Page 1

SEMANA SANTA

Matriz Nossa Senhora de Lourdes prepara uma grande programação para os vespasianenses durante a Semana Santa. Página 5

FASEH realiza treinamento para socorro a múltiplas vítimas O simulado de emergência foi realizado, na avenida Dr. Ari Teixeira, no centro da cidade. O local virou cenário de um treinamento de socorro a múltiplas vítimas de um acidente de trânsito com quatro veículos, com a participação de cerca de 500 pessoas. O evento promovido pela Faculdade da Saúde e Ecologia Humana – FASEH – foi o maior desse tipo, já realizado em Minas (com 50 vítimas), inédito na cidade e teve como objetivo preparar estudantes, profissionais de saúde e comunidade em geral para a reação apropriada, diante de eventualidades como estas. Página 6

Prevenção diária é o segredo para Rotary Club homenageia prefeita Ilce eliminar o mosquito Aedes Aegypti Rocha e Jornal Tribuna das Gerais No último dia 1º de abril, o Rotary Club de Vespasiano promoveu uma reunião festiva para homenagear a prefeita de Vespasiano Ilce Alves Rocha Perdigão, como mulher destaque

A Prefeitura de Vespasiano realizou, no dia 11 de abril, o Dia D de Mobilização Social para combate à Dengue, Zika e Chikungunya. O evento teve a participação de toda equipe da Secretaria de Saúde, Polícia Militar, toda rede de ensi-

no de Vespasiano, comércio e empresas locais. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade não sofre epidemia, mas deixar a casa limpa e eliminar a água parada é primordial para evitar a proliferação do mosquito. Página 4

de 2019, bem como o Jornal Tribuna das Gerais como empresa destaque do ano, pelos Relevantes Serviços Prestados à Comunidade. Página 12


O significado da Semana Santa para os católicos

Cristo Salvador e semeia o amor, a paz e o perdão entre os homens. A semana é marcada, para os católicos, por diversas celebrações:

EDITORIAL

AURELIO SALLES

A Semana Santa é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. Ela se inicia no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus, que ocorre no Domingo de Páscoa. As pessoas acolhem Jesus espalhando as roupas pelo chão, fazendo como que um grande tapete real. Outras, cortam ramos para aclamá-lo com as boas-vindas. São Lucas descreve esta cena de um modo emocionante: “Quando já se ia aproximando da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, tomada de alegria, começou a louvar a Deus em altas vozes, por todas as maravilhas que tinha visto. E dizia: Bendito o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória no mais alto dos céus! (Lc 19,37-38). Para os cristãos a data tem um significado ainda maior. Páscoa é um tempo de luz. Não é apenas uma data, mas um acontecimento que deve ser colocado em prática em todos os momentos de nossas vidas. Marca o renascimento do

Quinta-feira Santa Celebramos a Instituição do Sacramento da Eucaristia. Jesus, desejoso de deixar aos homens um sinal da sua presença antes de morrer, instituiu a Eucaristia. Na Quinta-feira Santa, destacamos dois grandes acontecimentos: Bênção dos Santos Óleos Não se sabe com precisão, como e quando teve início a bênção conjunta dos três óleos litúrgicos. Óleo do Crisma – Uma mistura de óleo e bálsamo, significando a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Óleo dos Catecúmenos – Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. Óleo dos Enfermos – É usado no sacramento dos enfermos, conhe-

cido erroneamente como “extrema unção”. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus.

Instituição da Eucaristia e Cerimônia do Lava-pés Com a missa da ceia do Senhor, celebrada na tarde de quinta-feira, a Igreja dá início ao chamado Tríduo Pascal e comemora a Última Ceia, na qual Jesus Cristo, na noite em que vai ser entregue, ofereceu a Deus Pai o seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou para os Apóstolos para que os tomassem, mandando-lhes também oferecer aos seus sucessores. Nesta missa faz-se, portanto, a memória da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Durante a missa ocorre a cerimônia do Lava-Pés que lembra o gesto de Jesus na Última Ceia, quando lavou os pés dos seus apóstolos. O sermão desta missa é conhecido como sermão do Mandato ou do Novo Mandamento e fala sobre a caridade ensinada e recomendada por Jesus Cristo. No final da Missa, faz-se a chamada Procissão do Translado do Santíssimo Sacramento ao altar-mor da igreja para uma capela, onde se tem o costume de fazer a adoração do Santíssimo durante toda a noite. Sexta-feira Santa Celebra-se a paixão e morte de Jesus Cristo. O silêncio, o jejum e a oração devem marcar este dia que, ao contrário do que muitos pensam, não deve ser vivido em clima de luto, mas de profundo respeito diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna. Às 15 horas, horário em que Jesus foi morto, é celebrada a principal cerimônia do dia: a Paixão do Senhor. Ela consta de três partes: liturgia da Palavra, adoração da cruz e comunhão eucarística. Depois deste momento não há mais comunhão eucarística até que seja realizada a celebração da Páscoa, no Sábado Santo. Sábado Santo No Sábado Santo ou Sábado de Aleluia, a principal celebração é a “Vigília Pascal”.

2

Vigília Pascal Inicia-se na noite do Sábado Santo em memória da noite santa da ressurreição gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo. É a chamada “a mãe de todas as santas vigílias”, porque a Igreja mantém-se de vigília à espera da vitória do Senhor sobre a morte. Cinco elementos compõem a liturgia da Vigília Pascal: a bênção do fogo novo e do círio pascal; a proclamação da Páscoa, que é um canto de júbilo anunciando a Ressurreição do Senhor; a liturgia da Palavra, que é uma série de leituras sobre a história da Salvação; a renovação das promessas do Batismo e, por fim, a liturgia eucarística. Domingo de Páscoa A palavra “páscoa” vem do hebreu “Peseach” e significa “passagem”. Era vivamente comemorada pelos judeus do Antigo Testamento. A Páscoa que eles comemoram é a passagem do mar Vermelho, que ocorreu muitos anos antes de Cristo, quando Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito, onde era escravo. Chegando às margens do Mar Vermelho, os judeus, perseguidos pelos exércitos do faraó teriam de atravessá-lo às pressas. Guiado por Deus, Moisés levantou seu bastão e as ondas se abriram, formando duas paredes de água, que ladeavam um corredor enxuto, por onde o povo passou. Jesus também festejava a Páscoa. Foi o que Ele fez ao cear com seus discípulos. Condenado à morte na cruz e sepultado, ressuscitou três dias após, num domingo, logo depois da Páscoa judaica. A ressurreição de Jesus Cristo é o ponto central e mais importante da fé cristã. Através da sua ressurreição, Jesus prova que a morte não é o fim e que Ele é verdadeiramente o Filho de Deus. O temor dos discípulos em razão da morte de Jesus, na Sexta-Feira, transforma-se em esperança e júbilo. É a partir deste momento que eles adquirem força para continuar anunciando a mensagem do Senhor. São celebradas missas festivas durante todo o domingo.

Fontes: Canção Nova e Encontro com Cristo. Jornalista, Consultor de Marketing Político e Pesquisa de Opinião, Pósgraduado em Gestão Estratégica de Marketing, Marketing Político e Pesquisa de Opinião e Mestrando em Comunicação.

Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057


Prefeitura de Vespasiano entrega 17 mil kits escolares para alunos da Rede Pública Municipal Mesmo com tantas dificuldades financeiras enfrentadas em 2018 e 2019 a Prefeitura de Vespasiano, através da Secretaria de Educação, não mediu esforços para entregar, assim como o ano passado, um kit escolar para os 16.831 mil alunos das 42 unidades da Rede Municipal de Ensino. O início da entrega dos kits escolares, realizada pela Prefeita Ilce Rocha e pela Secretária de Educação, Laís de Castro Brant, aconteceu no sábado, 30 de março, na Escola

Municipal Elza Maria Drumond Toledo, no Bairro Caieiras. A comunidade escolar compareceu para receber o kit, que este ano contém os seguintes materiais: lápis de cor, lápis de escrita, borracha, cadernos brochurão sem e com pauta, caderno Alibombom, cadernos espiral, caneta esferográfica e régua, que foi entregue de acordo com a faixa etária e a série de cada aluno. De acordo com a Prefeita Ilce Rocha, a falta de emprego de muitos pais

e as dificuldades vividas pelas famílias foi um dos fatores que levou a Prefeitura de Vespasiano fazer o kit escolar. “Como educadora vi que muitas famílias, infelizmente, não poderiam comprar material escolar para seus filhos. Então, juntamente com a Secretaria de Educação fizermos o kit escolar desde o ano passado. Este ano, infelizmente, pela falta de recursos tivemos que fazer um kit menor, apenas com os itens básicos, mas temos certeza que ele vai continuar ajudando no orçamento es-

colar de muitas famílias”, falou Ilce. Para a Secretária de Educação, Laís de Castro Brant, os professores gostaram muito da distribuição dos kits escolares em 2018. “Na Abertura do Ano Letivo com os professores, eles falaram da importância do kit escolar para os alunos e suas famílias e da qualidade dos mesmos. Além disso, aproveitamos para esclarecer sobre o início do ano letivo que foi adiado devido a falta de repasses do governo federal”, esclareceu a Secretária.

Faseh.edu.br

Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057

3


Prefeitura de Vespasiano realiza Dia D de Combate ao Aedes Aegypti Na última quinta-feira, 11 de abril, a Prefeitura de Vespasiano, através da Secretaria de Saúde, realizou em todo o município o Dia D de Mobilização Social e Combate à Dengue, Zika e Chikungunya. A equipe da Secretaria de Saúde promoveu diversas ações de conscientização através de blitz educativas e distribuição de informativos. Em todas as ações foi pedido o apoio de toda a população vespasianense no combate ao mosquito. O movimento de combate ao Aedes Aegypti

aconteceu nas ruas, comércio, escolas públicas e particulares, empresas, faculdades, órgãos públicos e unidades de saúde de toda a cidade. A Prefeita de Vespasiano, Ilce Rocha, ressaltou a importância que o cidadão tem na prevenção ao Aedes Aegypti. “O cidadão tem que fazer a sua parte constantemente. Manter o quintal de casa limpo, longe da sujeira e do acúmulo de água é de extrema importância para a eliminação de vez dos focos do mosquito”, afirmou Ilce.

Moradores dos bairros Caieiras e Morro Alto recebem escrituras Na quarta-feira, dia 27 de março, o Auditório da Prefeitura de Vespasiano foi o palco para a entrega das escrituras para 43 famílias dos bairros Caieiras e Morro Alto. Essas famílias receberam a escritura definitiva de seus imóveis e isso só foi possível devido à realização de uma parceria entre a Prefeitura de Vespasiano, o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, através do CEJUSC, a COHAB Minas e a Faseh. Para a Prefeita Ilce Rocha, é uma felicidade sem tamanho estar participando deste momento importante da vida dessas 43 famílias. “Receber a escritura de sua casa é a maior vitória da vida de uma pessoa. Sabemos o quão difícil é manter tudo em dia diante da crise e do desemprego, por isso todos vocês que estão aqui hoje são vitoriosos, pois, com toda dificuldade estão recebendo a escritura definitiva do maior bem do ser humano, a casa própria”, ressaltou a Prefeita. A felicidade estava estampada no rosto da Auxiliar de Cozinha, Ieda Raimundo de Carvalho, moradora do Bairro Caieiras. “Pedi muito à Deus por este momento! São mais de 20 anos pagan-

4

do é a realização do sonho de uma vida inteira! Estou muito feliz!!!”, disse ela. Outra que a felicidade saltou os olhos foi da Dona de Casa, Neide Gomes Damasceno, moradora do Bairro Morro Alto. “Foram mais de 30 anos pagando pela realização do sonho da casa própria e hoje a felicidade não cabe em mim! Fizemos muitos sacrifícios para conquistar a casa própria”, falou Neide.

O Secretário Municipal de Saúde, Dr. Luiz Felipe Caram, salientou que a maior dificuldade no combate ao mosquito é dentro das casas. “O cidadão precisa abrir as portas de suas casas para os agentes de saúde. Nossos agentes estão sempre uniformizados e de crachá, a fim de se identificarem. A saúde se faz com ações e é responsabilidade de todos combater o Aedes Aegypti”, esclareceu ele. De acordo com o Diretor Municipal de Vigilância em saúde, Marce-

VARIEDADES

DR. ILDEU FERREIRA(YDU)

O Arqueiro e a palavra Uma vez que tenha o ARQUEIRO retesado o seu Arco, e, ato contínuo, optado por desferir a ansiosa Flecha, veremos que para tal Arqueiro já não será mais possível parar, nem desviar a ferina Seta, que originariamente representa a Vontade e a Ação do Arqueiro; também, não há como influir no resultado imediato da ação projetada, impulsionada, então executada. O Vento. provocado pelas ondas mentais... envolvendo certos elementos da Mãe Natureza... bem como o Desejo e o Pensamento... por mais bem intencionados que sejam, certamente, não poderá retardar ou mudar o curso (ou rumo) da história, imediatamente, pois o fato já existe. Teórica e praticamente colocando, a Flecha, uma vez desferida, por um Arqueiro impulsivo ou não, é uma Arma letal, capaz de salvar uma pessoa, enquanto mata outra; isso vai depender do Alvo eventualmente posicionado. Assim, segundo as Leis naturais exis-

lo Alcântara, o município de Vespasiano não vive uma epidemia, como em outras cidades, mas é preciso intensificar o trabalho de prevenção. “Foram notificados em Vespasiano 211 casos de Dengue e nenhuma notificação de Zika e Chikungunya. Dessas 211 notificações, 11 casos de Dengue foram confirmados. Contamos com o apoio do vespasianense para continuarmos combatendo, diariamente, o mosquito Aedes Aegypti”, finalizou.

tentes neste plano, onde hoje vibramos (planeta terra), o Arqueiro, ainda que se arrependa, já não poderá mais voltar atrás – haja vista que a Flecha não é um Bumerangue, que, uma vez lançado, sempre volta, naturalmente. Quero, com esta breve exposição verbal, dizer aos leitores: O Arco bem que pode ser a nossa consciência (nem sempre humana, infelizmente); enquanto a Flecha pode ser considerada como cada Palavra que proferimos, diuturnamente; lembrando que a Seta, envenenada ou não, é capaz de ferir a Alma e o Coração de alguém; destruindo Sonhos, desfazendo “Laços de Amizade”, alterando ou influindo nas relações, em qualquer comunidade, sendo também capaz de favorecer uma nação, pragmática e essencialmente falando. Se quisermos ser realmente éticos, enquanto pessoas livres e de bons costumes, mister se faz policiar o verbo, ou seja, as nossas palavras. Deliberando as melhores condutas morais e sociais; em qualquer ambiente, circunstâncias, contextos, etc. Quer estejamos entre os membros de nossa família e/ou no recesso do sagrado lar; senão, operando profissionalmente em campos diversos, no convívio social, diuturnamente. Como observador, em certa encruzilhada, tempos atrás, percebi que a IMPARCIALIDADE é uma notável condição que nos leva ao conhecimento e a prática da verdadeira justiça, da relativa verdade – mais aceitável –, segundo o direito inerente à cada cidadão (ã), resguardando a nossa dignidade, bem como o potencial de cada semelhante. Reconheci, também, que o respeito e a lealdade acima de tudo são temperos essenciais para uma harmoniosa convivência humana. Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057


Dia15 de abril – Segunda-feira Santa Senhor dos Passos 17h- Confissões individuais na Matriz com o Pe. Chagas e Pe. Gilvan Visita enfermos: Pe. Ademir -Pe. LauroPe. Iris Bênção de Residências- Diáconos João Francisco, Fernando Cardoso, Carlos Roberto e Equipe de Ministros Extraordinários da Eucaristia 19h– Missa na Matriz- Presidente: Pe. Gilvan Em seguida: Procissão do Senhor dos Passos 1º Passo: Casa de Nizete Fonseca Rua Ary Teixeira Nº 261 2ºPasso: Casa de Neide Issa - Rua Ary Teixeira Nº 330 3ºPasso: Casa Nilce Fonseca -Rua Ary Teixeira Nº 395 4ºPasso: Casa de Maria Amanda Fonseca Rua Ary Teixeira, N° 420 5ºPasso: Casa de Terezinha FonsecaRua Ary Teixeira Nº 531 6ºPasso: Casa de Terezinha Cunha Rua Ary Teixeira,Nº 550 7ºPasso: Casa de Expedita Maria de São Miguel - Rua Ary Teixeira Nº 770. Trajeto: Rua Nossa Senhora de Lourdes, Rua Antônio Silva, Rua Dr. Ary Teixeira Responsáveis: Terço dos homens Dia16 de abril – Terça-feira Santa Nossa Senhora das Dores 17h- Confissões individuais na Matriz com Pe. Chagas e Pe. Iris Visita a enfermos : Pe. Ademir e Pe. Lauro Bênção de Residências- Diáconos João Francisco, Fernando Cardoso, Carlos Roberto e Equipe de Ministros Extraordinários da Eucaristia 19h – Missa na Matriz – Presidente: Pe. Ademir Responsáveis:Movimento da Sagrada Face e Mãe Rainha Dia17 de abril- Quarta-feira Santa 17h- Confissões individuais na Matriz com Pe. Chagas e Iris Bênção de Residências- Diáconos João Francisco, Fernando Cardoso, Carlos Roberto e Equipe de Ministros

Extraordinários da Eucaristia 19h – Missa no Santuário Santo IsidroNossa Senhora das Dores- e procissão Trajeto: Rua São Sebastião,Praça da Matriz- Presidente: Pe. Chagas Responsáveis: Apostolado da Oração (mulheres), Vicentinos (consócias vicentinas), RCC (mulheres) 19h – Missa no Adro da Capela N.Sra. Perpétuo Socorro- Senhor dos Passos - e procissão – Rua Dr. Ary Teixeira, Rua Antônio Silva, Praça da MatrizPresidente: Pe. Iris Responsáveis: RCC e APOSTOLADO DA ORAÇÃO ( homens) Na chegada das procissões: Sermão do Encontro – Praça da Matriz Dia18 de abril – Quinta-feira Santa Celebração Solene da Ceia do Senhor (Lava pés) 09h – Missa da Unidade no Mineirinho (ônibus especiais- saindo 7:30 EM PONTO da Praça da Matriz) 17h- Confissões individuais na Matriz – Pe. Gilvan e Pe. Iris Bênção de Residências- Diáconos João Francisco, Fernando Cardoso, Carlos Roberto e Equipe de Ministros Extraordinários da Eucaristia Visita aos enfermos : Pe. Ademir e Pe. Lauro 19h- Missa solene da Ceia do Senhor – São Judas Tadeu 19h - Missa solene da Ceia do SenhorSão João Batista 19h- Missa solene da Ceia do SenhorNossa Senhora do Amparo 19h - Missa solene da Ceia do Senhor – Matriz Após a Missa da Matriz – Vigília Eucarística ( Adoração) Escala das pastorais e movimentos para adoração: 21h- Pastoral da Família 22h– Renovação Carismática Católica 23h– Terço dos Homens 00h- Seria encerramento - Excepcionalmente este ano haverá adoração de 00h às 06 da manhã por solicitação e responsabilidade do Grupo JEM ( Jovens em Missão ) e pais responsáveis por acompanhar os jovens e participação

dos membros do Teatro Paroquial. 06h – Apostolado da Oração 07h – Movimento da Mãe Rainha e Movimento da Sagrada Face 08h- Pastorais Sociais (Idosos, Fé e Política, ASPAV, Vicentinos, Carcerária) 09h – Grupos de Círculos Bíblicos e de Terço, Pastoral das Visitas 10h – Catequistas e Crianças da Catequese e Acólitos (Coroinhas)e Pastoral da Criança (até 10:45) 10h45–Equipe de Liturgia: corais, texto, cerimonial, leitores, comentaristas,acolhida, Patrimônio e Ornamentação- PASCOM (Jornal, rádio, entregadores de rua, site) ( Adoração silenciosa por causa da Paixão de Cristo para as Crianças) 12h às 13:30 -Hora santa especial pelo Brasil- Paroquianos em geral 13h30– Ministros Extraordinários da Eucaristia 14h30- Encerramento Dia19 de abril– Sexta-feira Santa e da Paixão do Senhor Pela manhã (horário a cargo das Comunidades) - Via Sacra da Fraternidade em todas as Comunidades Responsáveis: Grupo dos Seis 11h- Ação Litúrgica especial para Crianças na Matriz Responsável:Catequese Paroquial 15h- Matriz-Celebração da Paixão do Senhor 15h–Nossa Senhora do AmparoCelebração da Paixão do Senhor 15h – São Francisco de Assis – Celebração da Paixão do Senhor 18h- Confissões individuais na Matriz 19h- Praça da Matriz: - Encenação da Paixão e Morte do Senhor- Grupo de Teatro Paroquial - Pregação e descendimento da Cruz - Procissão do Senhor Morto Trajeto:Rua São Sebastião, Rua São Vicente, Av. Thales Chagas, Rua Santa Luzia, Rua São Sebastião, Rua Santo Antônio, Rua Emílio Vasconcelos, Praça da Matriz Dia 20 de abril – Sábado SantoSolene Vigília Pascal 17h às 19h- Confissões individuais na Matriz( a confirmar nos avisos de sexta-

feira Santa) 19h- Confissão Comunitária em geral (adultos e jovens) na Matriz 20h – Matriz- Celebração da Vigília Pascal 20h– São João Batista- Celebração da Vigília Pascal 20h- São Francisco- Celebração da Vigília Pascal Dia 21 de abril – Domingo da Ressurreição do Senhor - Páscoa ( obs: não haverá missa às 7:30) 09h –Matriz- Missa e batizados (especial para crianças) 10:30- Missa na Comunidade São Vicente de Paulo( Angicos) 18h30 –Procissão do Triunfo e Missa –Com. Nossa Senhora do Amparo Início da procissão: Casa de Casa de Otacílio e Carminha na Rua Nossa Senhora da Conceição , Nº 223 - Bairro Imperial Trajeto da Procissão:Rua Nossa Senhora da Conceição, Rua Santa Rita, Rua Nossa Senhora do Perpétuo Socorro/Igreja Nossa Senhora do Amparo. 18h30- São João Batista- Procissão do Triunfo e Missa Início da Procissão:Casa de Margareth Barros e Eduardo Scarmato- Rua Rio de Janeiro,638 Trajeto: Rua Rio de Janeiro,Rua Paraná / Igreja São João Batista- Célvia 18:30- São Francisco de Assis Início da Procissão:Casa de Lia do Coral – Avenida Hum Nº 218 - Caieiras Trajeto da Procissão: Avenida Hum, Rua Valtério de Araújo Valle/ Igreja São Francisco de Assis no Caieiras 18h30- Matriz- Procissão do Triunfo de Nossa Senhora e Missa Início da Procissão: Santuário Santo Isidro Trajeto da Procissão:Rua Dr. José Cândido, Rua Emílio Vasconcelos, Praça da Matriz. Em seguida: Missa solene de encerramento da Semana Santa

Fomos criados para a máxima Felicidade

CANTINHO DA REFLEXÃO

MONSENHOR JONAS ABIB Estamos apenas de passagem nesta terra, como turistas que visitam Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057

um lugar. Porém, esse pequeno tempo que passamos aqui deve ser bem vivido, pois é de nossas ações que o Senhor tira a matéria-prima para construir a nossa morada no Céu. E ela não será somente para nós, mas para toda a nossa família. Por isso vale a pena todo esforço, suor, toda luta e lágrimas derramadas. Você combate por si e por todos eles! No tempo de uma enfermidade, o meu relacionamento com Deus foi terrível. Eu estava num vazio enorme,

apesar de não ter parado de orar. Mesmo sem sentir nada, eu rezava o ofício divino que todos os padres rezam, as orações do “O bom cristão”, até porque não podia fazer outras coisas. Embora não “tocando em Deus”, eu buscava a fé, e conseguia coisas maravilhosas para as outras pessoas. Para mim não, mas ficava contente pelos outros estarem sendo beneficiados, e Deus servido. Foi uma aventura de fé que vivi na minha enfermidade. Como digo, foi

terrível, foi duro mesmo, mas ao mesmo tempo foi muito lindo. O proveito espiritual que tirei desta experiência não dá para contar. Deus nos criou para Si, para a suprema alegria de viver em Sua companhia para sempre, na eternidade. O lugar que Jesus reserva para nós no céu foi conquistado pelo preço do Seu sangue. Ele morreu para que eu e você tivéssemos vida. Não apenas esta vida, mas a vida eterna: a máxima felicidade!

5


Vespasiano assistiu ao maior simulado de emergências já realizado em Minas

A avenida Dr. Ari Teixeira, no centro da cidade, virou cenário de um treinamento de socorro a múltiplas vítimas de um acidente de trânsito com quatro veículos, com a participação de cerca de 500 pessoas. O evento promovido pela Faculdade da Saúde e Ecologia Humana – FASEH – foi o maior desse tipo, já realizado em Minas (com 50 vítimas), inédito na cidade e teve como objetivo preparar estudantes, profissionais de saúde e comunidade em geral para a reação apropriada, diante de eventualidades como estas. “Os profissionais da saúde precisam se antecipar aos acidentes, por isso esse tipo de exercício é importante para toda a cidade”, explicou o coor-

denador do Simulado, o professor da Medicina e da Enfermagem da FASEH, Daniel Fernandes. Antes do Simulado, alunos dos cursos de Saúde e Direito da FASEH deram consultas grátis para a população. “Nossa instituição quer oferecer seus serviços à comunidade e ser parceira dos órgãos públicos em iniciativas como esta. É uma oportunidade integradora, com apoio da prefeitura de Vespasiano”, disse a diretora acadêmica da faculdade, Dra. Hérica Soraya. A prefeita Ilce Rocha que estava presente respondeu: “A gente só tem a agradecer à FASEH, estamos impressionados com o que estamos vendo aqui que é importante para preparar a comunida-

de para uma eventual emergência”. O presidente do CESUV, entidade mantenedora da FASEH, Dr. Ricardo Guimarães, retribuiu o agradecimento “à prefeita que nos ajudou na organização do evento, na liberação do espaço e na preparação de todos estes recursos da municipalidade que é muito importante para que tenhamos sucesso”. Durante semanas, a faculdade se reuniu com agentes públicos da Prefeitura de Vespasiano – Transvesp, Defesa Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros - para organizar o simulado e informar à população sobre a importância da iniciativa e sobre as alterações na rotina da cidade e no trânsito, na manhã do evento. A atividade ainda

teve como parceiros o SAMU BH e a empresa de ambulâncias Luiz Vidas e a CMOS Drake de desfibriladores. Um narrador anunciou o histórico do acidente e como seria a ação dos envolvidos. Os alunos, divididos em equipes atenderam as vítimas no local do simulado, fazendo a triagem por gravidade e foram observados e avaliados pelos “sombra” - professores dos cursos de saúde (Medicina, Enfermagem e Fisioterapia) da faculdade. Também a equipe da UPA de Vespasiano participou do simulado, recebendo algumas das vítimas do acidente, de surpresa, como parte da atividade combinada com a prefeitura para testar a reação e capacidade de atendimento dos funcionários.

Música e Inclusão Social

NA VITROLA

ALÊ MAGALHÃES Olá amigos leitores. Eu que vivo na música desde que nasci, bem como labuto na mesma desde 1998 tenho visto como ela é importante na vida das pessoas, bem como ela tem papel importante na inclusão social. Não é de hoje que essa arte atua na transformação da vida de milhares de jovens no Brasil.

6

Com as oportunidades desiguais que encontramos em nossas periferias, a arte e a cultura muitas vezes se tornam a única opção de saída de uma triste realidade que habita nosso país. Aos que enxergam esperança, a música é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento e educação do Brasil. Muito além de uma arte, música é educação. Entre muitas proezas, a música tem uma característica incomparável: educar. Fazer música envolve sentimento, inspiração, dom, mas principalmente muito estudo e dedicação. Por esse motivo, tudo isso é um grande aprendizado e deve ser passado aos jovens, em especial aos menos favorecidos socialmente como uma oportunidade que a escola não consegue oferecer por si só.

Face a isso, ONGs, institutos e centros educacionais usam cada vez mais esta ferramenta como a base para transformação de muita gente e os resultados são visíveis. Em Vespasiano temos um grande exemplo disso. Quando citamos o termo “inclusão social”, a primeira referência que vem à mente diz respeito aos problemas de desigualdade em nossa sociedade. No entanto, o conceito pode ser estendido a outros casos, como deficiências, pessoas com dificuldade de aprendizado ou problemas psicológicos. O papel da música pode ser crucial para facilitar a inclusão dessas pessoas em um grupo e, consequentemente, mudar a forma de vida delas. Independentemente do caso, a música como inclusão social, sempre vai agregar de alguma forma e nunca o contrário.

A música tem diversas funções e existem inúmeras formas eficazes de fazer dela uma ferramenta infalível para a inclusão social de pessoas. Alguns exemplos mais comuns são os corais, as orquestras e a teoria musical. A música e a inclusão social são, indiscutivelmente, interligadas entre si. Todo conhecimento deve ser visto como patrimônio cultural de cada pessoa e precisa ser motivado entre os jovens. Vivemos em um país extremamente desigual, e ao mesmo tempo incrivelmente criativo, com uma raiz musical inigualável. É tempo de mudança e a música pode ser o caminho mais curto para Cantor, compositor, produtor musical. contatoalemagalhaes@hotmail.com Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057


Federação Mineira de Jiu-Jitsu diploma novos faixas pretas em Minas Gerais

A Equipe Irmãos Félix se fez presente na solenidade oficial e graduou mais 11 faixas pretas, elevou três a faixa preta primeiro grau e um faixa preta 7º grau, recebendo o título de Mestre Faixa Coral. A solenidade aconteceu, no dia 24 de março, no Mineirinho, e fez parte da primeira etapa do Campeonato Mineiro de Jiu-Jitsu 2019. A diplomação foi oficialmente realizada pelo Mestre Adair Alves de Almeida, Faixa Vermelha – 9º grau e pelo Presidente da Federação Mineira de Jiu-Jitsu, Mestre José Félix, Faixa Coral – 7º grau. Foi um momento de muita emoção para os atletas e equipes participantes. A certeza do dever cumprido tomou conta de cada diplomado, e foi nitidamente vista no rosto e olhar de cada um ao receberem seus diplomas e a tão sonhada faixa preta. Os atletas que receberam graus em suas faixas, também estavam realizados, por estarem seguindo o caminho certo dentro da Arte Suave denominada Jiu-Jitsu. De acordo com o Mestre Adair, os formandos, que foram diplomados estão reconhecidos e garantidos como tal, no Estado de Minas Gerais e além. O diploma também traz consigo a chancela do MEC – Ministério da Educação. QUANTO TEMPO ATÉ A FAIXA PRETA? Todo mundo que entra na academia e começa a treinar Jiu-Jitsu mira logo a faixa preta. Para se chegar a faixa preta, o caminho é longo e após a conquista a estrada é ainda mais longa até se tornar mestre. Os mestres ainda têm as faixas vermelha e preta, vermelha e branca, e a vermelha, que é de Grande Mestre. Mas afinal, quanto tempo leva pra chegar até a faixa preta? Para te dar essa resposta, vamos considerar aqui que você tenha começado a praticar o Jiu-Jitsu com 16 anos. Nessa idade, ao entrar na academia, você vai receber a faixa branca. Segundo o regulamento da Federação Internacional de Jiu-Jitsu Brasileiro, você tem que passar pelas faixas branca, azul, roxa e marrom, antes de chegar na faixa preta. Um dos critérios utilizados pela Federação é a idade. Você precisa ter pelo menos 18 anos para ser graduado em faixa marrom, e 19 para pegar a faixa preta.

Outro critério é o tempo dedicado para cada faixa. Se você tem 16 ou 17 anos, não há tempo mínimo de permanência nas faixas branca e azul. Já na roxa, você tem que ficar dois anos, pelo menos. Se você não chegar na faixa roxa antes dos 18 anos, o critério muda. Isso porque a federação diz que a partir dos 18 anos, o aluno tem que permanecer pelo menos dois anos na azul, antes de subir pra roxa. Da roxa para a marrom, é preciso no mínimo mais dois anos de treinos e competições. Para passar da faixa marrom para a preta, é necessário mais um ano, pelo menos. O grande segredo para atingir a faixa preta o mais rápido possível é se dedicar ao máximo nos treinos, prestando muita atenção em todos os ensinamentos do professor, e aproveitar as oportunidades em campeonatos que disputar. A ARTE SUAVE O Jiu-Jitsu tem uma influência cada vez maior na cultura e modo de vida do atleta que pratica o esporte. E sua influência vai sendo notada, cada dia mais, nas mídias sociais e imprensa de modo em geral. Atualmente os atletas e professores estão invadindo a mídia social, com diversos perfis no Instagram e no face focados em técnicas e ensinamentos. O ensinamento do Jiu-Jitsu infantil voltou a ser valorizado, devido ao ensinamento técnico, e principal-

mente de disciplina, foco nas tomadas de decisões e respeito ao próximo. A valorização dos atletas mais velhos, também é uma tradição dentro do Jiu-Jitsu. Muitos que resolvem começar os treinamentos em idade avançada, se surpreendem com a arte e não querem mais deixar o esporte.

Tudo isso é muito importante para se continuar a construir a imagem positiva do Jiu-Jitsu, que é uma das artes marciais mais antigas e respeitadas em todo mundo. Que cada dia mais os praticantes da arte suave procurem eficiência, sabedoria, humildade e qualidade de vida na prática do Jiu-Jitsu.

Conheça o Centro Esportivo Irmãos Félix Jiu-Jitsu/Judô e venha fazer parte dessa grande equipe Fundada em 1989, pelo Professor José Felix é atualmente a agremiação que mais acumula títulos individuais por equipe. A única também formada por três irmãos e uma irmã professores de Jiu-jitsu no Estado de Minas Gerais, são eles: Kennis Félix – faixa preta 6º grau (Multi-campeão estadual, nacional); Enio Félix – faixa preta 6º grau (Multi-campeão estadual, nacional); Kellia kendia Félix – faixa preta 4º grau (Multi-campeã estadual, nacional e internacional) e José Félix - professor mais novo na faixa preta 7º grau – vermelha-preta coral. É também o professor que conquistou mais títulos nas suas categorias desde que começou a competir na faixa branca. (Multi-campeão Estadual, Nacional, Internacional e Mundial). Professor que mais ganhou lutas por finalização, no Estado. Professor que mais ganhou lutas rápidas, no Estado. (Alguns tempos: 7 segundos, 14 segundos, 18 segundos, 22 segundos, 38 segundos, 39 segundos, 59 segundos/ algumas documentadas em jornais).

Atualmente a Equipe Félix tem professores ministrando aulas também nos Emirados Árabes – UEAJJ. Em escolas, e no exercito. São mais de 25 filias, FELIX JIU-JITSU – ativas. A escola de Jiu-jitsu que mais expandiu o Jiu-jitsu e divulgou no Estado de Minas Gerais: Belo Horizonte, Sete Lagoas, Betim, Santa Luzia, Vespasiano, Pitangui, Santo Antônio do Amparo, Congonhas, Matosinhos, Ribeirão das Neves, Manhuaçu, Paraopeba, Vazante – MG. AÇÃO SOCIAL: Umas das academias que mais apoia projetos sociais em MG. Uma das equipes que mais organiza eventos para a divulgação e a propagação do Jiu-jitsu no Estado. Os professores José Félix, Kennis Félix e Enio Félix, foram convidados para dar aulas e seminários de Jiu-jitsu, nos EUA, JAPÃO, Alemanha e Emirados Árabes. Atualmente a Equipe Félix tem mais de 50 faixas pretas formados, pela FEDERAÇÃO MINEIRA DE JIU-JITSU (FMJJ) – Entidade máxima do esporte no estado.

Conheça os novos faixas pretas formados: Aurelio Henrique Salles; Carlos Martins; Claudinei Bambirra; Edson Wanderlei da Costa; Elair Luiz; José Mário Dias; Lucimar Vilma Fernandes Félix; Luiz Alberto Pereira; Robson Chagas; Rodrigo Marçal Torres e Rodrigo Alves Marques. Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057

7


JEMG

Fases classificatórias de seletiva e final da competição aconteceram dos dias 1º a 5 de abril O cenário esportivo em Vespasiano esteve movimentado no período de 1º a 5 de Abril, a cidade foi sede da Etapa Microrregional do JEMG 2019, Jogos Escolares de Minas Gerais, fases classificatórias de seletiva e final. As disputas esportivas aconteceram nas quadras das Escolas Municipais Na-

DEBAIXO DA TRAVE EDUARDO ALMADA

Os benefício da continuidade no futebol

Campeonatos Estaduais chegando ao fim e dá para se fazer um balanço prévio da temporada do futebol brasileiro. Duas grandes surpresas já surgiram entre os clubes que receberam os maiores elogios nesse início de temporada. Contra todos os prognósticos, o Grêmio está mal na Libertadores. Os investimentos feitos em 2019, especialmente na contratação de Diego Tardelli, ainda não deram resultado. O Grêmio está na final do Campeonato Gaúcho. Normal! Obrigação! Mas na principal competição do continente, corre sério de cair na fase de grupos. A situação do Palmeiras é alarmante. Depois de fazer altíssimos investimentos, o principal deles com o repatriamento de Ricardo Goulart, outro que foi um negócio da China, o Verdão do Allianz Arena ficou pelo caminho na semifinal do Campeonato Paulista. Foi eliminado pelo São Paulo, que está se equilibrando entre razoáveis e péssimas atuações desde do início do ano. E na Libertadores,

zinha Conrado Silva e Carlos Murta Filho, além da Praça de Esportes Crispim Jacques Bias Fortes, Poliesportivo Raimundo Cardoso da Fonseca e do Campo do Vespasiano. As modalidades esportivas disputadas foram: futsal, handebol, vôlei, basquete, atletismo e vôlei de praia. Os campeo Palmeiras tem que se explicar, embora esteja em situação confortável se for comparado ao Grêmio. Outro que gastou os tubos foi o Flamengo. Conseguiu chegar à decisão do Campeonato Carioca, à duras penas, de urubu, diga-se de passagem. Na Libertadores, está na mesma situação do Palmeiras e não corre muito risco, já que os adversários ameaçam pouco. Mas o time que tirou Arrascaeta da Toca da Raposa por uma baba de dinheiro, está longe de se sentir seguro na temporada. O time carioca tem muito a mostrar e ainda depende de assimilação daquilo que o técnico Abel Braga pretende de sua equipe. O Cruzeiro surfa nas ondas da tranquilidade. Está na final do Campeonato Mineiro e não poderia ser diferente. Assim como o Grêmio, em um Estado bifocal do futebol, tem por obrigação que decidir o título estadual. Na Libertadores, já faz campanha digna de melhor colocado geral, o que garantiria a vantagem de jogar o segundo jogo dos mata-matas em casa, até a semifinal, claro. A final será em Santiago do Chile, em jogos único. O que pode impressionar a alguns não me causa espanto. O desempenho do Cruzeiro é fruto da decisão de manter o técnico Mano Menezes pelo terceiro ano seguido. E depois pela acertada escolha de reforços, poucos e bons reforços. Tudo indica que vem título por aí. Já o Atlético fez a opção pelo bom e barato. O bom pode até ter aparecido. Mas barato talvez não ganhe título de expressão. O que se sabe é que a diretoria atleticana fez a opção por contratações mais modestas. E paga por isso com uma campanha fraca na Libertadores, mas não mais fraca que a do Grêmio.

ões de cada modalidade vão representar Vespasiano na Etapa Microrregional do JEMG, que acontece aqui em Vespasiano, dos dias 29 de abril a 5 de maio. Confira as escolas e equipes classificadas para a próxima etapa: *FUTSAL FEMININO – MÓDULO I E. E. GUILHERME HALLAIS FRANÇA *FUTSAL FEMININO – MÓDULO II E. E. GUILHERME HALLAIS FRANÇA *FUTSAL MASCULINO – MÓDULO I E. M. CARLOS MURTA FILHO *FUTSAL MASCULINO – MÓDULO II E. M. CARLOS MURTA FILHO *VOLEIBOL FEMININO – MÓDULO I COLÉGIO VESPANITO *VOLEIBOL FEMININO – MÓDULO II E. E. JOSÉ GABRIEL DE OLIVEIRA *VOLEIBOL MASCULINO – MÓDULO I E. E. GUILHERME HALLAIS FRANÇA

*VOLEIBOL MASCULINO – MÓDULO II E. E. JOSÉ GABRIEL DE OLIVEIRA *HANDEBOL FEMININO – MÓDULO I E. E. NILA FARAJ *HANDEBOL FEMININO – MÓDULO II E. E. MACHADO DE ASSIS *HANDEBOL MASCULINO – MÓDULO I E. E. GUILHERME HALLAIS FRANÇA *HANDEBOL MASCULINO – MÓDULO II E. E. MACHADO DE ASSIS *BASQUETE MASCULINO – MÓDULO I E. E. GUILHERME HALLAIS FRANÇA *BASQUETE MASCULINO – MÓDULO II E. E. MACHADO DE ASSIS *XADREZ – NAIPES FEMININO E MASCULINO – MÓDULOS I E II TODAS AS ESCOLAS INSCRITAS NA SELETIVA SERÃO INDICADAS PARA A ETAPA MICRORREGIONAL

Jornalista, Comentarista Esportivo e Advogado

O mundo dos autônomos...

VALORIZANDO AS COISAS SIMPLES DA VIDA

MARCOS ROGÉRIO - Roger, o negócio é trabalhar, o serviço que aparecer, você pega e trabalha! - Beleza, pai. - Falando nisto, arrumei um serviço pra você, amanhã você começa, na parte da manhã no bar do Sô Zé e a tarde você vai fazer serviço de cobrança para mim. Tá todo mundo devendo a Loja Moderna! (Rimos) - Beleza. Entrei no mercado de trabalho deste jeito, um dia estava acordando

8

tarde, tomando café e indo brincar na rua e no outro, mudança total, estava num balcão de bar, seis horas da manhã, servindo pinga para os clientes. Aprendi muito. Conheci muita gente e lidei com diversas situações. Na parte da tarde, cobrança. Saía de casa depois do almoço e partia atrás dos devedores. As notas promissórias eram minhas companhias. Batia no portão, anunciava o motivo da visita, ora bem recebido, ora esculachado... Conheci e aprendi a lidar com a pressão. No outro dia, a mesma coisa, bar na parte da manhã e cobrança a tarde, correria, não gostava muito, mas estes dois serviços, sem imaginar, foram importantes na minha primeira profissão, bancário. No dia dos testes, nem percebi o nervosismo e passei. No meio de dezenas de candidatos da capital, lá estava eu, o menino de Ves-

pasiano, passando em todas as provas psicológicas. Tempo bom, que passou. Decidi montar uma loja, eu e minha irmã. Ela vendia demais e eu do lado dela no balcão, aprendi a vender. Ela teve que sair, assumi, e na marra, continuei vendendo. Vender é uma arte, lembro que era o pior vendedor do banco, sempre na parte debaixo da lista dos melhores funcionários. Lembrava desta lista pregada na parede da cozinha, quando vendia uma peça de roupa para mais um cliente. A loja me ensinou a vender. E segui. Comecei a realizar eventos, vendendo patrocínios, vendendo ingressos, vendendo anúncios...E vou seguindo...Sou vendedor, a família toda tem disto. Puxamos o pai. Contei esta pequena parte da minha história para tentar mostrar para vocês como que a vida vai nos jogando os desafios e devemos aceitar. Jamais fugir. O trabalho em que você está hoje,

vai te ajudar no futuro, vai influenciar totalmente no seu caminho lá na frente. Aproveite a oportunidade, independente da sua profissão, sempre existe algo para aprender e acrescentar na sua trajetória, no seu currículo. Não reclame! Todo trabalho tem algo a ensinar, acredite. E trabalhe, pegue tudo que aparecer! Bem, eu gostaria de continuar escrevendo, mas preciso sair. Ainda hoje, tenho que rodar com o carro de som, apresentar um programa na rádio, gravar duas propagandas, criar a logomarca da empresa do amigo, vender anúncio para site, pro aplicativo, conseguir mais apoio para a emissora, buscar os panfletos do cliente, responder e-mails, terminar o cartaz do próximo evento e gravar mais uma entrevista para o projeto Vespasiano 70 anos que estou realizando. Ufa! Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057


Prefeitura de Vespasiano realiza processo seletivo para contratação imediata A Prefeitura de Vespasiano informa que chegou ao fim o Processo Seletivo, para contratação de servidores públicos para diversas áreas. E que os classificados já estão sendo chamados para começarem a trabalhar.

COMPORTAMENTO VANESSA ARRUDA

Calopsitas Um belo exemplo Especialistas têm observado e comparado o comportamento dos animais ao comportamento humano. Para isto, após muitos estudos, vários testes foram criados para detectar o Perfil

A atual administração realizou o processo seletivo com muita seriedade, transparência e lisura. E seguiu todas as exigências contidas no Termo de Ajustamento de Conduta - TAC - assinado com o Ministério Público e ho-

mologado pela Justiça de Vespasiano. O processo foi feito com todo cuidado possível a fim de cumprir com a responsabilidade de continuar levando o melhor atendimento e prestação de serviço para o cidadão vespasianense.

A prefeitura dá boas-vindas aos novos contratados, que foram classificados no processo seletivo, e espera que assumam o compromisso de atender e trabalhar para o cidadão com respeito e profissionalismo.

