Page 1

Automaker

Development & Test

Janeiro 2014 Ano 1 Nº 2

Conceito

Classe S Coupe

A sensualidade como expressão do luxo moderno

Frankfurt IAA A Automaker foi convidada para cobrir a noite de pré-estreia da

Mercedes Benz

NIWeek

19ª conferência anual de projeto de sistemas gráficos

O BMW i8

em um piscar de olhos

Automotive Testing | Vehicle & Powertrain Simulation | Controls & Calibration | Environment & Emissions


Expo Center Norte – São Paulo 27 de março de 2014 Reprogramando o mundo para uma nova era da engenharia. NIDays é um evento que reúne inovadores, engenheiros, professores e pesquisadores do cenário brasileiro e internacional. Junte-se a nós no NIDays 2014 - Inscreva-se agora em brasil.ni.com/nidays

©2013 National Instruments. Todos os direitos reservados. National Instruments, NI, ni.com, e NIWeek são marcas registradas da National Instruments. Outros produtos e nomes citados são marcas registradas de suas respectivas empresas. 15090


Automaker Development & Test Editorial William Fone Diretor editorial Wf@automaker.tv Alessandro Bassinelli Colaborador Marcos Cardoso Lima Costa Colaborador Dr. Gotthard Rainer Presidente Técnico Marcelo Santos Vendas de Publicidade Marcelo@testingshow.com Enviar artigo Wf@automaker.tv Assinar a Revista www.automaker.com.br

Grupo

Automakermedia www.automaker.tv Thomas Fone CEO Mauricio de Araujo Almeida Diretor Doris Fone Diretor Financeiro

Apoio

Contato AEA Suelen Assoni 11 5908-4043 relacionamento@aea.org.br AEA - Associação Brasileira de Engenharia Automotiva Rua Salvador Correia, 80 Aclimação - São Paulo - SP CEP: 04109-070 www.aea.org.br

meNsageM DO

editor Q

Final de 2013, e o Futuro da Produção Automobilística

uando você compra um carro, certamente fica impressionado com a tecnologia que o torna mais seguro, mais fácil de usar e mais agradável de dirigir. No entanto, existe muito mais acontecendo por trás dos bastidores. Tendências como computação em nuvem, uma grande quantidade de informação na forma de dados e a mobilidade estão se juntando para fazer deste um dos momentos mais emocionantes na indústria automobilística. As montadoras de automóveis têm aproveitado a força das marcas globais e a presença de redes de dados ao redor do mundo, o segmento de peças de reposição é muito rentável, bem como os serviços financeiros. No entanto, um de seus principais pontos fracos é o crescente custo do gerenciamento de informações, incluindo os dados no lado dos escritórios e os dados de telemática. Mais especificamente, o gerenciamento de dados e de custos pode ajudar a resolver outra fraqueza importante nas organizações. Com dados concentrados em células distintas por toda a organização, os OEM´s correm o risco de não entender bem os seus clientes. O gerenciamento de um conjunto de informações pode ajudar os OEM´s a entender e a engajar os seus clientes de uma forma mais eficiente, especialmente na era digital. Tecnologias para uma grande quantidade de dados estão criando uma vastidão de novas possibilidades para a redução de custos e novos fluxos de receita em toda a indústria automotiva. Tais informações na forma de dados podem acelerar as vendas das montadoras. Em vez de esperar que os clientes andem nos pavilhões de exposição, os OEM´s podem caracterizar os seus clientes com base no seu comportamento online. Os dados podem identificar fatores de correlação que influenciam o que uma pessoa compra. A mobilidade já influenciou as expectativas dos clientes e a suas preferências. As plataformas móveis já estão sendo amplamente utilizadas como uma ferramenta de comunicação rica em recursos, para busca, navegação e para entretenimento. Pode ser realmente interessante usar o smartphone como um sensor de telemática, reportando a posição do carro, bem como a sua velocidade. Podemos usá-lo para fazer a varredura do ambiente, a fim de reunir informações sobre os dispositivos ao redor ou as redes que ligam tal dispositivo móvel ao veículo, e criar muitas mais opções. Tecnicamente, podemos ver o quanto de combustível ainda resta no tanque, a condição dos freios, e quando uma manutenção é necessária. Ele pode até mesmo ser usado como uma chave do carro, uma carteira de motorista ou para aplicar configurações pessoais em um carro que você alugar. Claramente, os carros são a próxima grande plataforma para desenvolvedores de aplicativos. Novas tendências de TI estão ajudando as montadoras a gerenciar os custos, tornando o processo de fabricação mais eficiente. A migração dos aplicativos para a computação em nuvem como uma plataforma de serviço ajuda as montadoras a gerenciar os custos quando a demanda cai. Os custos de TI diminuem proporcionalmente. Ele também ajuda os OEM´s a gerenciar picos. Quando um carro novo é lançado, todo mundo quer entrar online para configurar o seu carro. A computação em nuvem pode suportar os processos de mobilização de vendas e desenvolvimento de software também. Estas coisas podem ocorrer em uma nuvem pública. Uma abordagem baseada em nuvem para TI ajuda as montadoras a reter o fluxo de dinheiro para um melhor uso. Mudanças de hábitos e expectativas dos clientes estão fazendo os fabricantes repensar a forma como eles montam e vendem os veículos. Os carros devem ser uma experiência ao usuário que corresponda às expectativas da próxima geração, que se está acessando o Facebook, Twitter ou outros aplicativos de mídia social. Mas os novos níveis de conveniência em termos de compartilhamento de carros podem significar que os motoristas não vai sentir a mesma necessidade de adquirir e possuir seu próprio veículo, eles podem simplesmente entrar a bordo de um veículo qualquer, ligá-lo e pagar pelo trajeto a partir de um simples aplicativo inteligente de telefone. Este nível de integração em um dispositivo móvel é algo que abre totalmente novas perspectivas para as pessoas mais jovens. Mais perguntas ainda precisam ser respondidas a respeito de quais plataformas e normas serão usadas para o desenvolvimento de sistemas de TI para automóveis. E será que as tecnologias avançadas nos levarão ao carro sem motorista, como se vê no que foi apresentado pela Mercedes Benz na feira IAA em Frankfurt? Será que realmente queremos isso? As pessoas estão realmente dispostas a delegar sua segurança a algum tipo de sistema computacional? O ano de 2013 foi um grande salto evolutivo em termos de novos desenvolvimentos e estamos ansiosos por um ano de 2014 ainda mais promissor em termos de inovação e tecnologia.

William Fone - Editor Automaker Development&Test | 3


conteÚDO Events & Courses

NIDays Technology & Concepts

Conferência Tecnológica sobre Projeto Gráfico de Sistemas

Cursos AEA

Programação anual de cursos da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva

CMC Congress

Call for papers - CMC | Controls, Measurement & Calibration Congress - 2014 Unicamp

Conheça a AEA

Grupos de trabalho e fóruns de discussões técnicas de Engenharia Automotiva

Eventos AEA

14 20 22 24 26

Programação anual de eventos da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva

Mercedes Benz

11 21 43 44 53

S 500 Plug-in Hybrid

Um Classe S com consumo de três litros por cem quilômetros

Segurança para mercados emergentes

A demanda crescente por proteção dos passageiros na China, Índia de América do Sul

Novo airbag posicionado entre o condutor e o passageiro

Retentor inflável projetado para ajudar a proteger os motoristas e passageiros sentados na frente em colisões de impacto lateral

Airbag de pedestres

Novo airbag centro frontal e capa levantadora ativa com airbag de pedestre que melhora a proteção de pedestres em acidentes de trânsito

Mercedes Benz

Conceito Classe S Coupe

A sensualidade como expressão do luxo moderno

36

O BMW i8 em um piscar de olhos A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive somado com um inteligente sistema de produção e gestão de energia gera uma potência total de 266Kw/362hp (torque máximo de 570 Nm/ 420 lb-ft), o que dá ao BMW i8 as características de performance de um genuíno carro esportivo 0 – 100km/h em 4,4 segundos


6

Frankfurt IAA 2013

A MERCEDES BENZ lidera o caminho na feira de Frankfurt IAA 2013 com inovação de ponta e um show de midia nunca antes vistos no salão de automóvel mais importante do mundo indiscutivelmente

Testing & Validation Ricardo

O ensaio do veículo completo é a melhor maneira de garantir a melhoria da qualidade do ar de ônibus híbridos e veículos pesados

FEV GmbH

Redução de atrito como base para uma tecnologia de powertrain

Volvo Trucks

Conforto de direção obtido através de extensos testes de campo

Development & Tools Altair

Túnel de Vento Virtual HyperWorks

O medidor de fluxo com Pilot PTFM-1000 V2 empresa de testes de emissões HORIBA apresenta a segun-da geração de medidores de vazão de gases de escape para motores a combustão

Amostrador de Volume Constante CVS-ONE

Série de sistemas de amostragem CVS-ONE é o seu último avanço em medição de emissões de massas diluídas em veículos e motores

Vector

Software OBD disponível para ECU’s AUTOSAR

NI Week 19ª conferência anual de projeto de sistemas gráficos e novos benefícios do LabView 2013

10 19 40 12 34 34 35 46


“A MERCEDES BENZ lidera o caminho na feira de Fran midia nunca antes vistos no salão de automóvel

6 | Automaker Development&Test


nkfurt IAA 2013 com inovação de ponta e um show de l mais importante do mundo indiscutivelmente”.

A

Automaker foi convidada para cobrir a noite de pré-estreia da Mercedes Benz na IAA em Frankfurt. Sabendo que os fabricantes alemães vão grandes para liderar o evento local, a expectativa estava naturalmente elevada, no entanto a Mercedes Benz conduziu uma noite de pre-estréia incrível ao mostrar a unidade de direção inteligente de classe mundial S500, através de um evento musical colorido para celebrar as marcas hstóricas e mostrando uma réplica completamente fiel do primeiro carro Daimler de todos os tempos

Com a a sua participação no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, ocorrida em 10 a 22 de setembro de 2013, a Mercedes- Benz transformou seu estande, o Festival Hall, em um fascinante mundo Mercedes sob o tema “Experiência urbana”. Em um cenário que evocou um ambiente urbano vibrante, o visitante experimentou o dinamismo fascinante, diversidade e talento inovador da marca Mercedes-Benz em uma excursão por três andares e mais de 8.000 metros quadrados de espaço de exposição. Um grande palco com telas LED que cobre cerca de 1.200 metros quadrados estabeleceu o cenário para uma apresentação emocionante e espetacular dos produtos e mensagens-chave da marca. Os destaques entre os novos modelos que estiveram em exposição incluiram cinco estreias mundiais: O GLA como o mais recente integrante da nova geração de veículos compactos da Mercedes –Benz; o Concept S-Class Coupé, oferecendo uma antecipação de um futuro membro da nova família Classe S; o S 500 HYBRID PLUG-IN, que estabelece novos padrões no que diz respeito à eficiência, bem como sistema de direção e conforto climático; o S 63 AMG e o smart fourjoy study, veículo conceito que anuncia um novo compacto de quatro lugares.

Automaker Development&Test | 7


“Sob o lema ‘Fascinação Mercedes’ apresentamos uma face moderna, atraente e dinâmica da marca Mercedes-Benz em um cenário impressionante de alta tecnologia no Festival Hall, que deliciou os nossos visitantes. Durante a visita à nossa exposição, eles descobriram veículos fascinantes apresentando tecnologias inovadoras em cenários modernos, em painéis de LED de grande formato e de uma série de exposições interativas. O Salão Internacional de Frankfurt foi o destaque de nossas atividades em 2013 - o nosso evento em casa”, explicou Andreas von Wallfeld, responsável por Salões, Exposições e Eventos da Mercedes–Benz Automóveis.

A exposição: uma viagem colorida pelo mundo Mercedes Depois de ter entrado no Festival Hall e ter uma primeira vista do impressionante cenário multimídia, os visitantes foram transportados por duas escadas rolantes para o nível 2, a uma altura de 13 metros. A partir daqui, a visita guiada de cerca de 600 metros de comprimento conduziu o visitante pelas atrações até os andares mais baixos - nível 1 e piso térreo. Cerca de 70 veículos foram expostos, várias apresentações de tópicos especiais e exposições interativas ofereceram muito entretenimento. Engenheiros, designers, especialistas em produtos e pessoal de vendas estavam à disposição para discutir inovações para a mobilidade segura, sustentável e individual. A exposição começou com os mais recentes modelos da Mercedes-Benz. O CLA, Classe A e Classe B estavam em exposição junto com o GLA, que reinterpreta o segmento de SUV compacto com estilo impressionante. Então, o visitante podia entrar no mundo BlueEFFICIENCY da Mercedes-Benz. Aqui, o foco eram os temas de acionamento elétrico, gás natural e os novos conceitos de mobilidade. O Classe B Electric Drive, cuja aparição no Salão Internacional de Frankfurt marcou a sua estreia europeia, e o SLS AMG Coupé Electric Drive, que demonstrou a competência da Mercedes- Benz e da MercedesAMG no campo da mobilidade livre de emissões. Com o smart fortwo electric drive como um embaixador para o projeto car2go, a Daimler AG também estava demonstrando sua competência no desenvolvimento e comercialização de tecnologia de ponta e conceitos de mobilidade alternativos. Passando por toda a gama de potentes e econômicos SUVs, o visitante alcançava o nível 1, cujas atrações incluiam o excitante mundo do design. Um quarto espaçoso reminiscente de uma galeria de arte incorporava os principais aspectos da filosofia de design da MercedesBenz: sensualidade e clareza. Este princípio se manifestou em especial nas grandes telas que

8 | Automaker Development&Test

representam os dois pólos - “sensualidade” e “clareza”. Os visitantes então descobriram as vantagens do “Mercedes-Benz Intelligent Drive”. Os sistemas de assistência inovadores projetados para melhorar a segurança ativa foram apresentados em detalhes vívidos. O Simulador da Classe S ofereceu uma oportunidade única de experimentar em primeira mão como as tecnologias de assistência inovadoras fazem da Classe S o veículo mais seguro em seu segmento. Os visitantes também puderam experimentar as diversas opções de conectividade disponíveis em um veículo Mercedes-Benz, permitido por meio de um display bastante fiel à realidade apresentando o COMAND Online, que está à bordo da Classe S. Sob o aspecto de Inovação de Negócios - o laboratório da Daimler para ideias de negócios criativos -, um artista de Berlim atuoucomo um chamado “gravador visual” na área Daimler Mobility Services, ouvindo as discussões e conversas e captando a essência do que é dito em desenhos a serem produzidos ao vivo em um veículo cargo. O estande da Mercedes-Benz Accessories estava focado em torno de um Mercedes-Benz CLA 200, que foi equipado com equipamentos esportivos Mercedes-Benz e outros Acessórios Originais para demonstrar como os produtos da marca podem adicionar um toque pessoal de alta qualidade. Uma miniatura do SLS AMG GT3, especialmente concebidos para o IAA, também estava disponível no estande, juntamente com outras miniaturas. A visita chegava ao fim com a AMG, a marca de alta performance da Mercedes-Benz, e no fascinante mundo do automobilismo. Destaques especiais foram o S 63 AMG, que estreiou no Salão Internacional de Frankfurt como a Classe S mais dinâmica de todos os tempos, e o conceito CLA 45 AMG Racing Series, fornecendo uma visualização de outro veículo esportivo de corrida para clientes da Mercedes- AMG.

O show no palco: A Fascinação da Mercedes Os visitantes puderam acompanhar o show no palco durante toda a visita à exposição. Medindo mais de 55 metros de comprimento e quase dez metros de altura, a tela LED estendeu-se para o nível 1 e moldou a visão geral da aparência da Mercedes-Benz no Salão do Automóvel. Assentos de estilo arquibancada nos níveis 1 e 2 ofereciam boas vistas para o palco. Sob o lema “A fascinação da Mercedes”, o cenário vibrante do palco trouxe a apresentação da marca para a vida, transmitindo intensidade e dinamismo. Interações habilmente coreografadas entre


painéis de mídia móveis, luzes, filmes e músicas continuamente chamavam a atenção para o centro do palco. Em um nível comunicativo, o espetáculo colocou os holofotes sobre a estreia mundial do GLA e do S 63 AMG, a estreia em Salões da Classe S e a temas da marca como “Mercedes-Benz Intelligent Drive” e “BlueEFFICIENCY”. A apresentação terminou com um olhar para a próxima geração da Classe S Coupé.

Características novas e inovadoras do programa Em consonância com a estratégia de marketing e vendas “Mercedes-Benz 2020: A Melhor Experiência para o Cliente”, a Mercedes também desbravou novos caminhos em relação a sua interação com os visitantes do Salão do Automóvel. Acima de tudo, está incorporando as plataformas digitais e redes sociais em suas comunicações. Os integrantes da “geração Facebook” foram, portanto, capazes de partilhar as suas experiências no estande da Mercedes instantaneamente. Os visitantes puderam fazer upload de fotos por meio da plataforma de mídia Instagram em #MBcarIAA , tornando-se parte da representação geral do estande no “maior mural Instagram do mundo”. Desta forma, o estande da Mercedes-Benz tornou-se um caleidoscópio de gostos e desejos dos seus visitantes. Atividades como passeios guiados de descobertas com Genius e MobileKids, o questionário de conhecimentos “gênio BUZZ” e um “Lab Design” Genius sob o lema “Design Your Car” (crie o design de seu automóvel) proporcionaram um meio adequado para introduzir os temas abordados pela Mercedes no Salão do Automóvel para crianças e jovens. A Daimler também se apresentarou como um empregador. Visitantes interessados podem saber mais sobre vagas em aberto dentro do Grupo. Cerca de 1.500 funcionários trabalharam há um ano no planejamento e realização do conceito e tema da Mercedes-Benz, que abrangeu mais de 8.000 metros quadrados. 830 toneladas de aço e cerca de 100 quilômetros de cabos foram instalados no Festival Hall, por exemplo. A participação também contou com cerca de 5.500 metros quadrados de espaço para exposição e apresentação fora do centro de exposições – um curso do Mercedes- Benz “Intelligent Drive”, uma oportunidade de foto em frente de um GLA preparado como veículo de brigada de incêndio e a apresentação do Viano Marco Polo aguardam os visitantes.

Automaker Development&Test | 9


O ensaio do veículo completo é a melhor maneira de garantir a melhoria da qualidade do ar de ônibus híbridos e veículos pesados

A

LowCVP (Low Carbon Vehicle Partnership, uma parceria público privada com objetivo de acelerar uma transição sustentável para veículos com baixa emissão de carbono) encomendou uma revisão dos impactos da qualidade do ar decorrentes de um rápido aumento recente no número de ônibus com baixa emissão de carbono no Reino Unido, um resultado de subsídios oferecidos através do “Government’s Green Bus Funds” – fundo governamental para incentivar a introdução de ônibus com baixa emissão de carbono. Agora com cerca de 1.300 ônibus com baixa emissão de carbono em operação, o novo relatório - elaborado pela Ricardo para a LowCVP - recomenda que a legislação precisa considerar os impactos da tecnologia híbrida nos processos de teste para evitar possíveis conseqüências indesejadas em termos de emissões locais. Como eles operam principalmente em áreas urbanas, as emissões locais de ônibus são de particular importância. Rever os processos globais de teste para motores de veículos pesados, o relatório diz que os níveis de emissões Euro VI (EPA10 nos EUA) para motores diesel e a gás devem ser amplamente indistinguíveis (dentro do erro de medição) e que os níveis emitidos por ambos os tipos de motores será muito baixo. No entanto, os dados limitados de teste de veículos disponíveis para os pesquisadores mostraram que as melhorias mundiais reais em emissões regulamentadas frequentente não correspondem às expectativas dos testes da legislação devido aos ciclos de funcionamento dos motores na estrada.

10 | Automaker Development&Test

Os dados disponíveis mais robustos (fornecidos pela empresa de transporte “Transport for London”) mostraram que as emissões de carbono, consumo de combustível e as emissões locais de qualidade do ar foram reduzidas para os veículos com baixa emissão de carbono em comparação com os ônibus convencionais. No entanto, usando uma métrica alternativa de intensidade de emissões, em alguns casos os veículos híbridos mostraram níveis de emissões mais elevados por unidade de combustível queimado que os ônibus convencionais, indicando, como disseram os pesquisadores, que há mais espaço para otimizar o controle de emissões e os sistemas de pós-tratamento em torno do ciclo operacional. O estudo diz que tecnologias como a hibridização oferecem a perspectiva de reduções significativas no consumo de combustível e emissões de CO2 em comparação com os veículos de propulsão convencional, mas a melhoria em termos de emissões regulamentadas pode não ser tão grande. Os pesquisadores recomendam, no entanto, que é necessário considerar tecnologias híbridas no ciclo de teste da legislação para facilitar ainda mais a redução de poluentes no ar. Recomenda-se também que os ônibus - ambos convencional e híbridos, bem como os combustíveis fósseis e os alternativos - devem ser otimizados para os ciclos de operação que representam mais diretamente a sua utilização operacional. O relatório também aponta que as emissões não regulamentadas continuam a ser uma preocupação para os legisladores e são susceptíveis de se tornarem reguladas ao longo do tempo quado forem vistas como tendo um impacto na qualidade do ar. Emissões não regulamentadas de

preocupação atual são: amônia, N2O/NO2, aldeídos, benzeno (do diesel) e metano, amônia e aldeídos (dos motores a gás). Comentando a pesquisa, o diretorgerente da LowCVP, Andy Eastlake disse: “O foco principal do nosso trabalho tem sido, e continuará sendo, a redução das emissões de carbono e gases de efeito estufa para mitigar as mudanças climáticas. É importante, porém, que nós sempre mantenhamos um olho sobre outros efeitos do deslocamento do carbono baixo, incluindo eventuais impactos na qualidade do ar local”. “Usar métodos de teste apropriados para cada nova tecnologia e aplicação, tais como o processo que implementamos para o ônibus com baixa emissão de carbono, nos ajudará a ter certeza de que pouco carbono é de todas as formas pouca emissão.” “A Ricardo ficou extremamente satisfeita em preparar este relatório de pesquisa”, comentou Dave Greenwood, chefe do grupo de produtos híbridos e sistemas elétricos da Ricardo. “A qualidade do ar urbano é um problema significativo para muitas cidades ao redor do mundo, ao lado de preocupações nacionais e internacionais maiores sobre emissões de dióxido de carbono. A hibridização do trem de força das frotas de ônibus oferece uma potencial oportunidade de redução do consumo de combustível e emissões de CO2, mas como esta pesquisa destaca, é importante que tais tecnologias de baixa emissão de carbono sejam aplicadas da melhor forma possível, levando em consideração os ciclos de operação real afim de assegurar que todos os poluentes controlados - incluindo aqueles de dióxido de carbono - sejam mantidos no nível mais baixo quanto possível”.


REGISTRE-SE NIDays 2014 Conferência Tecnológica sobre Projeto Gráfico de Sistemas Reserve o dia 27 de março de 2014 na sua agenda e participe do NIDays 2014, o principal evento organizado pela National Instruments Brasil

E

m sua 12ª edição, o NIDays, principal evento organizado pela National Instruments, é uma conferência voltada ao desenvolvimento e atualização profissional, onde centenas de engenheiros, cientistas e educadores se encontram para fazer contatos e discutir suas aplicações. Reunindo alguns dos maiores especialistas em Projeto Gráfico de Sistemas e representantes dos mais variados segmentos da indústria, o NIDays propõe uma imersão nesse vibrante ecossistema, onde os participantes poderão se atualizar com as últimas novidades de uma tecnologia em acelerado desenvolvimento, analisar estudos de caso e aplicações práticas, conversar com especialistas e descobrir novos clientes, fornecedores e parceiros. A última edição atraiu um público de 900 profissionais e apresentação de estudos de caso de 20 especialistas da indústria, além das 25 sessões técnicas e 9 sessões práticas oferecidas pela NI ao longo do dia.

Registre-se agora em: http://brasil.ni.com/nidays Automaker Development&Test | 11


Túnel de Vento Virtual HyperWorks

para simulação aerodinâmica externa mais rápida e mais precisa

O

A Altair lança o HyperWorks Virtual Wind Tunnel ™, um aplicativo simplificado de alta qualidade projetado para facilitar a simulação em túnel de vento na indústria automotiva.

Aproveitando várias das empresas de tecnologias de software desde articulação avançada até simulação dinâmica de fluidos com computação avançada de alta confiabilidade, o Túnel de Vento Virtual HyperWorks traz novos níveis de precisão e velocidade na previsão do desempenho aerodinâmico do exterior de um veículo, projetado de uma forma intuitiva, altamente automatizada e com um fluxo de trabalho e interface do usuário simplificados.

A simulação aerodinâmica de exterior desempenha um papel importante no design automotivo moderno. O consumo de combustível do veículo, a estabilidade, o arrefecimento do motor, o ruído interior da cabine e o desempenho do limpador para-brisas, todos são influenciados por forças aerodinâmicas. As simulações em túnel de vento empregando dinâmica computacional dos fluidos (CFD) permitem aos engenheiros estudar tais cargas aerodinâmicas e reduzir o número de experimentos físicos no túnel de vento real necessários durante o processo de desenvolvimento de um veículo. O Túnel de Vento Virtual HyperWorks tem comparado vários testes para demonstrar que a tecnologia da Altair se correlaciona excepcionalmente bem com os resultados em túnel de vento reais, disse o vicepresidente de Tecnologia CFD da Altair Dr. Farzin Shakib . “Nós antecipamos que a facilidade, flexibilidade, precisão e velocidade do túnel de vento virtual HyperWorks irá torná-lo muito popular não só em toda a indústria automobilística, mas também em outros campos onde a simulação aerodinâmica externa é crucial, como em projetos arquitetônicos, construção e desenvolvimento de turbinas eólicas”. Essencial para esta solução é o AcuSolve ®, o resolvedor CFD líder de mercado da Altair, que é altamente diferenciado pela sua velocidade, escalabilidade, robustez e precisão. A tecnologia de modelagem

12 | Automaker Development&Test


de turbulência avançada AcuSolve permite ao Túnel de Vento Virtual HyperWorks prever o fluxo de campo e o fluxo de separação usando simulação estática e de transiente para a obtenção de resultados mais rápidos e mais precisos. A solução de interação fluído/estrutura de alta performance do AcuSolve permite simulações automotivas virtuais em túnel de vento mais realistas e compreensivas por considerar a flexibilidade das estruturas. “Nós preferimos usar o AcuSolve para aerodinâmica de exterior. Mais especificamente, nós achamos que é mais fácil alcançar resultados de alta precisão com o AcuSolve para a medição de arrasto em simulações aerodinâmicas de exterior”, disse Geneviève Dutil, presidente da empresa de engenharia e consultoria de simulação Lx Sim. Outra vantagem do Túnel de Vento Virtual HyperWorks é a sua avançada capacidade de entrosamento. Construído sobre uma tecnologia poderosa, o túnel de vento virtual HyperWorks vem com um gerador de malhas não estruturadas e com camadas limite rápidas e totalmente automatizadas. Malha de volume para uma análise aerodinâmica automotiva de exteriores, incluindo a parte inferior da carroceria, o compartimento sob o capô e as camadas pode ser concluído em menos de duas horas. O solver de CFD no núcleo do túnel de vento virtual HyperWorks é altamente tolerante com as qualidades do elemento, com a capacidade de gerenciar elementos distorcidos inevitáveis para geometrias complexas. A flexibilidade do solver elimina a etapa de otimização de malha que é demorada e muitas vezes necessária com outras soluções, reduzindo drasticamente o tempo de entrosamento. O Túnel de Vento Virtual HyperWorks oferece um ambiente amigável e intuitivo, e um processo de instalação altamente automatizado. A simulação pode ser enviada facilmente a sistemas de computação de alto desempenho a partir do ambiente do túnel de vento virtual HyperWorks.

