Issuu on Google+

N 292

OUTUBRO 2011

revista

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESAS DO COMÉRCIO E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL

Pessoa Colectiva de Utilidade Pública

ANTÓNIO MATEUS

TDM FRICTION

"O PIOR AINDA ESTÁ PARA VIR"

O TUDO OU NADA PARA SE MANTER NO CLUBE DOS GRANDES EVENTOS EUROPEUS DO PÓS VENDA AUTOMÓVEL

ANIVERSÁRIOS 2011 PERCURSOS ÍMPARES DO PÓS VENDA

DOSSIERS

BATERIAS DE ARRANQUE ESCOVAS LIMPA VIDROS

A. FERREIRA NUNES

PRESIDENTE DA ANECRA ANALISA O SECTOR AUTOMÓVEL


SUMÁRIO

8

EQUIP AUTO 2011

As grandes tendências do mercado

ANECRA

Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel Pessoa Colectiva de Utilidade Pública Av. Almirante Gago Coutinho Nº 100 - 1749-124 Lisboa Tels. 21 392 90 30 – Fax 21 397 85 04 e-mail: lisboa@anecra.pt ANECRA PORTO Av. da Boavista, 2450 - 4100-118 Porto Tel. 22 618 98 43 – Fax 22 618 98 64 e-mail: porto@anecra.pt ANECRA LEIRIA Av. Marquês de Pombal, Lote 25, 1º C 2400-152 Leiria Tel. 244 8146 86 – Fax 244 81 47 19 e-mail: leiria@anecra.pt

44

DOSSIER BATERIAS Regras para o correcto manuseamento

52

TÉCNICA Reparação de vidros

58

DOSSIER ESCOVAS Peça essencial para a segurança

Director: António Ferreira Nunes Director Adjunto: Jorge R. Neves da Silva Direcção Financeira: José Luís Veríssimo Colaboração Técnica: Augusto Bernardo, Isabel Figueira, João Patrício, Patrícia Paz Publicidade: Esperança Costa, José Fernando, Joaquim Alves Pereira Coordenação Editorial: Esperança Costa, esperanca.costa@revista.anecra.pt Administração, Redacção e Publicidade: Av. Almirante Gago Coutinho Nº 100 1749-124 Lisboa Tels. 21 392 90 30 – Fax 21 397 85 04 Concepção e Realização: Auto Aftermarket News Design e concepção gráfica: R&B Designs

48

Impressão: Sogapal Av. dos Cavaleiros, 35A Portela da Ajuda – Carnaxide Tiragem: 7.500 exemplares Preço: 2,50 €

ANTÓNIO MATEUS

Area Sales Manager Portugal do Grupo TMD Friction

Reprodução de Artigos: É permitida em Portugal a reprodução dos artigos publicados na Revista ANECRA, desde que a origem seja assinalada de forma inequívoca e informados os nossos serviços. Os artigos assinados são da inteira responsabilidade dos seus autores. Inscrição na ICS: 110781 – Depósito Legal nº 17107/87

34 ANIVERSÁRIOS 2011

Percursos de sucesso do pós venda

42 A. FERREIRA NUNES

56

Presidente da Direcção Anecra

ALEX GELBCKE

Vice Presidente e Director Geral, pós-venda Europa , Tenneco

64 FORMAÇÃO ANECRA Qualificar é crescer!

Membros Activos: C.C.P. – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal; E.T.O. – European Tuning Organization; C.E.C.R.A. – Comité Europeu do Comércio e da Reparação Automóvel Isenta ao abrigo do nº.1 da al. a) do artigo 12º do D.R. nº 8/99 de 09.06 http: www.anecra.pt


TRW-Safety

PODE ESTAR hABITUADO A fERRAMENTAS MAIORES…

ABS

AIRBAG

CLIMATIZAÇÃO

EMS

MAS ESTA SUPERA TODAS O TRW easycheck é uma ferramenta de serviço com um gama impressionante de funções. Lê e elimina códigos de avaria, efectua tarefas de manutenção, calibração e inicialização de componentes para as diversas funções.

SCAN

SAS

SERVIÇO

TRW easycheck torna mais fácil a manutenção dos veículos TPMS

Para mais informações visite: www.trwaftermarket.com/nuts

TRAVÃO DE ESTACIONAMENTO ELÉCTRICO www.anecra.pt

5


EDITORIAL

ANECRA-REVISTA, UM PROJECTO PARA O FUTURO

A. Ferreira Nunes

Presidente da Direcção Anecra

Baseadas num saber de experiência feita, a que não é alheia a vida e prática associativa centenária da ANECRA, as funções estatutárias relativas à representatividade e à defesa dos interesses do universo de empresas ligadas ao comércio e à reparação automóvel suas associadas, só são devida e cabalmente prosseguidas se tiverem subjacente uma estratégia associativa de comunicação permanente, regular e eficaz, capaz de permitir a produção de uma informação séria, independente e continuamente actualizada, acompanhando com verdadeiro sentido de oportunidade, a vertiginosa evolução técnica e tecnológica que caracteriza o sector automóvel.  É neste contexto, que, de forma sistemática, a ANECRA privilegia a análise e a reflexão, sobre a eficácia dos sistemas e processos inerentes à sua forma de comunicação de e com o público que lhe é afecto, tentando responder em tempo útil e de modo simples mas correcto, às novas necessidades informativas e formativas com que os empresários e profissionais do sector são quotidianamente confrontados.  Assim, para além de outras medidas e acções de comunicação, que a seu tempo serão dadas a conhecer, é com elevada satisfação, que nos cumpre informar sobre o novo projecto da ANECRA-Revista, que irá retomar a sua publicação mensal após uma profunda alteração do seu aspecto gráfico e do seu conteúdo redactorial especialmente vocacionado para o universo a que se destina, agora, em estreita parceria com uma entidade especializada do Sector, a Auto Aftermarket News.  Assim, solicitamos a vossa melhor atenção para este importante marco na vida da Associação e do Sector Automóvel nacional, certos de que esta concretização constituirá uma excelente montra para formar e informar, em estreita sintonia com os nossos propósitos de tudo fazer para que sejamos dignos da vossa confiança, da vossa dedicação, do vosso apoio e da vossa amizade. Caros associados e amigos, por vós e convosco, juntos, saberemos ser sempre os melhores.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

U e d d e d

P 7

Ad


C

M

Y

M

Y

Y

MY

K

Use lubrificantes recomendados pelo Armindo Araújo e tenha o piloto na sua oficina. Para além de fazer parte da lista de pontos de assistência recomendados pelo Bi-campeão do mundo de ralis e ter acesso a material de comunicação e brindes exclusivos, poderá efectuar acções com a presença do piloto do WRC. Para fazer parte da rede de oficinas do campeão ligue 707 507 070 (dias úteis das 9h às 20h). Adesão sujeita a critérios definidos pela Galp Energia

www.anecra.pt

7


SALÃO

EQUIP

AUTO 2011

À DESCOBERTA DE NOVOS

PRODUTOS O salão internacional bienal de peças, equipamentos e serviços voltados para a reparação/manutenção automóvel, EQUIP AUTO 2011, tem como pedra basilar as novidades que ali são apresentadas. Nas próximas páginas apresentamos uma mão cheia de soluções para as oficinas.

8

ANECRA Setembro 2011


ACTIA MULTIDIAG XG MASTER

O XG Master, da Actia, foi escolhido para equipar toda a rede de um dos maiores construtores automóveis do mundo. Alto desempenho, design arrojado, autonomia e força são os predicados deste dispositivo da “nova geração”. Para cada falha de código, o XG Master inclui uma ligação automática a um procedimento de diagnóstico guiado chamado Vesa (desenvolvido pela Vivid), o qual gera um diagrama através de um gráfico que orienta a localização exacta do defeito. Precisão e alta tecnologia são a marca registada do Multi Diag XG Master. Para informação técnica adicional: Hélène DENOEL - helene.denoel@actia.fr

ACTIA PASS ACTIA ACTITRONIX

Este módulo mecatrónico é um plug-in que vem na forma de um software e um interface de comunicação multi marca, que permite a comunicação com o ECU via o OBD do veículo, de forma a providenciar o operador com os dados de alinhamento necessários. Uma operação de alinhamento nos veículos envolve, por exemplo, descobrir a pressão dos pneus ou determinar o ângulo zero para a direcção. Hoje nos veículos mais modernos este tipo de informçaõ só pode ser obtido de forma correcta através dos ECU’s electrónicos. O ACTItroniX permite isso. Para informação técnica adicional: Hélène DENOEL - helene. denoel@actia.fr

Este equipamento é usado para a recepção ativa dos clientes e veículos. O produto é usado para implementar uma abordagem profissional para receber o cliente, sendo mais completo, mais rápido e gerador de negócios. A partir de quando o veículo entra na garagem, o profissional está capacitado para oferecer serviços suportados por uma inspecção visual, electrónica e mecânica. Este completo diagnóstico instantâneo de veículos é um verdadeiro serviço de valor acrescido aos profissionais. Além disso é um equipamento da nova geração, que será introduzido na Equip Auto 2011 como uma unidade de interface de comunicação. Para informação técnica adicional: Hélène DENOEL - helene.denoel@actia.fr

PALINI AIR SUPERQUICK O novo Palini Air Superquick é perfeito para reparações ligeiras graças ao tempo de secagem rápida sem necessidade de qualquer estufa ou infra-vermelhos. Rapidez, economia de dinheiro, melhor cobertura e performance são as características mais marcantes do Palini Air Superquick. Seus diferenciais como secagem ao ar livre, maior cobertura de resíduos sólidos que os tradicionais vernizes 420 g/l, mais baixo VOC do mercado (320 g/l), eliminam custos energéticos e garantem brilho intenso, redução do tempo de reparação e consequentemente o aumento da produtividade. Para informação técnica adicional: Roberto CERAUDO - robertoceraudo@yahoo.it

AMILCAR - PRANCHA ELEVATÓRIA

A nova prancha automática Amilcar é um sistema electromecânico que permite a um único operador arrumar cargas de 200 kg a 500 kg. Para ser montada em veículos comerciais mas também en alguns veículos de turismo. O fornecimento de energia vem directamente da bateria do veículo. A Amilcar ferece máxima segurança durante as operações. A sua concepção, materiais usados na sua construção e sistema automatizado, eliminam quaisquer riscos de elevação de uma carga pesada ou de uma carga não devidamente equilibrada. Para informação técnica adicional: Carlos DA SILVA - c.dasilva@amilcaramenageent.com

AVA-MORADIA: RADIADOR UNIVERSAL

O grande diferencial deste radiador é a economia de espaço no stock. Para cobrir uma gama completa é necessário 5,10m de área de stock mas, para este produto bastam 0,15 m. O radiador universal pode abranger até 12 radiadores diferentes para um Pegeout 206 que tem uma variação de 17 modelos. O preço tem um diferencial de até 50% do original para o cliente final. Além disso, sobram peças dos kits que podem ser usadas com outros modelos, pelo facto de serem padronizadas. O radiador universal é só economia. Para informação técnica adicional: Aurelia MORATINOS a.moratinos@ava-cooling.com

www.anecra.pt

9


BENESON – LIMPA VIDROS EM PASTILHAS

Esta revolucionária pastilha de 3 gramas irá mudar sua vida e de todos os usários. Muito fácil de usar, simplesmente colocando uma pastilha em 5 litros de água e você terá 5 litros de limpa vidros pronta a usar! Com a sua fórmula desengordurante, ele remove efectivamente sujidade e insectos sem deixar rastos. Prático e económico, as pastilhas são inteiramente biodegradáveis e amigas do meio ambiente. Respeita a natureza: permite racionalizar o stock, reduz os custos de transporte, reduz o desperdício e as emissões de carbono. Use o limpa vidros Beneson ecológico hoje para que amanhã possa respirar um ar mais limpo. Para informação técnica adicional: Carole POLAK - carole.polak@charles-cip.fr

BANNER AGM RUNNING BULL 58001

A AGM Running Bull é a recente tecnologia da BANNER, uma bateria para sistemas Micro-Hybrid Star & Stop de desempenho máximo a longo prazo, máxima capacidade e óptima potência de partida. Além disso é resistente à vibração, impermeável, livre de manutenção e tem vida útil extra longa. Estas são as características marcantes da Banner Running Bull. A nova AGM Running Bull é um tipo de bateria de enorme importância especialmente na época em que vivemos onde a temática ambiente obedece a parâmetros cada vez mais exigentes. Para informação técnica adicional: Michel MEYER - meyermichel6076@neuf.fr

TIRE SAFETY SYSTEM TSS

A BorgWarner Beru Systems criou um sensor de pressão dos pneus para montagem nos pneus de origem, mas que qualquer reparador pode também instalar. Denominado Tire Safety System TSS, possui um peso de 7 gramas, transmite dados a partir de uma velocidade de apenas 15 km/h, sendo os dados iniciais emitidos depois de percorridos 500 metros. O fornecimento de energia dá-se através de um piezogerador que substitui a bateria. Não existe nenhuma orientação especifica do sensor, já que a sua forma é de 360º. Colocado com cola ou vulcanização standard a frio. Para informação técnica adicional: Marc KERDUFF mkerduff@borgwarner.com

BOSCH - GARANTIA ELECTRÓNICA

A Bosch Car Service oferece desde Maio/2011 uma garantia muito inovadora, a qual cobre, durante três meses, todas as reparações feitas na electrónica e sistema eléctrico do veículo (com menos de 10 anos de idade ou menos de 200.000 km). Este serviço representa uma melhoria importante: pela primeira vez, a Bosch Car Service fornece uma garantia que abrange um conjunto completo de produtos que permanece desconhecido pelo público em geral, como caixa de velocidades, energia eléctrica, travagem e interior do carro. Os condutores vão poder ir de férias com paz de espírito. Para informação técnica adicional: Julien LACOSTE julien.lacoste@fr.bosch.com

BOSCH FSA 050

A FSA 050 permite às oficinas testar sistemas de alta tensão e energia eléctrica de veículos eléctricos e híbridos, o que um multímetro simples não consegue executar. Dá oportunidades às oficinas para atender veículos eléctricos e híbridos. Indispensável para o diagnóstico de sistemas eléctricos, o FSA 050 funciona como um super multímetro e trabalha com tensão muito alta, mas também envia os sinais necessários para realizar testes de continuidade e isolamento. É uma ferramenta compacta e económica para a reparação dos veículos alimentados por baterias. Para informação técnica adicional: Bert VAN HAUWERM EIREN bert.vanhauwermeiren@be.bosch.com

BOSCH - DETECTOR ÂNGULO MORTO

O primeiro sistema mundial de ultra-som baseado no alerta dos condutores para veículos que se aproximam escondidos no ângulo morto. Dois censores monitoram o espaço em uma linha adjacente, permitindo o sistema cobrir exactamente o ângulo morto. O condutor é alertado por meio de um aviso de LED no espelho lateral, o qual se não for visto ou ignorado, através da activação do sinal lateral para mudar de faixa, pode ser accionar um aviso sonoro. O Assistente de Visão Lateral é activado entre 10 e 140 km e torna a condução mais fácil e tranquila. Para informação técnica adicional: Christophe DU PASSAGE christophe.dupassage@fr.bosch.com

10

ANECRA Setembro 2011


PPG: Oferecemos a experiência da cor à repintura.

Na PPG, a cor é o nosso negócio. Desde há muitos anos que gozamos de uma excelente reputação no desenvolvimento de cores para os construtores automóveis e na reprodução exacta dessas cores para o mercado da repintura. A profundidade dos nossos conhecimentos granjeou-nos o reconhecimento mundial, mas o factor que verdadeiramente nos diferencia é o modo como utilizamos esses conhecimentos para oferecer uma tecnologia de cor exemplar. Os especialistas da PPG investigam e analisam as tendências de cores em todo o mundo e traduzem-nas em tintas para veículos. A PPG ajuda assim os seus clientes de repintura, desenvolvendo a tecnologia colorimétrica que melhor se adapta às novas tendências. Descubra a sensação de ser sócio do maior especialista em cor, tanto nos mercados de OEM como de repintura. Para mais informação, contacte marketingiberica@ppg.com

Tornamo-lo possível. Com PPG

www.anecra.pt

11


 escob 

BREMBO BRAKE SYSTEM ACADEMY

É uma nova ferramenta de formação técnica que adopta métodos altamente avançados. Começando pelo projecto até à produção, focando na função de peças únicas até à montagem e instruções de substituição. É inovador, adopta tecnologia altamente avançada, é versátil e interactivo, graças ao áudio multi idiomas e à possibilidade de navegar livremente através dos diferentes tópicos com a ajuda do formador Brembo. Ainda combina simulações de travagem nos mais exigentes circuitos de corrida de Fórmula 1 com uma informação técnica e única que apenas um fabricante líder pode oferecer. Para informação técnica adicional: Alessandra VIZZINI - alessandra_vizzini@brem bo.it

BOSCH FSA 500

CAPELEC OPACINOX

No sentido a estabelecer uma solução para uma eventual falha das válvulas EGR que poderia ser fatal para o Filtro de Partículas Diesel, uma medição dos níveis Nox é altamente aconselhável. Um nível excessivo de Nox é a forma de identificar um mal funcionamento mesmo que o problema seja camuflado e compensado durante algum tempo pelo Filtro de Partículas Diesel com consequência no seu tempo de vida útil. O OpaciNOx combina 2 processos de medição: medição da opacidade e medição do Nox. Para informação técnica adicional: Georges PETELET georges.petelet @capelec.fr

O analisador de motores FSA 500 está indicado para testes avançados de componentes eléctricos e electrónicos. Graças à sua estrutura modular, as oficinas conseguem configurar o sistema de diagnóstico para atender seus requisitos individuais e integrar quaisquer sistemas de diagnóstico Bosch existente. O módulo de medição FSA 500 está equipado com funções de teste de motor, um osciloscópio universal com um modo de 2 canais e 4 canais, um escopo de ignição e um multímetro de 2 canais.O FSA 500 também apresenta um gerador de sinal. Para informação técnica adicional: Bert VAN HAUWERM EIREN bert.vanhauwermeiren@be.bosch.com

DELPHI GERADOR DE SONS

A Delphi aplica as suas competências em sistemas de alarmes para ajudar os OMEs a enfrentar os seus desafios perante os próximos veículos silêncios (híbridos e eléctricos). A Delphi projectou um gerador de sons de alta fidelidade para alertar os peões, de veículos que se aproximam. Amigo do ambiente, leve e de custo competitivo, denota identidades como a inovação e a elegância. As faixas armazenadas na memória são misturadas para criar melodias que representam um veículo específico. Também podem ser projectados sons únicos para lembrar o motorista que a bateria deve ser substituída. Para informação técnica adicional: Malika VENEZI A malika.venezia@delphi.com

DELPHI ANALISADOR DE COMBUSTÍVEL

COMPUSPOT 900 FUSION

O Compuspot 900 Fusion faz parte de uma nova linha de máquinas de soldar inteligentes que detectam a espessura e tipo de metal num trabalho de soldagem. Através de sensores nos braços do grampo de soldagem o Compuspot 900 Fusion mede a espessura e resistência eléctrica do metal para determinar suas propriedades e superfície de revestimento. Baseado nas medições, irá automaticamente ajustar as configurações de fábrica ou sugerir um programa de solda específico. Além disso também pode memorizar programas de soldagem e salvar resultados de trabalhos na sua chave USB. Para informação técnica adicional: Patrick ST LAURENT - patrick.stlaurent@am h.ca

12

ANECRA Setembro 2011

O Analisador de Combustível Delphi, é um poderoso dispositivo de mão, que oferece resultados rápidos e precisos, habilitando oficinas e garagens a determinar se o combustível no sistema de injecção atende ao padrão Europeu EN590 de mistura de biodiesel até 7%. Além disso é uma solução que proporciona menores custos efectivos. Desde o início do processo até a revisão dos resultados são apenas três minutos. O Analisador de Combustível Delphi pode ser usado de forma preventiva na armazenagem de combustíveis ou por oficinas para identificar potencialmente a causa raiz de um problema no motor de maneira imediata. Para informação técnica adicional: Helen GOLDI NGAY - helen.goldingay@delphi.com

D


ANECRA 14:02 Página  escobillas    A-4:Maquetación 1 14/09/11     1

* Produtos em Promoção: Silencio, Silencio X.trm, TIR X.trm e TIR. Promoção dirigida a incentivar as vendas de escovas Limpa-vidros Valeo nas oficinas, para oferecer aos automobilistas. Promoção válida até 30/11/2011 ou até rotura de stock.

Escovas Limpa-vidros Valeo

Descubra uma nova Visibilidade com a Valeo

¡Aprende mais sobre Escovas VALEO! 1. Capture com o seu telemóvel este código: Descubra fácilmente como diagnosticar bem o estado das escovas. 1. Clique na aplicação para ler os códigos QR (se não tem a aplicação, descarregue préviamente). 2. Foque no código QR. 3. Veja o vídeo!

2. Ou entre na seguiente Web: www.nuevavisibilidadvaleo.com

www.valeoservice.com

www.anecra.pt

13


DELPHI YDT720

O tester de injectores YDT720 da Delphi, permite, entre outras funções,fazer a verificação das partes eléctricas dos injectores Common Rail nos veículos. O seu uso é extremamente simples, um único interruptor permite realizar um ciclo. Um ciclo de limpeza que permite a introdução de um solvente no caso da presença de lacas também está disponível. O dispositivo é fornecido com uma mala de transporte e um conjunto completo de adaptadores que permitem a ligação do aparelho de forma segura aos injectores. Para informação técnica adicional: Stéphane BELSOEUR - stephane.belsoeur@delphi.com

DENT WIZARD CARMÉLÉON

Novíssimo em França e com conceito simples: ir directamente à casas privadas e escritórios para reparar pequenos trabalhos na carroçaria dos carros. A Dent Wizard oferece uma miniaturização de um completo laboratório de pintura em uma unidade móvel. O “AirCarm” corresponde a uma cabine de pintura actual e o “DryCarm” reduz a secagem do verniz a 20ºC em menos de 10 minutos, não necessitando de ar quente. Além disso a Dent Wizard oferece muitos outros Serviços de Reparação Rápida com economia de tempo e custos e atenção às questões ecológicas. Para informação técnica adicional: Thierry BORIUS - thierry.borius@m anheim .fr

ETAI PEGASUS

Pegasus é uma solução única para profissionais da reparação de limpa pára brisas. Graças ao Pegasus, o reparador pode simular um orçamento de uma reparação a um pára brisas, e submeter directamente à companhia de seguros em questão. Providencia um acesso único às peças, tempo de reparação do fabricante da viatura, e base de dados dos fornecedores das peças. Assim como pacotes de preços e descontos aprovados pela companhia de seguros. Permite acesso à pasta do cliente por parte de qualquer uma das entidades envolvidas na reparação do limpa pára brisas. Para informação técnica adicional: Fabien D’AUM ALE - fdaumale@etai.fr

FEBI - TESTER DE EIXOS

O tester patenteado de análise de componentes dos eixos dianteiro e traseiro da Febi, é ideal para um diagnóstico rápido e simples. Até mesmo os desgastes mais ténues podem ser detectados com este equipamento, sendo que não é necessário qualquer plataforma elevatória. Vendas potenciais podem ser facilmente asseguradas na medida em que se torna fácil demonstrar visivelmente e explicar a necessidade das reparações aos clientes. O veículo pode ser testado sobre rodas, todas as situações de condução podem ser simuladas, o tester é isento de manutenção e não requer energia ou ar comprimido. Para informação técnica adicional: Stephane KOHLER stephane.kohler@febi.fr

FACOM D.48

A Facom está oferecendo ao mercado uma nova ferramenta para mudança de óleo com bits magnéticos exclusiva para a exposição da Equip Auto 2011. É a primeira ferramenta deste tipo no mercado, permite que a equipa de reparação trabalhe de forma mais rápida e segura, respeitando o meio ambiente. A nova chave para mudança de óleo Facom é universal, adaptável em todos os veículos de todos os países. É completamente segura e evita queimaduras nos profissionais além de permitir um trabalho limpo, organizado e reduz o desperdício. Para informação técnica adicional: Jean- Benoit COQUELLE jean- benoit .coquelle@facom .com

REMSA / ROADHOUSE

As marcas Remsa e Roadhouse, de origem espanhola, estarão na Equip Auto para divulgar os seus produtos de travagem, nomeadamente pastilhas, maxilas, discos, tambores e kits de travão. A melhoria da oferta de produtos e serviços é uma preocupação constante da Eurofren, estreitando sempre a relação de confiança com os clientes do mercado e fortalecendo o desenvolvimento da empresa na área da exportação. A empresa Eurofren é de nacionalidade espanhola e está sediada em Madrid. Possui oito fábricas espalhadas pelo mundo. Para informação técnica adicional: Jesus HORTAL - jhortal@roadhouse.es

14

ANECRA Setembro 2011


FI.TIM POWER ENERGY

Linha de elevadores e bancos para reparações de colisão, de elevada performance e baixo consumo de energia – O elevado desempenho com menos consumo de energia deve-se à tecnologia FI.TIM do apoio inclinado (patente Internacional FI.TIM). A altura mínima quando o elevador está em baixo deve-se ao cilindro com baixo diâmetro, já que a unidade de controlo precisa de pouca potência e por isso também é necessário menos consumo de energia. A sua estrutura simplificada é produzida com custos competitivos relativamente a outros elevadores do mercado. Para informação técnica adicional: Francesco FIORESE - fitim@tin.it

FOCAL JMLAB IBUS20

HENKEL TEROSTAT 8597 Inovação, forte desempenho e segurança são a chave para o aftermarket automóvel. Estes são os pontos fortes do novo Terostat 8597 HMLC Henkel, um marco para as rachaduras de pára-brisas. O produto cumpre o padrão mais exigente e reconhecido da Europa. Fácil de usar, não escorre facilmente, pode ser espalhada com qualquer tipo de ferramenta e tem o bico, patenteado, em formato que não desperdiça. Adesivo aprovado pela Organização Tüv de acordo com as especificações da Euro NCAP. Para informação técnica adicional: Vincent COSSIN vincent.cossin@henkel.com

O iBUS20 é a resposta simples e eficaz de lidar com um sistema de áudio que não tem baixos. Este novo produto é um subwoofer da linha Slim com amplificador integrado. Colocado sob um assento, este dispositivo tem design arrojado, com um casco de alumínio escovado, promete uma potência de 75 Watts de saída com uma resposta de frequência entre 45 e 150 Hz. Fácil de usar o iBUS 20 é a garantia de uma audição de música com mais qualidade e profundidade. Para informação técnica adicional: Guy BONNEVI LLE - g.bonneville@focal.com

GYS PEARL

Máquina de soldagem compacta e leve, ideal para trabalhos de manutenção em oficinas ou construção em aço-inox ou alumínio, com ou sem gás. A sua tela plana digital facilita o acesso aos seus dois modos de regulação: sinérgico (para definir a espessura da chapa de aço antes da soldagem) e manual. O Pearl fornece uma corrente dominada por uma fusão muito suave e um mínimo de projecções. O Pearl selecciona automaticamente a tensão e a velocidade ideal para cada material. Para informação técnica adicional: Aurore MONNIER a.monnier@gys.fr

HENKEL LOCTITE 3090

O novo adesivo instantâneo Loctite 3090 é a mais recente evolução em adesivo de alta tecnologia. Este produto de dois componentes fornece uma ligação de alta resistência, múltiplos substratos, de cura rápida e fácil utilização. Muito mais que um epoxi e mais que um adesivo instantâneo. Loctite 3090 é adequado para quase todos os materiais, incluindo metais, a maioria dos plásticos, madeira, papel e muito mais, em combinação com os outros produtos Loctite 770 ou o Loctite 7239. Para informação técnica adicional: Vincent COSSIN - vincent.cossin@henkel.com

GS27 LAVAGEM SEM ÁGUA

A gama Ecocert PURE é uma faixa de produtos com rótulo ecológico desenvolvido de acordo com uma importante estratégia ecológica GS27. Suas ambições são a Inovação e poupar o meio ambiente. A matéria prima é natural, os chamados resíduos de agronegócios. São biodegradáveis e renováveis e desenvolvidos de forma a não precisar usar água, assim salvando este precioso recurso. Nem corrosivos nem irritantes, são ambientalmente correctos e eficazes. Sem falar da cera vegetal com acabamento de alta qualidade e longa duração.

Para informação técnica adicional: Christophe LOPEZ - c.lopez@gs27.com

www.anecra.pt

15


HELLA GUTMANN SOLUTIONS - MEGA MACS 66

O primeiro sistema de diagnóstico com conceito de reparações em tempo real para oficinas profissionais. As funções do mega macs 66 inclui comunicação bidireccional com o veículo, o código de falhas e diagnostico “Repair Plus” baseado nos sintomas, acesso a base de dados online e ligação inteligente ao catálogo de peças de reposição Tec-Doc, indo direito à peça certa. O usuário terá, assim, um instrumento prático que o guia sistematicamente através da “selva” de sistemas electrónicos de veículos significativamente mais rápido do que tem sido até agora. Para informação técnica adicional: Alexandre RODRIGUES alexandre.rodrigues@hella-gutmann.com

KOVAX TOLECUT E BUFLEX DRY

A Kovax (produtor japonês de abrasivos inovadores e economizadores de tempo) disponibiliza um sistema único de abrasivos: Tolecut e Buflex Dry, lixagem a seco para remoção de imperfeições na pintura, com granulagem até P3000. O Tolecut (P2000-P3000) é simples e rápido. É um sistema limpo e muito eficiente, dado que se vê o que se lixa. Logo, permite reduzir o tempo de polimento de forma considerável. Também reduz o risco de lixagem para além do verniz. Depois do Tolecut aconselha-se o uso do Buflex Dry, antes do polimento. Para informação técnica adicional: Nina URBATSCH - nina.urbatsch@kovax.nl

MANN+HUMMEL: FILTRO PARA GASÓLEO

Os modernos motores requerem combustíveis cada vez mais limpos. A Mann+Hummel, fabricante especializado em filtros, criou um especial para separar a água do diesel. O filtro possui uma mecânica de funcionamento de três passos: 1- filtro de partículas muito eficaz, flexível para cada aplicação; 2- Elemento filtrante com composição optimizada e fibras para melhores resultados; 3-barreira hidrofóbica com superfície tratada para repelir a água e melhorar o comportamento de limpeza. Para informação técnica adicional: Charles VAILLANT - charles.vaillant@mann-hummel. com

MA-FRA ECODRY A MA-FRA também entra na onda da sustentabilidade, numa fase em que o mundo foca os recursos renováveis. Com a linha Ecodry a MA-FRA alcança eco-objectivos extremamente importantes. Os recursos hídricos são altamente poupados graças a esta gama juntamente com a proteção do meio ambiente e a salvaguarda do ecossistema. As linhas Ecodry Detailer e Ecodry cera e Cleaner economizam cerca de até 200 litros de água e são 6 vezes mais rápidos que uma lavagem normal. Economia e protecção do meio ambiente uma união de sucesso. Para informação técnica adicional: Paola BOLCHETTI - bolchetti@mafra.it

MAHA MDO4

O Maha Met 6.2 é a “segunda geração” de opacímetros. Ele fornece em tempo real, medição das concentrações de partículas nas emissões do motor e outros processos de combustão. Através do laser o MET 6.2 pode medir as concentrações de partículas em uma faixa muito ampla, desde os mais limpos motores Euro 5 até os motores a diesel extremamente sujos. É único a lidar com o quente, humidade do cano de escape, permitindo medições contínuas de partículas finas. Maha Met 6.2 tem gestão de energia inteligente que permite baixo consumo de energia. Para informação técnica adicional: Nastasia TEIRLINCK - nastasia. teirlinck@maha- france.fr

LESCOT - LINHA CAR CARE ECOLÓGICA

On Air Eclat é a primeira linha de produtos para limpeza de carroçarias que preserva o meio-ambiente. Possui as certificações ambientais da França: NF Environment e Eco-Label. A fórmula dos produtos é à base de plantas. Os corantes, fragrâncias e aerossol cumprem os critérios para preservar a saúde dos usuários. Esta linha não tem efeitos adversos e não cria impactos ambientais. Estes produtos são fabricados em França pela Lescot e a produção das plantas é certificada pela Afnor Nf. On Air Eclat: Eficiência e Ecologia. Para informação técnica adicional: Delphine GUERIN - delphine.guerin@lescot .fr

16

ANECRA Setembro 2011

GT


É BOM QUANDO A SUA OFICINA DE CARROÇARIA FUNCIONA SEM SOBRESSALTOS. É EXCELENTE QUANDO MAXIMIZA LUCROS. TINTAS PARA AUTOMÓVEIS DA GLASURIT Maior eficiência: Os sistemas Glasurit foram concebidos para lhe permitir trabalhar de forma eficiente e rentável. Todos os nossos sistemas brilham pela sua aplicação simples e segura, os resultados perfeitos que proporcionam e o seu inigualável potencial de economia. O sistema CPS e o Glasurit RATIO Scan II, por exemplo, transformam a consecução da cor certa numa brincadeira de crianças. E os nossos programas de primeira qualidade, bem como os nossos inovadores serviços de consultoria Glasurit RATIO Concept Plus ajudam-no a optimizar todos os seus processos de trabalho. ProFit with Glasurit.

Glasurit, Rua 25 de Abril, No 1, 2685-368 Prior Velho, Lisboa, Tel. 21 9 49 99 60, Fax 21 9 49 99 65, www.glasurit.com

GT_efficience_ad_2010_INT.indd 1

www.anecra.pt

17 01.07.11 12:08


MANN+HUMMEL - EGR MIXER

Para ir ao encontro dos regulamentos EURO 5/6 através do aumento da taxa de reciclagem dos gases de escape, um construtor automóvel decidiu para o seu novo motor implementar o “loop” EGR antes do compressor. Nesta arquitectura específica as característica do gás EGR (temperatura e acidez) podiam danificar as lâminas do compressor. Logo é necessário misturar de forma adequada o ar fresco proveniente do filtro de ar e o gás EGR, graças a um novo dispositivo denominado “EGR Mixer”. Este conceito foi aplicado pela Mann+Hummel. Para informação técnica adicional: Jérôme MIGAUD jerome.m igaud@mann-hummel.com

NESTOR WASH MIDTRONICS HYB-1000

HYB-100 fornece a capacidade de executar testes de manutenção de sistemas de bateria em vários dos principais veículos híbridos. O técnico pode ver o resultado ao vivo e imprimir os resultados. O HYB-100 oferece a oportunidade de executar um diagnóstico de rotina de bateria enquanto conduz o veículo. O HYB também pode ler e redefinir padrão e híbrido – diagnósticos específicos para códigos com problemas, o que permite que os técnicos realizem funções simples de forma rápida sem ter que monopolizar outros sistemas de diagnóstico completos. Para informação técnica adicional: Clemens STRENGcstreng@midtronics.com

Nestor Wash oferece a solução mais amiga do ambiente para lavar carros, utilizando o vapor de alta temperatura e um método específico criado com o GNFA. Precisa de somente 1L de água e nenhum produto químico para limpar todo o carro. Nestor Wash não vende equipamentos, e sim soluções para liberar espaço e reduzir investimentos, o técnico vai até o cliente quando preciso. No final de 2011 , será oferecido um serviço on line para marcar com os técnicos e acompanhar os serviços. Para informação técnica adicional: David ALLOUCH - david.allouch@nestorwash.fr

MIDTRONICS GRX3000

Quando o GRX-300 é conectado com o chumbo ácido da bateria é testado o estado de saúde e de carga da mesma. Na primeira fase de diagnóstico da rotina da carga é visto se é necessário continuar ou não. Se a bateria não aceitar carga ou tiver algum defeito o sistema vai rejeitá-la. Caso contrário será preenchida e monitorada. Além disso características do produto como a condutância, o modo de comutação e uma carga de 150A permitem fazer uma previsão de quando esta bateria vai precisar voltar à manutenção. Para informação técnica adicional: Clemens STRENGcstreng@midtronics.com

OTC NEX

O NEX pertence a uma nova série de analisadores de emissões da OTC. Opacímetro e Analisador de Gases, foi desenvolvido em base Windows, facilitando a gestão entre as versões “stand alone” e PC. Integra um modo de operar muito intuitivo. Oferece uma ampla gama de opções de configuração, mais funções online tais como Mobilidade Avançada. Possibilidade de atalho directo do menu principal para o procedimento de teste. Possui informação muito clara para direccionar as acções do operador, valores limite, valores de medição e estados em diferentes cores. Para informação técnica adicional: Philippe BOURBON - philippe.bourbon@spx.com

OMIA LUXIA

A nova geração da cabine de secagem da Luxia oferece aos seus usuários novas vantagens graças ao seus novos processos: economia de produtividade + 15 minutos por veículo. Reduz o tempo e economiza nos custos de reparação. Aumenta o volume de negócios levando em conta o potencial de atender mais carros por dia. De acordo com essa avaliação, o potencial aumento dos trabalhos na carroçaria pode culminar no aumento e desenvolvimento da empresa reparadora. Além disso a cabine tem novo design, mais ergonómica e moderna. Para informação técnica adicional: Philippe JORET - p.joret@om ia.fr

18

ANECRA Setembro 2011


www.anecra.pt

19


PEWAG SNOX

S(nox)olution! Outra inovação dos engenheiros da Pewag. Torna a montagem da corrente de neve tão fácil como colocar um chapéu. Um relance para montar e remover, todas as vantagens de uma corrente de neve, com conforto inigualável de montagem e passeio mais suave. A tensão correcta da corrente é totalmente automática e a tecnologia avançada garante vida longa. Ideal para condutores que querem estar preparados para todas as condições de um clima de inverno. O Snox da Pewag é embalado de forma a estar sempre a bordo e sempre preparado. Para informação técnica adicional: Andrea ZOTTER - zoa@pewag.com

FAG - ROLAMENTO DE RANHURAS RADIAIS

Em sistemas convencionais, o torque de transmissão é transmitido entre o rolamento de roda e o eixo de transmissão por de ranhuras axiais, acoplamento que possui uma certa folga. FAG apresenta um novo conceito para rolamento de rodas com dentes de engrenagens radiais auto-centrados, sem folga, cerca de 10% mais leve que os sistemas convencionais e mais facilmente montável. Fácil e rápido na acoplagem. Possibilidade de aumentar o torque de transmissão em 50%. Redução de barulhos. Fim dos problemas de acoplamento. Desmontagem e montagem fácil. Informação adicional: Paulo PINTO - paulo.pinto@schaeffler.com

SALERI: BOMBA DE ÁGUA "INTELIGENTE"

A fim de diminuir o nível de emissões de CO2 a maior contribuição das bombas de água nos motores de nova geração é reduzir o aquecimento. As bombas tradicionais acabam por resfriar o motor quando ainda está frio, desta forma atrasam a temperatura ideal, o que não acontece com a solução Saleri. Ela bloqueia a saída da bomba permitindo que o motor atinja a temperatura ideal de trabalho mais rápido. O dispositivo garante ser à prova de falhas. Esta novidade da Saleri garante também a redução de consumos. Para informação técnica adicional: Marco PINNACOLI marco.pinnacoli@saleri.it

LUK: VOLANTE BIMASSA DE PENDULO CENTRÍFUGO  Com o volante bimassa de pendulo centrífugo, a Luk assegura conforto de condução optimizado. A compacta integração de um amortecedor de pendulo centrifugo num volante bimassa reduz as vibrações na caixa de velocidades até 60% absorvendo as frequências de ignição. Pendulo montado na falange substitui amortecedor interior de um volante bimassa convencional. O amortecedor de pendulo centrifuga sem frequência natural fixa, altera a frequência dependendo da rotação,  absorvendo o nível de vibrações desejado de modo efectivo. Informação técnica adicional: Paulo PINTO paulo.pinto@schaeffler.com

PANASONIC - DIAGNÓSTICO ULTRA RESISTENTE

Novo tablet de Diagnóstico Ultra Resistente da Panasonic, principais características: -ecrã de 13,3 polegadas, tela larga HD LED 2, versatilidade para execução de programas de diagnósticos em tempo real, leitura de dados telemáticos e visualização de esquemas e desenhos. A tela preparada para uso em interno ou externo, sensível ao toque dos dedos, mesmo com luvas, ou canetas. Tablet com webcam frontal ou traseira de alta resolução para captar a documentação do diagnóstico, além de base de suporte disponível com ângulo de visão ajustável. Para informação técnica adicional: Christophe BOUCHAUDON christophe.bouchaudon@eu.panasonic.com

RAVAGLIOLI G1500

A ergonomia e os automatismos desta máquina permitem ao utilizador sem qualquer treino especial realizar a montagem e desmontagem de todo o tipo de pneus com elevada qualidade e com uma incrível velocidade de trabalho. O PC instalado na máquina está equipado com base de dados que permite escolher o tipo de pneu e jante em que se está a operar de forma a gerir automaticamente as sequências de trabalho das várias ferramentas. A capacidade e a experiência do trabalhador não tem qualquer incidência na qualidade e rapidez do trabalho. Para informação técnica adicional: Laurent MAHIEUX - l.mahieux@ravfrance.fr

20

ANECRA Setembro 2011


TECO 100 E

A nova TECO 100 E é uma desmontadora de pneus universal sem alavancas, especialmente concebida para fins profissionais e de utilização intensiva, adequada para trabalhos em rodas sobredimensionadas de 12 a 30 polegadas. O sistema de destalonamento lateral é equipado com roldanas patenteadas. A sincronização do braço elimina a necessidade de espelhos e camaras. Graças a um procedimento automático de desmontagem rápido e simples, elimina qualquer esforço da parte do operador, ao mesmo tempo que evita quaisquer danos nas jantes e pneus. Para informação técnica adicional: Michele BARBETTI - michelebarbetti@teco.it

STEELPRESS BC-3000.1.C SOGEFI : FILTRO DE ÓLEO L394

Os Sistemas de Filtragem de Óleo dos motores são profundamente impactados pela redução da dimensão destes e pela penetração no mercado de bio combustíveis. Os OEMs requerem sistemas mais leves capazes de resistir a altas temperaturas, elevadas pressões de óleo e proporcionar uma perda mínima de potência e boa relação de custos (intervalos de substituição de 50.000 km). Assim, têm sido criadas soluções para uma nova gama de módulos de filtragem de óleo associado com meios sintéticos filtrantes, como o caso do filtro de óleo L394. Informação técnica adicional: Mathieu PETITEAUX - mathieu.petiteaux@ sogefifiltration.com

As peças de engate para atrelados ligeiros é uma matéria para especialistas. A nova cabeça de engate para atrelados com peso máximo de 3000 kg, com orifícios de 50 em 50 mm, é um exemplo. O corpo do engate é feito de aço com os melhores parâmetros de performance. É uma boa alternativa económica à cabeças de engate em ligas pesadas. Satisfazem os mais elevados parâmetros de segurança e possuem a necessária certificação de aprovação. A Steelpress Production é uma empresa especializada nesse tipo e produtos e que existe desde 1967. Para informação técnica adicional: Slawomir NOWAK - s.nowak@st eelpress.eu

TEXA AXONE 4

O Axone 4 combina toda a subtileza dos PCs mais poderosos com as demandas específicas da mecânica. A Texa utilizou a melhor tecnologia disponível no mercado e desenvolveu uma ferramenta que é comparável com os tablets PCs mais populares do mercado. O design e a interface gráfica fazem do AXONE 4 uma ferramenta revolucionária no mercado. O poder e a velocidade de processamento de dados são garantidos pelo processador Intel Atom. Pode ser usado em qualquer situação climática e ambientes marinhos e graças ao GPS integrado oferece atendimento remoto em tempo real. Para informação técnica adicional: Cristiano LORENZONETTO - clorenzonetto@texa.it

STERTIL EARTHLIFT

A Stertil vai abastecer o mercado com um elevador de coluna móvel, sofisticado e super ecológico. A meta da Stertil é produzir no futuro produtos para o mercado de pesados baseado no princípio do padrão “verde” na indústria (protecção do meio ambiente), facilidade de utilização, eficiência e produtividade. Através do desenvolvimento de um sistema único e componentes bio-degradáveis o EarthliftTM aumenta o número de ciclos de elevação em cerca de 35% e é 98% reciclável no final da sua longa vida. Não há concorrente que chegue perto! Para informação técnica adicional: Denis BRONDEL - dbrondel@stertil- equipvi.fr

AVA-MORADIA: RADIADOR UNIVERSAL

O grande diferencial deste radiador é a economia de espaço no stock. Para cobrir uma gama completa é necessário 5,10m de área de stock mas, para este produto bastam 0,15 m. O radiador universal pode abranger até 12 radiadores diferentes para um Pegeout 206 que tem uma variação de 17 modelos. O preço tem um diferencial de até 50% do original para o cliente final. Além disso, sobram peças dos kits que podem ser usadas com outros modelos, pelo facto de serem padronizadas. O radiador universal é só economia. Para informação técnica adicional: Aurelia MORATINOS a.moratinos@ava-cooling.com

www.anecra.pt

21


TEXA NAVIGATOR NANO

O Axone 4 combina a natureza dos PCs mais poderosos com as específicidades da mecânica. Comparável com os tablets PCs mais populares do mercado, a Texa usou da melhor tecnologia disponível para esta ferramenta. Com processador Intel Atom, a velocidade de processamento de dados é bem poderosa. O Axone 4 é uma ferramenta revolucionária no mundo automóvel, solução patenteada e único PC do mundo com IP67 padrão. Usável em qualquer condição climática e ambiental e graças à ligação GPS o Axone 4 também pode fornecer "assistência remota". Informação técnica adicional: Cristiano LORENZONETTO clorenzonett o@texa.it

TEXA NANO SERVICE

Nano Service é eficiente e dinâmico e destinado a operadores que efectuam regularmente intervenções relativamente rápidas e fáceis. Dispositivo com desempenho muito elevado para ser usado junto com PC Windows. Oculta tecnologia de vanguarda no seu interior, o que permite o diagnóstico sem fios num raio de até 30 metros, facilitando o trabalho do mecânico e oferecendo maior conforto. O Nano Service conta com um software extremamente avançado, com funções simplificadas para usuários menos experientes. Nano Service oferece alta tecnologia e facilidade de manuseio. Para informação técnica adicional: Cristiano LORENZONETTO - clorenzonett o@texa.it

TEXA KONFORT 780R BI-GAS

O Texa sempre se destacou no mercado de manutenção e recarga de ar condicionado, pelas soluções altamente inovadoras. Foi a primeira empresa a apresentar e comercializar uma gama completa para o R1234yf, com oito patentes apresentadas, tornando-se confiável e seguro. O Konfort 780 Bi-Gas opera com ambos os refrigerantes (R134a and R1234yf) e incorpora as melhores soluções tecnológicas de segurança e eficácia. Automatização e testes finais de produção garantem-lhe padrões de qualidade extremamente altos. Para informação técnica adicional: Cristiano LORENZONETTO - clorenzonett o@texa.it

ORAPI DRY SHINE

O Orapi Dry Shine é uma inovação em brilho seco. É possível limpar o carro e protege-lo com este produto que lava e encera sem água. Economiza 300 litros de água, acaba com os vestígios de mosquitos , óleo diesel, alcatrão, excrementos de pássaros, lustra e dá brilho com um só produto. Com efeito repelente, contém Cera de Carnaúba de primeira qualidade, que é um produto à base de plantas que proporciona uma barreira resistente sobre as superfícies dos veículos. A Carnaúba também reduz significativamente a oxidação da pintura. Para informação técnica adicional: Esteve CEDRIC c.esteve@turbocar.fr

VALEO 360VUE

O 360Vue oferece um panorama 360º das imediações do veículo em uma única tela, ao contrário das actuais câmeras de retrovisores que mostram apenas uma área limitada atrás do carro. O 360ºVue facilita as manobras e oferece maior segurança ao condutor. O sistema também permite vários pontos de vista de acordo com a necessidade, vista traseira ou frontal assim como visões específicas. Este sistema sofisticado optimiza a visão do motorista quando entra em uma rua com pouca visibilidade. Além de toda a tecnologia é de simples uso para o condutor. Para informação técnica adicional: Harald BARTH - harald.barth@valeo.com

THULE EASYT11

Easy T11 é a corrente de neve mais inovativa e fácil de usar, com sistema de aperto automático ativado pelos pés. O Easy T11 combina as performances na neve e no gelo das correntes tradicionais, com a facilidade de uso oferecida por uma nova tecnologia focada na inovação de consumo. O sistema apresenta um sistema intuitivo de montagem e um pedal integrado. Além da facilidade e segurança a corrente tem design arrojado com muito estilo quando montado na roda. Inovação, sistema inteligente e aparência atraente definem a EasyT11. Para informação técnica adicional: Andrea ANGHILERI - andrea.anghileri@thule.com

22

ANECRA Setembro 2011


Para resultados perfeitos, “precisa de um parceiro perfeito. R-M. É tão simples quanto isso.“

Só pode ter sucesso se trabalhar ligado de perto ao parceiro certo. R-M é o parceiro para si. Nós não nos limitamos a oferecer uma gama completa de produtos topo de gama. Desenvolvemos soluções para melhorar o seu desempenho e o desempenho do seu negócio. Nós na R-M mantemos a liderança em desenvolvimentos no mercado, para garantir que continuamos a ser o seu parceiro de sucesso. Atingir a perfeição pode ser tão simples. www.rmpaint.com

Perfection made simple

www.anecra.pt

23


WAS SP.J FEUX

AS lâmpadas W70L, W70P, W70L, W70P, W70dL, W70dP possuem todas as vantagens das lâmpadas LED. Estão disponíveis nas versões listadas acima, o que permitiu à WAS ajustar ao nível do poder de compra e requisitos do cliente. Clientes mais exigentes podem encomendar lâmpadas na versão LED (preço mais alto), os menos exigentes podem preferir lâmpadas com tecnologia incandescente (preço mais baixo), ou encomendar lâmpadas com as vantagens das LED e das tradicionais, lâmpadas híbridas que combinam as duas características apresentadas. Para informação técnica adicional: Monika SYCZUK - office@was.eu

VALEO BEEP&PARK/VISION WAECO ASC 2500

O avanço da inovação da Waeco é no impacto ambiental: a emissão de gases de efeito estufa. Um sistema patenteado que garante a reciclagem de 99% do refrigerante. Como resultado não há nenhuma perda interna do refrigerante (A perda de refrigerante em sistemas mal concebidos pode ir dos 60 a 120 gramas). Além disso, como não se perde qualquer refrigerante durante o serviço, economiza-se dinheiro dependendo do preço do refrigerante. E as recorrentes subidas de preços dos refrigerantes impactam fortemente os orçamentos para os clientes das oficinas. Para informação técnica adicional: Dejan VASILIJEVIC dejan.vasilijevic@dometic.fr

Esta nova tecnologia da Valeo integra as mais recentes inovações OE. A Valeo oferece uma solução diária conveniente: informação visual e audível para ideal detecção de obstáculos, as novas funções adicionais guiam o condutor durante suas manobras, graças a linha representada na tela que facilitam significativamente todas as manobras. O Valeo beep&park/vision tem uma detecção homogenia em todas as condições climáticas e uma cobertura do veículo alargada. É discreto e pode ser pintado. Oferece múltiplas possibilidades de aplicação, garantindo o máximo de compatibilidade em todos os kits. Para informação técnica adicional: Guillaume INGOLD - guillaume.ingold@valeo.com

VENEPORTE NOVO CATÁLOGO

O novo catálogo VENEPORTE 2011/2012 é uma das novidades do fabricante português de sistemas de escape. Foi lançado no decorrer do mês de Abril com o objectivo de facultar aos clientes uma ferramenta de trabalho completa e actualizada, em mais de 10.000 referências. Com a extensão da gama e referências, neste novo catálogo a VENEPORTE disponibiliza informação de aproximadamente, 95% do parque automóvel Europeu. Relativamente ao catálogo anterior, houve um aumento de 1800 referências, aproximadamente 30%, em acessórios, catalisadores, DPF’s e silenciosos. Para informação técnica adicional: José FERREIRA jose.ferreira@veneporte.pt

VALEO SPEED/VISIONOMAD

O Speed/visioNomad é um plug & Play que oferece uma solução de mostrar ao nível do olhar do condutor uma projecção da velocidade do veículo directamente no pára-brisas. Também é possível definir um limite de velocidade a qual é detectada com precisão por satélite graças a antena GPS integrada no sistema. Esta tecnologia conforto para que o motorista não precise curvar a cabeça para observar o velocímetro. Respeitando o limite de velocidade, o risco de multas associadas são reduzidas. Desta forma o condutor pode poupar dinheiro nesta época de crise. Para informação técnica adicional: Julie MORIN - julie.morin@valeo.com

CATÁLOGO VALEO SILENCIO

A Valeo traz dimensão multimédia para o seu catálogo em papel. Decidiu combinar o suporte de impressão off line e conteúdos online de multimédia para enriquecer o relacionamento com o cliente e oferecer mais serviços. Através dos códigos QR atendem a necessidades específicas e com vídeos de instrução fácil sempre disponíveis a partir de um smart phone ou um computador conectado a internet. A Valeo é um dos primeiros no mercado do pós-venda automóvel europeu a usá-lo para prestar serviço diferenciado aos seus clientes. Para informação técnica adicional: KATRIN Effer - katrin.effer@valeo.com

24

ANECRA Setembro 2011


standox Anzeige PT Shell Ancera Revista rz.indd 1

28.07.11 10:49


SOBRE A EQUIP AUTO Ao longo de 30 anos, utilizando o Parque de Paris-Nord (200.000m2 de exposição contínua, sempre no mesmo piso), os organizadores do salão EQUIP AUTO desenvolveram um conceito de exposição interactiva (da concepção à manutenção) aberto a todos os mercados. Uma feira por excelência do aftermarket e equipamento de origem.

26

ANECRA Setembro 2011


SALÃO

EQUIP

AUTO 2011

A EQUIP AUTO, a bienal de todos os equipamentos para todos os veículos, que se realizará de 11 a 15 de Outubro próximo, propõe um maior intercâmbio de informações do sector em 2011.

MÁRIO FIEMS, DIRECTOR GERAL EQUIP AUTO

ENTREVISTA “EQUIP AUTO, 5 DIAS PARA SE PREPARAR PARA O FUTURO” Após a última edição da Equip Auto, todas as grandes mostras realizadas na Europa foram um sucesso, superando os eventos de 2009. Isso coloca uma pressão extra para a Equip Auto no sentido em que também tem de ser melhor do que a edição de 2009 para ser visto como uma importante plataforma de negócios? A maioria das exposições realizadas em 2009 ou no início de 2010 escapou das consequências da crise económica. Infelizmente a Equip Auto não teve essa sorte. No entanto e, apesar da situação dramática, a Equip Auto 2009 foi, surpreendentemente, considerado um verdadeiro sucesso pela maioria dos participantes. Tivemos menos expositores, que é um facto, mas a crise funcionou como um filtro e somente os compradores verdadeiramente interessados participaram da exposição. Isso também é um facto. Os próprios expositores confirmaram isso, assim como a imprensa. No entanto para 2011 nós tínhamos fixado a nós mesmos uma meta de crescimento de 25% para continuar com o nível normal de uma

exposição de classe internacional, tal como a Equip Auto é. Até agora, temos alcançado o alvo. Em 11 de Outubro as portas da feira serão abertas em uma área de cem mil metros quadrados de exposição, com 1.800 expositores incluindo mais de 70% de expositores internacionais. A Equip Auto continua a ser uma exposição a nível mundial, dedicada aos negócios do pós venda, para todos os tipos de veículos. Temos o objectivo de atrair 100.000 compradores incluindo 35% internacionais. Quais são as iniciativas de lançamento da Equip Auto para atrair visitantes e expositores para que ela continue sendo um dos mais importantes eventos do pós venda para o pós-venda europeu? Negócios, informações e prospecção são as diretrizes das nossas acções para fazer da próxima sessão da Equip Auto “a feira que deve comparecer ou deve expor”. Negócio para ambos, expositores e visitantes, será garantido nos próximos 5 dias de feira, graças a uma ambiciosa campanha de

promoção entre compradores nacionais e internacionais e profissionais de manutenção automóvel. Como exemplo temos construído um programa especial de compradores internacionais para 2011, 1.000 distribuidores de peças e equipamentos e importadores foram identificados e convidados pessoalmente a participar na Equip Auto como convidados VIP ou compradores de honra. Além disso, e só para lhe dar uma ideia da eficiência desta nossa campanha de promoção, mais de 11.000 visitantes já estão registados através do nosso website. A maioria dos expositores da Equip Auto são fabricantes. O que é uma mais valia, colocando a Equip Auto entre as mais importantes exposições internacionais de curta duração. Equip Auto conta com a presença dos principais fabricantes internacionais e não só distribuidores, explicando porque os compradores internacionais participam da feira. As principais empresas – fabricantes de equipamentos oficinais e de peças – ausentes em 2009 estão de volta na Equip Auto 2011.

www.anecra.pt

27


SALÃO

EQUIP

AUTO 2011

Os Grandes Prémios para a Inovação Automóvel é organizado pela AUTO EQUIP, em cooperação com a European Technical Journalists Association (AJTE), a associação de imprensa francesa (AFPA) e a imprensa internacional.

PRÉMIOS

28

ANECRA Setembro 2011

stan


CATEGORIA OEM /GREENTECH EMPRESA:

BORGWARNER BERU SYSTEMS PRODUTO SHORT LIST: TPMS-Tire

wheel sensor

mounted

EMPRESA:

DELPHI PRODUCT & SERVICE SOLUTIONS PRODUTO SHORT LIST:

tor (VSG)

Vehicle Sound Genera-

EMPRESA:

INDUSTRIE SALERI ITALO PRODUTO SHORT LIST:

ligente”

Bomba de água “inte-

EMPRESA:

ROBERT BOSCH PRODUTO SHORT LIST:

Split Hybrid

HY4 Technology – Axle

EMPRESA:

VALEO

PRODUTO SHORT LIST:

360Vue®

EMPRESA:

VALEO

PRODUTO SHORT LIST:

Park4U®2.0

CATEGORIA PEÇAS DE SUBSTITUIÇÃO E AFTERMARKET EMPRESA:

AMILCAR PRODUTO SHORT LIST:

Prancha Elevatória

EMPRESA:

AVA-MORADIA PRODUTO SHORT LIST:

para PSA

Radiador universal

EMPRESA:

DENSION

PRODUTO SHORT LIST: Gateway, interface para áudio, telefone e outros dispositivos de comunicação EMPRESA:

PEWAG SCHNEEKETTEN PRODUTO SHORT LIST:

Pewag Snox

Correia para neve

EMPRESA:

THULE

PRODUTO SHORT LIST:

EasyT11

Correia para neve

EMPRESA:

VALEO

PRODUTO SHORT LIST:

Speed/visioNOMADTM

CATEGORIA EQUIPAMENTOS OFICINAIS EMPRESA:

ACTIA AUTOMOTIVE

PRODUTO SHORT LIST: ACTIA MultiDiag XG Master EMPRESA:

DELPHI

PRODUTO SHORT LIST: Analisador

de Combustível EMPRESA:

EXELTOOLS PRODUTO SHORT LIST:

dent removal

Tools paintless

EMPRESA:

FEBI

Tester de juntas para eixos anteriores e posteriores PRODUTO SHORT LIST: EMPRESA:

MAHA

PRODUTO SHORT LIST:

MDO4

EMPRESA:

OMIA

PRODUTO SHORT LIST:

Cabine pintura LUXIA

EMPRESA:

ROBERT BOSCH

PRODUTO SHORT LIST: FSA

050

EMPRESA:

ROBERT BOSCH PRODUTO SHORT LIST:

“SHORT LIST” GRANDES PRÉMIOS PARA A INOVAÇÃO AUTOMÓVEL

FSA 500

Os membros do Júri do dos Grandes Prémios para a Inovação Automóvel, da Equip Auto 2011, elegeram uma selecção de 26 concorrentes. A votação final terá lugar na EQUIP AUTO e irá selecionar os Prémios de Ouro e Prata para cada categoria. Principais figuras do mundo do automóvel e os meios de comunicação estarão presentes. Os Grandes Prémios para a Inovação Automóvel é organizado pela AUTO EQUIP,

em cooperação com a European Technical Journalists Association (AJTE), a associação de imprensa francesa (AFPA) e a imprensa internacional. Os Grandes Prémios são atribuídos por um painel internacional de jurados formado por 80 jornalistas de mais de 20 países. Seu objetivo é destacar os mais inovadores conceitos, produtos e serviços apresentados pelos expositores da AUTO EQUIP.

CATEGORIA SERVIÇOS & ESTAÇÕES DE SERVIÇO EMPRESA:

API-AUTOMOTIVE PROCESS INSTITUTE

PRODUTO SHORT LIST: API Wheelprofiler and Wheelalignment Robot EMPRESA:

AUDACON

PRODUTO SHORT LIST: AuDaConVRC EMPRESA:

BREMBO

PRODUTO SHORT LIST: Academia Sistemas Travagem EMPRESA:

DENT WIZARD

PRODUTO SHORT LIST: Carmeleon EMPRESA:

ETAI

PRODUTO SHORT LIST: Pegasus EMPRESA:

ZF TRADING

PRODUTO SHORT LIST: Openmatics

www.anecra.pt

29


OPINIÃO

“Devemos ponderar se a decisão de corte n ão terá mais impacto negativo do que positivo”.

“SEGREDO PARA FUGIR À CRISE…”

MIGUEL THEOTÓNIO, DIRECTOR COMERCIAL MCOUTINHO PEÇAS

curriculum vitae Miguel Theotónio, Director Comercial MCoutinho Peças, é licenciado em Engenharia Mecânica, com frequência em MBA. Percurso profissional de cerca de 11 anos na área do pós-venda do sector automóvel. Recentemente desenvolveu a actividade de Gestor de Negócio de uma empresa de distribuição de peças e recondicionamento de turbos e bombas injectoras.

30 WWW.ANECRA.PT

“Quem não se preocupa com este tema da actualidade? A melhor forma de contornar a crise será pela via da consciencialização dos nossos recursos humanos. Eleva-se a importância do desenvolvimento tecnológico, de forma a aumentar a produtividade e, consequentemente, o lucro. Também é fundamental uma visão futurista e objectiva, para enfrentar as decisões de cortes no orçamento: devemos ponderar se a decisão de corte não terá mais impacto negativo do que positivo. Todos os custos deverão ser classificados como custo “músculo” ou “gordura”, para que este último seja diminuído ou eliminado. Nessa redução várias empresas cometem alguns enganos, na avaliação do que é “gordura”. Cortar na “gordura” (custos desnecessários) é fazer com que os recursos humanos e equipamentos da empresa trabalhem em sintonia, em prole dum único objectivo – o resultado colectivo. Com isto consegue-se uma flexibilidade financeira maior para a empresa investir, aumentando gradualmente os seus resultados operacionais e financeiros. Outra coisa, é cortar o “músculo” que são os custos necessários para manter a empresa no patamar de facturação e com possibilidades de crescimento. Alguns exemplos do tipo de custos “músculo” são a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, marketing, investimento em novas tecnologias, etc. A cada euro de redução nos custos, aumenta um euro no lucro líquido da empresa. Isto não acontece com a receita. Uma certeza que tenho é que todos os que resistirem a esta crise sairão mais fortes, tal e qual como quando um vírus passa pelo ser humano!”


SEGURANÇA

TPMS É O CAMINHO A SEGUIR PARA UMA CONDUÇÃO MAIS SEGURA Nove por cento dos acidentes rodoviários mortais são atribuídos à baixa pressão dos pneus e uns expressivos 41 por cento dos acidentes com ferimentos físicos estão relacionados com problemas dos pneus. Por razões de segurança e de impacto ambiental e cumprindo a legislação de 2008 aprovada nos Estados Unidos da América (a lei TREAD), a UE declara no Regulamento 661/2009, relativamente à segurança de veículos a motor, que todos os automóveis novos introduzidos no mercado a partir de 2012 e os automóveis novos vendidos a partir de 2014, terão de ter o TPMS como equipamento de série. Não existe qualquer legislação na UE para o TPMS ser obrigatório para veículos comerciais e comerciais pesados, mas a lei poderá ser alargada a camiões e autocarros a partir de 2016, quando este Regulamento for revisto. Esta alteração está actualmente a ser alvo de pressões. A função do TPMS é informar o condutor sobre da temperatura e da pressão individual dos pneus. O visor do sistema fornece avisos

em tempo real, por exemplo, esvaziamento rápido devido a furo no pneu ou câmara de ar, o que permite tomar todas as acções necessárias antes de um acidente ocorrer ou de existir algo dano grave no veículo. Para além dos óbvios benefícios de segurança do TPMS, o sistema apresenta benefícios substanciais em termos de custos e do meio ambiente. Para melhorar a segurança nas estradas europeias, a TRW Automotive Aftermarket, fabricante líder dos componentes que foram o “Corner Module” (travagem, direcção e suspensão) e na vanguarda da tecnologia TPMS, convidou toda a indústria a apelar aos motoristas para que utilizem sistemas de monitorização da pressão dos pneus (TPMS) em todas as categorias de veículos. Este apelo surge depois de terem sido conheci-

das as estísticas da Sécurité Routière (Instituição Francesa para a Segurança Rodoviária) que mostram que nove por cento dos acidentes rodoviários mortais são atribuídos à baixa pressão dos pneus e que, de acordo com a consultora de segurança alemã DEKRA, uns expressivos 41 por cento dos acidentes com ferimentos físicos estão relacionados com problemas dos pneus. O director dos serviços de marketing da TRW, Soeren Kristensen, refere: “Apesar de, hoje em dia, os pneus radiais serem significativamente mais seguros, do que os pneus diagonais de há 25 anos atrás, continuam a necessitar de uma atenção regular. Para além de ser um dos maiores culpados dos acidentes rodoviários, os relatórios revelam que a pressão baixa dos pneus é responsável por: um consumo desnecessário de combustível de mais de 20 milhões de litros, pela emissão de mais de 2 milhões de toneladas de CO2 para a atmosfera e por um desgaste prematuro de mais de 200 milhões de pneus no mundo.”

www.anecra.pt

31


OPINIÃO

“Como responsável da sua empresa só tem que ter em mente uma coisa, dinheiro é rei”.

“JÁ CHEGA, DESLIGUE A TELEVISÃO” PEDRO PROENÇA, RESPONSÁVEL MARKETING & VENDAS GRUPO KLARIUS PARA PORTUGAL

curriculum vitae Pedro Proença, responsável de marketing & vendas do Grupo Klarius para Portugal (marcas KLARIUS, LIP e QUINTON HAZELL), é licenciado em Relações Internacionais, pós-graduado em Marketing e Gestão de Retalho. Anteriormente exerceu funções na Atlantic Parts e na LuK (actual Schaeffler).

32 WWW.ANECRA.PT

“Um dos anúncios do verão é o que coloca o director de uma grande superfície, com ar grave e voz severa, a falar sobre os problemas do dia-a-dia e a bondade da sua empresa. Já chega, desligue a televisão. Como responsável da sua empresa só tem que ter em mente uma coisa, dinheiro é rei. Quando olhar para o produto que têm em stock, pense nele como notas de banco. Quando olhar para cada uma das carrinhas de distribuição, das rotas diárias, das despesas mais ínfimas, pense só na quantidade de notas a circular. E aquele dinheiro que os clientes lhe devem e cujo prazo de recebimento já passou? Não era tão bom tê-lo em caixa? Quando acabar de ler isto fale com os seus fornecedores, os seus colaboradores e os seus clientes e toca a transformar parte dos seus activos em dinheiro. Como já reparou, não falei dos colaboradores como notas a circular. Olhe para cada um deles. Por muito pouco que considere alguns, seguramente que todos têm um talento. Já o conhece? O que os motiva? Se não conhece descubra-o e depois decida como é que esse talento pode servir a empresa e como é que pode motivar as pessoas. Só lhe digo uma coisa, ao contrário do que parece, aqui o dinheiro nem sempre é rei. Depois de fazer o que lhe digo em cima, daqui por um ano, vá à tal grande superfície, peça para falar com o director, mostre-lhe o seu sorriso e a carteira. Aí ele vai ficar lavado em lágrimas arrependido da figura que andou a fazer”.


70 anos no mundo. 47 anos em Espanha. Duas cores. 1 MARCA DE FILTROS.

MANN-FILTER, A MARCA DE CONFIANÇA. Agora mais do que nunca a oficina de reparação quer preparar-se para o futuro. Na MANN-FILTER somos conscientes e por isso oferecemos às oficinas o máximo apoio e um produto de total confiança: • Qualidade de equipamento original, também em peças sobressalentes, para toda a gama. • Serviço pós-venda reconhecido. • A gama mais completa, também para veículos asiáticos. • Agilidade no desenvolvimento e incorporação de novos produtos. • Garantia de fiabilidade: garantia de rentabilidade. Agora, mais do que nunca, MANN-FILTER: garantia de futuro; futuro com garantia.

33

PORTUGUES_MANN-FILTER2011.indd 6

26/09/11 15:46


ANIVERSÁRIOS 2011

PERCURSOS DE

SUCESSO

2011 marca a celebração de aniversários que espelham percursos ímpares para algumas marcas do mercado do pós venda. CONTINENTAL 140 BOSCH 125 BOSCH SERVICE 90 EIBACH 60 BREMBO 50 ICER 50 GT MOTIVE 40 SOGEFI 30

34

ANECRA Setembro 2011


125 anos BOSCH e 90 anos rede BOSCH SERVICE

“LUTAMOS COM NOSSA PRÓPRIA IDENTIDADE” Wolfgang Meyer, director da Divisão das Peças de Substituição Bosch (Aftermarket automóvel) para Espanha e Portugal - A Bosch, em 2011, está celebrando o 90º aniversário da Bosch Service e o 125º aniversário da Companhia. É este o melhor ano para celebrar datas tão importantes como estas? Sempre é um motivo de orgulho e satisfação poder comemorar o 125º aniversário da fundação da Bosch e o 90º aniversário do nascimento da Rede Bosch Service. É o resultado de nos termos mantido fiéis aos valores, princípios e competências fundamentais do nosso fundador Robert Bosch e que são reflectidos em nosso slogan: Inovação para toda a vida. Slogan com o qual queremos transmitir nossa clara orientação e compromisso a longo prazo mantendo um equilíbrio entre, êxito empresarial, a preocupação social e o cuidado do meio ambiente. Todos estes valores e compromissos estão hoje em dia, ainda mais presentes, especialmente tendo em conta as dificuldades por as quais estão atravessando muitos países e concretamente Portugal. - Tem medo que a crise em Portugal tenha um impacto directo no pós-venda automóvel? Reconhecidamente, Portugal, como muitos outros países, como eu disse anteriormente, está atravessando um período especialmente complicado que está afectando todos os sectores económicos e, portanto, também para o pós-venda automóvel. Esta situação se reflecte em uma contracção generalizada do consumo, claramente afecta o comportamentos dos condutores, tanto no uso reduzido do veículo como na hora de enfrentar a reparação e manutenção do mesmo. Para poder enfrentar esta situação contamos com uma distribuição sólida, com uma rede de Oficinas que são referência no mercado e com portfólio de produtos e serviços adaptado as necessidades do mercado português.   - Qual a melhor receita em tempos de crise?  A melhor receita em tempos de crise é adaptar-se e dar respostas aos novos requisitos que o mercado está exigindo. Fazê-la de forma rápida e eficaz é a melhor maneira de enfrentá-

www.anecra.pt

35


ANIVERSÁRIOS 2011

-lo. Estas mudanças ou ajustes devem ser feitos em toda a cadeia de valor que configura o pós-venda, o fabricante, o distribuidor e a oficina.   - Como a Bosch luta com as marcas low cost mais procuradas em tempos de crise? Lutamos com nossa própria identidade. É verdade que o preço é um factor muito importante a considerar, especialmente nestes tempos, mas não deve ser o único. Portanto, a Bosch, além de uma oferta de preço competitivo oferece: Um produto inovador e de máxima qualidade que responde aos mais exigentes controlos de qualidade e garantem a segurança do motorista; Uma informação técnica que permite realizar as substituições com a máxima garantia de confiabilidade e profissionalismo; Uma formação técnica que possibilita que nossos clientes estejam permanentemente formados e adaptados as contínuas evoluções tecnológicas; Um compromisso como cliente para buscar soluções conjuntas; Uma excelente equipa de profissionais para apoiar ao Distribuidor e a oficina em todas as frentes, comercial, marketing, assistência técnica, atenção aos clientes. - Quais as conquistas da Bosch que você gostaria de destacar nos últimos dois anos? Em primeiro lugar ter alcançado alguns resultados gerias como Grupo muito positivos em um contexto extremamente complicado à nível mundial, que fortaleceu ainda mais nossa posição. Tendo trabalhado em estreita colaboração com nossos clientes buscando compromissos que nos permitiram enfrentar a difícil situação do mercado. Tendo consolidado a Rede Bosch Service como a Rede de Oficinas multimarca mais importante no mercado ibérico, tanto em Espanha como em Portugal E ter-nos adaptado em um cenário de crise ter realizado mudanças estruturais traumáticas.  

Curriculum vitae Wolfgang Meyer passou 35 anos trabalhando na Bosch em diferentes funções principalmente relacionadas ao negócio de peças de substituição em diferentes países, europeus, africanos e norte americanos. Antes de chegar a Espanha em 2008, para ocupar o posto de Director da Divisão de peças de substituição (Pós venda automóvel), para Espanha e Portugal, esteve responsável do negócio pós-venda no México durante 5 anos.

36

ANECRA Setembro 2011


EIBACH COMPLETA 60 ANOS A Eibach, fundada na Alemanha, em 1951, por Heinrich Eibach, disfruta hoje de uma enorme reputação mundial, sendo representada em mais de 80 países, incluindo Portugal, através da Q&F. É um dos principais fabricantes de componentes e sistemas, molas de suspensão, e molas de alta tecnologia, especificamente para aplicações exigentes. A Eibach combina a melhor qualidade, com o mais alto nível de flexibilidade e eficiência na sua produção. A história começou à 60 anos como explica Wilfried Eibach, o responsável máximo da

empresa. “Lembro-me como se fosse hoje. No início tive sempre algum envolvimento e tinha que dividir o tempo com a escola. Recordo-me de o meu pai alugar um pequeno armazém num terreno de Robert Kircchoff e curiosamente mais tarde ele acabou por trabalhar connosco. Em 1960 éramos quatro empregados a contar comigo e conseguíamos facturar anualmente 200 mil marcos alemães”.


ANIVERSÁRIOS 2011

GT MOTIVE A TERNURA DOS 40 ANOS A Gt Motive opera na criação, tratamento e disponibilização de informação para as áreas da manutenção da reparação e dos sinistros automóveis, sendo líder em Espanha na gestão de informação para o pós-venda no sector automóvel. José Maria Castelo, Director Geral da GT Motive, refere que “para nós é um ano especialmente bonito, porque é o nosso 40º aniversário, foi em 1971 quando ao nosso presidente ocorreu a ideia de recolher a informação técnica dos fabricantes e fazer um idioma co-

mum que serviria para oficinas, peritos e para todos os sectores do pós-venda automóvel”. A GT Motive tem desenvolvido muitos produtos como a GT Global que é uma plataforma de comunicação para pôr em contacto oficinas, peritos, companhias de seguros e empresas de renting, temos também produtos para tudo o que é a informação estatística como é o GT Analyse e o nosso produto estreia que apresentamos em Espanha e recentemente em Portugal e França que é o GT Go.

ICER 50 ANOS A CONTRIBUIR PARA A SEGURANÇA A Icer é uma marca espanhola da companhia Icer Brakes, S.A., fundada em 1961, com o nome de Icer-Materiales de Friccion, S.A. É um dos maiores fabricante independentes da Europa de produtos de travão, exportando a sua produção para mais de 80 países nos cinco continentes. Possui duas fábricas novas situadas em Tudela e Pamplona e a sua força laboral ascende a mais de 350 pessoas. Para Rubén Llánder, Director Comercial da ICER, este ano é naturalmente singular pelo 50º aniversário da Icer, “mas também porque introduzimos uma nova gama de discos de travão”.

38

ANECRA Setembro 2011

���e


SOGEFI 3 DÉCADAS DE FILTROS Fundado em Mantua há 30 anos atrás, o Grupo Sogefi é líder mundial em componentes de suspensão e sistemas de filtragem. O Grupo tem 36 fábricas e está presente em 13 países em 4 continentes. As actividades do Grupo estão divididas em três divisões: suspensões, filtros e peças de reposição. No aftermarket independente a Sogefi é líder mundial, oferecendo uma gama completa de filtros de óleo, ar, combustível e de habitáculo para automóveis de passageiros e camiões com as seguintes marcas: Purflux, CoopersFiaam, Fram e Tecnocar. “Estou muito orgulhoso

deste aniversário”, comenta Andrea Taschini, Director da Divisão de Aftermarket da Sogefi. “O mercado de reposição representa cerca de 23%, uma parte muito importante da facturação do Grupo, e acreditamos que tal se deve ao desenvolvimento global que conseguimos com as nossas marcas premium.” De um balanço total consolidado de 53.000.000 € em 1985, a facturação do Grupo Sogefi cresceu para 924.700.000 € em 2010. O número de empregados também aumentou de forma constante e está agora em cerca de 6.000 pessoas.

www.anecra.pt

���e�

as-�m�rensa-�ag�du��a�re�ista�ane�ra-0�-2011

39


ANIVERSÁRIOS 2011

CONTINENTAL 140 ANOS COMO PARCEIRO DE CONFIANÇA O fornecedor internacional da indústria automóvel Continental festeja, este ano, o seu 140º aniversário: desde a sua fundação em 1871 a empresa, com sede em Hannover, Alemanha, continuou a crescer e, sendo, no início, um mero especialista em pneus e borracha, tornou-se num dos principais fornecedores da indústria automóvel. “Os nossos clientes e parceiros de negócio tiram partido da nossa experiência de muitos anos, do nosso poder de inovação, da internacionalização em permanente progresso,

BREMBO 50 ANOS A INOVAR

A Brembo foi fundada em 1961 quando o pai do actual presidente, Emilio Bombassei, criou o que era na altura um pequena oficina familiar a poucas milhas de Bergamo. A sua experiência em mecânica e trabalhos em

40

ANECRA Setembro 2011

metal foi desde logo aproveitada por clientes tais como a Alfa Romeo. 1964 marcou uma data importante na história da companhia, quando a Brembo iniciou o fabrico dos primeiros discos de travão italianos para o aftermarket. Até então os discos eram importados do Reino Unido. Segundo Nicolas de Gaudemont, Director da área de negócio do pós-venda mundial da marca Brembo, “2011 é de facto um ano excepcional não só porque a Brembo faz 50 anos, mas também porque estamos a lançar um pacote completo no aftermarket. Já somos um fabricante de sistemas de travagem para o OE, e agora temos também no aftermarket, pastilhas, discos, hidráulica, kits de maxilas, em cada um dos países onde estamos presentes”.

assim como da nossa larga gama de produtos em diversas áreas de negócio”, afirmou o Dr. Elmar Degenhart, Presidente do Conselho de Administração da Continental AG”. A Continental, que possui atualmente cerca de 160.000 colaboradores, encontra-se representada em todos os mercados-chave. A Continental foi fundada a 8 de Outubro 1871 como Sociedade Anónima por nove banqueiros e industriais residentes em Hannover, com a designação de “Continental-Caoutchouc- und Gutta-Percha Compagnie“.


www.anecra.pt

41


ENTREVISTA

A. Ferreira Nunes PRESIDENTE DA DIRECÇÃO ANECRA

A. Ferreira Nunes, Presidente da Anecra, analisa o sector automóvel em relação às dificuldades actuais do país, fala sobre o pós-venda e dá sua opinião sobre o futuro económico de Portugal. É realista sobre a actual conjuntura portuguesa mas não acredita num colapso nem das piores economias europeias. Já sobre a nova edição da Revista Anecra identifica uma manifestação dinâmica e positiva contra o status quo instalado.

“ESTOU CONVENCIDO DE QUE O PAÍS VAI RENEGOCIAR SISTEMATICAMENTE OS SEUS COMPROMISSOS ATÉ OS ULTRAPASSAR” Como analisa a situação do sector automóvel na actual conjuntura? Com muita apreensão em relação as dificuldades que se atravessam. Muito embora não se deva ser pessimista e que devamos dar uma palavra de optimismo, a situação actual contraria os melhores desejos que deveríamos dizer e pensar que este momento será ultrapassado com alguma facilidade, mas não vai. Por um lado, não é um dos sectores mais amados do governo e isto faz com que não exista muito esforço para que se importem mais automóveis pelo facto disto não ajudar a balança de transacções correntes. Por outro lado, os portugueses entraram objectivamente em poupança e tem o automóvel como último item de compra. O pós-venda ainda é o sector mais rentável frente à situação actual? Ainda é indubitavelmente uma escapatória para as empresas do sector automóvel, que encontram no pós-venda um nicho de negócio que as ajuda a passar pelas dificuldades. Não há nenhuma empresa neste sector no verde, mas os que estão menos no vermelho são aqueles que conseguem ter um pós-venda rentável,

42

ANECRA Setembro 2011

eficaz e que fidelizam seus clientes. E o país, o pior ainda está por vir? Eu não penso que o pior já passou, eu acho que ainda há muito por vir. Não temos para já um diagnóstico total dos problemas financeiros que o país sofre, todos os dias surgem notícias sobre situações complexas, irregularidades e muito mais. Portanto o pior infelizmente ainda pode estar por vir, levando em conta que o país também depende de uma conjuntura europeia e internacional, sendo que em Portugal as vendas baixaram em torno de 40%, o que é uma enormidade. E se o IVA aumentar ainda mais, será a desgraça do sector automóvel? Penso que já está tão elevado que mais um pouco não fará diferença. O que pode acontecer é que aumente, sensivelmente, a actividade paralela que é naturaL surgir com uma fiscalidade elevada como o IVA que custa ¼ de 100%. E o país com toda esta situação vai estourar ou sai fortalecido? Isso ninguém adivinha. Julgo que Portugal esta interdependente de políticas europeias, não acredito no colapso das piores economias, como a Grécia, por exemplo. Creio que a União Europeia não vai deixar cair os periféricos, porque cada um que cai prejudica os que ainda estão a flutuar. Se o país vai estourar ou não é difícil de avaliar, estou convencido é de

que o país vai renegociar sistematicamente os seus compromissos até os ultrapassar. Nada vai ser resolvido sem o crescimento económico, por isso as políticas deviam ser dirigidas ao desenvolvimento e para as actividades produtivas de forma com que as pessoas tivessem mais empregos que consequentemente teriam maior poder aquisitivo e maior consumo aquecendo a economia, seria um ciclo positivo. Mesmo em período de crise a Revista Anecra renova-se, gostaria que o sector automóvel agisse desta forma positiva? É uma rajada de ar fresco. Queria agradecer o Auto Aftermarket News à iniciativa de se ter tornado parceira da Anecra neste projecto, desejamos os melhores êxitos e sucessos. A marca Anecra vai ajudar, é um bom prenúncio. É realmente uma demonstração de dinâmica e que contraria o status quo instalado. Enquanto era realmente óptimo que todo o sector automóvel agisse assim. Nós na Anecra estamos sempre em actividade, temos debates, reuniões, seminários, ainda a 09 de Outubro faremos um seminário sobre as actividades dos carros usados que também é um nicho alternativo à venda de viaturas novas. Parabéns ao Auto Aftermarket News e a Anecra também que passa a ter um operador de qualidade com provas dadas e sinto-me gratificado e satisfeito por esta aproximação.


www.anecra.pt

43


BATERIAS

BATERIAS DE ARRANQUE: O QUE DEVE CONHECER

44

ANECRA Setembro 2011


Descargas parasitas, armazenamento, auto descarga, relação entre resistência e temperatura, são vectores que influenciam todas as baterias de arranque.

ELEMENTOS VITAIS DO VEÍCULO São muitos os factores que contribuem para o descarregamento da bateria. Esses incluem: - Reacções químicas normais nas baterias; - Viagens frequentes curtas, não suficientes para o alternador recarregar completamente a bateria; - Descargas parasitas normais; - Inactividade e armazenamento prolongados; - Temperatura ambiente; - Hábitos de condução dos clientes. Uma vez instalada num veículo moderno, uma bateria está constantemente a ser descarregada por cargas de corrente muito pequenas necessárias para alimentar os circuitos de memória de vários dispositivos eléctricos, tais como módulos electrónicos de controlo e relógios digitais. Estas são conhecidos por tensões parasitas porque os circuitos envolvidos estão sempre conectados à bateria e continuam a “drenar” pequenas quantidades de corrente mesmo quando a ignição é desligada As tensões parasitas totais de um veículo variam de acordo com o nível de equipamento eléctrico no carro. Por exemplo, um carro de luxo totalmente equipado terá provavelmente tensões parasitas muito maiores do que um pequeno carro. Estas descargas parasitas podem ser medidas

conectando um amperómetro com uma escala miliampere em série com a bateria. Uma bateria tornar-se-á cada vez mais descarregada quanto mais tempo um veículo se mantiver imobilizado com os cabos de bateria conectados, e até mesmo baterias premium se descarregarão devido a tensões parasitas normais em veículos não utilizados. Para prevenir que uma bateria caia nesta situação, desconecte os cabos de terra em veículos que se irão manter inoperacionais durante mais de 30 dias ou, carregue a bateria todos os 30 a 60 dias. Lembre-se de verificar que o interruptor de ignição está desligado antes de conectar ou desconectar cabos de baterias ou carregadores. Se o interruptor de ignição é deixado ligado, componentes electrónicos podem danificar-se e inclusive levar a ferimentos pessoais. Para manter baterias em bom estado é importante seguir boas práticas de negócio na rotação de stocks. Vendas e envios devem ser realizados de acordo com a regra de inventário first-in/first-out. Embora as baterias tenham tampas seladas, é possível que haja fuga de eléctrodo através dos orifícios de ventilação se aquelas forem viradas de lado ou para baixo. Compile as baterias

somente em cartões e nunca sobreponha mais de três em altura. Quando uma bateria está armazenada, uma reacção muito lenta tem lugar entre os materiais das placas e o eléctrodo, o que causa uma descarga gradual, auto descarga, e ocorre mais depressa a temperaturas elevadas. Na maioria das aplicações, uma bateria que foi descarregada até 50% da sua capacidade normal será capaz de arrancar o motor. Existe uma relação entre resistência da bateria e temperatura. À medida que a temperatura desce, a resistência aumenta. Uma bateria fria é mais difícil de carregar e produz menos energia do que uma bateria quente. Temperaturas frias afectam grandemente a própria bateria na sua função de providenciar energia, assim como a energia eléctrica necessária para arrancar o motor. A temperatura ideal de funcionamento de uma bateria é 27ºC. A 27ºC a bateria tem um poder de arranque de 100% e o motor arranca com 100% de eficiência. Com temperaturas frias moderadas, a bateria tem somente 65% de poder de arranque e o motor requer mais energia que a 27ºC. Com temperaturas muitos frias, a bateria tem somente 45% de poder de arranque e o motor requer 350% mais de energia do que a 27ºC. Problemas de arranque com tempo extremamente frio têm também a ver com o congelamento do eléctrodo. À medida que a bateria se descarrega, o eléctrodo perde acidez, torna-se quase água, e tem um ponto de congelação mais elevado. O eléctrodo numa bateria descarregada pode congelar e danificar a bateria até mesmo a temperaturas não muito abaixo dos 0ºC. Para prevenir danos permanentes devido à congelação, mantenha a bateria carregada para que o eléctrodo tenha uma gravidade específica elevada. Temperaturas acima dos 27ºC também têm um efeito adverso nas baterias. À medida que a temperatura ambiente aumenta, reacções químicas aceleram e a bateria auto descarregar-se-á mais rapidamente.

www.anecra.pt

45


BATERIAS

As baterias estão cada vez mais sofisticadas, ou não fosse o advento dos veículos ecológicos: micro híbridos com sistemas Pára&Arranque (Stop&Start) e até com travões regenerativos. Mas as baterias standard continuam a dar cartas. Confira a oferta do mercado.

EXIDE MICRO-HYBRID EXIDE Technologies desenvolveu a solução EXIDE micro-hybrid para cobrir todas as necessidades de energia dos veículos micro híbridos actuais. Segmentadas em duas gamas, as baterias EXIDE Micro-Hybrid AGM e as EXIDE Micro-Hybrid ECM incorporam tecnologias avançadas para os requisitos micro hibridos específicos. a EXIDE Micro-Hybrid AGM, incorpora a tecnologia do equipamento original –para veículos micro híbridos com sistemas Pára&Arranque (Stop&Start) e travões regenerativos. A bateria EXIDE Micro-Hybrid ECM é a solução perfeita para os veículos microhíbridos de gama baixa e que dispoem de sistemas de Pára&Arranque (Stop&Start). EXIDE Techologies, Tel: 263286960

46

ANECRA Setembro 2011

VARTA START-STOP As novas exigências ambientais levaram à criação de baterias mais resistentes capazes de funcionar com o sistema Start-Stop dos veículos. Quando o condutor pára o veículo num semáforo ou em trânsito congestionado, o sistema desliga o motor. A bateria assume o abastecimento dos consumidores eléctricos tais como o ar condicionado ou o rádio. Redução do consumo de combustível e emissões de CO2. Para prosseguir a marcha basta pisar o pedal de embraiagem e o motor começa a trabalhar de novo automaticamente. As baterias específicas VARTA Start-Stop estão especialmente preparadas para suportar esta exigência adicional. Sonicel, Tel: 214 245 345 CS Peças Auto, Tel: 218547000


A OFERTA DE

BATERIAS DE ARRANQUE YUASA PROFESSIONAL | SUPREME | CARGO Para poder posicionar correctamente a gama de produtos nos diferentes níveis de preço exigidos pelo mercado, foi criada uma segmentação na gama de ligeiros e pesados: Professional que é composta por 7 referências de alta rotação e a Supreme que é composta por 23 referências com mais de 95% de cobertura do parque circulante. Quanto aos veículos pesados, a Cargo é indicada para veículos com especificações standard e a Cargo SHD destinada a veículos de elevadas especificações e equipamentos adicionais, autocarros de uso intensivo, etc. Krautli, Tel: 219535600

MIDAC HYPERBOLIS A MIDAC Hyperbolis é uma bateria selada dotada de uma dupla tampa e um sistema de labirinto soldado a quente. É fabricada de acordo com processos que permitiram à MIDAC obter a certificação ISO/ TS 16949, requerida pelos construtores de automóveis. Por essa razão as baterias MIDAC Hyperbolis podem ser consideradas produtos com qualidade equivalente às OEM. Incorpora um maior número de placas do que a versão standard, que aumenta o poder de arranque a frio. É Ideal para condições extremas. O hidrómetro óptico permite ver o nível de carga e nível do ácido.

BOSCH S6 Assegurar conforto, segurança e as funções de sistema da mais recente geração de carros, requer uma tecnologia de baterias que consiga acompanhar as exigências extremas de energia. A nova bateria BOSCH S6, com Tecnologia AGM (Absorbent Glass Mat) garante esta potência para um máximo desempenho no arranque e fornecimento diário de energia. Graças à Tecnologia AGM com electrólito fixo, a bateria BOSCH S6 é bastante resistente a ciclos e duradoura. Para carros de classe média com potência a começar nos 3,500 watts e para veículos com carga de ciclos extrema, como táxis.

TUDOR HEAVY A TUDOR Heavy, é uma nova linha de baterias para veículos pesados. A EXIDE Technologies desenvolveu a linha TUDOR Heavy com vista a cobrir o espectro completo das necessidades de energia do utilizador profissional. Segmentadas em quatro gamas separadas, nomeadamente TUDOR Expert Endurance, TUDOR Expert, TUDOR Professional Power e TUDOR Professional, todos os produtos incorporam tecnologias avançadas para cada um dos equipamentos que visa. A linha TUDOR Heavy inclui uma tabela que guia os utilizadores na escolha da bateria mais adequada, de acordo com o veículo e factores de condução externos.

AUTOSIL HE | SHD Concepção robusta, arranque muito fácil, óptima capacidade, uma boa relação preço qualidade e uma elevada resistência ao calor, são alguns predicados das baterias AUTOSIL HE (Highnergy) para automóveis ligeiros com elevado equipamento. Para os veículos pesados profissionais com muito equipamento e de operação muito exigente, a AUTOSIL disponibiliza a AUTOSIL SHD (Super Heavy Duty). Poder de arranque elevado, alta tolerância a descargas profundas e adaptada a veículos que trabalham sob condições difíceis, são argumentos a favor das baterias AUTOSIL SHD. AUTOSIL HD (Heavy Duty) e Autosil STC são outras opções.

EXIDE Techologies Tel: 263286960

A.A.Silva Tel: 214409374

SPORTCAR A bateria 54307 da marca SPORTCAR é fabricada com a nova tecnologia de Cálcio. Esta marca patenteada pela Sonicel, tem fabrico e foi desenvolvida em parceria com um dos maiores fabricantes mundiais de baterias, a Jonhson Controls, assegurando assim a qualidade máxima a preços imbatíveis. Capacidade – 45Ah; Voltagem – 12V; A (EN) – 330ª; Dimensões – 207 x 175 x 175. Livres de manutenção, as baterias SPORTCAR possuem uma tampa que garante estanquicidade em inclinações elevadas. Durabilidade e resistência são outros predicados das SPORTCAR.

POWERCELL As baterias POWERCELL são fabricadas com a nova tecnologia de cálcio e apresentam uma gama muito completa que cobre cerca de 95% do parque automóvel circulante na Europa. Esta gama cobre também veículos pesados, tractores e diversa maquinaria agrícola. Marca patenteada pela Sonicel, Acessórios e Sobressalentes a POWERCELL é uma marca premium de baterias, com total qualidade e durabilidade asseguradas. Dimensões – 278 x 175 x 190; Capacidade – 74Ah; Voltagem – 12V; A (EN) – 680A. A durabilidade e competitividade dos preços são outras características.

Sonicel, Tel: 214245345

Sonicel, Tel: 214245345

MOURA A MOURA é pioneira num novo tipo de construção de bateria automóvel a que deram o nome de «Bateria Inteligente». Esta bateria, tem um prazo de duração de pelo menos mais 50% do que as baterias automóveis “convencionais”. Esta bateria é construída tendo em conta todos os factores químicos, eléctricos e mecânicos a que é sujeita durante a sua vida útil. A conjugação tecnológica altamente desenvolvida  destes três elementos, faz deste produto uma opção «Premium» dentro da gama das baterias automóveis. A MOURA é o quarto maior fabricante de baterias do mundo.

Davasa, Tel: 214318130

Vigotrading Tel: 225104097

LUCAS A TRW Automotive Portugal comercializa, em exclusivo, no mercado nacional a gama de baterias LUCAS. Formada por 34 referências que aplicam tanto em veículos ligeiros como pesados, a gama de baterias LUCAS oferece uma ampla cobertura do parque automóvel, com um intervalo de amperagem desde os 35 até aos 220 amperes-hora. As baterias LUCAS para os veículos ligeiros possuem a tampa selada, oferecendo maior segurança, pois torna-se impossível aceder ao electrólito. Incorpora um filtro anti-chamas que evita a explosão por chama externa, tornando as baterias LUCAS muito seguras.

BOSCH S3 - S4 - S5 A nova gama de baterias BOSCH S3 - S4 - S5 resulta de um programa de baterias feito à medida para as necessidades individuais de cada carro. Trata-se de uma bateria que cumpre sempre com os requisitos de elevada qualidade do equipamento relativamente aos valores eléctricos para os arranques e capacidade a frio. A bateria não necessita de assistência técnica durante a sua vida. A protecção dupla contra explosões prematuras protege a bateria de faíscas. O design da capa selada da bateria significa que não haverá perdas de ácido. Tecnologia inovadora BOSCH Silver. Davasa, Tel: 214318130

TRW Automotive Portugal, Tel: 214 228 300

VARTA BLACK DYNAMIC A VARTA Black dynamic E9 é uma bateria que se adequa aos veículos mais antigos e mais pequenos, com menos elementos consumidores de energia e, por isso, com um requisito mais baixo em termos energéticos. Isto significa que o cliente com um orçamento muito limitado agora tem acesso a uma bateria de boa qualidade, condizente com a menor valorização dos carros mais antigos. Apresenta boa relação qualidade/preço e conta com um novo desenho, uma asa ergonómica e robusta que permite um melhor manejo. Voltagem - 12V; Capacidade 70Ah; CCA (PT) - 640A.

YUASA AGM A YUASA tem uma vasta gama de produtos no sector automóvel para: Veículos Ligeiros, Pesados, Caravanas, Náutica, AGM. Para os veículos com tecnologia AGM (Absorved Glass Material) é utilizada em veículos Stop&Start e composta por 2 referências que muito brevemente passarão a ser 4. Este mercado será de grande importância no futuro próximo e a YUASA está preparada para responder às necessidades do sector como empresa líder de mercado. A YUASA é um dos 3 maiores fabricantes mundiais de baterias. Krautli, Tel: 219535600

Sonicel, Tel: 214 245 345 CS Peças Auto Tel: 218547000

www.anecra.pt

47


ENTREVISTA

48

ANECRA Setembro 2011


António Mateus

AREA SALES MANAGER PARA PORTUGAL DO GRUPO TMD FRICTION

António Mateus, Area Sales Manager para Portugal do Grupo TMD Friction, dessecou alguns dos podres da nossa distribuição e apontou feridas. Sublinhou a questão dos pagamentos, no que considera o maior problema estratégico deste mercado. Mas sublinha, “não somos nenhuma República das Bananas”, logo com um futuro promissor.

“O PIOR AINDA ESTÁ A VIR”

“NO DIA EM QUE HOUVER UMA FISCALIDADE A SÉRIO EM PORTUGAL, NÃO PONHO AS MÃOS NO LUME SE 30% OU 40% OS INTERVENIENTES NÃO DESAPARECE”

O que está a mudar ao nível dos “players” em Portugal? A questão dos pagamentos sempre foi o “calcanhar de Aquiles” em Portugal. Para piorar a situação, em meados de 2008 com a crise internacional, os fabricantes foram obrigados a reduzir os prazos de pagamento, isso levou em cascata que toda a distribuição tivesse que acompanhar essa metodologia do fabricante. Actualmente Portugal está a mudar para tentar melhorar os prazos de pagamento, porém eu julgo que seja muito difícil de implementar, sobretudo na mentalidade portuguesa. Porém eu acredito que a dificuldade da mudança é muito mais relativo às práticas que à questão financeira. Acredito que esta mudança vai acontecer lentamente e vai culminar num decréscimo da quantidade de “players”, porque muitos deles não vão aguentar. Os chamados importadores, ao perderem negócios nas suas zonas de influência, e como têm uma capacidade de negociar com melhores condições de compra, vão tentar conquistar zonas cada vez mais longe do seu raio de acção e os pequenos vão ser canibalizados. Não vão aguentar e por iniciativa própria vão fechar portas. A juntar a tudo isso, há um decréscimo de actividade nas oficinas. Portanto tendem a desaparecer em cadeia. Vários distribuidores e várias oficinas vão desaparecer, diminuindo a quantidade de “players” no mercado. Falta dizer que existe, segunda uma estimativa Europeia, mais oferta e isso faz com que quando os fabricantes têm necessidade de escoar o produto “empurrem” a preços mais baixos e arruínem a concorrência. Estamos a assistir a uma concorrência desleal instalada em que

uns tentam “matar” os parceiros ao seu próprio nível e daí para baixo é uma guerra total. Em relação aos fabricantes como têm mais poderio económico e financeiro, será mais difícil acabarem, mas vão passar por imensas dificuldades. Os fabricantes que não tiverem as suas empresas muito bem estruturadas vão passar por imensas dificuldades. O final deste ano, 2012 e 2013, vão ser fundamentais para definir a quantidade de “players” no mercado e o actual “modus operandi”. O pior ainda está a vir. Que surpresas vamos ter nos próximos meses ao nível da distribuição em Portugal? Não sei se o CS vai falir ou não. Temos outros casos, o da Procar que apresentou insolvência, o da Tomarpeças que ao que parece não está muito bem, temos o caso da Gopauto que também apresentou insolvência. Isto falando dos grandes, dos importadores. A nível intermédio, existem algumas empresas que não apresentam insolvência por vergonha, mas estão em condições de não cumprirem com quem lhes vende material e portanto vai ser complicado para eles. Pode haver surpresas em relação a todos os níveis da distribuição, inclusivamente ao nível dos fabricantes. No dia em que houver uma fiscalidade a sério em Portugal, não ponho as mãos no lume se 30% ou 40% os intervenientes não desaparece. Há muita coisa feita por baixo da mesa, não cumprem a lei, indivíduos que estão completamente a leste, que continuam a “jogar” como se isto fosse a Republica das Bananas. O sistema como um todo não funciona. Quais os maiores erros estratégicos que as empresas ainda continuam a cometer nesta altura? Os maiores erros estratégicos para mim

www.anecra.pt

49


ENTREVISTA

“AO DAREM-SE PRAZOS DE PAGAMENTO ALARGADOS AOS CLIENTES, ESTÁ-SE A DAR UM TIRO NO PÉ” baseiam-se nos prazos de pagamento. Não na qualidade de serviço, porque é muito boa, mas na relação financeira com os clientes. As pessoas tentam fidelizar um cliente alargando o prazo de pagamento, o que é totalmente errado. E ao darem-se prazos de pagamento alargados aos clientes, está-se a dar um tiro no pé. Vamos fazer a escalada de baixo para cima: uma oficina não tem que ter dificuldades de pagamento, na teoria, mas na prática tem. Uma oficina tem que cobrar ao seu cliente a pronto. Mas na prática não é assim. E se cobrar a pronto também tem que pagar a pronto o seu fornecedor e este ao seu fornecedor e por aí a cima até o fabricante. Portanto não vejo razão para que quando o fabricante pede o pagamento a 60, 75 ou a 90 dias isso não seja cumprido. Portanto acho que a questão dos pagamentos é o maior problema estratégico. Portugal como país tem futuro? Então o país mais antigo da Europa não

tem futuro? Já passámos por muitas crises. Evidente que vamos passar 2 ou 3 anos mal, vamos precisar de ter alguém que mande neste país a sério para darmos a volta. Temos uma classe empresarial a viver à conta de favores ou concorrência desleal. Mas é super empreendedora. Nós não somos nenhuma República das Bananas. Toda a gente neste país, um pouco por inveja ou por mentalidade, quer ser patrão. Mas sabemos que um bom empregado pode não ser um bom patrão. E assistimos nos últimos 20 anos ao aparecimento de imensas empresas de distribuição, por pessoas que diziam: “Se o meu patrão anda de Mercedes porque é que eu não poderei andar também, também vou montar uma casa como ele”. E tivemos muitos exemplos de que foram os próprios importadores a sustentar isto. Com o resultado que todos conhecemos hoje em dia. Temos uma classe empresarial boa mas

grande em relação ao país. Temos um bom nível de trabalhadores, não só de conhecimento técnico como também de entrega ao trabalho. Julgo que os portugueses terão o bom senso de interligar isso tudo e o país se resolver ao nível geral. Não somos um país rico como Angola e o Brasil, com riquezas naturais, mas se formos inteligentes temos uma porta aberta na comunidade europeia, sobretudo para a entrada dos países de língua portuguesa, como o Brasil, Angola e Moçambique.

SOBRE A TMD FRICTION

O Grupo germânico TMD Friction é o maior fabricante de materiais de fricção automóvel da Europa e um dos três maiores do mundo. Conta como clientes todos os grandes construtores de automóveis. Também marca uma forte presença no mercado independente de peças de substituição, com as marcas Textar, Mintex, Don, Pagid, Cosid e Cobreq (América do Sul).

RECOMENDADO POR CONstRutOREs DE AutOMÓVEIs DE REFERÊNCIA

O PODER DA PERFORMANCE NO sEu MOtOR Exclusivo para Oficinas Autorizadas de marca

50

ANECRA Setembro 2011

20110404 EDGE B2C BMW LL04 Trade 21x7 PT.indd 1

2/6/11 4:28 PM


DE TERÇA 11 A SÁBADO 15 DE OUTUBRO PARQUE DAS EXPOSIÇÕES • PARIS NORD VILLEPINTE

REEQUIPE O FUTURO O SALÃO INTERNACIONAL DE TODOS OS EQUIPAMENTOS PARA TODOS OS VEÍCULOS

ut. -15 O ce IS 11llepinte • Fran PARNo rd Vi Paris

tien Sébas IS B U D O H ITEC N H C TE NTE VISITA

Peça o seu BADGE

GRATUITO em

www.equipauto.com >>>> Código : APGRANECRA

Contacto : ANECRA - Filipe Teixeira filipe.teixeira@anecra.pt - Tel. +351 213 929 030

an event by

www.anecra.pt

51


TÉCNICA

Os serviços de reparação de vidros contribuem para fidelizar clientes, por oferecerem uma alternativa à substituição.

REPARAÇÃO DE VIDROS Actualmente, a reparação de pequenos danos em vidros, causados por impactos de pedras ou de outros objectos, é cada vez mais frequente, dadas as vantagens que apresenta face à substituição. Economia, menor tempo de imobilização do veículo, e simplicidade do processo, são os pontos-chave a destacar neste tipo de reparação. As pequenas fissuras nos vidros laminados produzem-se com muita frequência. Estes pequenos danos no vidro que não afectam a segurança do veículo, mas afectam negativamente a estética do mesmo. Face a estes danos os clientes podem optar por duas possibilidades:

QUANDO O DANO NUM VIDRO LAMINADO É REPARÁVEL, DEVE-SE CONSIDERAR A REPARAÇÃO E AS VANTAGENS FACE À SUBSTITUIÇÃO.

a substituição do vidro; ou a sua reparação. Em muitas situações, dependendo do tipo e extensão dos danos produzidos no vidro, não é necessário realizar a sua substituição. Mas se estes danos não são reparados, podem aumentar, contribuindo para que se produza o rompimento total, e como consequência

52

ANECRA Setembro 2011

dispor como única opção a substituição. pelo alcance da escova do limpa pára-brisas; A reparação de um vidro laminado, face à • A linha horizontal tangente ao volante; tradicional substituição por um novo, apre• Tomando como referência a linha média do senta várias vantagens: redução de custos nos volante, o limite do lado esquerdo é fixado a materiais utilizados; o evitar de deslocações 120 mm e o direito a 180 mm. desnecessárias, já que as reparações podem ser realizados ao domicílio; tempo de imobiliFUNDAMENTO DA REPARAÇÃO zação do veículo reduzido; o manter a janela A técnica da reparação de vidros baseia-se original montada na fabrica, e as suas uniões, na extracção do ar preso no interior de uma evitando os possíveis riscos derivados de um fissura e no preenchimento da mesma com processo mais complexo como a substituição; uma resina adequada, com propriedades e contribuir para um melhor ambiente, reduópticas que permitam uma boa visão através dela. zindo o número de resíduos. Existem vários factores que podem afectar o Graças a estas vantagens, os clientes deresultado final da reparação. O tipo ou a forma vem considerar a opção da reparação face à que apresentam os danos, com fissuras mais substituição. Porém deve-se ter em conta que ou menos abertas no seu interior, podem difia aparência final conseguida na reparação cultar em maior ou em menor grau a entrada pode depender do tamanho e do tipo do dano. da carga de resina. Outro factor importante Deve-se também ter presente que não é recoé limpar o interior do dano. É por isso uma mendável a reparação de todos os danos. acção recomendável, cobrir o ponto de imAs reparações nos vidros devem ser realizadas pacto com uma folha de plástico, para evitar a por técnicos qualificados, que disponham dos entrada de sujidade até ao momento em que conhecimentos e dos equipamentos adequaocorra a reparação. dos para obter um bom acabamento da reparação, reduzindo-se ao mínimo a visualização do dano depois de reparado. Por vezes o dano reparado pode ser perceptível visualmente, e provocar possíveis perdas de atenção do condutor. Assim, estabeleceu-se uma zona de exclusão para o pára-brisas, onde não se recomenda a reparação de danos, para não afectar à visão directa do condutor. Para estabelecer a extensão e os limites desta zona podem tomar-se como referência as seguintes linhas: • O limite superior é definido ZONA DE EXCLUSÃO DE DANOS REPARÁVEIS


TIPOS DE DANOS Os danos que aparecem nos vidros laminados podem ser classificados da seguinte forma: • Estrela; • Olho de boi ou alvo; • Combinado; • Meia lua (dano com forma igual a metade de um olho de boi); • Rompimento em greta ou fissura.

DA ESQUERDA PARA A DIREITA E DE CIMA PARA BAIXO: ESTRELA; OLHO DE BOI; ROTURA COMBINADA; FISSURA.

