Issuu on Google+

Leia e Assine

Exemplar Avulso

R$ 2,00

$12;;;‡1ž‡352338%/,&,'$'(-251$/,602025&$17,/7'$

&5$9,1+26'(0$5d2'(

ACONTECE

Mais de 50 mil pessoas prestigiam o Carnaval de Cravinhos

Cursos tem inscriçþes abertas Pågina 12

Cravinhos oferece vacinação de HPV

No sĂĄbado (01/03) a festa teve inĂ­cio com a “Banda Djavu e o DJ Julim Portugalâ€?. No domingo (02/03) foi a vez dos garotos da “Chicletadaâ€? animarem o evento com muita irreverĂŞncia. JĂĄ na segunda-feira (03/03) subiu ao palco o grupo “Madeireira Brasil %DQGD6KRZ´TXHQmRGHL[RXQLQJXpPÂżFDUSDUDGRDQRLWHWRGD E para encerrar o Carnaval de Cravinhos, na terça-feira (04/03), diretamente da Bahia, o grupo FofokaĂŞ mostrou o melhor das marchinhas e do axĂŠ.

PĂĄgina 07

Torneio de Futsal ĂŠ retomado

Suplemento Especial e PĂĄgina 03 FESTA

DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES

Mulheres mostram atitude ao DVVXPLUSURÂżVV}HV

PĂĄgina 19

Serra Azul promove grandioso Carnaval

Basquete tem estreia marcada PĂĄgina 06

Torneio de Futsal ĂŠ retomado PĂĄginas 04 e 05

EDIĂ‡ĂƒO DA SEMANA

26 PĂ GINAS + CADERNO ESPECIAL DE CARNAVAL

na internet: www.atribunaregional.com.br

PĂĄgina 08

Tempo Hoje

Caderno A OpiniĂŁo.............................02 Cidade ..............................03 Capa ......................... 04 e 05 Acontece ..........................06

SaĂşde ................................07 RegiĂŁo ..............................08 Caderno B SaĂşde ................................09 PolĂ­cia ...................... 10 e 11

3URÂżVVmR ...........................13 Entretenimento ......... 14 e 15 Cidade ..............................16 Caderno C Esporte ..................... 17 a 19

Flash .................................20 Caderno D &ODVVLÂżFDGRV ............ 22 e 23 ImobiliĂĄrias ......................24 3HUÂżO .................................26

PĂĄgina 19

18Âş 28Âş

Chuva a qualquer hora

AmanhĂŁ

17Âş 29Âş

Pancadas de chuva

Segunda-feira

18Âş 30Âş

Pancadas de chuva


2‡&DGHUQR$‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

Redação: Rua Cristiano Barreto, 54 - Centro - Cravinhos/SP Fone: 3951-2228 - Fone/Fax: 3951-4819 e-mail: jornalismo@atribunaregional.com.br

Diretor Responsåvel Francisco J. Cavalcanti da Silva - MTB 33.717 - Fone 99145-3295 Jornalista Responsåvel Kennedy Oliveira Gomes - MTB 46.290 - Fone 99143-8292 3URMHWR*Ui¿FR Leandro Bionês Cavalcanti da Silva - MTB 66.822 - Fone 99201-0942 Departamento Comercial Sistema Impacto de Comunicação - Fone 3482-1208

Editado pela Publicidade Jornalismo Morcanti Ltda - ME CGC 50.492.040/0001-76 Inscrição Municipal 1021 Filiado ABRAJORI / ADJORI Representante Em todo o Brasil ESSIĂŠ PUB. COMUNICAĂ‡ĂƒO Ltda.

NR. Não devolvemos originais. A Direção do Jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos por seus colaboradores.

Impressão 6DQJDOHWWL(GLWRUDH*Ui¿FD/WGD0( CNPJ: 04.001.259/0001-08 End: Rua Santa Isabel, 250 – Vila Izabel – CEP: 13570-790 – São Carlos/SP Fone: (16) 3368 3435 / 3368 1413

“Seria uma atitude muito ingĂŞnua esperar que as classes dominantes desenvolvessem uma forma de educação que permitissem Ă s classes dominadas perceberem as injustiças sociais de forma crĂ­ticaâ€?. (Paulo Freire)

Lions Clube – 25 anos prestando serviços No prĂłximo dia 31 de março, em festa a famĂ­lia de leĂľes do Lions Clube de Cravinhos, para comemorar vinte e cinco anos de prestação de serviços lhas: Consuelo e Jaqueline. Dona Maria Amoroso Ă  nossa comunidade. Composto por casais cravipassou a ajudar o primo na atividade comercial e na nhenses, que aceitaram o desaÂż RDREHGHFHUROHPDHQWLGDGH criação das meninas (que muito cedo perderam a mĂŁe). “servir ao prĂłximoâ€?, nestes Loli morreu em um trĂĄgico anos de existĂŞncia, o Lions Clube de Cravinhos, tem sido acidente automobilĂ­stico. responsĂĄvel por vĂĄrios benefĂ­EntĂŁo a partir deste momencios Ă s famĂ­lias carentes, bem to ela passou sozinha, com como tem contribuĂ­do para a coragem, muita disposição manutenção e a existĂŞncia de e abdicando de seus anseios HQWLGDGHV ÂżODQWUySLFDV TXH pessoais, ilusĂľes e sonhos tem passado por situaçþes dide moça e mulher, a criar as fĂ­ceis. duas meninas dedicando-lhes Atualmente ocupa o cara vida e o patrimĂ´nio. do de presidente, o dinâmico “Madrinhaâ€? ĂŠ o carinhoso leĂŁo, JosĂŠ Carlos Bernardo designativo com que Con- Principessa, que tem marcado suelo e Jaqueline sempre a presença constante, proporcioFKDPDUDP ( WDPEpP ÂżFRX nando eventos e estimulando para todos amigos, vizinhos promoçþes de carĂĄter social, e comunidade. Mulher de no sentido de arrecadar fundos grande simpatia, atenta e e transferir em favor daqueles amĂĄvel, conquistava crian- que vem precariamente em våças, jovens e pessoas de sua rios pontos da cidade. Na oportunidade, quereprĂłpria ĂŠpoca. Mesmo com idade avan- mos saudar a todas famĂ­lias çada, se mantinha lĂşcida, ati- que passaram pelo Lions Cluva e espirituosa, uma pessoa be de Cravinhos, e deram sua parcela de contribuição, presa que todos queriam ouvir e tando serviços, e, aqueles que gozar de sua alegre compaora permanecem com o objenhia, e encantava “seus netos tivo de estender as mĂŁos aos GHIDWR´ÂżOKRVGH&RQVXHORH necessitados, sem olhar quem, Jaqueline. claro ou condiçþes, visando Recebeu as Ăşltimas ho- sempre servir. menagens no VelĂłrio “Lourival Amorosoâ€?, e foi sepul- Sensacional! Cravinhos de tada no CemitĂŠrio Municipal virada 3x1 de Cravinhos. Na partida do 1Âş CampeoAprendemos muito com nato Regional de Futebol Jusuas liçþes. Saudades, “Ma- venil de Cravinhos, no EstĂĄdio Municipal do Jardim Bela drinhaâ€?! Vista, jogou as equipes, Cravi-

Nosso adeus Ă  eterna “Madrinhaâ€?

P

erdemos no domingo, dia 02 de março, aos 96 anos de idade, uma pessoa que ao longo da vida, foi exemplo de amor e dedicação, a Sra. Maria Amoroso. Carinhosamente tratada como “Madrinhaâ€?, nasceu em Cravinhos no dia 14/05/1917. Primeiramente morou na rua XV de Novembro, na casa dos pais, o conhecido comerciante Pedro Amoroso (que deu o nome a uma das principais avenidas cravinhenses) e a Sra. EmĂ­lia Zanini Amoroso. HĂĄ mais de 60 anos morava em uma casa simples e muito acolhedora na Rua Tiradentes. Ela foi criada com seu primo Lourival Amoroso, o Loli, que casou-se com 0DULD 3RVVR H WHYH GXDV Âż

nhos versus São Simão. Apesar do time da casa entrar em campo desfalcado dos jogadores Zanata e Alexandre, e com Junino contundido, fez uma boa apresentação, perdendo inúmeras oportunidades de gol, mas foi São Simão que inaugurou o placar aos 32 minutos do 1º tempo, com Rovilson que cobrou de fora na risca da grande årea cravinhense. Para o 2º tempo, vårias moGL¿FDo}HV WiWLFDV IRUDP UHDOL zadas na equipe cravinhense, e Alexandre entrou no lugar de Juninho. Aos 6 minutos do 2º tempo, Clayton cobra um escanteio pela esquerda e no rebote do goleiro simonense, Alexandre decreta o gol de empate. Clayton, melhor jogador em campo, aos 17 minutos, realiza uma jogada pessoal fantåstica, pegando a bola na intermediåria e carregando-a atÊ a grande årea simonense, quando de pÊ, tocando por cima da saída do goleiro simonense, estabeleceu a virada cravinhense de 2x1. Quase ao tÊrmino da partida, aos 36 minutos, Alexandre desce pela direita e cruza para o centro avante Carlinhos, que de cabeça, då o golpe fatal na equipe simonense, concluindo o placar de 3x1. Na próximo rodada de domingo, dia 12 de março de 1989, Cravinhos jogarå contra a equipe de Serra Azul, e se YHQFHUHVWDUiFODVVL¿FDGRSDUD a 2ª fase do Campeonato Regional, que promete esquentar de agora para frente.

Reinventando

H

oje temos muitas oportunidades de fazer a diferença, olha ao seu redor quantas pessoas não repetem os mesmos padrþes o tempo todo. Hå quanto tempo ninguÊm te surpreende? Hå quanto tempo você entra na mesma loja e só recebe o atendimento båsico? O primeiro passo para um empreendedor Ê olhar um determinado cenårio, e se perguntar como Ê possível reinventar isso. Mas, antes de fazer essa pergunta, Ê preciso acreditar muito que pode fazer diferente, que Ê possível reinventar, reconstruir, que Ê possível transcender. Basta acreditar e ter YRQWDGH'H¿QD%HHWKRYHQ que compôs um de seus maiores sucessos sendo

VXUGR'H¿QD3LFDVVR0R zart, dentre tantos outros gênios em sua atividade SUR¿VVLRQDO 'H¿QD 6WHYH Jobs e Bill Gates, empreendedores com apenas o ensino mÊdio completo que mudaram o mundo. Não existe fórmulas prontas, como uma ideia nasce, ela toma rumos próprios, contamina-se com o entorno e o mercado estå åvido por ideias GHVD¿DGRUDV H LQRYDGR ras, quanto menos receita de bolo mais criativo o resultado, porÊm Ê necessårio viver dentro da zona de desconforto e nunca se limitar a buscar o novo, a reinvenção e a quebra de paradigmas. Foi para isso que estou nesse mundo e você? Jå se reinventou?

(Notícias extraídas do jornal A Tribuna Regional de 11 de março de 1989, edição nº 158)

PolĂ­tica *SESSĂƒO ORDINĂ RIA. Na prĂłxima terça-feira, dia 11 de março, teremos sessĂŁo ordinĂĄria na Câmara Municipal, a partir das 20h. *REPRESENTANTO O LEGISLATIVO. 'XUDQWHRGHVÂżOH GHFDUQDYDOQDUXD;9PDUFDUDPSUHVHQoDQRSDODQTXHRÂż cial, os vereadores TonhĂŁo AnĂ­bal, Francisco Vessi e HĂŠlcio MĂŠdico. Posaram em vĂĄrias fotos ao lado do prefeito Boi. *NIC NET ENTREVISTA. Estas informaçþes constam no site de notĂ­cias da Nic Net, que entrevistou o deputado federal Duarte Nogueira Jr. *NOGUEIRA FALA DO POLO INDUSTRIAL DE CRAVINHOS. “Cravinhos jĂĄ desponta como um polo industrial – importantĂ­ssimo nĂŁo sĂł para o municĂ­pio, mas para toda a regiĂŁo - traz desenvolvimento, gera emprego e movimenta a economia de Cravinhos e regiĂŁo. É importante que se crie e se estimule, cada vez mais, polĂ­ticas pĂşblicas de incentivo Ă  tecnologia, inovação para continuar trazendo as indĂşstrias para a cidadeâ€?. *SOBRE A ETEC, DEPUTADO NOGUEIRA OPINA. “A ETEC foi uma decisĂŁo acertada para a cidade. Junto com o prefeito Boi, pedimos ao governador Alckmin, que nos atendeu. Cravinhos terĂĄ sua ETEC e vai poder formar mĂŁo-de-obra tĂŠcnica em mais larga escala. Oportunidades para os mais jovens. Garantia de empregos futuros. PolĂ­tica pĂşblica de qualidadeâ€?. *PAROU POR QUE?!? Na sessĂŁo de fevereiro, o vereador Itamar Bueno questionou a administração sobre os motivos da paralisação das obras de construção das Unidades BĂĄsicas de SaĂşde do bairro JoĂŁo Berbel II e Trajano Stella (CDHU). Apimentou concluindo, “bem como as demais obras iniciadas na gestĂŁo anteriorâ€?. *LOMBADAS. Na sessĂŁo de 18 de fevereiro, foram solicitadas a instalação de cinco lombadas em vĂĄrios pontos da cidade pela edilidade. Isto porque, pelo novo CĂłdigo de Trânsito nĂŁo ĂŠ mais permitido lombadas. *PENSANDO BEM‌ Vai faltar corda, se pegar essa onda de lançar candidato-poste no Nordeste para substituir polĂ­ticos que nĂŁo podem concorrer. *GRANDE VILA! Dedico a coluna desta semana, a um grande amigo que partiu dia 04, Wilson Freitas, o grande e popular Vila. Comerciante, trabalhou na portaria do CTC, sempre foi uma pessoa querida com seu jeito simpĂĄtico e carismĂĄtico. Vai deixar saudades! *ACOMPANHE AS SESSĂ•ES DA CAMARA PELA INTERNET. Acesse o site: www.camaracravinhos.sp.gov.br e pela CraYLQKRV)0ÂżTXHDWHQWRDWXGRTXHDFRQWHFHQR/HJLVODWLYR PrĂłxima SessĂŁo OrdinĂĄria acontecerĂĄ no dia 11 de março de 2014.

Francisco Cavalcanti

Fazenda Ă gua Branca

I

mplantada no sĂŠculo 18, no sĂŠculo 19, a Fazenda Ă gua Branca, foi sede de um grande conjunto de propriedades agrĂ­colas, atĂŠ o inicio do sĂŠculo XX. Neste perĂ­odo todas propriedades pertenciam a uma sĂł famĂ­lia, Arantes Nogueira. Por um longo perĂ­odo foi administrada pelo Dr. Oswaldo Arantes NogueiUDTXHÂż[RXVXDUHVLGrQFLD e administração, por ser prĂłxima a cidade, apenas seis quilĂ´metros. A â€œĂ gua Brancaâ€?, jĂĄ foi, como tantas outras fazendas deste municĂ­pio, grande produtora de cafĂŠ – os nossos inigualĂĄveis cafĂŠ ÂżQRV1DGpFDGDGHIRL policultivada e explorada com a pecuĂĄria leiteira. Atualmente, se especializou na plantação da cana de açúcar. Hoje fazenda Ă gua Branca, ĂŠ administrada pelo novo proprietĂĄrio, Sr. Marcelo Annibal e sua esposa Sra. OlĂŠzia. ApĂłs adquirir dos her-

deiros da família Arantes Nogueira, a propriedade estå com a família Annibal hå 25 anos, e no seu interior nota-se riquezas guardadas do período próspero da era de ouro do cafÊ. De construção sólida e confortåvel, a residência da sede da fazenda foi construída com tijolos, barro e muita madeira‌ de vårios tipos e em uma Êpoca em que atÊ madeiras nobres era utilizadas nas construçþes. Nesta especi¿FDPHQWH XVDUDP DQJLFR vermelho, aroeira, cedro, jatobå, ipê e outras. Tem boa localização, o que permite råpido acesso nas demais dependências. Para poder preservar a sede o dono manteve a estrutura original, fez calçamentos, colocou vigas de madeira e concreto, alÊm de usar produtos para preservar as partes de madeira. A poucos metros da sede existe um lago lindo e muito antigo tambÊm rodeado de belas, altas e muito antigas årvores‌

Na propriedade ainda existe a tulha que era utilizada para guardar o estoque de cafĂŠ, quando essa era a cultura que predominava na Fazenda Ă gua Branca. Da ĂŠpoca do cafĂŠ, o atual proprietĂĄrio preserva o pomar da fazenda, por onde visitantes podem realizar um passeio maravilhoso e gostoso! O local ĂŠ repleto de ĂĄrvores novas e antigas, com os mais variados tipos de frutas. Temo ainda mangueiras novas e antigas (tĂŁo antigas e diferentes que nem alguns biĂłlogos que estiveram na fazenda

VRXEHUDP LGHQWL¿FDU GH quais espÊcies e procedências eram), jatobå, sapoti, cacau, laranja, jabuticaba, HQ¿PPXLWDFRLVDPHVPR Frutas lindas, maduras, suculentas e prontas para serem devoradas A fazenda conserva atÊ RVGLDVDWXDLVUHVHUYDVÀR restais. Limitam-na as fazendas: São João da Agua Branca, Esperança, São Pedro, Morungaba, Gramado, Pântano, Pau d’Alho, Liberdade e o núcleo do Córrego Grande. (fonte Revista Cravinhense)


6iEDGRGHPDUoRGH‡

‡&DGHUQR$‡3

Acontece EXPLICAĂ‡ĂƒO –(YHQWRTXHUHXQLXDSUR[LPDGDPHQWHPLOSHVVRDVQDÂł5LR6DOYDGRU´WHYHSUREOHPDVQRGRPLQJRHWHUoDIHLUD0DVQLQJXpPÂżFRXIHULGRRXWHYHSUHMXt]R

Prefeito de Cravinhos esclarece papel da Prefeitura no Carnaval Kennedy Oliveira Foto: A Redação

O

municĂ­pio de Cravinhos esteve em festa durante os quatro dias de Carnaval na “Rio-Salvadorâ€?, por lĂĄ passaram as bandas Djavu e DJ Juninho Portugal, Chicletada, Madeireira Brasil Banda Show e FofokaĂŞ. Entretanto no domingo (02/03) e terça-feira (04/03), por volta das quatro horas da manhĂŁ aconteceram dois problemas, envolvendo seguranças e algumas pessoas que por ali estavam, sendo que o possĂ­vel desentendimento ocorreu de “fora para dentro da festaâ€?. Pedimos um esclarecimento do prefeito JosĂŠ Car-

los Carrascosa dos Santos, sobre tudo que aconteceu na festa e qual seria o papel da Prefeitura no Carnaval. Sempre atento aos fatos e disponĂ­vel para atender a população e os ĂłrgĂŁos de imprensa, nos explicou tudo detalhadamente. Acompanhe! “A Prefeitura no Carnaval tem por obrigação proporcionar ao povo, uma estrutura que tenha ĂĄrea coberta, ĂĄreas de escape, banheiros, bandas, trio elĂŠtrico e seguranças, sobretudo para revistas na entrada e zelar pelo andamento da festa, tudo isso foi feito, agora a segurança contratada nĂŁo trabalha com arma e nem tem poder de prender

ninguÊm, cabe isso a Polícia, conforme foi combinado em reunião na Câmara Municipal antes do carnaval entre Polícia Militar, Prefeitura e Câmara Municipal.

Na região só Serrana não fez carnaval, Ribeirão Preto nunca fez, só o de Rua, e em muitas das cidades da região não tinha revista, não era cercado, foi na praça

com tudo liberado, diferente da festa em Cravinhos. O fato estranho ĂŠ que os dois problemas que ocor-

reram foram no domingo e na terça-feira, às 4 horas da PDQKm QR ¿QDO H GH IRUD da festa para dentro. Fatos

estes que estão sendo investigados. Sabemos que têm muitas pessoas que não frequentam e não gostam de carnaval, mas como temos que governar para todos tem tambÊm muita gente que gosta. Sabemos que muitos podem ir para praia, Marques de Sapucaí, rancho, resort, mas tem uma grande parte da população que não pode e gosta da diversão que o carnaval proporciona, e isso Ê no Brasil todo. TambÊm sabemos que se não ¿]pVVHPRVRFDUQDYDOPXLWRV ¿OKRV GD QRVVD FLGDGH iriam em outros municípios da região, e talvez estivÊssemos chorando pelos acidentes que mataram tanta

gente no Carnaval. Ainda toda a renda do Carnaval de Cravinhos, com bebidas e alimentação, foram revertidas para as oito entidades e trĂŞs escolas de samba que estavam participando do evento. AlĂŠm do que a barraca em que estĂĄ sendo vendida “batidas e drinksâ€?, pagou, de forma antecipada, R$ 20 mil para as entidades para assim poder comercializar no recinto. 6y SDUD UHĂ€HWLU QHVVH sĂĄbado no jogo Botafogo e Comercial, a PolĂ­cia vai trabalhar com 250 homens e nĂŁo pode vender bebidas no campo. JĂĄ no carnaval de Cravinhos, que tinha na segunda-feira, um pĂşblico igual ao do jogo havia 10 policiaisâ€?.


4‡&DGHUQR$‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

FELIZ DIA DAS MULHERES – As mulheres têm conquistado cargos quem antes eram somente de pessoas do sexo masculino, com isso elas mostram seu valor a todos e as vezes causam inveja nos homens.

Mulheres conquistam mais espaço no mercado de trabalho sanimasse e por isso vem cumprindo seu papel com dedicação e respeito. A soldado Mateus, assim conhecida pelos companheiros de farda, se interessou pela PolĂ­cia Militar, porque seu irmĂŁo trabalhava na ĂĄrea. “Entrei para a PolĂ­cia Militar em setembro de PHHQFDL[HLQRSHUÂżO e fui atrĂĄs daquilo que eu quis para mim. NĂŁo entrei para provar que posso ser mais que os homens, e sim porque me despertou interesse pela ĂĄrea, onde acredito que somos iguaisâ€?, explica a soldado Mateus. Mateus acredita que as mulheres devam cumprir o papel com respeito ao prĂłximo e ser uma pessoa do bem. NĂŁo provar que ĂŠ mais que alguĂŠm, mas

Jamila Grecco Fotos: A Redação FDPSR SURÂżVVLRnal para mulheres vem aumentando gradualmente. O que muiWRVGL]LDPTXHVHULDSURÂżVsĂŁo somente para homens, tem tido o “tabuâ€? quebrado pelas mulheres, que tem demonstrado serem capazes de assumir qualquer cargo. Muitos ainda vivem no passado e acreditam que mulheres devam ser donas-de-casa e que nĂŁo devem trabalhar, mas o que eles nĂŁo sabem ĂŠ que tarefas do lar podem ser divididas entre homens e mulheres. Nesse sĂĄbado (08/03) ĂŠ comemorado internacionalmente o Dia das MuOKHUHV GDWD D TXDO ÂżFRX marcada na histĂłria, onde apĂłs um grupo de OperĂĄrias lutarem por seus direitos e morrerem queimadas ÂżFDUDP PDUFDGDV FRPR heroĂ­nas, sendo destinado o dia 8 de março ao dia das mulheres. As mulheres sĂŁo dĂłceis e sensĂ­veis, mas nem por isso sĂŁo menos que algum homem, lĂłgico de que quando se fala em força fĂ­sica muitos homens se sobressaem, mas tambĂŠm existem pessoas do sexo feminino que podem atĂŠ se igualar. Muitas das coisas que eram destinadas apenas a

O

Cåssia Nunes trabalha como frentista e diz que não existe diferença SDUDH[HUFHUDSUR¿VVmR homens têm mudado, vagarosamente, mas, conquistado pelo esforço e dedicação feminina como o voto. AtÊ o dia 24 de fevereiro do ano de 1932, as mulheres não podiam votar, mas nesta data foi um marco da mulher brasileira, pois foi instituído o voto feminino, onde conseguiram após anos de reivindicaçþes e discussþes o direito de votar e serem eleitas para cargos no Executivo e Legislativo.

Mesmo com preconceito, as mulheres vêm lutando e ganhando espaços. Em Cravinhos têm mulheres que trabalham em cargos que antes muitos GL]LDP TXH HUD SUR¿VVmR destinada a homens, mas este tabu vem sendo quebrado, como por exemplo, são os casos da policial militar Sandra Regina Mateus

e a frentista, CĂĄssia Nunes, que viram seus postos de trabalho serem ocupadas cada vez mais por pessoas do sexo feminino. Sandra Regina Mateus, 44 anos, ĂŠ policial militar feminina hĂĄ 18 anos, uma SURÂżVVmR RQGH D PHVPD jĂĄ enfrentou alguns preconceitos por ser mulher, mas nĂŁo fez com que de-

A frentista relata que apesar de ser considerado um sexo frĂĄgil, as mulheres sĂŁo fortes em atitudes


6iEDGRGHPDUoRGH‡

A Policial Militar Sandra Mateus estĂĄ na polĂ­cia hĂĄ mais de DQRVSURÂżVVmRTXHJRVWDHTXHQmRSUHWHQGHPXGDU

provar para si mesma que tem um papel na sociedade e precisa cumpri-lo com dignidade. “Devemos trabalhar com vontade e fazer aquilo que gostamos, com respeito para que sejamos respeitadas, sendo assim, conseguimos automaticamente nos destacar em nosso trabalhoâ€?, conta Sandra Regina Mateus. A soldado ĂŠ mĂŁe de uma meniQDHSDVVDSDUDVXDÂżOKDTXHHOD nĂŁo tem que ser mais do que nenhum homem ou mulher, mas sim respeitar os outros e fazer o bem ao prĂłximo. “Ser mulher ĂŠ ter respeito, saber se comportar como qual, nĂŁo devemos querer ser como homens, fazer trabalho que nĂŁo aguentamos devido aos direitos serem iguais. Todas as mulheres deveriam se comportar como mulheres e respeitar o prĂłximoâ€?, diz Mateus. A frentista CĂĄssia Nunes, 27 anos, tambĂŠm exerce uma proÂżVVmR D TXDO PXLWRV GL]HP TXH sempre foi destinada apenas a homens, entretanto podemos observar que nĂŁo ĂŠ mais assim, e que muitas mulheres trabalham como frentista em postos de combustĂ­vel. “As mulheres sĂŁo fundamentais na sociedade, pois temos um jeito muito diferente dos homens em relação a tudo, principalmen-

‡&DGHUQR$‡5

te na habilidade de lidar com o pĂşblicoâ€?, diz CĂĄssia Nunes. $IUHQWLVWDGHFLGLXWUDEDOKDUQHVVDSURÂżVVmRH[DWD mente para romper o tabu de que era algo exercido somente por homens. Ela acredita que as mulheres tĂŞm de superar as barreiras para se destacarem, pois se o caminho nĂŁo for tortuoso nĂŁo existe mĂŠrito na vitĂłria. &iVVLDMiVRIUHXSUHFRQFHLWRHPVXDSURÂżVVmRSRLV DSHVDU GH WUDWDU RV FOLHQWHV FRP SURÂżVVLRQDOLVPR DV frentistas sempre sĂŁo interpretadas de outra forma, mas ela orienta que as mulheres devem ter habilidades para sair de algumas situaçþes constrangedoras, principalmente, com “cantadasâ€? em que os homens nĂŁo HQWHQGHPTXHDVPXOKHUHVHVWmRQDSURÂżVVmRSRUVHU JUDQGHSURÂżVVLRQDO “Ser mulher ĂŠ um grandioso bem que Deus me deu, pois sou feliz com minhas conquistas e metas a serem FXPSULGDV6HUPXOKHUpVHVXSHUDUGLDQWHGDVGLÂżFXO dades e saber que sem nĂłs os homens nĂŁo vivem. Ser PXOKHUpJUDWLÂżFDQWH´HPRFLRQDVHDIUHQWLVWD $SURÂżVVLRQDOWHPXPDÂżOKDHGHVGHSHTXHQDHQ VLQDjHODTXHVHUPXOKHUpJUDQGLRVRHJUDWLÂżFDQWH que deve-se dar grandes exemplos de vida, como por exemplo, se destacar em todos os sentidos. “Apesar de sermos um sexo frĂĄgil, somos fortes HPDWLWXGHVUHVSRQVDELOLGDGHVHQÂżPVRPRVUHDOPHQ te muito fortes, pois conciliamos todas as atividades em nossas vidas trabalhamos em casa, fora de casa, FXLGDPRV GRV QRVVRV ÂżOKRV H GDPRV FRQWD GH WXGR que possa vir em nossas vidas, por isso somos fortes e guerreiras e tenho orgulho de ser mulherâ€?, diz Nunes. Ser mulher ĂŠ viver mil vezes em apenas uma vida, ĂŠ lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora, ĂŠ estar antes do ontem e depois do amanhĂŁ, ĂŠ desconhecer a palavra recompensa apesar dos seus atos. Ser mulher ĂŠ acima de tudo um estado de espĂ­rito, ĂŠ ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo e nunca desistir de seus sonhos.

HistĂłria do Dia das Mulheres

N

o dia 8 de março do ano de 1857, operårias de uma fåbrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova ,RUTXH ¿]HUDP XPD JUDQGH greve onde ocuparam a fåbrica e começaram a reivindicar melhores condiçþes de trabalho como redução da carga diåria de trabalho para dez horas, pois na Êpoca, as fåbricas exigiam 16 horas de trabalho diårio, pediram tambÊm equiparação de sa-

lårios com os homens, pois as mulheres chegavam a receber atÊ um terço do salårio de um homem para executar o mesmo tipo de trabalho e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação destas operårias foi reprimida com total violência, pois foram trancadas dentro da fåbrica e incendiadas onde aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas. No ano de 1910, duran-

te uma conferĂŞncia na DiQDPDUFDIRLGHÂżQLGRTXHR dia 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulherâ€? uma homenagem as mulheres que morreram na fĂĄbrica em 1857, mas foi apenas no ano de 1975 atravĂŠs de um decreto que D GDWD IRL RÂżFLDOL]DGD SHOD ONU. A data foi criada nĂŁo apenas para comemorar, mas, na maioria dos paĂ­ses ĂŠ realizado conferĂŞncias,

debates e reuniþes onde o objetivo Ê discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço Ê tentar diminuir, ou quem sabe, terminar com o preconceito e desvalorização da mulher, pois mesmo com todos os avanços, muitas mulheres ainda sofrem em muitos locais com salårios baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira SUR¿VVLRQDO

Sandra ĂŠ uma mulher como as outras, e nĂŁo deixa sua vaidade de lado


6‡&DGHUQR$‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

Acontece

LITERATURA –8PGRVHYHQWRVMiFRQ¿UPDGRVGHQWURGDSURJUDPDomRGRDQLYHUViULRGH&UDYLQKRVpD�)HLUDGR/LYURTXHDFRQWHFHUiGHDGHPDUoRQD3UDoD Central.

Feira do Livro de Cravinhos acontecerå de 20 a 23 de março Kennedy Oliveira Foto: Divulgação

L

ogo após o Carnaval jå terão início os preparativos para a realização da festa de aniversårio de 138 anos do município de Cravinhos, a qual serå comemorada em 19 de março, entretanto as festividades terão início no dia 15 de março e irão atÊ 23 do mesmo mês. O grande destaque da programação do aniversårio de Cravinhos serå a 4ª Feira do Livro, que terå como patrono o vencedor de dois prêmios Jabuti, o escritor cravinhense João Anzanello Carrascoza. A abertura da Feira serå no

dia 20 de março e contarĂĄ com a apresentação da Banda Marcial de Cravinhos, Ă s 8h. No mesmo dia haverĂĄ apresentação da Brinquedoteca e palestras com o escritor Jairo de Pauta. “Queremos fazer uma Feira do Livro diferente e totalmente remodelada, por isso teremos grandes atraçþes e uma total estruWXUD´ DÂżUPD D VHFUHWiULD da Educação e Cultura, Margarete Stella. No dia 22 de março acontecerĂĄ o lançamento do Projeto “Nossa histĂłria na Bibliotecaâ€?, palestra com JoĂŁo Carrascoza, Projeto 6DUDWLPEDQFRV 'HVÂżOH GH Bandas Marciais, brinque-

dos e muita diversĂŁo. Para fechar a Feira do Livro de Cravinhos, no dia 23 de março, haverĂĄ teatro no perĂ­odo da manhĂŁ e tarde. AlĂŠm das editoras que estarĂŁo todos os dias com exposição. “Na prĂłxima semana a nossa programação estarĂĄ totalmente fechada e ai poderemos divulgar para a nossa população. Tenham certeza que muitas surpresas ainda acontecerĂŁo na comemoração do aniversĂĄrio de nossa cidadeâ€?, diz a secretĂĄria da Educação e Cultura. Vale salientar que a Feira do Livro serĂĄ aberta, todos os dias, Ă s 8h e terĂĄ suas atividades encerradas Ă s 21h.

Evento terĂĄ JoĂŁo Anzanello Carrascoza como patrono

INTENSIDADE – O município de Cravinhos jå inscreveu para o torneio da Associação Paulista de Basquete, as categorias masculinas Sub-14, Sub-15, Sub-17, Sub-21 e Adulto. AlÊm das categorias femininas Sub-16 e Sub-21.

Basquete de Cravinhos estreia no dia 15 de março Kennedy Oliveira Fotos: A Redação

O

basquete de Cravinhos jĂĄ vem treinando desde o inĂ­cio do ano para as com-

petiçþes de 2014, e as categorias de base começarão a ser treinadas tambÊm na quadra poliesportiva da EMEB. Antonio Joaquim da Silva, assim possibilitando com que um público

Jogos a serem realizados no sĂĄbado (15/03) Copa Revelar 16h Categoria Sub-21 – Nutriplan x Orlândia 17h30 Categoria Sub-21 – Cravinhos x Estrela Vermelha (Cravinhos) Local: Quadra Poliesportiva â€œĂ lvaro Saianiâ€? Jogos a serem realizados no domingo (16/03) Associação Regional 8h30 Categoria Sub-15 – Cravinhos x ASPA (Franca) 10h Categoria Sub-14 – Cravinhos x ASPA (Franca) 12h Categoria Adulto – Cravinhos x Casa Branca 13h30 Categoria Sub-21 – Cravinhos x Casa Branca Local: Quadra Poliesportiva â€œĂ lvaro Saianiâ€?

maior seja atendido. O municĂ­pio de Cravinhos jĂĄ inscreveu para o torneio da Associação Paulista de Basquete, as categorias masculinas Sub-14, Sub-15, Sub-17, Sub-21 e Adulto. AlĂŠm das categorias femininas Sub-16 e Sub-21. Os atletas tambĂŠm estarĂŁo competindo com o time Sub-21 e Adulto, masculino e feminino, na Copa Revelar. “Queremos ampliar o basquete em nossa cidade, por isso jĂĄ estamos montando, com o apoio do prefeito JosĂŠ Carlos e do secretĂĄrio de Esportes, Raul Pratalli uma grande estrutura para que no segundo

semestre tenhamos condiçþes atĂŠ de postular uma vaga na Segunda DivisĂŁo da Federação Paulista de Basqueteâ€?, comenta Fausto Ravagnani. Em breve tambĂŠm terĂĄ inĂ­cio as escolinhas de basquete na escola “Moacyr Martins dos Santosâ€?, assim abrindo mais possibilidades para a descoberta de novos talentos, sem nunca esquecer do trabalho social com as crianças e adolescentes. O torneio para as equipes de Cravinhos começa jĂĄ no sĂĄbado (15/03), quando a equipe Sub-21 entra em quadra para enfrentar o time do Estrela Vermelha (Cravi-

Equipes de Cravinhos entram em quadra na próxima semana em busca de mais títulos nhos) pela Copa Revelar. No domingo (16/03), em comemoração ao aniversårio da cidade, os times

Sub-14, Sub-15, Sub-21 e Adulto estarão entrando em quadra pela Associação Regional de Basquete.

RETORNO – Os times de Cravinhos novamente estão participando da competição, e as categorias Sub-12, Sub-14 e Sub-16 entrarão em campo neste såbado (08/03) pela 1ª rodada.

Copa Paulista de Garotos tem início QHVVH¿QDOGHVHPDQD Kennedy Oliveira Fotos: A Redação

U

sonho, muitas vezes sustentado pelos pais, de ser um grande jogador de fuma grande par- tebol, disputando partite das crianças das inesquecíveis e com nascem com o grande nomes do mundo

Próximos jogos a serem realizados no såbado (08/03) 1ª rodada 8h30 Categoria Sub-16 – Cravinhos x CT Pedrinho 9h30 Categoria Sub-12 – Cravinhos x Ipanema Clube 10h30 Categoria Sub-14 – Cravinhos x Ipanema Clube Local: Estådio J.D. Martins

futebolístico. Muitos talentos ficam escondidos nos diversos recantos do Brasil e às vezes muitos não são nem mesmo descobertos. Por isso estå acontecendo por mais um ano a Copa Paulista de Garotos – Futebol de Campo, que pretende revelar grandes talentos, e ser uma vitrine aos grandes clubes do

futebol nacional. Os times de Cravinhos novamente estão participando da competição, e as categorias Sub-12, Sub-14 e Sub-16 entrarão em campo neste såbado (08/03) pela 1ª rodada da Copa Paulista de Garotos e irão enfrentar, respectivamente, as equipes do CT Pedrinho e Ipanema Clube.

Equipes se preparam para disputa que durarĂĄ o primeiro semestre todo


6iEDGRGHPDUoRGH‡

‡&DGHUQR$‡7

SaĂşde PREVENĂ‡ĂƒO – O objetivo da Secretaria Municipal da SaĂşde ĂŠ trabalhar em parceria com a Secretaria Municipal da Educação para realizar a vacinação nas escolas. A ideia ĂŠ vacinar o maior nĂşmero de adolescentes do sexo feminino durante o mĂŞs de março.

Secretarias da Saúde e Educação se unem para vacinação de HPV Kennedy Oliveira Fotos: Divulgação

O

HPV Ê um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. TambÊm pode ser transmitiGRGDPmHSDUD¿OKRQRPR mento do parto. A infecção pelo HPV Ê muito frequente, mas transitória, regredido espontaneamente na maioria das vezes. No pequeno número de casos nos quais a infecção persiste e, especialmente, Ê causada por um tipo viral oncogênico (com potencial para causar câncer), pode ocorrer o desenvolvimento de lesþes precursoras, TXHVHQmRIRUHPLGHQWL¿FD das e tratadas podem progredir para o câncer, princi-

palmente no colo do útero, mas tambÊm na vagina, vulva, ânus, pênis, orofaringe e boca. Pelo menos 13 tipos de HPV são considerados oncogênicos, apresentando maior risco ou probabilidade de provocar infecçþes persistentes e estar associados a lesþes precursoras. Dentre os HPV de alto risco oncogênico, os tipos 16 e 18 estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero. Jå os HPV 6 e 11, encontrados em 90% dos condilomas genitais e papilomas laríngeos, são considerados não oncogênicos. Estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 290 milhþes de mulheres no mundo são portadoras da doença, sendo 32% infectadas pelos

tipos 16 e 18. Em relação ao câncer de colo do Ăştero, estimativas apontam que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido Ă  doença. Neste ano, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima o surgimento de 15 mil novos casos e cerca de 4.800 Ăłbitos. O MinistĂŠrio da SaĂşde orienta que mulheres na faixa etĂĄria dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, anualmente. “A vacina nĂŁo substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relaçþes sexuaisâ€?, explica a enfermeira ThaĂ­sa Barissa. A vacina contra HPV tem HÂżFiFLD FRPSURYDGD SDUD proteger mulheres que ainda nĂŁo iniciaram a vida sexual e, por isso, nĂŁo tiveram ne-

nhum contato com o vĂ­rus. Hoje, ĂŠ utilizada como estratĂŠgia de saĂşde. “Para receber a dose, basta apresentar o cartĂŁo de vacinação ou documento de LGHQWLÂżFDomR &DGD DGROHV cente deverĂĄ tomar trĂŞs doses para completar a proteção, sendo que a segunda, seis meses depois, e a terceira, cinco anos apĂłs a primeira GRVH´DÂżUPDDHQIHUPHLUD Neste ano, serĂĄ vacinado o primeiro grupo (11 a 13 anos). Em 2015, a vacina passa a ser oferecida para as adolescentes de 9 a 11 anos e em 2016 Ă s meninas de 9 anos. Em Cravinhos a vacina estarĂĄ disponĂ­vel no Centro de SaĂşde II, TXHÂżFDORFDOL]DGRQD$YHQLGD Rita Candida Nogueira, 1059 e na UBS JoĂŁo Berbel II, que ÂżFDORFDOL]DGDQD$YHQLGD3H

A enfermeira, Thaisa Barissa, diz que para o alcance da meta, os pais devem reconhecer que a vacina ĂŠ importante SDUDDVVXDVÂżOKDV

dro Amoroso, 786. Vale salientar que periodicamente as vacinas tambĂŠm serĂŁo oferecidas nas escolas, por uma equipe da Secretaria da SaĂşde, entretanto nĂŁo serĂĄ

obrigado a se vacinar, sendo que a adolescente poderå se dirigir, juntamente com seus pais ou responsåveis, atÊ uma das Unidades de Saúde e receber a vacinação.


8‡&DGHUQR$‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH


6iEDGRGHPDUoRGH‡

‡&DGHUQR%‡9

SaĂşde DILIGĂŠNCIA – Os aparelhos ortodĂ´nticos tĂŞm tido uma procura maior em comparação hĂĄ alguns anos. Muitos porque precisam fazer uso, outros somente por “modinhaâ€?, mas isso pode prejudicar.

A “modinhaâ€? que pode causar sĂŠrios problemas Jamila Grecco Fotos: A Redação

H

å alguns anos quem usava aparelho ortodôntico, na maioria das vezes, sofria com brincadeiras de mau gosto, mas isto tem mudado, pois muitos que não precisam usar querem por FODVVL¿FDUHP FRPR ³PRdinha�. A função do aparelho Ê corrigir a posição dos GHQWHV SUD ¿QV GH HVWpWLFD

ou mastigação, sendo que RVPHVPRVSRGHPVHU¿[RV ou móveis, dependendo da avaliação do ortodontista. Muitas pessoas procuram consultórios odontológicos para fazer uso do aparelho sem que seja preciso, entretanto não Ê aconselhåvel pois o uso indevido pode fazer com que os dentes caiam, e tambÊm ocasione outros problemas. Com a preocupação estÊtica, o mercado de apare-

Dr. Ricardo Fracon diz que se uma pessoa o procurar para colocar aparelho somente por “modinhaâ€?, ele nĂŁo atende

lhos ortodĂ´nticos tambĂŠm tem acompanhado, pois existem aparelhos que sĂŁo GLVFUHWRV H GLÂżFLOPHQWH percebidos por outros. “Existe a ortodontia invisĂ­vel que ĂŠ apenas para alinhar os dentes, que se encaixam apenas nos dentes sem ter nenhum contato com o cĂŠu da boca. TambĂŠm existe o easy clip que ĂŠ um mĂŠtodo novo e que nĂŁo utiliza as famosas borrachinhasâ€?, conta o ortodontista, Ricardo Fracon. O tratamento do alinhador consiste no uso de uma sequĂŞncia de moldeiras feitas sob medida que sĂŁo trocadas a cada duas semanas. O nĂşmero de moldeiras necessĂĄrias para a correção varia de acordo com o paciente, apesar de apresentar inĂşmeras vantagens, nĂŁo pode ser usado em todos os casos e para saber se estĂĄ indicado para o tratamento ĂŠ necessĂĄria uma avaliação, pois ĂŠ usado em casos mais leves. JĂĄ o easy clip o sistema ĂŠ

um mĂŠtodo revolucionĂĄrio para corrigir os dentes de maneira mais fĂĄcil e rĂĄpida, muitas vezes evitando extraçþes de dentes. Neste mĂŠtodo nĂŁo se usa elĂĄstico convencional para apertar, as chamadas borrachinhas, mas usa-se um clipe de material concebido pela NASA diminuindo substancialmente o desconforto sentido pelo paciente. Muitas pessoas compram aparelhos ortodĂ´nticos no comĂŠrcio ilegal o TXHGHYHULDVHUPDLVÂżVFDlizado, pois quando a pessoa faz uso sem necessidade ela estĂĄ exposta a passar por danos nĂŁo esperados. “Quando aparece alguĂŠm querendo colocar aparelho sem precisar eu nĂŁo coloco, pois a pessoa pode ter sĂŠrios problemas de saĂşde. Ela deve primeiro pedir uma orientação ortodĂ´ntica para ver qual tipo de aparelho ela precisa usar, se nĂŁo tiver indicação nĂŁo existe o por que de colocarâ€?, explica Fracon.

$WXDOPHQWHH[LVWHPDSDUHOKRVTXHGLÂżFLOPHQWHVmR percebidos pelas pessoas, o que tem sido a opção de muitos O dentista diz que o comĂŠrcio ilegal deveria ser mais bem investigado, pois a pessoa fazendo uso de aparelhos ortodĂ´nticos sem saber qual ĂŠ seu problema, ĂŠ o mesmo que a pessoa se automedicar. “Cada pessoa tem uma necessidade, se nĂŁo tiver nenhum problema dentĂĄrio nĂŁo ĂŠ necessĂĄrio fazer uso do aparelho ortodĂ´ntico, pois se usar pode acarretar problemas, por isso antes de qualquer coisa a pessoa

deve saber se Ê necessårio ou não, e isso somente um RUWRGRQWLVWD SRGHUi FRQ¿Umar�, explica o dentista. Vale ressaltar que o tratamento ortodôntico sem acompanhamento de SUR¿VVLRQDO FDSDFLWDGR H as mínimas condiçþes de biossegurança podem trazer graves danos à saúde do indivíduo. Em pouco tempo, a pråtica pode gerar problemas sÊrios para as gengivas, perda óssea e atÊ perda dos dentes.


10‡&DGHUQR%‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

PolĂ­cia

Todas as informaçþes desta sessão são retiradas dos boletins de ocorrência registrados nos distritos policiais.

Acaba um (PT), começa Homem furta loja e Ê o outro (PSDB) reconhecido pelas câmeras O Jamila Grecco

A

vítima acionou a Polícia Militar, na terça-feira (25/02), por volta das 11h após perceber que havia sido furtado de seu esta-

belecimento comercial kits de shampoo e tintuUDV DR YHUL¿FDU DV LPD gens da câmera de segurança, pode reconhecer o autor do furto Rovilson Altino Pereira. Após alguns minutos, a Polícia deparou com o

indivĂ­duo que caminhava com uma sacola de plĂĄstico contendo em seu inWHULRUÂżRVGHFREUHRTXDO foi indagado e nĂŁo informou a procedĂŞncia. 5RYLOVRQ DÂżUPRX WHU realizado o furto no estabelecimento comercial e

disse que havia vendido os produtos por R$20 e que usou o dinheiro para comprar pedras de crack. Diante dos fatos foi encaminhado ao DELPOL ORFDO RQGH ¿FRX j GLVSR sição da Justiça.

Carnaval agitado para a Polícia Militar Jamila Grecco Fotos: Divulgação

N

Os elementos identi¿FDGRV FRPR VHQGR ,JRU Lourenço, 19 anos, Marcos Vinícius Teixeira Correia da Silva, 20 anos e Rodrigo da Silva Gomes, 22 anos, ambos moradores da cidade de Ribeirão Preto estavam com um veículo Corsa onde foram encontradas ferramentas utilizadas para a pratica de furto à veículo. Os indivíduos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Cravinhos onde foram presos e encaminhados ao CDP de Ribeirão Preto e responderão por furto a veículos e formação de quadrilha.

o dia 2 de março (domingo) por volta das 23h a Polícia Militar realizava patrulhamento nas proximidades do local onde ocorreram shows nas 4 noites e 2 matines de carnaval quando visualizou dois indivíduos em atitude suspeita, pois estavam próximo a um veículo Gol que estava estacionado, e foi YHUL¿FDGRTXHRVLQGLYtGX os estavam tentando abrir o veículo com uma chave mixa enquanto um terceiro indivíduo que Ê integrante 2XWUR ÀDJUDQWH  Por da quadrilha estava no interior de um veículo Parati volta das 3h do dia 2 de março um menor morador tentando ligar o carro.

Os indivĂ­duos estavam com diversas ferramentas que sĂŁo usadas para roubar veĂ­culos

da cidade de Ribeirão Preto IRLÀDJUDGRYHQGHQGRGUR gas no banheiro masculino do local onde ocorreu a festa de carnaval. A Polícia Militar recebeu a denuncia de que pelo banheiro havia menores vendendo drogas. De imediato a PM deslocou onde logrou êxito em localizar o menor com 15 cåpsulas de cocaína e a quantia de R$169. Ele confessou que estava vendendo drogas pelo local. Ele foi encaminhado ao DELPOL sendo foi ouvido e liberado a genitora. 0HQRU ÀDJUDGR FRP droga e moto roubada Outro menor foi surpreendido pela Polícia Militar. Este estava com drogas e com uma motocicleta Falcon que foi furtada na cidade de Ribeirão Preto no dia 20 de fevereiro. A PM recebeu uma de-

nuncia onde diziam que vårios motociclistas haviam adentrado na cidade em atitude suspeita. Os indivíduos foram avistados e quando perceberam a aproximação da Polícia empreenderam fuga sendo acompanhados e abordados. O menor que tambÊm Ê morador na cidade de Ribeirão Preto e que estava com a motocicleta furtada, disse que comprou a mesma pelo valor de R$700. Em busca pessoal foram encontradas com o menor 14 cåpsulas de cocaína e cerca de 30 gramas de maconha. Ele disse que a cocaína era produto para venda e que a maconha era de consumo próprio. Ele foi encaminhado ao DELPOL onde a motocicleta foi devolvida a vítima e o menor ouvido e liberado para a genitora.

Supremo Tribunal Federal deverå concluir na próxima quinta-feira, dia 13, o julgamento do processo do mensalão do PT, iniciado em agosto de 2012, e transformado no mais longo e importante da história da Suprema Corte. A última ação Ê para julgar os embargos por lavagem de dinheiro apresentados pelo ex–presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT–SP), o ex–assessor do PP João Claudio Genu e o doleiro Breno Fischberg. Encerra–se assim o julgamento do mensalão do PT, que puni com penas diversas 20 rÊus, e logo em seguida entra em cena o jå chamado mensalão do PSDB de Minas Gerais, que envolve desvios de recursos públicos durante a campanha de reeleição de Eduardo Azeredo ao governo de Minas Gerais, em 1998. Como ele renunciou ao mandato de deputado federal, o ministro–relator desse processo, JosÊ Carlos Barroso, farå uma consulta ao plenårio se o processo continua com sua tramitação no Supremo ou se ele serå enviado para apreciação na primeira instância, em Belo Horizonte. Segundo o procurador– geral da República, Rodrigo Janot, Eduardo Azeredo teria utilizado recursos públicos SDUD ¿QDQFLDU VXD FDPSDQKD à reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998. Janot pediu 22 anos de prisão para ele por peculato e lavagem de dinheiro.

NĂŁo houve crime de quadrilha Na semana que antecedeu ao Carnaval, o Supremo Tribunal Federal derrubou decisĂŁo tomada pela prĂłpria Corte em 2012 e absolveu oito rĂŠus do mensalĂŁo do PT do crime de formação de quadrilha, entre eles os petistas JosĂŠ Dirceu, JosĂŠ Genoino e DelĂşbio Soares. Com uma condenação a menos, todos os oito rĂŠus terĂŁo as penas todas reduzidas. Escaparam da prisĂŁo em regime fechado, mas continuarĂŁo detidos no semiaberto. Por 6 votos a 5, o Supremo HQWHQGHX TXH QmR ÂżFRX FD racterizada a atuação de uma quadrilha, mas apenas a coautoria em crimes. A reviravolta aconteceu porque dois novos ministros –Luis Roberto Barroso e Teori Zavascki – nomeados pela presidente Dilma Rousseff apĂłs a primeira condenação, votaram a favor dos rĂŠus. O presidente do Supremo e relator do processo, ministro Joaquim Barbosa em seu voto, insinuou que os dois ministros foram nomeados sob medidas para mudar o resultado no julgamento dos embargos infringentes, em favor dos lideres do PT. ‘’ Foi uma tarde triste para o Supremo’’ – bradou Barbosa. Para especialistas, essa mudança de critĂŠrios para caracterizar TXDGULOKDFHUWDPHQWHYDLGLÂż cultar daqui em diante a punição de polĂ­ticos acusados de crime. Absolvidos de formação de quadrilha, cinco rĂŠus vĂŁo para casa ainda este ano, com direito a cumprir pena em regime totalmente aberto. JosĂŠ Genoino pode ganhar o beneÂżFLRHPDJRVWR'HO~ELR6RD res terĂĄ a progressĂŁo de regime no Natal e JosĂŠ Dirceu em

março de 2015

Gazeta por conta das eleiçþes Os senadores decidiram que entre junho e outubro o Senado sĂł trabalharĂĄ durante cinco semanas por conta da campanha eleitoral e da Copa do Mundo. O normal para o perĂ­odo seriam 18 semanas de trabalho. A semana em que funcionarĂŁo os senadores terĂŁo sessĂľes de segunda a quinta-feira, com votaçþes pela manhĂŁ, tarde e noite. É bem provĂĄvel que os deputados vĂŁo acompanhar a decisĂŁo dos senadores. E todos juntos vĂŁo batalhar por votos, recebendo integralmente seus vencimentos e vantagens do cargo. Câmara e Senado retomam suas atividades na prĂłxima segunda-feira depois de uma semana de folga por conta do Carnaval. Os deputados vĂŁo ter pela frente um grande problema logo na primeira sessĂŁo de votaçþes. É o requerimento do PSDB–item um da pauta– para se formar uma comissĂŁo externa para acompanhar as investigaçþes do governo da Holanda sobre denĂşncias de pagamento de propina feita pela SBM OFFSHORE Ă  funcionĂĄrios da PetrobrĂĄs. Contratos foram fraudados para EHQHÂżFLDUDHPSUHVDKRODQGH sa, uma das maiores construtoras de plataformas de petrĂłleo do mundo. O PalĂĄcio do Planalto quer evitar a aprovação do requerimento dos tucanos. Mas acontece que o ‘’blocĂŁo’’, recĂŠm-formado, com a reuniĂŁo de parlamentares de sete partidos governistas, e liderados pelo PMDB, decidiu apoiar a iniciativa do PSDB. Essa decisĂŁo nĂŁo foi digerida pelo PalĂĄcio do Planalto. O vice–presidente Michel 7HPHU ÂżFRX HQFDUUHJDGR GH durante o Carnaval, procurar contornar a rebeliĂŁo. Se isso nĂŁo acontecer o requerimento do PSDB serĂĄ aprovado com folga. Os peemedebistas estĂŁo magoados com a forma que reforma ministerial vem sendo conduzida, com a quebra de compromisso do governo em nĂŁo pagar as emendas parlamentares e o tratamento hostil que tĂŞm recebido da presidente Dilma Rousseff. Desincompatibilização aprovada A ComissĂŁo de Constituição e justiça do Senado aprovou proposta de emenda Ă  Constituição determinando que para concorrer ao segundo mandato ( a reeleição), presidente da RepĂşblica, governadores e prefeitos terĂŁo de se licenciarem dos cargos. Essa mudança contribuiria para o aperfeiçoamento do nosso sistema polĂ­tico, assegurando maior igualdade de oportunidade aos postulantes de cargos executivos, um pressuposto da democracia. A PEC terĂĄ de ser votada no plenĂĄrio do Senado, em dois turnos. Para ser aprovada, precisa receber trĂŞs quinto dos votos dos senadores a favor. Depois ela serĂĄ submetida Ă  votação na Câmara dos Deputados. Se for aprovada, nĂŁo valerĂĄ para as eleiçþes deste ano. A sua aplicação se daria nas eleiçþes municipais de 2016.


6iEDGRGHPDUoRGH‡

PolĂ­cia

Todas as informaçþes desta sessão são retiradas dos boletins de ocorrência registrados nos distritos policiais.

Caos e danos na festa de Carnaval Jamila Grecco Fotos: A Redação

U

m grupo de RibeirĂŁo Preto causou tumulto no evento e apĂłs com a PolĂ­cia Militar. No dia 3 de fevereiro (segunda-feira) por volta das 4h, o elemento RogĂŠrio da Silva Santos, 42 anos, causou tumulto no recinto do carnaval, atirou pedras e chutou a viatura GHL[DQGRDGDQLÂżFDGD Uma equipe da PolĂ­cia Militar estava na delegacia realizando uma ocorrĂŞncia

‡&DGHUQR%‡11

quando recebeu solicitação de apoio no local onde estava ocorrendo o carnaval, e souberam de uma briga após tumulto. Pelo local as viaturas se agruparam quando RogÊrio saia com um grupo de amigos e iniciavam outro tumulto. Ao meio do tumulto, RogÊrio começou a atirar pedras na viatura da Polícia Militar e a falar palavrþes, mas a equipe da PM conseguiu deter o mesmo. Ele foi encaminhado a DELPOL local onde posteriormente encaminhado

$HQWUDGDGHDFHVVRDIHVWDGHFDUQDYDOÂżFRXGDQLÂżFD da apĂłs a confusĂŁo que o grupo de amigos de RibeirĂŁo Preto ocasionou ao CDP de RibeirĂŁo Preto. nos a patrimĂ´nio pĂşblico e RogĂŠrio responderĂĄ por da- desacato.

Tolerância zero...justiça jå!

Q

uando acompanhamos pela imprensa notĂ­cias de furtos, roubos, assassinatos, estupros e tantos tipos de violĂŞncia compreendemos a sensação de medo ora dominando as pessoas e as famĂ­lias em geral. Chegamos ao absurdo de reconhecermos: os bandidos agem de tal forma, com tanta desfaçatez, que parece nĂŁo terem medo da polĂ­cia e da justiça; parece, atĂŠ, zombarem da lei e da ordem. É verdade que as penitenciĂĄrias estĂŁo lotadas, mas nem GH ORQJH LVWR VLJQLÂżFD TXH RV bandidos estĂŁo sendo contidos nas suas açþes. Pelo contrĂĄrio, diante da proliferação dos delitos, chega-se a conclusĂŁo de que, no Brasil, o crime compensa. Muitos sĂŁo detidos e, logo em seguida, soltos; outros, uma minoria, acabam presos, obrigando os governantes a construĂ­rem mais presĂ­dios para abrigĂĄ-los no cumprimento das penas a eles impostas. AlĂŠm de leis imperfeitas TXHGLÂżFXOWDPRSURFHVVDPHQ WR GDV Do}HV MXGLFLDLV DV GHÂż ciĂŞncias materiais e humanas do Poder JudiciĂĄrio originam o acumulo de milhares de processos e a justiça acaba demoranGR PXLWR SDUD FKHJDU DR ÂżQDO quando chega. Recentes processos que cuidaram do desvio de milhĂľes de reais dos cofres pĂşblicos, o chamado “mensalĂŁoâ€?, demoraram cerca de dez anos para irem a julgamento e – numa novela aparentemente intermi-

nĂĄvel - ainda estĂŁo sendo apreciados recursos apresentados pelos advogados dos rĂŠus. . Esta situação precisa mudar; o povo nĂŁo agĂźenta mais tanta violĂŞncia e corrupção. As famĂ­lias vivem com medo de irem Ă s praças pĂşblicas ou de caminharem pelas ruas, pois os assaltos e as violĂŞncias acontecem todas as horas e se e repetem todos os dias; muitas pessoas jĂĄ foram assaltadas vĂĄrias vezes. Penso que nossos governantes precisam aceitar e adotar como um programa de ação urgente: “Tolerância zero, justiça jĂĄ!â€? Que os setores da segurança pĂşblica tenham os recursos materiais e humanos para os bandidos sentirem que a “tolerância zeroâ€? ĂŠ para valer. E que a justiça tenha recursos materiais e humanos para que os bandidos, os agentes da violĂŞncia, sejam condenados com rapidez provando o funcionamento da justiça em nosso Brasil .. Preconizo, finalmente, uma grande modificação no sistema penitenciĂĄrio. Que os presos, ao contrĂĄrio de estarem em uma escola de aperfeiçoamento para suas açþes criminosas, possam ter ensino profissional e exercĂ­cio de atividades para, ao saĂ­rem dos presĂ­dios, terem condiçþes de trabalhar e de conviver com seus familiares, abandonando as prĂĄticas criminosas e sendo Ăşteis Ă  sociedade. * Welson Gasparini ĂŠ deputado estadual (PSDB), advogado e ex-prefeito de RibeirĂŁo Preto


12‡&DGHUQR%‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

H Nasceu no dia 19 de fevereiro, a garotinha Elis Corneti =  Aconteceu ontem, sexta-feira, dia 07 de março, o &kPDUD¿OKDGH-RVp&DUORV&kPDUDGH6RX]D-~QLRUH3DXOD enlace matrimonial do casal JOSÉ Fà BIO RODRIGUES Pelegrini Corneti Câmara.

Hoje – Maria Jacob SiuÂż $QQD 0DUWLQHOOL .R*2',1+2-5H*,6(/$526$)$867,12(OHÂżOKR baiashi, Glauco Pimenta de JosĂŠ FĂĄbio Rodrigues Godinho e Jaquelini dos Santos HNasceu no dia 28 de fevereiro, a garotinha Nicole do PraCouto Carvalho, Ana Paula 3*RGLQKRHHODÂżOKDGH/XLV$QW{QLR3DULVL)DXVWLQRH GR6RPHUDÂżOKDGH6LOYLR&pVDU6RPHUDH&OHLGH5RGULJXHV B. Souza Chagas, FrancieMaria AntĂ´nia de FĂĄtima Faustino. do Prado Somera. le Thomaz Campos, JoĂŁo Carlos Dario Barissa. HNasceu no dia 1Âş de março, o garotĂŁo JoĂŁo Miguel Kalaki San- =  Aconteceu ontem, sexta-feira, dia 07 de março, o AmanhĂŁ – Marilda Helena WRVÂżOKRGH$ORQVR0RUHLUD6DQWRVH$OLQH%HDWUL].DODNL6DQWRV enlace matrimonial do casal JOĂƒO PAULO FALARINO Delapieri Glingani, KĂĄtia H,5(1(&+,&$52//,6,/9$(OHÂżOKRGH-RmR)DODHNasceu no dia 16 de fevereiro, a garotinha Kerolly VitĂłria ULQRH7HUHVD0DULQHHODÂżOKDGH5HQDWR6LOYDH$SSD- de Andrade Mattei, Carmen Dolores G. Pelege, Lucia0RUHLUD%DUERVDÂżOKDGH:LOOLDQGD6LOYD%DUERVDH-XVVDUD recida Chicarolli Silva. no da Silva Gonçalves, Cogo Moreira. Kelma Ione Costa Ramos, =  Aconteceu ontem, sexta-feira, dia 07 de março, o H Nasceu no dia 4 de março, o garotĂŁo Lorenzzo Gabriel JosĂŠ Clodoaldo Spacasenlace matrimonial do casal ADRIEN TAPIA GOMES 5DPRV%DULVVDÂżOKRGH0XULORGD6LOYD%DULVVDH3DXOD5Dsassi, Lucilene Cruz CorH *5$6,(/$ 0$5&,$ '$ 6,/9$ (OH ÂżOKR GH :DOmos Rodrigues. si Candosim, Rosângela WHU5LEHLUR*RPHVH(GQD7DSLD*RPHVHHODÂżOKDGH Sachi Invernizzi, Peterson H Nasceu no dia 28 de fevereiro, o garotĂŁo Marcos Henri- Aparecido Flauzino da Silva e Maria JosĂŠ Gonçalves da Pires Dias, Maria AmĂŠlia TXHGH2OLYHLUD(XPHQRYÂżOKRGH$VDHO0DUFRV(XPHQRYH Silva. Soares da Costa, ReginalVanessa de Oliveira Curpiniani. do Esteves, Ana Beatriz de =  Acontece neste sĂĄbado, dia 08 de março, o enlaSouza Ansanello. Aos pequenos herdeiros, votos de muita saĂşde ce matrimonial do casal BRUNA LASSALI LUBERO e Dia 10 – Armando Gline felicidades, extensivo aos seus. 7$0,5(6'265(,652'5,*8(6(ODÂżOKDGH$SDgani JĂşnior (CantĂŁo Grill), recido Donizeti Lubero e PatrĂ­cia de Oliveira Lassali, e LuĂ­s Carlos Barissa, JosĂŠ HODÂżOKDGH0DUFR$QW{QLR5RGULJXHVH9DOHULDQD(O]D dos Santos Gaspar, Karina dos Reis. Ĺ­)DOHFHXQRGLDGHPDUoRRSr. LuĂ­s Roberto RaCampioni Rodrigues, JoĂŁo malho EugĂŞnio. Contava 58 anos de idade. Bizaia Garcia, Fernanda =  Acontece neste sĂĄbado, dia 08 de março, o enlaMoraes Veloni, Valdevino Ĺ­5HSHUFXWLXVHQWLGDPHQWHHPQRVVDFRPXQLGDGHQRce matrimonial do casal NILTON CÉSAR FREIRIA e Vicente de Souza, Maria ticia do falecimento no dia 2 de março da Sra. Maria $1$ 3$8/$ '( 2/,9(,5$ )5$1&2 (OH ÂżOKR GH Aparecida P. Victorelli, Amoroso, carinhosamente conhecida como “Madrinhaâ€?, Claudio Donizete Freiria e Maria Angela Domingos Paulo Henrique de Souza aos 96 anos de idade. Era solteira. Deixa sobrinhos. Re)UHLULD H HOD ÂżOKD GH -RmR *DUFLD )UDQFR H$OLFH GH Chagas, Waldomiro Maia, cebeu as Ăşltimas homenagens no VelĂłrio Municipal. Oliveira Franco. Neusa Fukuda, Sueli C. Ĺ­)DOHFHXQRGLDGHPDUoRRFRPHUFLDQWHSHVVRDHVCarniel, Ariade Boito Ca=  Acontece neste sĂĄbado, dia 08 de março, o enlace timada em nossa comunidade, o Sr. Wilson de Freitas (Sr. lora, ThaĂ­s Paulosso. matrimonial do casal LUIS ROBERTO SERTĂ“RIO DA Vila)&RQWDYDDQRVGHLGDGH'HL[DHVSRVDÂżOKRHQHDia 11 – Cristiane B. Es6,/9$H$/(66$1'5$'29$//((OHÂżOKRGH3DXOR tos. Recebeu as Ăşltimas homenagens no VelĂłrio Municipal. pĂ­rito, AndrĂŠia JordĂŁo Roberto Victorino da Silva e Maria Rosa SertĂłrio da SilHabenchus, Oswaldo de YDHHODÂżOKDGH$OH[DQGUHGR9DOOH)LOKRH$QD0DULD Ĺ­)DOHFHXQRGLDGHPDUoRR Sr. AntĂ´nio Paulosso Souza Campos Sobrinho, (Toninho Paulosso). Contava 73 anos de idade. Deixa Trindade do Valle. Maria JosĂŠ Ribeiro Espefamiliares. A famĂ­lia externa sua gratidĂŁo pelas manifes-

Falecimentos

taçþes de carinho e pesar.

Aos familiares enlutados, as condolĂŞncias de nossa equipe.

Aos noivos, votos de muito sucesso e felicidades, nesta nova etapa de suas vidas. ParabĂŠns!

rancine, Simone Aparecida L. Torino Watanabe, Kåtia Kowara Tenan, Marisa Pedroni Pignoli, JosÊ Aparecido Soares de Souza, Luís Augusto Logarezzi da Silva, Silvana Mara Damião. Dia 12 – Karen F. Stefanoni, Luciano Duarte Moreira, Mårcia de Fåtima C. Motta, Gabriela Delapieri Glingani, João Jåbali Silveira, Ana Moraes, Alfredo Fernando Benzi Aud. Dia 13 – Isaura P. Cheregato, Lourdes Rizzo, Raquel V. Calegioni, Olímpio de Carvalho Borges, Mårcio Aparecido Franco Rigo. Dia 14 – �talo Novaes Balbino, Rosana T. Damião, Wendel Douglas de Melllo, João Francisco Ferreira, Michelle Gallo Lopez, Adalberto Rodrigues, à lvaro Luís do Nascimento, Adelaide Calegari Jåbali, Nelson Medeiros Júnior.

Dia 12 – Cândida e Lourival do Nascimento Lourençon. Dia 13 - Carmen Maria e Arlindo de Castro, Sílvia Helena e Antonio Mauro Terra Lopez. Dia 14 – Lúcia Helena e Antonio Peruca Baraúna.

A todos os aniversariantes, os cumprimentos da equipe A Tribuna Regional.


6iEDGRGHPDUoRGH‡

‡&DGHUQR%‡13

ProĂ€ssmo QUALIFICAĂ‡ĂƒO – O Via RĂĄpida ĂŠ coordenado pelo Governo do Estado de SĂŁo Paulo e oferece cursos bĂĄsicos GHTXDOLÂżFDomRSURÂżVVLRQDOGHDFRUGRFRPDVGHPDQGDVUHJLRQDLV

Programa Via RĂĄpida EHQHÂżFLDUiSHVVRDV

Onde comprar o remĂŠdio

E

ste artigo fundamenta-se em mĂŠtodo e tĂŠcnica utilizada pela Geografia do Consumo. Sua finalidade ĂŠ informar e chamar Ă  reflexĂŁo os consumidores de medicadeputado federal e secretĂĄKennedy Oliveira mentos e ou seus cuidadorio estadual de DesenvolviFotos: Divulgação res para um aspecto impormento EconĂ´mico, Rodrigo tante: a polĂ­tica de preços administração mu- Garcia, conquistou a vinda praticada pelas farmĂĄcias nicipal de Cravi- do Programa Via RĂĄpida seja as de pequeno porte nhos estĂĄ ciente de para o municĂ­pio cravinhenseja as integradas em rede. que se faz cada vez mais se no mĂŞs de março. Essa esse assunto tambĂŠm serve Ă  reflexĂŁo da O Via RĂĄpida ĂŠ coordenecessĂĄrio a implantação de classe polĂ­tica, dos goverFXUVRV SURÂżVVLRQDOL]DQWHV nado pelo Governo do Esnantes e sobretudo da Vino municĂ­pio, por isso mes- tado de SĂŁo Paulo e oferece gilância SanitĂĄria porque mo o secretĂĄrio de AssistĂŞn- FXUVRVEiVLFRVGHTXDOLÂżFD o ramo farmacĂŞutico tem cia Social, MĂĄrcio LuĂ­s de omR SURÂżVVLRQDO GH DFRUGR relação direta, e ao mesmo Lima Barroso, juntamente com as demandas regionais. tempo, com a economia pocom o prefeito JosĂŠ Carlos O objetivo ĂŠ capacitar, grapular e a saĂşde pĂşblica. Carrascosa dos Santos e o tuitamente, a população que &DUUHWD GR 3URJUDPD 9LD 5iSLGD ÂżFDUi GXUDQWH R Nesse sentido faz-se neestĂĄ em busca de uma opormĂŞs de abril em Cravinhos cessĂĄrio transmitir o diagnĂłstunidade no mercado de tratico baseado em pesquisa de balho ou que deseja ter seu uma bolsa-auxĂ­lio no valor de 16 anos e alfabetizadas, REVHUYDomR H TXDQWLÂżFDomR prĂłprio negĂłcio. do autor quanto ao cotidiano “Nesse primeiro instante de R$ 460 para os estudan- sendo que serĂĄ dada priodessa atividade comercial. DFDUUHWDGD9LD5iSLGDÂżFD tes participantes, sendo que ridade aos candidatos que Em primeiro lugar, nas cirĂĄ durante um mĂŞs em nos- a carreta do Programa Via estiverem desempregados, dades mĂŠdias e grandes, por so municĂ­pio e oferecerĂĄ o RĂĄpida terĂĄ toda a estrutura tenha baixa escolaridade, exemplo, tem-se a sensação curso de soldagem para 60 para que as pessoas possam mulheres arrimo de famĂ­- de que hĂĄ uma farmĂĄcia em lia e pessoas com maiores pessoas, sendo as mesmas fazer o curso de soldagem. “Esse serĂĄ somente o encargos familiares. Todos cada esquina tal ĂŠ a quantidivididas nos perĂ­odos de dade de lojas instaladas. Elas manhĂŁ, tarde e noite. Isso primeiro curso que trare- os interessados, em Cra- ocupam espaço estratĂŠgico possibilitarĂĄ que todos se- mos para a nossa cidade, em vinhos, podem procurar o atĂŠ nas principais redes de O secretĂĄrio da AssistĂŞn- MDP TXDOLÂżFDGRV H SRVVDP breve novos cursos tambĂŠm CRAS (Centro de ReferĂŞn- supermercadosdo mercado cia Social de Cravinhos, entrar imediatamente no serĂŁo oferecidos dentro do cia da AssistĂŞncia Social), brasileiro. MĂĄrcio Barroso, esteve mercado de trabalhoâ€?, ex- Programa Via RĂĄpidaâ€?, co- a partir de segunda-feira Em segundo lugar, o fementa o prefeito JosĂŠ Carlos. (10/03) das 8h Ă s 11h e das em contato direto com o plica MĂĄrcio Barroso. nomenal desempenho das Podem participar do 13h Ă s 17h, para fazer a sua Em Cravinhos o curso vendas no setor ĂŠ atribuĂ­do secretĂĄrio estadual, RocomeçarĂĄ em abril e terĂĄ Programa pessoas maiores inscrição. principalmente a trĂŞs fatodrigo Garcia

A

res: aumento da renda, do envelhecimento e da vaidade da população. Isso puxa a venda de remÊdios, cosmÊticos, e perfumaria. Portanto, D UHÀH[mR GR FRQVXPLGRU H ou de seus cuidadores deve ¿FDUORQJHGDPRYLPHQWDomR ¿QDQFHLUD H GD SXEOLFLGD de desse setor de negócios. Mas, focar-se nos preços, QD TXDOLGDGH H QD H¿FLrQFLD dos remÊdios, assim como na cordialidade e sinceridade GRV SUR¿VVLRQDLV GH DWHQGL mento. Para contribuir com a decisão de compra de remÊdios o autor deste artigo divulga sua pesquisa, realizada em maio de 2012, em que os preços dos produtos de uso contínuo, em três redes de farmåcias de grande porte em Ribeirão Preto (SP), e uma loja de Cravinhos (SP). Os resultados foram o seguintes: dos 19 produtos YHUL¿FDGRV  GHOHV WLQKDP diferenças de 1,5% a 10%; 3, de 11% a 20%; 3, de 21% a 30%; e 5, mais de 41%, no preço entre as lojas. Em onze itens (58%) a farmåcia de Cravinhos tinha preço menor e em dois deles igual. Veja-se que nem sempre o faturamento crescente, a fusão de capitais, o crescimento do ramo, nem o tamanho da loja ou da rede Ê a melhor opção de compra para o consumidor e/ou seu cuidador.


14‡&DGHUQR%‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

CURTAS E EVENTOS Orquestra O Theatro Pedro II apresenta no domingo (09/03), Ă s 10h30, o projeto “Juventude tem Concertoâ€?, em que mĂşsicos, maestro e solista interagem com o pĂşblico de forma direta, conversando sobre as obras e seus compositores. A entrada ĂŠ gratuita. Para mais informaçþes o telefone ĂŠ o (16) 3977-8111.

Teatro O Shopping Iguatemi retorna com o projeto “Domingo ĂŠ Dia de Teatroâ€?, que a cada semana trarĂĄ uma peça teatral diferente para o shopping center. No domingo (09/03), o local recebe a peça “A onça e o bodeâ€?, os quais certa vez resolveram preparar uma grande festa para comemorar, mas eles terĂŁo que trabalhar juntos SDUD RV SUHSDUDWLYRV Âż nais, como por exemplo, escolher a bebida, mĂşsica, enfeites e os convidados. O evento começa Ă s 17h, mas as pessoas devem fazer a retirada dos ingressos a partir das 14h30 na Livraria Cultura.

Mato Grosso & Mathias visitam RibeirĂŁo Preto

N

a terça-feira (25/02), tive a honra de conhecer a nova formação da dupla Matogrosso & Mathias. O João Batista (Matogrosso) eu jå havia encontrado em outras ocasiþes ao lado de Anísio Roberto (1º Mathias). NinguÊm sabe, ninguÊm comenta (nem mesmo o Matogrosso), o porque da separação do Mathias, mas o importante Ê que agora, depois de 35 anos de estrada, e com nova formação (atualmente, quem faz a segunda voz Ê o músico Rafael Belchior), Matogrosso & Mathias estão mais ativos do que nunca. Aliås, ainda falando sobre essa nova formação, Rafael (hoje o Mathias da dupla), que para quem não sabe Ê sobrinho do Matogrosso, era fã número 1 do tio e sempre admirou suas músicas

Em tempo: arena era o lo-

e seu talento. “Foi inesperado. Quando o Matogrosso me conYLGRX ÂżTXHL HPRFLRQDGR É um privilĂŠgio trabalhar com um Ă­cone da mĂşsica como ele.â€? diz Rafael. “A dupla mais romântica do Brasilâ€?, abriu caminho para vĂĄrios artistas do gĂŞnero sertanejo. Quem nĂŁo se lembra de “Pele

Exposição

Show

Carnabeirão Em sua 18ª edição o Carnabeirão acontecerå nos dias 04 e 05 de abril, sendo que tem entre as atraçþes Chiclete com Banana com o seu novo vocalista Rafa Chaves, Tomate, Claudinha Leite, Banda Eva e Psirico. O evento acontecerå no Parque Permanente de Exposiçþes, em Ribeirão Preto. Os ingressos custam entre R$ 60 e R$ 320, e podem ser adquiridos no site www.nettickets.com.br

Rodeio Music A 10ª edição do evento acontece de 26 de abril a 03 de maio, e jå tem os sertanejos Jorge & Mateus, Chitãozinho & Xororó, Guilherme & Santiago, Luan Santana, Gusttavo Lima, Cristiano Araújo e ,VUDHO 1RYDHV FRQ¿UPD dos. O evento acontecerå no Parque Permanente de Exposiçþes, em Ribeirão Preto. Os ingressos custam entre R$ 30 e R$ 80, e podem ser adquiridos no site www.nettickets.com.br

cal, em Roma, palco de lutas entre gladiadores e feras EntĂŁo, atualmente nossos estĂĄdios de futebol sĂŁo chamados de arenas. NĂŁo custa pedir paz a torcidas e aos jogadores. AdversĂĄrio nĂŁo ĂŠ inimigo! Pergunta: o que faz as pessoas nĂŁo se ouvirem e nĂŁo respeitarem diferenças? 3DUD UHĂ€HWLU “Viva percebendo que teu viver possui um valor maior que os teus prazeres pessoaisâ€?. (Padre Roberto Francisco Daniel)

Galera da 106 FM: Claudinho Nogueira, Silas Andrade, FafĂĄ, Matogrosso, Micael JĂşnior, Alexandre Tardivo, Adilson Cardoso e Mathias

O RibeirĂŁoShopping promove 07 a 30 de março a exposição “As vĂĄrias faces femininas da pinturaâ€? que demonstrarĂĄ as manifestaçþes artĂ­sticas desde o sĂŠculo XIV aos dias de hoje. O evento tem entrada gratuita.

O Theatro Pedro II recebe no sĂĄbado (15/03), Ă s 21h, o show “Beatles Segundo Cia. FilarmĂ´nicaâ€?, que contarĂĄ com violino, violoncelo, duas vozes, voz principal, guitarra, violĂŁo e contrabaixo, alĂŠm dos humoristas Jica Y TurvĂŁo, que irĂŁo reviver os grandes sucessos do grupo londrino. Os ingressos custam entre R$ 60 e R4 80. Mais informaçþes no telefone (16) 3977-8111.

A paz e as armas Passaram muitas Luas Mas a busca pela paz deve continuar Pense nos bombardeios sem Âżm Nas vĂ­timas inocentes Infelizmente em muitos paĂ­ses a paz anda sumida Que as comissĂľes formadas encontrem a harmonia. Para sempre. Para sempre ĂŠ composto de instantes escreveu o poeta. NĂŁo somos sonhadores Somos pela paz!

Matogrosso, Claudinho Nogueira e Mathias

de Maçãâ€?, “Tentei te Esquecerâ€?, “Idas e Voltasâ€?, “MemĂłriasâ€?, “24 horas de Amorâ€?, “Frente a Frenteâ€?, “SĂĄbadoâ€?, “De Igual pra Igualâ€? e “Pedaço de minha vidaâ€?, que deu Ă  dupla, ainda na dĂŠcada de 1970, seu primeiro disco de ouro. A mĂşsica “Perdeuâ€?, que conta com a participação do pagodeiro PĂŠricles, que estĂĄ entre as mĂşsicas mais executas nas rĂĄdios do Brasil, prova que “renovaçãoâ€? faz parte desta nova trajetĂłria e que uma das duplas mais tradicionais da mĂşsica sertaneja, mesmo depois de tantos anos de carreira, alĂŠm de muito talento, ainda tem energia para cantar, lançar sucessos e fazer shows. ParabĂŠns a Matogrosso e Mathias. E que suas cançþes continuem nos emocionando por muito tempo.

Quase me entreguei a ele... À princípio me olhou de longe como que não querendo nada. Depois, lentamente se aproximou e, de modo insinuante, me olhou. Seu olhar tinha um quê de hipnotizante que me cativou no mesmo instante. Cumprimentou-me de modo educado e, calmamente, se sentou ao meu lado. Começou a conversar comigo... O tom de sua voz era agradåvel e, encantada, fui me deixando levar sem querer pensar em nada. A maciez da poltrona convidava-me a me deitar... Aquele olhar hipnotizante deixava-me sem reação e, dentro de mim, apenas o pulsar do coração. Prestes a me entregar a ele, uma voz categórica, vinda

nĂŁo sei de onde, gritou: “NĂƒO FAÇA ISSO! Levante-se e saia dessa letargia! VĂĄ fazer uma caminhada, visite suas amigas, converse e dĂŞ boas risadas. Tudo que os invejosos querem ĂŠ que se entregue ao DESĂ‚NIMO. É isso que quer? Desistir de seus sonhos?â€? De um salto me levantei! Graças a Deus e Ă quela voz que me alertou! Pronta, de novo, pra luta do dia-a-dia e, pra começar, compartilho com vocĂŞ esta minha poesia! ***** Jamais se entregue ao desânimo! É pra vocĂŞ meu recado! Que seu dia seja abençoado!

Soberana

“

Jå era Dia, e eu ainda semente. Era um bosque, e ainda assim fui carregada pelo Tio, sendo lixada pelas Primas mais bonitas e nasci assim, perto da Cachoeira. Não poderia ter sido mais abençoada. No começo ainda confusa, minha Mãe me acolheu e me energizou. Gråvida de mim, me fez carícias com sua ågua, e eu,que sou parte da minha genitora, germinei. Espetei pra fora, meu Pai me esperava para um caloroso abraço. Espichei neste berço de ternura, agarrado pelos meus frågeis pÊs pela minha Mãe e puxado pela miQKDFORUR¿ODGDFDEHoDSHOR meu Pai.

Mal brotavam dos meus seios os braços pequeninos e jå eram convidados a dançar pelo meu Tio. Alguns Primos engraçados jå começavam a me frequentar, e fui me acostumando com aquelas coceguinhas. Eram minúsculos, invisíveis atÊ às suas Vizinhas. De bem alimentada, engrossei as pernas. Os Familiares me davam sombra quando precisava e deixavam passar um pedacinho do Pai quando necessårio. Aprendi com minhas Amigas a sentir dentro de PLP R LQ¿QLWR 8QLYHUVR E como era lindo, grande e perfeito. E, por alguma razão do divino, fui exter-

nando isso. Veio a primeira fruta, e descobri então que tambÊm podia ser Mãe. Vieram os Primos cada vez maiores, e descobri então que podia ser Lar. Eles buscavam Sabedoria, e descobri que podia aconselhar. Mas ainda assim só vim descobrir hoje, depois de tanto ver meu Pai girar sobre minha cabeça, de sentir minha Mãe receber tantas lågrimas do cÊu, que posso me comunicar atÊ com os seres mais separados da Família.� Tudo isso me disse a årvore que minha vó chamava de Soberana, enquanto eu, sentado em seus troncos, escolhia a jabuticaba.

Depois de construir a arca e jå no terceiro dia após o dilúvio, NoÊ percebeu que tinha esquecido de fazer um banheiro na sua arca. Como a cada dia que passava, o cheiUR¿FDYDFDGDYH]PDLVLQVX portåvel. Noel fez uma prece, e prometeu que, Deus levasse toda aquela bosta embora, depois que acabasse o dilúvio, ele iria encontra-la e limparia tudo. Deus atendeu o seu pedido e, quando o dilúvio acabou, NoÊ passava todos os dias procurando pela montanha de bosta, nunca a encontrou. )RL HQWmR TXH ¿QDOPHQWH em 1.500, Cabral a encontrou. Uma galinha botou um ovo de meio quilo! Jornais, TV, Repórteres... Todos atrås da tal galinha! - Como conseguiu tal façanha senhora galinha? - Segredo de família! - E os planos para o futuro? - Botar um ovo de 1Kg! As atençþes se voltam para o galo... - Como conseguiram tal faça-

nha senhor galo? - Segredo de família! - E os planos no futuro? - Matar aquele corno do avestruz! O valor do sorriso: Um sorriso não custa nada e rende muito. Enriquece quem o recebe e não empobrece quem då. Dura somente um instante, mas sua recordação Ê eterna, ninguÊm Ê tão rico que possa dispensar. NinguÊm Ê tão pobre que não possa dar. Cria felicidade no lar. É um sustento no trabalho. Sinal visível de amizade profunda. Um sorriso representa repouso no cansaço, coragem no desanimo, consolo na tristeza e alívio na angústia. É um bem que não se pode comprar, nem emprestar, nem roubar porque só tem valor no instante que se då. Mas se encontrar alguÊm que recusa um sorriso, seja generoso em dar o seu, pois ninguÊm tanto necessita dele quanto aquele que não sabe då-lo aos demais! Ta?


6iEDGRGHPDUoRGH‡

O Concurso

‡&DGHUQR%‡15

Sem Escalas

GĂŞnero: ComĂŠdia 6LQRSVH'HQWUHRVPLOKDUHVGHFDQGLGDWRVTXH WHQWDPXPDYDJDGH-XL])HGHUDODSHQDVTXDWUR ÂżQDOLVWDVVHTXDOLÂżFDPSDUDD~OWLPDIDVHGRFRQ FXUVRXPFUXHOHGLÂżFtOLPRH[DPHRUDOQD&RUWH )HGHUDO GR 5LR GH -DQHLUR VHJXQGDIHLUD jV  GD PDQKm (0 32172$SHQDV XP VHUi DSUR YDGR2VUDSD]HVFKHJDPDR5LRQRViEDGRSDUDRFUHGHQFLDPHQWRHVHJXLQGRR FRQVHOKRGHTXHpPHOKRUUHOD[DUGRTXHHVWXGDUQDYpVSHUDGDSURYDGHFLGHPDSUR YHLWDURÂżQDOGHVHPDQDQDFLGDGHSDUDHVWDUHPGHVFDQVDGRVHSUHSDUDGRVTXDQGR DVHJXQGDIHLUDFKHJDU3RUpPDVFRLVDVQmRDFRQWHFHPFRPRSODQHMDGRHRVTXD WURDGYHUViULRVTXHQHVVHPRPHQWRMiVHWRUQDUDPJUDQGHVDPLJRVSDVVDPSHODV PDLVKLOiULDVHLQLPDJLQiYHLVVLWXDo}HVHQTXDQWRWHQWDPFKHJDUDWpDVHJXQGDIHLUD

Gênero: Ação 6LQRSVH/LDP1HHVRQHVWUHODR¿OPH FRPR %LOO 0DUNV R¿FLDO GD DHURQiXWL FD(PXPYRRLQWHUQDFLRQDOGH1RYD <RUND/RQGUHVDPLOSpVGHDOWLWX GH0DUNVUHFHEHXPDVpULHGHPHQ VDJHQV GH WH[WR HP FyGLJR H[LJLQGR TXHDFRPSDQKLDDpUHDGHSRVLWH86  PLOK}HV HP XPD FRQWD FRUUHQWH $WpTXHDWUDQVIHUrQFLDHVWHMDJDUDQWLGDXPSDVVDJHLURGRYRRPRUUHUiDFDGD PLQXWRV

As Aventuras de Peabody e Sherman

Antes da Meia-Noite

Gênero: Animação 6LQRSVH6U3HDERG\ YR]GH7\%XUUHOO p XPPDJQDWDGHQHJyFLRVLQYHQWRUFLHQWLV Gênero: Drama WD JDQKDGRU GR SUrPLR 1REHO FKHI GXDV 6LQRSVH¾$QWHVGD0HLD1RLWH¾ %HIRUH0LGQLJKW HV YH]HV PHGDOLVWD ROtPSLFR H JrQLR 4XH WUHLDFRPQRYHDQRVGHGLIHUHQoDGR~OWLPRHGH]RLWR WDPEpPpXPFDFKRUUR8VDQGRDVXDHQ DQRVDSyVRSULPHLUR¾$QWHVGD0HLD1RLWH¾IRL¿OPD JHQKRVD LQYHQomR D PiTXLQD :$%$& R GRQD*UpFLDHYROWDDXQLURVSURWDJRQLVWDVSRUXPD 6U 3HDERG\ H VHX ¿OKR DGRWLYR 6KHUPDQ QRLWH 'HSRLV GR ~OWLPR HQFRQWUR HP 3DULV &HOLQH H 0D[&KDUOHV YLDMDPQRWHPSRSDUDYLYHQ -HVVHVHHQFRQWUDPQRYDPHQWHSRUDFDVRQD*UpFLD (VVHUHHQFRQWURSURPHWHVHODUSDUDVHPSUHRGHVWLQRGHVVHFDVDO1RSULPHLUR¿OPH FLDU HYHQWRV TXH PXGDUDP R PXQGR HP SULPHLUD PmR H LQWHUDJLU FRP DV PDLRUHV HOHPYLYHPXPURPDQFHGHXPDQRLWHHP9LHQDDSyVVHFRQKHFHUHPHPXPWUHP SHUVRQDOLGDGHV GD KLVWyULD 0DV TXDQGR 6KHUPDQ TXHEUD DV UHJUDV GD YLDJHP QR 1RYHDQRVGHSRLVHOHVVHUHHQFRQWUDPHP3DULVRQGH-HVVHHVWiSURPRYHQGRR WHPSRQRVVRVGRLVKHUyLVHQWUDUmRHPXPDFRUULGDSDUDUHSDUDUDKLVWyULDHVDOYDUR IXWXURHQTXDQWR6U3HDERG\HQIUHQWDRPDLRUGHVD¿RGHVXDYLGD¹VHUSDL VHXOLYURTXHFRQWDDSULPHLUDQRLWHGRVGRLV

Ă ries Hoje- Curta a presença de gente querida. Invista no diĂĄlogo a dois. AmanhĂŁ- ReĂşna-se com pessoas de sua estima. O romance esquenta! Dia10- Ă&#x2030; tempo de ampliar seu circulo de contatos. Paquera em baixa. Dia11- Priorize tarefas prazerosas e o dia vai fluir. Desejo em alta. Dia12Concentre-se em seus afazeres. Boa fase no campo afetivo. Dia13- Seja criativa e conseguirĂĄ se destacar. Fortaleça seu amor. Dia14- Batalhe por seus sonhos. Tente agradar sua alma gĂŞmea.

Gêmeos Hoje- Saia da rotina e relaxe. Drible diferenças e divirta-se no amor. Amanhã- Cuide melhor de suas ¿QDQoDV $WUDomR YDL FRPDQGDU a paixão. Dia10- Tire suas ideais do papel! Na paquera, vai querer algo sÊrio. Dia11- Trabalhe duro e verå os resultados. Anime os momentos a dois. Dia12- Não deixe a preguiça te prejudicar. Envolva a pessoa amada. Dia13- Troque ideias com colegas. Na paquera, jogue seu charme! Dia14- Fuja de mal entendidos hoje. Aproveite os momentos a dois.

LeĂŁo Hoje- Ă&#x2030; tempo de curtir amigos e sair da rotina. Declare-se ao gato. AmanhĂŁ- Ă&#x2030; dia de recarregar suas baterias. A atração agita a paquera. Dia10-1mRFRQÂżHGHPDLVQDV SHVVRDV )XMD GH FRQĂ&#x20AC;LWRV FRP R par. Dia11- 3UHÂżUD WDUHIDV LQGLYL duais. Pense antes de falar com o gato. Dia12- A Lua ressalta suas qualidades. SaberĂĄ como encantar o amado. Dia13- Use seu charme ao expor suas ideias. No amor, assuma o par. Dia14- Vigie suas SDODYUDVHÂżTXHORQJHGHIRIRFDV PaixĂŁo quente.

Libra Hoje- Saia da rotina e aventure-se hoje. A dois, esqueça diferenças. Amanhã- Capriche na hora de se produzir. Mostre o que sente ao gato. Dia10- Faça planos para subir na carreira. Na paquera, não tenha pressa. Dia11- Encare o trabalho com disposição. Na paixão, seja companheira. Dia12- Esqueça as diferenças no serviço. Hå rivalidades na paquera. Dia13- Seja criativa em suas tarefas. Saia com a turma e o par. Dia14- Não faltaUi HQHUJLD QR FDPSR SUR¿VVLRQDO Sensualidade em alta.

Sagitårio Hoje- Saia da mesmice neste såbado. Invista no diålogo com o par. Amanhã- Abra espaço para mudanças. Vida afetiva promete alegrias hoje. Dia10- Cuidado com gente falsa. Fuja de discussþes com seu amado. Dia11- Trabalhe sozinha. No amor, muita fraqueza pode atrapalhar. Dia12- Faça suas tarefas de forma diferente. Estå só? Invista na paquera. Dia13- Descubra novas maneiras de trabalhar. Saia da rotina a dois. Dia14- Vigie palavras e fuja de mal entendidos. Intimidade ardente.

AquĂĄrio Hoje- Ă&#x2030; dia de recarregar as baterias. A dois, invista num bom papo. AmanhĂŁ- Gaste seu excesso de energia. Atração esquenta a paquera. Dia10- SerĂĄ fĂĄcil driblar imprevistos. NĂŁo ĂŠ uma boa fase na conquista. Dia11- Concentre-se em suas tarefas. Fortaleça laços com o par. Dia12- Some forças com colegas. DĂŞ um passo mais sĂŠrio na relação. Dia13- Faça acordos e parcerias no trabalho. Aproxime-se do alvo. Dia14Conte com colegas se precisar. Romance mais intenso hoje.

Touro Hoje- Aproxime-se de gente querida. No romance aposte no diĂĄlogo. AmanhĂŁ- Um passeio vai animar o dia. Amor ĂĄ primeira vista pode surgir. Dia10-2GLDYDLĂ&#x20AC;XLU Ă noite, dĂŞ atenção aos familiares. CiĂşme em alta. Dia11- Organize tarefas e sai sua intuição. A dois, converse mais. Dia12- Um familiar vai te ajudar no serviço. Curta o gato em seu canto. Dia13- Saia da rotina no trabalho. Lance reFHQWHSRGHÂżFDUVpULRDia14- Escolha suas palavras com mais cuidado. Romance em alta!

Câncer Hoje- Pense sobre seu comportamento. Supere diferenças no amor. AmanhĂŁ- A Lua aumenta sua disposição. Aposte no romantismo na uniĂŁo. Dia10- Invista no seu bom humor. Na paquera, vai atrair pretendentes. Dia11- Priorize tarefas prazerosas. Cuidado para nĂŁo sufocar o gato. Dia12- Bom dia para IHFKDUQHJyFLRVÂżTXHDWHQWD1mR gaste Ă  toa. Dia13- Mostre sua criatividade. Ă&#x2030; tempo de pensar no futuro no romance. Dia14- ManhĂŁ tumultuada, mas terĂĄ energia de sobra. PaixĂŁo esquenta.

Virgem Hoje- Popularidade em alta. Invista no diĂĄlogo e fuja de diferenças no amor. AmanhĂŁ- Passeio de ultima hora ĂŠ uma boa pedida. HĂĄ paixĂŁo a dois. Dia10- Conte com seu jogo de cintura. Seja mais companheira a dois. Dia11- Tudo YDLĂ&#x20AC;XLUQRWUDEDOKR1RURPDQFH mantenha a calma. Dia12- Cuidado com gente falsa. O ciĂşme pode abalar a ĂĄrea afetiva. Dia13- Fique na sua neste dia. O romance ganha mais seriedade. Dia14- Talentos em evidencia. Invista no diĂĄlogo e aproxime-se do alvo.

EscorpiĂŁo Hoje- Faça algo diferente em seu lar. Aposte no diĂĄlogo na paquera. AmanhĂŁ- Dia animado. EstĂĄ livre? Pode conhecer alguĂŠm de longe. Dia10- Trabalho em equipe favorecido. Esqueça a mesmice no amor. Dia11- Pode assumir novas responsabilidades. Faça planos a dois. Dia12- Ă&#x2030; hora de perseguir suas metas. Mostre que leva o amor a sĂŠrio. Dia13- Cuide bem de seus afazeres. Lance recente pode virar namoro. Dia14- Redobre sua atenção pela manhĂŁ. Romance companheiro.

CapricĂłrnio Hoje- Cuide de suas responsaELOLGDGHV 9DORUL]H DÂżQLGDGHV D dois. AmanhĂŁ-7XGRTXHÂż]HUHP JUXSR YDL Ă&#x20AC;XLU 2 FOLPD HVTXHQ ta no amor. Dia10- Mostre jogo de cintura diante de imprevistos. Fortaleça a uniĂŁo. Dia11- Aposte no trabalho em equipe. Jogue seu charme no seu alvo. Dia12- 3UHÂż ra cuidar de seus afazeres sozinha. Intimidade ardente. Dia13- Fuja da monotonia e mude sua rotina. Fortaleça laços a dois. Dia14- Coloque suas tarefas em dia. Viagem com o gato favorecida.

Peixes Hoje- Curta a companhia dos seus familiares. Curta seu amado. Amanhã- Convite de ultima hora serå divertido. Envolva mais o seu gato. Dia10- Use sua intuição e vença imprevistos. Fuja de brigas com o par. Dia11- Mostre que Ê responsåvel no serviço. A dois, esqueça o egoísmo. Dia12- Concentre-se em seus afazeres. No romance, agrade seu gato. Dia136HMD FULDWLYD QR FDPSR SUR¿VVLR nal. Pense mais no amado. Dia14Trabalho em equipe serå a melhor pedida. Valorize o romance.


16Â&#x2021;&DGHUQR%Â&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

Cidade

CARTEIRA ASSINADA â&#x20AC;&#x201C; O primeiro FeirĂŁo do Emprego de Cravinhos acontece no dia 22 de março na Praça do Jardim Itamarati das 10h Ă s 16h.

Cravinhos terå Feirão do Emprego Jamila Grecco Fotos: A Redação

O

primeiro FeirĂŁo do Emprego de Cravinhos acontecerĂĄ no dia 22 de março, das 10h Ă s 16h, na praça do Jardim Itamarati, sendo que terĂĄ como objetivo que as pessoas desempregadas possam ser recolocadas no mercado de trabalho, jĂĄ que em torno de 20 empresas se farĂŁo presentes ao evento, sendo que haverĂĄ a entrega de currĂ­culos, entrevista e muitos poderĂŁo sair dali jĂĄ empregados. â&#x20AC;&#x153;Cada empresa participante tem seu mĂŠtodo de seleção prĂłpria, por isso serĂĄ disponibilizado para cada um estande, onde elas farĂŁo a seleção atravĂŠs de seu departamento de Recursos Humanosâ&#x20AC;?, explica o secretĂĄrio de AssistĂŞncia Social de Cravinhos, MĂĄrcio LuĂ­s Barroso. A Secretaria Municipal de AssistĂŞncia Social atravĂŠs da Prefeitura Municipal ira disponibilizar toda a infra-estrutura e logĂ­stica necessĂĄria para as empresas participantes. A intenção dos organizadores ĂŠ que as pessoas possam sair empregadas, e assim começarem ter sua renda prĂłpria. A ideia para a realização do FeirĂŁo ocorreu apĂłs perceberem a demanda por parte das empresas e tambĂŠm a procura intensa de pessoas por empregos. â&#x20AC;&#x153;Resolvemos proporcionar a oportunidade de ligação entre a oferta e a demanda, ou seja, temos no CRAS muitos munĂ­ci-

Prefeito de Cravinhos, JosÊ Carlos Carrascosa, diz ser a oportunidade para a formalização do trabalho e ter carteira assinada

como se portar em uma entrevista de trabalho, entre outros. â&#x20AC;&#x153;Em contato com as empresas percebi que as oportunidades de trabalho nĂŁo estĂŁo voltadas somente para aqueles SURÂżVVLRQDLV Mi TXDOLÂż cados e formados, mas tambĂŠm para os universitĂĄrios que queiram iniFLDUVXDYLGDSURÂżVVLRQDO atravĂŠs de um estĂĄgio. Aguardamos todos, pois o sucesso do evento ĂŠ a participação do cidadĂŁoâ&#x20AC;?, DÂżUPDRSUHIHLWRGH&UD vinhos, JosĂŠ Carlos Carrascosa dos Santos. A expectativa ĂŠ que seja uma grande oportunidade para os contratantes e aqueles que buscam uma oportunidade de trabalho. Caso alguĂŠm queiram mais alguma informação o telefone de contato ĂŠ o 3951-5151.

pes utilizando do serviço de AssistĂŞncia Social do municĂ­pio e do outro lado muitas empresas com vagas de empregos em franca expansĂŁo, desta forma a realização do primeiro FeirĂŁo do Emprego serĂĄ a grande oportunidade para as empresas e para aqueles que estĂŁo em busca de uma nova oportunidade no mercado de trabalhoâ&#x20AC;?, diz o secretĂĄrio da AssistĂŞncia Social. Para as pessoas que nĂŁo possuem carteira de trabalho, no dia do evento haverĂĄ um estande para que se possa fazer a mesma, bem como diversos workshops que prepara- SecretĂĄrio de AssistĂŞncia Social, MĂĄrcio Barroso, rĂŁo os candidatos para acredita que FeirĂŁo serĂĄ oportunidade de inserir pessoas ao mercado de trabalho elaboração de currĂ­culo,

Empreendedores participarĂŁo de evento regional

P

or mais uma vez serå realizado no município de Cravinhos o evento Walking Together, que tem em seu comando o jovem empresårio Luis Fernando Câmara. Dessa vez ele quebrarå o paradigma da comunidade cravinhense, uma vez que estão con¿UPDGDV DV SUHVHQoDV GH Luiza Helena Trajano, proprietåria do Magazine

Luiza e do empreendedor do ano, AndrÊ Dayan, que irão proferir palestras aos presentes. AlÊm de contar com a presença do empresårio Maurílio Biagi Filho. O evento que reunirå somente convidados acontece no dia 18 de março, e terå como entrada 1kg de alimento não-perecível, o qual serå repassado para o Lar São Vicente de Paulo, em Cravinhos.

Cravinhense lançarå livro sobre a história da cidade

E

m parceria com o Lions Club de Cravinhos, o Projeto Cre-Ser estarĂĄ lançando no prĂłximo dia 15 de março, o livro â&#x20AC;&#x153;Cravinhos, Resgatando a sua HistĂłriaâ&#x20AC;?. A tiragem, devido a falta de recursos, serĂĄ pequena, devendo atender somente unidades escolares, autoridades e colaboradores. O livro ĂŠ o resultado de um trabalho voluntĂĄrio do historiador SebastiĂŁo Silvestre Morais Filho, responsĂĄvel pelo projeto, SHVTXLVDWH[WRÂżQDOHLP pressĂŁo.

$¿QDOLGDGHIRLUHVJDWDU parte da história do município, e foi realizado por meio de pesquisas em documentos, livros e depoimentos de moradores da cidade. O evento acontecerå no salão de festas do Lions Clube na rua Corifeu de Azevedo Marques, 83, às 20h, com a presença de autoridades e convidados especiais. Durante a Feira do Livro (20 a 23 março), o autor do livro irå disponibilizarå em pendrive o texto aos interessados em guardar a memória de Cravinhos.


6iEDGRGHPDUoRGHÂ&#x2021;

Â&#x2021;&DGHUQR&Â&#x2021;17

Esporte CELEBRAĂ&#x2021;Ă&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; Com histĂłria de muitas conquistas e aprendizado, projeto do Cravinhos TĂŞnis Clube continua atravĂŠs de academia de futebol.

Projeto Estrelinha completa oito anos de histĂłria

Prefeita de Serra Azul parabeniza trabalho da Cultura

Kennedy Oliveira Fotos: Arquivo Pessoal

H

ĂĄ exatamente oito anos tinha inĂ­cio o Projeto â&#x20AC;&#x153;Estrelinhaâ&#x20AC;? do Cravinhos TĂŞnis Clube (CTC), o qual inicialmente foi coordenado pelo treinador Joel Roberto. Era algo brilhante que tomava vida pouco a pouco, dia-a-dia, envolvia toda a famĂ­lia, o clube, os atletas e atĂŠ as escolas do municĂ­pio. Foram anos a frente do projeto, porĂŠm apĂłs um imprevisto, o mesmo teve que se mudar da cidade, deixando a escolinha sob o comando do treinador Carlos CĂŠsar â&#x20AC;&#x153;Esquerdaâ&#x20AC;?, que tocou o projeto seguindo a essĂŞncia do antigo treinador. ApĂłs alguns meses quem assumiu essa grande missĂŁo foi o professor e educador Evandro Luiz Silveira, o qual levantou ainda mais o Projeto Estrelinha, fazendo com que se tornasse um grande centro de treinamento para alunos do clube e de toda a cidade, alĂŠm de realizar vĂĄrios campeonatos e amistosos. Finalmente veio a quarta fase do projeto, com o tĂŠcnico Helton Alves Tostes (ex-jogador)https://www.facebook.com/hteventandsports, logo quando assumiu, fez com que o projeto se tornasse uma grande â&#x20AC;&#x153;academia de futebolâ&#x20AC;?, desenvolvendo excelente trabalho com a garotada, realizando campeonatos internos, amistosos de grande nĂ­vel, acampamentos, gincanas e muita recreação para os atletas e familiares. E, para comemorar os oito anos do Projeto Estreli-

Equipe Sub-09

A

prefeita do municĂ­pio de Serra Azul, Salete Giolo (PMDB) se diz muito fe-

liz pela realização do carnaval, por isso mesmo fez questão de parabenizar e agradecer todos aqueles que estiveram empenhados na organização do evento, como por exemplo, as Polícias Civil e Militar, a Câmara de Vereadores e a todos que participaram do HYHQWR D¿QDO GH FRQWDV tudo correu dentro da normalidade, sendo que a administração pública pôde proporcionar quatro noites e duas matinês de muita folia e alegria, não só aos foliþes serrazuleneses, mas tambÊm aos que vieram da região.

Cravinhos participarĂĄ de abertura de futsal Equipe Sub-11

A

Equipe Sub-13 nha - Academia de Futebol CTC, foi realizado no sĂĄbado (22/02) amistoso na cidade de RibeirĂŁo Preto, juntamente Ă 

equipe do Ipanema Clube, e os resultados foram: Sub-09 conquistou a vitĂłria por 2 a 0, o mesmo fez o Sub-13 que

marcou 3 a 0 sobre o Ipanema Clube, mas o Sub-11 nĂŁo conseguiu segurar a equipe ribeirĂŁopretana e perdeu por 3 a 2.

equipe de futsal feminino de Cravinhos começa a sua caminhada na Copa Record de Futsal, na próxima quinta-feira (13/03), quando irå atÊ

SertĂŁozinho participar da cerimĂ´nia de abertura do torneio. O evento contarĂĄ com mais e 25 equipes e pretende revelar grandes talentos para o futsal regional.


18Â&#x2021;&DGHUQR&Â&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

Esporte

RETORNO â&#x20AC;&#x201C; 5RGDGDGHÂżQDOGHVHPDQDYROWDDDFRQWHFHUQRUPDOPHQWHHFRQIURQWRVHQWUHDVHTXLSHVSURPHWH muita emoção.

São Lourenço e Amigos YHQFHUDPQR¿QDOGH J semana

D

Equipes do Grupo B e C conseguem vencer seus jogos e torneio ĂŠ retomado nesse ÂżQDOGHVHPDQD continuam a serem reali]DGDVQHVVHÂżQDOGHVHPD na, em que teremos todos os jogos jĂĄ marcados para

PrĂłximos jogos a serem realizados no sĂĄbado (08/03) â&#x20AC;&#x201C; 11ÂŞ rodada 18h Fortline x FamĂ­lia JS 19h SĂŁo Lourenço x Unidos da Vila PrĂłximos jogos a serem realizados no domingo (09/03) â&#x20AC;&#x201C; 12ÂŞ rodada 9h30 Paulistano x NM F.C. 10h30 Paletrans x Unipelada 11h30 Audax x Real Martins

Equipes UniĂŁo Crav Arco Puro Para Tudo Unipelada Paletrans

&ODVVLÂżFDomR*HUDO Grupo A P J 06 02 03 01 03 01 00 02 00 02 Grupo B P J 09 03 06 03 03 02 00 02 00 02 Grupo C P J 06 02 03 01 03 02 00 01 00 02 Grupo D P J 06 03 04 02 03 02 01 01 00 02

No total atĂŠ o momento sexta-feira, sĂĄbado e domingoâ&#x20AC;?, explica o secretĂĄ- foram realizadas 19 partirio de Esportes de Cravi- das, sendo que foram marcados 200 gols. nhos, Raul Pratalli Filho. Artilheiro: Siclemilton Moura Silva (Arco Puro) â&#x20AC;&#x201C; 8 gols Melhor ataque: Bela Vista â&#x20AC;&#x201C; 29 gols Melhor defesa: Unidos da Vila â&#x20AC;&#x201C; 0 gol

(AtÊ o fechamento dessa edição as partidas não tinham terminado)

Equipes São Lourenço Unidos da Vila Shaktar NM F.C. Paulistano

Paulo Coelho (colaboração Tó Pessarelo)

APELO

Jogos realizados na sexta-feira (07/03) â&#x20AC;&#x201C; 10ÂŞ rodada Os Feras x Vila Claudia Arco Puro/Padoka do Siqueira x Para Tudo

Equipes Bela Vista Amigos Os Braz Vila Claudia Os Feras

tĂŞm vergonha de seus atos. A vida destas pessoas consiste em fugir. Elas gastam muito mais energia desonrando a palavra que os honestos gastam para manter seus compromissos. Se vocĂŞ assumiu uma responsabilidade boba, que resultarĂĄ em prejuĂ­zo de entusiasmo, tempo ou dinheiro, nĂŁo torne a repetir esta atitude. Mas, desta vez, honre sua palavra.

Mãe pede oraçþes ao ¿OKRDGRHQWDGR

Jogos realizados â&#x20AC;&#x201C; 9ÂŞ rodada SĂŁo Lourenço 9 x 4 Paulistano Vila Claudia 2 x 5 Amigos

Equipes Audax Real Martins FamĂ­lia JS Jardim Primavera Fortline

Palavra deve ser sempre mantida

esus dizia: â&#x20AC;&#x153;que o seu sim seja sim e que o seu nĂŁo seja nĂŁoâ&#x20AC;?. Se vocĂŞ assumiu uma responVDELOLGDGH Yi DWp R ÂżQDO Mantenha sua palavra, porque ela ĂŠ preciosa. Cada vez que sua palavra ĂŠ honrada por seus gestos, ela se torna mais forWH 4XDQGR YRFr GLJQLÂżFD sua relação com os outros, GLJQLÂżFDWDPEpPDUHODomR com vocĂŞ. Os que prometem e nĂŁo cumprem vivem criando problemas para si mesmos. Perdem o respeito prĂłprio,

Kennedy Oliveira Fotos: A Redação evido a realização do Carnaval as rodadas de sĂĄbado (01/03) e domingo (02/03) do 4Âş Campeonato Paulista de Futsal de Cravinhos foram canceladas, por isso somente aconteceu a 9ÂŞ rodada na sexta-feira (28/02), com jogos de placares bem elĂĄsticos. No primeiro jogo a equipe do SĂŁo Lourenço goleou o time do Paulistano por 9 a 4, assim permanecendo na liderança do Grupo C. JĂĄ na outra partida a equipe Amigos passou pela Vila Claudia por 5 a 2, e assumiu a vice-liderança do Grupo B. â&#x20AC;&#x153;O nosso campeonato deu uma parada devido ao Carnaval, mas as rodadas

Maktub

Regulamento - 1ÂŞ fase Disputada por 20 equipes, dividas em 4 grupos com 5 equipes em cada grupo. As equipes jogam entre si dentro de seus respectivos grupos em turno Ăşnico. As quatro melhores equipes classiÂżcadas de cada grupo estarĂŁo classiÂżcadas para a fase seguinte. Se houver igualdade em pontos ganhos ao Âżnal das duas partidas do confronto em questĂŁo, nesta fase, os critĂŠrios de desempate sĂŁo nesta ordem: Maior nĂşmero de vitorias obtidas na fase; Melhor saldo de gols em todas as partidas da fase; Maior nĂşmero de gols marcados em todas as partidas da fase; Menor nĂşmero de gols sofridos em todas as partidas da fase; Menor nĂşmero de cartĂľes vermelhos recebidos em todas as partidas da fase; Menor nĂşmero de cartĂŁo amarelos recebidos em todas as partidas da fase e Sorteio.

V 02 01 01 00 00

E 00 00 00 00 00

D 00 00 00 02 02

GP 13 06 07 06 05

GC 03 03 05 12 14

SG 10 03 02 -06 -09

V 03 02 01 00 00

E 00 00 00 00 00

D 00 01 01 02 02

GP 29 19 10 03 05

GC 03 15 09 13 26

SG 26 04 01 -10 -21

V 02 01 01 00 00

E 00 00 00 00 00

D 00 00 01 01 02

GP 18 03 07 02 04

GC 06 00 08 05 12

SG 12 03 -01 -03 -08

V 02 01 01 00 00

E 00 01 00 01 00

D 01 00 01 00 02

GP 23 12 16 05 10

GC 18 07 14 05 22

SG 05 05 02 00 -12

M

eu nome Ê Vania. Sou mãe do garoto Vitor Ataliba. Em maio de 2013 meu ¿OKRIRLGLDJQRVWLFDGRFRP um tumor cerebral, desde então passou por cirurgias, quimioterapias e sessþes de radioterapia. Graças a Deus e a Nossa Senhora Aparecida e todos RV SUR¿VVLRQDLV TXH FXL dam dele, estå tudo caminhando bem! Dia 17 de Março ele

farå uma nova ressonância da cabeça e coluna. Peço a todos vocês que FRORTXHP PHX ¿OKR HP suas oraçþes para que continue dando tudo certo e que essa ressonância seja o testemunho de que a fÊ estå acima de tudo! Depois serå só a recuperação e sei que a hora que Deus quiser ele voltarå a falar, andar, comer e agradecerå a todos! AmÊm!

Momento de descontração de velhos amigos Registramos nesta foto, a presença dos saudosos ZÊ Benassi, ex-prefeito JosÊ Vessi, Toninho Vessi, Antonio Thomazelli e Portugal. &RQWLQXDP¿UPHVH fortes entre nós, Silvão, Cesar Bizzuti e o ex-diretor de gabinete JosÊ Jorge Vessi. Foto registrada na dÊcada de 80. (arquivo Muvicra)


6iEDGRGHPDUoRGHÂ&#x2021;

Â&#x2021;&DGHUQR&Â&#x2021;19

Esporte INDEFINIDO â&#x20AC;&#x201C; O Grupo B que foi denominado de â&#x20AC;&#x153;Grupo da Morteâ&#x20AC;? ainda estĂĄ bem aberto, sendo que as equipes de Botafogo, Ituano, Corinthians e Audax, ainda brigam por duas vagas.

carvalho_jarbas@hotmail.com

Lar - Escola â&#x20AC;&#x201C; Hospital (II)

Santos, Palmeiras e SĂŁo E 3DXORHVWmRFODVVLÂżFDGRV para a prĂłxima fase Jogos realizados â&#x20AC;&#x201C; 11ÂŞ rodada Portuguesa 2 x 0 Mogi Mirim Corinthians 3 x 0 Comercial XV de Piracicaba 1 x 3 SĂŁo Paulo Palmeiras 2 x 0 SĂŁo Bernardo Santos 5 x 0 Bragantino Ituano 1 x 0 Linense AtlĂŠtico Sorocaba 2 x 2 Audax Botafogo 2 x 1 Penapolense Ponte Preta 2 x 1 Oeste Rio Claro 2 x 0 Paulista

Palmeiras 1 x 0 Portuguesa Mogi Mirim 2 x 5 Santos PrĂłximos jogos a serem realizados no sĂĄbado (08/03) â&#x20AC;&#x201C; 13ÂŞ rodada 18h30 Botafogo x Comercial 18h30 Ituano x AtlĂŠtico Sorocaba 18h30 Ponte Preta x Rio Claro PrĂłximos jogos a serem realizados no domingo (09/03) â&#x20AC;&#x201C; 13ÂŞ rodada 16h Corinthians x SĂŁo Paulo 18h30 Santos x Oeste 18h30 Paulista x Palmeiras 18h30 SĂŁo Bernardo x Mogi Mirim

Jogos realizados â&#x20AC;&#x201C; 12ÂŞ rodada AtlĂŠtico Sorocaba 0 x 1 Botafogo Oeste 2 x 1 Paulista Comercial 2 x 0 Ituano Bragantino 2 x 0 Ponte Preta SĂŁo Bernardo 5 x 5 Rio Claro Linense 0 x 4 Corinthians SĂŁo Paulo 0 x 4 Audax Penapolense 0 x 2 XV de Piracicaba

PrĂłximos jogos a serem realizados na terça-feira (11/03) â&#x20AC;&#x201C; 13ÂŞ rodada 19h30 XV de Piracicaba x Linense 19h30 Audax x Penapolense 19h30 Portuguesa x Bragantino

Kennedy Oliveira Foto: Denny Cesare / AgĂŞncia Estado

M

esmo faltando trĂŞs rodadas SDUD R ÂżQDO GD primeira fase do Campeonato Paulista, a equipe do SĂŁo Paulo (Grupo A), Santos (Grupo C) e Palmeiras (Grupo D) jĂĄ garantiram, dee forma antecipada, suas vagas para a prĂłxima fase da competição. O Grupo B que foi denominado de â&#x20AC;&#x153;Grupo da Morteâ&#x20AC;? ainda estĂĄ bem aberto, sendo que as equipes de Botafogo, Ituano, Corinthians e Audax, ainda brigam por duas vagas Ă  prĂłxima fase do torneio.

Equipes SĂŁo Paulo Penapolense Comercial Linense A. Sorocaba Equipes Botafogo Ituano Corinthians Audax XV Piracicaba Equipes Santos Ponte Preta SĂŁo Bernardo Portuguesa Paulista Equipes Palmeiras Bragantino Rio Claro Mogi Mirim Oeste

Equipe do Santos garantiu DFODVVLÂżFDomRDSyVJROHDGD sobre o Mogi Mirim Mesmo com a derrota no Ăşltimo meio de semana a Penapolense estĂĄ com a vaga assegurada no Grupo A, se vencer ao menos mais uma partida. No &ODVVLÂżFDomR*HUDO Grupo A P J 21 12 18 12 11 12 10 12 09 12 Grupo B P J 25 12 21 12 20 12 17 12 14 12 Grupo C P J 29 12 21 12 19 12 14 12 02 12 Grupo D P J 27 12 19 12 19 12 12 12 08 12

Grupo C Ponte Preta e São Bernardo querem a última vaga. E jå no Grupo D Bragantino e Rio Claro medem forças para avançar na competição.

V 06 06 03 03 02

E 03 00 02 01 03

D 03 06 07 08 07

GP 23 14 12 07 14

GC 12 14 16 19 24

SG 11 00 -04 -12 -10

V 08 06 06 04 04

E 01 03 02 05 02

D 03 03 04 03 06

GP 22 13 19 12 14

GC 17 09 16 14 16

SG 05 04 03 -02 -02

V 09 07 05 04 00

E 02 00 04 02 02

D 01 05 03 06 10

GP 30 13 16 16 08

GC 11 15 13 14 23

SG 19 -02 03 02 -15

V 09 06 05 03 02

E 02 01 04 03 02

D 01 05 03 06 08

GP 20 13 22 16 12

GC 08 13 18 25 19

SG 12 00 04 -09 -07

Regulamento: ClassiÂżcam-se para a prĂłxima fase as duas equipes melhores posicionadas em seus grupos. Os times farĂŁo na primeira fase 15 partidas, sendo que jogarĂŁo com os times dos outros grupos.

Se o torneio terminasse hoje, os times de Paulista, AtlĂŠtico Sorocaba, Oeste e Linense estariam rebaixados e disputariam a SĂŠrie-B em 2015, entretanto todos ainda tem chances matemĂĄticas de permanecer na elite do futebol paulista. As partidas de destaque GHVVH ÂżQDO GH VHPDQD Âż cam por conta de Botafogo x Comercial Ituano x AtlĂŠtico Sorocaba, Ponte Preta x Rio Claro, Audax x Penapolense e Corinthians x SĂŁo Paulo.

nganam-se as pessoas, espíritas ou simpatizantes, que encaram o Centro Espírita como mais um local onde se exercita, simplesmente, uma crença religiosa, eleita por variadas razþes, sem que haja um compromisso real e sÊrio, por parte delas, com uma doutrina esclarecedora, consoladora e libertadora por excelência como Ê a Doutrina Espírita! Como bons, esclarecidos e ¿pLVDPLJRVTXHVmRDYLVDP -nos os Espíritos Maiores, responsåveis por nossas evoluçþes e destinação espiritual, que, ninguÊm se aproxima ou se abeira das hostes espíritas, usufruindo-lhe as benesses espirituais com conseqßências existenciais, sem que fatores, individuais ou coletivos, regidos pela Lei Maior de Causa e Efeito, o exijam, e de que, tudo o que decidirmos e ¿]HUPRV D UHVSHLWR QRV WUDUi conseqßências boas ou mås, a depender, lógico, da utilização de nosso livre-arbítrio. O Espiritismo encontra-se, atualmente, entre nós, Seres Humanos, pela Vontade Sagrada de Deus, e a cada dia que passa, seus princípios, que outros não são que os mesmos exarados na Boa Nova (Evangelho) cristã, divulgados que são por pessoas conscientes e por meios midiåticos modernos, mais e mais penetram e libertam mentes e consciências, espraiando o conhecimento real e verdadeiro da origem e destinação do Seres Humanos, em essência, seres espirituais, embora a opinião contråria de alguns, os quais mal sabem que, cren-

do ou nĂŁo nos princĂ­pios espĂ­ritas que sĂŁo princĂ­pios naturais, estĂŁo sujeitos Ă s mesmas Leis Divinas que nos governam os destinos. Portanto, amigos, precisamos deixar de encarar o Centro EspĂ­rita somente como simples â&#x20AC;&#x153;casa de caridadeâ&#x20AC;? ou â&#x20AC;&#x153;casa de oraçãoâ&#x20AC;?, onde nele fazemos o bem e amparamos os necessitados e excluĂ­dos socialmente pois, se limitarmos nossas açþes no âmbito da Casa EspĂ­rita, tĂŁo somente, a estas tarefas, nobres e importantes reconhecemos, inconscientemente, tambĂŠm os estaremos excluindo espiritualmente, pois, com nossa conduta, lhes transmitiremos falsos conceitos espĂ­ritas, alĂŠm de estarmos nos iludindo acerca de nossas evoluçþes espirituais. Herculano Pires, mercĂŞ sua grande capacidade de sĂ­ntese, resumiu muito bem os objetivos nobres e elevados da Instituição EspĂ­rita no seio da comunidade ao dizer num de seus livros (O Centro EspĂ­rita): â&#x20AC;&#x153;O Centro EspĂ­rita se entranha naturalmente na comunidade, ĂŠ parte dela, um ĂłrgĂŁo ativo e operante da estrutura social.â&#x20AC;? Conta este nosso irmĂŁo - paulista de AvarĂŠ -, no livro aqui citado que, certa ocasiĂŁo, ao convidar um amigo seu, mĂŠdico e espĂ­rita tambĂŠm, para acompanhĂĄ-lo na ida a determinado Centro EspĂ­rita, na capital paulista, ouviu dele a seguinte resposta: â&#x20AC;&#x153;Obrigado Herculano, desculpe-me a franqueza e a sinceridade, mas eu nĂŁo perco meu tempo indo a Centro de espĂ­ritas rezadores...â&#x20AC;?!


20Â&#x2021;&DGHUQR&Â&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

s s s as þe tos en rio ag tur aç en rså en lar ma am ive c r m s n e o F A D Ca Ho

tos en cim s Na

s da Bo

de segunda a quinta-feira, das 9 Ă s 18 horas. Valor R$ 10,00. Rua Cristiano Barreto, 54 - Centro

Bernardo Neste såbado, 08 de março estå comemorando seus dois aninhos de vida, este garotão robusto e VDXGiYHO%HUQDUGR&DEUDOGD6LOYD¿OKRGRFDVDO Luan Alexandre Escassi da Silva e Natalia Ribeiro Cabral. Que neste dia tão especial O Senhor esteja na tua frente para te mostrar o caminho certo, para te abraçar e proteger abençoando-te sempre. Beijos carinhosos dos seus pais, da titia Yasmin, amiguinhos e familiares.

Valentina Neste domingo, dia 9 de março, completa dois aninhos de idade, a linda e graciosa, 9DOHQWLQD¿OKDGH'DQLHOD0RUHLUDH&OHEHU Santos e Silva. Felicidades para você por este dia tão especial que Ê o seu aniversårio. Que você possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes. E que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados. Cumprimentos dos familiares, em especial da irmã Marina Maranha. ParabÊns!

Deborah Neste såbado, dia 08 de março, estå comemorando nova idade, esta super gata morena, muito linda, a jovem Deborah Victorino TaQDND ¿OKD GD 'QD 9HULGLDQD 4XH HVWD IHOL cidade que te desejamos hoje te acompanhe sempre para todo o sempre. Que a paz de Deus sempre te ilumine. Feliz aniversårio! Cumprimentos dos amigos e familiares, em especial dos irmãos Junior e Lorena, namorado Douglas.

Sra. Maria Aparecida Na próxima segunda-feira, dia 10 de março, comemora nova idade, a simpåtica e amåvel senhora Maria Aparecida Gaspar Montani, esposa do JosÊ Carlos Montani (ZÊ do rådio). Você Ê uma pessoa muito especial. Se olhar ao seu redor, estå todo mundo querendo lhe dar um abraço bem forte e dizer: Feliz aniversårio! Cumprimentos dos amigos HIDPLOLDUHVGR¿OKR/XLV+HQULTXHHGRHVSRVR-RVp&DUORV

Bernardo Ontem, sexta-feira, 07 de março, completou o seu primeiro aninho de vida, o garotão robusto e saudåvel, %HUQDUGR/XLV6FRODULFK¿OKRGRFDVDO'pERUDH-RQD thas (Xuxa). Que neste dia, a felicidade se faça presente, que as bençãos do cÊu venham a estar sobre a sua vida e que a paz que te desejamos hoje te acompanhe sempre. Cumprimentos dos amigos e familiares.

Ruan Guilherme No prĂłximo dia 13 de março, quinta-feira, comemora o seu primeiro aninho de vida, o garotĂŁo saSHFD H LQWHOLJHQWH 5XDQ *XLOKHUPH GD 6LOYD Âż lho da jovem mamĂŁe Yasmin Escassi. â&#x20AC;&#x153;Gui, meu amor! Parece que foi ontem que te vi pela primeira vez, e jĂĄ completa um aninho de vida. Um ano que eu descobri o verdadeiro amor, vocĂŞ ĂŠ tudo na minha vida! Que papai do cĂŠu te abençoe e te proteja sempre! Te amo mais do que tudo nesse mundo. Feliz aniversario, meu anjinho, beijos!!â&#x20AC;?. Abraços de todos familiares especialmente da super mamĂŁe Yasmin!!!

Ronaldo Na terça-feira que passou, dia 04 de março, completou nova idade, o super paizão Ronaldo Henrique Pinto, esposa da Dna. Marisa. Feliz aniversårio, muitos anos de vida, saúde e paz. Que Deus te abençoe a cada ano e que essa nova idade traga a você muitas chances para vencer! ParabÊns e PXLWRVDQRVGHYLGD&XPSULPHQWRVGR¿OKmR2WiYLRGRV amigos e familiares.

Israel Na última terça-feira, dia 04 de março, comemorou nova idade, RMRYHP,VUDHO%DUERVD)HUUHLUD¿OKRGD6UD0iUFLD$SDUHFL da Barbosa. Que nesta data seja um ponto de partida de grandes descobertas e fantåsticas realizaçþes! Que Deus te ilumine e prospere sua vida em todos os sentidos. Feliz aniversårio! Cumprimentos da esposa Dna. Maria de Rossi, irmão Cristiano, amigos e familiares.

Dna. Sueli Júlio CÊsar Neste såbado, comemorando nova idade, o jovem Júlio &pVDU 9HQkQFLR  ¿OKR GR FDVDO 3DXOR &pVDU 9HQkQFLR (Cezinha Calheiro) e Mårcia Victorio. ParabÊns e muitas felicidades a você que com esse seu jeito, consegue transmitir toda a alegria para fazer uma pessoa feliz. Que neste aniversårio, você consiga planejar muito mais ideais do que aqueles jå conseguidos e fazer disso, uma lição de vida. Cumprimentos dos amigos, familiares, dos irmãos Paulo Eduardo, Luis Afonso, em especial da namorada Isabela Gasparini.

Na próxima segunda-feira, dia 10 de março, estarå comemorando nova idade, a Sra. Sueli Coelho Carniel, esposa do Sr. Benedito Carniel, Ditinho do Pescão. Desejamos que esse dia seja de muitas alegrias e que você realize seus desejos. Que essa data não seja só para trazer alegrias, mas sim para que em cada passagem de ano você possa aprender as liçþes que a vida nos oferece. Que seus sonhos se transformem em coisas reais. Feliz aniversårio! Um super abraoRGRVHXHVSRVR'LWLQKR¿OKRV9DQGHUOHLH9DQGHUVRQFXQKDGDV Paula e Poliana e da sua netinha Laura.

Vânia Na próxima terça-feira, 11 de março, estarå comemorando nova idade a Sra. Vânia dos Santos Molesin. Que os anos que se somam à sua vida não sejam um SHVRPDVVLPTXHIDoDPSDUWHGHXPDLQ¿QLWDFRQWD de novas experiências, que te fazem crescer e aprender, a viver cada vez melhor. Que neste dia, a felicidade se faça presente. Abraços especiais de suas ¿OKDV/RUHQDH-~OLD


6iEDGRGHPDUoRGHÂ&#x2021;

Â&#x2021;&DGHUQR'Â&#x2021;21


22‡&DGHUQR'‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

APTO. PRAIA GRANDE

$OXJR $SDUWDPHQ WRQD3UDLD*UDQGH %RTXHLUmR SDUD  SHVVRDV ,QWHUHV VDGRVOLJDUSDUDRV CASAS PRAIA IRQHV  ILHA COMPRIDA $OXJDVH FDVDV  

HP ,OKD &RPSULGD _______________ OLWRUDO 6XO ÏWLPR CASA ILHA COMPRIDA DPELHQWH SDUD ID $OXJDVH FDVD PtOLDV7UDWDUSHORV PRELOLDGD QD ,OKD IRQHV    &RPSULGD SUy[LPR  DR PDU DPSOD HV _______________ WUXWXUD %HP DFRQ APTO. PRAIA FKHJDQWH 7UDWDU GRANDE SHOR IRQH  $OXJDVH DSDUWD   PHQWR QD 3UDLD FRP -RmR -RPDU *UDQGH &DQWR GR RX  )RUWH  GH IUHQWH FRP7HOOHV 

SDUD R PDU FRP _______________ HOHYDGRU JDUDJHP APARTAMENTOS SDUD  FDUUR FRP GUARUJÁ LQWHUIRQH H SRUWDULD $OXJDVH DSDUWD K $FRPRGDomR PHQWRQR*XDUXMiH SDUD  SHVVRDV 3LWDQJXHLUDV7UDWDU 7UDWDU SHORV IR SHORV IRQHV  QHV  RX   IDODUFRP1LP 

 _______________ _______________

CONDOMÍNIO UBATUBA

'LVSRQtYHOSDUD R&DUQDYDO $OXJR DSDUWDPHQ WR HP FRQGRPtQLR IHFKDGR QD 3UDLD *UDQGH GH 8EDWX ED IUHQWH SDUD DR PDU JDUDJHP  DXWR DFRPRGDomR  SHVVRDV FRP FKXUUDVTXHLUD 7UD WDUSHORIRQH &HOVRRX5R VLOGD 

_______________

BARRACÃO

$OXJDVH /R FDOL]DGR QD UXD 5DXOLQR 0HGHLURV 0DUTXHV  PH GLQGR P EDLU UR1RYD&UDYLQKRV 'H HVTXLQD 7UDWDU SHORV IRQHV   

APTO PRAIA GRANDE

$OXJDVH DSDUWD PHQWR QD 9LOD *XL OKHUPLQD D XPD TXDGUD GD SUDLD $FRPRGDomR SDUD  SHVVRDV JDUD JHPSDUDFDUUR yWLPD ORFDOL]DomR SRUWDULD  KRUDV 7UDWDU SHORV IRQHV    FODUR  

_______________

IMÓVEL PARA FINS COMERCIAIS/ RESIDENCIAL

$OXJR FDVD FRP TXDWUR VDODV SDUD SUR¿VVLRQDLV OLEH UDLV RX UHVLGrQFLD SUy[LPR D $YHQLGD 3HGUR $PRURVR QD UXD 'RPLQJRV 9HVVL QR -DUGLP ,WDSXm 7UDWDU FRP 1LOIR SHOR IRQH   

CASA DE PRAIA DE ITANHAÉM

$OXJDVH  &DVD DPSODSDUDSHV VRDV QD SUDLD GH ,WDQKDpP ,QWHUHV VDGRV OLJDU SDUD $GULDQR SHOR IRQH  

_______________

FLAT GUARUJÁ

CASA PQ. SÃO JOSÉ

9HQGR &DVD QR 3DUTXH 6mR -RVH ORFDOL]DGD QD UXD %RQ¿P  FRP GRUPVVDODFR] FRSD ZF JDUDJHP FREHUWD  DXWRV FDVD QRYD DQR GH XVR FRP ODMH H SLVR IULR 3UHoR 5 PLO7UDWDUSHOR IRQH   (XUtSHGHV   +HOL  

_______________

$OXJR )ODW QR &HQ WUR GH 3LWDQJXHLUDV D XPD TXDGUD GD SUDLD FRP SLVFLQD VDXQD H VDOD GH MR JRV7UDWDUSHORIRQH CASA JD. STA. CRUZ 9HQGR  FDVD QR  

_______________ EDLUUR -DUGLP 6DQ WD &UX] FRP  EDICULA PERUÍBE $OXJDVHHGtFX GRUPV VDOD FR]  OD SDUD WHPSRUDGD ZFODMHiUHD[ (VSDoRSDUDDWp 3UHoR 5  PLO SHVVRDV HP 3HUXt 7UDWDU SHORV IRQHV EH7UDWDUSHORIRQH    

_______________

SALÃO COMERCIAL

$OXJDVH  6DOmR FRPHUFLDO HP IUHQ WH D (VFROD $QWR QLR -RDTXLP QR )UDQFLVFR &DVWLOKR &'+8 ORFDO SDUD SUR¿VVLRQDLV DXW{ QRPRV FRP H[SH ULrQFLD HP ELFLFOH WDULD YLGUDoDULD H RXWURV ([FHOHQWH ORFDOL]DomR ,QWH UHVVDGRV OLJDU KRMH     

CASA JD. ALVORADA

9HQGR  LPyYHO QR -DUGLP $OYRUD GD FRP  GRU PV VDOD FR] ZF JDUDJHP FREHUWD RX 752&2 SRU WHUUHQR QR PHVPR EDLUUR 7UDWDU SHORV IRQHV  

CASA BELA VISTA

9HQGR  GRUPV VXtWH JDUDJHP  FDUURV 3UHoR 5 PLO7UDWDUFRP 1HOVRQ SHOR IRQH  &5( &, 

_______________

GELADEIRA CONSUL

CASA JOÃO BERBEL III

9HQGR &RQWHQGR GRUPVVHQGR VXLWHEDQKHLURIRU UDGDSLVRIULRGRF 2N3UHoRDFRPEL QDU 1mR Gi ¿QDQ FLDPHQWR 7UDWDU IRQHV   

_______________

CASA JD. ALVORADA

9HQGR  FDVD QR -DUGLP $OYRUD GD FRP  GRUPV VDOD FR]LQKD ZF TXLQWDO JDUDJHP GRFXPHQWDomR RN VHP¿QDQFLDPHQWR 7UDWDU FRP /XFLD SHOR IRQH    

_______________

CASA JD. BOTHANICO

9HQGR  FDVD JHUPLQDGD FDGD XPDFRPGRUPV  VXLWH JDUDJHP FREHUWD ZF VRFLDO VDOD H FR] 3UHoR 5  PLO FDGD FDVD 7UDWDU SHOR IRQH  

SOLEIRAS

9HQGHVH VROHLUDV  [   [  H  [  HP YDULDV FRUHV FRP R PHVPR SUH oR GR PDWHULDO GH FRQVWUXomR &UD YLPDU *UDQLWRV   

_______________

JOGO DE MESAS

9HQGRMRJRVGH PHVDV VHPL QRYR 3HUIHLWR HVWDGR GH FRQVHUYDomR 3UHoR GH RFDVLmR 7UDWDU SHORV IRQHV   

_______________

FILMES EM FITAS, DVD E BLU RAY

9HQGR7RGRVRULJL QDLV D SUHoRV SUR PRFLRQDLV 0RWLYR HQFHUUDPHQWR GH DWLYLGDGHV H HQWUH JD GR SUpGLR 7H PRVWDPEpPSUDWH OHLUDV,QWHUHVVDGRV SURFXUHP UXD ;9 GH 1RYHPEUR  &HQWUR RX IRQH  

9HQGR  )RUG .$ &ODVV FRPSOH WR VRP LQVX¿OPH SUHWRDQR SRUWDV ÀH[ /LQGR 3UHoR D FRPELQDU CASEIRO &DVDO FRP LGDGH 7UDWDU SHOR IRQH  PpGLD  DQRV  

VHP ¿OKRV FRP _______________ H[SHULrQFLDHPMDU MOTO FALCON 9HQGR  PRWR GLQDJHP RX WUDWD )DOFRQ DQR  PHQWR GH DQLPDLV FRU YHUPHOKD yWL VH RIHUHFHP SDUD PRHVWDGReYHUH WUDEDOKDU GH FDVHL FRPSUDU 3UHoR 5 URV HP ID]HQGDV  PLO7UDWDU SHORV VtWLRV H FKiFDUDV IRQHV 7HP UHIHUHQFLDV  

7UDWDU SHOR IRQH   _______________  

CARRETINHA DE _______________

REBOQUE

DAMA DE COMPANHIA

(QIHUPHLUD 3DGUmR FRP H[SHULrQFLD H UHIHUHQFLDV RIHUHFH SDUD WUDEDOKDU FRP SHVVRDV LGRVDV 7UDWDU SHOR IRQH 



_______________

DIVERSOS / VENDO

FORD KA CLASS/10

9HQGR  JHODGHL UD GD PDUFD &RQ VXOEUDQFDOWV HP yWLPR HVWDGR 7UDWDUFRP0DULDQD SHOR IRQH    

CASA SANTA CRUZ 9HQGR  GRUPV ______________ VDOD FR] DUPiULR GELADEIRA HPEXWLGR JDUDJHP CONSUL  FDUURV TXLQWDO 9HQGRJHODGHLUD JUDQGH 3UHoR 5 GD PDUFD &RQVXO PLO7UDWDUFRP 1HOVRQ SHOR IRQH  SRUWD JUDQGH  &5( HP yWLPR HVWDGR 3UHoR D FRPELQDU &, 

7UDWDU FRP 'QD 1HXVD SHOR IRQH  

CONVÊNIOS MÉDICOS



&219(1,26 '( 6$Ò'( ( 2'21 72/Ï*,&2 6mR )UDQFLVFR 6DQWD &DVD 5 3 $PLO H RXWURV$VXDVD~GH HVWiHPSULPHLUROX JDUOLJXHHVDLEDRV SUHoRV GRV FRQYH QLRVGHVD~GHFRP 021,&$ %,6 QRV IRQHV  RX  RX  H    

_______________

9HQGR FDUUHWD GH UHERTXH PHGLQ GR P [ P GRFXPHQWDomR RN DQR  yWLPR HVWDGR ([FHOHQWH SUHoR 7UDWDU SHORV IRQHV  RX _______________

9HQGRJHODGHLUD%UDVWHPSOWV FDUULQKRGHEHEHEHEHFRQIRUWR EHUoRFRUGHURVDGHPRQWDUFRP WURFDGRUVHUYHWDPEpPSDUDYLDJHP  PiTXLQD ODYDU SUDWRV 3UHoR HV SHFLDOSDUDYHQGHUPHVPR7UDWDUQD UXD 3UXGHQWH GH 0RUDHV   IRQH  (22/03)

CONSERTOS DE ROUPAS DELIVERY )DoRUHIRUPDVGHURXSDVHP JHUDO$MXVWHVEDUUDV]LSHUVHWF %XVFRHHQWUHJRQDVXDFDVD WD[DGH5  7UDWDUFRP1HLYDSHORV RQHV (08/03)

EXCURSÃO

FOX/08

ROMARIA

$SDUHFLGDGR1RUWH H )5(, *$/9­2 ,QWHUHVVDGRVHQWUDU HP FRQWDWR SHORV IRQHV      6pUJLR RX/DXUD 

PALHAÇA PITUKA

9HQGR)R[DQR  FRU SUDWD )OH[SRUWDV YLGUR HOpWULFR WUDYD QDVSRUWDVDODUPH GLUHomR KLGUiXOL FD ž GRQR 7UDWDU FRP (YD SHOR IRQH  _______________ 

HONDA BIS/09

9HQGR  +RQGD %LV DQR  FRU SUDWD WRGD RULJLQDO DSHQDVPLNPGR FXPHQWDomRRN(VWi OLQGD ÒQLFD GRQD 7UDWDU SHOR IRQH   _______________

2OtPSLDVDtGDH  3iVFRD 8EDWXED VDtGD  H  UHWRUQD±FDIpMDQWDU %RWDIRJR[6mR3DXOR (QWRUWD%L[R±0XQKR]H0DULDQRH 2ED2ED &DUQDEHLUmRH 5RGHLR5LEHLUmRD ±-RUJH 0DWKHXV )RQHV 'DQLHO (15/03)

DONDON ASSADOS



/LJXH SDUD D 3$ /+$d$ 3,78.$ (PtOLD GR 6tWLR GR 3LFD3DX $PDUHOR )LTXHVRVVHJDGRQD IHVWLQKDGRVHX¿OKR )DOH FRP 9HU{QLFD %LV ±    

HONDA FIT

9HQGRFDUUR+RQGD )LW DQR  FRPSOHWR VXSHU QRYR 3UHoR 5  PLO 7UDWDU SHOR IRQH  

(Aos domingos) )UDQJRDVVDGR &RVWHODQR%DIR%RYLQD (QFRPHQGDVSHORVIRQHV 

PÁLIO/05

9HQGR  3iOLR ÀH[ DQR   SRUWDV GRFXPHQ WDomR RN ž GRQR 3UHoR D FRPELQDU 7UDWDU FRP <YR   ,VDEHO ± 

/LJDU DWp DV K GR ViEDGR SDUD UHVHUYDU5XD;9GH1RYHPEUR (15/03)



AJUDANTE GERAL

VAGA DE EMPREGO

CHÁCARA

BAR DO BETO VACA

TERRENOS COND. VILLAGE

&2175$7$6( $11*6(59,&(HVWiFRQWUDWDQ GR DMXGDQWH JHUDO VHP H[SHULrQ FLDVDOiULRFRPSDWtYHO,QWHUHVVD GRVOLJDUSDUDRIRQH 

02725,67$$8;352'8d­2 &DUWHLUD %  ž JUDX &RQWUDWDVH SDUDLQLFLRLPHGLDWR )DYRU FRPSDUHFHU PXQLGR GH GR FXPHQWRVHFXUUtFXORQD5XD;9GH 1RYHPEUR±   1DWDOLD5+

9HQGR &RP DV VHJXLQWHV PHGLGDVP[PFRP VDOmR FRPHUFLDO H FDVD $R ODGRGR6XSHUPHUFDGR0LD OLFK 7HOHIRQH SDUD FRQWDWR FHO

(VWi D YHQGD R EDU GR %HWR 9DFD WUDGLFLRQDO FRP PDLV GH  DQRV FOLHQWHOD H[FHOHQWH H ERP HVWRTXH 9HQGRMXQWRFRPRSUpGLR0RWLYR PXGDQoD GH UDPR  7UDWDU GLUHWR FRP R SURSULHWiULR QD UXD 'LDV GD &RVWDIRQH

9HQGRWHUUHQRVQR&RQ GRPtQLR9LOODJHHPORFDOSUL YLOHJLDGR6HQGRMXQWRVH  VHSDUDGR 3UHoR D FRP ELQDU7UDWDUSHORIRQH 

(22/03)

CONTRATA

%,5'¶6%$5 &2175$7$ *DUoRQVFRP H[SHULrQFLD 7UDWDUSHORV IRQHV RX 

(08/03)

(08/03)

(22/03)

(08/03)

FREEZER HORIZONTAL

AULAS PARTICULARES

CASA CENTRO

CASA JD. SUMARÉ

9HQGRIUHH]HUKRUL]RQWDO PHWDO IULR  OLWURV GH 5  SRU 5  FRPQRWD¿VFDOGHORMD 7UDWDU FRP -RVp   

$XODVSDUWLFXODUHVGH)tVL FDH0DWHPiWLFD(QVLQR IXQGDPHQWDO(QVLQRPp GLR&RQFXUVRVS~EOLFRV )DFXOGDGHV )RQH  

9HQGR  FDVD QR &HQWUR GDFLGDGHXPTXDUWHLUmRGD ,JUHMD0DWUL]WHUUHQRPHGLQ GR[PWVIXQGRV 7UDWDUSHORIRQH 

9HQGR  FDVD QR -DUGLP 6XPDUp QD UXD 1HOYLQ -R QHV FRP  GRUPV VDOD FR]ZF3UHoRDFRPELQDU 7UDWDUSHORIRQH 

(08/03)

(08/03)

(22/12)

(08/03)

ALUGO GARAGEM CENTRAL $OXJR  JDUDJHP FHQWUDO FRP WHOHIRQH SUy[LPR DR &RUUHLRV GH 5LEHLUmR 3UHWR 7UDWDUSHORIRQH

(08/03)

(15/02)

(08/03)

DFHVVHRVLWHZZZUHVLQDLPRYHLVFRPEU

&5(&,

$Y)DJXQGHVVDOD)RQHV  RX HPDLOVYDOHULD#UHVLQDLPRYHLVFRPEURXURVH#UHVLQDLPRYHLVFRPEU

&$6$ 12 &(1752 5 0,/ 0(','$ '2 7(55(12 ; &20  '250,7Ï5,26 6$/$&2=,1+$6%$1+(,526/$9$1 '(5,$ &20 48$572 '( '(63(16$ ( %$ 1+(,52 *$5$*(0 80 $872 '2&80(1 7$d­22.3$5$),1$1&,$0(172

&$6$ -$5',0 6$17$1$  0,/ &20  '250,7Ï5,26 6$/$ &2=,1+$ %$1+(, 52 /$9$1'(5,$ &2%(57$ '(63(16$ %$1+(,52 )25$ *$5$*(0 &2%(57$ 3257­2 (/(75Ð1,&2 &(5&$ (/(75,&$ 6Ï$9,67$

&$6$ -'$/925$'$ 3$57($/7$  5  0,/'250,7Ï5,266$/$&2=,1+$%$ 1+(,5248$572'('(63(16$&2=,1+$ )25$ 0$,6 80 %$1+(,52 /$9$1'(5,$ &2%(57$ *$5$*(0 &2%(57$ /$-( ( 3,62$&(,7$),1$1&,$0(172

&$6$ -' 6$17$ &58=  5  0,/ &20  '250,7Ï5,26 6(1'2 80 68Ë7( 6$/$ &2=,1+$ %$1+(,52 62&,$/ ( %$1+(,52 1$È5($(;7(51$/$9$1'(5,$&2%(57$ *$5$*(0 3$5$  $8726 $&(,7$ ),1$1 &,$0(172

&$6$-$5',0$&$&,$650,/28752&$ $372(0680$5(=,1+2-'&$/,)251,$ &20'250668,7(&20$50È5,26:& 6$/$6$/$-$17$5&2=3/$1(-$'$$5($ '( &+855$6&2 &20 3,6&,1$ $48(&( '25 62/$5 &(5&$ (/(75,&$ ( 3257­2 (/(7521,&2*$5$*(0$8726&2%(57$

&$6$-'%(/$9,67$50,/'250, 7Ï5,26 6(1'2 80$ 68Ë7( 6$/$ &23$ &2=,1+$%$1+(,5262&,$//$9$1'(5,$ &2%(57$ &+855$648(,5$ 48$572 '( '(63(16$*$5$*(0&2%(57$

&$6$0$,632172&20(5&,$/50,/ $93('52$025262&20'25066(1 '28068,7(6$/$&2=,1+$%$1+(,52 *$5$*(0$8726$&(,7$,0Ï9(/&202 3$57('(3$*$0(172$7e50,/

&$6$ 129$ (0 &21'20,1,2 )(&+$'2  50,/&20'2506(1'28068, 7( 6$/$ &2=,1+$ %$1+(,52 *$5$*(0 $8726&2%(57$

%$55$d­2 1$ È5($ ,1'8675,$/  5   ,378 7(55(12 '(  ; ( %$55$d­2 &2%(572 0(',1'2 0 &20 3e ',5(,72 '(  0(7526 È5($ '( (67$&,21$0(172 0(',1'2 ; )2 726126,7(

&$6$ -' 6$17$1$  5  0,/ ,0Ï9(/ 1292   '250,7Ï5,26 6(1'2 80$ 68 Ë7( 6$/$ &2=,1+$ %$1+(,52 62&,$/ *$5$*(0 '2,6 $8726 6(1'2 80 &2 %(572 72'$ (0 0$'(,5$ $3$5(/+$'$ /$9$1'(5,$&2%(57$6Ï$9,67$

/,1'262%5$'2-'$&È&,$650,/ &20  '250 6$/$ &2=,1+$ :& È5($ 3$5$ &+855$6&2 *$5$*(0 $8726  &2%(57263257­2(/(75Ð1,&2Ï7,02 $&$%$0(172$&(,7$),1$1&,$0(172

7(026 9È5,26 ,0Ï9(,6 12926 (0 &21 '20,1,2 )(&+$'2 2. 3$5$ ),1$1&,$ 0(172$&$%$0(172'(35,0(,5$

('Ë&8/$ %(/$ 9,67$  5  &20 80 '250,7Ï5,2 6$/$ &2=,1+$ %$1+(,52 *$5$*(080$872

/2&$d­2

6$/­2 &20(5&,$/  %$,552 %(/$ 9,67$ '( (648,1$  5  0ð '( &216 758d­2 &217(1'2  %$1+(,526 325 7$6/$7(5$,6()5(17( 

6$/­2 &20(5&,$/ &20 ('Ë&8/$ 5  0,/&20'250,7Ï5,26$/$&2=,1+$( %$1+(,52 È5($727$/ '(7(55(12  0(È5($&21758,'$'(0$&(,7$ ,0Ï9(/&2023$57('(3$*$0(172 ;È5($727$/'(0 7(55(12$&È&,$69,//$*(&21'20Ë1,2 )(&+$'2  5  0,/ 0(',1'2  0 Ï7,0$/2&$/,=$d­2

&$6$129$-''$6$&È&,$650,/ &20   '250,7Ï5,26 6(1'2  68,7( 6$/$ &2=,1+$ %$1+(,52 62&,$/ È5($ '(&+855$6&2&203/(7$&203,6&,1$ *$5$*(0$87262.),1$1&,$0(172

&$6$129$-'$&È&,$650,/&20  '250,7Ï5,26 6(1'2  68Ë7( 6$/$ $03/$ &2=,1+$ È5($ '( &+855$6&2 &203/(7$ *$5$*(0 3$5$ $8726$5 0È5,2612648$5726(&2=,1+$$&(,7$ ),1$1&,$0(172

35e',2$662%5$'$'25&20 6$/­2 &20(5&,$/ 12 7e55(2 ( (6&5, 7Ï5,2123,62683(5,25&206$/$&2 =,1+$(%$1+(,5235Ï;,02$2&(1752 (175( $6 $9(1,'$6 )$*81'(6 ( 5,7$ &Æ1','$12*8(,5$

6$/­2 &20(5&,$/ 35Ï;,02$2 3$548( (&2/Ï*,&2  5  &20  %$1+(, 5265(&(3d­2(80(63$d23$5$(6 &5,7Ï5,2

&$6$ -$5',0 %27Æ1,&2  5  ,0Ï 9(/1292&20'250,7Ï5,26$/$&2 =,1+$ %$1+(,52 /$9$1'(5,$ &2%(57$ *$5$*(0&2%(57$


6iEDGRGHPDUoRGH‡

‡&DGHUQR'‡23

PRATELEIRAS/ VENDO

9HQGRSUDWHOHLUDV VHPLQRYDVVHQGR 5FDGD 1DUXD;9GH 1RYHPEUR ±&HQWURRXIRQH 

(5/4)

 3ODQWmRDRVViEDGRV GRPLQJRVHIHULDGRVQRIRQH

 -$5',0'$6$&È&,$65()$/,1'262%5$ '2&217(1'2'25066$/$&2=/$9$1'(5,$:& 62&,$/ 3257­2 %$6&8/$17( &20 02725 *$5$*(0  &$5526 È5($ '( /$=(5 &20 0$'(,5$$3$5(/+$'$ &+855$64(0%87,'$(3,$$&$%$0(17272'$(0/$-( (3,62)5,2Ï7,0$/2&$/,=$d­2 3('5(*$/5()$'25066$/$&23$&2=,1+$ /$9$1'(5,$ *$5 &2%(57$ 3  $8726 $&$%$0(172 72'2(0)2552'(0$'(,5$(3,62)5,2Ï7,0$/2&$/, =$d­2$&(,7$),1$1&,$0(1729$/250,/

7(55($ -$5',0 '$6$&È&,$6  5()$  5  &$6$129$&20'2506&20*8$5'$5283$(0%8 7,'2  &20 68Ë7( 6$/$ $03/$ &2= 5(9(67,'$ &20 %$/&­2 $0(5,&$12 /$9$1'(5,$ :& 62&,$/ 3257­2 %$6&8/$17($8720$7,=$'2*$5$*(0&20/$-(3$5$ &$5526È5($'(/$=(5&200$'(,5$$3$5(/+$'$ &+855$64 (0%87,'$ 3,$ %$/&­2 $0(5,&$12 :& $&$%$0(172'(Ï7,0$48$/,'$'(72'$(0/$-((3,62 )5,2Ï7,0$/2&$/,=$d­2$&(,7$),1$1&,$0(172 7(55($ -$5',0 ,7$0$5$7,  5() $  5 5  &217(1'2'25066$/$&23$&2=/$9$1'(5,$:& 62&,$/*$5$*(0&2%(57$&20/$-(&$5526$2)81 '2 &217(1'2 ('Ë&8/$ &20  '250 6$/$ :& 62&,$/ $&$%$0(172'(Ï7,0$48$/,'$'(72'$(0/$-((3,62 )5,2(;&(/(17(/2&$/,=$d­2$&(,7$),1$1&,$0(172

7(55($ -$5',0 %(/$ 9,67$  5()$  5  /,1'$&$6$&217(1'27(55(12'(0ð(80$È5($ &216758,'$ '(  0ð &20  '2506 &20 68Ë7( ( *8$5'$ 5283$ (0%87,'2 28752 '250 &20 68Ë7( :& 62&,$/ 6$/$ $03/$ &23$ &2= 72'$ 3/$1(-$'$ /$9$1'(5,$ &2%(57$ È5($ '( /$=(5 &20 0$'(,5$ $3$5(/+$'$(&+855$64(0%87,'$%$/&­2$0(5,&$ 123,$:&*$5$*(0&200$'(,5$$3$5(/+$'$3$5$ &$5526$&$%$0(172'(Ï7,0$48$/,'$'(72'$(0 /$-( ( 3,62 )5,2 /2&$/,=$d­2 35,9,/(*,$'$ $&(,7$ ),1$1&,$0(172

-' $&$&,$6 9$/25  0,/ 5()$ *$5$*(0 3 &$5 -'$&$&,$69$/250,/5()$*$5$*(03&$5 5263257­2%$6&8/$17(&027256$/$$0%,(17( '25068,7(:&62&,$/&2=&5(9(67,0(172$7e 2 7(72 &$6$ 72'$ '( /$-( ( 3,62 )5,2 -$5',1$*(0 È5($'(/$=(5&3,6&,1$3,$(&+855$648(,5$$&$ %$0(172'($/723$'5­2

-$5',0 ,7$0$5$7, 5  5() $   '25 0,7Ï5,26 6$/$ &2=,1+$ /$9$1'(5,$ : & 62 &,$/ 3257­2 %$6&8/$17( &20 02725 *$5$ *(0 &2%(57$ &20 0$'(,5$ $3$5(/+$'$ 3$5$  &$5526&217(1'2 80$ (',&8/$ &20  '250,7Ï 5,2 : & *$5$*(0 3$5$  &$5526 Ï7,02 $&$%$ 0(172 72'$ (0 /$-( ( 3,62 )5,2 Ï7,0$ /2&$/,=$ d­2$&(,7$),1$1&,$0(172

-$5',0 '$6 $&È&,$6 5    5() $   '2506  -$5',0'$6$&È&,$655()$'2506 68Ë7( ( *8$5'$ 5283$ (0%87,'2 6$/$ $0%,(17(6 &2=72'$3/$1(-$'$:&62&,$//$9$1'(5,$3257­2 %$6&8/$17( &20 02725 *$5$*(0 &2%(57$ &20 0$ '(,5$$3$5(/+$'$3$5$&$5526È5($'(/$=(5&20 &+855$64 (0%87,'$ 3,$ 3,6&,1$ '8&+$ :  $&$%$ 0(172'(Ï7,0$48$/,'$'(72'$(0/$-((3,62)5,2 (;&(/(17(/2&$/,=$d­2$&(,7$),1$1&,$0(172

7(55($ -$5',0 %(/$ 9,67$  5() $  &$6$ 129$ 5   '250  68Ë7( 6$/$ &2= /$9$1'(5,$ :& 62&,$/È5($'(/$=(5&20&+855$64(0%8,7,'$3257­2 %$6&8/$17(&(5&$(/e75,&$*$5$*(09$5,26&$5526 $&$%$0(172 '( Ï7,0$ 48$/,'$'( 72'$ (0 /$-( ( 3,62 )5,2(;&(/(17(/2&$/,=$d­2$&(,7$),1$1&,$0(172

7(55($-$5',06$17$&58=5()$5 &$6$129$(0)$6('($&$%$0(172325(0(175$ *$$&$%$'$ &217(1'2  '2506  68Ë7( 6$/$ &2=,1+$/$9$1'(5,$:&*$5$*(0&20/$-(3$5$ &$5526$&$%$0(172'(Ï7,0$48$/','$72'$ (0/$-((3,62)5,2Ï7,0$/2&$/,=$d­2$&(,7$), 1$1&,$0(172

&$6$ 129$67 &58= 5() $ 5 0,/   '250  68,7(6$/$&2=/$9$1'(5,$:&*$5$*(03$8726 327­2 (/(7521,&2 &02725 $&$%$0(172 72'$ (0 /$-((3,62)5,2$&(,7$),1$1&,$0$172

-2­2%(5%(/55()$(;&(/(17( &$6$ /,1'2 352-(72  &$6$6 12 0(602 7(5 5(12727$/0(17(,1'(3(1'(17(80$'$2875$ 80$&217(1'2'25068Ë7(6$/$:&&23$ &2= /$9$1'(5,$ '(63(16$ *$5$*(0 &2%(57$ '(/$-((3,62)5,2$2875$&20'2506$/$ &2= :& /$9$1'(5,$ *$5$*(0 &2%(57$ '( 0$ '(,5$$3$5(/+$'$

7(55($$&È&,$9,/$-(5()$5'2506 &20*8$5'$5283$6(0%87,'2668Ë7(6$/$$0%,(1 7(6&2=,1+$&20%$/&­2$0(5,&$12/$9$1'(5,$*$5$ *(0&2%(57$&$5526$&$%$0(172'(35,0(,5$72'$ '(/$-((3,62325&(/$1$72È5($'(/$=(5&203,6&, 1$3,$&+855$648(,5$(:&$&(,7$),1$1&,$0(172 -'%(/$9,67$±55()$'25068 Ë7( 6$/$  $0%,(17(6 &2=,1+$ :& /$9$1'(5,$ È5($ '(/$=(5&203,6&,1$&+855$648(,5$*$5$*(03 $872672'$(0/$-((3,62)5,2$&(,7$),1$1&,$0(172

7(55($-$5',0%(/$9,67$5()$5 &$6$ '( (648,1$ *$5$*(0 3$5$  &$5526 &2 %(57$ '( 7(/+$  È*8$ 6$/$ &23$ &2= '(6 3(1d$/$9$1'(5,$'2506$&$%$0(17272'$ (0 /$-( ( 3,62 )5,2 7(55(12 '(  0ð È5( &216758,'$0ð$&(,7$),1$1&,$0(172Ï7,0$ /2&$/,=$d­2

7(55($ -$5',0 6$17$1$  5() $  5   '2506  68Ë7( 6$/$ &2=,1+$ 72'$ 5(9(67,'$ /$ 9$1'(5,$ :& *$5$*(0 &2%(57$ &20 /$-( 3$5$  &$5526&206$/­2&20(5&,$/$2/$'2$&$%$0(172 72'$ (0 /$-( ( 3,62 )5,2 (;&(/(17( /2&$/,=$d­2 $&(,7$),1$1&,$0(172$&(,7$),1$1&,$0(172

&$6$ -' '$6$&$&,$6  5()$ ($  (0 )$6( '( $&$%$0(1(72325e0(175(*$$&$%$'$&$&$%$ 0$172'(35,0(,5$48$/,'$'('25068Ë7( 6$/$  $0%,(17(6 &2= :& /$9$1'(5,$ È5($ '( /$=(5 &+855$64 *$5$*(0 3 $8726 72'$ (0 /$-((3,62325&(/$1$722.3$5$),1$1&,$0(172

-DUGLP 6DQWDQD 5   GRUP  VDOD FR]LQKD EDQKHLUR iUHD GH VHUYLoR H JDUDJHP SDUD YiULRV FDUURV (VSDoRJUDQGHQDIUHQWHTXHGiSDUDPRQWDUXPSHTXHQR EDUUDFmRR¿FLQDVDOmRRXSHTXHQRFRPpUFLR/DMHHSLVR 3DUWHDOWDGREDLUUR3HUWRGHVXSHUPHUFDGRHSRQWRGH{QL EXV$FHLWRWHUUHQRFRPRSDUWHSDJDPHQWR

-DUGLP6DQWD&UX]5&DVDQR YLQKDGRUPVDODFR]LQKDEDQKHLURiUHD GHVHUYLoRTXLQWDOHHQWUDGDSDUDFDUUR'R FXPHQWDomR2.SDUD¿QDQFLDPHQWR

$SDUWDPHQWR 3HGUHJDO 5  GRUPLWyULRVVDODFR]LQKDHEDQKHLUR *DUDJHP FREHUWD (VWXGR SHUPXWD SRU LPyYHO6HPFRQGRPtQLR&RPHVFULWXUD

&DVD $QWLJD QR FHQWUR GD FLGDGH 5 1RYD &UDYLQKRV 5  &DVD  7HUUHQR JUDQGH FRP  FRPODMHHSLVRGRUPHGHPDLVGHSHQ PHWURV&DVDFRPGRUPHGHPDLVGH GrQFLDV'RFXPHQWDomR2.SDUD¿QDQ FLDPHQWR SHQGrQFLDV'RFXPHQWDomR2.

-DUGLP6DQWDQD5GRUP VDODFR]LQKDHEDQKHLUR4XLQWDO*DUD JHP FREHUWD 'RFXPHQWDomR 2. SDUD ¿QDQFLDPHQWR

ÈUHD SDUD FKiFDUD HP /XL] $QW{QLR &RQGRPtQLR GH FKiFDUDVPðFRPiJXDHOX]&KiFDUDEHPORFD OL]DGD&RPiUYRUHV)iFLODFHVVR3HUWLQKRGDURGRYLD +iNPGH/XL]$QW{QLR([FHOHQWHSDUDOD]HU 5(VWXGRSHUPXWD

ÈUHDSDUDFKiFDUDÈUHDGHPHWURV3HUWLQKR GD FLGDGH &RP GRFXPHQWDomR /LQGD YLVWD ([FH OHQWHSDUDFKiFDUDiUHDGHOD]HUEDUUDFmRSHTXH QDHPSUHVD7HUUHQRGH[&RPiJXDHOX] (VWXGRSHUPXWD

3RQWRFRPHUFLDOQD5XD;95 6DOmR FRPHUFLDO QD IUHQWH FRP FDVD GH  GRUP (QWUDGD LQGHSHQGHQWH 5HIRUPDGR ([FHOHQWHSDUDFRPpUFLRRXHVFULWyULRV

&+$&È5$ 5 5() $  /,1'$ &+È&$5$ &20 80$ È5($ '( 0ð &20 &$6$ 6('( 48$572 '( +Ï63('( ( &$6$ &$6(,52 &$6$ 6('( &20  '256  &20 68Ë7( 6$/$ &23$ &2= /$9$1'(5,$ :& 62 &,$/$&$%$0(17272'$(0/$-((3,62)5,248$572'(+Ï63('(&20 '25072'26&2068Ë7($&$%$0(172(0/$-((3,62)5,2&$6$&$6(,52 &20'2506&2068Ë7(6$/$&2=:&62&,$//$9$1'(5,$$&$%$ 0(172 72'$ (0 /$-( ( 3,62 )5,2 *$5$*(0 3$5$ 9È5,26 &$5526 È5($ '(/$=(5&2%(57$&200$'(,5$$3$5(/+$'$&20&+855$648(,5$(0%8 7,'$3,$3,6&,1$(:&Ï7,0$/2&$/,=$d­2(;&(/(17(2325781,'$'(

7(55(126¬9(1'$ 7(55(12&21'$1$&$52/,1$50,/ 5()$(;&(/(17(/2&$/,=$d­2&200 '2&80(17$d­22. 7(55(12$96$/9$'253$*$'255()$ 7(55(12'((648,1$&200ðÏ7,0$/2&$/,=$d­2 $&(,7$),1$1&,$0(172 7(55(12 $&$&,$6 9,//$*( 9$/25  0,/ 5() $ 0(',1'2 076(1'2Ï7,0$/2&$/,=$d­2'2&80(17$d­22. $&(,7$),1$1&,0(172 $/8*8(/5 %$55$&­2&217(1'280$È5($&216758,'$'(0ð&20 7(55(12'(0ðÈ5($/,95(3$5$(67$&,21$0(172'( 0ðÏ7,023$5$'(326,72&20(5&,228,1'Ò675,$(;&( /(17(/2&$/,=$d­2

9HQKDDWp QRVVRHVFULWyULR HIDoDXPD VLPXODomRGH ¿QDQFLDPHQWR


24‡&DGHUQR'‡

‡6iEDGRGHPDUoRGH

   

JARDIM DAS ACÁCIAS SENSACIONAL! OPORTUNIDADE IMPERDÍVEL!

Srs. Construtores ou particulares, 06 lotes juntos, cada um medindo 11x25m², perfazendo um total de 1.650m². Excelente topoJraÀa e localizaomo!

0$16­2±(;&(/(17(/2&$/,=±'250668,7(60È67(56 5,&2(0$50È5,26&/26(7+,'529È5,$66$/$6),12$&$%$ 0(172%,%/,27(&$È5($6(59,d2-$5',0*$5$*&$5526 $5($/$=(5&3,6&,1$6$81$&+855$6448$'5$5()

5  ± 129$ &5$9,1+26 ±  '250,7Ï5,26 6$/$ &2=,1+$ /$9$1'(5,$ *$5$*(0 3,62 )5,2 (/$-(&2168/7(126626&255(725(65()

EXCLUSIVIDADE

5±&21'$&È&,$69,//$*(±'250,7Ï5,26 6(1'2  68Ë7( 6$/$ $0%,(17(6 &2=,1+$ &20 &2 &.723È5($'(&+855$6&23,6&,1$$48(&,'$5()

52325781,'$'(,03(5'Ë9(/±-'$/92 5$'$  '250  6$/$  %$1+(,52 È5($ '( 6(59,d2 6$/­23$5$&20e5&,2*$5$*(03$8725() 5  ± -' $/925$'$  '250,7Ï5,26 6$/$ :&62&,$/&23$&2=,1+$/$-(3,62)5,2*$5$*(0 3$5$$8726&200$'(,5$$3$5(/+$'$5() 5±-'$/925$'$'250,7Ï5,266(1'2 68Ë7(6$/$%$1+(,5262&,$/&2=,1+$/$-(3,62 )5,2/$9$1'(5,$(*$5$*(0&21),5$5()

ÁREAS E TERRENOS

5±7(55($±-2­2%(5%(/,,,±'25066$/$ &2=,1+$:&È5($'(6(59,d2*$5$*(05()

5±-'6$17$1$±7(55(120(',1 '20ð2325781,'$'(5()

5±-'$&È&,$6±'250,7Ï5,266(1'268Ë7( 6$/$&2=,1+$:&62&,$//$9$1'(5,$*$5$*(05()

5±6$17$&58=±È5($727$/'(0ð (;&(/(17(/2&$/,=$d­2&21),5$5()

5±-'$&È&,$6±'250,7Ï5,266(1'2 68Ë7( 0È67(5 (  68Ë7( 6,03/(6 6$/$ 0(=$1,12 &2 =,1+$&23$È5($3$5$&+855$6&2*$5$*(05()

5±-'$&$&,$6±Ï7,0$/2&$/,=$ d­2È5($727$/'(0ð5() 5±-'%27Æ1,&2±7(55(123/$12 &20(;&(/(17(/2&$/,=$d­20ð&2168/7( 5±&21'$1$&$52/,1$0ð(; &(/(17(/2&$/,=$d­25()

7e55($$9(1,'$ &(/ -26e 12*8(,5$7(55$   '25 0,7Ï5,266$/$&2=,1+$%$1+(,52*$5$*(0&2%(5 7$('(6&2%(57$3$5$$872648,17$/&,0(17$'2 $3$57$0(172 12 *8$58-È   '2506 ( '(0$,6 '( 3(1'(1&,$659(1+$&21)(5,55()

5±-'$&È&,$6±'250,7Ï5,266(1'2  68Ë7( 6$/$ &2=,1+$ :& 62&,$/ /$9$1'(5,$ 5,&$(0$50È5,26*$5$*(0&21),5$5() 5±-'$&È&,$6±'25068,7(5,&$(0 $50È5,26:&6$/$&2=/$9$1'(5,$*$5$*(0$8 726È5($'(/$=(5&203/(7$&203,6&,1$5() 5±$&È&,$69,//$*(±'250,7Ï5,26 &20$50È5,26(0%87,'2( 68Ë7(6$/$$0 %,(17(6 &2=,1+$ *2850(7 /$9$1'(5,$ 325&( /$1$723,6&,1$&+855$648(,5$5() 5±$&È&,$69,//$*(,±'250,7Ï5,26 6(1'2  68Ë7( &20 &/26(' 5,&$ (0 $50È5,26 6$/$  $0%,(17(6 /$9$%2 (6&5,7Ï5,2 &2=,1+$ È5($3$5$&+855$6&2$48(&('2562/$5/$9$1 '(5,$3,6&,1$*$5$*(09(1+$&21)(5,55() 5  ± 62%5$'2 ± -$5',0 '$6 $&È&,$6 ±  '250,7Ï5,26 6(1'2  68Ë7( &20 +,'52 6$/$$0%,(17(60$,66$/$123,62683(5,25 È5($3$5$&+855$6&2*$5$*(05() 5±-$5',0$/925$'$'250,7Ï5,26 6$/$  $0%,(17(6 &23$ &2=,1+$ &+855$6 48(,5$3257­2(/(75Ð1,&25()

‡&$6$$&È&,$69,//$*(±'250,7Ï5,26&2068 Ë7( ( $50È5,26 (0%87,'2 6$/$ %$1+(,52 62&,$/ È5($'(&+855$6&2&203,6&,1$$3(1$65

SALAS COMERCIAIS $OXJDVHVDODVFRPHUFLDLVSDUD SUHVWDGRUHVGHVHUYLoRVRX FRPpUFLR7HPRVYiULDVPHWUDJHQV FRPSUHoRVDOWDPHQWHYDQWDMRVRV )DoDQRVXPDYLVLWDHFRPSURYHD YHUDFLGDGHGHVWHDQ~QFLR

9(1'$&20(;&/86,9,'$'( 5±7(55($±-',7$38­± '250,7Ï5,26 6(1'2  68Ë7( &20 +, '525,48,66,0$(0$50È5,26(5283( 5266$/$&23$&2=,1+$3/$1(-$'$ 3257­2 (/(75Ð1,&2 &20  0(7526 *$5$*(0 3$5$ 9È5,26 $8726 È5($ '( 6(59,d2 &20 :& ( $03/2 48$572 '( '(63(-2$48(&,0(172 62/$5 &20 5(6(59$7Ï5,2'(/ŽÈ*8$48(17(Ž 5(6(59$7Ï5,23$5$/5()

  $/8*8(/ 5(6,'(1&,$/ -$5',0'$6 $&È&,$6 '2506 68Ë7(6$/$6$/$ '(-$17$5&2= :&('Ë&8/$ *$5$*(0 $8726 &(1752;9 '25066$/$ &2=:&È5($ '(6(59,d26(0 *$5$*(0 -$5',0'$6 $&È&,$6 58$*21=$*$ $66,6025$(6 '2506 6$/$&2=:& *$5$*(0

Cadastre seu imóvel. Temos clientes interessados cadastrados!