Automaker Development&Test | 13


S 500 PLUG-IN HYBRID

Um Classe S com consumo de três litros por cem quilômetros

O

terceiro modelo híbrido da nova Classe S, o S 500 PLUG-IN HYBRID, estabelece novos parâmetros de eficiência, assim como em sistemas de condução e conforto climático. Com emissão de 69 gramas de CO2 por quilômetro (consumo de 3 litros/100 km), a nova Classe S cria uma nova referência para sedãs de luxo que, há poucos anos, era tida como virtualmente impossível. O motor elétrico com 80 kW com bateria recarregável externamente torna possível rodar sem emissões por uma distância de até 30 quilômetros. Ele trabalha em conjunto com o novo motor V6 turbinado de três litros. A Mercedes-Benz apresentará o S 500 PLUG-IN HYBRID no Salão do Automóvel de Frankfurt. As vendas começarão em 2014.

14 | Automaker Development&Test


O S 400 HYBRID foi pioneiro no mundo ao apresentar um sistema de propulsão híbrido de série com bateria de íons de lítio, em 2009. Com a nova Classe S, a MercedesBenz expande sua linha híbrida nesta série de modelos para três versões: o S 400 HYBRID, S 300 BlueTEC HYBRID e S 500 PLUG-IN HYBRID. Todos os sistemas de propulsão híbridos da segunda geração compartilham a integração contínua no trem de força. O motor a combustão pode ser completamente desconectado do motor elétrico. Outros equipamentos incluem o sistema de recuperação de energia nas frenagens de segunda geração e o sistema de gerenciamento de energia antecipatório Intelligent HYBRID.

O motor de combustão pode ser completamente desacoplado do motor elétrico.

“Com o S 500 PLUG-IN HYBRID, a Mercedes-Benz estabelece outro marco no caminho para uma mobilidade livre de emissões, com base em nossa matriz híbrida modular”, explica o Prof. Dr. Thomas Weber, responsável pela área de Pesquisas do Grupo no Conselho de Direção da Daimler e chefe da Engenharia de Produto da Mercedes-Benz Cars. “Desta maneira, a Classe S torna-se um genuíno “three-liter car” (veículo que consome menos de três litros de combustível por 100 quilômetros), com espaço generoso e conforto de rodagem superlativo.”

Automaker Development&Test | 15


Enquanto as baterias do S 400 HYBRID e do S 300 BlueTEC HYBRID, ambos veículos híbridos autônomos, são carregadas durante as frenagens e desacelerações, as novas baterias de íons de lítio de alta voltagem do S 500 PLUG-IN HYBRID têm dez vezes mais conteúdo energético e oferecem a opção de serem recarregadas por uma fonte externa, por uma tomada de carga localizada no lado direito do parachoques dianteiro. Assim, com a ajuda do motor elétrico síncrono (80 kW/340 Nm), a Classe S pode rodar por até 30 quilômetros usando apenas eletricidade.

Quatro modos de operação híbrida podem ser selecionados pressionando-se um botão: HYBRID E-MODE: apenas energia elétrica E-SAVE: a bateria é preservada com carga total para poder movimentar o carro sozinha mais tarde CHARGE: a bateria é carregada com o carro em movimento

Sob as condições especificadas pelas regras de certificação, a Classe S, como veículo totalmente híbrido, gera 69 gramas de CO2 por quilômetro. Com consumo equivalente a 3 litros por 100 quilômetros, a nova Classe S cria uma nova referência para sedãs de luxo que, até poucos anos, era tida como virtualmente impossível. Ele atinge esses valores significativos sem restrições à potência, ao conforto dos passageiros ou à autonomia de rodagem, além de proporcionar um alto nível de conforto climático graças às funções de controle pré-entrada.

16 | Automaker Development&Test


Os dados de referência mais importantes do S 500 PLUG-IN HYBRID: 245 kW de potência do motor a combustão, mais 80 kW do motor elétrico e torque de 480 Nm do motor a combustão e 340 Nm do motor elétrico Consumo total (norma NEDC) de 3,0 l/100 km (69 gramas de CO2 por quilômetro) Autonomia de rodagem em modo totalmente elétrico: aproximadamente 30 quilômetros Velocidade máxima: 250 km/h; 0 a 100 km/h em 5,5 segundos Intelligent HYBRID: sistema de gerenciamento de energia antecipatório, com ótima utilização da recuperação de energia durante a desaceleração Possibilidade de individualização por meio da combinação dos modos de transmissão com os quatro modos de operação híbridos - HYBRID, E-MODE, E-SAVE e CHARGE Pedal do acelerador sensível, para maior controle do veículo: um ponto de resistência no curso do pedal permite perceber a ativação do motor a combustão e ajuda a controlar a potência Carga rápida externa da bateria de tração de alta voltagem Controle climático do interior do carro pré-entrada

Intelligent HYBRID: sistema de gerenciamento de energia antecipatório A Classe S híbrida de segunda geração conta com um sistema de gerenciamento de energia antecipatório, aumentando sua eficiência energética. A estratégia operacional do sistema de propulsão híbrida não leva em conta apenas as condições de condução momentâneas e a atuação do motorista, mas também se ajusta ao trecho da estrada à frente (inclinações, descidas, curvas e limites de velocidade) para os próximos oito quilômetros. O sistema Intelligent HYBRID usa dados de navegação do COMAND Online para administrar a carga e descarga da bateria de alta voltagem. Ele pode, por exemplo, utilizar o conteúdo energético da bateria para propulsão antes de um trecho em descida, onde ela voltará a ser carregada por meio da recuperação de energia.

Automaker Development&Test | 17


Sistema de frenagem recuperativo: o motor elétrico como alternador O maior potencial de redução de consumo de energia dos sistemas de propulsão híbridos está na maximização da recuperação de energia durante a rolagem e frenagem. Ao ser pressionado o pedal do freio, a desaceleração é iniciada primeiramente pelo motor elétrico, e não pelos discos de freios. A nova Classe S é o primeiro carro a usar um sistema de recuperação na frenagem (RBS) de segunda geração, que garante uma superposição imperceptível dos freios mecânicos convencionais com a função de frenagem do motor elétrico atuando como alternador. A força de frenagem desejada pelo motorista é registrada por um sensor de curso no pedal. A desaceleração depende da condição de rodagem e se divide entre uma parte proporcionada pela força de frenagem do motor e outra gerada pelos discos de freios. A pressão de frenagem no eixo traseiro é controlada pelo sistema RBS de acordo com o potencial de recuperação do trem de força. Além disso, o motor a combustão é desligado sempre que o veículo rolar livremente e o torque gerado pelo arrasto nessa situação é usado pelo motor elétrico para recuperar energia. Porém, quando o pedal do freio não for acionado em uma descida, por exemplo, o torque adicional não é direcionado para recarregar a bateria e o veículo pode rolar livremente. O motor a combustão é usado para carregar a bateria o mínimo possível e apenas nas circunstâncias de operação adequadas e mais eficientes.

Híbrido pioneiro no segmento luxo O primeiro sistema de propulsão híbrido de série com bateria de íons de lítio estreou na Mercedes-Benz já em 2009: o S 400 HYBRID foi o mais eficiente sedã de luxo movido a gasolina por um longo período. Além de ser, também, o híbrido de maior sucesso em sua classe: cerca de 20 mil compradores em todo o mundo optaram pelo S 400 HYBRID. Agora, com a nova Classe S, a Mercedes-Benz continua sua abrangente ofensiva híbrida. Com o S 400 HYBRID e o S 300 BlueTEC HYBRID, já estão disponíveis dois híbridos para escolher na nova Classe S:

O novo S 400 HYBRID queima apenas 6,3 litros de combustível por 100 quilômetros no ciclo NEDC (combinado). Isto representa uma redução de 20% em relação ao seu antecessor. A emissão de 147 gramas de CO2 por quilômetro também é recorde neste segmento de veículos. Estes números exemplares ocorrem em paralelo ao alto potencial de desempenho do carro: o motor a gasolina desenvolve 225 kW (306 cv), enquanto o elétrico acrescenta outros 20 kW (27 cv). O torque do motor a combustão é 370 Nm, mais 250 Nm do motor elétrico No S 300 BlueTEC HYBRID, a Mercedes-Benz combinou o motor diesel 2,2 litros com quatro cilindros desenvolvendo 150 kW (204 cv) com o poderoso módulo híbrido, que proporciona 20 kW (27 cv). O torque máximo de 500 Nm do motor a combustão é somado aos 250 Nm fornecidos pelo motor elétrico O S 300 BlueTEC HYBRID roda 100 quilômetros com 4,4 litros no ciclo combinado (CO2: 115 g/km) e se enquadra nos critérios de eficiência energética classe A+. Consequentemente, em dez anos, a Mercedes-Benz cortou o consumo de combustível da categoria de 150 kW quase pela metade.

18 | Automaker Development&Test


Redução de atrito como base para uma tecnologia de powertrain Abordagem de otimização multi-disciplinar é única na indústria

U

m motor protótipo a gasolina com atrito de fricção reduzido foi demonstrado no mundialmente famoso Aachen Colloquium para tecnologias de automóveis e motores. O colóquio de Aachen é o maior congresso automotivo e de tecnologia de motores na Europa, atraindo mais de 1.800 profissionais do setor anualmente. O motor de baixa fricção foi criado pela FEV GmbH, com sede na Alemanha, desenvolvedora de tecnologias avançadas de powertrain e tecnologias de sistemas para veículos. A empresa utilizou seu banco de dados de atrito – dizendo-se ser o maior do mundo - software proprietário e outras ferramentas de engenharia para reduzir as emissões de CO2 e melhorar a economia de combustível a um custo efetivo. Estas medidas de redução de atrito, as quais podem ser aplicadas ao virabrequim e aos pistões, trem de válvulas, circuitos de lubrificação e de arrefecimento, bem como transmissão, tendem a ser muito menos caras do que a eletrificação, proporcionando uma grande parte do benefício. Dados do motor de teste monocilíndrico da FEV são combinados com simulações avançadas de CAE para criar um menu de otimização, que os engenheiros podem escolher para desenvolver os melhores métodos, afim de alcançar resultados com maiores reduções de atrito ao menor custo. O banco de dados de atrito serve como uma referência contínua contra a qual os quais engenheiros FEV podem medir o progresso do desenvolvimento. “Seguindo uma abordagem multi-disciplinar que combina a medição direta, simulação e o maior banco de dados de fricção do mundo, os engenheiros da FEV são capazes de otimizar as características de fricção na fase de conceito do projeto do motor, reduzindo consideravelmente o tempo de desenvolvimento e o custo”, disse o professor Stefan Pischinger, CEO da FEV GmbH. “Além disso, a melhoria contínua do nosso software de Motor Virtual, visualização e ferramentas de simulação, bem como métodos automatizados do Projeto de Experimento (DOE) ajudam a FEV e seus clientes a alcançar metas difíceis de consumo de combustível e CO2 rapidamente.” A aplicação destas e de outras medidas de redução de atrito, via otimização detalhada de ambos: motores e componentes de transmissão, mostram que uma redução no consumo de combustível no novo ciclo de direção europeu (NEDC) de mais de 8% é possível para um veículo classe C com turbo de 1.8 litros e um motor de quatro cilindros em linha. Não somente esta tecnologia custa muito menos do que a hibridização, mas os benefícios de redução de atrito que são obtidos através deste processo permanecem compatíveis com quase todas as tecnologias de veículos futuros.

Signalworks Comércio, Importação & Exportação Ltda. Rua Luigi Galvani, 146 – 1° andar CEP: 04575-020, Brooklin Novo – São Paulo, SP Telefone: +55 (11) 5501-5310 www.signalworks.com.br

Automaker Development&Test | 19


A demanda crescente por proteção dos passageiros na China, Índia e América do Sul A TAKATA lança um novo sistema de segurança de veículos para mercados emergentes

N

o 65º Salão do Automóvel de Frankfurt, Takata – um dos líderes mundiais em desenvolvimento e fornecimento de sistemas de segurança automotivo - lançou uma nova geração de dispositivos de segurança, especialmente adaptado às exigências da Ásia e mercados crescentes de automóveis na América do Sul.

Claus Rudolf, Vice-Presidente Executivo Global de Engenharia, comenta: “Estes produtos para mercados emergentes atendem às demandas dos nossos clientes e representam um portfólio customizado para regiões em crescimento, atendendo suas diferentes necessidades e situações Os produtos são baseados em nossas tecnologias comprovadas de segurança, adaptados através de modificações específicas para utilização nestes mercados”. Fornecedores locais foram consultados antecipadamente no desenvolvimento de produtos para mercados emergentes a fim de garantir que os itens estejam em conformidade com as exigências de produção local e apresentem materiais disponíveis localmente.

Um gerador de gás CDI com desempenho modificado é incorporado ao acionador de airbag para mercados emergentes. Isto assegura que o módulo esteja otimizado de acordo com o peso e o volume. A solução inovadora Clipe Fix significa que os componentes podem ser montados de forma individual, simplesmente encaixando-os no lugar apropriado e eliminando por completo os procedimentos complexos de aparafusamento. O airbag de passageiro para mercados emergentes foi simplificado para fornecer os requisitos essenciais de um airbag desta natureza, incorporando tecnologias comprovadas e que estão sendo projetadas para facilitar a produção. Usar componentes pequenos e leves fez com que o peso total diminuísse em até 30 por cento em comparação com os sistemas convencionais. Em termos de cintos de segurança, a Takata oferece um produto robusto, leve e compacto com a fivela AJ. A composição única do cinto e uma trama de multifilamentos do novo F7 estabelece um equilíbrio entre funcionalidade e custo. Esta trama pode ser usada no retrator CFR-EM e no pré-tensionador de pirotecnia CBST-B-EM. Os retratores são baseados numa tecnologia comprovada, embora adaptados para atender as demandas de vendas locais e mercados de contratos. Por exemplo, os componentes são projetados de modo que eles possam ser produzidos localmente nos mercados em crescimento de uma maneira bastante fácil.

20 | Automaker Development&Test


CURSOS

2014 29 e 30 de Março

Motores - Módulo I

30 e 31 de Março

Lubrificantes - Módulo I Concepção, Fundamentos e Lubricantes para Motores de Combustão Interna

10 e 11 de Abril

Rede CAN - Módulo I

08 e 09 de Maio

Gerenciamento de Projetos - Módulo I

15 e 16 de Maio

Suspensão Veicular

22 e 23 de Maio

Eficiência Energética

30 e 31 de Março

Combustíveis Destilados - Módulo I Das Gasolinas aos Oxigenados: Projeto, Qualidade e Desempenho nos Motores

28 de Julho

Conhecendo o ARLA 32

07 e 08 de Agosto

Dinâmica Veicular

14 e 15 de Agosto

Motores - Módulo II

28 e 29 de Agosto

Plásticos

11 e 12 de Setembro

Gerenciamento de Projetos - Módulo II

18 e 19 de Setembro

Rede CAN - Módulo II

02 e 03 de Outubro

Eficiência Energética

16 e 17 de Outubro

Lubrificantes - Módulo II Lubrificantes para Transmissões, Análise de Óleos Lubrificantes, Manuseio, Armazenamento, Transporte e Descarte

30 e 31 de Outubro

Instrumentação e Aquisição em NVH

13 e 14 de Novembro

Combustíveis Destilados - Módulo II Do Querosene ao Biodiesel: Projeto, Desempenho nos Motores

17 e 18 de Novembro

Projeto de Produto Ambientalmente Amigável

Mais informações no site: www.aea.org.br Ou entre em contato conosco: 55 11 5908 4043 cursos@aea.org.br

Qualidade

e


Novo airbag posicionado entre o condutor e o passageiro

C

ooperação Premiada entre Takata e a General Motors

Este “primeiro airbag indústrial” é um retentor inflável projetado para ajudar a proteger os motoristas e passageiros sentados na frente em colisões de impacto lateral onde o ocupante afetado está no lado oposto, no lado não impactado do veículo. Em uma cooperação premiada entre a Takata e a General Motors (GM), este airbag foi lançado nos modelos de tamanho médio do ano de 2013 da GM – o Buick Enclave, GMC Acadia e o Chevrolet Traverse. O air bag de centro frontal (FCAB) se desenrola a partir do lado direito do banco do motorista e se posiciona entre os assentos da frente, perto do centro do veículo. Este airbag tubular é projetado para fornecer retenção durante colisões no lado do passageiro quando o motorista é o único ocupante da frente, e também atua como uma almofada absorvedora de energia entre o motorista e o passageiro da frente em ambas as situações: batidas laterais do lado do motorista

e do lado do passageiro. Esta retenção utiliza a tecnologia especial de almofadas seladas Takata e duas amarras adicionais externas que ajudam a transferir a carga lateral do ocupante para o quadro do assento. Equipado com um insuflador híbrido, a almofada selada pode alcançar a pressão interna que é necessária para a retenção do ocupante, e pode manter a pressão durante um período mais longo de tempo para proporcionar benefícios de capotagem. A análise dos dados de campo da (FARS) – Sistema de Análise e Reporte de Fatalidades com base de dados nos EUA constatou que colisões de impacto lateral, nas quais, a principio, o airbag central dianteiro da Takata atua, foram responsáveis por 11 por cento das mortes de ocupantes sentados na frente com cinto de segurança, em impactos sem capotamento entre 2004 e 2009, envolvendo veículos ano/modelo 1999 ou mais novos. Estas fatalidades de impacto lateral, onde o ocupante está no lado não impactado do veículo, representam 29 por cento de todas as mortes dos ocupantes dianteiros com cinto de segurança na porção de impacto lateral dos dados.

Este novo airbag tem o potencial de desempenhar um papel de segurança multifuncional em uma série de cenários de acidente. Em testes de laboratório, o airbag reduziu o movimento lateral do motorista com cinto de segurança em impactos laterais, o que reduz o potencial deste entrar em contato com as partes interiores do veículo e componentes adjacentes internos. Os testes de laboratório também demonstraram que o airbag pode proporcionar amortecimento entre os ocupantes da frente com cinto de segurança em impactos laterais e tem o potencial para se posicionar como uma almofada entre os passageiros da frente com cinto de segurança em um capotamento. O projeto inicial do FCAB evoluiu através de esforços colaborativos com a GM e foi adaptado para o crossover de tamanho médio com lançamento em 2013 (metade do ano). O FCAB recebeu o Prêmio 2013 de Melhor Nova Tecnologia da Associação de Jornalistas Automotivos do Canadá (AJAC). Foi finalista PACE Product Award e recebeu o 2013 PACE - Prêmio de Parceria em Inovação pelo co-desenvolvimento com a General Motors. O prêmio PACE é o padrão mundialmente reconhecido de excelência na área de inovação de fornecedor automotivo.

22 | Automaker Development&Test


Automaker Development&Test | 23


Novo airbag de centro frontal e capa levantadora ativa com airbag de pedestre que melhora a proteção de pedestres em acidentes de trânsito Em muitos países, regulamentos e organizações de consumidores solicitam melhorias na proteção dos pedestres

A

proteção dos pedestres e outros transeuntes vulneráveis das estradas tem recebido mais e mais atenção nos últimos anos. Em algumas regiões, como a Coreia ou o Japão, os acidentes envolvendo pedestres são responsáveis por mais de 30% de todas as mortes. Incluindo acidentes com ciclistas, esse número cresce para 50% de todas as mortes. Em 2010 mais de 6.000 pedestres foram mortos em acidentes de trânsito nas estradas europeias o que representa 20% de todas as mortes em acidentes de trânsito na Europa. Adicionalmente, 60% de todos os pedestres fatalmente feridos tiveram ferimentos na cabeça. Portanto, a proteção na cabeça para pedestres, bem como ciclistas é uma das tarefas mais importantes para reduzir mortes nas estradas. Duas áreas críticas para a ferimentos na cabeça podem ser identificadas em veículos quando se trata de acidentes envolvendo pedestres - o capô e o pára-brisas.

A Takata está seguindo duas abordagens técnicas diferentes: O Levantador de Capô Ativo aumenta o espaço entre o capô e as estruturas rígidas subjacentes (por exemplo, motor) para que o impacto seja suavizado.

O Airbag de Pedestre cobre o pára-brisas, protegendo a cabeça do transeunte de impacto no pára-brisas ou nas estruturas rígidas circundantes, como o pilar A.

24 | Automaker Development&Test


Ambas as tecnologias estão endereçando não apenas as necessidades legislativas, mas também os requisitos que estão por vir da EuroNCAP que solicitam uma melhor proteção dos transeuntes vulneráveis na estrada e que entrarão em vigor na Europa em 2015. A tecnologia de levantamento de capô é baseada no expertise da Takata em sistemas de cinto de segurança, tais como pré-tensionadores e micro geradores de gás, e o Airbag de Pedestre utiliza a expertise da Takata em aplicações de airbag. O levantador de capô de última geração é capaz de atender diversos requisitos técnicos, tais como o levantamento de capô da borda traseira de 80-120mm dentro de 30ms, com um design funcional e robusto. O pistão é levantado por um micro gerador de gás e é reajustável após o impacto. O Airbag de Pedestre é instalado sob o capô e ele é inflado usando um inflator híbrido para garantir uma almofada de airbag totalmente preenchida antes que a cabeça do pedestre se aproxime da área do pára-brisas.

Automaker Development&Test | 25


CONCEITO CLASSE S COUPE A sensualidade como expressão do luxo moderno

T

radicionalmente, o topo da linha de produtos da Mercedes-Benz é ocupado pelo grande cupê. Com o conceito Classe S Coupé, a marca antecipa uma visão concreta da nova geração de modelos no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt (IAA). Com sua deslumbrante aparência e estilo imponente, o carro incorpora uma filosofia de design de clara sensualidade. No interior, com sua arquitetura única e detalhamento verdadeiramente exclusivo, o veículo com capacidade para quatro pessoas define o estado da arte do luxo contemporâneo.

“O novo sedã Classe S foi recebido entusiasticamente no mercado e desempenha com perfeição o papel de representante da força de inovação da Mercedes-Benz”, afirma Dr. Joachim Schmidt, membro do Conselho Diretor da Mercedes-Benz Automóveis e responsável por Vendas e Marketing. “Na Classe S Coupé, tradicional topo de nossa linha de produtos, os designers tiraram vantagem da liberdade adicional de criar um carro conceito para criar uma obra prima automotiva”. Gorden Wagener, vice-presidente de Design da Daimler AG, acrescenta: “O conceito Classe S Coupé combina tradição e emoção e é um símbolo concreto de nosso estilo claramente sensual. O design perfeito, com um estilo imponente e os detalhes altamente exclusivos fazem desse cupê um verdadeiro ícone do design e uma expressão do luxo moderno”.

26 | Automaker Development&Test


Design: clara sensualidade na forma mais cativante Clara sensualidade como forma de expressão de luxo e modernidade - este foi o foco dos designers e é a filosofia de design da Mercedes-Benz. O objetivo é criar contornos definidos e superfícies suaves, que deixem clara a alta tecnologia e transpareçam apelo emocional. A sensualidade se reflete nos valores centrais do design - tradição, emoção e evolução. Essas são as estrelas-guia, realçadas de forma diferente em cada modelo da marca. A Mercedes-Benz cria uma ponte de ligação entre a modernidade e a vanguarda, entre a tradição e o desenvolvimento. Cada série de modelos tem um papel determinado e um caráter muito específico, dependendo dos atributos em que o design é centrado. Mas, seja qual for, um Mercedes-Benz é sempre reconhecido facilmente como um Mercedes-Benz. Graças à incorporação de novos desenvolvimentos estilísticos e ao interesse em manter viva a tradição, os designers recorrem a uma variedade de genes estilísticos típicos da marca. “O design exige o sublime! Isso porque o design é o embaixador da marca. Nosso trabalho é centrado na clara sensualidade como expressão moderna do luxo, porque é precisamente isto que é necessário para chegar ao coração da filosofia de nossa marca - a bipolaridade entre a inteligência e a emoção”, afirma Wagener.

Automaker Development&Test | 27


O perfil fluido do conceito Classe S Coupé incorpora clara sensualidade numa forma atual. Ele se caracteriza pelas típicas proporções de um carro com tração traseira, ressaltadas pela assinatura típica da Mercedes, a linha descendente. O longo capô, com linhas exclusivas e domos salientes que remetem à potência, o habitáculo rebaixado com a linha de cintura alta, os arcos das rodas acentuados, assim como as rodas de 21 polegadas (pneus dianteiros 265/35 R21 e traseiros 295/35 R 21), além da traseira larga consubstanciam o posicionamento do conceito Classe S Coupé como uma obra prima do refinamento automotivo. Com 2.945 mm de distância entre-eixos, o cupê tem 5.050 mm de comprimento, 1.958 mm de largura e 1.409 mm de altura.

Exterior: um perfil fluido com proporções perfeitas

As superfícies arqueadas dão ao carro uma personalidade sensual. A aparência escultural repassa uma elegância clássica e forma uma perfeita simbiose com a linguagem de design moderna e evolutiva. A vista lateral é marcada pela linha descendente, alinhada ao caráter emocional do carro. Ela ressalta as típicas proporções da marca como uma assinatura visual. As linhas foram deliberadamente reduzidas ao básico, criando uma clareza atemporal. A interação criativa de vários elementos de design dá ao conceito Classe S Coupé uma dianteira com ar confiante e superior. Ao centro dela fica a grade tridimensional do radiador com contorno de diamante, cuja estrutura é definida pelos elementos retangulares em cromo escurecido. Ela traz a estrela central da Mercedes em uma lâmina.

28 | Automaker Development&Test


Os faróis totalmente em LEDs, com as “sobrancelhas” das luzes de condução diurna, reforçam o ar confiante e diferenciado do veículo. No conceito Classe S Coupé essas sobrancelhas foram posicionadas mais à frente, em uma linha semicircular invertida. A aparência de diamante dos faróis e as lanternas traseiras arrematam os detalhes luxuosos de acabamento do carro de exibição. O perfil lateral é definido pela linha esticada do teto com formato curvado e pelas portas sem molduras. Uma elegante moldura cromada tridimensional cerca as áreas envidraçadas, que não sofrem a interrupção das colunas B. Tudo isso compõe o típico visual dos cupês da Mercedes-Benz. Ao desenvolver os espelhos externos, os designers aproveitaram a liberdade oferecida na concepção de um carro conceitual, criando um formato bem estreito e elegante. Uma forma muscular acima do eixo traseiro, projetando-se do painel lateral, gera uma sensação de leveza e dinamismo, mesmo com o carro parado. As superfícies arqueadas e as linhas dos painéis laterais fluem para a traseira, estreitando o perfil do carro de forma gradual e dramática.

A traseira, com suas superfícies, ombros largos e linhas de caráter acentuadas, arremata o visual com um forte toque de emoção. O deslocamento da placa para a parte inferior do para-choques permitiu posicionar a estrela de três pontas de forma mais destacada na tampa lisa do portamalas. Ela é complementada por um friso cromado, modelado com muita atenção aos detalhes. O friso corre horizontalmente sobre a tampa e continua até depois das lanternas traseiras, reforçando a impressão visual de largura. A distribuição dos LEDs em duas fileiras horizontais dentro da luminária traseira dividida em duas partes representa a alta tecnologia e, ao mesmo tempo, é um reminiscente do design em relevo dos modelos mais antigos.

Automaker Development&Test | 29


Interior: fluidez nas linhas A elegância escultural e simplicidade também caracterizam a parte interna. O painel de instrumentos branco transpira uma claridade sensual. Seu formato curvado lembra a dorsal de uma baleia logo antes de voltar à água. Como todo o interior, o painel é dominado por linhas fluidas: as ondulações superior e inferior definem a estrutura. A arquitetura do painel de instrumentos é diferenciada. Graças a uma nova forma de acomodação dos airbags, os designers conseguiram dar à parte inferior do painel um formato extremamente escultural. A seção superior do conjunto de instrumentos parece flutuar sensualmente à frente do painel, como se formasse uma camada superior à parte. O painel de instrumentos se integra sem descontinuidade às portas, num movimento envolvente. A ondulação tem continuidade nos painéis das portas. As aberturas de ventilação que, entre outros lugares, também são alojadas num conjunto de quatro no centro do painel, têm um design futurista altamente detalhado, com barbatanas que conduzem a corrente de ar rodeando um orifício. As aberturas foram criadas para criar contrastes e são feitas de uma combinação de alumínio branco com aparência de cerâmica e alumínio escovado e polido. Os elementos de controle de alumínio tem formato limpo e funcional, contrastando fortemente com as formas orgânicas e avançadas ao seu redor. Acima dessa superfície com formas livres, a tela já conhecida na nova Classe S, com 30,7 cm (12,3 polegadas), fica abrigada sob uma pequena carenagem. Ela tem proporções 8:3. No conceito Classe S Coupé, os mostradores, totalmente cobertos por vidro, são ainda mais esbeltos e parecem flutuar livremente. Como elementos de alta tecnologia, eles criam um excitante contraste com o cenário sensual do painel de instrumentos. O jogo de cores dos displays utiliza um verde-azulado, esportivo e moderno. Uma tela sensível ao toque com quatro relógios com horários internacionais fica no centro do console. O motorista pode escolher quais relógios quer mostrar. Para isso, basta rolar um globo terrestre no mostrador e escolher o fuso horário. Um menu irá mostrar as opções de cidades. O conceito do relógio multifusos foi criado e implementado pelos designers e engenheiros do Centro de Design Avançado da Mercedes-Benz em Palo Alto, no estado americano da Califórnia.

30 | Automaker Development&Test


A unidade central de comando no console parece uma joia brilhante. Sua superfície de alta qualidade, tipo “diamante negro”, dá impressão de profundidade. O método de fabricação “diamante negro” utiliza o processo de deposição de vapores químicos para depositar metais preciosos sobre uma superfície cromada de alto brilho a temperaturas em torno de 1.000° C. O metal então reage com a superfície, formando uma camada com alta resistência a riscos e alta força adesiva. Os painéis das portas do conceito Classe S Coupé são feitos de alumínio. Utilizando algoritmos em computadores, linhas topográficas delicadas são traçadas no metal, replicando os contornos dos elementos de controle montados nas portas. Isto cria um interessante padrão luminoso, com pequenas luzes brilhantes. A inspiração deste detalhe foi tirada das formações rochosas do estado de Utah, nos EUA. As perfurações progressivas nos alto-falantes também foram geradas por algoritmos e mostram a estética inteligente derivada da matemática.

Automaker Development&Test | 31


A gama de cores e materiais joga com os contrastes salientes em antracita e branco, assim como o alumínio, e reforça a modernidade atemporal e a natureza de vanguarda do design que elevam o conceito Classe S Coupé a um supremo nível de exclusividade, alta qualidade e perfeição. Dentro deste espírito, o painel e os bancos são feitos de pele de bezerro, o carpete de seda foi feito a mão e chama a atenção por seu brilho iridescente. No processo de fabricação do carpete, os tufos são costurados na parte posterior. A forração é feita de seda tecida a mão e, consequentemente, arremata o caráter de exclusividade do interior.

Tecnologia: sistemas de assistência inteligentes e uma suspensão capaz de enxergar

O conceito Classe S cupê é movimentado por um motor V8 biturbo. Ele gera 335 kW (455 cv) e tem 4.663 cm³ de cilindrada. O torque máximo é 700 Nm. O conceito Classe S Coupé está equipado com a tecnologia “Intelligent Drive” da Mercedes-Benz. Graças a dois “olhos”, a câmera estereoscópica pode obter uma visão tridimensional da área até 50 metros à frente do veículo e, como um sistema “6DVision”, pode detectar a posição e movimento de objetos. Ela monitora o entorno à frente do carro em uma extensão de até 500 metros. Esses dados são combinados com os obtidos por sensores por radar e ultrassom. Uma grande quantidade de sistemas de assistência monitora o tráfego circundante para o motorista. Isto ajuda a reduzir a carga que recai sobre o motorista, além de proteger também outros usuários da via.

32 | Automaker Development&Test


A suspensão também utiliza a nova câmera estereoscópica. Como a nova Classe S, o conceito Classe S Coupé pode detectar irregularidades na pista antecipadamente. Quando o ROAD SURFACE SCAN detecta essas ondulações com a ajuda da câmera, o sistema MAGIC BODY CONTROL ajusta a suspensão antecipadamente para adequar-se à situação. Utilizando as imagens da câmera e informações sobre o veículo, a unidade de controle calcula continuamente a melhor estratégia para lidar com trechos irregulares, assim como longas ondulações.

Automaker Development&Test | 33


O medidor de fluxo com tubo Pitot PTFM-1000 V2

A

empresa de testes de emissões HORIBA apresenta a segunda geração de medidores de vazão de gases de escape para motores a combustão. A interface autônoma usa o princípio do tubo de pitot com transdutores de alta frequência para medir o fluxo de escape com uma taxa de amostragem de 1 kHz. Esta taxa de amostragem rápida permite uma medição confiável de quaisquer pulsações ou comportamento notável no motor. Além disso, o projeto do tubo de Pitot PTFM permite a medição de fluxo reverso sem qualquer perda de sensibilidade. Ele é compatível com motores diesel e gasolina, bem como motores movidos a combustíveis alternativos, como o etanol, gás propano ou butano.

Funcionando individualmente com um laptop ou integrado a um sistema de análise, a interface oferece a possibilidade de um manuseio simples, sem adição de quaisquer passos no processo de ensaio. “O PTFM-1000 V2 permite a visualização em tempo real do fluxo de escape solidamente dentro dos requisitos de precisão da norma ISO 16183”, diz Gary O’Brien, Desenvolvimento de Produto HORIBA UK Ltd. “Ele abrange um grande espectro de aplicações, sendo fácil de instalar e uma solução eficiente para medição de índices de gases de escape de ambos diesel e motores a gasolina”. Um dos vários benefícios que o PTFM-1000 V2 oferece é a detecção

automática do tipo de tubo de fluxo, eliminando a necessidade de uma entrada adicional do operador quando um tubo é trocado. Além disso, fornece um zero automatizado e seqüências de purga uma vez integrado na cela de teste, medição não invasiva sem extração de amostra do tubo de escape, e múltiplas opções de saída de dados. Para garantir a melhor correspondência dos parâmetros fornecidos de um motor e a máxima precisão, seis tamanhos de acessórios dos tubos de fluxo para fluxos de 2-65 m3 estão disponíveis. As funções opcionais incluem conexões de tubos de escape e vedações para operação de altas temperaturas de até 900° C ao invés dos 230° C padrão, um sensor para medir a pressão no tubo de escape e uma série de outras fixações.

Amostrador de Volume Constante CVS-ONE

A

série de sistemas de amostragem CVSONE é o seu último avanço em medição de emissões de massas diluídas em veículos e motores. Além de seu design compacto que permite um layout mais flexível, o sistema vem com a nova plataforma operacional integrada recémdesenvolvida pela empresa, a HORIBA ONE PLATFORM. Novas funções, melhor usabilidade e o suporte de uma ampla gama de aplicações de teste fazem do CVSONE um sistema flexível para testes de emissões confiáveis e de alta precisão. Além disso, o novo sistema de amostragem foi projetado para cooperar especificamente com o analisador de gases de escape de motor da HORIBA, o MEXA-ONE, e permite a medição de níveis de emissões extremamente baixos, como SULEV e o Euro 6. “O CVS-ONE é a progressão natural da nossa política de atualização dos sistemas de

34 | Automaker Development&Test

emissões, começando com o MEXA-ONE no ano passado”, diz Jonathan Eaton, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios e Marketing da HORIBA Sistemas de Teste Automotivos. “O novo layout do sistema, bem como as funções adicionais e uma vasta gama de possíveis aplicações fazem do CVSONE a solução ideal para testes de emissões que envolvem validações de conceitos futuros”. O CVS-ONE apresenta um design compacto com 65% menos volume e 70% menos rastros quando comparado com os produtos convencionais da HORIBA. O sistema oferece uma ampla gama de opções de taxa de diluição de fluxo e funcionalidades numa linha de amostras diversificada. Um único sistema abrange uma variedade de aplicações e é especialmente adequado para testes de certificação, medição do consumo de combustível de alta precisão e medição de baixos níveis de emissão. Além de cumprir com as normas de emissões mais

recentes, o CVS-ONE irá suportar futuras regulamentações que estão atualmente sob avaliação. Suas técnicas de amostragem avançadas e o número flexível de amostras e combinações permitem vários tipos de ciclos de teste. Além disso, a medição do consumo de combustível em conceitos modernos de powertrain é possível com suporte para veículos híbridos e veículos híbridos plug-in. No nível de software, o CVSONE apresenta a plataforma operacional recém-desenvolvida e integrada da HORIBA, a HORIBA ONE PLATFORM. O software, que também é usado com o MEXAONE e outros dispositivos, fornece um design ergonômico e intuitivo e torna a operação do sistema muito mais fácil. Além disso, ele permite a operação através de uma tela única que também fornece uma visão geral de todos os outros dispositivos de medição conectados.


Software OBD disponível para ECU’s AUTOSAR

A

Vector oferece uma solução add-on para fornecer OBD (on-board diagnostics) para os módulos DCM, DEM e FIM AUTOSAR para um número crescente de ECU’s com a funcionalidade “Comprehensive Component Monitor”. Os módulos consideram não apenas as extensas normas e diretrizes OBD, mas eles também são adaptados às necessidades especiais dos OEM’s suportados. As funções “Comprehensive Component Monitor” são encontradas em ECU’s tais como as de recarga da bateria durante a frenagem do veículo e nas áreas de gerenciamento e controle de temperatura da bateria. Os módulos mencionados são interligados no produto MICROSAR DIAG e estão disponíveis para ambos AUTOSAR 4 e AUTOSAR 3. Assim como certos outros módulos AUTOSAR, estes três módulos também podem ser utilizados em projetos que não são baseados em AUTOSAR, p.ex. projetos CANbedded. A funcionalidade de monitoramento nas ECU’s que são relevantes para OBD é subdividida no que é conhecido como “Major Monitors” e “Comprehensive Component Monitors”. Os “Major Monitors” são sistemas de supervisão que têm um efeito direto sobre os valores de emissões, por exemplo, em sistemas de recirculação de combustível e gases de escape. Os “Comprehensive Component Monitors” verificam os sistemas que são necessários para os “Major Monitors” e só têm um efeito indireto sobre as emissões. O módulo de extensão DCM contém os nove serviços OBD definidos.

Serviços adicionais (modos) para o OBD $01

Solicitar os dados atuais diagnóstico de powertrain

$02

Solicitar os dados dos freeze frames de powertrain Solicitar os DTC’s (diagnostic trouble codes) relacionados com emissões

$03

de

$04

Limpar/Apagar DTC’s (diagnostic trouble codes) relacionados com emissões

$06

Solicitar os resultados dos testes de monitoramento de OBD para sistemas específicos que são monitorados

$08

Solicitar DTC’s (diagnostic trouble codes) relacionados com emissões detectados durante ciclo de condução atual ou durante o último ciclo. Solicitar Controle do Sistema OnBoard, Teste ou Componente

$09

Pedido de Informações de Veículo

$0A

Solicitar DTC’s (diagnostic trouble codes) relacionados com emissões com status permanente

$07

Automaker Development&Test | 35


O BMW i8 em um piscar de olhos

O

BMW i8 é o segundo modelo da submarca BMW i e o primeiro automóvel híbrido plug in fabricado pela montadora. O BMW i8 é um símbolo do progresso, pois combina a potência impressionante de um esportivo com um elevado grau de eficiência, em uma interpretação revolucionária do conceito premium. Com assentos 2+2 e arquitetura LifeDrive desenvolvida especialmente para a submarca BMW i, a carroceria conta com uma aerodinâmica inovadora, e o interior possui um design visionário que oferece uma intensa experiência ao dirigir. A cédula de passageiros Life é feita em plástico reforçado com fibra carbono (CFRP); já o modulo Drive, feito de alumínio, é composto pelo chassi, estruturas de alto impacto e o trem de força híbrido. Toda esta técnologia resulta em um peso de 1.490 kg, coeficiente aerodinâmico de 0,26, centro de gravidade extremamente baixo (abaixo de 460 milímetros) e uma distribuição perfeita do peso de 50:50. O visual traz toda emoção orientada em torno do já estabelecido design da submarca BMW i. Com as clássicas proporções dos carros esportivos e os modernos aspectos do design da BMW, as portas do BMW i8 abrem para cima (como asas), o desenho do carro é de linhas limpas, os faróis de LED já vem de fábrica, e há como opcional o inovador farol a laser (único no mundo e exclusivo da marca). O sistema híbrido plug in, desenvolvido e fabricado pelo BMW Group, representa o que há de mais novo no estágio de desenvolvimento do Efficient Dynamics e conta com um motor 1.5 litros a gasolina de três cilindros e a tecnologia TwinPower Turbo, gerando 170Kw/231cv e torque máximo de 320 Nm (236 lb-ft) distribuído nas rodas traseiras via um câmbio automático de seis velocidades. O carro também conta com um motor elétrico que envia às rodas dianteiras 96kw/131cv e um torque máximo de 250 Nm (184 lb-ft) via uma transmissão de dois estágios automática. A bateria de alta voltagem é de íons de lítio com refrigeração líquida e capacidade de uso de 5kWh. A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive somado com um inteligente sistema de produção e gestão de energia gera uma potência total de 266Kw/362hp (torque máximo de 570 Nm/ 420 lb-ft), o que dá ao BMW i8 as características de performance de um genuíno carro esportivo (0 – 100km/h em 4,4 segundos), combinado com um consumo de gasolina e emissões extremamente baixo e comparável ao de um carro compacto. A tração integral (AWD) oferece uma experiência de direção ótima, com distribuição de torque dinâmica.

36 | Automaker Development&Test


Automaker Development&Test | 37


A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive somado com um inteligente sistema de produção e gestão de energia gera uma potência total de 266Kw/362hp (torque máximo de 570 Nm/ 420 lb-ft), o que dá ao BMW i8 as características de performance de um genuíno carro esportivo

0 – 100km/h em 4,4 segundos

38 | Automaker Development&Test


O seletor de modo de condução Driving Experience e o eDrive permitem ao motorista escolher entre cinco modos de condução: Autonomia de até 35 quilômetros exclusivamente elétrica e com uma velocidade máxima de 120 km/h O modo COMFORT oferece melhor equilíbrio entre a dinâmica de condução e a eficiência, que no dia-a-dia oferece mais de 500 quilômetros de autonomia O modo SPORT, com uma dirigibilidade intensa através do motor a combustão e um impulso impressionante gerado pelo motor elétrico O modo ECO PRO, que pode ser usado de duas maneiras, totalmente elétrico ou híbrido

A sofisticada tecnologia do chassi conta com direção elétrica, controle dinâmico dos amortecedores, rodas de liga em aro 20 e como opcional rodas de carbono. Construído de forma inteligente e com objetivo de reduzir o peso, o carro conta com elementos incluindo a cédula de passageiros em CFRP, portas com estrutura em alumínio e CFRP, painel de instrumentos com suporte em magnésio, chassi de alumínio e uma divisória entre o compartimento de passageiros e o porta malas feita em Gorilla Glass, um vidro ultra-fino. Tudo isto somado a um conceito de segurança abrangente e uma cédula de sobrevivência rígida ultrarresistente a torções. O veículo conta com uma extensa gama de equipamentos de série como sistema de navegação profissional com direção proativa para o motor elétrico, display de instrumento totalmente digital, BMW iDrive com controle do display independente e assentos esportivos em couro. Além do mais haverá disponibilidade em quatro cores exteriores e versões de equipamento interior. O BMW i8 também contará com uma grande variedade recursos do BMW ConnectedDrive: sensor de estacionamento, controle de cruzeiro com função de frenagem, sensor de chuva, função chamada de emergência inteligente, opcionais como Assistente de Luz Alta, Câmera de Ré, Câmera Surround, Assistente de Limite de Velocidade incluindo mensagem não ultrapassar, Sistema anti-colisão com reconhecimento de pedestres e função freio, Head-up display, BMW Entretenimento Online, Serviço de Concierge, Informação de trânsito em tempo real além de outros serviços de mobilidade exclusivamente desenvolvidos para a BMW i. O cliente do BMW i8 ainda contará com os Serviços específicos desenvolvidos para a submarca BMW i como a BMW i Wallbox para recarga de bateria em casa de forma prática. O BMW i8 faz parte de um abrangente conceito de sustentabilidade, funcionado como um agente inovador, com utilização de produção em larga escala de fibra de carbono e a montagem de veículo usando 100% de eletricidade renovável, grande proporção de materiais reciclados e uso de materiais manufaturados e tratados de forma ambientalmente amigável.

Automaker Development&Test | 39


Conforto de direção obtido através de extensos testes de campo

A

Volvo Trucks diz que seus caminhões recém-lançados “Volvo FE” e “Volvo FL” são mais fáceis do que nunca de se dirigir em ambientes urbanos. Esta promessa é baseada em anos de testes e desenvolvimento de produto. De fato, para garantir a eficiência e máximo conforto ao motorista tudo foi testado – desde direção e vibração do espelho a níveis de ruído do motor. Um dos parâmetros mais importantes no desenvolvimento do novo “Volvo FE” e “Volvo FL” tem sido facilitar a situação de trabalho do motorista, criando um caminhão que é fácil de conduzir e confortável. “Queremos oferecer aos nossos clientes produtos de alta qualidade. É muito importante para os caminhões superar os desafios puramente físicos, pois satisfaz as necessidades e expectativas dos clientes”, diz Hayder Wokil, Diretor de Qualidade da Volvo Trucks.

Testes de campo em clientes Karli Walter que tem dirigido caminhões de distribuição para a empresa de transportes Swiss, Gabriel, há 14 anos, tem testado o novo Volvo FL nos últimos sete meses. “As melhores características do novo Volvo FL são a sua acessibilidade geral e sua excelente capacidade de manobra. Quando eu preciso dirigir por ruas estreitas e espaços apertados, é sensacional. Este novo modelo é mais poderoso, tem uma capacidade de carga maior e é divertido de conduzir “, diz ele. De todos os testes da Volvo Trucks realiza, testes de campo são alguns dos mais importantes. Eles são usados para garantir que o desenvolvimento avançado de produtos combina com as condições na vida real. “A opinião dos pilotos de teste é extremamente valiosa para nós. É a confirmação de tudo o que fazemos”, diz Hayder Wokil. “No final do dia, é uma questão de um fator muito evidente: pura e simplesmente, atender às expectativas dos nossos clientes.”

Baixo nível de ruído otimizado para a condução em cidade Um dos fatores mais importantes quando se trata de conforto do motorista é baixos níveis de ruído na cabine. Por esta razão, todos os detalhes - desde espelho, assento e vibração do volante até o som feito pelo motor e janelas - foi exaustivamente estudado e avaliado. Graças aos motores Euro-6 totalmente novos, o ruído do motor registrado na cabine foi reduzido significativamente. “Os novos motores têm uma rotação mais baixa do motor, tornando-os mais silenciosos e mais otimizados para a direção em ambientes urbanos. A maior vantagem quando se trata de uma cabine mais silenciosa é que o motorista fica menos cansado e um motorista em alerta está também mais atento e, portanto, mais seguro “, diz Tobias Bergman, gerente de produto caminhões FE e FL da Volvo Trucks.

40 | Automaker Development&Test


Automaker Development&Test | 41


Verificação da vida útil total do caminhão Outra parte importante na melhoria do ambiente de trabalho do motorista são os testes de conforto em estradas irregulares, com solavancos e buracos. As vibrações nos caminhões são medidas e elas podem ser reproduzidas até ao mais baixo nível de agitação em um laboratório. Após exaustivos testes em equipamentos de laboratório, os caminhões - incluindo os novos motores Euro-6 e a transmissão automatizada I-Shift - cobriram volta após volta na pista de testes da Volvo Trucks, na Suécia. A capacidade da transmissão foi testada com arrancadas em subida em morros com inclinações de até 25 %. “Então nós realizamos testes de durabilidade acelerada no veículo completo. Estes são alguns dos nossos testes mais abrangentes em que a vida total de serviço do caminhão é verificada. Ao todo, esses novos modelos são deslocados 12.000 km´s (7.500 ml´s) numa pista de testes bastante desafiadora e em estradas abertas, o que corresponde a mais de 500.000 km´s (300.000 ml´s) - ou a vida útil de um caminhão - em condições normais de condução “, diz Hayder Wokil.

CONTROLS, MEASUREMENT & CALIBRATION CONGRESS

Vai reunir profissionais automotivos envolvidos no controle, na medição e calibragem de todo o veículo, inclusive powertrain

13 | 14 MARÇO 2014 F.E.M. Unicamp Nós convidamos a todos os profissionais de OEMs, autopeças, fornecedores, universidades e governo, para participar apresentando um assunto técnico, ou apenas visitar.

Automakermedia


Sponsors:

Controls, Measurement & Calibration 2014 Call for papers Controls, Measurement & Calibration 13th and 14th of March 2014 FEM Unicamp, Campinas, Brazil.

Would you like to contribute to the success of the conference by offering a paper on one of the topics listed? Then please send a proposal summarizing your paper to the below email address

Subjects 

Algorithm development Calibration: processes, methods, AutoCode

Approaches to controlling components for vehicle and powertrain

Architectural concepts for software systems: e.g. AutoSAR, modularization,interfaces

Calibration for Vehicle Safety

Calibration: processes, methods and automation

Control Strategies

Data record validation and documentation

Diagnostic processes and functional safety

Front loading, road to rig

Hardware in the loop

Proposals to Include: • Title of paper • Authors (company address with department, Telephone number and e-mail, professional titles of author and coauthors)

Kinematics

• Abstract of approx. 300 words in length

On Board Diagnostics

• Degree of topicality

Optimization methods

• Details of allocation to an appropriate section

Rapid Control Prototyping

Software QA and capability maturity models

The Conference Program Committee will decide whether or not to accept papers on the

Suspension simulation

basis of the proposal. You should therefore clearly indicate the main technical,

Simulation for safety

commercial and practical aspects of the proposed publication.

Vehicle Dynamics

Papers are scheduled to last 20 minutes plus discussion time.

Vehicle Simulation

Verification

Virtual Calibration

• Details of own previous publications on the topic

Institutional support:

DEADLINES | Controls, Measurement & Calibration January 31st, 2014: Deadline for submitting abstracts

February 14th, 2014: Notification of authors regarding acceptance of abstract Controls, Measurement & Calibration www.cmc-congress.com Produced by Automaker Media Group Tel: 001 347 329 5217 papers@cmc-congress.com

March 7th, 2014: Deadline for submission of full paper

Presentation Languages: Portuguese and English. Presentations are to last 20-25 minutes plus subsequent discussion.

Automaker Development&Test | 43


Grupos de trabalho e fóruns de discussões técnicas de Grupos de trabalho e fóruns de discussões técnicas de Engenharia Automotiva: Conheça Engenharia Automotiva: Conheça a AEAa AEA

A

A AEA, Associação Brasileira de Engenharia Automotiva é uma entidade fundada em 1984 com o objetiv AEA, Associação Engenharia Automotiva é uma entidade fundada emautomotiva 1984 com o nacion de ser um fórum neutro deBrasileira debate de sobre questões estratégicas relativas à engenharia objetivo de ser um fórum neutro de debate sobre questões estratégicas relativas à engenharia com envolvimento direto da indústria automotiva, de órgãos governamentais, instituições de ensino e d automotiva nacional com envolvimento direto da indústria automotiva, de órgãos governamentais, pesquisa, entidades internacionais e a sociedade em geral. instituições de ensino e de pesquisa, entidades internacionais e a sociedade em geral.

A entidade conta com um sólido histórico de 29 anos de grandes contribuições para o desenvolvimento d A entidade conta com um sólido histórico de 29 anos de grandes contribuições para o engenharia automotiva e das políticas públicas do setor, com a ação sustentada em pilares como conhec desenvolvimento da engenharia automotiva e das políticas públicas do setor, com a ação sustentada em mentocomo científico, tecnologia, competitividade, qualidade, autonomia e autonomia sustentabilidade. pilares conhecimento científico, tecnologia, competitividade, qualidade, e sustentabilidade.

Hoje, a AEA se consolidou como um fórum técnico e neutr

Hoje, a AEA se aconsolidou comode umideias fórumetécnico e neutro, que busca convergência estimula debates com queobjetivo busca a convergência ideias esoluções estimula debates com o principal dedebuscar que contemplem o objetivo principal buscar soluções eque contemplem interesses do de setor automotivo da sociedade emosgeral e interesses setor automotivo e da sociedade em geral em torno do dos assuntos relacionados à engenharia automoti torno dos assuntos relacionados à engenharia automotiva nacional. Única associação 100% nacional no segmento, a AE nacional. Única associação 100% nacional no segmento, a AEA é uma entidade composta por brasileiros, que mantém é uma entidade composta por brasileiros, mas quemas mantém o pensamento nas grandes questões setor. També pensamento nas grandes questões globaisglobais do setor.do Também busca sempre à frente em discussões deatuais temas atua busca estarestar sempre à frente em discussões de temas como eficiência energética, renovação de frota e o nov como eficiência energética, renovação de frota e o novo regime automotivo. regime automotivo. C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Comprometimento com Comprometimento comdiscussões discussõestécnicas técnicas deengenharia engenharia eetecnologia automotivas de tecnologia automotivas

Atualmente, a entidade conta com mais de 70 empresas associadas, provenientes de diversos segmentos do Atualmente, a entidade conta ativamente com mais de empresas associadas, provenientes de diversos segmento setor automotivo que participam de 70 comissões técnicas, grupos de trabalho, workshops, eventos do setor automotivo que participam ativamente de comissões técnicas, grupos de trabalho, workshops e cursos.

eventos e cursos.

As novas tecnologias que estarão nas ruas do país passam pelas Comissões Técnicas da AEA. Verdadeiros centros de tecnologias debate, as comissões são instituídas porpaís colaboradores de montadoras, autopeças, As novas que estarão nas ruas do passam pelas Comissões sistemistas, Técnicas da AEA. Verdadeir governo, universidades e instituições de pesquisa na elaboração de normas técnicas, regulamentos, areceres centros de debate, as comissões são instituídas por colaboradores de montadoras, sistemistas, autopeça egoverno, estudos especiais. universidades e instituições de pesquisa na elaboração de normas técnicas, regulamentos, par

ceres e estudos especiais.

A AEA proporciona aos seus associados participação efetiva nestas comissões, que atualmente são subdividas nas áreas de Powertrain, Segurança e Qualidade Veicular, Acreditação de Laboratório de A AEA proporciona aos seus associados participação efetiva nestas comissões, que atualmente são subdi Emissões, Combustíveis, Lubrificantes e Eletroeletrônica.

das nas áreas de Powertrain, Segurança e Qualidade Veicular, Acreditação de Laboratório de Emissõe Combustíveis, Eletroeletrônica. Confira abaixo oLubrificantes organogramaedas Comissões Técnicas AEA: E das CREDITAÇÃO Confira abaixo oSEGURANÇA organograma Comissões Técnicas AEA: QUALIDADE VEICULAR

POWERTRAIN

DO LABORATÓRIO DE EMISSÕES

Eficiência Energética

Segurança SEGURANÇA E Veicular

Propulsão Alternativa Eficiência

Propulsão Alternativa Segurança

POWERTRAIN

Energética

QUALIDADE VEICULAR

ACREDITAÇÃO DO LABORATÓRIO DE EMISSÕES

Motos

Veicular

Emissões Propulsão Leves Alternativa

Renovação Renovação de de Frota Frota

Emissões Emissões Leves Pesados

Segurança Reciclagem para Testes Veicular de Impacto

Emissões Pesados

COMBUSTÍVEIS

Segurança para Testes de Impacto

44 | Automaker Development&Test

VeículosMotos Leves

COMBUSTÍVEIS

Diesel Biodiesel Diesel / Biodiesel

Veículos Leves

LUBRIFICANTES

ELETROELETRÔNICA

LUBRIFICANTES

Lubrificantes

Lubrificantes

ELETROELETRÔNICA

EletroEletrônica EletroEletrônica


or meio da realização de sete eventos anuais, a AEA reúne mais de 2000 participantes que além de prestiiar os eventos, buscam ampliar seu conhecimento técnico sobre os temas apresentados e também estar m contato dede montadoras e sistemistas, representantes dos governos federal,que municipal Porcom meioespecialistas da realização sete eventos anuais, a AEA reúne mais de 2000 participantes além de prest Por meio da realização de sete eventos anuais, a AEA reúne mais de 2000 participantes que além de prestigiar os estadual, acadêmico e pesquisadores. Para alavancartécnico as discussões sobre asapresentados tendências doe setor, giarmeio os eventos, buscam ampliar seu conhecimento sobre os temas também esta eventos, buscam ampliar seu conhecimento técnico sobre os temas apresentados e também estar em contato ontamos com a participação de mais de montadoras 100 palestrantes, nacionais e internacionais. encontros são em contato com especialistas e sistemistas, representantes dosEstes governos federal, municipa com especialistas esetor sistemistas, representantes dos governos federal, municipal e estadual,do seto adicionais no calendário demontadoras eventos edopesquisadores. e servem como referência oportunidade para desenvolvie estadual, meio de acadêmico Para alavancar asediscussões sobre asotendências meio acadêmico e pesquisadores. Para alavancar as discussões sobre as tendências do setor, contamos mento e contamos a consolidação mercado automotivo com ado participação de mais debrasileiro. 100 palestrantes, nacionais e internacionais. Estes encontros sã com a participação de mais de 100 palestrantes, nacionais e internacionais. Estes encontros são tradicionais tradicionais no calendário de eventos do setor ereferência servem como referência para e oportunidade para o desenvolv no calendário de eventos do setor e servem como oportunidade o desenvolvimento Anualmente aeAEA realiza o Simpósio Internacional edea mento e a consolidação do mercado automotivo brasileiro. consolidação do mercado automotivo brasileiro.Engenharia Automotiva, o SIMEA. Este evento tem como objetivo principal a busca e Simpósio apresentação de Anualmente AEA realiza o Internacional d Anualmente aa AEA realiza o Simpósio Internacional estratégias, soluções, técnicas oeSIMEA. paratem a Engenharia Automotiva, o inovações SIMEA. Este evento tem de Engenharia Automotiva, Este evento como principal a busca e apresentação de mobilidade. comoobjetivo objetivo principal a busca e apresentação d estratégias, soluções, técnicas e inovações para a para estratégias, soluções, técnicas e inovações mobilidade. Em 2013 a AEA recebeu a exposição Testing Show e a mobilidade. VPC Virtual Powertrain Conference. Através desta Emaliada 2013 aà AEA recebeu a exposição Testing Show parceria, palestras, debates, discussões, apre-eShow e Em 2013 a AEA recebeu a exposição Testing a VPC Virtual Powertrain Conference. Através desta sentaçãoVPC de trabalhos técnicos e exposição, o SIMEA Virtual Através dest parceria, aliadaPowertrain à palestras, Conference. debates, discussões, se tornou o principal palco de exibição tecnológica, parceria, aliada à palestras, debates, discussões, apre apresentação de trabalhos técnicos e exposição, fórum de negócios e o melhor ambiente de relacionasentação de trabalhos técnicos e exposição, o SIME o SIMEA se tornou o principal palco de exibição mento etecnológica, conhecimento para toda a cadeia automotiva. se tornou fórum o principal palco de exibição tecnológica de negócios eo melhor ambiente fórum de negócios o melhor ambiente de relaciona de relacionamento ee conhecimento para toda a cadeia O reconhecido de debates e articulação entre mentoautomotiva. efórum conhecimento para toda a cadeia automotiv engenheiros e especialistas do setor, representantes Forte participação governamental nos eventos da entidade. OO reconhecido fórum dededebates e earticulação do governo, universidades, lideranças empresariais e reconhecido fórum debates articulação entr entre engenheiros e especialistas do setor, engenheiros e especialistas do setor, representante Forte governamental Forteparticipação participação governamental nos eventos da entidade. do governo, universidades, lideranças ormadores de opinião ligados à engenharia da mobilidade,representantes ganhou expressivo conteúdo de temas atuais do governo, universidades, lideranças empresariais e nos eventos da entidade empresariais e formadores de opinião ligados presentados e debatidos pelos principais dirigentes da indústria. à engenhariade daopinião mobilidade, ganhou expressivo conteúdo de temas atuais apresentados e debatidos formadores ligados à engenharia da mobilidade, ganhou expressivo conteúdo de pelos temas atuai principais dirigentes da indústria. AEA procura promover a capacitação profissional dos engenheiros automotivos por meio da realização apresentados e debatidos pelos principais dirigentes da indústria. e cursos presenciais, online e in company que abordam temas como motores, ARLA 32, combustíveis, A AEA procura promover a capacitação profissional dos engenheiros por meio da realização ubrificantes, plásticas, ruídos e vibrações, rede CAN, dinâmica eautomotivos suspensão veiculares, A AEApeças procura promover a capacitação profissional dos engenheiros automotivos porentre meiooutros. da de realizaçã cursos presenciais, online e in company que abordam temas como motores, ARLA 32, combustíveis, lubrificantes, de cursos presenciais, online e in company que abordam temas como motores, ARLA 32, combustíveis peças plásticas, ruídos e vibrações, rede CAN, dinâmica e suspensão veiculares, entre outros. entidade também promove publicações, encontros com orede setor e projetos estudantis com foco em engenlubrificantes, peças plásticas, ruídos e vibrações, CAN, dinâmica e suspensão veiculares, entre outro aria automotiva. A entidade também promove publicações, encontros com o setor e projetos estudantis com foco em A entidade também promove publicações, encontros com o setor e projetos estudantis com foco em engen engenharia automotiva. haria automotiva. C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Conhecimento e Tecnologia.

Conhecimento e Tecnologia. Competitividade e Produtividade. Conhecimento e Tecnologia. Competitividade e Produtividade. Autonomia e Imparcialidade. Competitividade e Produtividade. Autonomia e Imparcialidade. Para a AEA, são ossão motores parapara o o e Imparcialidade. Paraesses aAutonomia AEA, esses os motores desenvolvimento da engenharia desenvolvimento da engenharia Para a AEA, esses são os motores para o automotiva no Brasil. automotiva no Brasil. desenvolvimento da engenharia Conheça a AEA eno participe! automotiva Brasil. Conheça a AEA e participe! Conheça a AEA e participe!

Simpósio de Lubrificantes, Aditivos e Simpósio de Lubrificantes, Aditivos e Fluidos realizado em Outubro 2013. Fluidos realizado em Outubro 2013

Acesse o site e conheça sobre a AEA e sua atuação: cesse o site e conheça mais sobre mais a AEA e sua atuação: Simpósio de Lubrificantes, Aditivos e Fluidos realizado em Outubro 201 www.aea.org.br ww.aea.org.br Acesse o site conheçaconosco: mais sobre a AEA e sua atuação: Ou entre emecontato u entrewww.aea.org.br em contato conosco: +55 (11) 5908-4043 55 (11) 5908-4043 relacionamento@aea.org.br elacionamento@aea.org.br Ou entre em contato conosco: A (11) AEA também está presente nas redes sociais. +55 5908-4043 Siga nossa página no Facebook, Twitter e Linkedin. AEA também está presente nas redes sociais. relacionamento@aea.org.br ga nossa página no Facebook, Twitter e Linkedin. A AEA também está presente nas redes sociais. Automaker Development&Test | 45


NI Week

Q

uase 4.000 engenheiros, cientistas, professores, estudantes, editores e entusiastas de tecnologia viajaram para o Centro de Convenções de Austin para a semana NI 2013, a 19ª conferência anual de projeto de sistemas gráficos que foi a maior semana NI em termos de participantes já realizada até agora, com um público adicional acessando virtualmente e ao vivo palestras de manhã, chegando a mais alguns milhares em todo o mundo.

Neste evento a National Instruments (NI) lançou o NI LabVIEW 2013, a mais recente versão do seu software dara projetos de sistemas para engenheiros e cientistas. Com o LabVIEW 2013, a NI integrou as mais recentes e inovadoras tecnologias para dentro do o software, reduzindo a complexidade do projeto a partir de medições básicas para plataformas de teste completo. Os conceitos de sistemas físicos cibernéticos foram explicados e muitos exemplos de aplicações inovadoras ilustraram o poder de ter uma plataforma que fundiu facilmente uma solução de software poderosa e soluções de hardware modulares e versáteis. A solução NI suportada por uma grande comunidade de parceiros e fornecedores de soluções é muito impressionante e pode demonstrar vantagens consideráveis sobre produtos de código aberto. Com base no LabView e as suas extensas bibliotecas, os sistemas físicos cibernéticos oferecem uma oportunidade de reduzir o tempo de desenvolvimento sem sacrificar a confiabilidade e a qualidade.

46 | Automaker Development&Test


Novos benefícios que o LabVIEW 2013 inclui: Suporte local para o mais novo hardware de fabricantes parceiros como ARM e Xilinx, incluindo o sistema Xilinx Zynq All Programmable em um chip usado em sistemas de alto desempenho. Confiabilidade do aplicativo aprimorada e qualidade para aplicações complexas, através de um conjunto de ferramentas para gerenciamento de código, documentação e revisão. Novas ferramentas integram com um processo de engenharia de software, incluindo um novo plugin de subversão a partir de Sistemas Viewpoint. Implantação de tecnologias simplificadas para os desenvolvedores que desejam entregar aplicações profissionais para os usuários, incluindo uma nova ferramenta da Wirebird Labs. Disponibilizando sistemas com as plataformas móveis mais recentes para iOS e Android que permitem a utilização de painéis para monitoramento remoto e controle do sistema. Estas novas capacidades são entregues através do método de programação LabVIEW já consolidado, eliminando a necessidade do desenvolvedor de novas cadeias de ferramentas caras ou a aquisição de-OS ou treinamento ou talento específico do hardware.

“LabVIEW 2013 exemplifica nosso compromisso em assegurar que os engenheiros e cientistas estejam equipados com as últimas tecnologias, simplificando a complexidade na concepção de um sistema que utiliza esses avanços”, disse Ray Almgren, vicepresidente de marketing da National Instruments. “Acreditamos que os engenheiros e cientistas vão continuar mudando o nosso mundo, e nós prometemos dar-lhes todas as ferramentas de que precisam para fazer isso.” Jack Dunaway, fundador da Wirebird Labs, disse: “A experiência do novo serviço web em 2013 é motivo suficiente para eu atualizar. Eu confio muito em serviços web para as ferramentas que eu crio em LabVIEW, e as mudanças que eles fizeram nesta versão permite projetar sistemas complexos, baseando-se na web de uma forma mais intuitiva do que nunca. Capacidades da nova API me permitiu criar valor significativo para a Wirebird Labs. Nos últimos anos, o LabVIEW tem visto melhorias evolutivas. Este ano é revolucionário. “ LabVIEW 2013 enfatiza a incorporação de feedback do usuário, com a inclusão de mais de 100 novas funcionalidades e melhorias no editor de LabVIEW. Além disso, a NI introduziu uma loja de produtos para o LabVIEW Tools em rede, uma comunidade abrangente de add-ons do software LabVIEW que recentemente ultrapassou 2 milhões de downloads de produtos. NI também simplificou e expandiu acesso a recursos que garantem que os programadores de LabVIEW possam tirar proveito de um amplo conjunto de ferramentas de um produto. Os clientes com um contrato de serviço ativo irão se beneficiar de uma biblioteca vasta de recursos de treinamento on-line para o uso de objetos em tempo real para a programação de FPGA´s e até programação orientada a objetos. Este treinamento é combinado com exemplos de modificações de aplicação e novos projetos didáticos para fornecer aos programadores uma variedade de recursos que atendem a diferentes estilos de aprendizagem.

