Issuu on Google+

Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos da UFBA e UFRB - Nº 404 - 2ª QUINZENA DE SETEMBRO -2011 - SALVADOR-BA - assufba@ufba.br

Categoria volta às atividades Américo B. Barros

Na luta, servidores aprovam Mandado de Injunção para cobrar a correção salarial

Retorno às atividades é votado por unanimidade na UFBA. Página 2

Pagamento do Lote de Eretuza O resultado representa mais uma grande vitória da atual gestão da ASSUFBA, em questões judiciais. A categoria aguardava há mais de 20 anos essa causa na justiça. Página 2

Feijoada Cultural Aniversariantes do Mês de Setembro Dia 30/09, às 12h, no Espaço Cultural na Sede da ASSUFBA Sindicato

Capacitação: Nova turma do Curso de Informática da ASSUFBA

7 se Setembro: Categoria colhe assinaturas contra o PL 1749/11

ASSUFBA assina convênio com a Porto Seguro Consórcio

Lula recebe título da UFBA

Página 2

Página 3

Página 4

Página 4


Editorial

Companheir@s, Os trabalhadores técnico-administrativos das IFES mostraram nesta greve que sabem fazer movimento. Ocupamos as ruas do país com passeatas e atos públicos. Percorremos as unidades fazendo intensas movimentações que mostraram a força e união da categoria; porém, depois de mais três meses de luta incansável e mobilização permanente, saímos da greve sem uma perspectiva financeira para 2012. Diante deste cenário a categoria votou a favor do ingresso de um Mandado de Injunção na justiça para cobrar a nossa correção salarial. Desde o início lutamos para que o governo negociasse com a categoria em greve, mas a Fasubra repetiu os mesmos erros de 2005 com graves prejuízos para a categoria. Saiu da mesa de “negociação” sem que a mesma tivesse sido concluída e por duas vezes o governo, por meio do MEC e do MPOG, enviou documento garantindo a “negociação se a categoria suspendesse” o movimento e a FASUBRA se negou a negociar seguindo estes princípios. Diferente de outras categorias que apostaram no processo de negociação sem deflagrar o movimento e assinaram

Américo B. Barros

A manutenção da greve e as consequências para o futuro da Fasubra e suas entidades

Lote de Eretuza: Mais uma vitória jurídica para os servidores

acordos com o governo que entrarão em vigor em março de 2012. A greve é um instrumento legítimo de luta e cabe a cada um de nós que fizemos a luta “uma análise mais acurada” da condução do movimento pelo Comando Nacional de Greve/CNG, da atuação das forças políticas e da iniciativa de judicialização tomada pelo governo que paira ainda em nossos horizontes. Aprendemos com esta experiência e continuaremos com a mobilização para conquistar o mais importante: vitórias e melhorias para nossa categoria. Essa greve deixa um legado muito importante: a elevação da nossa consciência política, a força transformadora e unidade de ação em defesa da universidade pública.

Nova turma de informática confirma sucesso do Centro de Capacitação da ASSUFBA

2

ESPAÇO LIVRE

curso e coordenador da ASSUFBA. Inaugurado no dia 28 de março deste ano, o Centro de Capacitação da ASSUFBA Sindicato objetiva fornecer aos associados uma estrutura que promova a inclusão digital e contribua para a qualificação profissional, possibilitando a progressão da carreira. Américo B. Barros

Com sucesso confirmado, o Centro de Capacitação da ASSUFBA iniciou na última segunda (12) mais uma turma do Curso de Informática, em parceria com o SENAC. A iniciativa visa promover a inclusão digital dos servidores inativos e a qualificação dos ativos. “É uma ótima oportunidade de incluir o trabalhador. Sei que não sou o único a ter dificuldades e vou me esforçar para absorver tudo que puder. Estou muito animado com a possibilidade de aprender a usar o computador com maior facilidade. Simples transações se tornam difíceis para quem não tem autonomia na frente de um computador”, comemora Valmiro Santos, aluno do

Desde a semana passada, os servidores técnico-administrativos da UFBA começaram a receber o Lote Eretuza, representando cerca de 22 milhões e 617 mil reais (R$ 22.617.501,78), no lote de 30 HORAS encabeçado por Eretuza Borges. O resultado representa mais uma grande vitória da atual gestão da ASSUFBA, em questões judiciais. A categoria aguardava há mais de 20 anos essa causa na justiça. “A condução do processo por nossa assessoria jurídica, através do Dr. Hugo Leonardo, nosso advogado, mostra que mais uma vez acertamos, e a vitória foi alcançada. Foram 22 anos de espera”, afirma o coordenador geral da ASSUFBA sindicato, Renato Jorge Pinto. Alice solicita retirada do seu nome – Antes do pagamento do lote, a deputada federal Alice Portugal enviou solicitação à 5ª vara do Tribunal Regional do Trabalho, 5ª Região Bahia, para que fosse retirado imediatamente seu nome do Lote de 30h, e consequentemente houvesse a suspensão do pagamento dos recursos financeiros. “Trata-se do pedido de exclusão do meu nome do lote referente ao processo que tem como demandante Eretuza Borges Nunes, com suspensão conseqüente do pagamento, já que caracteriza duplicidade para a mesma reclamação, uma vez que já recebi em 2007, no Lote de Wilson Dias Machado”, enfatizou a deputada. O motivo do pedido da deputada é que a sua inclusão no lote caracterizaria duplicidade para a mesma reclamação, uma vez que a parlamentar já recebeu em 2007, no Lote de Wilson Dias Machado.

Nº 404 - ASSUFBA-Sindicato | www.assufba.org.br


Irreverência marca ato dos Servidores Técnico-administrativos no 7 de Setembro Almeida Silva, servidor da unidade e coordenador Financeiro da ASSUFBA. Já para o coordenador de Comunicação da ASSUFBA, Valmiro dos Santos, o Hospital das Clínicas é um hospital escola que atende casos de alta complexidade, com a realização de transplante de medula, por exemplo. “Uma unidade com 60 anos de trajetória, que também atende à toda população baiana com urgência e emergência. Não podemos deixar que sejam privatizados”, conclui. “Resolvemos trazer para a praça a nossa luta para que a população entenda os motivos deste protesto. A votação do projeto será no dia 20 e faremos de tudo para mostrar a luta da categoria em defesa dos hospitais”, finalizou o coordenador geral da ASSUFBA, Renato Jorge Pinto. Américo B. Barros

Américo B. Barros

sinado contra o PL. “Esse projeto cria a EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), de cunho privado para gerir os hospitais universitários, que podem perder a autonomia de gestão caso o PL seja aprovado”, alertou Renato Jorge Pinto, coordenador geral da ASSUFBA Sindicato, que disse ainda que a medida repreServidores aproveitam desfile cívico para defender os hospitais universitários senta um “atentado” à Saúde e Educação. Mais uma vez, a Praça da Piedade (SalCom faixas, cartazes, recital de vador) foi palco da mobilização popular, no dia 7 de setembro. Os servidores téc- poesias e uma banda de percussão, nico administrativos da UFBA, em gre- o protesto chamou a atenção da sove há três meses, aproveitaram o desfile ciedade para a situação das unidades cívico da Independência do Brasil para administradas pela UFBA - Hospital protestar em defesa da saúde e da edu- das Clínicas e Maternidade Climério cação de qualidade. Com irreverência, de Oliveira –, que prestam assistêna categoria distribuiu uma carta aberta cia de qualidade à população carenà população alertando sobre o Projeto te, além de desenvolver atividades de de Lei 1749/11, que prevê a privatização pesquisa e extensão. Hospitais Universitários - “A Clidos hospitais universitários. mério de Oliveira foi a primeira maDurante a manifestação organizada pela ASSUFBA Sindicato, a categoria ternidade do país. São 100 anos de coletou assinaturas para um abaixo-as- história”, enfatizou Antônio Valter

Coordenadores da Assufba distribuíram carta à população e coletaram assinaturas contra o PL 1749/11

Cerca de 300 servidores lotaram na última quinta (15), o auditório da Escola Politécnica da UFBA, durante assembleia, e votaram por ampla maioria, com apenas quatro abstenções e dois votos contrários pelo indicativo de retorno às atividades nesta segunda (19). “Entramos numa greve por benefícios e correção salarial. Nós fizemos a maior greve da UFBA. Voltamos a fazer movimento de rua, dentro das unidades. Essa greve deixa um legado muito importante, a da nossa força e unidade”, avalia o coordenador geral da ASSUFBA Sindicato, Renato Jorge Pinto, ressaltando ainda a volta para o trabalho na próxima segunda, por decisão de votação em assembleia, mas que a categoria continuará mobilizada. “Penso que os movimentos sociais e trabalhadores devem estar atentos e

dar a resposta ao governo em 2012 e 2014. Mas ao fazer uma avaliação desta greve, saio com uma certeza, a do sentimento de dever cumprido”, enfatizou o coordenador de Formação Sindical Antônio Bonfim Moreira. Unificação - “Tivemos que nos unificar para defender a categoria aqui na Bahia, mas a nível nacional houve um “racha” interno no movimento. Agora, entendemos que a responsabilidade indica, por segurança, que retornemos as atividades. Não podemos fragilizar a categoria “esticando” ainda mais essa greve”, concluiu Renato Jorge. A categoria foi informada também da luta empreendida por servidoras dos hospitais, na última terça (13), em Brasília, contra a votação do PL 1749. “A pressão foi tanta que a votação foi suspensa na

Nº 404 - ASSUFBA-Sindicato | www.assufba.org.br

Américo B. Barros

Servidores da UFBA decidem pelo retorno às atividades

Categoria continua as mobilizações contra o PL1749

Comissão Especial de Saúde”, explicou a servidora Simone Porto. Em três horas de assembleia, os servidores técnico-administrativos da UFBA avaliaram como positivo o movimento e que a luta continua, agora contra a votação, a qualquer momento, no Congresso Nacional do PL 1749/11 que prevê a criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) para gerir os hospitais universitários. ESPAÇO LIVRE

3


Lula é intitulado Doutor Honoris Causa da UFBA a reitora da instituição, Dora Leal Rosa, justificou outorga. “Os conselheiros entenderam que a biografia de Lula representa uma contribuição para um Brasil livre e democrático porque, além de ter sido o primeiro presidente do País a emergir das camadas sociais, do operariado, ele lutou pela constituição de uma verdadeira e sólida cidadania para os brasileiros”, afirmou a reitora, aprovando a proposta da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH), que sugeriu a homenagem em 30 de outubro de 2002,

Américo B. Barros

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu na manhã desta terça (20) o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A sessão solene de outorga do título, concedido a pessoas eminentes - que não necessariamente sejam portadoras de um diploma universitário -, contou com a presença de políticos de expressividade no cenário nacional, além de sindicalistas, comunidade acadêmica e movimentos sociais diversos. No Salão Nobre da Reitoria da UFBA,

ASSUFBA firma convênio com a Porto Seguro Consórcio

Emocionado, Lula destacou os avanços na Educação

CNG inviabiliza reunião de votação do PL 1749/11 na Comissão de Saúde

CNG

O Comando Nacional de Greve da FASUBRA fez um grande protesto no Congresso Nacional contra a aprovação do Projeto de Lei nº 1749/11. O projeto que cria a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) para gerir os hospitais universitários está encontrando a resistência da categoria e de al-

Deputada Alice Portugal, principal interlocutora do grupo, saiu à luta para combater o PL

EXPEDIENTE

logo no início do primeiro mandato do então presidente Lula. Emocionado, Lula agradeceu a homenagem que já foi recebida por personalidades como o escritor baiano Jorge Amado, o compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, o arquiteto Oscar Niemayer, dentre outros. “o Brasil se voltou para a democratização do ensino superior e o investimento em educação triplicou de R$17 bilhões, em 2003, para R$65 bilhões”, em 2010, atendendo, principalmente, a estudantes de baixa renda. “Nunca tivemos tantas escolas técnicas e universidades”, ressaltou os feitos de seu governo.

guns parlamentares, entre os quais está a deputada federal Alice Portugal. No entanto, o presidente da Câmara, Marco Maia, anunciou em Plenário que o projeto deve ser votado nesta terça (20). Com faixas e cartazes contra a privatização dos hospitais universitários, a categoria fez o presidente da mesa acatar o pedido de adiamento da votação. A deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA), principal interlocutora do grupo, entende que o PL, retira a autonomia universitária ao transferir a gestão dos hospitais das universidades federais para empresas privadas, e ainda possibilita a criação de vários vínculos empregatícios, precarizando o atendimento nos HU´s.

A ASSUFBA Sindicato fechou contrato com a Porto Seguro Consórcio, uma das melhores empresas de consórcios do mercado. Os servidores da Universidade Federal da Bahia, associados da ASSUFBA serão beneficiados com uma econômica, planejada e inteligente maneira de adquirir seu imóvel ou automóvel. Ficou mais fácil investir em seus projetos, você não paga juros por isso e ainda conta com diversas opções de planos com a qualidade e garantia da Porto Seguro. Entre em contato através do número 0800-707-1717, se identifique como associado da ASSUFBA e saiba o que a Porto Seguro tem para você. Plantões na sede da ASSUFBA a partir do dia 22 de setembro (exceto nas quartas), das 09:00 às 12:00.

Informativo da ASSUFBA - Sindicato dos Técnico-Administrativos da UFBA e UFRB. Editado e publicado sob a responsabilidade da diretoria da entidade. Tel.: (71) 3245-7444 / 7775.

Renato Jorge (PCU), Nadja Rabelo (PROEXT), Aída Celeste Silveira Maia (UFRB), Iolita Oliveira Teles de Sousa (Dança), Antonio Valter Almeida da Silva (MCO), Devanice Ribeiro Guimarães (MCO - aposentada), Ana Coelho (UFRB), Paulo Cesar Vaz Santos (MCO), Marilene Sousa Cruz de Almeida (HUPES), Cássia Virgínia Maciel (MCO), Valmiro dos Santos (Enfermagem), Eliete Gonçalves da Silva (HUPES), Umberto Bastos (MAS), Maria Eloísa Góes (Aposentada), Edgar de Jesus (Aposentado), Mario Sérgio Nascimento Silva (SMURB), José Gomes da Silva (RU). SUPLENTES: Maria Luisa dos Santos e Santos (HUPES), Nelson Gomes das Neves (SAD), Antônio Bonfim Moreira (BURMC), Rosimary Silva Freitas (EXT), Vicente José de Lima Neto (MAT). Jornalista: Daniela Sansão. Estagiários: Joseanne Guedes e Samuel Barbosa. Fotógrafo: Américo Barros. Diagramação: Tiago Lima.

4

ESPAÇO LIVRE

Nº 404 - ASSUFBA-Sindicato | www.assufba.org.br


Espaço Livre nº 404