Page 1

# 004 superfície de sombreamento | shading surface Esta intervenção insere-se num plano geral de requalificação da Av. Estado da Índia em Sacavém. Os três edifícios propostos tinham a característica comum de rematarem espaços, actualmente degradado s, entre edifícios de habitação. Após uma primeira visita ao local e, procurando perceber as dinâmicas globais do referido plano entendemos a necessidade de conceber três elementos edificados de carácter comum, embora de diferentes funcionalidades. Desde então parecia-nos que estas três pequenas intervenções, resultantes da resolução de problemas objectivos e circunscritos àquela zona, se deveriam simplificar dentro da complexidade do contexto. Procurámos por isso projectar três edifícios de “arquitectura silenciosa”, sob um mote que nos pareceu entusiasmante: “Nada de novo debaixo do Sol”. A cobertura (o chamado quinto alçado) nos três casos é um elemento determinante sobretudo na forma como ajuda a gerir as diferenças de cota, como prolongamento visual da rua a norte (Cafetaria e Tabacaria) e como no caso da Pala de Sombreamento em que é ela própria o projecto. Optou-se pela repetição da fórmula da cobertura de três águas, desta feita desmaterializada por um conjunto de furações aparentemente sem regra. Deste plano de trinta metros resultava uma superfície que discorria sobre três paredes portantes e, que de uma forma pontual deixava passar tanto o sol como a chuva. | This intervention is a part of a general plan of requalification of Avenida do Estado da Índia, in Sacavem. The three considered buildings had this common feature of ending spaces that are degraded at present between housing buildings. After a first visit, we tried to understand the global dynamics of the referred plan and we were aware of the necessity of conceiving three elements of a common character, but with different functions. Since then, it seemed to us that these three small interventions - resulting of the resolution of the area’s objective problems - should simplify themselves inside the complexity of the context. Therefore, we designed three “silent architecture” buildings under a motto that seemed thrilling - ‘Nothing new under the sun’. In the three cases, the roofing (so called “fifth façade”) is a determinant element, particularly in how it helps to manage both with the measurement differences - and as a visual extension of the street at north (Café and Tobacconist‘s) - and with the Shading Surface, which is the project itself. We decided on the repetition of the three-sided roofing formula, dematerialized by an assemblage of apparently unruly holes. From this 30 meters plan resulted a surface that ran over three structuring walls that punctually let the sunlight and rain in.

Sacavém (PT), 2004 - ...


Sacavém (PT), 2004 - ... #004_01


Sacavém (PT), 2004 - ... #004_02


Sacavém (PT), 2004 - ... #004_03


CRÉDITOS | CREDITS Cliente|Client Câmara Municipal de Loures Estado|Status Em obra|In progress Orçamento|Budget 152 000 € Localização|Location Sacavém, PORTUGAL Data|Date 2004-... Coordenação Geral|General Coordination CML - Arqª Ana Lúcia Abreu Arquitectura|Architecture Team ateliermob [obra] Tiago Mota Saraiva, Nuno Carvalho, Andreia Salavessa, Raquel Capelo com Carolina Condeço, Nuno Ferreira e Vera João [projecto] Tiago Mota Saraiva, Nuno Carvalho, João Ribeiro, João Ferrão com Sónia Oliveira Especialidades|Engineering Pereira Pinto, estruturas; Grade Ribeiro, águas e esgotos; Campos Carvalho, iluminação, telecomunicações e segurança ateliermob

Sacavém (PT), 2004 - ... #004_04

Shading surface  

Sacavem - Portugal 2004 - ...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you