Issuu on Google+


EDITORIAL

Prezado leitor, É com muito orgulho e bastante satisfação que nós, da Atual editora, publicidade e consultoria, lançamos a nossa revista Atual Saúde. Apesar de já estarmos editando revistas no segmento farmacêutico a edição da Atual Saúde representa nossa demonstração de encanto e paixão pelo trabalho realizado.

Expediente:

Estamos lançando a revista com uma editoria toda especial, e um design e diagramação clean - como qualificam os especialistas -, suave e atraente.

Edição: Carolina Branco Lindoso

Na principal editoria da revista, o Espaço Saúde, buscamos abordar assuntos de interesse público no âmbito nacional e com o respaldo de especialistas renomados internacionalmente. Isso diferencia e qualifica a Revista Atual.

Comercial: Luiz Moraes

Há mais de um ano trabalhamos no projeto editorial da revista em busca de levar uma agradável leitura a todas as pessoas relacionadas no nosso mailing. Esse objetivo é um grande desafio para toda revista: agradar o leitor. Apesar deste ser composto por 50% de profissionais da área de saúde, a Revista Atual Saúde se destina a todos os leitores. E é pensando em todos os leitores que nós decidimos diversificar nossas mais de 10 editorias. Desta forma estamos criando uma leitura dinâmica e agradável, com matérias muito interessantes e que - de acordo com as pesquisas que realizamos antes da elaboração e lançamento da revista -, são do interesse do nosso público alvo. Em janeiro voltaremos com a segunda edição e, respaldado na determinação de nossa maravilhosa equipe, estaremos trabalhando incansavelmente para que você leitor, tenha uma edição cada vez mais informativa e deslumbrante. É com muita empolgação que desejamos uma boa leitura a todos e agradecemos a participação de nossos entrevistados, que abrilhantaram e passaram credibilidade já nesta primeira edição. Muito obrigada, tenham todos um Natal maravilhoso e que 2012 seja de muita saúde e realizações.

Maria Lúcia Tavares de Lima Diretora Geral

Direção Geral: Maria Lúcia Tavares de Lima

Jornalista Responsável: Carolina Branco Lindoso - 3622/PE Revisão: Maria Lúcia Tavares de Lima Projeto Gráfico: ADR’ Design Diagramação: ADR’ Design Foto da Capa: Rafael Araújo - Studio A Impressão: Gráfica MXM


SUMÁRIO

20

10 Os Poderes da Água: A Atual Saúde revela a você os benefícios das atividades aquáticas.

12 Emagrecimento Saudável: Saiba o que fazer e

28

34

24 Turismo de Saúde no Recife

46 Delícias Gastronômicas do Recife

26 Saúde Pública Sob Alerta: estudo revela o aumento

50 Queijos e Vinhos: Uma

de casos da diabetes no Brasil.

combinação milenar.

o que não fazer para emagrecer com saúde.

28 Entrevista com o Dr. Ruy Lyra (foto)

52 Por onde andam as gostosas brincadeiras infantis

14 Dançar para não dançar:

34 Infância Obesa (foto)

54 Acordando Cedo: cinco

a importância da dança para o bem-estar do corpo e da mente.

18 Vem chegando o verão: proteja sua pele durante a temporada.

20 Praias do Nordeste dão um Show (foto)

36 Problemas nas Gengivas podem causar doenças sistêmicas 40 Odontologia Hospitalar: novidade em Pernambucano.

44 O Perigo tem um aliado: A Hipertensão

dicas para treinar seu organismo.

56 Sabonete Íntimo: porquê usá-lo?

58 Cabelos perfeitos o ano Todo: o que fazer para manter seus cabelos impecáveis.

66 Atual indica: Livros, cds e dvds especialmente para você.


REVISTA ATUAL SAÚDE

VIDA SAUDÁVEL

OS PODERES DA ÁGUA ATIVIDADES PRATICADAS NA ÁGUA FAZEM BEM PARA A SAÚDE E DÃO PRAZER.

A

sociedade demonstra uma grande preocupação com a beleza, com a saúde e com a qualidade de vida nos dias atuais e a procura por atividades físicas tem crescido gradativamente. Conforme pesquisa realizada pelo Ibope, 80% das mulheres estão preocupadas com a forma física e 79% afirmam pagar qualquer preço para manter a saúde e ficar em forma. A natação, a hidroginástica e o balé aquático (nado sincronizado), são ótimos exemplos de ativi10

dades para se obter um excelente condicionamento físico. As atividades praticadas dentro da água podem ser realizadas por qualquer pessoa, ou seja, de todas as faixas etárias, de ambos os sexos, e até pessoas com problemas de saúde e portadores de deficiências podem participar. O exercício físico realizado dentro de uma piscina é benéfico à mente e ao corpo, sobretudo às articulações, que são poupadas de grandes impactos. “A água elimina o efeito do peso corporal, pois minimiza a

ação da gravidade com o impuxo (força contrária). A pressão hidrostática facilita a manutenção postural, fazendo com que a água se torne um ambiente propicio a prática de atividades físicas para qualquer idade”, afirma a professora Rosângela Lindoso. Rosângela é graduada em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Especializada em Treinamento Desportivo (pela UPE) e Mestre em Educação (pela UFPE). Ela dá aulas em piscinas há mais de 20


anos e explica que são muitos os benefícios trazidos pela atividade na água. “As atividades praticadas na água permitem ao indivíduo fortalecer os músculos fracos, destencionar as articulações, diminuir o estresse biomecânico, criar resistência aos movimentos, aliviar a sobrecarga natural, entre outros”. Segundo apontam as Organizações médicas internacionais, a prática de exercícios físicos dentro da água é indicada para pessoas com problemas respiratórios, como a asma. Pesquisas realizadas demonstram que este tipo de atividade contribui de forma positiva e eficiente no combate a agentes agravantes destes problemas e também ajuda na diminuição das taxas de colesterol, glicose e triglicerídeos no sangue. “A ação da Gravidade é minimizada pelo Impuxo de Arquimedes. A pressão hidrostática facilita a circulação de retorno. Para se ter uma idéia, a resistência da água é 11 vezes maior que a resistência do ar, o peso corporal é reduzido a 10% do valor real, possibilitando um trabalho muscular mais intenso”, esclarece a professora Rosângela. De acordo com Rosângela, a água estimula a circulação periférica, pois facilita o retorno venoso, e fortalece toda a musculatura envolvida na respiração sendo, portanto, benéfica para pessoas com problemas respiratórios e doenças articulares como artrite e artrose. Indivíduos com excesso de peso, problemas nos joelhos ou na coluna também podem desfrutar desses benefícios. As pessoas podem, além de queimar gordurinhas desagradáveis, ter o prazer de relaxar na água da piscina, principalmente se esta for aquecida, já que

a temperatura elevada proporciona a dilatação dos vasos sanguíneos melhorando a circulação. Além do mais qualquer atividade física faz com que o organismo libere a endorfina. A água também produz um efeito massageador. E essa espécie de massagem trabalha a consciência corporal e alonga os membros. Tudo isso combinado funciona para o bem-estar e combate o estresse, a ansiedade e até a depressão. Para conquistar os benefícios de um exercício físico o esforço é grande, mas a sensação de massagem muscular diminui a percepção deste esforço, tornando o exercício prazeroso. Pensando nos benefícios trazidos pelas atividades na água esse ramo vem atraindo mais e mais consumidores a cada dia. O que faz as academias e clubes oferecerem novas modalidades para atender as exigências de seu público: Hidroginástica, Hidropower, Musculação Aquática, Hidroaeróbica, Aqua Spin, Hidrogap. É

só escolher aquela que mais se encaixa em suas necessidades, preparar a roupa de banho e mergulhar na piscina.

11


VIDA SAUDÁVEL

EMAGRECIMENTO

SAUDÁVEL A PROMESSA DO EMAGRECIMENTO RÁPIDO ENCANTA A QUALQUER UM, MAS NA MAIORIA DAS VEZES NÃO SÃO DIETAS SAUDÁVEIS E PODEM TER O EFEITO CONTRÁRIO E PREJUDICIAL À SAÚDE.

REVISTA ATUAL SAÚDE

A

dieta dos pontos, a do chá, a do líquido, a do sólido... Todas com promessas de perda de peso rápido e indolor, que encantam homens e mulheres com a irresistível publicidade do corpo perfeito, mas na verdade restringem a ingestão de determinados tipos de alimentos e podem causar deficiências de vitaminas e minerais e atrapalhar o correto funcionamento do corpo, prejudicando a saúde. A moda era adquirir medicamentos, de venda proibida, sem receita médica. Os quais, muita gente comprava de forma ilícita via terceiros. A Sibutramina, por exemplo, é um remédio indicado pelo profissional de saúde para pessoas com obesidade que auxilia na perda do peso, mas a própria bula do medicamento não exclui a prática de exercícios físicos e a dieta. A ingestão de medicamentos sem indicação médica é perigosa e o seu consumo pode levar a disfunções orgânicas e até provocar a morte. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Brasil está entre os países que mais consomem anorexígenos.

12

Esse dado fez com que a agência divulgasse uma nota em seu site (www.anvisa.gov.br), contendo o parecer da área de Farmacovigilância, propondo retirar do mercado os inibidores de apetite. Essa medida já foi adotada em países da União Européia e dos Estados Unidos e recentemente foi aceita também no Brasil. De acordo com a Resolução

RDC 52/11, a fabricação, importação, exportação, distribuição, manipulação, prescrição, dispensação, aviamento, comércio e uso de medicamentos ou fórmulas medicamentosas que contenham as substâncias anfepramona, femproporex e mazindol, seus sais e isômeros, bem como intermediários foi proibida a partir de dezembro de 2011.


Os anorexígenos são inibidores de apetites indicados em casos de doenças como, por exemplo, a bulemia, a hiperfagia (fome excessiva), e a compulsão alimentar. Esse tipo de medicamento age no hipotálamo inibindo a fome e apresenta um certo grau de dependência (apesar de poucos casos comprovados). Pode também causar efeitos colaterais como: boca seca, constipação intestinal, irritabilidade, insônia e mais raramente taquicardia e hipertensão arterial. Isso só reafirma o fato de que todo medicamento deve ser tomado apenas com a prescrição médica. Há, ainda, quem indique os shakes para emagrecer rápido e com saúde. Os Shakes são indicados para o controle do peso, sendo consumidos no lugar de uma das refeições do dia. Eles prometem satisfazer a sua fome sem deixar seu corpo carente de vitaminas e minerais. Com o tempo os shakes evoluíram e inovaram com gostos melhores, mas nem todos se dão com a ingestão dos shakes e por isso terminam deixando de lado.

“O segredo está na

quantidade e na qualidade dos alimentos consumidos.” É claro que cada organismo pede uma alimentação diferenciada. O ideal é uma dieta equilibrada, ou seja, contendo um pouco de cada nutriente, acompanhada por um especialista e seguida corretamente junto com a prática de exercícios físicos. O segredo está na quantidade e na qualidade dos alimentos consumidos. Você deve controlar o total de calorias ingeridos evitando as frituras, alimentos ricos em colesterol, açúcar. Mantenha seu corpo em vigilância e não se deixe cair em tentação. Antes de começar qualquer dieta consulte o seu nutricionista. 13


VIVA FELIZ

DANÇAR PARA NÃO DANÇAR

A PRÁTICA DA DANÇA PROPORCIONA INÚMEROS BENEFÍCIOS AO CORPO E A MENTE HUMANA.

REVISTA ATUAL SAÚDE

A

dança é vida, é a arte de mexer com o corpo num ritmo harmônico independente de som. Através da dança o ser humano se expressa corporalmente. Ela liberta a alma, modela o corpo e proporciona bem-estar para a mente. Já dizia a música de Rita Lee, Dançar para não Dançar: “Um movimento qualquer. Sobe à cabeça e os pés. Sinta o corpo. Você está solto e pronto pra vir”. Segundo a professora Laurecy Dias dos Santos: “A dança proporciona um bem estar integral ao ser humano pelas suas várias possibilidades que ela oferece ao corpo. Podemos citar aspectos favoráveis aos contextos psicológicos, fisiológico, melhoras nas condições física e motora, além das contribuições de inter-relação social”. Laurecy é graduada em Educação Física pela Universidade de Pernambuco (UPE), Mestre em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Especialista em Dança e Consciência Corporal pela Universidade Gama Filho (UGF). Como coordenadora da Modalidade Dança nos Jogos da 14

3ª Idade do Governo Estadual de Pernambuco – desde o ano 2000 -, a professora recomenda a dança a todos. Ela explica que pontos consideráveis na saúde do ser humano podem ser canalizados para um trabalho no âmbito do limite corporal do indivíduo. “Na sua existência a dança é para todos, porém algumas práticas deverão ser vivenciadas de acordo com o aspecto psicológico e corporal do praticante”, esclarece a professora. Laurecy explica, ainda, que para as crianças os melhores métodos são aqueles que favorecem a criatividade como o balé clássico e danças folclóricas. Isso porque elas possuem a natureza impulsiva, ousada e em processo de formação psicológia e motora. Para os adolescentes a professora indica as danças de rua, o jazz, o sapateado, enfim, to-

das que permitam vivências do cotidiano cultural dos jovens. Adultos devem estabelecer relações com a dança que venham contribuir com seu bem estar, procurando relações entre o prazer de dançar e os fatores favoráveis a sua saúde. Já para os idosos, os métodos devem ser aplicados no sentido de ampliação dos diversos aspectos relacionados ao bem estar corporal como um todo. Pensando nas limitações físicas e mentais de cada faixa-etária pode-se abrir um leque de métodos que aprofundam o trabalho da dança no estabelecimento de bem-estar. As atividades são gradativas e, se bem praticadas, vão proporcionar um bem estar geral para o indivíduo (corpo e mente). Escolha seu ritmo, procure um especialista e saia para bailar.

“A dança

proporciona um bem estar integral ao ser humano pelas suas várias possibilidades que ela oferece ao corpo”


15


TURISMO

VEM CHEGANDO O

VERÃO

CALOR, PRAIA E PELE BRONZEADA... CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS COM O SOL DURANTE O VERÃO.

REVISTA ATUAL SAÚDE

Por Lúcia Tavares

O

verão é um sinônimo para sol, mar, calor, alegria e para a beleza da pele bronzeada. Os nordestinos têm o privilégio do sol na maior parte do ano, além das belíssimas praias com o mar azul de águas mornas... Mas a exposição ao calor requer alguns cuidados, já que tomar sol excessivamente tem sido uma atitude relacionada a sinais de envelhecimento precoce e câncer de pele. O nosso astro tem seus benefícios, como por exemplo: o estimulo a produção de vitamina D em nosso organismo. Segundo especialistas em dermatologia, uma caminhada diária de 15 minutos sem uso de protetor solar pela manhã ou ao final da tarde é uma boa maneira de produzir a vitamina D. Só que os brasileiros, e até os estrangeiros, não resistem ao período do verão no país e sempre acabam por se expor cada vez mais para aproveitar a temporada. Neste caso, além de inter-

18

calar entre o uso do guarda-sol, a ingestão constante de líquidos e banhos frequentes, para a hidratação da pele, você pode utilizar o protetor solar. De acordo com os especialistas, já foi comprovado

cientificamente que o uso de bons protetores é essencial para prevenção de câncer de pele. Ainda, segundo os médicos, a eficácia do protetor está diretamente relacionada com a dosagem correta que deve ser aplicada sobre o corpo, levando-se em consideração a cor e o tipo da pele. No que se refere à escolha entre bloqueador ou protetor, é recomendável para peles claras e altamente sensíveis ao sol - incluindo-se neste grupo as crianças em geral -, o uso de bloqueadores, tendo em vista que eles neutralizam os raios ultravioletas, impedem o


adolescência -, é um dos maiores fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de pele na vida adulta. Os pais devem procurar o

DICAS

contato com os raios infravermelhos e outros fatores que provocam queimaduras na pele. As peles mais escuras possuem uma blindagem natural, mas necessitam do uso do filtro solar. Existem dois tipos de filtros solares no mercado: os químicos e os físicos. Os filtros solares químicos absorvem os raios UV e os físicos refletem os raios UV. É bem comum associarem os filtros químicos e físicos para obter filtros de proteção com fator mais alto. Eles podem variar de 2 a 60 fps, esses números medem a proteção contra os raios UVA e UVB. Seu uso diário permite a prevenção de doenças e o envelhecimento da pele. Não esqueça que é extremamente importante o uso de protetores solares nas crianças. A exposição ao sol na infância - até a fase da

Devemos nos dias quentes e ensolarados tomar bastante líquido como: água, sucos de frutas, água de coco, sorvetes, limonadas. O limão, por exemplo, além de rico em Vitamina C é um ótimo oxidante. No verão devemos comer bastante frutas como: melancia, melão, laranja, abacaxi e ainda optar por pratos leves como saladas e sanduiches leves. Podemos assim evitar qualquer desidratação ou doenças como a diarréia.

pediatra para escolher o filtro mais adequado para seus filhos. O uso de chapéus, óculos e roupas também são muito importantes como forma de se evitar a radiação solar. Evite usar camisetas molhadas e tecidos porosos, pois eles permitem a passagem dos raios ultravioletas. Outro aliado é o guarda-sol, mas para garantir que eles protejam sua pele, estes devem possuir tecido feito de algodão, sendo o mais compacto e forrado possível. Você deve evitar aqueles que são confeccionados com nylon fino. Lembre-se também de, após a exposição ao sol, hidratar bem a pele. O hidratante tem poder de restaurar a umidade da pele evitando o ressecamento. Tomados os cuidados necessários você pode curtir melhor o verão sem ter conseqüências negativas após o período. Seja consciente e aproveite moderadamente os prazeres desta época tão esperada.

19


PRAIAS DO

NORDESTE DÃOSHOW PORTO DE GALINHAS É ELEITA, PELA DÉCIMA VEZ, A MELHOR PRAIA DO BRASIL, SEGUIDA DE OUTRAS DUAS LINDAS PRAIAS DO NORDESTE.


TURISMO

REVISTA ATUAL SAÚDE

P

orto de Galinhas foi eleita a melhor praia do Brasil recebendo, pela décima vez consecutiva, o Prêmio VT 2010/2011 concedido pela Revista Viagem e Turismo da editora Abril. Em segundo e terceiro lugar estão, ainda, duas outras maravilhosas praias do Nordeste Brasileiro: a Praia da Pipa, no Rio Grande do Norte, e Jericoacoara, no Ceará, respectivamente. Vale salientar que o prêmio existe desde 2001, o que faz de Porto de Galinhas campeã invicta. Localizada no município de Ipojuca, a cerca de 64 quilômetros ao sul do Recife-PE, a praia de Porto de Galinhas encanta aos turistas, e até aos nativos. Com sua paisagem composta de belas águas cristalinas que preenchem piscinas naturais e cobrem fantásticos recifes de corais, e suas dunas e coqueiros que dão o toque final a decoração exuberante, a praia é um ponto turístico mundialmente famoso.

Porto de Galinhas sempre foi um lugar paradisíaco e, por isso, sujeito a exploração. Já foi chamado de Porto Rico, devido à exportação clandestina do pau-brasil, ocorrida no século XV – período de descoberta do Brasil -, e teve seu nome modificado no século XVIII. A praia se tornou um ponto de tráfico de escravos. Eles chegavam em na-

vios, escondidos embaixo de engradados de galinhas. A chegada da “mercadoria” tinha uma senha: “Tem galinha nova no Porto!”. Daí surgiu o nome Porto de Galinhas.

“Porto de Galinhas

sempre foi um lugar paradisíaco e, por isso, sujeito a exploração.” Hoje, ela é a principal praia do litoral de Pernambuco e também a mais visitada por turistas do mundo todo durante o ano inteiro. A sua infra-estrutura comporta excelentes hotéis e resorts, pousadas e chalés, bares e restaurantes de varias especialidades e, ainda, possui centros médicos, supermercados e agências bancárias para garantir o atendimento à necessidade de sua população. A praia oferece aos turistas inúmeros entretenimentos. Você

22


pode fazer mergulhos em agradáveis águas, curtir as piscinas naturais, ver e até dar comida as várias espécies de peixes da região, passear de bugre, ou mesmo caminhar pela orla e apreciar a beleza. A noite em Porto reserva muitas surpresas. Nas praças os turistas podem se deliciar com a culinária local e assistir aos shows apresentados pelos nativos. Você pode, ainda, adquirir peças de arte e artesanato local e levar como lembrancinha para quem ficou em casa ou para você mesmo recordar a maravilhosa estadia que teve na praia. A forma como a infra-estrutura da praia está organizada permite que sua rede de serviços atenda as diversas preferências de grupos distintos de visitantes e turistas, ou mesmo aos residentes no local. Com tantos atrativos e qualidades, não se admira que seja campeã absoluta na categoria de melhor praia do Brasil. 23


TURISMO TURISMO

TURISMO DE

SAÚDE

NO RECIFE

REVISTA ATUAL SAÚDE

RECIFE É O SEGUNDO MAIOR PÓLO MÉDICO DO BRASIL E VÊM ATRAINDO CADA VEZ MAIS TURISTAS EM BUSCA DE SAÚDE.

R

ecife é o maior pólo médico do Nordeste e segundo maior do país, atrás apenas da cidade de São Paulo. São mais de 400 hospitais e cerca de oito mil leitos que despertam a atração daqueles que necessitam de tratamento médico. Por este motivo a cidade vêm atraindo muitos turistas em busca de saúde. Com a cidade bem equipada e servida por especialistas renomados, rodeada por outros municípios litorâneos e interioranos de clima agradável, o Estado de Pernambuco também atrai visitantes do Brasil e do mundo em busca de bem estar. O Turismo de saúde e bem-estar é uma atividade decorrente da demanda por serviços médicos, terapêuticos, psicológicos e estéticos. Segundo o Secretário executivo da CTI-NE (Comissão de Turismo Integrado do Nordeste), Roberto Pereira, “o turismo está segmentado cada vez mais, e o ramo de saúde e bem-estar é mais uma vertente”. Como explica o secretário,

24

saúde não é somente a ausência de doença, o ser humano precisa de qualidade de vida, portanto “saúde e bem estar se atrelam num forma-

“O turismo está

segmentado cada vez mais, e o ramo de saúde e bemestar é mais uma vertente.” to único desta segmentação”. A agregação do bem-estar ao turismo de saúde em Pernambuco se deve a cidades como Triunfo. Localizada no sertão do estado, o município possui um clima agradável e harmonioso que contribue para o repouso físico e mental do indivíduo. Existem, ainda, diversas outras cidades interioranas, como Gravatá e Garanhuns, por exemplo,

e ainda, as cidades litorâneas que dispõem de fantásticos resorts verdadeiros destinos turísticos, pois possuem excelência na hospedagem e permitem vivenciar o lazer, o clima e o mar - que, em Pernambuco apresenta temperaturas agradabilíssimas e beleza poética.


A cidade do Recife representa um pólo de grande respeito nacional, já que possui bastante credibilidade pelos seus hospitais, com a prestação dos melhores serviços, e com médicos que ocupam lugares privilegiados no Brasil e no exterior. “Nós somos bem demandados por estados vizinhos no chamado turismo de saúde intra-regional, porque a região toda sabe que no Recife está o grande referencial médico”, explica o Secretário. “Os hospitais do Recife estão bem equipados - inclusive com aparatos da medicina nuclear -, com profissionais de saúde muito competentes, capacitados e a altura das exigências da OMS (Organização Mundial de Saúde). Na Ilha do Leite está um conglomerado de médicos e hospitais que merecem todo o respeito e a admiração”, acrescenta ele. A demanda por saúde e bem-estar em Recife promete ir além das fronteiras do Brasil. De

Secretário executivo da CTI-NE, Roberto Pereira

acordo com o Secretário a cidade é bastante procurada, sobretudo em determinados ramos da medicina como a cirurgia plástica, a oncologia, a neurologia e a odontologia, por exemplo. “Nós temos uma tra-

dição na medicina coronária, com grandes especialistas, não só como clínicos, mas também cirurgiões. Pode-se dizer que o Recife já pratica todas as grandes intervenções cirúrgicas no corpo humano”, informa o Sr. Roberto. O Secretário esclarece que a ASTUR (Associação dos Secretários de Turismo de Pernambuco), a EMPETUR (Empresa de Turismo de Pernambuco) e o Governo do Estado estão difundindo a atividade, não somente nos quadrantes do Brasil, mas também no exterior. Ele acredita que isso seja de grande importância para o estado, já que, visitantes a procura da saúde e da cura da doença, voltam ou permanecem nele, mesmo sadios, em busca do lazer que Pernambuco oferece, seja na parte litorânea ou nas cidades interioranas - onde predomina o micro-clima agradável e outras atratividades que fascinam ao ser humano enquanto cometimento espiritual. 25


ESPAÇO SAÚDE

REVISTA ATUAL SAÚDE

Triunfo situada a 355 km do Recife - PE

SAÚDE PÚBLICA

SOB ALERTA ESTUDOS COMPROVAM O AUMENTO DE CASOS DE DIABETES NA POPULAÇÃO BRASILEIRA.

O

aumento de casos de Diabetes na população adulta brasileira chama a atenção para a busca de estilos de vida e hábitos alimentares mais saudáveis. A obesidade e o sedentarismo são as principais causas deste aumento. É o que indicam os estudos sobre a Prevalência de diabetes melitus no sertão nordestino realizados por membros do Departamento de Genética do Centro de

26

Ciências Biológicas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) juntamente com o Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). “O diabetes melitus tipo 2 (DM2) é uma condição grave, debilitante e que requer tratamento contínuo. É uma doença crônica cada vez mais presente, afetando aproximadamente 171 milhões de

indivíduos em todo o mundo e com projeção de alcançar 439 milhões de pessoas no ano de 2030”, explica o Dr. Ruy Lyra. O endocrinologista além de ser um dos membros do Departamento de Genética do Centro de Ciências Biológicas da UFPE que participou da pesquisa, é professor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM-PE), Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes (SDB) e presidente eleito da Fede-


ração Panamericana de Endocrinologia. Seu grupo realizou o estudo com 198 indivíduos do Distrito de Canaã, localizado na cidade de Triunfo, no sertão de Pernambuco. Dr. Ruy Lyra informa que “o tamanho da amostra foi baseado no número de famílias residentes neste distrito (234)”. A seleção foi randômica, sendo escolhida aleatoriamente uma pessoa de cada família. Foram avaliados os quesitos: características sócio-demográficas (sexo, idade, escolaridade, renda familiar); hábitos de vida (atividade física/sedentarismo e tabagismo) e diagnósticos anteriores de diabetes melitus (DM), hipertensão arterial (HA), obesidade e dislipidemia (níveis anormais de lipídios no sangue). Depois de levantados os dados subjetivos, os pesquisadores aferiram a pressão arterial, a frequência cardíaca, realizaram a avaliação antropométrica e a coleta de sangue dos indivíduos. Segundo os dados da pesquisa, as análises foram baseadas nos critérios da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), através da qual, são considerados diabéticos aqueles com glicemia de jejum ≥ 126 mg/dl em duas ocasiões diferentes ou glicemia ≥ 200mg/dl após duas horas da ingestão de 75 g de glicose diluída em água. Conforme dados do estudo realizado pelo Dr. Ruy Lyra: “Nas glicosimetrias capilares, foram utilizados aparelhos portáteis AccuCheck®(Roche). As determinações sanguíneas venosas de glicose, de colesterol total, de colesterol HDL e de triglicerídeos foram realizadas por método colorimétrico (aparelho Hitachi 917® Roche)”. Na população estudada foi

detectado que 27 indivíduos (13,6%) eram diabéticos e 15 indivíduos apresentaram pré-diabetes. É importante ressaltar que o maior número de casos – 16,6% contra 8,8% -, está entre as mulheres, como cita o Dr Ruy Lyra em sua pesquisa. “A prevalência de DM neste estudo foi significativamente maior no sexo feminino” explica ele. Dr Ruy Lyra esclarece, ainda, que “aumentou também com a idade, caracterizando uma curva ascendente, com relação positiva e significativa”. Outro ponto importante do estudo foi referente ao nível de informação que estes indivíduos possuem. “Quanto à escolaridade, observou-se no presente estudo que todos os casos de DM estavam entre analfabetos ou indivíduos com apenas o ensino fundamental”, informa o Dr. Ruy Lyra. Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil aproximadamente 11 milhões de pessoas são portadoras da doença. Os dados mostram que o diabetes é umas das principais causas de mortalidade no mundo. Em 1998, ela ocupava a 7ª posição, em 1999, passou a ser a 6ª, hoje já ocupa a 4ª posição no ranking. O autônomo Waldeck Melo (56) descobriu que estava com a doença através de exames. Aos 53 anos começou a ficar com a vista embaçada, urinando constantemente e emagrecendo muito. Estes sintomas fizeram sua família desconfiar da doença e procurar ajuda médica. Ele conta que muita coisa mudou em sua vida após o diagnóstico: “Antes eu não me exercitava, comia muitos doces, massas, frituras. Descobrir que eu tinha diabetes tipo 2 fez com que eu mudasse o meu hábito alimentar, comecei

a tomar remédios diariamente e a fazer exercícios. Sinto-me bem melhor, mas preciso estar constantemente alerta”. Assim como o Sr. Waldeck, são tantos outros brasileiros que cedo ou tarde percebem os riscos da má alimentação e a falta de exercícios físicos. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), são indícios da doença: Infecções freqüentes; Alteração visual (visão embaçada); Dificuldade na cicatrização de feridas; Formigamento nos pés; Furunculose. Mas com o acompanhamento correto, dieta e exercícios físicos a doença pode ser controlada. O estudo realizado “revelou elevada prevalência de DM entre os residentes do distrito de Canaã, região urbana do município de Triunfo, no sertão de Pernambuco, em população caracterizada por baixas escolaridade e renda, sendo significativamente mais presente em mulheres, nos indivíduos com o IMC superior a 25 kg/m² e com a presença de SM”, esclarece Dr. Ruy Lyra. O endocrinologista alerta que com os resultados obtidos em suas pesquisas sobre o diabetes melitus no sertão do estado legitimam o aumento de casos da doença e confirmam cada vez mais a importância de se alertar e informar a população, principalmente as camadas mais humildes, para os perigos da má alimentação e do sedentarismo, esclarecendo as características da doença. Dr. Ruy Lyra conclui em seu estudo que: “Ações promotoras de saúde efetivas são necessárias, com o intuito de reduzir os riscos associados de desfechos desfavoráveis e seu impacto social”.

27


28

Dr. Ruy Lira

© RAFAEL ARAÚJO


Esse estudo é um marco, pois nós não temos no Brasil nenhum dado de prevalência de diabetes no Sertão nordestino. É o primeiro estudo, ele é inédito.

” Dr. Ruy Lyra O Dr. Ruy Lyra é um endocrinologista renomado e escritor de livros como Diabetes Mellitus (que escreveu em co-autoria com o Dr. Ney Cavalcanti). Já participou de diversos congressos, nacionais e internacionais, é Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes (SDB) e presidente eleito da Federação Panamericana de Endocrinologia. Recentemente realizou o estudo sobre a Prevalência de Diabetes Melitus no sertão nordestino, juntamente com outros integrantes do Departamento de Genética do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e com o Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). 29


no Sertão nordestino. É o primeiro estudo, ele é inédito”.

AS: O que mais lhe chamou a atenção na pesquisa realizada?

RL: “O que chama atenção no primeiro momento é

© RAFAEL ARAÚJO

a altíssima prevalência de diabetes também em regiões que presumivelmente, até por hábitos alimentares menos agressivos quando agente compara, por exemplo, com as grandes capitais - nós não temos esses dados ainda, mas acreditamos que a alimentação lá tem um perfil melhor do nos grandes centros urbanos -, infelizmente nós temos ainda uma prevalência enorme de diabéticos”.

AS: A população demonstrou algum tipo de esclarecimento sobre a doença? Atual Saúde: Quais foram as principais dificuldades encontradas pela equipe para a realização deste estudo? Dr. Ruy Lyra: “A grande dificuldade desse estudo foi a própria distância de Triunfo, que são mais de 400 quilômetros de Recife. Apesar de todo o apoio da prefeitura do município de Triunfo - através de seu prefeito e através da Secretaria de Saúde -, para que esse estudo fosse feito da melhor forma possível, nós tivemos muita dificuldade pela própria distância. O deslocamento de toda a nossa equipe para fazer todas as coletas de dados foi uma grande dificuldade dentro do cenário. Mas com a participação de todos houve de fato a conclusão deste estudo”.

AS: Como você enxerga a importância deste estudo para a sociedade?

RL: “Esse estudo é um marco, pois nós não temos no Brasil nenhum dado de prevalência de diabetes

30

RL: “Este foi um dado interessante, porque apesar de termos um número grande de não diagnosticados, a população já tinha um conhecimento razoável de diabetes. O que demonstra que de alguma maneira a informação está chegando para eles. Provavelmente até por algum envolvimento da secretaria de saúde do município. O fato é que, de uma maneira ou de outra, Triunfo - como o resto do Brasil -, precisa acordar para a importância de diabetes. Mais do que o seu diagnóstico, para o tratamento adequado, podendo evitar as complicações”.

AS: E como é feito esse tratamento?

RL: “O tratamento diagnóstico e as medidas de prevenção passam por uma alimentação adequada e perda de peso - sobre tudo em pessoas que tem um forte histórico familiar de diabetes. Em outras palavras: hábitos saudáveis. Se a população passa a exercer hábitos saudáveis ela fica menos exposta e vulnerável ao desenvolvimento da diabetes ao longo do tempo. Um dado que eu já chamo a atenção,


embora não tenha sido publicado ainda, mas é outro braço deste estudo, é a prevalência de hipertensão, que foi altíssima também na população”.

AS: Porque um estudo de prevalência sendo realizado no departamento de genética?

RL: “Isso é uma questão interessante. Se é um estu-

do de prevalência porque não foi feito na Epidemiologia. Porque na genética. Primeiro: esta pesquisa faz parte de um grupo de estudos que vem sendo publicados aos poucos. Um deles é o de Polimorfismo Genético, que já foi até submetido a revistas internacionais. Todos no intuito de que a gente entenda não só a prevalência, mas também, as características dos diabéticos tipo 2 no Brasil. Segundo: há alguns anos atrás, eu como presidente da Sociedade Brasileira de Endócrino, juntamente com minha equipe, procuramos o Ministério da Saúde na gestão do Dr. Temporão e propusemos a ele que fosse feito um grande estudo multicêntrico de prevalência de diabetes, envolvendo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia da qual eu era presidente -, a Sociedade Brasileira de Diabetes e a Associação Brasileira de estudos sobre obesidade, e o que nós recebemos de resposta foi um não”.

AS: E porque, em sua opinião, este estudo não foi aceito?

RL: “O Ministério da Saúde não se sensibilizou com

© RAFAEL ARAÚJO

o apelo das três sociedades científicas no tocante a importância de um estudo multicêntrico de prevalência. O nosso sentimento, hoje, é que o Governo Federal, pelo menos o anterior, não estava sensibilizado em saber efetivamente o número de diabetes num estudo metodologicamente perfeito. Eles utilizaram o estudo do Gitel que era um estudo por telefone e definitivamente não é a melhor ferramenta para você detectar. Um grande contingente de diabéticos não sabe sua condição, se ele não sabe, ele vai dizer que não é diabético pelo telefone”.

31


© EMMANUEL PAUTET

Triunfo situada a 355 km do Recife - PE

AS: Quais aplicações o Sr. enxerga para este estudo?

RL: “A proposta de todo departamento de

32

© RAFAEL ARAÚJO

genética, além das informações que já foram passadas, é sensibilizar, não só a prefeitura de Triunfo, mas os municípios próximos. Esta é uma iniciativa na tentativa de detecção de diabetes e, mais importante que isso, o tratamento adequado da diabetes e eventualmente a prevenção dela”.


ESPAÇO SAÚDE

INFÂNCIA BRASILEIRA

OBESA O

© CAROLINA LINDOSO

REVISTA ATUAL SAÚDE

A PEDIATRA CLÁUDIA VIANA ALERTA PARA A ALTA NOS ÍNDICES DE OBESIDADE ENTRE NOSSAS CRIANÇAS

Dr. Maria Cláudia Viana

34

sedentarismo e a má alimentação estão acarretando na alta dos índices de sobrepeso em crianças e pré-adolescentes. Diversos estudos epidemiológicos apontam para o crescimento na prevalência de doenças crônicas associadas à inatividade física e hábitos alimentares inadequados. A ingestão excessiva de frituras, doces, gorduras e refrigerantes é prejudicial à saúde. Criar o hábito de se alimentar mal pode levar a contração de doenças, ou até a morte. “O que a gente vê é mais a obesidade do que desnutrição. Muito mais crianças estão acima do peso, com dislipidemias - que já são alterações do colesterol, triglicerídeos -, exatamente por conta deste tipo de alimentação de hoje”, explica a pediatra Dra. Maria Cláudia Viana Edilmar. A Dra. Cláudia trabalha em vários locais diferentes: no centro médico da Unimed, no serviço público (em quatro creches de Recife) e na Convenção de Investigação de Óbitos. Ela atende mais de 20

crianças por dia e percebe que cerca de 10% das crianças apresentam sobrepeso, sendo 5% desse índice composto por crianças já consideradas obesas. “Elas são mais sedentárias, porque ficam mais tempo na televisão ou no computador do que correndo, brincando, ou seja, gastando energia. A família fica com medo de deixar sair, e aí elas ficam ali sentadinhas comendo... E comendo justamente o que não podem”, afirma a pediatra. A televisão incentiva também a comer mal, com propagandas de hambúrgueres, salgadinhos, bolachas doces, balas etc. A Dra. Informa que o período máximo para que a criança assista a TV ou jogue no computador é de duas horas por dia (somando tudo). O ideal é que alguém as leve para brincar no parque ou em outro ambiente que elas possam gastar energia à vontade. “Muitas vezes é o exemplo também. Você quer que seu filho coma verduras, frutas, e você não come. Você tem que dar o exemplo, para eles poderem entender


e comerem também”, esclarece a Dra. Cláudia. Ela cita que na maioria dos casos os pais culpam aos avós, pois trabalham muito e não estão em casa para acompanhar essa alimentação. Por isso a educação alimentar deve partir de todos os integrantes da família e, é recomendado também, o controle nas escolas. “O reforço do papel da escola, na promoção de uma dieta adequada é de grande importância. Em algumas cidades, as cantinas de escolas já foram proibidas de venderem guloseimas e refrigerantes. O ideal seria um trabalho em conjunto entre a família, os próprios alunos e os professores associado ao incentivo à atividade física”, afirma.

O estímulo ao consumo de legumes, verduras e frutas no cardápio revelam que o risco de doenças crônicas decrescem em função

da ingestão adequada deste grupo de alimentos. A escola não deve apenas disponibilizar coxinhas, refrigerantes e doces, mas incentivar a boa alimentação disponibilizando a variedade nutritiva de frutas, sucos, legumes entre outros. “O principal é a educação, desde o intra-útero. Hoje nós temos que começar com a gestante, orientando a alimentação saudável na gestação para começar já estimulando ela”, cita a pediatra. Esclarece, também, que o leite materno é muito importante. As crianças que mamam até os seis meses de idade apresentam outro perfil de crescimento. Outro ponto importante citado pela médica são as crianças que nascem abaixo do peso. Ela afirma que estas crianças são as que mais apresentam tendência a obesidade, alterações nas taxas e dislipidemias na fase adulta, pois a família aplica uma sobrecarga na alimentação para engordar a criança. O que não é necessário. A alimentação deve ser acompanhada pelo pediatra, fazendo a curva do crescimento e a dieta adequada. A nutrição saudável possibilita um crescimento e um desenvolvimento natural, atuando na prevenção de doenças e satisfazendo as necessidades nutricionais. “Como pediatras temos a responsabilidade de educar a família, incentivar o aleitamento materno e orientar para que nossas crianças tenham uma alimentação cada vez mais saudável”, conclui Dra. Cláudia. É ideal que a criança, em seus primeiros seis meses, de vida só receba leite, de preferência materno, migrando para uma alimentação complementar a partir do sétimo mês - sem o uso da mamadeira ou

da chupeta. O acompanhamento deve ser realizado pelo pediatra, sendo mensal no seu primeiro ano de vida e espaçado de acordo com o biótipo da criança, após este período.

Dra. Maria Cláudia Viana R. Francisco Alves, 325 Sl. 303 - Ilha do Leite Recife/PE Fone: 81 3421-2947

35


ESPAÇO SAÚDE

PROBLEMAS NAS GENGIVAS PODEM CAUSAR

DOENÇAS SISTÊMICAS

D

© CAROLINA LINDOSO

REVISTA ATUAL SAÚDE

BACTÉRIAS ALOJADAS NA CAVIDADE BUCAL PODEM SER TRANSPORTADAS PARA OS DEMAIS ÓRGÃOS CAUSANDO NOVAS COMPLICAÇÕES.

Dr. Dorgival Nascimento

36

oenças periodontais podem provocar alterações no sistema imunológico do indivíduo, ou mesmo, levar a doenças sistêmicas como, por exemplo: infecções pulmonares, partos prematuros, diabetes tipo dois, arteriosclerose, endocardite bacteriana, acidente vascular cerebral e outras. Isso é o que indicam estudos recentes que tiveram início desde a década de 1990. Conforme pesquisas os microorganismos, ou seus produtos tóxicos, podem ser transportados através da corrente sanguínea da cavidade bucal até o órgão debilitado, provocando o agravamento da doença. “A obesidade, por exemplo. Existem estudos que demonstram a inter-relação dos pacientes obesos com problemas periodontais, ou seja, o paciente que é obeso tem mais suscetibilidade a ter doenças periodontais - a ter doenças na gengiva. As células adiposas produzem mais citosina, e isso facilita a inflamação do tecido”, explica o dentista especialista em periodontia e reabilitação oral, Dr. Dorgival Nascimento.

A periodontite é um mal que passou a ser o grande desafio dos dentistas, como relata Dr. Dorgival. “A doença consiste em processos inflamatórios devido às bactérias que atacam a gengiva, os ossos de sustentação dos dentes e os ligamentos que sustentam esses ossos”.

“O paciente que

é obeso tem mais suscetibilidade a ter doenças periodontais” Grande parte dos dados atuais justificam a ocorrência de alterações sistêmicas devido as infecções dento-periodontais. “Houve verificações de um aumento nas taxas de prevalência e incidência das condições médicas em pacientes com periodontites, em comparação a indivíduos não acometidos por esta patologia bucal”, afirma Dr. Dorgival. Mas, lembra ele, as


doenças periodontais e sistêmicas podem ocorrer juntas, sem que isto signifique uma relação de causa e efeito. Ou seja, por mais que existam vários estudos demonstrando as relações existentes entre as periodontites e doenças sistêmicas, nem sempre uma acarreta na outra. “Deve-se ter cautela na implicação da doença periodontal como causa de distúrbios médicos maiores até que se tenham melhores dados que justifiquem esta relação causa-efeito entre a doença periodontal e os citados quadros gerais”, explica. O tratamento periodontal é de grande importância como rotina preventiva e primordial no começo de qualquer tratamento odontológico. “A minha filosofia é sempre de prevenção. O nosso cliente é aquele que vem e faz o tratamento odontológico, que consiste princi-

palmente do tratamento periodontal e que é a base para a saúde na boca, ou seja, é a saúde da gengiva”, esclarece o Dr. Dorgival. Conforme o dentista, todo tratamento odontológico tem que começar pelo tratamento periodontal, depois de se garantir a saúde da gengiva parte-se para os demais tratamentos, sejam eles restauradores, reabilitadores, ou estéticos. O médico cita que sua clínica foi preparada para atender todas as necessidades do paciente, sem que o mesmo tenha que se deslocar para um lugar diferente por precisar de mais de uma especialidade no tratamento bucal. “Hoje eu só faço a parte de reabilitação oral. Se meu paciente precisar fazer tratamento endodontico nós temos a Dra. Juliana Santacruz, para o tratamento na gengiva, temos a especialista em periodontia Dra. Daniela Leal, ortodontia com a Dra. Eneida Araújo, cirurgias bucomaxilofacial temos o Dr. Rômulo Valente, guinatologia (problemas com ATM) com a Dra. Lúcia Vanderlei e para as crianças – odontopediatria – temos a Dra. Carla Leal”, esclarece o Dr. Dorgival. Dentre os procedimentos iniciais, no primeiro atendimento ao paciente, o dentista cita: aprender a escovar os dentes, aprender a usar o fio dental e aprender a limpar a língua, como primordial para todas as pessoas. Ele explica que estas ações devem ser realizadas em horários corretos e com a técnica certa para se manter uma boa saúde na boca. “Fazendo o tratamento de gengiva, propriamente dito, com a limpeza, o paciente não vai ter nenhum tipo de sangramento. Se não existe sangramento, não existe inflamação”.

Cada paciente tem um limiar de necessidade de procurar o dentista que deve ser mensurado pelo profissional. De acordo com o Dr. Dorgival, existem pacientes que tem facilidade de ter cárie, outros têm uma predisposição para a doença periodontal, havendo um terceiro caso onde a pessoa é sus-

ceptível as duas citadas. Esta predisposição, que os dentistas chamam de biofilme da placa bacteriana do paciente, vai definir o intervalo das consultas (2, 4 ou 6 meses).

Dr. Dorgival Nascimento Av. Gov. Agamenon Magalhães, 2615 - Sl. 106 Empresarial Burle Max Boa Vista - Recife/PE Fone/Fax: (81) 3222-1160

37


ESPAÇO SAÚDE

ODONTOLOGIA

HOSPITALAR ESPECIALISTAS AFIRMAM QUE A ODONTOLOGIA HOSPITALAR PODE EVITAR COMPLICAÇÕES DAS DOENÇAS SISTÊMICAS.

REVISTA ATUAL SAÚDE

M

anifestações orais das doenças sistêmicas despertam a atenção dos especialistas para uma intervenção da odontologia também nos hospitais. A recém inaugurada empresa Oral Care medicina oral, odontologia hospitalar e consultoria é a precursora desta atividade em Pernambuco e é formada por uma equipe de profissionais capacitados para tratar dos pacientes acometidos por estas manifestações. As cirurgiãs-dentistas Catarina Brasil e Ully Dias são as responsáveis pela criação da empresa: Catarina é graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mestre e doutoranda em Odontologia Integrada pela UFPE, Pós graduada em Atendimento à Pacientes Sistemicamente Comprometidos pela São Leopoldo Mandic - São Paulo; Pós graduada em Laserterapia pela Universidade de São Paulo (USP), Pós graduada em Avanços no Diagnóstico Molecular e Genética Humana- UFPE, além acumular experiências de ensino superior e supervisão de Programas de Saúde Bucal a nível hospitalar 40

Dras. Catarina Brasil e Ully Dias e de home-care. A Dra. Ully é graduada pela FOP/UPE, Pós graduada em Atendimento à Pacientes Sistemicamente Comprometidos, em odontologia em hematologia e no atendimento odontológico hospitalar inclusive para os pacien-

tes internos em UTIs, é mestre em Patologia, doutoranda em Odontologia pela UFPE com estágio na Unidade de Pacientes Especiais da Universidade de Santiago de Compostela - Espanha, também possui experiência de docência no ensino


superior, na UFPE, e também em cursos técnicos. Elas esclarecem que o fato do Recife ser o segundo pólo médico do país foi um dos grandes motivos para que a inauguração ocorresse na cidade. A empresa presta serviços de atenção odontológica a pacientes, com objetivo de tratar e prevenir as lesões e infecções orais, afim de manter a higiene e saúde oral dos pacientes. “Nosso objetivo é realizar o atendimento pré, trans e pós internamento hospitalar, bem como atendimento odontológico aos pacientes em atenção domiciliar, UTI e também aos pacientes que necessitam de cuidados especiais,como diabéticos, cardiopatas, transplantados, oncológicos (com câncer) e outras doenças, independente de estarem internados”, explica Brasil. A Dra. Catarina informa que a saúde oral está diretamente relacionada ao número de espécies de microorganismos presentes em nossa boca e isso influencia na nossa condição sistêmica. “O biofilme dental vulgarmente conhecido como “placa dentária”, é uma das mais complexas floras bacterianas existentes no corpo humano. Porém este biofilme não está presente apenas sobre as superfícies dentais, toda a mucosa oral está colonizada por mais de 700 diferentes espécies de microorganismos, como vírus, fungos, bactérias”, esclarece Catarina. A Dra. Ully acrescenta que o fato de possuirmos inúmeras bactérias não significa dizer que elas vão se manifestar, mas existe um risco disso ocorrer diante de uma condição sistêmica alterada e por isso é necessário um acompanhamento de um dentista devidamen-

te capacitado em todo o processo. “Mesmo sem a alimentação oral, microorganismos que causam doença (patogênicos) continuam a crescer e este crescimento pode piorar o quadro do paciente”, esclarece Dias. “É importante que o profissional tenha o conhecimento não apenas odontológico mas que seja capaz de associar o quadro sistêmico, as medicações e as condições bucais associadas a estes fatores,pois o surgimento de algumas lesões podem determinar o nível de comprometimento imunológico do paciente. Isto exige um olhar mais amplo: A boca reflete a saúde do corpo”, esclarece Ully. “A literatura e a clínica tem ciência de que a pneumonia nosocomial (pneumonia pós-internamento), pode ocorrer em 8-38% dos pacientes submetidos à Ventilação Mecânica. As taxas de mortalidade dessas infecções podem variar de 24% a 76% dos casos, especialmente nos pacientes sob ventilação internados em UTI com um risco 2-10 vezes maior de mor-

te que pacientes sem ventilação”, esclarece Dra. Ully.. Outro objetivo da Oral Care é ajudar as famílias, cuidadores e profissionais que são responsáveis pela manutenção da saúde destes pacientes.. Para isso, além do atendimento odontológico, estamos oferecendo cursos de capacitação para essas pessoas e também instituições de saúde que desejem aperfeiçoar seus serviços. A empresa preocupa-se ainda, na prevenção e detecção precoce do câncer de boca, que atualmente encontra-se na sétima posição entre os tipos de cânceres mais frequentes”, informa a Dra. Catarina.

Oral Care

Rua Marechal Rondon, 146 Casa Forte - Recife/PE Telefone: 81 3076-6997 contato@oralcarebrasil.com.br www.oralcarebrasil.com.br

41


ESPAÇO SAÚDE

O PERIGO TEM UM ALIADO:

A HIPERTENSÃO A HIPERTENSÃO ARTERIAL É UMA DOENÇA SILENCIOSA QUE ATINGE CERCA DE 600 MILHÕES DE INDIVÍDUOS NO MUNDO TODO.

REVISTA ATUAL SAÚDE

S

ituações de estresses físico ou mental e outros fatores podem causar elevações transitórias da pressão, porém a hipertensão consiste em níveis elevados (acima de 140 x 90 mmhg) e persistentes. É o que explica o cardiologista, presidente da Sociedade Pernambucana de Cardiologia, Dr. Carlos Roberto Melo da Silva: “Elevações transitórias da pressão podem ocorrer no dia a dia, porém o que caracteriza a hipertensão são os níveis pressóricos observado em mais de duas ou três ocasiões, utilizando-se as técnicas corretas para a sua aferição”. São vários os fatores envolvidos na origem da hipertensão arterial. A obesidade, o excesso de peso, a ingestão de sal em excesso, a bebida alcoólica por tempo prolongado e em quantidade exagerada e o sedentarismo são alguns exemplos de estilo de vida que podem levar a doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 600 milhões de pessoas no mundo já contraíram a hipertensão. Dr. Carlos Melo informa que

44

a hipertensão é uma doença traiçoeira, já que 70% dos hipertensos não apresentam sintomas que a denuncie. Mas é possível observar alguns inícios como: “a cefaléia principalmente quando localizada na nuca-, palpitações (percepção das batidas do coração), dor torácica, fadiga fácil ou sensação de desconforto respiratório aos médios e pequenos esforços”, explica ele. O cardiologista acrescenta que “níveis pressóricos excessivamente elevados podem levar o paciente a apresentar visão turva, náuseas, mal estar geral e falta de ar em repouso”.

“A hipertensão é uma doença traiçoeira, já que 70% dos hipertensos não apresentam sintomas que a denuncie”

A Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) e o Ministério da Saúde alertam que cerca de 30%

dos brasileiros em idade adulta são hipertensos, dos quais mais de 50% é composto por indivíduos da terceira idade, tendo percentual de 5% entre as crianças e os adolescentes.


© CAROLINA LINDOSO

Dr. Carlos esclarece que com a adesão a hábitos de vida saudável como: controle do peso, ingestão controlada de sal e bebida alcoólica além de evitar o tabagismo e sedentarismo, o indivíduo pode evitar, ou pelo menos adiar, o aparecimento da Hipertensão. Ele recomenda, ainda, técnicas de relaxamento, Yoga, meditação e musicoterapia para evitar ou amenizar o estresse do dia a dia, pois estes métodos influem de forma benéfica no controle dos níveis tensionais.

“A hipertensão arte-

rial tem uma relação direta com a idade, ou seja, a partir dos 65 anos de idade, 60% da população desenvolve a hipertensão”

Dr. Carlos Roberto Melo

“A hipertensão arterial tem uma relação direta com a idade, ou seja a partir dos 65 anos de idade 60% da população desenvolve a hipertensão. Hoje observamos elevação dos níveis tensionais na população mais jovens, principalmente em indivíduos na faixa dos 40 anos”, esclarece o Dr. Carlos. Ele informa, ainda, que o fator hereditário tem grande influência no apa-

recimento da doença. A persistência dos níveis elevados da pressão podem trazer conseqüências para órgãos nobres como o cérebro, os rins, o coração e as artérias. Segundo dados do Ministério da Saúde, 40% dos infartos, 80% dos acidentes vasculares cerebral (AVC) e 25 % dos casos de insuficiência renal é de responsabilidade da doença.

Previna-se! Faça seus check-ups corretamente e ao menor sinal dos sintomas de hipertensão procure o seu cardiologista. O desleixo e a falta de cuidados podem levar a fatores agravantes ou até a morte.

Dr. Carlos Roberto Melo Consultório - Hope Rua Francisco Alves 887 Ilha do Leite - Recife/PE Fone: 81 3302-2121

45


GASTRONOMIA

DELÍCIAS GASTRONÔMICAS

RECIFE

DO

O MAIOR PÓLO GASTRONÔMICO DO NORDESTE TAMBÉM OCUPA O TERCEIRO LUGAR NO RANKING DO PAÍS.

REVISTA ATUAL SAÚDE

Por Lúcia Tavares

C

idade do Frevo e do Maracatu, da bela praia de Boa Viagem, das igrejas seculares - como a Nossa Senhora do Pilar que possui arquitetura de 1680-, e de grandiosos patrimônios históricos – como o Mercado de São José, a Torre Malakoff, a Capela Dourada e tantos outros. Recife é a fascinante capital pernambucana que, além de toda a sua beleza natural e arquitetônica, é considerada o maior pólo gastronômico do Nordeste e terceiro pólo do Brasil. Na região metropolitana podemos desfrutar de seus pratos ricos em sabores, cores e deliciosos temperos. De acordo com a associação brasileira de bares e restaurantes, em Recife podemos contar com cerca de 10 mil estabelecimentos espalhados pela cidade. Podemos saborear pratos regionais, indo do fruto do mar a carne de sol, a galinha de cabidela, cozido, arrumadinho... São sabores diversos! Temos, ainda, a deliciosa tapioca, bolo Souza Leão, o bolo Pé de moleque, o de Macaxeira e o fabuloso Bolo de Rolo com

46

sua massa fininha de pão de ló e seu recheio de goiabada que encanta o paladar de quem prova. Não só dispõe de excelentes sabores como também conta com grandes chefes e vários cursos de culinária entre várias universidades. Na cidade existem restaurantes centenários, da boemia aos chopes e petiscos nos bares e botecos da capital. E quando pensamos que acabou Recife surpreende. Não ficando só nos pratos regionais, a cidade permite saborear várias outras culinárias, inclusive a internacional. Tem comida francesa, italiana, chinesa, japonesa, americana, tailandesa, mexicana... Nossa é de dar água na boca! Que tal um happy hour junto com amigos depois do trabalho. Um chope gelado, um escondidinho de charque, um caldinho de feijão, um casquinho de siri, uma patola ou uma cebola recheada. Que tal ousar e sair pra um jantar diferente? Está em Recife? Não? Então venha conhecer. Aprecie com moderação.


foto Recife

47


CULTURA CULINÁRIA

COM GOSTO

DE VERÃO

REVISTA ATUAL SAÚDE

C

om a chegada do verão tudo que mais queremos é algo leve refrescante e delicioso. Depois da paria ou da piscina, bate aquela fome. E no finalzinho da tarde, nada melhor de que um lanchinho leve que agrada a todos. Crepes, sorvetes uma bela salada de frutas, ou um bolo de chocolate, biscoitinhos crocantes tudo isso dá água na boca. Então, que tal uma receita de sanduiche gelado para saborear neste verão? Ai vai uma receita da Atual Saúde toda especial para você:Com a chegada do verão tudo que mais queremos é algo leve refrescante e delicioso. Depois da paria ou da piscina, bate aquela fome. E no finalzinho da tarde, nada melhor de que um lanchinho leve que agrada a todos. Crepes, sorvetes uma bela salada de frutas, ou um bolo de chocolate, biscoitinhos crocantes tudo isso dá água na boca. Então, que tal uma receita de sanduiche gelado para saborear neste verão? Ai vai uma receita da Atual Saúde toda especial para você:

Sanduiche Gelado de Frango Ingredientes: • 01 pacote de pão de forma sem casca (350g) cortado na horizontal; • 01 kg de peito de frango cozido e desfiado; • 02 tomates sem pele e sem sementes picados. • ½ xícara (de chá) de azeite de oliva extra virgem. • ½ xícara (de chá) de azeitonas verdes picadas. • 01 cebola picada. • 01 colher de salsinha picada, sal e pimenta do reino a gosto. • 03 colheres (de sopa) de amido de milho. • 04 xícara (de chá) de leite integral. • 01 ½ xícara (de chá) requeijão cremoso. • 01 lata de creme de leite sem soro. • 03 colheres (de sopa) de mostarda. 48

Modo de Preparar: Recheio de frango - Em uma panela, aqueça o azeite e junte a cebola refogue, junte o tomate a azeitona. Acrescente o frango desfiado e refogue por mais 5 minutos. Junte o creme de leite, a salsinha, o sal e a pimenta do reino, misture bem e reserve. Creme – Coloque em uma panela, o amido de milho já dissolvido no leite, leve ao fogo baixo, mexendo até que engrosse. Retire do fogo, junte o requeijão cremoso, a mostarda, o sal e misture bem, reserve. Montagem – Em um refratário, intercale camadas de pão, molho de frango, e creme, finalizando com camada de creme. Cubra com papel filme e leve a geladeira por 2 horas. Decore com cenoura ralada e sirva em seguida. • Dificuldade – fácil • Tempo de preparo – 1 hora (+ 2 horas na geladeira)


CULTURA CULTURA E LAZER

CURIOSIDADES VINHOS MAIS BARATOS QUE ÁGUA!

ALMOÇO NO FUNDO DO MAR

Onde você se imaginaria adquirindo um vinho tão saboroso a preço de água? Pois é, este lugar existe. De acordo com estudo realizado pela revista científica “Medical Journal”, o vinho na Nova Zelândia é mais barato que a água engarrafada e custa o mesmo preço do leite. Mesmo assim são vinhos deliciosos que despertam o desejo de degustação de muitos no mundo inteiro. Também pudera, a Nova Zelândia possui um clima frio bastante favorável ao cultivo de uvas. As principais plantações são de: Sauvignon Blanc (81% dos vinhos exportados a possuem em sua composição), Chardonnay, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon, Merlot, Semillon, Riesling, Gewürztraminer e Pinot Gris. A indústria do vinho da região surpreendeu o mundo com sua ascensão. Sua história data de 1970, período recente para tamanha repercussão - os seus vinhos Sauvignon Blancs e Chardonnays, possuem reconhecimento internacional.

Já pensou em almoçar ou jantar em um lugar bem diferente? E que tal em baixo d’água? Em Israel foi construído um restaurante submarino com uma incrível decoração super colorida e moderna, sem falar na belíssima vista para uma diversidade de espécies de peixes. O Red Sea Star fica a 6 metros de profundidade, em meio a um jardim de corais, a 90 metros de distância da baía de Eliat, no Mar Vermelho - daí o nome! O restaurante foi construído dentro de três tanques de aço com capacidade para abrigar 100 pessoas, mas as vidraças e o chão transparente dão a impressão de que você está no fundo do mar. É uma vista espetacular que vale a pena curtir. Para entrar os clientes andam cerca de 40 metros sobre uma plataforma e descem uma escada em espiral que leva até o restaurante. É só embarcar e se deliciar com a variedade de pratos da culinária local curtindo a vista para o fundo do mar.

49


GASTRONOMIA

QUEIJOS E VINHOS UMA COMBINAÇÃO MILENAR QUE AINDA DESPERTA CURIOSIDADES DO NOSSO PALADAR.

REVISTA ATUAL SAÚDE

E

les são macios e gostosos, podem ter o sabor forte ou suave, servidos envelhecidos ou não. Enfim, os queijos e vinhos são muitos e variados e sua combinação é uma tarefa bastante difícil. Não se sabe ao certo, mas acredita-se que a arte de se combinar queijos e vinhos tenha sido instituída pelos franceses, mais especificamente ao sudeste da França na região de Provence onde as vinícolas utilizavam como estratégia, a degustação de queijos para a venda de vinhos. No livro “O Assunto é Vinho”, Carlos Alberto Sardenberg conversa com Renato Machado, jornalista e grande conhecedor de vinhos. Um dos capítulos é “Queijo e vinho branco, o par ideal”, onde Machado informa que diferente do que muitos acreditam a combinação ideal para o queijo é o vinho branco e não o vinho tinto. É claro – explica ele -, que existem combinações de queijos com vinhos tintos, como por exemplo, a de queijos de massa cozida ou de casca muito fermentada. Bons exemplos são: Parmeggiano, Gruyère, Emmenthal ou Parmesão, a estes queijos, vinhos encorpados são uma ótima pedida, mas também vão bem com o vinho branco. A grande maioria dos queijos (70%, estima Machado), são melhor acompanhados por vinhos brancos. A explicação para esta afirmação é a de que os queijos “têm a ver com terreno e são aromáticos; os vinhos que têm a ver com terreno e são aromáticos são os muito jovens”. O jornalista alerta que para abrir um vinho caro e estimado deve-se ter cuidado na combinação para não acabar por ofuscá-lo. O fato é que os queijos melhoram o vinho, mas vai muito do gosto do consumidor. Para quem não quer arriscar a Atual extraiu dicas de combinações da enciclopédia Larousse do Vinho: 50


TIPO DE QUEIJO

VINHOS

Brie

Sauvignon Blanc ou tintos, Beaujolais, Cotês du Rhône

Camembert

Brancos secos e tintos médios: Merlot, Pinot Noir, Bordeaux

Queijo de cabra

Sauvignon Blanc

Gorgonzola

Barolo, vinhos de origem siciliana, (vinhos meio potentes), Porto

Gruyère

Brancos Frutados ou tintos leves: Gamay, Pinot Noir, St Emilion

Holanda e Cheddar

Cabernet Sauvignon, Médoc, Porto Tawny

Parmesão

Barolo, Barbaresco, Porto Tawny, Zinfandel

Roquefort

Branco de Sobremesa (colheita tardia), Moscato D`asti

51


ESPAÇO CRIANÇA

POR ONDE ANDAM AS

GOSTOSAS

BRINCADEIRAS

INFANTIS

COM TANTOS BRINQUEDOS TECNOLOGICAMENTE EVOLUÍDOS AS CRIANÇAS SE ESQUECEM DE USAR A IMAGINAÇÃO. REVISTA ATUAL SAÚDE

Por Lúcia Tavares

C

orre, pula, grita, pedala, mergulha e nada, pega e joga, sobe e desce, monta e desmonta, se esconde e se acha, ganha e perde, ri e chora. Ufa! E ainda sobra bastante tempo pra mais brincadeiras livres de regras e de objetivos pré-estabelecidos. É tudo tão gostoso, divertido, solto e despreocupado. Isso é o que proporciona certa liberdade as crianças quando brincam, gastam energia e se divertem. Na maioria das vezes o brinquedo ou os jogos acompanham a maratona. Este brinquedo é visto pelo adulto como um objeto auxiliar de brincadeiras, mas para as crianças... vai muito além da imaginação. Eles são uma fonte de conhecimentos e, quem sabe até, um tipo de “Simulador de Realidade”.

