Page 250

“E como você a força?”, o dr. Petersen perguntou baixinho. “Tenho meus métodos.” O terapeuta voltou a atenção para mim. “Alguma vez ele foi longe demais?” Fiz que não com a cabeça. “E você se preocupa que algum dia isso possa acontecer?” “Não.” Ele tinha uma expressão amável, mas as sobrancelhas anzidas. “Pois deveria, Eva. Vocês dois deveriam.”

Eu estava na cozinha, fazendo curry de ango com legumes, quando ouvi a porta da ente abrir. Curiosa, esperei para ver quem era, torcendo para que Cary estivesse sozinho. “Que cheiro bom”, ele disse, aproximando-se da bancada para me observar. Usando uma camiseta branca de gola V grande demais para ele e uma bermuda cáqui, ele tinha um ar descontraído. Trazia os óculos escuros na gola da camiseta e usava pulseiras de couro para esconder os cortes que eu tinha visto na noite anterior. “Tem pra mim?” “Está sozinho?” Ele abriu um sorriso atrevido, mas reparei na tensão em sua boca. “Só euzinho.” “Então tem, se você servir o vinho.” “Combinado.” Cary se juntou a mim na cozinha e deu uma olhada na panela. “Tinto ou branco?” “É frango.” “Branco, então. Cadê o Cross?” Observei enquanto ele caminhava até a adega. “Malhando. Como foi o dia?” Cary deu de ombros. “A mesma merda.” “Cary.” Baixei o fogo e me virei para ele. “Não faz muito tempo você estava todo bobo de estar aqui em Nova York, trabalhando. Agora está tão… infeliz.”

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement