Page 147

muito bem a princípio, por culpa de Maggie. A rixa entre elas me deixou numa situação complicada com Maggie por semanas, e eu já estava me conformando com a ideia de que as coisas iam continuar nesse pé por tempo indefinido. Ainda bem que tudo tinha mudado. Maggie abriu um sorriso. “Gideon. Eva. Esse é meu namorado, Gage Flynn.” Cumprimentei o sujeito logo depois de Eva, notando a força do aperto de mão, e a forma impassível como recebeu minha encarada. Ele me observou atentamente também, mas não tanto quanto eu o observei. Até o fim da semana, precisaria saber tudo sobre ele. Maggie tinha passado por maus bocados com Christopher. Eu não queria vê-la sofrer de novo. “E Will e Natalie também estão aqui”, anunciou Eva quando os últimos convidados chegaram. Will Granger tinha um visual retrô de beatnik que combinava com ele. Estava de braço dado com a mulher baixinha de cabelos azuis ao seu lado, vestida no mesmo estilo anos 1950 e com os braços cobertos de tatuagens. Enquanto Eva fazia as apresentações, fiz um sinal de cabeça para o segurança avisando que todo mundo já havia chegado. Ele segurou a fila e abriu caminho para nós. Minha mulher me lançou um olhar desconfiado. “Não vai me dizer que é o dono daqui.” “Tudo bem, não vou dizer.” “Isso significa que é?” Minha mão desceu por suas costas e se acomodou na curvatura do quadril. Ela havia trocado o shorts e vestido uma saia justa com uma abertura na parte de trás. Quase desejei que não tivesse feito isso — o short mostrava suas pernas, enquanto a saia revelava sua belíssima bunda. “Você precisa decidir se quer saber a resposta ou não”, falei quando entramos no bar. A música estava alta, e havia um cara se esgoelando no palco. A iluminação estratégica permitia que a vista de Manhattan continuasse em destaque para a apreciação dos clientes. O arcondicionado tinha saídas no teto e no chão, mantendo a temperatura do ambiente sob controle. “Tem alguma coisa que não seja sua em Nova York?” Arash deu risada. “Ele não é mais o dono do D’Argos Regal, na rua

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement