Issuu on Google+

Associação Caboverdiana de Sines e Santiago do Cacém Boletim Informativo

Janeiro, Fevereiro e Março 2013 A ACSSC - Associação Caboverdiana de Sines e Santiago do Cacém é uma Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins lucrativos, que estabelece como missão assegurar a igualdade de oportunidades e a plena integração social de toda a Comunidade Imigrante residente nos Concelhos de Sines e Santiago do Cacém, assumindo a procura de novas e inovadoras respostas sociais, ajustadas às necessidades individuais. O ano de 2013 inicia com diversos desafios internos e externos para a Associação, continuaremos o nosso caminho comunitário e voluntário de combate a às fragilidade dos tempos que ocorrem. A aposta na determinação , no apoio das comunidades imigrantes e nas parcerias, é o foque que esta Instituição pretende centra-se, como forma de minimizar os obstáculos. Face à situação geral do país, quase nos bastaria repetir as palavras deixadas no anterior Boletim para o corrente ano, sendo que a Associação continua a acompanhar e a sentir o momento presente com bastante apreensão. Para o ano de 2013 a ACSSC tem contemplado no seu plano de ação a criação de um spot publicitário para o grupo de Dança Doçuras & Morabeza , a realização de espetáculos e actividade recreativas para os dançarinos, a valência CLAII continuará a receber os atendimentos diários, este ano realizar-se- à um seminário sobre direitos e deveres do imigrante/ empregador no Mercado de trabalho, também perspectiva-se a edição da II edição do Dia Municipal do Diálogo Intercultural . A realização de ateliês na Valência Partilha de Saberes ocorrerá em todos os trimestres do ano. Apostando numa oferta informativa a Galeria de Emprego e Formação anexará semanalmente no seu painel informativo as ofertas de trabalho disponíveis na região, a ACSSC prestará aos seus utentes a possibilidade de realização de currículos e de formação modelar, na área da informática, Línguas e Auxilio Educativo.

A prestação de apoio à Comunidade Caboverdiana residente no Litoral Alentejano continuará através das relações de cooperação entre a ACSSC e a Embaixada de Cabo Verde em Lisboa. Com a entrada da nova embaixatriz, pretende-se a visita desta à Comunidade Caboverdiana de Sines. Com a agravante do desemprego no Município de Sines e Santiago do Cacém, denota-se que as comunidades Imigrantes são as mais afetadas pela falta de trabalho. O projeto Mão–Cheia continuará a dar respostas a nível da distribuição a nível de vestuário, brinquedos material escolar, mediação, e recolha de géneros alimentares. Acompanhar as realidades no trabalho de campo, no qual é feito um acompanhamento e sinalização de casos prioritários com as comunidades imigrantes . A par das fragilidades de inserção de algumas famílias e indivíduos das Comunidades Imigrantes, em especial a Comunidade Senegalesa residente no Concelho de Sines, o apoio à Família da ACSSC direcionará um apoio individualizado na resolução de alguns obstáculos com que se têm deparado, obstáculos esses de comunicação, habitacional, legalização, saúde e apoio social. Quanto à valência Viver Saudável, a ACSSC tem previsto realização de sessões de informação sobre suporte básico de vida e 1º socorros. A mediação e o acompanhamento em consultas de pré-natal e deficiência motora, são alguns dos exemplos da intervenção da Associação dentro do campo da saúde. A articulação entre a Associação e as Instituições de inserção Local têm-se revelado fundamental para a resolução de problemas.


Curso Modelar Serviço de Apoio Crianças e Jovens

Projeto À Priori A 17 de Janeiro realizou-se a reunião do Projecto À Priori do Programa Escolhas, da qual a Associação faz parte do consórcio, neste ano pretende-se trabalhar com as crianças e jovens do projecto, a dinamização de módulos sobre o tema da Interculturalidade. Os destinatários deste projecto são maioritariamente descendentes de cidadãos imigrantes. Perspectiva-se uma abordagem às problemáticas das diferenças culturais e da convivência Multicultural.

Iniciado desde Novembro do ano passado e com a finalidade de formar na área do auxilio à Educação mulheres em situação de desemprego, a turma de 16 formandas do Curso Modelar de Serviço de Apoio a Crianças e Jovens, a 24 de Janeiro , tiveram a oportunidade de complementar as 275 horas já realizadas com mais 250 horas de formação em horário laboral.

A Interculturalidade vai à Escola Inserido na II Edição do Projecto de Promoção da Interculturalidade a Nível Municipal, e co-financiado pelo FEINPT programa de apoio do ACIDI, a Associação tem agendado para o ano de 2013 um leque de ações dentro do Município de Sines e Santiago do Cacém , onde trabalhará a questões sobre a Multi-Interculturlidade com crianças e jovens do 1º, 2º e 3º Ciclo destas localidades. O projecto intitula-se como “ A Interculturalidade vai à Escola”, dentro dos módulos lecionados, conteúdos com a discriminação na Escola, a Educação Intercultural e as Diferenças Culturais serão os temas abordados.

A 28 de Janeiro as Escolas Manuel da Fonseca e a Escola Frei da Veiga em Santiago do Cacém abriram suas portas à Associação para dinamização de sessões ao longo do ano de 2013 junto de turmas do 2º e 3º Ciclo. Através destas sessões e módulos, a Associação pretende estimular o pensamento e a postura comportamental dos pequenos jovens à cerca da Diversidade Cultural, e da nova panorâmica inter-social vivida pelas Sociedades actuais.

Curso Modelar Língua Inglesa A 29 de Janeiro arrancou uma nova formação modelar certificada , em regime de pós-laboral na sede da Associação Caboverdiana, com a duração de 50 horas de Língua Inglesa para 18 formandos.

Presença APF Sendo um projecto bianual, o projecto Proximus e a Associação continuarão a sua parceria durante o ano de 2013. Mensalmente a Associação receberá a presença dos técnicos de saúde da Associação para o Planeamento da Família (APF). O Aconselhamento individual sobre as IST´s, a prevenção, a distribuição de métodos contracetivos, a emancipação do preservativo feminino, a intervenção junto de trabalhadoras do sexo em casas de alterne, o apoio a mães e gestantes são intervenções que em 2013 merecerão a mesma atenção que se tem prestado. No dia 31 de Janeiro os técnicos estiveram na Associação , onde realizaram deslocações ao bairros de intervenção e aconselhamento aos utentes da Associação.


Workshop Pinturas A 3 de fevereiro a Associação participou num Workshop de iniciação à pintura facial, dinamizado pela empresa Toca Animar no Cercal do Alentejo, o workshop teve a duração de um dia. A aprendizagem a esta arte é continua, pretende-se postar a outros níveis deste workshop. Através deste tipo de ação a associação pretende a capacitação dos técnicos em áreas multidisciplinares, intervencionando e inovando junto do seu público.

Projeto Proximus no Carnaval O projecto Proximus esteve presente no último dia de Carnaval de Sines, a 12 de Fevereiro. Com o apoio de uma carrinha itinerante os técnicos realizaram aconselhamento ao público que assistia na avenida ao corso de carnaval. Ao longo dos desfiles foram distribuídos métodos contaceptivos. Pela noite o projecto esteve no recinto da animação nocturna do baile de carnaval, com o objectivo de sensibilizar a camada juvenil, realizou-se aconselhamento e distribuição de métodos contracetivos. Durante os próximos dois semestres deste ano, ambiciona-se a realização de testes do HIV, em todas as ações do Projecto Proximus na cidade de Sines.

Carnaval de Sines O Carnaval é uma das Festividades de maior intensidade no Município de Sines, como tal, a Associação não deixou de participar nesta grande folia. Nos dias 10, 11 e 12 de Fevereiro a cidade de Sines parou para assistir aos desfiles de Carnaval. A Associação organizou um grupo Folião constituído maioritariamente por jovens descendentes da comunidade Caboverdiana, sobre o padrão Felino este grupo apelidou-se como “ Os Tigres da Jungle”, durante os três dias de desfile o grupo apresentou-se ao público com uma técnica de pintura faciais e corporais. Constituído por 40 participantes, os jovens acompanhados por um grupo de músicos Brasileiros despertaram e animaram na avenida o ritmo e a folião do Povo AfroBrasileiro, desta forma o grupo contribuiu com a sua animação no Carnaval Sineense.


Mão-Cheia Pretendendo oferecer uma resposta mais individualizada, a Associação iniciou no mês de Fevereiro o acompanhamento ao domicilio dos utentes com menor capacidade física de deslocação para entrega de bens de primeira necessidade.

Formação de Técnicos da ACSSC 

A Associação continua na aposta formativa dos técnicos da Instituição, no dia 18 de Fevereiro a técnica Assistente Social esteve presente na formação continua SOBRE Violência Doméstica destinada a técnicos, iniciada desde o ano de 2012 pela UMAR.

No dia 20 de Fevereiro a Direção da Associação participou numa ação de Formação realizada pela Guarda Nacional Republicana em Santiago do Cacém, sob comando dos Militares Superiores do Distrito de Setúbal. Esta formação teve como objectivos a aproximação das Instituições Locais e as forças de segurança pública e a facilitação de comunicação entre os agentes e comunidade local sob mediação das Instituições. Certificando os técnicos e dirigentes como Interlocutores Locais de Segurança.

Reunião CLAII´S Alentejo A Coordenação do GT CLAII´S ( Gabinete Técnico dos CLAII´S) reuniu -se com os CLAII ´S do Alentejo ( Centro Local de Apoio À Integração do Imigrante ),no passado dia 28 de Fevereiro em Évora entre as 9:30 e as 18:00 sobre o prepósito da articulação e avaliação do desempenho destes Centros nas suas áreas de Intervenção, através da troca de informações e apresentação dos projectos do CPR ( Conselho Português para os Refugiados).

Dia Internacional da Mulher Março é o mês das Mulheres, várias foram as iniciativas que assinalaram esta data ,no Município de Sines decorreram algumas actividades em homenagem à Mulher. A colaborar com a Câmara Municipal de Sines (CMS) a Associação auxiliou na inscrição às atividades preparadas pela CMS, entre elas: Aula de Yoga, Caminhada, Lanche convívio e Sessão de Cinema.

Como forma de sensibilizar e homenagear a Mulher ,a Associação mobilizou as Mulheres Imigrantes do Concelho de Sines para a participação nas ações do Concelho. Também a assinalar a data, no dia 08 de Março Dia Internacional da Mulher, a Associação reuniu um grupo de Mulheres simpatizantes da ACSSC num jantar convívio.


Coordenação “A Interculturalidade na

Actuação D&M Miss & Mister Estudante

Escola nº 1 Sines” No âmbito das atividades socioculturais de promoção da Interculturalidade e nível Municipal, a Associação ,os coordenadores de turma do 1º Ciclo e os professores de unidades extracurriculares da Escola Primária nº 1 de Sines, reuniramse no dia 13 de Março para coordenação das actividades de final de ano lectivo. O tema escolhido para desenvolver com os alunos foi o Continente Africano, especificamente o Arquipélago de Cabo– Verde. As ações a desenvolver têm como objetivo o trabalho intercultural através do contacto das crianças com a vertente artista ( dança, música e artesanato ) de um a cultura imigrante presente dentro do município de Sines. As ações de preparação à apresentação do final do ano lectivo repartirão em duas oficinas: Artes Plásticas onde a Associação ajudará as professoras na confeção de fatos e acessórios típicos de Cabo Verde, a oficina de música e dança, pretende ensinar às crianças uma coreografia a ser apresentado no desfile do fecho do ano lectivo

Exposição Intercultural Durante o dia 14 de Março decorreu no refeitório da Escola Frei da Veiga em Santiago do Cacém, a Semana da Multiculturalidade. O projecto “A Interculturalidade Vai à Escola” organizou uma exposição artesanal sobre o arquipélago de Cabo Verde. Contabilizou-se cerca de 200 estudantes no interior da exposição. Para além da exposição a Associação auxiliou a Escola na preparação do prato gastronómico de Cabo Verde a Cachupa, que foi servida a professores e alunos como prato do dia. Estas estratégias traduzem-se como formas de passagem intercultural dentro da Sociedade de acolhimento. Perspectivando o contacto e conhecimento face ao desconhecido.