-$5',0'$6 $&È&,$6 '250,7Ï5,26 6$/$&2=,1+$( %$1+(,52 &(1752 58$&(6È5,2 0277$&20 48$57266$/$ &2=,1+$:&( *$5$*(0 -$5',0$/925$'$ 62%5$'2 '25066$/$ &2=:&*$5$*(0 (63$d2*2850(7 -$5',06$17$1$ '25066$/$ &2=:& /2&$d­2

&20(5&,$/ 9iULDVPHWUDJHQVH ORFDOL]Do}HV 5XD&HViULR 0RWWD 5XD;9GH 1RYHPEUR *3Uy[LPRDR SRVWR,SLUDQJD FRPVDODEDQKHLUR 0ð 5XD5XL %DUER]D

&2168/7(126626 &255(725(6

-2­2%(5%(/ 50,/ '250,7Ï5,2668Ë7( 6$/$&2=,1+$( %$1+(,525(9(67,'26 *$5$*(06$/­2 &20(5&,$/'((648,1$ Ï7,0$/2&$/,=$d­2 &2168/7( $&È&,$69,//$*( 50,/'2506 68Ë7(&/26('6$/$79 6$/$-$17$5&2=,1+$ (63$d2*2850(7 '(63(16$9$*$6 -$5',0$/925$'$ 50,/'2506 6$/$&2=$&$%$0(172 /$-(3,62)5,23$57( $/7$'2%$,552 &(1752 50,/'2506 68Ë7($03/$6$/$ &2=,1+$%$1+(,52 62&,$/9$5$1'$ 48,17$/*5$1'( &2168/7(

&(1752 50,/'2506 68Ë7(6$/$&23$ &2=,1+$3/$1(-$'$ /$9$%2È5($'( 6(59,d2('Ë&8/$ *$5$*(0129$ -$5',06$17$1$ 50,/'250 6$/$&2=,1+$ (%$ 1+(,525(9(67,'26 /$-(129$Ï7,0$/2&$ /,=$d­2 -$5',0$&È&,$6 50,/'250 $50È5,2668Ë7(6$/$79 6$/$-$17$5(6&5,7Ï5,2 $6*$5$*(03$57($/7$ $/72'$6$&È&,$6 '250668,7( /$9$%2&23$&2=:& $48(&('25*$5$*(0 3,6&,1$&+855$64(6 48$'5,$6'($/80Ë1,2 325&(/$1$723257­2 (/(75Ð1,&2 5

-$',0$&È&,$6 50,/7(55($ '25066$/$&2=,1+$ %$1+(,52/$9$1'(5,$ ('Ë&8/$ &+È&$5$ 50,/Pð [P 6(0%(1)(,72 5,$635Ï;,02$26$17$ &58=(6&5,785$12$72 -''$6$&È&,$6 50,/('Ë&8/$&20 '25066$/$&2=,1+$ :&62&,$/*$5$*(0 )$/7$$&$%$0(172 -$5',0'$6$&È&,$6 50,/7e55($'25 0,7Ï5,2668Ë7($03/$ 6$/$&2=,1+$:&325&( /$1$72*5$),$723,6&,1$ *$5$*(09$*$6 &(1752 50,/'250,7Ï 5,266$/$&2=,1+$ &2=,1+$:&62&,$/('Ë &8/$7(55(120ð

9(1'$6 -$5',0$/925$'$ 50,/'2506 68Ë7(6$/$&23$&2= :&62&,$//$9$1'( 5,$*$5$*(03257­2 (/(75Ð1,&2 -$5',0$/925$'$ 50,/'2506 6$/$&2=:&/$-( *$5$*(03257­2 %$6&8/$17( 9(1'$7(55(126 -$5',0 '$6$&È&,$60ð )5(17(È5($9(5'( Ï7,0$/2&$/,=;0 È5($,1'8675,$/ 0ð,1)5$(6758 785$&203/(7$Ï7,0$ /2&$/,=$d­2 &2168/7(

58$;9'(129(0%52&(1752&5$9,1+26)21()$;   $Y-26e$'2/)2%,$1&202/,1$-'&$1$'È5,%(,5­235(72)21()$;   DFHVVHZZZLPRELOLDULDSDJDQRFRPEU


6iEDGRGHPDUoRGHย‡

ย‡&DGHUQR'ย‡25

(',7$/'(&+$0$0(172 &RQFXUVR3~EOLFR

PARA PENSAR

Lula disse antes da posse Nosso partido cumpre o que promete. Sรณ os tolos podem crer que Nรฃo lutaremos contra a corrupรงรฃo. Porque, se hรก algo certo para nรณs, รฉ que A honestidade e a transparรชncia รฉ fundamental. Para alcanรงar nossos ideais Mostraremos que รฉ grande estupidez crer que $VPiยฟDVFRQWLQXDUmRQRJRYHUQRFRPRVHPSUH Asseguramos sem dรบvida que A justiรงa social serรก o alvo de nossa aรงรฃo. Apesar disso, hรก idiotas que imaginam que Se possa governar com as manchas da velha polรญtica. Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que Se termine com os marajรกs e as negociatas. Nรฃo permitiremos de nenhum modo que Nossas crianรงas morram de fome. Cumpriremos nossos propรณsitos mesmo que Os recursos econรดmicos do paรญs se esgotem. Exerceremos o poder atรฉ que Compreendam que Somos a nova polรญtica. DEPOIS DA POSSE: BASTA LER O TEXTO ACIMA, DE BAIXO PARA CIMA, frase a frase. Genial! (Colaboraรงรฃo Beto Vaca) 1RWDGH$JUDGHFLPHQWR ([PR6U3UHIHLWR0XQLFLSDOGH&UDYLQKRV (X/XL]$'HODSLHULEUDVLOHLURFDVDGRDSRVHQWDGRSRUWDGRUGR5* H&3)UHVLGHQWHHGRPLFLOLDGRQHVWDFLGDGHD UXD-RmR0HQHJKHOOLQยžยฑ-GGDV$FiFLDV-XQWDPHQWHFRPPRUDGRUHV GDVLPHGLDo}HVGDSUDoDGDTXHODORFDOLGDGHYHPDJUDGHFHUHPS~EOLFR RSURQWRDWHQGLPHQWRTXDQWRDSRGDGDViUYRUHVOLPSH]DHUHFROKLPHQWR GRVOL[RVHHQWXOKRVDOLH[LVWHQWHVGDUHIHULGDSUDoDHPTXHVWmR $JXDUGDPFRQIRUPHSURPHVVDGH96DRFDOoDPHQWRHLOXPLQDomR GD PHVPD SDUD PDLRU WUDQTXLOLGDGH H VHJXUDQoD GRV PRUDGRUHV GDV LPHGLDo}HV Sem mais, o nosso muito obrigado. /XLV$'HODSLHUL

$3UHIHLWXUD0XQLFLSDOGH&UDYLQKRV(VWDGRGH6mR3DXORFRQ YRFDRVFDQGLGDWRVDEDL[RUHODFLRQDGRVSDUDFRPSDUHFHUHPPXQL GRVGHWRGRVRVGRFXPHQWRVSHVVRDLVLQVHUWRVQRHGLWDOGR&RQFXUVR QR'HSDUWDPHQWR3HVVRDOORFDOL]DGRQD5XD&HUTXHLUD &pVDU  ยฑ &HQWUR WHQGR HP YLVWD R QmR FRPSDUHFLPHQWR DSyV QRWLยฟFDomRGHSUD[H YLD$5  2 QmR FRPSDUHFLPHQWR GHQWUR GR SUD]R GH  FLQFR  GLDV ~WHLVFXOPLQDUiQD'(6,67ร‡1&,$VHPGLUHLWRDUHFXUVRVDGPL QLVWUDWLYRV )LVLRWHUDSHXWDยฑ&ODVVLยฟFDGR 1RPH

5*

&ODVVLยฟFDomR

5(1$1)$1*(/



ยž

7HUDSHXWD2FXSDFLRQDOยฑ&ODVVLยฟFDGR 1RPH

5*

&ODVVLยฟFDomR

0$5ร‹/,$0(/2$1'5$'(



ยž

720$'$'(35(d261ยž $9,62'(/,&,7$dยญ2ยฑ720$'$'(35(d261ยž $FKDVHDEHUWDQRPXQLFtSLRGH&UDYLQKRV63D7RPDGDGH3UH oRV  GR WLSR PHQRU SUHoR JOREDO SDUD ยณยณ(;(&8dยญ2 '( 129$6 ,167$/$dยฎ(6 (/e75,&$6 ( ,/80,1$dยญ2 251$0(1 7$/1$35$d$&(175$/(12/$5*2'$,*5(-$0$75,=&21 )250(352-(726'()2/+$6(&20 )251(&,0(172'(0$7(5,$,60ยญ2'(2%5$((48,3$0(1 7261(&(66รˆ5,26ยดQD$YHQLGD5LWD&DQGLGD1RJXHLUDVQEDLUUR &HQWURQHVWD&LGDGHGH&UDYLQKRVHVWDGRGH6mR3DXORFRQIRUPH 7HUPR GH 5HIHUrQFLD 3ODQLOKD 4XDQWLWDWLYD  2UoDPHQWiULD 0RGHOR GH$SUHVHQWDomRGH3URSRVWD&RPHUFLDO 3ODQLOKDGH2UoDPHQWRGH &XVWRV%iVLFRVยฑ(VWLPDWLYDGD3UHIHLWXUD3ODQLOKD4XDQWLWDWLYDGH 0DWHULDLV(TXLSDPHQWRVH0mRGH2EUDTXHFDEHUiGHUHVSRQVDELOL GDGHGD&RQWUDWDQWHยฑ(VWLPDWLYDGD3UHIHLWXUD0HPRULDO'HVFULWLYR H  0LQXWD GH &RQWUDWR$GPLQLVWUDWLYR FRQIRUPH GHPDLV HVSHFLยฟFD o}HVFRQVWDQWHVQRREMHWRGR(GLWDOFRPSOHWR(QFHUUDPHQWRHDEHU WXUD GRV HQYHORSHV  jV  KRUDV 2 (GLWDO FRPSOHWR VHUiIRUQHFLGRDRVLQWHUHVVDGRVSHORYDORUGH5 YLQWHUHDLV  QD5XD7LUDGHQWHVQยžQRKRUiULRQRUPDOGHH[SHGLHQWH Cravinhos, 07 de marรงo de 2014. -26e&$5/26&$55$6&26$'266$1726 35()(,72081,&,3$/'(&5$9,1+26

$VVLVWHQWH6RFLDOยฑ&ODVVLยฟFDGR 1RPH

5*

&ODVVLยฟFDomR

68(//(1&5,67,1$3,1+(,52 %$6726'(628=$



ยž

Cravinhos, 07 de marรงo de 2014. -RVp&DUORV&DUUDVFRVDGRV6DQWRV 3UHIHLWR0XQLFLSDO

6,1',&$72'26(035(*$'26585$,6'(&5$9,1+26 35$d$/8,63(5(,5$%$55(7261&(1752&5$9,1+2663 &(37(/  &13- &2175,%8,dยญ26,1',&$/ (',7$/ 2 6LQGLFDWR GRV (PSUHJDGRV 5XUDLV GH &UDYLQKRV DWHQGHQGR DR GLVSRVWR QR DUWLJR  GD &RQVROLGDomR GDV /HLV GR 7UDEDOKR ยฑ &/7 FRPXQLFD D WRGRV RV HPSUHJDGRUHV UXUDLV TXH QRV WHUPRV GRV DUWLJRV HVHJXLQWHVGD&/7GHYHPGHVFRQWDUGDIROKDVDODULDOGH VHXVHPSUHJDGRVUHODWLYDDRPrVGHPDUoRRYDORUFRUUHVSRQGHQWHD XP GLDGHVHUYLoRDWtWXORGHFRQWULEXLomRVLQGLFDOHUHFROKHURPRQWDQWH DWp R GLD  GH DEULO PHGLDQWH JXLD SUySULD MXQWR j &DL[D (FRQ{PLFD )HGHUDO 2 QmR DWHQGLPHQWR GHVVD REULJDomR LPSRUWDUi QDV SHQDOLGDGHV SUHYLVWDVHPOHL4XDOTXHULQIRUPDomRSURFXUHR6LQGLFDWR Cravinhos, 01 de marรงo de 2014. -RVH0DXULFLR3HUHLUD 3UHVLGHQWH

720$'$'(35(d261ยž $9,62'(/,&,7$dยญ2ยฑ720$'$'(35(d261ยž $FKDVH DEHUWD QR PXQLFtSLR GH &UDYLQKRV63 D 7RPDGD GH 3UHoRVGRWLSRPHQRUSUHoRJOREDOSDUDFRQWUDWDomRGH HPSUHVD GH HQJHQKDULD HVSHFLDOL]DGD QR UDPR GH FRQVWUXomR FLYLO SDUDDH[HFXomRGDREUDยณ5()250$($03/,$dยญ2'$81,'$'( %รˆ6,&$'(6$ร’'(,,ยฑ-2ยญ2%(5%(/&20)251(&,0(172 '(0$7(5,$,60ยญ2'(2%5$((48,3$0(17261(&(6 6รˆ5,26ยด ORFDOL]DGD j$YHQLGD 3HGUR$PRURVR Qยž  ยฑ %DLUUR &RQMXQWR +DELWDFLRQDO -RmR %HUEHO ,, ยฑ &UDYLQKRV ยฑ 63ยด FRQIRUPH 7HUPRGH5HIHUrQFLD3ODQLOKD4XDQWLWDWLYD2UoDPHQWiULD 0RGHOR GH$SUHVHQWDomRGH3URSRVWD&RPHUFLDO 3ODQLOKDGH2UoDPHQWRGH &XVWRV%iVLFRVยฑ(VWLPDWLYDGD3UHIHLWXUD3ODQLOKD4XDQWLWDWLYDGH 0DWHULDLV(TXLSDPHQWRVH0mRGH2EUDTXHFDEHUiGHUHVSRQVDELOL GDGHGD&RQWUDWDQWHยฑ(VWLPDWLYDGD3UHIHLWXUD0HPRULDO'HVFULWLYR H  0LQXWD GH &RQWUDWR$GPLQLVWUDWLYR FRQIRUPH GHPDLV HVSHFLยฟFD o}HVFRQVWDQWHVQRREMHWRGR(GLWDOFRPSOHWR(QFHUUDPHQWRHDEHU WXUDGRVHQYHORSHVjVKRUDV2(GLWDOFRPSOHWR VHUiIRUQHFLGRDRVLQWHUHVVDGRVSHORYDORUGH5 YLQWHUHDLV  QD5XD7LUDGHQWHVQยžQRKRUiULRQRUPDOGHH[SHGLHQWH Cravinhos, 07 de marรงo de 2014. -26e&$5/26&$55$6&26$'266$1726 35()(,72081,&,3$/'(&5$9,1+26


26Â&#x2021;&DGHUQR'Â&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

Nossa convidada desta semana ĂŠ a adolescente linda e simpĂĄtica, Francine da Silva Agrella Alves, a gracinha que todos chamam de Fran. Apesar de toda sua simpatia e graciosidade, ela se revela uma garota super ciumenta, mas por outro lado, divertida e muito humorada, descontraĂ­da. Como todas jovens nativas do signo de Libra, costuma se dar bem com todo mundo e ĂŠ um exemplo de pessoa que â&#x20AC;&#x153;faz amizade fĂĄcilâ&#x20AC;?. AliĂĄs, ĂŠ tĂŁo aberta Ă s pessoas porque tem verdadeiro pavor de viver sozinha. SĂł de escutar a palavra â&#x20AC;&#x153;solidĂŁoâ&#x20AC;?, jĂĄ começa a sofrer. Vamos conhecer um pouco mais desta super gatinha. Nome completo: Francine da Silva Agrella Alves. Os amigos me chamam de... Fran. Relacionamento: Solteira. Signo: Libra. )DoDXPDGHÂżQLomRGHVXDSHVVRD Como vocĂŞ ĂŠ, fale de vocĂŞ: - Sou uma pessoa que nĂŁo suporta coisa errada, mais tambĂŠm me considero uma pessoa divertida e bem humorada, que nĂŁo tem tempo ruim, sou ciumenta as coisas que considero em especial pra mim. ReligiĂŁo: CatĂłlica. Hobby: Sair com os amigos. Um defeito: Ciumenta. Uma qualidade: Carinhosa. Comida predileta: Lasanha. Filme preferido: Marley & Eu. O que faz nas horas de lazer: Dormir. [risos] Uma coisa que me tira do sĂŠrio: Falsidade e mentiras. Atriz ou ator preferido: Caio Castro. Cantor ou cantora preferido: Jorge & Matheus. O que te deixa feliz: Ficar perto das pessoas que mais amo.

O que te deixa triste: Lembrar que meu vĂ´ Geraldo jĂĄ nĂŁo estĂĄ mais aqui ao meu lado, mas sim ao lado de Deus. (Saudades) Uma viagem inesquecĂ­vel: GuarujĂĄ. Um sonho a realizar: Ser medica. Do que tem medo: Perde as pessoas que mais amo. Um momento que gostaria que o mundo parasse: Quando estou ao lado das pessoas que amo. Lema ou frase que mais gosta: â&#x20AC;&#x153;A verdade ĂŠ que todo mundo chora, todo mundo ama, todo mundo se machuca, todo mundo tem suas, dores todo mundo ĂŠ dramĂĄtico, todos nĂłs sentimos. E este ĂŠ o problema, SENTIRâ&#x20AC;?.


2Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

Carnaval de Cravinhos tem a presença de aproximadamente 52 mil pessoas

O

municĂ­pio de Cravinhos realizou de 01 a 04 de março o tradicional Carnaval na â&#x20AC;&#x153;Rio-Salvadorâ&#x20AC;?, que contou com a presença de quatro bandas e um pĂşblico muito animado, que se contagiou e foi atrĂĄs do trio elĂŠtrico durante todos os dias. No dia 1Âş de março, a famosa Banda Djavu e o DJ Juninho Portugal comandaram o show com um pĂşblico que cantou e se divertiu muito. JĂĄ no domingo (02/03) foi a vez da Banda Chicletada animar a população de Cravinhos e regiĂŁo. Na segunda-feira (03/03) a tradicional Madeireira Banda Show trouxe os sucessos do axĂŠ, funk, sertanejo e das marchinhas para o Carnaval de Cravinhos, e o pĂşblico foi ao delĂ­rio com o grande desempenho da banda. Na terça-feira (04/03), o sucesso da Bahia â&#x20AC;&#x153;FofokaĂŞâ&#x20AC;?, mostrou o melhor do axĂŠ, e nem mesmo a chuva fez com que todos parassem de cantar e dançar. â&#x20AC;&#x153;Esse nosso Carnaval teve um saldo super positivo, alguns problemas aconteceram na noite de domingo e terça-feira, mas contamos com a colaboração de todos e as outras noites tudo transcorreu de forma ordeira e na mĂĄxima segurança. Quero agradecer a todos que compareceram e prestigiaram o Carnaval na 5LR6DOYDGRU EHP FRPR R QRVVR 'HVÂżOH GH Rua. ParabĂŠns a todos que sempre estiveram envolvidos com o Carnaval de Cravinhos e no ano que vem vamos tentar fazer algo ainda melhorâ&#x20AC;?, comenta o prefeito de Cravinhos, JosĂŠ Carlos Carrascosa dos Santos. Segundo os organizadores do evento, em torno de 52 mil pessoas passaram durante as quatro noites de Carnaval na â&#x20AC;&#x153;Rio-Salvadorâ&#x20AC;?.

Grande pĂşblico prestigiou as quatro noites de Carnaval em Cravinhos

Djavu e DJ Juninho Portugal

FofokaĂŞ

Carnaval com muita música e animação

Chicletada

Madeireira Brasil Banda Show

â&#x20AC;&#x153;O Carnaval de Cravinhos, sem sombra de dĂşvidas ĂŠ o melhor da regiĂŁo. Gente bonita, um evento muito bem organizado, e verdadeiramente uma micareta todos correndo atrĂĄs do trio elĂŠtrico, melhores shoZs, enÂżm sempre digo aos meus amigos que nĂŁo tem carnaval melhor na regiĂŁo de RibeirĂŁo Pretoâ&#x20AC;?, diz JoĂŁo Carvalho.


6iEDGRGHPDUoRGHÂ&#x2021;

Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;3

ImpÊrio da Nova Cravinhos misturou as raças para mostrar o Brasil

F

undada em setembro de 2009, a escola de samba â&#x20AC;&#x153;ImpĂŠrio da Nova Cravinhosâ&#x20AC;? levou para a passarela, o samba-enredo â&#x20AC;&#x153;Mistura de raças: esse ĂŠ o meu Brasilâ&#x20AC;?, que emoFLRQRXDWRGRVTXHVHÂż]HUDPSUHVHQWHV na Rua XV de Novembro. A escola se apresentou com 150 integrantes, isso devido a colaboração da escola de samba â&#x20AC;&#x153;Embaixadores do Sambaâ&#x20AC;?, do bairro Campos ElĂ­seos, de RibeirĂŁo Preto.

Âł(VVD WHP VLGR XPD SDUFHULD TXH ÂżU mamos hĂĄ alguns anos, e em todo Carnaval o pessoal do Embaixadores do SamEDYHPDTXLHP&UDYLQKRVSDUDGHVÂżODU por nossa escola, e nĂłs participamos do GHVÂżOHHP5LEHLUmR3UHWRHQWUHWDQWRHVVH ano a administração municipal da cidaGH YL]LQKD QmR TXLV SURPRYHU R 'HVÂżOH de Rua, mas mesmo assim eles nos abrilhantaram aqui com fantasias muito luxuosasâ&#x20AC;?, diz o presidente da ImpĂŠrio de Nova Cravinhos, Gilberto Boldrin. 2VGHVWDTXHVGDHVFRODGHVDPEDÂżFD tam por conta da Rainha Mirim, Emiliana Boldrin; da porta-bandeira e mestre-sala, Elisabete e FĂĄbio; e da Rainha de Bateria, Vanessa. AlĂŠm do mestre de bateria, Marco AurĂŠlio.

â&#x20AC;&#x153;Gostei muito do nosso Carnaval, apesar de ter tido alguns problemas, mas a organização estava muito boa, assim como a estrutura e tudo no evento. Acho que foi muito bom, porque alĂŠm da gente se divertir as entidades puderam ganhar um dinheiro merecidoâ&#x20AC;?, avalia Miriam Santos.


4Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH


6iEDGRGHPDUoRGHÂ&#x2021;

Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;5


6Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

Os trabalhadores do Brasil foram retratados pela Beija-Flor

A

escola de samba â&#x20AC;&#x153;Beija-Flor de CraYLQKRV´ÂżFRXGRLVDQRVVHPGHVÂżODU mas retornou para a passarela do samba no ano passado, e nesse ano viu que D SRVVLELOLGDGH GH DEULOKDQWDU R GHVÂżOH HUD ainda maior, por isso incorporou uma bateria prĂłpria, que com muita dedicação levantou a Rua XV de Novembro. Nesse ano a agremiação veio com o samba-enredo â&#x20AC;&#x153;Trabalhadores do Brasilâ&#x20AC;?, em que pĂ´de demonstrar um pouco das pessoas que trabalham pelo PaĂ­s, passando pelos garimSHLURVDWpRVTXHVmREHQHÂżFLDGRVSHODLQGXV trialização. A escola ainda contou com a rainha da bateria, Elaine Bombom, que com muito charme demonstrou o seu samba no pĂŠ e levantou o pĂşblico. A agremiação ainda teve como destaque a pequena JĂşlia; porta-bandeira mirim, Beatriz; destaque de chĂŁo, Micaela e a bateria foi comandada pelo mestre Ricardo. â&#x20AC;&#x153;Temos de agradecer a Prefeitura Municipal, principalmente o prefeito Boi e vice MaurĂ­cio Cury pelo apoio que nos deu nesse Carnaval. Os agradecimentos se estendem ao Promotor de Justiça, Wanderley Trindade Junior, pela ajuda na fundação da escola e tambĂŠm um agradecimento especial aos patrocinadores e colaboradores da agremiaçãoâ&#x20AC;?, ressalta o presidente da escola de samba, Claudinei Trigo Cabral. Cores e animação nĂŁo faltaram para a escola de samba, que gosta sempre de inovar e se destacar na passarela do samba.

â&#x20AC;&#x153;A estrutura montada para o Carnaval foi uma das melhores dos Ăşltimos anos, tudo bem organizado e bandas perfeitas durante as quatro noites de Carnaval, entretanto acho que a população de Cravinhos nĂŁo sabe usufruir o que ĂŠ oferecido a ela. Espero que possamos contar com mais festas e eventos desse porte em breveâ&#x20AC;?, comenta PatrĂ­cia Santana.


6iEDGRGHPDUoRGHÂ&#x2021;

Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;7

à guias do Samba mostrou o trabalho da Casa da Criança

A

escola Ă guias do Samba jĂĄ tem uma grande bagagem carnavalesca, uma vez que estĂĄ em Cravinhos hĂĄ mais de 30 anos. Durante todo esse tempo esteve em seu comando o carnavalesco Roosevelt JordĂŁo da Silva, ou simplesmente JordĂŁo, considerado uma referĂŞncia para todas as outras escolas que fazem parte do Carnaval de Cravinhos. Apesar de dizer que iria se aposentar, nĂŁo FRQVHJXLX ÂżFDU ORQJH GH VXD HVFROD GH VDPED por muito tempo, e no ano passado jĂĄ retornou ao seu comando. â&#x20AC;&#x153;Este ano todos puderam presenciar os â&#x20AC;&#x2DC;ĂĄguiasâ&#x20AC;&#x2122; voando na Rua XV de Novembro, e com o tema sobre a nossa querida Casa da Criança, porque se um dia a pessoa ainda nĂŁo passou por lĂĄ, com certeza terĂĄ alguĂŠm de sua famĂ­lia que passarĂĄâ&#x20AC;?, explica o carnavalesco JordĂŁo. A escola Ă guias do Samba sempre se destacou e a cada sua bateria traz uma inovação, jĂĄ que sempre vem com novos instrumentos e vĂĄrios instrumentistas. Nesse ano a escola passou pela Rua XV de Novembro com aproximadamente 120 componentes, que arrancaram muitos aplausos e saudaçþes das pessoas que foram prestigiar o evento. A jĂĄ tradicional ala das baianas recebeu aplausos em toda a extensĂŁo da passarela e para IHFKDUDDSUHVHQWDomRDFRQWHFHXRGHVÂżOHGDDOD show, que demonstrou todo o talento da mulher brasileira. Este ano a escola demonstrou em seu samba-enredo â&#x20AC;&#x153;Casa das Crianças: eu tambĂŠm passei por lĂĄâ&#x20AC;?, que contou com a participação de diversos diretores e voluntĂĄrios da instituição.

â&#x20AC;&#x153;Adorei o Carnaval de Cravinhos. Foi uma estrutura bem montada e muito organizada, gostaria de parabenizar a todos que estiveram a frente desse evento, e tambĂŠm dizer que foi Ăłtimo ver a possibilidade de tudo que foi consumido ali ser revertido para as entidades de nossa cidadeâ&#x20AC;?, diz Rita de CĂĄssia.


8Â&#x2021;(VSHFLDOGH&DUQDYDOÂ&#x2021;

Â&#x2021;6iEDGRGHPDUoRGH

Festa e animação

â&#x20AC;&#x153;Participei do Carnaval de Cravinhos todas as noites. Eu, meu namorado e amigos curtimos muito, tudo estava Ăłtimo e bem organizado. O prefeito [JosĂŠ Carlos Carrascosa dos Santos] estĂĄ de parabĂŠns pela festa que organizou e ao que ele proporcionou a todosâ&#x20AC;?, relata Monalisa Gomes.


jornal A Tribuna Regional de Cravinhos