Page 304

20

Estou com tanta saudade. A gente pode conversar, por favor? Preciso te ver. “Ainda olhando pra essa mensagem?”, Cary perguntou, rolando na cama ao meu lado e encostando a cabeça na minha. “Não consigo dormir.” Era uma tortura ficar longe de Gideon. Tinha passado cada minuto — acordada ou dormindo — com a sensação de que alguém tinha arrancado meu coração e deixado um buraco no meu peito. Olhei para o dossel da cama do quarto de visita da casa da minha mãe. Assim como a sala de estar, aquele quarto havia sido redecorado recentemente. Em tons de creme e verde-musgo, o cômodo transmitia tranquilidade, e era muito elegante. O quarto em que Cary estava tinha um ar mais masculino, com tons de cinza e azul-marinho, e móveis de madeira escura que ficavam no espectro oposto ao das peças brancas e douradas que compunham o meu. “Quando você vai falar com ele, gata?” “Logo. Eu só…” Levei o telefone ao peito e o apertei junto do coração. “Acho que nós dois precisamos de um tempo.” Era tão difícil pensar quando Gideon e eu estávamos brigados. Odiava aquilo. E era pior porque ele tinha feito merda. E, como tudo o que fazia, tinha sido uma merda espetacular. Não conseguia imaginar como ia conseguir perdoá-lo e continuar vivendo comigo mesma. Por outro lado, não podia imaginar como ia seguir em ente sem ele e continuar vivendo, ponto. Sentia-me morta por dentro. A única coisa que me fazia continuar era a crença de que de alguma forma íamos contornar aquilo e ficar juntos. Como poderia ser diferente? Como eu ia me entregar tanto a uma pessoa e depois deixá-la? Pensei no conselho que tinha dado a Trey e como estávamos os dois diante da mesma decisão — escolher entre o amor ou nós

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement