Issuu on Google+

Instituto Politécnico de Leiria Escola Superior de Saúde 24ª Turma de Enfermagem

Estudo de Caso Unidade curricular: Enfermagem ao Adulto Professora orientadora: Carla Damásio


Sumário 1.

IDENTIFICAÇÃO DO UTENTE 1.1 ANTECEDENTES PESSOAIS

2. HISTÓRIA DE SAÚDE (AVALIAÇÃO DAS NECESSIDADES BÁSICAS)

3. DIAGNÓSTICOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM

4. CONCLUSÃO


IDENTIFICAÇÃO DO DOENTE 20 ANOS

J.A.S

ESTUDANTE DE EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º ANO

PRATICANTE DE NATAÇÃO DE COMPETIÇÃO

Otites

Antecedentes pessoais

Dermatites atópicas Infeções respiratórias Altas


HISTÓRIA DE SAÚDE J.A.S

30/11/2012

(1º

contato

telefónico

com 31/11/2012 (no serviço de urgência do

Saúde24)

Centro de Saúde)

Temperatura axilar

37,7ºC

38ºC

Respiração

21 ciclos respiratórios por minuto

22 ciclos por minuto

Pulso

85 pulsações por minuto

90 pulsações por minuto

Tensão arterial

Não avaliada

115/60 mmHg

Dor de intensidade 2, tipo moinha, que evoluiu Sinais Vitais

para 7 após prática de natação, relacionada com otalgia à direita.

Dor

Dor de intensidade 4 Após hora e meia a intensidade da dor diminuiu para 5 após administração de analgésico de venda livre,

No ouvido direito: Prurido, sensibilidade ao puxar o pavilhão auricular e exsudado Avaliação Física

No ouvido direito: Prurido, sensibilidade ao

puxar pavilhão auricular

purulento com raios de sangue; Nos pés: apresenta algumas lesões descamativas nos espaços interdigitais, prurido e sensação de queimadura;

Avaliação sensorial

Não manifestava

Perda da acuidade auditiva à direita


AVALIAÇÃO DA SITUAÇÃO


DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS ESPERADOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM Diagnósticos

Hipertensão causada por ansiedade

Resultados Esperados

Intervenções de Enfermagem

Redução dos valores da Avaliar a situação da pressão sistólica e depressão; diastólica. Avaliar a adesão à terapêutica; Reforçar a importância da toma dos medicamentos para a ansiedade e para a hipertensão.


DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS ESPERADOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM Diagnósticos

Resultados Esperados Redução progressiva peso em 3 meses.

Excesso de peso

Intervenções de Enfermagem do Calcular, avaliar e interpretar o valor do Índice de Massa Corporal (IMC=32); Promover uma alimentação adequada às preferências pessoais e às necessidades; Salientar a importância e os benefícios para a saúde que advêm da prática diária de exercício físico.


DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS ESPERADOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM Diagnósticos

Processo de mastigação comprometido

Resultados Esperados

Intervenções de Enfermagem

Processo de mastigação Reforçar as vantagens da melhorado em 2 meses. ingestão de uma dieta menos consistente, tendo em conta a utilização da prótese dentária; Informar acerca de outras alternativas ao uso de prótese dentária .


DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS ESPERADOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM Diagnósticos

Resultados Esperados

Osteoporose em 6 meses.

Osteoporose Atual

Intervenções de Enfermagem

controlada Reforçar a importância da toma dos fármacos indicados para a osteoporose e que têm por base o cálcio; Promover a ingestão de leite e seus derivados .


DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS ESPERADOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM Diagnósticos

Capacidade de mobilidade comprometida

Resultados Esperados

Intervenções de Enfermagem

Manutenção da capacidade Promover a execução de de mobilidade em 6 meses. movimentos de dorsiflexão, uma vez que são benéficos para evitar fenómenos de tromboembolismo; Ensinar exercícios para aumentar a amplitude articular, adequados à idade da utente; Auxiliar na descoberta de posições de maior conforto.


DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS ESPERADOS E INTERVENÇÕES EM ENFERMAGEM Diagnósticos

Pele Seca

Resultados Esperados

Intervenções de Enfermagem

Pele mais suave e Reforçar a importância da hidratada dentro de 1 mês. ingestão diária de, pelo menos, 1,5 l de líquidos, principalmente água.


Referências Bibliográficas DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE – Francisco Gentil. [acedido a 11 de Maio de 2012]. Disponível na Internet: http://www.dgs.pt/?cn=651265136519AAAAAAAAAAAA INSTITUTO PORTUGUÊS DE ONCOLOGIA DE LISBOA – Francisco Gentil. [acedido a 11 de Maio de 2012]. Disponível na Internet: www.ipolisboa.minsaude.pt/Default.aspx?Tag=CONTENT&ContentId=1225 ORDEM DOS ENFERMEIROS – CIPE – Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem. Versão 2, Genebra: Lusodidacta, 2011

POTTER, Patrícia; PERRY, Anne – Fundamentos de Enfermagem Conceitos e procedimentos. 5.ª Edição, Loures: Lusociência, 2006.


OBRIGADA!


Estudo de caso