Page 1

FAMÍLIA. PROPRIEDADE. EMPRESA. PROTOCOLO DA FAMÍLIA Um consenso de três gerações sobre regras e acordos que precisam ser respeitados para a preservação das relações familiares e da reputação da família.


FAMÍLIA. PROPRIEDADE. EMPRESA. PROTOCOLO DA FAMÍLIA Um consenso de três gerações sobre regras e acordos que precisam ser respeitados para a preservação das relações familiares e da reputação da família.


CARTA DOS FUNDADORES O DESAFIO DO AMANHÃ

IMG

Não foram curtos, poucos ou sem percalços os caminhos que percorremos, em perspectiva, comparadas nossas origens áridas com a situação de relativo conforto em que ancoradas, contemporaneamente, nossas atividades empresariais. Deus é testemunha dos sacrifícios, vicissitudes e desafios – muitos – que enfrentamos e, com dignidade, foco, determinação e respeito ao próximo, logramos superar. E da consciente determinação de além de consolidar os negócios, construir, antes disso, uma família, na verdadeira acepção da expressão, razão de uma bandeira permanentemente hasteada em nosso pavilhão íntimo para cada membro da nossa envaidecedora descendência. Gentil Negócios é a prova de que a vida nos oferece muitas possibilidades, invariavelmente acompanhadas de suas dificuldades e peculiaridades. E, se não nos é dado alterar o ritmo próprio da história, coube-nos, através de escolhas, procurar acertar-lhe a direção, inovando também na conjugação família e negócios, de modo a perpetuar, tanto quanto possível, nossa particular e GENTIL história. Alicerçados nessas bases e valores, pensamos ter atingido, aos 50 anos, maturidade plena. A Família Gentil frutificou três filhos (Glícia, Glênia e Glauber) e seis netos (Filipi, Daniel, Rafael, Gabriella, Giovana e Gael). Passamos dos 800 colaboradores, estando presentes na maioria dos estados nordestinos, inserindo a segunda geração na gestão dos negócios.


Chegamos até aqui trilhando estradas muitas vezes incertas. Além dos problemas naturais da atividade comercial e empresarial, enfrentamos sempre com determinação os contratempos das crises econômicas e políticas do nosso País. Orgulhamo-nos, hoje, de ser fonte de renda e emprego de muitos e de procurar sempre a excelência do serviço que ofertamos à sociedade. Somos uma família empresária quando não uma família empresa. E assim, acreditamos, haveremos de permanecer pelas gerações futuras. Somos apaixonados pelo que fazemos e procuramos, sempre, contagiar os nossos colaboradores com esse sentimento de responsabilidade e de amor ao trabalho. O trabalho que nos dá dignidade e, assim como o amor e o respeito, serve para definir a Família Gentil. Não há, entretanto, paz, união, solidez, avanços e perenidade sem regras. Bem oportuno, assim, sob essa perspectiva, o material que se segue, acordo de família que compendia e detalha as bases comportamentais, de conduta e de valores que devem por todos ser adotadas, um legado para as descendências que se pretende as mais futuras. Ou “Eternas, enquanto durarem”, como diria o poeta. Não se enganem. Não vai ser fácil levar a Gentil Negócios a ultrapassar gerações e gerações. Tenham, entretanto, uma certeza: não é impossível! Para isso, bastante acreditar que a grande empresa da família Gentil é a Família Gentil. A cada geração, seu desafio. Antonio Gentil e Marluce Gentil


.EMOÇÃO .RELACIONAMENTO .MEMÓRIAS .AMOR .CONFIANÇA .IGUALDADE .INCLUSÃO


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


NOSSO OBJETIVO COMO FAMÍLIA

Fazer com que, a cada geração, cresça o valor da empresa de forma inovadora e em respeito à visão e dedicação dos seus fundadores.

FAMÍLIA E CULTURA MEMBROS DA FAMÍLIA GENTIL

Os membros de nossa família são Antonio e Marluce Gentil, seus descendentes, Glícia, Glênia, Glauber, Filipi, Daniel, Rafael, Giovana, Gael e Gabriella. Os respectivos noivo(a)s e cônjuges/companheiro(a)s fazem parte do que chamamos

Companheiro(a)s, noivo(a)s e namorado(a)s dos membros da família só poderão ser convidados a cada evento familiar a pedido de seus(suas) respectivo(a)s parceiro(a)s e mediante aprovação do Conselho de Família.


PERTENCIMENTO GRANDE FAMÍLIA GENTIL

ANTONIO

GLÍCIA

AMANDA

MARLUCE

GLÊNIA

FILIPI

DANIEL

RAFAEL

VANILSON

GABRIELLA

GLAUBER

GIOVANA

ADRIANA

GAEL


BREVE HISTÓRICO SOBRE O FUNDADOR Como a de muitos nordestinos, a história de Antonio Gentil é marcada por necessidades, espírito de luta e muito otimismo. Ainda menino, junto com sua mãe e irmãos, teve que sair da sua terra natal Campo Grande, cidade do sertão potiguar, fugindo de prolongado quadro de seca que, naquele ano de 1958, fustigava o Nordeste brasileiro.A família foi para a capital Natal, onde Antonio Gentil cresceu, construiu uma família e fez sua vida. Ainda menor, iniciou-se na atividade comercial como serviços gerais, na antiga Camisaria União, nela permanecendo até o final dos anos 1980, passando pelas funções de vendedor, gerente e sócio-diretor, quando saiu para montar seu próprio negócio. Criou a Tony Modas, que administrava uma revenda de confecções multimarcas e uma franquia de O Boticário, marca de perfumaria, então no início das suas operações. Hoje, a empresa guarda-chuva do grupo é a Gentil Negócios, especializada em administração de franquias, com pontos de venda no Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Maranhão. No final dos anos de 1990, Antonio Gentil voltou à sua terra natal e ajudou a construir e manter o Espaço Cultural Cleto Souza, embrião do Instituto Gentil. A entidade atende crianças sob o lema "Conhecimento que transforma" e dispõe de biblioteca, auditório, pinacoteca, museu, oficina de artesanato e escola de informática, ballet e de música, além de manter uma Orquestra Filarmônica. Também realiza cursos e palestras com foco no empreendedorismo e sustentabilidade.   Antonio Gentil integrou várias entidades de classe: foi diretor do Sindicato do Comércio Varejista , presidente da Câmara de Dirigentes Lojitas de Natal (CDL) e da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN (FCDLRN). Coordenou o Fórum Empresarial do RN e presidiu a Associação Comercial do Rio Grande do Norte.   Otimista e realizador, Gentil baliza sua vida em frases que utiliza como mantras, entre elas: “Tudo que se compra com dinheiro é barato: caro é respeito, honra e dignidade, que não se encontra  nas prateleiras do supermercado”; “É melhor dormir com fome do que acordar devendo”; e “Procure desenvolver a capacidade de se antecipar aos acontecimentos”.   Uma frase, entretanto, de autoria da mãe, Estela, marcou-lhe a vida, ensinando que a dignidade vem com o trabalho e, por isso, " nesta casa só entra fruto do nosso trabalho".


BREVE HISTÓRICO SOBRE A EMPRESA Gentil Negócios é uma empresa familiar, profissionalizada e especializada na gestão de franquias e varejo. Foi criada em 2010, consolidando um modelo empresarial em estratégia de franchising na região Nordeste, liderado desde 1980 pelo empresário e fundador Antônio Gentil. A empresa busca alinhar seus interesses comerciais às boas práticas de governança corporativa, ética e transparência, prezando pela otimização dos seus valores. É focada no sucesso de seus parceiros e adota um modelo inovador, rentável e em franco crescimento. Na sua missão de evoluir, valoriza as pessoas e aceita os desafios de realizar as oportunidades de negócios. Gentil Negócios tem atuação em cinco estados nordestinos e, atualmente, é administrada pela segunda geração familiar, composta por Glauber, Glênia e Glícia, filhos do sócio fundador. Com os olhos na perenidade dos negócios, a empresa já tem atuando no seu corpo funcional representantes da terceira geração.


ATITUDE E DECISÃO


NOSSO JEITO DE SER

Saber que nesta casa só entra o fruto do nosso trabalho – Ética. Fazer mais com menos, sendo eficaz, garantindo a qualidade e prosperando nas adversidades – Eficiência. Empoderar o conhecimento que transforma vidas – Conhecimento que transforma.

Ter a liberdade para dizer de forma gentil, respeitosa e transparente o que sente e pensa, sempre prevalecendo a verdade – Respeito, amor e confiança.

Buscar a excelência nos detalhes, pois o bom não nos satisfaz – Excelência. Sentir prazer em servir com atenção, reconhecimento e gratidão entre as gerações – Servir e cuidar com gratidão. Ter a consciência de que juntos somos mais fortes, pois qualquer atividade que envolva os membros desta família só é boa quando é boa para todos – União e integridade.


NOSSO PROPÓSITO ENQUANTO FAMÍLIA EMPRESÁRIA

Nosso propósito como família empresária é garantir a perpetuidade do legado da família Gentil; respeitar a diversidade de seus integrantes e o desenvolvimento de seus ativos humanos; valorizar o trabalho; inspirar pessoas por meio do exemplo e; gerar valor para a sociedade.

IMG


COMPORTAMENTOS ESPERADOS DOS MEMBROS DA FAMÍLIA E GRANDE FAMÍLIA REPRESENTAÇÃO DA FAMÍLIA

Para representar a família Gentil, é necessário ser membro do Conselho de Família ou Consultivo, preparar-se e submeter a apresentação ao Conselho de Família, a fim de manter discurso único.

RELAÇÕES COM PARTES INTERESSADAS (FORNECEDORES, CLIENTES, PARCEIROS, EMPREGADOS,GOVERNO, MÍDIA ETC.)

Nas relações com fornecedores, clientes, parceiros, empregados, governo, mídia e demais partes interessadas, cuidamos da confidencialidade dos assuntos, preservando a reputação e a imagem da nossa família. TRATANDO-SE DE RELAÇÕES COM PARTES INTERESSADAS, AS SEGUINTES RECOMENDAÇÕES DEVEM SER OBSERVADAS:

TEMAS QUE DEVERÃO SER PREVIAMENTE SUBMETIDOS AO CONSELHO DE FAMÍLIA:

. Participação como dirigente de time de futebol; . Fianças a indivíduos fora da família; . Candidaturas políticas; . Conselhos de administração ou consultivos de outras empresas; . Participação de familiares em atividades associativas . religiosas ou filantrópicas; LIMITES DE EMPRÉSTIMOS E DOAÇÕES QUE PODEM SER EFETUADOS SEM A ANUÊNCIA PRÉVIA DO CONSELHO DE FAMÍLIA (VALORES DE REFERÊNCIA EM SALÁRIOS MÍNIMOS).

. De membros da família para outros – 10 salários . De membros da família para membros da grande família – 50 salários . Da família para outros membros da família – 100 salários


COMPORTAMENTOS ESPERADOS DOS MEMBROS DA FAMÍLIA E GRANDE FAMÍLIA

VALORIZAMOS A LIDERANÇA PELO EXEMPLO E A COERÊNCIA ENTRE O DISCURSO E A PRÁTICA, POIS SOMOS GUARDIÕES DA REPUTAÇÃO DA FAMÍLIA GENTIL. ALÉM DISSO, POR RAZÕES DE SEGURANÇA E ASPECTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DO PAÍS, ESPERA-SE QUE A GRANDE FAMÍLIA – COMPANHEIROS, NOIVOS(A)S E NAMORADO(A)S – APRESENTE COMPORTAMENTO DISCRETO. DESSA FORMA, OS SEGUINTES COMPORTAMENTOS SÃO ESPERADOS:

. Respeitamos o uso de redes sociais de acordo as regras estabelecidas pela família. Usamos as redes sociais de acordo com as recomendações de privacidade e segurança (Anexo 1) com austeridade e sem excessos. . Usamos o bom senso, evitando comportamentos e consumos exuberantes. . Evitamos ostentar e divulgar nosso padrão de vida. . Evitamos o uso de palavras de baixo calão em reuniões de negócios e de família, bem como no convívio familiar. . Evitamos comentar ou divulgar aspectos de foro íntimo de membros da família, cônjuges, companheiros, noivos(as) e namorados(as). . Evitamos divulgar nas mídias sociais eventos, celebrações e viagens que tenham sido patrocinados pela família. A postagem de fotos do interior da residência de outro membro da família ou a promoção de produtos concorrentes não são recomendadas.

Cabe ao membro da família orientar seus cônjuges, companheiro(a)s, noivos(a)s e namorados(a)s com relação a essas recomendações.


PACTO ANTENUPCIAL, REGIME DE CASAMENTO, DIVÓRCIOS, SEPARAÇÃO E SUCESSÃO

REGIME DE CASAMENTO

A decisão pelo casamento envolve, num primeiro momento, aspectos não econômicos. A escolha é pautada, principalmente, no afeto e na vontade de constituir família. Entretanto, a partir da data de emissão da certidão de casamento ou da constituição da união estável, descrita abaixo, haverá consequências não apenas no âmbito pessoal, mas também quanto ao patrimônio possuído até o momento e o que será ainda construído futuramente. A fim de proteger o patrimônio pessoal e de toda a família, fica acordado que o regime oficial de casamento da família Gentil é o de separação convencional e total de bens. Sabemos que a propositura aos parceiros em realizar a escolha do regime de separação convencional de bens poderá ser má interpretada e tida como assunto delicado. No entanto, esse ato deve ser visto como uma proteção dos interesses individuais e coletivos.

UNIÃO ESTÁVEL E PACTO ANTENUPCIAL

A União estável, ao contrário do casamento, não precisa necessariamente de um ato formal para sua constituição. Esta é caracterizada quando o casal se une com o intuito de constituir família, com mútua convivência, passando a partilhar da vida em comum quanto às responsabilidades cotidianas. Deve haver convivência pública, contínua e duradoura do casal. Não há, no entanto, requisito quanto ao tempo do convívio ou necessidade de residirem juntos para sua caracterização. Resumidamente, podem-se elencar os seguintes requisitos para a caracterização da união estável: i) estabilidade na união; ii) continuidade na relação; iii) publicidade na convivência; e iv) objetivo do casal de constituir família. Assim sendo, quando a relação do casal evoluir, tendo em vista os requisitos acima enumerados, deverá ser necessariamente celebrado, através de escritura pública o contrato de união estável, sendo também eleito nesse documento o regime separação convencional de bens. Havendo intenção de conversão desse relacionamento em casamento, os noivos deverão celebrar o pacto antenupcial, efetuado através de escritura pública, antes do casamento, em que, novamente, deverá ser eleito o regime de separação convencional de bens. As disposições da escritura pública de pacto antenupcial somente terão validade com a realização do casamento.


PACTO ANTENUPCIAL, REGIME DE CASAMENTO, DIVÓRCIOS, SEPARAÇÃO E SUCESSÃO

SEPARAÇÃO/DIVÓRCIO OU DISSOLUÇÃO DE UNIÃO ESTÁVEL

Caso qualquer membro da família Gentil esteja envolvido ou tenha interesse em iniciar um processo de separação, divórcio ou dissolução de união estável, deverá dar conhecimento ao Conselho de Família o quanto antes possível, para que possa o colegiado avaliar o interesse e a conveniência em contratar um assessor jurídico para defender os interesses da Família Gentil e acompanhar todo o processo, formal e/ou informalmente.

SUCESSÃO

Quanto ao direito de sucessão (herança), sua disciplina é diferenciada, devendo o Conselho de Família criar as estruturas necessárias de proteção aos herdeiros, ao patrimônio e à gestão da Gentil Negócios no tocante a esse tema.

IMG


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


POLÍTICA PARA NOVOS NEGÓCIOS, NEGÓCIOS PESSOAIS E ATUAÇÕES PROFISSIONAIS PARALELAS

1

Membros da família não poderão atuar em negócios que sejam concorrentes aos da família.

2

Poderão montar negócios próprios membros da família e sócios da Gentil Negócios, desde que não estejam trabalhando nas empresas da Gentil Negócios.

3

Cuidamos para que os interesses pessoais não prejudiquem os interesses do grupo empresarial e da família empresária.

4

As atuações profissionais paralelas daqueles que trabalham na empresa devem ser avaliadas e gerenciadas pelo Conselho Consultivo, que poderá tomar as devidas medidas de precaução.

CONFLITO DE INTERESSES E REPRESENTAÇÃO DA EMPRESA Membros da grande família e enteados não poderão atuar na empresa como empregados, mas poderão prestar serviços para a Gentil Negócios, passando pelo mesmo processo de avaliação que outros fornecedores. Porém, o fato de ser da grande família deve contar como um aspecto prioritário no caso de empate com fornecedor que tenha a mesma qualidade de entrega.

Não se recomenda que membros da grande família participem direta ou indiretamente de negócios concorrentes. Casos excepcionais devem ser avaliados e aprovados pelo Conselho de Família.

Cônjuges não poderão usar os recursos e a infraestrutura da Gentil Negócios em prol de negócios próprios. Tampouco é permitido aos cônjuges exercer atividades comerciais dentro da empresa ou dar qualquer tipo de ordem a um colaborador da Gentil Negócios.


COMPORTAMENTOS ESPERADOS DOS MEMBROS DA FAMÍLIA E GRANDE FAMÍLIA

Os membros da família receberão salários de acordo com o mercado para suas funções na empresa. Logo, não receberão valores maiores nem menores do que a empresa aceitaria pagar para contratar empregados não pertencentes à família para executar as mesmas funções. Os salários serão determinados em plano estruturado de cargos e salários ou mediante a obtenção de assessoria independente a respeito do valor que seria necessário para atrair à empresa empregados não pertencentes à família para desempenhar função semelhante. Executivos pertencentes à família também receberão benefícios trabalhistas e planos de previdência comparáveis com os de outros empregados e estarão aptos aos mesmos bônus potenciais dos empregados não pertencentes à família para funções semelhantes (independentemente de o membro da família ser proprietário ou ter direito a dividendos).


BENEFÍCIOS E PRIVILÉGIOS PARA A FAMÍLIA

IMG

Cada núcleo familiar será responsável: (a) pela definição da alocação dos seus respectivos recursos financeiros, e, (b) pela compra e manutenção de imóveis e veículos para uso pessoal. No caso de representação da família em eventos sociais, o membro familiar deverá alinhar previamente a justificativa e a verba de representação adequada, a fim de cuidar da reputação do nome Gentil. Após cada evento, o membro da família Gentil deverá prestar contas das despesas incorridas para que seja reembolsado, conforme aplicável. Membros da grande família terão acesso a plano de saúde igualitário, cujo pagamento ficará a cargo do respectivo núcleo familiar.


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

Presidente: Antonio Integrantes: Glícia, Glênia Glauber Consultor indepedente

CONSELHO CONSULTIVO

CONSELHO DA FAMÍLIA

FAMILY OFFICE

Presidente: Marluce Integrantes: Glícia, Rafael, Adriana


CONSELHOS

CONSELHO DE FAMÍLIA

Poderão participar do CF membros da grande família a partir de 15 anos, como ouvintes, e a partir de 18 anos, na condição de efetivos.

SÃO TEMAS DA ALÇADA DESTE CONSELHO:

. Fazer a interface da família com os negócios e comunicar os principais acontecimentos empresariais aos familiares. Espera-se que sejam divulgados entre todos os membros da família temas estratégicos e de alta relevância (aquisição de novas praças, encerramento de uma marca etc.), a fim de evitar surpresas e garantir a equidade das informações. . Zelar pelos valores, pelo legado e pela conduta da família. . Promover a formação das próximas gerações. . Planejar o Convergent. . Planejar viagens e eventos em família. . Estimular e promover o convívio com outras famílias empresárias. . Definir política de remuneração e aposentadoria. . Recomendar membros da família como ouvintes do Conselho Consultivo.


CONSELHOS

CONSELHO CONSULTIVO

OBJETIVOS

. Fornecer orientação geral à respeito dos negócios e da gestão da empresa. . Manifestar-se sobre a constituição de novas sociedades, sobre a transformação das atuais e sobre o ingresso ou retirada no capital de outras sociedades, consórcios, instituições, fundações e outras entidades. . Autorizar a abertura e o encerramento de filiais. . Tomar deliberações de alta relevância societária sobre: 1. Todo e qualquer processo de fusão, cisão, incorporação, compra ou venda de empresas e estabelecimentos comerciais, ou incorporação de ações envolvendo a sociedade e/ou entidades por ela controladas, bem como transferência de parte substancial dos seus ativos. 2. Compra, venda ou qualquer outra transação envolvendo a participação da sociedade no capital de outras empresas, constituição de sociedades, associações ou joint ventures com terceiros. 3. Venda, troca, oneração ou alienação, por qualquer forma, de bens imóveis da sociedade. 4. Contratação de endividamento sob a forma de empréstimo, emissão de títulos, assunção de dívida ou qualquer outro negócio jurídico que afete a estrutura de capital da empresa. 5. Pedido de falência, plano de recuperação extrajudicial ou judicial da Sociedade.


CONSELHOS

CONSELHO CONSULTIVO

OBJETIVOS

. Manifestar-se sobre propostas de alteração do capital social. . Opinar sobre contratos a serem celebrados pela empresa. . Manifestar-se sobre propositura de ações judiciais e celebração de acordos envolvendo a empresa. . Eleger, avaliar e destituir o CEO, fixar-lhe as atribuições, a remuneração e as diretrizes e políticas de benefícios que lhes serão concedidos. . Opinar sobre contratações de diretores apresentadas pelo CEO, impedindo as que julgar inadequadas. . Fixar as atribuições, as remunerações e as diretrizes e políticas de benefícios relacionadas ao quadro executivo. . Acompanhar a gestão e os trabalhos das diretorias. . Manifestar-se sobre o estabelecimento das alçadas dos diretores. . Aprovar ou modificar os planos estratégicos, os planos de investimentos e os orçamentos anuais, bem como diretrizes de gestão propostas pelas diretorias da empresa. . Aprovar as políticas financeiras e as de gestão de riscos da empresa. . Escolher os auditores externos independentes e recomendável for, do mandato que lhes for outorgado.

destituí-los,

se


CONSELHOS

CONSELHO CONSULTIVO

OBJETIVOS

. Deliberar sobre os sistemas de controles internos abrangendo todos os processos das áreas operacionais e de apoio, tomar conhecimento de seus relatórios e determinar a adoção de medidas recomendáveis, objetivando plena segurança sobre os dados e os resultados da empresa. . Acompanhar e fazer recomendações sobre os resultados das empresas e seu fluxo de caixa. . Manifestar-se sobre as alçadas e as procurações outorgadas em nome daempresa e a extensão dos poderes conferidos ao presidente e a diretores para o exercício de suas funções. . Decidir sobre quaisquer matérias que não sejam da competência das diretorias ou que ultrapassem o limite de suas alçadas, bem como sobre outras atribuições definidas em lei, no contrato social, no acordo de sócios ou em suas eventuais alterações. . Manifestar-se sobre normas internas que definem operações relevantes eaprovar o código de conduta da empresa e suas alterações. . Aprovar alterações no regimento interno do Conselho Consultivo, respeitando a legislação vigente e o contrato social. . Aprovar a estrutura de capital e a distribuição de dividendos. . Liderar processo sucessório de conselheiros. . Aprovar a política de transação com as partes relacionadas. . Aprovar a política de gestão de pessoas.


PLANO DE SUCESSÃO (CONSELHEIROS E EXECUTIVOS)

PASSO 1

Conhecer os desafios estratégicos da Gentil Negócios, levando em consideração questões internas da organização e o cenário externo.

PASSO 2

Tendo em vista a listagem de desafios acima, identificar os pré-requisitos para a liderança da Gentil Negócios.

PASSO 3

Verificar candidatos internos que possam ocupar o cargo (se não identificado um candidato, vá para o passo 5).

PASSO 4

Avaliar perfis e competências dos candidatos internos e criar plano de desenvolvimento para estes, caso sejam identificadas lacunas de competência e conhecimento. (seguir para passo 6)

PASSO 5

Procurar candidatos fora da Gentil Negócios.

PASSO 6

Avaliar e escolher.

PASSO 7

Estabelecer prazo para a transição.

PASSO 8

Desenvolver plano de comunicação da transição.

NOTA: O Conselho Consultivo é responsável pela seleção, avaliação e sucessão dos líderes da família no negócio. Os sucedidos devem buscar sinalizar a intenção de saída com antecedência de pelo menos 4 anos.


ASSEMBLEIA FAMILIAR E LAZER EM FAMÍLIA

O Convergent é o encontro anual da família Gentil cujo foco é promover a integração entre seus membros, compartilhar e ampliar conhecimentos. Sempre que necessário, poderá ocorrer com maior frequência. A grande família poderá se reunir ao menos uma vez por ano, com o objetivo de fortalecer os laços e a convivência. Os encontros de família devem ser sempre separados dos encontros de negócio, salvo decisão extraordinária do Conselho de Família. Fica estabelecido que a reunião ordinária do Convergent deverá ocorrer anualmente no feriado de Tiradentes. As reuniões extraordinárias poderão ser convocadas a qualquer tempo.


MECANISMO PARA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

A família Gentil considera que há consenso quando todos têm a oportunidade de expressar sua opinião, sentem-se ouvidos, conseguem conviver com a decisão tomada e a apoiam. Dessa forma, em caso de dificuldades de obter consenso sobre determinado tema, a família contará com a mediação do Presidente do Conselho de Família e, se necessário, um mediador externo será contratado pontualmente. Casos de descumprimento do protocolo de família deverão ser avaliados pelo Conselho de Família para aplicação de advertências e sanções, de acordo com a sua gravidade. Tão logo tome conhecimento de qualquer descumprimento do Protocolo da Família, o membro deverá comunicá-lo formalmente ao Conselho de Família.

Poderão ser considerados como mediadores, em caso de necessidade: Mary Nicoliello e Jorge Galvão.


MECANISMO PARA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

COMUNICAÇÃO DIRETA

RECESSO

CONSELHO DE FAMÍLIA

. As partes tentam resolver o conflito diretamente, de acordo com o protocolo de conduta da família. . Partes conflitantes reunirão esforços para resolver o conflito diretamente, de forma privada e imbuídas de generosidade, colocando o orgulho de lado e a unidade familiar em primeiro lugar.

Cada parte concorda, ativamente, em pausar as discussões para “esfriar a cabeça” por um período de poucas horas ou até 15 dias, dependendo da urgência do assunto. Esse recesso servirá para reflexão e solução do conflito.

Se o período de recesso não trouxer uma solução para o conflito, o caso será levado ao Conselho de Família, que poderá contar com a ajuda de um mediador (não envolvido diretamente no conflito) e proferirá sua decisão em 30 dias. O Conselho atuará dentro de suas funções, e suas discussões são confidencias em relação a terceiros. Se necessário, o Conselho poderá utilizar consultores externos. Sua decisão é final.

CONFLITO RESOLVIDO?

SIM

NÃO

CONFLITO RESOLVIDO?

SIM

NÃO

CONFLITO RESOLVIDO?

SIM


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


ACIONISTA RESPONSÁVEL

Nossa família acredita que todo membro familiar sanguíneo deverá estar preparado para assumir seu papel de sócio de forma responsável, independentemente de suas escolhas profissionais. Para isso, estimularemos a educação por meio de experiências e programas estruturados e recomendados por faixa etária. O programa de sócios Gentil pretende ter o Conselho de Família como guardião e incentivador da participação de todos os futuros sócios, sendo cada membro o protagonista da própria carreira e do seu desenvolvimento. No momento da estruturação do Conselho de Família, uma consultoria externa poderá ser contratada para ser a guardiã do programa temporariamente. O sócio responsável deve edificar os valores da família, zelar pela imagem, agregar valor aos negócios, honrar e contribuir com a perpetuidade do legado do nosso fundador, valorizando sempre o interesse coletivo acima do individual. Obs.: O membro indicado como ponte na família Gentil para cuidar da governança familiar e dar vida ao protocolo é Glícia, com o apoio do Dr. Jorge Galvão.

TRILHAS DE CARREIRA

Cada membro da família poderá seguir a trilha de carreira que faça mais sentido, de acordo com o seu perfil e visão de futuro profissional, sempre buscando desenvolver seu talento.

ESTÁGIARIO

TRAINEE

EXECUTIVO

EMPREENDEDOR DE NEGÓCIOS

ACADÊMICO

CONSELHEIRO

EMPREENDEDOR SOCIAL OU GESTOR INSTITUTO GENTIL


TRILHAS DE CARREIRA

CADA OPÇÃO DE CARREIRA DEMANDA RESPONSABILIDADES, PERFIL E QUALIFICAÇÃO DIFERENTES

CONSELHEIRO:

. Participação nas decisões estratégicas do grupo. . Ligação íntima com os valores e a cultura da família. EXECUTIVO:

. Atuação direta nas unidades organizacionais ou no corpo executivo do grupo. . Entendimento do negócio de atuação. FORA DO GRUPO:

. Possibilidade de atuação profissional em outra atividade fora do grupo. . Atuação como forte interessado no sucesso da operação.


PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO ACIONISTA

PARCERIAS E ATIVIDADES DE DESENVOLVIMENTO POR FAIXA ETÁRIA

GRADUAÇÃO/MBA GRADUAÇÃO/MBA GRADUAÇÃO ENSINO MÉDIO VISÃO DE MUNDO LAÇOS E VALORES MENORES DE 15 ANOS

AUTOCONHECIMENTO ATÉ 15 ANOS

VISÃO DE NEGÓCIOS LIDERANÇA

AUTONOMIA E RESPONSABILIDADE ATÉ 25 ANOS

ATÉ 35 ANOS

VISÃO ESTRÁTEGICA GOVERNANÇA ACIMA DE 35 ANOS


REGRAS DE ENTRADA NO NEGÓCIO

Os membros da família serão incentivados a obter uma boa formação e a correr atrás de seus sonhos, onde quer que eles estejam. Não se espera que alguém trabalhe na empresa familiar apenas por fazer parte da família. A família acredita que é mais importante seguir uma paixão, utilizar suas habilidades e tornar-se autossuficiente. No entanto, a fim de preparar os membros da família para serem proprietários experientes e ajudá-los a definir se têm interesse em trabalhar na empresa familiar, será oferecido a eles um programa de estágio estruturado. Esse trabalho servirá mais como "orientação" e "familiarização" do que uma suposta preparação para a carreira na empresa. As funções e responsabilidades dos empregados pertencentes à família serão determinadas na descrição do cargo elaborada pela empresa como ocorre para qualquer outro profissional da empresa, a fim de evitar que eles sejam favorecidos por membros da família que integrem a administração Não serão “criados” cargos para os membros da família. Eles somente receberão ofertas de emprego quando houver uma função legítima, oportunidade ou vaga na empresa. A fim de não “sobrecarregar” a empresa com empregados pertencentes à família e devido à complexidade que pode surgir quando há um número vasto de empregados pertencentes à família, a empresa adotará uma política de “não cônjuges” (ou seja, cônjuges não podem assumir cargos na empresa). Exceções serão avaliadas pelo Conselho Consultivo e pelo Conselho de Família.


REGRAS DE ENTRADA NO NEGÓCIO

Poderão atuar na Gentil Negócios membros sanguíneos da família em diferentes momentos de carreira, desde que cumpram todos os requisitos da posição a ser ocupada, bem como suas políticas, processos e regime de horas de trabalho.

PORTA DE ENTRADA

REQUISITOS

AVALIAÇÃO

. Cursando a universidade.

Estágio ou estágio de férias

. Ter um programa definido de atividades para o período de estágio nas localidades onde a Gentil Negócios possui atividade. . Cumprir as normas e políticas da Gentil Negócios.

. Ao término do programa apresentar um relatório indicando os conhecimentos e resultados adquiridos.

. Ter um mentor que possa acompanha-lo e contribuir com seu desenvolvimento durante o programa.

. Graduação concluída há no máximo de 2 anos.

Trainee

. Programa de job-rotation conhecendo e atuando em todas as áreas da Gentil Negócios.

. Ao término do programa desenvolver um projeto e apresentar seu impacto e resultados para o Conselho.

. Graduado.

Executivo

. Processo de assesment sendo avaliado por um profissional externo de RH com o objetivo de aloca-lo em uma posição onde possa atuar em seu melhor talento trazendo maior contribuição para a Gentil Negócios sem deixar de lado sua realização profissional. . É recomendável experiência em outra empresa para o desenvolvimento de habilidades e competências que agreguem valor à sua carreira e à Gentil Negócios.

Avaliação de desempenho formal padrão da Gentil Negócios para todos os executivos de seu nível.

. Atuar como ouvinte ou membro efetivo, podendo se candidatar ou ser convidado pelo Conselho de Família ou Consultivo. . Graduação completa.

Conselheiro

. Cumprir o programa de formação do acionista adequado para sua faixa etária. . Mínimo de 3 anos de experiência profissional (trainee ou efetivo). . Formação para o respectivo Conselho.

. Avaliação de desempenho dos conselheiros.


AFASTAMENTO SÚBITO DE EXECUTIVO DA FAMÍLIA

Se um executivo da família, subitamente, ficar impossibilitado de executar sua função na empresa, o RH deverá avaliar a situação e validar um plano de ação com o Conselho Consultivo para substituição temporária ou permanente, de acordo com cada caso e considerando o plano de sucessão da empresa. Caso o CEO fique impossibilitado de prover a liderança da empresa, o Conselho Consultivo deverá deliberar quem o substituirá, interinamente, definindo, em seis meses, um novo CEO.


DESLIGAMENTO DE MEMBROS DA FAMÍLIA QUE ATUEM NO NEGÓCIO O desempenho dos membros da família empregados pela empresa será avaliado sob os mesmos critérios dos empregados não pertencentes à família. Todos os empregados pertencentes à família receberão uma avaliação formal e individual de desempenho realizada por um supervisor não pertencente à família, pelo menos uma vez por ano (ou com maior frequência). Se um membro da família não obtiver um desempenho aceitável, ele será notificado formalmente, por escrito, e será alertado de que seu trabalho está em risco. Ele também será orientado sobre o que precisa ser mudado a fim de permanecer empregado e quanto tempo será oferecido para adequar seu desempenho. Além disso, contará com um profissional externo (coach) para apoiar seu desenvolvimento e a recuperação do seu desempenho. Um membro da família que não atender às expectativas poderá receber até três avisos, porém, no mínimo, duas advertências por escrito antes de ser desligado da empresa. Em casos de membros da família que atuem no negócio e tenham avaliação de desempenho formal da Gentil Negócios abaixo das expectativas para a posição ocupada, o RH da Gentil Negócios poderá procurar uma consultoria externa para avaliar a posição e o desempenho do membro familiar executivo, propondo e acompanhando um plano de desenvolvimento individual no período de um ano e, caso não haja evolução na próxima avaliação formal da Gentil Negócios, submeter o desligamento ao Conselho Consultivo.

