Page 25

“Você não pode estar falando sé…” “Preciso desligar. Tenho que trabalhar.” Coloquei o telefone no gancho, abri a gaveta e peguei o celular. “Oi.” Mark Garrity apareceu por cima da divisória do meu cubículo com seu sorriso torto. “Pronta para começar?” “Hã…” Meu dedo ficou passeando em cima do botão de chamada do celular. Estava dividida entre aquilo que era paga para fazer — o trabalho — e garantir que meu pai ouviria sobre meu noivado da minha própria boca. Normalmente, isso não seria um dilema para mim. Eu jamais arriscaria meu emprego por motivos pessoais. Mas meu pai andava bem cabisbaixo desde que tinha transado com minha mãe, e eu estava preocupada com ele. Não era do tipo que levava numa boa dormir com uma mulher casada, muito menos uma por quem era apaixonado. Pus meu celular de volta na gaveta. “Claro”, respondi, levantando e pegando meu tablet. Quando me acomodei na cadeira diante da mesa de Mark, mandei uma mensagem rápida para meu pai dizendo que tinha uma coisa importante para contar e que ligaria na hora do almoço. Foi o melhor que pude fazer. Só esperava que fosse suficiente.

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement