Page 19

A

Anfavea, Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, estima que as montadoras associadas farão aportes de US$ 22 bilhões até 2015, enquanto as empresas de autopeças, filiadas ao Sindipeças, Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores, vão aplicar cerca de US$ 2,5 bilhões ao ano para acompanhar o ritmo (outros US$ 10 bilhões). O restante das aplicações previstas virá de newcomers. Com a inauguração das fábricas, a disputa pela importância dos novos polos automotivos cresce: São Paulo tem agora a Toyota em Sorocaba (SP), que investiu US$ 600 milhões na fábrica do Etios, e assiste à construção das plantas da Hyundai, em Piracicaba (SP), e da Chery, em Jacareí,

no Vale do Paraíba, em São Paulo. A Toyota decidiu, ainda, construir uma fábrica de motores em Porto Feliz (SP), aplicando R$ 1 bilhão. A Nissan terá nova unidade em Resende, no sul fluminense, Rio de Janeiro; a JAC anunciou e depois colocou em banho-maria a construção de uma fábrica em Camaçari, na Bahia, com aporte de US$ 600 milhões; a Fiat construirá um polo automotivo em Goiana, Pernambuco; a DAF terá fábrica em Ponta Grossa, no Paraná (US$ 200 milhões). A Sinotruk anunciou fábrica em Lages, Santa Catarina, com investimento de R$ 300 milhões, mas explicou que poderá elevar esta cifra para R$ 1 bilhão. A Suzuki aplicará R$ 100 milhões para produzir o 4x4 Jimny em Itumbiara, Goiás, enquanto a Mitsu-

bishi investirá R$ 1 bilhão na unidade de Catalão, GO, e ampliação da linha de produtos. Em Porto Real, RJ, a PSA Peugeot Citroën anunciou mais R$ 2,3 bilhões para a operação até 2015, em produtos e na expansão da fábrica até 2015. Effa/Liffan, BMW, Land Rover e Shacman ainda estudam seus planos para o Brasil, assim como SsangYong, Changan e Haima (que chegaram a anunciar a aplicação de US$ 300 milhões para um operação com base em Linhares, ES). Sob o novo regime, praticamente todas as montadoras e autopeças estabelecidas no Brasil revisam seus programas de investimentos no País, ao mesmo tempo em que os acordos com México e Argentina derrapam e são revistos. n

Valores que inspiram soluções.

Inspire-se. Ouse. Acredite. Com você ao lado da Rudolph, valores e princípios são transformados em soluções completas para o seu negócio. Juntos, vamos muito mais longe.

18-19_b_NEGOCIOS_[POLO].indd 19

www.rudolph.com.br

31/08/2012 09:21:34

Revista Automotive Business - edição 16  

Revista Automotive Business - edição 16

Revista Automotive Business - edição 16  

Revista Automotive Business - edição 16