Issuu on Google+

informativo

#3

ADD

Jul-Set de 2013

Vivendo e culinária e aprendendo reflexão

Enquanto os alunos da ADD Escola de Esporte Adaptado estavam no Parque do Conhecimento Sabina, seus familiares participaram de uma deliciosa oficina de culinária e de um encontro com enriquecedoras discussões em sessões de psicologia. Na aula de culinária as famílias tiveram uma aula sobre a importância dos alimentos nutritivos no dia a dia das crianças e como preparar, de forma simples e econômica, receitas nutritivas como um pão rico em fibras, suco de uva com beterraba cozida e molho de macarrão com legumes escondidos. “A ideia foi ensinar às famílias como substituir os alimentos industrializados, como hambúrguer, salsicha, salgadinhos e outros, por receitas caseiras muito saborosas”, conta a nutricionista da ADD, Regina Celia da Silva. Os familiares também tiveram a oportunidade de discutir e refletir sobre o potencial de seus filhos, favorecendo a adoção de estratégias que auxiliem o desenvolvimento da autonomia, independência e autoestima dos alunos. Para dar início aos trabalhos foi exibido o filme “De porta em porta” que traz um exemplo muito interessante para discussão em grupo. “A atividade proporcionou aos pais um espaço de escuta, acolhimento e troca de experiências, contribuindo para que possam se reorganizar frente a situações conflitantes que envolvem seus filhos”, analisou a psicóloga da ADD, Daniela Prota.

A Excursão ao Parque do Conhecimento Sabina em Santo André nos dias 6 e 13 de julho proporcionou muita diversão e conhecimento para os alunos das turmas Kids, Bocha, Atletismo e Atletismo em Cadeira de Rodas. Lá, os alunos conferiram réplicas de dinossauros, o serpentário, a nave simuladora e mais outros experimentos interativos. “É a primeira vez que vou a um parque como este. Gostei muito, pois aprendi muita coisa”, conta Luiz Guilherme Alves da Silva, de 12 anos, que frequenta as aulas de Bocha. “O primeiro passeio cultural escolhido foi o parque Sabina, por sua acessibilidade, e por ser um ambiente onde a pedagogia transcende o ensino formal. Esse fator responde a um dos maiores desafios da educação contemporânea, o de alcançar o saber de forma dinâmica e por meio de vivências do processo de construção do conhecimento, criando oportunidades diferentes de aprendizagem que se entrecruzam com o cotidiano escolar, de forma prazerosa e lúdica” explica a psicopedagoga da ADD, Catarina Dionelo. A visita ao Parque Sabina promoveu a ampliação do repertório obtido na escola, estimulando à cultura científica e artística, o que permiti ao aluno o despertar da curiosidade e do questionamento sobre a ciência.

De Porta em Porta Direção: Steven Schachter Elenco: William H. Macy, Helen Mirren, Kyra Sedgwick Sinopse: Portland, Oregon, 1955. História de um vendedor que superou todas suas limitações de fala e motoras obtidas em decorrência de uma paralisia cerebral durante seu parto. Com muita determinação e vontade de viver, Bill (William H. Macy) caminhou 16 quilômetros por dia durante 40 anos para alcançar seus objetivos, apoiado por sua mãe e amigos que conquistou no caminho.


Vivências Esportivas Fazer com que a criança vivencie o maior número de atividades esportivas para que ela possa praticar com frequência aquela que mais gostou é o que proporciona o trabalho realizado nas aulas da turma Kids. Nas aulas, que duram cerca de 90 minutos, os alunos com deficiência física e intelectual praticam modalidades como atletismo, ginástica artística e rítmica, tênis, tênis de mesa, badminton, peteca, artes marciais, vôlei, futebol, handebol e queimada. “O objetivo do trabalho que realizamos com os alunos do Kids é desenvolver a autonomia, disciplina, respeito

ao próximo e o gosto pela prática de alguma modalidade esportiva específica”, diz a professora da turma Andreia Honorato Ribeiro. “No decorrer das aulas o pensamento e o raciocínio lógico dos alunos são estimulados sobre as atividades abordadas, regras, conceitos práticos e teóricos”, acrescenta Vanessa Queiroz, que também é professora da turma.

Abordagem Multidisciplinar Na ADD Escola de Esporte Adaptado os alunos contam com o excelente trabalho de profissionais da área de educação física e da equipe multidisciplinar formada por fisioterapeuta, psicopedagogo, psicólogo e nutricionista. Os atendimentos são realizados na sede da ADD durante a semana e também no contra turno das aulas aos sábados. • Fisioterapia: Avaliação e identificação das necessidades específicas dos alunos, seleção e apontamento daqueles que precisam de fisioterapia individual e também promoção de palestras para os pais e professores. • Psicopedagogia: Identificação e avaliação das dificuldades de aprendizagem e seus possíveis sintomas para intervir de forma positiva para melhorar o desempenho acadêmico, focando sem-

pre nas possibilidades de aprendizagem da criança/adolescente e não em suas deficiências. • Psicologia: Acompanhamento do desenvolvimento psicológico (emocional, comportamental e cognitivo) dos alunos identificando as variáveis de interferência para uma correta intervenção e orientação psicológica junto à equipe multiprofissional e aos participantes. • Nutrição: Avaliação da composição corporal dos alunos, adequação de sua alimentação às condições individuais de cada criança e monitoramento da evolução da mesma. Orientação para uma alimentação pré e pós-atividade e prescrição às famílias para o balanceamento das dietas, quando necessário.

EXPEDIENTE: O Informativo ADD Escola de Esporte Adaptado é uma publicação trimestral de distribuição interna desenvolvida pela ADD - Associação Desportiva para Deficientes e elaborada pela Áurea Editora Ltda. Comitê Editorial - Eliane Miada, Sileno Santos, Denise Mello e Karina Mosmann. Colaboração - Profissionais do projeto ADD Escola de Esporte Adaptado. Texto - Claudete Oliveira. Edição - Dirceu Pereira Jr. - Fotos: Voluntários João Paulo Dionelo e Nataly Murayama e Divulgação ADD - Tiragem: 500 exemplares | ADD Escola de Esporte Adaptado - www.add.org.br Tel: (11) 5011-6133

PATROCINIO:


Informativo EEA/ADD Nº 3 - 2013