Page 14

14 ○

A UNIÃO

Esportes ○

João Pessoa > Paraíba > TERÇA-FEIRA, 30 de agosto de 2011 ○

>>> BRASILEIRO DE HANDEBOL > Tanto no feminino quanto no masculino, só deu PB na 1ª etapa da competição

Ninguém segura o HCP na areia > Pedro Alves

FOTO:MarcosRusso

Especial para A União

O Estado da Paraíba foi o destaque da primeira etapa do Circuito Brasileiro Adulto Masculino e Feminino de Handebol de Areia temporada 2011/2012. O campeonato aconteceu no último final de semana, na praia de Cabo Branco, em João Pessoa, e contou com equipes de todo o Brasil, mas foram os times paraibanos que protagonizaram as decisões, tanto no feminino quanto no masculino.

E

ntre os homens, o HCP de João Pessoa confirmou o favoritismo e levantou a taça de campeão brasileiro após vencer o maior rival, Grêmio CIEF, também da Capital, por dois sets a zero. O primeiro foi por 22 a 16, enquanto o segundo foi por 21 a 20. Pelo feminino, a disputa pelo título foi bem mais acirrada que no masculino. O jogo final foi um confronto entre HCP e APCEF que travaram uma verdadeira batalha. O primeiro set foi vencido pela APCEF que marcou 13 gols contra 12 do adversário. Já no segundo set, foi o HCP que marcou mais gols, vencendo por 11 a 9. A decisão foi então para o shoot-out, onde a atleta recebe a bola do seu goleiro e sem marcação busca finalizar no gol defendido pelo arqueiro adversário. No

shoot-out, melhor para o HCP que venceu por 4 a 2 e faturou o título da primeira etapa do Brasileiro, também no feminino. Com os resultados do campeonato, o HCP masculino conseguiu a única vaga disponível para a fase final que deve acontecer em janeiro, em São Paulo. Já as duas vagas da competição feminina foram preenchidas pelo mesmo HCP e pela APCEF, que ficou com o vice-campeonato. Para a treinadora do time feminino da APCEF e da Seleção Brasileira de Handebol de Areia, Rossana Coeli, o torneio foi um sucesso e contou com um nível excelente de organização e qualidade. "O nível da competição foi altíssimo, todos os membros da Confederação Brasileira acharam um grande campeonato,

A equipe feminina do HCP confirmou o favoritismo e mostrou porque é considerada a melhor da América do Sul; agora quer mais um título brasileiro inclusive disseram que as finais dessa etapa provavelmente serão as finais da fase final. A organização também foi muito boa, com os horários dos jogos obedecidos e com uma boa arbitragem. A Paraí-

ba é uma referência no esporte, então é normal uma grande competição como essa aqui", disse a técnica. Rossana, após a competição, convocou o selecionado brasileiro para a preparação

FOTO: Ortilo Antônio

A seleção paraibana de nado sincronizado surpreendeu e deu show no Campeonato Brasileiro da modalidade disputado em Fortaleza

Paraibanas conquistam 27 medalhas no CE > Bianca Corbacho

A Paraíba foi destaque no Campeonato Brasileiro de Nado sincronizado, disputado no último fim de semana em Fortaleza, no Ceará. A Seleção paraibana conquistou 27 medalhas nos três dias da competição, que também teve a participação de atletas do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Belo Horizonte e Alagoas. As disputas aconteceram nas categorias Infantil, Junior e Juvenil. O grupo da Paraíba foi composto por vinte e três atletas que treinam juntas há oito anos, sob o comando da professora Ana Maria. Elas

mostraram que estão em total sintonia. As coreografias apresentadas no campeonato e que estão sendo ensaiadas desde o início do mês de janeiro, conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze. No primeiro e segundo dia do Brasileiro, quatro medalhas, sendo que três foram de prata e uma de bronze. O destaque ficou com Thafinis Milca, que conquistou prata na categoria juvenil (13 a 15 anos) e bronze na sua real categoria, o infantil (8 a 10 anos). Para Thafinis, disputar o primeiro lugar com atletas que fazem parte da Seleção Brasileira é a prova de que as atletas estão se igualando. "Um dia estarei no primeiro lugar e na seleção brasileira, estou treinando bastante e quero muito alcançar esse objetivo. Desejo representar a Paraíba e o Brasil nos campeo-

meninas logo para treinarem. Na equipe são nove paraibanas, que juntamente com mais sete do Sudeste, e uma do Ceará vão servir à seleção nessa fase de preparação", completou Rossana.

[POR CIMA]

NADO SINCRONIZADO

biancacorbacho@hotmail.com

visando o Sul-Americano, que será disputado entre os dias 1º e 10 de dezembro, na cidade de Manta, no Equador. "Estamos querendo nos preparar bem para essa competição, então preferimos convocar as

natos mundiais, mas enquanto isso não acontece, estou muito feliz com os resultados conquistados nesta competição", declarou a competidora. As outras medalhas da Paraíba no brasileiro ficaram por conta de Mariana Falcão, prata no infantil e Vanessa Kelly, medalha de prata na categoria junior (16 a 18 anos). Já no terceiro dia de competição, na categoria dueto infantil, o pódio foi quase todo paraibano com Ana Beatriz e Sofia Henrique em segundo e Ana Nicole e Ana Clara em terceiro, perdendo apenas o primeiro lugar para a equipe do Distrito Federal. No dueto Juvenil, o terceiro lugar foi conquistado por Helena Longo e Natália Tamera. Fechando o quadro de medalhas do penúltimo dia, Lara Costa e Vanessa Kelly com o terceiro lu-

gar no dueto Junior. Encerrando a competição em grande estilo, ouro para as atletas das categorias Junior e Juvenil, que finalizaram a participação da Paraíba com os troféus de campeãs entre equipes. Feliz com o resultado, a técnica Ana Maria afirma que todas estas conquistas foram frutos de muito trabalho. "O nosso sonho era fazer com que a Paraíba tivesse um time bom, que pudesse representá-la nos outros estados e aos poucos, estamos conquistando esse espaço tão desejado. Estamos competindo com clubes de várias regiões do País e isso faz o nível do torneio subir, por isso os resultados conquistados estão sendo tão positivos", finalizou Ana Maria.

Pretinha se recupera de contusão e volta a vencer A corredora paraibana Ednalva Laureano, a Pretinha, parece mesmo está recuperada da séria contusão que sofreu há alguns meses. Nesse domingo, a corredora de Alagoa Grande alcançou sua terceira vitória no mês, na prova de 10 km do 2º Circuito de Corridas de Rua Farmácias Pague Menos realizada em João Pessoa, no Busto de Tamandaré em Tambaú. Pretinha teve uma fissura na tíbia no começo da temporada, o que a deixou longe dos treinamentos e competições por um bom tempo. Contudo, após voltar a disputar competições, não demorou muito para a atleta alcançar bons resultados. No começo desse mês, a velocista venceu a primeira etapa da competição, que foi realizada na cidade de Recife, e em João Pessoa repetiu o resultado chegando em primeiro. Na semana passada, a corredora alcançou outro título,

dessa vez nos 10 km do Circuito da Caixa Econômica, também realizado na Capital paraibana. Para o treinador da atleta, Pedrinho, o resultado era esperado, em se tratando de uma grande atleta como Pretinha. "Foi um grande resultado de Pretinha, que aos poucos vai se recuperando da contusão que teve na tíbia", disse o técnico. Pretinha agora foca no próximo desafio, que será domingo que vem na cidade de Jacobina na Bahia, onde disputará a 26ª Corrida de Duque de Caxias de Jacobina. Na prova masculina do 2º Circuito de Corridas de Rua Farmácias Pague Menos, o lugar mais alto do pódio também ficou com um paraibano. O vencedor foi Joseilton Félix, que era um dos favoritos para o primeiro lugar. A premiação foi de mil reais para o primeiro colocado, setecentos reais para o segundo e quinhentos para o terceiro, tanto no masculino quanto no feminino. FOTO: Ortilo Antônio

Depois de uma sequência de contusões, Pretinha volta ao topo

JORNAL A UNIÃO  

30/08/2011

Advertisement