52

Além de conhecimento de uma maneira espontânea, as brincadeiras trazem vantagens em todas as etapas da vida das crianças. Ajudam no desenvolvimento da criatividade e da coordenação motora, estimulam a imaginação e a habilidade que pode ser trabalhada independentemente da faixa etária da criança. Mas a chegada dos televisores, vídeo games e até computadores na vida dos baixinhos estabeleceu uma grande distância das maravilhosas brincadeiras que despertam para o desenvolvimento físico e social, além de liberar a imaginação despertando a criatividade. Segundo os pediatras o tempo máximo para que a criança brinque com a “parafernália eletrônica” é de até duas horas por dia, depois ela deve procurar interagir social-


mente, ler um livro, gastar energia. O desenvolvimento tecnológico é ótimo, trouxe inúmeros benefícios para humanidade, mas não se deve desvincular do que é bom e saudável. O uso excessivo dessas tecnologias pode trazer mal para as crianças. As lendárias brincadeiras infantis sempre foram bem vistas e até hoje não existe tempo determinado para que as crianças aproveitarem livremente. Curta a infância de seu filho. Nada de ficar vendo TV, ou de jogar no computador o dia todo. Leve ele para gastar energia, pra correr, andar de bicicleta, empinar pipa, jogar bola. Não precisa gastar muito, criança gosta de simplicidade, atenção e muita diversão.

53


DIA A DIA

ACORDANDO

CEDO

NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO. TREINE O SEU ORGANISMO COM AS DICAS DA ATUAL SAÚDE.

REVISTA ATUAL SAÚDE

O

despertador toca. É hora de levantar e começar o dia, mas você se sente cansado e pensa: só mais dez minutinhos! Não é nada fácil acordar cedo todos os dias, mas o trabalho, os estudos, a família... Algo sempre vai exigir de você esse compromisso, portanto a Atual Saúde resolveu lhe passar dicas para que você consiga dormir bem e sentir-se disposto a acordar cedo no dia seguinte.

1.

A primeira importante dica é: Vá para a cama quando sentir-se cansado. Não fique até tarde fazendo todo tipo de coisas, como assistir televisão, por exemplo. Isso faz com que muitos cochilem no sofá, voltem a assistir a tevê, ou mesmo levantem e façam outras coisas. No momento em que vão para a cama perdem o sono e passam a noite revirando sem conseguir “pregar o olho”. Portanto, quando o sono chegar aproveite.

2.

A segunda regra, e não menos importante é: Crie o hábito. Deite-se cedo e vá para a

54

cama sempre no mesmo horário. Isso vai treinar o seu organismo criando um padrão de sono. Mas faça aos poucos, não tente se forçar a dormir sem sono, pois pode provocar frustrações e até a insônia devido a sua ansiedade.

3.

A terceira dica é: Torne o ambiente que você dorme favorável ao seu descanso. Não assista televisão na cama antes de dormir. Muitos têm uma televisão no quarto que sempre é ligada a noite pouco antes de dormir e programada para desligar. Muitas vezes o programa fica interessante no momento em que está próximo do período programado e você acaba prolongando cada vez mais o horário. Além do mais o barulho da tevê não vai lhe permitir o descanso agradável e necessário que o seu corpo e sua mente necessitam. Então quando chegar a hora de deitar-se para dormir não ligue a tevê, simplesmente deite e durma. Um ambiente escuro, sem TV ou outros equipamentos que possam distraí-lo do seu sono, vão garantir uma boa noite de descanso.

4.

A quarta dica é: Não coma

alimentos energéticos à noite. Na hora de dormir você precisa ficar calmo e relaxar, ou seja, preparar o seu corpo para o descanso. Tomar café, refrigerante ou outros produtos energéticos só vão lhe deixar mais alerta. Tome um suco, coma uma fruta ou mesmo beba um chá. Isso sim vai ajudar.

5.

A nossa quinta dica é: Coloque o despertador longe e quando ele tocar levante-se e saia do quarto após desligá-lo. Até por um impulso você pode desligar o despertador sem se dar conta. Coloque-o longe, de preferência num lugar que você não consiga alcançar deitado, mas que dê para ouvi-lo. Isso vai forçar você a sair da cama. E atenção! Não adianta você se levantar para desligá-lo se voltar para a cama. Assim que desligar o despertador saia do quarto e vá se aprontar para sair ou fazer o que tem que ser feito. Não prolongue o prazo determinado. Nada de “só mais 5, 10 ou 15 minutinhos”, levante-se assim que o despertador tocar. Quanto mais você prolonga o horário menos você educa o seu organismo. Programe-se para dormir e acordar sempre no mesmo horário.


55


DIA A DIA

SABONETE

ÍNTIMO OS SABONETES ÍNTIMOS AJUDAM NA PROTEÇÃO CONTRA INFECÇÕES E ALERGIAS. Por Lúcia Tavares

REVISTA ATUAL SAÚDE

E

xistem semelhanças entre os sabonetes íntimos e os chamados sabonetes comuns. Ambos são indicados para a higiene pessoal, mas os sabonetes comuns possuem o PH neutro e os sabonetes íntimos têm o PH ácido. Essa fórmula ácida

não afeta o PH vaginal e mantém vivos os microorganismos e lactobacilos desta região, evitando o surgimento de alergias e infecções. As mulheres de todo o mundo estão utilizando cada dia mais estes produtos, podendo ser inclusos como parte da higiene pessoal

e intima da mulher. Mas, ainda que tenha conquistado bastante espaço, o sabonete íntimo apresenta dúvidas quanto a freqüência de seu uso, em que períodos podem ou não ser utilizados ou mesmo a diferença entre um e outro produto existente.


Os sabonetes íntimos protegem bem mais que os sabonetes comuns por possuir uma composição mais neutra que os sabonetes comuns, e por ter o poder de proteger a mucosa genital sem agredi-la e não interferir no ambiente natural da região da vagina. O sabonete íntimo é recomendado por possuir um ph neutro e que não proporciona desequilíbrio no ph da vagina. Evitando assim corrimentos e até coceiras indesejáveis são menos alérgicos por seus componentes serem bem mais leves e evita irritações.

“O sabonete

íntimo é recomendado por possuir um ph neutro e que não proporciona desequilíbrio no ph da vagina.” O uso diário do produto evita a proliferação de fungos e bactérias os grandes vilões das infecções genitais e pode ser usado mesmo quando as mulheres estão no período menstrual, pois não é prejudicial a flora vaginal. O uso prolongado dos sabonetes íntimos não causa corrimento porque não altera a área genital. Há alguns sabonetes íntimos formulado para cuidar da higiene intima natural da mulher por isso possui complexo ph equilibrium que mantém o equilíbrio natural da região íntima.

57


SEMPRE LINDA

CABELOS

PERFEITOS O ANO TODO

ESPECIALISTAS AFIRMAM QUE COM UMA BOA MANUTENÇÃO SEUS CABELOS PODEM BILHAR O ANO TODO.

REVISTA ATUAL SAÚDE

A

tintura, o secador e a chapinha, produtos aos quais nenhuma mulher resiste, podem deixar os cabelos ressecados e sem brilho. O abuso de química e o calor deixam os fios opacos e quebradiços. Mas calma, não se desespere, especialistas em cabelo afirmam que com hidratações e cortes regulares você pode ter cabelos perfeitos o ano todo. “O cabelo deve ser cortado a cada três meses. Como uma plantinha que você poda e ela cresce. Com o cabelo você faz a mesma coisa. Tem que dar uma aparada para ele pegar força, crescer e respirar, pra que ele comece a se livrar de pontas secas e duplas, que para ele pesa. Quando a gente corta o cabelo sente aquela leveza”, explica a cabeleireira Luciana. O cabelo é composto, basicamente, de três partes distintas: a cutícula (ou camada externa), o córtex (ou camada intermediária) e a medula (ou camada interna). Os agentes externos (como: sol, chuva, poeira) têm ação direta na cutícula 58

do cabelo, assim como as praticadas mecanicamente (escovar, pintar). O córtex é a parte do cabelo que permite modificações de estrutura (cachos, liso, coloração), e define a resistência do cabelo. Esta parte é protegida pela cutícula, que precisa estar bem selada para que não ocasione em ações indesejadas no córtex, ou estrutura do cabelo. Quando resolvemos realizar processos químicos constantes em nosso cabelo, como por exemplo: o alisamento ou relaxamento dos fios, excessos de cremes, tinturas ou mesmo luzes e reflexos, estamos danificando constantemente sua estrutura e os resultados podem não ser nada agradáveis. Portanto tenha sempre cuidado ao realizar qualquer tratamento em seu cabelo e procure sempre um especialista. “Você tem que saber a quantidade correta e a dose de todas as coisas. Porque queratina, por exemplo, é muito bom mais não pode abusar e usar demais. Quando a gente faz um tratamento a base de queratina a gente só pode fazer

no máximo 5 aplicações. Porque demais ela faz o efeito contrário”, informa a cabeleireira. Luciana explica ainda que: “a cabeça é irrigada por vasos, então a gente tem que ir fazendo aquele leve toque, uma leve massagem para que ele absorva o produto e resolva o problema”. A técnica, muitas vezes é o motivo pelo qual a hidratação feita em casa não tem o mesmo efeito que a realizada com um profissional. Mas Luciana afirma que se você fizer sempre os quatro passos corretamente você pode prolongar o efeito adquirido no tratamento feito no salão. Os quatro passos são: “lavar o cabelo com xampu, para fazer a limpeza do couro; hidratação, que é a fonte de nutrição que ele precisa para combater queda, devolver brilho, maciez e reestruturar o cabelo; condicionar, porque o condicionador é quem fecha as cutículas e por fim o finalizador utilizando os leaves – de preferência líquidos para que o cabelo não fique com aspecto pesado”. Criar pequenos hábitos ajuda bastante. Aí vão algumas dicas:


• Evite passar as mãos constantemente nos cabelos - as mulheres adoram passar, frequentemente, as mãos nos cabelos, isso faz com que a oleosidade das mãos e da raiz dos cabelos passe para os fios; • Não abuse de cremes sem enxágue - finalizadores e cremes sem enxágue deixam resíduos nos cabelos e dão aos fios o aspecto de peso. • Use, sempre que for sair ao sol, chapéu e/ou filtro solar - o excesso de sol resseca os fios, portanto use chapéu e produtos com filtro solar para os cabelos, isso irá reduzir a ação do sol; • Evite usar constante o secador, a chapinha e químicas - aumente o intervalo entre o uso do secador e da chapinha, ou mesmo, da realização de processos químicos, pois os cabelos perdem queratina e, conseqüentemente, perdem elasticidade, ficando quebradiços e opacos e formam pontas duplas deixando os cabelos pesados; • Use produtos com queratina e silicone - máscaras de queratina repõem os lipídios naturais do cabelo e as de silicone selam partes danificadas. Mas, atenção, não use demais para que seus cabelos tenham um aspecto saudável.

59


CULTURA CULTURA E LAZER

CURIOSIDADES DORMINDO NAS ALTURAS Em meio ao esplendor peruano, no Sudeste da Amazônia, foi construído o Inkaterra Tree House Canopy. Este grande hotel é pioneiro em turismo ecológico e oferece pernoite em acomodações a 27 metros de altura. É uma típica Casa nas Árvores, porém, de luxo. A suíte possibilita aos turistas desfrutar de toda a beleza da natureza selvagem. De um ponto privilegiado os hóspedes podem observar várias espécies de animais, que normalmente não são vistos em solo, e ouvir os sons da selva. Além de todas estas vantagens, o Inkaterra oferece, em seu menu, comidas orgânicas feitas com recursos locais e em seus banheiros há produtos de higiene pessoal elaborados com a utilização de ervas da região. Outro hotel na mesma linha foi construído na Suécia. O Treehotel é ecologicamente correto, construído de forma sustentável e com um design moderno, permitindo a harmonia entre o homem e a natureza.

PERDENDO CALORIAS Quem diria! O esporte que mais gasta caloria é o squash. Para se ter noção, em uma hora de jogo um participante (com 70kg) pode chegar a perder de 700 a 800 calorias. O jogo é mais ou menos assim: Dois jogadores em uma quadra fechada rebatem uma bolinha contra a parede. Parece fácil? Mas não é. Esta quadra possui três marcações. A primeira fica a 48 centímetros do chão, a segunda fica a 178 e a terceira, a 457. A do meio é a linha de serviço (ou saque), acertar a bola abaixo da primeira linha significa perder um ponto e a cima da terceira é fora. Quer moleza? Segundo o livro Fisiologia do Exercício, de William McArdle, estima-se que o bilhar seja o esporte que em menos se gasta calorias. O mesmo indivíduo (com 70kg) no mesmo tempo de prática (1 hora) queima cerca de 176 calorias. Mesmo assim, o bilhar é um esporte que requer muita concentração, apesar do pouco esforço físico.

61


ESPECIAL DE NATAL

ENTÃO

É NATAL E QUE O ESPÍRITO DO NATAL PAIRE SOBRE A HUMANIDADE NA FESTIVIDADE DE MAIOR HARMONIA E SOLIDARIEDADE E PERMANEÇA NO CORAÇÃO DE TODOS DURANTE O ANO QUE SEGUE.

REVISTA ATUAL SAÚDE

Por Lúcia Tavares

O

dia 25 de dezembro está chegando. Árvores, enfeites natalinos, cações comemorativas, presentes, comidas típicas da festa são preparados e procurados por muitos em várias partes do mundo, embora seja um feriado tradicionalmente cristão em comemoração ao nascimento do nosso menino Jesus. O fato é que o Natal é o centro das festividades do fim de ano. Os Lojistas expõem suas promoções, as pessoas preparam a casa e a mesa para receber seus familiares. O clima de novidade e harmonia paira no ar, é praticamente o fim do ano, mais um que se viveu e foi preservado na lembrança. As pessoas relembram dos acontecimentos, alguns perdoam outros prometem mudanças, alguns esperam a chegada do tão famoso Papai Noel outros correm em busca dos presentes, e assim todos vão entrando no clima.

62

Você já preparou sua casa? Comprou sua árvore de Natal, seus pisca-piscas e suas guirlandas, viscos, presépios? E os presentes? Lembrou da solidariedade? Afinal você realmente sabe qual é o verdadeiro espírito do Natal? O Natal não é uma festa comercial. Como muitos se aproveitam para vender, promover e lucrar alguns não entendem seu real significado. É sim uma festa religiosa, e como toda ela, é bastante rica em símbolos (daí surgem a árvore, o presépio, a guirlanda, as comidas típicas), que fazem dela do festejo mais ornamentada do ano. O intuito da festa é ser solidário, é o amor pelo próximo e a ternura com seus entes queridos e não tão queridos. A festa costuma reunir os familiares e amigos em um único ambiente, isso serve de proposta para que a família se aproxime e discuta sobre os mais variados assuntos de forma harmoniosa e despreocupada.

Você não precisa deixar de seguir suas tradições, comprar seus presentes, comidas e enfeites. Mas procure o espírito de solidariedade dentro de você e ajude quem necessita da maneira como você puder. Isso basta para se ter um Natal maravilhoso e esperanças para dias melhores que viram. Nós da Atual Saúde desejamos a todos um Feliz Natal e um próspero ano novo!


FELIZ 2012

RÉVEILLON 2012

FELIZ ANO NOVO! É CHEGADO O MOMENTO DO NASCIMENTO DE MAIS UM NOVO ANO. MUITOS AGUARDAM ANSIOSOS PELA HORA DA VIRADA, MAS CALMA! A REVISTA ATUAL SAÚDE TEM DICAS TODAS ESPECIAIS PARA VOCÊ. REVISTA ATUAL SAÚDE

Por Lúcia Tavares

O

ano novo é um momento de retrospectiva do que você acertou ou do que errou durante o ano que se vai. É também chamado de réveillon (verbo oriundo do Francês e que em nossa língua significa despertar). É muitas vezes neste momento que as pessoas costumam fazer uma lista do que pretende ficar, do que vai melhorar ou do que vai mudar em sua vida. Dietas, amores, estudos, família, profissão, amizades e outras coisas mais. Porém nem sempre seguem sequer um item dela. Pular ondas, usar cores especiais, comer uvas. Não precisamos complicar. Uma todas as suas crenças a pequenos gestos e isso pode lhe proporcionar o começo de um novo ano com o pé direito e, a partir de então, ser, cada vez mais, uma pessoa melhor. Não existe uma fórmula secreta. 64

Mas, ai vão algumas dicas:

1. Acredite nos seus sonhos: faça

6. Saia da rotina: viaje sem

destino, você vai voltar revigorado;

com que eles aconteçam, às vezes é importante seguir um pouco a intuição;

7.

2.

8.

Seja especial e encontre você mesmo a sua felicidade: não precisa ir muito longe ela pode estar bem próxima;

3.

Cuide de sua saúde: você vai precisar dela;

4.

Abrace quem você ama todos os dias: e vai perceber como tudo fica melhor;

5.

Adquira conceitos e não preconceitos: ele não leva a lugar algum;

Escute mais, fale menos e leia mais: a sensação é incrível; Viva um amor incondicionalmente: o mundo vai lhe parecer bem melhor;

9.

Tenha seu melhor amigo sempre por perto: ele é um tesouro incalculável;

10.

Goste de você acima de tudo: fica mais fácil gostar de outras pessoas quando você se ama.

11. Valorize o silencio: caminhe um pouco na areia, pe-


dale ou corra no parque, você vai perceber como esses momentos são importantes oferecendo a você momentos de calor e bem estar;

12.

Comemore sempre: alegre-se e festeje, valorize suas conquistas;

13.

Seja feliz, procurando fazer coisas que lhe dão prazer: não espere para amanhã ou para algum dia qualquer para ser feliz, seja feliz hoje, procure as pessoas das quais você gosta e diga para elas o quando elas são importantes para você. Saia para passear com seu companheiro (a) de mãos dadas tome um sorvete, aproveite o verão ta chegando, escolha ser feliz com pequenas coisas;

14. Tome uma atitude: tenha

um objetivo seja no profissional, ou na afetividade, se comprometer com vontade, junte com ação, com pensamento positivo energia boa, mudar se for preciso, ser verdadeiro, ser seletivo, fazer novos amigos, está com a família, sorrir das coisas que não deram certo as vezes faz bem;

15.

Agradeça cada vez que pessoas importantes sorrirem para você: seu filho, seu marido, sua mãe e pai, seus amigos, por exemplo. Valorize a opinião deles e retribua;

65


CULTURA E LAZER CULTURA

ATUAL INDICA

REVISTA ATUAL SAÚDE

FILMES, MÚSICAS E LIVROS ESPECIALMENTE PARA VOCÊ.

Resultado de uma mini turnê com apenas seis shows, este DVD representa uma grande obra dos artistas Caetano Veloso e Maria Gadú. Com músicas de excelente qualidade como Leãozinho e Alegria Alegria, de Caetano e canções envolventes como Bela Flor de Maria Gadú o DVD é uma excelente escolha para adquirir ou mesmo dar de presente.A peça possui 01 CD duplo de 25 faixas e um DVD incrível com 26 canções.

66

O Filme conta com os renomados Johnny Depp e Angelina Jolie numa intrigante história. Frank, (Johnny Depp), é um turista americano que está de férias em Veneza, na Itália, em sua viagem ele conhece a misteriosa Elise (Angelina Jolie), uma linda e misteriosa mulher que guarda muitos segredos de sua vida. Juntos eles vivem uma emocionante aventura e quem sabe um lindo amor.

Com o Livro A Cabana o autor Kruger alcançou altíssimos índices de venda, passando 148 semanas na lista de mais vendidos (segundo a VEJA). Em sua mais nova obra Kruger explica a teologia e a filosofia por trás da história de A Cabana. Ele se aprofunda no estudo sobre a Santíssima Trindade e fala sobre a natureza do amor de Deus, procurando demonstrar de que formas ele se manifesta em nossa vida.



Revista Atual Saúde - Edição 1