Page 185

Pensei em dizer não, mas a determinação em sua voz me fez mudar de ideia. “Tudo bem.” Coloquei a mão na coxa de Gideon. O músculo estava rígido sob minha palma, embora ele estivesse com a perna relaxada. O terno feito sob medida lhe dava um ar de civilidade, mas eu sabia a verdade sobre o corpo vigorosamente musculoso que se insinuava debaixo dele. “A gente pode almoçar perto do Crossfire.” “Combinado. Que horas?” “Um pouco antes do meio-dia. Encontro você na recepção.” Desliguei e coloquei o telefone de volta na bolsa. Gideon segurou minha mão. Olhei para ele, mas estava lendo um e-mail comprido, a cabeça deitada de leve de modo que a ponta do cabelo roçava o queixo esculpido. Deixei-me envolver pelo calor daquele toque. Olhei para baixo, para a aliança que ele usava no dedo, que dizia ao mundo inteiro que pertencia a mim. Será que os outros executivos prestavam atenção nas mãos dele? Não eram as mãos de quem trabalha num escritório, digitando no computador o dia inteiro. Eram de um lutador, um guerreiro que praticava artes marciais e extravasava a agressão em sacos de boxe e parceiros de treino. Tirando os sapatos, cruzei as pernas em cima do assento e me debrucei junto a ele, colocando a mão livre sobre a sua. Corri os dedos para a ente e para trás por entre os dele, deitando a cabeça de leve em seu ombro para não manchar o paletó impecável com a maquiagem. Inspirei seu cheiro, sentindo o efeito dele — sua proximidade, sua segurança — me permear. O perfume do sabonete já havia desaparecido, transformado por seu aroma naturalmente sedutor em algo mais complexo e delicioso. Quando eu ficava inquieta, Gideon me acalmava. “Não sobrou nada para ele”, suspirei. Precisava que soubesse daquilo. “Estou inteirinha tomada por você.” Gideon inflou o peito abruptamente, inspirando o ar de forma audível. Então fechou a mesa e deu uma palmadinha convidativa na coxa. “Venha aqui.” Sentei no colo dele, suspirando feliz ao ocupar um lugar que parecia feito para mim. Valorizávamos cada momento de paz que

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement