Page 1

ANO 1 - NO 6 - MAIO DE 2017

condomínio

BARRA BONITA

em revista

DIVERSÃO E ARTE A praça é palco da alegria, encontro de famílias e fim de semana de muito agito. Confira.

ANIMAIS ABANDONADOS A ação de quem cuida e protege. Saiba como você pode colaborar com essa causa.


ANÚNCIO


ANÚNCIO


ANÚNCIO


ANÚNCIO


BARRA BONITA 6 expediente

em revista

DIRETOR EXECUTIVO Paulo Roberto Mesquita DIRETORES E CONSELHEIROS DA ASSOCIAÇÃO

DIRETORA ADMINISTRATIVA Rebeca Maia

PRESIDENTE: William Andrade Nogueira

EDITORA-CHEFE Tereza Menezes Dalmacio

VICE-PRESIDENTE: Júlio Cesar Jesus de Sá DIRETOR FINANCEIRO: Antônio Carlos de Assis Silva DIRETOR ADMINISTRATIVO: Lincoln Franklin Fernandes DIRETORA DE OPERAÇÕES: Fabíola Pombo CONSELHO FISCAL: Felipe Marcelo M. de Carvalho / Ivone dos Santos Dias / Valdinez Gonçalves de Lima

CONDOMÍNIOS E SÍNDICOS ASSOCIADOS ALOHA CLUB RESIDENCE Síndica Fabíola Pombo CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO RESIDENCIAL VILLA BELLA Síndica Virgínia Sobral Moraes

SUGESTÃO DE PAUTA (21) 99437-2520 editora@grupocoruja.com.br

COMERCIAL (21) 3471-6799 REPÓRTER Aldi Mafra Guilherme Cosenza Sandro Miranda FOTOGRAFIA Lourrayne Lima

CONDOMÍNIO LUAU DO RECREIO Síndico Lincoln Franklin Fernandes

ESTAGIÁRIO DE FOTOGRAFIA Marcos Alcantara

CONDOMÍNIO PUERTO MADERO RESIDENCE Síndico Silmar Cavalieri

REVISÃO Laila Silva

CONDOMÍNIO RECREIO TOP DUPLEX Síndica Márcia Gama CONDOMÍNIO RESIDENCIAL LA VISTA Síndico Antônio Carlos de Assis Silva CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PABLO PICASSO Síndica Ana Cristina Lucidi CONDOMÍNIO SUMMER CLUB RESIDENCE Síndico Paulo Monjardin CONDOMÍNIO VARANDAS DE BARRA BONITA Síndico Dierci Silveira

BARRA BONITA É FORMADO POR 18 CONDOMÍNIOS: ALOHA (168 APARTAMENTOS) CHOICE (360) CONDE DO RECREIO (80) HOME WAYS (80) JARDIM DO ALTO (252) LA VISTA (242) LUAU DO RECREIO (312) NATURA RECREIO (392) PABLO PICASSO (100) PUERTO MADERO (228) SUMMER (62) SUNSET (320) TOP DUPLEX (220) UP LIFE (440) VARANDAS (224) VILLA BELLA (80) VILLA FIRENZE (63) VILLA VENEZIA (80)

DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Rachel Sartori DESIGN Allan Nascimento Marcília Almeida Renato Passos www.grupocoruja.com Tel.: 21 3471-6799 Avenida Armando Lombardi, 205, salas 211 a 215, Esquina da Barra Barra da Tijuca - Rio de Janeiro Barra Bonita em revista é uma publicação

FALE COM A ASSOCIAÇÃO Nós estamos disponíveis para atendê-lo através dos canais abaixo: 97021-2627 2025-2485

CASAS ASSOCIADAS MARIA ALICE E ANTÔNIO CARLOS VERÔNICA GOMES LUIZ CÉSAR CRONER AURELY CANTUÁRIA PAULO AMORIM RICARDO DE OLIVEIRA RANGEL ALFREDO LOPES JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA JOAQUIM MARIANO TÂNIA MARA SOARES

contato@novabarrabonita.org.br /NovaBarraBonita NovaBarraBonita.org.br A produção da Revista Barra Bonita não gera custo para a Associação Nova Barra Bonita. Toda a despesa (produção, criação, impressão e veiculação) é paga com o que é arrecadado com a venda de anúncios.


DESCONTO DE 20% para os moradores do Barra Bonita

MARCAÇÃO ON-LINE

SERVIÇOS COMPLEMENTARES:

Treinamento Funcional Fonoaudiologia Acupuntura Ergonomia Pilates

Marcação on-line

Atendimento domiciliar

ATENDIMENTOS A CRIANÇAS E ADULTOS

Traumato-Ortopédica Dermatofuncional Uroginecológica Neurológica Respiratória Esportiva RPG

Atendemos convênios

Pacotes personalizados

Estacionamento privativo para clientes

Estética

Tel.: (21) 2437-2440 / (21)2147-2440

Tratamentos • Celulite • Estrias • Gordura Localizada • Limpeza de Pele • Massagem Relaxante, Gestante e Modeladora • Pré e Pós Operatório • Flacidez

Novidades • Radiofrequência • Peeling de Diamante • Lipocavitação • Endermoterapia • Reflexologia • Pedras Quentes • Bambuterapia

Agende sua avaliação grátis Temos Pacotes

Aluguel de salas Salas prontas p/ alugar por HORA/DIA/MÊS • Para atividades relacionadas à Saúde (física, estética e psicológica). • O espaço total já possui toda a infraestrutura (recepção, limpeza, telefone, tecnologia, toilettes, etc).

UMA CLÍNICA COMPLETA PARA SUA TOTAL REABILITAÇÃO Tel.: (21) 2437-2440 / (21) 2147-2440 Rua Ministro Aliomar Baleeiro, 345, loja A Recreio dos Bandeirantes - RJ - CEP: 22790-550


8 palavra do presidente

VAMOS FALAR SOBRE O EVENTO RECREIO BOA PRAÇA? Em 2017, com o objetivo de tentar atender os anseios de grande parte da nossa comunidade, identificamos um parceiro, com experiência comprovada, para organizar eventos que pudessem conciliar alguns desses pedidos, dentre eles, um espaço para a feira de artesanato, uma programação cultural, e, é claro, com diversidade gastronômica, como food trucks e comidas típicas. Com atrações para todas as faixas etárias e a inclusão dos pets.

A

Associação Nova Barra Bonita vem realizando alguns eventos em Barra Bonita e cada um deles com formatos e objetivos diferentes. Realizamos, nos últimos 2 anos, 4 festivais de food truck que foram um verdadeiro sucesso, e, por muitos moradores, motivos de elogios. Desta maneira, foi solicitada a realização de mais eventos do mesmo estilo e padrão de qualidade. Entretanto, temos também registrado, com bastante frequência, diversos pedidos de moradores para que criássemos, regularmente, eventos de cunho cultural, onde fosse possível a inclusão de feiras de artesanato, exposição de artes, música, bem como outras atividades que estimulassem uma maior integração daqueles que residem no nosso sub-bairro. Muitos moradores são expositores, artistas, artesãos, músicos, e desejam expor o seu trabalho no próprio local onde moram.

Surgiu então o Recreio Boa Praça, que procura reunir esses segmentos em um único evento, para os moradores de Barra Bonita, em um ambiente familiar e de bom gosto. O Recreio Boa Praça é totalmente organizado por um produtor de eventos, que reúne os interessados, discute as condições, promove as apresentações e tem a responsabilidade de cuidar e manter os espaços destinados aos eventos. Inicialmente, o evento foi programado para utilizar um pequeno trecho da praça, de forma a reunir as pessoas em um ambiente agradável, organizado e seguro. Muitas cidades no mundo inteiro utilizam praças para encontros como esses e a nossa proposta não foi diferente: utilizar a praça para os moradores de forma responsável e moderada. A cada edição do evento é feita uma avaliação dos seus aspectos positivos e negativos para que as devidas correções e melhorias sejam implementadas. O horário de término do evento no domingo também foi ajustado para 21h30, com o intuito de não gerar incomodo ao descanso das pessoas. Outro ajus-

te para a terceira edição será encerrar as apresentações musicais no sábado às 22h, permanecendo apenas com um som ambiente para as pessoas continuarem utilizando os espaços. Outro problema a ser corrigido são os estacionamentos irregulares. Para a próxima edição, o evento contará com operadores de trânsito e obstáculos para evitar que os motoristas estacionem nas calçadas e canteiros. Havendo recorrência, a prefeitura será acionada para adotar as devidas providências. A associação tem dois objetivos específicos para realizar eventos desta natureza: o primeiro é proporcionar a confraternização entre as famílias, vizinhos e amigos, em um ambiente agradável, seguro e com uma programação para todas as idades. O segundo é sempre deixar um legado de melhorias na praça por meio do próprio evento, como a colocação de novos displays com plásticos para o recolhimento de fezes dos animais, e a colocação de piso emborrachado no parquinho das crianças, para conforto e segurança dos pequenos. Outras melhorias virão e valorizarão ainda mais o nosso cartão-postal. Mesmo com a aprovação positiva do evento pela maioria dos moradores, vamos realizar pesquisas de satisfação e continuar monitorando possíveis impactos a fim de mitigá-los ainda mais. Barra Bonita, eu amo, eu cuido!

William Andrade Nogueira Pres. da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita e morador.


10 entrevista

COM TODOS PARTICIPANDO, OS RESULTADOS APARECEM! U

m voto de confiança, a contribuição voluntária e consciente, a oportunidade, a união e a ação. Todos esses fatores reunidos são capazes de, efetivamente, trazer uma melhoria significativa para os moradores de Barra Bonita. É o pensamento que move cada um que trabalha com afinco na associação, “fazendo um trabalho de formiguinha”, como destaca o vice-presidente, Júlio Sá. Casado, pai de dois filhos, ele se mudou em 2005 para cá e tem um enorme apreço pelo local que escolheu para viver com sua família. Seu maior objetivo? Juntar forças pelo bem-estar de todos. “Nós temos hoje 18 residenciais em Barra Bonita. Mas apenas 9 contribuem. No país em que a gente vive hoje, as pessoas definem o perfil de quem está exercendo algum tipo de liderança sempre como suspeito e duvidoso”, lamenta. “Em alguns dos condomínios, os síndicos até demonstram interesse, mas não é algo que dependa somente deles, é preciso votar em assembleia. Por isso, não estamos conseguindo ter êxito em todas as investidas para atrair mais pessoas”, explica Júlio. “É de comum acordo que todos nós queremos um bairro adequadamente iluminado, com vigilância 24 horas e poda periódica de árvores. Com todos os condôminos participando, essa seria uma realidade a curto prazo. Falta essa visão para algumas pessoas. Elas entendem a contribuição para a associação – que custa hoje R$ 33,00 por unidade – como uma despesa, mas só com o que você ganha em descontos, recupera os R$ 33,00 e com sobra!”, defende o vice-presidente. A força deste argumento está no clube de vantagens que todos os associados têm direito a desfrutar. Há convênios com uma série de estabelecimentos, como farmácias e outros comércios. Além de bom para o bolso, tornar-se um associado é a maneira mais democrática de ter suas reivindicações ouvidas. “Todo prédio que contribui tem um representante seu – que pode ser o síndico ou outra pessoa designada para tal fim – para opinar e discutir os problemas, sugerindo e tendo a voz como um voto. Ele interfere nos rumos e decisões que a associação vai tomar”, explica Júlio. Graças à participação daqueles que hoje contribuem (prédios, casas e comércios), foram instaladas 50 câmeras de segurança em Barra Bonita. Trata-se de um bom sistema de monitoramento, mas que poderia ficar ainda melhor se existisse, também pela manhã, por exemplo, uma ronda motorizada e guaritas em atividade no bairro, para melhor


“A melhor contribuição que as pessoas interessadas podem oferecer é tentar fazer o mesmo trabalho de formiguinha que a associação faz. Falar com seu vizinho, com o amigo, tentar motivar uma assembleia em seu prédio,

ÁGUAS PIEDADE

Transporte de água potável

ÁGUAS PIEDADE Abastecimento de condomínios, Hospitais, Obra e Construção, Reservatórios, Piscinas, Sítios, Prédios, Irrigação de Jardins.

ENTREGAMOS COM AGILIDADE E PONTUALIDADE! aguaspiedade@grupobrasilrio.com.br Tel.: (21) 2756-0663 | 96429-7044

976953289

possibilitar que a associação vá outra vez expor os seus objetivos e mostrar o que está sendo feito. Assim como o momento delicado vivido pela economia brasileira, a associação luta com certa dificuldade para se manter. A mudança de síndicos também é um problema, porque a associação precisa ter um equilíbrio e tranquilidade no seu orçamento (receita), a fim de honrar as despesas do mês. Se não tivermos a exata noção de quanto vamos arrecadar,

como vamos contratar serviços?”, questiona o vice-presidente. Fato é que as portas da associação estão abertas. Além de bem-vindos, todos estão convidados a conhecer a transparência da instituição. “Quem quiser nos fazer uma visita e conhecer o resultado de nossas movimentações financeiras, pode chegar, que teremos prazer em explicar tudo. Nós fazemos, inclusive, a cada dois ou três meses, uma reunião aberta para todos os prédios, sejam eles associados ou não”, destaca Júlio Sá. E então? Vamos juntos fazer de Barra Bonita um bairro ainda melhor?

11 entrevista

garantir a segurança e tranquilidade de todos. Vários moradores de prédios que atualmente não contribuem com a associação já procuraram a diretoria com a intenção de ajudar de forma isolada, mas, infelizmente, além de se tratar de um processo de difícil operacionalização, pois o Estatuto não permite.


12 entrevista


A Escola e a Diversidade É fato! A educação está a serviço da coletividade. Como Paulo Freire já dizia: a escola “ensina o aluno a ler o mundo para poder transformá-lo” e, no nosso mundo atual, faz-se urgente a transformação. Dentro das escolas, alguns paradigmas vêm sendo revistos e há uma constatação clara hoje: em cada sala de aula, independente de segmento ou série, as turmas são heterogêneas. O educador atual precisa compreender e aceitar que cada pessoa aprende de um jeito, que cada pessoa, criança ou adolescente possui sua história de vida, seus princípios, suas vivências e, de acordo com isso, possui uma leitura própria do mundo. A escola pode e deve ampliar o olhar, apresentar o novo e oferecer espaços de experimentação, reflexão, interação e solução de problemas. Numa turma de Fundamental I, por

exemplo, um dos estudantes apresentava apenas 20% da visão. Um trabalho sutil da professora e psicopedagoga levou o grupo a perceber a dificuldade do amigo, e juntos, criaram alternativas de brincadeiras em que ele pudesse participar para a hora do recreio. Uma turma de crianças dando valiosa lição de integração. Podemos fazer esta educação com todos e para todos, olhando o ser como autor de sua própria história, capaz de fazer boas escolhas, independente da maneira como aprende ou das dificuldades que enfrenta. No ambiente onde convivemos com a diversidade, não cabe termos pena de ninguém, pois, definitivamente, não estamos acima ou somos melhores. Andréa Miranda Diretora Colégio Notre Dame Recreio


14 entrevista delegada

A DETERMINAÇÃO DE QUEM COMANDA A 42a DP A delegada responsável pela 42ª delegacia de polícia, localizada no Recreio, Márcia Julião, está há menos de um ano à frente dessa DP, mas conhece muito bem a região. Moradora do bairro há mais de 20 anos, ela tem uma política própria quando o tema é segurança: “não sou de ficar reclamando sobre o que está faltando. Trabalho com o que tenho para conseguir resultados”. Em meio a uma agenda atribulada, ela recebeu a nossa reportagem para falar sobre o trabalho, a vida e o que preocupa todo cidadão: como manter os filhos e a casa seguros e longe de perigos. A delegada, também mãe e avó, contou que a agressão à mulher é constante na região, e que o assunto é levado muito a sério por ela e por sua equipe. Confira.

Lâmpada Led Bulbo AVANT

R$ 9 ,90

na compra de 10 unidades

| 4,8W bivolt

R$ 8

,90

cada

R

EVISTA BARRA BONITA: Quais são as maiores incidências na região da 42ª DP?

MÁRCIA JULIÃO: Temos um índice muito grande de queixas sobre agressão de mulheres. A Lei Maria da Penha é a número um em nossas ocorrências. Tanto é que, quando recebemos uma reclamação sobre a Lei Maria da Penha, a queixa se transforma imediatamente em inquérito. Normalmente, uma queixa precisa passar por algumas etapas até se transformar em inquérito, mas aqui nós pegamos pesado com isso. Tenho três policiais experientes que ficam à frente disso. Dessa maneira, queremos acabar com a

Luminária de emergência

Lâmpada Dicroica 5W

R$ 29 ,90 bivolt

R$ 16 ,90

30 Leds SMD | 6400K Luz Branca

Painel LED 3W

R$ 16 ,90

Nova loja na Estrada Benvindo Novaes 1910 – loja B | Tels.: 3128-1506 e 4114-1506


15 entrevista delegada

sensação de impunidade de que o acusado ainda terá muito tempo até que se instaure um inquérito. E aproveito para salientar que a mulher que queira prestar queixa, pode vir até a delegacia, me procurar e ficar tranquila, pois o sigilo é absoluto e estamos abertos 24 horas. REVISTA BARRA BONITA: O Rio vive uma época de muita insegurança, crescimento da criminalidade e aqui não é diferente. A própria mudança no transporte público local gerou mais insegurança. O que está sendo feito? MÁRCIA JULIÃO: Não é novidade para nós que poderia ocorrer esse aumento da criminalidade. A chegada do BRT trouxe para nossa região moradores de outros bairros e com isso, naturalmente vieram também os delinquentes de outras regiões, que vêm para cá para cometer seus delitos. Estamos trabalhando pesado em parceria com o 31º batalhão da Polícia Militar, os moradores da região e a superintendência da Barra. Conseguimos algumas evoluções: quebramos no mês passado uma quadrilha de roubo de bicicletas; e conseguimos uma parceria com as redes de telefonia, ou seja, a pessoa que tiver seu celular roubado, pode vir aqui e imediatamente bloqueará o celular de maneira que nenhum chip possa ser validado no aparelho, assim, a longo prazo, o roubo de celular será inútil para o assaltante.

REVISTA BARRA BONITA: A parceria com a PM funciona bem? MÁRCIA JULIÃO: Funciona muito bem. É muito positiva. Mantemos contato o tempo inteiro pelo WhatsApp, temos diversos grupos formados para variados assuntos, onde nos comunicamos e passamos as informações. Também nos reunimos regularmente com o batalhão e os comandantes da região para cuidar do bem comum. A Polícia Militar atua para prevenir as ocorrências e a Polícia Civil entra depois do ocorrido. Então, essa parceria é essencial.

REVISTA BARRA BONITA: Você falou sobre o contato com outras autoridades por meio do WhatsApp. O uso das redes sociais ajudou o trabalho? MÁRCIA JULIÃO: Sim e não. Ela nos ajuda na comunicação, como eu disse antes, porém o mau uso traz, muitas vezes, uma sensação de insegurança maior. Um boato maldoso é jogado na rede, como um assalto que não existe ou coisa parecida, isso acaba viralizando e aumenta a sensação de insegurança, trazendo uma síndrome do pânico para os moradores


16 entrevista delegada

da região. Outro dia mesmo, me mandaram um vídeo que aconteceu no nordeste do país e foi divulgado como sendo do Recreio. As pessoas precisam tomar cuidado com isso. REVISTA BARRA BONITA: Como é o contato da delegacia com a comunidade? MÁRCIA JULIÃO: Excelente. A presença da comunidade, por meio das associações, ajuda muito neste período de crise do Estado. Conseguimos materiais de escritório e higiene para dentro

da delegacia, além de um projeto maior, que foi o conserto de diversos carros para as rondas, que só foi possível graças às associações

de moradores e a Câmara Comunitária do Recreio. Graças a eles, o Recreio não está tão mal como as outras delegacias do Estado.

“E APROVEITO PARA SALIENTAR QUE A MULHER QUE QUEIRA PRESTAR QUEIXA, PODE VIR ATÉ A DELEGACIA, ME PROCURAR E FICAR TRANQUILA, POIS O SIGILO É ABSOLUTO E ESTAMOS ABERTOS 24 HORAS.”


17 entrevista delegada


ANÚNCIO


20 em cena

ESBANJANDO TALENTO TEATRO, CINEMA, TV, ARTES PLÁSTICAS, FOTOGRAFIA, A SEÇÃO EM CENA ENTREVISTA MORADORES QUE SE DESTACAM NA ARTE. GENTE QUE VIVE AQUI E LEVA O SEU TRABALHO PARA TODA A CIDADE. E QUEM ENTRA EM CENA NESTA EDIÇÃO É O ATOR ARAMIS TRINDADE, MORADOR DO CONDOMÍNIO LA VISTA. CONFIRA.

PRINCIPAIS TRABALHOS - Visconde de Sabugosa no “Sítio do Picapau Amarelo”; - Cabo Setenta em “O Auto da Compadecida”; - Tenente Lindalvo de “Baile Perfumado”. PRINCIPAIS PRÊMIOS Troféu Candango (Festival de Brasília), na categoria ator coadjuvante, no longa “O Baile Perfumado” (1997); Quepe do Comodoro – indicado na categoria ator coadjuvante.

A

o todo são 40 anos de carreira: 25 peças, 57 filmes (40 longas e 17 curtas), 30 séries de TV e 8 novelas na Rede Globo. Aramis Trindade, ator, 52 anos de idade, marido e sócio de Alessandra Alves, pai de Roberta (14 anos), Vinicius (20 anos), Klaus (18 anos) e Marina (11 anos), artista, morador de Barra Bonita, é desses que transformam até os pequenos papéis em joias. Há 5 anos, Aramis ganhou um voto de confiança de um importante dramaturgo brasileiro. O desafio? Dar vida à história de “Romeu e Julieta, Cordel de Ariano Suassuna”. Nela, Ariano situa o romance na tradição e nos severos códigos de vingança observados no nordeste do Brasil, abordados com frequência na literatura de cordel. Adaptada e resumida, a obra tem um formato menor e é narrada pelo personagem Quaderna, vaqueiro, típico homem do nordeste brasileiro. Coube a Aramis o desafio de dirigir e interpretar todos os personagens do espetáculo e ainda levá-lo a diferentes palcos pelo Brasil: teatros, escolas, domicílios e lugares alternativos. “Nesta versão quis algo bem simples, reduzindo o espetáculo para 20 minutos em um monólogo e acrescentando mais 20 minutos, onde recorro às alusões contemporâneas por meio dos ‘causos’, debatendo a peça e interagindo com o público presente, expondo o Movimento Armorial e assuntos pertinentes aos temas abordados”, explica Aramis. Teatro Brasil em BH, Teatro Santa Isabel Recife, Teatro Nós do Morro Vidigal foram alguns palcos que já receberam a peça. Mas, para Aramis, tem sido ainda mais importante apresentá-la no circuito alternativo. “É um espetáculo democratizado, que dá acesso às pessoas que não têm oportunidade de ir ao teatro. Comecei no circo com 13 anos, no Teatro Nova Jerusalém, em Pernambuco, e lá tem 13 cenários ao ar livre. Eu nasci nesse ambiente. Fazer isso há 40 anos me deu uma baita experiência e vou resumir tudo o que vivi em um pequeno verso de Manuel Bandeira: ‘Vi terras da minha terra. Por outras terras andei. Mas o que ficou marcado. No meu olhar fatigado, foram terras que inventei’”, comenta. Para Aramis, é crucial assimilar tudo o que se lê, respira e aprende, e depois traduzir no seu cotidiano. “Foi toda a minha experiência, foi tudo o que reuni e consegui concretizar. Quando chego nas escolas, em locais mais vulneráveis e vejo crianças que só escutaram falar


O ator sonha com a concretização de vĂĄrias ideias, entre elas a de levar a peça para vĂĄrios lugares do Recreio, bairro que escolheu pra morar desde que sua mulher engravidou da filha caçula, hĂĄ 11 anos, sendo 7 deles vividos em Barra Bonita: “viver aqui ĂŠ a melhor coisa do mundo, pois estou hĂĄ 20 minutos do meu trabalho, se quiser posso ir a pĂŠ pra praia, tem mercado, tem shopping. Acho que a



21 em cena

das histórias, Ê muito especial. Com a peça, queremos conquistar outros mares, com cunho didåtico, que leve informação e entretenimento para o público em geral�, informa.


Na TV, o artista já tem mais um trabalho previsto. Aramis terminou de gravar a série de 12 capítulos da Rede Globo a ser lançada em setembro, “Filhos da Pátria”, que trata de uma história da corrupção no Brasil desde a colônia até os dias de Lava Jato. O personagem vivido por Aramis é um jornalista corrupto de nome Delorges, chefe de redação do jornal Gazeta do Povo que vai trabalhar em uma secretaria do governo. No elenco, atores de peso como Alexandre Nero, Matheus Nachtergaele e Fernanda Torres.

Foto: Leo Siqueira

22 em cena

única coisa que ainda falta é um teatro. Quem sabe, em breve, não apresentamos espetáculos aqui mesmo em Barra Bonita?”.

Aramis Trindade e Alessandra Alves.


24 lazer

ÁLBUM

de família

Esta seção é o ponto de encontro de quem escolheu o Barra Bonita como casa e segue registrando o jeito leve e descontraído de viver aqui. As áreas externas e comuns a todos são um convite ao bem-estar. Confira mais um dia de outono, de sol morno, alegria, brincadeiras e o prazer de ter vindo morar aqui.

Guilherme e Lilian Amoyr, moradores do Home Ways, aproveitavam a tranquilidade da praça para ler e comentaram como é morar aqui: “o bairro cresceu bastante e o shopping nos traz muita facilidade. Nós gostamos particularmente do nosso prédio e o que ele nos oferece”.


25 lazer Leir Henrique Braga, moradora do Up Life, sempre que pode leva a neta, Pietra (2 anos), para se divertir na pracinha: “nós aproveitamos muito tudo. Depois da saída de escola, o destino é aqui. Para mim, não tem melhor lugar para viver. Até porque encontro tudo que preciso por perto, já que o comércio atende todas as minhas necessidades. E ainda tenho meus filhos, Edvar e Alessandra, morando perto de mim”.

Morador do Luau do Recreio, Roberto Chiozzo, também acompanhado da família (a esposa Rafaella e a filha Isabella, de 4 anos), desfrutava do sol de outono e contou como o ambiente é privilegiado: “o que nos chamou atenção para vir morar aqui foi esse ambiente familiar e a boa infraestrutura para as crianças. Desde pequena trazemos nossa filha para brincar na praça”.

“O lugar é muito tranquilo, principalmente para criar os filhos. O ambiente é familiar e com muito verde. Sempre que posso, trago meu filho para andar de bicicleta e brincar com os amigos aqui na praça”, comentou Raphael Ferreira, morador do Puerto Madero, que estava com filho Enzo (4 anos).


26 lazer

Morador do Varandas de Barra Bonita há 10 anos, Ismar Becker revela o que o fez residir no bairro: “aqui desfruto de muita tranquilidade e segurança. Tudo com uma excelente infraestrutura e arborização. Aproveito a praça para caminhar todos os dias e também colocar a leitura em dia”.

Leandro Vasconcellos, morador do Jardim do Alto, que brincava com os filhos Thiago (4 anos) e Gabriel (7 anos), contou como foi a escolha de viver em Barra Bonita: “nós demos preferência à segurança e ao conforto dos nossos filhos. Ainda temos a praça como opção de lazer e, sempre que o tempo está bom, descemos para trazer as crianças para brincar no balanço, escorrega e jogar bola na grama”.


27 lazer

Jorge Xavier e Talita AraĂşjo, moradores do Up Life, levaram a filha Catarina (2 anos) para brincar na praça e aproveitar a manhĂŁ ensolarada: “todo fim de semana estamos aqui com ela. O espaço ĂŠ muito bom e o ambiente familiar ajuda na hora da diversĂŁo. Gostamos muito de ter o shopping por perto e dos eventos, pois atendem Ă s nossas necessidadesâ€?.

Brincando com a filha Mariana (1 ano), Cynthia Lima diz ter qualidade de vida no local: “o pulmĂŁo parece que fica mais saudĂĄvel. Consigo ter contato com os animais, trazer minha filha para ver a natureza na praça e ainda fazer uns exercĂ­cios. NĂłs adoramos, o bairro ĂŠ muito bomâ€?.

'U&25$dÂŽ2 &DUGLRORJLDH1XWULomR

&$5',2/2*,67$ 'U&ODXGLRQRU%DUURV&50

&RQVXOWDVH&KHFNXSV 5LVFR&LU~UJLFR (OHWURFDUGLRJUDPD'LJLWDO (FRGRSSOHUFDUGLRJUDPD 'RSSOHUGH&DUyWLGDV +ROWHUKRUDV 7HVWH(UJRPpWULFR 0$3$



1875,&,21,67$ 'UD3DWULFLD(VTXHUGR&51

 &ULDQoDV-RYHQVH$GXOWRV ([DPHV1XWULFLRQDLV$WXDLV )RRG'HWHFWLYH 0\*HQH'LHW %LRLPSHGkQFLD $OpUJLFRVDR*OXWHQH/DFWRVH 2EHVLGDGH*HVWDQWHV 'LDEpWLFRV $WHQGLPHQWRGLIHUHQFLDGRFRPKRUDPDUFDGD

$YGDV$PpULFDV7RUUH6DOD$%62/8772 (PIUHQWHj(VWDomRGR%575HFUHLR6KRSSLQJ(VWDFLRQDPHQWR5RWDWLYR

7HO&HO 'LUHWRU&OtQLFR'U&ODXGLRQRU3HUHLUDGH%DUURV&505-


28 Recreio Boa Praça

O QUE É BOM, REPETE A

segunda edição do Recreio Boa Praça foi mais um sucesso. Música, artesanato, gastronomia e muita diversão na praça mais charmosa do bairro. Famílias inteiras se reuniram para mais um fim de semana de muita diversão e alto-astral. O produtor do evento Fernando Dias e o presidente da associação foram unânimes: “o evento veio para ficar”. Pelo menos uma vez por mês o Recreio Boa Praça estará na programação do condomínio. O que se deseja é que o morador interaja, participe e aproveite as áreas comuns de Barra Bonita. “Queremos um ambiente familiar, alegre, onde pessoas de todas as idades e estilos possam curtir. Vale ressaltar que não queremos ampliar ainda mais o evento, temos que dosar para não perder a qualidade. Reunimos gastronomia, artesanato e música. Os shows foram uma inovação, pois nossos últimos eventos com food trucks não havia som e hoje temos apresentações musicais para crianças e adultos”, explicou William presidente da Associação Nova Barra Bonita. Mas e o estado da praça, como fica? Essa é uma dúvida que a equipe de reportagem ouviu dos moradores. O presidente responde sobre essa questão: “é bom frisar que a nossa parceria com os organizadores girou em torno dessa preocupação. Nós mapeamos toda a praça, seus pontos frágeis e, nesse sentido, vamos fazer intervenções juntamente com os organizadores para a revitalização do espaço. Dentre elas estão a instalação de bancos novos, alguns novos caminhos de passeio e outras obras de melhoria. Não queremos simplesmente usar o espaço, mas sim deixar um legado para os moradores”. Fernando Dias, produtor do evento, fez questão de endossar o que foi dito pelo presidente e acrescentou: “nossa proposta consiste em quase não impactar a praça. Entre as nossas ações sustentáveis estão o uso de paletes em boa parte dos assentos para o público e o reaproveitamento do óleo utilizado nos trucks. A terceira edição do Recreio Boa Praça, a ser realizada em junho, terá um workshop de cultivo de bromélias. Já para os amantes de cerveja artesanal, um workshop de preparo do produto. O público pode esperar essas e muitas outras novidades. Nosso intuito é ter um espaço eclético”.


Carina Rigolin (Summer) mora há apenas

Assim como Carina, Gustavo da Silva

Giane Pinheiro (Luau do Recreio) aproveitou

6 meses em Barra Bonita e pela primeira vez curtiu uma atração na praça. Ao lado do marido, amigos e o filho deles, Hudo (3 anos), ela posou para a foto e comentou: “gostei bastante da ideia de ter shows para todos os públicos, por isso convidei meus amigos para estarem conosco nesse momento”.

Machado (Jardim do Alto), a irmã Renata e o cunhado Giorgio Seixas esperavam o show da banda Outubro 69. “Há 12 anos moro aqui e já vi outros eventos grandes no condomínio, mas há muito tempo. Só acho que devem ter cuidado para não banalizar os eventos, para que não se tornem maçantes”, contou Gustavo.

o sábado na praça ao lado da filha Sofia (10 meses). Ela é uma das moradoras que aprovou a realização do Recreio Boa Praça em Barra Bonita. “A associação e os organizadores estão de parabéns. Achei tudo maravilhoso! Tomara que tenha mais vezes. É uma delícia poder comer pratos diferenciados e ainda comprar itens de artesanato”, comentou.

29 Recreio Boa Praça

A EQUIPE DE REPORTAGEM ENTREVISTOU OS MORADORES E CONFERIU ALGUMAS ATRAÇÕES:

Surpreenda-se com uma nova experiência em Chocolates gourmet Cupom especial: com este, durante todo o mês de junho:

% 0 3

na raspa de chocolate ao leite (quilo); Na compra do nosso café gourmet ganhe

15% de desconto

na fatia do bolo do dia * Promoção válida enquanto durarem os estoques

Tel.: 96559-7110 Av. das Américas, nº 19.021, loja 111 expansão - Shopping Recreio


30 Recreio Boa Praça Andreia Goulart (Puerto Madero) levou seu filho, Henrique (1 ano e 1 mês), para se divertir ao lado de outras crianças do condomínio: “moro aqui há 6 anos e há muito tempo não via uma atração aqui em Barra Bonita com essa infraestrutura e de modo tão organizado. Acho ótimo interagir com outros moradores e desfrutar de comidas diferenciadas”.

Diversão em família, Joyce Melo (Top Duplex) e o marido José Lucas Araújo entraram na brincadeira com o filho, Heitor (2 anos). “Acho essa praça maravilhosa, e esse tipo de atividade é muito importante, pois dá vida ao espaço e dá uma outra dinâmica a rotina dos moradores. Acredito que iniciativas nesse sentido só somam”, ressaltou Joyce.

Cintia Gomes (Top Duplex) é mãe de Dante (1 ano e 7 meses) e, pra ela, uma das principais atrações foi a feirinha de artesanato: “adoro artesanato e cerveja artesanal. Sem contar que essa foi a primeira vez que vi realizarem show aqui no condomínio. Achei ótimo, pois esse é um ambiente familiar, e isso é o que eu mais gosto daqui”.

Ademar Barros (La Vista) e as netas Elis (5 anos) e Manuela (9 anos) eram só alegria: “momentos como esse são ótimos para a família inteira, todo mundo se reúne e se diverte, principalmente as crianças”.

José Márcio Pimentel Martins (Natura) e a esposa Alessandra Vieira levaram os filhos gêmeos Helena e Pedro Henrique (5 anos) no evento. “É ótimo ter alternativas de lazer perto de casa. Elas são mais práticas, porque não temos que pegar o carro. As crianças amam e nós aproveitamos os food trucks”, destacou José.

Silvana dos Reis Lima (Luau do Recreio), a irmã Ana Vergueiro e as filhas, Ananda (16 anos) e Nathalia (20 anos), eram pura animação. As quatro estavam muito felizes de estarem juntas comprando bijuterias e roupas. “Os produtos são ótimos e as barracas estavam lindas”, disse Nathalia.


SEJA UM VENCEDOR. CORRA PARA O ÍCARO!

MATRÍCULAS ABERTAS PARA 2017! Ensino fundamental e Médio regular Pré-vestibular Campeão na EDUCAÇÃO

MENSALIDADES a partir de R$ 460 do 6º ao 9º ano Material incluso Unidade Tijuca

Inscreva-se já! Há mais de 48 anos EDUCANDO e APROVANDO COM SUCESSO jovens e adultos no Rio de Janeiro! Muitos jovens e adultos já fizeram sucesso no Ícaro! Temos um método de trabalho e uma filosofia de ENSINO PRÁTICO, para que o aluno aprenda o máximo. Venha nos conhecer!

NA APRESENTAÇÃO DESSE ANÚNCIO

100% DE DESCONTO NA MATRÍCULA. TIJUCA 2254-9994 Praça Saens Pena, 63 (a 10m do metrô)

RECREIO 2437-5867 Rua Cel. João Olintho, 630 (próximo ao Mc Donald’s)

JACAREPAGUÁ 2447-4439 Est. de Jacarepaguá, 7503 Freguesia (ao lado do Unicenter)


32 Recreio Boa Praça Michele Hayashi (Jardim do Alto) e o namorado Robério Alves elogiaram o evento. “Achei incrível! O melhor é não ter que ir pra longe e pegar carro pra se divertir. Toda vez que tiver, tentarei vir”, disse Michele.

Ivone Dias (Natura) e a amiga Catalina Henske (Up Life) prestigiaram a atração. “Curtimos bastante. Na minha opinião, tem que ter sempre”, afirmou Ivone.

Marília Amorelli, síndica do Conde do Recreio desde junho de 2016, acha muito interessante a realização de eventos como esse no condomínio: “estou tentando convencer os moradores a participar da associação. Afinal, a união faz a força. Apesar do meu prédio ainda não ser associado, eu vejo as melhorias que William e companhia trazem. Sempre que solicito a presença deles eu sou atendida. Conhecendo e vendo o trabalho, analisamos

Síndicos e membros do Conselho da Associação Nova Barra Bonita.

que está dando certo. Quando cheguei aqui, em 2012, a praça era largada, agora tem poda, iluminação e segurança, o que é primordial para o ir e vir dos moradores”.

William Nogueira, presidente da Associação Nova Barra Bonita, e Fernando Dias, produtor do Recreio Boa Praça.


34 Recreio Boa Praça A equipe do RecreiaCão, em parceria com a ONG Juntos Somos Mais, trouxe aproximadamente 30 animais para adoção. Durante o evento, as veterinárias da Lord Cão tiraram as dúvidas de crianças e adultos sobre os cuidados com os animais. “Nós participamos de eventos como esse para incentivar a adoção de animais abandonados e mostrar para as pessoas que é possível conviver com eles, que, aliás, merecem respeito e carinho”, explicou Débora Lagranha, responsável pelo RecreiaCão.

O Saikai Truck Sushi era um dos trucks mais procurados no Recreio Boa Praça. Especializados em comida japonesa, a equipe de Patrícia Netto não parou um só minuto: “é a nossa primeira vez aqui em Barra Bonita e foi um sucesso. O prato que mais saiu foi o combinado de 15 peças, que tem sashimi e sushi na composição. Estamos sempre inovando e trazendo novos pratos”.

O Mix Hamburgueria Gourmet foi outro truck que fez sucesso. A especialidade? Hambúrgueres recheados. O chef Alex Trivagini explicou que os pães dão um quê a mais ao lanche: “nesta segunda edição do Recreio Boa Praça tivemos um lançamento, o pão com bland”.

SOLUÇÕES CONTRA INCÊNDIO PARA CONDOMÍNIOS E ESTABELECIMENTOS EM GERAL

BRFIRE SEGURANÇA CONTRA INCÊNCIO

Bombas e Peças Hidráulicas

Mangueiras e Acessórios

Porta Corta Fogo

Pára Raios

Sinalizações de Segurança

VALORES PROMOCIONAIS PARA CONDOMÍNIOS E MORADORES DO BARRA BONITA

WWW.BRFIRECONTRAINCENDIO.COM.BR

3279 2737 | 3244 1877


Os rapazes do Don Cevada participaram pela segunda vez do evento. “O produto é totalmente artesanal, e para os moradores de Barra Bonita trouxemos uma novidade. O lançamento da vez foi a cerveja D’ Laje, que é vermelha e tem 4.2 de teor alcoólico”, disse Thiago Santiago, empresário.

35 Recreio Boa Praça

Também especializados em hambúrgueres, o pessoal do Exagerado trouxe um lançamento para o Recreio. “Hoje apresentamos o Cheddar, que em sua composição tem pão australiano e cebola caramelizada”, explicou Bruno Teixeira, empresário.


38 atividade física

EM MOVIMENTO A PRAÇA DE BARRA BONITA É UM EXEMPLO DE VERSATILIDADE. ALÉM DE RECEBER EVENTOS QUE LEVAM DIVERSÃO AOS MORADORES, É TAMBÉM UM ESPAÇO PARA TREINO FUNCIONAL DURANTE A TARDE. QUEIMA DE CALORIAS, MELHORA DE CONDICIONAMENTO FÍSICO, AGILIDADE E AUMENTO DE RESISTÊNCIA E FORÇA SÃO ALGUNS DOS BENEFÍCIOS QUE AS ALUNAS ADQUIREM COM OS EXERCÍCIOS.

Moradora do Puerto Madero e professora de treino funcional, Raquel Marcondes diz se sentir acolhida no bairro familiar, que oferece fácil acesso à praia e é perto do trabalho: “a intenção ao vir dar aula aqui foi atender moradoras, sendo que a maioria são mães ou pessoas que têm dificuldade de ir longe por ter tempo corrido. Hoje nós somos 12 mulheres treinando toda segunda (14h), quarta (15h) e quinta (15h)”.

Eunice Passos, moradora do Puerto Madero há 7 anos, contou alguns dos motivos que a trouxeram para morar em Barra Bonita: “o bairro é tranquilo, aqui tenho fácil acesso aos lugares e à praça, onde posso trazer meu filho todo fim de semana para brincar”. Frequentadora do treino funcional há bastante tempo, ela diz que ganha um estímulo maior ao fazer exercício perto de casa.

Luísa Loureiro, moradora do Pablo Picasso há 2 meses, estava com a mãe Simone e nos contou o que mais gosta no bairro: “aqui tem lazer, diversão e qualidade de vida. Eu costumo andar de bicicleta e nós sempre frequentamos os eventos”. Caçula do treino funcional, com apenas 11 anos, afirma que adora fazer a aula: “a praça é ótima para fazer atividades físicas, por ser ao ar livre. Já me sinto mais disposta e com o físico diferente”.

A proximidade do trabalho, tranquilidade e segurança, foram algumas das razões que fizeram Andreia Machulis se mudar para o Villa Venezia há 10 meses. Acompanhada das filhas, Joana (3 anos) e Maria Fernanda (9 anos), na aula de treino funcional, comentou como foi a recepção das colegas: “faço a aula há pouco tempo, mas fui muito bem recebida. O melhor é poder trazer minhas filhas, que ficam brincando enquanto faço os exercícios. Por ser ao ar livre, ainda consigo pegar sol e aumentar a minha taxa de vitamina D. Já consigo sentir diferença no meu humor e mais disposição”.

Para Goy Pires, moradora do Puerto Madero há 5 anos, o bairro é sinônimo de tranquilidade. Na praça, aproveita para fazer piquenique e divulgar seu trabalho com artesanato, além de praticar treino funcional: “é muito bom fazer treino funcional aqui, pois tenho a facilidade de ser perto de casa. Consigo parar no trabalho e após a aula voltar rapidamente ao que estava fazendo”.


39 atividade física Eliana Gesteira, moradora do Jardim do Alto há 4 anos, se diz satisfeita morando em um lugar agradável que tem vários serviços perto: “sempre que posso, desço e venho para praça correr, ler, pegar um sol e ar fresco, além de praticar treino funcional. É muito boa a aula, diversão pura, e as meninas são bem animadas. Também ajuda a fazer amizades e socializar com outros moradores”.

Tranquilidade, segurança e estilo de vida foram características que chamaram a atenção de Carla Mendes no bairro. Moradora do Puerto Madero há 6 anos, para ela, fazer aula de treino funcional é uma das maneiras para aproveitar a praça: “é maravilhoso! Aqui tenho muita facilidade por ser no quintal de casa”.


40 atividade física

Claudia Regina, moradora do La Vista há 9 anos, contou que os filhos sempre se deram bem no bairro. E ela gosta de ter o shopping e a praça por perto, onde faz aula de treino funcional: “fica fácil fazer exercício assim, pois é só descer. Além de treinar à tarde, eu corro na parte da manhã”.

Martha Alves, moradora do Puerto Madero há 4 anos, conta que o bairro oferece facilidade para viver, por ter shopping e tudo o que se precisa por perto, inclusive treino funcional: “eu só preciso colocar a roupa e descer! É muito bom ter contato com gente de outros prédios e, além disso, a Raquel é uma profissional maravilhosa e eu já consigo ver os resultados”.


DR. BRUNO MORISSON CRM 52772593

DR. PAULO CESAR ROCHA CRM 5277275-5

Especialidade: Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular

Especialidade: Clínica Médica Gastroenterologia

DR. BRUNO MOURA FERNANDES CRM 52.93092-0

DRA. KARINA SIQUEIRA CORRÊA CRM 5278221 1

Especialidade:

Especialidade:

Cardiologia

Dermatologia clínica, estética e cirúrgica

DRA. LILIAN BRAUNS CRM 52659738

DR. DAVOR THIESEN DUMONT PITREZ CRN 14101034

Especialidade:

Especialidade:

Neurologia Neurocirurgia

Nutrição

CONVÊNIOS

Amil · DIX · Unimed

Avenida das Américas, Nº 19019 - Sala 355 - Recreio Shopping (21) 2490 3962 / (21) 30488926

www.accurarj.com.br


42 solidariedade

MOVIMENTO DAS GATEIRAS DE BARRA BONITA F

oi o amor pelos felinos que uniu quatro moradoras e uma amiga de Barra Bonita para fazerem o bem no bairro. Percebendo o grande volume de gatos abandonados na praça, as moradoras Carol Lancelloti (La Vista), Eduarda Olivieri (La Vista), Halynne Luany (La Vista), Margarethe Confetteura (Villa Bella) e a amiga do grupo Sônia Vili uniram-se para cuidar dos animais. “Nós observamos que muitos gatos ficavam vagando pelo bairro, sem um lar, sem carinho e abrigo. Então, nós nos juntarmos para fazer algo de bom em prol desses bichinhos”, conta a moradora Carol. Dessa maneira, nasceu o movimento das Gateiras de Barra Bonita dentro do bairro para achar um lar para cada bichano abandonado: “minha mãe é veterinária e nos auxilia muito nessa iniciativa, ajudando a comprar remédio para os doentes, na castração dos animais etc. Porém, o custo disso é muito alto e precisamos de ajuda e parceiros para dar continuidade a isso”. Para os animais abandonados se abrigarem, a equipe criou uma pequena casa de improviso apelidada de “favelão”, onde os animais recebem alimento e podem se abrigar das chuvas. “Nossa ideia não é que as pessoas abandonem mais gatos ali. Queremos, na verdade, que as pessoas nos ajudem a cuidar deles”, conta Margarethe. A ajuda pode ser em forma de um lar permanente para gatos ou um lar provisório. “Muitas vezes, quando o gato está doente, ele precisa ficar em quarentena, longe dos demais, e quando acaba de ser castrado, ele também precisa de repouso especial. Quem puder ficar com eles, nem que seja de maneira provisória para eles se recuperarem, já é de grande ajuda, pois todas temos animais em casa e não podemos abrigar toda hora os diversos animais”, explica Eduarda.


Margarethe Confetteura, Carol Lancelloti, Halynne Luany, SĂ´nia Vili e Eduarda Olivieri.

CONTATO: 97905-7408 - Carol

Lugar de recomeços e sonhos !u„uġ­³Ä�uٛěÊuĤ  ²³² ²² ² ²³²²

i ³² 

i ³² 

ÚÚÚħ›€uʛÊ�†Šħ ³ħ€À L�uPà §Ù›³†uL³ ™uI³§§›ÄĢęėēĢ uÀÀu†uU›¤� u

43 solidariedade

O grupo jĂĄ conseguiu achar novos lares para diversos gatos, alĂŠm de cuidar de mais um grande nĂşmero dos abandonados em Barra Bonita. PorĂŠm, a missĂŁo se torna cada vez mais difĂ­cil por conta das despesas geradas. “Quem puder ajudar com qualquer quantia, com remĂŠdios, ração ou simplesmente abrigando esses animais, jĂĄ nos ajudaria muito e faria com que o trabalho rendesse ainda maisâ€?, finaliza Carol.


ANÚNCIO


46 clube de vantagens

O Clube de Vantagens da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita foi criado para oferecer vantagens e descontos aos moradores associados. Para usufruir dos benefícios do nosso Clube, basta apresentar a carteirinha nos estabelecimentos conveniados e aproveitar os descontos concedidos. O associado que possuir a carteirinha terá direito aos descontos nas lojas parceiras. O empresário que desejar participar do Clube de Vantagens, deve entrar em contato pelo e-mail contato@novabarrabonita.org.br.


47 clube de vantagens

10%

Ainda não fez sua carteirinha? Entre em contato conosco por meio do telefone 2025-2485 para maiores informações.

70% 50%

R$


3 Anos natural

VIDA E SAÚDE Produtos naturais•Orgânicos Fitoterápicos•Dietéticos Condimentos•Especiarias • SUPLEMENTOS NACIONAIS E Importados Rua do arquiteto, nº 364 Recreio - Terreirão Rio de Janeiro - RJ (Ao lado do Supermarket)

DELIVERY (21) 3496-9500 (21) 99418-4136

emporiorecreio@ig.com.br Aceitamos:

Studio de Pilates Rafaela Gomes

ANUNCIE AQUI!

3471-6799


ANÚNCIO


ANÚNCIO


Revista Barra Bonita - 6ª Edição  

Revista Barra Bonita - Associação Nova Barra Bonita