Automaker Development&Test | 47


O novo controlador projetado por software NI cRIO-9068 faz parte da plataforma aberta mais avançada de projeto de sistemas para o controle integrado e sistemas de monitoramento. A National Instruments anunciou também o novo controlador projetado por software NI cRIO-9068, que foi completamente redesenhado, mas mantém plena compatibilidade do NI LabVIEW e I / O com a plataforma CompactRIO. O controlador integra as tecnologias mais avançadas, incluindo a Xilinx Zynq-7020 All Programmable em um chip (SoC), que combina um processador ARM dual-core ® Cortex ™-A9 e um Xilinx Série 7 FPGA fabric. Com base na arquitetura reconfigurável LabVIEW I / O (RIO), o novo controlador CompactRIO ajuda a atender qualquer demanda exigente de controle embarcado e monitoramento, sem perder tempo e custo de desenvolvimento.

Os novos recursos do controlador cRIO-9068: Um desempenho quatro vezes mais rápido do que as gerações anteriores, equipados com um processador dual-core ARM Cortex-A9 de 667 MHz e Xilinx Artix-7 FPGA Baseado em Linux, sistema operacional de tempo real que proporciona maior flexibilidade para ambos o LabVIEW Real-Time e desenvolvedores de aplicações C / C + + temperatura de operação intervalo extendido de -40° C a 70° C experiência de programação com LabVIEW consistente garante que projetos existentes e os novos tirem o máximo de proveito da tecnologia mais avançada com o mínimo de esforço “Porque tantos clientes investiram em CompactRIO, levamos muito a sério esta reformulação”, disse David Fuller, vice-presidente de aplicações e software embarcado da National Instruments. “Nossas equipes de P&D re-examinaram cada parte do projeto do controlador e fizeram melhorias radicais, mantendo total compatibilidade com versões anteriores de código.” O controlador cRIO-9068, programado com software de projto de sistema LabVIEW, permite que os engenheiros e cientistas usem um único ambiente de desenvolvimento gráfico para aproveitar melhor o desempenho do hardware. O fato do LabVIEW 2013 suportar o NI Real-Time Linux OS dá aos desenvolvedores acesso a um rico conjunto de bibliotecas e aplicações em rede/cloud para ampliar seu controle e acesso a sistemas de monitoramento. O LabVIEW 2013 também oferece opções de conectividade expandida incluindo criação de serviços web melhorado e mais seguro, gerenciamento de arquivos baseado em navegador WebDAV padrão da indústria.

48 | Automaker Development&Test


Um exemplo dos benefícios de se usar as últimas ofertas de NI foi dado por SEA Datentechnik GmbH que fornecem soluções de teste e medição. Eles desenvolvem software de teste, equipamentos de medição e adaptam os principais sistemas que são baseados em seus próprios produtos e seu conhecimento em vários campos. “Embora este controlador seja semelhante a outros dispositivos CompactRIO, a tecnologia agregada é revolucionária”, disse Wolfram Koerver, diretor executivo da SEA “Com esta plataforma, podemos fornecer tecnologias de software para os nossos clientes que eram quase impossíveis antes ou que teriam exigido um longo tempo de desenvolvimento e alto investimento.” A NI também lançou uma versão mais compacta voltada para estudantes, o NI myRIO, um dispositivo de hardware integrado para ajudar os alunos a projetar sistemas reais de engenharia complexos de uma forma mais rápida e acessível do que nunca. Baseado na mesma tecnologia poderosa como a plataforma popular NI CompactRIO, o NI myRIO é menor e mais “amigável” (fácil de operar) aos estudantes do que a sua versão industrial. O NI myRIO inclui o sistema mais recente e todo programável Zynq® em um chip (SoC) de tecnologia da Xilinx, que combina um processador dual-core ARM Cortex-A9 e um FPGA com 28.000 células lógicas programáveis. Usando o poder do ambiente de programação gráfica NI LabVIEW, os alunos podem programar o FPGA e evoluir os seus sistemas em tempo real, dando-lhes a flexibilidade de prototipar e iterar rapidamente sobre seus projetos. “O tamanho compacto do NI myRIO, combinado com o poder e a flexibilidade da FPGA associada torna-o o controlador ideal para aplicações robóticas embarcadas”, disse Nick Morozovsky, pesquisador de pósgraduação na Universidade da Califórnia em San Diego. O NI myRIO também inclui 10 entradas analógicas, seis saídas analógicas, canais de áudio de I/O e 40 linhas digitais de I/O. Inclui Wi-Fi integrado, um acelerômetro de três eixos e vários LEDs programáveis num formato fechado durável. “Se eu tivesse feito uma lista de tudo o que eu queria em um dispositivo de I / O portátil, ele se pareceria quase que exatamente com as especificações do NI myRIO”, disse Dan Dickrell III, instrutor de engenharia na Universidade da Flórida. “Esta pequena unidade é uma incrível peça de engenharia.” A inclusão do NI myRIO à arquitetura reconfigurável LabVIEW I/O (RIO) aumenta ainda mais a capacidade da NI de fornecer ferramentas em todos os níveis de habilidade, desde estudantes que aprendem conceitos básicos de engenharia, todo o escopo até para engenheiros projetar os sistemas mais poderosos do mundo. Garantindo a adaptabilidade em salas de aula e laboratórios, o NI myRIO vem com material didático para download gratuito, é compatível com todos mini-systems NI e se conecta com muitos sensores e atuadores de terceiros. Além do vasto ambiente de hardware disponível para o NI myRIO, o dispositivo pode ser programado em vários ambientes, incluindo LabVIEW e C/C + +, capacitando os educadores a incorporá-lo em seus controles existentes, robótica, mecatrônica e cursos de sistemas embarcados.

Automaker Development&Test | 49


“Somos apaixonados para que os estudantes tenham acesso à mesma tecnologia que eles vão usar após a graduação,” Dave Wilson, diretor de marketing acadêmico da NI, disse. “Queremos garantir que ambos alunos e os seus futuros empregadores estejam prontos para a inovação a partir do momento em que eles começarem a colaborar.” O compromisso da NI com a educação é demonstrado pela sua colaboração com a Fundação LEGO para trazer uma gama de produtos avançados que servem para inspirar os nossos futuros engenheiros. Isso foi demonstrado em novembro no campeonato Mundial Robot Olympiad (WRO) em Jacarta, A NI se juntou com a Fundação LEGO para ajudar a facilitar uma oficina de robótica de três dias para crianças de escolas carentes da cidade. Neste workshop, 30 crianças que em circunstâncias normais nunca teriam a chance de colocar suas mãos no LEGO MINDSTORMS passaram alguns dias resolvendo desafios em aberto, enquanto estavam montando, programando e se divertindo. O primeiro dia do workshop foi uma introdução à robótica. Dentro de algumas horas, estes estudantes começaram a programar seus próprios robôs. No segundo dia, os alunos foram convidados a participar do campeonato WRO para conversar com os participantes pares e ver o potencial destes sistemas de robótica. No último dia, os alunos do workshop participaram de sua própria mini-competição de robótica. Após o evento, os professores e os estudantes levaram a robótica de volta para suas escolas para integrá-la em seus programas de ensino. Se os alunos que estudam em escolas carentes podem dominar a robótica em tal período curto de tempo, isto reforça as muitas reivindicações e demonstrações feitas na semana NI em Austin, Texas, onde fomos conduzidos para vivenciar demonstrações de resolução de problemas contra um cronômetro e estudos de caso onde problemas complexos foram resolvidos em dias e não em meses. O valor destes “brinquedos” é que eles empregam a mesma tecnologia que as organizações como a NASA utilizam para resolver desenvolvimentos de ponta. O hardware e o software são escaláveis desde as ferramentas educacionais até as unidades de interfaces robustas capazes de atender os requisitos dos ambientes mais exigentes e extremos da Terra e além. No show a National Instruments (Nasdaq: NATI) anunciou o NI cDAQ-9188XT, um chassi 8 slots NI CompactDAQ Ethernet projetado para medições distribuídas ou remotas em ambientes extremos. O cDAQ-9188XT pode resistir a temperaturas de -40 a 70° C, 50g de choque e 5g de vibração. Engenheiros nas indústrias automotiva, militar e aeroespacial tem usado-o para adquirir dados com sucesso e evitar ensaios repetitivos que são muito caros.

50 | Automaker Development&Test


“Estamos usando o cDAQ-9188XT para monitorar pressão, vibração, velocidade e muito mais em nosso veículo a jato enquanto tentamos quebrar o recorde mundial de velocidade em terra”, disse Steve Wallace, cientista de aquisição de dados para a o projeto norte-americano Águia. “Até agora tem sobrevivido a tudo o que foi submetido e nos deu grandes resultados.” Além disso, o chassi é o primeiro na plataforma NI CompactDAQ a oferecer um monitoramento a bordo com estados seguros e definidos para ajudar a proteger os seus testes e equipamentos. A plataforma inclui 10 opções de chassis, três barramentos e mais de 50 módulos da Série C com uma ampla gama de conectividade e I/O. A plataforma também tem integração de fábrica com o software de projeto de sistema NI LabVIEW, que fornece bibliotecas de processamento de sinal e controles de interface do usuário projetado para visualização de dados. “A partir das aquisições de sinal em bancada feitas em laboratórios para medições distribuídas, robustas ou individuais efetuadas em algumas das condições mais extremas na Terra, é incrível como as aplicações de nossos clientes têm evoluído ao longo dos últimos 25 anos”, disse Chad Chesney, diretor de marketing de aquisição de dados da National Instruments. “Ao continuar a investir no NI CompactDAQ, vamos contribuir com ainda mais realizações de engenharia ao longo do próximo quarto de século.” Outro exemplo de investimento contínuo da NI na plataforma NI CompactDAQ é o suporte para o LabVIEW Electrical Power Suite. Com este kit de ferramentas, os usuários NI CompactDAQ podem integrar funções de análise de energia, como energia, freqüência, tensão e deteção de eventos em seus sistemas de monitoramento.

Para saber mais sobre as ferramentas NI CompactDAQ, visite : www.ni.com/data-acquisition/compactdaq

PRIMEIRA E ÚNICA REVISTA BRASILEIRA DEDICADA EXCLUSIVAMENTE A DESENVOLVIMENTO E TESTES DE VEÍCULOS

REGISTRE-SE GRÁTIS PARA ASSINATURA DO PRIMEIRO ANO www.automaker.com.br/registro

Automakermedia


SIMEA recebe: SIMEA recebe:

E T A D E H T SAVEDATE

E H T E SAV

Programe sua agenda para estar presente no maior evento de engenharia automotiva do país.

21 E 22 DE AGOSTO Serão dois dias de painéis, palestras, debates, EVENTS CENTER sessões técnicas WTC e mostra de tecnologia , além da

Exposição Testing Show e ProgrameVPC sua agenda paraPowertrain estar presenteConference. no maior evento de - Virtual engenharia automotiva do país.

21 | 22 AGOSTO

Serão dois dias de painéis, palestras, debates, sessões técnicas e mostra WTC EVENTalém CENTER de tecnologia, da Exposição Testing Show e a VPC - Virtual Powertrain Conference. PARTICIPE!

PARTICIPE! Mais informações no site: www.simea.org.br Ou entre em contato conosco: Mais informações no site: www.simea.org.br 55 11 5908 4043 Ou entre em contato conosco: eventos@aea.org.br

55 11 5908 4043 eventos@aea.org.br


EVENTOS

2014 23 de Abril

Seminário de Emissões

15 de Maio

XVI

02 de Junho

VIII Prêmio AEA de Meio Ambiente

27 de Junho

VII Simpósio Internacional de Combustíveis

21 e 22 de Agosto

Seminário de Eletroeletrônica

XXII Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva - SIMEA 2014

25 de Setembro

Seminário de Segurança Veicular

23 de Outubro

VII Simpósio Internacional de Lubrificantes, Aditivos e Fluidos

Mais informações no site: www.aea.org.br Ou entre em contato conosco: 55 11 5908 4043 eventos@aea.org.br


AVL. A KALEIDOSCOPE OF SOLUTIONS FOR INTEGRATED POWERTRAIN SIMULATION. With highly precise system and component simulations supported by user-friendly and robust integrated simulation platforms, AVL Advanced Simulation Technologies (AST) provides workflow-guided solutions for engine, powertrain and vehicle development processes. AVL AST offers tools for the conceptual and detailed design phases all the way up to powertrain calibration, Hardware-in-the-Loop (HiL) and testbed applications. By combining in-house and third-party software tools with the comprehensive expert knowledge of highly experienced engineers, AVL supports the development of products of the highest quality with optimized costs and shortest time to market. Systematically and precisely – like a kaleidoscope. www.avl.com/ast

Automaker Automotive Media  

Ano 1 Edição 2 - Special Frankfurt Motor show focus, leading Brazilian magazine for Automotive Development and Testing engineers

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you