EQUIPAMENTOS DE REPARAÇÃO No mercado existem diferentes equipamentos de reparação de vidros, apesar de todos basearem o seu processo de reparação com base no raciocínio antes descrito. Diferenciam-se basicamente pelo formato que apresentam e pelas resinas utilizadas, que são mais ou menos viscosas para facilitar a sua entrada no interior do dano. Os equipamentos costumam apresentar-se numa maleta, na qual se transportam os diferentes elementos utilizados, variando a existência ou não de algum elemento complementar, mas não fundamental para a realização da reparação. Os componentes básicos são os seguintes: • Injector de resina e o seu suporte para colocá-

CURA DA RESINA POR ACÇÃO DE RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA

-lo sobre o vidro (podem-se incluir elementos adaptadores ao suporte para aceder a diferentes zonas da janela); • Um ou vários tipos de resinas (de reparação e de acabamento). • Polimento para o acabamento da reparação; • Lâmpada de raios ultravioleta; • Mini-berbequim, com jogo de brocas muito finas e disco de polir;

O INJECTOR É O ELEMENTO CHAVE DO EQUIPAMENTO DE REPARAÇÃO DE VIDROS

• Diverso material complementar tais como folhas de plástico, furador, espelho, faca, isqueiro, limpa-vidros, ou óculos de protecção; • Em alguns casos pode existir uma bateria portátil que fornece a energia necessária para os vários componentes eléctricos incluídos. Analisando as diferenças entre os diferentes equipamentos de reparação existentes no mercado, destacam-se as seguintes: a eficácia do injector para aumentar a pressão e o vácuo sobre o dano; e a disponibilidade de resinas mais ou menos fluidas para a sua inserção no dano. Além disso, estes kits de reparação podem ser adquiridos através de revendedores de

LIMPEZA DO DANO

equipamentos de reparação de carroçarias. Em alguns casos específicos, os equipamentos distribuem-se por franchising, sendo os aderentes ao sistema, e as suas equipas técnicas, responsáveis pela prestação do serviço de reparação. PROCESSO DE REPARAÇÃO As etapas que compõem o processo de reparação de um dano são as seguintes: 1. Preparação do kit de reparação. 2. Identificação e limpeza do dano. Identifica-se o tipo de dano e limpa-se a área do vidro para trabalhar, impedindo a introdução do produto de limpeza. Depois com um furador, retiram-se os restos dos vidros que se encontrem ainda no dano. 3. Delimitam-se as fissuras e abrem-se as vias. Em determinadas situações é necessário utilizar o berbequim e uma broca fina para abrir as vias de acesso da resina ao interior do dano, quando este é muito fechado e impede a entrada da mesma. No caso de fissuras ou fendas, devem-se estabilizar os extremos

destas utilizando uma broca para evitar a sua propagação. 4. Colocação do injector. O injector é normalmente montado sobre um suporte que se fixa ao vidro com ventosas. O injector deve ser colocado perpendicularmente ao ponto de impacto do dano, e com a boca de forma a que cubra por completo o ponto de impacto. Caso contrário, o injector não poderá exercer o efeito de pressão e vácuo. 5. Ciclo de vácuo e pressão (extracção de ar e injecção de resina). Aplicando sucessivos ciclos de vácuo-pressão, extrai-se o ar no interior da fissura enquanto se preenche o interior do dano com resina. Tanto os tempos de vácuo como os de pressão variam em função do tipo de dano que estamos a reparar e do tipo de resina que estamos a utilizar, mais ou menos viscosa, adequando-se esta ao tipo de dano e à temperatura ambiente a que se vai efectuar a reparação. Em algumas situações é necessário dar calor ao dano, ligeiramente e durante um tempo muito breve, para facilitar a entrada da resina. Uma vez introduzida a resina, coloca-se uma folha de plástico sobre o ponto de impacto para evitar que a mesma saia. 6. Cura da resina. Após o preenchimento total do dano procede-se à secagem da resina utilizando uma lâmpada ultravioleta, que acelera o processo. 7. Terminada a reparação. Após conseguir a correcta cura da resina, retira-se com uma lâmina ou com um raspador, o material excedente. Depois, aplica-se uma resina de acabamento no ponto de impacto a fim de manter a continuidade superficial do vidro. Com esta resina de acabamento actua-se de forma similar: seca-se com a lâmpada ultravioleta e elimina-se o material em excesso com uma lâmina. 8. Conclusão. Finalmente e para melhorar a estética, deve-se aplicar um polimento que garanta o acabamento final, e com o qual se consegue brilho na superfície reparada. 9.Finalmente arruma-se o posto de trabalho.

www.anecra.pt

53


ENTREVISTA

Alex Gelbcke

VICE PRESIDENTE E DIRECTOR GERAL, PÓS-VENDA EUROPA, TENNECO

A Tenneco acompanha atentamente a diversidade e evolução do mercado e está pronta a atender as variadas necessidades. Alex Gelbcke diz estarem “numa boa posição para antecipar futuras necessidades do pós-venda”.

“EXCEDER EXPECTATIVAS DO CLIENTE É UMA MISSÃO” A Europa parece ter suportado o pior da grande recessão. Que mudanças resultaram dos últimos anos? Eu diria que o pior já passou, mas a força da recuperação varia de país para país. As difíceis condições económicas têm racionalizado o mercado. O resultado é menos players, de maior dimensão e mais fortes. Os consumidores partilham as mesmas preocupações económicas que os fabricantes em termos de gestão dos meios financeiros e controlo de custos. Isso leva a encomendas mais frequentes – semanais ou mesmo diárias – na medida em que trabalham para manter stocks mais baixos e repor os stocks somente quando necessário. O resultado do desaparecimento de stocks em excesso reduziu as reservas ao longo da extensa cadeia de fornecimento do aftermarket, e padrões de compra mais uniformes ajudaram a tornar as nossas operações mais eficientes. A crise criou outras mudanças no mercado? Nós estamos trabalhando cada vez mais em conjunto com os consumidores nas soluções logísticas e criando plataformas electrónicas para a troca de informação. Nossos clientes insistem consistentemente na contenção do

54

ANECRA Setembro 2011

preço e nós estamos fortemente focados no controle de custos, apesar de um ambiente desfavorável em termos dos custos crescentes das matérias-primas que conseguimos compensar em grande parte através de um cuidadoso controlo de custos. Adicionalmente, as melhorias de eficiência resultantes dos novos padrões de compra também ajudaram-nos a controlar os custos.

“O PIOR JÁ PASSOU, MAS A RECUPERAÇÃO VARIA DE PAÍS PARA PAÍS” Como o negócio de Equipamento Original da Tenneco complementa suas operações pós-venda? Nós trabalhamos de perto com os nossos colegas do Equipamento Original para estarmos preparados quando produtos desenvolvidos para novos veículos passam para o mercado de reposição – geralmente entre cinco anos ou mais. A Tenneco está bem estabelecida entre os principais fabricantes de veículos e ganhou uma reputação por introduzir tecnologias inovadoras para o controlo de emissão e o controlo do comportamento do veículo. Por ter um pé no mundo do Equipamento Original, temos uma vantagem na obtenção

do conhecimento valioso do veículo e em uma boa posição para antecipar futuras necessidades do pós-venda. Além disso, beneficiamos por pertencer a uma organização global que nos permite obter peças a partir das unidades fabris fora da Europa. Por exemplo, conseguimos ampliar nossa cobertura de peças para veículos construídos por fabricantes Asiáticos através do nosso acesso às unidades fabris da Tenneco na América do Norte e na região do Pacífico Asiático. Como os seus produtos contribuem para melhorias no meio ambiente? O impacto positivo é visto primeiramente no lado do Equipamento Original no negócio de controlo de emissões das nossas empresas. Muitos produtos, incluindo o sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR), estão reduzindo significativamente emissões nocivas. Estes e outros produtos de controlo de emissões serão peças do nosso portfólio de produtos pós-venda, assim como os Filtros de Partículas Diesel já se tornaram disponíveis como peças de reposição. O tempo entre a introdução de um produto no lado do Equipamento Original e a sua apresentação no pós-venda está encurtando e estamos bem posicionados para a transferência de tecnologia em nosso lado de negócios da Tenneco.


www.anecra.pt

55


ENTREVISTA

“O QUE NÓS NÃO QUEREMOS FAZER É AUMENTAR OS STOCKS DOS CLIENTES” Como você diferencia sua abordagem de negócios entre os diferentes canais de distribuição do pós-venda independente (AM) – Distribuidores Armazenistas, Intermediários, instaladores independentes e serviço de Equipamento Original? Orgulhamo-nos de nossa flexibilidade em atender às diferentes necessidades do mercado. Quer pelo abastecimento directo ou através de um distribuidor, enfatizamos a satisfação das necessidades do mercado em termos de logística, cobertura e serviço em geral. Ajudamos nossos clientes a concluir um trabalho por ter produtos de qualidade disponíveis quando necessário, permitindo-lhes deslocar veículos para dentro e fora da baia de serviços o mais eficiente possível. Estamos menos preocupados com o modelo de distribuição particular e mais com a abordagem flexível para atender as necessidades do mercado. Esta determinação de responder aos clientes é tão enraizada que é parte do nosso DNA. Como você prevê com precisão as necessidades do pós-venda e assegura uma boa carteira de encomendas? Nossos sistemas de transferência electrónica de

56

ANECRA Setembro 2011

dados são uma ajuda preciosa ao fornecer uma visão de toda a cadeia de suprimentos global, desde inventários de clientes a stock em nossas fábricas ao redor do mundo. Porque fabricamos a maioria dos produtos que vendemos, podemos usar esta informação para adaptar nossa produção às necessidades do momento. Nosso objectivo é atingir níveis paralelos de produção e demanda de mercado, alavancando a nossa capacidade de aproveitar os recursos de produção global para responder rapidamente à evolução do mercado. A prova da nossa capacidade de ajustar os volumes de produção

é mostrado na nossa taxa de encomendas de produto que é considerada consistentemente a melhor na Europa. O que nós não queremos fazer é aumentar os stocks dos clientes o que introduz desperdícios na cadeia de suprimentos e levanta problemas para todos. Alcançar um equilíbrio preciso entre oferta e demanda é o nosso objectivo. Como a Tenneco mantém a cobertura de produtos, dada a diversidade do parque de automóveis na Europa? Somos únicos em providenciar tudo o que os nossos clientes precisam. A capacidade global


“VEMOS 2011 COMO UM ANO CHAVE – O PRIMEIRO DO PÓS-CRISE” de fabrico da Tenneco oferece a capacidade de fornecer produtos a partir de qualquer lugar do mundo para ampliar nossa cobertura a praticamente qualquer necessidade do cliente. Nosso sistema de produção global nos permite controlo de fabricação em um grau muito maior do que é possível quando a fabricação é terceirizada. Além disso, a nossa posição como fornecedor global de Equipamento Original significa que estamos familiarizados com uma grande parcela do mercado de veículos novos antes de os veículos se tornarem candidatos à substituição de peças. Quando a demanda por peças do Aftermarket emerge, estamos prontos com componentes de reposição apropriados – ou a partir de nossa produção local ou de unidades fabris da Tenneco em todo o mundo. Quais as novidades que a Tenneco trará para o mercado pós-venda em 2011? Vemos 2011 como um ano chave – o primeiro do pós-crise para a indústria automóvel e para a economia mundial. Estamos bem focados em manter os pontos fortes que nos permitiu superar o ambiente de negócios extremamente difícil. Como outros que surgiram a partir deste período, agora estamos mais fortes do que nunca e determi-

nados a permanecer assim através da relevância das nossas habilidades e recursos – como uma logística flexível e responsiva, a cobertura ampla de produtos, marcas fortes e taxas de encomendas elevadas. Além disso, adicionaremos selectivamente novos produtos como extensões das nossas gamas centrais de controle de emissões e controlo do veículo. Isto significa aumentar nossa ênfase em produtos que nós estamos transferindo do lado do Equipamento Original da Tenneco, como os produtos avançados de controlo de emissões. No controlo de manuseamento, vamos ampliar nossa oferta nos sistemas de direcção e suspensão. Finalmente, continuaremos a transferir os produtos para a Europa que

Rua Fernando Vicente, Armazém 15 2560-677 Torres Vedras - Portugal Telf: + 351 261 33 50 50 Fax: +351 33 50 59 e-mail: geral@nelsontripa.pt http://www.nelsontripa.pt

gozam de sucesso em outras partes do mundo. Estes incluem o nosso Quick-Strut® Norte Americano – um conjunto de suspensão completo que oferece desempenho de alta-qualidade, enquanto proporciona uma instalação mais fácil e mais rápida. Isso deve atrair clientes e consumidores.

SOBRE A TENNECO

A Tenneco é um fabricante global de 5,9 bilhões de dólares, com sede em Lake Forest, Ilinois e com aproximadamente 22.000 funcionários. É um dos maiores fabricantes de produtos de controlo de emissões e de controlo dos veículos, comercializados principalmente através das marcas Monroe, Walker, Gillet e Clevite Elastomer.

www.anecra.pt

57


ESCOVAS

58

ANECRA Setembro 2011


Seja qual for a estação do ano, as escovas limpa pára-brisas são um elemento chave para uma boa visibilidade rodoviária. O profissional dever alertar o usuário sobre cuidados e dicas para que nunca perca o “norte” da sua viagem. COMO DIAGNOSTICAR O ESTADO DAS ESCOVAS? Com o tempo e o uso, a borracha das escovas estala, gasta-se, endurece, perde flexibilidade e desaparece a cobertura de grafite que suaviza o deslizamento SEM AVISADOR DE DESGASTE Existem quatro sintomas que nos podem indicar quando umas escovas já não cumprem a sua função e põem em risco a segurança do condutor: 1 - Estrias 2 - Zonas sem limpar 3 - Manchas 4 - Saltos e ruído COM AVISADOR DE DESGASTE Trata-se de uma pastilha redonda colada à armadura, que se activa ao retirar o protector. A alteração progressiva desde a cor preta (estado inicial) até ao amarelo como um sinal de perigo (estado final) vai indicando ao condutor o grau de desgaste da escova.

AS ESCOVAS, PEÇA ESSENCIAL PARA A SEGURANÇA Mais de 90% da informação que obtém um automobilista quando conduz é de origem visual. A deterioração das escovas provoca uma diminuição progressiva da visibilidade, da qual o condutor não se dá conta. Água mal evacuada, estrias no pára-brisas, o rasto que vai deixando as escovas na sua limpeza, tudo isto somado, faz com que, ao cabo de um ano, a perca de visibilidade seja equivalente a 2 ou 3 décimas menos da acuidade visual de uma pessoa. A Península ibérica, além do mais, é uma das zonas ambientalmente mais agressivas da Europa para as borrachas das escovas limpa pára-brisas. A abundância de raios solares, os raios UV, a contaminação, o ozono, a salinidade ambiente em zonas costeiras e o gelo no inverno, são um conjunto de factores que, unidos ao roçamento próprio da sua função, estragam literalmente a borracha, reduzindo o período de vida útil a um ano, como média e convertendo-as em inutilizáveis depois de 18 meses. A visibilidade que se exige a um automóvel segue a directiva europeia 78/318/CEE e as normas SAEJ 903C e ISO 9258. Estas são cada

vez mais exigentes e obrigam a ter uma superfície de limpeza de 100% do campo de visão do condutor e mais de 80% da superfície total do pára-brisas. Umas escovas com mais de ano e meio são perigosas para o condutor e seus acompanhantes. Por isso, recomenda-se a substituição das escovas limpa pára-brisas, pelo menos, a cada 15 meses. Há que ter em conta que a borracha das escovas desgasta-se com o uso, mas também devido às condições atmosféricas e ambientais (raios UV, Ozono, poluição do ar, etc.): fica ressequida, gretada e sem elasticidade. Muitas escovas já trazem incorporado indicador de desgaste. Trata-se de um elemento (no meio da armação da escova - habitualmente visível do lado do condutor) que indica ao condutor o estado de deterioração da escova limpa-vidros e permite ao condutor saber exactamente quando a deve substituir. O indicador de desgaste reage às mesmas condições atmosféricas que desgastam a borracha da escova limpa-vidros: raios UV, Ozono, poluição atmosférica, etc. Através

destes factores o indicador vai mudando de cor, normalmente passando de preto para amarelo, ao mesmo tempo que a escova se vai desgastando. Mas é importante que o condutor não se esqueça de activar este indicador de desgaste, caso contrário não vai funcionar: Aquando da montagem da escova basta remover simplesmente o autocolante protector. Outra mais-valia de algumas escovas é a pala que costumam incorporar, o que permite que a escova com o andar do carro e a pressão do vento limpe melhor. Podem custar um pouco mais mas merecem bem o investimento extra. Factor igualmente importante e pouco falado é a verificação da data de fabrico da escova na hora da compra, tal como deve ser feito com os pneus: o facto de ficarem muito tempo em stock retira qualidades à borracha. Deve evitar-se usar as escovas com o vidro seco, para não acelerar a deterioração da borracha. Accionar sempre o esguicho limpa vidros. Por último: Mesmo que não chova, o condutor deve usar regularmente as escovas para que elas não ganhem vício de posição.

www.anecra.pt

59


ESCOVAS

A OFERTA DE

ESCOVAS As escovas limpa pára-brisas têm sofrido uma grande evolução nos últimos anos, nomeadamente com soluções do tipo “FlatBlade”, compostos de borracha mais eficazes, adaptadores universais e poucas referências para grande cobertura do parque.

60

ANECRA Setembro 2011


TRICO TRICOTECH TRICOTech são escovas limpa pára-brisas de lâmina flexível. Características e vantagens: Proporciona pressão uniforme para uma limpeza superior, isto é, as escovas tradicionais têm somente 6 ou 8 pontos de pressão enquanto o número infinito de pontos de pressão da TRICOTech providencia uma pressão contínua ao longo do comprimento da escova; De fácil e rápida substituição; O Seu desenho permite o contacto com o vidro a diferentes velocidades; Excelente desempenho em todas as condições atmosféricas; Testadas para realizar mais de 1,5 milhões de ciclos; Oferece cobertura do parque automóvel de 96%.

VALEO SILENCIO A Escova limpa pára-brisas Silencio Flat Blade UM3 é extremamente silenciosa, capaz de proporcionar uma segurança de condução acrescida. Incorpora uma lâmina de borracha natural para maior flexibilidade e contacto optimizado com o vidro. Está revestida com um protector que a defende das agressões externas e que melhora o deslizamento e a suavidade durante o funcionamento. A performance de escova é maximizada pelo facto da pressão ser distribuída uniformemente ao longo de todo o comprimento da escova. O braço da escova não pintado e sem tratamento químico da superfície. Possui indicador de desgaste.

NWB A qualidade das escovas NWB, está espelhada no facto de a maioria os carros japoneses e algumas marcas europeias, adoptarem estas escovas como Equipamento Original. As escovas NWB mantêm-se em contacto com o vidro mesmo a altas velocidades. A remoção da água é feita de forma extremamente eficaz e o funcionamento é silencioso, devido à incorporação de compostos especiais. A fácil montagem e desmontagem das escovas NWB são outras das suas características. A Nippon Wiper Blade (NWB) é o maior fabricante mundial de escovas limpa pára brisas, braços e motores para escovas.

Sonicel | Tel: 214245345

Valeo Service Tel: 962552468

Sonicel | Tel: 214245345

BOSCH AEROTWIN A mais elevada qualidade de limpeza, mesmo em situações críticas e a velocidades mais elevadas. Máxima qualidade de limpeza devido à perfeita adaptação da guia flexível Evodium, projectada à medida, à respectiva viatura. Resultado de limpeza perfeito em cada ponto do vidro devido a uma distribuição uniforme da força e a um perfil aerodinamicamente melhorado. Ruídos aerodinâmicos mínimos devido a uma superfície de ataque aerodinâmica no limpa-vidros mais reduzida. Melhor aptidão para a utilização no Inverno dado que o gelo deixa de aderir aos aros metálicos e às articulações. Davasa | Tel: 214318130

DOGA OPTIMA PRO A linha OPTIMA PRO da Doga para veículos industriais, está desenhada para garantir um ótimo rendimento nas mais duras condições de trabalho. O perfil da borracha Heavy-Duty, de nova fórmula exclusiva de borracha 100% natural, permite uma maior durabilidade e suavidade de deslizamento. Além disso, sua estrutura metálica proporciona uma resistência ao desgaste e à corrosão necessárias nas mais extremas condições que acontecem nas atividades de um veículo industrial. A linha OPTIMA PRO tem 14 referências e cobre 98% dos modelos do atual parque de veículos industriais. A. Nascimento | Tel: 214689174

HELLA As escovas HELLA planas são a combinação ideal da forma e da função. Configuração elegante e extremamente plana, sem componentes articulados e em arco. Spoiler integrado e aerodinâmico. Força uniforme da pressão de contacto que evita pontas de desgaste, uma maior resistência contra insectos e sujidade. Mais conforto devido à ausência de ruído pelo vento. Aerodinamicamente desenhada, proporciona limpeza perfeita até mesmo a altas velocidades, graças ao contacto uniforme contra o limpa pára brisas. De fácil montagem graças ao adaptador universal pré-montado. Vida útil mais longa.