Comportamental das pessoas. A importância disto tudo está em descobrir a personalidade, a forma de agir e interagir com os outros, as influências sofridas, ou seja, a essência de cada um. O benefício final é que ao se conhecer é possível crescer pessoal e profissionalmente. Além, é claro, de se tornar uma pessoa infinitamente melhor que impacta positivamente o seu meio. Como exemplo, temos um modelo proposto pelo IBC- Instituto Brasileiro de Coaching - que identificou a característica central de cada perfil comportamental. Se você é Águia, então é visto como um idealizador. Se Gato, um comunicador; se Lobo, um organizador e por último, se Tubarão, um executor. Ouso acrescentar mais um modelo comportamental que é a identificação com os calopsitas. Pássaro de ori-

gem australiana, inteligente, aprende muito rapidamente, dócil, arisco, companheiro, fiel, protege sua casa (ninho) como um guerreiro e ainda, bastante brincalhão e receptivo com o seu dono. Pitutu é assim. Quando conheceu a Pitutuca só tinha olhos pra ela. Foi amor à primeira vista. O encantador canto de acasalamento foi mil vezes ouvido por todos. Por onde andava tinha sua companhia. Tomando sol e lá estava Pitutuca. Ao se alimentar nunca estava sozinho, tomava uma chuveirada e ela, também boa companheira, estava junto. O ninho foi cuidadosamente preparado por ele, que o aquecia antes de sua amada entrar. Tiveram três filhotinhos. Um comportamento exemplar de cuidados e amor à família. Mas um dia a Pitutuca adoeceu e não mais voltou. No primeiro dia sentin-

do sua falta, ele cantou por mais de dez horas ininterruptamente. Adormeceu de cansaço. Dias e mais dias cantando e nada de vê-la. Ele sabia que ela não mais voltaria. Foi assim doído e triste. Contudo, ele continuou alimentando seus filhotes e cantando para eles. Um exemplo de superação. Em tempos atuais, com o aumento do feminicídio, onde os homens se acham donos de suas mulheres, este é o modelo ideal de comportamento a ser adotado. O de respeito. Respeito à vontade de suas mulheres de querer se separarem. Respeito às partidas e superação. Afinal, a vida continua. Em tempo: quer descobrir qual seu perfil comportamental?

Master Coach, Jornalista, Mestra em Administração, Pós Graduada em Marketing Político, Professora Universitária, Colunista de Jornal, Poeta e Escritora.

Transtorno de aprendizagem x Dificuldade de aprendizagem

EDUCAÇÃO PARA TODOS

MERIENE DINIZ SANTOS Com a volta às aulas iniciam as nossas expectativas e angústias... No decorrer do tempo somos capazes de acompanhar o grau de aprendizagem dos nossos filhos e /ou alunos. E pensando nisso, venho falar um pouco das diferenças entre uma dificuldade de aprendizagem e um transtorno de aprendizagem. Qual a diferença entre Transtorno de Aprendizagem e Dificuldade de a aprendizagem? Você já deve ter observado em seu filho ou em seu aluno alguma dificuldade para aprender a matemática, para se alfabetizar ou algum tema específico? E ai surge a dúvida. É apenas uma dificuldade ou pode ser um transtorno de aprendizagem ou específico de aprendizagem como por exemplo: Dislexia, Disgrafia entre outros.

Vamos entender... No “Transtorno de Aprendizagem’’ é determinado biologicamente, então, a criança já nasce com essa dificuldade, além disso, pode-se manifestar em qualquer período da aprendizagem dessa criança ou jovem. Sua manifestação se dá, por meio da dificuldade de identificar e decodificar palavras, então acarreta num processo de leitura, escrita, na compreensão de textos, e até mesmo ter dificuldade na matemática. É algo que veio com a criança, portanto, a causa não está ligada com o ambiente externo ou algum problema que a criança viveu, isso tem a ver com o funcionamento neurológico da criança, é algo interno, intrínseco do desenvolvimento da criança. Costumam ser mais facilmente identificados quando a criança ingressa na escola, momento em que passa a ter contato de forma mais abrangente com as áreas de conhecimento. E quando se trata de uma “Dificuldade de Aprendizagem” a criança tem como característica, o baixo desempenho escolar, é algo que acontece fora, que está agravando o problema, por exemplo: a metodologia de alfabetização da escola às vezes não é o mais adequado para a

criança, houve muita troca de professores na escola, a criança mudou de cidade, os pais se divorciaram ou aconteceram brigas em casa, alguma questão emocional da criança ou alguma mudança que aconteceu com a criança, nascimento de um irmão ou perda de um familiar. A criança tem dificuldades de lidar com a situação que está vivendo, interferindo assim no seu sucesso escolar .Tudo isso pode gerar uma dificuldade para aprender, além de situações como questões sócio econômicas, alimentação de qualidade, acesso ao saneamento básico, a uma boa condição de estrutura em casa para ter uma boa noite de sono...Todos estes fatores externos influenciam e podem gerar dificuldades de aprendizagem; a causa são

fatores ambientas e também serão agravados se os fatores permanecerem ou piorarem... A participação na vida escolar da criança é importante para que esteja ciente de como anda seu desempenho. Ao notar uma dificuldade de aprendizagem constante, converse com a escola e procure um profissional para auxiliá-los nesse processo, fazer uma avaliação para constatar ou descartar um possível transtorno de aprendizagem, e assim, auxiliar o quanto antes com os métodos e recursos adequados para ajudar a criança no processo de aprendizagem. Pedagoga - Especialista em Psicopedagogia Institucional - Clínica. Gestão Escolar Integradora - Experiência em Educação Infantil e Ensino Fundamental. Acompanhamento escolar. Atendimento Psicopedagógico.

EDITAL Faz saber a tantos quantos este edital virem ou dele conhecimento tiverem, que FABRÍCIA APARECIDA OLAVO SILVA, brasileira, casada, inscrita no CPF sob o n° 042.527.24600, residente e domiciliado na Rua Belém, nº 1.184, Bairro Cachoeira, CEP: 33.350-000, na cidade de São José da Lapa/MG, solicita o reconhecimento do direito de propriedade através da Usucapião extrajudicial, nos termos do art. 216-A, da Lei n. 6.015/1973, do imóvel urbano de 525 m² (quinhentos e vinte e cinco metros quadrados), situado na Rua Belém, nº 1.184, bairro Cachoeira, São José da Lapa/MG. Tudo conforme mapa e memorial descritivo elaborado pelo engenheiro civil Sr. Geraldo José de Oliveira, inscrito no CREA/MG sob nº 228613/LP, sob Anotação de Responsabilidade Técnica XXXXX. Assim sendo, ficam intimados terceiros eventualmente interessados e titulares de direitos reais e de outros direitos em relação ao pedido, para que apresentem impugnação escrita perante o Oficial de Registro de Imóveis de Vespasiano/MG, com as razões de sua discordância em 15 (quinze) dias a contar da publicação deste, ciente de que, caso não contestado presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos alegados pela Requerente, sendo reconhecida a usucapião extrajudicial. Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057

9


Polícia Militar realiza reunião com diretoras das escolas de Vespasiano Na tarde do dia 27 de março aconteceu, no Palácio das Artes Nair Fonseca Lisboa, uma reunião com cerca de 80 diretores das redes municipal, estadual e particular de Vespasiano junto com a Polícia Militar, para trocarem informações sobre a segurança das escolas.

A reunião tratou da importância da segurança nas escolas e como a Polícia Militar pode agir. O Comandante do 36º BPMMG, Ten. Cel. Gilmar Luciano dos Santos, apresentou parte da equipe da Polícia Militar que está à disposição para atender as escolas e falou sobre a segurança nas unida-

des escolares. Também foi destacada a importância da patrulha escolar, que é uma constante na porta das escolas, porém com o ataque à escola de Suzano, em São Paulo, a direção das escolas ficaram alarmadas e para prevenir ações de violência, a Polícia Militar realizou esta reunião.

A equipe do Conselho Tutelar também participou do evento, pois é uma grande parceira das escolas e da Polícia Militar. As conselheiras distribuíram um informativo para os diretores e esclareceram como é o trabalho do conselho nas escolas e a importância da parceria com as instituições de ensino.

2019

O lojista pode cadastrar ofertas e promoções

10

O lojista pode pode cadastrar eventos e ações

Converse direto com o cliente que visitar o seu anúncio

Usuários podem fazer avaliação das lojas com até 5 estrelas e escrever um comentário.

Usuários são notificados ao se aproximar de uma loja e recebem avisos de promoções

O aplicativo exibe lojas, ofertas, eventos e pessoas por proximidade, informando a distância exata por Km.

Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057


Patrícia Perdigão Nossa amiga Patrícia Perdigão contou mais uma primavera no último dia 18 de março. Parabéns e muitas felicidades!

Glauco O rotariano e nosso amigo Glauco Souza festejou seu aniversário no último dia 27. Grande abraço Glauquinho!

Lily

Minha comadre Lily Assunção colheu mais um ano de vida no último dia 9 de abril. Parabéns comadre, Deus te ilumine!

SOCIAL SHEILA SALLES Antonella Essa lindeza é minha sobrinha Antonella, filha de meu irmão Luiz Gustavo e Meg. Ela cantou seu parabéns no dia 18 de março. Que Deus te abençoe, minha linda!

Olavo Quem comemorou mais um aniversário no dia 15 de abril foi o filho de nossos afilhados de casamento Suellen e Fofão. Parabéns Olavo, que Deus te abençoe.

Nina

Nossa amiga e companheira de Assessoria, Nina, comemorou seu aniversário no dia 20 de março. Muitas felicidades Nina! Ieda

Nossa madrinha de casamento Ieda Godinho contou mais um ano de vida no dia 21 de março. Muita saúde, paz e felicidade!

Giuliano Parabéns para nosso amigo jornalista Giuliano Panizza que completou mais um ano de vida no último dia 4 de abril! André No dia 6 de abril meu irmão caçula e compadre André Aviz contou mais uma ano de vida. Parabéns saúde e paz!

Portas das escolas de Vespasiano recebem pintura horizontal Depois de entregar os kits escolares para todos os mais de 16 mil alunos da rede municipal de ensino, limpar todas as escolas e realizar a manutenção nos jardins, a Prefeitura de Vespasiano, através da Secretaria de Defesa Social, com a supervisão e orientação da TRANSVESP, está instalando a sinalização horizontal na porta das escolas, para trazer maior segurança para toda a comunidade escolar.

Luis Roberto Parabéns para nosso afilhado de batismo Luis Roberto, filho de nossos compadres Alexandre e Lily. Desejamos a você que é uma pessoa muito especial e tão amada por nós muita saúde, paz, felicidades e sucesso.

A pintura horizontal visa destacar o local de travessia de alunos, para que os motoristas fiquem mais atentos à sinalização. A região do Jardim da Glória foi a primeira a receber o serviço de sinalização na frente das escolas municipais. Todas as escolas e creches municipais irão receber a sinalização e posteriormente as escolas estaduais também serão contempladas com a sinalização horizontal, para maior segurança de toda comunidade escolar.

Prepara Vespá oferece curso preparatório gratuito para vestibular O Prepara Vespá é um projeto social que oferece curso preparatório gratuito de pré-vestibular para os jovens vespasianenses. Este é o segundo ano do projeto, que ano passado foi desenvolvido em parceria com o DoarEduca, de Belo Horizonte. O projeto é realizado, no período noturno, desde o ano passado, na Escola Municipal Nazinha Conrado Silva, no Bairro Morro Alto, com professores voluntários. Em 2018 o projeto teve 50 alunos inscritos e alcançou grandes resultados com aprovação de sete alunos nas melhores instituições de ensino superior de Minas Gerais. Para este ano, além de manter a unidade do Morro Alto, a direção do Prepara Vespá abriu uma unidade no Centro

Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057

de Vespasiano, na Secretaria Municipal de Educação, para oportunizar um número maior de alunos. As duas unidades do cursinho preparatório receberam cerca de 250 inscrições no total, de todas as regiões do município e de alunos das cidades vizinhas também, sendo que estes últimos estão em uma lista de espera para quando surgirem novas vagas. Serviço: Prepara Vespá *Unidade Centro - Secretaria de Educação – Rua Nossa Senhora de Lourdes – nº 135 - Lourdes. *Unidade Morro Alto – Escola Municipal Nazinha Conrado Silva – Av. Existente, nº 1425 – Morro Alto.

11


Rotary Club homenageia prefeita Ilce Rocha e Jornal Tribuna das Gerais Companheiros e companheiras do Rotary Club de Vespasiano promoveram reunião festiva no dia 1º de abril, oportunidade em que homenagearam a prefeita de Vespasiano Ilce Alves Rocha Perdigão, como mulher destaque de 2019, bem como o Jornal Tribuna das Gerais como empresa destaque do ano, pelos Relevantes Serviços Prestados á comunidade. Compuseram a Mesa Principal, a presidente do Rotary Club de Vespasiano – Tâmara Marani Albano, a prefeita de Vespasiano – Ilce Alves Rocha Perdigão, e o diretor do Jornal Tribuna das Gerais – Aurelio Henrique Salles. Ainda presentes ao evento a secretária de Governo Municipal – senhora Nayara Rocha Perdigão Lara e o intercambista taiwanlandês Beckham de Taiwan que neste ano visita o Rotary Club de Vespasiano. Com a palavra, o companheiro José da Paixão fez um relato destacando as atividades do Jornal Tribuna das Gerais junto à comunidade vespasianense. Em seguida o diretor Aurelio Salles falou sobre a atuação do Jornal durante 24 anos de existência buscando a melhor forma de informar com imparcialidade aos leitores,

MESA Principal: Aurelio Salles, Tâmara Marani e Ilce Rocha.

as notícias e os fatos ocorridos nesta área de ação. Falou ainda sobre o seu evento Troféu Melhores de Vespasiano que há 23 anos premia os profissionais liberais, empreendedores, comércio e indústrias que tenham se destacando durante os anos. Ilce Rocha Na sequência, o Rotary Club de Vespasiano prestou justa e merecida homenagem à senhora Ilce Alves Rocha Perdigão, prefeita de Vespasiano, por ter se destacado por bons serviços prestados à comunidade.

Saudando a prefeita, a companheira Elane Fonseca de Oliveira destacou a efetiva participação da homenageada junto à comunidade vespasianense. Disse que Ilce é uma mulher que se dedica com carinho, amor e firmeza à causa da população, principalmente dos menos favorecidos. Disse da sua formação na área de educação como pedagoga por vários anos, formada também em Administração Pública, em Psicopedagogia e Direito e que está muito bem preparada para conduzir os destinos do Município. Destacou o seu trabalho junto à Câmara

Municipal onde exerceu três mandatos no período de 1989 a 1992, 1993 a 1996 e 1997 a 2000 tendo ocupado o cargo de presidente do Legislativo. Também foi vice-prefeita de 2001 a 2004. É a primeira mulher a ocupar o cargo de prefeita em Vespasiano e em um ambiente dominado pelo sexo masculino, vem se destacando por estar participando efetivamente de várias entidades estaduais, entre elas, a Associação Mineira dos Municípios como diretora regional; da Granbel-Associação dos Municípios da Região Metropolitana da Grande BH, composta por 34 municípios, onde é vice-presidente; e participa ainda da Frente Mineira de Prefeitos no cargo de secretária. Em seguida, a prefeita Ilce Rocha recebeu o título de Mulher Destaque de 2019 e ainda uma bela orquídea. Na ocasião a prefeita Ilce Rocha agradeceu a homenagem recebida destacando o trabalho profícuo prestado pelo Rotary à comunidade vespasianense. Falou ainda sobre a dificuldade que está tendo para administrar um Município em estado de calamidade financeira, mas, mesmo assim, vem desenvolvendo um trabalho muito bom nas áreas de

TÂMARA Marani e Paulo Diniz homenagearam o Jornal Tribuna das Gerais na pessoa de seu diretor Aurelio Salles.

TÂMARA Marani e José Luiz Durães entregaram o título de Mulher Destaque de 2019 à prefeita Ilce Rocha.

MEMBROS do Rotary e convidados

ROTARIANAS e companheiras da Casa da Amizade homenagearam Ilce Rocha

12

Contato: (31) 99503-7634 / 98207-8057

Profile for Aurelio Salles

Tribuna das Gerais Edição 273  

Tribuna das Gerais Edição 273  

Advertisement