Page 220

Dei um chute nele, xingando por causa da dor que senti no pé, mas Gideon nem pestanejou. “Pare com isso!” Ele deixou a garrafa d’água vazia cair no chão e pegou meu rosto. Com o polegar, limpou uma gota da bebida em meu queixo. “Você tem que me dar um tempo para me acalmar. E precisa pegar leve. A gente vai se matar se fizer alguma coisa desse jeito.” Uma lágrima idiota escorreu pelo canto do meu olho. Gideon gemeu e se debruçou sobre mim, percorrendo com a língua o caminho da lágrima ao longo do meu rosto. “Eu estou despedaçado e você vem me dar uma surra. Assim eu não aguento, Eva.” “Não suporto você me excluindo da sua vida”, sussurrei, puxando o cordão. A bebida queimava em minhas veias. Já podia sentir os rios de intoxicação entorpecendo meus sentidos. Ele colocou a mão sobre a minha, interrompendo meus movimentos. “Para com isso. Você vai se machucar.” “Me solta.” “Se me tocar de novo, não respondo por mim. Estou por um fio”, ele disse de novo, parecendo desesperado. “Não posso perder o controle. Não com você.” “E com outra pessoa pode?” Minha voz era um guincho estridente. “Você precisa de outra pessoa?” Eu também não estava conseguindo me controlar. Gideon era a rocha no nosso relacionamento, minha âncora. Achei que poderia ser o mesmo por ele. Queria acolhê-lo, abrigá-lo. Mas Gideon não precisava de abrigo contra a tempestade; ele era a tempestade. E eu não era forte o suficiente para suportar o peso de sua mudança de temperamento. “Não. Deus do céu.” Ele me beijou com força. “Você precisa que eu esteja no controle. Eu preciso estar no controle quando estou com você.” Senti o pânico tomar conta de mim. Ele sabia. Sabia que eu não era suficiente. “Você era diferente com as outras. Não se segurava…” “Puta que pariu!” Gideon se afastou, dando um soco no painel do elevador. As portas abriram e de repente Sarah McLachlan estava cantando na sala de estar. Ele arremessou o copo de cristal, que se espatifou contra a parede. “É isso mesmo. Eu era diferente! Você me

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement