Page 2

CS É urgente que as associações Populares reforcem a sua união.

F

ace ao anúncio da administração do Estado de pretender reduzir, ainda mais, os apoios às actividades formativas de iniciativa popular, é urgente que as associações populares reforcem a sua união e assumam maior participação dos cidadãos em formações associativas, para responderem a mais esta limitação do direito de se associarem para participar nas acções de desenvolvimento social, cultural, desportivo, cívico, com apoio institucional que a CRP estabelece e garante na sua formulação legal. É mais uma tentativa governamental contra a Democracia de Abril, a que temos de responder com mais empenho na promoção de uma forte consciência social em reforço da formação ética nas relações humanas, no convívio popular, no uso dos tempos livres, em actividades recreativas, na promoção do conhecimento, na melhoria dos comportamentos cívicos, na procura de beleza, de bem-estar, na alegria de viver, em confraternização com a natureza da vida material. É preciso reforçar o espírito de resistência a todas as violações do poder contra a Democracia de Abril.

Rádio Quinta do Conde (RQC) Às quintas-feiras, entre as 21h e as 23h, no programa Voz do Movimento Associativo Popular (MAP), na RQC, conversamos com diversas Associações e Colectividades do Distrito de Setúbal. Não perca! http:// voz-map.weebly.com/

Oiça:

40.º Aniversário da Revolução de Abril até Dezembro

Contabilidade a preços reduzidos

E

m Abril arrancámos com as Comemorações do 40.º Aniversário da Revolução de Abril, que terminarão em Dezembro. Iniciámos, no dia 4 de Abril, com uma singela homenagem ao Cônsul de Bordéus, com a passagem de um filme documentário e com a presença de Américo Leal, da Direcção da União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP), para comentar este filme . Dias depois (17 de Abril), no Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro, Manuel Augusto Araújo, falou dos encontros de Álvaro Cunhal com Bento de Jesus Caraça. Nas vésperas do 25 de Abril, entre a Avenida Santa Maria e o Parque da cidade, realizou-se o “Desfile da Liberdade” e a distribuição do manifesto “O MAP na Revolução de Abril” (24 de Abril). No dia 10 de Maio, pelas 16h, no salão da Sociedade de Instrução e Recreio Barreirense (SIRB) — Os Penicheiros, realizou-se “Cantemos Sempre!”, onde participaram três grupos corais do Concelho do Barreiro e da Moita: o Coral Polifónico do Alto do Seixalinho; o Grupo Coral e Instrumental de Santo André; e o Grupo Coral da Associação de Reformados do “Norte” da Baixa da Banheira. Dia 14 de Junho de 2014 (Sábado), pelas 21h 00, no Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro, o Dr. Augusto Flor, Antropólogo, Investi-

gador e Presidente da CPCCRD, apresentou um trabalho que tem vindo a realizar sobre as “Constituições, a Liberdade e a Democracia”. No dia 20 Junho, a ACCB, a SIRB - Os Penicheiros e a União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP) inaugurou-se a exposição “25 de Abril, ontem e hoje – evocação, memória e luta”, na Galeria da SIRB–Os Penicheiros, com a presença de Américo Leal da Direcção Nacional da União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP). Pelas 21h, na sala Augusto Cabrita, a ACCB, a SIRB - Os Penicheiros e o Conselho para a Paz e Cooperação (CPPC) apresentaram a Sessão Pública "Contra as Guerras de Rapina - a luta em defesa da paz em todo o mundo", com Hernâni Magalhães (da Direcção da CPPC) e de Hélder Madeira (Presidência do CPPC).

O Gabinete de Contabilidade, Fiscalidade e Gestão da Associação das Colectividades do Concelho do Barreiro abriu portas ao Movimento Associativo Popular (MAP) no início de Fevereiro de 2013, tem novas instalações na Rua São Gonçalo nº 5 B (Centro Comercial São Gonçalo), entre a Escola nº 6 do 1.º Ciclo e a sede da União das Freguesias do Alto do Seixalinho, Santo André e da Verderena (antiga Junta de Freguesia do Alto do Seixalinho), de segunda-feira a sexta-feira, entre as 15h 00 a as 20h 00. Para desenvolvermos este projecto, contamos com o Dr. Luís Costa, Técnico Oficial de Contas (TOC) da Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto (CPCCRD) e a nossa colaboradora voluntária que vai estabelecer contacto com os Dirigentes Associativos Voluntários (DAV) das Colectividades e Associações do Concelho.

Vamos Conversar, Vamos Construir

Actualização da Quotização

O

Conselho Nacional da Confederação Portuguesa das Colectividades, de Cultura, Recreio e Desporto (CPCCRD), realizado no dia 7 de Dezembro de 2013 (Sábado), no Convento dos Capuchos, em Almada, aprovou uma Resolução Associativa - Campanha para recuperação de Quotização em Atraso - que permite às Associações e às Colectividades liquidar a quotização em atraso junto das estruturas descentralizadas - Associações Concelhias e Federação Distrital - ou na CPCCRD. A Resolução Associativa facilita o pagamento da quotização em atraso nas associações e colectividades, com problemas financeiros ou de difícil gestão sustentável. O documento aprovado - Resolução Associativa - permite que as mes-

mas, com forte penalização para a CPCCRD e as Estruturas Descentralizadas, paguem os anos de 2011, 2012, 2013 e 2014, com reduções significativas (%) e perdoando a quotização em atraso até 2010, o que significa um corte acentuado nas verbas do MAP estruturado. Esta Campanha possibilita a regularização da quota em atraso e facilita os pagamentos avultados, fruto do desconhecimento das direcções e do escasso contacto que as Associações e Colectividades têm com a CPCCRD e as Estruturas Descentralizadas no Distrito e nos Concelhos. No último Conselho Nacional Extrordinário realizado no Porto, no passado dia 12 de Julho, foi aprovado uma Resolução Associativa que estende o prazo de regularização até ao final de 2014.

O projecto "Vamos Conversar, Vamos Construir" pretende identificar, conhecer, diagnosticar as situações e os problemas que afectam os Dirigentes Associativos Voluntários (DAV) e as Associações e as Colectividades do Concelho do Barreiro. A melhor forma de agendarmos esta conversa, passa por enviar-nos uma mensagem para o seguinte correio electrónico: barreiro.accb@gmail.com ou 212 070 567 (entre as 16h 00 e as 20h 00). Entre Julho e Agosto, reunimos com diversas Associações e Colectividades que expuseram as dificuldades inerentes à gestão e aumento do custo de vida e dos impostos imputados ao Movimento Associativo Popular (MAP).

Porto recebeu Conselho Nacional

N

o passado dia 12 de Julho de 2014 (Sábado), na sede do grupo Musical de Miragaia, na cidade do Porto, realizou-se o Conselho Nacional Extraordinário da Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto

(CPCCRD), em que participaram as estruturas descentralizadas de todo o País. Preocupações da nossa família associativa representada pela CPCCRD e pelas Estruturas Descentralizadas. Na parte da manhã houve dois grandes momentos de debate e reflexão. Um primeiro, para debater as questões da sustentabilidade financeira do movimento associativo e um segundo para conversar e perspectivar a formação e a qualificação dos dirigentes associativos voluntários (DAV).

Está patente ao público até dia 30 de Outubro, no Espaço Galeria da SIRB - Os Penicheiros, a exposição “Magia Cintilante”, de Vanda Salgueiro, organizada pela Associação das Colectividades do Concelho do Barreiro - ACCB e a Sociedade de Instrução e Recreio Barreirense - Os Penicheiros e integrada num ciclo de exposições de novos valores.

Folha Associativa 02 | SET. e OUT. 2014  

Durante a nossa agradável caminhada, em diálogo permanente com o Movimento Associativo Popular, no ano passado e este ano, lançamos o projec...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you