Page 102

A ustração me obrigou a ser curto e grosso. “Você nem me conhece. Eu representava um papel para você. Deixava que enxergasse em mim o que queria ver, o que considerava aceitável.” E, em troca, eu enxergava apenas o que queria ver nela, a garota que um dia Corinne foi. Tinha deixado de prestar atenção nela muito tempo antes, e não conseguia ver o quanto ela havia mudado. Corinne tinha sido um ponto cego para mim, mas esse tempo ficara para trás. Ela me olhou em silêncio por um momento, chocada. “Bem que Elizabeth me disse que Eva está querendo reescrever seu passado. Não acreditei. Nunca pensei que você fosse se deixar enganar por alguém, mas acho que existe uma primeira vez para tudo.” “Minha mãe só acredita no que quer, assim como você.” Elas eram parecidas nesse sentido também. Acreditavam no que era mais cômodo e ignoravam toda e qualquer prova do contrário. Eu me dei conta de que só me sentia à vontade com Corinne porque sabia que ela não ia interferir na minha vida. Consegui estabelecer uma normalidade fingida com ela, e isso parecia bastar. Eva mudou tudo isso. Eu não era normal, e não precisava ser. Minha esposa me aceitava como eu era. Eu não ia revelar meu passado para ninguém, mas meus dias de mentira tinham ficado para trás. Corinne estendeu a mão para mim. “Eu te amo, Gideon. E você também me amava.” “Eu era grato a você”, corrigi. “E sempre vou ser. Sentia atração por você, e nós nos divertíamos. Houve um tempo em que eu precisava de você, mas jamais daria certo entre nós.” Ela baixou de novo a mão. “Mais cedo ou mais tarde, eu teria encontrado Eva. E teria aberto mão de qualquer coisa para ficar com ela. Teria deixado você. Seria inevitável.” Corinne virou o rosto. “Bom… pelo menos sempre vamos ser amigos.” Fiz um esforço para soar o mais seco possível. Não queria encorajá-la. “Isso não vai ser possível. É a última vez em que nos falamos.” Ela respirou fundo, e eu virei a cabeça para o outro lado, tentando esconder meu desconforto e meu lamento. Corinne foi uma pessoa importante na minha vida. Eu sentiria sua falta, mas não como ela

Profile for Atâna Araújo

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Livro 4 somente sua sylvia day  

Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se r...

Advertisement