A convite da Comissão de Finalistas do 12º ano da Escola Secundária Poeta Al Berto de Sines, o grupo de dança Doçuras & Morabeza actuou no dia 08 de Março no Concurso Miss & Mister Estudante 2013. Rui Brito e Jennifer Varela, dois estudantes elementos do grupo de dança participaram, ganhando o concurso. Rui Brito arrecadou três prémios, o de Mister simpatia, Fotogenia e Mister Estudante, Jennifer Varela ganhou o de Miss Estudante, numa noite de muita luz e alegria os Doçuras & Morabeza actuaram com toda a sua força e magia, muito orgulhosos pela prestação dos seus colegas de grupo que estavam a concurso.


Curso Modelar Língua Francesa A 19 de Março iniciou o curso modelar de Língua Francesa , em horário pós-laboral com duração de 50 horas, a decorrer às terças e quintas-feiras na Sede da Associação Caboverdiana para 18 formandos.

Atuação D&M Festa da Primavera O parque Central de Vila Nova de Santo André recebeu no dia 23 de Março , A Festa da Natureza , organizada pela Fundação do Ser e o Intervir. Com, a convite destas instituições os D&M participaram no evento. Que teve com objetivo a verdadeira essência social. Através de novos princípios do amor e união e sinergias positivas da natureza. No final da tarde, pelas 18h, os Doçuras e Morabezas, numa energia vibrante e contagiante embalaram o público com os movimentos tribais.

Reunião Assembleia Geral da ACSSC A Associação convocou associados e os órgãos da Assembleia a estarem presentes no dia 24 de Março pelas 15:00 na Sede da Associação para reunião de Assembleia Geral. O encontro teve como ordem de trabalho a apresentação do Relatório de Contas 2012; apresentação de ações futuras e assuntos relacionados com a construção da nova Sede Social e Centro Comunitário No final da reunião sócios e dirigentes, confraternizaram num lanche convívio, celebrando o 30º aniversário da Instituição.


Assinatura Protocolo ACIDI/ ACSSC

Sessão Interculturalidade no À Priori

Financiado pelo Programa de Apoio ao Associativismo Imigrante ( PAAI), a Associação deslocou-se ao CNAI de Lisboa no dia 25 de Março para assinatura do Protocolo do PAAI 2013, sob presença da Exc.ª Alta Comissária para o Diálogo Intercultural Dr.ª Rosário Farmhouse e do Exmº Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares Feliciano Barreiras Duarte, a Associação viu aprovado as ações de apoio ás Comunidades Imigrantes , residentes no Município de Sines e Santiago do Cacém. Ações no âmbito social e cultural, sendo estas as estratégias utilizadas pela ACSSC para a aproximação das Comunidades Imigrantes com a cultura de origem.

Pelo período das férias escolares o Projecto À Priori recebeu no dia 26 de Março pelas 17:00 horas a Associação Caboverdiana para a dinamização do Projecto “A Interculturalidade vai à Escola” . Caracterizado como um espaço de acolhimento de crianças e jovens de diversas culturas , pareceu à Associação pertinente uma intervenção junto deste público para melhor compreensão das atitudes e comportamentos destes jovens no contexto multicultural. Ao longo do ano ambiciona-se a dinamização de sessões e um trabalho de maior proximidade entre o Projeto À Priori e a Projeto de Interculturalidade da Associação.

Dia da Mulher Caboverdiana Assinala-se em Cabo Verde e na Diáspora Caboverdiana, no dia 27 de Março o Dia da Mulher Caboverdiana. Sendo uma das ações ao qual a Associação Caboverdiana não poderia deixar de comemorar, no dia 29 de Abril, a ACSSC dinamizou na sua sede um ateliê decorativo de artes plásticas para as mulheres da Comunidade Caboverdiana e suas amigas. O ateliê contou com a participação de 20 mulheres de diversas faixas etárias. Proporcionou-se um ambiente de contacto com diversos tipos de materiais recicláveis, o ateliê teve como objectivo estimular o

interesse destas para realização de pequenos trabalhos decorativos a partir de material económico e da fácil acesso. No final da actividade foi proporcionada às participantes um lanche convívio. A comemoração do Dia da Mulher Caboverdiana terá continuação no dia 21 de Abril com a realização de uma aula de Ginástica Gratuita, ao qual a Associação conta com a colaboração do Ginásio SAFIRA HEALTH CLUB para dinamização de uma aula de STEP.


CABO VERDE FEMININO Se pudesse escrever Um poema de amor E no poema de amor Cantar o meu amor por ti…. Mulher de Cabo Verde Ida que com dor Ou com tristeza Ou simplesmente sem alegria Cantaria o meu amor por ti, Mulher de Cabo Verde Se pudesse escrever Com alegria e moraza Com morna e coladeira Com batuque e funana Cantaria o meu amor por ti Com cola e contra-dança Tu mulher de cabo verde Com tabanca e festivais Escreveria o meu poema por ti E no meu poema, No meu poema, no poema Que não sei escrever, Que nunca poderei escrever…. Se pudesse cantar, cantar a tua beleza Tu mulher crioula, tu mulher Cabo Verdeana Ai se eu fosse poeta…. Tu mulher de Santo Antão* Tu crioula bonita e exótica Tu mulher de montes e vales Te cantaria no meu poema Se soubese escrever Ai se eu fosse poeta… Escreveria o meu poema por ti! Se eu fosse poeta E escrever soubesse e pudesse Te cantava e escrevia… Escrevia um poema onde Tu mulher citadina Tu mulher que passas as noites As belas noites de luar Ou as belas noites de luzes eléctricas acesas A volta da praça, num vira e vira Pondo conversas em dia e matando saudades Saudades das cumadres que não vês Desde ontem a noite Falando conversas sem sentido Ou falando dos males ditos e ouvidos Conversas sobre namorados e namoros Namoros tradicionais ou modernos Conversas que encantam e destraiem Tu mulher de Mindelo * Tu São-Vicentina cosmopolita Tu mulher da cidade de Mindelo Como te cantaria, se soubesse ser

poeta! Se eu pudesse escrever E fazer um poema Te escrevia no meu poema Tu mulher de Boavista * Tu que entre dunas e areias Imaginas e sonhas o amor Do marinheiro encalhado Que jamais voltou Tu bela e mui desejada crioula! E tu Mulher do aeroporto Salgada morena crioula Doce contraste do sabor Ai se eu fosse poeta Te veria antes que quaisquer turistas E te pintava na minha tela Em palavras que não sei escrever Tu do Sal a minha crioula * Ai se eu fosse poeta... Crioula e morena Filhas do grande Chiquinho, Poeta de nome e fama Como dizer porque não vos escrevo No poema que não faço Se vos mui vezes fostes Sem duvidas inspiração Nas noites e nos dias inspiradores Dos muitos poetas que a ilha já teve Tu mulher de São Nicolau * Como não cantaria o teu amor Se eu fosse poeta? Ai se eu fosse poeta e soubesse escrever… Se soubesse escrever, Ai se soubesse escrever Maio, minha querida ilha esquecida Tua mulher cantava sem duvidas E fazia dela o meu amor Morabeza e formosura Pequena ilha, mulheres bonitas Ai se eu fosse poeta… Tu Santiago, tua mulher Badia * Formosa esquia e trabalhadora Batucadeira e mãe, lavadeira E peixeira, mulher de vida dura No campo a enchada

Na Praia o balaio e a rabidança Se pudesse cantar e escrever Um hino te faria Tu Badia do meu coração Tu meu amor de sempre, Tu minha mulher badia querida Como te cantaria se eu fosse poeta Ai se eu fosse poeta... E tu mulher de Fogo * E tu mulher de Brava * Escaldantes mulheres bonitas Dum lado o Vulcão e do outro o Cismo Loucuras não vos faltam Mulheres crioulas e doces e quentes Mas como escrever Se não sei e nem sou poeta! Se eu fosse poeta Ai se eu fosse poeta… Escreveria, podes crer que escrevia Ai se eu fosse poeta… Tu mulher que não existes Que nunca exististe Tu mulher de Santa Luzia * Tu que és a minha imaginação Formosa negra e morena Sereia dos cantos e das lendas Nas noites de luar Coroada em ouro E banhada no azul celeste Tu mulher que não existe Tu mulher da ilha despovoada Santa Luzia, mulher da minha imaginação Ai se eu fosse poeta, te escreveria e cantaria Tu da desértica ilha despovoada! Ai se eu fosse poeta…

João Furtado


Festa de Angariação de Fundos A Comemorar a Páscoa a Associação organizou uma festa para angariação de fundos para a construção da nova sede social e Centro Comunitário, no dia 31 de Março pelas 22:00 horas no Salão do Povo de Sines. Prevê-se iniciar no final do segundo trimestre do ano corrente as obras para a sua construção. Ao longo destas campanhas de angariação a Associação conta com o apoio de dirigentes, sócios e do incansável trabalho voluntário por parte dos jovens da Comunidade Caboverdiana.


Dicas & Curiosidades IRS

Próximas ações a decorrer: 

06 de Julho dia Municipal do Diálogo Intercultural

FAÇA O SEU IRS NA ASSOCIAÇÃO CABOVERDIANA DE SINES De 01 a 28 de Abril 2013

06 de Julho Comemoração do dia da independência de Cabo Verde

Documentário 30 anos da Fundação da ACSSC

Torneio Nôs ku Nôs

Seminário Direitos e Deveres do Imigrantes / Empregador no Mercado de Trabalho

Acompanhe-nos no FACEBOOK

Sines ACSSC Doçuras & Morabeza

INGREDIENTES 1 colher (sopa) de óleo 1 cebola grande, picada 2 dentes de alho, picados 2 colheres (chá) de gengibre fresco picado 1 1/2 colher (chá) de cominho em pó 1 1/2 colher (chá) de coentro em pó 1/2 colher (chá) de canela em pó 1 pitada de cravo em pó 3 tomates médios, picados

Modo de preparo Prep: 20 min | Cozimento: 55 min 1.

1 cenoura, sem casca e picada

Em uma panela grande, esquente o óleo em fogo médio. Refogue a cebola durante 10 minutos ou até ficar dourada. Acrescente o alho, o gengibre, o cominho, o coentro, a canela e o cravo. Misture tudo e acrescente o tomate, a batata-doce e a cenoura. Mexa os legumes por aproximadamente 5 minutos.

1 litro de água

2.

1 colher (chá) de sal

Na panela com os legumes, adicione água e também ponha sal. Quando a sopa ferver, abaixe o fogo e deixe-a cozinhando por 30 minutos.

4 colheres (sopa) (40 g) de amendoim sem sal, picado

3.

2 batatas-doces grandes, descascadas e picadas

1 pitada de pimenta-caiena 2 colheres (sopa) de pasta de amendoim cremosa 1 maço de coentro fresco picado

Retire a sopa do fogo. Em um processador de alimentos ou em um liquidificador, bata a sopa junto com o amendoim, até ficar um pouco cremosa. Acrescente a pimenta-caiena. Retorne a sopa para o fogo. Adicione a pasta de amendoim e misture-a vigorosamente. Deixe a sopa esquentando. Sirva-a quente coberta com coentro fresco.


ร€ VOLTA DO MUNDO, LEVAMOS A NOSSA CULTURA Ao Serviรงo da Comunidade

Estrada da Costa do Norte,38 F Apartado 340 7520-904 Sines E-mail: a_caboverdeana_sines@hotmail.com Tel.: 269 636 878 Tlm.:965372269 Fax: 269 634 733 Blog:http://acvsines.blogs.sapo.cv Website:http://associacaocaboverdeana.weebly.com


Boletim Informativo Associação Caboverdiana de Sines