Page 1

#03

sexta-feira, 01/05/15

EU Nテグ ME DESPEDI DO FERNANDテグ Bolテュvar, ex-jogador do Internacional

LEIA E PASSE ADIANTE.


.TXT

É PRECISO IR EMBORA ALINE MAZZOCCHI

autora do antonianodiva.com.br

“Vou vir para cá!” Alex, jogador do Inter, para a torcida Gremista

Estava na festa de despedida de uma amiga, quando ouvi calada e com atenção seu dolorido discurso sobre o quanto ela se preocupava com a decisão de ir embora. Ela iria para Londres com tantas incertezas sobre cá e lá, que o intercâmbio mais parecia uma sentença ao exílio. Dentre dicas e conselhos reconfortantes de outras amigas, lembro-me de interromper a discussão de forma mais fria e prática do que gostaria: “Quando você estiver dentro daquele avião, olhar pra baixo e ver todas estas dúvidas e desculpas do tamanho de formigas, voltamos a falar. E você vai entrar naquele avião, nem que eu mesma te coloque nele”. Ela engoliu em seco e balançou a cabeça, afirmativa. Penso que, na ocasião, poderia ter adoçado o conselho. Mas fato é que a minha certeza era irredutível, tudo que ela precisava era de perspectiva.

É preciso ir embora. Ir embora é importante para que você entenda que você não é tão importante assim, que a vida segue, com ou sem você por perto. Pessoas nascem, morrem, casam, separam e resolvem os problemas que antes você acreditava só você resolver. É chocante e libertador – ninguém precisa de você pra seguir vivendo. Nem sua mãe, nem seu pai, nem seu ex-patrão, nem sua pegada, nem ninguém. Parece besteira, mas a maioria de nós tem uma noção bem distorcida da importância do próprio umbigo – novidade para quem sofre deste mal: ninguém é insubstituível ou imprescindível. Lide com isso.

“Esse papo de ‘que saudades de você, vamos nos ver uma hora’ é politicagem. Quem sente sua falta vai sempre sentir e agir.” ALISSON AGOSTINHO Nossa! Era o texto que eu precisava ler. Estou indo embora neste ano e milhões de coisas passam pela minha cabeça.

LUIZA IANKOSKI Caiu como uma luva pra mim. Estou saindo de casa, mudaramme de emprego e do que eu acreditava ser o amor da minha vida. A vida me mandou embora. Então, irei.

QUEM FAZ

ATL PAPER #03

2

É preciso ir embora. Ir embora é importante para que você veja que você é muito importante, sim! Seja por dois minutos, seja por dois anos, quem sente sua falta não sente menos ou mais porque você foi embora – apenas sente por mais tempo! O sentimento não muda. Algumas pessoas nunca vão esquecer o seu aniversário, você estando aqui ou na Austrália. Esse papo de “que saudades de você, vamos nos ver uma hora” é politicagem. Quem sente sua falta vai sempre sentir e agir. E não se preocupe, pois o filtro é natural. Vai ter sempre aquele seleto e especial grupo que vai terminar a frase “Que saudade de você…” com “por isso tô te mandando esse áudio”; ou “porque tá tocando a nossa música” ou “então comprei uma passagem” ou ainda “desce agora que tô passando aí”. Então, vá embora. Vá embora do trabalho que atormenta. Daquela relação que você sabe que não vai dar certo. Vá embora da galera que está presente quando convém. Vá embora da casa dos seus pais. Do seu país. Da sala. Vá embora. Por minutos, por anos ou pra vida. Se ausente, nem que seja pra encontrar com você mesmo. Quanto voltar – e se voltar – vai ver as coisas de outra perspectiva, lá de cima do avião. As desculpas e preocupações sempre vão existir. Basta você decidir encará-las como elas realmente são – do tamanho de formigas. Discorde, concorde, opine: atl.la/atltxt Editor da chalaça

Rodrigo Adams | @rodrigoadams (rodrigo.adams@zerohora.com.br)

Cabeça de Inovação Marcos Piangers @piangers

Projeto gráfico e rabiscos Noize Comunicação @revistanoize

Diretor artístico

Alexandre Fetter @realfetter

Diretora executiva RBS Rádios Fabiana Marcon

ATL Paper é uma publicação da Rede Atlântida, a maior produtora de conteúdo jovem do Sul do Brasil. Conteúdo digital: www.atlantida.com.br. Para anunciar, ligue (51)3218-5727.


COM A BOLA

O GENERAL E O MAJOR

Anderson Fetter e Omar Freitas


AMIZADE SEM CLUBE. NÃO. OS DOIS NÃO NEGAM TUDO O QUE VIVERAM NO INTERNACIONAL. ALIÁS, FOI DURANTE A ÉPOCA NO COLORADO QUE A AMIZADE SE ESTREITOU. BOLÍVAR FOI O CAPITÃO DO BICAMPEONATO DA AMÉRICA, E MAGRÃO VENCERIA A MAIOR BATALHA DE SUA VIDA. EM 2015, O GENERAL E O MAJOR ESTIVERAM NA BOA CAMPANHA DO NOVO HAMBURGO NO CAMPEONATO GAÚCHO. A CARA SÉRIA EM CAMPO FOI DESARMADA PELA GALERA DO BOLA ATLÂNTIDA, QUE ROLA TODA SEGUNDA-FEIRA, 20H, NA REDE ATLÂNTIDA. AMIZADE ENTRE GENERAL E O MAJOR

Bolívar e Magrão

Adams Essa parceria de vocês é dentro e fora de campo?

Potter A gente vai ver alguma coisa do Roger como treinador?

Magrão O Bolívar era uma das poucas pessoas que sabiam que eu tive um câncer. Nossas famílias são muito próximas. O filho dele tá começando a ir pra cima da minha filha, mas não vai dar certo. Eu já estava fechado com o Novo Hamburgo e o General foi comer um churrasco lá em casa. Falei que ia ligar para o presidente do Noia e ele ia comigo. Ele foi por causa da nossa amizade.

Bolívar Muita. É um cara que tem um trabalho de campo muito bom e vai se apresentar bem nos próximos anos.

Duda Nós convidamos o Bolívar para entrevista. Daí, ligamos pro Magrão e contamos que o General estava dentro, ele topou na hora.

Bolívar Eu assinei uma procuração com o Lelê agora e não vou poder. Kkkkkkk

Potter Vocês conseguiram resolver a vida financeiramente? Bolívar Eu sim... ... Magrão Nós podemos escolher onde jogar hoje. Queremos estar perto das famílias e viver próximos das coisas que gostamos. Foi a proposta que me levou para os Emirados que resolveu a minha vida. Piangers A torcida do Inter ainda lembra de vocês? Bolívar Com o passar dos anos, o assédio aumentou e é até maior do que na época em que eu estava no clube... ... Magrão Antes tinha o assédio por cobrança, agora é um saudosismo... ... Bolívar Jogador é lembrado quando ganha títulos. Potter Eu lembro de uma flauta que aconteceu com o filho do Bolívar (Talles). O guri ergueu mais taças que o Grêmio. Bolívar O Talles está com 14 anos. Na noite em que vencemos a Libertadores de 2010, eu estava dando uma entrevista sobre a nossa caminhada e comecei a ouvir uma voz fina no fundo. Eu olhei para trás e vi o guri dando entrevista, dizendo que era bicampeão da América. Quando eu vi, ele disse que o Grêmio jogaria a Segunda Divisão. Por causa disso, eu tive que buscar ele uma semana na escola. Kkkkkkk RESENHA E RISADA

Piangers Magrão, tu já chorou a dor de um corno? Magrão Não. Potter Tu achas que não, né? De guampa e Fusca ninguém foge. Magrão O problema é saber. Quem sabe é corno. Lele Bolívar, por que tu não bateste o último pênalti contra o Grêmio? Isso foi coisa do gremista do Roger. Magrão O Bolívar pipocou.

Adams Se viesse uma proposta da Zona Norte (Grêmio), aceitariam? Lelê Não, cara. Não vão aceitar. Eles não vão apagar a história deles, como o Giuliano fez.

Magrão Respeito muito o Grêmio, mas é complicado. Todo mundo sabe da grandeza do clube, mas não rola. Ramiro O que foi o sinal que tu fez após marcar o gol de pênalti na Arena?

“Não quero tapinha nas costas nem hashtag em redes sociais” Magrão

Magrão A gente tem grupo de Whatsapp com toda aquela turma de 2008. Saímos do treino e ficamos sempre conversando. Eu, Bolívar, Nilmar, Alex, D’Alessandro... Muita resenha, principalmente nas concentrações. Potter O que vocês enxergam do grupo atual do Inter? Bolívar Essa coisa que o Aguirre está fazendo de ter duas equipes em duas competições deixa difícil de ter uma sequência. Hoje, fica complicado dizer quem são os 11 titulares do Inter ou o esquema de jogo, por exemplo. A oscilação se deve a isso. O atleta gosta de jogar. A recuperação que os clubes disponibilizam é muito boa. Existe tempo de descanso. Também dá para chegar pro preparador físico e pedir para pegar leve no treino. (Bolívar disse isso antes dos 4 x 0 contra a La U, na Libertadores).

Bolívar Teve um caso com o falecido Fernandão, que na época era o treinador. Faltando dois meses para acabar o Brasileiro, tinha uma partida contra o Corinthians, e eu falei para os dirigentes que tinha uma situação (proposta) e, mesmo tendo mais um ano de contrato, não estava com a cabeça legal. Queria seguir me preparando e ir para o Botafogo. Aquilo foi aceito de uma maneira bacana. Na véspera da partida, fiz um recreativo e depois fui para Santa Cruz. Quando menos esperava, recebo uma ligação do Fernandão, dizendo que o Juan havia sentido uma lesão e que eu deveria estar no hotel, caso acontecesse algo. Eu disse a ele que não era nenhum menino. Não tinha como voltar de Santa Cruz e tinha dado o recado de que não ficaria mais no banco. Ele me questionou sobre o que falar para a imprensa e eu disse para dar a real sobre a conversa que tivemos. O Inter perdeu o jogo e ele foi questionado sobre mim. Fernandão disse que eu me recusei a jogar.

“Foi só uma brincadeira em cima de um xingamento.” Alex, jogador do Inter, explicando para o Blog do Bola a frase da página 2

Potter Vocês chegaram a conversar depois? Bolívar Sim. E o Luigi decidiu mandar ele embora e eu fiquei apenas treinando em Alvorada. Potter Depois que saíram do Inter também? Bolívar Não. Eu não falei com ele. Foi muito dolorido saber da morte do Fernandão. Tudo o que rola no vestiário fica para trás. Desde 2006 ele era um cara em quem eu me espelhava, e se hoje eu sou capitão das equipes por onde eu passo, devo muito a ele. Para mim foi muito triste. Não tenho mágoa dele, nem do Inter. Não me despedi do Fernandão. MAGRÃO, HERÓI DA VIDA

Piangers Cara, tu teve um câncer nos bagos?! Magrão Se distorceu muito a minha entrevista antes do jogo contra o Grêmio. Tá parecendo para muita gente que eu estou com câncer. Na época que eu descobri, eu não falei. Não queria que as pessoas soubessem. Eu faço acompanhamento desde 2011. No início, exames são feitos a cada três meses, depois seis, e, por fim, é anual. Isso deve ser feito até o quinto ano. Eu estou no quarto ano. Nas férias eu fiz um exame de rotina e deu uma alteração hormonal. Eu tomei um medicamento para estabilizar. Não sei explicar cientificamente, mas tenho todas as provas para me livrar do doping. Não tem como eu tomar bomba com esse corpo. Estou tranquilo com a defesa, e os médicos e advogados também. Eu estou curado do câncer. A diferença é que eu preciso monitorar. Eu tive o cagaço da vida quando descobri a doença. Ramiro Tu preferiste falar do que alguém imaginar que estava fazendo algo errado? Magrão Exato. A primeira coisa que pensam quando se fala em doping é o uso de drogas. “Olha a cara do Magrão. Deve cheirar.” Eu tenho família, cara. Me emocionei na entrevista, pois me lembrei da família. Na época, todo mundo com dó, minha filha chorando. É complicado. Voltei pro vestiário e pedi um tempo para dormir. Me ajeitei e fui pro jogo. Eu não quero tapinha nas costas, nem hashtag #ForçaMagrão.

FERNANDÃO X BOLÍVAR

Piangers Os caras te chamam de monobola?

Piangers Bolívar, o teu desligamento do Inter não foi legal. O que rolou?

Magrão Se chamar, o pau canta.

RODRIGO ADAMS, EDITOR DA CHALAÇA E BERRÃO Ficar de frente com Bolívar e Magrão serviu para cair ainda mais o rótulo de que jogador adversário é inimigo. São gente comum, que encontramos todos os dias nas viagens de ônibus e trem.

DUDA GARBI, ATLETA DA VÁRZEA GOURMET Fui eu que produzi a entrevista para o Bola Atlântida. Não conhecia o Magrão pessoalmente, apenas o Bolívar. Mesmo sendo gremista, o General é um dos jogadores que melhor me relaciono no meio do futebol.

5


MUSAS, CANIBALISMO E VINGADORES 3

SPOILER Foi assistir a Vingadores no cinema e ficou louco para saber como será o terceiro filme da franquia? Curiosamente, a resposta está em um game antigo. MarvelSuperHeroes – War of the Gems foi lançado para o Super Nintendo em 1995.O enredo gira em torno do que deve ocorrer nos próximos filmes. Manja a cena pós-créditos, quando Thanos aparece com uma luva? Aquilo é a Manopla do Infinito, onde serão acopladas as seis Joias do Infinito, as quais concedem poder ilimitado. As joias já começaram a aparecer nos filmes – uma delas está literalmente na cara do Visão, o novo herói que apareceu no cinema. Desculpa aí. Foto: Divulgação

+ Whatsapp sincero O QUE É UM SPOILER? É quando alguém conta algo de um filme e estraga a surpresa. Vem de spoil, que em inglês significa estragar.Essas e outras, toda segunda-feira no podcast do Infosfera, ao vivo, em atl.la.

FRASE DA SEMANA “É lordose!” (Celina Locks, namorada de Ronaldo Nazário, sobre a barriga do Fenômeno) Foto: Zé Paulo Cardeal, TV Globo

PIADIA DO TRABALHO

Baile da Favorita tava bem bom! Foto:Juliano Conci

Em uma entrevista de emprego, o dono da empresa pergunta: – Por acaso o senhor tem alguma recomendação da empresa onde trabalhava? – Claro que sim! – E qual é essa recomendação? – Eles me recomendaram que procurasse outra empresa.

MAIS FINAL (SE RECLAMAR, VAI TER MAIS!) Outra final que rola paralelamente ao clássico Gre-Nal é a da Musa do Gauchão 2015. A disputa está entre Débora Pagnoncelli, do Caxias, e Daniela Costa, do Aimoré. Fotos: Diego Guichard, globoesporte.com

OS NERD PIRA! Após 18 anos, Dragon Ball terá novo anime. A ToeiAnimation anunciou a nova produção que será escrita por Akira Toriyama, criador original da série. Foto: Reprodução, Dragon Ball

HAHAHAHAHAHA! O que é a meia idade ? É quando o trabalho dá menos prazer, e o prazer dá mais trabalho.

CANIBAL 1 Antes do avião cair, o canibalzinho pergunta: - Mamãe, pode comer aquele pássaro grande que tá caindo? - Só o recheio, meu filho.

6

CANIBAL 2

VERDADES ABSOLUTAS

Dois canibais conversam: - Eu não aguento mais o clima lá em casa. Não sei mais o que fazer com a minha mulher. - Quer que eu te empreste o livro de receitas?

Chefe inteligente + empregado inteligente = lucro Chefe inteligente + empregado burro = produção Chefe burro + empregado inteligente = promoção Chefe burro + empregado burro = hora extra


LISTA 4 JOGADORES QUE A DUPLA GRE-NAL CONTRATOU E FIZERAM OS INVESTIDORES (E TORCIDA) CHORAR

COLUNA DO SANT’ANINHA

ENCARNEM SÃO DANRLEI PARA O GRE-NAL

Nem sempre a dupla Gre-Nal acerta nas contratações. Aliás, mais erra do que acerta. Muitas negociações são feitas com apoio dos investidores, que acabam torrando dinheiro com pseudocraques. Relembre quatro jogadores recentes da dupla com os quais os

4

Genaro Jonear

3

Fernando Gomes

2

Bruno Alencastro

1

Lucas Uebel - gremio.net

investidores se deram mal.

Eu sou o Sant’Aninha e essa é a minha coluna. Meu Deus! Meu Deus! Mais um Gre-Nal em nossas vidas! Será que eu vou aguentar? Vocês querem me enlouquecer, definitivamente! Tu sabes que eu já sobrevivi a três cânceres. Eu podia pedir música no Fantástico de tanto câncer que eu já venci. Teve até quem dissesse que se eu me espreguiçar, Deus me puxa pelo braço e coloca o David Coimbra como meu substituto. É inacreditável!

1 Fernandinho (Três milhões de euros) Destacou-se no Grêmio Barueri, São Paulo e Atlético-MG. Após uma temporada no Al-Jazira, o Grêmio contratou o atleta. Deu no que deu. Não jogou nada, e está emprestado ao Hellas Verona, da Itália. 2 Máxi Rodriguez (Dois milhões de euros) Craque do modesto Montevidéo Wonderes, do Uruguai. Contratado pelo Grêmio em 2013, mas sempre se mostrou irregular e perdeu espaço. Foi emprestado ao Vasco e teve uma temporada média. Retornou e novamente repassado. Desta vez para a Universidad de Chile. 3 Luque (Três milhões de dólares) Contratado em 2014, era tido como a solução para a falta de velocidade do Inter, treinado por Abel Braga. Se machucou e somente este ano começou a receber chances, mas vem jogando uma bolinha curta. 4 Bustos (800 mil dólares) Contratado pelo Internacional em 2008. Jogou e foi arquivado. Ficou praticamente dois anos treinando em separado do resto do grupo colorado.

CURTIU A LISTA?! PASSA EM ATL.LA/BLOGDOBOLA E DÁ BOAS RISADAS COM A DUPLA GRE-NAL. BOLA ATLÂNTIDA, TODA SEGUNDA, ÀS 20H, NA REDE ATLÂNTIDA.

Já vejo que o Grê-mio ganhará nos pênaltis o Gauchão. Já estou rezando para São Danrlei de Deus. São Gallato. São Ki-di-a-baaaaa do Mazembe. Porque pior do que ganhar o Gauchão é perder o Gauchão. Eu que já indiquei o Barcos ao Grêmio, hoje torço para o Ibrian (Movic) Rodriguez. Ele sim deveria ter o apelido de Cebolla, porque até hoje só nos fez choraaaar. É inacreditável! Preteou o olho da gateada! Prete-ou o o-l-h-o da ga-te-ada. (respirando fundo...)

7


ATL Paper #3  

Nesta edição: Bolívar, Magrão, Viajar, Piadinhas do Dia do Trabalho e coluna do Sant'Aninha.

ATL Paper #3  

Nesta edição: Bolívar, Magrão, Viajar, Piadinhas do Dia do Trabalho e coluna do Sant'Aninha.

Advertisement