Page 1


Agradecimentos da Comissão Geral Oferecendo muito mais do que recursos, os patrocinadores, copatrocinadores e apoiadores do Centenário da UNIFAL-MG, demonstraram acreditar na realização deste grande evento e, juntos, formamos uma grande equipe! Nada se faz sem apoio, sem recursos e sem crédito. É pelo crédito e pela confiança demonstrada em nosso trabalho, e por compartilharem conosco este sonho, que agradecemos a todos vocês:

2 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


PALAVRA DO REITOR Para muitos pode parecer uma data comemorativa a mais. Apenas uma marca ou um registro histórico que a inevitável contagem do tempo produz. Mas, ouso discordar. Celebrar os 100 anos de existência da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, hoje Universidade Federal de Alfenas, para quem vive sua história, evoca sentimento realmente difícil de expressar ou de traduzir. É de fato uma data extraordinária, que merece todo nosso júbilo e regozijo. Com essas palavras apresento esta Revista Especial que com muito carinho foi produzida sob a liderança de nossa jornalista Ana Carolina Araújo e seus colaboradores, a quem oportunamente agradecemos por mais esse belíssimo trabalho.

Comissão do Centenário se reúne para lançamento da programação comemorativa

Boa leitura a todos.

Presidente da Comissão Geral, Profa. Sandra Veiga, apresenta programação para a comunidade universitária

Lançamento da Programação do Centenário da Instituição

Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva Reitor da Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG

Com a proposta de promover o lançamento da Programação do Centenário da UNIFAL-MG, cujas comemorações se iniciariam em abril de 2014, foi realizado um evento no dia 28/01/2014, no auditório Dr. João Leão de Faria, para a apresentação das atividades. Na oportunidade, a presidente da Comissão Geral, Profa.

Sandra Maria Oliveira Morais Veiga, ressaltou a importância de celebrar o marco histórico da Instituição e da missão assumida pela equipe organizadora. “Realmente o nosso desafio é enorme, mas a gente assumiu com muita boa vontade, força e coragem”, garantiu. Estava dada a largada para um ano recheado de comemorações.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 3


Sumário

10

6 7 8 9 9 10 11 12 12 13 14 14

Comissão Geral do Centenário da UNIFAL-MG Conheça a Logomarca Comemorativa dos 100 anos Uma senhora centenária ainda menina Os pioneiros Centro Universitário Galeria dos Ex-dirigentes O Reitor do Centenário UNIFAL-MG Ciência Complexo Universitário Universidade Necessária Atendimento à comunidade Bem colocada nos rankings

24

27

15

Comunidade UNIFAL-MG celebra Centenário da Instituição em eventos comemorativos

16 16 17 18

Feira de Inovação Científica e Tecnológica e Feira do Livro

19

Hasteamento das Bandeiras e Inauguração do Monumento Comemorativo dos 100 anos

20 20

Missa Solene e Culto Evangélico

21

Cerimônia de Abertura das Celebrações do Centenário da Universidade

22

Inauguração da ampliação prédio da Odontologia

Exposição Temporária em Comemoração aos 100 anos Lançamento do Selo Comemorativo da UNIFAL-MG Homenagem aos parceiros

Jubileu de Prata e de Ouro


30

31

33

22

Festa Oficial do Grande Encontro de Ex-Alunos e Alunos da EFOA/UNIFAL-MG

33

UNIFAL-MG – Especial 100 anos: Ex-alunos e servidores aposentados relembram sua passagem pela Instituição

23 24

Homenagem prestada pela Câmara Municipal de Alfenas

36

UNIFAL-MG sedia encontro de reitores das universidades federais brasileiras

26

38

10 anos de transformação em Universidade

Inauguração Oficial da Unidade Educacional da UNIFALMG do bairro Santa Clara em Alfenas

38

Coquetel Dançante celebra os 10 anos de transformação em Universidade

26

Celebrações nos campi avançados de Varginha e Poços de Caldas

27

39

10 anos de Universidade e 10 anos da Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas

Outros momentos de destaque

30

41 43

Escrevendo um novo capítulo

UNIFAL-MG é homenageada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais

31

Livro comemorativo resgata “Memórias de 100 anos de história” da Instituição

32

Câmara dos Deputados homenageia a UNIFAL-MG pelos 100 anos, em Brasília-DF

Baile de Gala Comemorativo ao Centenário

Hino da Unifal - MG


Comissão Geral do Centenário da UNIFAL-MG A Comissão Geral, designada para organizar os eventos, foi estabelecida por meio de portaria nomeada pelo reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, em 2012. Esta comissão se estruturou em várias subcomissões, formadas por professores, técnicos, acadêmicos, colaboradores e convidados externos, que elaboraram ações e projetos a fim de serem executados para as comemorações. Assim, integraram a Comissão Geral: a Subcomissão de Patrocínio, a Subcomissão de História e Documentação, a Subcomissão de Divulgação, a Subcomissão de Infraestrutura, a Subcomissão de Eventos Científicos, a Subcomissão de Eventos Socioculturais, a Subcomissão de Eventos Esportivos e Subcomissão de Eventos Religiosos, a Subcomissão do campus Poços de Caldas e a Subcomissão do campus Varginha. Os projetos propostos por cada uma dessas subcomissões tiveram por objetivo planejar e organizar as sessões solenes, os eventos socioculturais, científicos, esportivos, religiosos, entre outros. O Programa do Centenário também propôs documentar, reconhecer e divulgar a trajetória da Instituição, bem como homenagear as pessoas que auxiliaram na construção da sua história. A fim de facilitar a divulgação de informações sobre as diversas atividades realizadas, a UNIFAL-

-MG lançou uma página exclusiva. Neste portal, foram disponibilizados, a programação detalhada dos eventos comemorativos; as biografias dos dirigentes da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas/ Universidade Federal de Alfenas; os parceiros na realização dos eventos científicos e socioculturais; fotografias históricas e atuais do complexo UNIFAL-MG; a Loja Virtual, com os produtos alusivos ao Centenário; álbuns com imagens dos eventos festivos, entre outras informações. Em meio às sessões solenes comemorativas, a Universidade promoveu o Concurso do Hino Oficial da UNIFAL-MG e lançou também um livro de memórias, reunindo fotografias e depoimentos sobre a trajetória da Instituição. Como parte das homenagens ao Centenário da Instituição e aos seus 10 anos de transformação em Universidade, neste ano de 2016 será lançada ainda, a obra intitulada “Universidade Federal de Alfenas – História de uma instituição centenária e de sua primeira década de transformação em universidade”. Organizado pelo professor Alisson Eugênio, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, o livro apresenta a UNIFAL-MG com a proposta de discuti-la como instituição centenária, que deu e continuará dando grande contribuição à educação, à cultura e à ciência do país.

Portal web comemorativo ao centenário da Instituição

6 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

Livro em homenagens ao Centenário da Instituição e aos seus 10 anos de transformação


Conheça a Logomarca Comemorativa dos 100 anos

Para melhor identificar a data comemorativa que se aproximava, em junho de 2013, a Comissão Geral se reuniu para realizar o Concurso de Criação da Logomarca Comemorativa dos 100 anos. Coincidentemente, o autor da marca escolhida foi o ex-aluno da Universidade Arthur Emílio de Oliveira, também vencedor do concurso realizado em 2006, para a escolha da logomarca da Instituição após a transformação em Universidade. No concurso da logomarca comemorativa, quatorze candidatos submeteram suas criações à avaliação dos jurados, que observaram todos os critérios dispostos no Regulamento do concurso. Foi selecionada a marca que apresentou melhor relação com a finalidade da UNIFAL-MG; bem como, criatividade, originalidade, aplicabilidade e comunicação. Na descrição da marca vencedora, Arthur Oliveira explicou sua criação: “A marca comemorativa dos 100 anos foi desenvolvida para transmitir a ideia de crescimento, maturidade e força, valorizando ainda mais a logomarca da Universidade Federal de Alfenas. Quanto às cores, os tons de azul foram determinantes para auxiliar na percepção e associação junto à logomarca da Universidade. Além disso, considerou-se de grande importância o uso das cores verde e amarelo (de forma sutil) remetendo assim às cores de nossa bandeira. Por fim, o uso das datas comemorativas (1914 e 2014), adequadamente separadas pelo número 100, representando o período de expressivo crescimento da Instituição.” A logomarca passou a ser utilizada em todo material de divulgação produzido pela Universidade e em todos os documentos e peças alusivas à comemoração do primeiro Centenário da Instituição.

Expediente DIREÇÃO EXECUTIVA •Reitor Paulo Márcio de Faria e Silva • Vice-reitora Magali Benjamim de Araújo • Chefe de Gabinete João Batista Magalhães • Procuradora Jurídica Soraya Helena Coelho Leite • Pró-reitora de Administração e Finanças Vera Lúcia de Carvalho Rosa • Pró-reitora de Assuntos Comunitários e Estudantis Maria de Fátima Sant’Anna Pró-reitora de Extensão Eliane Garcia Rezende • Pró-reitor de Gestão de Pessoas Julio Cesar Barbosa • Pró-reitora de Graduação Lana Ermelinda da Silva dos Santos • Pró-reitor de Planejamento, Orçamento e Desenvolvimento Institucional Tomás Dias Sant’Ana • Pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação Eva Burger • Diretor do Campus Avançado de Poços de Caldas Prof. Mayk Vieira Coelho • Diretor do Campus Avançado de Varginha Prof. Paulo Roberto Rodrigues de Souza EQUIPE DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL • Jornalista Responsável Ana Carolina Araújo – Mtb-MG 09980 • Técnica em Secretariado Valdirene Moreira França • Colaboradora Patricia de Cassia da Costa • Agradecimentos à servidora Giselle Zouain pelo apoio na cobertura dos eventos dos 100 anos • Planejamento Gráfico e Diagramação: M&W Comunicação Integrada • Impressão M&W Comunicação Integrada

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 7


1

2

3

4

5

6

1 -EFOA-CEUFE | 2 - Solenidade de Transformação da EFOA-CEUFE em Universidade no ano de 2005 | 3 - Sede da UNIFAL-MG - Alfenas 4 - Campus Poços de Caldas | 5 - Campus Varginha | 6 - Unidade Santa Clara - Alfenas |

Universidade Federal de Alfenas comemora 100 anos em plena expansão Uma senhora centenária ainda menina A Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG completou em abril de 2014, cem anos de existência. Um século de história em busca de conhecimento, concretizando sonhos de gerações e gerações de idealistas. Falar sobre 100 anos de uma instituição remete às citações de retrospectivas, que posicionam a aniversariante muito mais próxima do passado que do futuro. Porém, é necessário falar também sobre o que virá, para não apenas resgatar a história já construída,

8 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

mas comemorar a realidade da Universidade, afinal, para quem está inserido nela, ela não é uma senhora de um século, mas uma menina cheia de promessas com apenas dez décadas. Nas próximas páginas, você encontrará alguns dos principais acontecimentos que marcaram a Instituição ao longo de todos esses anos e algumas das ações que a UNIFAL-MG já vislumbra para o futuro: o ontem e o hoje construindo o amanhã.


Os pioneiros Por iniciativa do Prof. Dr. João Leão de Faria, que liderava um grupo formado por Armando de Almeida Magalhães, Nicolau Coutinho e José da Silveira Barroso, nascia então, a Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas (EFOA), fundada em 03 de abril de 1914, com a implantação do curso de Farmácia e, no ano seguinte, do curso de Odontologia. A EFOA foi federalizada em 1960, tornando-se Autarquia de Regime Especial em 1972, o que favoreceu a implantação do curso de Enfermagem e Obstetrícia.

Sede da EFOA em 1949 - Praça Emílio da Silveira - antiga Praça da Bandeira

Fundador da EFOA Prof. Dr. João Leão de Faria

Laboratório de Farmácia - 1953

Centro Universitário

Por meio da Educação a Distância, a UNIFAL-MG se faz presente em 21 cidades

Durante muitas décadas, Farmácia, Odontologia e Enfermagem foram os cursos ofertados pela Instituição. Mas o expressivo crescimento científico e tecnológico da antiga Escola, motivou a criação dos cursos de Nutrição e Ciências Biológicas, elevando a EFOA, a Centro Universitário Federal, especializado em saúde, no ano de 2001. A EFOA/CEUFE se preocupou não apenas com a expansão dos cursos presenciais, mas também dos cursos a distância, criando, em fevereiro de 2004, o Centro de Educação Aberta e a Distância – CEAD, o qual passou a construir

novas propostas de cursos de graduação e de especialização a distância, efetivamente implantados em 2005. Por meio dos cursos a distância, hoje, a UNIFAL-MG se faz presente também nos polos de ensino em cidades de Minas Gerais: Alterosa, Boa Esperança, Cambuí, Campo Belo, Campos Gerais, Conceição do Mato Dentro, Formiga, Ilicínea, Lavras, Passos, Santa Rita de Caldas, Varginha; e também em municípios do Estado de São Paulo: Araras, Bragança Paulista, Campinas, Franca, Jales, Santa Izabel, São João da Boa Vista, Serrana, Viradouro.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 9


Galeria dos Ex-dirigentes

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

1 - João Leão de Faria - 1914 a 1933 | 2 - Nicolau Coutinho - 1933-1934 | 3 - Luiz Alves de Almeida - 1934-1936 | 4 - Arlindo Pereira - 1936-1937 | 5 - Roque N. Tamburini - 1937-1946 | 6 - Emílio Soares da Silveira - 1946 e 1948 | 7- Aprígio de Carvalho Júnior - 1947 | 8 - Pedro Martins de Siqueira - 1948-1957 | 9 - Paulo Passos da Silveira - 1957-1963 | 10 - Amélio da Silva Gomes - 1963-1964 | 11 - Lamartine de Barros Duarte - 1964-1965 - 19721977 | 12 - Nilo Bernardes da Silva - 1965-1968 | 13- Antônio Silveira - 1968 | 14 - Hélio de Souza - 1968-1972 - 1977-1981 | 15 - Vínio Barbosa Tamburini - 1981-1985 | 16 - Afrânio Caiafa de Mesquita - 1985-1989 | 17 - João Batista Magalhães - 1989-1993 - 1997-2001 | 18 - José Renan Vieira da Costa - 1993-1997| 19 - Maciro Manoel Pereira - 2001-2005 | 20 - Antônio Martins de Siqueira - 2005-2010

10 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


O reitor do Centenário

Reitor - Prof. Paulo Márcio

Em depoimento para a Assessoria de Comunicação Social, o reitor da UNIFAL-MG, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, relatou o que representa na sua trajetória profissional e pessoal, estar à frente da Instituição, no ano do Centenário. Confira a seguir, as palavras do professor, que foi dirigente da UNIFAL-MG de 2010 a 2014, e reconduzido ao cargo de reitor, para a gestão 2014 - 2018. Prof. Paulo Márcio: Recebi a solicitação de tecer alguns comentários sobre minhas impressões ao estar dirigindo a UNIFAL-MG por ocasião de seu Centenário. Pois bem, digo inicialmente que muito me alegra e honra esta oportunidade, a qual recebi pela generosidade de nossa comunidade acadêmica, ao me reeleger para a Reitoria para o quadriênio 2014-2018. A decisão de concorrer novamente à Reitoria certamente não foi motivada pela perspectiva do Centenário, mas estar reitor nesta data tão significativa para a Instituição é algo que me trouxe muito orgulho e alegria. HISTÓRIAS QUE SE ENTRELAÇAM Para contextualizar o fato de “estar reitor” nesta data especial, discorrerei brevemente sobre minha história pessoal e os caminhos percorridos até chegar ao cargo de dirigente máximo institucional. Muito me enobrece o fato de ter sido a EFOA/ UNIFAL a Instituição que escolhi para minha forma-

ção graduada. Aqui ingressei, no curso de Farmácia, em fevereiro de 1983, nos meus já distantes 17 anos. Naquela época, pouco ou quase nada conhecendo da vida acadêmica, devo confessar que nem mesmo no plano das ideias cogitava trabalhar na Universidade. A opção pela vida acadêmica veio no decorrer do curso, em especial pelo envolvimento com as atividades de pesquisa, por meio da iniciação científica. A abertura dos horizontes do mundo científico conduziu-me para a pós-graduação. Logo a seguir, surgiu a oportunidade de um concurso e assim, mesmo sem um grande planejamento de vida, próprio da juventude, tornei-me docente da Instituição. Após novas oportunidades de formação, em especial a realização do doutorado na cidade do Rio de Janeiro, retorno a Alfenas para efetivamente iniciar a carreira docente. A vocação para pesquisa conduz ao primeiro trabalho administrativo na Universidade: a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação entre 2001-2005. Talvez por ajudar a planejar a pós-graduação, então nascente na Instituição, o trabalho a seguir é ainda mais desafiador. Assumo a Assessoria de Planejamento, hoje, Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Desenvolvimento Institucional (2005-2009). Além do enorme aprendizado nas questões gerenciais da Instituição, essa época é marcada pela transformação da EFOA/CEUFE em UNIFAL-MG e pela consequente expansão sem precedentes incluindo novos campi, novos cursos, novos docentes, novos técnico-administrativos e muitos

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 11


novos alunos. O envolvimento profundo com a Administração da Universidade conduz ao caminho do desafio maior: ousar assumir a Reitoria, o que ocorre a partir de 2010. Tarefa complexa, só possível com a experiência acumulada nos anos anteriores. Somada aos desafios diários da gestão, entendi ser também minha responsabilidade ampliar o conhecimento sobre a UNIFAL-MG para além de Alfenas e do Sul de Minas. Dedico então esforços para aumentar a presença e a interação da UNIFAL-MG junto às demais Universidades Federais do estado de Minas Gerais, junto à Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e junto ao próprio Ministério da Educação. Além disso, busco também ampliar o apoio parlamentar aos projetos da Universidade. Penso que esses esforços foram frutíferos: associados à dedicação de outros membros da equipe que também assumiram posições de destaque no cenário nacional, como por exemplo, a presidência do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e Administração (Forplad), exercida ainda hoje pelo Prof. Tomás Dias Sant’Ana (ICEx), bem como pelos ótimos resultados das avaliações externas dos cursos de graduação (mérito de toda comunidade acadêmica) e, ainda, pelo aumento expressivo da aprovação de projetos de pesquisa e cursos de pós-graduação (mérito inquestionável de tantos professores/pesquisadores da Instituição), creio ser válido afirmar que a UNIFAL-MG é atualmente uma Universidade que goza do respeito e do reconhecimento das demais Universidades do país, do Ministério da Educação, do Governo do Estado de Minas Gerais e de todo o povo brasileiro. Portanto, mais do que “estar reitor”, o fato de estar liderando toda uma equipe de profissionais (docentes e técnico-administrativos em educação), altamente comprometidos e dedicados, que merecem todo respeito e consideração pelo excelente trabalho que realizam e pelo exemplo de bom serviço público prestado ao país (tão necessário nos dias atuais), é que me faz sentir extremamente feliz e realizado neste momento histórico da vida da UNIFAL-MG. Tenho enorme orgulho da UNIFAL-MG. Ela é hoje uma Instituição de Ensino mais relevante, mais inclusiva, mais democrática e mais consciente de seu importante papel na construção de um país melhor. Reverencio a Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas (EFOA), e todos aqueles que a ela dedicaram suas vidas. Sem elas e sem a própria EFOA, a UNIFAL-MG simplesmente não existiria.

12 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

UNIFAL-MG CIÊNCIA

No mesmo ano da transformação da EFOA em UNIFAL-MG foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, o primeiro programa de pós-graduação stricto sensu da Universidade: Mestrado em Ciências Farmacêuticas. A partir de então, foram propostos e aprovados outros programas, totalizando hoje, 22 cursos oferecidos, sendo 18 de mestrado e 04 de doutorado, nos quais estão matriculados mais de 300 alunos.

COMPLEXO UNIVERSITÁRIO

A UNIFAL-MG agrega hoje, cerca de 8 mil alunos matriculados em mais de 30 cursos de graduação oferecidos. Com um complexo universitário formado por cerca de 500 docentes e mais de 300 técnico-administrativos e, ainda, colaboradores terceirizados e parceiros, a Universidade Federal de Alfenas se consolida como uma Instituição comprometida com a formação de profissionais altamente qualificados e acredita responder efetivamente, às demandas educacionais da sociedade e participar dos problemas e desafios impostos pelo desenvolvimento local, regional e nacional. Aquela Escola que começou sua história funcionando em salas cedidas do antigo prédio da Santa Casa, na Rua Direita (Rua Artur Bernardes) em Alfenas, hoje se estende a aproximadamente 50 prédios distribuídos em mais de 86 mil m² de área construída, que compreendem a sede e a Unidade Educacional do bairro Santa Clara em Alfenas, e também o Campus Avançado de Poços de Caldas e o Campus Avançado de Varginha.


Universidade Necessária Os programas, projetos, eventos, cursos e prestações de serviços da Extensão, como o Programa da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati), ajudam a integrar estudantes de diferentes áreas e permitem que pessoas da comunidade participem da vida universitária. Com durações e temas variáveis, as ações extensionistas representam outra via de direcionamento dos trabalhos acadêmicos, a qual possibilita o contato e o intercâmbio permanentes entre o meio universitário e o social. Tais ações intensificam as relações transformadoras entre a Universidade e a sociedade, por meio de processos educativos, culturais e científicos, visando à melhoria da qualidade do ensino e da pesquisa, à integração com a comunidade e ao fortalecimento do princípio da cidadania, bem como ao intercâmbio artístico-cultural. São registradas anualmente cerca de 300 ações.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 13


1

1 - Clínica de Odontologia 2 - Clínica de Fisioterapia Atividades de Hidroterapia 3 - Laboratório Central de Análises Clínicas 4 - Farmácia Universitária

2

Atendimento à comunidade A fim de possibilitar a oportunidade dos alunos colocarem em prática o que aprendem em sala de aula, algumas graduações oferecem serviços gratuitos à comunidade de Alfenas e região, com o acompanhamento de professores. Entre os serviços mais procurados estão as Clínicas de Odontologia, Fisioterapia, a Farmácia Universitária e o Laboratório Central de Análises Clínicas.

4

3

Bem colocada nos rankings Na edição 2013 da lista britânica Quacquarelli Symonds University Rankings (QS), a UNIFAL-MG aparece entre a 151ª e 160ª colocação entre as 300 instituições latino-americanas apontadas. No ranking das universidades brasileiras, a Universidade aparece entre as 53 instituições mais bem colocadas. Entre as 43 universidades federais listadas, a UNIFAL-MG ocupa a 30ª posição. Entre as 192 instituições públicas e privadas avaliadas na quarta edição do Ranking Universitário Folha – RUF, divulgada em 2015, a UNIFAL-MG se destacou na 68ª posição como melhor universidade brasileira e no 11º lugar, entre as melhores instituições de Minas Gerais. Além do ranking geral de universidades, também foi divulgada a classificação dos melhores cursos de Graduação, a qual posicionou três cursos da Instituição, entre os 25 melhores do país: Odontologia no 16º lugar, Farmácia no 19º e Biomedicina na 24ª posição.

14 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Comunidade UNIFAL-MG celebra Centenário da Instituição em eventos comemorativos

Visando proporcionar à comunidade acadêmica oportunidade para aperfeiçoamento e ampliação de seus conhecimentos técnico-científicos, humanos, éticos e cidadãos em diferentes áreas do conhecimento, foi realizado o Congresso Científico-Cultural de 01 a 05/04/2014. Durante este período, a Universidade recebeu pesquisadores e profissionais de renome, reconhecimento e prestígio na comunidade científica nacional, os quais ministraram minicursos, palestras e mesas-redondas. O evento possibilitou a integração entre alunos de graduação e pós-graduação, ex-alunos, professores e técnicos da UNIFAL-MG e convidados de outras instituições/empresas, favorecendo o intercâmbio científico, tecnológico e cultural.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 15


Feira de Inovação Científica e Tecnológica e Feira do Livro Nos dias 02, 03 e 04/04/2014, a comunidade universitária prestigiou a Feira de Inovação Científica e Tecnológica (Fecitec) e também a Feira do Livro no hall do prédio V da sede.

A finalidade da Fecitec foi divulgar tecnologias de pontas e produtos altamente modernos aplicados nas diversas áreas do conhecimento. A Feira do Livro teve como tema “O conhecimento não tem fronteiras”.

Exposição Temporária em Comemoração aos 100 anos O Museu de Memória e Patrimônio da UNIFAL-MG promoveu exposição temporária comemorativa aos 100 anos. Intitulada “De EFOA à UNIFAL-MG: Uma História de 100 anos”, a mostra teve como objetivo divulgar o acervo da UNIFAL-MG, buscando sua identificação junto ao público como parte integrante de seu patrimônio cultural. As fotos históricas e instrumentos antigos que remontam a história da Instituição foram prestigiados pelo público. Durante a abertura, no dia 01/04/2014, também foi promovido o Encontro dos Servidores Técnicos e Docentes Aposentados e Ativos.

16 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Lançamento do Selo Comemorativo da UNIFAL-MG

O Ministério das Comunicações, por meio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos lançou em cerimônia realizada no dia 02/04/2014, na UNIFAL-MG, o Selo Postal Personalizado e o Carimbo Comemorativo alusivos aos 100 anos da Instituição, em ato conduzido pelo gerente de atividades de vendas coorporativas, Jean Carlos de Melo. O selo postal personalizado foi composto por duas partes: a primeira, pelo selo de carta comercial de primeiro porte, que conteve as imagens da bandeira do Brasil e do ipê amarelo, árvore originária em nosso país, presente em quase todo território nacional. Utilizado para carimbar as correspondências que saíram de Alfenas no período de 03 de abril a 1º de maio de 2014, após essa data, o Carimbo Comemorativo passou a compor o acervo do Museu Nacional dos Correios, em Brasília, tornando-se fonte de pesquisa e registro de tão importante acontecimento no contexto histórico e sociocultural do nosso país.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 17


Homenagem aos parceiros Na tarde do dia 02/04/2014, representantes de instituições e empresas parceiras da UNIFAL-MG se reuniram no auditório Dr. João Leão de Faria, para receber homenagem da Universidade. Estiveram presentes, representantes das seguintes instituições e/ou empresas: Caixa Econômica Federal; Banco do Brasil; T&T Construção; MB Engenharia; Construtora AL; Alfa Lagos; Supermercado São Paulo; Associação Comercial e Industrial de Alfenas (ACIA), Imobiliária Castro, Supermercado UNISSUL, Supermercado do Lacerda, COPASA, Drogaria Lacerda, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG).

18 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Hasteamento das Bandeiras e Inauguração do Monumento Comemorativo dos 100 anos

Inauguração do Monumento Comemorativo dos 100 anos

No dia do aniversário de 100 anos da EFOA/ UNIFAL-MG, 03 de abril, a comunidade universitária se reuniu para prestigiar o Hasteamento das bandeiras do Brasil, de Minas Gerais, de Alfenas e da UNIFAL-MG, e a Inauguração do Monumento Comemorativo ao Centenário. Alunos, professores, técnico-administrativos, colaboradores, ex-alunos e familiares, e também autoridades de Alfenas, participaram do momento.

Na sequência, o reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, a vice-reitora, Profa. Magali Benjamim de Araújo, o ex-vice-reitor Prof. Edmêr Silvestre Pereira Júnior e o ex-dirigente, Prof. Antônio Martins de Siqueira, realizaram o descerramento do Monumento Comemorativo dos 100 anos, o qual destaca os dizeres da Ata de Fundação da EFOA de 1914: “A suprema santificação da linguagem humana, abaixo da prece, está no ensino da mocidade.” Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 19


Missa Solene e Culto Evangélico Para comemorar a data em que o Prof. Dr. João Leão de Faria e um grupo de idealistas fundaram a então, Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas – EFOA, foram realizadas duas cerimônias religiosas em ação de graças pelos 100 anos, no dia 03/04/2014. Alunos, professores, técnico-administrativos, colaboradores e convidados da comunidade externa participaram de uma missa solene e também de um culto evangélico. A missa foi celebrada pela manhã, na Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida com a presença do Reverendíssimo Bispo Diocesano Dom José Lanza

Neto e animada pelo Centro Municipal de Música Professora Walda Tiso Veiga, sob a regência de Júlio César da Paz e Maria Esther Rosa. O culto aconteceu no auditório Dr. João Leão de Faria, no período da tarde, ocasião em que os fiéis participaram de orações de louvor com o Pastor Gustavo Borja Bessa da Igreja Batista de Lagoinha de Belo Horizonte-MG e de momentos de adoração e cânticos espirituais com o Ministério de Louvor da Igreja Batista Ágape, com o quarteto masculino da Igreja Adventista e apresentação dos discentes Merellym de Oliveira e Gabriel Teixeira.

Jubileu de Prata e de Ouro No dia 04/04/2014, a Instituição promoveu o Jubileu de Prata e de Ouro, oportunidade em que homenageou ex-alunos que completaram 25 e 50 anos de formados. Foram entregues Diplomas de Honra ao Mérito para ex-alunos das turmas dos anos de 1964 (Farmácia e Odontologia) e 1989 (Enfermagem, Farmácia, Farmácia - Bioquímica e Odontologia). A Universidade também homenageou o ex-aluno de Odontologia, Norberto Donaldo Danza, pelos 60 anos de formatura, que na ocasião discursou: “Para nós é uma alegria muito grande estarmos aqui para recebermos essa homenagem tão valiosa e significativa. Em 1954, ao terminar o curso, nós nunca poderíamos imaginar que teríamos tanta energia e disposição para essa jornada de 60 anos, ininterruptos, de clínica odontológica. Digo aos recém-formados, que a jornada foi cheia de alegrias, cheia de sucessos e também de muitas dificuldades. Vivíamos naqueles 20 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

60 anos passados, uma Odontologia com várias precariedades, onde o dentista tinha que improvisar várias atitudes para o desempenho da profissão. Hoje, vemos com orgulho, uma Odontologia caminhando dia a dia, unida, cada vez mais, ao lado da Medicina. E ao encerrar, deixo aqui para os jovens colegas, os meus votos de sucesso e prosperidade na bela profissão que abraçaram de cirurgião dentista. Meu muito obrigado a todos, de um dentista que soube durante 60 anos, aliviar a dor e devolver aos necessitados aquela alegria de sorrir.”


Cerimônia de Abertura das Celebrações do Centenário da Universidade

Ainda no dia 03/04/2014, foi realizada uma cerimônia no Alfenas Tênis Clube, para marcar a abertura oficial das celebrações do Centenário. A solenidade buscou exaltar o passado, valorizar o presente e envolver a comunidade na construção do futuro da Universidade, que embora carregue a experiência de uma “senhora centenária”, possui aspectos ainda de uma “menina”, cheia de expectativas. Os pronunciamentos feitos pelo prefeito da cidade de Alfenas, Maurílio Peloso; pelo ex-dirigente da Instituição, Prof. Antônio Martins de Siqueira e pelo reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, foram unânimes em destacar a importância histórica da Instituição. “Externo muito brevemente, meu sincero reconhecimento, minha mais profunda gratidão e faço solene reverência a todos, os dos passado e aos do presente, que tanto amor dedicaram e dedicam à EFOA/UNIFAL. Todos foram e são fundamentais para alavancarmos nosso proeminente futuro. Um futuro feito de mais ousadias, de novos sonhos e de muitas alegres e importantes realizações. Por tudo isso queridos amigos, quero compartilhar com todos vocês, a alegria imensa que sinto hoje neste pobre e apaixonado coração: a alegria de ver festejada, aplaudida, celebrada, exaltada... reverenciada, essa casa de ensino, esse verdadeiro Templo do Saber. Encerro, elevando aos céus uma prece, que encontrei bebendo na mesma fonte usada por Leão de Faria, 100 anos atrás, ao escrever

a ata de criação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas: (Rui Barbosa). ‘Deus, que fizeste estas montanhas, o globo que as aguenta, esses mundos/ que nos cercam, esses céus que nos envolvem; que esparzis as estrelas do/ firmamento e as flores da terra; que resplandeceis na santidade dos justos, e/ trovejais na consciência dos maus; que semeais na inocência das crianças, e/ colheis na experiência dos velhos, derramai a vossa misericórdia sobre esta casa, sobre aqueles que a povoam no trabalho, sobre este enxame de esperanças, que aqui continuamente se renovam/ Viva a EFOA!!! Viva a UNIFAL!!! Viva o ensino da mocidade!!! Em nome da UNIFAL, agradeço de todo coração o carinho e a amizade de todos vocês. Até o Bicentenário”, discursou o reitor, Prof. Paulo Márcio. A cerimônia também foi marcada por homenagens: aos ex-dirigentes; ao fundador da Instituição Prof. Dr. João Leão de Faria e aos ex-dirigentes já falecidos; às autoridades presentes; aos servidores aposentados e ex-alunos; e ainda, homenagem ao autor da logomarca dos 100 anos da UNIFAL-MG, Arthur Emílio de Oliveira, e ao compositor da música do Hino Oficial da Universidade, Osmar Fernandes Silveira. Ao final do evento, os convidados prestigiaram a apresentação dos músicos Wagner Tiso, Victor Biglione e Márcio Malard.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 21


Inauguração da ampliação do prédio da Odontologia Aproveitando as solenidades de comemoração dos 100 anos da Universidade, o então diretor da Faculdade de Odontologia, Prof. Mânio de Carvalho Tibúrcio, promoveu no dia 04/04/2014, a inauguração das ampliações realizadas no prédio do curso, com a presença do deputado federal, Geraldo Thadeu, ex-aluno da EFOA, que muito trabalhou para o desenvolvimento da Instituição. Inauguração prédio Odonto

Festa Oficial do Grande Encontro de Ex-Alunos e Alunos da EFOA/UNIFAL-MG Na noite do dia 04/04/2014, o Alfenas Tênis Clube foi palco para a confraternização de turmas de diversas épocas na Festa Oficial do Grande Encontro de Ex-alunos e Alunos da EFOA/UNIFAL-MG. O evento contou com a apresentação do grupo “Quarteto Sentinela”, com a participação especial do cantor e compositor “Tavito”, autor de clássicos da MPB, como “Rua Ramalhete” e “Casa do Campo”. No show “Memórias do Clube da Esquina - Quarenta Anos de Música e Histórias”, o grupo fez uma releitura de grandes clássicos e raridades musicais do movimento mineiro, relembrando histórias e fatos importantes da carreira dos integrantes. Os músicos Wagner Tiso e Tutuca, interpretaram “Coração de Estudante”, em homenagem a ex-alunos falecidos, emocionando o público presente. Durante a festa, também ex-alunos da Instituição subiram ao palco para apresentar seus talentos musicais.

22 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Homenagem prestada pela Câmara Municipal de Alfenas Como parte da Programação Oficial Comemorativa dos 100 anos da UNIFAL-MG, o Poder Legislativo de Alfenas realizou uma sessão solene em homenagem à Instituição, no dia 05/04/2014. Por iniciativa do vereador Waldemilson Gustavo Bassoto, o objetivo da solenidade foi divulgar a história da Universidade e prestar homenagens às pessoas que contribuíram para o seu desenvolvimento. Na oportunidade, o reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, em nome da UNIFAL-MG, recebeu a doação do livro “Meio Século de Boticão”, escrito pelo ex-aluno Pedro Augusto Leite, que se formou em Odon-

tologia na antiga EFOA há 61 anos. A Universidade também foi contemplada com a doação de um diploma histórico feita pelo ex-aluno de Odontologia, Rogério Salles, que em contato com amigos de profissão da cidade de Lorena-SP, conseguiu adquirir o diploma do ex-aluno Mozart Ferreira Leite, que se formou em Odontologia em 09 de dezembro de 1916, na primeira turma do curso na EFOA. O certificado, que pertencia à Associação Paulista dos Cirurgiões Dentistas de Lorena, foi assinado pelo fundador da Instituição, Prof. Dr. João Leão de Faria, passou a compor o acervo do Museu de Memória e Patrimônio da UNIFAL-MG. Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 23


Baile de Gala Comemorativo ao Centenário Entre os diversos eventos alusivos ao Centenário da Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG, o Baile de Gala foi um dos momentos mais esperados e celebrados. Promovido no dia 05/04/2015, no Alfenas Tênis Clube, o baile reuniu alunos, ex-alunos, professores, técnico-administrativos, colaboradores, servidores aposentados e familiares, além de autoridades, para comemorar os 100 anos de história da Instituição. Em clima de confraternização, o baile foi embalado ao som do cantor Edinho Santa Cruz e Banda, que levou o público a reviver épocas com sucessos dos anos 60, 70, 80, raízes da música sertaneja e o melhor da música popular brasileira.

24 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 25


Inauguração Oficial da Unidade Educacional da UNIFAL-MG do bairro Santa Clara em Alfenas Aproveitando o mês comemorativo dos 100 anos da UNIFAL-MG, a Instituição promoveu no dia 08/04/2014, a inauguração oficial da Unidade Educacional do bairro Santa Clara, em Alfenas. Após o descerramento de Placa da Inauguração da Unidade realizado pelo reitor Prof. Paulo Márcio de Faria, pelo ex-dirigente da Universidade, Prof. Antônio Martins de Siqueira, pelo prefeito de Alfenas, Maurílio Peloso e pelo então deputado estadual, Pompilio Canavez; todos foram convidados a acompanhar o plantio da árvore Jequitibá, escolhida por ser símbolo das bodas de 100 anos. As mudas foram cedidas pelo Prof. Marcelo Polo, especialista em Biologia Vegetal do Instituto de Ciências da Natureza da Universidade.

Celebrações nos campi avançados de Varginha e Poços de Caldas A Universidade realizou sessões solenes em comemoração ao Centenário também nos campi avançados de Varginha e Poços de Caldas, cerimônias que marcaram também o aniversário de cinco anos destas unidades. Exposição de fotos, homenagens a parceiros e servidores aposentados, e visita às instalações fizeram parte das solenidades, que resgataram também o histórico dos campi, criados à luz de programas do governo federal, que possibilitaram a partir de 2006 a implantação de novos cursos em universidades federais brasileiras. Em Varginha, a cerimônia contou com a presença da deputada estadual Geisa Teixeira, representando o marido e ex-prefeito já falecido, Mauro Tadeu Teixeira, que em sua gestão, dedicou especial atenção para implantar uma unidade da universidade federal no município. 26 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Campus Varginha

Campus Poços de Caldas

Outros momentos de destaque A história de sucesso da UNIFAL-MG foi celebrada em inúmeros eventos no decorrer de 2014. A seguir, citamos mais alguns momentos marcantes da programação especial.

Show com Paulinho Veronezi na Praça Emílio da Silveira dia 02/04/2014

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 27


Orquestra de Câmara Opus e Derico Sciotti na Praça Emílio da Silveira dia 06/04/2014

Mesa-redonda “O Teatro de Waldir de Luna Carneiro” dia 10/04/2014

28 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


Fórum de discussão sobre drogas “Conquistas e desafios da política sobre Drogas no Brasil” realizado dia 11/04/2014

Jogos InterUNIFAL-MG nos dias 11, 12 e 13/04/2014

Encontro de Corais dia 12/04/2014

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 29


UNIFAL-MG é homenageada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais No dia 25/04/2014, a UNIFAL-MG foi homenageada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais pelos 100 anos de fundação, em Reunião Especial, requerida pelo então deputado Pompilio Canavez. Durante a reunião, o deputado Pompilio falou sobre a representatividade da Instituição, destacando ser um privilégio para ele, como autor do requerimento, participar da comemoração do Centenário da UNIFAL-MG. “Nesses 100 anos de existência, a Instituição se projetou como um dos mais importantes núcleos geradores de ideias e de formação da inteligência mineira. De seus bancos acadêmicos saíram importantes quadros profissionais que muito contribuíram para o nosso desenvolvimento econômico, social, cultural e científico ao longo de todo o século XX”, ressaltou. Manifestando orgulho pela existência da Instituição, o deputado intitulou a UNIFAL-MG como “especial e diferente”, por ter sido pioneira na democratização do acesso à universidade, utilizando os resultados obtidos pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, como base para o processo seletivo. “Trabalhadores e jovens de todo o Brasil estudam na Universidade Federal de Alfenas, fazendo as provas na sua própria cidade. A UNIFAL-MG teve a coragem de ser pioneira nisso e tem, realmente, um trabalho fantástico”, afirmou. Após o pronunciamento, representando a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Pompilio realizou a entrega da Placa de Homenagem para o reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva. Na placa, destacam-se 30 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

os dizeres: “A educação de qualidade é, sem dúvida, uma das marcas mais importantes de uma nação desenvolvida. Por acreditar nisso, a Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG -, fundada em 3/4/1914, vem contribuindo de maneira vigorosa e decisiva com o ensino brasileiro. É um século de existência dedicado à pesquisa, à extensão, à inovação tecnológica e à formação de milhares de estudantes, em diversas áreas do conhecimento, o que evidencia a seriedade e a competência dessa instituição. A Assembleia Legislativa de Minas Gerais, ao reconhecer o valor da UNIFAL-MG para o Estado e para o País, rende a ela merecida homenagem pelos 100 anos de sua fundação”. Fazendo uso da palavra, o reitor saudou os componentes da mesa de honra e dirigindo-se ao deputado, Prof. Paulo Márcio disse: “É impossível que um filho não goste de ouvir falar bem de sua mãe e eu sou filho da UNIFAL, eu me formei na UNIFAL, então é impossível que eu não me sinta emocionado neste momento, quando a minha mãe, a UNIFAL, é homenageada nesta casa tão importante que é a Assembleia Legislativa de Minas Gerais.” Em meio a agradecimentos pela iniciativa da homenagem celebrada na ALMG, o reitor salientou: “A UNIFAL-MG merece essa homenagem pelo o que ela de fato representa para Alfenas, para o Sul de Minas Gerais, para o estado de Minais Gerais, senão para todo o Brasil, como órgão público, que vem nestes 100 anos de árdua luta, cumprindo, na minha avaliação, muito bem seu papel de formar jovens com responsabilidade.”


Livro comemorativo resgata “Memórias de 100 anos de história” da Instituição Ao longo de 2014, a Instituição celebrou um século de realizações, em diversas oportunidades e, uma delas, foi o lançamento do livro “De EFOA a UNIFAL-MG, – Memórias de 100 anos de história”, que aconteceu no mês de julho, na sede da Universidade. O livro, organizado pelas professoras Denise Aparecida Corrêa e Cássia Carneiro Avelino, com o apoio de diversos colaboradores, resgata em seis capítulos, a trajetória da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas – EFOA até a transformação em Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG, passando pela biografia do fundador, Dr. João Leão de Faria, pela implantação dos cursos, pelas principais mudanças ocorridas com o processo de expansão, bem como com a criação dos campi avançados de Poços de Caldas, Varginha e da Unidade Educacional do bairro Santa Clara em Alfenas. No evento de lançamento, a organização preparou uma exposição, no hall do auditório Dr. João Leão de Faria, que reuniu imagens das atividades celebrativas da programação do Centenário, ocorridas em abril. A solenidade foi conduzida pelo servidor aposentado da Instituição, Sebastião Meira, e contou com a apresentação dos músicos, Prof. Mário Danieli Neto e do convidado Thiago Santos. Apresentando o livro, a Profa. Denise falou sobre os registros históricos que foram consultados para a elaboração da obra, lembrando a documentação do Prof. Arlindo Pereira datada de 1931, e as notas históricas organizadas pelo servidor Silsomar Massote Botelho em 1985. “Gostaríamos de ter nomeado neste livro, todos os professores, técnicos, estudantes, servidores terceirizados, autoridades, enfim, todas as pessoas que participaram da história da Universidade Federal de Alfenas, desde a sua fundação até os dias atuais. Entretanto, diante da impossibilidade de nomear todas elas e quantificar a contribuição de cada uma,

optamos pelo relato de alguns fatos e transformações ocorridas ao longo destes 100 anos”, revelou a organizadora. Emocionada, a Profa. Cássia também fez uso da palavra, falando sobre a realização desse trabalho. “Foi uma tarefa bastante gratificante, porque a cada visita que a gente fazia eram só lembranças, revivemos o passado da EFOA. Para nós hoje e, creio que, para toda comunidade EFOA/UNIFAL-MG essa realização é um momento ímpar e eu queria agradecer a presença de todos por compartilhar esse momento tão especial”, agradeceu. Na sequência, a Universidade prestou homenagem aos professores aposentados da Instituição: Mauro Braga (farmacêutico), Sônia Maria de Souza Lima Paes (enfermeira) e Dr. Hugo Bernardes da Silva (médico). Em sua fala, o reitor da Instituição, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, ressaltou a satisfação de estar à frente da Universidade em um momento tão marcante. “É muito bom estar aqui com vocês e ser abençoado por ter esta responsabilidade grande, mais esta satisfação de poder estar dirigindo uma instituição em um ano tão importante quanto é o Centenário desta Instituição, porque poucas instituições chegam com maturidade, com tanta força aos 100 anos, praticamente recomeçando ainda a sua história, criando novos cursos, aceitando novos desafios, expandindo para outras cidades, e é isto que vai continuar e vai assegurar que a UNIFAL celebre seus duzentos, seus trezentos, seus quinhentos e assim por diante”, disse. Prof. Paulo Márcio fez questão de agradecer à presidente da Comissão do Centenário, Profa. Sandra Maria Oliveira Morais Veiga e às professoras Denise e Cássia, por terem abraçado a sugestão de elaborar um livro de memórias. A presidente da Comissão, Profa. Sandra também agradeceu a todos os envolvidos nas atividades celebrativas dos 100 anos da Instituição, em especial, às organizadoras da obra “De EFOA a UNIFAL-MG, – Memórias de 100 anos de história”. Ao final do evento, todos os convidados receberam um exemplar da obra.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 31


Câmara dos Deputados homenageia a UNIFAL-MG pelos 100 anos, em Brasília-DF Em sessão solene ocorrida no Plenário Ulysses Guimarães no mês de julho, a Câmara dos Deputados homenageou a Universidade pelos 100 anos. Durante a solenidade, o então deputado Geraldo Thadeu, autor do requerimento, proferiu palavras emocionadas sobre o grande valor e a contribuição da UNIFAL-MG na formação de jovens e adultos. “A UNIFAL é uma das Instituições de Ensino Superior mais antigas do Brasil e de excelente nível educacional, competência, que completa 100 anos em 2014, merecedora de todas as homenagens e congratulações.” A seguir iniciaram-se os pronunciamentos dos demais parlamentares que destacaram a importância da UNIFAL-MG no cenário educacional brasileiro, bem como a relevância do reconhecimento do povo brasileiro, por meio da Câmara Federal, dos trabalhos realizados pela Instituição ao longo dos 100 anos de vida. Falando em nome da UNIFAL-MG, o reitor Prof. Paulo Marcio de Faria e Silva saudou os componentes da mesa de honra, agradeceu a presença de todos os parlamentares e a presença do Sr. Gustavo Balduino, secretário executivo da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes. “A Andifes é um interlocutor privilegiado das Universidades, principalmente nesta casa legislativa, quando, com muita qualidade, procura interferir ou discutir os projetos mais importantes relacionados à educação superior brasileira. A Andifes é a associação que luta arduamente para conquistas

32 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

importantes para as Universidades Federais”. Em seu discurso emocionado, o Prof. Paulo Márcio agradeceu ao deputado Geraldo Thadeu pela generosidade ao requerer esta sessão solene que entrou para a história da UNIFAL-MG. “Dizer da emoção que sinto nesse momento, por esta homenagem, também como aluno formado por aquela Instituição. Representar a Instituição neste momento, numa casa tão importante do Congresso Nacional, a Câmara Federal, e ver a UNIFAL-MG, pela qual temos tanto carinho, ser dignamente homenageada, isso enche, qualquer pessoa que passou pela Instituição e que hoje lá está, realmente, de um enorme orgulho. E destaco mais uma vez, deputado Geraldo Thadeu, sua generosidade, de ter feito essa proposição, de uma sessão, que entra, sem dúvida, também hoje para a história da nossa Instituição.” O Prof. Paulo Márcio ressaltou ainda a frase de Rui Barbosa, que consta na ata de criação da então Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas - EFOA, registrada em 1914, “A suprema santificação da linguagem humana, abaixo da prece, está no ensino da mocidade. O lavrador deste chão devia amanhá-lo de joelhos, devia cuidar desse chão, de joelhos” Aproveitando a ocasião, o reitor entregou ao deputado Geraldo Thadeu o livro comemorativo “De EFOA a UNIFAL-MG, – Memórias de 100 anos de história”, que resgata a trajetória da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas – EFOA até a transformação em Universidade Federal de Alfenas-UNIFAL-MG.


UNIFAL-MG – Especial 100 anos Ex-alunos e servidores aposentados relembram sua passagem pela Instituição

Ex-alunos

Estudei na EFOA (UNIFAL-MG) no período entre 1987/1990. E este período marca um momento de transição para a minha vida profissional que culminaria com a vinda para Poços de Caldas como dentista e posteriormente ser prefeito desta bela cidade. Para um menino pobre, morador do conjunto habitacional Por do Sol, entrar na EFOA era um sonho e, hoje, tenho a convicção que foi o momento mais importante da minha vida, ali se abriu a oportunidade de futuro profissional diferenciado. Tenho muito orgulho de ter sido aluno e hoje um grande parceiro como prefeito de uma cidade que tem uma unidade da UNIFAL-MG. Nós somos o conjunto de tudo e todos que passam pela nossa vida. Todos nós da UNIFAL –MG estamos de parabéns por estes 100 anos.

Eloísio do Carmo Lourenço - ex-aluno do curso de Odontologia, hoje, prefeito municipal de Poços de Caldas

Falar da UNIFAL-MG é falar da minha própria vida e da minha família. Meu pai, Geraldo Virginio dos Santos, foi professor da Instituição, assim como minha irmã, Maria Alice. Dos cinco irmãos, quatro formaram-se na UNIFAL-MG, nas áreas de Farmácia e Odontologia. Além disto, a UNIFAL-MG é fundamental na história de Alfenas e região, e um orgulho para todos nós. Uma Instituição com esta qualidade de ensino, só faz melhorar com o tempo, por isto, apoio a UNIFAL-MG e compartilho das comemorações dos 100 anos. Parabéns a toda equipe UNIFAL-MG!

” “

Geraldo Thadeu - ex-aluno do curso de Odontologia, ex-deputado federal

Eu me lembro de quando eu estava no 2º ano e fui assistir uma aluna do 4º ano fazer uma extração, a coroa estava fraturada. Quando a aluna, com o bisturi, fez uma incisão na gengiva, eu comecei a passar mal. Melhorei, me retirei e fui para casa. Mas, fiquei encabulado: ‘Caramba, estou fazendo Odonto e não posso ver um corte’. Aí, surgiu uma oportunidade para participar do Projeto Rondon. Fui para Cristália, no Norte de Minas. Lá passei a assistir um aluno do 4º ano, perdi o medo e dali a três dias eu estava anestesiando e extraindo dentes. Voltei para casa todo orgulhoso e satisfeito, pois havia perdido o medo. Quando cheguei ao 3º ano já sabia anestesiar e extrair dentes. Temos as nossas Universidades de Alfenas como ícones de nosso município. Prova que a prioridade é a educação. Que caminhemos para os próximos 100 anos. Parabéns para a nossa benfeitora UNIFAL-MG.”

Maurílio Peloso - ex-aluno do curso de Odontologia da UNIFAL-MG, hoje, prefeito municipal de Alfenas

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 33


Servidores aposentados

A entidade mais importante de Alfenas é a Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas que hoje é a UNIFAL-MG. Não tem nada em Alfenas que eleve o nome dessa cidade como essa Escola. Eu tenho orgulho de ser alfenense baseado principalmente na existência da UNIFAL –MG hoje, que começou como EFOA.

Dr. Euclides Magalhães da Silveira – médico, professor aposentado que ingressou na EFOA antes da década de 60, e a partir da federalização, tornou-se professor de Física Aplicada à Farmácia e, posteriormente, de Fisiologia; contribuindo por 30 anos para o ensino da Instituição

A história da evolução da Universidade é uma história muito rica de lutas e sacrifícios de professores que doaram seu trabalho para o funcionamento desse estabelecimento. Hoje, já Universidade, representa um orgulho não apenas para Alfenas, mas para a região do Sul de Minas e por que não dizer para o Brasil. Este resultado se deve ao esforço dos professores antigos e daqueles que continuam naturalmente doando seu trabalho ao ensino brasileiro.”

” “

Dr. Hugo Bernardes da Silva – médico, professor aposentado que ingressou na Instituição antes da década de 60, e após a federalização, ocupou a cadeira de professor da área de Legislação Farmacêutica e Higiene Pessoal, dedicando-se 30 anos ao ensino da EFOA

Eu me considero uma pessoa muito feliz em todos os sentidos, porque grande parte dessa felicidade, grande mérito, eu devo à UNIFAL-MG. Eu participei de toda a evolução da vitória da transformação e ela me deu tudo que eu tenho hoje. Além da satisfação do trabalho como integrante do corpo da Instituição, ela me deu amizades. Nós vivemos, batalhamos, nós choramos, nós alegramos e celebramos a vitória juntos.”

Jacira Campos Cabral - servidora aposentada que permaneceu na Instituição por 33 anos. Dona Jacira foi responsável pela Diretoria/ Pró-Reitoria de Administração e Finanças durante o período de transformação de Centro Universitário em Universidade Federal

34 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


A UNIFAL-MG é minha vida. Eu acho que me dediquei mais lá do que à minha família. O Prof. Dr. João Leão de Faria que é o fundador, era primo do meu avô. Quando eu comecei a trabalhar para transformar a EFOA em Universidade, eu sentia um prazer, não só porque eu estava trabalhando para a Instituição, mas porque eu estava tentando fazer uma coisa significativa para aquela unidade de ensino superior. Saiu a transformação no meu mandato, mas o trabalho todo do projeto foi do Prof. João Batista. Quando eu assumi, fiquei com aquela expectativa de conseguir transformar em universidade, mas precisávamos de alguém para representar a EFOA no Congresso, e foi quando o Geraldo Thadeu, ex-aluno, se candidatou. A maior realização do meu mandato como diretor foi transformar a Instituição em Universidade. Entendo que foi a minha missão.

Prof. Maciro Manoel Pereira - professor aposentado da área de Odontologia que foi também diretor-geral da EFOA no período de 2001 a 2005, quando batalhou para proporcionar o suporte necessário a fim de tornar realidade o sonho de transformar a EFOA/CEUFE em UNIFAL-MG. Esteve ligado a EFOA por mais de 40 anos, tendo exercido praticamente todas as atividades administrativas, além do magistério

A minha vida toda é muito ligada a UNIFAL-MG. Eu fiz vestibular e me formei pela antiga EFOA. Mais tarde, eu entrei para o Magistério Superior e já era professor de Química quando a Escola foi federalizada em 1960. No período em que fui diretor-geral, comemoramos o Centenário de nascimento do Prof. Dr. João Leão de Faria, e conseguimos a presença de um representante do MEC que viabilizou uma série de verbas para ampliação da Instituição. Com isso, foram construídos os prédios, inclusive, o Departamento de Química todo e o Biotério na época. Um fato que não é de grande relevância, mas é um fato marcante, é que o primeiro computador que entrou na EFOA antiga, foi também na minha gestão, quando conseguimos que o Ministério financiasse um curso sobre informática em São Paulo para servidores da Escola.

Prof. Vínio Barbosa Tamburini - professor aposentado que atuou na área de Química, sendo também diretor-geral no período entre 1981 e 1985, quando trabalhou para a ampliação física de vários departamentos da Instituição

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 35


UNIFAL-MG sedia encontro de reitores das universidades federais brasileiras Reunião encerrou programação das comemorações do Centenário da Instituição Encerrando a programação das comemorações do Centenário da Instituição, a UNIFAL-MG sediou em Poços de Caldas, a 139ª reunião ordinária do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) no mês de março de 2015. Na oportunidade, o reitor da UNIFAL-MG, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, cumprimentou os presentes e, em nome da UNIFAL-MG, expressou alegria pela oportunidade de sediar uma reunião com os colegas reitores das instituições de ensino superior. “Agradeço ao Prof. Targino pela anuência da realização dessa reunião ainda no fechamento do nosso Centenário. A proposta que fizemos foi plenamente acolhida e poder realizar é uma alegria muito grande, principalmente para nós, que ainda somos do grupo das chamadas ‘pequenas universidades’. Momentos como esses são extremamente significativos para gente”, ressaltou. 36 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

Durante o pronunciamento, o então presidente da Andifes, Prof. Targino de Araújo Filho (UFSCar), comentou: “Para nós é motivo de satisfação muito grande estar aqui. Também um grande motivo de satisfação, estarmos aqui encerrando as comemorações dos 100 anos da UNIFAL-MG. Paulo Márcio se refere à UNIFAL-MG como uma pequena universidade, mas acho que na verdade ela faz parte desse processo que as universidades federais passaram nesses últimos 10, 12 anos”. Em conversa com a Ascom, o secretário executivo da Andifes, Gustavo Balduino, também ressaltou a representatividade da Instituição. “Para mim foi muito gratificante observar o crescimento que essa Instituição teve nos últimos 20 anos e também é simbólico estarmos fazendo a reunião da Andifes na cidade, em um campus diferente da origem da sede da UNIFAL-MG, porque mostra que a UNIFAL-MG também se serviu e ajudou a construir o processo de


expansão que nós tivemos nas universidades federais nos últimos 10 anos”, destacou, acrescentando que a Universidade contribuiu para a política de expansão. O secretário da Andifes enfatizou ainda, a organização do evento e os temas em debate durante a reunião. “Observamos aqui que a organização do evento demonstra uma grande capacidade das pessoas que estão envolvidas na realização, e esse evento em si, tem uma característica especial que é o tema relevante”.

Os temas em debate nesse encontro foram “Segurança nas Universidades” e “Orçamento das Universidades”, assuntos abordados pelos convidados: o superintendente de Gestão da UFLA, Prof. André Vital Saúde, o superintendente de Segurança Institucional da UFPE, Armando Nascimento; o procurador federal Flávio Pereira Gomes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e o secretário executivo adjunto do Ministério da Educação, Wagner Vilas Boas.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 37


10 anos de transformação em Universidade No dia 29 de julho de 2005, a antiga Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, então credenciada como Centro Universitário Federal, tornava-se: UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS – UNIFAL-MG, pela Lei nº 11.154. Nesses 10 anos desde a transformação, a comunidade universitária, assim como toda região Sul de Minas, foi testemunha da tamanha mudança pela qual a Instituição centenária passou nesse breve período de sua história. O expressivo crescimento científico e tecnológico proporcionou a ampliação da oferta de cursos e também da estrutura física e de pessoal, com a criação dos campi de Poços de Caldas e Varginha. No mesmo ano da transformação em UNIFAL-MG foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, o primeiro programa de pós-graduação Stricto Sensu da Universidade: Mestrado em Ciências Farmacêuticas. Além das atividades de ensino e de pesquisa, os programas de extensão universitária também são destaque, pois possibilitam que os alunos agreguem suas experi-

ências e conhecimentos em projetos desenvolvidos com a comunidade externa, o que permite um intercâmbio permanente entre a sociedade e a Universidade. A UNIFAL-MG é, sem dúvidas, uma Universidade completa e merecidamente digna de comemorações.

Coquetel Dançante celebra os 10 anos de transformação em Universidade

Alunos, servidores e colaboradores da UNIFAL-MG participaram de um Coquetel Dançante realizado no Espaço Domno Martelli em Alfenas na sexta-feira, 21/08/2015, em comemoração aos 10 anos de transformação em Universidade. A confraternização foi embalada pela seleção musical do DJ Kleber Aielo, com sucessos das décadas de 60, 70, 80 e também repertório atual, le-

38 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

vando os presentes à pista para dançar as músicas que marcaram época. Além do open bar, os participantes prestigiaram um cantinho mineiro, montado pela organização, que ofereceu um apetitoso cardápio da culinária de Minas. A decoração do local também foi pensada em referência às cores da UNIFAL-MG, com especial destaque para o azul.


10 anos de Universidade e 10 anos da Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas Homenagens e palestras marcaram o evento comemorativo Concomitantemente aos 10 anos de transformação da Instituição em Universidade, a UNIFAL-MG também comemorou em 2015, os 10 anos de criação do primeiro Programa de Pós-Graduação: o de Ciências Farmacêuticas (PPGCF). Para celebrar a data tão significativa, a Coordenação do Programa e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação organizaram um Ciclo de Palestras, na quarta-feira, 26/08/2015, que contou com a presença do professor Eliezer Jesus de Lacerda Barreiro, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), docente que contribuiu para a implantação do Programa na UNIFAL-MG e ministrou a aula inaugural realizada em agosto de 2005, voltando à Universidade para falar sobre “A importância das Ciências Farmacêuticas no desenvolvimento científico, tecnológico e na inovação”. Ao iniciar a palestra, o convidado fez questão de agradecer o convite feito pela UNIFAL-MG para participar da comemoração. “Eu queria agradecer o honroso convite da Coordenação do Programa de Ciências Farmacêuticas da UNIFAL-MG. Devo dizer que é um privilégio, senão uma honra estar aqui hoje comemorando os 10 anos desse Programa. É claro que é um formalismo esse agradecimento, mas esse agradecimento eu estou fazendo de uma forma muito sentida, porque não resta dúvida que ter a oportunidade de voltar a essa casa e constatar a evolução do programa nesses 10 anos, é muito gratificante”, ressaltou.

O momento também foi marcado pela palestra da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Eva Burger, que falou sobre “Políticas Pesquisa e Pós-Graduação na UNIFAL-MG”. Em seguida, os participantes assistiram a explanação dos convidados Christine Masson, adida de Cooperação e Ação Cultural para o estado de Minas Gerais da Embaixada da França no Brasil; e Vincent Nédélec, assessor internacional de Cooperação Universitária da Embaixada da França em Brasília. Ambos falaram sobre

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 39


“Mobilidade e cooperação universitária com a França: oportunidades e acesso ao ensino do francês.” A abertura do evento foi conduzida pela coordenadora do PPGCF, Profa. Vanessa Bergamin Boralli Marques, que recordou o histórico do Programa e as pessoas que contribuíram para a sua consolidação. “Muitas pessoas, em determinados momentos históricos deste Programa, ajudaram na construção do cenário que nós temos. Dois reitores: Antônio Martins de Siqueira e Paulo Márcio de Faria e Silva; também os pró-reitores, Prof. Paulo Márcio que era pró-reitor na época de criação, Prof. Marcelo Polo, Prof. Antonio Carlos Doriguetto, Profa. Eva Burger, bem como sua equipe e seus adjuntos, fazem parte da vida do PPGCF, aos quais nós somos muito gratos”, destacou. Relembrando as coordenadoras do PPGCF ao longo dos 10 anos, Profa. Vanessa citou cada uma delas.

40 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

“Esse Programa teve como sua primeira coordenadora, a Profa. Maria Elisa Pereira Bastos de Siqueira, seguida pelas professoras: Marília Caixeta Franco Ariosa, Isarita Martins Sakakibara, Amanda Latércia Tranches Dias, Gislaine Ribeiro Pereira e atualmente, eu. O esforço de todas essas mulheres, sempre auxiliado por seus vices e colegiados, culminou na melhora do Programa, de forma sustentável e contínua. A busca da melhoria culminou com a aprovação do nível Doutorado, em novembro de 2012, durante a Coordenação da Profa. Gislaine, com a primeira turma ingressando em março de 2013”, narrou. Profa. Vanessa também agradeceu a todos os discentes que passaram pelo PPGCF, assim como os docentes. “Anos de muito trabalho e dedicação possibilitaram que chegássemos até o dia de hoje e levarão este mesmo Programa, daqui a 10 anos, ao status de programa consolidado, com uma melhor nota, com conceito elevado e formador de recursos humanos de alta qualidade”, finalizou.


Escrevendo um novo capítulo Ao completar 101 anos, a Universidade se revitaliza e se prepara para novos desafios que já começam a compor os primeiros capítulos do “Bicentenário”. O curso de Medicina, iniciado em fevereiro de 2014, é um dos fatos que já carimbaram a história institucional, sobretudo, porque foi o primeiro curso de Medicina a ser oferecido por uma Universidade Federal, na região Sul de Minas e o qual foi citado pela imprensa, como o curso mais procurado do Estado, considerando as inscrições pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Mas as novidades não param por aí... O órgão máximo de natureza normativa, deliberativa e consultiva da UNIFAL-MG já aprovou a criação de novos cur-

sos, como Geologia, Filosofia, Serviço Social e Terapia Ocupacional em Alfenas; Engenharia da Computação, Engenharia Civil, Engenharia de Materiais e Física (Bacharelado) no campus Poços de Caldas; e Medicina no campus Varginha. Para implantação, a Instituição aguarda abertura de novas vagas dos mesmos, pelo Ministério da Educação.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 41


Obras e ampliações também fazem parte desse cenário de expectativas para a UNIFAL-MG. Em fase de projeto, estão as construções dos Alojamentos para Alfenas, para o campus de Poços de Caldas e para o campus de Varginha. Em breve também, a Unidade Educacional do bairro Santa Clara contará com um novo prédio previsto para abrigar o curso de Química, com laboratórios e salas de aulas. Em Poços de Caldas, será construído um prédio para a biblioteca. Na Unidade Educacional, estão sendo construídos também, dois prédios para atividades do curso de Medicina: um abrigará laboratórios básicos e outro, uma clínica de especialidades com 60 consultórios. A Unidade Educacional e o campus de Varginha ganharão ainda, unidades do Restaurante Universitário, cujas obras estão em fase final. Na sede, encontra-se em fase conclusiva, a obra do prédio N, para as instalações dos laboratórios de Anatomia, Histologia e Genética. O prédio entrará em funcionamento ainda no primeiro semestre de 2016. Essas e outras obras irão garantir um atendimento ainda melhor à comunidade universitária. Os investimentos que estão sendo direcionados para a infraestrutura, oferecem ganhos nos espaços físicos dos campi, além de conforto e melhor acesso aos alunos, professores, técnicos, colaboradores e visitantes.

42 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG


HINO DA UNIFAL-MG Nasce uma estrela em meio à escuridão. De um nobre povo, um sonho de amor. No céu iluminado de Minas Gerais, brilha a EFOA, uma nova flor. Rara beleza em raro esplendor vislumbramos ter no amanhã gentil. Em teu amado colo, as cores do saber irão formar os filhos do Brasil. Salve, salve, ó UNIFAL amada. Teu abraço e amizade a quem chegar; pra quem se for, a saudade.

Tua missão tão grandiosa faz da saúde e educação pedras tão belas, preciosas quanto as divinas mãos. És, UNIFAL, mãe do saber. À tua glória cantaremos. Transborda em nosso peito a emoção de um sonho juvenil, devoção – frutos do amor por ti guardamos bem no fundo do coração. Autoria: Osmar Fernandes Silveira

Tua semente pequenina, viva, brotou em nosso chão. Majestosa e forte és tu, ó UNIFAL, orgulho de uma nação.

Revista Especial Comemorativa da Universidade de alfenas - unifal - mg | 43


44 | Revista Especial Comemorativa da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG

Revista Especial Comemorativa - UNIFAL-MG  

Publicação reúne os eventos comemorativos dos 100 anos de fundação da então Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas (EFOA) - transformad...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you