Page 190

Gideon sentir de novo a dor que sentira quando me viu beijando Brett. Ele anziu a testa, e seus olhos perderam todo o calor. “Sério? É assim que vai ser entre a gente agora?” “Sou uma mulher casada”, lembrei. “Não fica bem a gente se abraçar.” “E as mulheres com quem ele desfila em tudo que é tabloide? Isso pode?” “Qual é?”, eu o repreendi. “Você sabe que não se deve acreditar em tudo o que a imprensa fala.” Ele apertou os lábios e enfiou as mãos de volta nos bolsos. “Pois pode acreditar no que dizem sobre o que sinto por você.” Senti um frio na barriga. “Acho que você acredita nisso.” Isso me deixou um pouco triste. Ele não conhecia o que eu e Gideon tínhamos, porque nunca experimentara nada parecido. Torcia para que um dia ele vivesse aquilo. Brett não era um cara ruim. Só não era feito para mim. Resmungando consigo mesmo, ele virou e apontou na direção da saída. “Vamos dar o fora.” Fiquei dividida. Queria privacidade tanto quanto ele, mas também queria ficar num lugar com testemunhas que pudessem tranquilizar Gideon. Mas não era como se pudéssemos fazer um piquenique na entrada do Crossfire. Relutante, caminhei ao lado dele. “Pedi para entregarem uns sanduíches agora há pouco. Achei que assim teríamos mais tempo para conversar.” Ele assentiu emburrado e pegou a sacola que eu estava carregando. Levei-o até o Bryant Park, abrindo caminho por entre as ondas de pedestres apressados demais para obedecer a sinalização. O asfalto emanava calor, e o sol estava alto o suficiente no céu para passar por entre os arranha-céus. Uma viatura da polícia ligou a sirene, mas o barulho estridente e o ronco do motor pouco ajudaram em seu avanço pela rua congestionada. Um dia comum em Manhattan, e eu amava aquilo, mas sabia que Brett estava ustrado com a dança intrincada necessária para desbravar a cidade. O girar de ombros e de quadris para permitir que as pessoas passassem, o fôlego antes de se espremer por entre sacolas grandes demais ou pedestres lentos, a agilidade com que você tinha

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement