Page 1

REVISTA DO SINDCONFECÇÕES E SINDROUPAS . ANO I . Nº 01 . JAN/2013


slogan

O GOVERNO DO ESTADO TEM ORGULHO EM APRESENTAR A ARENA CASTELÃO.

FOTO DO LOCAL

O Governo do Estado entregou a Arena Castelão. Motivo de orgulho para todos os cearenses, esta é a

SAIBA MAIS SOBRE A ARENA CASTELÃO: •

Padrões internacionais de segurança e conforto.

primeira arena a ficar pronta para a Copa do Mundo

Grande praça de eventos com área total de 55.000m2.

da FIFA Brasil 2014TM. É a maior do Norte/Nordeste

Espaço cultural com memória do futebol cearense desde 1896.

Obra Sustentável com ações ecologicamente corretas.

Estacionamento com 1.900 vagas cobertas.

e uma das quatro maiores do país. Com tecnologia inovadora, a estrutura oferece excelentes condições para o envolvimento da torcida e também para a transmissão de jogos. Foi construída seguindo os padrões internacionais e atendendo às exigências da FIFA, mas, sobretudo, com o objetivo de oferecer mais conforto para os torcedores cearenses.


EDITORIAL por Herbert da Costa Velho Diretor do SINDCONFECÇÕES

A

indústria de confecções, a exemplo de diversos outros setores produtivos, vem experimentando importantes transformações,

especialmente por conta da crescente globalização das suas bases competitivas. A onipresença local do mercado mundial exige das

empresas que formam a cadeia produtiva do setor um repensar de suas estratégias. É preciso focar esforços em ativos intangíveis como marca, marketing, desenvolvimento, canais de distribuição e comercialização, especialmente no segmento de vestuário. Diante da forte concorrência de marcas internacionais, que aqui chegam com o peso de sua eficiência produtiva e eficácia comercial, não há mais

Presidente | Marcus Venicius Rocha Silva 1° Vice-Presidente | José Moreira Sobrinho 2° Vice-Presidente | Antônio Carlucio de Souza Pereira Diretora Administrativa | Maria de Fátima Facundo Soares Diretor Financeiro | Herbert da Costa Velho Diretor de Relações Trabalhistas/Sindicais | Pedro Sérgio de F. Melo Diretora de Eventos | Maria Teixeira de Oliveira Diretor de Marketing | Carlos Alberto Vieira Cruz Conselho Fiscal Efetivo | Gilmar Sérgio Vegini Maria Aracilda Lima Bezerra Adolfo Araújo Conselho Fiscal Suplente | Maria Alzenir Girão Freire Delegados Representantes junto à FIEC 1° Delegado | José Moreira Sobrinho 2° Delegado | Marcus Venicius Rocha Silva

espaço para o improviso. É preciso planejar as ações a partir da definição de objetivos estratégicos pautados em uma visão holística e fria do mercado. Nesse contexto de competitividade acirrada e competente, a indústria de confecção cearense tem pela frente um desafio inadiável: elevar sua capacidade competitiva de maneira a preservar seus espaços domésticos e adquirir as competências necessárias para sua inserção no mercado internacional. Foi com esta consciência que o Sindicato das Indústrias de Confecção de Roupas e Chapéus de Senhoras (SINDCONFECÇÕES) e o Sindicato das Indústrias de Confecção de Roupas de Homens e Vestuário (SINDROUPAS), resolveram se unir a outras quinze instituições que integram a cadeia produtiva do setor para, coletivamente, buscarem soluções coerentes com o cenário que se desenha. O fruto inicial desta união, a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Vestuário (CS Vestuário), a ins-

Presidente | Adriano Monteiro Costa Lima Diretor Administrativo | Aluísio da Silva Ramalho Filho Diretor Tesoureiro | Francisco Lélio Matias Pereira Suplentes | Francisco Ubiratan Silva Junior Paulo Alexandre de Sousa Cleto Rocha Montenegro Júnior Conselho Fiscal Efetivos | Marcelo Araújo Machado José Wagner Ricarte Luiz Henrique da Costa Feijó Suplentes | Tanios Moussa Aghnatios Domenico Gabriele Representante junto à FIEC Titular | Adriano Monteiro Costa Lima 1º Suplente | Aluísio da Silva Ramalho Filho 2º Suplente | Francisco Lélio Matias Pereira

tituição e outorga da Comenda Beni Veras 2012, o empreendimento de ações conjuntas voltadas para a qualificação e capacitação das empresas do setor, são temas presentes nesta primeira edição da CONFECÇÃO EM PAUTA. Neste momento de travessia, que sua leitura inspire a todos!

SUMÁRIO

05 | INSTITUCIONAL

Expediente Projeto Gráfico e Editorial E2 Estratégias Empresariais www.e2solucoes.com - e2@e2solucoes.com Coordenação Editorial Francílio Dourado Diagramação Keyla Américo Design do Projeto Augusto Oliveira Revisão Igor Alencar de Aguiar Tratamento de Imagens e Capa Rodrigo Portillo Jornalista Gabriela S. Dourado (2324/CE)

07 | COMENDA

13-14 | MATÉRIA

3


INSTITUCIONAL

SINDCONFECÇÕES: PROATIVIDADE E COMPROMISSO Marcus Venicius Rocha Silva PRESIDENTE DO SINDCONFECÇÕES

moda como um dos que

O

ÇÕES orgulha-se em representar

mais crescem e movimen-

cerca de 70 empresas associadas,

tam a economia cearense. Embora

atuantes no setor de confecções

seja, em sua maioria, formado por

femininas e unissex, passando por

micro e pequenas empresas, o setor

diversas subcategorias. Tendo por

emprega milhares de trabalhadores

Missão Institucional “representar

apaixonados pelo seu ofício e faz

as diversas categorias de têxteis

do estado do Ceará uma referência

femininos, como adultos, infantil,

em indústrias de confecções, sendo

fardamentos, roupas profissionais,

nacionalmente reconhecido com

enxovais e recém-nascidos”, realiza

o terceiro maior polo do país. Essa

ações que vão desde prover infor-

expansão do segmento de têxteis é

mações sobre moda, promover fó-

bastante importante para a econo-

runs e demais eventos que reúnam

mia do estado, pois movimenta ca-

interessados no assunto, buscar

pital e atrai investimentos oriundos

parcerias com diversos órgãos e

de todos os cantos do Brasil.

fomentar, de maneira sustentável,

segmento de vestuário e

O SINDCONFECÇÕES – Sindicato das Indústrias de Confecção

Atualmente,

o

SINDCONFEC-

a inovação no mercado de confecções no estado.

de Roupas e Chapéus de Senhoras

Para o cumprimento de seu papel,

no Estado do Ceará foi criado há 25

o sindicato traz para si atribuições

anos com a finalidade de agregar

como assessoria de moda, missões

toda a cadeia produtiva de têxteis

empresariais, workshops, cursos,

femininos do estado, aproximando

seminários, congressos, palestras

interesses comuns, reduzindo pro-

e participação em eventos de moda

cessos desgastantes e burocráticos

nacionais e internacionais, e tem

e contribuindo para um desenvol-

como objetivo central envolver os

vimento planejado do setor, que já

meios acadêmicos, governamen-

apresenta cerca de cinco mil em-

tais e outros de apoio à atividade

presas em todo o território cearen-

industrial, cuja temática seja a va-

se, gerando mais de 50 mil empre-

lorização da moda no segmento da

gos diretos.

economia alencarina.

AÇÕES 2012 • SENAC Modas 2012 | São Paulo • Curso de Modelagem em Tecido Plano | Fortaleza • Dragão Fashion 2012 | Fortaleza • Salão da Moda Brasil | São Paulo 5 • Missões de Capacitação e Pesquisa em Moda - Circuito Moda de New York - Missão Internacional de Paris - Missão Internacional de Milão • Fórum EXAME | São Paulo • Dia do Confeccionista - Comenda Beni Veras 2012


SINDROUPAS: FORTALECIMENTO PELA UNIÃO Adriano Monteiro Costa Lima PRESIDENTE DO SINDROUPAS

C 6

om mais de 70 anos de

talecimento e a união entre os asso-

existência, fundado sob a

ciados, oferecendo-lhes um enorme

denominação de Sindicato

diferencial competitivo perante os

das Indústrias de Alfaiataria e de

demais. É constituído para fins de

Confecções de Roupas de Homens

representação institucional do seg-

de Fortaleza e atuando de ma-

mento de confecções masculinas e

neira sólida no estado do Ceará,

vestuário no Estado do Ceará.

o SINDROUPAS empenha esfor-

Ciente da importância do seg-

ços para representar o setor de

mento de confecções para a econo-

confecções, visando atender suas

mia do estado, o SINDROUPAS vê

necessidades, promovendo seu de-

na união dos empresários uma boa

senvolvimento político, econômico

opção para fazer o melhor aprovei-

e social, de forma a consolidar o for-

tamento das competências individuais de cada um em prol do sucesso e conquistas coletivas. Os serviços que promove para seus associados incluem reuniões para discutir assuntos de interesse do setor, eventos empresariais de formação e informação geral, assessoria jurídica, troca de experiências, treinamentos de colaboradores, participação em feiras e eventos de interesse do setor, além de um forte relacionamento institucional com as demais entidades que compõem a cadeia produtiva têxtil e de confecções. Contando com um amplo número de associados, o sindicato tem por compromisso melhor vestir os homens cearenses.

AÇÕES 2012 • Café Fashion Brands 2014 | SEBRAE • Planejamento Estratégico 2012 | FIEC • 70 Anos da Instituição Pioneira na Alfaiataria Cearense • Curso de Planejamento Financeiro | Fortaleza • Dragão Fashion 2012 | Fortaleza • Missões de Capacitação e Pesquisa em Moda - Feira Brasileira para a Indústria Têxtil - Febratex 2012 | Blumenau/SC - Visita ao Senai Cetiqt | Rio de Janeiro • Convênio de Serviços com IEL, Fundação Dom Cabral e Grupo IMAM • Dia do Confeccionista - Comenda Beni Veras 2012


COMENDA

COMENDA BENI VERAS FORTALECENDO E DESENVOLVENDO A INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES DO CEARÁ

R

econhecer grandes perso-

bre problemas de desenvolvimento

nalidades, públicas e em-

econômico.

Bastante irrequieto, ainda exerceu o magistério como professor da

presariais, que ao longo de

Sua veia política surgiu quando,

cadeira de Introdução à Administra-

suas vidas contribuíram de forma di-

ainda saindo da adolescência, presi-

ção e Marketing da Universidade de

reta para o fortalecimento e desen-

diu três Congressos de Estudantes

Fortaleza (UNIFOR). Foi o primeiro

volvimento da indústria da confec-

do Ceará. Em seguida exerceu a Se-

presidente da nova era do Centro

ção no estado do Ceará: foi com este

cretaria Geral da UBES (União Bra-

Industrial do Ceará (CIC), a partir

objetivo que o SINDCONFECÇÕES e

sileira de Estudantes Secundários)

de 1978, quando os então “jovens

o SINDROUPAS se uniram e institu-

e presidiu o Diretório Acadêmico

empresários” passaram a assumir

íram a Comenda Beni Veras.

Juscelino Kubitschek (da Escola de

o comando político e administrativo

Administração do Ceará).

da entidade. Como assessor espe-

A escolha de Beni Veras para nominar a comenda, mais que re-

A veia empreendedora aparece

cial do primeiro Governo Tasso Je-

presentar um reconhecimento ao

ao tornar-se Gerente de Vendas da

reissati, deu início a uma trajetória

grande esforço empreendido pelo

antiga Casa Inglesa. Logo depois

de intensa atividade política que o

executivo do ambiente empresarial

passou a atuar na indústria, quando

levaria a ocupar a vice-governadoria

e político do universo público, com

ocupa a vice-presidência da Roupas

do estado, uma cadeira no Senado

história repleta de feitos em defesa

do Nordeste S.A. (SARONORDE),

Federal (eleito com expressiva vota-

do desenvolvimento do Ceará, visa

passando pela vice-presidência das

ção) e o cargo de Ministro do Plane-

dignificar os nomes daqueles que

Confecções Guararapes e presidên-

jamento, no governo do presidente

virão a ser homenageados.

cia da Fábrica CONFEX S.A.

Itamar Franco.

Beni Veras é um legítimo cidadão cearense, natural de Crateús, nascido em 18 de agosto de 1935, filho de Osvaldo Farias Alcântara e Raimunda Veras Farias. Fez o colegial no tradicional Liceu do Ceará e cursou a Escola de Administração do Ceará, onde concluiu seus estudos em 1967. Com um currículo internacional, tem diploma com menção honrosa da Universidade de Harvard, do curso intensivo so-

7


DESTACAR, HOMENAGEAR E QUALIFICAR

E

ntendendo ser preciso destacar os bons exemplos, homenagear quem faz a

diferença e qualificar cada vez mais seus associados, o SINDCONFECÇÕES e o SINDROUPAS resolveram, conjuntamente, homenagear com a outorga da Comenda Beni Veras 2012, duas personalidades – uma pública e

8

outra da classe empresarial – e uma empresária como destaque industrial do cenário local. Os três nomes eleitos, com certeza, dignificam toda a cadeia produtiva da indústria de vestuário do nosso estado. Como Personalidade Pública do Ano para os setores representados

Como Personalidade Empresarial do

Como Empresária Destaque de 2012,

pelos dois sindicatos, recebeu a comen-

Ano, os sindicatos escolheram para re-

a comenda Beni Veras coube à Sra. Lia-

da o Presidente do Conselho de Desen-

ceber a comenda a fundadora da Con-

naTomaz, Presidente do Grupo Água de

volvimento Econômico do Estado do

fecções Mundica Paula, Sra. Raimunda

Coco, uma das empresas de maior su-

Ceará, Sr. Ivan Rodrigues Bezerra.

Guedes da Costa (in memoriam).

cesso no cenário da moda cearense.


SOCIAL

9


10


“O exemplo foi sempre a forma de fazer proselitismo e adquirir companheiros para nossa atividade, muito mais do que o discurso; o discurso é uma coisa que entra e sai, mas o gesto, o cotidiano das pessoas e o exemplo, são coisas que ficam.” Beni Veras

11


12

anuncio_sindtextil_203x125.pdf

1

16/01/13

15:09


MATÉRIA

DIA DO CONFECCIONISTA

A

celebração

do

nalidades do setor de confecções

Confeccionista no Ceará,

do

Dia

cearense: Verônica Maria Rocha

uma placa alusiva à data. A pri-

comemorado anualmente

Perdigão, da Santana Textiles, no ato

meira a receber, Maria de Lourdes

em 23 de setembro, este ano contou

representada por Marcus Venicius,

Avelar, destacou que tem “orgulho

com uma atividade especial, acon-

presidente do SINDCONFECCÕES;

por realizar um trabalho que exi-

tecida na Assembleia Legislativa do

Adriano Costa Lima, diretor da Ma-

ge dedicação, mas que também é

Estado. No dia 07 daquele mês, re-

resia Indústria de Confecções e pre-

prazeroso. Vivemos em um estado

alizou-se uma sessão solene reque-

sidente do SINDROUPAS; e Maria

de gente hospitaleira e que oferece

rida pelo deputado Sérgio Aguiar

de Lourdes Avelar, presidente da Le-

muitas oportunidades para aqueles

(PSB), vice-presidente da Comissão

pel Nordeste Confecções Ltda.

que querem trabalhar. Neste mo-

de Indústria, Comércio, Turismo e Serviços da Casa.

Os

homenageados

receberam

Ao fazer uso da palavra, Sérgio

mento, sinto-me como se estivesse

Aguiar ressaltou que as indústrias

recebendo um Oscar e tenho cer-

A deferência se deu por uma so-

têxteis têm sido grandes absorve-

teza que os outros homenageados

licitação do SINDCONFECÇÕES e

doras de mão de obra. “É uma honra

também sentem-se assim. [...] Obri-

do SINDROUPAS, que se dirigiram

possuir uma forte ligação com repre-

gada pelo reconhecimento de um

ao parlamentar para reivindicar a

sentantes do setor, pois já presidi a

trabalho difícil, que é liderar pesso-

sessão. De quebra, receberam do

Comissão de Turismo da Casa. Hoje,

as e negócios.”

deputado Sérgio Aguiar a notícia

na condição de vice-presidente, ao

Ao presidente do SINDCONFEC-

da apresentação do projeto de lei

mesmo tempo em que congratulo

ÇÕES, Marcus Venicius, coube a ta-

92/2012, que cria o Dia Estadual do

com eles, prestando-lhes essa home-

refa de agradecer a homenagem e

Confeccionista no Ceará.

nagem, comprometo-me a sempre

o fato de o deputado Sérgio Aguiar

Na ocasião da sessão solene, fo-

atender aos anseios do segmento,

ter atendido à solicitação dos dois

ram homenageadas com placas

contribuindo para o aperfeiçoamen-

sindicatos, no sentido de se criar o

comemorativas à data três perso-

to da profissão de confeccionista”.

Dia do Confeccionista no Ceará.

13


MATÉRIA

CÂMARA SETORIAL DO VESTUÁRIO

V 14

encer 2012 já foi uma gran-

se que tão importante quanto a

ações capazes de desenvolver o se-

de vitória. A afirmação

atualização tecnológica é o conhe-

tor. Lançada no mês de dezembro, a

reflete

sentimento

cimento e atendimento às novas

nova entidade será composta por 17

presente em todo o setor de vestu-

demandas dos consumidores. Mas

instituições que integram a cadeia

ário. Diante de uma concorrência

que estratégias usar? Na busca por

produtiva do segmento, dentre as

pesada infligida pela inserção no

uma resposta compatível, o setor se

quais se destacam o SINDROUPAS

mercado local de produtos oriundos

uniu para promover a ambiência ne-

e o SINDCONFECÇÕES.

de outros países, era preciso uma

cessária à mudança.

um

Segundo os presidentes Marcus Ve-

C

tomada de atitude que permitisse

Nasceu a Câmara Setorial da

nicius e Adriano Costa, a CS Vestuário

M

ampliar a competitividade do setor.

Cadeia Produtiva do Vestuário (CS

ajudará na conquista de mais e melho-

Y

Após um período de reação pau-

Vestuário), um colegiado onde to-

res recursos para o setor, ampliando o

CM

tada em investimento na moderni-

dos terão oportunidade de propor,

diálogo e a consequente conquista de

MY

zação do parque fabril, percebeu-

apoiar e acompanhar projetos e

soluções rápidas e transformadoras.

CY

CMY

K


Revista Confecao Pauta nº 01  

Publicação do Sindconfecções e Sindroupas, editada pela E2 com diagramação e arte de Augusto Oliveira.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you