Page 162

porra nenhuma.” No espaço confinado do elevador, a agressividade e a ustração de Kline permeavam a distância entre nós. Suas mãos estavam agarradas ao corrimão logo atrás, em uma postura de hostilidade e expectativa. Com as pontas dos cabelos espetados descoloridas e as tatuagens em preto e branco que cobriam seus braços, o vocalista do Six-Ninths não tinha como ser mais diferente de mim. Eu costumava ficar intimidado com sua aparência e seu histórico com Eva. Agora não ficava mais. Não depois de San Diego. E com certeza não depois da noite anterior. Ainda conseguia sentir as unhas de Eva nas minhas costas e na minha bunda. Ela havia me levado aos limites a noite toda, e em algumas horas da manhã. O apetite insaciável que sentia por mim não deixava lugar para mais ninguém. E o tom de sua voz quando dizia que me amava, as lágrimas em seus olhos quando eu disse o que significava para mim… Recostei-me na parede oposta da cabine e enfiei a mão no bolso da calça, ciente de que minha postura relaxada ia irritá-lo. “Ela sabe que estamos conversando aqui?”, ele perguntou em um tom brusco. “Achei que poderia deixar a seu critério mencionar ou não o assunto.” “Ah, eu vou mencionar, pode deixar.” “Espero que faça isso mesmo.” Saímos para o hall das Indústrias Cross e liberei nossa entrada para que pudéssemos ir à minha sala. Havia algumas pessoas trabalhando, e fiz questão de mostrar que tinha notado sua presença. Aqueles que iam ao escritório em dia de folga não eram necessariamente melhores funcionários do que aqueles que não faziam isso, mas eu sabia respeitar e recompensar esse tipo de ambição. Quando chegamos à minha sala, fechei a porta e deixei o vidro opaco. Havia uma pasta na minha mesa, conforme tinha pedido que deixassem antes de sair de casa. Pus a mão sobre ela e fiz um gesto para que Kline se sentasse. Ele continuou de pé. “Que porra é essa? Queria ver Eva, mas em vez disso seu capanga me trouxe até aqui.” O “capanga” era um segurança da Vidal Records, mas ele tinha razão em achar que o sujeito estava agindo sob minhas ordens. “Estou

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement