

Telefonia

CLARO | 3º piso | Tel. 3552-3557 TIM | 3º piso | Tel. 3552-3557 VIVO | 3º piso | Tel. 3552-3557

Cinema

CINEMARK | 3º piso | Tel. 3198-9381

Serviços e conveniência

AGAXTUR TURISMO | 3º piso | Tel. 3759-7900 CONCIERGE | térreo | Tels. 3552-3557/3558 DROGASIL | 1º piso | Tel. 3758-5036 DRY UP | 1º subsolo | Tel. 3552-1300 ESPAÇO FAMÍLIA | térreo | Tel. 3552-3506 K20 TOUR | 3º piso | Tel. 3552-2990 GAMA PET | 2º piso | Tels. 3758-5332/3552-2002 LAVASECCO | 3º piso | Tel. 3758-5455 NESPRESSO PICK POINT

concierge – térreo | Tels. 3552-3557/3558 NPK MÁRMORES | 1º piso | Tel. 3552-3557 PONTO DE TÁXI | 2º subsolo | Tel. 3552-3540 PRINT STORE | 3º piso | Tel. 3552-1444

SAPATARIA E COSTURA DO FUTURO | 3º piso | Tel. 3552-1050

UNIF | 3º piso | Tel. 3755-0221 VERBENA | 3º piso | Tels. 3057-3788/99605-1733

Banco

HSBC | 1º piso | Tel. 3755-5710

Caixas eletrônicos

BANCO 24 HORAS | térreo ADEGA SANTIAGO | 4º piso | Tels. 3758-4446/2441 BRADESCO | térreo BAKED POTATO BOUTIQUE | 1º piso | ITAÚ | térreo Tel. 3758-5417 SANTANDER | térreo CASA DO PÃO DE QUEIJO | 2º piso |

Alimentação

Tel. 3758-3403

Em breve

CHOCOLAT DU JOUR | térreo | Tel. 3758-0561 BRUNELLO CUCINELLI | térreo | DI CAPRI CAFÉ BISTRÔ | 2º piso | Tel. 3552-3557 Tel. 3552-1256 MICHAEL KORS | térreo | Tel. 3552-3557 DILETTO | térreo | Tel. 7772-0794 PIAGET | térreo | Tel. 3552-3557 DUE CUOCHI CUCINA | 3º piso | Tel. 3758-2731 PLAYSPACE | 3º piso | Tel. 3552-3557 ESPAÇO ÁRABE | 2º piso | Tel. 3552-7780 VACHERON CONSTANTIN | térreo | FIT FOOD | 4º piso | Tel. 3759-7878 • Ramal 4 Tel. 3552-3557 FORMIGA | 1º piso | Tel. 3418-7667 ILLY | 1º piso | Tel. 3758-3405 KOPENHAGEN | 2º piso | Tel. 3758-3334 KOSUSHI | 4º piso | Tel. 3552-7272 LANCHONETE DA CIDADE | 1º piso | Tel. 3198-9301

LE PAIN QUOTIDIEN | 3º piso | Tel. 3758-3597 MARIE MADELEINE - BOUTIQUE SOPHIE | 1º piso | Tels. 3198-9318/9319


MAPA GASTRONôMICO

ALTERNATIVOS BEM LEGAIS por paulo greca

Gastronomia descomplicada e lugares transados para você comer bem e desfrutar das novidades. Gostou?

Holy Pasta Food Truck (SP)

Comida de alto nível, elaborada por chefs entusiastas, servida por uma equipe bem treinada em um furgão transadíssimo. Essa é a proposta do proprietário Adolpho Schaefer e seus sócios. Em meio ao cardápio variado, vale experimentar o “Cafajeste” - Sanduíche de Almôndegas Pomodoro com Molho Vinagrete e Creme de Queijos (R$ 15) ou o imperdível Ravióli de Ricota com Nozes ao Molho Pesto (R$ 22). Você come essas delícias “confortavelmente” em pé, sentado na calçada ou num banquinho de plástico fornecido no local. No mínimo, uma experiência ímpar. (11) 96171-6305 • Itinerantes pela cidade https://www.facebook.com /HolyPastaFoodtruck?fref=ts

Jardim da Marambaia (RJ)

Localizado na Barra de Guaratiba, em um casarão centenário, no alto de um morro, com vista para a linda Restinga da Marambaia, o restaurante, focado na gastronomia contemporânea, está sob o comando do chef italiano Marco Addieco. Dentre suas especialidades, não deixe de provar o Linguine Allo Scoglio massinha generosamente temperada com frutos do mar (R$ 49) e harmonize com um dos vinhos da seleta carta, elaborada pelos proprietários Ricardo Urbano e Arnaud Vermeire. O restaurante fica bem longe do centro urbano carioca, mas a visita vale cada quilômetro rodado. Se der preguiça na hora de voltar, você pode se hospedar na pousada existente - integrada ao restaurante - e ainda curtir o luar refletido nas águas cristalinas da restinga. Wi-fi e estacionamento grátis. (21) 2410-8523 • Estrada da Vendinha, 871 www.pousadajardimdamarambaia.com.br

Boxixo Carioca (SP) Andrade Petiscaria (SC)

Restaurante de orla ao melhor estilo cabaninha simples, com mesinhas de plástico e pé na areia, de frente para a belíssima praia de Porto Belo (SC). O local, extremamente simples, oferece uma gastronomia deliciosa e atendimento com muita simpatia. Experimente o Salmão Grelhado (R$ 55), que serve muito bem a duas pessoas. A música ambiente é tão terrível que vale boas risadas na seleção da “Sessão Nostalgia”, transformada em balada eletrônica no decorrer da noite. Não precisa reserva - é só chegar e sentar. Wi-fi grátis do vizinho. (47) 3369-9440 • Av. Sen. Atílio Fontana, 2008 www.andradepizzaria.com.br

98 · JUN.14

avianca em revista

Recém-inaugurado, em março de 2014, esse boteco no coração do bairro de Moema remete à descontração carioca do baixo gávea. Petiscos, chopp estupidamente gelado e pratos suculentos, que satisfazem tranquilamente duas pessoas, fazem a alegria da galera animada que frequenta o local. Confira o Filé Grelhado (com dois acompanhamentos) e Alho Frito - bem sequinho (R$ 37). O atendimento é eficiente, simpático e, de quebra, o bar ainda tem uma varanda descolada, perfeita para as noites mais quentes. Está sempre lotado e é bem barulhento, mas é exatamente isso que dá o charme carioca ao local. Não tem serviço de manobrista. (11) 5041-9494 • Rua Inhambu, 800 www.facebook.com/boxixocarioca

avianca.com.br


carta de vinhos

VARIETAIS, BLENDS & AFINS

por paulo greca

F

ocados nos quesitos alta qualidade e preço justo, selecionamos rótulos variados de vinhos tintos produzidos com apenas um tipo de uva (Varietais) e outros elaborados com um mix de diversos tipos (Corte ou Blend). O importante é que, seja qual for a sua escolha, ela será a certa.

Linda Flor – La Violeta 2008 Tinto encorpado e bastante aromático, produzido pela Bodega Monteviejo, no Vale do Uco, em Mendoza, na Argentina. Esse corte de uvas Malbec, Merlot e Syrah foi envelhecido por 24 meses em barris de carvalho francês, novos. Possui excelente estrutura, com longo potencial de guarda. No nariz, revela notas de caramelo, frutas negras, especiarias e toques de chocolate. Boca macia, com taninos bem estruturados e final bastante longo. (R$ 458) Ana Import Tel.: (11) 99963-3898 anadeandrade1101@gmail.com

Bill Pinot Noir Limited Edition 2011 Tinto chileno do Valle de Casablanca, produzido com 100% de uvas Pinot Noir e afinado por um ano em barris de carvalho francês. Cor vermelho rubi, aromas de ameixa, noz moscada e canela. Mineralidade expressiva, que revela toques de grafite na boca. Final longo. (R$ 149) Viníssimo Tel.: (11) 4195-5554 www.vinissimo.com.br

Esporão Reserva 2011

Arbucala Esencia Barrica 2007 Tinto Espanhol da região de Toro, vinificado com uvas 100% Tinta de Toro (Tempranillo) e maturado em carvalho francês por seis meses. Cor rubi, aromas de tostado, alcaçuz e café com toques mentolados. Boca macia com taninos equilibrados. Vinho potente e maduro. Final bastante expressivo e longo. (R$147) Ana Import Tel.: (11) 99963-3898 anadeandrade1101@gmail.com

100 · JUN.14

avianca em revista

Tinto português alentejano, produzido pela Vinícola Herdade do Esporão, proveniente das castas Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet, plantadas em solo de natureza granítica com transição para xistosa e estrutura franco-argilosa. Foi envelhecido por 12 meses, 70% em carvalho francês e 30% em carvalho americano, além de ter repousado por mais um ano em garrafa. Aroma intenso de especiarias e frutos vermelhos, com discretas notas de madeira. Encorpado, elegante, com boa densidade e cremosidade, apesar dos taninos ainda um pouco marcantes. Final persistente. (R$ 125) Qualimpor Tel: 0800-7024492 www.qualimpor.com.br avianca.com.br


SABORES

Giros gastronômicos nas cidades da Copa

por CARLA PALMIERI

E

ntre os dias 12 de junho e 13 de julho, doze cidades sediarão a Copa do Mundo 2014: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Manaus, Cuiabá e Natal.

Nesta edição, convidamos seis conceituados chefs, representando diferentes Estados, para sinalizar locais gastronômicos interessantes aos gastroturistas que visitarão algumas destas cidades durante o torneio. Anotem suas dicas e divirtam-se!

São paulo

Restaurante Yakitori É um autêntico restaurante japonês fora do circuito Liberdade. Fica quase escondido em Moema e é pra quem não abre mão das tradições. Além dos sushis e sashimis, quase obrigatórios para os paulistanos, o grande lance é comer os espetinhos grelhados, que está super na moda no Japão. Tem de tudo: ovo, cebola, berinjela, quiabo, frango, carne, cogumelos. Avenida dos Carinás, 93 - São Paulo (11) 5044-7809

Restaurante Obá Edrey Momo O restaurateur entrou para o mundo gastronômico ainda adolescente, aos 15 anos, ajudando os pais e a avó na matriz da tradicional 1900 Pizzeria. Hoje, o empresário, formado em administração com ênfase em marketing pela ESPM e chef de cozinha pela Universidade AnhembiMorumbi, também é sócio da prestigiada Tasca da Esquina, além de ser sócio honorário da consultoria de restaurantes AyB.

102 · JUN.14

avianca em revista

É um lugar colorido, aconchegante e cheio de detalhes interessantes. A comida é uma inspiração das culinárias mexicana, italiana, brasileira e tailandesa. Pode parecer uma loucura unir tanta diversidade, mas o Obá consegue um resultado fabuloso. É simplesmente uma experiência única, pois tudo é feito respeitando a tradição de cada país. www.obarestaurante.com.br

avianca.com.br


RIO DE JANEIRO

SABORES

104 · JUN.14

Joachim Koerper Com mais de 30 anos de sucesso, o estrelado chef Joachim Koerper comanda dois restaurantes no Rio de Janeiro (Enoteca Uno e Enotria por Joachim Koerper) e o seu conceituado Eleven, em Lisboa. Alemão casado com uma brasileira e residente por 40 dias em Portugal e 40 dias no Brasil, tem uma cozinha autoral impressionante.

Aprazível

Garota da Urca

Localizado no bairro de Santa Tereza, é um lugar com uma vista incrível, além de possuir maravilhosas cachaças artesanais. Quando estou por ali, gosto do palmito assado servido na telha de bambu com pesto de azeite, manjericão e castanha de caju e da caipirinha de maracujá. A casa também oferece saladas refrescantes e pratos mais pesados, como a galinhada caipira. www.aprazivel.com.br

O restaurante, que também existe em outros bairros da cidade, tem um popular chopp tirado na pressão e uma vista linda da praia da Urca para ser apreciada no fim de tarde, assistindo ao pôr do sol. Além do chopp e das opções de caipirinhas, são boas pedidas os pastéis colombianos, com farinha de milho e recheio de carne-seca ou camarão, e a picanha aperitivo. Para o almoço de domingo, o destaque é a picanha à brasileira, servida com fritas, arroz, farofa e banana à milanesa. Bem carioca! Rua Marechal Cantuária, 10 - Urca (21) 2541-5040

avianca em revista

avianca.com.br


PORTO ALEGRE

SABORES

Marcelo Schambeck Atualmente é chef proprietário do Del Barbiere, por onde foi indicado pela revista Veja Porto Alegre entre os melhores chefs revelações de 2008 e novamente indicado em 2010, 2011 e 2012 como chef do ano. No final de 2008, esteve em São Paulo buscando novos sabores, onde se atualizou com a banqueteira Neka Menna Barreto, do Neka Gastronomia, e também no Restaurante Maní, ao lado da chef Helena Rizzo. Em 2013, a convite das embaixadas brasileiras, esteve na Índia e no Paquistão realizando eventos de divulgação da cultura e da gastronomia nacional.

Chicafundó O Chicafundó é um pequeno bistrô, que fica nos fundos da loja Refúgio Urbano e é comandado pela querida Elisa Prenna. Sempre brinco que gostaria muito de ir almoçar no meu bistrô, de ser cliente. Como isso é difícil, mato a vontade no Chicafundó. Lá é servido um menu do dia, com ingredientes frescos, a comida é muito boa, feita com carinho, “comida com amor”, o atendimento é super querido, em um ambiente aconchegante. Um ótimo refúgio para almoçar. www.chicafundo.com.br

Olivos 657 Um gastrobar, onde se encontram rótulos de cervejas bem selecionados por um dos sócios, Fred, quem comanda o bar. Vale muito ficar sentado no balcão e deixar que ele sugira as degustações de cervejas, cada dia uma nova, e com toda atenção e explicação de cada uma delas. Além das cervejas, servem ótimos drinks. Quem comanda a cozinha é o chef Mauricio Cupini. As comidinhas são de bar, mas todas com toques da alta gastronomia. Rua da República, 657 - Porto Alegre (51) 3372- 6256

106 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Anúncio CYRELLA 1pg


BELO HORIZONTE

SABORES

108 · JUN.14

Eloi Moreira É chef de cozinha, consultor gastronômico, atua no mercado há 10 anos e está entre o metier dos mais jovens chefs conceituados que se destacam no cenário atual contemporâneo. No seu trajeto, morou em Paris, a capital das tendências gastronômicas, onde cozinhou no L’epigramme, sendo mais um adepto da “Nouvelle Cuisine”. Trouxe para o Brasil a prática gastronômica europeia. Atualmente comanda as panelas de seu próprio restaurante, Eloi Moreira Bistrô.

Confeitaria Momo

Mercado Central de Belo Horizonte

A Confeitaria Momo representa o bom gosto do belorizontino por doces e quitandas, que nos lembram da infância. Além das três unidades já existentes, inaugurou recentemente a Momo Panini, na Avenida Prudente de Morais, que possui uma variedade de pães totalmente artesanais, muito saborosos, além das sobremesas deliciosas e das tradicionais receitas de família, com as quais a proprietária Eugênia Procópio nos presenteia. www.momoconfeitaria.com.br

O Mercado Central de Belo Horizonte é tradicional entre os mineiros por ser um ponto de encontro de gerações, com 84 anos de existência, reunindo gastronomia, artesanato, floriculturas e uma infinidade de coisas. É lá que se encontram os melhores queijos de Minas Gerais e, claro, os doces de compotas que tanto nos lembra de nossos antepassados. Outra tradição do Mercado são seus bares, famosos por terem um tipo de atendimento bem popular e pitoresco, com os clientes sendo atendidos de pé, apoiados num balcão e convidados a degustar aquela cerveja estupidamente gelada e provar o famoso Fígado com Jiló Acebolado. Um dos bares que frequento quando passo pelo Mercado é o Bar Campinho, da simpática Eliane. Ali encontramos alguns amigos e jogamos um pouco de conversa fora, como nós gostamos de dizer. www.mercadocentral.com.br

avianca em revista

avianca.com.br


BRASília

CURITIBA

SABORES

+55 Ultimamente, Curitiba foi bombardeada com vários lugares descolados. Um deles se chama +55, local bem frequentado por gente bonita, com uma gastronomia caprichada. O bar é inspirado pelo Brasil, suas cores, sabores, gente e cultura. Localizado em um dos pontos mais movimentados da cidade, o estabelecimento apresenta a tradicional essência de bares e botecos brasileiros, com arquitetura contemporânea e diversos sotaques da gastronomia verde-amarela. www.cincocinco.com.br 4SI

Mara Alcamim Apaixonada pela culinária brasileira, a chef combina ingredientes nacionais com clássicos da gastronomia internacional. Dessa mistura tão deliciosa, surgiu, em 1997, o Universal Diner, seu primeiro restaurante, um dos mais badalados de Brasília. Sete anos após abrir o Universal, Mara inaugurou o restaurante Zuu a.Z. d.Z., onde cada detalhe foi pensado para valorizar o momento à mesa, saboreando as receitas e alimentando o prazer da convivência com as pessoas. Gastropub Loca Como Tu Madre

Outra sugestão é de uma chef amiga, Manu Buffara. Ela acabou de abrir uma Brasserie, que se chama 4SI. Lá, a chef prepara deliciosas comidas, com muito talento. Citei-a, pois a leitura gastronômica é toda voltada para o Brasil, ou seja, sincronia com o momento de brasilidade que estamos vivenciando. www.4sibrasserie.com.br

Inaugurado em março de 2012, o pub é tão descolado e descontraído quanto o seu nome: Loca Como Tu Madre. Além da expressão portenha, o gastropub agrega várias outras referências em seu conceito. O cardápio, por exemplo, traz cortes argentinos e também influências das cozinhas mediterrânea, mineira e nordestina. Gosto de ir lá porque é um lugar descontraído, com boa comida e preços acessíveis. 306 Sul, Bloco C, Loja 36 - Brasília (61) 3244-5828 Beirute

Alexandre Bressanelli Professor do curso de chef de cozinha do Centro Europeu Curitiba e chefe consultor para bares e restaurantes.

110 · JUN.14

avianca em revista

O Beirute foi inaugurado em 1966, poucos anos após a fundação da capital federal. Ele é, certamente, o bar e restaurante mais conhecido de Brasília. Destaca-se por suas comidas fartas, cervejas bem geladas e capacidade singular de agregar distintos grupos de diferentes classes sociais e idades. 109 Sul, Bloco A, Loja 2 - Brasília (61) 3244-1717

avianca.com.br


SHOPPING

Hora das compras

Para ELA

shopping@aviancaemrevista.com.br

Pulseira bambu e prata R$1647,00 loja.mariaoiticica.com.br

Bolsa Danny Python Red R$4.257,00 www.vitorhugo.com.br

Caneca Paixテ」o Sテバ Casa R$44,00 www.saocasa.com.br

Love Glam Love R$ 79,00 www.puig.com

jimmy choo R$ 5.080,00 jimmychoo.com

Armani Exchange R$ 1200,00 www.relogiosarmaniexchange.com.br

slim namorados HAVAIANAS R$36,90

chilli beans bigfreedia R$ 268,00 www.chillibeans.com.br

Bolsa Miu Miu R$6130,00 miumiu.com

avianca em revista

JUN.14

ツキ 113


SHOPPING

Para ELE

RELÓGIO MIDO preço sob consulta www.mido.com.br

OGOCHI preço sob consulta www.ogochi.com.br

Vinho Barricas do Chile R$ 435,00 vendas@terruares.com Almofada Oppa Me Pega R$ 69,90 www.oppa.com.br

Firelite Samsonite perola média R$ 1.690,00 www.samsonitebrasil.com.br

Canivete Classic R$ 98,00 www.victorinoxstore.com.br

Inissia Ruby Red R$ 369,00 nespresso.com Revisteiro couro e metal Natuzzi preço sob consulta www.natuzzi.com

Kit Couture Veuve Clicquot R$ 516,00 SAC 11 3062 8388

114 · JUN.14

avianca em revista

slim namorados HAVAIANAS R$36,90

COOLPIX L820 R$ 999,00 www.nikon.com.br

avianca.com.br


FAMÍLIA A BORDO

Embarque com crianças

A

lguns anos atrás, um casal de amigos decidiu viajar com o filho para o Nordeste do Brasil. Que sonho! Planejaram, pesquisaram sobre o destino, passaram dias arrumando as malas, colocaram cópias da certidão de nascimento da criança em duas bolsas diferentes, pra não correr o risco de esquecer. Tudo pronto. Chegou o grande dia. Enfrentaram duas horas de trânsito, que não estavam nos planos, até que avistaram, finalmente, o Aeroporto de Guarulhos. Ufa! Faltava uma hora para o voo, tinha dado tudo certo, assim pensaram. Na verdade, nem tudo. Na hora do check-in, o casal descobriu que tinha que ter levado a certidão de nascimento original do filho, não a cópia. Sem o documento, tiveram que colocar as malas de

116 · JUN.14

avianca em revista

por Patrícia Maldonado

volta no carro, enfrentar mais duas horas de trânsito pra voltar pra casa e adiar o sonho para o dia seguinte. Frustração que poderia ter sido evitada com uma simples pesquisa na internet ou uma conversa com amigos habituados a viajar com crianças. O fato é que eles não fizeram nada disso e passaram muita raiva por perder um dia de férias. Já pensou que chato? Me lembrei desse caso outro dia e resolvi tocar no assunto justamente para evitar que outros pais e mães passem apuros em um momento que deveria ser de prazer e alegria. A minha dica é: ao planejar a viagem, reserve um dia para providenciar a documentação necessária. Com tudo em mãos, embarque em paz. Veja abaixo algumas dicas básicas para ajudar. avianca.com.br


Viagens nacionais • Viagem com o pai e a mãe: crianças e adolescentes (até 12 anos) precisam apresentar a carteira de identidade ou a certidão de nascimento original para comprovação de parentesco; • Viagem com pai ou mãe: não é necessário emitir autorização de viagem, só a identidade ou certidão de nascimento; • Com tutor ou parentes (avós, bisavós, irmão, tios ou sobrinhos maiores de 18 anos): precisam portar documento original, com foto, que comprove o parentesco. É necessária apresentação de autorização (simples, cartório, judicial ou consular) emitida pelo pai, mãe, ambos ou responsável legal. Caso não haja parentesco ou este não possa ser comprovado por documentos, o acompanhante deverá apresentar uma autorização escrita, assinada por pai, ou mãe, ou quem possuir a guarda legal, ou tutor, com firma reconhecida em cartório ou autorização judicial. A autorização judicial para o embarque de menores deverá ser expedida na cidade de embarque, podendo ser solicitada outra autorização judicial para o regresso à cidade de origem, dependendo do estado de destino. É necessário conter, obrigatoriamente, as informações: trecho, data da viagem (ida e volta), nome e parentesco da pessoa responsável, bem como a qualificação completa, pois cada localidade possui sua particularidade para emissão da referida autorização; • Desacompanhadas: a Avianca não embarca menores de 5 anos desacompanhados. A partir de 5 anos completos (menores de 12 anos) precisam de autorização judicial (feita por pai, mãe ou tutor legal) ou consular (há cobrança de R$ 100,00 para a supervisão de menores desacompanhados. A cobrança é válida por trecho - Origem/Destino - não se aplicam cobranças por escalas e conexões). Para solicitar o serviço, basta contatar a central de atendimento.

Viagens internacionais • Viagem com pai ou mãe: necessário levar autorização por escrito do outro; • Viagem com outros adultos, sem pai nem mãe presentes: necessário levar autorização por escrito dos pais ou responsáveis; • Desacompanhados: devem levar autorização por escrito dos pais ou responsáveis.

Autorização •Preencher os dados do formulário padrão, que pode ser encontrado no portal do CNJ (cnj.jus.br) e no site da DPF (www.dpf.gov.br) no link “viagem ao exterior”; • Uma autorização por criança/adolescente; • Indicação do prazo de validade. Caso não seja indicada, será válida por dois anos; • Firma reconhecida em cartório por autenticidade ou semelhança; • Duas vias (uma ficará retida na Polícia Federal); • Vale lembrar, no caso de viagens internacionais, que o passaporte tem que estar válido (no caso dos Estados Unidos tem que ter mais de seis meses de validade) e o visto, se necessário para o destino, em dia.

Patrícia Maldonado é mãe de Nina e Maitê, jornalista (apresentadora da TV Bandeirantes) e tem no portal Yahoo um blog e um programa sobre os desafios da mãe contemporânea.


PET STYLE

Workaholicão por Rozze Angel fotos Rozze Angel / divulgaçãO

Já imaginou levar seu bicho de estimação para o trabalho? Em algumas empresas, esse sonho é realidade. Mas saiba que, para desfrutar do prazer da companhia do seu pet, é preciso avaliar as responsabilidades.

A

prática, muito comum nos Estados Unidos, ganha cada vez mais adeptos no Brasil. A Associação Americana de Produtos para Pet estima que mais de 1,5 milhão de donos levem seus cachorros para o trabalho por lá, todos os dias. Aqui, ainda não há estimativas, mas basta tocar no assunto e sempre se descobre alguém que conhece alguém que já faz isso. Em ambientes ligados à criatividade, esse comportamento é mais aceito. Diversos escritórios de arte e arquitetura, agências de design, de publicidade e de comunicação, por exemplo, permitem que seus funcionários levem seus mascotes. Como Diego, um whippet de seis anos, que acompanha seu dono, Vicente Negrão, todos os dias. Na casa, onde funciona seu escritório, trabalham outras seis pessoas. “Todos adoram”, conta Negrão, completando: “quando ele chega, vai de mesa em mesa, cumprimentando todo mundo”. Segundo Vicente, é unir o útil ao agradável, ou seja, não ter que deixar o cachorro sozinho em casa, ao mesmo tempo em que a presença dele descontrai o ambiente empresarial. Claro que é preciso ter limites e disciplina. “É tudo questão de adaptação”, explica Tânia Furtado, uma de suas colaboradoras que mais mima Diego. Em dia de reunião, por exemplo, o cachorro pode ficar em uma área externa. “Mas isso depende do cliente e, em 99% dos casos, eles não se importam”, completa. Além de escritórios, existem ambientes projetados para receber animais, denominados Pet Friendly, como lojas e, acredite, até restaurantes. Inaugurado há seis meses, o salão de beleza LAB., de Duda Molinos, é um deles. Instalado em um prédio de três andares, com terraço ao ar livre na cobertura, o salão incorporou o estilo de vida do bairro paulistano onde está, em Higienópolis, uma vez que seus moradores são conhecidos por terem muitos animais de estimação. Por isso mesmo, ninguém se importou quando Zeca, um cachorro de treze anos, chegou logo no primeiro dia de trabalho,

118 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Regras da boa vizinhança 1.

acompanhando Duda. “E não sou só eu, meu sócio traz seu cachorro, o Monet, e a maioria das minhas clientes também trazem os seus”, comemora ele. Mas, para que isso funcione, Molinos conta que algumas regras foram impostas. A primeira delas é que o animal seja amável. “Mas se não for, pode vir de focinheira”, acrescenta. Avisam também que, caso chegue alguma cliente que tenha fobia, medo de cachorros, todos serão colocados na área livre. “As pessoas têm que ter prioridade”, diz, ao mesmo tempo em que defende: “mas tem que considerar que hoje as famílias são mais contemporâneas. Não é só pai, mãe e filhos. Os animais já fazem parte delas”. Há quem diga que ter um cachorro no trabalho ajuda nos negócios. “Tem cliente que vem à loja só para visitar Manny”, comenta Juliana Leme, 27, referindo-se ao seu buldogue francês. Ela trabalha no escritório da madeireira de seu namorado, em Caraguatatuba, no litoral de São Paulo. Claro que pela relação familiar, a presença de Manny na empresa nunca foi questionada. Mesmo assim, Juliana afirma que ele é educado, usa o tapete higiênico e tem até uma mala com tudo o que precisa para passar o dia, inclusive roupas e brinquedos. E claro que um bichinho ajuda a fixar o endereço comercial. O estilista Maurice Fückner diz que tem duas lojas na região central de São Paulo que ele não consegue esquecer. Não pelos produtos que vende, mas sim pela recepção. “Quando chego lá, tem sempre gatos dormindo na vitrine”, derrete-se.

Mesmo que você seja o patrão, antes

de instituir a presença de um animal no ambiente de trabalho, confirme se todos os colaboradores aceitam. Tem que se considerar impedimentos físicos, como alergias e fobias.

2. Por lei, os condôminos não podem

proibir a presença de animais, mas em assembleia, por comum acordo, o acesso a prédios comerciais pode ser restrito. Em especial se houver unidades médicas no edifício.

3. M  esmo

que seja permitido, é de bom tom, levar o animal pelo elevador de serviço e sempre que possível, no colo.

4. Lembre-se que se seu cachorro morder alguém, você poderá sofrer um processo civil e até criminal.

Em tempo Quem visita a redação da revista Avianca, encontra, de vez em quando, a Lua, uma lhasa muito fofa, que já faz parte da equipe.


TURISMO

Destino: Brasil C

Por Rozze Angel Fotos Glauber Queiroz

om menos de três meses para a Copa do Mundo, mais precisamente no dia 17 de março passado, Vinicius Nobre Lages assumia o cargo de Ministro do Turismo. Ele, que deixou a gerência da Unidade de Assessoria Internacional do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (SEBRAE) para assumir o Ministério, chegou em um momento decisivo para o futuro do país. Trouxe na bagagem, além da experiência adquirida pela vivência no exterior, uma visão global que lhe permite enxergar o Brasil sob dois ângulos distintos: de dentro para fora e vice-versa.

Amparado por projeções positivas e por essa abordagem bilateral, ele defende que o Mundial será um divisor de águas no cenário do turismo e da economia brasileira. “Temos, sim, que celebrar essa Copa do Mundo e pensar na perspectiva do pósCopa”, enfatiza Lages, que ainda afirma: “a percepção do nosso país, por onde andei, é majoritariamente muito positiva”. Considerando que Lages morou por oito anos no exterior e visitou cerca de quarenta países pelo mundo, sua opinião, nesse sentido, é de extrema relevância. Vem daí, inclusive, sua certeza em liderar esse momento transitório na história do país. Assumir o Ministério em meio à dualidade de opiniões a respeito de prós e contras da realização da Copa do Mundo, não é uma missão fácil. Para ele, os questionamentos são resultantes do próprio amadurecimento do país. “Mas é estranho que, no momento em que conseguimos um megaevento como este, estejamos também passando a limpo o Brasil, até com um certo pessimismo”, reflete sobre o posicionamento da sociedade ante os investimentos em obras e infraestrutura. Ele ressalta que a Copa do Mundo em si não vai trazer muito mais turistas além da média atualmente atingida, que é de cerca de 500 mil estrangeiros por mês. “A projeção futura é que vai ser alavancada, como aconteceu em outros países que também

120 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


As projeções* são animadoras. Segundo uma pesquisa feita pelo Ministério do Turismo, estima-se que 3,7 milhões de pessoas - entre estrangeiros e brasileiros - estarão em trânsito pelo país no período da Copa do Mundo, o que deve gerar, apenas na economia do turismo, R$ 6,7 bilhões. Cerca de 1,9 milhão de pessoas virão exclusivamente para o evento, sendo que 600 mil virão do exterior, oriundos de pelo menos 186 nacionalidades. Em média, os estrangeiros devem assistir a quatro jogos e a projeção é que gastem R$ 5.500,00 durante sua estada no país, já descontadas as despesas com passagens aéreas e valores gastos no país de origem. Além de, claro, os jogos assistidos pela televisão por três bilhões de telespectadores. “É uma janela de oportunidade muito grande, não apenas para o turismo, mas para o que o Brasil representa hoje ao mundo”, comemora. Na recém-realizada Copa das Confederações, por exemplo, não foram apenas as seis cidades-sedes a serem beneficiadas. No total, 137 cidades foram visitadas pelos turistas internacionais e brasileiros no período desses jogos. Espera-se que mais de 300 outras sejam visitadas na Copa do Mundo, no entorno das suas 12 cidadessedes. Ainda segundo pesquisas realizadas durante a Copa das Confederações, 75% dos turistas entrevistados manifestaram interesse em voltar ao país. “Nosso povo sabe acolher e tem uma alma celebrativa muito forte, além de uma hospitalidade inigualável”, destaca o Ministro.

Grandes eventos

O Brasil é hoje o sétimo destino mundial para a realização de eventos internacionais. Entre eles, já sediou alguns, como: Congresso Internacional de Cardiologia, Jornada Mundial da Juventude, Salão do Automóvel, Fórmula 1 e Rio +20. “Na Fórmula 1, por exemplo, São Paulo realizou o melhor Grande Prêmio do ano passa-

do (2013), reconhecido pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), e vai receber um prêmio por isso”, conta Lages. Para ele, esses eventos são verdadeiras plataformas de negócios, nos quais muitas vezes o próprio Governo Federal constrói importantes relacionamentos. O Ministro acredita que isso se deva ao fato da oferta turística brasileira estar hoje muito qualificada, tanto em destinos, como em roteiros e produtos. Isso se reflete na hotelaria, que atualmente apresenta uma grande diversidade de perfis, desde pousadas de charme, hostels, até hotéis 5 estrelas e resorts. Há também uma ampla oferta de bares e restaurantes, com a gastronomia brasileira sendo constantemente premiada. Para que o crescimento continue, o Governo Federal ainda promete oferecer, em breve, a facilitação de vistos, com implementação de sistema eletrônico. O país conta ainda com a ampliação da malha aérea para poder regionalizar a oferta e trabalhar nas segmentações: turismo de sol e praia, turismo rural, religioso, cultural, esportivo, de aventura, ecoturismo, entre outros. “Temos uma oportunidade histórica na Copa do Mundo e teremos por muito tempo porque o Brasil está em uma dinâmica de internacionalização”, diz. E de internacionalização Vinicius Lage entende, já que se intitula um curioso, nômade, turista e mochileiro, que conheceu até reis, rainhas e príncipes. “Cheguei a cozinhar para o Michael Jackson nas minhas experiências de vida”, recorda-se. Também, antes de ser o Ministro, Lages é um cidadão brasileiro e, como tantos outros, torce pela vitória da seleção brasileira. Mas é categórico: “não podemos ganhar a Copa, celebrar e parar”. Afinal, assim que acabar o Mundial já começam os preparativos para as Olimpíadas de 2016. “Não fizemos tudo isso apenas para a Copa, fizemos para que o Brasil continue crescendo. Mas temos que manter uma agenda que melhore o posicionamento do destino Brasil”, conclui. Fonte: pesquisa feita pelo MTur em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). www.copa2014.gov.br www.turismo.gov.br

Anúncio 1/3pg

sediaram o evento, como a África do Sul”, conta. Lages reforça também que muitas das obras em andamento não foram planejadas e estão em implementação unicamente para a Copa do Mundo. “Dos R$ 26 bilhões investidos, apenas 1/3 foi em estádios”, explica Lages, enfatizando que, por sinal: “isso é bom, já que a economia dos esportes e do entretenimento são as que mais crescem no mundo”.


TEM PRA HOMEM

Asa-delta:

a liberdade está no ar

Por Ricardo Oliveros Fotos Edmilson Figueiredo

Imagine voar sem avião durante quase dez horas e percorrer uma distância de mais de 500 quilômetros. Foi que fez Eduardo Fernandes, no final do ano passado, quando bateu o recorde de voo livre à distânPoro Ricardo Oliveros cia. Saiba mais sobre a asa delta, um esporte que passou de radical para o de aventuras nos últimos anos.

1

“Hoje é muito mais seguro voar, temos mais conhecimentos técnicos, investimento tecnológico de ponta para o desenvolvimento das asas-delta, aparelhos de localização integrados e mais profissionalização do setor”, avalia Eduardo Fernandes, mais conhecido como Dudu DF. O sonho de voar faz parte do imaginário dos homens, desde Ícaro, na Grécia Antiga, Leonardo da Vinci, no Renascimento, Santos Dumont, com o 14 Bis, e atravessou a ficção com Peter Pan, que para voar precisava que as crianças acreditassem na fantasia, até os super-heróis das histórias em quadrinhos. Muita coisa mudou desde que a asa-delta foi concebida, no final dos anos 40, por Francis Rogallo, da Nasa, e aprimorada pelos australianos John Dickerson, Bill Moyes e Bill Bennett, que usavam grandes pipas para subir aos céus, rebocados por uma lancha, em 1969. Engenheiros aeronáuticos projetam asas cada vez mais seguras e usam túnel de vento para os testes e simuladores computadorizados para observar o comportamento do aparelho em diferentes situações de voo. A partir de todo este conhecimento, hoje o voo livre de asadelta é considerado um esporte de aventura, e não mais uma modalidade radical. “A sensação do voo é indescritível. Sem uso de motor, usamos as correntes de ar quente para impulsionar a asa. É preciso manter sempre o foco, porque, de uma forma muito rápida, você sai de uma altitude de 3000 metros e está

122 · JUN.14

avianca em revista

perto do chão. Existem aparelhos que ajudam na performance do atleta, mas é importante aprender a observar a natureza, a formação de nuvens, os pássaros, e assim conseguir se manter mais tempo no ar”, explica Dudu DF, que começou na asa-delta em 2002. Voo de longa duração é uma das especialidades do atleta, que, em outubro de 2013, decolou da cidade de Tacima (Paraíba) e pousou, quase dez horas depois, próximo à cidade de Santa Quitéria (Ceará), percorrendo uma distância total de 576 km. O recorde brasileiro de Dudu DF também constituiu o novo recorde sulamericano da modalidade e, vale destacar, é o voo mais longo já realizado de uma decolagem de montanha em todos os tempos, no mundo. As condições geográficas do Brasil favorecem muito a prática do esporte. Estamos para asadelta como o Havaí está para o surfe. Para se preparar para este feito, ele pratica musculação e atividades aeróbicas e, para fortalecer a atenção e a mente, faz meditação. “O preparo físico e mental é importante para quem quer competir. Em dez dias, chegamos a voar 12 mil quilômetros. A lombar é uma área muito exigida. Muitas vezes você tem que caminhar muito até o resgate, que pode acontecer, dependendo do lugar, somente no dia seguinte”, explica Dudu, que também é fisioterapeuta, em Brasília. “As condições nem estavam tão favoráveis no dia do recorde. Acredito que posso ir mais longe na próxima tentativa”, finaliza um dos top 5 do esporte no Brasil.

2

3 1

O Brasil é considerado uma das mecas do voo livre e está, para a asa-delta, como o Havaí está para o surfe.

2

Desde quando foi inventado, nos anos 40, o investimento tecnológico em segurança é um dos principais fatores da evolução do esporte.

3

Eduardo Fernandes, o Dudu DF, é um dos top 5 do circuito brasileiro de asa-delta e tem o recorde de voo à distância, com um total de 576 km.

avianca.com.br


TOP DESTINOS

Tranquilidade, exclusividade e belezas naturais na

praia do Guajiru Por GUILHERME FERNANDES

D

unas, coqueirais, praia de areia branca quase deserta, águas mornas e tranquilas e piscinas naturais na maré baixa, um ambiente rodeado de belezas naturais em sintonia num clima de tranquilidade, sofisticação e privacidade. A aproximadamente 130 km da capital Fortaleza e do aeroporto internacional, no município de Trairi, a praia do Guajiru serve de inspiração para quem procura sossego, roteiros exclusivos e boa gastronomia. A palavra Guajiru, que dá nome ao local, é de origem indígena e também nomeia uma fruta com sabor adocicado e facilmente encontrada nas dunas da região. A praia é uma das mais procuradas pelos turistas que buscam sossego e harmonia com a natureza, é agradável para o banho, por suas águas mornas e transparentes, além de atrair os amantes dos esportes náuticos, como kitesurf e windsurf. A areia branca, os coqueirais vibrantes, o mar de águas calmas e piscinas naturais de um azul sem igual tornam o cenário ainda mais encantador e convidativo para a libertação do stress e da rotina dos grandes centros urbanos. O entorno da região da praia do Guajiru oferece ótimas opções de passeios. Destaques para o passeio de Catamarã pelo rio Mundaú e o passeio de buggy ou quadriciclo, com a sugestão de apreciar no final um lindo pôr do sol no alto das dunas de Flecheiras. Para complementar, a gastronomia e a hospedagem também chamam atenção, com receitas à base de frutos do mar e ingredientes típicos da culinária nordestina, além de hotéis únicos, com estrutura e serviços para tornar um momento inesquecível para os visitantes.

124 · JUN.14

avianca em revista

Um local que consegue reunir e oferecer tudo o que Guajiru tem de melhor é o Zorah Beach Hotel. Localizado de frente para o mar, o refúgio foi buscar na origem do seu nome indiano a concepção da filosofia de exclusividade, do bem viver e de ser acolhedor. Para receber os hóspedes, a inspiração no espírito asiático apresenta espaços amplos, com referências na arquitetura indiana e com toques asiáticos, aliado ao clima tropical, garantindo aconchego e privacidade, com sofisticação e absoluto conforto. A decoração, com referências asiáticas, é o ponto alto do Zorah Beach. Todas as peças, esculturas, objetos, luminárias e móveis vieram de Bali, da Índia e do Oriente Médio, entre exclusivas, feitas sob medida, e algumas com mais de 100 anos, selecionadas em antiquários. Há também lustres da Turquia e Marrocos, tapetes iranianos e esculturas indianas, com destaque para um Buda de aproximadamente uma tonelada, que fica na área da piscina, além de banheiras de hidromassagem, exclusivamente construídas em todos os quartos.

viagem de sabores, aromas e cores pela cozinha e cultura do país asiático. Concebido pelo Zorah Beach Hotel, o evento acontece anualmente e, em 2014, foi realizado em maio. Para cada edição, um chef indiano é convidado e embarca especialmente ao Brasil para o projeto, que monta um cardápio exclusivo e faz um intercâmbio com a culinária e chefs locais. Zorah Beach Hotel Rua da Praia, 95 - Guajiru (CE) Mais informações e reservas: (85) 3351.3042

A Índia também serviu de inspiração para um festival gastronômico que acontece no Guajiru. O Festival de Culinária Indiana oferece uma avianca.com.br


PERFORMANCE

bola NA CESTA Por Eric Pomi Sousa FOTO TATI BRANDÃO

A

modalidade apareceu em 1891, como uma missão dada ao professor canadense James Naismith, que precisava de um esporte que estimulasse os alunos e pudesse ser praticado durante o inverno e também ao ar livre. O americano Augusto Shaw trouxe a novidade ao Brasil e, em 1896, surge a primeira equipe: a do Colégio Mackenzie (SP).

Em Jogos Olímpicos, os brasileiros conquistaram três medalhas de bronze com os times masculinos (1948/60/64) e uma de prata e uma de bronze com os femininos (1996/2000). Em mundiais, os homens conquistaram dois ouros (1959/63), duas pratas (1954/70) e dois bronzes (1967/78). As mulheres levaram uma de ouro (1994) e uma de bronze (1971).

Vantagens • Fisicamente, o basquete é um esporte completo, que exige grande capacidade aeróbia e potência das musculaturas. Além disso, pela velocidade e variedade de movimentos exigidos, o basquete desenvolve a coordenação motora, a concentração, a precisão e o domínio do espaço. • Psicologicamente, possibilita a integração social e o espírito de equipe, aumentando a autoestima e a competitividade saudável. • Economicamente, é um esporte barato, que pode ser praticado ao ar livre, em praças, parques, escolas e clubes. • Aos sedentários ou àqueles há muito tempo parados, indica-se “brincar” nos primeiros dias de prática, aumentando gradativamente no primeiro mês o tempo e a intensidade do jogo. Isso proporciona adaptações cardiovasculares e mecânicas, evitando sobrecargas desnecessárias nesses sistemas tão importantes. • O gasto calórico pode ficar em torno de 500 a 800 calorias em uma hora.

126 · JUN.14

avianca em revista

Basquete adaptado Essa incrível modalidade, praticada em cadeiras de rodas, foi criada na década de 40, nos Estados Unidos. Além dos benefícios físicos, podemos ressaltar os psicológicos, a liberação de sentimentos, como agressividade, medo, frustrações, repressões, satisfação, autorrealização e autoestima, melhorando a qualidade de vida dos seus praticantes. Mais de 50 clubes estão espalhados pelo país (CBBC, 2008).

Jogos Pan-Americanos de 1987 A final do torneio de basquetebol masculino nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis foi um jogo histórico para o basquete mundial, sendo a primeira vez que a seleção norte-americana masculina perdeu em casa. Liderados por Oscar e Marcel, o Brasil quebrou uma invencibilidade de 34 partidas oficiais dos Estados Unidos.

Eric Pomi é graduado pela USP, especialista em Biomecânica, faz parte do Asics Training Team e é voluntário da ONG TETO Agradecimentos: Professor Ricardo Mantovani r.mantovani@terra.com.br

Curiosidade Em fevereiro de 1974, um garoto sueco chamado Mats Wermelin, com apenas 13 anos, marcou incríveis 272 pontos em uma só partida, de um torneio escolar. avianca.com.br


social

Sテグ PAULO

G-Star FESTEJA NO BAR NUMERO Fotos Charles Naseh

A G-Star RAW, marca holandesa de denim, comemorou sua chegada ao Brasil com festa para convidados no Bar Numero, em Sテ」o Paulo.

Felipe Venancio e Marcela Andrade

Gui Paganini

Carol Demarqui

128 ツキ JUN.14

Cassiano Weirich

Brenda Costa

Sergio Marone

Rodrigo Hilbert

avianca em revista

Monique Alfradique

Helena Bordon

Bruna Bauer

Amanda Lopes

Dai Bohn

Diogo Bordin

Nah Cardoso

Ana Luiza e Castro

avianca.com.br


social

SÃO PAULO

DRAGÃO FASHION BRASIL 2014 Fotos Patrícia Paes e equipe

Edimar Norões, Randal Pompeu, Alana Aguiar, Padua Lopes, Eduardo Queiros

Cesar Fiuza e Renata Vieira

Com grande importância comercial, a semana de moda cearense reúne empresas e grandes nomes do Brasil no setor para apresentar as tendências para as próximas estações.

Inara de Almeida e Natalia Abreu

Eveline Costa

Inez Villaventura e Glaucia Andrade

Ana Claudia Martins, Luis Taniguchi, Rejinaldo Braga e Kelly Ribeiro

Lino Villaventura e Claudio Silveira

Marck Greiner e Alisson Aragão

Sandra Mourão, Roberta Fonteles e Patricia Dias

Almoço Ornare Fotos PRodrigo Zorzi

Com o tema “Superfícies Tecnológicas”, Dupont™ e Ornare receberam convidados para um almoço especial em seu showroom, localizado na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, em São Paulo.

Barbara Lodo e Camila Barana

Carolina e Suzy Melo

Esther Schattan,

Oscar Mikail

130 · JUN.14

Marco Aurelio Viterbo

avianca em revista

Gabriel Auricchio e Evelyn Hentschel

Isabel Motta e Antonio Figueira

Maria Claudia e Maria Paula Brasil

Vinicius Rojo

avianca.com.br


social

SÃO PAULO

John John PARTY Fotos Luciana Prézia

Octavio Ferraz, Diogo Ribeiro, Alexandre Coimbra e Gustavo Savi

Avril Lavigne

Mia Borges

Michel Saad

A John John armou uma festa para convidados, no Chez Oscar, para celebrar o lançamento da nova coleção Hot Winter. Dani Gondim

Moyale Guardim e Claudio Marçal

Izabela de Deus, Emily Sousa e Katherine Kuhn

Alex Poi e Fernando Badaui

SAMBA de Santa Clara Fotos Waldemir Filetti

A festa Samba de Santa Clara reuniu muita gente bonita e agitou o Café de La Musique Beach Club São Pedro, no Guarujá, litoral paulista.

Felipe Lombardi e Carla Dias

132 · JUN.14

Pedro Alcantara, Zé do Roque, Pedro Caldas, Felipe Lombardi

Camila Luize e Michelle Loverdos

avianca em revista

Marcus Pinto Rola e Alvaro Garneiro

Ana Paula e Leandro Baroni

Bruna Verga

Klebber Toledo e Marina Ruy Barbosa

Thiago Armentano

avianca.com.br


social

SÃO PAULO

DINNER Fotos Rafael Renzo

O empresário e designer, Marcelo Felmanas, e o presidente de Casa Cor, Angelo Derenze, armaram um jantar para os profissionais participantes da mostra deste ano e alguns amigos no chateau de Felmanas.

Fabio Basani e Tulio Xenofonte

João Armentano e Leo Shehtman

Fernanda Abs e Fred Benedetti

Angelo Derenze, Sig Bergamin, Marcelo Felmanas e Murilo Lomas

134 · JUN.14

avianca em revista

Marcelo Felmanas e Cristina Ferraz

Monica Barbosa e Mario Celso Bernardes

Angelo Derenze e Sig Bergamin

Patricia Hagobian

Roberta Rocino, Daniel Kalil e Cláudia Kalil

Cris Paola e Dani Berella

Leo Di Caprio

Patricia Pasquini

Bob Krell e Simone Goltcher

Guilherme Torres e Francisco Calio

João Mansur e Marcelo Felmanas

Daniel Pegoraro e Renata Segalla

Maite Maiani, Camila Klein e Francisca Reis

avianca.com.br


social

RIO DE JANEIRO

“O GRANDE CIRCO MÍSTICO” ESTREIA NO RIO Fotos Helmut Hossmann

Com direção de João Fonseca, o espetáculo, apoiado pela Avianca, contou com presenças ilustres em sua noite de estreia, no Theatro Net Rio.

Tiago Abravanel

Frederico Reder e Maria Siman

Rosa Maria Murtinho e Mauro Mendonça

Edwin Luisi

ESTREIA Diogo Vilela

Lavínia Vlasak

Alexia Garcia e Alexsandro Palermo

Ramon Rodrigues, Tiago Santiago, Lavínia Vlasak e Marcos Breda

Júlio Rocha

136 · JUN.14

Edwin Luisi e Lavínia Vlasak

Edwin Luisi

avianca em revista

“O Cachorro Riu Melhor” Walcyr Carrasco

Fotos Helmut Hossmann

O espetáculo, que conta com o apoio da Avianca, recebeu convidados especiais em sua estreia no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea, Rio de Janeiro. Com direção de Cininha de Paula, é estrelado por Danielle Winits e Júlio Rocha.

Ramon Rodrigues e Tiago Santiago

avianca.com.br


social

SÃO PAULO

Jantar SALVATORE RERRAGAMO Fotos DIVULGAçÃO

Salvatore Ferragamo recebeu convidados para um jantar em Nova York, que celebrou o lançamento do projeto Fiamma, a nova coleção de bolsas da marca.

Karolina Kurkova

Princess Melusine Ruspoli

Langley Fox Hemingway, Lily Aldridge, James Ferragamo e Giovanna Battaglia

Lily Aldridge

Langley Fox Hemingway e Mariel Hemingway

Lily Aldridge

Giovanna Battaglia

Jessica Hart

Karolina Kurkova e Ferruccio Ferragamo

MAI.14 138 · JUN.14

avianca em revista

Glenda Bailey , Massimo e Chiara Ferragamo

avianca.com.br


EU SOU AVIANCA

“Você não se torna piloto sem SUA históriA” Por Camila Balthazar Fotos Acervo Pessoal

Essa afirmação foi feita pelo comandante Eduardo Verly, que, recentemente, ganhou fama nacional após uma aterrissagem bem sucedida sem o trem de pouso dianteiro. Suas experiências passadas contribuíram para esse resultado, assim como toda a equipe envolvida durante aquele voo

Q

uando criança, Eduardo Verly voava com frequência a ponte aérea São Paulo-Rio de Janeiro a bordo de um turboélice Electra. No aeroporto de Santos Dumont e de Congonhas, ele admirava o avião com a certeza de que um dia estaria dentro da cabine, pilotando. “Foi a minha grande inspiração. Não voei o Electra porque ele parou, mas segui carreira na aviação”, conta Verly. O piloto começou a voar em 1988. Hoje, com 46 anos, seu currículo traz diversas atividades. Eduardo já foi instrutor de piloto comercial, decolou com avião puxando faixa de propaganda na praia e trabalhou como comissário da Transbrasil e Gol. Na Avianca, começou como copiloto em 2007, sendo promovido a comandante em 2012. Sua rotina é não ter rotina. Nascido no Rio de Janeiro, baseado em São Paulo e morador de Curitiba, o comandante pilota o MK-28 por diversas cidades brasileiras. O dia 28 de março deste ano era de mais voos na agenda, com 44 passageiros embarcando na rota de Petrolina a Brasília. No meio do caminho, ele e sua equipe,

142 · JUN.14

avianca em revista

composta pelo copiloto Jair Cruz, o chefe de equipe Júlio Marcioli e os comissários Patrícia Vilarinho e Guilherme Barreto, foram surpreendidos por uma perda no sistema hidráulico. “Isso não é nenhum bicho de sete cabeças”, comenta Verly. “O único inconveniente é ter que pousar e ficar sobre a pista, esperando um trator para tirar de lá. O problema foi quando o trem de pouso de nariz não desceu”, explica. As cenas seguintes causaram comoção nacional. Com muita calma, o comandante informou a torre de controle que sobrevoaria até o nível de combustível baixar. Solicitou apoio em terra, com ambulâncias de prontidão e bombeiros a postos para despejar espuma na pista, minimizando o impacto. Verly informou os passageiros sobre a situação com tranquilidade, evitando causar preocupação e tumulto. “Usei o conhecimento adquirido durante todos os anos de treinamentos e estudos. Na hora em que ocorre, você não fica nervoso. Só pensa em solucionar o problema e levar as pessoas sãs e salvas

pra casa”, lembra o comandante, agradecendo o trabalho de toda a equipe envolvida. “Os passageiros escutam a minha voz, mas os comissários estão olhando nos olhos deles. Se eles parecem assustados, o passageiro fica apavorado. A atitude dos comissários é fundamental para manter a tranquilidade a bordo”, pontua Verly, ressaltando que todos os seus movimentos têm o apoio do copiloto. “Não faço nada sozinho. Enquanto um voa, o outro executa as tarefas do check list”, explica. O avião pousou com sucesso em Brasília, com todos os passageiros sãos e salvos, assim como queria Verly. Os cinco minutos de fama do comandante duraram cerca de dois meses, com direito a entrevista no Fantástico, da TV Globo, e solicitação de amizade de mais de duas mil pessoas no Facebook. “Mas não nasci pra isso. Quem é ator vive dessa exposição, mas sou aviador”, brinca o comandante. Entre seus sonhos, virar celebridade realmente não está nos planos. O próximo passo profissional é voar o Airbus, conquista que deve ser realizada até o ano que vem.

avianca.com.br


B e m -v i n d o w e lco m e

Duas formas diferentes pa r a o s e u entretenimento

Two different ways for your entertainment  Para proporcionar a você uma experiência inesquecível a bordo, selecionamos o melhor do entretenimento adulto e infantil. Você vai encontrar filmes, séries populares de TV, desenhos animados, documentários, esportes e música. For an unforgettable on-board experience, we have chosen the best in adult and children entertainment, featuring films, popular TV series, cartoons, documentaries, sports and music.

Guia de entretenimento de bordo nossos serviços


sistema - a319 e a320

Sistema individual Individual System Se você estiver a bordo de uma aeronave equipada com monitores individuais, selecione o conteúdo de sua preferência. Nesse sistema, você pode controlar toda a programação e, para iniciá-la, conecte os fones de ouvido no descanso de braço de seu assento. If the aircraft is equipped with individual screens, you will be able to select the content of your choice. If you use this system, you will be able to control your programming. To start using it, connect the earphones to the armrest console of your seat.

Poltrona s e at

Poltronas disponíveis no Airbus A319 e A320 Seats available on Airbus A319 and A320

01

12

02 03

13

04

05

11

06 07

09

146 · JUN.14

avianca em revista

08 10

avianca.com.br


01 02 03 04

Conexão para USB USB port

Porta-copos, porta-óculos Cup holder, glasses holder

Controle remoto Remote control

Mesa individual Individual tray

08 09 10 11

05 06

Botão para reclinar o assento Seat recline button

12 13

07

Conexão para fones de ouvido

14

Headphones port

Retractable armrest

Tomada

Power socket

Descanso para os pés Foot rest

Bolso para revistas, Avianca em Revista, Guia de Entretenimento e Cartão de Segurança Magazine pocket, Avianca Magazine, Entertainment Guide and Safety Card

Descanso para cabeça ajustável Adjustable head rest

Descanso retrátil para braços

Tela LCD de 9” 9” LCD Screen

Suporte para pendurar casacos Coat hook

Você pode utilizar fones de ouvido pessoais You can use your own headphones

avianca em revista

JUN.14

· 147


sistema - a319 e a320

Tela

screen

Toque na tela ou ligue-a utilizando o botão abaixo dela e escolha sua programação no menu. Ainda é possível ajustar volume e brilho nos botões abaixo da tela e também a inclinação do monitor, puxando a parte inferior do mesmo.

Touch the screen or turn it on by tapping the button at the bottom of the screen and choose your programming from the menu. It is also possible to adjust the volume and brightness by tapping the bottom buttons as well as the inclination of the screen by tapping the bottom of the screen.

Classificação etária da programação a bordo*

L - Livre 10 - Não recomendado para menores de 10 anos 12 - Não recomendado para menores de 12 anos 14 - Não recomendado para menores de 14 anos 16 - Não recomendado para menores de 16 anos 18 - Não recomendado para menores de 18 anos Leg - Programação legendada * A programação presente no entretenimento a bordo está de acordo com as normas vigentes acerca da Classificação Etária Indicativa e legislação civil. O conteúdo selecionado é de inteira responsabilidade do passageiro. Na hipótese de não enquadramento na classificação indicada no Guia de Entretenimento, requeira o bloqueio da programação perante nossos comissários de bordo.

148 · JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


esportes,negócios e vAriedades S P ORTS , B US I NESS AN d v AR I ET I ES 14

14

10

Truques da Mente

Sobrevivendo com Bear Gryls

O Melhor Amigo do Cão

Brain Games

Bear Grylls: Escape From Hell

Dog Whisperer

Focus Pocus

Snow

Ruby e Brana

Business and Technology 45 minutos | 45 minutes

Varieties

Varieties

Focus Pocus

Snow

Negócios e Tecnologia

Variedades

Variedades

45 minutos | 45 minutes

L

Ruby e Brana

30 minutos | 30 minutes

14

10

10

Pop Sci’s Future of

Supernanny

Game Changers

Quanto Vale

Pop Sci’s Future of

Family SOS with Jo Frost

Game Changers

Pricing the Priceless

J.K. Bowling

NYC Grand Central

Business and Technology 60 minutos | 60 minutes

Business and Technology 60 minutos | 60 minutes

Imortalidade Immortality

Variedades Varieties

45 minutos | 45 minutes

Ele está com medo de você ... Todas as crianças estão He’s Scared of You…All The Children Are

Variedades

J.K. Bowling Negócios e Tecnologia

NYC Grand Central Negócios e Tecnologia

Varieties

60 minutos | 60 minutes avianca em revista

JUN.14

· 149


Entretenimento - a319 e a320

FUTEBOL E NOTÍCIAS F OOT B ALL AND NE W S

ATLETAS COROADOS CRO W NED AT H LETES A história de jogadores que se tornaram lendas do futebol mundial em uma série de programas que mostram, além de jogadas inesquecíveis, como eles foram brilhantes ao defender a seleção de seu país. The story of footballers who became legends in the world of football in a series of programs where they show how brilliant they were when the defended their national teams as well as unforgettable moves.

L

Bobby Charlton

Dino Zoff

Eusébio Ferrera

Garrincha

Franz Beckenbauer

Diego Maradona

Mario Kempes

Michael Platini

Paolo Rossi

Gert Muller

Ferenc Puskas

Roger Milla

Johan Cruyff

Pelé

FIFA Jogadores Clássicos FIFA Classic Players

6 minutos 6 minutes

FIFA História da Copa do Mundo | FIFA World Cup History 1966 10 minutos 10 minutes

1970

10 minutos 10 minutes

1974

10 minutos 10 minutes

1978

1982

1986

10 minutes

10 minutes

10 minutes

10 minutos

150 · JUN.14

L

avianca em revista

10 minutos

10 minutos

avianca.com.br


GRUPOS DE RIVAIS R I VAL GROU P S Desempenhos, estratégias e forças. Assista a bordo como se comportam os times que disputarão a Copa do Mundo e no que cada equipe pode incomodar seus adversários. Performance, strategies and strength. Watch how the participating teams in the World Cup play and their main strengths in our onboard programming.

L FIFA GRUPOS DO MUNDIAL FIFA World Cup

3 minutos | 3 minutes

L

L

L

FIFA - Os Impactos da Copa FIFA - Odisséia Africana FIFA African Odyssey do Mundo

FIFA - Lendas da Chuteira de Ouro

26 minutos | 26 minutes

26 minutos | 26 minutes

FIFA World Cup Shocks

L

FIFA - A Saga Holandesa FIFA Holland’s Quest

26 minutos | 26 minutes

FIFA Golden Boot Legends

26 minutos | 26 minutes

L

L

10

FIFA - Cobrança de Pênalti FIFA - Jovens Estrelas- Ca- Bandnews FIFA Penalty Shoot Out Bandnews dentes 26 minutos | 26 minutes

FIFA História da Copa do Mundo | FIFA World Cup History 1990 10 minutos 10 minutes

FIFA Young Shooting Stars

26 minutos | 26 minutes

L

1994

10 minutos 10 minutes

1998

2002

10 minutes

10 minutes

10 minutos

Notícias | News 20 minutos | 20 minutes

10 minutos

2006

10 minutos 10 minutes

avianca em revista

JUN.14

· 151


Entretenimento - a319 e a320

sÉries E DOCUMENTÁRIOS s e r i e s AND DOCUMENTAR I ES 10

10

16

Burle Marx

Tradições Brasil

The Newsroom

Burle Marx

Brazilian Traditions

The Newsroom

Series

Festa Junina

One Step Too Many S.2. EP.6

Series

Drama

Séries

Festa Junina

25 Minutos | 25 Minutes

Um Passo A Mais

Séries

Drama

30 Minutos | 30 Minutes

14

60 Minutos | 60 Minutes

14

14

Arrow

Modern Family

Glee

Arrow

Modern Family

Glee

Burned

Yard Sale

Dynamic Duets

Drama

Comedy

Musical

Queimado

Dueto Dinâmico

Mercado

Drama

Musical

Comédia

60 Minutos | 60 Minutes

60 Minutos | 60 Minutes

30 Minutos | 30 Minutes

14

16

14

How I Met Your Mother

The Big Bang Theory

2 Broke Girls

How I Met Your Mother

The Big Bang Theory

And Not So Sweet Charit

Tailgate

The Monster Isolation

Comedy

Comedy

Comedy

2 Broke Girls E Não Tão Doce Caridade Comédia

30 Minutos | 30 Minutes 152 · JUN.14

avianca em revista

Portão

Comédia 30 Minutos | 30 Minutes

O Isolamento Monstro Comédia

30 Minutos | 30 Minutes avianca.com.br


sÉries E DOCUMENTÁRIOS s e r i e s AND DOCUMENTAR I ES 14

14

14

Friends

Two and a Half Men

Friends

Two and a Half Men

Aquele da Princesa Consuela

One Nut Johnson One Nut Johnson

Comédia

The One With Princess Consuela

Comédia

Comedy

30 Minutos | 30 Minutes

Comedy

30 Minutos | 30 Minutes

10

16

Futurama

Just for Laughs

Veep

Just for Laughs

Futurama

S.12 Ep. 12

Fry Am the Egg Man

Helsinki

Comedy

Comedy

Comedy

12ª Temporada, Episódio 12

Veep

Fry, O Homem Do Ovo

Helsinki

Comédia

Comédia

Comédia

30 Minutos | 30 Minutes

30 Minutos | 30 Minutes

14

30 Minutos | 30 Minutes

14

14

Elementary

Criminal Minds

The Big Bang Theory

Elementary

Criminal Minds

The Big Bang Theory

You Do It Yourself S.1. EP.98

The Boogeyman

The Monster Isolation

Drama

Drama

Comedy

Faça Você Mesmo EP.9 Drama

60 Minutos | 60 Minutes

O Bicho Papão Drama

60 Minutos | 60 Minutes

The Monster Isolation Comédia

30 Minutos | 30 Minutes avianca em revista

JUN.14

· 153


Entretenimento - a319 e a320

Crianças kids

L

L

L

Turma da Mônica

Turma da Mônica

Turma da Mônica

Monicas’s Crew

Monicas’s Crew

Monicas’s Crew

Chico Bento No Shopping Chico Bento goes shopping

Um Cenário Para Meus Bonequinhos

Phineas e Ferb Phineas and Ferb

Frank Em: Ser Criança

Candace Desligada/ Passeio de Tapete Mágico

Frank featuring: Being a Child

A Stage for My Dolls

L

L

Candace Disconnected/ Magic Carpet Ride

L

L

L

Boa Sorte, Charlie!

A Todo Ritmo

Ultimate Spider-Man

Mutante Rex

Good Lucky, Charlie!

Shake It Up

Ultimate Spider-Man

Generator rex

L.A.R.P. In The Park

Double Pegasus It Up

Venom

Mixed Signals

Jogo no Parque

Duplo Pégaso no Ritmo

Venom

L

Interfêrencia De Sinal

L

L

Hora de Aventura

Ben 10 Força Alienígena

O Incrível Mundo de Gumball

Adventure Time

Ben 10 Alien Force

The Amazing World of Gumball

Loyalty To The King

Ghost Town

The Ape

Lealdade Ao Rei

154 · JUN.14

avianca em revista

Cidade Fantasma

O Primata

avianca.com.br


JOGOS

Utilize o controle remoto para curtir os jogos Use the remote control to enjoy the games

games

Animais / Animals

John, o camaleão, tem uma máquina que fabrica animais. Você pode fazer o animal que quiser com ela: copiá-los ou testar sua memória com um jogo de adivinhação. John, the chameleon, owns a machine that makes animals you can make any animals you want with it: copy them or test your memory with a guessing game.

Xadrez / Chess Seja você um principiante ou um expert, de qualquer maneira irá curtir este jogo. Mexa seus peões, cavalos e bispos, enquanto protege seu rei ou corra o risco de receber um cheque-mate. Whether you are a beginner or an expert, you will love this game. Move your pawns, knights and bishops while protecting your king or run the risk of being checkmated.

Desligue o volume do jogo Turn off game sound

Golfe / Golf Você pode competir contra outros passageiros num campeonato de golfe na cabine. Escolha um campo de 9 ou 18 buracos e curta os sons realistas e comentários profissionais num jogo que irá fascinar os amantes deste esporte. You can compete against other passengers in a cabin golf tournament. Choose a 9 or 18-hole course and enjoy the real sounds and professional commentary in a game that will delight the fans of this sport.

Saída Exit

Futebol / Soccer

O jogo oferece uma combinação de modos de ataque e treino, mas é sua autenticidade intrínseca que dá aos jogadores uma experiência de jogar com a ação e movimentos do verdadeiro jogo de futebol. The game combines attack and practice modes, but its intrinsic authenticity that gives the players a real gaming experience with the actions and movements of a real football game.

Sudoku

Paciência / Solitaire

Esperamos que você tenha bastante tempo, porque este jogo é viciante. Pode parecer simples, mas o sucesso de seu jogo depende das cartas que lhes são reveladas e de como você finalmente decide jogar. We hope you have a lot of time as this is an addictive game. it may seem simple, but your success depends on the deal and, ultimately, how you decide to play.

Mover Move

Selecionar Select Milionário / Millionaire

Disney

Entre você e um prêmio de 1 milhão de dólares há 15 perguntas que devem ser respondidas corretamente. Você terá condições de respondê-las facilmente ou terá de contar com ajuda?

O mundo imaginário de Disney é a maneira perfeita para que as crianças aprendam. Este jogo consiste em três atividades, todas relativas ao mundo do Pato Donald, seus sobrinhos e amigos.

Between you and a one-million-dollar prize, there are fifteen questions that must be answered correctly. Will you be able to answer them easily or will you need some help?

The imaginary world of Disney is the perfect way for kids to learn. This game consists of three activities, all of which are set in Donald Duck’s world, with his nephews and friends.

A paciência é a estratégia para matar a charada nesse jogo de lógica e raciocínio. Coloque um número dentro do quadrado, sendo que as fileiras e as colunas não podem conter o mesmo número repetido. Patience is the strategy for solving the puzzle. Place a number inside a square grid and ensure that all rows and columns do not contain the savme number twice.

avianca em revista

JUN.14

· 155


Entretenimento - a319 e a320

Vídeos musicais music videos

Shows / Concerts

01 Glastonbury 2013 The Lumineers

02 Top of the Pops: Going Solo Going Solo

03 Top of the Pops:

Male Solo Artist Male Solo Artist

04 Top of the Pops:

Artistas convidados / Guest artists

01 Wide Awake Katy Perry

02 RoaR Katy Perry

03 FIREWORK Katy Perry

Hits / hits

01 Best Day of My Life American Authors

02 Rumour Chlöe Howl

03 Human Christina Perri

04 Paradise (Live)

FEMale Solo Artist

04 UNCONDITIONALLY

Female Solo Artist

Katy Perry

05 Futebol

05 DARK HORSE

05 Shot Me Down

Chico Buarque

Katy Perry

David Guetta Ft. Skylar Grey

156 · JUN.14

avianca em revista

Coldplay

avianca.com.br


músicas

Mais de sete horas de música a bordo. Confira algumas faixas que você pode ouvir durante a sua viagem. More than seven hours of on-board music. Check out some tracks you can listen to while traveling.

music Suave / Easyl istening

Clássica / Classical

Bruno Mars

Artemis Quartet

It Will Rain

ED Sheeran I See Fire

Elton John Home Again

Gabrielle Aplin Salvation

Gotye feat Kimbra Somebody That I Used To Know

James Morrison I Won’t Let You Go

Jack Johnson

No3 in D Major Op18 No3 I Allegro

Rock, Pop e Techno / Rock, Pop and Techno

MPB / Brazilian music

Ritmos Latinos / Latin beats

Para Recordar / Oldies

Avicii

Ana Canãs

Aleks Syntek

A-ha

Wake Me Up!

Todas As Cores

Take On Me

Bastille

ARNALDO ANTUNES

Corazones Invencibles

Daddy Yankee

Cruel Summer

Pompeii

London Symphony Orchestra; André Previn

Beyoncé ft. Jay Z

Sleeping Beauty - Ballet Op. 66: Introduction (Allegro Vivo Andantino)

Treasure

Drunk In Love

Bruno Mars

Se Assim Quiser

Dónde es el Party

Bebel Gilberto

Enrique Iglesias ft. Pitbull

Céu Distante

Daft Punk

Caetano Veloso & Maria Gadú

Get Lucky

Podres Poderes

Antes de Ti

Andre Rieu

Imagine Dragons

Ceú

Juanes ft. Santana

Bolero

Demons

The Piano Guys

Jason Derulo Talk Dirty

Retrovisor

Gal Costa Mansidão

IVETE SANGALO

If I Could

Just The Way You Are

Lily Allen

Il Volo

Somewhere Only We Know

Questo Amore (I Don’t Want To Miss A Thing)

Macklemore & Ryan Lewis Can’t Hold Us

Menino

Walking In Memphis

Il Volo

One Direction

Mi Vida

Story Of My Life

MARISA MONTE

Norah Jones

Renée Fleming

OneRepublic

Marc Cohn

Come Away With Me

Passenger Let Her Go

Rihanna Stay

Tracy Chapman Fast Car

I’m a Freak

Chants d’Auvergne Bailero

Joseph Calleja Les Contes D’Hoffmann Il Était Une Fois À La Cour D’eisenach

Lorde Royals

Eros Ramazzotti

La Flaca

Lil Silvio & The Vega Te Encontré

Quando A Chuva Passar

Marc Anthony

MARIA RITA

Pablo Alborán

Depois

Vivir mi Vida

Donde Esta El Amor

Bananarama Billy Idol Eyes without a face

Chicago If you leave me now

I Can’t Go For That

Depeche Mode Enjoy the silence

Michael Jackson Man In The Mirror

George Michael

Tem Hora Pra Tudo

A Turma do Seu Lobato Uni Duni Tê

ADRIANA PARTIMPIM De Onde Vem O Baião

ARNALDO ANTUNES O Peru

Glee Cast Empire State Of Mind

John Waite

Saideira

Missing you

A Galinha d’Angola

Justin Bieber

Pensando Em Você

Shakira ft Rihanna

Leonard Cohen

NATIRUTS

Can’t Remember To Forget You

Dance me to the end of love

Zoé

Limahl

10 A.M.

Never-ending story

Roberta Sá

A Turma do Seu Lobato

Santana

Robin Thicke

Groove Boom

Jacaré

Ivete Sangalo/ Buraka Som Sistema

Faith

MOSKA

Macklemore & Ryan Lewis

A Turma do Seu Lobato

ADRIANA Daryl Hall & PARTIMPIM John Oates Criança Crionça

Counting Stars

Blurred Lines [feat. T.I., Pharrell]

Infantil / Kids

Can’t Hold Us

Altos E Baixos

U2

ZÉ RAMALHO

Vitor MANUELLE

Ordinary Love

Chão de Giz

Me Llamaré Tuyo

As Long As You Love Me (Acoustic Version)

Mariana de moraeS A Formiga

Martika

Miley Cyrus

Toy soldiers

Butterfly Fly Away

avianca em revista

JUN.14

· 157


sistema - a318

sistema coletivo broadcast

bem-vindo w e lco m e

O sistema de entretenimento é oferecido assim que o voo se inicia e, para seu melhor conforto, toda a programação de bordo é pensada no tempo de duração do mesmo. The entertainment system will be available once the flight begins. For your best comfort the programming is base on the duration of the flight. Ao se iniciar o voo, a tela se acenderá automaticamente. A partir deste momento, você poderá usufruir os conteúdos que a Avianca lhe oferece. At the beggining of the flight the screen will turn on automatically. From this moment on you may enjoy the contents offered by Avianca.

Diversão

entertainment Escolha no controle localizado no descanso de braço de seu acento, as funções: Canal 1 Conteúdo em Português; Canal 2 Conteúdo em Inglês; Canal 3 Conteúdo em Espanhol; Canal 4 ao 12 Seleção de músicas classificadas por gêneros. Ajuste o volume através do controle (4), conforme sua preferência, e aproveite nossa programação. Choose in the control located in your armrests functions: Channel 1 Content in Portuguese; Channel 2 Content in English; Channel 3 Content in Spanish; Channel 4 to 12 Selection of songs sorted by genre. Adjust the volume to your preference use the control (4) to adjust the volume according to your preference and enjoy our programming. 158 · JUN.14

avianca em revista

01

Botão para reclinar a poltrona Seat Recline Button

02

Entrada do Fone Earphone

03

Canais Channels

04

Volume Volume

avianca.com.br


10

14

14

The Big Bang Theory

BURLE MARX

FUTURAMA

Burle Marx Séries | Series 25 Minutos | 25 Minutes

Fry Am the Egg Man Animação | Animated 30 Minutos | 30 Minutes

14

The One With Princess Consuela Comédia |Comedy 30 Minutos | 30 Minutes

14

Modern Family

Glee

Elementary

Yard Sale

Dynamic Duets Musical | Musical 60 Minutos | 60 Minutes

You Do It Yourself S.1. EP.9 Drama | Drama 60 Minutos | 60 Minutes

Comédia | Comedy 30 Minutos | 30 Minutes

Friends

The Monster Isolation Comédia | Comedy 30 Minutos | 30 Minutes

14

14

14

Sobrevivendo com Bear Grylss Snow

Drama | Drama 45 Minutos | 45 Minutes

14

14

ROBOCOP

Um Conto do DestinO

Robocop Ação | Action

Winter’s Tale

Fantasia | Fantasy 108 Minutos | 108 Minutes

115 Minutos |115 Minutes

Músicas music

MPB / Brazilian music

Canal 4 Channel 4

Músicas do Mundo / World Music

Canal 5 Channel 5

Canal Avianca / Avianca Channel

Canal 6 Channel 6

Rock, Pop e Para Techno / Rock, Recordar / Suave / Infantil / Kids Pop andTechno Easy listening Oldies

Canal 7 Channel 7

Canal 8

Channel 8

Canal 9 Channel 9

Clássica / Classical

Canal 10 Channel 10

Canal 11 Channel 11

avianca em revista

Ritmos Latinos / Latin beats

Canal 12 Channel 12 JUN.14

· 159


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Central de Reservas

Reservations Desk

TRECHOS NACIONAIS NO BRASIL

TRECHOS INTERNACIONAIS

As passagens Avianca podem ser compradas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets via phone, dial:

Para comprar passagens Avianca, basta entrar em contato com a Central de reservas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets, call our reservations desk, dial:

Domestic legs in Brazil

CAPITAIS state capitals

4004.4040

DEMAIS LOCALIDADES other cities

0300 789 8160

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

International legs

0800 891 8668

DEFICIENTES AUDITIVOS hearing impaired

0800 891 1684

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

Siga a Avianca no Brasil:

sac Avianca 0800 286 6543

160 路 JUN.14

avianca em revista

avianca.com.br


Programa Amigo

O Programa Amigo da Avianca foi criado para estabelecer um relacionamento mais próximo entre você e a Avianca. Também tem por objetivo reconhecer e premiar os clientes mais frequentes. Como nosso amigo, você tem diversas vantagens, benefícios e exclusividade. Funciona assim: a cada viagem você acumula pontos e pode trocá-los por trechos grátis para qualquer destino doméstico operado por nós. Para resgatar esses pontos é fácil, rápido e sem burocracia. Para saber mais, navegue pelo site ou entre em contato com o Atendimento Amigo.

Central de vendas:

4004-4040 0300-789-8160

Resgate Pontos
 Troque seus pontos por um trecho* grátis! (*)Trecho é uma passagem de IDA ou de VOLTA, desde sua origem até seu destino final. Como resgatar pontos Qualquer trecho doméstico com a Avianca dentro do Brasil pode ser resgatado utilizando os pontos acumulados no Programa Amigo. Para resgatar seus pontos e convertê-los em passagens grátis, você pode se dirigir a uma de nossas lojas ou acessar a sua Conta-Amigo, emitindo seu bilhete com toda tranquilidade e rapidez. Acesse www.programaamigo.com.br

Sac:

0800-286-6543(Telefone de atendimento) 0800-286-5445 (Deficientes Auditivos)

www.avianca.com.br

Somos mais de 2.3 milhões de amigos.

Parceiros do Programa Acumule pontos com nossos parceiros O Programa Amigo estará sempre realizando promoções especiais com parceiros para que você conquiste mais pontos e troque por passagens aéreas Avianca.

avianca em revista

JUN.14

· 161


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Aviões

aircraft

Airbus a320

162

Airbus a319

132

Comprimento / Lenght (M): 37,57 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,75 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B4 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 77.000LB Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.110 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Comprimento / Lenght (M): 33,84 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,80 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B7 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 75.500 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.850 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Airbus a318

120

Mk 28

100

162 · JUN.14

avianca em revista

Comprimento / Lenght (M): 31,45 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 12,88 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 PW6124A(24.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 68.000 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 5.800 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Comprimento / Lenght (M): 35,53 Envergadura / Wingspan (M): 28,08 Altura / Height (M): 8,49 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 RR TAY650 (15.100 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 44.450 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 821 km/h Alcance / Range (km): 3.167 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 35.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 3

avianca.com.br


Rotas Nacionais

National Routes Fortaleza

Natal

Juazeiro do Norte

BRASIL

João Pessoa

Porto Velho

Recife Petrolina

Maceió Aracaju Salvador Ilhéus

Cuiabá

Brasília

Campo Gande Belo Horizonte

Rio de Janeiro (SDU e GIG) São Paulo (CGH e GRU) Curitiba Chapecó

Florianópolis

Passo Fundo

Rotas INTERNacionais

OPERADAS NO BRASIL VENEZUELA COLOMBIA BOGOTÁ

ECUADOR PERU

BRASIL

LIMA

BOLIVIA PARAGUAY Rio de Janeiro São Paulo

CHILE

ARGENTINA

Porto Alegre

URUGUAY

Porto Alegre

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

Aracaju Belo Horizonte Brasília Campo Grande Chapecó Cuiabá Curitiba Florianópolis Fortaleza Ilhéus João Pessoa Juazeiro do Norte Maceió Natal Passo Fundo Petrolina Porto Alegre Porto Velho Recife Rio de Janeiro Salvador São Paulo avianca em revista

JUN.14

· 163


INSTITUCIONAL

Tijuana

C

O

R

P

O

R

A

T

Rotas internacionais

international Routes MÉXICO

PORT OF SPAIN

Monterrey

LA HABANA Cancún

Mérida

León Guadalajara Puerto Vallarta CIUDAD DE MÉXICO

PORT-AU-PRINCE

Veracruz

Villahermosa Flores

Acapulco

GUATEMALA

BELICE

Roatán La Ceiba San Pedro Sula

HONDURAS

CIUDAD DE GUATEMALA

TEGUCIGALPA

EL SALVADOR

NICARAGUA

SAN SALVADOR

MANAGUA

Tamarindo Liberia

Tambor Quepos Drake Golfito

San Andrés Santa Marta Barranquilla Cartagena Corozal Montería

Riohacha

Palma Sur

CARACAS

PANAMÁ

CIUDAD DE PANAMÁ

Valledupar Valencia

CARACAS

Medellín

VENEZUELA

Cúcuta

Apartadó

Fortuna SAN JOSÉ

Bucaramanga

Medellín Quibdó Manizales Pereira Armenia Buenaventura Ibagué Cali Neiva Guapi Popayán Tumaco Pasto Florencia

Arauca Puerto Carreño

Barrancabermeja

BOGOTÁ Cali

COLOMBIA

COLOMBIA

Yopal BOGOTÁ Villavicencio

Puerto Inírida

QUITO

San José del Guaviare

Guayaquil

QUITO

Baltra Island San Cristóbal Santa Cruz Manta

Coca

GALÁPAGOS

ECUADOR

Guayaquil Cuenca

Piura

PERÚ

Leticia

Tarapoto

Chiclayo Trujillo

LIMA

PERÚ

LIMA Puerto Maldonado

Cuzco Juliaca

164 ·

JUN.14

avianca em revista

Arequipa

BOLIVIA LA PAZ

Santa Cruz

avianca.com.br


CANADÁ Edmonton Vancouver

Calgary

Seattle Portland Eugene

Minneapolis

Arcata Medford

Denver Sacramento

Portland

Toronto Manchester Rochester Buffalo Syracuse Boston Detroit Chicago Hartford Cleveland Columbus York (JFK) Pittsurgh NewLa Guardia Dayton Indianapolis Newark Harrisburg Cincinnati Philadelphia

ESTADOS UNIDOS

Fresno

Montreal

OTAWA

Kansas City

WASHINGTON

San Francisco Monterrey San José San Luis Obispo Reno Santa María las Vegas Santa Bárbara Los Ángeles Phoenix San Diego

Richmond Roanoke Greensboro

Norfolk Raleigh Durham

Charlotte

Dallas

Kaui

Kona Honolulu

Houston

HAWÁI

Tampa

Orlando Fort Lauderdale Miami

Cancún

CIUDAD DE MÉXICO

MÉXICO CIUDAD DE GUATEMALA

San Pedro Sula

SAN SALVADOR

MANAGUA Liberia

Barranquilla Cartagena

SAN JOSÉ Frankfurt

EUROPA

Medellín Múnich

Cali

PARÍS

BOGOTÁ

COLOMBIA

La Coruña Bilbao San Sebastián Oviedo Pamplona Valladolid Zaragoza

Santiago Vigo

Barcelona MADRID Sevilla Cádiz

Jerez Córdoba Málaga

PERÚ

Valencia Palma de Mallorca Alicante

LIMA

Canarias Gran Canaria

Tenerife

avianca em revista

JUN.14

· 165


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Lojas avianca no brasil

avianca sales desks in brazil ARACAJU

FORTALEZA

PORTO VELHO

BRASÍLIA

ilhéus

RECIFE

Aeroporto Santa Maria Av. Senador Júlio C. Leite, s/nºCEP: 49037-580 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3243-1041

Aeroporto Int. Juscelino Kubitschek Lago Sul, s/nºCEP: 71608-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9358 Câmara dos Deputados Esplanada dos Ministérios Câmara dos Deputados - Anexo IV - Térreo - Centro CEP: 70160-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3216-9946

BELO HORIZONTE - CONFINS Aeroporto Internacional Tancredo Neves LMG 800 - km 7,9 - s/nºCEP: 33500-900 - Belo Horizonte - MG Tel.: (31) 3689-2685

CAMPO GRANDE

Aeroporto Internacional de Campo Grande Av. Duque de Caxias, s/nº- - Vila Serradinho CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3368-6171

CHAPECÓ

Aeroporto Serafim Enoss Bertaso Acesso Florestal Ribeiro, 4.535 Quedas do Palmital CEP: 89805-720 - Chapecó - SC Tel.: (49) 3323-0444

CUIABÁ

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Governador João Ponce de Arruda, s/nºJardim Aeroporto CEP: 78110-900 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3614-2550

CURITIBA

Aeroporto Internacional Afonso Pena Saguão Principal Av. Rocha Pombo, s/nº- - Águas Belas CEP: 83010-900 - São José dos Pinhais - PR Tel.: (41) 3381-1354

FLORIANÓPOLIS

Aeroporto Internacional Hercilio Luz Av. Diomício Freitas, 3.393 - Carianos CEP: 88047-900 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4233

166 · JUN.14

avianca em revista

Aeroporto Internacional Pinto Martins Av. Senador Carlos Jereissatti, 3.000 Serrinha - CEP: 60741-900 - Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1525

Aeroporto de Ilhéus R. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/nºPonta Ilhéus - CEP: 45654-070 (Nova Base 1º- Setembro) - Ilhéus - BA (73) 3231-7957

João pessoa

Aeroporto Int. Pres. Castro Pinto, s/nºBayeux - CEP: 58308-901 - João Pessoa PB Tel.: (83) 3232-721

JUAZEIRO DO NORTE

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes Av. Virgílio Távora, 4.000 - Aeroporto CEP: 63020-470 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3572-1050

MACEIÓ

Aeroporto Internacional de Maceió Zumbi dos Palmares Rodovia BR 104 Km 91. CEP: 57110-100 - Tabuleiro Maceió - AL Tel.: (82) 3036 5409

natal

Aeroporto São Gonçalo do Amarante Avenida Ruy Pereira dos Santos, 3.100 CEP: 59290-000 São Gonçalo do Amarante - RN

PASSO FUNDO

Aeroporto Lauro Kourtz BR 285 - km 287 - Zona Rural CEP: 99050-970 - Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3045-3008

PETROLINA

Aeroporto Senador Nilo Coelho BR 235 - km 11 - Zona Rural CEP: 56313-900 - Caixa Postal 403 Petrolina - PE Tel.: (87) 3863-0808

PORTO ALEGRE

Aeroporto Internacional Salgado Filho Saguão Principal Av. Severo Dullius, 90.010 - Anchieta CEP: 90200-310 - Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358-2393

Aeroporto Gov. Jorge Teixeira de Oliveira Av. Gov. Jorge Teixeira, s/nº- - Belmont CEP: 76803-250 - Porto Velho - RO Tel.: (69) 3219-7472

Aeroporto Internacional de Guararapes Gilberto Freyre - Praça Salgado Filho, s/nºImbiribeira - CEP: 51210-902 - Recife - PE Tel.: (81) 3322-4841

RIO DE JANEIRO - GALEÃO Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim Av. 20 de Janeiro, s/nºTerminal I - Setor B - 2º- Andar CEP: 21941-570 - Ilha do Governador Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-4648

RIO DE JANEIRO - SANTOS DUMONT Aeroporto Santos Dumont Praça Senador Salgado Filho, s/nºCEP: 20021-340 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7329

SALVADOR

Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães Praça Gago Coutinho, s/nºSão Cristovão - CEP: 41510-045 Salvador - BA - Tel.: (71) 3204-1586

SÃO PAULO

Av. Washington Luis, 7.059 CEP: 04627-006 - Campo Belo - São Paulo - SP Tels.: (11) 2176-1111 / 1110

SÃO PAULO - CONGONHAS Aeroporto Internacional de Congonhas Praça Comandante Lineu Gomes, s/nºSaguão Principal (Embarque) CEP: 04626-911 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5090-9728

SÃO PAULO - GUARULHOS Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro Rodovia Hélio Smidt, s/nº- - Ed. Interligação Balcão Avianca - Terminal I - ASA A CEP: 07143-970 - Guarulhos - SP Tels.: (11) 2445-3576 / 3759

avianca.com.br


O serviço de cargas nacional da Avianca se consolida como alternativa de transporte para sua carga ou encomenda, proporcionando uma ampliação na sua rede de atendimento a seus clientes.

Avianca’s domestic freight service has become a reliable transportation alternative for your freight or small parcels, ensuring the expansion of its client checking desk network. • Utilização de voos comerciais da Avianca.• Utilização de voos regionais exclusivos. • Rastreamento da encomenda on-line. • Opção de seguro para transporte. • Sistema simplificado de tarifas. • Flexibilidade no atendimento. • Atendimento nas principais capitais, com coleta e entrega. • Use of Avianca commercial flights. • Use of exclusive regional flights. • On-line tracking of all orders. • Transportation insurance options. • Simplified airfare system. • Flexible services. • Pick-up and delivery services in the main capital cities.

Aracaju - AJU

Rua José de Araújo Neto, nº 325 Orlando Dantas CEP: 49042-250 - Aracaju - SE Tel: (79) 3251-6192 Email: ops.aju@aviancacargo.com.br

Brasília – BSB

Aeroporto Internacional de Brasília Terminal de Logística de Carga Nacional salas 06 e 08 - Térreo CEP: 71608-900 – Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9674 / 3364-9673 E-mail: ops.bsb@aviancacargo.com.br

Campo Grande – CGR

Aeroporto de Campo Grande Hangar Infraero Cargo - Entrada lateral, fundos Jardim Aeroporto CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3363-0444 E-mail: ops.cgr@aviancacargo.com.br

Chapecó - XAP

Acesso Florenal Ribeiro, s/nº – Aeroporto CEP: 89800-000 – Chapecó - SC Tel.: (49) 3328-3747 E-mail: ops.xap@aviancacargo.com.br

Confins - CNF

Aeroporto Internacional Tancredo Neves Terminal de Cargas Rodovia MG 10 – Km 39 CEP: 33400-000 - Confins - MG Tel.: (31) 3689-2683 E-mail: ops.cnf@aviancacargo.com.br

Cuiabá - CGB

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Gov. João Ponce Arruda, s/nº - Jardim Aeroporto CEP: 78110-100 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3029-7001 E-mail: ops.cgb@aviancacargo.com.br

Curitiba – CWB

Aeroporto Internacional Afonso Pena Teca Infraero – Carga Doméstica Av. Rocha Pombo, s/nº CEP: 83010-900 – Curitiba - PR Tel.: (41) 3381-1350 / 3381-1364 E-mail: ops.cwb@aviancacargo.com.br

Florianópolis - FLN

Av. Deputado Diomício de Freitas, nº3393 CEP: 88047-400 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4201 E-mail: ops.fln@aviancacargo.com.br

Fortaleza – FOR

Porto Velho - PVH

ILHÉUS - IOS

Recife – REC

Av. Senador Carlos Jereissatti, nº 3000 - Serrinha CEP: 60740-900 – Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1717 E-mail: ops.for@aviancacargo.com.br

Rua Bonfim, s/nº, Bairro Pontal CEP: 45654-050 - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3633 4837 E-mail: ops.ios@aviancacargo.com.br

João Pessoa - JPA

Aeroporto Internacional de João Pessoa Terminal de Cargas Nacional Av. Marechal Rondon, s/nº CEP: 58308-000 - Bayeux - PB Tel.: (83) 3232 7674 / 3232 1637 E-mail: ops.jpa@aviancacargo.com.br

JUAZEIRO DO NORTE - JDO Rua: São Francisco, nº 821 - Centro CEP: 63010-215 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3512-2648 E-mail: ops.jdo@aviancacargo.com.br

Natal - NAT

Avenida Piloto Pereira Tim, nº 617, Galpão 09 CEP: 59140-248 - Parnamirim – RN Tel.: (84) 3645-6896 E-mail: ops.nat@aviancacargo.com.br

MACEIÓ - MCZ

Rodovia BR 104 km 92, nº 04 - galpão 04 - Aeroporto CEP: 57100-000 - Rio Largo - AL Tel.: (82) 3342-3554 E-mail: ops.mcz@aviancacargo.com.br

Passo Fundo - PFB

Aeroporto Regional de Passo Fundo BR 285 - KM 287 – Zona Rural de Passo Fundo CEP: 99050-970 – Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3311-4993 E-mail: ops.pfb@aviancacargo.com.br

Petrolina - PNZ

Rua Ana Nery, 40 - Vila Mocó CEP: 56304-500 - Petrolina - PE Tel.: (87) 3031-6585 E-mail: ops.pnz@aviancacargo.com.br

Porto Alegre - POA

Av. Severo Dullius, s/nº, Portão 06 Infraero – São João CEP: 90200-310 – Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358 2399 E-mail: ops.poa@aviancacargo.com.br

Rua Rafael Vaz e Silva, 2645 - Liberdade CEP: 76803-890 - Porto Velho - RO Tel.: (69) 3223-8421 E-mail: ops.pvh@aviancacargo.com.br

Aeroporto Internacional de Guararapes Praça Ministro Salgado Filho, s/nº, Teca 2 Infraero CEP: 51210-010 – Recife - PE Tel.: (81) 3322-4724 E-mail: ops.rec@aviancacargo.com.br

Rio de Janeiro - Santos Dumont - SDU Aeroporto Santos Dumont Av. Almirante Sílvio de Noronha, nº 399, Cabeceira Sul CEP: 20231-030 – Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7577 E-mail: ops.sdu@aviancacargo.com.br

RIO DE JANEIRO - GALEÃO - GIG Estrada do Galeão, s/nº - Terminal de Cargas - Aeroporto Velho do Galeão CEP: 21941-510 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-7031 E-mail: ops.gig@aviancacargo.com.br

Salvador – SSA

Área Industrial, nº 15A, Teca Infraero Doméstico Aeroporto CEP: 41500-570 – Salvador - BA Tels.: (71) 3204-1129 E-mail: ops.ssa@aviancacargo.com.br

São Paulo - Congonhas CGH Av. Pedro Bueno, 1382 - Jardim Aeroporto CEP: 04342-001 – São Paulo - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021 E-mail: cerca@aviancacargo.com.br

São Paulo - Guarulhos GRU Aeroporto Internacional de Guarulhos Rodovia Helio Smidt, s/n – Terminal de Cargas Nacional CEP: 07141-970 – Guarulhos - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021

www.aviancacargo.com.br avianca em revista

JUN.14

· 167


expediente

Colaboradores Carla Palmieri Jornalista de moda, colunista gastronômica e crítica de moda, cinema e outros assuntos que vivencia em seu blog My Fashion Life.

Eric Pomi Graduado pela USP, especialista em Biomecânica, faz parte do Asics Training Team e voluntário da ONG TETO

e m

Ricardo Penna Nascido no Rio de Janeiro, o fotógrafo sempre teve duas vocações: artísitca e técnica. Após cursar engenharia na PUC Rio e trabalhar em uma multinacional de telecomunicações, decidiu mudar o rumo de sua vida para se dedicar ao que realmente gosta: fotografar. Liane Banca Formada em moda com especialização em jornalismo já passou por TV e jornal. Transita entre semanas de moda e roteiros turísticos, fazendo parte do time da editora Drops desde 2008.

Fundada em 2002 avianca.com.br AviancaBrasil AviancaBrasil AviancaBrasil Avianca

SELO

e m

r e v i s t a

Diretor Executivo Carlos Koga - c.koga@midiaonboard.com.br Editor Fredy Campos - redacao@aviancaemrevista.com.br Jornalista Responsável Camila Balthazar - camila.balthazar@aviancaemrevista.com.br Marketing Priscila Soares -priscila@aviancaemrevista.com.br Publicidade Marcelo Simões - marcelo@aviancaemrevista.com.br Departamento Financeiro Jane Elaine - jane@midiaonboard.com.br Produção Salvador Nazarre e Otávio Yamasaki Projeto Gráfico Agência Sampling Design / Diagramação Andreza S. Francisco - Agência Sampling Edição de Imagem Graziela Ventura Revisão TGA Idiomas

blog.avianca.com.br AviancaBr

central de reserva 4004-4040 outras cidades 0300-7898160 SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor SAC 0800-286-6543 Atendimento ao deficiente auditivo: 0800-286-5445

www.avianca.com.br

Presidente: José Efromovich Presidente Executivo: Santiago Diago Vice-presidente de Marketing e Comercial: Tarcisio Gargioni Conselho Editorial: Flavia Zulzke – Gerente de Marketing Fernanda Coelho – Analista de Marketing Felipe Coutinho – Assistente de Marketing Marketing Avianca: Gabriel Lago - Coordenador de Marketing

r e v i s t a

NO AUGE DO SUCESSO, A TOP

FERNANDA MOTTA FIXA RAÍZES NO BRASIL E AGUARDA A CHEGADA DA PRIMEIRA FILHA

INTERNACIONAL TURISMO EM ORLANDO ALÉM DO TRADICIONAL ROTEIRO DISNEY E COMPRAS NACIONAL A COSMOPOLITA NATAL REÚNE O MELHOR DA GASTRONOMIA, BALADAS E LAZER ARTE JARDINS E ESCULTURAS DE MUSEUS PAULISTAS PARA CONTEMPLAR AO AR LIVRE

Confira as edições anteriores em www.aviancaemrevista.com.br

PARA ANUNCIAR comercial@aviancaemrevista.com.br +55 11 5505-0078 Colaboraram nesta edição Rozze Angel, Renata Maranhão, Fábio Kanczuk, Silvia Camargho, Carla Palmieri, Roberto Salgado, Tatiane Greco, Pedro Henrique Araújo, Vitor Cardoso, Marcos Trinca, Ricardo Oliveros, Patricia Maldonado, Paulo Greca, Eric Pomi e Tati Brandão Agradecimentos Daniel Alves, Raul Neto, May Biolli, Maria Cecília Macedo, Marco Antonio Ferraz, Luciana Sposito, Mônica Martelli, Shopping Cidade Jardim, Hyatt São Paulo, Edrey Momo, Joaquim Koerper, Marcelo Schambeck, Eloi Moreira, Mara Alcamim, Alexandre Bressanelli, Ministro do Turismo Vinicius Nobre Lages, Guilherme Fernandes, Neltur - Niterói Empresa de Lazer e Turismo, Rubens Branquinho, Antônio Carlos, Taysa Alexandrisck, Leonardo Caldeira, Rodrigo Alvite, Major Migon, Subtenente Henri Torres, Baltazar - MAC, Joanna Prado A Avianca em Revista é uma publicação da Editora Drops, sob a licença da empresa aérea Avianca, distribuida exclusivamente a bordo das aeronaves nos voos nacionais. As pessoas que não constam do expediente da revista não tem autorização para falar em nome da revista. É necessário uma carta de autorização, atualizada e datada em papel timbrado assinada pelos editores. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos autores e fica expressamente proibido a reprodução total ou parcial sem autorização prévia. Editora Drops (55 11)5505-0078 aviancaemrevista.com.br Impressão IBEP Gráfica

Tiragem: 30.000 exemplares. Todos os direitos reservados. Auditado pela



Avianca em Revista Daniel Alves #47