Page 1

ANO 1 - NO 8 - JULHO DE 2017

condomínio

BARRA BONITA

em revista

PARQUINHO

SEGURANÇA

Reformado, mais bonito e seguro. As crianças amam e os pais adoram mais ainda. Confira.

O trabalho das polícias Civil e Militar em parceria com a associação traz bons resultados: o bairro muito mais protegido.


A MAMMA JAMMA CHEGOU AO RECREIO SHOPPING MAMM A JA M M A PIZZERIA RUSTICA

DELIVERY

(21) 3689-5900

MAMMA JAMMA RECREIO SHOPPING Recreio Shopping Expansão | Av. das Américas, 19019 | Loja 118 Domingo a quinta de 12h - 00h | Sexta e sábado de 12h - 1h


´

ANÚNCIO

(21)99804.4309


BARRA BONITA 4 expediente

em revista

DIRETOR EXECUTIVO Paulo Roberto Mesquita DIRETORES E CONSELHEIROS DA ASSOCIAÇÃO

DIRETORA ADMINISTRATIVA Rebeca Maia

PRESIDENTE: William Andrade Nogueira

EDITORA-CHEFE Tereza Menezes Dalmacio

VICE-PRESIDENTE: Júlio Cesar Jesus de Sá DIRETOR FINANCEIRO: Antônio Carlos de Assis Silva DIRETOR ADMINISTRATIVO: Lincoln Franklin Fernandes DIRETORA DE OPERAÇÕES: Fabíola Pombo CONSELHO FISCAL: Felipe Marcelo M. de Carvalho / Ivone dos Santos Dias / Valdinez Gonçalves de Lima

CONDOMÍNIOS E SÍNDICOS ASSOCIADOS ALOHA CLUB RESIDENCE Síndica Fabíola Pombo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILLA BELLA Síndica Virgínia Sobral Moraes

SUGESTÃO DE PAUTA (21) 97374-6674 editora@grupocoruja.com

COMERCIAL (21) 3471-6799 REPÓRTER Aldi Mafra Guilherme Cosenza Sandro Miranda FOTOGRAFIA Lourrayne Lima

CONDOMÍNIO LUAU DO RECREIO Síndico Lincoln Franklin Fernandes

ESTAGIÁRIO DE FOTOGRAFIA Marcos Alcantara

CONDOMÍNIO HOME WAYS RESIDENCE Síndico Jorge da Silva Carneiro

REVISÃO Laila Silva

CONDOMÍNIO PUERTO MADERO RESIDENCE Síndico Silmar Cavalieri

DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Rachel Sartori

CONDOMÍNIO RECREIO TOP DUPLEX Síndica Márcia Gama CONDOMÍNIO RESIDENCIAL LA VISTA Síndico Antônio Carlos de Assis Silva CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PABLO PICASSO Síndica Ana Cristina Lucidi CONDOMÍNIO SUMMER CLUB RESIDENCE Síndico Paulo Monjardin CONDOMÍNIO VARANDAS DE BARRA BONITA Síndico Dierci Silveira

BARRA BONITA É FORMADO POR 18 CONDOMÍNIOS: ALOHA (168 APARTAMENTOS) CHOICE (360) CONDE DO RECREIO (80) HOME WAYS (80) JARDIM DO ALTO (252) LA VISTA (242) LUAU DO RECREIO (312) NATURA RECREIO (392) PABLO PICASSO (100) PUERTO MADERO (228) SUMMER (62) SUNSET (320) TOP DUPLEX (220) UP LIFE (440) VARANDAS (224) VILLA BELLA (80) VILLA FIRENZE (63) VILLA VENEZIA (80)

CASAS ASSOCIADAS MARIA ALICE E ANTÔNIO CARLOS VERÔNICA GOMES LUIZ CÉSAR CRONER AURELY CANTUÁRIA PAULO AMORIM RICARDO DE OLIVEIRA RANGEL ALFREDO LOPES JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA JOAQUIM MARIANO TÂNIA MARA SOARES

DESIGN Allan Nascimento Marcília Almeida Renato Passos www.grupocoruja.com Tel.: 21 3471-6799 Avenida Armando Lombardi, 205, salas 211 a 215, Esquina da Barra Barra da Tijuca - Rio de Janeiro Barra Bonita em revista é uma publicação

FALE COM A ASSOCIAÇÃO Nós estamos disponíveis para atendê-lo através dos canais abaixo: 97021-2627 2025-2485 contato@novabarrabonita.org.br /NovaBarraBonita NovaBarraBonita.org.br A produção da Revista Barra Bonita não gera custo para a Associação Nova Barra Bonita. Toda a despesa (produção, criação, impressão e veiculação) é paga com o que é arrecadado com a venda de anúncios.


Madero Steak House EM BREVE: Norte Shopping EM BREVE: Park Shopping Campo Grande NOVO: Village Mall NYCC/Barra Shopping Rio Design Leblon


6 palavra do presidente

CONQUISTAS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 Durante o primeiro semestre ainda, lançamos o Programa Vida Ativa na academia da terceira idade em nossa praça, totalmente gratuito, para os moradores de Barra Bonita, em parceria com a empresa Fit Home. Esse programa tem atendido mais de 30 pessoas por semana e além de cuidar da saúde, os alunos fazem novas amizades e curtem o espaço que é mantido e conservado pela associação.

O

primeiro semestre de 2017 terminou e temos conquistas a serem comemoradas. A primeira delas foi a instalação das 50 câmeras de monitoramento em diversos pontos de Barra Bonita para nos auxiliar na segurança e a implementação de um posto de CFTV 24 horas. Nossas câmeras já flagraram uma série de irregularidades em nosso sub-bairro, como roubo de veículos, abordagem a pedestres e outras questões que tanto nos incomodam, todas durante a luz do dia. Foi um avanço sem dúvidas, mas é certo que precisamos dar continuidade e expandir a cobertura das câmeras. Uma outra conquista que tivemos foi a adesão de dois condomínios à associação, o Home Ways Residence e o Choice Recreio Residence. Eu participei de algumas reuniões com os moradores dos dois condomínios e, na oportunidade, apresentei nossos planos, nossa missão, nossa visão e nossos valores. É importante que os moradores conheçam a associação e o nosso trabalho, pois somente dessa forma podem entender a importância de estarmos unidos para promover melhorias em Barra Bonita.

Além dessas iniciativas que visam a melhoria de Barra Bonita e, consequentemente, a qualidade de vida dos moradores, a associação continuou, durante esses primeiros meses, participando das reuniões com os representantes dos órgãos públicos para auxiliá-los nas demandas constantes do sub-bairro. Além desses encontros, participamos das reuniões do Conselho Comunitário de Segurança, que nos ajudam no acompanhamento do avanço da criminalidade em nossa região, e das ações e planejamento da polícia para combate ao crime. Quem participou da reunião promovida pela associação sobre segurança no dia 10/07, no Hotel Ramada, conheceu a limitação do poder público e as dificuldades enfrentadas pelas polícias para atender às demandas da população. É de deixar qualquer cidadão preocupado. E o que nos aguarda para o segundo semestre de 2017? Para os próximos meses vamos continuar investindo em segurança, ampliando o número de câmeras para melhorar a cobertura de todo o sub-bairro; vamos reformar os motores das cancelas, para que possamos iniciar sua utilização durante a madrugada; e se outros condomínios se associarem, vamos estudar a possibilidade de colocar uma ronda durante o dia.

Além disso, vamos lançar uma campanha para despoluirmos o trecho do Canal das Taxas que faz margem com Barra Bonita. Esse será um grande desafio, pois teremos que captar recursos com a iniciativa privada e com pessoas físicas, e, ao mesmo tempo, conseguir duas ações importantes: retirar as gigogas que se proliferaram no espelho d’água do Canal e que estão atraindo muitos mosquitos, e conseguir com que a Cedae coloque uma bomba reserva na elevatória que fica na lateral da nossa praça, afinal, para quem não sabe, a própria Cedae despeja esgoto dentro do Canal das Taxas. Para finalizar, a Associação Nova Barra Bonita deseja algo ainda mais especial. Deseja que você, morador, seja um participante ativo dessas mudanças em Barra Bonita. Queremos que você se envolva, exerça sua cidadania e participe dos projetos. Uma sociedade civil unida e engajada é capaz de transformar tudo que está a sua volta, é capaz de transformar um sub-bairro em um dos melhores lugares para se viver. Temos muito trabalho pela frente e toda ajuda é importante para nós. Você tem cooperado ou deseja cooperar? Conseguimos por exemplo, a ajuda de uma moradora que é arquiteta e que vai ajudar de forma voluntária em nossos projetos urbanísticos. É simples, cada um pode ajudar com alguma coisa, pois existem diversas maneiras de você se envolver. Algumas pessoas até participam com reclamações, mas poucas são as que ajudam com soluções. Pense nisso, junte-se a nós e exerça a sua cidadania. Barra Bonita, eu amo, eu cuido!

William Andrade Nogueira Pres. da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita e morador.


8 reunião segurança

PARCERIA COM AS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR C

om o intuito de alertar os moradores de Barra Bonita sobre os reais problemas de segurança do bairro e o que é alarme falso na região, a Associação de Condomínios de Nova Barra Bonita realizou uma reunião entre as polícias Civil e Militar, os associados e os moradores do bairro. Na mesa de debates esteve o presidente da associação, William Nogueira; o tenente Vitorini, do 31º BPM; e a delegada da 42ª delegacia, Márcia Julião.

Moradora do Varandas, Maria Isabel falou sobre a positividade do esclarecimento das polícias: “é importante para ficarmos mais alertas sobre o que está acontecendo no bairro. A associação está fazendo muito pelo bairro, mas ainda falta muito dos moradores, que precisam se unir para resolver as coisas com mais rapidez”.

William iniciou a noite contando um dos últimos grandes feitos realizados entre a parceria firmada pela associação com as polícias: “graças às novas câmeras conseguimos desarticular uma quadrilha que vinha roubando carros na região. Observamos pelas câmeras uma atitude suspeita, entramos em contato com a delegada, que prontamente levou o caso para frente, e conseguiram prender os assaltantes”. William também fez questão de afirmar a parceria entre a polícia e a associação: “a polícia é uma parceira nossa. Sempre participamos das reuniões com ela e apresentamos os problemas que nos afligem, assim eles também podem falar sobre os problemas e dificuldades do batalhão e do bairro”. Após o presidente, foi a vez do tenente Vitorino apresentar os problemas e os números da delegacia: “o maior problema que nós encontramos nas ruas da nossa região é em relação ao roubo de carros. Isso é, na realidade, o que eleva negativamente os números do 31º BPM. Criamos uma parceria entre nós e a 42ª delegacia que está conseguindo frear bastante esse problema, mas também lidamos com a fase ruim que vivemos, sem recursos e pessoal necessário. O que estamos fazendo diariamente é ‘mais com menos’, para poder resolver os problemas daqui. É uma questão de lógica – quanto menores os recursos, maiores são os incidentes –, mas estamos lutando para ir na contramão disso”.

Rosa Maria Fernandes é moradora do Natura e contou sobre a importância da associação estar ao lado do poder público: “eu lamento que o prédio onde moro não faça mais parte da associação. Acho muito importante esse trabalho realizado por ela e acredito que todos devam participar”.

Já a delegada começou sua participação falando de um grande problema atual no país: “está faltando visão comunitária aos moradores. Quero a ajuda de vocês, informações. As pessoas precisam se importar e não pensar que não é problema delas. Outro ponto que as pessoas precisam entender é que a responsabilidade é dos pais em educar seus filhos. Hoje vemos os pais querendo ser amigos de


Para finalizar a noite, Márcia ainda falou sobre a importância de se fazer o registro de ocorrência, seja qual for o delito. “É importante demais que se faça o boletim, pois é a partir dele que nós descobrimos quais ações e problemas que temos na região,

para combatê-los. Hoje, até de maneira on-line o Boletim de Ocorrência pode ser feito. Então,

por favor, façam a ocorrência independentemente do que foi furtado”, encerrou a delegada.

9 reunião segurança

seus filhos, quando na verdade eles precisam ser pais de seus filhos. Tivemos uma rave há alguns dias que trouxe diversos transtornos para a região, entre eles, dois estupros, sendo que um deles foi de uma menina deficiente. É preciso que os pais vejam sim onde os filhos estão indo para que eles não sofram mais na frente”.


SEJA UM VENCEDOR. CORRA PARA O ÍCARO!

MATRÍCULAS ABERTAS PARA 2017! Ensino fundamental e Médio regular Pré-vestibular Campeão na EDUCAÇÃO

MENSALIDADES a partir de R$ 460 do 6º ao 9º ano Material incluso Unidade Tijuca

Inscreva-se já! Há mais de 48 anos EDUCANDO e APROVANDO COM SUCESSO jovens e adultos no Rio de Janeiro! Muitos jovens e adultos já fizeram sucesso no Ícaro! Temos um método de trabalho e uma filosofia de ENSINO PRÁTICO, para que o aluno aprenda o máximo. Venha nos conhecer!

NA APRESENTAÇÃO DESSE ANÚNCIO

100% DE DESCONTO NA MATRÍCULA. TIJUCA 2254-9994 Praça Saens Pena, 63 (a 10m do metrô)

RECREIO 2437-5867 Rua Cel. João Olintho, 630 (próximo ao Mc Donald’s)

JACAREPAGUÁ 2447-4439 Est. de Jacarepaguá, 7503 Freguesia (ao lado do Unicenter)


12 XVI fórum de segurança

INTEGRAÇÃO PARA VENCER A VIOLÊNCIA D

iante da preocupação com a onda de violência em toda a cidade, a Barra da Tijuca e o Recreio continuam se mobilizando para reduzir o avanço da criminalidade. No dia 23 de junho foi realizado o XVI Fórum de Segurança – Juntos Somos Mais Fortes, reunindo não apenas hoteleiros e empresários da região, mas principalmente autoridades e representantes do poder público para discutir a questão. Organizado pela Acir e Abih-RJ, o evento aconteceu no Hotel Ramada e teve a participação do presidente da Associação Nova Barra Bonita, William Nogueira. William reforçou a preocupação com os problemas enfrentados no bairro, principalmente em relação às praças públicas: “a gente não conta com um policiamento, uma ajuda da Guarda Municipal para manter a ordem nas praças e também ajudar na segurança. Então, hoje, muita gente deixa de andar nas praças ou frequentá-las por conta da insegurança, mesmo em um ambiente tão bom quanto o nosso”. Outros pontos levantados por ele foram a presença dos animais de estimação sem o devido acompanhamento dos donos (seja no controle com guias e focinheiras ou na limpeza das fezes) e a presença do comércio ambulante irregular na região. Diante destas demandas, a Guarda Municipal informou que já está com um planejamento para cuidar das praças, destacando que é preciso o apoio da superintendência e, principalmente, a parceria de toda a comunidade. Entre as autoridades convidadas para compor a mesa do XVI Fórum de Segurança estiveram a delegada Marcia Julião (42a DP); o chefe da Polícia Civil, Carlos Augusto Leba; o porta-voz da Polícia Militar, major Ivan Blaz; o promotor de justiça Márcio de Almeida; o presi- dente da OAB-Barra, Dr. Claudio Carneiro; a inspetora-geral Tatiana Mendes, representando o comando-geral da Guarda Municipal; o delegado Aldrin Genuíno Rocha, coordenador de gestão integrada da Secretaria estadual de Segurança do Rio de Janeiro; o presidente da Acir e Abih-RJ, Dr. Alfredo Lopes; o superintendente regional da Barra, Thiago Barcellos; o vereador Carlo Caiado, entre outros.


13 XVI fórum de segurança Um dos assuntos debatidos, que teve o comprometimento das autoridades para uma solução pronta e imediata, foi o combate aos “pegas”, como são conhecidas as corridas ilícitas de automóveis, realizadas constantemente na Avenida das Américas, levando perigo a motoristas e pedestres. O major Blaz demonstrou estar ciente do problema e prometeu não poupar esforços para coibir a prática desordeira. O encontro teve ainda uma apresentação sobre o sistema de segurança colaborativa, algo que tem sido bastante debatido nos últimos tempos, contando com a Associação Comunitária Bairro Seguro (ACBS), uma entidade civil sem fins lucrativos

que abrange a região da 31a Área Integrada de Segurança Pública (AISP). O monitoramento da Barra da Tijuca e Recreio – por meio de uma central de controle que interliga as principais câmeras de segurança da área – apresentou alguns números de seu

avanço desde o ano passado, identificando os pontos frágeis e compartilhando as informações estratégicas com o poder público. O monitoramento ajuda a identificar o deslocamento das manchas criminais, como são chamadas as áreas com maior registro de ocorrências.


14 São João

O ARRAIÁ INVADIU O SHOPPING O RECREIO SHOPPING TAMBÉM TEM FESTEJO CAIPIRA. A FESTA PROMOVIDA CONTOU COM TRUCKS, VARIEDADE DE COMIDA, MÚSICA BOA, ESPAÇO KIDS E UMA LINDA DECORAÇÃO PARA MUITAS FOTOS. AS CRIANÇAS DE BARRA BONITA E REGIÃO PUDERAM APROVEITAR UM SHOW DO TXUTXUCÃO, OFERECIDO PELA CASAX, E MUITA DIVERSÃO PERTINHO DE CASA.

As amigas Priscila Barcik e Amanda de Jesus levaram os filhos, Théo (4 anos), Serena (1 ano) e Liah (4 anos), para passear: “estamos gostando, a infraestrutura está ótima. Temos fácil acesso, e ter diversão perto de casa é o melhor. Acho que devia ter mais eventos como esse”.

Roseli Monteiro marcou presença com a família: Beatriz Reis (sobrinha), Matheus Monteiro (sobrinho), Rafael (1 ano) e Marcelo (2 meses). “Nós estamos sempre aqui, no shopping, e aproveitamos para participar da festa. Está tudo muito bom”, comentou.

“Eu ainda não consegui sair dessa parte dos brinquedos, porque ele quer ir em todos. Mas já pude ver que a festa está bem organizada”, afirmou Diana Braga, que estava com o filho Gabriel (4 anos).


15 São João Humberto Limani (Varandas de Barra Bonita) teve a companhia da esposa Margarethe na festa: “esse tipo de evento faz bem aos moradores. Aliás, o espaço está bem interessante, bem arrumado e integrado com o shopping”.

“Está tudo bem decorado e vemos o capricho na execução da montagem. Os moradores só ganham com eventos como esse”, disse Marcia Pereira (Jardim do Alto), que estava com a mãe Yeda.

“Até agora, esta foi a melhor festa na região do Recreio. Gostei de ter a facilidade de pagar no cartão em muitas barracas, os brinquedos para as crianças, o preço acessível, a organização e a limpeza”, elogiou Bruna Beretti, que estava com o marido Marcio Loureiro e o filho Eros (8 anos).

“A arrumação e as barracas me fizeram lembrar das festas juninas de antigamente, que tinham em parques, na minha época. O ambiente daqui é agradável, e a festa está muito legal”, disse Nilmar Passos, que estava com Maura (filha) e Mauro Carvalho (marido).


16 São João

Para Renata Rocha, que estava com a família, o marido Luiz Fabiano e a filha Isabelly (7 anos), essa é uma festa positiva: “o Recreio estava precisando desse ambiente familiar, em que as crianças podem se divertir em segurança. E o que mais gostei foi a comida nordestina, que estava muito boa”.

Cristina Maini nos contou que escutou a música de casa e se animou para participar da festa: “está maravilhoso! O ambiente é familiar, as pessoas são agradáveis e a comida está boa, principalmente a da barraca do restaurante Rayz”. Na foto: Cristina, Thalyssa Maini (filha) e Anthony Oliveira (marido).

Allieh Machado aproveitou o evento para encontrar as amigas Patrícia Rosa e Isadora Alves: “estamos gostando da organização. A música está boa e o ambiente tranquilo. Conseguimos colocar o papo em dia”.


e cervejas...

A importância do colarinho Na hora de degustar uma gelada, há quem prefira a cerveja com o famoso colarinho, e há quem prefira a falta de espuma. Contudo, é difícil saber qual a melhor maneira de tomar a bebida mais degustada do mundo. Porém, o que poucos sabem é que a espuma, quando bem formada acima da bebida, pode aumentar ainda mais o sabor da cerveja, além de ajudar a conservá-la no copo.

“Além de ser uma ferramenta que conserva o aroma da cerveja, a espuma deixa a bebida gelada por mais tempo, além da cremosidade e a acentuar os aromas dela. Quando pedimos a cerveja sem espuma, ela fica quente rápido e o sabor se perde, por isso, é importante manter a espuma em qualquer tipo de cerveja”, esclarece o sommelier da Mestre-Cervejeiro.com do Recreio dos Bandeirantes, Cristian Kistmann. O sommelier ainda explica que cada estilo de cerveja tem uma espuma diferente: “a espuma varia de acordo com o estilo da cerveja. Existem evidentes diferenças de estilo para estilo, até mesmo de país para país. Cerveja do estilo Porter é mais escura e possui uma cremosidade nítida ainda maior na espuma e chega a dar vontade de pegar colher para comer, já os complexos estilos de abadia (Tripel, Dubbel, Quadrupel) são caracterizadas rapidamente pela sua espuma abundante e persistente, ou seja, cada estilo de cerveja cria um estilo de espuma diferente”. Agora que você já sabe a importância de manter a espuma em seu copo, não deixe de preservar o sabor da sua gelada e permita-se experimentar um pouco da bebida com a cremosidade que só a espuma pode dar a ela. Caso tenha dúvidas de como conseguir a formação ideal de espuma na sua “cerva”, dê um pulo na Mestre-Cervejeiro.com do Recreio e pegue mais dicas com o sommelier Cristian Kistmann para conseguir atingir o máximo de sabor da sua bebida.

LOJA DO RECREIO: Rua Fernando Leite Mendes, 101 Terça a domingo - a partir das 15h


18 lazer

ÁLBUM

de família

Esta seção é o ponto de encontro de quem escolheu o Barra Bonita como casa e segue registrando o jeito leve e descontraído de viver aqui. As áreas externas e comuns a todos são um convite ao bem-estar. Confira um pouco mais o jeito de se viver por aqui.

Carla Mendes (Puerto Madero) utiliza a praça de diversas maneiras: “eu brinco com meu filho, caminho e ainda faço treino funcional. O espaço é propício para o convívio entre os moradores e a formação de novas amizades. Eu amo esse lugar”.


19 lazer Leir Henrique era só diversão com a neta, Pietra (3 anos). As duas brincaram bastante em uma tarde no parquinho: “aqui é muito bom pra morar, tem um espaço bom pra lazer, por isso, sempre na volta da escolinha a trago pra cá. Me sinto segura e tranquila em Barra Bonita”.

Erika Evaristo (Top Duplex) e a filha, Pietra (5 anos), posaram juntas para a foto: “gosto muito daqui. A praça é muito boa. Nós temos um grupo de mães que foi formado quando nossos filhos ainda eram bebês. Hoje eles brincam e correm pelo condomínio juntos”.


20 lazer

Marta Rochocz (Luau do Recreio) e o filho, David (12 anos), participam com frequência dos eventos no condomínio: “a praça é um ótimo atrativo para os moradores, sem contar que o shopping também facilita bastante a nossa vida, pois fazemos tudo sem ter que pegar o carro”.


21 lazer Rosana Almeida (La Vista) aproveita o clima frio do inverno para pegar um solzinho da tarde na praça: “não há outro local no mundo como esse. Aqui é um verdadeiro paraíso. Quando eu vim pra cá não tinha nada. Eu apoio a atual associação pelo trabalho realizado, ele é fundamental para o condomínio como um todo”.

倀䔀一䐀䔀一吀䔀 ㄀㄀㈀ 倀吀䌀伀⼀䌀伀  䈀䤀䰀䈀伀儀唀䔀 一䔀圀 䰀䤀一䔀

䐀䔀㨀 刀␀ ㈀㔀㈀Ⰰ   倀伀刀㨀 刀␀ ㄀㤀㤀Ⰰ  

䄀刀䄀一䐀䔀䰀䄀 ㈀㐀 倀吀 倀䄀倀䤀䰀䰀伀一 ㈀  䰀䔀䐀 㘀圀㈀㜀  䬀 一䔀圀 䰀䤀一䔀

刀␀ ㈀㔀㈀Ⰰ  

䄀䴀䈀䤀䔀一吀䔀匀 䤀䰀唀䴀䤀一䄀䐀伀匀 䔀 䌀伀䴀 䔀匀吀䤀䰀伀Ⰰ 匀팀 一伀 䌀䄀匀䄀刀쌀伀 䰀唀匀吀刀䔀匀℀ 䄀琀攀渀搀椀洀攀渀琀漀 搀椀昀攀爀攀渀挀椀愀搀漀Ⰰ 愀氀琀愀 焀甀愀氀椀搀愀搀攀 攀 漀 洀攀氀栀漀爀 挀甀猀琀漀 戀攀渀攀昀挀椀漀 搀漀 洀攀爀挀愀搀漀⸀ 刀攀挀爀攀椀漀 搀漀猀 䈀愀渀搀攀椀爀愀渀琀攀猀  ⴀ 䄀瘀⸀ 搀愀猀 䄀洀爀椀挀愀猀Ⰰ ㄀㔀⸀㔀㜀㤀 ⴀ ㈀㐀㌀㜀ⴀ ㌀㤀㜀 挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀氀琀搀愀

挀愀猀愀爀愀漀开氀甀猀琀爀攀猀

䈀攀渀ǻ挀愀 ⴀ 刀⸀ 匀攀渀愀搀漀爀 䈀攀爀渀愀爀搀漀 䴀漀渀琀攀椀爀漀Ⰰ ㈀㠀  ㌀㘀 ⴀ ㌀㈀㠀㤀ⴀ㈀㤀㐀㐀  眀眀眀⸀挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀⸀挀漀洀⸀戀爀

伀猀 瀀爀漀搀甀琀漀猀 渀漀 椀渀挀氀甀攀洀 氀洀瀀愀搀愀猀Ⰰ 漀 瀀爀攀漀  甀渀椀琀爀椀漀 攀Ⰰ 愀 瀀爀漀洀漀漀  瘀氀椀搀愀 愀琀 ㌀㄀⼀ 㠀⼀㈀ ㄀㜀 漀甀Ⰰ 攀渀焀甀愀渀琀漀 搀甀爀愀爀 漀 攀猀琀漀焀甀攀⸀


Leitura: um ato que dá sentido ao mundo Queremos trazer, nesta reflexão, a questão da leitura e de seu papel na vida de estudantes, professores, pais e todos aqueles que, pelo texto, leem o mundo no qual estão inseridos e o interpretam. Salientamos que é por meio do uso que fazemos da língua que construímos a cultura, construímos mundos, criamos e (re) criamos realidades e tornamos nossas posições conhecidas. E isso é possível a partir dos textos que lemos, pois neles conhecemos o homem que vive e atua em sociedade. Daí porque defendermos que todo trabalho com e sobre a linguagem deve ultrapassar o nível da palavra e da frase, em uma análise classificatória de suas formas, mas ter no texto o eixo principal da atividade docente – tomá-lo como ponto de partida para a construção de diferentes saberes, em qualquer disciplina escolar. Nesse sentido, as ações desenvolvidas na sala de aula de qualquer disciplina devem priorizar atividades de uso da língua: atividades de produção oral, produção escrita, leitura e compreensão oral e escrita. Afinal, a escola não pode estar afastada da vida. Na vida, usamos textos o tempo todo – para expressar o que queremos, o que sentimos. É neles que argumentamos, duvidamos, nos rebelamos, manifestamos nosso apreço, nosso desdém. Sem dúvida alguma, o ato de ler textos pode nos dar a coragem para construirmos novas leituras, novos sentidos à magia de descobrir um outro mundo – e querer ficar lá – pela dança das palavras e pelos sentidos que construímos nos textos que lemos. Um mundo mais ético, mais honesto, mais humano. Podemos ler realidades e procurar construir outras – mais cidadãs. Assim, se queremos que nosso estudante se torne um leitor autônomo e um sujeito do seu dizer, nossas aulas têm de priorizar o trabalho com o texto. O conhecimento está nele. As relações possíveis estão a partir dele. É por meio dele que nosso estudante será capaz de ampliar suas formas de expressão e construir novas alternativas de ler o mundo e de interpretá-lo. Nessa

perspectiva, todos que participam da formação leitora desses estudantes (professores, colegas, pais) devem, sempre que possível, colocá-lo frente a diversos e diferentes gêneros textuais –, propiciando, assim, experiências linguísticas únicas e singulares de leitura que trazem as diferentes manifestações da linguagem. Qualquer estudante é capaz, por exemplo, ao analisar um texto, de perceber a força de um argumento bem construído, de identificar as informações implícitas, de analisar as relações estabelecidas entre suas partes, de apontar os diferentes pontos de vista, de observar os mecanismos linguísticos empregados na construção dos sentidos. Basta que o professor oriente o olhar do leitor nessa direção. Isso é ensinar a ler! Daí a importância de destecer o texto: o estudante poderá, a partir desse processo de desconstrução, incorporar no seu próprio texto o que experienciou naqueles que aprendeu a ler. Os professores devem trabalhar com textos em todas as disciplinas, desencadeando processos de ensino e de aprendizagem como atividades do pensamento reflexivo, ou seja, precisam realizar um trabalho que não só desenvolva no estudante sua capacidade de construção de textos com qualidade, mas também provocar uma postura diante da leitura e da escrita, através do desenvolvimento de sua competência comunicativa. E esta, certamente, é a principal razão de nosso trabalho: formar um sujeito leitor que compreenda o conhecimento através do que lê e aprimore sua competência na leitura, tornando-se uma pessoa melhor, porque sabe ler e entender o que está dito na sociedade.

Profª. Drª. Claudia Toldo Supervisora de ensino da Rede de Educação Notre Dame


26 diversão

MAIS UMA EDIÇÃO DO RECREIO BOA PRAÇA MAIS UM FIM DE SEMANA DE MUITO AGITO E A PARTICIPAÇÃO DOS MORADORES DE BARRA BONITA. ALEGRIA, DESCONTRAÇÃO, ALTO-ASTRAL E TUDO REGADO A BOA MÚSICA, FEIRINHA DE ARTESANATO E COMIDINHAS SABOROSAS.


27 diversão A cantora Fernanda Ayres aproveitou a noite de folga com o namorado Matheus Palazzo e o cachorrinho Koda: “sempre que posso, eu participo. Já tive a oportunidade de cantar em outra edição e hoje estou passeando. O ambiente é agradável, com comida e bebida a um preço bom”.

Mônica Carvalho, moradora do Natura Recreio há 8 anos, gosta da facilidade em ter lazer perto de casa: “essa é uma boa ocasião para juntar os moradores, com comida gostosa e artesanato”.

O casal Antônio e Gláucia Bueno aprova o movimento que o Recreio Boa Praça traz ao bairro: “a feira é diversificada, tem comida boa e ainda encontramos os vizinhos para bater um papo. É uma ótima opção de lazer para os moradores”.


28 diversão Vilma Moreira (Jardim do Alto) aproveitou o domingo para passear com a neta, Clarissa Pereira (12 anos): “nós gostamos de participar, pois o evento é organizado, tem música boa, segurança e temos uma grande facilidade por ser perto de casa”.

As amigas Maria Beatriz Meyer e Isolda Coelho (Jardins Barra Bonita) fazem questão de conferir as novidades do Recreio Boa Praça: “encontramos muita coisa bonita! O artesanato é ótimo e ainda podemos interagir com os vizinhos”.

Clebson Monteiro levou os filhos e os sobrinhos para se divertir: “é a terceira vez que venho. É um ambiente totalmente familiar com uma ótima gastronomia. Já virou hábito participar”. Na foto com Clebson: Thales (14 anos), Caio (14 anos), Maria Eduarda (8 anos), Alexia (4 anos) e Isabella (3 anos).

André Ledo (Jardim do Alto) participou da brincadeira promovida pelo Colégio PH, acertou a pergunta sobre conhecimentos gerais e levou brindes para casa.

Gita Coelho (Natura Recreio) estava com as amigas Valéria Boselli, Daise Dias e Lavínia Silveira: “o evento tem a característica de ser familiar. Agrega valor ao bairro e possibilita que os moradores tenham um divertimento perto de casa. É um grande encontro na praça”.

Study

Lounge Kids Reading with Miss Lily

as d a t i m i l s a g Va

Alfabetização em Inglês para crianças de 6 a 10 anos

Curso intensivo e dinâmico de 6 semanas Recreio Shopping, 3º piso, sala 337 | Tel.: 3377-0524 | 98078-9192

www.studylounge.com.br


30 campeã de vôlei

HISTÓRIA DE UMA ATLETA VITORIOSA A

titude, disposição e muita garra, características tão importantes para um atleta, mas que também servem para a vida. Moradora de Barra Bonita há 3 anos, Regina Vilella é um destes exemplos. Com uma carreira brilhante nas quadras de vôlei, ela pertence a uma geração acostumada a lutar por seus objetivos, que tem na coletividade uma de suas principais virtudes. Ela traduz o autêntico espírito de “colocar a mão na massa” pelo crescimento do bairro. Carioca de Vila Isabel, ela morou por 14 anos em São Paulo, na tranquila Vila São Francisco. De volta à Cidade Maravilhosa, trocou a Tijuca por Barra Bonita, onde vive com o marido. Prestes a completar 60 anos (dia 31 de julho), ela mantém a vitalidade dos tempos de jogadora. “Sou muito ativa, malho todo dia, faço natação, ando de bike na praia, caminho e faço hidro. Tem que ter qualidade de vida, mas também uma longevidade maior”, destaca Regina, que é mãe de um casal de engenheiros e tem uma netinha de 6 anos. Apesar de curtir a sombra e a água fresca de uma boa praia, ela está longe de se contentar com uma rotina sossegada. Nos jogos de máster, a central ainda esbanja talento, principalmente no saque. Foi líder nata por onde passou, desde que iniciou a carreira no Botafogo, na década de 1970. Jogou profissionalmente por mais de vinte anos, sendo dez pela seleção brasileira. Realizou o sonho de jogar pelo Flamengo, seu time do coração, onde atuou durante uma década, na mesma época de Zico, Adílio, Júnior... “Aquele timaço!”, vibra a rubro-negra, ao relembrar o tempo em que assistia aos ídolos entre um treino e outro na Gávea. Com a amarelinha, Regina fez bonito e marcou seu nome para sempre no vôlei brasileiro. Foi capitã da equipe na Olimpíada de 1980, em Moscou, na primeira participação da modalidade na história dos Jogos. Alguns anos antes, foi campeã sul-americana juvenil, tendo a glória de ouvir o Hino Nacional. O mesmo que escutou tantas vezes quando ainda treinava na Marinha.


A recompensa foi mais do que justa para alguém que se dedicou por tantos anos, e que sentiu no próprio corpo o resultado de tanto esforço e dedicação, mes-

31 campeã de vôlei

Em 2016, em retribuição a tudo o que fez pelo esporte (também foi professora de Educação Física, formada pela UERJ), carregou a tocha olímpica durante a passagem por São Carlos, interior de São Paulo. Um momento que ela jamais esquecerá. “Você tinha que ter disponibilidade, ir para o local por sua própria conta, assumir as despesas. Mas foi muito lindo, gente! Meu marido, minha e filha e minha neta foram me ver. Foi uma emoção única”, garante, com um enorme sorriso.


32 campeã de vôlei

mo após se retirar das quadras, em 1992, pelo mesmo Botafogo onde tudo começou. Regina já torceu o pé sete vezes e chegou a tomar injeção para disputar uma final, cheia de dores. Além disso, já operou joelho, pé, mão, tudo em consequência do vôlei. Mas quem disse que ela para? Como dizem por aí, “no pain, no gain” (“sem dor, sem ganho”). As amizades das quadras continuam. A turma se vê nas redes sociais e se fala por WhatsApp. Todo ano, elas se reúnem, e em 2017 o encontro será no Nordeste, em Maceió. Do vôlei de três décadas para cá, muita coisa mudou. Regina se aposentou aos 32 anos,

idade em que era considerada “velha” para a prática em alto nível. Hoje, os tempos são outros. “Fofão jogou até os 40. Hoje, as meninas têm dois metros, são imensas. Tenho 1,73 m, e a Isabel era um pouco mais alta. A gente tinha velocidade, deslocamento. Era muito mais técnico. Hoje em dia é mais específico. No nosso tempo, você tinha que ser boa em tudo: sacar, defender, atacar, bloquear. Se na época em que eu parei já existisse a função de líbero, talvez eu pudesse ter jogado por mais algum tempo”, compara a ex-atleta, que acompanha a atual geração e é fã de Thaisa e Fabi.

Entre as atividades de hoje em dia, as preocupações com o bairro que escolheu para morar figuram entre as prioridades de Regina. Com a experiência de quem já foi síndica por 7 anos, ela quer dar sua contribuição para a comunidade. “A limpeza é algo que me incomoda muito. A associação não arrecada o suficiente para ter mais empregados. Poderíamos fazer um mutirão da limpeza. Acho que funcionaria legal. Quem quiser que desça com a sua vassoura para ajudar. Tudo que é melhoria, eu dou minha opinião, ainda mais porque tenho canal aberto. Nosso bairro precisa desse cuidado”, defende Regina, chamando todo mundo para jogar no mesmo time.


A

pós a melhoria da segurança do bairro com a chegada das câmeras de vigilância de alta qualidade espalhadas por todo Barra Bonita trazendo mais tranquilidade, a Associação de Condomínios de Barra Bonita começou a investir em outro ponto para trazer mais comodidade aos moradores, melhorando a comunicação entre ela, os condomínios associados e seus moradores. A associação conseguiu fechar uma parceria com a empresa Villa Fácil, especializada na criação de aplicativos voltados para condomínios, para trazer mais um benefício para o morador. Representante do Villa Fácil, Vagner Lessa falou sobre o

projeto e as possibilidades que ele trará: “o que iremos implantar aqui é a integração do software. Atualmente, já atendemos, há dois anos, o condomínio La Vista, e a nossa ideia é levar esse projeto para todos os associados de Barra Bonita. Iremos trabalhar inicialmente com duas vertentes, um site de divulgação para cada condomínio, onde o síndico ou responsável poderá gerenciar todo o condomínio, como reservas, ordem de serviço, cadastro do morador, correspondências registradas etc. E o aplicativo que facilitará a comunicação com carteirinha de piscina digital, acesso a todas as correspondências que foram registradas. Além disso, o morador

poderá fotografar algo e abrir uma ocorrência no mesmo instante levando para os síndicos, e ter acesso ao regimento interno e à ata de reuniões”. Além das utilidades para dentro do condomínio, o novo sistema também trará o Clube de Vantagem, já conhecido dos associados, e ainda ganhará um adicional de descontos que chegam junto ao Villa Fácil. Inicialmente, o aplicativo será lançando para Android e depois será liberado para o iOS. “Estamos esperando apenas a liberação da Apple para podermos trabalhar como o iOS, mas inicialmente trabalharemos com o Android”, conta Vagner.

33 aplicativo

NA PALMA DA MÃO


34 reforma

UM NOVO PARQUINHO PARA CHAMAR DE SEU N

em mesmo os dias frios atrapalham a brincadeira das crianças de Barra Bonita. Em julho, a associação entregou um ambiente repaginado para a diversão da garotada. Um baita presentão de férias. O local ganhou um novo piso, um escorrega e um vai-e-vem. Para o presidente da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita, William Nogueira, o novo piso traz mais tranquilidade para os pais. “Fizemos a reposição do escorrega e do vai-e-vem que haviam sido quebrados. Agora, o brinquedo está completo novamente e com o piso emborrachado para conforto e segurança das crianças. O piso foi doado pela organização do evento Recreio Boa Praça”, explicou. É importante ressaltar que esse espaço não é só de responsabilidade da associação, mas também dos responsáveis pelas crianças que utilizam os brinquedos. “Os pequenos devem brincar sempre com a supervisão dos adultos. Pedimos para os pais serem nossos parceiros, e que se verem alguma criança fazendo o que não deve, chamem a atenção”, ressaltou William. Segundo o presidente, o desejo da associação era que um grupo de moradores adotasse o espaço e ajudasse a cuidar dele. Aqueles que estiverem interessados podem procurar a associação. “Infelizmente, não temos como vigiar o local 24h por dia. Há um projeto de duplicação do parquinho, já aprovado pela Fundação Parque e Jardins. Gostaríamos de ampliar o ambiente para crianças maiores. Infelizmente, ainda não temos previsão para que isso saia do papel. Aliás, não temos recursos suficientes para isso. Estamos tentando um patrocinador para essa obra”, informou. Em breve, a mesma atenção dada ao parquinho infantil será dada à praça da terceira idade. “Recebemos muitas reclamações dos moradores referentes ao piso do local. Nossa ideia é fazer um piso de concreto e colocar um piso emborrachado, semelhante ao do parquinho, e reinstalar os equipamentos de ginástica”, explicou William Nogueira.


35 reforma Tatiane Oliveira (Aloha) tem duas filhas, Giulia (4 anos) e Giovana (9 anos), e comentou as melhorias no parquinho: “hoje mesmo, a Giulia caiu e não se machucou, porque o piso agora é emborrachado. Quando chovia, isso aqui virava um verdadeiro lago, ninguém conseguia entrar. É importante destacar que todo mundo deve ficar de olho para que os brinquedos sejam preservados. É preciso consciência dos próprios pais, que fiquem de olho e orientem seus filhos a não forçarem os brinquedos”.

Já Sérgio Medina (Up Life), pai de Guilherme (3 anos), confessa que essa mudança era fundamental: “melhorou bastante. Agora cabe a todos zelarem pelo bem coletivo e ajudarem a preservar o espaço e conservá-lo”.


38 clube de vantagens

O Clube de Vantagens da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita foi criado para oferecer vantagens e descontos aos moradores associados. Para usufruir dos benefícios do nosso Clube, basta apresentar a carteirinha nos estabelecimentos conveniados e aproveitar os descontos concedidos. O associado que possuir a carteirinha terá direito aos descontos nas lojas parceiras. O empresário que desejar participar do Clube de Vantagens, deve entrar em contato pelo e-mail contato@novabarrabonita.org.br.


39 clube de vantagens

10%

Ainda não fez sua carteirinha? Entre em contato conosco por meio do telefone 2025-2485 para maiores informações.

70%

50%

R$


ANUNCIE AQUI!

3471-6799

ANUNCIE AQUI!

3471-6799


3 Anos natural

VIDA E SAÚDE Produtos naturais•Orgânicos Fitoterápicos•Dietéticos Condimentos•Especiarias • SUPLEMENTOS NACIONAIS E Importados Rua do arquiteto, nº 364 Recreio - Terreirão Rio de Janeiro - RJ (Ao lado do Supermarket)

DELIVERY (21) 3496-9500 (21) 99418-4136

emporiorecreio@ig.com.br Aceitamos:


DR. BRUNO MORISSON CRM 52772593 Especialidade: Angiologia e vascular

DRA FRANCISCA RENEÉ GAMERRE SAMPAIO CRM 52. 80020-1 Especialidade: Gastroenterologia Clínica médica

DR. BRUNO MOURA FERNANDES CRM 52.93092-0

DRA. KARINA SIQUEIRA CORRÊA CRM 5278221 1

Especialidade:

Especialidade:

Cardiologia

Dermatologia clínica, estética e cirúrgica

DRA. LILIAN BRAUNS CRM 52659738

DR. DAVOR THIESEN DUMONT PITREZ CRN 14101034

Especialidade:

Especialidade:

Neurologia Neurocirurgia

Nutrição

CONVÊNIOS

Amil · DIX · Unimed

Avenida das Américas, Nº 19019 - Sala 355 - Recreio Shopping (21) 2490 3962 / (21) 30488926

www.accurarj.com.br


BOM GOSTO NOS RESTAURANTES.

#AquiVocêEncontra

Revista Barra Bonita - 8ª edição  

Revista Barra Bonita - Associação Nova Barra Bonita