Page 1

MATEMÁTICA BÁSICA

INTERDISCIPLINAR razão e proporção

Tales Alexandre Aversi-Ferreira


Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Aversi-Ferreira, Tales Alexandre Matemática básica interdisciplinar : razão e proporção / Tales Alexandre Aversi-Ferreira. - Campinas, SP : Editora Átomo, 2018.

ISBN 978-85-7670-285-6

1. Atividades e exercícios 2. Biologia Estudo e ensino 3. Física - Estudo e ensino 4. Interdisciplinaridade na educação 5. Matemática Estudo e ensino 6. Química - Estudo e ensino I. Título. 17-09849 CDD-500 Índices para catálogo sistemático:

1. Ciências exatas : Estudos interdisciplinares

500

Direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19.2.1998. É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização, por escrito, dos detentores dos direitos.

Todos os direitos reservados ao Grupo Átomo e Alínea Rua Tiradentes, 1053 - Guanabara - Campinas-SP CEP 13023-191 - PABX: (19) 3232.9340 / 3232.0047 www.atomoealinea.com.br Impresso no Brasil Foi feito o depósito legal


Agradeço a Deus pela imensa oportunidade da vida! Aos amados Roqueline e Emmanuel. Aos meus pais que me propiciaram a oportunidade do estudo. Aos queridos alunos, que têm devolvido o ensino na forma de carinho e respeito (turma do amor).


SUMÁRIO

CAPÍTULO 1

Noções sobre razão e proporção.....................................................7 Razão................................................................................................... 7 Operações com razões ou frações..................................................... 23 Proporção.......................................................................................... 38 Aplicações das noções de razão e proporção.................................... 47 Exercícios propostos......................................................................... 48 CAPÍTULO 2

Aplicações das Noções de Razão e Proporção na Matemática.....55 Comentários sobre aplicações das noções de razão e proporção na matemática................................................................ 55 Segmentos proporcionais – teorema de Tales de Mileto. Semelhança entre figuras planas.......... 56 Semelhança em figuras planas.......................................................... 61 Divisão em partes proporcionais....................................................... 75 Exercícios propostos......................................................................... 82 CAPÍTULO 3

Aplicações das Noções de Razão e Proporção na Biologia..........91 Comentários sobre as dimensões nos seres vivos............................. 91 Exercícios propostos....................................................................... 102


CAPÍTULO 4

Aplicação das Noções de Razão e Proporção na Química.........107 Comentários sobre o uso de razão e proporção na química............ 107 Densidade dos materiais.................................................................. 107 Exercícios propostos....................................................................... 125 CAPÍTULO 5

Aplicação das Noções de Razão e Proporção na Física..............135 Comentários sobre as noções de razão e proporção na física......... 135 Velocidade e aceleração escalar...................................................... 136 Nos estudos de óptica...................................................................... 141 Exercícios propostos....................................................................... 143


CAPÍTULO 01

NOÇÕES SOBRE RAZÃO E PROPORÇÃO

1.1 RAZÃO Conceitos gerais Razão é uma relação entre grandezas que pode ser representada por um quociente e, em alguns casos, por uma fração. Uma fração, como o nome indica, é parte de um todo, isto é, uma fração representa uma ou várias partes em que se divide um total considerado num dado problema real ou abstrato, logo, é também uma relação entre grandezas. As frações, portanto, são um tipo de razão. Para ilustrar um problema real, vejamos uma receita de suco escrita nas embalagens: ela foi feita por meio de várias tentativas de encontrar uma fração de cada ingrediente que gerasse um sabor a ser apreciado pelo maior número de consumidores. Por exemplo, para um refresco de manga formado por um suco concentrado de manga e água, podemos pensar na proporção volume do suco de manga/volume total do refresco [volume de água + volume de suco de manga], sendo o volume total o volume final do refresco (o todo dessa relação).

Matemática Básica Interdisciplinar: razão e proporção  

A crescente tendência de diminuição das cargas horárias nas instituições de ensino superior no Brasil torna mais difícil a transição dos alu...

Matemática Básica Interdisciplinar: razão e proporção  

A crescente tendência de diminuição das cargas horárias nas instituições de ensino superior no Brasil torna mais difícil a transição dos alu...

Advertisement