FLENNOR DELTA As novas escovas DELTA da Flennor possuem um adaptador universal, inovativo, para quase todos os modelos de viaturas, independentemente do ano de construção ou modelo. O cliente escolhe a escova somente pelo comprimento, sendo o adaptador sempre o mesmo. O adaptador universal Flennor cobre no total quatro tipos de ligação Toplock e Sidelock. Naturalmente as novas escovas DELTA da Flennor oferecem todas as vantagens de produto – já habituais da Flennor. O design aerodinâmico das flat blades por exemplo garante a adesão aerodinâmica em velocidades elevadas.

Helmuth Wittenburg Tel: 214824010

Marein Tel: 217163721

LUCAS A oferta de escovas limpa-vidros Lucas é formada por um leque de referências que cobrem as principais dimensões – 12 às 28 polegadas, distribuídas por escovas tradicionais, escovas com spoiler e escovas planas, que oferecem uma ampla cobertura do parque automóvel europeu. Em Junho deste ano, a TRW Automotive Portugal acrescentou, à sua oferta de escovas limpa-vidros Lucas, o novo modelo Sigma que aplica em diversos veículos japoneses. Como principais características o modelo Sigma apresenta um design de perfil reduzido e multi-curvatura, permitindo que a pressão seja distribuída uniformemente, reduzindo o ruído e as vibrações.

SWF DUOTEC+ VISIOFLEX Na gama SWF, destaque para a tecnologia Duotec+ que consiste na aplicação de materiais naturais e sintéticos na composição da borracha, aumentando assim a qualidade de limpeza e a vida útil das escovas. Trata-se de uma tecnologia que torna as escovas mais silenciosas ao mesmo tempo que garante a eficácia da limpeza sob as diferentes condições climatéricas. Outro factor de inovação está relacionado com a incorporação do indicador de desgaste. O programa Visioflex onde se aplica o conceito “FlatBlade” é a mais recente geração de escovas limpa-vidros sem estrutura metálica no topo da escova.

TRW Automotive Portugal Tel: 214228300

AZ Auto Tel: 219428000

www.anecra.pt

61


OPINIÃO

“Quem assumir, agora, uma posição de especialista em electrónica irá salvaguardar o seu futuro para os próximos 20 ou 30 anos”.

“A NECESSIDADE DE ESPECIALISTAS EM MECÂNICA IRÁ DIMINUIR” FRANÇOIS AUGNET, VICE-PRESIDENTE TRW AUTOMOTIVE AFTERMARKET

Curriculum vitae François Augnet é Vice Presidente da TRW Automotive Aftermarket, desde 2010, sendo responsável pelo controlo operacional dos negócios na Europa, Ásia Pacífico e América do Norte. Começou a sua carreira na companhia em França, o seu país Natal, na Lucas Diesel Systems, em 1991. É licenciado em marketing e comércio internacional pela Chambery Business School.

62 WWW.ANECRA.PT

“Os progressos tecnológicos geram, e continuarão a gerar, um aumento do número de referências a gerir, com volumes cada vez mais reduzidos por referência. A produção de menores volumes tem um elevado custo económico que tem de ser absorvido. Segundo as leis da economia, isto continuará a forçar os intervenientes da indústria a fundirem-se. Começa a tornar-se necessária uma formação mais profunda. Esta formação cada vez mais avançada terá de abranger soluções para as avarias electrónicas, mais do que as puramente mecânicas. A necessidade de especialistas em mecânica irá diminuir, forçando-os a receber formação contínua sobre as novas tecnologias. Um terceiro aspecto é o suporte das tecnologias de informação (TI). A rastreabilidade dos produtos e a necessidade de desenvolver e manter bases de dados centralizadas requerem ferramentas de TI mais sofisticadas e potentes, as quais terão de corresponder às necessidades dos vários níveis da cadeia de distribuição e reparação. Para os instaladores independentes, será difícil manterem-se generalistas; eles terão de escolher uma área de desenvolvimento e tornar-se especialistas. Para as oficinas independentes, há apenas uma certeza: enquanto que podem encontrar uma solução para manterem um certo tipo de independência, é óbvio que terão de se juntar a um grupo ou rede para terem acesso a formação, ferramentas, etc. A autonomia total não é, de todo, possível. É difícil prever o futuro, mas ele começa agora. Qualquer pessoa que assuma, agora, uma posição de especialista em electrónica irá salvaguardar o seu futuro para os próximos 20 ou 30 anos”.


FORMAÇÃO

Em Junho/Julho, a ANECRA iniciou 5 Acções de Formação ao abrigo do POPH – Programa Operacional do Potencial Humano, e concluiu 6 Acções de Formação, mais uma vez com Sucesso! Estão previstas para o último quadrimestre de 2011 mais 14 Acções de Formação.

Formação Profissional ANECRA

QUALIFICAR É CRESCER! Em Junho, a ANECRA concluiu na Póvoa do Varzim, na empresa AUTO S.M.V.FURTADO o curso de “Diagnóstico Reparação em Sistemas Antipoluição/Sobrealimentação”, com o Formador Eng. José Mota. Concluiu, ainda, em Santo Tirso, na empresa FRANCISCO FERREIRA o Curso de “Atendimento e Venda Presencial” com os formadores Danuta Kondek e Bruno Teixeira. Nas instalações da ANECRA no Porto terminou o curso de “Técnicas de Vendas e Negociação”. Em Penafiel, na empresa MAXIMINO ELECTRICISTA AUTO LDA a ANECRA desenvol-

64

ANECRA Setembro 2011

veu o Curso de “Motores – Diagnóstico de Avarias/Informação Técnica”. Este curso foi dinamizado pelo formador Alberto Correia e contou com 15 formandos. Concluiu, ainda, em Junho na delegação de Leiria, o Curso “Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho” ministrado pela Dra. Ana Cristina Dionísio Penedo. Estiveram presentes neste curso 10 formandos, tendo o curso decorrido às terças e quintas-feiras, em pós laboral, até 26 de Maio. Na Sertã na empresa AMPESER, a ANECRA terminou o Curso de “Diagnóstico e Reparação em Sistemas de Injecção Diesel”, com 14 Formandos. Em Torres Vedras, entre 20 de Junho e 8 de Julho, decorreu na empresa TOITORRES Auto-

móveis S.A o Curso de “Diagnóstico e Reparação em Sistemas de Injecção Diesel”, ministrado pelo Formador Rafael João Ramos Borrego. Desenvolveu na empresa PRIMAGAMA COM. AUTOM. LDA, em Aveiro, o Curso de Motores - Diagnóstico de Avarias/Informação Técnica” com 13 formandos. Na Região do Alentejo, concluiu o Curso de “Sistemas de Climatização” que decorreu na empresa PARTÍCULAS DO FUTURO e desenvolveu em Beja na empresa JOSÉ CÂNDIDO CHÌCHARO & Fº Lda o curso de “Diagnóstico e Reparação em Sistemas Antipoluição/Sobrealimentação” que contou com 12 formandos. Patrícia Paz Gabinete para a Qualificação


A actividade formativa da ANECRA está acreditada pela Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT). Presentemente o Plano de Formação da ANECRA é co-financiado pelo POPH - PROGRAMA OPERACIONAL DO POTENCIAL HUMANO, inserido no QREN. No final dos cursos, os participantes com assiduidade e aproveitamento recebem um Certi-

ficado de Qualificações, válido para o cumprimento do número mínimo de 35 horas anuais de formação certificada, de acordo com o Código do Trabalho. A ANECRA elabora também programas de formação “à medida” das necessidades das empresas associadas, ajustando a sua proposta de formação às competências que se pretendem desenvolver.

PLANO DE FORMAÇÃO 2011 NORTE Duração

Início

Fim

Dias

Horário

03-Out-11

20-Out-11

2ª a 6ª

19-23

BRAGA 50

ORÇAMENTAÇÃO DE COLISÃO/TEMPÁRIOS E TARIFÁRIOS

PORTO DIAGNÓSTICO E REPARAÇÃO EM DIRECÇÃO SUSPENSÃO

50

20-Set-11

07-Out-11

2ª a 6ª

19-23

FUNÇÃO PESSOAL–LEGISLAÇÃO LABORAL

25

11-Out-11

08-Nov-11

3ª e 5ª

19-22

20-Set-11

07-Out-11

2ª a 6ª

19-23

21-Nov-11

13-Dez-11

2ª a 6ª

19-23

10-Out-11

18-Out-11

2ª a 6ª

19-23

03-Out-11

20-Out-11

2ª a 6ª

19-23

10-Out-11

18-Out-11

2ª a 6ª

19-23

26-Set-11

13-Out-11

2ª a 6ª

19-23

12-Nov-11

18-Nov-11

2ª a 6ª

19-23

02-Nov-11

18-Nov-11

2ª a 6ª

19-23

21-Nov-11

29-Nov-11

2ª a 6ª

19-23

CENTRO ALBERGARIA-a-VELHA 25

SISTEMAS MULTIPLEXADOS

COIMBRA 50

MOTORES–DIAGNÓSTICO DE AVARIAS/INFORMAÇÃO TÉCNICA

FUNDÃO 25

SISTEMAS MULTIPLEXADOS

OLIVEIRA DE FRADES 50

DIAG. E REPARAÇÃO DE SIST. DE DIRECÇÃO E SUSPENSÃO

POMBAL 25

SISTEMAS MULTIPLEXADOS

ALENTEJO BEJA 50

DIAGNÓSTICO E REP. EM SISTEMAS DE INJECÇÃO DIESEL

ELVAS 25

SISTEMAS MULTIPLEXADOS

ÉVORA DIAGNÓSTICO E REP. EM SISTEMAS DE IGNIÇÃO E INJECÇÃO ELECTRÓNICA DE MOTORES A GASOLINA

50

PORTALEGRE 25

SISTEMAS MULTIPLEXADOS

SANTARÉM DIAGNÓSTICO E REP. EM SISTEMAS DE IGNIÇÃO E INJECÇÃO ELECTRÓNICA DE MOTORES A GASOLINA

50

10-Out-11

26-Out-11

2ª a 6ª

19-23

SISTEMAS MULTIPLEXADOS

25

26-Out-11

04-Nov-11

2ª a 6ª

19-23

14-Nov-11

30-Nov-11

2ª a 6ª

19-23

ALGARVE LOULÉ ORÇAMENTAÇÃO DE COLISÃO/TEMPARIOS E TARIFÁRIO

PARTICIPANTES DO CURSO DE “DIAGNÓSTICO E REPARAÇÃO EM SISTEMAS ANTIPOLUIÇÃO/ SOBREALIMENTAÇÃO” REALIZADO NA EMPRESA AUTO S.M.V.FURTADO NA PÓVOA DO VARZIM.

50

FORMANDOS DO CURSO DE “MOTORES – DIAGNÓSTICO DE AVARIAS/INFORMAÇÃO TÉCNICA”, REALIZADO EM PENAFIEL NA EMPRESA MAXIMINO ELECTRICISTA AUTO LDA.

www.anecra.pt

65


CORREIO DO ASSOCIAD0

EMPRESA ASSOCIADA: Qual o Procedimento adequado para procedermos à extinção do posto de trabalho de um trabalhador da empresa? GABINETE JURÍDICO: A extinção do posto de trabalho de um trabalhador pode ocorrer por despedimento por iniciativa do empregador ou resultar de acordo de cessação de contrato de trabalho. Porém, o despedimento por extinção do posto de trabalho, promovido pelo empregador deverá resultar de motivos de mercado, estruturais ou tecnológicos, relativos à empresa e só pode ter lugar desde que se verifiquem, os seguintes requisitos, previstos no artigo 368.º do Código do Trabalho: - Os motivos indicados não sejam devidos a conduta culposa do empregador ou do trabalhador; - Seja praticamente impossível a subsistência da relação de trabalho; - Não existam na empresa, contratos de trabalho a termo para tarefas correspondentes às do posto de trabalho extinto; - Não seja aplicável o despedimento colectivo. Havendo na secção ou estrutura equivalente uma pluralidade de postos de trabalho de conteúdo funcional idêntico, para concretização do posto de trabalho a extinguir, o empregador deve ainda observar, por referência aos respectivos titulares, a seguinte ordem de critérios: a) Menor antiguidade no posto de trabalho; b) Menor antiguidade na categoria profissional; c) Classe inferior da mesma categoria profissional; d) Menor antiguidade na empresa. O trabalhador que, nos três meses anteriores ao início do procedimento para despedimento, tenha sido transferido para posto de trabalho que venha a ser extinto, tem direito a ser reafectado ao posto de trabalho anterior caso ainda exista, com a mesma retribuição base.

Acresce referir, que para efeitos de determinação do requisito constante da alínea b) do nº 2 do artigo 368º do Código do Trabalho “seja praticamente impossível a subsistência da relação de trabalho” torna-se exigível, nos termos do nº 4 do mesmo preceito legal que o empregador não disponha de outro posto de trabalho compatível, com a categoria profissional do trabalhador. Considera-se que a subsistência da relação de trabalho “é praticamente impossível” quando o empregador não disponha de outro compatível com a categoria profissional do trabalhador.  Por outro lado, o artigo 368º impõe ainda que o despedimento por extinção do posto de trabalho só possa ter lugar desde que, até ao termo do prazo de aviso prévio, seja posta à disposição do trabalhador a compensação devida, bem como os créditos vencidos e os exigíveis por efeito da cessação do contrato de trabalho. O despedimento por extinção do posto de trabalho, encontra-se sujeito a um processo específico de comunicações e procedimentos, bem como, ao cumprimento de prazos de aviso prévio, a determinar em função de cada situação concreta e, ainda, depende de um processo de consulta a representantes sindicais que poderão solicitar à Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), uma intervenção inspectiva no sentido de determinar a verificação dos requisitos legais. O empregador encontra-se ainda obrigado a comunicar à ACT, a decisão de despedimento por extinção do posto de trabalho que terá uma intervenção no processo.

EMPRESA ASSOCIADA: Os trabalhadores têm direito a 22 ou 25 dias de férias? Alguns trabalhadores já gozaram os 22 dias e ao regressar de férias invocam o direito a mais 3 dias. Terão esse direito? GABINETE JURÍDICO: O direito a férias encontra-se consagrado no CCTV e no Código do trabalho, o qual estanbelce nos seus artigos 237º e 238º que o trabalhador tem direito, em cada ano civil, a um período de férias retribuídas que se vence em 1 de Janeiro e que tem a duração mínima de 22 dias úteis. Para que a duração do período de férias seja aumentada por efeito da assiduidade do trabalhador, até ao máximo de 25 dias úteis por ano, é necessário que no ano a que se reporta o direito a férias, ou seja, no caso em apreço,

2010, visto tratar-se do ano anterior àquele em que vai ser gozado o período de férias – o trabalhador não tenha faltado injustificadamente ou na eventualidade de ter apenas faltas justificadas, nos seguintes termos: Três dias de férias até ao máximo de uma falta ou dois meios-dias, Dois dias de férias até ao máximo de duas faltas ou quatro meios-dias, Um dia de férias até ao máximo de três faltas ou seis meios-dias.

Para além do despedimento por extinção do posto de trabalho, poderá ainda ocorrer a extinção do posto de trabalho, no âmbito de uma revogação de contrato de trabalho, o qual pressupõe acordo entre ambas as partes, no sentido de fazer cessar a relação de trabalho. Verificam-se ainda situações, em que o acordo de cessação de contrato de trabalho é fundamentado através dos motivos que permitem o recurso ao despedimento colectivo, designadamente, motivos de mercado, estruturais ou tecnológicos ou, igualmente na extinção de posto de trabalho nos termos constantes do artigo 359º do Código do Trabalho e dando cumprimento aos requisitos impostos para o despedimento por extinção do posto de trabalho, nos termos previstos no artigo 368º do Código do Trabalho. Acresce que a atribuição de subsídio de desemprego nos termos previstos nos artigos 9º e 10º do Decreto-Lei nº 220/2006, de 3 de Novembro, depende da verificação dos requisitos legais constantes da referida legislação, o que implica que o direito ao subsídio de desemprego apenas é conferido às cessações do contrato de trabalho, fundamentadas nos mncionados motivos, tendo em conta a dimensão da empresa e o número de trabalhadores abrangidos, nos termos seguintes: - Nas empresas que empreguem até 250 trabalhadores, são consideradas as cessações de contrato de trabalho até três trabalhadores inclusive ou até 25% do quadro de pessoal, em cada triénio; - Nas empresas que empreguem mais de 250 trabalhadores, são consideradas as cessações de contrato de trabalho até 62 trabalhadores inclusive, ou até 20% do quadro de pessoal, com um limite máximo de 80 trabalhadores em cada triénio.

Nesta medida, a duração das férias e respectivo aumento para além dos 22 dias úteis, encontra-se condicionada pela assiduidade do trabalhador, pelo que importa saber quais as ausências que não prejudicam este direito, ou seja, quais as situações em que não existe prestação do trabalho sem que tal implique prejuízo para efeitos de majoração das férias. São ainda consideradas para efeitos do direito à majoração, como período de trabalho efectivo, nos termos doa artigo 238º nº 4 do Código do Trabalho, licenças gozadas no âmbito da protecção na parentalidade. Gabinete Jurídico Isabel Figueira

PUB

Tudo para o seu jardim

www.hortodocampogrande.com PUB_HCG_rodape_ANECRA_30set11.indd 1

9/30/11 2:55:17 PM


sd

go

de

ntes de volassa Bima

ra

2 1 s l mi hõe

de

SAC HS

ricou m fab ai s já

e 19 9 9 at é

a

O Volante Bimassa é a solução perfeita

para aumentar o conforto! Cada vez mais as expectativas dos condutores aumentam no que respeita á redução de ruídos e a suavidade de condução. Os Volantes Bimassa SACHS cumprem com os requerimentos de transmissão de vibrações determinados pelos fabricantes de veículos. Vantagens dos Volantes Bimassa SACHS: • Eliminação das vibrações do motor. • Poupança de combustível mediante regimes de revoluções mais baixos. • Permite diminuir o regime de revoluções ao ralentí. • Redução de ruídos. • Maior conforto de condução. • Protege a caixa de velocidades e outros componentes (silentblocks, suportes, etc.)

www.zf.com/pt

www.anecra.pt

67


68

ANECRA Setembro 2011


Anecra Revista Nº 292 Outubro 2011