APOSENTADORIA DE MEMBROS DA FAMÍLIA CRITÉRIOS PARA APOSENTADORIA DE MEMBRO FAMILIAR NO NEGÓCIO

Os membros da família empregados pela empresa há pelo menos 25 anos (não necessariamente consecutivos) serão incentivados a planejar a aposentadoria para quando tiverem entre 55 e 65 anos. A data planejada ou prevista para a aposentadoria deve ser comunicada com, pelo menos quatro anos de antecedência, a fim de permitir que a empresa planeje a sucessão de forma adequada até os 65 anos de idade dele. O fundo familiar arcará com os custos do programa de previdência privada para cada membro familiar que atue na empresa. Além do tempo/idade, deve-se considerar o aspecto de segurança financeira e sucessão da posição do executivo a se aposentar. NOTA: Para membros do Conselho, será considerada a idade de até 80 anos para aposentadoria.


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


INVENSTIMENTO COM RESPONSABILIDADE SOCIAL

Sem filantropia, mas com responsabilidade social.

INPUTS . Maior interação entre a empresa e o Instituto Gentil, criando um programa de meritocracia que ofereça a oportunidade de estágio aos alunos do ensino formal com melhores desempenhos escolares; . Ensinar que o trabalho dá dignidade e contribui para formar o cidadão; . Estender as ações e programas do Instituto Gentil às localidades em que Gentil Negócios atue; . Envolver todos os membros da família Gentil, inclusive e principalmente os mais jovens, nas ações do Instituto, para que assimilem a boa prática da Responsabilidade Social.


INPUTS . Maior interação entre a empresa e o Instituto Gentil, criando um programa de meritocracia que ofereça a oportunidade de estágio aos alunos do ensino formal com melhores desempenhos escolares;

. Ensinar que o trabalho dá dignidade e contribui para formar o cidadão;

. Estender as ações e programas do Instituto Gentil às localidades em que Gentil Negócios atue;

. Envolver todos os membros da família Gentil, inclusive e principalmente os mais jovens, nas ações do Instituto, para que assimilem a boa prática da Responsabilidade Social.


REVISÃO PERIÓDICA DO PROTOCOLO

O protocolo é um documento vivo que, a cada 5 anos, precisa ter seu conteúdo atualizado para refletir novas necessidades criadas pela evolução dos negócios, das gerações e da cultura da família empresária. A revisão periódica também é importante como fonte de aprendizado e desenvolvimento da família. À medida que o documento é refinado, a família evolui e seus relacionamentos amadurecem. Sempre que houver lacunas nas disposições, a tradição e os bons costumes, aliados aos princípios e aos valores estampados no documento, garantirão um norte para a família. Mas, em situações excepcionais, talvez seja necessário rever o protocolo fora dos prazos previamente estabelecidos. É o que pode acontecer, por exemplo, no caso de uma crise que atinja a empresa, de morte inesperada de um dos membros da família ou quando um divórcio acabar levando a processos patrimoniais que afetem a empresa. Em resumo, o protocolo deve ser revisto em qualquer situação de prejuízo iminente e que não seja possível esperar o prazo inicialmente estabelecido. A periodicidade estabelecida não deve constituir, no entanto, um impedimento para que os familiares revejam o documento antes do prazo previsto.


1

FAMÍLIA E CULTURA

2

5 6

pg. xx

NEGÓCIOS

pg. xx

3

ESTRUTURA DE GOVERNANÇA

4

FORMAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE ACIONISTAS pg. xx

pg. xx

INVESTIMENTOS SOCIAL E FILATRONPIA pg. xx

ANEXOS

pg. xx


REDES SOCIAIS CONFIGURAÇÕES DE SEGURANÇA

IMG

A linha que divide as informações públicas das privadas está cada vez mais tênue, considerando que todos os conteúdos publicados em canais eletrônicos são passíveis de rastreamento, reprodução e compartilhamento. Além disso, a mesma rede que facilita o acesso à informação e aproxima pessoas também pode ser usada de maneira inadequada e perigosa. Portanto, a proteção de dados é fundamental em todo e qualquer tipo de uso de plataformas de comunicação on-line.


REDES SOCIAIS CONFIGURAÇÕES DE SEGURANÇA

ITENS A SEREM REVISADOS PELOS USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS: HISTÓRICO DE NAVEGAÇÃO:

. Crie o hábito de apagar o seu histórico de navegação regularmente. Da mesma forma, adeque as configurações do seu navegador para que o cache seja automaticamente apagado a cada sessão. Assim, você evitará que os dispositivos utilizados para acesso sejam monitorados on-line. APLICATIVOS:

. Visite regularmente as configurações de seus dispositivos para checar quais aplicativos estão usando dados das suas redes sociais. Essa avaliação pode fazer com que você pare de fornecer informações sobre o seu comportamento on-line a empresas ou pessoas má intencionadas. LOGIN/SENHA:

. Crie senhas de difícil reprodução, ou seja, não use datas comemorativas, nomes de parentes/amigos/relacionamentos nem sequencias numéricas óbvias (ex.: 123456). Não salve suas senhas nos dispositivos móveis que acessar, ou formulários que preencher na internet, pois isso facilita o acesso de invasores CONFIGURAÇÕES DAS REDES SOCIAIS:

. Saiba como funciona cada rede de que você fizer parte. Ou seja, sempre estude quais são as opções de visualização, edição, marcação e geolocalização disponíveis na plataforma para que você use os recursos conscientemente. Algumas redes sociais têm o perfil público como padrão. Sempre opte por restringir o acesso aos seus dados, fotos, vídeos e textos a um grupo específico de pessoas para que a exposição não seja desnecessária e/ou inadequada. Lembre-se de que todas as atividades das redes sociais ficam atreladas ao seu nome e que os seus dados podem ser armazenados em servidores de terceiros. Portanto, apenas divida na rede conteúdos que não trabalhem contra você e a reputação da família Gentil – hoje ou no futuro.


REDES SOCIAIS CONFIGURAÇÕES DE SEGURANÇA

ITENS A SEREM REVISADOS PELOS USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS: GEOLOCALIZAÇÃO:

. Evite compartilhar com a sua rede onde você está – ou para onde vai. Esse recurso pode ser usado maliciosamente por criminosos, ou até mesmo revelar alguma informação importante sobre seu negócio: como operações novas, fusões, aquisições, contratação de novos fornecedores e novas parcerias. Atente também para a frequência de marcação de lugares visitados, o que pode indicar um comportamento padrão e deixar sua postagem pública para quem visitar a página do local. APLICATIVOS:

. Cuidado com a exposição da sua imagem por meio de recursos audiovisuais. Evite ostentar bens, expor pessoas (sejam elas de seu convívio ou não) ou elementos que possam gerar qualquer risco de imagem à reputação da família Gentil e à Gentil Negócios e seus executivos. GERENCIAMENTO DE PRESENÇA ON-LINE:

. Assim como uma marca empresarial, é necessário zelar e monitorar o que vem sendo dito a seu respeito, ou seja, do seu nome. Por essa razão, esteja sempre atento(a) aos resultados que aparecem ao digitar o seu nome nas buscas do Google.


REDES SOCIAIS PÁGINAS/PERFIS PESSOAIS

Ao participar das mídias sociais, todos os membros da família assumem a responsabilidade e o compromisso de prezar pelos valores da família, ética, sigilo profissional, respeito e reputação da família e da Gentil Negócios, buscando garantir a segurança de seus membros e a privacidade de informações relevantes.

ALGUMAS DICAS: . Ao publicar em suas páginas pessoais, procure avaliar se o conteúdo pode de alguma forma impactar a reputação da família Gentil ou da Gentil Negócios. . Ao marcar lugares em suas publicações, lembre-se de que seu post se torna público àqueles que acessarem a página do local marcado. . Verifique com cuidado o que você está assinando ao aceitar os termos e condições de um site de redes sociais ou blogs, pois você pode dar direitos a outras partes. . Cuidado ao citar e marcar membros familiares, clientes ou fornecedores, especialmente quando a relação estiver explícita. . Considere sempre a relevância da confidencialidade e do sigilo profissional em suas publicações.


REDES SOCIAIS PÁGINAS/PERFIS PESSOAIS

FACEBOOK

Site de compartilhamento social mais acessado do mundo com bilhões de usuários ativos mensais, que podem participar de redes organizadas por cidade, trabalho, escola, região, tema de interesse etc. As pessoas também podem adicionar amigos, enviar mensagens, fotos, vídeos, entre outras funcionalidades. Idade mínima para participação: 13 anos.

INSTAGRAM

Rede social on-line de compartilhamento de fotos e vídeos que permite a aplicação de filtros digitais em todo o conteúdo carregado. Tem milhões de usuários ativos no mundo diariamente. Idade mínima para participação: 13 anos. TWITTER

É um serviço de microblogging que permite aos seus autores o envio e a leitura de mensagens conhecidas como tweets. Elas podem ter até 280 caracteres e são enviadas automaticamente aos assinantes da página, conhecidos como “seguidores”. Ao redor do mundo, o Twitter tem milhões de usuários únicos, sendo que 83% dos líderes políticos mundiais já estão presentes na rede. Idade mínima para participação: 13 anos . GOOGLE +

Lançada em 2011, a rede permite estabelecer conexões com outras pessoas e interesses, além de compartilhar conteúdo e fotos, criar eventos e realizar videoconferências. Os brasileiros representam 6% dos usuários totais, ficando atrás apenas dos indianos (18% dos usuários) e dos estadunidenses (55%). Idade mínima para participação: 13 anos.

OBS: Caberá aos pais se responsabilizar pelo uso das redes sociais por menores.


REDES SOCIAIS PÁGINAS/PERFIS PESSOAIS

SNAPCHAT

Com milhões de usuários diários, o aplicativo serve para trocar mensagens, fotos  e vídeos instantâneos gravados através do próprio aparelho. O diferencial é a obrigação de determinar uma duração para os “snaps” enviados aos destinatários. Dessa forma, o conteúdo não fica salvo no dispositivo de outros usuários. Idade mínima para participação: 13 anos

LINKEDIN

É uma rede de negócios com milhões de usuários ativos no Brasil. O propósito do site é permitir que os usuários registrados possam manter uma lista detalhada dos contatos de pessoas que conheçam ou de empresas em que confiam e/ou admiram, estabelecendo networking. Idade mínima para participação: 13 anos . WHATSAPP

Aplicativo utilizado por 30% da população brasileira para a troca de mensagens de texto instantâneas, além de vídeos, fotos e arquivos de áudio, através de uma conexão via internet. Idade mínima para participação: 16 anos . MESSENGER

Segundo aplicativo mais procurado no sistema operacional Android, ficando atrás apenas do WhatsApp. Utilizado para troca de mensagens instantâneas com usuários do Facebook. Tem recursos de bate-papo, troca de arquivos multimídia, ligações de voz e chamadas de vídeo. Idade mínima para participação: 13 anos .

OBS: Caberá aos pais se responsabilizar pelo uso das redes sociais por menores.


REDES SOCIAIS PÁGINAS/PERFIS PESSOAIS

SKYPE

Software com milhões de usuários ativos no mundo que permite a comunicação pela internet através de conexões de voz e/ou de vídeo. O Skype também é um dos programas mais difundidos na atualidade, sendo utilizado por cerca de 15% da população brasileira. Idade mínima para participação: 13 anos

YOUTUBE

Segunda maior rede social acessada no país, trata-se de uma plataforma de upload/download e compartilhamento de vídeos. Idade mínima para participação: não é preciso se cadastrar para visualizar os conteúdos. Conteúdos marcados como adultos não são exibidos para usuários sem login e usuários logados com cadastro que não têm a idade mínima de 18 anos. Idade mínima para participação: 13 anos. YOUTUBE KIDS

Aplicativo desenvolvido para pais que querem um pouco de tranquilidade ao entregar o celular para as crianças. Ele bloqueia vídeos possivelmente nocivos e apresenta somente algumas categorias pré-selecionadas pra crianças. Idade mínima para participação: não há.

OBS: Caberá aos pais se responsabilizar pelo uso das redes sociais por menores.


ABRIL - 2018


LIVRO PROTOCOLO  
LIVRO PROTOCOLO  
Advertisement